One Piece RPG
Borax - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Borax - Página 2 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 02:56

» Caçadoras Eternas: Pesar Crescente!
Borax - Página 2 Emptypor Wild Ragnar Hoje à(s) 02:33

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Borax - Página 2 Emptypor gmasterX Hoje à(s) 01:30

» União Flasco: Inicio do Sonho
Borax - Página 2 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 01:11

» Wu-HA!
Borax - Página 2 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 00:58

» Cap 4: O Silêncio dos Inocentes
Borax - Página 2 Emptypor Wesker Hoje à(s) 00:29

» I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança
Borax - Página 2 Emptypor Achiles Ontem à(s) 23:57

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
Borax - Página 2 Emptypor Achiles Ontem à(s) 23:34

» Ato III: Not Fast but Furious
Borax - Página 2 Emptypor Jean Fraga Ontem à(s) 23:19

» Ep 1: O médico e o marinheiro
Borax - Página 2 Emptypor TerryBogard Ontem à(s) 22:58

» Hey Ya!
Borax - Página 2 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 22:47

» 11º Capítulo - Cataclismo em Skypeia!
Borax - Página 2 Emptypor Far Ontem à(s) 22:00

» Livro Um: Graduação
Borax - Página 2 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 21:12

» [Kit] Silver Ash
Borax - Página 2 Emptypor rafaeliscorrelis Ontem à(s) 20:53

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
Borax - Página 2 Emptypor Blum Ontem à(s) 20:48

» Seagull Newspaper - A alegria floresce em Parthenon.
Borax - Página 2 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 20:39

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
Borax - Página 2 Emptypor Pippos Ontem à(s) 20:09

» [mep] Luna
Borax - Página 2 Emptypor lunabrag Ontem à(s) 19:46

» [mini-luna] Afiando
Borax - Página 2 Emptypor lunabrag Ontem à(s) 19:44

» Tony Redstorm
Borax - Página 2 Emptypor Dante Ontem à(s) 18:26



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Borax

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : Borax - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

Borax - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Borax   Borax - Página 2 EmptySex 26 Out 2018, 13:06

Relembrando a primeira mensagem :

Borax

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Fafnir Borax Greedfall . A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Borax
Membro
Membro


Data de inscrição : 09/09/2017

Borax - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Borax   Borax - Página 2 EmptyTer 06 Nov 2018, 17:17



Sangue é mais barato que o ouro, porém mais divertido de se tirar.



Histórico:
 
"Falas"
Objetivos:
 


O combate tinha início e ainda cedo mostrava ser unilateral, ele consistia basicamente de mim me divertindo tentando matar o Stevan, enquanto ele usava toda sua habilidade para conseguir se manter vivo. Meu alcance e sede de sangue tornavam meus golpes rápidos e difíceis de revidar, meu sorriso cada vez ficava mais largo e cheio de dentes, porém o do outro homem sumirá com certa facilidade na luta, aparentemente aquele homem havia pego seu cargo apenas com trabalho de escritório, pois com certeza ele era muito mal em lutas.

Ele havia sido imprudente e azarado ao aceitar me testar e arrogante ao decidir fazer uma luta e ter um sorriso daqueles na face sem nem mesmo ter costume com lutas. Ele deve ter imaginado que um cara começando seu recrutamento agora, não teria nenhuma habilidade prévia. Pífia lógica Stevan… Coelhinhos de colo feito você precisam sentir a presença dos predadores e se esconder para não virarem almoço, no entanto você decidiu me encarar… Agora você é meu para ser esfolado.

“HAHAHAHAHAHAHAHA”

Minha lunática gargalhada cortava o ar ao mesmo tempo que a lâmina da ninto lambia a carne do agente, não... Não do agente... Da minha presa, não via mais ali um teste ou uma prova, não era mais algo no qual eu me importava, não haveria punições pelo que ocorresse ali, seria tudo apenas um acidente de percurso… A luta não terminaria numa simples cicatriz.

“Por favor não! Não, não… Não me mate…”
Pronto esse era o sinal que esperava, o homem havia jogado sua arma; desistido de lutar contra mim; aceitado minha superioridade em luta; aceitado sua posição como presa… Minha presa.

Minha lâmina cortava o vento, seu frio metal clamando pelo sangue quente daquele ser vulnerável. Podia sentir os músculos da minha face se retorcerem a um ponto onde quase tocava as orelhas, ou pelo menos esse era o tamanho de meu prazer.

Um estampido era ouvido, minha presa caía abatida, um buraco de bala aberto em suas costas indicava a causa da morte e essa não era um corte meu. Meu sorriso havia sumido de minha face tão rápido quanto havia aparecido. Uma sombra recaia sobre minha face enquanto meu olhar seguia a direção da figura que cuja arma havia roubado minha presa.

Podia sentir na presença dele, ele não era como o Stevan, ele não era um esquilo mostrando os dentes, era uma cobra calmamente se enrolando antes de um bote, se eu fizesse algum movimento brusco ali, a próxima bala teria meu nome escrito nela.

Eu não queria problemas com aquele homem, ao mesmo tempo eu queria matá-lo por atrapalhar minha diversão, atacar ou fingir tranquilidade; meu olho esquerdo começa a piscar rapidamente perante minha dúvida, minhas apertam e relaxam em ciclos ao redor de minha arma, minha respiração ficava mais pesada, quando estava prestes a fazer alguma besteira o homem falava, dava meu teste por terminado e me mandava pegar o uniforme e insígnia para iniciar meu trabalho.

Pelo menos isso era o suficiente para fazer meu sangue esfriar, ainda estava nervoso pelo roubo, mas o homem me alistava e saía sem mais nada dizer, deixando para trás apenas o gosto agridoce para eu me acostumar.

Daria uma última olhada pro corpo morto, colocaria a lâmina em sua bainha e esta em meu cinto no lado esquerdo, suspiraria e rumaria ao local indicado por Gres com o olhar mais mal humorado que eu possuía estampado em minha cara, um verdadeiro “ me dá apenas um motivo para te matar” escrito em minha testa. Uma vez no local, sem tirar minha carranca e com um tom de voz tão mórbido quanto meu humor, diria:

“Sou o novo recruta alistado pelo Gres… Preciso de uniforme e insígnia.”

Vestiria o uniforme e perante a indecisão de como usar os trajes, manteria o paletó aberto e a gravata para fora da camisa e encaixaria a ninto no mesmo local do cinto, porém agora numa calça social, espetaria a insígnia por dentro no lado esquerdo do paletó e voltaria a rumar em direção ao local que vi o atendente antes.

“Preciso ver o Gres.”

Minha expressão estava melhor agora, mas ainda era de poucos amigos, assim como o tom de voz, eu havia tomado minha decisão de como agir com o Gres finalmente e isso me ajudava a pensar com mais calma um pouco.

Se eu queria arranjar uma fortuna enquanto me divirto e não sou caçado, precisaria me aliar a alguém como ele, por mais que me doesse, era o necessário. Sendo assim eu iria para onde me fosse dito pelo atendente e uma vez que encontrasse o Gres, diria:

“Serei direto… Você mesmo disse agora a pouco sobre a sensação do sangue e da morte… Foi pra isso que me alistei… Não me importo de trabalhar pro próprio demônio se eu receber a permissão de matar e ainda ganhar um salário pra isso… Creio que você seja o cara certo para quem eu possa pedir uma missão… Afinal de contas você roubou minha presa… Nada mais justo que me arranjar uma nova”.






Voltar ao Topo Ir em baixo
Hesss
Civil
Civil
avatar

Créditos : 7
Warn : Borax - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 05/04/2018

Borax - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Borax   Borax - Página 2 EmptyTer 06 Nov 2018, 19:14

Narração

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Andando pelos corredores, Fifnir agora se sentia frustrado por ter sua presa roubada como o mesmo dizia, e mesmo aquela pequena diversão de passar a lamina entre o pescoço da presa não foi o suficiente para saciar Fifnir, e com essa mesma frustração se vestia já colocando a Insignia espetada no palitó e ia em direção a encotrar Gres que estava encostado no corredor atormentando recrutas novatos e de longe você conseguia ouvir -Ha! Não me diga que você e o pirralho que passou no teste de marinheiro haha! Você não vai passar sequer da primeira missão saia daqui antes que eu mesmo o faça sair! Logo depois o marinheiro corria, e Gres se virava indo na direção de Fifnir, onde Fifnir o parava e começava a falar com ele, e assim que Fifnir terminava de falar Gres falava com calmamente -Sim a sensação... Logo ele ia se aproximando desconfortavelmente de Fifnir abrindo sua boca e colocando a lingua pra fora a passava pelos lábio sabe se lá oque ele estava imaginando que estava lambendo -Morte! Sangue! Destruição... Ah é... Logo ele voltava a sua posição anterior -Bom... Primeiro, você terá permissão pra matar que você for mandado matar, segundo eu não devo nenhuma presa sequer a você, se você ficou brincando com sua presa poderia ter vindo um inimigo e atirado em você e você perderia sua presa de todo jeito. Mais tudo bem, vou lhe passar uma Missão que foi passada para mim fazer, mais deixo com você, e não se preoucupe vou avisar ao tenente responsavel do QG que passei a Missão para você... Não tenho saco pra ficar defendendo nobres, mais tem um aqui nessa ilha o deixo com você para protege-lo. Logo ele te dava um papel pra você se virava e saia para provavelmente atormentar mais recrutas.

____________________________________________________

Aventuras:
 
     

                                                 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Borax
Membro
Membro
Borax

Créditos : Zero
Warn : Borax - Página 2 10010
Data de inscrição : 09/09/2017

Borax - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Borax   Borax - Página 2 EmptyQua 07 Nov 2018, 02:50



Sangue é mais barato que o ouro, porém mais divertido de se tirar.



Histórico:
 
"Falas"
Objetivos:
 



Apesar de eu achar que havia encontrado alguém que viria a me entender, Gres se mostrava um grande dum babaca, talvez sejamos parecidos demais, mas isso não vem ao caso agora, tenho que… Ugh… Proteger um nobre como missão. Que magnífico, só espero que pelo menos eu possa matar quem atacar o nobre. Bem, se eu não posso escolher a brincadeira, melhor pelo menos escolher os brinquedos.

Sairia do Qg e rumaria a cidade em busca de uma loja de utensílios de couro, no caminho mudaria de ideia com relação a roupa e desabotoaria a camisa também, entraria na primeira que visse e procuraria duas boas “pochetes” de couro que fossem capazes de guardar umas dez facas médias cada, depois iria ao vendedor e diria num tom já calmo:

“Preciso de uma alça para essa lâmina, como as de espadas.”

Basicamente eu queria uma longa tira de couro amarrada na lâmina para pendurar a mesma nas minhas costas.

Se recebesse os produtos, pagaria com uma certa cara feia e demorando soltar o dinheiro pro vendedor. Depois procuraria um ferreiro, se encontrasse um diria em alto e bom som, num tom como se fosse um oficial, afinal de contas, eu meio que sou um:

“Ferreiro, eu como agente do governo preciso de sua forja e oito quilos de  ferro para fazer algumas ferramentas, tenho aqui dinheiro para pagar pelo metal e espero que você esteja disposto a liberar sua forja para o uso do governo…”


Eu dava uma pausa, estava indeciso entre ameaçar e bajular o cara para não pagar pela forja, afinal de contas o metal eu ainda terei depois de comprar, mas o valor de aluguel só se perde e eu queria evitar pagar aluguel de forja.



off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hesss
Civil
Civil
avatar

Créditos : 7
Warn : Borax - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 05/04/2018

Borax - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Borax   Borax - Página 2 EmptyQua 07 Nov 2018, 18:20

Narração


Logo calmamente, Fifnir saia do QG, já pensando no quão chato seria trabalha para defender um nobre, mas logo em um breve instante, seu pensamento se esvaia, e pensava em o quão divertido seria matar aqueles que atacarem o nobre, e com esse pensamento partia em rumo de uma loja de utensilhos de couro, buscando conseguir tiras de couro para fazer seu próprio suporte para facas para pendurar em sua costa e logo encontrava, claro uma loja como essa se encontrava em qualquer esquina mais havia uma em especifico para Fifnir, uma das melhores lojas da Ilha onde o próprio vendendor o conhecia, mais não conhecia o lado torturador de Fifnir e sim um Jovem simpatico que Fifnir aparentava ser quando ia a loja.

Ao entrar um velho simpatico estava de costas arrumando umas coisas na mesa enquanto Fifnir falava com ele e sem se virar o velho respondia enquanto se virava -Ah claro... Claro já vou p- Fifnir!? E você? A quanto tempo meu garoto! E que roupa e essa? Não me diga que entrou para os agentes do governo! Oh que incrivel ter conhecido você quando criança! Ver você crescendo tão rápido é a... Não... Denovo não... Logo um homem de cara feia entrava serio na loja e depois dava um sorriso se direcionando para o velho -Ha! Eu voltei velhote, sai da Prisão! E agora você vai pagar tudo que me fez passar! Logo o homem jogava uma bolsa no na mesa em que o velho se apoiava -Quero 50.000 Berries contados! O velho ficava o olhando serio com desprezo e dizia -N-Não tenho esse dinheiro Logo em questão de segundos o homem demonstrava sua raiva jogando produtos de couro que eram vendidos naquela loja ao chão -Acho que não entendeu! O dinheiro, ou sua vida! O Bandido não parecia perceber um Agente do Governo bem ao lado dele, Agente esse que não demonstrava nenhuma reação, e agora o bandido apontava sua arma para o velho.

____________________________________________________

Aventuras:
 
     

                                                 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Borax
Membro
Membro
Borax

Créditos : Zero
Warn : Borax - Página 2 10010
Data de inscrição : 09/09/2017

Borax - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Borax   Borax - Página 2 EmptyQua 07 Nov 2018, 20:42



Sangue é mais barato que o ouro, porém mais divertido de se tirar.



Histórico:
 
"Falas"
Objetivos:
 



Enquanto tentava comprar alguns itens numa loja de couro que aparentemente o dono se lembrava de mim da minha infância, um homem mal encarado entrava na loja e exigia dinheiro, aparentemente ele ignorou ou não percebeu minha presença, então não sei se posso chamar ele de corajoso ou de burro, o que importa é que ele era exatamente o que eu precisava para melhorar meu dia, um criminoso cometendo um ato violento para me dar desculpa para agir… Agora bastava escolher entre ser furtivo ou dar voz de prisão a ele… Oh claro uma decisão, tudo que fazia era sorrir de orelha orelha e levar a mão direita a minha lâmina, não era capaz de tomar a decisão facilmente como sempre, mas era só fazer o que sempre fazia, na dúvida não faça nenhuma das opções, ou faça todas… Nesse caso nenhuma seria melhor, não conseguia mais me conter o suficiente para teatro, fora que sou um péssimo ator.

“Interessante… Você é grande e falastrão… Pretende gritar por clemência antes ou durante sua morte?vamos descobrir… HAHAHAHAHAHAHA”

Gargalharia correndo em direção ao homem com a minha arma na mão direita, miraria um corte no pescoço, não queria que alguém viesse a se intrometer com minha presa de novo, no caso de esquiva ou bloqueio, o corte seguinte seria na barriga e revezaria os alvos tentando atrapalhar o homem com a mudança de alvos.

Caso o homem tentasse me ferir, desvia de lado sempre indo em direção a ele e tentaria aplicar um corte na mão usada pro ataque, antes de prosseguir o ataque normal.

Qualquer vacilada que o homem desse deixando os braços ou ferramentas de defesa longe da cabeça ou barriga, miraria um corte horizontal nesse visando abrir profundamente a carne do alvo e matar o mesmo ali.

Caso matasse o meliante, olharia sorridente pro vendedor e diria em tom bem humorado, mas com um toque sinistro e frio:

“Creio que pedi uns itens para ti…”








____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hesss
Civil
Civil
avatar

Créditos : 7
Warn : Borax - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 05/04/2018

Borax - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Borax   Borax - Página 2 EmptyQui 08 Nov 2018, 14:59

Narração


O clima na loja estava tenso, Fifnir por outro lado estava extremamente calmo ao ponto de estar até feliz com a situação, percebendo o Homem não o havia notado já notava uma oportunidade gigantesca para saciar sua sede de sangue, e assim o fez. Levantava sua lamina contra o Homem mal encarado e tentava desferir um golpe perfeito em seu pescoço. Porém isso não aconteceu, Fifnir agorava foi surpreendido, o Home mal encarado agora segurava com apenas uma das mãos e olhava para Fifnir.

Você achou mesmo que eu não o havia visto? Acha que sua roupa de Agente do Governo e invisivel? Eu achei que você era experiente e estava o ignorando de proposito o esperando atacar para eu ver seu estilo de combate, porém você e bem fraquinho não é? E eu me preoucupando a toa. Logo o Homem que aparentava ser bem forte soltava a mão de Fifnir -Ok vou te dar uma chance de se redimir, lute comigo em uma luta justa. Logo o homem soltava sua pistola a jogando longe e na verdade se demonstrava ser um lutador de Taekwondo e que ele poderia naquele momento enquanto segurava sua mão ter te dado um chute, mais inexplicavelmente ele preferiu uma luta justa.

____________________________________________________

Aventuras:
 
     

                                                 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Borax
Membro
Membro
Borax

Créditos : Zero
Warn : Borax - Página 2 10010
Data de inscrição : 09/09/2017

Borax - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Borax   Borax - Página 2 EmptySex 09 Nov 2018, 15:44



Sangue é mais barato que o ouro, porém mais divertido de se tirar.



Histórico:
 
"Falas"
Objetivos:
 



Para minha surpresa o assaltante não havia deixado passar minha presença, ele apenas estava esperando para ver minha reação. Ele segurava minha mão para impedir o ataque e depois me soltava querendo uma luta justa, ele até mesmo jogava sua pistola longe e não me atacava enquanto estava seguro em suas mãos. Não conseguia entender como ele podia ser tão… Idiota, eu com certeza vou matá-lo e sentir prazer com isso na primeira oportunidade, ele podia ter fugido quando me pegou desprevenido, mas não, preferiu um combate mano a mano.

“Sem ressentimentos, mas troca franca de socos… Simplesmente não é do meu gosto… Você devia ter aproveitado sua chance de sair vivo daqui.”

Correria para cima do assaltante com a lâmina em punho visando um corte no peito do mesmo, seguido de um corte na barriga e outro na garganta.

No entanto caso o oponente esquivasse de algo, rapidamente giraria em sua direção e arremessaria a lâmina contra o inimigo mirando ela a enfincar em seu tronco.

No caso de me bloquear ou me segurar, tentaria um chute de direita em sua genitália, seguido de uma cabeçada no nariz.

No caso do oponente me atacar, tentaria desviar pulando para o lado oposto ao do membro que ele usou no ataque e em seguida miraria uma estocada da ninto em suas pernas caso estivesse próximo do oponente.







____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hesss
Civil
Civil
avatar

Créditos : 7
Warn : Borax - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 05/04/2018

Borax - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Borax   Borax - Página 2 EmptySex 09 Nov 2018, 17:43

Narração


O Clima continuou tenso, agora o bandido se mostrou um ótimo lutador de Taekwondo que agora estava prestes a lutar e alem disso o bandido estava nervoso mesmo não demostrando. Agora, Fifnir estava calma e percebia que o Bandido era mais inteligente do que pensava, mais com isso o Bandido ouvia atentamente as falas de Fifnir e ai começou a rir e falar -Hahahahaha! Eu sou lutador de Taekwondo! Eu luto com os pés! Não tem nada haver com socos! HAHAHAHA e enquanto o bandido ria desesperadamente Fifnir aproveitava para avançar contra o mesmo e rapidamente o efetuando um corte no peito e na barriga.

Mais quando foi efetuar o corte no pescoço do bandido logo foi surpreendendo novamente, só que dessa vez desviava do ataque no pescoço fazendo o ataque pegar no ombro e logo dava um chute em Fifnir não o acertando-o e Fifnir logo aproveitando que as pernas eram um alvo facil mirava logo alí e efetuava um corte profundo em suas pernas e logo se podia ouvir os gritos de dor do bandido A-Agh!!! Logo ele caia ao chão tentando conter com suas duas mãos o sangue que estava escorrendo de sua perna direita. D-Droga! P-Por favor não! M-Me desculpe! A cada momento o sangue escorria cada vez mais rápido da perna do bandido Oque logo poderia ser fatal.

____________________________________________________

Aventuras:
 
     

                                                 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Borax
Membro
Membro
Borax

Créditos : Zero
Warn : Borax - Página 2 10010
Data de inscrição : 09/09/2017

Borax - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Borax   Borax - Página 2 EmptySab 10 Nov 2018, 19:10



Sangue é mais barato que o ouro, porém mais divertido de se tirar.



Histórico:
 
"Falas"
Objetivos:
 



O homem dizia para mim que não lutava com socos e ria, ele parecia não entender gírias ou jeitos de falar, mas quem está prestes a morrer não precisa aprender coisas novas, então me joguei em combate e dessa vez por pegar o oponente em meio a sua risada conseguia fazer seu sangue correr em dois cortes diretos, o terceiro e final era evitado com um chute, mas eu já esperava isso e esquivei pontualmente. A carne do homem me convidava ao corte e eu aceitei de bom grado. Minha lâmina se embrenhou profundamente na perna do homem, o sangue de meu oponente brotou como as águas de uma nascente, seu grito e pedidos de clemência apenas faziam que eu gostasse mais do que estava fazendo, para mim ele não passava de gado para abate, não sentia empatia alguma para com ele.

Pego em um ritmo de carnificina, iria segurar minha ninto com ambas as mãos e golpear o homem caído com cortes por todo o seu tronco de forma aleatória até que a sua morte estivesse completamente confirmada, tudo isso feito com um enorme sorriso no rosto.

Após matar o homem, guardaria a minha lâmina na bainha, pegaria a bolsa do ladrão em mãos, vasculharia a mesma enquanto ia em direção da pistola dele, pegaria a pistola e diria num tom alegre enquanto verificaria a munição e a qualidade da arma:

“Eu tinha pedido um suporte de espada para por nas costas e duas pochetes para facas… Adiciona ai no pedido um cantil de couro e um coldre de coxa para pistola no pedido… Acelera um pouco ai que essa festa toda me deu sede.”

Enquanto esperava meus pedidos, olharia pro corpo do homem caído sentindo orgulho de minha obra, então diria:

“Depois chama um marinheiro para pegar o corpo e fala que fui eu quem lidou com ele…”

Isso poderia ser mais rápido, mas o dono da loja podia não avisar direito e o crédito da morte não viria para mim.

“Não… Pode deixar que eu falo para alguém vir aqui…”

Mas procurar um marinheiro para vir aqui pegar o corpo seria tão demorado, ainda tenho que ir forjar alguns itens e ir na minha missão, chegar atrasado na missão, apesar da missão ser uma bosta, poderia me trazer problemas no futuro para pegar missões mais legais, então não seria legal perder tempo.

“Não pera, hmmm… Ahhh”

O desgraçado ia me dar trabalho mesmo morto, eu não sabia o que fazer agora com sua carcaça, logo meus dedos se embrenhariam em meus cabelos em busca de aliviar a pontada aguda de dor de cabeça que surgia quando eu pensava demais.

“Seu merda… Vai me dar trabalho… Se não estivesse morto… Eu te matava”

Diria em ira enquanto chuto o defunto.

Na realidade algo vem a minha mente, o pensamento era tão prazeroso que meu sorriso voltava tão grande quanto antes. Se não posso ir atrás do mérito da morte agora, nem posso deixar para depois, largando o corpo aqui… A resposta era simples.

“Hein… Avisa um marinheiro que um agente matou esse cara aqui, ai pede para eles tirarem o corpo do local… Depois eu aviso que foi eu… Terei uma prova..Hehe”

Puxaria minha ninto novamente e segurando ela com ambas as mão, faria vários golpes mirando o pescoço do cadáver e visando decepar este. Uma vez que conseguisse e me fossem trazidos todos os itens pedidos que a loja possuísse, pagaria a minha conta, mas antes tentaria negociar um desconto:

“Me diz ai… Nesse belo dia… Não braço um desconto pro seu herói?”

Faria um sorriso exagerado e sinistro após falar e pagaria o preço que fosse pedido depois, estava muito feliz e com pressa para estragar meu dia pechinchando com quem não quer dar um desconto pra quem salvou sua vida.

Colocaria a espada no suporte e este em minhas costas, a pistola iria no coldre e este em minha coxa direita, o resto dos itens e a cabeça decepada, esta enrolada na camisa de seu ex-dono iriam na mochila do ladrão que seguraria pela alça em meu ombro esquerdo.

Sairia da loja com sem dar tchau ou sequer acenar, estava com tanta coisa em minha cabeça que nem notaria essas trivialidades, agora minha próxima parada era um bar, então procuraria o mais próximo e assim que achasse um já colocaria o cantil no balcão.

“Enche esse ai de vodka e me da uma caneca de cerveja escura”

Tomaria minha cerveja lambendo os dentes entre um gole e outro enquanto espero o cantil ser enchido.



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hesss
Civil
Civil
avatar

Créditos : 7
Warn : Borax - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 05/04/2018

Borax - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Borax   Borax - Página 2 EmptyDom 11 Nov 2018, 12:02

Narração


A loja estava para ocorrer um Assassinato, Fifnir agora com sua lâmina fazia pedacinhos do Bandido a cada corte os gritos ocorriam mais e mais, e não havia nada que fizesse aquilo parar, ao momento que os cortes efetuados por Fifnir acertaram o pulso do Homem, ele já estava declarado como morto. Após matar o Homem com sua lâmina de forma dolorosa e lenta Fifnir não sentia nada alem de felicidade e adrenalina, nem remorso, dor, medo nada. A unica coisa que, Fifnir podia se orgulhar naquele momento era da adrenalina e felicidade que gerou a sí mesmo ao matar o Homem. Agora Fifnir se dirigia ao velho com um sorriso de orelha a orelha pedindo oque lhe havia pedido.

O velho havia se assustado com o ataque e estava escondido atrás da mesa de recepção e quando levantou para ver oque havia acontecido na loja pois ele apenas ouviu os gritos, e quando levantou se deparou com uma cena orripilante sua loja estava com Sangue espalhado pelos lados além do cadaver totalmente cortado e com umas das mãos quase decepadas vendo aquilo ele ficava parado por alguns instantes antes de pegar um balde e ir pros fundos vomitar, e logo ele voltava -Ca-Claro Fifnir farei isso imediatamente. Logo ele ia pros fundos.

Algumas horas depois ele voltava com tudo que você havia pedido -A-Aqui e por apenas ah... Ele colocava a mão sobre a boca não aguentando um cheiro, e logo Marinheiros chegavam para averiguar a situação -Ah o novato que se alistou no QG... Bem já começou bem não? Eles falavam isso já percebendo que você tinha feito aquilo, e logo pegavam o cadaver se retirando do local e logo o velho voltava sua atenção para o Fifnir, -20.000 Berries isso! 20.000. Agora podia se ver o medo no olhar do velho em vez de afeto por você.

Após pagar, Fifnir saia do estabelecimento muito bem armado com seus novos equipamentos de couro e enquanto os arrumava procurava por um bar, encontrando o Javali Bêbado, dizem que por ali tem recrutamento de Piratas a Marinha foi averiguar mais não tinham encontrando vestigios de recrutamento. Enfim, assim Fifnir entrava no estabelecimento e lá se podia ver bêbados falastrões, bêbados lutando, bêbados bebendo e por ai vai, mais estavam todos bêbados menos os que estavam entrando. Assim Fifnir ia até o Barman e pedia uma bêbida e se podia ver a experiencia daquele Barman ele pegou a bêbida e a colocou no cantil e no copo ainda olhando pro Fifnir -30.000 Berries.

____________________________________________________

Aventuras:
 
     

                                                 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Borax
Membro
Membro
Borax

Créditos : Zero
Warn : Borax - Página 2 10010
Data de inscrição : 09/09/2017

Borax - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Borax   Borax - Página 2 EmptyDom 11 Nov 2018, 15:48



Sangue é mais barato que o ouro, porém mais divertido de se tirar.



Histórico:
 
"Falas"
Objetivos:
 



O vendedor da loja de couros acabava por vomitar perante a visão do cadáver cheio de cortes e decepado, não posso culpar ele, assim como o vinho, não é todo mundo que sabe aproveitar uma boa e refinada carnificina, assim que o homem se recompunha ele me dava os itens pedidos com medo nos olhos, ele gaguejava e falava um preço abaixo do que eu esperava para aqueles itens, talvez fosse medo de mim ou talvez, necessidade de retornar o favor ou ambos juntos, mas isso não importava para mim, carnificina e descontos, um marinheiro chegou para fazer a limpeza e já saber quem fez a limpeza ali, esse dia só vai ficando melhor.

Sorridente caminhei em busca de um bar, encontrei até que facilmente a localização de uma taverna chamada de “O Javali Bêbado”, já ouvi falar algo sobre piratas se reunirem aqui, mas não quero ir atrás de encrenca no momento, tenho que beber e ir fazer uns brinquedinhos antes da missão.

Sendo assim eu pedia minhas bebidas e tomava a cerveja escura, observava o bar enquanto bebia e tudo que via eram bêbados fazendo coisas de bêbado, o barman rapidamente vinha com meu cantil cheio e não perdia tempo em me dar o preço, um bem camarada ainda por cima, era óbvio que ele me queria fora dali rapidamente e o preço era para me agradar, provavelmente os encontros e recrutamentos de piratas deviam ocorrer nos fundos ou algum porão, isso somado a esse tratamento especial para nos mandar embora é o que deve ter feito a marinha não encontrar nada aqui antes, mas eu posso sentir a sensação… Tem carne para ser dilacerada aqui e por alguns segundos eu ponderei confuso e indeciso entre investigar mais em busca de uma presa, ou sair com o preço baixo de presente. No entanto eu acabei de pegar uma boa presa e eu sempre posso voltar depois, no entanto o desconto é só hoje.

Beberia o resto da minha caneca de cerveja e colocaria o dinheiro pedido no balcão logo antes de alocar o cantil num bolso da mochila separado da cabeça decepada, então olharia pro barman e me despediria com um tom malicioso de voz:

“Bem… Agora seguirei meu caminho… Mas se quer realmente me manter focado apenas no balcão... É melhor na próxima vez a bebida ser por conta da casa… Tenha um bom dia”

Não é comum eu desejar bom dia as pessoas, mas ali era praticamente uma ameaça, um aviso de que eu sabia que ali tinha algo errado e que meu preço para me manter longe era a bebida gratuita, mas não me manteria ali para ver a reação do barman, apenas sairia para minha próxima parada do dia.

Caminharia agora em busca da forja de algum ferreiro, se encontrasse um, entraria e diria em alto e bom som, num tom como se fosse um oficial, afinal de contas, eu meio que sou um:

“Ferreiro, eu como agente do governo preciso de sua forja e oito quilos de ferro para fazer algumas ferramentas, tenho aqui dinheiro para pagar pelo metal e espero que você esteja disposto a liberar sua forja para o uso do governo…”


Eu dava uma pausa, estava indeciso entre ameaçar e bajular o cara para não pagar pela forja, afinal de contas o metal eu ainda terei depois de comprar, mas o valor de aluguel só se perde e eu queria evitar pagar aluguel de forja.









____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Borax - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Borax   Borax - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Borax
Voltar ao Topo 
Página 2 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Las Camp-
Ir para: