One Piece RPG
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Que tal um truque de mágica?
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 03:17

» Art. 4 - Rejected by the heavens
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 01:58

» O catálogo continua, Baterilla a cidade da beleza
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor maximo12 Hoje à(s) 00:00

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor Licia Ontem à(s) 23:32

» Seasons: Road to New World
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor Volker Ontem à(s) 22:37

» Vol 1 - The Soul's Desires
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor Arthur Infamus Ontem à(s) 22:08

» VIII - The Unforgiven
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 22:00

» The Hero Rises!
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 21:56

» The One Above All - Ato 2
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 20:53

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor Achiles Ontem à(s) 20:49

» Bakemonogatari
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor Milabbh Ontem à(s) 20:39

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 20:25

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor Dante Ontem à(s) 19:52

» [MINI-DoflamingoPDC] A pantera negra da ilha montanhosa
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor Makei Ontem à(s) 19:43

» [Mini - Nice] A espada que dorme.
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 19:35

» [M.E.P] Nice
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 19:34

» [Mini] Albafica Mino
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor Makei Ontem à(s) 19:16

» [M.E.P] Albafica
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor Makei Ontem à(s) 19:15

» A primeira conquista
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor Rangi Ontem à(s) 18:19

» A Ascensão da Justiça!
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Emptypor K1NG Ontem à(s) 16:26



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 22
Localização : Wars Island (North Blue)

Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada   Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 EmptySex 02 Nov 2018, 18:43

Relembrando a primeira mensagem :

Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada

Aqui ocorrerá a aventura do(a) pirata Ahab. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Bijin
Civil
Civil


Data de inscrição : 17/01/2017

Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada   Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 EmptyQua 27 Mar 2019, 13:39



O mar sempre apresenta surpresas, algumas deles mais mortais que as outras. O meio gigante era uma pessoa que já havia passado por um susto, mas agora ele tinha que tomar uma decisão importante, pois no seu cangote estava a tenente Elena, a sua frente uma tempestade.

Claro que as chances de sobrevivência se entregando eram maiores, afinal preso era melhor que morto. Talvez não e era assim que o navegador pensava e logo jogou a embarcação que conduzia em direção a poderosa tormenta. Através de gritos ele indicava a prioridade, sabia que tinha que manter a vela triangular sob controle e percebeu que os comandados não eram inexperientes, pois se prendiam através de cordas para não caírem do navio.

Para a surpresa do pirata a Marinha deixava a distância aumentar conforme se aproximavam da tempestade e logo quando a primeira lufada bateu no navio já dava para sentir a fúria dos céus. Elena e seus subordinados já não poderiam mais ser vistos, pois nuvens pesadas já começavam a cercar o navio.

Em meia a tempestade então o vento passava a ganhar mais e mais força e clarões de relâmpagos começam a surgir, os três homens dão duro para manter a vela posicionada e se não tivessem se amarrado já estariam jogados para fora do barco.

De repente uma enorme clareira em meio a tempestade surge na visão de todos, mas para a tristeza de todos não era o fim da tempestade mas seu centro. A visão que Ahab tinha era algo entre o divino e o terror. Talvez se existisse um deus do medo essa seria sua visão. Um enorme desastre natural estava preste a pôr fim a vida de todos naquele navio.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Shiro
Pirata
Pirata
Shiro

Créditos : Zero
Warn : Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 5010
Data de inscrição : 23/04/2015

Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada   Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 EmptySeg 01 Abr 2019, 01:07

Ahab



E o cerco tempestuoso começava a fechar. Sob meu comando os três homens guiavam aquela pequena embarcação pela tormenta. Apesar do contexto turbulento, eu sorria. Sorria tão largo que sentia o gosto salgado da chuva em minha boca. Eu ria porque ao olhar para trás os perseguidores iam diminuindo, diminuindo. Até um momento em que eu não os via mais. “Meu plano deu certo!” Apertei com força os dentes da roda do leme, triunfante. Entretanto, uma fração de segundos após a comemoração, eu enxerguei o centro da tempestade.

Ah, meu amigo, o que eu vi me tirou o fôlego. Aquilo era o puro terror, um ponto rodopiante de contato entre o céu e a terra, um tufão talvez, não sei dizer, até porque o tufão de ontem era uma coisinha insignificante perto do que eu estava vendo. Não era só vento que descia até o mar, mas era água que subia aos céus, revoltosa, dobrando todo o tecido oceânico em sua volta como um deus irado. De vez em quando alguns raios, para temperar a desgraça, despontavam para fora das nuvens escuras. - Mas que merda é essa… - Balbuciei, incrédulo, diminuindo o pouco da força com a qual eu segurava o leme. Como pode um sujeito ser pego por dois tufões, um dia atrás do outro? Queriam os deuses me matar? Só pode. O primeiro sentimento foi um misto de raiva e de um amargo que subiu do estômago até a boca. No entanto, respirei fundo e recobrei o fôlego. Eu já havia fugido de um tufão. Nesse, ao menos, meu barco ainda não estava suspenso no ar, rodopiando. A sorte sempre se mostrou uma amiga íntima, então eu peguei na mão dela mais uma vez e decidi enfrentar o absurdo.

Sorriria novamente, tirando a mão direita do timão e puxando para fora do bolso da camisa o porta-fotos com a foto de minha vó. “Vamos lá, vózinha, olha por mim mais uma vez.” Beijaria-o como se fosse um artefato santo e então o guardaria novamente, voltando a segurar com ambas as mãos o volante do navio.

Minha razão e intuição de navegador enxergavam uma só saída e eu ia apostar todas as minhas fichas nela. Observaria aquela formação monstruosa na minha frente e buscaria detectar para qual lado aquele peão diabólico de água e vento girava. Por ser um vórtex ele provavelmente teria uma única direção de giro que levava o mar para o seu centro. - VAMOS NOS APROXIMAR! - O meu grito provavelmente soaria como loucura para os outros três, por isso eu acrescentaria: - Confiem em mim, eu fugi de um desses ontem! BAHAHAHAHA - E então avançaria, inclinando o barco levemente para uma das entradas do vórtex, para que o barco iniciasse a ser tragado por aquele monstro oceânico.

Mas é óbvio que não seria meu objetivo se suicidar triturado no meio do troço. Na realidade o que eu faria era me aproximar até eu entrar, de leve, na ‘órbita’ do tufão. Após isso, imediatamente, eu giraria a roda do leme na direção contrária de seu centro maldito. Ai eu colocaria toda a força do meu ser para segurar o barco daquela maneira, apontado para longe do tufão. Rangeria os dentes e forçaria com meu espírito e vontade os músculos de meus braços e pernas, tanto para manter o controle sobre o leme como para ficar de pé. A tática seria somar minha força à resistência do leme e utilizar a própria rotação do tufão para fugir dele, usando o movimento de sua órbita como uma propulsão inicial. Era uma aposta arriscada, mas era a única que colocaria com absoluta certeza uma barreira entre eu e os marinheiros. Era a única rota livre para a Grand Line.

- ADEEEEEEEEUS, ELENA! BAHAHAHAHAHA - Tentaria cortar o burburinho da tempestade com meu berro, motivado pela adrenalina do momento. Diria isso sem mesmo saber o desfecho da cena, até porque eu sabia que, vivo ou morto, eu estaria livre dessa maldita perseguidora da mal tive a chance de ver a fuça.





Representação Gráfica da manobra:
 


Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________



Ficha
| [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 21

Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada   Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 EmptyQui 04 Abr 2019, 22:59



  Não é que ser pirata fosse uma coisa chata, muito pelo contrário, ser pirata é o que abrilhanmtava a vida de algumas pessoas. Sabe por que? Desafios e mais desafio, um monstro maior que o outro, todos para serem ultrapassados, mas as vezes alguns monstros são ainda mais fortes do que as nossas forças. Certo? Talvez não.

  Ahab era o tipo de pirata que curtia adrenalina e ao entrar em meio a uma tempestade que a Marinha havia se recusado era algo um tanto doentio, mas Shiro continuava na fé de que conseguiria uma saída fácil, e na verdade apenas trocou um monstro por outro, entretanto o primeiro buscava apenas prender, já o tufão a sua frente era para tirar o jovem meio gigante da história do mundo definitivamente.

  Uma vez que sabia que estava para ser tragado pela enorme tempestade e ter conjurado todos os deuses ao ver o gigante a sua frente, Ahab decide então a correnteza a seu favor e ganhando velocidade se mantendo na órbita, os marujos olham para o gigante como se olhassem para um louco, mas pouco poderiam fazer sem um navegador a morte era certa.

  - É bom que esteja certo! - Disse um dos homens que segurava as velas. - Se morrermos aqui caço sua alma no inferno moleque! HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAH

  A loucura já havia tomado a todos ali no barco e logo ele foi atingido pela correnteza no sentido ante horário e logo ganhou velocidade. Ninguém ali tinha viajado em um navio antes naquela velocidade, inclusive o vento fez com que os piratas perdessem um pouco do controle da vela o que afetou o plano, pois mesmo com a manobra do navegador, sem a vela estar corretamente posicionada o barco não conseguiu sair das correntezas do tufão.

  Agora o navio corria sério risco de ser arrastado parea o centro se nada fosse feito, será que os piratas vão conseguir dar a volta e fugir do presente dos deuses? Cenas dos próximos posts.

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shiro
Pirata
Pirata
Shiro

Créditos : Zero
Warn : Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 5010
Data de inscrição : 23/04/2015

Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada   Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 EmptyDom 14 Abr 2019, 17:21

Ahab




Navegamos então para o olho da destruição. A minha loucura havia transbordado para meus comparsas já que todos os três estavam apostando na minha manobra. Eu, com um sorriso no rosto, sentia o furioso tranco do tufão, lutando contra ele com meus próprios músculos.

A velocidade que a embarcação pegou quando entrou no vórtice atendeu minhas expectativas, entretanto, senti algo de errado. - Que? - Cerrei os dentes e forçando ainda mais minha pegada, já que o navio parecia ceder mais e mais para o centro do tufão.

Olhei por cima do ombro e vi a vela triangular desgovernada. Era ela a fonte daquele descontrole. - Se vocês não arrumarem aquela vela sou eu é que vou puxar o pé de vocês no inferno! - Berrei para eles. - Mantenham a quarenta graus do vento! Se não fizerem isso nós vamos morrer! Vão logo seus idiotas, BAHAHAHAHAHAHA! - Gargalharia, tomado pela adrenalina e insanidade do que estávamos fazendo.

Com eu segurando o leme para longe do tufão e a vela triangular bem posicionada seria somente uma questão de tempo até a gente fugir do furacão. Como eu não podia largar o timão e eu mesmo ir lá manter a vela, eu confiaria no trio que estava comigo, da mesma forma que eles confiavam em mim para manejar o barco. Por isso eu me esforçaria para fazer bem a minha tarefa, lutando contra a violenta maré com meus músculos, forçando-os até o limite se fosse necessário. Não seria a primeira vez rompendo um músculo por conta disso. “Falta pouco!” Exclamaria em pensamento, já que estaria me esforçando tanto que mal poderia abrir a boca, de tão forte que meus dentes estariam cerrados.

E confiando que aquela maluquice daria certo eu seguiria focado e em silêncio. Nem olhar para trás eu olharia, já que se alguma merda acontecesse com os três homens eu provavelmente não poderia fazer nada para nos salvar. Seria um exercício de puro esforço e fé, nada mais.




Representação Gráfica da manobra:
 


Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________



Ficha
| [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 21

Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada   Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 EmptyQua 17 Abr 2019, 22:59



  O som da tempestade era avassalador, os pesados pingos da chuva que batiam no barco, somado ao som do vento impedia qualquer pessoa de ouvir até seus pensamentos. Raios e trovões, o som de estouro, o cheiro do oxônio e até a dificuldade de respirar em meio aquele aguaçal tornava o simples ato de se manter em pé tremendamente difícil.

Quando o barco não conseguiu sair do círculo da morte do redemoinho do medo cujo o dedo de um deus agitava em meio ao mar, os três homens olharam como se já estivessem mortos diante do desastre, para não dizer calamidade, que sugava eles para dentro do mar. Mas em meio a escuridão e a tormenta eis que a voz do gigante reverbera aos ouvidos dos tripulantes. Mas não foi a ordem que os despertou ou os colocou para trabalhar, mas a risada e a confiança de que não morreriam ali, transmitida pelo meio gigante, que deixou o pessoal animado e logo se colocaram a arrumar a vela na posição pedida.

Ahab podia ver que havia grande esforço da parte dos pequenos humanos, eles não tinham o peso e a força que sua raça lhe concedia, mas era na superação que os humanos demonstravam quão admiráveis eram podendo fazer coisas que nem os mais fortes guerreiros de Elbaf poderiam realizar e não era a toa que não os gigantes mas os minúsculos humanos tomavam conta do mundo, mas esse era assunto para outra hora.

O fato é que nessa volta completa o navio pegou ainda mais velocidade e com a vele bem posicionada e ajudando a puxar as velas para fora do círculo da morte, em um pulo o barco caia em águas mais tranquilas, mas a tempestade ainda era enorme e estava as costas do pequeno navio que carregava todos ali.

  - CONSEGUIMOS!!! - Gritaram os humanos em sua grande alegria. - HUAHUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHUAHU - Como um bom ADM eles riam de sua bravura, força e claro, sorte,

Agora novamente o barco poderia entrar em curso e alguns dias passariam até chegar ao Reverse Montain.

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shiro
Pirata
Pirata
Shiro

Créditos : Zero
Warn : Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 5010
Data de inscrição : 23/04/2015

Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada   Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 EmptyDom 21 Abr 2019, 14:28

Ahab



A luta contra a morte havia terminado. Quando a embarcação, num pulo, aterrizou na maré intocada pela empestada, o convés foi tomado por uma comemoração ardente. Os três homens gritaram a vitória. Ahab, tomado tanto pela adrenalina como pelo laço de união criado com aqueles três pequeninos, gargalhou em resposta. - BAHAHAHAHAHAHAHA! CONSEGUIMOS, MAR DE MERDA, CONSEGUIMOS! - E para completar, juntou toda a saliva que tinha na boca e escarrou na cara do oceano, um ato de puro escárnio. O gigante nunca teve medo de provocar os deuses, principalmente os derrotados por ele.

Ahab voltou seu olhar para a proa, respirou fundo o ar salgado e colocou um sorriso nos lábios. “Estou indo para a Grand Line, vó.” Seu corpo, cansado pelo esforço das manobras, foi trespassado por um leve ardor de empolgação. Passar por aquelas provações e sair delas intacto faziam com que o gigante se sentisse cada vez mais capaz, como se ele estivesse destinado a concluir seu sonho: se tornar um poderoso pirata. "Não conseguiria nada sem você, velha. Eu sei que você me ajudou nisso..." Colocaria a mão sobre o bolso na camiseta, acariciando sua fotografia.

Passado esse momento introvertido, colocaria o barco na rota que lembrava ser a da última ilha do West Blue. - Velas a 40º graus… Ah, vocês já sabem. - repetiria, dessa vez mais calmo, sem gritos. Com a bússola na mão esquerda o navegador ajustaria o leme para que o barco fosse pelo caminho desejado.

Quando a maré estivesse inofensiva e o vento favorável, daria-se o luxo de soltar o leme. Viraria de costas para o timão, sentaria no chão cruzando as pernas, pousaria uma das mãos sobre cada um dos joelhos. Os dreads, molhados desde a tempestade, estariam grudados e caídos sobre o rosto e peito, como se um polvo negro estivesse em sua cabeça. Mais uma vez aquele sorriso largo apareceria.- Então, estou indo para a Grand Line… - Faria uma pausa, de propósito, para ver a reação dos três sujeitos. Queria captar alguma mudança no brilho em seus olhares, algo que mostrasse o interesse ou o medo deles - E como vocês estão nesse barco, seria bom se fossem junto comigo. - As mãos começariam a dar tapinhas descontraídos nos joelhos. - Bem, pra ser sincero, longe de mim estar obrigando vocês a irem para lá. Até porque eu sou um pirata, andar comigo só vai dar problemas BAHAHAHAHA. Mas pensem bem, imaginem o que vocês poderiam conquistar na Grand Line ao meu lado. - Pararia de bater sobre os joelhos e agora daria uma grande palma, o sorriso se intensificaria. - Oras, sou um gigante que sobreviveu dois tufões em um dia! BAHAHAHAHAHAHHA! Pensem, pensem, no tanto de bebida e dinheiro que vocês ganharão navegando sobre minha bandeira. - Olharia agora para longe, como se o futuro se materializasse no horizonte. - Ah, só de imaginar as festas... - Após alguns segundos petrificado naquele imaginar distante ele balançaria a cabeça como se estivesse acordando de um transe e ficaria de pé, apoiando-se em suas próprias coxas. - Mas se vocês não quiserem ir comigo, tudo bem. A única coisa que peço é que saiam do barco… - Faria uma pausa, apertando com a mão esquerda o punho direito fechado. - ...agora. - As sobrancelhas franziriam junto de uma risada muda que comporiam a ameaça velada de Ahab.

De supetão seu rosto relaxaria, agora num sorriso mais comedido, somente os lábios forçados para cima. As sobrancelhas cairiam como se ele, Ahab, fosse puro e inocente. - Mas eu acho que vocês querem ir comigo, certo? - Afastaria os dreads caidos sobre o peito, jogando-os para atrás. - Depois do que passamos vocês não me abandonariam. Somos um time, não somos? - De sua boca escorreria cinismo.




Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________



Ficha
| [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 21

Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada   Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 EmptyTer 23 Abr 2019, 09:05


  Finalmente a nau segura seu rumo, gigante e humanos comemoravam a vitória sobre o tufão, o laço entre os quatro não era o mesmo de antes, afinal passar por batalhas, lutar junto pela sobrevivência criava algo uma ligação que não poderia simplesmente quebrar após uma breve calmaria.

  Então Ahab começa a falar sobre seus planos, ser pirata, ir para Grand Line e tal, mas quando os homens se olham e então começam a rir.

  - Nós também somos piratas! - Dizia o líder deles. - E nunca iríamos servir a bandeira de outra pessoa, a não ser nossa deusa.

  - Vamos todos para a Grand Line e por nossas vidas em risco. - Brandava o maceneiro. - Tudo para servir a mulher mais perfeita do mundo.

  - Se tudo der certo vamos para Cactus Island! - Bradava o terceiro com grande energia. - Então podemos encontrar nossa musa. O motivo do nosso viver.

  Então quando todos os três acabaram de falar os três sacaram o mesmo cartaz de procurada mostrando a foto de um garota que deveria ter algo entre 16-17 anos de idade, mas com uma recompensa que assustaria qualquer pessoa dentro dos blues.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


  Então depois de alguns dias navegando a ilha de Ilusia já aparecia a vista de todos, o navegador do bando, que estava muito doente estava um pouco melhor e foi na direção de Ahab com um mapa bem velho, mas em bom estado e fácil de ler e interpretar,

  - Aqui esta a rota para a Montain Reverse. - Dizia ele com uma voz fraca. - Temos suprimento para mais uns seis dias de viagem, vamos seguir direto.

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shiro
Pirata
Pirata
Shiro

Créditos : Zero
Warn : Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 5010
Data de inscrição : 23/04/2015

Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada   Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 EmptyTer 23 Abr 2019, 11:20

Ahab



-BAHAHAHAHAHAHA! Pensei que fossem só bandidinhos, não piratas. - Gargalhou Ahab, dando um tapa em sua própria coxa. - Ainda bem que não vou precisar jogar vocês para fora do barco, vamos pra Grand Line então cambada. - E quando o gigante ia retornar ao comando do navio, os três homens continuaram a falar sobre seus planos, sacando o cartaz de uma jovem pirata a qual eles chamavam de musa. Uma sobrancelha de Ahab estava mais elevada do que a outra e um sorriso ornava o canto do seu rosto.  Ele achou graça daquela figura pitoresca, uma rapariga jovem, sorridente e com cara de maluca. "Uma menina?" Pensou, quando seus olhos desceram e finalmente leram sua recompensa. O rosto do gigante se transmutou lentamente, as sobrancelhas se afrouxaram e seus olhos deram uma leve arregalada. "VINTE CINCO MILHÕES?!?" Exclamou em pensamento, abismado com aquela numeração. Aos poucos começou a sorrir largamente, os dentes superiores à mostra. - Então é esses os demônios escondidos na Grand Line? BAHAHAHAHAHA! Cada vez mais eu quero ir pra esse lugar... - E voltou-se ao leme.

No seu peito um calor queimava, um sentimento de pura empolgação. O estranho mar para o qual ele navegava parecia um lugar infernal, exatamente como ele ouvia nas histórias  que sua avó contava quando era um garoto. Parecia o lugar perfeito para ele, o lugar com o qual ele sempre sonhara. Sua animação era tanta que o sorriso se manteve no seu rosto como se os músculos do rosto estivessem atrofiados naquela forma por mais de uma hora.

...

Os dias passaram e em algum momento no caminho pensou, lembrando do cartaz da tal Bijin: "Quanto de recompensa será que eu tenho?" Mas antes que pudesse fazer qualquer conjectura, o enfermo navegador dos homens com os quais ele compartilhava o navio se aproximou dele, interrompendo sua linha de pensamento. Entregou-lhe um mapa, anunciando que era da rota para Mountain Reverse.

- Beleza. - Respondeu franzindo o cenho e fazendo um beiçinho, enquanto pegava o mapa. Ajustou o navio na rota, auxiliado pela bússola. Passou alguns minutos em silêncio. Mas algo fazia seu estômago revirar, uma dúvida, uma maldita dúvida: - O que é essa tal de Mountain Reverse? - Indagou, acanhado por não saber algo que parecia tão elementar para aqueles homens. Seus olhos estavam fechados e ele coçava a nuca, cheio de vergonha, finalizando a pergunta com uma risadinha sem graça.





Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________



Ficha
| [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 21

Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada   Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 EmptyQui 25 Abr 2019, 09:19


Com tudo parecendo tranquilo e sem mais nada a temer Ahab direcionava a nau na direção apontada pelo antigo navegador do bando, mas quando perguntou sobre o que era a Montain Reverse a resposta foi ainda mais enigmática: "Mesmo se eu falasse você não acreditaria."

Mas passado um pouco de tempo, com a ilha de Ilusia sumindo um grande paredão poderia ser visto, era impressionante o tamanho do paredão e seu altura mostrava que as chances de escalar eram basicamente impossíveis, pelo menos para mero mortais que não possuíam asas como certa pirata na Grand Line.

Todavia o momento de contemplação havia acabado e um estouro distante e uma coluna de água que se levantava ao lado do navio anunciava a chegada de pessoas não desejadas, afinal a tenente Elena, antiga companheira do finado Kurai, que serviria de ponte para o futuro, não havia desistido de sua caçada.

Entre o paredão e a Marinha, ali estava um recém grupo de piratas buscando alguma coisa na Grand Line, mas sem saída, apenas esperando um milagre enquanto navegavam lateralmente pela muralha, tiveram suas orações atendidas pelo grande e misericordioso deus Usoupp, pois o que parecia impossível estava a frente deles a Montain Reverse.

Em um mundo diferente um homem chamado Isaac Newton havia descoberto a lei da gravidade, claro que todos já viviam sobre ela e inclusive entendiam seu "poder" sobre todos os seres vivos, ninguém duvidava da Lei, entretanto hoje Ahab e seu companheiros tiveram não sua fé, mas suas certezas abaladas, pois diante deles um rio que SUBIA a montanha.

Dava para ver que havia uma forte correnteza puxando toda a água para cima, além disso a entrada desse rio não era larga, o menor dos erros poderia custar mais caro do que poderia se imaginar, e claro, havia Elena preparando um bombardeiro sobre o grupo. Será que o navegador vai dar conta do recado? Será que a narradora vai pegar leve?


____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shiro
Pirata
Pirata
Shiro

Créditos : Zero
Warn : Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 5010
Data de inscrição : 23/04/2015

Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada   Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 EmptySex 26 Abr 2019, 14:13

Ahab



A pergunta envergonhada havia recebido uma resposta enigmática. Uma pulga se materializou atrás da orelha de Ahab que, ainda mergulhado na dúvida, navegou com os olhos atentos no horizonte, ansioso para ver esse lugar tão misterioso.

Ele navegava como uma criança acanhada entrado em um território novo. "Por que ele não me falou que diabos de lugar é esse?" Perguntava-se, vasculhando os corredores da mente para encontrar alguma memória perdida de alguma história que falasse sobre a tal Reverse Mountain. Quando passou por uma ilha, que de acordo com o mapa que tinha antes era a última ilha daquele mar, ele não havia encontrado a resposta. A ansiedade materializou-se em seu estomago como um frio incomodo. Não era medo o que sentia, mas sim receio, receio desse desconhecido local que seria a entrada para o mar que deu base aos seus sonhos durante décadas.

Foi ai então que pode ver, subindo no limite do mundo, um enorme paredão. Aquela cadeia rochosa parecia ser o que a existência tinha de mais alto, imponente, crespa e mortal. Os olhos do gigante se arregalaram e um sorriso bobo, maravilhado, ficou sustentado por alguns segundos em seu rosto. A enormidade daquilo fazia ele se sentir pequeno, e já dava um gosto preliminar do que esperava para além daquela imensidão: a Grand Line.

Um estrondo repentino tirou-o imediatamente daquele momento sublime. Um corpo pesado caiu ao lado do barco, erguendo uma coluna de água. - AHN?! - Exclamou o gigante, virando de supetão para trás, sem tirar as mãos do leme, e vendo o impertinente navio da marinha mais uma vez em sua cola. - Ah, Elena… - A frase saiu de sua boca arrastada, demonstrando seu pesar. Essa maldita perseguidora não desistia nunca e agora ameaçava, no ápice, os sonhos de Ahab.

Antes que pudesse dar mais um dos seus gritos, seja para amaldiçoar ou caçoar de Elena, voltou ligeiramente a sua visão para frente para certificar-se que o barco estava correto e viu que a correnteza seguia um fluxo diferenciado. Começou a acompanhar a face do oceano, desde às águas que marejavam próximo do barco até o horizonte novamente. Chegando no final dessa inspeção viu o inominável. Numa fenda naquele imenso paredão, quebrando tudo que o senso comum um dia estabeleceu, o mar subia a montanha como se fosse empurrado por forças invisíveis. O gelo que estava no estomago de Ahab dispersou-se pelo corpo todo como um arrepio.  - BAHAHAHAHHAHAHAHAHA! - A gargalhada foi a única resposta possível. - Então é isso?! BA! Se tivesse me falado disso eu realmente não teria acreditado! BAHAHAHAHA! - Disse ao outro navegador, sorrindo empolgado.

Munido de seu instinto de navegação e ciente de que havia de se ver fora das garras da obsessiva Elena, ele logo traçou um plano. - SUBAM A VELA TRIANGULAR, RÁPIDO! - Exclamou aos outros três, apegando-se ainda mais forte ao leme. - Segurem essas cordas, porque se uma das velas abrirem pode ser o nosso fim. - Faria uma pausa, espaçando os pés. - BA! SE SEGUREM PORQUE NÓS VAMOS SUBIR ESSA MERDA! - E então o gigante deixaria a própria maré como propulsora do navio, seu trabalho seria compensar a força do oceano, girando o leme para longe da muralha para que o navio continuasse seu percurso até a boca da Reverse Mountain sem que as ondas o empurrassem para as pedras.

Cerraria os dentes, seguraria a roda do leme com as mãos bem distanciadas o que tiraria-lhe um pouco de destreza mas aumentaria a firmeza com a qual ele segurava o troço. Seu corpo estaria num completo estado de alerta, todos os músculos tensos, prontos para que no primeiro tranco desprogramado ele pudesse compensar com sua própria força na direção contrária e manter o barco intacto.

Agora, sobre as bolas de canhão, não havia muito o que fazer naquela situação. A maré guiava o navio e qualquer manobra arriscada ali poderia significar a morte. - Vou tentar fazer uma coisa… - comentaria baixinho consigo mesmo, colocando-se a balançar, bem de leve, o leme, de forma que o navio bamboleasse de maneira controlada num zigue-zague sutil. Se visse logo no inicio que aquilo lhe tirava demais o controle sobre o navio, pararia imediatamente, voltando ao plano original. Mas se essa ‘rebolada’ da embarcação fosse controlável, manteria ela como uma forma de dar uma mãozinha à sorte na tarefa de salvá-lo do naufrágio.

Na entrada da montanha mítica a coisa seria mais complicada. - VOU VIRAR O BARCO, SE SEGUREM! - Anunciando a manobra, com um sorriso na voz. Quando a proa do navio despontasse na boca da fenda, Ahab giraria o leme para a direita com toda sua força, quantas vezes fosse necessário, para que o barco fizesse a curva e entrasse na Reverse Mountain de frente. Com a ponta do navio apontada para o centro da cachoeira reversa, ele voltaria a compensar o navio com giradas do leme opostas às forças laterais da água para assim manter a embarcação subindo reta.

Sobrevivendo à entrada, Ahab começaria a gargalhar com toda a força, para que sua felicidade não fosse ofuscada pelo chiado assombroso da maré. No entanto, algo peculiar, algo que ele jamais demonstrou estaria ocorrendo: lágrimas escorreria de seus olhos, preenchendo suas bochechas barbadas e caindo em uma única catarata no queixo. Aqueles que vissem essa cena o julgaria louco, mas aqueles que conhecem a sua história compreenderia a explosão de emoção. Foram décadas cuidando de sua avó, décadas que ele deixou seu sonho nascido na infância de lado. Décadas que, como um peso, saiam de seu ombro, deixando-o leve. Aquele era o passo mais significativo que ele dava até então para sua devoção à pirataria, por isso chorava e ria. Chorava e ria porque mesmo depois de ver todos aqueles que amavam morrer, ao menos ele poderia ter um final feliz. Como sua avó sempre afirmara, de maneira muitas vezes profética: ele conseguiria atingir seu sonho. "VELHA!" - BAHAHAHAHAHAHA! - "EU CONSEGUI!"

E viria então de supetão uma memória longínqua, de quando ele ainda era uma criança: estava deitado de barriga pra cima, com a enorme cabeça pousada sobre o magro colo de sua avó. Ela, calma, acariciava seus grossos cabelos, contando-lhe histórias empolgantes sobre poderosos piratas da Grand Line.

Os olhos de Ahab brilhavam.




Histórico:
 

Objetivos:
 
[/quote]

____________________________________________________



Ficha
| [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 21

Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada   Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 EmptyDom 28 Abr 2019, 14:59

O sol era forte, o calor era forte, mas quem liga para esses detalhes quando esta diante de um rio que sobe uma montanha, quatro navios da Marinha se aproximando e tiros de canhões caindo a sua volta?

Ahab e seus pseudo-companheiros estavam nessa situação. Com velas baixas e seguindo rapidamente pela correnteza, o meio gigante fazia um zig zag com o navio desviando das balas, mas uma delas vinha em cheio ao navio, mas o que parecia ser o capitão do bando saltava e em um ataque com sua espada desviou a direção da bala.

Um dos navios da marinha entrou então na mesma correnteza dos piratas e sem abaixar a vela seguia velozmente os piratas tirando a distância rapidamente, pois além de manter as velas abertas não tinha a necessidade de fazer nenhuma manobra para desviar dos tiros que choviam ao lado da escuna dos então bandidos.

A entrada do Reverse Montain era como entrar em um desfiladeiro com enorme, entretanto tinha pesadas colunas de pedra como se formando um portal primitivo para as pessoas que ali entrassem, a Ahab havia acertado o ponto exato de entrada... BOOOM

Um os tiros, passando muito perto deslocou levemente a escuna de Ahab fazendo ele bater lateralmente em uma das colunas, uma parte enorme da lateral havia sido arrancada do navio, mas felizmente apenas a parte de cima da água da nau evitando que entrasse muita água.

Muitos disparos ainda eram feitos pela marinha enquanto subiam, o navio que se aproximava dos piratas tentou entrar na Reverse Montain, mas devido a grande velocidade o navio foi simplesmente espatifado na entrada e muitos dos seus pedaços e marinheiros que ali estavam eram levados pela água.

Um ultimo tido do navio de Elena havia acertado a parede do corredor da Montain Reverse fazendo uma enorme rocha deslocar e pela velocidade tanto do navio, como da pedra que começava a cair daria para ver que embarcação e pedra iriam se chocar. Seria esse o fim do projeto de gigante?


____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada   Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Sessão da Tarde: Um Zoológico da Pesada
Voltar ao Topo 
Página 6 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Kano Country-
Ir para: