One Piece RPG
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [M.E.P.] Likes: Ghouls
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor Likes: Ghouls Hoje à(s) 21:25

» [Mini-Likes: Ghouls] Teoria Humoral
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor Likes: Ghouls Hoje à(s) 21:21

» [Mini-Sting] Trabalhos sujos de formas baratas
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor Sting L3 Hoje à(s) 20:20

» [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor jaum11 Hoje à(s) 20:01

» [MINI - Mirutsu] Começo da Jornada
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor Mirutsu Hoje à(s) 19:34

» Ficha~Pierce~
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 19:04

» [Ficha] Violet
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 18:58

» Violet
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 18:58

» Buki Bijin
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor Bijin Hoje à(s) 18:43

» [Mini - Lind] Testando novas águas
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor Lind Hoje à(s) 18:41

» [MINI-JuninhoSiq1997] O Inicio
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor Khrono Hoje à(s) 18:00

» Takamoto Lisandro
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 16:34

» [Mini - Kyoki] Uma Jornada Inesperada.
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor Kyoki Hoje à(s) 16:30

» [Ficha] Hakuho
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor Van Hoje à(s) 13:42

» [Mini - Chikara] - Vamos para algum lado ?
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 13:02

» [Mini Shelvinho] O Início da Lenda
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor Khrono Hoje à(s) 12:44

» [Ficha] Song Jun Wang
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor Visastre Hoje à(s) 00:53

» [Mini - Inim] O errante
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor Khrono Ontem à(s) 23:25

» [Ficha] Miyamoto Ryuma
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor Miyamoto Ontem à(s) 22:52

» [Mini - Van] Seguindo conselhos
[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 21:12



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [MINI-MAEL WATER] BEGIN

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 30/11/2017

[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MAEL WATER] BEGIN   [MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 EmptySeg 19 Nov 2018, 23:24


O espadachim havia perdido um pouco do interesse que tinha pela beleza da garota ao perceber as espadas que estavam em sua posse, com isso a perguntou sobre elas, o que fez com que a bela moça virasse a bebida que estava bebendo em uma golada só, passasse o braço em sua boca, limpando a espuma que havia ficado nela e sacasse imediatamente suas armas, dando um belo sorriso enquanto olhava para elas e fazia alguns movimentos um tanto acrobáticos e até mesmo bonitos para quem vê de longe, não demorando para que olhasse para o rapaz, ainda mantendo seu semblante alegre e falasse empolgada.

- Você gostou, é? Saiba que eu mesma forjei essas belezinhas... –

Foi quando o rapaz começou a falar sobre suas intenções para moça de ir em uma ferraria lá perto no dia seguinte, assim que ele acabou de falar, ela se levantou, pegou um pacote que Bigode havia acabado de deixar sobre o balcão, o conferiu rapidamente e começou a andar, mas logo depois parou, olhando para trás diretamente nos olhos de Mael com seus belos olhos vermelhos, enquanto dizia sorrindo, demonstrando todo seu carisma e segurança, mas gritando brava ao final de sua fala com o dono do lugar.

- Entendi... Eu sou a ferreira que você vai visitar amanhã, abrimos às oito, esteja lá e vou te conseguir uma ótima arma, irmãozinho... EI, BIGODE, ESPERO QUE ESSAS TORTAS DE AMORA ESTEJAM BOAS! –

- ZEHAHAHAHA. MINHAS TORTAS DE AMORA NUNCA DECEPCIONAM, MALDITA! ZEHAHAHA. -

Bigode não deixou barato, gritando com ela no mesmo tom, mas se divertindo enquanto fazia, como sempre, com isso a garota deu mais um sorriso e continuou andando até a saída do lugar e o dono continuou esfregando seu pano, dessa vez em algumas garrafas. Foi então que o espadachim lhe fez mais um pedido, dessa vez sobre poder ficar lá e o ajudar com o estabelecimento. O homem então se aproximou dele e disse de maneira carismática enquanto lhe entregava um esfregão dentro de um balde com água, enquanto apontava para uma porta localizada ao lado do balcão.

- Eu estava mesmo precisando de alguém para limpar lá atrás, é só ir por essa porta, não ligue para o cheiro. ZEHAHAHAHA. –

Aceitando a tarefa, Mael pegou o que lhe foi dado e entrou, achando um lugar totalmente tomado pelo tempo, cheio de mofo e poeira, de modo que ficasse lá limpando por horas, tentando retirar a sujeira que estava no local. O movimento escutado de hora ficou cada vez menor, até que simplesmente cessou, ficando apenas o barulho dele esfregando o chão, se mantendo assim por mais alguns minutos, até que o barulho de garrafas quebrando foi escutado, então o dono entrou pela porta do cômodo onde o jovem espadachim estava, o entregando um sabre mal acabado e dizendo um pouco eufórico, mas mantendo sua risada apesar da situação desesperadora.

- Assassinos, eles vieram me matar, vamos lutar, não tem para onde fugir. ZEHAHAHAHA. Vamos nos esforçar garoto, eu fiz algumas dividas com um certo cafetão no passado, se é que me entende... ZEHAHAHAHA. –

Nesse momento entraram dois homens no lugar, ambos portavam belas katanas, as segurando com as duas mãos, estavam encarando Mael e Bigode estando prontos para partir para cima deles, um era bastante forte, com um cabelo comprido e ruivo, o outro era mais magro, mas era tão careca quanto o dono do bar, sendo que ambos usavam ternos e calças brancas, pareciam bastante bravos com o dono e o ruivo tinha um corte diagonal em seu peito, por onde saia um pouco de sangue.

DICAS E ORIENTAÇÕES:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Forest
Membro
Membro
Forest

Créditos : 6
Warn : [MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 16/11/2018
Idade : 23

[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MAEL WATER] BEGIN   [MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 EmptyTer 20 Nov 2018, 16:34


Fiquei estuporado ao ver a linda garota dos olhos vermelhos brincar com suas espadas com tanta animação.
“Que garota incrível...” Pensei ao apoiar meu cotovelo no balcão e a cabeça na mão deste mesmo braço, a encarando numa expressão impressionada, quase deixando meu cigarro cair da boca.
Só fiquei ainda mais admirado enquanto a garota pegava seu pacote e me contava que ela era a ferreira que eu procuraria pela manhã.
“O que? É ela?! Mas que boa coincidência...” Imaginava sem dizer nada, a olhando com um grande sorriso em meu rosto e acenando enquanto ela caminhava em direção a saída.

Depois que ela saiu e fiz minha proposta que foi aceita pelo Bigode Negro, ele me mostrou o caminho até um lugar com um cheiro horrível. Já quase me arrependia de ter feito aquela maldita proposta... mas não voltaria atrás com minha palavra. Então comecei a limpar. Nem vi o tempo passar, mas ao reparar que o bar estava quieto, notei que provavelmente já fariam horas que eu estava ali. Quando estava finalmente terminando minha função, escutei barulho de vidro se quebrando, em seguida tio Bigode aparece rindo, me oferecendo uma espada e me dizendo pra lutar ao seu lado contra assassinos.

Bem, claro que aquela luta não era minha, mas também não deixaria Mareshal em desvantagem podendo ser morto. Depois de um momento encarando-o e tentando entender a situação, disse:

-Dívidas com um cafetão, hein? Hahahah. Certo, vamos lá, mas espero que ainda tenha um cigarro com você.

Terminando de falar, agarraria a espada que ele me oferecia usando minha mão direita, dando uma breve olhada para ela e notando: “Uma espada um tanto mal acabada... mas deve servir.” Em seguida partiria na frente até a parte principal da taverna, onde os assassinos estavam entrando.

Ao chegar lá com Mareshal, poderia ver que dois homens um tanto putos empunhando suas espadas caminhavam em nossa direção enquanto nos observavam com atenção, imediatamente soube que sair dali sem uma luta seria inevitável. Enquanto se aproximavam, me concentraria para manter a calma e faria uma rápida análise de meus oponentes, mas precisava de tempo para fazê-la melhor.

“Um fortão cabeludo, ferido no peito e um careca magrelo. Ahahaha, isso vai ser divertido, uma oportunidade como essa vai ser ótima pra testar minhas habilidades.” Imaginaria ao sorrir para os dois como se fossem convidados ou apreciados clientes.

Fingiria demência, porém, discretamente analisaria todo o ambiente em que sabia que logo começaria uma batalha, tentando descobrir o que eu poderia usar a meu favor, além da fisionomia de meus dois adversários e com isso tentando deduzir suas possíveis habilidades. Em guarda, segurando firme com a mão direita abaixada tentando manter a espada que me foi dada fora da visão de meus oponentes, atento a qualquer movimento suspeito de um dos dois e podendo rapidamente erguer a espada, segurá-la com ambas as mãos e ao mesmo tempo afastaria meus pés para equilibrar bem meu corpo, estando assim, preparado para bloquear ataques, usando minha espada para chocar contra qualquer objeto ou parte de seus corpos usado para me atacar, ou até mesmo me movendo pra frente de Mareshal, protegendo-o no caso de notar que seria pego de surpresa. Num cenário como este, estaria esperando uma clara oportunidade de contra-atacar com precisão, força e velocidade, perfurando minha espada num local deixado exposto e removendo a espada de seu corpo imediatamente, voltando a manter minha guarda. Tentando assim tirar pelo menos um deles de combate o mais breve possível, nos deixando em vantagem numérica e abalando a confiança do homem que restou.

Se eles de alguma forma não atacassem inicialmente e caíssem em minha distração, iniciaria uma conversa normalmente com Mareshal para conseguir mais algum tempo, rezando mentalmente para que ele colaborasse e para que tivesse consigo o cigarro que eu pediria.

"Vamos lá tio Bigode... entenda o que estou tentando fazer".

-Mareshal, o senhor pode me passar mais um cigarro e o isqueiro para acendê-lo?

Se recebesse o que queria, faria tudo com minha mão esquerda, disposto a largá-lo imediatamente para me defender: Lentamente o colocaria na boca, pegaria o isqueiro, aproximaria ele da ponta do cigarro e o riscaria, dando a primeira tragada e devolvendo-o. Caso ele de alguma forma não me desse o cigarro e o isqueiro, me lamentaria tranquilamente:

-Ah... sem mais cigarros? Mas que pena não é mesmo? Realmente gostaria fumar um pouco mais...

Então sem me apresentar, encararia os dois de forma amigável e perguntaria:

-E então rapazes, o que nos dá a honra da visita de vocês numa hora dessa?

Aguardaria sua resposta enquanto sem prestar atenção, continuaria os analisando. “Esse ruivo parece ser realmente forte, mas está ferido. Como diabos ele foi chegar aqui sangrando..? Já o outro, apesar de não parecer muito forte deve ter uma velocidade elevada, não posso subestimá-lo.”

Ao terminar minha análise, os interromperia tirando o cigarro da boca com a mão esquerda por um breve momento e o colocando de volta na boca ao terminar de falar:

-Entendi, entendi… esse Bigode Negro realmente não tem jeito hein? hehe. Só um minutinho rapazes.

Sem esperar pela resposta, imediatamente me dirigiria a Mareshal, mas ainda mantendo minha atenção nos dois para um possível ataque surpresa. Sussurraria de forma que só ele me ouvisse:

-Tio bigode, sei que parece imprudente, mas vou tentar enfrentar os dois sozinho. Como não tenho certeza das habilidades deles e nem das minhas, preciso que o senhor fique atento, se achar que vou me dar mal, me de uma mãozinha!- De forma animada e estranha por estar sussurrando com um cigarro na boca, dando uma última tragada neste.

Mais uma vez sem esperar resposta, cuspiria o cigarro pro lado e partiria de repente pra cima do ruivo. Ao me aproximar um pouco e aproveitando da vantagem de iniciativa e surpresa, num salto, ergueria a espada com a mão direita e voltaria meus pés ao chão, desferindo um golpe diagonal usando meu ombro e girando todo meu corpo em função do ataque mirado no início de seu ombro esquerdo, continuando o corte em direção ao seu peito. Ele provavelmente estaria pronto para bloquear principalmente por querer proteger seu ferimento, mas eu já esperaria por isso. Se eu perceber que ele bloquearia ou esquivaria do meu ataque sem muita dificuldade, diminuiria a força de meu golpe e o redirecionaria, trazendo meu braço um pouco mais pra perto de mim, o suficiente pra que minha espada sequer se chocasse com a dele, passando muito perto. Ao surpreendê-lo passando minha espada livremente na sua frente, sob meu pé direito, aproveitando o impulso do ataque, giraria rapidamente meu corpo pra esquerda aproximadamente 360º enquanto me abaixaria levemente, esticando parcialmente meu braço esquerdo para auxiliar no equilíbrio e minha perna esquerda para desferir uma rasteira nas pernas de meu oponente, imediatamente voltando o pé usado para efetuar a rasteira firmemente ao chão e erguendo totalmente meu corpo no mesmo instante que restabeleceria a força em meu golpe de espada que na verdade não tinha terminado, muito pelo contrário, só teria pego mais impulso ao girar o corpo, e assim desferindo o golpe sem muita precisão, da forma que fosse mais fácil cortá-lo enquanto ele estivesse de alguma forma despreparado para recebê-lo, desequilibrado ou até mesmo em queda.

Se ele realmente cair depois disso e ainda continuasse segurando sua espada, pisaria nessa mão que a seguraria, fazendo com que ele solte e a chutaria para longe enquanto me afastaria de seu corpo, me colocando de frente para ambos os oponentes já em guarda com o corpo bem equilibrado e novamente pronto para me defender. Apontaria minha espada para seu companheiro careca e exclamaria com uma expressão ameaçadora:
                                                                                             
-Ainda está no clima de tentar matar alguém!? Se estiver, pode vir! Serei seu oponente.


Última edição por pedrocchaves159 em Ter 20 Nov 2018, 17:31, editado 1 vez(es) (Razão : Pequeno ajuste no segundo parágrafo)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MAEL WATER] BEGIN   [MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 EmptyQua 21 Nov 2018, 23:56


Enquanto Mael analisava o ambiente, não deu outra, o ruivo que já parecia furioso partiu para cima de Mareshal, tentando um poderoso corte vertical de cima para baixo, que foi bloqueado pelo próprio homem atacado ao erguer sua lâmina em uma posição horizontal e assim impedindo que fosse cortado ao meio. O que fez com que Mael não ajudasse aquele que aparentemente havia se tornado alguma espécie de companheiro, foi o outro homem atacante, o careca, que partiu para cima do espadachim desferindo um corte horizontal, que embora fosse bloqueado, o impacto foi tão forte que lançou o jovem espadachim contra a parede que se localizava atrás dele, batendo suas costas com força na mesma.

Foi então que Bigode que ainda bloqueava o ruivo, deu um chute com força em seu abdômen o lançando para trás, nesse momento partiu para cima do homem careca, dando início a uma luta imparável entre dois espadachins, o choque das espadas levantava faíscas para todo lado, iluminando ainda mais o lugar que as lamparinas espalhadas, a luta chegava a ser bonita de se ver e vendo que seu companheiro estava no chão, Bigode deu uma gargalhada e falou junto ao som das lâminas, se mantendo empolgado enquanto lutava sem perder a pose em nenhum momento.

- ZEHAHAHAHA. Não me diga que já se cansou, rapaz? –

- Morra logo desgraçado! –

Tudo que Mael escutou foi o grito de ódio do homem careca que se esforçava para tentar derrotar Mareshal, mas de toda forma parecia que o dono da taverna conseguia se manter durante a luta, dando oportunidade para que Mael se levantasse e fosse de encontro com o homem ruivo, que também acabara de se levantar. Ele desferiu um golpe diagonal no homem, mas o que Mael não esperava era que o homem não tentou bloquear e nem se esquivar do ataque, o que ele fez foi receber o dano que lhe seria infligido e aproveitar a oportunidade para atingir seu inimigo, sendo que enquanto Mael o cortava do ombro ao peito, causando um corte relativamente superficial, embora fizesse com que sangue jorrasse na direção do espadachim, Mael recebeu uma estocada durante o movimento, de modo que a espada inimiga fosse fincada em seu ombro esquerdo e logo depois removida.

Depois desse golpe, o homem ruivo deu um salto para trás e ainda portando sua espada com seu estilo de combate todo desengonçado e arriscado, porém efetivo, permaneceu encarando Mael, até que com a mão que não segurava nada, fez um sinal para que ele viesse ao seu encontro.

DICAS E ORIENTAÇÕES:
 



____________________________________________________

[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Unknown[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Imagem4[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Forest
Membro
Membro
Forest

Créditos : 6
Warn : [MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 16/11/2018
Idade : 23

[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MAEL WATER] BEGIN   [MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 EmptyQui 22 Nov 2018, 16:30

Assim que bati minhas costas na parede sem entender de onde aquele careca tirou tanta força, pensei:

"Mas que merda, esse cara é bem mais forte do que imaginei. Maldição… agora to aqui sendo salvo pelo tio Bigode."

Não consegui entender o que Mareshal tentou me dizer por causa do grito de seu oponente, mas não me importei muito. Talvez tenha sido um grito de incentivo. Tio Bigode se provou ser um ótimo lutador, então agora focaria apenas na minha luta contra o ruivo.

Depois do primeiro confronto com ele, completamente puto e frustrado pela minha estratégia ter falhado completamente, com o ombro esquerdo ensanguentado, diria a mim mesmo em pensamento:

“Mas que porra é essa? Quem diabos luta dessa forma suicida? Ele é retardado?”

Ao ver a provocação de meu oponente imprudente, apenas faria um gesto obsceno a ele com meu dedo médio da mão esquerda, sem sentir muito a dor do ombro esquerdo ferido, devido a adrenalina.

“Talvez o velho seja realmente muito forte, isso explicaria porque o cafetão enviaria um kamikaze. Certo… preciso recuperar minha calma e me concentrar agora.“ Imaginaria enquanto rapidamente extinguiria o ódio da minha expressão, tornando-a concentrada e levemente ameaçadora ao encarar meu oponente.

Mais uma vez atento a seus movimentos, mantendo sempre meus olhos nele, não responderia a sua provocação. “Ele que venha.” Pensaria me colocando novamente em guarda, juntando minhas mãos em minha espada e evitando ao máximo ficar próximo a alguma parede ou algo que atrapalhe minha movimentação. Desta vez só bloquearia ataques em último caso de defesa, agora testaria minha esquiva e contra-ataque. Se ele enrolar e não vier pra cima, diria:

-O que foi? Tá com medinha? É a sua vez, venha e me mostre o que pode fazer.

Se ele atacasse a parte superior de meu corpo, da esquerda pra direita, da direita pra esquerda ou de trás pra frente numa estocada, rapidamente me abaixaria pra esquivar, enquanto estivesse me esquivando começaria a desferir um golpe empunhando minha espada com força em ambas as mãos, da direita pra esquerda, contra-atacando numa tentativa de ferir gravemente sua perna esquerda. Acertando ou não, me afastaria imediatamente pra trás ou pro lado que me deixasse mais distante de sua espada para evitar um possível golpe.

No caso de ser atacado ainda na parte superior, mas de cima pra baixo, baixo pra cima me esquivaria pros lados. Se viesse pelas diagonais, esquivaria pro mesmo lado da origem do seu ataque se viesse de cima e pro lado oposto a origem se viesse de baixo. No mesmo tempo que empunhando minha espada com as duas mãos tentaria em uma estocada perfurar acima de sua cintura, num forte e preciso golpe. Sendo ou não efetivo, rapidamente me afastaria para trás pronto para me esquivar ou se necessário bloquear algum possível ataque.

Se tentasse de alguma forma atacar a parte inferior ou média do meu corpo, esquivaria rapidamente dando um salto sob seu golpe ou se julgasse alto ou arriscado demais pra conseguir pular, saltaria para trás, e usando as duas mãos na espada, contra-atacaria num forte e preciso golpe de cima para baixo mirando sua cabeça. Tendo sucesso ou não, me afastaria rapidamente, alerta pra me esquivar de qualquer ataque que viria em seguida.

Só partiria pra cima dele no caso dele tentar se juntar ao careca e atacar o tio Bigode. Se fosse forçado a bloquear seu ataque tanto para usar em último caso de defesa quanto evitar que de alguma forma atrapalhe meu companheiro em sua luta, já esperaria uma força tremenda em seu golpe, no mínimo equivalente ao golpe do seu companheiro, que não consegui bloquear muito bem. Num caso como este, faria o seguinte movimento:

Ao invés de fazer um simples bloqueio, mantendo meus pés separados para manter bem o equilíbrio, empunhando minha arma com ambas as mãos e mantendo uma distância segura, usaria sua força contra si mesmo ao encostar a ponta de minha espada contra a dele, girar minha espada por cima da sua, para o lado em que seu golpe viesse e assim que minha lâmina chegasse ao outro lado(contra a parte sem corte da arma dele), mantendo minha arma sempre colada na sua, aplicaria também minha força que se juntaria a sua e acompanharia sua espada, fazendo um movimento circular para baixo e em seguida pra cima, redirecionando seu golpe e talvez arremessando sua espada pelos ares.

Caso obtivesse sucesso em redirecionar e possivelmente arremessar sua espada, mantendo a espada empunhada nas duas mãos, imediatamente voltaria minha lâmina para baixo, cortando mais uma vez seu peito com toda minha força. Rapidamente após o corte ou a falha em meu movimento de bloqueio, me afastaria dele, esperando sua reação.

Em todos os casos em que eu contra-atacaria, imediatamente depois de terminar o movimento me afastaria a uma distância segura de meu oponente(apenas o suficiente pra que ele precise se aproximar para tentar me atingir), já esperando um de seus ataques. Seja saltando e me movendo para trás ou pros lados, da forma que melhor julgasse no calor do momento como a mais segura.

Se em algum golpe minha espada ficar muito presa a ponto de não conseguir removê-la com velocidade no caso de perfurar seu corpo, a giraria e perfuraria ainda mais pra dentro dele fazendo-o agonizar de dor, largaria minha espada dentro dele e sairia de perto.

Também ficaria sempre de olho em sua lâmina, para poder evitar seus golpes kamikazes e sempre que possível atento ao ambiente para não me chocar com alguma coisa ao me movimentar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MAEL WATER] BEGIN   [MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 EmptySex 23 Nov 2018, 12:30


Mael encarava seu adversário, enquanto Bigode e o homem careca continuavam em uma luta frenética bastante próxima dos outros dois, sendo que com a provocação do espadachim, não deu outra, o ruivo saiu correndo em sua direção com a espada levantada, era muito clara suas intenções de dar um golpe vertical no espadachim, que ao escutar o grito de frenesi do homem e ver sua corrida já se preparou para a esquiva.

- AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH. –

Em um rápido movimento, o espadachim se esquivou para sua direita, saindo da direção do ataque e já desferindo uma estocada acima de sua cintura, causando uma certa perfuração, embora fosse bastante superficial pensando no tamanho do homem que o atacava. Mais uma vez, aproveitando de seu movimento inicial, o ruivo tenta atacar Mael, mas dessa vez em um corte de baixo para cima ao atingir as pernas do homem. Por sorte ele esperava por isso, então saltou para trás, se esquivando e por ter percebido sua dificuldade em causar algum ferimento mais profundo no ruivo, optou por atingir sua cabeça, onde em um corte de cima para baixo, cravou sua espada, fazendo com que o ruivo caísse de joelhos morto, se mantendo nessa posição.

Logo depois, Mareshal vai na direção de Mael, ele não tinha nenhum arranhão em seu grande corpo, tudo que Mael podia ver era que o careca também fora derrotado, seu corpo estava jogado no chão com a cabeça alguns metros distante do restante do cadáver. Bigode mais uma vez soltou uma de suas gargalhadas e disse empolgado.

- ZEHAHAHAHA. Foi uma boa luta, garoto, eu sabia que você não ia morrer tão facilmente, aqui, tome cem mil berries pela ajuda, pode deixar que eu vou fechar tudo por hoje e limpar essa bagunça... ZEHAHAHAHA. –

DICAS E ORIENTAÇÕES:
 

____________________________________________________

[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Unknown[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Imagem4[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Forest
Membro
Membro
Forest

Créditos : 6
Warn : [MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 16/11/2018
Idade : 23

[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MAEL WATER] BEGIN   [MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 EmptySab 24 Nov 2018, 18:43

Ao notar o careca decaptado no chão e Mareshal sem nenhum arranhão, confirmaria o que já suspeitava. "Ele realmente é muito forte... e mesmo assim não teve coragem de entrar na Grand Line. Vou precisar melhorar muito para conseguir chegar lá."

-Sim, definitivamente foi uma boa luta, tio. Hahaha- Diria alegre ao dar uma olhada melhor no ferimento em meu ombro e devolvendo a espada que ele tinha me emprestado.

“Isso tá doendo um pouco… melhor limpar e fazer um curativo”.

-Tio, antes que eu vá, o senhor não poderia me dar um pedaço de pano limpo pra fazer umas ataduras e um pouco de álcool ou uma bebida forte pra limpar esse machucado?- Perguntaria com um pouco de dor em minha expressão e apontando com minha mão direita pro ferimento.

Usaria o que Mareshal me arrumasse para rapidamente esterilizar meu ferimento e improvisar um curativo, então agradeceria e me despediria:

-Obrigado por tudo, tio Bigode. Espero te ver novamente.- Enquanto estenderia meu braço direito em sua direção, oferecendo um aperto de mão com um discreto sorriso no rosto.

Ao sair do estabelecimento, daria uma olhada no céu e no tempo e tentaria deduzir se já estava próximo das oito horas da manhã. Se achasse que já eram oito ou mais, partiria direto para a ferraria da garota, se não, enrolaria pelo caminho, daria uma volta pela cidade a toa e só depois iria ao encontro da bela ferreira.

Assim que chegasse em sua loja, entraria e procuraria por ela. Ao localizá-la, diria de forma animada:

-Bom dia senhorita das espadas! Trago boas notícias, consegui algum dinheiro para comprar uma boa arma. O que você tem aí pra mim?- Ao terminar de falar, sorriria pra garota com grandes expectativas.

FEEDBACK:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MAEL WATER] BEGIN   [MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 EmptyDom 25 Nov 2018, 18:20


Escutando o pedido de Mael, Bigode andou até um balcão de onde retirou algumas ataduras, uma tesoura, esparadrapo e álcool, entregando para que o jovem pudesse se tratar. Então o rapaz cumprimenta o homem que também havia se tratado, se despedindo, em resposta, mais uma vez Bigode dá uma de suas clássicas gargalhadas o respondendo de maneira divertida e talvez até mesmo empolgante.

- ZEHAHAHAHA. Claro garoto, nos vemos de novo qualquer dia desses, espero que tenha sorte na Grand Line. –

Saindo do lugar, ele foi direto para a ferraria ao perceber que provavelmente já tinha passado do horário, foi bem na hora que a garota estava abrindo ao levantar o portão que segurava o lugar. Com isso, ela deu um sorriso fechando os olhos e o respondeu com sua voz doce e serena, apesar de parecer ainda um pouco cansada por ter acabado de acordar.

- Ah, bom dia, então você veio mesmo, vou te mostrar algumas ótimas! -

~Mini-Aventura ENCERRADA~


Observações:
Oie, então, esse último post eu senti que você diminuiu um pouco o nível, para os próximos quero que mantenha o nível dos seus posts anteriores para mais, hein? Kkk. De toda forma estamos encerrando, então tenha um bom jogo e divirta-se, siga os passos abaixo e preste bastante atenção no pedido de CRÉDITOS, eles podem ser bastante úteis para você um dia desses. Nos vemos na Grand Line!

O que fazer agora que terminei minha Mini-Aventura?
- 1º passo: Agora que encerrou sua mini-aventura basta criar a sua ficha na Criação de Personagens usando o Modelo de Ficha.
- 2º passo: Corra e crie sua aventura. Onde? Há um tópico chamado Crie sua Aventura, lembre-se de que você somente pode criar uma aventura se sua ficha for aprovada e dentro do limite de pedidos de criação de aventura pendentes. Caso haja alguma pendência espere alguém aprovar a aventura anterior, para postar a sua.
- 3º passo: Aventura aceita? Então procure um narrador, onde? Em T.N.D crie um tópico para solicitar seu narrador, e aguarde o ADM responsável pela área escolher um narrador para você.
- AH! Leia as regras para que você não venha a tomar punições.
- Lembre-se você tem 30 dias para pedir os 6 créditos da conclusão da mini-aventura neste link.

____________________________________________________

[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Unknown[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Imagem4[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MAEL WATER] BEGIN   [MINI-MAEL WATER] BEGIN - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI-MAEL WATER] BEGIN
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: