One Piece RPG
Redenção - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Escuridão total sem estrelas
Redenção - Página 2 Emptypor DanJo Hoje à(s) 11:49

» Navegando por uma nova história. A revolução começa!
Redenção - Página 2 Emptypor Greny Hoje à(s) 10:41

» Art. 3 - Our memories
Redenção - Página 2 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 06:03

» Segundo ato: Revelação
Redenção - Página 2 Emptypor Padre Hoje à(s) 05:45

» Arco 1: Passagem pela ilha do riso
Redenção - Página 2 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 03:47

» O Sapo Mágico
Redenção - Página 2 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 02:45

» II - Growing Bonds
Redenção - Página 2 Emptypor War Hoje à(s) 01:35

» Sádica em construção
Redenção - Página 2 Emptypor Hanabi Hoje à(s) 01:16

» Unidos por um propósito menor
Redenção - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 23:06

» Corvus oculum corvi non eruit
Redenção - Página 2 Emptypor Fellippo Ontem à(s) 23:00

» Do ferro ao aço
Redenção - Página 2 Emptypor Vincent Ontem à(s) 22:54

» [Ficha] Fenrir Seawolf
Redenção - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:14

» Unidos por um propósito maior
Redenção - Página 2 Emptypor Milabbh Ontem à(s) 22:06

» Terminando assuntos inacabados
Redenção - Página 2 Emptypor Aokine Daiki Ontem à(s) 22:03

» Enuma Elish
Redenção - Página 2 Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 21:56

» Seasons: Road to New World
Redenção - Página 2 Emptypor Volker Ontem à(s) 21:46

» [Mini] Am I really need do this?!
Redenção - Página 2 Emptypor Jinne Ontem à(s) 21:23

» Apresentação 5 ~ Falência Sensacionalista
Redenção - Página 2 Emptypor Licia Ontem à(s) 21:07

» Una Regazza Chiamata Pericolo
Redenção - Página 2 Emptypor Milabbh Ontem à(s) 21:00

» The Lost Boy
Redenção - Página 2 Emptypor tamerex12 Ontem à(s) 20:14



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Redenção

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 56
Warn : Redenção - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Redenção - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Redenção   Redenção - Página 2 EmptyTer 11 Set 2018, 20:32

Relembrando a primeira mensagem :

Redenção

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Shaanti Mochan. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
GM.Furry
Game Master
Game Master


Data de inscrição : 27/03/2015

Redenção - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Redenção   Redenção - Página 2 EmptySab 15 Set 2018, 13:45




Pronta para Pescar?

05


Havia saído da cabana bastante incomodada com o comportamento do velho, pois apreciava quandos os humanos corriam desesperadamente por suas vidas fugindo dela e teria ficado assim, com um temperamento ruim por mais tempo se o garoto na saída não tivesse melhorado o seu humor.

HEHEHEHEHEHEHE, ele vai ter pesadelos por um mês.

Havia chegado até a loja.

Nada mal pra um inútil. Ao menos dá as informações certas.

Esses são os que eu tenho, pode escolher, o preço de um desses é de 20.000 berris, tão bom quanto uma lança.

- OHHHH, tão bom quando uma lança? - embora a fala pudesse ser confundido com algum tipo de admiração o tom e a cara que Shaanti fazia certamente mostrariam que era de extrema descrença. - Espero que sejam bons mesmo, um velho metido quer que eu pegue aquele bixo do lago. - Shaanti olhava para os arpões, não queria um exatamente para causar grandes danos, apenas um com um gancho inverso que lhe permitisse ficar ancorada no monstro. - Você sabe algo sobre um peixe que parece um tubarão que vive no lago? - perguntaria distraída enquanto passava a mão pelos arpões selecionando eles.


- 20 mil? Esse cara deve ta maluco….. Eu podia matar ele e pegar… hnm.

- 20 é? Vou precisar de uma corda também. - esperaria para ver se tinha. - AHN, 20 também? - Shaanti giraria olhando para a loja.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Abriria as mãos, giraria e voltaria por fim a olhar para o vendedor.


- Aqui por acaso é tudo por 20? Você devia por isso na porta. Tudo por 20 do…. Como é teu nome mesmo. Quer saber, deixa pra lá. - mexeria na suas coisas pegando os 40 e dando para o sujeitinho dos 20. - Eu tenho que comprar aveia… - Não era um pedido de aveia, até porque só lhe havia restado 10 mim e por isso não considerava pedir ali e pagar 20 mil.

Shaanti deixaria a loja, prenderia o arpão nas costas pelo cordame do mesmo e a corda colocaria cruzada sobre o ombro, do ombro esquerdo em direção ao lado direito do quadril.

Ergueria o olhar, calculando quantas horas lhe restavam nesse primeiro diam pondo-se em marcha logo a seguir em direção a floresta.

Seu primeiro objetivo era a erva, pois havia algo mais que desejava conseguir na floresta antes da caçada principal. Voltaria então pelo caminho do qual havia vindo, passaria pela casa do velho, dando a ela uma última olhada antes de seguir para a floresta.


Haviam duas coisas que ela procurava. Um rochedo e avistar algum animal o qual pudesse abater. Ater-se-ia inicialmente primeiro aos animais, procurando provavelmente algum riacho que corresse pelo interior da floresta ou quem sabe fosse premiada pisando em algum excremento.


- Tomara que essa merda de mosquito não goste de sangue tritão. - falou ao passar pela borda da floresta.  

Por não ser da região o máximo que poderia fazer era continuar monitorando o tempo que caminhava buscando lembrar-se da direção seguida, pois assim saberia quando seria o horário máximo para começar a trilhar o caminho de volta. Shaanti só avançaria floresta adentro enquanto fosse possível voltar antes do pôr do sol, já que a noite na floresta ela não seria nada além de uma inútil.

- Porque nem essa maldita planta esses merdas não tem em estoque?


Se avistasse algum animal Shaanti pararia a espreita, todavia mal sabia ela que as chances disso ocorrer fosse talvez muito baixas, já que agia como um elefante em uma mata fechada.


- CADE A MERDA DOS BICHOS DESSA BOSTA DE FLORESTA? - gritaria frustrada após algum tempo se ainda não tivesse localizado nenhum. - Quer saber, fodasse. Vou pegar só a merda da erva, amanhã vejo se acho algo. - seguiria assim ao seu segundo projeto, obviamente se ainda lhe houvesse horas de sol o suficiente.


Todavia, se achasse um riacho procuraria em suas margens algum sinal de animal que até uma leiga em caçada como ela fosse capaz de perceber. Barro remexido, por exemplo. E se assim encontrasse disponibilizaria alguns minutos, 15 ou 20 do seu tempo a esperar em algum posição próxima o possível surgimento de alguma caça que fosse beber água.



”objetivos”:
 

Histórico:
 

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 105
Warn : Redenção - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

Redenção - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Redenção   Redenção - Página 2 EmptyDom 16 Set 2018, 21:48



Heavy Metal breakdown - 5


A garota tinha a sensação de não acreditar muito no vendedor, o que de fato era uma ideia correta, afinal, talvez fosse difícil de pensar que aquilo fosse se comparar a uma lança, entretanto ela teria de testar a tal qualidade dos itens afinal, a luta seria dela, ela pegava um não muito mortal, mas que pudesse se prender ao bicho por algum tempo, afinal ela precisava de alguma estabilidade para lidar com a criatura. E como não deixava passar a chance a oportunidade de questionar sobre a criatura surgia, no momento que perguntava os olhos de Joe, se mostravam curiosos, ele começava a falar sobre o bicho. - O monstro do lago, hum… pra ser verdadeiro quando você entrou aqui eu pensei que você era ele em duas pernas, mas não recuso dinheiro então não comentei nada ele é um tubarão gigante, sanguinário, cheio de ódio, seus olhos são vermelhos, sua pele azulada, e sim, ele existe.- o garoto levantava ali a camiseta mostrando também uma cicatriz na barriga que ficava as marcas de dentes da boca do que deveria ser o monstro, elas iam desde o ombro e desciam mais, aparentemente chegariam até a coxa do rapaz de certo.

Ele dava um leve sorrisinho de canto como que incomodado de mostrar aquilo mas disfarçando por meio do sorriso e de sua expressão sem graça no rosto que devia por si só deixar bem explícito o que se passava ali, ela perguntava também das cordas que queria comprar pois seria bem útil na caçada contra o monstro, o garoto ouvindo a dica, pegava ali de debaixo do balcão uma corda de 10m e por fim comentava. - 10 metros de corda bem resistente, dá pra você escalar uma montanha com ela com seu peso numa boa, eu usava as cordas que vendo pra amarrar presas durante a caça às vezes. vale a pena, e é 20 mil- a tritã estranhava automaticamente, a sensação de comprar duas coisas seguidas por vinte mil beries, a fazia se questionar e falar em voz alta pra ele, se tudo ali custava 20, e que isso deveria ir pra placa da loja, ele aproveitava a piada dela pra tentar vender bem mais como um bom vendedor esperto faria. Não, se quiser levar tem essa tinta aqui que é de 5000, ela é de pintura de guerra, passa dos dois lados do rosto pra dar aquele tom de soldado, os caçadores da ilha dizem que ela passa a sensação de poder, se sentem mais fortes quando usam.- falava ele olhando pra ela enquanto deixava a corda junto do arpão que ela escolheu. Apesar de tudo ela decidia apenas pagar, não era mais uma questão de apenas matar ele, mesmo que ela sentisse que podia fazer isso, saindo dali ela ajustava a corda no ombro e o arpão nas costas.

Seguindo dali depois de receber sua corda e seu arpão ela estava pronta para fazer sua excursão para a floresta em primeiro momento ela checava a casa que ela precisaria voltar depois, e voltaria pelo mesmo caminho que fez, olhando para céu e vendo ali o tempo que tinha passado ela concluía que ainda eram por volta das 13:00, o que a dava mais de 7 horas de tempo disponível para suas caçadas, para que partisse até a floresta, e pudesse começar as empreitadas, ela procurava pedras e claro, algo para possivelmente caçar, algum animal, mas naquele instante tudo que havia na floresta parecia evitar seu predador, ela era assustadora no fim das contas, e a presença dela assim como a de um grande leão no meio da selva fazia com que tudo estivesse em alerta. Por horas elas checava tanto as pedras quanto o que poderia se dizer como os arredores, o destino tomava 3 das sete horas que ela tinha para completar aquilo, e se vendo próxima já a uma zona de riacho praguejava, por que não tinham animais.

Mas aparentemente a boca era o que a trazia a praga, ela tinha dois coelhos numa cajadada só, assim que cruzava as árvores se aproximando do riacho que corria ali, ela encontrava uma pedra, com a erva que ela procurava, na verdade havia muito da erva, ela rodeava toda a pedra, e um animal diferente se alimentando dela, o que parecia um pequeno veado, ou cervo… não, era algum bicho num espaço entre esses, tinha longas orelhas felpudas, completamente listradas, juntamente com o corpo também cheio de listras, aqueles olhinhos inocentes esverdeados, cheios de amor, e uma pequena bolinha azul amarrada na pata, ela aparentemente via a tritão, mas não só parecia não temer como pegava com a boca parte do que estava comento torando elas bem ali no meio e caminhando até ela, estava ali uma presa fácil se ela quisesse, mas o faria? apesar de tudo a inocência que perdurava naquele ser era de uma pureza tão grande, de uma que se tornava indescritível… até mesmo trazia na boca a erva, a comida que ela cultivava, oferecendo pra sua “amiga”, a escolha estava nas mãos da azulada.

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Furry
Game Master
Game Master
GM.Furry

Créditos : 54
Warn : Redenção - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

Redenção - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Redenção   Redenção - Página 2 EmptySeg 17 Set 2018, 13:00




Quem Sou

06


A exaustiva procura levava a tritã a no fundo perceber que suas habilidades não eram as mais adequadas a essa sua nova vida. O pensamento piratesco sempre continuava retornando a sua mente, em como era mais ‘simples’ a vida a ser seguida daquele modo.

As preocupações eram menores e as ações mais diretas e brutas, simplesmente matar e pegar o que queria, todavia havia agora algo nessas recordações que lhe trazia tristeza.

- Quem diabos inventou essa de Culpa? - questionava-se sobre o sentimento que carregava consigo, pois no tempo em que foi cuidada pela velha enrugada alguma coisa havia mudado e não mais via suas ações de antigamente com bons olhos.

- O que você acharia de mim agora Toch? - perguntou-se olhando para o topo das árvores. - Certamente diria que fiquei molenga, que fui derrotada por uma criança que tem pouco mais da metade da minha altura. - Encostar-se-ia em uma árvores. - Eu comprei? Comprei em uma loja? - deu um sorriso torto diante o gosto das palavras. - HAHAHAHAHAHA que merda, virei uma molenga. - embora quisessem parecer palavras de desgosto elas saírem com um tom alegre.


A caçada continuava sem muito sucesso, até que a frustração lhe havia corroído por completo, a foi assim que seu grito frustrado operou um milagre.

Um sorriso imediatamente se espalhou no rosto da tritã, sua mão lentamente recuava até o cabo do arpão puxando-o de suas costas.

- HEHEHEHEHE, vem cá cabritinho. Era você mesmo que eu queria.


Shaanti, logo que ficou sabendo que teria de caçar algo semelhante a um tubarão pensou em usar uma isca. Alguma carne na água que soltasse sangue para atrair o dito monstro do lado, enquanto ela se posicionasse em um ataque lateral. E era esse o motivo que lhe havia motivado a também caçar um animal.


- HEHEHE, você vai ajudar a pirralha a ficar melhor não vai?


Como se em resposta a pergunta da tritã, o animal se moveu, mas não para fugir e sim para trazer até os pés da tritã um punhado da erva a qual ela também precisava.

- Assim você facilita, Hehehe. - a mão movia se ainda lentamente em direção ao arpão. - Segura esse pirralha, matei um tubarão pra te salvar....Ah e como você fez isso grande e poderosa Shaanti. - falou com uma tentativa de imitação da voz da garota. - Matei um viadinho burro que usei como isca. Você matou um bichinho por mim? -falou de novamente imitando a voz da garota. - É matei sim, pode me agradecer. - Um viadinho inocente e fofinho? - Aham e o idiota ainda me trouxe as ervas que você também precisava, hehehehe. - Enquanto falava sozinha como uma biruta a mão da guerreira havia parado sem que ela sequer percebesse.


Já havia percebido o que estava errado em seu raciocínio, havia percebido que não receberia elogios ou agradecimentos de Emily por ter sido salva de tal maneira, sabia no fundo que a garota não aprovaria qualquer morte, mesmo que fosse para salvar sua própria vida…. Afinal… Ela não havia nem sequer conseguido matar a assassina dos seus pais.



AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH. - berrou extravasando a frustração que sentia em nem saber mais como devia agir. - QUE MERDAAAA. - giraria se abaixando e socando o chão ao seu lado. - AHHHHH, QUE MERDA. - repetiu os golpes no solo.


Por alguns minutos Shaanti continuou gritando, tempo esse que perdeu a noção de sua força enquanto golpe a golpe esmurrava no chão a sua frustração de não ser capaz de se auto-entender, a frustração de não saber completamente quem ela mesmo era.

A tritã sanguinária ou … ou o que Emily havia visto nela, aquilo que havia levado a garota a perdoá-la.


- Porque? - ergueu o olhar com lágrimas nos olhos. - Porque Toch? - porque os tritões odiavam os humanos, ou os humanos odiavam os tritões e se assim era, porque Emily mesmo lhe odiando com razão agiu como agiu. - Porque pirralha? - socaria mais uma vez o solo, mas já não mais com a mesma força e raiva.


Ofegante, sentar-se-ia no solo com as pernas cruzadas e as costas curvadas olhando fixamente para suas mãos trêmulas que estariam apoiadas em seus joelhos.

- Como vou retribuir o coração dela com minhas mãos cheias de sangue? - era uma das perguntas que ainda não havia tido coragem de se fazer, mas perguntava-se agora enquanto encarava o seu próprio sangue em suas mãos trêmulas.


- Desculpa Toch…. Pessoal… Eu...eu não...posso mais ser quem eu era… quem vocês me criaram para ser. Não…. não consigo mais. - lamentou-se após muito tempo sentada, erguendo a cabeça depois de acertar esse fato e procurando ver se o bicho ainda estava por perto.


- Talvez eu devesse usar aquele vendedor como isca, hehe, o tubarão deve querer terminar a refeição que começou. - brincou com a voz amargurada sabendo que também não faria isso.

Shaanti não estava pronta ainda, nem ao menos pronta para voltar para cabana, quanto menos para tocar sua vida.

- Já passou. - falaria para o animal caso o visse novamente. Se levantaria do chão e juntaria as ervas que tinha ido buscas. - Espero que o tubarão goste de presunto. - Lavaria a seguir as ervas e as suas mãos no riacho, jogaria água na cara e descartaria todo seu péssimo humor. Não que houvesse parado de senti-lo, mas se negava a permitir que outros a vissem daquele modo.

- EIII SEU VIADO DE MERDA. - diria apontando para o bicho se ainda estivesse em seu campo de vista. - DEPOIS QUE A PIRRALHA ESTIVER BEM VOU TRAZER ELA AQUI… É BOM QUE ESTEJA AQUI PRA ELA TE VER SEU MERDINHA. SE NÃO EU TE MATO… EI, TÁ ME OUVINDO BICHO DE MERDA, EU TE MATO SE NÃO APARECER AQUI. - podia não fazer sentido, mas ajudava a guerreira a se sentir melhor, gritar e xingar os outros sempre ajudava. Caso não tivesse visto mais o animal só pegaria o que tinha ido buscar, lavaria o rosto e gritaria para a floresta.


Traçava seu caminho de volta para a cabana, ainda faltava mais da metade das coisas, mas já não possuía mais cabeça para elas.

- O que ele tinha na pata mesmo? - lembrou-se do que tinha visto. - Era um colar?


>>><<<

Chegando na cabana Shaanti olhava ao redor procurando pelo garoto medroso, ainda precisava extravasar.


- HAHAHAHAHAHAHA, ai está você… Sabe eu to com fome pivete. - alargaria o sorriso mostrando os dentes dando de tudo a entender que o comeria ali mesmo. - Adoro carne bem mal passada, sentir o sangue escorrendo pelo canto da boca, hahahahahaha. - dar-lhe-ia um tapa no ombro . - Veja se hoje não é o seu dia de sorte. HEHEHE. - segurar-lo-ia nos ombros trazendo-o para próximo de si com o sorriso ainda estampado. Pois tô de dieta e vou comer aveia e você como agradecimento vai ir arranjar-lá para mim não é? - aplicaria uma leve pressão com as unhas, passaria a língua nos lábios. - Se bem que uma carne…. - afrouxaria as mãos esperando que o rapaz corresse dizendo que traria a aveia, caso contrário o incentivaria. - Anda logo antes que eu mude de ideia.


A seguir entraria na cabana.

- Ta aqui suas ervas velho. - soltaria o arpão e a corda. - E a pirralha? Vou pescar amanha.






”objetivos”:
 

Histórico:
 

Spoiler:
 




____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 105
Warn : Redenção - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

Redenção - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Redenção   Redenção - Página 2 EmptySeg 17 Set 2018, 20:31



Heavy Metal breakdown - 6



A culpa tinha chegado até mulher-peixe era um sentimento incômodo sobre as coisas que ela fazia, que a deixava pensativa naquele momento a fazendo até mesmo se perguntar em voz alta, quem teria criado aquele sentimento incômodo, ela não via mais aquelas coisas com orgulho, e o que deixava no ar, algo havia mudado dentro dela, havia entrado em um estado diferente bem no fundo do peito dela. Ela se perguntava o que seu antigo companheiro pensaria se a visse agora, teria sido derrotada? Ou teria vencido a sua própria natureza? Aquilo nos levava a uma pergunta colocada por um velho e sábio conselheiro: “O que é melhor? nascer para o bem, ou superar sua natureza maligna através de grande esforço?” era isso que estava acontecendo com Shaanti, ela tinha comprado suas coisas, não tinha matado ninguém até ali, estava esquecendo o caminho fácil, e começando a trilhar o caminho certo. Shaanti dava aquele sorriso de lado comentando que tinha amolecido, apesar de querer passar de certo modo incômodo, ou desgosto, elas eram ditas em tom de alegria.

No entanto o que esperava ela era ainda algo que testava mais ainda sua conduta, naquele momento que o pequeno veado se aproximava dela, sua reação era óbvia, a de uma caçadora, até mesmo ria de ele ser uma presa fácil, mas puxar o arpão não era mais tão fácil, atirar ele era mais difícil ainda, Emily estava na cabeça dela, como explicar aquilo, e o pequeno veado durante o pensamento da tritão lambia levemente a mão dela erguendo a cabeça parecia não temer a aparência assustadora, a gentileza do animal era de grande notabilidade. Aos poucos ela percebia que nenhum bem viria de matar aquele bicho, apenas uma confusão a mais talvez, ou quem sabe pior… Um grito saia da garganta de Shaanti, que começava por algum tempo gritando e esmurrando o chão, o que afastava a criaturinha que se se escondia atrás da pedra, olhando apenas com um lado da cabeça, parecia assistir ao surto da azulada, com certo medo mas também com curiosidade, de como ela fazia aquilo. A garota completava aquilo se perguntando para seu antigo companheiro, e para a própria Emily em voz alta, as mãos estavam levemente machucadas de tanto socar o solo, no caso pouco vermelhas e pequenos arranhões em algumas partes que deixavam um pouco de sangue, nada que realmente a atrapalhasse, e olhando para as próprias mãos trêmulas as perguntas na sua cabeça não paravam.

O pequeno veado se aproximava mais uma vez sua carinha parecia trazer preocupação como se ele entendesse o que aconteceu ali, ou ao menos sentisse a frustração, e com o olhar um pouco parado ele lambia a mão dela, na parte onde estava vermelha como se cuidasse dela naquele exato instante, levantando dali ela levantava finalmente lavando as mãos no rio e posteriormente o rosto, enquanto escondia de certa forma as marcas do crime. Vendo que o Veadinho ainda estava ali perto a tritã gritava exaurindo os seus desejos de que aquele bicho precisava ainda estar ali quando ela fosse voltar com a guria melhor, o bicho quando escutava os gritos tinha uma reação óbvia, levemente corria de novo para trás da pedra e ficava olhando com apenas um olhinho, e de certa forma curioso. Shaanti após esse episódio aproveitava para tomar suas decisões e voltar direto para a cabana, entretanto enquanto ela caminhava leves passos poderiam ser ouvidos, o bicho estava seguindo ela, sempre que ela olhasse para trás ele correria e se esconderia atrás da árvore, fazendo esse jogo com ela até a cabana.

Já lá o garoto dormia sobre a cadeira de balanço estava em um cochilo perfeito era o prato suculento e perfeito, mas para o garoto estava na hora dos pesadelos virarem reais, a risada da tritão seguida de sua fala acordam o garoto num salto único. Ele saltava da cadeira já olhando para ela com olhos completamente arregalados e o corpo tremendo desde a cabeça, até mesmo os pés. A fala dela extraia leves lágrimas do garoto. -NÃAAAOOOOO POR FAVOR, EU SOU NOVO DEMAIS PRA MORRREREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE NÃO FAZ ISSO, EU VOU TE DAR INDIGESTÃO EU NÃO TOMEI BANHO DIREITO, COMI UM SAPO ESSES DIAS- a tritão brincava com ele enquanto dizia que talvez e só talvez ela o poupasse, em troca de aveia, ou talvez… carne? bem ele não tinha muito o que pensar -Misericordia… por favor… eu juro que trago algo bom...- ela o dava a carta branca perguntando o que ele estava esperando, o garoto se lançava rapido correndo dali, e tropeçava na entrada caindo embolando pela escada. - Morrer pra escada não AU… Morrer pra escada não AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA - e finalmente no chão ele alisava o ponto da pancada, e via o rosto da azulada, o que o fazia sair correndo de novo.

Lá dentro o velho estava fervendo água, o que poderia indicar bem… qualquer coisa, poderia estar fazendo remédio, preparando um banho quente ou algo assim, a primeira questão dela era como estava a pequenina, o velho dava um sorriso de leve que expressava mais sua felicidade. - Ela estava acordada até a pouco, perguntou por você e disse que tinha ido buscar algo difícil pra salvar ela, ela deu um sorriso de ponta a ponta quando falei, mas sabe você vai precisar dar banho nela quando ela acordar de novo, é arriscado deixar ela ir sozinha, e precisa ser com água quente por aqui ser frio, e depois enrolamos ela no cobertor de novo.- ele dizia tal coisa com tranquilidade enquanto preparava o que parecia ser macarrão na água  fervendo quebrava algo colocando dentro dela, era algo feito de massa ao menos. Naquele mesmo momento pela porta completamente suado entrava o garoto medroso, o ar que saia da boca dele mostrava seu cansaço, estava plenamente ofegante como quem correu umas 3 maratonas, o terno estava aberto e a camisa branca por dentro parecia que ele tinha tomado um banho mas era suor. -Eu trouxe arf arf.. aveia arf arf… e dois grandes bifes arf arf… poupe minha vida por favor… - ele caia no chão assim que falava essas palavras, entretanto suavizava a queda das bolsas uma com aveia e outra com os bifões, nenhuma era danificada.

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Furry
Game Master
Game Master
GM.Furry

Créditos : 54
Warn : Redenção - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

Redenção - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Redenção   Redenção - Página 2 EmptySeg 17 Set 2018, 21:25




Meu amigo Gay

07


-  ARGGG - bufou ao olhar para trás pela quinta vez no percurso de volta. - Ótimo…. Não bastava ser boa, comprar de vez de roubar, não matar, agora ainda arranjo um amigo viado….. Daqui um mês vou estar costurando. Arrhhh.


>>><<<


Felizmente para a tritã seu humor foi agraciado por aquele pivete infeliz e de tal maneira foi efetivo que já sorria quando entrava na cabana, divertindo-se com o terror que ele sentia.


- Eu? Dar banho? E como eu iria saber? Se eu fosse médica não taria aqui te ouvindo velho. - com os olhos meio arregalados. - Se ficar velho é igual ficar burro… Espero morrer cedo.

Nesse momento acompanhava a exuberante entrada do seu auxiliar na cabana.


- OHHHHH, já não era sem tempo. - levantar-se-ia indo até o garoto, pegaria a sacola dele trazendo-a sobre a mesa. - Aveia e …. Carne? OHHHH, Hehehehe. To começando a gostar de você moleque. - empurraria a aveia e as ervas por sobre a mesa.


- Com isso falta só a sardinha. - dirigir-se-ia até o moleque, erguê-lo-ia pelos ombros pondo-o de pé, alisou as roupas do mesmo o ‘recompondo’, moveu-se para o lado do mesmo abraçando-o com força para fazê-lo ficar grudado em si.

- Vou levar o seu neto aqui para pescar amanhã velhote. Hehehehe. - daria um amplo sorriso. - Fazer essa coisa…. De pai e filho…. Mas diferente. - Shaanti certamente não se referia a ela não ser o pai, mas sim a pescaria ser diferente. - Vai ser bom pra ele, criar uns músculos remando, pegar um ar, se exercitar. - Viraria o garoto agarrando-o novamente pelos ombros e cruzando seu olhar. - Vê como ele tá pálido? Hahahahahahahahaha. Um ar vai te fazer bem não acha?  - daria um apertão nos ombros. - Estamos combinados então? Pescar amanhã? Vou te mostrar uma técnica especial que só tritões conhecem. - O sorriso no rosto de Shaanti se ampliou até quase tocar as orelhas.


Após isso, virou-se, entregou os bifes para o velho sem dizer nada, mas esperando que ele soubesse o que fazer e seguiu para o quarto onde Emily estava.


- Técnica especial, hahahahahahahahaha.  Vai ser bom demais. - Alguém faria o papel do viado e não seria o animal.


Entrando no quarto faria silêncio para não perturbar a pequena.

- Amanhã você vai estar nova em folha pirralha. - falou sem esperar que Emily lhe escutasse. Aproximar-se-ia da jovem, olhando-a com atenção para verificar se dormia e se esse fosse o caso inclinar-se-ia beijando-lhe a testa com bastante suavidade para não acordá-la.  

Fato que se ocorresse e o beijo fosse percebido.


- AHNNNNN,  BEIJO? TÁ ME ESTRANHANDO MOLEKA? TAVA DECIDINDO SE TE DEVORAVA OU NÃO. VAI VENDO PIRRALHA, VAI VENDO. - não era necessariamente um grito, mas sim um tom completamente desconcertado e sem jeito no qual Shaanti evitava a todo custo o contato visual.


- Descansa mais um pouco, fui comunicada que tenho que te dar banho….. Só me faltava essa, rebaixada a babá. - um sorriso surgiu no canto da boca da Shaanti contrariando suas palavras.


”objetivos”:
 

Histórico:
 

Spoiler:
 

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 105
Warn : Redenção - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

Redenção - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Redenção   Redenção - Página 2 EmptyTer 18 Set 2018, 12:59



Heavy Metal breakdown - 7


É a garota tinha sido seguida por um veado até perto da casa, o que a fazia ironizar o próprio estado dela, e como as coisas estavam andando para um rumo diferente do que ela pensava inicialmente pra sua vida, no entanto o garoto estava ali para agraciar sua felicidade, e o velho pra mais uma vez ela questionar a inteligência do povo daquela ilha. Entretanto o velho comentava sobre a ideia do banho, ele não iria dar banho numa garota mesmo que fosse uma criança -Você não tava esperando que eu seguisse banhando uma garota não é? Ela é uma criança mas isso é trabalho pra outra mulher, não vou fazer isso.- dizia olhando pra ela com a sobrancelha direita arqueada, o garoto chegava naquele exato momento com tudo que ela tinha pedido, como Shaanti havia dito estava ali bife e aveia, e o garoto no chão falava enquanto se levantava logo após ouvir os comentários da tritã. -Isso quer dizer que eu vou viver? Ainda ganhei mais um dia- ele estava agora sentado no chão olhando para Shaanti enquanto parecia um pouco mais calmo mesmo que ainda estivesse tremendo.

A calma do garoto não durou muito logo a azulada chegava ali pegando ele e levantando e não só isso passando o braço pela lateral dele o colando a ela, enquanto falava de uma pescaria, o corpo dele estava tremendo todo de um jeito que chegava a ser assustador. P--es-car? E-eu n--na-não sei fazer issssso S-sabe n-nunca t-t-t-tentei- o velho estranhava o que ele dizia como se fosse fazer uma boa ação ao garoto, mas apenas dava de ombros falando -Divirtam-se deve ser legal pescar no inverno, tem um bote na lateral da casa se quiser usar..- Falava ele completando, as pernas do garoto não paravam de tremer, ele tinha uma esperança que o velho fosse dizer que não, ele engolia no seco quando pensava, e as pernas dele estavam bambas quando ele falava sobre a possibilidade de - C-combinados? A-adeus mundo cruel, foi bom conhecer você mundo, nunca mais verei o sol depois de amanhã- as lágrimas saiam do olho dele enquanto ele olhava fixamente para o teto, na mente dele ele seria o jantar, enquanto a tritã e os peixes cercavam ele amarrado numa mesa com uma maçã na boca, e iam preparando molho pra comer ele.

Depois daquilo ela deixava tudo por ali e finalmente partia para o quarto, esperava que o velho fizesse uma boa comida com a carne, ela vendo a pirralha naquele estado lentamente se aproximava, enquanto falava que ela iria melhorar beijando a testa da pequena que abria os olhos naquele exato momento. -Você me deu um beijo na testa?- perguntava levemente sorrindo quando via o rosto de Shaanti, ela estava com um olhar e voz ainda um pouco fracas quando falava, e a reação da tritã só fazia ela dar mais uma leve risadinha completando. - hihihi é claro grande tritã sem coração não me coma hoje- colocava as mãos pra cima como se ironizasse em atuação implorando, mas deixando claro que estava brincando com a ideia. Ela ouvia o que Shaanti falava sobre ter sido rebaixada a uma babá ou algo desse modo, e via o sorriso contraditório no rosto dela dizendo. -Diria eu que isso é uma promoção em? Trás um objetivo- dizia dando uma piscadela ainda sorrindo naquele instante, mas logo começava a tossir após as frases estava sem forças ainda.

Ela então sentava na cama dizendo que aquele era o melhor momento para o banho, pois poderia dormir mais depois, e aliás já estava acordada. - cof cof.. cof.. acho que cof… o melhor momento pra o banho é agora cof cof… por que estou acordada cof cof… não sei até quanto tempo fico assim cof cof cof cof…. COUGH...- e no fim ela acabava vomitando ao chão, era o que parecia catarro na verdade e não comida, provavelmente algum tipo de reação do sistema imunológico dela aquilo de alguma maneira. Estava um pouco fraca, e o banho quente poderia ajudar a relaxar mais os musculos, no fim seria util de todo modo algo assim.

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Furry
Game Master
Game Master
GM.Furry

Créditos : 54
Warn : Redenção - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

Redenção - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Redenção   Redenção - Página 2 EmptyTer 18 Set 2018, 15:40





Método especial de pescaria

08


Shaanti ficava meio travada durante a conversa, sem saber se corria para ajudar Emily em seu acesso de tosse, ou se lhe dava espaço, mas a indecisão passou quando a garota vomitou.


- EIEIEIEI, calma piveta.. Não precisa falar tá, só respira. - Colocaria as mãos de forma suave ao redor dos ombros da garota. - Calma, amanhã vou ter pego o que o velho precisa e você vai ficar nova. E depois disso vai andar completamente coberta de roupas pra não picada por algum mosquito imbecil.

Sem mais muito o que fazer Shaanti a faria deitar novamente.

- Vou pegar as coisas e já vamos pro banho, só… Sabe, respira. - falou completamentesem jeito e com um tom completamente alterado

Mover-se-ia meio atucanada pedindo para o velho a água quente, cobertor, toalha essas coisas comumentes utilizadas para tomar banho levando-as para o local apropriado o qual também pediria para o velho para somente depois levar Emily para lá. Tentaria dar um banho bastante rápido, tentando evitar ao sim ao máximo que ela gastasse mais energias ou que seu corpo esfriasse, ao final vestiria e enrolaria a jovem nos cobertores a carregando novamente para a cama.

- Amanhã. - nada mais, apenas falou como uma promessa. E sairia do quarto apagando as luzes.


>>><<<

- Ei velho…. - seu tom era de irritação. - Ela ta fraca demais, tu não consegue fazer não? - bateu o punho na mesa. Estava irritada, mas não exatamente com o velho, era algo que vinha mais da sua própria frustração do que de alguma incompetência dele.

Esperaria para ver se os bifes estariam prontos, pois estava faminta.

- Ela já comeu? - perguntaria entre suas dentadas.


>>><<<


Shaanti tentaria acordar o mais cedo possível no dia seguinte, dando apenas uma rápida passada no quarto de Emily para vê-la antes de sair, procurando a seguir o moleque.

-AHHNNN, ainda na cama? ACORDA PIRRALHO. - embora achasse que ele nem teria conseguido dormir. - Deixa de ser preguiçoso. HEHEHEHEHEHEHE, como prometido vou te mostrar a técnica especial dos tritões para pescaria de monstros marinhos. - Sorria, afinal não o havia informado que iriam pescar um monstro. - HEIHEI, sem reclamação, seja homem moleque… EIII, FALEI PRA DEIXAR DE FRESCURA AGORA SE MEXE TÔ TE ESPERANDO LÁ NO BOTE. E NÃO DEMORA. Você não vai querer me ver irritada.

Dito isso sairia, dirigindo-se para os limites da floresta onde começaria a procurar por um galho, longo, flexível e forte, o qual seria sua vara de pesca.


- Ótimo, hehehehehe, agora tenho a vara. - olharia na direção da cabana, possivelmente na direção do garoto medroso. - E a isca. - Mantendo o otimismo de que tudo daria certo Shaanti começava a caminhar na direção da cabana com um sorriso no rosto.

- Isso? - retrucava caso o moleque houve lhe perguntado sobre o galho. - HAHAHAHAHAHAHAHAHA, você vai ver, ahhhhh! - Exclamou satisfeita. - Vai ver. - colocaria o galho no bote. - Agora se mexe seu imprestável e me ajuda a levar ele pra água …… anda. rápido, rápido. Não tenho o dia todo. apressá-lo-ia, mesmo que este já estivesse carregando o bote.


Com seu jeito amigável faria o garoto ajudá-la e posteriormente remar o bote. Shaanti teria se posicionado a frente do bote, de modo que provavelmente estaria nas costas do rapaz. Sentada estaria nesse momento com o arpão nas costas, mas a corda estaria em suas mãos sendo desenrolada e trabalhada em um laço.


- Aqui parece bom. - Anunciaria quando estivessem em um ponto mais ao meio do lado e que parecesse bastante profundo. - erguer-se-ia no bote aproveitando-se de seu equilíbrio para se manter em pé.


- O galho… - Saboreou a palavra de forma divertida. - Hehehe,é a vara de pesca. - falaria bastante calma e com um sorriso crescente. - A corda é a linha. - deixaria o sorriso crescer aguardando que o garoto lhe perguntasse o que seria a isca ou que acompanhasse seu raciocínio, mas incentivá-lo-ia se não o fizesse. - Sabe me dizer o que está faltando moleque? - esperaria a resposta e quando tivesse. - Sim, hehehehe a isca. - daria um passo na direção do garoto, arrumaria o laço na mão e sorrindo amplamente.

Após alguma ‘luta’ esperava conseguir amarrar o moleque, usando a corda para prendê-lo ao galho e o galho ao barco, fazendo assim o moleque ficar apenas um pouco acima da água.


- HAHAHA, técnica secreta da Shaanti, pescaria com isca viva. - anunciaria enquanto pagava o arpão, e saltando a seguir para dentro do lago. - Hoje o dia vai ser ótimo. - anunciou ao emergir com o rosto próximo ao do garoto. - Vamos ter uma ótima pescaria juntos e a pirralha o remédio dela, hahahahahaha. - ergueria o arpão e realizaria um corte em uma parte do peito do rapaz, ou talvez do braço para que seu sangue começasse a pingar na água. - Agora é só fazer o teu trabalho direito. Hahahahahahahahahahahaha. - mergulharia escondendo-se abaixo da superfície. - Melhor trabalho, hahahahahahaha.


Embora pudesse parecer, Shaanti não pretendia deixar que o rapaz sofresse outros danos além do trauma psicológico de ser uma isca viva e daquele pequeno corte. Sabia que Emily não a perdoaria se permitisse que o mesmo morresse.


O seu plano era trazer a fera para um combate mais próximo a superfície onde haveria inicialmente luz o suficiente para ela ter a iniciativa, usando o moleque justamente para dar um foco inicial ao monstro e assim lhe permitir uma aproximação feroz pela lateral da criatura atacando-a antes que tivesse tempo de abocanhar o rapaz.


- EIIIIIIIIIIIIIIIII. - gritaria abaixo d'água para chamar o monstro, afinal era uma tritã e isso não era assim tão incomum. - EIIIII monstrengo, o café da manhã tá servido.


Posicionar-se-ia próximo ao bote, mas se manteria alerta a todas as direções constantemente verificando todo o perímetro ao redor tentando encontrar perturbações que revelassem a aproximação da criatura para que pudesse se posicionar eficientemente  em um ponto lateral fora da investida inicial do mesmo.




”objetivos”:
 

Histórico:
 

Spoiler:
 

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 105
Warn : Redenção - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

Redenção - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Redenção   Redenção - Página 2 EmptySeg 24 Set 2018, 13:06



Heavy Metal breakdown - 8



Shaanti naquele momento fazia a garota voltar ao seu repouso afinal, sabia que ela não estava nas melhores condições para poder sair por aí correndo, estar doente não é nada legal, a garota apenas deitava sem dizer muitas coisas naquela hora, a fraqueza no corpo a derrubava mais do que poderia esperar. Shaanti pedia para o velho todas as coisas para o banho, e também para o momento após ele, e aos poucos o velho providenciava uma a uma as coisas entregando para a azulada, ela pegava tudo e começava o banho de Emily, a pequenina estava bem cansada enquanto a tritã lavava as costas dela era possível sentir a respiração dela fraca, não demorava para que ela terminasse e fizesse todos os procedimentos de esquentar a pequenina, estava completamente agasalhada, e pronta para dormir novamente, e era o que ela fazia quase que de instantâneo, apenas dava um leve sorriso olhando para ela enquanto já havia pegado no sono.

Lá fora ela reclamava do velho que estava de certo modo prestando pouca atenção no que qualquer um estivesse fazendo, ele apenas provava o caldo da carne com a colher testando o sal e posteriormente colocando um prato sobre a mesa, como ela morria de forme apenas atacava a comida, mastigando a carne com tudo que tinha, e claro a pergunta era se a pequena tinha comido alguma coisa antes -Sim ela já comeu os nutrientes que precisava- dizia o médico começando a comer o seu prato de carne também, shaanti terminava tudo que tinha pra comer e finalmente partia para dormir, tinha um quarto simples para ela por ali, onde ela calmamente repousava a cabeça pegando no sono, era uma noite completamente tranquila sem nenhuma agitação, afinal como dizem, a calmaria sempre prediz a tempestade, igualmente uma noite calma, sempre traz um dia agitado.

A garota azul acordava de extremo cedo, as 4:30 estava de pé e pronta para partir onde decidia por incomodar o garoto naquele instante, era hora de chamar ele e de uma maneira bem brusca ela o acordava, o fazendo cair da cama que estava, indo para o chão já aos gritos. NÃÃÃÃÃÃAÃÕOOOOO AINDA SOU JOVEM DEMAIS PRA MORRREEEERRRR, ME DEIXA IR- mas não havia piedade por parte de Shaanti, o levando mesmo que tremendo e chorando, ela o fazia caminhar, por alguns instantes ela adentrava na floresta, onde pegava um galho bem grande e resistente, que poderia usar de isca para o que quer que fosse que tivesse no lago, usar o garoto P-pra Q-que é e-essa vara? falava meio aos gaguejos mas da tritão ele recebia apenas uma afirmação ambígua, que ele veria ela em uso.

Apesar de estar morto de medo não tinha qualquer insistência por parte dele em tentar entender aquilo, e logo eles pegando os remos seguiam para o caminho certo puxando o bote até a margem, posteriormente ambos entravam enquanto o garoto remava, ele parecia mais tranquilo depois de alguns segundos remando. Shaanti começava falando sobre a pescaria, e sobre as coisas que tinha em mãos, e aquilo ia acalmando ele, o jovem ainda tremia, mas muito menos que antes como se tivesse depositado levemente alguma confiança nessa situação. Entretanto chegava num ponto onde a tritã fazia uma pergunta interessante o que estava em falta? O garoto virava o rosto confiante e pouco preocupado dizendo. - Há, essa é fácil, falta a isca- por alguns instantes ele tinha esquecido que estava com uma assassina dos mares ao lado, tinha confiado que talvez e apenas talvez fosse só uma pescaria.

Entretanto, o olhar que antes estava animado com a resposta claramente diminuia, caia a ficha dele. - Eu sou a isca né? NÃAAAAAAAOOOOOOOOOOOOOOOOOO POR FAVOR NÃAOO EU TENHO UMA VIDAAAAA NÃOAAA- Gritava loucamente tentando saltar do barco mas a azulada, segurava ele pelo ombro e após alguns instantes ele se debatendo estava devidamente amarrado e pronto pra ser usado na pescaria mais louca da vida dele, as lágrimas estavam claramente voando para fora dos olhos enquanto ele clamava por piedade -EU SOU JOVEEEEMM DEMAISUSASASAS AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA NÃO FAZ ISSO, NEM TIVE UMA NAMORADA AINDA, POR FAVOR ME DEIXA VIVER- O rosto dele estava quase na água enquanto, Shaanti, ela estava naquela hora gritando na água, sim, ela usava da sua respiração em baixo da água, para enfiar o rosto gritando pelo monstro, mas sua surpresa poderia ser enorme, pois assim que seus olhos se abriram dentro da água, a primeira coisa na sua frente era a visão da gigante criatura.

Ela estava vindo em uma investida feroz contra o barco e rapidamente saltava quebrando o uma lasca na parte de trás do mesmo, um pedaço que era suficiente para fazer um buraco também no casco, e a gua começava a entrar, o impacto fazia tudo balançar, e o garoto começava a gritar desesperadamente. -ALGUEM ME AJUDA, SOCORRROOOOOOOOOOOOOOOOOOOO NÃO ME DEIXA MORRER.- A criatura começava a circundar o barco com a barbatana dorsal exposta para todos eles, o que aconteceria ali agora dependia apenas de Shaanti.

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Furry
Game Master
Game Master
GM.Furry

Créditos : 54
Warn : Redenção - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

Redenção - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Redenção   Redenção - Página 2 EmptySeg 24 Set 2018, 18:17




Duelo

09



O convidado para o desjejum havia chego antes do que Shaanti esperava, pois mal havia tido tempo de lhe fazer o convite.


- HAHAHAHAHA, NOSSO CONVIDADO CHEGOU MOLEQUE… PARECE ESTAR COM FOME.   - Shaanti usava de suas habilidades para manter-se equilibrada sobre o bote. - HÁÁÁÁ,TALVEZ EU DEVESSE TER VINDO SOZINHA. HEHE. - coçou o nariz, admitindo a má ideia. - Melhor respirar fundo moleque. Hahahahaha.


Shaanti se posicionaria imediatamente a frente do bote, girava o arpão em suas mãos enquanto observava o tempo da rotação da sua presa.

- HEIIII, É MELHOR TORCER POR MIM PIRRALHO, HAHAHAHA. HÁÁÁÁÁÁ - Gritou no momento do seu salto, este que teria sido realizado apenas quando a mesma tivesse conseguido compreender o tempo de deslocamento da criatura a fim de definir o tempo exato para se mover ao ataque.


Shaanti após saltar travaria o arpão em suas mãos segurando com uma na metade e a outra apoiada ao final do cabo… Seu alvo? As costas da besta, em uma área próxima a barbatana dorsal.

Spoiler:
 

- VOCÊ É MEU PEIXÃO.   - gritaria em pleno voo, movendo seu corpo para colocar toda sua força por trás do golpe, o qual embora não tivesse o foco de ser letal tinha que ser profundo o suficiente para estabilizá-la. Todavia se fosse letal, não seria Shaanti a reclamar.


- É ISSO PORRA. - gritaria se obtivesse sucesso no golpe girando de imediato a arma para que as pontas inversas prendessem na carne não rasgada, manteria a mão esquerda no arpão enquanto com a direita tentaria segurar a barbatana.


- É melhor não morrer garoto, hahahahaha. - desejaria mentalmente ao pirralho pouco antes de provavelmente afundar presa às costas da criatura.


Nos momentos iniciais de sua façanha Shaanti não tentaria nada além de se estabilizar e acostumar aos movimentos do monstro e embora não fosse nenhuma cavaleira de bestar era ainda assim uma acrobata boa o suficiente para possuir um elevado equilíbrio do qual estaria provavelmente dependendo totalmente agora.


- ISSO É TUDO QUE VOCÊ TEM??? - gritaria caso estivesse tendo dificuldades para se equilibrar fazendo força para se puxar mais para cima do bicho e então morder a barbatana para se fixar com todas suas forças.


- Já que gosta de brincar, tome essa. - Descarregaria suas baterias no monstro após mordê-lo.


Caso tivesse chegado até aqui a tritã aplicaria socos na lateral do monstro, isso se o mesmo tivesse dado uma breve hesitada durante a descarga elétrica. Libertando a mão a qual segurava a barbatana para aplicar os golpes enquanto fixava-se com a boca.

- Toma essa sardinha super-desenvolvida. HAHAHAHAHAHAHA


Todavia poderia ter tido um fracasso épico a qualquer momento do seu plano, tanto que o mesmo já havia começado errado com o aparecimento da sardinha antes do horário combinado e assim se por qualquer motivo Shaanti não tivesse conseguido se manter presa às costas do monstro, seja isso não tendo conseguido desde o início ou caído após conseguir o seu plano seria alterado.


Flutuando na água observaria a trajetória da criatura, mantendo a si mesma junto da embarcação onde bradaria um desafio.

- HEIII SARDINHA MALDITA…. VENHA QUE VOU FRITAR VOCÊ.

Não perseguiria o monstro, mas sim agiria em um modo ‘defensivo’ guardando o barco que naufragava para proteger o moleque.

- Eu e minhas ideias, hahaha. - lamentou-se, embora não estivesse realmente arrependida e sim divertida com a situação e gritos do garoto.


Esperava um ataque frontal, afinal estaria girando para acompanhar a posição do tubarão de modo que se a boca é na frente o ataque também seria.

Assim se fosse atacada Shaanti utilizaria sua noção de sua própria velocidade e sua percepção quanto ao tempo de deslocamento da criatura para esquivar no momento oportuno com um impulso acelerado para qualquer um dos lados ao mesmo tempo que movimentar seu braço em um ataque feroz do arpão em direção a bocarra de sua presas em uma diagonal ascendente visando cravar a arma no céu da boca do monstro soltando a arma se obtivesse sucesso evitar que a criatura ainda fosse capaz de fechar a boca com seu braço no interior.


Com sorte o arpão poderia ser do tamanho certo para ficar trancado na boca do peixe e assim impedi-lo de fechá-la, já sem sorte Shaanti ao menos seria capaz de causar danos, e se tivesse muito azar teria perdido o braço ou estaria sendo arrastada por aí com o braço enfiado na mandíbula de uma sardinha gigante.


Se estivesse sendo arrastada por aí Shaanti xingaria a torto direito.


- BOSTA DE UM PEIXE DE MERDA. - soco nos olhos. - ME SOLTA SEU DESGRAÇADO. - descarregava sua eletricidade para tentar forçar a criatura a abrir a boca.


>><<<

Caso tivesse por algum motivo sido ignorada e o monstro estivesse avançando na direção do bote e do garoto Shaanti tentaria girar nas costas do monstro ou alcançá-lo e assumir uma posição próxima à ‘leme traseiro’ agarrando-o com as duas mãos para torce-lo para algum lado forçando assim uma curva do peixão.




”objetivos”:
 

Histórico:
 

Spoiler:
 

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 105
Warn : Redenção - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

Redenção - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Redenção   Redenção - Página 2 EmptyTer 25 Set 2018, 06:52



Heavy Metal breakdown - 9


O garoto estava se mijando todo, sim de forma literal a agua escorria pelas pernas dele, enquanto ele gritava. -EU NÃO SOU UMA BOA OFERENDA, MEU GOSTO É HORRÍVEL, FAZ ISSO COMIGO NÃO, EU JURO QUE VOU SER UM HOMEM MELHOR- Ele gritava loucamente mas, a criatura o ignorava obviamente continuando sua circundução ao barco.Shaanti por sua vez caçoava de leve da situação, mas “admitindo” que a ideia tinha sido ruim ou melhor perigosa. Ela naquele momento no entanto sabia o que fazer, observava perfeitamente o tempo que a presa estava rodando ao redor do barco, e no momento exato que ela passava mais uma vez na sua mira, a garota não pensava duas vezes, era a hora de meter o arpão nele, já havia notado como a rotações eram feitas e o padrão daquele bicho.

Shaanti apoiava o arpão com força em suas mãos, enquanto rapidamente segurando ele com firmeza saltava com tudo nas costas do animal, era uma investida certeira e o bicho estava furado, era o suficiente para perfurar e prender perfeitamente a carne quando a tritã girava sua arma nele, de fato o arpão entrava e perfurava como uma lança, mas o que mais poderia ser interessante naquele momento não era exatamente a perfuração mas a reação do animal, no momento exato que a criatura sentia a cravada, ela saltava com toda a impulsão para fora da água a uma altura absurda, a garota azul ainda não tinha tido tempo para se prender a barbatana, ficando segura ao bicho pelo arpão e pela corda pois a impulsão a fazia deslizar pelas costas do animal.

Alguém que visse aquele enorme peixe no ar poderia dizer que era um peixe voador, um enorme fucking tubarão que voava? Não, era só um enorme salto, mas que passava sobre o barco, entrando bruscamente na água com uma investida só, aquilo com certeza devia fazer a moça agradecer por ter aquela pele de tritã acostumada aos mergulhos, por que um humano com aquele impacto teria danos graves na pele, provavelmente ficando na carne viva, enquanto ia afundando ela desejava de certo sorte ao garoto, que naquele momento gritava PEIXES VOAM, SOCORRO, FUJAM PARA AS COLINAS NINGUÉM ESTÁ SEGURO, NEM NA ÁGUA, NEM NA TERRA E AGORA NEM NOS CÉUS, É UMA INVASÃO DOS SERES AQUÁTICOS NA SUPERFICIE. - Enquanto isso o peixe que adentrara daquele modo brusco a água, fazia uma arrancada em alta velocidade, rapidez? era o nome daquele bicho.

Aquela velocidade poderia se comparar a de um Sireno em água, ou na verdade… talvez alguém pudesse dizer que seria maior, não dava pra dizer ao certo, mas era veloz pra caralho, aquele início era adaptativo e a tritã que não tinha se agarrado direito de primeira, agora recuperava o apoio tomando uma posição mais confortável ao segurar a barbatana. O Avanço da criatura no entanto era absurdamente rapido, era difícil mesmo para ela se fixar ali em cima, aos poucos ela conseguia, mas não era uma criatura burra, ela parecia saber muito bem o que estava fazendo, ela corria para o caminho “estreito” não exatamente estreito, já que falamos de um bicho de mais de 5 metros de comprimento, mas que poderia complicar as coisas para a tritã.

Era um tunel cheio de obstaculos, e ele aumentava ainda mais o ritmo, ele era forçado a colocar uma marcha ainda mais veloz, enquanto Shaanti aproveitava para morder a barbatana dele, fixando seus dentes ali para manter-se nas costas do animal, que no exato momento da mordida, dava um giro de 360 graus esfregando as costas da garota na parede mas mesmo assim ela estava firme. O animal não parava de avançar o que fazia com que finalmente ela tivesse de usar seu primeiro trunfo, dando agora uma descarga elétrica no animal, uma que o fazia levemente reduzir a velocidade quando sentia, e ao mesmo tempo o deixava furioso, no entanto o tempo era suficiente para que alguns socos fossem desferidos no animal… Bem não era uma redução de velocidade apenas pela dor e sim uma preparação para o pior.

A criatura, retomando a velocidade, começava a sua mais poderosa tecnica um giro de velocidade absurda, exatamente isso, o animal avançava para frente em girando em alta velocidade em torno do seu próprio eixo, e não parecia estar pronto pra parar tão cedo, mas ao mesmo tempo, aquele animal agora estava determinado a atacar a tritão assim que ela se soltasse dali, se é que ela se soltaria, o túnel estava ficando mais estreito, e as paredes começavam a se aproximar mais e mais de Shaanti, ela precisaria fazer alguma coisa para se manter ali.

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Furry
Game Master
Game Master
GM.Furry

Créditos : 54
Warn : Redenção - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

Redenção - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Redenção   Redenção - Página 2 EmptyTer 25 Set 2018, 16:03




Duelo

10



- HNMnNMMNmmnnMMNM hNMMhnMMHnnMM (Mas que merda de peixe do demonio.) - gritava a ruiva entre os resmungos já que estava se segurando com a boca.

Sua visão era quase nula em meio as rotações de modo que apenas a breve noção de que estava completamente fodida chegava aos seus olhos.

Tenho que me soltar antes que me foda mais. - pensava enquanto tentava torcer o arpão para a posição inicial para que assim o mesmo pudesse escapar pelo mesmo vão que havia entrado.

Shaanti lutaria para se segurar somente na barbatana para conseguir livrar o arpão e então se soltar das costas da criatura antes que ficasse tonta demais para conseguir se localizar.  

- arf, arf, esse puto vai … arf… Hora do plano B.   - arfaria se conseguisse se soltar do monstro, mas sabendo que não possuía muito tempo começaria nadar a toda velocidade para a superfície.


Essa sardinha vai virar a janta ainda, hahahahaha.


Shaanti constantemente olharia para trás enquanto nadava a toda velocidade para a superfície com a intenção de saltar d’água, estaria com isso tentando verificar o seu progresso em relação a criatura usando de seu senso para saber se teria tempo hábil para chegar a superfície antes do monstro.

O plano de Shaanti não era simplesmente saltar para fora d’água, mas sim chegar lá junto a criatura, forçando-a também a pular para fora do lago como havia já feito anteriormente. Esse plano obviamente seria levado adiante apenas se Shaanti verificasse estar sendo perseguida e que conseguiria manter a dianteira até o momento preciso de tempo.

- HAHAHAHAHAHAHAHA, VOCÊ VAI SER MEU JANTAR.. CHURRASCO DE SARDINHA GIGANTE. - gritaria se gabando, embora parecesse que estava fugindo da luta.


Ao chegar próximo a superfície se preparou para saltar fora do lago já torcendo o seu corpo para atacar o focinho do monstro com um ‘soco’ de direita, a intenção não era de causar dano e sim de plantar uma ‘bananeira no focinho do monstro. Poderia ser claro que não ficasse apoiada, mas ao menos isso serviria para igualar o seu impulso ao impulso da sua presa evitando assim que fosse mordida em pleno voo.


- É O SEU FIM SARDINHA. - gritaria em pleno voo enquanto encarava o monstro face a face.


O arpão teria sido anteriormente passado para a mão esquerda, e este seria usado em um novo ataque, mas não para se prender e sim como uma lança favorecendo-se do ganho de alcance e da posição para um ousado ataque no olho da besta.

- VIRA SUSHI, HAHAHAHAHA. - puxaria o arpão após o ataque para não ficar presa próximo a boca do monstro.


Se ainda fosse possível observar no ar em que direção o barco estava e se ainda boiava faria-o.

Agora restava o problema seguinte, a queda na água, mas para este esperava estar em vantagem, aproveitando que o tubarão mais pesado deveria cair antes e que a sorte a teria levado a mesma posição do início do confronto a garota tentaria agora cair aplicando um soco sobre a cabeça da sua presa com toda a força por trás da queda e em seguida quase que em simultâneo cravar o arpão nas costas da mesma, mas novamente usando como uma lança apenas para causar danos e não para ficar presa. Puxaria o arpão de volta após a queda ou o largaria caso o monstro arrancasse para se afastar e assim evitar se ser arrastada por ai novamente.

>><<<


Caso no entanto percebesse que não seria capaz de alcançar a superfície no tempo correto ou mesmo após ter executado a primeira parte do plano e o monstro estivesse investindo novamente ela se voltaria ficando de frente ao monstro e esperaria o momento para atacar, posicionaria o arpão na mão direita e aguardaria o momento de esquivar para o lado com um forte impulso acelerado tentando juntamente a isso cravar a arma no céu da boca da criatura abandonando-a lá após esse golpe. Em uma plano C similar ao que havia considerado usar caso não tivesse conseguido inicialmente se prender as costas do monstro.



Hahahahaha, você pode até tentar me atacar. - gritaria durante a aproximação do monstro. - Eu não vou desistir Emily. - sorria no momento da esquiva. - MAS GARANTO QUE NÃO VAI ME PARAR, AHHHHRRRR. - gritaria no momento que deixava o arpão ou perdia o braço.


MESMO QUE EU PERCA MEU BRAÇO….

- NÃO VOU DEIXAR A EMILY MORRERRRR.




”objetivos”:
 

Histórico:
 

Spoiler:
 

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Redenção - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Redenção   Redenção - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Redenção
Voltar ao Topo 
Página 2 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Malkiham Island-
Ir para: