One Piece RPG
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Ares Coldwood
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor Handa Hoje à(s) 11:14

» [M.E.P.] - [MINI-Kyoji] Sobrevivência.
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor Kyoji Hoje à(s) 10:48

» [MINI-Kyoji] Sobrevivência.
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor Kyoji Hoje à(s) 10:47

» Ficha - Ares Coldwood
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 09:41

» Ficha - Borium Sartoski
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 08:44

» Borium Sartoski
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 08:43

» Apresentação 3 - Falência Abrasiva
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor Licia Hoje à(s) 08:00

» Tyrael Silverfang
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor Mephisto Hoje à(s) 07:56

» For Whom the Bell Tolls
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 03:21

» [MINI - Masques] A far off dream
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor Masques Hoje à(s) 02:07

» Red Albarn e o Alvorecer de um Herói
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor Kiomaro Roshiro Hoje à(s) 01:36

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor Kiomaro Roshiro Ontem à(s) 23:08

» Faíscas da Revolução
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor K1NG Ontem à(s) 22:30

» [M.E.P - Masques] A far off dream
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:23

» [MINI - Gon Vinteluas] *SENHORAS E SENHORES!*
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:21

» O Sapo Mágico
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor K1NG Ontem à(s) 22:04

» I - Dançando No Campo Minado
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 21:54

» [Mini-Handa] Uma beleza preguiçosa
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor Bijin Ontem à(s) 21:47

» [MINI - DJ GBR] 01 | Eco
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor TheJoker Ontem à(s) 21:46

» Navegando por uma nova história. A revolução começa!
Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Emptypor Khrono Ontem à(s) 21:44



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Eins - Halte dein Versprechen!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 47
Warn : Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Eins - Halte dein Versprechen!   Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 EmptySex 23 Nov 2018, 13:22

Relembrando a primeira mensagem :

Eins - Halte dein Versprechen!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Peter Bordeaux. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Peter
Membro
Membro


Data de inscrição : 15/11/2018

Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Eins - Halte dein Versprechen!   Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 EmptySeg 07 Jan 2019, 13:05




Eins - Halte dein Versprechen!

A chegada em Wars Island.



A situação, aparentemente, agia de acordo com o imaginado por Peter, ele conseguia destacar pequenas características básicas de comportamento tanto nos soldados como nos “suspeitos”. Afinal, ainda que ele estivesse frente a uma missão da marinha, ele precisaria se manter calmo e pensar em formas de resolver aquele tipo de contexto. Pensar em coisas como atacar e revidar as pequenas provocações não passavam pela mente do rapaz, ele se mantinha integro e completamente racionável.

- Certo... – Peter olhou de canto de olho para o soldado mais próximo ao seu lado, seu olhar destacava algo importante e esperava que o soldado entendesse o que ele queria dizer. Algo similar a “certamente um deles é o suspeito” ou “esses caras não estão limpos”.

A partir dali as coisas poderiam começar a piorar, talvez, o que deveria ser certo, ele tentaria se preparar para situações mais adversas, até porquê ele não estava sozinho, mas a falta de informações e total desconhecimento dos suspeitos o deixavam em uma grande desvantagem.

- Vocês sabem se todos aqui, falo isso generalizando mesmo, são foras da lei? – Questionou ao mesmo soldado ao qual olhara anteriormente. Sua voz era baixa, um sussurro, e ele evitava deixar com que os rapazes a sua frente conseguissem interpretar sua fala. – Mesmo que não tenha sido eles, tenho certeza que fizeram algo.

O olhar de Peter mudava de intensidade, agora, era penetrante e ameaçador. Ele tentava passar uma impressão mais séria e densa, similar a um pesadelo dos mais terríveis passando diante dos olhos quem o olhava. Ele queria refletir seus piores medos e inseguranças, também queria fazê-los sentir o peso da dor e, de forma mais terrível e abrupta, da morte também.

- Vou perguntar mais uma vez... – Disse, agora, de modo calmo e pausado. Sua voz era constante, além de não apresentar falhas ou incertezas, apenas em um tom sério e direto. Ele olhou novamente para o fundo dos olhos dos suspeitos, respirou levemente, e continuou sua pergunta. – Vocês roubaram a bolsa daquela senhora em frente as Indústrias Kurama?

Peter aguardava uma resposta, e quem sabe uma reação, seja ofensiva ou defensiva, mas aguardava. Ele também queria ter certeza de que eles haviam feito algo, por isso a intimidação, não do modo mais severo, mas de um jeito simples, porém ainda ameaçador. Talvez era hora de se preparar, realmente, para possíveis embates, mas para sua completa desgraça ele não empunhava sua espada, porém, caso necessário, e possível, ele usaria uma dos soldados a quem acompanhava.

Histórico:
 
ϟ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ripper
Membro
Membro
Ripper

Créditos : 3
Warn : Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 14/01/2018

Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Eins - Halte dein Versprechen!   Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 EmptySab 12 Jan 2019, 13:20


Narração


Clima: Outono


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Peter se encontrava em um local completamente desconhecido. Apesar de estar claro o fato de ele ter entrado "por engano" em uma missão da Marinha, ele ainda não sabia ao certo do que se tratava a missão. A sua sede inata de justiça ainda era muito imatura, compreensível para alguém tão jovem.

O marinheiro olhou de volta para Peter ao perceber que os olhares do Loiro se dirigiam a ele, entretanto, não entendeu muito bem o que dele era esperado, não se sabe se foi por falta de eficácia no olhar do jovem ou por falta de malícia do soldado, o importante era que a mensagem pelos olhos não havia sido passada. Percebendo isso, Peter decidiu perguntar em voz baixa para o soldado ao seu lado que se naquele lugar todos eram fora da lei, o marinheiro então disse franzindo o cenho — Não... Como assim? Aqui é só uma zona pobre... — o marinheiro continuava olhando para o nosso aventureiro quando ele disse que tinha certeza de alguma culpa oriunda dos homens suspeitos — Mas como você tem certeza? Então foi esse cara que roubou a bolsa da velhinha? — Peter não tinha certeza, não havia como ele ter a certeza, entretanto, cabia ao jovem dar a resposta.

Indo adiante com suas boas e agressivas intenções, o Loiro pôde observar com mais atenção os homens a quem se dirigia. Aquele que havia-o respondido parecia ser mais experiente, seu cabelo era preto, picado e atingia os ombros. Seu rosto apresentava marcas como de quem já havia encontrado duros destinos durante a vida, algumas cicatrizes eram vistas com facilidade. Seus olhos, negros como uma noite sem estrelas, pareciam já ter visto todo o tipo de pessoa e talvez isso explicasse porque a intimidação de Peter não funcionara. Os dois homens se entre-olhavam, como dois lobos no topo da cadeia hierárquica de suas alcateias, tentando fazer o outro sucumbir aos olhares ameaçadores. Uma guerra silenciosa foi feita naquela momento, todo no entorno entendiam o que estava acontecendo, mas apenas Peter e o homem podiam participar daquele embate, que foi quebrado com as palavras do nosso aventureiro.

—  Vou perguntar mais uma vez... — Os outros dois homens, ao perceberem o olhar de Peter, olharam para o homem de cabelo preto, como se esperassem que ele desse a resposta — Vocês roubaram a bolsa daquela senhora em frente as Indústrias Kurama? — o jovem completou, esperando a reação dos suspeitos.

O homem de cabelo preto cuspiu no chão ao ouvir a mesma pergunta — Você ta maluco meu parceiro? Você vem até a nossa casa, do nada, acusar a gente de ter roubado uma parada? Não é só porque a gente é pobre que a gente é bandido, entendeu? Vê se deixa de ser otário! — as palavras terminavam com o homem caminhando em direção a parte mais interna do gueto e acenando com a cabeça, num gesto para que seus companheiros o acompanhassem. E naquele momento, Peter pôde ouvir do Marinheiro — Garoto, gente precisa continuar a missão, não podemos perder mais tempo aqui... —

A situação se desenvolvera, Peter tinha ainda muitas escolhas sobre o que fazer e como fazer. Ele insistiria com os três homens que agora começavam a se afastar rumo ao centro do gueto, iria junto com os marinheiros atrás desse Tanque ou tomaria uma atitude inesperada? A justiça apesar de absoluta, muitas vezes pode vir a ser relativa e o jovem precisava disso em sua mente.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Ficha no banner
Voltar ao Topo Ir em baixo
Peter
Membro
Membro
Peter

Créditos : 8
Warn : Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 9010
Masculino Data de inscrição : 15/11/2018
Idade : 20
Localização : Wars Island - North Blue.

Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Eins - Halte dein Versprechen!   Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 EmptySab 12 Jan 2019, 21:48




Eins - Halte dein Versprechen!

Primeira... missão?



Era certo de que Peter tinha algum tipo de plano de fomentado em sua mente, ele sabia que seria difícil trabalhar com dois marines, afinal, quanto menos pessoas menos pontos fracos, mas a desvantagem numérica em um local como aquela comunidade seria um grande ponto contra si. Porém, não decidindo jogar contra a maldita sorte, decidiu por apenas continuar seu caminho, talvez ele conseguisse algo mais interessante ao passo que caminhavam para o local designado da missão, porém, sem dúvidas, o loiro sabia que algo importante e indispensável o aguardava. Uma batalha.

- Hmpf... – Disse o loiro dando de ombros para os três elementos. Ele olhava para os soldados, enquanto ignorava os três rapazes completamente e em seguida continuava. – Creio que não são esses, acho que podemos continuar... – Dizia tentando buscar algum foco em seu interior, alguma luz em meio aquela escuridão de respostas e caminhos incertos. – Vamos ...?

Ele tentaria também, aposto a qualquer instante, observar atentamente cada detalhe dos três sujeitos, guardando os pontos mais importantes e mais chamativos de tais, além de é claro guardar aquela localização enquanto o grupo de marines e o futuro marine se direcionavam ao chamado Tanque.

Peter teria em mente que a partir dali sua missão já se tornara um pouco mais perigosa, aumentando o risco a cada passo dado, e logo aquilo poderia custar a sua vida. Certo disso o loiro teria de se preparar de seu modo, ele tinha dois pontos importantes em sua mente e que deveriam ser considerados.

- Algum de vocês tem treinamento com espadas? – Diria se pelo menos um dos soldados portasse uma. – Caso não eu poderia usá-la? Tenho um certo tipo de conhecimento com as lâminas e acho que posso ser mais efetivo caso use uma. – Continuaria sua linha de raciocínio enquanto tentava convencer um dos soldados a ceder-lhe uma espada.

Caso conseguisse o loiro apenas desembainharia algo em torno de 5 centímetros da mesma para ver como era sua lâmina.

Ele também tinha algumas alternativas caso não conseguisse empunhar tal arma, afinal, nem tudo seria fácil de graça, como dizia sua mãe. O loiro procuraria pelo chão ou por algum canto qualquer alguma lâmina grande o suficiente para ser usada com tal arma, ele buscaria limpá-la em alguma parede qualquer e a usaria apropriadamente.

Ao passo que ele desvendava cada canto daquele fatídico local Peter tinha algumas outras observações, repassar o plano em sua mente era crucial e também era de suma importância alertar qualquer movimento suspeito para seus, até então, superiores, buscando uma melhor forma de agir devidamente.

- Afinal, qual é a missão de vocês mesmo? – Diria o loiro como forma de interagir e conseguir mais informações sobre tal região, saber sobre os moradores e sobre a comunidade em geral lhe daria mais abrangência em explorar suas fraquezas caso atingisse qualquer parte de seu objetivo, de acordo com o plano. – Além disso, vocês têm algum plano?

Era importante que tal resposta fosse respondida positivamente, caso contrário o loiro apenas se focaria em manter-se quieto e concentrado na missão, ele tinha uma enorme responsabilidade em completa-la e ser efetivamente alistado em tal corpo governante.

Peter estaria completamente atento a qualquer movimento suspeito e súbito, sejam pessoas correndo, elementos que poderiam vir em sua direção de forma incerta e até mesmo golpes, o que seriam mais esperados, vindo contra ele ou um dos soldados. Peter estaria preparado a executar qualquer tipo de evasiva ou bloqueio dentro de suas capacidades, usando sua aceleração avantajada e até sua grande capacidade de resistência.

Histórico:
 
ϟ

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ripper
Membro
Membro
Ripper

Créditos : 3
Warn : Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 14/01/2018

Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Eins - Halte dein Versprechen!   Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 EmptyTer 15 Jan 2019, 11:17


Narração


Clima: Outono


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Os três homens se afastavam sem olhar pra trás. Peter decidiu por tentar guardar qualquer tipo de traço chamativo que pudera dos homens e, de fato, o homem com o qual havia conversado era o que mais lhe rendia frutos em seus objetivos, o Loiro com certeza conseguiria reconhece-lo em uma outra oportunidade. Prosseguindo juntamente com os dois marinheiros, o jovem ponderava que podia estar indo em direção a uma situação mais perigosa e, sabiamente, decidiu tentar arrumar uma arma que se encaixasse em seu estilo de combate, ele buscava uma espada.

O marinheiro que conversava com Peter portava duas pistolas em seu cinto, aquelas certamente eram suas armas. Já o outro marinheiro que até aquele momento não havia pronunciado uma palavra sequer, carregava consigo uma espada embainhada, que despertou algumas palavras do jovem, as quais foram respondidas pelo "marinheiro falante" — Ah... eu esqueci de avisar, o meu nome é Julius e o Kale é mudo — disse esse enquanto o Kale assentia com a cabeça — bom saber que você é bom com espadas, é uma pena não termos uma aqui pra você por precaução... —

Frustado por não obter a espada de seus companheiros, Peter resolveu analisar o entorno afim de buscar uma lâmina que pudesse usar, infelizmente e mais uma vez, não obteve sucesso. Entretanto, ele viu outra coisa que poderia ser de grande ajuda, naquele local caindo aos pedaços, ele avistou no chão um longo cano grosso de ferro que, segundo seus olhos que já haviam visto dezenas de espadas durante a vida, poderia ser usado como uma arma de sua proficiência, pegou-o e levou consigo.

Ainda seguindo o caminho, o jovem resolveu saber um pouco mais sobre a que destino estava sendo levado. — Então bonitão, nossa missão é colher o depoimento do Tanque. Tem rolado uma onda de assaltos a pessoas que compram em estabelecimentos independentes da Kurama e também existem relatos de pequenos negociantes sendo forçados a fecharam seus próprios negócios... — dizia o marinheiro enquanto ajeitava as calças e o sinto que portava as armas — toda semana o Tenente manda alguns soldados para fazerem as mesmas perguntas e os resultados são sempre iguais... voltam sem provas e as pessoas continuam se fudendo... — continuou com um olhar um tanto quanto desesperançoso — A real é que esses caras devem ter um padrinho forte, se é que você me entende... — dizia agora olhando de canto de olho para Peter — e tudo indica que esse padrinho tem ligações com a empresa que se beneficia dessa onda de violência... — o marinheiro terminava, deixando bem claro no ar a quem se referia. Perguntado então sobre o plano, respondeu — não tem muito o que fazer, temos que chegar lá e perguntar algumas coisas que nos foram passadas... —

O trio então continuou o caminho, adentrando cada vez mais as vielas da zona pobre. Chegando perto a uma esquina, Peter começou a ouvir uma música agitada, que parecia mais um barulho que pouco se importava com arranjos, ainda não era possível ver a fonte daquele som, só era possível saber que ele vinha da direita, logo após a esquina. Ao se aproximarem da curva, o jovem pôde perceber que os dois marinheiros levaram a mão em suas armas e seguraram-nas com firmeza, como se estivessem prestes a sacá-las. Virando finalmente a esquina, os três depararam-se com a cena que mudaria seu dia.

Destoando do entorno, uma casa retangular de três andares encontrava-se em uma espécie de clareira em meio a aglomeração de barracos, feita de materiais com qualidade muito superior as demais residências daquele lugar, a casa parecia um paraíso em meio ao caos, azulejos cor de safira, janelas bem fabricadas e um telhado vermelho davam cor em meio ao ambiente cinza e, em frente a casa, uma cena perturbadora. Um homem cheio de hematomas, com feridas abertas e sangue espalhado pelo corpo estava estirado ao chão, em volta dele, três homens se postavam e ficava claro pelas suas respirações ofegantes que a agressão havia vindo deles. Atrás dessa cena, Peter pôde ver outros quatro homens mais espalhados, cada um fazendo alguma coisa diferente com a maior tranquilidade possível, um fumando cigarro, outros dois jogando cartas e um terceiro limpando um cano de uma arma. Aparentemente, aquela cena era algo corriqueiro. Por fim, no meio desses homens, sentado em uma enorme cadeira perto da entrada para a casa, o Loiro avistou um homem enorme. Esse homem parecia ter 3 metros de altura, mas o que mais chamara a atenção era seu volume corporal. Ele não era exatamente definido, o homem possuía uma quantidade de gordura considerável em seu corpo mas mesmo assim, era possível avistar alguns músculos definidos que transpunham o seu tecido adiposo. Peter podia ter certeza que aquele homem possuía uma enorme força física. O jovem também poderia dizer que qualquer um daqueles homens que estavam em volta do homem gigante era o ladrão de bolsas, eles se pareciam muito mas o Loiro tinha certeza que era um deles.
Tanque:
 

— Se... Senhor Kaleb! — disse Julius em tom de desespero — MAS QUE MERDA É ESSA TANQUE? — Julius elevou sua voz, sacando a arma, naquele momento Kale também sacou sua espada e os dois pareceram estar prontos para iniciar um combate, mesmo estando em menor número, quando o Tanque respondeu — BARARARA! Vamos garotos, é melhor para vocês darem meia volta e fingir que nada aconteceu... vocês sabem como as coisas funcionam por aqui. BARARA! — a tensão no ar era mais pesada que mil elefantes, o ódio tomou conta do ser de Julius que não titubeou — VOCÊ FOI LONGE DEMAIS SEU MERDA, ISSO ACABA AQUI! — o marinheiro então sacou sua segunda arma e começou a disparar em direção ao homens, Kale sacou com velocidade sua espada e disparou em direção aos três homens da frente, todos se preparam para lutar, menos Tanque que parecia despreocupado com a situação. Três dos bandidos puxaram facas, outros dois sacaram pistolas e outros dois puxaram espadas. A briga havia começado.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Ficha no banner
Voltar ao Topo Ir em baixo
Peter
Membro
Membro
Peter

Créditos : 8
Warn : Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 9010
Masculino Data de inscrição : 15/11/2018
Idade : 20
Localização : Wars Island - North Blue.

Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Eins - Halte dein Versprechen!   Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 EmptyTer 15 Jan 2019, 13:05




Eins - Halte dein Versprechen!

Primeira... missão?



Seu estômago se revirava vendo aquelas cenas de pobreza e miséria em um lugar, talvez, estimado como Wars Island. Ele sabia que não deveria ser assim, a Marinha tinha mais que a obrigação de tomar conta de tudo, mas seus olhos destoavam do verdadeiro sentido do poder governante. Àquela altura sua mente lhe trazia pensamentos errôneos que certamente lhe corromperiam por dentro, além de um constante sentimento de insatisfação que fazia seus olhos se fecharam de puro nojo. – Sigh... – Suspirava Peter buscando energias para continuar naquela importante missão. De fato, era importante, afinal, só Deus sabia o que poderia acontecer com eles a partir de alguns momentos adiante.

Ouvir as explicações do soldado lhe dava um pouco de tranquilidade, ele poderia ter algo a mais a se pensar quanto a isso e era o que iria fazer. Ele tinha alguns pontos importantes a questioná-lo sobre a influência desse tal “Tanque” e até mesmo se eles, logicamente, tinham conexões criminosas e com o submundo, mas preferiu ficar calado. Ele poderia ser rechaçado de ironias e ignorância que lhe tirariam o foco. Peter era sentimental.

- Entendo... eu compreendo a situação. – Peter completava seu pensamento agora com falas que lhe serviam de respostas a tais explicações. Ele não tirava os olhos do Marine que lhe ajudava a entender o caso e também prestava atenção a cada palavra por ele dita. Era importante, então ele se empenharia em dar o seu melhor para voltar com provas concretas o suficiente para acabar com aquela onda de caos que rondava o distrito comercial, e até mesmo aquela área periférica. – Compreendo completamente o sentido da vossa missão, e irei me empenhar em ajuda-los. – Bradou com confiança enquanto caminhava com os mesmos.

Ele não demorou muito para chegar ao local designado, mas o que viu a partir dali lhe chocou e fez seu ódio quase suprimir sua calma e leveza. O loiro cerrava os punhos e sacava o cano metálico que achou como uma arma apropriada para tal combate. Não precisava das vozes altas e alarmantes dos soldados para indicar tamanho crime acontecendo, ele mesmo queria partir para cima daqueles bastardos e acabar com suas vidas. Peter não achava isso justo e sua intenção era derrubar aqueles que praticavam o mal. Seus olhos borbulhavam de ódio e sua boca começava a salivar, a injustiça alimentava seu coração justo, e os justos sempre devem sair vitoriosos. – Certo... então esse gordo idiota é o Tanque? – Indagou Peter a Julius, ele fazia essa pergunta retórica apenas para analisar pontos importantes do gigante a sua frente, além de seus capangas que se dispunham das mais variadas formas. – É ele que eu quero... – Completou com uma fúria iminente.

Peter colocava o cano metálico a frente de seu corpo e tomava uma postura de batalha, seu posicionamento era quase ereto, com uma leve curvatura nas costas e com joelhos flexionados com o intuito de ganhar impulso com suas pernas ao ver necessidade. Ele via aquela “arma” como uma extensão de seu corpo, afinal ele teria de usar ao seu extremo e logicamente iria trazer o máximo potencial de seu dano e velocidade. O loiro devia se atentar a detalhes de suma importância, ele tinha que enfrentar uma batalha com uma grande diferença de oponentes, e alguns deles portavam armas, o que deveriam ser um de seus pontos fracos. Ele optaria por enfrentar os que empunhavam espadas, junto de Kale, e assim os armados seriam atacados, provavelmente, e esperando por isso, pelo Julius.

Postura:
 

Peter avançaria contra os mesmos e executaria movimentos rápidos e precisos, com direções como peitos e pescoços, ele faria isso enquanto estivesse preparado a qualquer investida de seus oponentes, e faria esquivas horizontais, executando os movimentos na direção oposta do golpe, e esquivas para trás, executando os movimentos dando pequenos saltos. Ele estaria preparado para bloquear qualquer ação direta, colocando o cano metálico a frente de seu corpo e bloqueando com o mesmo para evitar um dano direto, além de sempre estar atento a seus lados e suas costas, onde oponentes poderiam surgir e ataca-lhe facilmente caso estivesse despreparado, o que não estaria, visto que ele se prepararia de modo a efetuar esquivas para as diagonais.

Seus movimentos ofensivos seriam de característica física, ou seja, teriam foco em pontos como pescoço, braços e peito, executando “porradas” com o bastão e causando danos musculares externos e internos com o mesmo. Ele também, caso possível, miraria na cabeça dos oponentes, visando algum tipo de golpe desnorteante com uma poderosa pancada na testa e principalmente no nariz dos adversários.

Visto isso ele se prepararia a qualquer ofensa de seus aliados para ajudar-lhe quando necessário, e caso não estivesse ocupado.

Histórico:
 

Objetivos:
 
ϟ

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ripper
Membro
Membro
Ripper

Créditos : 3
Warn : Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 14/01/2018

Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Eins - Halte dein Versprechen!   Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 EmptySeg 21 Jan 2019, 13:25


Narração


Clima: Outono


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

A quem estivesse próximo ao confronto, um bafo quente poderia ser sentido, por conta dos corpos agitados que exalavam suor em alta temperatura, o clima era totalmente de combate. Dos olhos de Peter, a configuração da batalha era a seguinte: Os três homens que estavam espancando o Sr. Kaleb empunhavam uma faca cada um. Atrás deles da esquerda para direita se encontrava primeiro o homem que estava fumando, agora com uma pistola em mãos, logo ao seu lado, os dois homens que jogavam cartas haviam sacado suas espadas, o quarto elemento era o Tanque, ainda sentado. Por último, o homem que estava limpando uma pistola, agora estava com uma sacada e apontando na direção de Peter.

Um dos três homens da frente logo fora atingido por um dos disparos raivosos de Julius. Utilizando a surpresa ao seu favor, dois tiros, um no ombro direito e outro no bíceps também do lado direito removia um dos bandidos de combate. Kale acompanhado seu aliado avançava com extrema velocidade e habilidade para cima de outro dos três bandidos que estavam com facas, em um saque seguido de um corte vertical ascendente da esquerda para direita, ele jogou o sangue ao ar juntamente com a vida do meliante, entretanto, já a tempo de uma resposta, um disparo inimigo acertou o ante-braço de Kale que agora com dificuldade empunhava a espada com apenas um braço funcional. Apesar do dano sofrido pelo espadachim, o número de inimigos agora diminuíra para seis graças a rápida investida dos marinheiros.

Peter agora se lançava ao combate, a sua frente, só restava um inimigo imediato. Apesar de sua vontade de atacar diretamente o Tanque, isso se mostrava impossível, claramente para derrotar o chefe, ele precisaria antes derrotar seus subordinados. Avançando em direção ao último inimigo munido de faca, o Loiro desviou com um pulo para o lado quando esse tentou lhe estocar com a faca, em uma rápida resposta, ele aplicou um golpe descendente com sua espada, mirando a testa de seu oponente, mas o bandido estava esperto, defendeu com o ante-braço que foi de encontro a barra de ferro. Tal defesa evitou que ele fosse ao chão mas custou-lhe caro, Peter pode ouvir o osso do braço se quebrando com o impacto e, relutante, o jovem repetiu o golpe que dessa vez foi certeiro, na testa e subsequentemente no nariz de seu adversário, levando-o ao chão.

O Loiro pôde perceber que os dois espadachins inimigos corriam em sua direção e na direção de seus amigos quando sentiu uma queimação em seu ombro esquerdo. O pistoleiro que mirava nele acertara um tiro de raspão no aspirante a marinheiro, o sangue escorria pelo seu braço, mesmo que não fosse um ferimento fatal ou um ferimento que imobilizaria seu membro, Peter teria que ficar mais atento se quisesse permanecer ativo e, principalmente vivo naquele combate.

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Ficha no banner
Voltar ao Topo Ir em baixo
Peter
Membro
Membro
Peter

Créditos : 8
Warn : Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 9010
Masculino Data de inscrição : 15/11/2018
Idade : 20
Localização : Wars Island - North Blue.

Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Eins - Halte dein Versprechen!   Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 EmptyTer 22 Jan 2019, 00:13




Eins - Halte dein Versprechen!

Primeira... missão?



O suor começava a escorrer em sua testa e, consequentemente, pelo pescoço de Peter. Suas mãos continuavam firmes em sua única arma assim como sua disposição de lutar até a morte diante daquela situação. Seu coração batia forte e a justiça lhe guiava firmemente, afinal, isso era o seu alimento mental e era devoto a tal conceito. O mal deveria, e iria, acabar a qualquer custo. Seus olhos não eram mais errantes, sua visão era focada em alvos dos quais precisaria eliminar o mais rápido possível. Ele fitava os dois sujeitos que corriam em sua direção e empunhavam espadas, além de outro elemento, ao fundo, lhe apontando uma arma.

Realmente aquela batalha não estava nada fácil, talvez algumas estratégias mais rígidas e pensamentos mais diretos fossem necessários, como dar suporta ao Kale que fora baleado e evitar ficar na frente de Julius, mas ele deveria terminar seu serviço ali.

Seu braço doía e também sentia algumas pontadas no mesmo, além de ter sua força brevemente reduzida por tal ferida, mas preferiria não ter isso em sua mente até derrubar aqueles dois oponentes, e logicamente sem esquecer do terceiro mais atrás que lhe apontava uma arma, o que era importante de ter em mente.

Seus movimentos eram rápidos, o loiro agora segurava o cano metálico com seu braço direito e dava curtos saltos horizontais para direita e para esquerda, como se estivesse se preparando para realizar rápidos movimentos a partir dali seus olhos se ocupavam com seus dois novos oponentes, que corriam em sua direção com espadas prontos para lhe matar. Peter não se deixaria levar por isso, usaria deles, principalmente suas armas, em seu proveito, e logo após os derrotar aproveitá-las-ia e as usaria para derribar seu real inimigo, o Tanque.

O loiro seria severamente focado, logo, com o bastão a frente de seu corpo usaria de saltos horizontais para a direita e para a esquerda para se esquivar de qualquer ofensiva, caso os movimentos fosse como estocadas contra qualquer parte de seu corpo o mesmo saltaria para trás e usaria da posição do oponente para executar um rápido movimento visando suas mãos, precisamente pulsos ou antebraços. Logo voltaria a posição primária executando saltos horizontais para a direita e esquerda.

Além disso ele trataria de executar alguns rápidos golpes visando partes do corpo mais específicas, com o intuito de causar mais dano com poucos movimentos visto que seu braço lhe comprometia. Peter executaria rápidos movimentos de cortes diagonais visando o pescoço e ombro do oponente, além de executar tal golpe com total força para causar o máximo de dano possível.

Caso ambos os oponentes viessem a seu encontro ao mesmo tempo, o que não seria pouco provável, o loiro executaria saltos para trás além de colocar sempre o cano metálico a frente de seu corpo bloqueando qualquer movimento das espadas contra o mesmo. E com rápidos movimentos com o cano ele suaria da posição dos golpes para atacar o modo contrário, ou seja, o lado desprotegido pela espada, para finalmente aplicar um corte vertical visando a testa, rosto ou pescoço do oponente.

Faria isso sempre se movimentando rapidamente e preparado para realizar qualquer ação evitando levar o disparo do suspeito que o mirava com a arma, isso seria problemático, mas se empenharia em entrar na frente de algum dos dois meliantes a sua frente para que seus corpos bloqueassem a bala, atento para que não fosse pego por um deles, ou executaria, com rápida velocidade, saltos para os lados evitando seu uma mira fixa para tal.

Ele tinha uma importante missão a cumprir e falhar não era uma escolha. Seus lábios se curvavam em um sorriso sádico, além de sussurrar buscando uma inspiração dos Deuses para continuar ali. Seus olhos eram como o de leões prestes a rasgar ferozmente sua presa, e isso serviria para intimidar seus inimigos, eles poderiam sentir isso e ter algum tipo de falha em seus movimentos, o que seria interessante, e sua vontade era se saciar sua sede de justiça. Peter é um homem simples com objetivos simples e isso é bom.

- Podem vir, bastardos... – Dizia com o mesmo sorriso e sussurrando em seu interior.

Histórico:
 

Objetivos:
 

OFF:
 
ϟ

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ripper
Membro
Membro
Ripper

Créditos : 3
Warn : Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 14/01/2018

Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Eins - Halte dein Versprechen!   Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 EmptyTer 29 Jan 2019, 13:03


Narração


Clima: Outono


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

A batalha avançava com mais ferocidade conforme o cheiro de sangue invadia o ar. Àquela altura, com exceção do Tanque, todos já podiam sentir seus corpos quentes, cheios de adrenalina em decorrência da tensão que o momento trazia-lhes. Os paladinos da justiça colocavam-se na linha entre a vida e a morte, apostando com sua convicção naquilo que julgavam certo.

Kale, em um ato heróico, avançou em disparada na direção do pistoleiro que havia-o alvejado um pouco antes. Talvez os Deuses da justiça quisessem que Kale fosse mais rápido, o inimigo percebeu a investida do espadachim mudo e em resposta, começou a disparar todas as suas balas em direção ao marinheiro que, mostrando ainda uma incrível agilidade, conseguiu desviar da maioria dos disparos. Infelizmente, dois foram certeiros. Um tiro em seu ombro e seu abdômen tingiram suas roupas brancas de sangue, talvez para um homem comum sem grandes convicções, aqueles disparos fossem fatais, mas não para Kale. Os disparos não diminuíram a velocidade do marinheiro, que com uma estocada certeira atravessou o inimigo que instantaneamente caiu sem vida. Kale acompanhou o pistoleiro, caindo também ao chão. Não sabia-se se o recém companheiro de Peter ainda tinha vida, o que se sabia era que aquele certamente, era um herói.

Julius observava seu amigo caindo ensaguentado quando resolveu responder aos dois espadachins inimigos que investiam em sua direção, um observador distante poderia ver um semblante único no rosto do pistoleiro da marinha. Lagrimas misturadas a um rosto repleto de ódio passava os seus sentimentos. Como a resposta sólida de seus sentimentos, o marinheiro iniciou uma saraivada de balas na direção de um dos espadachins inimigos, uma chuva do inferno atravessou o inimigo, em um piscar de olhos o bandido havia se tornado uma casca sem vida, onde apenas se via a consequência dos atos contra seu amigo.

Peter observava as cenas supracitadas com sua visão periférica, logo a sua frente, chegava o primeiro inimigo ao seu encontro. O espadachim inimigo aplicava golpes diagonais com uma fúria incessante, a velocidade poderia ser impressionante para uma pessoa mediana, mas o Loiro estava acima da média. Saltando para os lados ele desviava dos golpes que visavam seu tronco, a investida não contínua não dava tempo para Peter contra atacar, pelo menos não nos primeiros momentos, após uma quantidade considerável de golpes, o jovem sentiu que seu oponente perdera uma parte de seu ímpeto. Vendo uma brecha, aplicou um golpe com o bastão na mão de seu adversário, o golpe foi certeiro e com força, que fora aumentada pelos movimentos laterais do Loiro em conjunto com seus braços. O adversário não conseguiu resistir e soltou a sua arma. Vendo aquela chance de ouro, Peter aplicou dois golpes em sequência, o primeiro em seu ombro, que o deslocou levemente, o segundo, que vinha aproveitando a força do balanço do bastão de ferro foi direto no pescoço. O homem ao receber o golpe foi ao chão, com a mão na própria garganta, como se tentasse encontrar ar em meio a uma forte tosse.

Restava um inimigo, fora o Tanque. Peter pôde observar que o pistoleiro que havia-o alvejado de raspão um pouco antes, agora apontava diretamente e com a visão clara para ele. O Loiro sentiu um frisson, ele percebeu que não daria tempo de desviar do tiro, seu corpo ainda fazia o movimento do golpe que finalizou o seu adversário anterior, ele estava exposto. Com os pensamentos em sua cabeça recheados pela sede de justiça, ele só poderia pedir aos céus que o tiro não fizesse tanto estrago.

...

TUM!

...

O barulho que atingiu os ouvidos de Peter não era o barulho de um tiro. Era o barulho de uma pancada. Das sombras, o Loiro viu surgir um homem aplicando um chute voador no pistoleiro, na lateral de sua cabeça com uma força assustadora. Uma força que arremessou o último adversário ao chão de madeira da entrada da casa com uma violência que fizera o material rachar, o homem estava inconsciente. Olha mais claramente, Peter identificou o homem. Era aquele mesmo rapaz que ele havia acusado a pouco tempo de roubo, era o homem de cabelo preto. O homem mal concluíra seu golpe, quando tocou com uma perna de apoio no chão e já prosseguiu pro próximo golpe, com um impulso digno de atenção aplicou um chute na direção do rosto do Tanque, que ainda estava sentado em sua cadeira. Tanque pela primeira vez executou um movimento. Levantando seu braço esquerdo, segurou o pé que aplicaria o golpe e, com uma força tremenda, arremessou seu agressor na direção de Peter. O homem arremessado caiu fazendo um malabarismo e logo em seguida já estava em pé ao lado de Peter.

— BARARARARA! Achei que você estava aposentado Cabelo Negro! Veio finalmente comprar a sua morte?! BARARARA!!! — disse o Tanque. O homem não deu resposta, apenas passou levemente a mão em suas roupas como se quisesse tirar o excesso de poeira proveniente da queda, ele parecia concentrado apenas em combater o gigante adversário a sua frente e Peter pôde perceber isso, aquele homem, naquele momento, era seu aliado.
OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Ficha no banner
Voltar ao Topo Ir em baixo
Peter
Membro
Membro
Peter

Créditos : 8
Warn : Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 9010
Masculino Data de inscrição : 15/11/2018
Idade : 20
Localização : Wars Island - North Blue.

Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Eins - Halte dein Versprechen!   Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 EmptySeg 04 Fev 2019, 21:35




Eins - Halte dein Versprechen!

Primeira... missão?



O loiro estava confuso com o que acabara de ver, seus olhos pareciam não demonstrar a mesma reação que sua mente, ao calcular, entender e talvez, com dificuldade, interpretar aquelas cenas que passavam ao seu lado. Kale e Julius brigavam por suas vidas, mas acima de tudo, e com muita convicção e perseverança, eles brigavam pela Justiça! Era louvável ver como o poder da marinha guiava aqueles bravos homens para uma luta que tiraria suas vidas, mas certamente eles tinham confiança uns nos outros que suas forças seriam capazes de prevalecer sobre os pecadores, ou melhor dizendo, sobre os imerecidos.

- Kale ...! – Sussurrou Peter como alerta ao que viu, seu mais novo companheiro havia sido baleado, mas ainda assim demonstrava garra e persistia em combate levando seus oponentes ao chão. – Julius ...! – Continuou ao ver o empenho de Julius.

O loiro continuava atento ao ambiente, tanto ao gigante Tanque como ao pistoleiro que o acompanhava, agora, tendo como um único alvo Peter. Seus movimentos continuavam constantes, pequenos saltos nas horizontais tentando prever e se adiantar a qualquer disparo efetuado contra ele.

Felizmente a batalha continuava, afinal, a Justiça não poderia ser interrompida e seus atos deveriam ser constantes e perfeitos, logo, o loiro se prontificava a derrubar quantos oponentes fossem necessários para que a marinha prevalecesse e toda a honra e paz de Wars Island fosse recuperada. Era muito mais do que um simples plano, e sim um objetivo a ser alcançado e concluído.

- Tanque... você me paga! – Disse o loiro segurando o bastão de aço com as duas mãos e com uma tremenda força que até mesmo ele desconhecia. Seus dentes rangiam e seus olhos lacrimejavam, ele estava muito aflito com o que havia acontecido e certamente a honra de seus colegas não seriam jogadas ao vento.

O rapaz que havia derrubado o pistoleiro, e que curiosamente havia visto anteriormente, estava ao seu lado.

O loiro pensava no que poderia fazer, ele raciocinava e também imaginava situações que deveria tomar para enfim derrubar aquele peso pesado que estava a sua frente. A sua frente havia algumas espadas largadas pelos bandidos, o que era uma ótima oportunidade para empunha-las e enfim ter em suas mãos armas de verdade. O loiro faria isso com bastante cautela, afinal, nem mesmo aquele que salvou sua vida segundos antes não era confiável.

- Agradeço sua ajuda e me desculpa pela má interpretação que fiz anteriormente. – Dizia Peter direcionada ao “Cabelos Negros” que, agora, o acompanhava naquela batalha.

Com uma das espadas empunhada, caso conseguisse pegá-la, ele partiria em direção ao Tanque. Sua velocidade se manteria constante e de forma maleável, de modo a ter um completo domínio em sua evasão caso o oponente tentasse lhe atacar. O loiro também estaria atento a possíveis movimentos em suas laterais e costas, aproveitando daquela aceleração para realizar saltos diagonais tanto para frente como para trás, se necessário, e enfim evadir qualquer ofensiva contra si. Ele também estaria preparado para executar saltos longos e horizontais, para os lados, caso o Tanque viesse em sua direção, afinal, o loiro havia visto sua tremenda força e qualquer golpe levado poderia ser fatal.

Com a possível aproximação o marinheiro em treinamento, em seu conceito, executaria então uma técnica que havia treinado bastante e que, enfim, dominou-a de modo completo. Logo, saltaria alguns metros a frente do gigante e executaria um corte horizontal para frente visando os ombros e pescoço do gigante, isto, caso sua altura se condissesse com a diferença de altura entre ele e o Peter.

Caso a técnica não fosse de possível execução o loiro, rapidamente, executaria cortes diagonais visando o peito e barriga do gigante, com o intuito de causar o maior dano possível e deixa-lo impossibilitado, ou debilitado, de movimentações posteriores. Após isso saltaria para trás e se colocaria em posição de defesa, com a espada, ou o cano metálico, a frente de seu corpo.

Ele teria ciência das possíveis defesas e grande resistência do bandido, mas sua mente estaria focada em derrubá-lo e honrar o nome da Justiça e soberania da Marinha.

Histórico:
 

Objetivos:
 

Técnica:
 
ϟ

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ripper
Membro
Membro
Ripper

Créditos : 3
Warn : Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 14/01/2018

Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Eins - Halte dein Versprechen!   Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 EmptyQua 06 Fev 2019, 12:59


Narração


Clima: Outono


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

A batalha chegava ao seu clímax, agora, no campo de batalha restavam apenas três pessoas. Peter, Tanque e o homem chamado de Cabelo Negro. Logo a sua frente, o Loiro objetivou uma das espadas que estavam no chão, a espada do homem que ele acabava de desamar, soltando a barra de ferro e pegando a sua "nova" espada, o jovem pôde finalmente pensar em atacar seu principal alvo, o chefe.

Algumas palavras foram ditas pelo aspirante a marinheiro ao seu novo companheiro antes que ele pudesse voltar a atacar, o Cabelo Negro riu de forma sarcástica, não dando uma resposta verbal as desculpas provindas do Loiro. Finalmente, empunhando uma lâminas digna, o jovem avançou com uma velocidade assustadora para cima do Tanque, não ficando nem um pouco para trás, o homem que havia-o salvo momentos antes, também disparou em direção ao Tanque, um ataque combinado estava sendo preparado.
Entretanto, o Tanque percebeu o que estava a acontecer, nada de novo para ele, que reagiu com um ataque especial. O enorme homem se preparou, abrindo as pernas lateralmente e flexionando levemente os joelhos.

— Tanque.. — levantou a perna direita, com a mão apoiada no mesmo joelho STOMP!!!! e desceu a perna com extrema violência em força, pisando no chão para executar o golpe.

O chão estremeceu. O golpe claramente tinha como objetivo desestabilizar as bases dos oponentes, parecia o tipo de golpe perfeito para aquela situação, atrasar os adversários em um combate em desvantagem e foi o que aconteceu. O Cabelo Negro estava menos preparado para a técnica, precisando parar por alguns instantes para evitar uma possível queda, por sua vez, Peter já havia premeditado algo parecido, no reflexo, ele pulou em direção ao Tanque para completar seu movimento e evitar que fosse atingido pelas vibrações provenientes do golpe. Com um movimento natural devido ao seu treinamento, o Loiro aplicou um corte horizontal no ombro do Tanque, que não conseguiu se defender a tempo devido a agilidade do espadachim — UAAAAR! — urrou de dor. O golpe conectou, mas Peter não passaria ileso pela ousadia de ter enfrentado Tanque no um contra um. Em um contra-ataque, Tanque acertou um cruzado de esquerda em cheio na costela do Loiro, que foi arremessado com extrema violência na parede de uma das casas adnascentes, quebrando em parte a estrutura de madeira da casa. Ao cair, Peter sentiu a falta de ar proveniente do golpe na costela, ele estava ferido.

Se recuperando e percebendo a janela criada, o Cabelo Negro se recompôs e disparou em direção ao Tanque, aplicando dois chutes seguidos na cara do Tanque, que já apresentava os primeiros danos explícitos do combate. Com um pulo pra trás, ele saía rapidamente do alcance do gigante, se preparando para o próximo ataque.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Ficha no banner
Voltar ao Topo Ir em baixo
Peter
Membro
Membro
Peter

Créditos : 8
Warn : Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 9010
Masculino Data de inscrição : 15/11/2018
Idade : 20
Localização : Wars Island - North Blue.

Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Eins - Halte dein Versprechen!   Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 EmptyQui 07 Fev 2019, 12:49




Eins - Halte dein Versprechen!

A queda do gigante!



Aquele soco pesava muito, talvez uma tonelada, mas foi o suficiente para manter, e atrasar, o loiro para com a luta. Suas costas doíam bastante, e seu pulmão parecia ter sido esmagado. Peter apertava os olhos, como uma reação natural para com a dor, e também cerrava os dentes, dando aquele “sorriso” desgraçado de dor. Ele também, após cair no chão, sentia brevemente suas forças se esvaírem, ele não conseguia movimentar os braços com completo controle e o mesmo poderia ser dito de suas pernas, que não o obedeciam completamente.

- Arggh... – Gritava o loiro de dor. Suas mãos tremiam enquanto ele se levantava. – V-você me paga, s-seu infeliz. – Bradou Peter com pura raiva.

O rapaz tentava se recuperar, e logo, ele deveria, afinal, o gigante não deixaria baixo alguém tentando derrubar seu império do crime, ele certamente ignoraria o corte em seu ombro e partiria para cima de qualquer um dos dois corajosos que ousaram lhe enfrentar.

Mesmo sendo uma pessoa bem tranquila essas situações despertavam algo estranho dentro de si, talvez devido a sua cega devoção a justiça, ou algo parecido. Seus olhos eram errantes, mas ainda assim ele mantinha o foco em um ponto: Derrubar o Tanque. Isso poderia, e talvez iria custar sua vida, mas o aspirante a marinheiro se empenharia de força e alma para tal.

Ver que o gigante havia sido acertado por dois poderosos golpes na cabeça lhe davam uma grande brecha para continuar sua ofensiva desenfreada. Peter, logo após tentar respirar fundo e recompor o mínimo de energia necessária para continuar, partia novamente em direção ao criminoso. Seu rosto demonstrava o tamanho desprezo que ele tinha por tal tipo de gente, infelizes, como ele considerava.

Correr não seria um problema, até então, sua aceleração acima da média lhe permitia atingir altas velocidades e manipulá-la com facilidade, logo, ele tinha total controle de sua evasão. E isso lhe possibilitava uma gama de possibilidades para executar tanto movimentos ofensivos como defensivos.

Caso o Tanque tentasse golpeá-lo, o loiro rapidamente tentaria saltar em diagonal de modo a evitar o golpe, seja para frente como também para trás, e caso necessário saltaria para os lados, seja o lado direito como o lado esquerdo. Isso lhe daria uma oportunidade de atacar também, pois com o movimento pelo Tanque executado, o loiro estaria em uma posição propícia a golpeá-lo em um lado desprotegido. Essas evasivas visariam evitar qualquer contato com os poderosos, e destrutivos chutes, socos, ou seja lá o que for provindo do Tanque.

Peter, após se desviar, ou continuar correndo, aproveitaria dessa energia e força para novamente executar movimentos fatais, visando pontos que trariam um enorme estrago para a resistência do oponente, logo, seu foco principal, mas não total, seria o pescoço, ombros e peito do gigante. E os movimentos que tentaria executar seriam com grande velocidade e força, visando causar o maior estrago possível com cortes diagonais de cima para baixo, aproveitando do peso da espada, do braço e, logicamente, da gravidade, para causar um dano a mais. Os cortes sempre terminariam com leves estocadas no ponto final, e logo com uma rápida retirada de espada a fim de evitar qualquer contato prolongado com o oponente e, por fim, não o deixar com que sua força se encontre com o corpo do loiro.

Peter estaria sempre atento a sua volta, pois a qualquer momento um dos subordinados do criminoso poderia se levantar e atacar um dos dois que enfrentavam seu chefe, e isso seria terrível, afinal, o loiro estava com o braço ferido por uma bala e, talvez, uma ou mais costelas quebradas devido ao impacto sofrido após o tremendo soco recebido pelo gigante. A situação não era das melhores, mas com força, perseverança e confiança em sua convicção de justiça ele seria guiado pelos deuses a fazer o que era certo.

Histórico:
 

Objetivos:
 

ϟ

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Eins - Halte dein Versprechen!   Eins - Halte dein Versprechen! - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Eins - Halte dein Versprechen!
Voltar ao Topo 
Página 3 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Minion Island-
Ir para: