One Piece RPG
II - Don't Tread On Me - Página 6 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Enuma Elish
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 11:22

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor Licia Hoje à(s) 11:14

» [Mini-Aventura] A volta para casa
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor Fiest Hoje à(s) 10:51

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor Fukai Hoje à(s) 10:10

» [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 10:07

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 07:50

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 06:02

» Hey Ya!
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor GM.Mirutsu Hoje à(s) 02:56

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 02:08

» [Ficha] Raveny Moonstar
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:38

» Raveny Moonstar
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:36

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 01:11

» Escuridão total sem estrelas
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 00:39

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor Kiomaro Hoje à(s) 00:27

» Arco 5: Uma boa morte!
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 23:58

» A inconsistência do Mágico
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 23:45

» Seasons: Road to New World
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor Volker Ontem à(s) 22:44

» Ain't No Rest For The Wicked
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor Hoyu Ontem à(s) 21:55

» I - O bêbado e o soldado
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor Domom Ontem à(s) 21:49

» Um novo tempo uma nova história
II - Don't Tread On Me - Página 6 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 21:29



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 II - Don't Tread On Me

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : II - Don't Tread On Me - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

II - Don't Tread On Me - Página 6 Empty
MensagemAssunto: II - Don't Tread On Me   II - Don't Tread On Me - Página 6 EmptySex 21 Set 2018, 02:12

Relembrando a primeira mensagem :

II - Don't Tread On Me

Aqui ocorrerá a aventura do(a) caçadora de recompensa Sophia Aldebaran Rockfeller. A qual não possui narrador definido.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
ADM.Senshi
Mercenário
Mercenário


Data de inscrição : 27/05/2018

II - Don't Tread On Me - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Don't Tread On Me   II - Don't Tread On Me - Página 6 EmptyQua 13 Mar 2019, 06:02


Passo 25: Bad Moon Rising.

Celas individuais em? Bom, parece um lugar legal pra pensar e refletir… Talvez a prisão não seja assim tão horrível quanto pensei, ou ela está errada… Sei lá, é uma era de piratas, tem tipo um priquitilhão deles por aí, ou são muito incompetentes e quase nunca capturam nada, ou… Bem… A marinha ta com uma grana do caralho, e faz umas 5000000 celas por prisão, e isso ainda é pouco, afinal, acho que tem tanto trombadinha preso que cacete. Mas talvez tenham menos mulheres presas, não sei. Daria de ombros para a informação naquela hora. Depois daquilo era só ladeira abaixo, a gente via as merdas acontecendo, todo mundo caía nos barco eu pulava batiam de cabeça comigo, QUE CAOS, QUE CAOS, QUEM CAUSOU ISSO TUDO PORRA? EU SÓ TAVA FAZENDO MEU TRABALHO!!!

As coisas estavam muito insanas, mas muito insanas mesmo, naquela hora eu respirava fundo após ver que finalmente estava no barco e cairia sentada. -Beleza, ta tudo sobre controle...-Diria levantando meu indicador na frente do rosto antes de ver o barco se chocando com o porto. -Beleza, quero dizer… Quase tudo...- Diria de modo a notar que é… Nem tudo tava realmente tão bem assim. Mas apenas respiraria fundo e caminharia por ali procurando cordas, sim, eu não confiava em apenas deixar eles como estavam, então naquela hora se eu encontrasse tais coisas, eu juntaria eles ali pelo meio arrastando um por um, e no fim das contas amarrando no centrão. Eu passaria as cordas pelo meio deles, juntando os cotovelos ao corpo e daria um nó no final, apenas pela garantia.

Assim que tivesse terminado esperaria que o barco chegasse ao porto, olharia pra as duas e então diria. -Beleza, acho que conseguimos, é só a gente ficar calma, e não inventar problemas até chegar no QG, vai dar tudo certo, no pior dos casos é só olhar pro horizonte e pensar em um pombo- Era a melhor dica que eu podia dar naquela hora, por mais que eu não faça a menor ideia de por que diabos um pombo. Seja o que for, me disseram que isso ajuda, então é assim que deve ser. Caminharia segurando um deles nas costas enquanto esperava que as outras Duas fizessem o mesmo pra dar a apoio na bolota de gente, e nisso iria até o QG sem pensar em muitas coisas evitando ficar nervosa, apenas imaginava um cenário feliz, onde eu não precisasse fazer muito, apenas pudesse cantar e sorrir com ursos.

É ursos fofos, com arco íris na barriga, bons de abraçar, há… Isso mesmo ursos legais… Pensaria nisso enquanto inconscientemente quando chegássemos na porta do QG acabaria por abraçar Kath, enquanto esfregava meu rosto na maciez do urso… Até que eu lembrasse que não tem urso fofo nenhum. -Ih rapaz… Foi mal, eu tava viajando aqui.- Respiraria fundo e entraria pra dentro do lugar, e com calma esperaria que alguém viesse atender, se qualquer pessoa chegasse, começaria então a contar todo o papo do que aconteceu. -Bom, eu tinha prendido a irmã gemea dessa daqui, então ela me atacou, rolou uma briga grande. Assim acabamos tendo que lutar dentro do barco delas. Em um eventual caos, algum imbecil!! Acéfalo, quebrou o leme, e bateu na navegadora, ela precisava ser detida, mas não tão cedo, o inimigo sabia bem das coisas e como nos deixar sem saída, e nisso, adivinha? Ficamos sem saída… Derrotamos todos mas o barco sem rumo acabou atingindo o porto, mesmo assim, minha garotinha aqui, salvou parte disso usando nosso próprio barco para diminuir a velocidade e o impacto- Diria me aproximando de Alexis e acariciando a cabeça dela no final, tinha dado tudo certo graças a ela, então era merecido, e ele não precisa saber que fui eu que fodi o leme, é melhor que seja assim.

Depois de falar tudo isso apenas deixaria que pegassem as pessoas ali e questionaria se poderia usar a enfermaria novamente. -Acabei me ferindo novamente, desculpem, mas posso usar a enfermaria ali? Acabei com um corte problemático- Diria esperando uma resposta, e se fosse positiva rumaria para o local onde sentaria em uma das camas, esperando que viessem até mim, deixaria que a médica examinasse o que quer que tivesse acontecido, e esperaria o tratamento, estava sentindo uma pequena dor incômoda, que já deveria por si só dizer mais sobre como aquele ferimento me afetava. Enquanto ela me tratasse apenas cerraria os dentes e tentaria aguentar o ardor que poderia surgir durante o tratamento, me acalmaria naquela hora e usaria a pomada no mesmo tempo, usando ela na mão mais uma vez pela queimadura.


Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro
GM.Alipheese

Créditos : 56
Warn : II - Don't Tread On Me - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 5ª Rota

II - Don't Tread On Me - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Don't Tread On Me   II - Don't Tread On Me - Página 6 EmptyQua 13 Mar 2019, 13:55

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


As glórias da batalha conquistada.




Os danos já estavam feitos, não havia como evitar mais do que ela já havia evitado, Alexis e Catherine tentaram acalmar-se o máximo que podiam afinal, uma expressão de culpa não ajudaria em nada. Quando então desceram do barco, haviam encontrado dois marinheiros confusos apontando a lanterna para o barco que havia tombado e para o porto, eles poderiam ter parado a caçadora ali junto ao seu grupo mas, não o fizeram, não porque não as perceberam mas, talvez tivesse reconhecido uma delas? Era uma teoria bem interessante pra se levar, já que um dos rapazes havia olhado e apontado a lanterna para elas e logo depois só preocupou-se em pegar uma prancheta e fazer anotações, quase como se estivesse só calculando os danos ou algo do tipo. A caminhada era bem tranquila até o QG, onde cada uma delas levava consigo um dos procurados.


A coisa mais incrível acontecia com Cat, pois ao transportar-se pro seu lugar feliz, Sophia havia acabado por abraçar Catherine enquanto esfregava o seu rosto no dela e um barulho bem bonitinho como de um ronronar acontecia, como uma reação natural do corpo de Catherine que movia o rosto do mesmo modo, estava gostando daquilo, quando Sophia parou e se tocou do que estava fazendo, teria encontrado a grisalha com uma expressão bem fofinha e suas bochechas levemente vermelhas, parecia que “o sorte” havia finalmente sorrido para ela, quando acabou que cortaram seu barato. Ela não parecia incomodada com o fato de Sophia ter feito mas, de ter parado.

-Sempre que quiser… é muito legal


Dizia a garota que ainda fazia um barulhinho caracteristico de gatos por mais uns momentos, até que adentrassem o QG, onde teria respirado fundo para encarar o que tinha de encarar. Quando chegaram ao QG, na recepção haviam encontrado um rapaz de óculos, se tivesse uma memória boa, Sophia poderia reconhecer como o mesmo rapaz em que Cat havia provocado um pouco mais cedo naquele dia. Com a aproximação do trio ele pareceu ficar bem nervoso, como se sentisse intimidado ou algo assim. A caçadora sentiu que se ela se aproximasse demais, teria feito o rapaz mijar nas calças ou até desmaiar. Com dificuldade então ele tomou a iniciativa e perguntou:

- O-o-olá como posso ajudar vocês?

O rapaz então teria ouvido a explicação de Sophia e fazia algumas anotações, enquanto olhava para os papeis, ele pareceu estar um pouco mais seguro e com uma expressão um pouco mais séria, sem que fizesse contato visual, então ele teria falado o que precisava falar, depois de ter visto os procurados que levavam com eles.

- Sei que vai parecer chato, mas após algumas investigações, nós averiguamos e vimos que a real recompensa de Minin, que você havia capturado mais cedo, não vale tanto quanto nós te pagamos… No entanto, todo problema que poderia ter sido causado por isso, você evitou ao ns trazer a sua irmã gêmea e… Com isso, o certo seria você receber até um pouco mais, se nós somassemos todas as recompensas, incluindo desses 2, que tem uma recompensa baixa mas, ainda assim são procurados… Mas, novamente… Desculpa ser estraga prazeres com isso mas, o que vocês ganhariam como extra, vai ser usado para pagar os reparos dos danos cometidos e… Se for da sua vontade, posso pedir para que um rapaz que é construtor naval, dar uma olhada no barco de vocês, sem cobrar nada por isso.

Teria dito o rapaz, antes que olhasse para cima e encarasse os olhos da caçadora e novamente ficou bem nervoso. Então ele só teria apontado na direção da enfermaria, como sinal de que sim, poderia usar a enfermaria. Se dirigindo até lá, o trio havia ficado sobre macas diferentes, mesmo que de diferentes graus, todas haviam se machucado um pouquinho. Sophia era atendida por uma médica bem bonita que aproximou-se e a vendo passar a pomada para queimadura, teria mostrado olhos apreensivos. Então ela apresentaria-se para a caçadora, enquanto pegou luvas e alguns materiais para que pudesse tratá-la.

-Boa noite, sou a doutora Lisbeth, vamos ver como estão essas feridas?

A médica então teria sido bem profissional, tocava o corpo de Sophia próximo das partes machucadas e na parte das costelas, averiguando se não havia nenhuma fratura, apesar de um possível desconforto quando ela tocava, não era algo grande demais para que a caçadora não pudesse aguentar. E com isso a médica, enquanto pegou algumas bandagens, folhas e um gel teria perguntado.

- Você é uma das caçadoras de recompensa? Parece um trabalho difícil, mas vamos cuidar de vocês direitinho, tá bom? Vou passar um gel sobre a área, vai diminuir a sua dor e vou por algumas bandagens com algumas ervas que vão ajudar seu corpo no processo de recuperação, quero que você durma com isso e não se esforce muito tá bom? Você pode tirar de manhã quando acordar que seu corpo fará o resto do processo sozinho.

A médica dizia com certa seriedade, enquanto já começou a tratá-la, o alívio que Sophia sentia era grande, com exceção da dor pelo cansaço e esforço físico, não sentia mais nada de ruim em seu corpo, como efeito do gel e das ervas que a ajudariam na recuperação. A médica então havia colocado em um potinho que tinha o tamanho de uma tampa de garrafa, transparente o que era um líquido rosa.

- Pronto… Agora só preciso que você tome esse antibiótico direitinho e você tá liberada… Não sei se você tem caa pela cidade ou algo assim, você pode dormir na enfermaria se quiser… Ah, o antibiótico é docinho, vai te dar um pouco de sono mas, vai ajudar seus músculos a relaxar também, é um remédio que eu mesma fiz.

Diria a moça com um sorriso gentil enquanto colocou na direção de Sophia o potinho, para que ela pudesse pegar e tomar, onde com isso poderia concluir seu tratamento. Poderia ouvir do lado muito mal as vozes de Cat e Alexis, que também estavam sendo atendidas.


Histórico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Senshi
Mercenário
Mercenário
ADM.Senshi

Créditos : 72
Warn : II - Don't Tread On Me - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 27/05/2018
Idade : 26

II - Don't Tread On Me - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Don't Tread On Me   II - Don't Tread On Me - Página 6 EmptyQui 21 Mar 2019, 04:17


Passo 26: And We're all see through just like glass.

As coisas tinham dado certo inicialmente, a moça não se incomodava, o rapaz não nos cobrava nada,oferecia mais recompensas que na verdade não viriam até nós, mas sim iriam pro porto e até aí tudo certo ele me oferecia algo gratuito de concerto dos marceneiros mas recusaria. -Todo o extra deve ir para a reconstrução, já sobre o barco prefiro pagar para que ele seja consertado, afinal quero que o dinheiro seja usado pra esse outro propósito, enfim… Quanto custaria? Se não der pra fazer, não há problema, eu concerto em algum homem no porto.- Diria sem me preocupar muito com essas coisas. Estava numa situação que meio que foda-se… Não adiantava eu pegar mais dinheiro, já tinha recebido alguma droga antes, e não to com cabeça pra resolver merdas administrativas depois. Se ele me desse um valor que eu pudesse pagar, tiraria do bolso, senão daria de ombros e agradeceria. - Beleza, resolvo isso depois então, valeu.- e sairia.

Sim, tinha de ir para a sala da médica, lá apenas ficaria atenta a todo o processo, sem reclamar de nada ali, apenas deixaria ela trabalhar, e respondia as perguntas, porém sem falar muito sobre. -Sim, sou caçadora- Responderia com um leve sorriso, olhando para ela com calma. O resto das coisas apenas acenaria com a cabeça de forma positiva, não era questão de querer ou não ser sociável, era simplesmente o fato de achar desnecessário ficar puxando assunto naquela situação, mesmo que ela fosse bem bonita… Eu preferia evitar alguma coisa não profissional ali de minha parte, após a luta eu tava cansada e seria também. Até o final quando ela falasse do antibiótico olharia pra ele pegando na mão e só aí diria algo mais complexo. -Certo, mas como devo exatamente ingerir ele? Eu misturo na água ou posso só tomar direto? E tem algum horário específico? Eu nunca precisei tomar algo assim, então não saberia dizer, acho que o mais próximo era uma coisa que meu pai me dava, só que era uma pasta amassada de alguma planta que me colocava em coma, pra ele não ter problemas de me colocar pra dormir. É tipo isso?- Perguntaria de forma sincera, não queria usar de forma errada, e além do mais o que meu pai me dava tinha um revés bem ruim, eu sentia dores no corpo toda vez depois de tomar e dormir.

Daria um sorriso pra ela no fim de tudo levando o potinho comigo e levantando da cama, e só depois dessas perguntas responderia a todo o resto. -Desculpe, eu ter mudado de assunto tão rápido, é complicado, eu precisava mesmo saber essas coisas. Mas bem, eu não tenho casa na cidade… Mas… Eu me viro por aí, digamos que as ruas são sempre o lar mais confortável HAHAHA Mas talvez eu possa achar um lugar pra dormir, depende de muitos fatores.- Diria coçando a cabeça e finalmente me movendo pra saída dali depois de tudo e então se ela me questionasse sobre ter certeza de não querer ou qualquer coisa desse tipo, eu diria por fim apenas. -Eu sou um espírito livre, então o melhor de tudo é viver por aí. De toda forma agradeço. Obrigada pelo tratamento, remédios e a oferta.- E assim me retiraria esperando as outras duas perto da porta naquela hora, ficaria de pé enquanto observaria o remédio vendo se tinha algo escrito nele e a cor e todos os detalhes que não faria no lugar perto da médica.

Ficaria observando a movimentação lá fora do QG, obviamente devia estar tudo deserto ali perto da porta… Mas mesmo assim ficaria olhando. Assim que visse elas se aproximarem daria um leve sorriso e me viraria começando a caminhar e perguntaria. -Seguinte, o barco tá fodido, a gente igualmente… Então assim… A gente precisa ir pra algum lugar, a gente pode dormir lá na sua casa hoje Kath? Eu acho que seria melhor pra gente.- Falaria enquanto caminharia ainda sem rumo, se ela aceitasse traçaria a rota agora seguindo de volta pra casa da marinheira. Tudo tinha sido meio louco até então e precisávamos de algum tempo denovo.


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Andando muito tempo por aí
Percebo que não tenho muito onde ir
E todos os caminhos percorridos
São páginas velhas viradas de um livro já lido.

(Jimmy & Rats)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro
GM.Alipheese

Créditos : 56
Warn : II - Don't Tread On Me - Página 6 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 5ª Rota

II - Don't Tread On Me - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Don't Tread On Me   II - Don't Tread On Me - Página 6 EmptyDom 24 Mar 2019, 18:33

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Fim

O rapaz estranhou o senso de justiça da caçadora, não era normal que alguém recusasse uma oferta como aquela, não era algo muito comum. No fim o rapaz deu de ombros e respirou fundo, olhando alguns papeis, fazendo algumas anotações e cálculos que eram possíveis que Sophia pudesse ver, ao fim ele colocou um papel sobre a bancada, mostrando os possíveis custos para ela.

- Se insiste em pagar, acho que não há o que fazer. Estar tranquilo com nossa consciência é um preço baixo a se pagar, né? Então… Tem esse rapaz que eu conheço, Jamiel. Ele é um rapaz que faz bons preços, na região portuária, você deve encontrar, sem dúvidas. É um moço de cabelos roxos e bem longos, ele deve fazer o reparo de 20 mil a 100 mil berrys, depende do estrago, mas diga que você é uma caçadora de recompensas que ele te faz um preço camarada.

Completou o rapaz a liberando para que recebesse o tratamento, tudo seguia bem de certo modo, havia então uma dúvida por parte da caçadora a como ela deveria ingerir o próprio remédio e ela teria uma resposta bem simples da doutora afinal, não haviam complicações na ingestão do remédio. Era notável um olhar de preocupação em seu rosto.

- Espero que você não tenha mais nenhuma ligação com esse homem… De toda forma, é só tomar o conteúdo da tampinha querida. Não vai te derrubar ou algo do tipo, não é esse o tipo de remédio. Você vai se sentir mais sonolenta, apenas porque seus músculos vão estar mais relaxados e seu corpo mais confortável para dormir. Não vai te dar nenhum efeito colateral também não, então fica tranquila.


A sua voz era agradável e havia um sorriso confiável em seu rosto, no momento que Sophia decidisse tomar o remédio, se tomasse sentiria um sabor docinho que lembrava muito o de um morgando bem doce, nem parecia remédio. Os efeitos sobre seu corpo não agiriam de imediato mas, ela poderia sentir uma diferença bem grande ao relaxar, quando e se fosse dormir, o alivio demoraria pelo menos 20 minutos para começar a acontecer, não era bem algo mágico. Com isso, era notável uma certa apreensão da médica, que preferiu não entrar muito dentro da vida da branca, não era seu direito se intrometer.

Com isso, ela levantou-se e esperou pelas outras duas, diferente dela parecia que uma das meninas havia ouvido muito bem o que ela havia dito, e era a meia mink, que tinha alguns sentidos levemente mais aguçados graças a sua condição única. Ela parecia pronta para talvez reclamar sobre a caçadora ter esquecido de sua hospitalidade mas, o que era uma expressão carrancuda, logo tornou-se um sorriso tímido. Era notável que a garota tinha um band-aid infântil com marca de gatinhos em sua boechecha esquerda, cobrindo um corte, assim como vários deles sobre as falanges de seus dedos.

- Você pode passar o tempo lá em casa besta, o tempo que quiser, eu vou gostar de ter vocês por lá, eu sou sozinha normalmente, desde que vocês coloquem algumas coisas as vezes na geladeira, podem consumir tudo que tiver por lá… Minha casa é a de vocês também, não é sempre que eu poso ficar muito tempo por lá mas, da próxima vez eu quero fazer um almoço pra vocês, combinado?

Dizia a garota animada, enquanto acompanhava o ritmo de Sophia. Do outro lado, Alexis parecia ter ambos braços coberto por faixas, similares a que ela tinha em torno do seu abdomen, havia levado alguns cortes durante o seu combate que era muito mais equilibrado do que havia sido o de Cat contra o garoto. Com isso o trio destinou-se a casa da marinheira, estavam cansadas provavelmente, poderiam sequer terminar de secar aquele engradado quando chegassem, a cama talvez fosse mais convidativa.






[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:
Avaliação Senshi


Perdas:


  • 20.000 Berrys Ramen  roupas , manopla+ suprimentos: 200.000, totalizando 220.000 berrys de perdas. ALTERADO
    No post nº 9 o cara deu um desconto nas roupas e na manopla que totalizou o custo de 140.000 para 100.000, não vou entrar no mérito de algumas peças de roupa terem saído de graça ou o fato do valor da arma mal ter feito diferença nisso tudo já que a péssima administração e gerência são dele mas vou negar o desconto em cima do valor da arma pois não rolou nenhuma negociação ou interesse por parte da player em ter o desconto, existe um conjunto de fatores que iriam tornar uma negociação viável mas a personagem atualmente não se encaixa neles, sendo assim acaba ficando um total de 130.000 em seguida foi cobrado 180.000 pelos suprimentos e claro o ramen de 20.000 o que totaliza 330.000
  • Manopla anterior( lvl 1) OK
  • Jaqueta antiga ADICIONADO
  • Calça antiga ADICIONADO


Ganhos:


  • Pomada analgésica contra queimadura. 1 uso restante OK
  • Pericia culinária OK
  • Cartaz rei dos jogos OK
  • Cartaz Sasha- A cartomante OK
  • Cartaz Minin - A Arsonista OK
  • Desenho de Alexis OK
  • 3 kk  Berrys referentes a captura de Minin. OK
    OBS: (Com os gastos fica um total de +2.670.000B$ na ficha) OK
  • Manopla nova, lvl 1
  • Vestimentas novas:
    Peças: 4x jaquetas, 2x calças, 2x pares de botas, 1x cinto, 1x par de luvas, 4x camisetas OK
  • Abastecimento para escuna OK
  • Total de 4 cabeças entregues para marinha. OK
    Hematoma na parte abdominal -Tratada (0/3) OK


Relação de personagens:
● Ela faz

Exp: 9xp
EdC:

Localização: Loguetown- East Blue

Quantidade de posts do(s) Narrador(es):Alipheese: 2 de créditos
Feedback Narrador:
 
Feedback Narrado:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




II - Don't Tread On Me - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Don't Tread On Me   II - Don't Tread On Me - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
II - Don't Tread On Me
Voltar ao Topo 
Página 6 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Polestar Islands-
Ir para: