One Piece RPG
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Mini-Sting] Trabalhos sujos de formas baratas
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor Sting L3 Hoje à(s) 20:20

» [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor jaum11 Hoje à(s) 20:01

» [MINI - Mirutsu] Começo da Jornada
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor Mirutsu Hoje à(s) 19:34

» Ficha~Pierce~
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 19:04

» [Ficha] Violet
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 18:58

» Violet
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 18:58

» Buki Bijin
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor Bijin Hoje à(s) 18:43

» [Mini - Lind] Testando novas águas
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor Lind Hoje à(s) 18:41

» [MINI-JuninhoSiq1997] O Inicio
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor Khrono Hoje à(s) 18:00

» Takamoto Lisandro
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 16:34

» [Mini - Kyoki] Uma Jornada Inesperada.
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor Kyoki Hoje à(s) 16:30

» [Ficha] Hakuho
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor Van Hoje à(s) 13:42

» [Mini - Chikara] - Vamos para algum lado ?
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 13:02

» [Mini Shelvinho] O Início da Lenda
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor Khrono Hoje à(s) 12:44

» [Ficha] Song Jun Wang
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor Visastre Hoje à(s) 0:53

» [Mini - Inim] O errante
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor Khrono Ontem à(s) 23:25

» [Ficha] Miyamoto Ryuma
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor Miyamoto Ontem à(s) 22:52

» [Mini - Van] Seguindo conselhos
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 21:12

» Anitha Degar
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor Degar Ontem à(s) 19:34

» [Ficha] Boney Pepino
[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Emptypor Pepino, o Breve Ontem à(s) 14:44



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [Mini - Peter] O Caos Rastejante.

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Peter
Membro
Membro
Peter

Créditos : 8
Warn : [Mini - Peter] O Caos Rastejante. 9010
Masculino Data de inscrição : 15/11/2018
Idade : 19
Localização : Wars Island - North Blue.

[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Empty
MensagemAssunto: [Mini - Peter] O Caos Rastejante.   [Mini - Peter] O Caos Rastejante. EmptyQui 15 Nov - 3:27

Nome: Peter Joseph Bordeaux
Idade: 25
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho: 180cm
Estilo de Combate: Espadachim
Localização: East Blue - Shells Town
Grupo: Civil
Vantagens: Aceleração.
Desvantagens: Vício.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [Mini - Peter] O Caos Rastejante. 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Peter] O Caos Rastejante.   [Mini - Peter] O Caos Rastejante. EmptyQui 15 Nov - 14:01

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: https://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

____________________________________________________

[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Unknown[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Imagem4[Mini - Peter] O Caos Rastejante. FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Peter
Membro
Membro
Peter

Créditos : 8
Warn : [Mini - Peter] O Caos Rastejante. 9010
Masculino Data de inscrição : 15/11/2018
Idade : 19
Localização : Wars Island - North Blue.

[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Peter] O Caos Rastejante.   [Mini - Peter] O Caos Rastejante. EmptyQui 15 Nov - 15:07

Era interessante acordar e ter com o que se importar, o que certamente era o caso de Peter, que afinal, se mudara para Shells Town para finalmente ter um novo começo em sua vida.
Cansado dos ocultos e estudos já antigos o qual fazia, o jovem loiro, com feições que se encaixavam em padrões alemães, ainda que tal padrão seja possivelmente conhecido apenas em livros de fantasia e ficção, que relatavam histórias em outros mundos, mais pacatos, diversos e bastante populosos e que certamente abrangiam muitas etnias e características únicas, talvez, com o que fascinava o jovem a ler mais e mais tais contos.
Era hora de partir, pensou, já estava mais do que na hora de sair de onde estava, algo parecido com uma pensão onde passara a última noite, e procurar locais onde pudesse se informar mais sobre a pequena cidade e que pudesse partir buscando algo que nem ele mesmo sabia. Seu futuro certamente era incerto.
Ao sair da instalação, ou pelo menos enquanto saía, puxou do bolso de sua jaqueta um maço de cigarro, o qual era seu preferido. Por falta de sorte não pode acender pois os fósforos haviam acabado, trataria de buscar algum o mais rápido possível.
No momento ele apenas observava a instalação enquanto descia as escadas que levavam ao segundo andar. Guardou o maço no bolso de sua jaqueta, alisou seu cabelo, o colocando sobre a orelha esquerda, e olhou para a porta. Sair para tomar um ar e procurar onde conseguir fósforos era seu objetivo até então, ele não era alguém ambicioso ou pretencioso.
Enquanto saia também observava se não tinha ninguém no lugar, tentaria puxar uma conversa para saber sobre o que encontraria na cidade, e claro, onde poderia ir. As únicas coisas que o jovem sabia era que havia um grande quartel da marinha instalado na ilha e que seria um grande problema causar confusão. Talvez uma milícia agisse por trás dos panos, pensou, mas aquilo não o incomodava. Suspirou fundo e continuou descendo as escadas. Pensar na marinha e seus agentes lhe dava dor de cabeça, mas a pirataria também era um nojo em seu ponto de vista. O loiro só pensava no dinheiro que poderia ganhar vendendo aqueles piratas podres para a marinha e poder gastar com o que quisesse, buscaria isso, afinal era sua vocação, talvez.
Seus objetivos principais, além do cigarro que não saía de sua cabeça, era explorar a cidade, saber o que poderia encontrar ali e tentar galantear alguém com o intuito de receber informações interessantes. O loiro sorria ao pensar nisso. Lembrava de quando fugia dos treinos de Kendö com alguns amigos e ia para a região mais comercial de onde morava, querendo se divertir com bebidas e mulheres, ainda que com alguma segunda intenção.

OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [Mini - Peter] O Caos Rastejante. 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Peter] O Caos Rastejante.   [Mini - Peter] O Caos Rastejante. EmptyQui 15 Nov - 16:38

~Post NEGADO~



* Olá, eu irei te orientar durante a mini-aventura, qualquer dúvida que tiver, pode me enviar MP ou chamar pelo discord: Fanalis B. Ria#8212. Mas agora vamos ao post.

Seu post está em um nível legal, dá para entender suas ideias, já que elas foram apresentadas com clareza e uma certa ordem, ao meu ver, você deve sair rapidamente da mini-aventura, criar uma ficha e ir para uma aventura oficial.

Eu estava pensando em deixar passar, mas é melhor resolvermos isso de cara, o primeiro motivo de eu estar negando é o GOD mode que você cometeu em alguns momentos, ou seja, você utilizou de coisas em sua narração que não tinham sido descritas por um narrador ou no caso da mini, um orientador.

Está tudo bem falar do que lhe ocorreu no passado utilizando de cenários e coisas do tipo não descritos, mas no presente, onde você tenta interagir com aquilo ao seu redor não é possível. Aqui estão os trechos onde você cometeu o GOD mode:

“onde estava, algo parecido com uma pensão onde passara a última noite”

“No momento ele apenas observava a instalação enquanto descia as escadas que levavam ao segundo andar. “

“Suspirou fundo e continuou descendo as escadas. “


O segundo motivo foi você ter começado a mini com um maço de cigarros, esse é menos grave por ser uma mini-aventura, mas em uma aventura normal, no caso, na primeira, você começa sem nada, além das roupas do corpo, então é melhor tirar essa parte também.

“puxou do bolso de sua jaqueta um maço de cigarro”

O terceiro é o mais importante de trabalharmos ao meu ver, são as ações que seu personagem vai tomar ao longo da aventura e estas precisam ser bem descritas para que o narrador possa trabalhar com elas, aqui vão alguns trechos que você poderia detalhar mais com dicas de o que poderia e deveria acrescentar para melhorar sua narração e darmos continuidade com a mini.

“Enquanto saia também observava se não tinha ninguém no lugar, tentaria puxar uma conversa para saber sobre o que encontraria na cidade, e claro, onde poderia ir.”


Nesse você poderia detalhar como seria a expressão do seu personagem, o tom da voz que ele faria para a pessoa, como seu corpo estaria posicionado e o mais importante, sendo totalmente necessário, sua fala. Se você não coloca uma fala, como o narrador vai saber exatamente o que você quer para dar uma resposta? Entende? É necessário para que ele possa lhe responder.

“Seus objetivos principais, além do cigarro que não saía de sua cabeça, era explorar a cidade, saber o que poderia encontrar ali e tentar galantear alguém com o intuito de receber informações interessantes.”


Daí você fala sobre seus objetivos de explorar a cidade, mas como você faria isso? Sairia andando por ai olhando coisas ao seu redor? Perguntaria para pessoas sobre a cidade? Se sim, o que perguntaria? Sairia correndo igual um louco pela ilha?

Percebe? São infinitas possibilidades e elas precisam ser melhor explicadas para que haja uma facilidade entre o narrado e o narrador.

Agora algumas dicas sobre a parte estrutural do seu texto, primeiro é utilizar o justify basta utilizar o seguinte código para que o texto fique melhor formatado:

Código:
<blockquote>[justify]INSIRA SEU TEXTO AQUI[/justify]</blockquote>

Outra coisa é dar o espaçamento de pelo menos uma linha entra cada um de seus parágrafos, se não fica tudo muito embaraçado e dificulta a leitura das pessoas.

Por fim, eu vi que você colocou em itálico seu pensamento, já é alguma coisa, mas minha dica é que escolha uma cor para as falas e outra para os pensamentos e comece a utilizá-las para destaca-los do resto do texto.

Por enquanto é isso, ajuste o primeiro post sem cometer GOD mode, colocando tentativas e nunca afirmando as coisas, pois a qualquer momento pode acontecer algo que lhe impeça de fazer o que você quer, como por exemplo, você tenta ir falar com alguém para perguntar sobre a cidade, mas alguém chega por trás te dando um soco e te jogando longe. Tire o maço de cigarros e coloque mais detalhes para as ações, então repost para continuarmos.

Tirando os erros que apontei, está tudo bem feito, então mais uma vez reforço que ter um post negado é normal no início e a mini deve acabar logo. Vlws e no aguardo.

Aqui vão algumas aventuras que sugiro ler alguns posts para melhorar e incrementar os seus:

https://www.onepiecerpg.com/t42812p30-troia-parte-4-fury-road#382847
https://www.onepiecerpg.com/t41597-troia-parte-3-pandemonium
https://www.onepiecerpg.com/t34886-1-capitulo-e-melhor-reinar-no-inferno-do-que-servir-no-ceu*


____________________________________________________

[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Unknown[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Imagem4[Mini - Peter] O Caos Rastejante. FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Peter
Membro
Membro
Peter

Créditos : 8
Warn : [Mini - Peter] O Caos Rastejante. 9010
Masculino Data de inscrição : 15/11/2018
Idade : 19
Localização : Wars Island - North Blue.

[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Peter] O Caos Rastejante.   [Mini - Peter] O Caos Rastejante. EmptySex 16 Nov - 8:10


Acordar era algo que aliviava Peter, pode parecer bobo, mas o jovem se acalmava ao abrir os olhos e ver que estava vivo por mais um dia.

Ainda não fazia nada, permanecia aonde estava e sem se movimentar para fazer coisa qualquer, apenas se mantinha em seus pensamentos profundos e ocultos que tanto lhe assombravam. Sentia vontade de sair correndo para onde o vento lhe levasse, fazer o que queria e como queria. Sem o menor medo de represália. Queria se sentir livre apenas mais uma vez, mas sua mente lhe deixava acuado, completamente sozinho e com muito, muito medo.

Sua boca começava a salivar, era a vontade de fumar, mas que infelizmente não poderia ser saciada no momento por não ter nada além de sua roupa do corpo. Trataria disso o mais rápido possível. Também percebeu que por ter somente a roupa do corpo, nada mais, ele provavelmente teria que conseguir dinheiro para comprar algumas coisas que iria precisar, talvez uma espada simples, um par de sapatos melhor, algumas roupas melhores também, mas principalmente o cigarro, era o que lhe fazia mais falta naquele momento.

Peter alisava o cabelo e também passava a mão sobre o rosto, os pequenos pelos que começavam a nascer indicavam que já era hora de fazer a barba, não gostava disso e iria evitar. Quem sabe um cavanhaque para inovar? Era uma escolha que deixaria para outro momento, era cedo demais para isso.

Seus objetivos em Shells Town eram bem simples, conseguir dinheiro e comprar o que queria, esperava que isso fosse fácil de conseguir fazer, mas temia o que poderia acontecer caso não conseguisse, não queria morrer de fome nem morar na rua na sua primeira semana em uma ilha nova. Esperava que o que fosse fazer para conseguir dinheiro não acabasse por tirar sua vida. Talvez uma missão fácil, missões de mercadores eram fáceis, pensou, ou até mesmo uma batalha contra algum idiota lutando por dinheiro. Eram fatores que lhe faziam suspirar e nessa hora sua preguiça chegava no ápice, não reunia forças nem para se levantar.
Sair na rua também não era nenhum problema, assim esperava, sua aparência poderia chamar a atenção de alguns, talvez por ser bem diferente do comum local, e isso poderia ser tanto uma vantagem como também sua desvantagem, mas esperava que seu belo cabelo loiro e seus olhos azuis encantassem alguma garota a fim de receber informações úteis sobre onde estava e o que poderia encontrar em Shells Town. Provavelmente conversaria com alguns transeuntes sobre a cidade e também sobre o quartel da marinha que era a única coisa que sabia, o que lhe dava uma dor de cabeça só de pensar na marinha, mas os piratas não estavam longe disso.

Pensar no quartel da marinha era bem interessante, pois lhe abria brecha para imaginar se alguma milícia agia por baixo dos panos, se algum grupo de “heróis”, ou idiotas por completo, atuasse de forma a trazer a justiça que o povo merecia. Pura babaquice, pensava enquanto esboçava um sorriso. O loiro certamente se prontificaria para saber se havia algum grupo de idiotas assim pela cidade. Esperava encontrar informações interessantes nas ruas.

Eram pontos em que Peter se indagava bastante de como iria fazê-los, mas que não tiravam o ânimo de iniciar uma nova fase em sua vida, começar tudo do zero, afinal, ele pensava que se sentia preparado para enfrentar a vida, seus treinos de Kendö quando criança formaram sua moral e índole e sua família também contribuía para isso, mas certamente sua falta de experiência o deixaria na mão e este era o mal dos jovens, achar que sabem de tudo. Obviamente algum mal lhe aguardava.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [Mini - Peter] O Caos Rastejante. 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Peter] O Caos Rastejante.   [Mini - Peter] O Caos Rastejante. EmptySex 16 Nov - 11:42

~Post NEGADO~

*Oi Nyarlatothep, tudo bem? Seu post teve uma melhora considerável em relação ao outro, não teve nenhum erro técnico e com exceção de um parágrafo que você não separou, provavelmente por ter passado batido, a estrutura está ótima, então você deve estar se perguntando: “Mas Ria, se eu não errei, por que você está negando meu post?”

Acontece que apesar de não ter GOD modes ou outros erros, você não deu as ações de maneira detalhada, por exemplo:

“Provavelmente conversaria com alguns transeuntes sobre a cidade e também sobre o quartel da marinha que era a única coisa que sabia, o que lhe dava uma dor de cabeça só de pensar na marinha, mas os piratas não estavam longe disso. “

Não dá para saber se isso é a tentativa de conversar com alguém, pois pelo uso da palavra "provavelmente", ficou como se fosse algo que você estivesse cogitando fazer, mas não tivesse ido fazer. Se fosse algo que você estivesse cogitando e não tentou fazer, seu post simplesmente não teve ação alguma, se estivesse tentando, foi tão pouco detalhado que não daria espaço para o narrador e entraria praticamente no mesmo problema.

Se você está procurando por pessoas para que lhe deem informações, precisa especificar como, vai andar por ai até esbarrar em alguém? Vai sair gritando feito um louco? E se não achasse ninguém, o que faria? Se encontrasse, o que faria especificamente? Nesse ultimo ponto, temos as falas, você precisa em 100% dos casos dizer o que e como o seu personagem vai falar, como por exemplo:

“Andaria pela ilha a procura de alguns transeuntes, se encontrasse algum, me aproximaria com um sorriso levemente sádico no rosto, se tinha algo que eu queria naquela ilha, era aventura e qualquer situação que pudesse me proporcionar alguma emoção me seria benéfica. Ao me aproximar o suficiente, diria calmamente, embora meu rosto demonstrasse excitação, contradizendo um pouco com o tom de minha voz.


- Olá, eu sou Peter Joseph Bordeaux e preciso de algumas informações, poderia me ajudar? –

Se a pessoa respondesse negativamente, sairia sem sequer me despedir e continuaria em minha busca até que encontrasse alguma outra, mas se respondesse positivamente minha pergunta, bateria minhas mãos uma na outra esbanjando um sorriso ainda mais sádico que o mantido até agora e continuaria com minhas dúvidas mantendo o mesmo tom e falando.

- O que pode me dizer sobre essa ilha? E mais, tem um quartel general por aqui? Se sim, como ele é?

No caso de andar sem encontrar ninguém, eu...”

E por ai vai, o importante aqui são os detalhes e como você desenvolve seu personagem, apesar do exemplo que eu dei não ter sido tão bem desenvolvido, você poderia fazer qualquer coisa que mostre quem seu personagem realmente é, de modo que ao ler seu post, a pessoa entenda exatamente, assim como você fez em alguns momentos passando a mão nos cabelos e na barba, dizer como ele se sente em cada situação é fundamental também para se fazer um post de qualidade e seu personagem não pareça um robozinho sem sentimentos.

Além do que mencionei até agora, outra coisa importante, além do detalhamento das ações é a quantidade delas, nesse seu último post não teve nenhuma, então o máximo que eu poderia fazer, seria colocar um cenário e dizer o que você estava vendo ao seu redor, o que comprometeria seu aprendizado na mini, aos meus olhos, por isso coloque algumas ações, as descrevendo bem, como por exemplo como você encontraria pessoas, o que falaria se encontrasse, se respondessem o que você perguntasse, o que você faria a seguir... Essa parte é primordial para que sua aventura no futuro não fique parada, é muito importante que o narrador tenha ações para trabalhar e que você conduza a história tanto quanto ele, como um protagonista da própria história.

Por fim, gostaria de destacar algo em relação aos seus pensamentos, você já está os colorindo para os destacar, o que já ajuda muito, mas outra coisa que poderia fazer para melhorar a organização, seria colocar traços, aspas ou qualquer outra coisa para diferencias os pensamentos do resto do texto, por exemplo, você escreveu:

“Talvez uma missão fácil, missões de mercadores eram fáceis, pensou, ou até mesmo uma“

Seria mais interessante ou separar o pensamento em outro parágrafo, o que daria um maior destaque para ele, ou simplesmente o separar com alguma pontuação do resto do texto:

“Missões de mercadorias eram fáceis...”

Pensaria cogitando por alguma missão fácil, coisa que...”

Ou

“Talvez uma missão fácil - Hum, Missões de mercadores eram fáceis... - Pensaria ao lembrar que...

Por enquanto é isso, se seguir as dicas certinho, tenho certeza de que seu próximo post vai ser aprovado. Vlws e no aguardo.*


____________________________________________________

[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Unknown[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Imagem4[Mini - Peter] O Caos Rastejante. FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Peter
Membro
Membro
Peter

Créditos : 8
Warn : [Mini - Peter] O Caos Rastejante. 9010
Masculino Data de inscrição : 15/11/2018
Idade : 19
Localização : Wars Island - North Blue.

[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Peter] O Caos Rastejante.   [Mini - Peter] O Caos Rastejante. EmptySex 16 Nov - 20:57


Acordar era algo que aliviava Peter, pode parecer bobo, mas o jovem se acalmava ao abrir os olhos e ver que estava vivo por mais um dia.

Ainda não fazia nada, permanecia aonde estava e sem se movimentar para fazer coisa qualquer, apenas se mantinha em seus pensamentos profundos e ocultos que tanto lhe assombravam. Sentia vontade de sair correndo para onde o vento lhe levasse, fazer o que queria e como queria. Sem o menor medo de represália. Queria se sentir livre apenas mais uma vez, mas sua mente lhe deixava acuado, completamente sozinho e com muito, muito medo.

Sua boca começava a salivar, era a vontade de fumar, mas que infelizmente não poderia ser saciada no momento por não ter nada além de sua roupa do corpo. Trataria disso o mais rápido possível. Também percebeu que por ter somente a roupa do corpo, nada mais, ele provavelmente teria que conseguir dinheiro para comprar algumas coisas que iria precisar, talvez uma espada simples, um par de sapatos melhor, algumas roupas melhores também, mas principalmente o cigarro, era o que lhe fazia mais falta naquele momento.

Peter alisava o cabelo e também passava a mão sobre o rosto, os pequenos pelos que começavam a nascer indicavam que já era hora de fazer a barba, não gostava disso e iria evitar. Quem sabe um cavanhaque para inovar? Era uma escolha que deixaria para outro momento, era cedo demais para isso.

Seus objetivos em Shells Town eram bem simples, conseguir dinheiro e comprar o que queria, esperava que isso fosse fácil de conseguir fazer, mas temia o que poderia acontecer caso não conseguisse, não queria morrer de fome nem morar na rua na sua primeira semana em uma ilha nova. Esperava que o que fosse fazer para conseguir dinheiro não acabasse por tirar sua vida. Talvez uma missão fácil, missões de mercadores eram fáceis, pensou, ou até mesmo uma batalha contra algum idiota lutando por dinheiro. Eram fatores que lhe faziam suspirar e nessa hora sua preguiça chegava no ápice, não reunia forças nem para se levantar.

Sair na rua também não era nenhum problema, assim esperava, sua aparência poderia chamar a atenção de alguns, talvez por ser bem diferente do comum local, e isso poderia ser tanto uma vantagem como também sua desvantagem, mas esperava que seu belo cabelo loiro e seus olhos azuis encantassem alguma garota a fim de receber informações úteis sobre onde estava e o que poderia encontrar em Shells Town. Provavelmente conversaria com alguns transeuntes sobre a cidade e também sobre o quartel da marinha que era a única coisa que sabia, o que lhe dava uma dor de cabeça só de pensar na marinha, mas os piratas não estavam longe disso.
Perguntas como:

- Ei, tudo bom? Me chamo Peter e sou novo aqui. – Diria enquanto sorriria amigavelmente. – Você poderia me informar sobre esta cidade? Algum ponto importante que tem por aqui...

Logicamente esperaria a pessoa em questão responder e, dependendo da resposta, lhe faria outra pergunta ou diria algo, caso fosse uma resposta satisfatória diria:

- Muito obrigado! Me sinto perdido em lugares grandes assim!

Ou alguma resposta incompleta, talvez a qual eu não compreendesse:

- Bom, tudo o que eu sei é que aqui tem a instalação de um grande Quartel da Marinha, sabe me dizer como chegar lá?

Em alguns casos eu poderia ser interpretado de forma errada, talvez quem eu perguntasse poderia ser algum fora da lei, talvez pirata. Quem sabe? As únicas respostas que eu teria seria ao perguntar e certamente ficar ali parado não era uma boa escolha.

Pensar no quartel da marinha era bem interessante, pois lhe abria brecha para imaginar se alguma milícia agia por baixo dos panos, se algum grupo de “heróis”, ou idiotas por completo, atuasse de forma a trazer a justiça que o povo merecia. Pura babaquice, pensava enquanto esboçava um sorriso. O loiro certamente se prontificaria para saber se havia algum grupo de idiotas assim pela cidade. Esperava encontrar informações interessantes nas ruas.

O loiro, ao saber da localização da marinha certamente iria para lá, provavelmente após conseguir dinheiro. O que lhe restavam poucas opções de como o conseguiria. Os trabalhos que conseguisse iria executar de forma que consiga a confiança de quem o contratou, isso era algo muito importante, pensou. Além de como iria chegar a este serviço, talvez conversando com mais alguém na rua, preferencialmente na região comercial da ilha. Certamente lá poderia encontrar alguém precisando de ajuda.
Algo como:

- Olá, tudo bom? Me chamo Peter e queria saber se o senhorOu senhora.Teria algum serviço para mim, ou talvez alguém que tenha e possa me indicar. Sou novo aqui sabe? Não queria dormir na rua na minha primeira vez em uma cidade tão grande! Hahaha – Sorriria amigavelmente.

Dependendo da resposta, caso a pessoa a quem o jovem perguntasse tivesse sim o trabalho, ele perguntaria como era o serviço e como o faria. Mas caso seu plano fosse por água a baixo, o que mais temia, ele apenas agradeceria e tentaria em algum comércio próximo, também na região mercantil.

Ele tentaria fazer disso uma forma de agradar tanto a quem fala como também a quem ele iria fazer o serviço, de forma que as pessoas com quem se envolvessem tivessem uma boa primeira impressão de Peter. Isso era importante, pensou.

Eram pontos em que Peter se indagava bastante de como iria fazê-los, mas que não tiravam o ânimo de iniciar uma nova fase em sua vida, começar tudo do zero, afinal, ele pensava que se sentia preparado para enfrentar a vida, seus treinos de Kendö quando criança formaram sua moral e índole e sua família também contribuía para isso, mas certamente sua falta de experiência o deixaria na mão e este era o mal dos jovens, achar que sabem de tudo. Obviamente algum mal lhe aguardava.

OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [Mini - Peter] O Caos Rastejante. 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Peter] O Caos Rastejante.   [Mini - Peter] O Caos Rastejante. EmptySex 16 Nov - 22:18


Estava no meio do dia e o Sol brilhava em toda a ilha de Shells Town, pelo cheiro de comida que pairava no ar vindo das casas, era fácil de se identificar que estava no horário do almoço, tendo algum movimento na rua, embora fosse pouco em relação a outros horários. Mas diferente da maioria dos moradores da ilha, um homem não estava preocupado com sua refeição e sim com aquilo que mais lhe afligia, seu vício por cigarros, ainda mais porque já fazia algum tempo que o mesmo não fumava um.

O jovem rapaz loiro andava pelas ruas daquela grande cidade esbanjando de sua aparência avantajada em relação às pessoas comuns, de modo que chamava atenção por onde passava, tanto das garotas, quanto de alguns homens, avistando duas belas garotas andando pela rua e vindo em sua direção, sendo uma ruiva com algumas sardinhas no rosto e a outra morena, ambas de corpos invejáveis, o rapaz se aproximou já se apresentando e pedindo por informações, levando a morena a dar uma risada tímida, junto de uma leve corada em seu rosto, sobrando para a ruiva responder, também um pouco sem jeito diante da presença do rapaz.

- Hihihi. –

- O-oi, eu me chamo Ruby e essa é a Lara, bem, aqui tem uma estação de zepelins, algumas tavernas, lojas, o banco e o quartel general d amarinha, tem algo mais específico em mente? –

Então o homem a retrucou com mais uma pergunta, dessa vez em relação ao QG da marinha, o que fez com que tanto Ruby quanto Lara o olhassem dos pés até a cabeça, como se estivessem se perguntando em relação a o que Peter queria na marinha, mas não demorou até ela colocar a mão direita segurando seu queixo enquanto pensava um pouco e logo depois com um acenar de sua cabeça em sinal de confirmação apontasse para a direção oposta da qual as garotas vinham e dizendo dessa vez mais calma em relação a antes.

- Sim, basta seguir por nove quadras naquela direção e virar a esquerda por três quadras, bem, agora precisamos ir, nos vemos qualquer dia desses Peter... –

Com o agradecimento do rapaz, as garotas simplesmente sorriram e seguiram seu caminho, o deixando sozinho com seus pensamentos sobre ir para marinha, mas antes tentar conseguir algum dinheiro para não chegar lá de mãos abanando. Começou a olhar para as lojas que enxergava no lugar, até que viu uma senhora de idade com cabelos grisalhos e um peso bastante avantajado varrendo a frente de sua loja de animais, onde estavam várias gaiolas com animais domésticos de várias espécies diferentes.

Ao se aproximar da velhinha e a questionar sobre trabalho, ela soltou um sorriso levemente sádico, como o de alguém que maltrataria a pessoa a sua frente em um piscar de olhos. Ela se aproximou cada vez mais do rapaz e o entregou a vassoura em suas mãos, dizendo com uma voz rouca e falha, bastante típica em pessoas bastante velhas.

- Oh-ora me-eu jo-o-ovem, pode-e va-arrer o chão-o pa-ara mim... Eu te-e pa-ago... –


Com isso, vagarosamente a senhora entrou em sua loja, e sentou em uma cadeira localizada atrás de um balcão, enquanto Peter continuou o serviço dela, mas não demorou até que uma bela loira de olhos azuis se aproximasse do rapaz e o perguntasse sem demonstrar muito interesse no rapaz, apenas como se fosse mais uma cliente.

- Boa tarde, qual o valor daquela coruja branca logo ali? –

Se Peter olhasse para dentro da loja, perceberia que a dona não estava apenas sentada relaxando, como também dormindo, enquanto a moça o encarava esperando por alguma resposta em relação ao animal que queria comprar.

DICAS E CONSIDERAÇÕES:
 

____________________________________________________

[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Unknown[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Imagem4[Mini - Peter] O Caos Rastejante. FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Peter
Membro
Membro
Peter

Créditos : 8
Warn : [Mini - Peter] O Caos Rastejante. 9010
Masculino Data de inscrição : 15/11/2018
Idade : 19
Localização : Wars Island - North Blue.

[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Peter] O Caos Rastejante.   [Mini - Peter] O Caos Rastejante. EmptySab 17 Nov - 0:46


O calor do sol e sua vontade de fumar lhe incomodavam bastante, ele se sentia ansioso, bastante ansioso. Felizmente Peter tinha com o que se distrair, ainda que seu vício lhe perturbasse, o cheiro de comida vindo das casas próximas era bom demais, sua barriga queria roncar. Tenho que comer também, pensou.

Durante sua caminhada pelas ruas seus olhos não paravam quietos, similares a lindos lagos de águas cristalinas ele fitava as duas garotas que, sinceramente, chamaram sua atenção. O loiro sorria de modo gentil e, de certo modo, sexy. Se aproximada das garotas e fazia algumas perguntas sempre com um sorriso amigável no rosto. As respondia quando necessário e agradecia quando ia embora, agora com as informações que queria. Era fato, Peter tinha seus complexos de superioridade, algo que provavelmente lhe atrapalharia no futuro.

Ao chegar em algo similar a um comércio, parecia algo como uma loja de animais, pensou, uma loja de animais bem desleixada por sinal. O loiro olhava todas aquelas gaiolas penduradas, com algumas espécies domésticas interessantes, mas o que mais lhe chamava atenção era a senhora a frente da loja varrendo a entrada, seu cabelo branco e sua postura demarcavam sua idade, principalmente seu cabelo grisalho. Neste momento, ao fitar a senhora, o jovem alisou seu cabelo colocando-o sobre sua orelha esquerda, isso se tornou um vício.

Perguntou a senhora sobre algum serviço que ela poderia lhe oferecer ou lhe indicar e ela logo entregou a vassoura, o loiro pegou, calado, e ouviu a senhora ordenar que ele apenas continua fazendo o serviço dela. Que bom que é algo tão simples, como imaginou

O loiro continuava varrendo até ser abordado por uma moça que lhe chamara atenção, seu cabelo e seus olhos pareciam lindos, e ele queria impressioná-la. Se aproximou, ao perceber que ela queria falar algo e ouviu com atenção.

A pergunta da mulher mexeu com a mente do loiro, ele não saberia como responder e principalmente ele não queria que a moça fosse embora tão facilmente. Era uma questão de honra fazer seu serviço da melhor forma, afinal, o pagamento seria de grande ajuda.
Olhou para a coruja, olhou para a moça e percebeu que ela estava aguardando sua resposta.

- Bom, é que eu sou novo aqui. – Diria envergonhado. – E a dona do estabelecimento não me falou os preços dos animais... E como pode ver ela já está dormindo.

Peter já não sabia o que falar, acordar a senhora poderia faze-la ficar irritada, mas deixar a cliente na mão daquele jeito acabaria com a reputação da loja. Era um grande problema.

- Eu posso tentar acordar ela... – Diria o jovem olhando para a senhora atrás do balcão.

Peter colocaria a vassoura na parede a sua direita, iria se virar e caminhar até estar próximo o suficiente da senhora. Era o que pensava. Antes de poder começar a executar essa ação o jovem também pensou em olhar sobre o balcão se havia algum catálogo com preços, informando sobre os animais, seria bom encontrar isso, e caso encontrasse ele procuraria o preço da coruja em questão e responderia a pergunta da mulher.
Diria:

- Bom, o preço é x, gostaria de levar? – Com um tom gentil.

Caso não encontrasse iria tentar olhar na gaiola do animal se havia alguma etiqueta também com o preço, algo que também lhe ajudaria bastante. Acordar a senhora lhe parecia assustador, gostaria de nem imaginar a cena dela acordando furiosa e o colocando para fora da loja sem pagamento algum, mas era importante cumprir seu trabalho.

No último caso, caso as outras tentativas de descobrir e informar o preço do produto para a moça fossem um completo fracasso. O jovem finalmente, e infelizmente, tentaria acordar a senhora.
Falaria em voz baixa, quase um sussurro:

- Senhora, pode me ajudar? – Diria. – Nós temos uma cliente, mas não sei qual o preço dos produtos.

Caso acordasse, além do sorriso no rosto de Peter, ele diria:

- Ótimo, ela ainda está esperando... – Sussurraria.

Seria ruim se ela acordasse de mal humor, o jovem não saberia o que faria caso ela o fizesse, logo, algumas ações de precaução deveriam ser tomadas. O loiro certamente iria se desculpar e trataria de contornar a situação.

- Bom, senhora, você me deixou um pouco na mão... – Diria sorrindo envergonhado enquanto alisava o cabelo. – Uma cliente chegou e como eu só estou fazendo um serviço sem saber qualquer preço dos produtos eu não sei como ajuda-la. Precisamos de sua ajuda...

A vergonha certamente tomaria conta do rosto do loiro, ele não poderia fazer nada além de se desculpar com a dona da loja e principalmente da cliente que provavelmente não sabia nada da situação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [Mini - Peter] O Caos Rastejante. 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Peter] O Caos Rastejante.   [Mini - Peter] O Caos Rastejante. EmptySab 17 Nov - 12:47



A bela moça loira mantinha seu simpático sorriso enquanto olhava diretamente nos olhos de Peter com seus olhos azuis e penetrantes, até que o rapaz a respondeu, de modo que ela começasse a ajeitar os próprios cabelos com as mãos enquanto aguardava para ser atendida em pé e de frente para aquela simples loja de animais localizada no meio de Shells Town, com a resposta do rapaz, ela fechou os olhos e disse tranquilamente.

- Tudo bem, eu aguardo um pouco... –


Ele deixou a vassoura, que até então utilizara para varrer o chão, posicionada na parede e caminhou até o balcão onde a senhora estava desacordada, deu uma leve olhada no mesmo a procura de algum catálogo de preços ou coisa parecida, mas não achou o que procurava, no balcão só tinha algumas anotações sobre rações e um den den mushi dormindo, então ele se aproximou da gaiola da coruja, mas novamente não viu nenhum preço em relação a mesma.

Ficando sem opções, decidiu fazer o que parecia ser mais certo, acordar a velha, sendo que a mulher loira já estava ficando impaciente, coisa que era notada ao perceber que ela estava batendo seu pé direito no chão e mantendo seus braços cruzados um no outro, enquanto observava o movimento na rua das pessoas passando.

Diante da situação, Peter optou por tentar acordá-la de maneira sutil para que ela não se estressasse e o pior acontecesse no lugar, de modo que todos pudessem ficar felizes, ao se aproximar, sussurrou algumas palavras no ouvido dela, mas nada aconteceu, a mulher continuou de olhos fechados por mais alguns segundos, até que em uma rápido movimento a velha se levantou, batendo sua cabeça no queixo do rapaz, até mesmo causando alguma dor, enquanto gritava totalmente preocupada, até tossindo ao final.

- A CORUJA, AQUELA MULHER ESTÁ ROUBANDO A CORUJA! COF. COF. Argh... –

Tudo que Peter conseguia ver era a loira já com a gaiola da coruja em mãos, saindo correndo e sumindo de sua vista, que na posição onde estava, era apenas a parte da frente de sua loja. Foi então que em um rápido movimento a dona do lugar tirou de baixo do balcão uma espada, o oferecendo para que ele recuperasse a coruja que havia sido roubada, enquanto continuava a gritar com bastante vigor, se mantendo em pé, apesar de ao final de sua fala, tossir mais uma vez e ficar ofegante, colocando as mãos nos joelhos e provavelmente sem conseguir falar mais, a não ser que descanse um pouco.

- RÁPIDO, VÁ ATRÁS DELA, EU TE PAGO BEM, TRAGA ELA DE VOLTA! COF. COF. –


DICAS E ORIENTAÇÕES:
 

____________________________________________________

[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Unknown[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Imagem4[Mini - Peter] O Caos Rastejante. FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[Mini - Peter] O Caos Rastejante. Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Peter] O Caos Rastejante.   [Mini - Peter] O Caos Rastejante. Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Mini - Peter] O Caos Rastejante.
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: