One Piece RPG
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor Licia Hoje à(s) 04:25

» Vallerie P. Breathnach
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 03:48

» Vallerie P. Breathnach
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 03:46

» [Mini-Aventura] A volta para casa
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 00:38

» Enuma Elish
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 00:10

» [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 00:04

» [Kit - Makei] Red Saber/Mordred Pendragon
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor Makei Hoje à(s) 00:02

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor Pippos Ontem à(s) 23:31

» Xeque - Mate - Parte 1
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor TheJoker Ontem à(s) 23:26

» Arco 5: Uma boa morte!
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 23:12

» Supernova
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 22:34

» I - O bêbado e o soldado
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor Masques Ontem à(s) 21:39

» Capítulo I: Raízes Perdidas
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 21:30

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor Achiles Ontem à(s) 20:27

» Drake Fateburn
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 19:59

» Hermínia Hetelvine
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:51

» Akira Suzuki
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:49

» Sette Bello
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:46

» Bell Farest
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor Far Ontem à(s) 19:43

» Alipheese Fateburn
As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 19:31



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 As mil espadas - As mil ondas

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11, 12  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : As mil espadas - As mil ondas - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Empty
MensagemAssunto: As mil espadas - As mil ondas   As mil espadas - As mil ondas - Página 10 EmptyDom 19 Ago 2018, 18:35

Relembrando a primeira mensagem :

As mil espadas - As mil ondas

Aqui ocorrerá a aventura do(a) marinheiro Julian D'Capri. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
jonyorlando
Sargento
Sargento


Data de inscrição : 15/04/2016

As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: As mil espadas - As mil ondas   As mil espadas - As mil ondas - Página 10 EmptyQui 07 Fev 2019, 17:55




O poder se revela, o combate se intensifica! Akuma no mi!

Julian D’Capri

A batalha havia começado, e como sempre o espadachim fora o primeiro a ser alvejado, não que isso fosse ruim, estava dentro do planejamento de D’Capri então vinha a ser um adendo positivo, Noelle, astuta, seguiu como o planejado enquanto o marinheiro ainda tentava se recompor do último ataque que havia sofrido, a sólida madeira havia lhe golpeado com força, mas mesmo com dor ele sabia que não podia deixar com que Príamo notasse sua parceira, portanto ele ignorava qualquer tipo de amarra e voltava a se impor contra seu oponente, as estacas e pilares levantavam-se e iam contra o samurai, que não sabia como reagir a tal tipo de ataque, aquilo podia ser um mecanismo implantado pelo chão, mas não havia tempo para gastar analisando o ambiente.

Com receio de usar suas armas para defender, e sem mobilidade para esquivar, as estacas acertaram uma a uma o corpo de Julian, golpeando-o com violência, mas não a necessária para fazê-lo cair, fato este reconhecido até mesmo pelo oponente, talvez uma outra katana pudesse ajudar o médico, não que na situação atual isso fosse adiantar algo, já que os pilares de madeira poderiam quebrar as lâminas das espadas, não havia muita coisa para se fazer a não ser lutar, se distrair em meio a uma batalha poderia ser fatal, e o marinheiro sabia muito bem disso, mas não seu adversário, que distraiu-se o suficiente para que a lâmina do marinheiro encontrasse seu ombro, talvez fosse sorte, mas logo o azar voltava, um novo pilar surgia e atingia o rapaz com força o suficiente para mandá-lo voando.

A força aplicada no golpe devia vir quase toda da raiva, Julian sentia uma dor intensa por todos os locais atingidos até agora, mesmo com a adrenalina percorrendo sua corrente sanguínea era possível identificar que áreas haviam sido alvejadas, mas qual era o limite que seu corpo poderia aguentar? O veneno em seu corpo parecia não ter demonstrado todos os seus efeitos negativos, então era provável que o médico não havia chegado nos estágios finais, mesmo assim ele consumia sua energia vital, não que o marinheiro demonstrasse ter muita. Em meio ao vôo que terminaria com escala na UTI uma voz conhecida surge, era seu superior, o tenente Eustass, além de uma curta conversa o homem também foi capaz de desacelerar o corpo do soldado, que não acordaria tão cedo caso sofresse o impacto planejado por Príamo.

- Não senhor, estou péssimo. - Responderia D’Capri com um leve sorriso, mas com um fundo de verdade, assim que pudesse tentaria se colocar de pé, pois assim como seu superior havia informado, era hora do contra-ataque.

Após as informações dadas pelo superior o samurai arquearia uma de suas sobrancelhas, mostrando a clássica expressão de confusão.
- Como? Wood wood no mi? - Questionava.

Na cabeça do oficial, a palavra: “fruta do diabo” soou familiar, como se ele já houvesse escutado esse nome em algum lugar, de repente, como um “click”, ele buscava sua lembrança, Asuna havia comentado esse mesmo nome consigo, frutas com poderes incríveis, diversos e inimagináveis.
- Elas podem fazer isso? - Dizia o médico, completando o raciocínio anterior, mas ainda confuso.

Analisando todo o ocorrido com as informações agora dadas, seus pensamentos e dúvidas eram respondidas, seu pensamento de mecanismos havia sido totalmente derrubado, e ao ouvir a explicação de Eustass, sua teoria parecia cada vez mais idiota, era a primeira vez que o jovem via algo parecido, até alguns dias atrás ele nem mesmo havia ouvido falar nesse tipo de obtenção de poder, talvez na imensidão do mar houvesse alguma que o ajudasse a obter seu objetivo de vida.

Não havia mais tempo para ponderar nada, o tenente avançou contra o inimigo e o marinheiro deveria fazer o mesmo, e o faria logo em seguida de Eustass, mas antes que pudesse um sentimento nostálgico o atinge, e as lembranças da última missão vinham a tona, seu superior falecido comodoro Arashi, que pereceu pelas mãos de um pirata que ambos enfrentaram lado a lado, isso não chegava a ser um trauma, mas dessa vez, Julian queria fazer algo diferente, pelo menos impedir que seu superior fosse morto dessa vez.

O samurai utilizaria de toda velocidade que pudesse para esquivar dos pilares e estacas que viessem contra si, mais uma vez o objetivo era chegar perto o suficiente de Príamo para o atingir, da última vez ele se distraiu e isso não aconteceria uma segunda vez, caso um pilar viesse na direção do samurai tentando o atingir no queixo, o mesmo jogaria o corpo para trás, ou para o lado, dependeria da situação que exigisse sua esquiva, se um pilar viesse tentando acertar o tronco do marinheiro, ele tentaria rodar para o lado, assim fazendo as estacas de madeira passarem reto e sem o atingir, caso não fosse possível uma esquiva apenas com “jogo de cintura”, ele tentaria se jogar para o chão, seu ombro machucado dificulta um rolamento, mas caso um pudesse ser executado ele o faria, para tentar impedir algum ataque de o acertar.

Seus ataques com a espada ainda seriam os mesmos, cortes horizontais, verticais e estocadas, sempre tentando manter-se atento para não fazer ataques desnecessários ou que pudessem abrir sua guarda, D’Capri já estava cansado, não conseguiria manter a pose por muito tempo, por isso o foco dele não eram os ataques e sim dar suporte a Eustass e distrair seu rival, claro que se Rock conseguisse fazer Príamo abrir a guarda, o marinheiro tentaria aproveitar essa brecha e realizar um corte na área mais exposta que visse, para que este não viesse a atacar Noelle, se ele tentasse a atacar o espadachim usaria o tempo a seu favor, e não buscaria realizar um ataque com sua arma, e sim com seu corpo, Julian jogaria seu corpo contra o de Príamo para tentar fazê-lo perder a concentração.

Se um ataque fosse atingir Rock e impedi-lo de fazer alguma movimentação, ou então fosse feri-lo gravemente, o marinheiro se colocaria na frente e tentaria usar seu corpo de escudo, agarrando a madeira com seus braços e tronco, usando a força de suas pernas para tentar diminuir a velocidade ou parar o ataque.


Histórico:
 

Ferimentos:
 

Objetivos:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Noelle
Soldado
Soldado
Noelle

Créditos : 40
Warn : As mil espadas - As mil ondas - Página 10 10010
Feminino Data de inscrição : 02/12/2012

As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: As mil espadas - As mil ondas   As mil espadas - As mil ondas - Página 10 EmptySab 09 Fev 2019, 21:26

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

World's Most Heroic Emotional Music | by Efisio Cross



Enquanto me mantinha ocupada resgatando os reféns, acabei por ser atingida bem no queixo por um dos ataques do oponente. Ele sem duvidas tem algum tipo de truque para ser capaz de fazer essas coisas bizarras com o piso dessa casa, mas o que poderia ser? Ainda não me dando por vencida, fui tentando libertar a todos mesmo machucada, e também tentaria ajudar logo depois o tal de Ling.

Estava suando bastante em meio a grande sequencia de eventos e das situações que vinha acontecendo. Me sentia preocupada de que poderia não ser capaz de salvar todas as pessoas no local. Mas o melhor é retirar esse tipo de pensamento da cabeça e seguir em frente! E para isso, precisava cuidar dos machucados que haviam surgido, tanto no meu queixo, quanto do senhor Ling, já que acredito que ele pode ser útil no confronto.

Limpo o suor do rosto com a mão, e faço os cuidados adequados no meu ferimento, depois vou até Ling para o tratar com primeiros socorros caso ainda não o tivesse feito. O meu superior havia dito algumas palavras de encorajamento para nos animar, e em resposta o respondo com um grito -Sim, senhor!- prosseguindo com os tratamentos, sendo que eu estava fazendo uma função de suporte para todos, fosse indo até os feridos para ajudar ou dando cobertura ao mirar contra o líder da TROIA e atirar quando este estivesse ocupado com os outros oponentes.

Sempre mirando na altura de sua cabeça, nuca e pescoço, pois queria acabar com o nosso confronto antes que mais alguém acabe machucado, e claro, também descontar por tudo que passamos até o momento atual. -Não sei que tipo de magia é essa, mas se tem “diabo” no meio é por que você é mesmo um cara mal!- Esbravejo em meio aos disparos, tentando ficar agachada no chão para obter uma melhor mira do alvo.

E caso fosse capaz de ver algum de seus ataques vindo em minha direção… Sairia em rolamentos para o lado oposto, já que tentar voltar a ficar em pé sem dúvidas demora mais tempo. -Vamos, Ling! Me ajude a tirar todos daqui já que conhece o local!- Se nesse intervalo de tempo o Ling conseguisse arranjar uma outra saída para todos fugirem, o tento dar cobertura o quanto fosse possível, mesmo que isso signifique protege-lo com meu corpo...    
   


"Esses truques com o piso são um perigo!"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Objetivos e Informações:
 


Meu Histórico escreveu:

Nome: Noelle Eisenhower
Localização: South Blue - Karate Island
Post: 23
Ferimentos: -x-
Perdas: -x-
Ganhos: -x-
NPC/PLAYER: Julian D'Capri/Player - Um Soldado que conheci na floresta de Karate Island. Ling/NPC - Um homem que parece ter problemas nas falas, o encontrei em Karate Island. RAY - líder das missões na ilha de Karate Island. Príamo - Líder da organização TROIA.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
O Painel a esquerda no fórum irá te ajudar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : As mil espadas - As mil ondas - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: As mil espadas - As mil ondas   As mil espadas - As mil ondas - Página 10 EmptyQua 13 Fev 2019, 15:01




Narração

Reforço


O embate final se iniciava. Junto ao Tenente Rock, o oficial Di Capri investia em um ataque frontal, esgueirando-se dos pilares de madeira. Inicialmente, o espadachim conseguia desviar dos dois primeiros, porém, falhando nos demais, o mesmo ficava com alguns hematomas em suas pernas e tronco, além de se atrasar em comparação ao seu adversário, que bloqueando todos, seguia em frente sem muitas dificuldades. — Acham mesmo que irão conseguir me deter? Morram! — afirmou Príamo, gesticulando com ambas as mãos. Nesse momento, ilares pontiagudos como lanças se erguiam lateralmente e iam em direção a dupla de marinheiros, como uma... —Armadilha Mortal! — bradou o inimigo, totalmente sádico. As figuras pontiagudas vinham uma após a outra. Rock, mais uma vez bloqueando todas, via que não seria tão fácil como antes. Os sangramentos logo apareceriam em sua pele, escorrendo por seu braço até pintar o piso do vermelho mais rubro possível. No que parecia ser o fim para um dos oficiais, uma sequência de disparos atrapalhava a concentração do adversário, impedindo assim a eficácia de seus golpes. O responsável? Era... — Você?! Maldita loira! —bradava Príamo, ao notar que um dos disparos da garota o atingiam de raspão no rosto, logo após os restantes serem bloqueados.

Noelle havia tentado iniciar os tratamentos de primeiros socorros, porém, o pequeno homem com certa dificuldade rastejou-se até alguns centímetros, desistindo. Mudando seu foco, a garota então focou no inimigo e os disparos haviam ajudado na investida do seu superior que em um salto longo e brutal, o mesmo acertava um soco no adversário, fazendo-o voar alguns metros e só cessar seu movimento com ajuda de um pilar de madeira. Julian dando cobertura seguia com o ataque golpeando o tronco do mesmo com um golpe poderoso, mas que não era o suficiente para encerrar esse combate. —Meu sangue... Malditos! Morram! Ragnarok! — bradou o homem erguendo os braços ao alto. Nesse momento, diversos pilares surgiram no piso, todos de diferentes formas. Um de ponta quadrangular acertava o queixo do médico protagonista antes mesmo que ele pudesse reagir. A velocidade dos golpes estava maior. E não cessava por aí, um, dois, três golpes atingia o corpo do marinheiro. O seu superior também era atingido, porém, conseguia resistir em pé. Noelle podia ver a sua frente, uma grande estaca de madeira vindo em sua direção. — Eu falei pra você me soltar! — bradou RAY, liberto, quebrando a escultura de madeira que iria atingir a atiradora em seu peito. A outra aliada também estava liberta e recuava com Ling em seus braços. Quem havia os libertados?

— Enfim conseguiremos nossa vingança! Certo? — afirmou o espadachim que havia oferecido o café da manhã a Julian. Todos os outros também estavam ali. Um dos cozinheiros, que teve seu irmão morto. O velho de antes, que havia falado com Julian, todas as figuras que aparentavam estar ligadas a TROIA de uma maneira negativa se mostravam presentes para dar um fim aquele balburdio. O confronto final chegava ao seu ápice. — Todos prontos? Vamos acabar com isso de uma vez por todas! —afirmou Rock, erguendo seu braço.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
jonyorlando
Sargento
Sargento
jonyorlando

Créditos : 11
Warn : As mil espadas - As mil ondas - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 20
Localização : Grand Line - 2º rota - Ilha Aracne

As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: As mil espadas - As mil ondas   As mil espadas - As mil ondas - Página 10 EmptyQua 13 Fev 2019, 22:11




Yggdrazil, a árvore da vida! O desfecho próximo!

Julian D’Capri

Todas os golpes espalhados pelo corpo do marinheiro agora começavam a fazer efeito, seus músculos se contraiam em dor e mesmo que ele quisesse mentir não era possível, estaria visível pelo seu estado que seu limite estava muito próximo de ser alcançado, talvez graças a sua preguiça ainda há uma espécie de energia reserva interna armazenada, a qual estaria sendo utilizada para poder fazer Julian manter a consciência e os movimentos corporais, mesmo com tudo aquilo acontecendo ele sabia que desistir não era uma opção, pelo menos ele esperava ter uma boa cama para deitar e dormir após essa missão, Príamo era muito mais que digno de estar comandando a organização TROIA, o homem era muito forte e isso estava óbvio, além de que sua fruta da madeira garantia ao pálido muito “poder de fogo”, mesmo não sabendo como a tal possessão aconteça o médico não podia negar que era algo verdadeiramente sobrenatural ver aquilo em ação.

As pernas do samurai podiam demorar para obedecer, porém elas iriam, elas deveriam, caso não fosse possível se levantar sem apoio o garoto usaria de sua espada para o auxiliar, Teinei era uma boa espada não era tão ruim quanto Jung Su havia dito, o garoto sabia que não podia desistir ainda, ele disse que impediria TROIA e mesmo sabendo que foi pela emoção era sua palavra, um homem sem palavra não é nada, até mesmo Julian, com toda sua preguiça, preza por isso.

De pé o marinheiro olharia para ver sua parceira, aparentemente Noelle estava bem e não era só isso, as vozes as quais eram tão familiares ecoaram até encontrar os tímpanos do garoto, que se sentia motivado a lutar, mesmo assim ele se perguntava onde Asuna podia estar, já que ela havia sido deixada na casa do vendedor que ali estava, essa era uma pergunta para outra hora, voltando seu olhar para o oponente o soldado erguia sua espada mais uma vez, uma motivação havia camuflado as dores sentidas pelo jovem, que agora estava com sua atenção totalmente voltada para a luta, isso também poderia ter ajudado a esquecer as dores, ele podia não ter sua bainha naquele momento, mas ele carregava a vontade de todos os opositores a vontade da TROIA em sua lâmina.
- Estarei bem atrás do senhor. - Dizia o soldado, sereno como sempre.

Suas técnicas haviam sido restringidas, seus ferimentos não permitiriam que ele as executasse como desejaria, de todo modo, juntando suas forças restantes o samurai avançaria assim que fosse dada a ordem, ou então acompanhando todos os que estivessem avançando, para a batalha agora o soldado tentaria utilizar tudo o que ainda poderia ter de agilidade, talvez já sabendo que seu oponente miraria em seu tronco ele tentaria jogar seu corpo para os lados, tentando evitar de ser atingido mais vezes, o garoto não sabia o quanto mais poderia suportar de dano, ele faria seus rolamentos apenas se soubesse que conseguiria esquivar, se não houvesse como evitar danos, o médico tentaria minimizá-los, colocando partes menos fatais para proteger-se.

Com o corpo já danificado seus reflexos poderiam não ser os mesmos e ele sabia disso, por isso estava guardando sua energia, tentando poupar o possível em movimentos e danos, para o último ataque que pudesse realizar com eficiência, D’Capri avançaria contra Príamo, como se fosse realizar uma estocada, porém seu ataque não era esse, isso até poderia dar-lhe ou não uma vantagem, no segundo seguinte ele giraria o corpo e, com seu braço bom, faria um corte vertical contra o líder inimigo, mirando o peito do mesmo, após isso provavelmente o garoto já cederia ao cansaço, mesmo assim ele gostaria de pelo menos poder andar e manter sua consciência.


Histórico:
 

Ferimentos:
 

Objetivos:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noelle
Soldado
Soldado
Noelle

Créditos : 40
Warn : As mil espadas - As mil ondas - Página 10 10010
Feminino Data de inscrição : 02/12/2012

As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: As mil espadas - As mil ondas   As mil espadas - As mil ondas - Página 10 EmptySab 16 Fev 2019, 18:30

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

WARNING: DANGER ZONE



Quando pensei que seria esmagada por um dos pilares arremessados pelo inimigo, fui salva graças ao meu oficial. -O-obrigada!- Agradeço me atrapalhando nas palavras. Agora, restava lidar com o líder da TROIA, esse tal de Príamo, que devia estar se achando o maior “deus” com esses truques estranhos que utilizava, mas logo a justiça da marinha deve colocá-lo em seu lugar.

O ápice do confronto chegava, e com todos reunidos naquele local, temos apenas um alvo em comum. -Vamos com tudo para cima dele!- Digo, apontando minha mão com a arma na direção de Príamo. Seguindo em passos rápidos que logo se tornaram uma corrida, vou tentando reduzir minha distância para com o inimigo, aproveitando para parar no meio do trajeto e mirar com as duas mãos erguidas portando as minhas pistolas em sua direção, acompanhando seus passos com os olhos e também as armas para saber onde ele pode estar indo.

Quando uma brecha fosse aparecer, do fato dele ter que desviar de outro ataque desferido de D’capri ou de outro de nossos aliados, seria nesse momento que iria desferir dois disparos, cada qual em um lado diferente de seus ombros, tendo como objetivo o espaço triangular entre os ombros e seu pescoço, no qual sei que existe uma enorme veia cefálica que ao ser atingida sem dúvidas impactaria em uma enorme perda de sangue.

Depois concluo com um terceiro tiro visando sua cabeça, de preferência bem no centro da sua testa. Na possibilidade de ser atacada enquanto me aproximo, salto para o lado que não haja obstáculos, volto a ficar de pé se o resultado fosse uma queda e prossigo com os três ataques. Mas se fossem múltiplos ataques em minha direção, fico correndo de forma lateral na direção oposta que os golpes fossem vir, na tentativa de me distanciar dos mesmo, e quando encontrar algum objeto para me esconder, ficaria por trás do mesmo até os ataques tiverem acabado,e assim dar prosseguimento aos meus ataques da mesma forma.

Não acho que sou capaz de saltar algum daqueles pilares ambulantes, então no máximo o que faria é me abaixar se algum deles estivesse vindo na direção de meus peitos para cima. Usando os braços para proteger a área da cabeça e assim evitar um impacto maior. E isso somente se não fossem pilares tão grandes e fáceis de desviar apenas correndo. Mas sempre que fosse atingida caso ocorra, seriam as mãos as quais utilizo para me proteger.



"É hora de dar um fim nisso tudo!"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Objetivos e Informações:
 


Meu Histórico escreveu:

Nome: Noelle Eisenhower
Localização: South Blue - Karate Island
Post: 24
Ferimentos: -x-
Perdas: -x-
Ganhos: -x-
NPC/PLAYER: Julian D'Capri/Player - Um Soldado que conheci na floresta de Karate Island. Ling/NPC - Um homem que parece ter problemas nas falas, o encontrei em Karate Island. RAY - líder das missões na ilha de Karate Island. Príamo - Líder da organização TROIA.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
O Painel a esquerda no fórum irá te ajudar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : As mil espadas - As mil ondas - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: As mil espadas - As mil ondas   As mil espadas - As mil ondas - Página 10 EmptyQua 20 Fev 2019, 15:43




Narração

Gran Finale


O embate prosseguia. Todos unidos, o inimigo era o mesmo. Príamo se mostrava um adversário forte o bastante para que sua habilidade precisasse ser combatida com as forças de todos os oficiais da marinha presentes. Quem tomava a dianteira era o líder, que tinha logo em seguida o apoio de RAY e Julian, que vinham logo atrás. Noelle ficava na retaguarda, esperando o momento certo para o disparo preciso. A outra marinheira, por sua vez, tentava proteger a loira. — Seja precisa! — afirmou a sua aliada, se posicionando a sua frente. Vendo toda aquela movimentação, o inimigo agora estava sério. Arqueando as mãos, levantando os braços, ele se preparava para o combate. — É hora do gran finale — comentou ele, como um maestro, orquestrando toda a madeira modelada que surgia ali.

As figuras surgiam do piso e iam em direção aos três que tomavam a dianteira. Dessa vez os golpes eram mais rápidos e iam em direção aos três numa velocidade impossível de se esquivar. Ambos não haviam percebido, mas até então, o poder do inimigo tinha um ponto fraco. Quanto mais ele deixasse as esculturas rápidas, menos força elas teriam, assim como o contrário também aconteceria. Mas, ao tentar aproximar os dois pontos de observação, seu corpo entraria em colapso e o primeiro sinal seria o sangue que começava a escorrer por seu nariz e ouvidos, assim como por seus olhos. Julian, tentando esgueirar-se, sofria inicialmente com os vários pedaços de madeira que vinham em sua direção, quase que o obrigando a fraquejar e padecer ali... Quase. — O que está fazendo, oficial? — questionou RAY, surgindo para ajudar o espadachim quebrando os pedaços que se dirigiam até ele — Não consegue desviar de uns pedacinhos assim? Vamos! Eu te dou cobertura! — afirmou ele, sorridente.

RAY sempre gostava de inimigos fortes e ali, mesmo que sofresse muitos danos, o sorriso dificilmente sairia de seu rosto. Bloqueando os golpes que vinham na direção de Julian, o marinheiro fornecia a ajuda necessária para o espadachim atacar. Não era só ele, ao mesmo tempo, o seu superior também atacava. Era um golpe duplo que seria difícil bloquear para uma pessoa normal, porém, Príamo não era uma pessoa normal, por isso que para ser atingido foi necessária a ajuda de Noelle. Com disparos precisos, a loira atingiu os dois ombros do adversário, que perdendo seu foco, perdeu o manuseio de sua arte, só restando ser atingido pelos dois golpes. Um corte do sabre do médico, que atingiu seu peito, assim como um potente soco, que o levava ao solo instantaneamente, sem poder mover-se. O seu queixo doía muito, mas as forças para se levantar não existiam. Era um tremendo de um gancho que ele havia sofrido. — Sabia que te acertava.... — comentou o superior, com sua mão sangrando devido a potência dos golpes — Príamo, você está preso! —falou ele se aproximando do inimigo caído.

A batalha então havia acabado. Era complicada, os danos eram severos, porém, com a ajuda de todos juntos, Príamo havia caído. — Vocês acham que vão deter a TROIA? — argumentou caído, sem conseguir mover-se — Vocês foram apenas iscas! — tagarelava até que RAY colocou um pedaço de tecido na boca do mesmo para calar sua voz. — Você fala demais... — comentou ele — Oficial Di Capri! Você está de parabéns! — parabenizou — Mas acho que o baixinho ali tem assuntos com você, não? — apontou para Ling, que estava sentado encostado em uma das paredes do local. Caso optasse por se aproximar, ele passaria por perto de Noelle, e sua caminhada seria lenta e dolorida. A loira agora podia descansar como sempre havia desejado. — Bons disparos, oficial! — falou a mulher, aliada — Agora temos que limpar essa bagunça e ver como o sequestrado está! — argumentou referindo-se ao velho que estava parado antes, mas que agora não estava mais.

— Meus parabéns, oficial Di Capri! — argumentou calmamente o velho que antes havia implantado o veneno no corpo do marinheiro. Ele estava envolto das personalidades que o marinheiro interagiu durante sua estadia, desde o vendedor de lámem e outras comidas, até o homem que lhe forneceu um sabre novo. Todos estavam ali com ele. — Vejo que conseguiu provar o que me falou, correto? Está de parabéns! Não tenho palavras para agradecê-lo ou desculpar-me, porém, pegue essa lembrança, irá te ajudar com seu problema “interior” — falou ele, retirando uma pequena caixinha de suas mangas folgadas e longas. Era uma espécie de baú. Seguindo até o líder do grupo, o homem deixaria Julian a vontade. Ao abrir a caixinha, o marinheiro veria outra caixinha, e ao abrir esta caixinha, ele veria outra caixinha e nessa caixinha, ele encontraria um pequeno papel. “Um bom homem se prova independente das circunstâncias. Dentro de você está apenas soro fisiológico. Acho que o outro presente, pode compensar você de algo melhor. No local certo, você saberá usar...” — diria no bilhete e junto a ele estava uma chave com os dizeres: QG, Lvnl, 1X.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
jonyorlando
Sargento
Sargento
jonyorlando

Créditos : 11
Warn : As mil espadas - As mil ondas - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 20
Localização : Grand Line - 2º rota - Ilha Aracne

As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: As mil espadas - As mil ondas   As mil espadas - As mil ondas - Página 10 EmptyQua 20 Fev 2019, 20:18




Madeira! A queda de Príamo e ascensão dos marinheiros

Julian D’Capri

As vigas de madeira não paravam, uma após a outra vinham na direção do jovem, que já sem forças não podia mais fazer nada a não ser receber os golpes, mesmo assim Príamo parecia estar se desgastando usando de sua tal fruta, seu corpo devia estar no limite, mas não era o único, o marinheiro já não suportava seu próprio peso, estava fadigado e apenas aceitava que aquele local seria o local de seus últimos suspiros, o piscar de olhos ficava mais lento e cansado, no que pareciam ser os últimos momentos, o médico fechou os olhos.

Um barulho rompe não só a cena, mas também o silêncio criado pelo garoto em sua cabeça, a sua frente estava Ray, socando as vigas de madeira e as esmagando como se fossem nada, e mais uma vez seu lado brincalhão veio a tona, mesmo assim ele deveria ter se preocupado para fazer o que fez, não haveria melhor forma de agradecimento do que aproveitar a chance ganha para dar um fim aquilo tudo, mas essa chance não viria sem a grande ajuda de Noelle, que acertou precisamente os ombros do homem, que recebeu tanto um corte vindo do samurai, quanto um soco vindo do tenente, não haveria outra resolução mais gratificante se não a derrota do líder da organização.

Ao ver seu superior dando voz de prisão a Príamo, Julian não teria outra reação se não a de soltar um grande suspiro de alívio, a tensão havia se diminuído e agora era só transportar o homem para a prisão da marinha, antes de se preocupar com o futuro o agora ainda ocorria, com a fala de Ray o soldado voltou a realidade.
- Sim, é verdade senhor. - Respondia o médico, acompanhando o movimento do braço de seu superior. - E eu não fiz nada, o trabalho foi todo de vocês. - Enquanto deixava suas palavras com Ray ele andava na direção em que Ling estava, seus passos lentos e doloridos eram feitos com cautela, um após o outro.

- Parabéns senhorita Noelle. - Parabenizaria o médico, assim que passasse perto da garota. - Lamento tê-la envolvida nisso, mesmo assim agistes bem, sou grato por a conhecer, espero poder retribuir o favor. - Se a jovem optasse por falar algo ele ouviria e se houvesse uma maneira do garoto poder ajudar a atiradora, ele o faria. - Devo continuar, com suas licenças senhoritas. - Essa seria sua despedida momentânea para ambas as marinheiras.

No meio da caminhada o marinheiro mais uma vez encontrava-se com o mestre ancião, os dois mais uma vez de frente para o outro e era com uma certa felicidade que Julian ouvia suas palavras, ser reconhecido como deveria possivelmente é uma das melhores sensações que ele experimentara na vida.
- Grato, mestre ancião, e obrigado a todos. - Falava D’Capri enquanto aceitava seu “presente”. - Senhor Jung Su, onde está a minha acompanhante? A Asuna. - O soldado aguardaria uma resposta, até obtê-la, assim que fosse lhe dada a explicação ele se retiraria, mas não antes de curvar-se levemente como agradecimento a todos os presentes.

Obrigando-se novamente a caminhar o garoto abriria seu “presente”, ele ainda possuía muito tempo, ao ler tudo que estava escrito um leve sorriso cresceu em seu rosto.
“Então eu não estava envenenado.” - Ele afirmava para si, descrédulo. “Não dá pra fazer mais nada mesmo, agora passou.” - E com tais pensamentos a caminhada continuava, enquanto guardava os pequenos baús consigo.

Ao chegar suficientemente próximo a Ling o samurai ainda o encararia de cima e não tentaria se abaixar, poderia correr o risco de nem levantar depois.
- Ling… - Ele mencionaria o nome do baixinho, tentando chamar atenção. - Eu vou ser breve já que quero descansar. Primeiro, e mais importante, onde estão as minhas coisas? - A entonação em “minhas” seria bem grande. - Segundo, Príamo e você, qual é a relação? - Uma pausa para ouvir a resposta. - E terceiro, espero que fique bem, não posso lhe tratar em minhas condições, mas logo vai arrumar um bom médico.

Ao terminar suas perguntas o jovem iria imediatamente procurar sua espada e sua bainha infinita, itens tão preciosos para o espadachim, mas ele só poderia fazer isso dependendo da informação do baixinho, que caso dissesse que a TROIA havia se livrado de tais itens, deixaria o marinheiro bem triste. Não havendo mais o que fazer o samurai aguardaria novas ordens de seus superiores, Asuna deveria conseguir encontrá-lo facilmente, Julian sabia disso, e caso não achasse, era só ele procurar por sua companheira.


Histórico:
 

Ferimentos:
 

Objetivos:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noelle
Soldado
Soldado
Noelle

Créditos : 40
Warn : As mil espadas - As mil ondas - Página 10 10010
Feminino Data de inscrição : 02/12/2012

As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: As mil espadas - As mil ondas   As mil espadas - As mil ondas - Página 10 EmptyQui 21 Fev 2019, 18:29

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Two Steps From Hell - Victory



-Eu... Estou realmente feliz que todos estejam vivos!- Comemoro aos prantos já de guarda baixa ao ver que tudo havia terminado. Finalmente aquele pesadelo chegou ao fim e até onde sei nossa missão chegou ao fim, o que me deixou bastante aliviada. Com o antebraço enxugo as lagrimas e depois guardo de cada lado de meu coldre as minhas pistolas. -O-obrigada! O senhor também foi incrível!- Respondo Julian em seguida enquanto me recomponho.

Ainda tenho muito o que aprender, e quem sabe possa retirar alguma lição valiosa de tudo que ocorreu, ao menos meu temor de ter que ver algum colega morto não chegou a ocorrer, não naquele confronto... Agora, ir ter um bom descanso seria uma boa, porém, ainda precisava avaliar os feridos. -Alguém precisa urgente de minha ajuda?- Pergunto e na primeira resposta sigo até o(a) azarado(a) para realizar ao menos os primeiros socorros.

Em seguida a este ato, procuro o senhor de antes para ter certeza que ele ainda está bem, indo até o local onde o deixamos ou se ele estivesse entre o grupo atual iria apenas avaliar o quão bem ele melhorou. Assim que tudo estivesse em ordem, decido acompanhar os oficiais superiores na escolta dos criminosos se assim fosse preciso, pois eu realmente espero ver nossos adversários presos acima de tudo. Aproveito o suposto trajeto para espreguiçar os braços, e se o senhor Julian estiver por perto, pergunto para ele onde seria quem sabe nosso próximo destino.

-Humm, essa ilha parecia tão pacifica... talvez seja melhor seguirmos para uma próxima, caso já terminamos tudo por aqui. Para onde então? Pois acredito que formamos uma boa dupla juntos, seria bom continuarmos trabalhando em parceria- Falo enquanto possivelmente estivéssemos caminhando ou em alguma pausa onde não o estaria atrapalhando ao conversar com outra pessoa. -Você também poderia vir conosco, senhor Ling! Virar um grande soldado da marinha!- Sugiro empolgada caso o homenzinho também estivesse conosco. Chegando em alguma embarcação da marinha, subo a bordo e vou procurar o toalete feminino para tomar uma ducha fresquinha...           
   


"Eu... Estou realmente feliz!"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Objetivos e Informações:
 


Meu Histórico escreveu:

Nome: Noelle Eisenhower
Localização: South Blue - Karate Island
Post: 25
Ferimentos: -x-
Perdas: -x-
Ganhos: -x-
NPC/PLAYER: Julian D'Capri/Player - Um Soldado que conheci na floresta de Karate Island. Ling/NPC - Um homem que parece ter problemas nas falas, o encontrei em Karate Island. RAY - líder das missões na ilha de Karate Island. Príamo - Líder da organização TROIA.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
O Painel a esquerda no fórum irá te ajudar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : As mil espadas - As mil ondas - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: As mil espadas - As mil ondas   As mil espadas - As mil ondas - Página 10 EmptyTer 26 Fev 2019, 13:51




Narração

Adeus


Enquanto todos eram evacuados, os espólios da dura batalha eram sofridos. Julian começava a sentir seu corpo não responder mais como queria, porém, o marinheiro ainda tinha forças para questionar seu antes aliado sobre algumas coisas. — Suas coisas estão guardadas lá em baixo. Quando for embola, pode pegar tudo — respondeu ele, ofegante e triste ao ouvir o outro questionamento — Eu não quelo falar soble isso, eu... — antes que terminasse, a perda de sangue fazia com que o baixinho desmaiasse. Se aproximando de Julian, RAY colocava a mão sem seu ombro. — Depois você saberá de tudo, mas acho que você agora vai cair... — antes que terminasse de ouvir o que seu aliado tinha para dizer, Di Capri apenas via tudo ficando escuro, lentamente, até desmaiar. Analisando o corpo do espadachim, RAY havia notado que ele logo cairia, o que aconteceu com Noelle também.

Algum tempo se passou, mas nada podia ser previsto. Julian acordava lentamente e estava numa aparente acomodação. Sentado ao seu lado estava RAY, amolando uma faca. — Até que enfim acordou, bela adormecida. Vamos lá pra fora, estamos quase chegando! — falou o homem. Enquanto isso, ao seu lado, acordava Noelle. A loira não havia ouvido o que havia sido falado anteriormente, porém, despertava no mesmo local que Julian estava. As coisas de ambos estavam ao lado de seus colchonetes. Seus corpos estavam tratados. As faixas cobriam os ferimentos. Ao saírem para fora, ambos veriam que estavam já em pleno mar. Ao longe estava a ilha de Karatê. Na embarcação estavam todos os marinheiros, exceto o que morava na floresta, que havia cumprido sua missão e voltava para sua moradia, junto ao urso gigante. Príamo estava preso em uma espécie de gaiola de metal, desacordado.

— Que bom que você está bem! — falou Asuna abraçando Julian. Podia ser a primeira demonstração de afeto, talvez, mas a garota estava realmente aliviada por ver seu parceiro novamente. — Estive ocupada por esse tempo em outra missão e não pude te ajudar tanto, mas desde o dia que você desmaiou, estive com você —falou um pouco envergonhada — Como você está? — questionou a garota — O líder quer falar com vocês dois... E com todos nós. Logo chegaremos em nosso destino! — afirmava, ao ter suas madeixas chacoalhadas pela brisa marítima.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
jonyorlando
Sargento
Sargento
jonyorlando

Créditos : 11
Warn : As mil espadas - As mil ondas - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 20
Localização : Grand Line - 2º rota - Ilha Aracne

As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: As mil espadas - As mil ondas   As mil espadas - As mil ondas - Página 10 EmptyTer 26 Fev 2019, 16:28




Nostálgica Karatê! Rumo ao futuro!

Julian D’Capri

Com a calmaria vinham também os agravantes, os quais a adrenalina ocultava, Julian nem mesmo cogitava que suas lesões eram tão graves assim, a luta contra Príamo fora dificultosa e isso deixava o marinheiro pensativo, os desafios de sua jornada iam cada vez mais aumentando, o que significaria que ele está no caminho certo, mas os pensamentos do soldado não se limitariam a positividade, era notável para si que sua performance havia melhorado, infelizmente isso não era o suficiente e o pior, na cabeça do garoto nenhum plano pudera ser feito para contra-balancear a batalha, sendo a primeira vez contra um usuário das tais frutas era esperado que a falha seria iminente, é por isso que ele precisava ficar mais forte ou dessa forma ele não salvaria ninguém.

Ao ouvir a fala de Ling ele ficava aliviado, D’Capri sabia que teria seus itens novamente, mas não naquele momento, as dores pioravam e não davam sinais de trégua, seu superior parecia ter notado que algo alconteceria e tentou avisar, era tarde, a visão do médico obscurecia, as cortinas fechavam e lentamente ele cedeu, finalmente caindo ao chão, desacordado, ao menos encontrando o descanso que pedira.

Para o preguiçoso não se passaram nem mesmo horas, era como se seu desmaio houvesse durado apenas minutos ou segundos, assim que despertava seus olhos vasculhariam os arredores, tentando advertir onde ele estaria, logo eles avistariam um rosto amigável, ao seu lado estavam Noelle e também Ray, que não perdia um segundo em fazer comentários, aparentemente “atividade” era uma de suas principais palavras no dicionário.

“Chegando?” - Questionava-se enquanto, entristecido, levantava-se do colchonete.

Caso visse sua parceira acordar, ele dirigiria a voz a mesma.
- Senhorita Noelle, bom ver que está bem, Ray disse que estamos chegando e que devemos ir com ele.

Percebendo a bainha infinita ao seu lado, ele a amarraria em sua cintura enquanto observaria suas formosas 3 espadas antes de as embainhar, mesmo com dor o samurai faria isso, ele tinha um certo elo com aquele objeto e ignorando todas as dores ele seguiria firme com a bainha infinita novamente amarrada a sua cintura, agora sentindo-se completo, do lado de fora a primeira característica que seria notada era a brisa fresca marítima, algo que apenas o mar poderia entregar, Julian encararia seus arredores, o azul do céu encontrava-se com o azul do mar ao horizonte, o barulho da casca de madeira do barco rasgando a água era outro sinal indicando que estavam em movimento, atrás apenas restava uma sombra, eles haviam partido e infelizmente o espadachim não pôde agradecer ao eremita, nem mesmo perguntar seu nome, um sentimento de nostalgia preenchia o peito do observador, ele sabia que não voltaria tão cedo para aquele local, um sorriso seria sua despedida de Karatê Island.

Enquanto o garoto aproveitava seu momento reflexivo, poderia ser que sua parceira houvesse se aproximado, caso sim e tivesse feito as perguntas (anteriores já citadas), ele a responderia, depois de alguns segundos silenciosos, ele estava aproveitando o momento.
- Acho agradável estar com a senhorita, e visto nosso desempenho seremos uma boa dupla, isso é um sim. - O marinheiro continuaria logo em seguida. - Enquanto ao nosso destino, pretendia ir para o North Blue, o ancião me entregou uma chave para o QG de Lvneel. Mas caso tenha outro plano eu aceitarei.

Terminada a conversa com Noelle a única coisa que restava fazer era encontrar os superiores, ao ver Príamo em sua jaula o jovem se questionaria se não era perigoso demais deixá-lo entrar no barco, já que o mesmo é, em sua grande parte, feito de madeira, talvez isso fosse respondido mais tarde, mas a voz familiar retiraria qualquer concentração que Julian poderia ter, Asuna agilmente surgia e abraçava seu companheiro, com o surgimento dela o médico suspirava, mais aliviado que antes.
- Asuna, bom vê-la também. - Dizia e respondia a demonstração de afeto, abraçando sua acompanhante de volta. -  O importante é que esteja bem, mas agradeço por sua preocupação comigo. - Respondendo ao questionamento, o loiro diria. - Estou bem melhor, pude dormir um pouco. Ah! Quero te apresentar a senhorita Noelle, uma exímia médica e atiradora, vocês são bem parecidas, eu serei o parceiro dela durante nossas próximas missões. - Ao sentir uma pontada na cabeça, o samurai se corrigiria. - Nós seremos os companheiros dela, claro, espero que continue como minha acompanhante e espero que não se incomode em ter mais uma seguidora senhorita Noelle.

Feitas as apresentações e conversas agora era hora de encontrar o tenente Rock, o líder da missão, e seria a seu encontro que o soldado se dirigiria


Histórico:
 

Ferimentos:
 

Objetivos:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noelle
Soldado
Soldado
Noelle

Créditos : 40
Warn : As mil espadas - As mil ondas - Página 10 10010
Feminino Data de inscrição : 02/12/2012

As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: As mil espadas - As mil ondas   As mil espadas - As mil ondas - Página 10 EmptyQui 28 Fev 2019, 23:32

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Firmament Break - Stephen Yang



Era difícil dizer o que realmente aconteceu, mas como um salto temporal estávamos prestes a chegar em algum lugar ao qual desconheço, o que me deixou um pouco preocupada e curiosa ao mesmo tempo, tanto que com uma mão no queixo eu tentava refletir como isso chegou a acontecer.  

-Quando que nós partirmos mesmo? Ah, deixa quieto, tenho certeza que nossos superiores sabem para onde devemos ir.- E boba como sou deixei de lado no mesmo instante a questão, voltando minhas atenções para o senhor Julian que vinha confirmando o que eu havia sugerido. Foi um alívio ouvir aquelas palavras, e saber que agora não estava mais sozinha nas minhas aventuras.

Dei uma única batida de palmas em comemoração enquanto sorria depois de escutar tudo o que me foi dito. -Que legal! E ainda por cima temos um mistério com essa chave para resolver, tenho certeza que descobriremos qual é o seu uso.- Disse com uma cara de curiosa, queria olhar a chave, mas quem sabe ele me mostre outra oportunidade.

Ignorando o prisioneiro que pudesse estar a minha vista, vou até alguma janela próxima para observar o mar, ou apenas na borda do barco para tal. De olhos fechados tudo que almejava era sentir a brisa do mar e o som das ondas que pudessem estar batendo na embarcação, em outras palavras, me sentir relaxada depois de muito tempo. E quando fosse apresentada para a outra garota, tudo que podia esboçar é surpresa ao perceber que o senhor D’capri já tinha uma dupla antes.

-O-oi! Sou Noelle Eisenhower, é um prazer conhecê-la.- Disse ao me apresentar para Asuna, depois fico encarando seu busto ao perceber que é BEM maior que o meu (info do pp dela). E com aquela cara de coitadinha com os braços juntos fico no meu lamento interno de não ter sido dotada dos mesmos atributos.

Assim que a conversa terminasse, iria procurar por algum dos superiores, pois queria saber sobre algo que havia encontrado e guardado, um tipo de concha estranha, quero saber se ela é apenas algum tipo de enfeite ou possui algum uso diferente. -Com licença, senhor(a). Poderia me dizer se já viu e sabe o que pode ser esse objeto?- Disse ao mostrar a misteriosa concha arredondada.                        
   


"Qual é a relação entre eles?"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]





Objetivos e Informações:
 



Meu Histórico escreveu:

Nome: Noelle Eisenhower
Localização: South Blue - Karate Island
Post: 26
Ferimentos: -x-
Perdas: -x-
Ganhos: -x-
NPC/PLAYER: Julian D'Capri/Player - Um Soldado que conheci na floresta de Karate Island. Ling/NPC - Um homem que parece ter problemas nas falas, o encontrei em Karate Island. RAY - líder das missões na ilha de Karate Island. Príamo - Líder da organização TROIA.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
O Painel a esquerda no fórum irá te ajudar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: As mil espadas - As mil ondas   As mil espadas - As mil ondas - Página 10 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
As mil espadas - As mil ondas
Voltar ao Topo 
Página 10 de 12Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11, 12  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Arquipélago Wushu-
Ir para: