One Piece RPG
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [MINI-DoflamingoPDC] A pantera negra da ilha montanhosa
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor Doflamingo pé de caximbo Hoje à(s) 12:27

» The Hero Rises!
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 12:25

» Meu nome é Mike Brigss
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor Shiro Hoje à(s) 12:19

» BOOH!
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 12:00

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor Licia Hoje à(s) 11:10

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor AoYume Hoje à(s) 11:08

» Cap.1 Deuses entre nós
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor Iruh Hoje à(s) 11:04

» Kenzö Tenma
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 10:50

» Cory Atom
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 10:43

» Kozuki Orochi
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 10:42

» Reisi
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 10:26

» [LB] O Florescer de Utopia III
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor Kekzy Hoje à(s) 08:36

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor Skÿller Hoje à(s) 07:22

» A inconsistência do Mágico
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 04:30

» Cap IX ~ Esperança ~
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 00:57

» MEU TOPICO
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor Makei Hoje à(s) 00:29

» [M.E.P][MINI-doflamingoPDC]-Busca por orientador
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor Makei Hoje à(s) 00:29

» ZORO
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor Makei Hoje à(s) 00:28

» Que tal um truque de mágica?
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor Veruir Hoje à(s) 00:20

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Emptypor Fukai Ontem à(s) 23:35



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Cap 2. Rei dos Ratos

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Cap 2. Rei dos Ratos   Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 EmptySex 17 Ago 2018, 16:48

Relembrando a primeira mensagem :

Cap 2. Rei dos Ratos

Aqui ocorrerá a aventura do(a) revolucionario Nyx. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
yaTTo
Soldado
Soldado


Data de inscrição : 07/11/2010

Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 2. Rei dos Ratos   Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 EmptySex 23 Nov 2018, 22:38



老鼠之王


Escuridão, era a última imagem que vinha a minha mente, respirava profundo, mas o ar não parecia nem sequer fazer presença, onde diabos estava? Aquela sensação de ser estrangulado em meio a um mar de absolutamente nada “Mar?” Conseguia sentir o cheiro da água salgada, da sensação de areia tocar meus pés “Odeio isso” Reclamava sem nem mesmo ouvir minha própria voz, afinal estava pensando ou falando em todo caso? Sentia a brisa do mar, a náusea causada pelo balançar quando de repente uma luz forte parecia descer do céu como um enviado divino e então - Ahhhhhh – Acordava assustado como se tivesse acabado de nascer novamente, os sons abafados ao longe começavam a cada vez mais se aproximavam, pouco a pouco minha audição começava a ter noção de palavras, barulhos “O mar” Tentava levantar-me mas sentia uma forte dor, que dor era aquela? Sentia que a qualquer momento meu braço poderia simplesmente cair de meu corpo como um boneco. Enjoo, tudo parecia girar ao meu redor, sentia meu estomago sair de meu próprio corpo e o ardor do vomito que expelia por todos os orifícios de meu rosto. Olhava para o lado BOOM! uma explosão na água “Mas que merd...” Olhava para todos os lados e percebia que estava no que parecia ser o interior de um navio, como tinha chegado ali? Xi estava a meu lado então no mínimo estava na companhia de meus aliados ou pelo menos da atiradora sanguinária que tinha como companheira, sentava-me em meio a toda aquela confusão mental, parecia que minha cabeça iria explodir a qualquer momento como uma granada. Com o antebraço direito passava levemente sobre meu rosto limpando de minha própria sujeira após acordar em de um jeito ridículo como aquele. - Xi, que diabos está acontecendo? - Balançava minha cabeça de um lado para o outro, esquerda para direita, ate mesmo falar parecia que iria abrir meus ferimentos. Contudo não parecia que poderia simplesmente ficar parado ali, pouco a pouco os barulhos das explosões fora do navio me davam a impressão que nossa viagem não seria nada tranquila para seja lá qual fosse nosso destino afinal nem mesmo tinha noção de como tinha chegado ali a ultima coisa que me lembrava era... “O que era mesmo?” Minha cabeça doía, minhas lembranças estavam embaçadas e confusas, talvez seja resultado do ferimento em meu ombro esquerdo ou qualquer pancada que tivesse tido em minha luta desenfreada contra o agente do governo “Codenome Laranjito” Em meio a toda aquela loucura ainda assim conseguia pensar em piadas sem graças, então estava bem. - Xi, onde diabos estamos e por favor não me diga que esse barulho são canhões. - Já saber a resposta obvia não era surpresa, o que parecia ser uma perseguição estava acontecendo e eu tinha que lidar com isso como um líder que era. Levantaria de onde estava o mais rápido que conseguia, erro meu, caía logo após o primeiro passo apoiando-me apenas com meu joelho direito - Ow! Ouch! - Estava fraco, a quantos dias estava dormindo? Parando para pensar agora meu vomito não era nada mais do que simplesmente restos de uma alimentação que a muito tinha conseguido, a quanto tempo estava sem comer? “Saco vazio não se mantem em pé” Meu mestre adorava falar essas frases, essa era a primeira vez que via quão verdadeira elas eram. Suspirava forte, tentava levantar-me novamente, mordia meus lábios em dor e recusaria qualquer tipo de ajuda de Xi, tinha acabado de receber uma promoção, precisar de ajuda para simplesmente ficar em pé era humilhante. Conseguindo ficar de pé era hora de ver o que estava acontecendo, com o braço esquerdo encolhido sobre meu peito iria andar ate onde pudesse ver uma porta, nunca tinha estado naquele navio antes então minha melhor opção era simplesmente sair em busca de outras pessoas – Xi, quem mais está aqui? Jiya? - Tinha que contar com as informações de alguém que ainda parecia sã, não poderia me apoiar em suposições feitas por um felino acabado que mal tinha condições de se manter em pé. Saindo pela porta era hora de ver em que situação tinha me metido e como iria sair daquela enrascada.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Citação :
Nome: Xanax Nyx
Posts: 15
Ganhos: • Linhas de Pesca
Perdas:
Berries: • 30.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Noção Exata do Tempo | Presas e Garras | Zooglota | Genialidade | Visão Aguçada
Desvantagens: Aparência Inumana | Código de Conduta | Sinceridade Excessiva
NPCs:
Extra:-x-

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 2. Rei dos Ratos   Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 EmptySab 24 Nov 2018, 14:26

Despertando de seu sono de beleza, Nyx tentava se situar e entender o que estava ocorrendo ao seu redor. Se sentia fraco devido não comer há muito tempo e os ferimentos que recebera. Ele tentava obter respostas de Xi, mas a moça continuava dormindo, provavelmente se recuperando da ferida grave que recebera mais cedo, e não obtinha muitas respostas.

Mas os barulhos escutados, a movimentação do barco, e o fato de não estar preso ou restringido eram mais que suficientes para indicar a situação geral. Saindo do comodo em que estavam, passava por um pequeno corredor onde haviam outras portas fechadas, subia por uma pequena escada e saía por uma porta aberta.

E o que encontrava era uma situação que parecia ser tão frenética quanto a da qual escapara enquanto desmaiava. No leme do barco, um senhor de meia idade com uma barba farta salpicada de cinza devido a idade segurava o leme com esforço, quase como se estivesse lutando com o mesmo.

Um mink coelho pulava aqui e ali ajeitando nós e velas. Balde, que parecia destoar da cena devido seus ombros relaxados e lentidão nos movimentos, colocava uma bala em um canhão e acendia o pavio. “BOOOOOM” Disparava o objeto contra uma embarcação que vinha de encontro a deles na esquerda, também disparando em resposta. “BOOOOOM” “BOOOOOM” “BOOOOOM”.

Uma das balas do inimigo caía perigosamente perto, indicando que possivelmente a próxima rodada os atingiria. Cicatriz por sua vez, contava com a ajuda de um homem careca e musculoso que usava só um shortinho e um tapa olho. Eles pareciam estar tentando encaixar outro canhão na popa do navio, mas obviamente estavam tendo dificuldades. – Até que enfim um de vocês putos acordaram!! Agora vem aqui ajudar a gente antes que seja tarde demais seu bastardo!! – Gritava a mulher ao ver Nyx aparecendo no convés. – Mas antes pega uma corda e se amarra se não quiser cair do navio moleque!! – Completava ela voltando a focar em seus esforços.

O motivo de sua ordem era simples. Logo a frente deles aparecia uma enorme montanha que cobria o horizonte. Tão grande que todo o resto do mundo parecia insignificante frente à sua altura. E o mais bizarro é que um rio parecia estar indo do oceano e subindo por ela para um local onde mesmo com sua visão aguçada, era impossível para Nyx ver.

E a melhor parte? Eles estavam nesse rio, indo em direção a subida. E tinha uma rocha no meio do caminho saindo das aguas turbulentas. – Merda rapaz, não dê ouvidos a ela, preciso de ajuda aqui!! De ajuda!! Senão bateremos naquela pedra e adeus vida!! – Falando com uma voz rouca, o piloto e navegador tinha uma veia saltando ao lado da testa enquanto tentava controlar o leme.

A correnteza era forte e as aguas estavam agitadas. O céu estava azul, mas eles não viam o sol já estando na sombra da montanha. Mais um “BOOOOOM” era escutado, dessa vez vindo de um outro navio da marinha que estava na retaguarda. Por sorte ele também errava.

A pedra se aproximava rapidamente, e do jeito que as coisas estavam indo, parecia que aquele navio com revolucionários estava prestes a afundar.




____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 2. Rei dos Ratos   Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 EmptyQua 19 Dez 2018, 19:02



老鼠之王


Enjoado com o balanço do navio acordava para a realidade com o barulho das explosões e pela diferença de iluminação ao sair do navio. - Mas que merd... - Indagava a mim mesmo olhando a toda aquela confusão, onde diabos estava indo? No mesmo passo que dava em frente para ajudar meus (Companheiros?) dava para trás, como assim me amarrar? O que “DIABOS ESTÁ ACONTECENDO?” Estava enjoado, ta certo, mas por que deveria me amarrar com uma corda? Todos estavam fazendo isso então no máximo tinha uma explicação plausível e não era esse o momento que iria criar uma confusão para descobrir o porquê – Está certo! - Gritava procurando qualquer corda que tivesse aparência firme o bastante para... para que mesmo? Caso fosse jogado fora do navio? Caso fosse puxado? Não importava, achando a corda puxaria para lados contrários no meio de sua extensão para testar sua flexibilidade e qualidade – Vai ter que servir – Primeiramente amarraria a meu corpo, logo acima de minha cintura provavelmente era o melhor local, faria o nó na frente, dois bem fortes. Iria me amarrar ao mastro principal do navio e enquanto dava o ultimo nó entendia o porquê estava fazendo aquilo, mas gostaria de não ter tido aquela ideia flutuando por minha cabeça - Hahaha vocês conseguem fazer piada em meio a essa situação! - Eles estavam brincando certo? “VOCÊS ESTÃO BRINCANDO NÉ?” Mentira, não podia acreditar no que via com meus próprios olhos, nós iriamos subir aquela montanha? - Vocês sabem que isso é um navio e não um zepellin? Né? Né? Né? - Como fui me meter nisso? Tudo que eu queria era saber sobre meu passado e agora estava em direção certeira a minha morte, uma vida breve. - Eu só sou um! - Gritava desesperado ao receber duas pessoas falando ao mesmo tempo sem me dar tempo para pensar, ajudar no canhão ou em nos tirar de rota de colisão com uma pedra. Era uma escolha fácil, entre combater os marinheiros ou impedir uma colisão frontal não restava nenhuma dúvida do que tinha que fazer – Estou indo! - Gritava dirigindo-me ao leme para ajudar a quem parecia ser o navegador daquela embarcação, suspirava forte, sentia um sentimento estranho estava com medo, obviamente aquela era uma situação assustadora porem estava animado, excitado em poder ver aquela monstruosidade da natureza que se focava em me enfrentar de frente, seria aquele apenas uma pequena amostra do que a famosa grand line tinha para me mostrar? Sorria, meu mestre sempre me falou dessa montanha, pouco a pouco ia lembrando-me de suas palavras sinceras falando de toda aquela grandiosidade e o que ela representava para todo navegador que se aventura em direção ao inesperado e naquele exato momento entendia o que suas palavras mais profundas queriam dizer, seu sentimento perante minha despedida apressada mas necessária. - Vou viver essa vida por nos dois! - Gritava ajudando o homem com seu leme, esperava que com ambas forças apontadas para uma mesma direção o navio conseguisse mudar seu curso e seguir sem maiores problemas, mesmo que a pedra nos atingisse e causasse pequenos estragos ainda estaríamos saindo na vantagem. Caso a embarcação realmente fosse atingida iria me segurar em qualquer parte do navio mais solida para evitar ser jogado de qualquer jeito por aí e em casos mais específicos caso n encontrasse nada mais fácil me seguraria na própria corda amarrada a meu corpo, não podia apostar minha vida assim, não tinha morrido naquele tiroteio e não seria por causa de um pouco de água e pedras. Conseguido desviar era hora de contra-atacar, correria o mais rápido que pudesse para ajustar os canhões para acertar os navios que nos perseguiam, não iria ser bombardeado como um gato procura um rato, tinha que demonstrar quem era o verdadeiro predador e quem era a presa.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Citação :
Nome: Xanax Nyx
Posts: 16
Ganhos: • Linhas de Pesca
Perdas:
Berries: • 30.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Noção Exata do Tempo | Presas e Garras | Zooglota | Genialidade | Visão Aguçada
Desvantagens: Aparência Inumana | Código de Conduta | Sinceridade Excessiva
NPCs:
Extra:-x-

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 2. Rei dos Ratos   Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 EmptyQua 19 Dez 2018, 22:21


Apesar de toda confusão, tinha algo simples de se entender. Precisava ajudar o navegador se não quisesse afundar. Com seus esforços em conjunto, os dois conseguiam mover aos poucos o leme, e assim o navio se inclinava levemente para a direita, escapando de se chocar contra a pedra por pouco.

“BOOOM”
Mais um tiro de canhão soava, e ironicamente acertava justamente a pedra da qual haviam desviado. Apesar de não ser o suficiente para destruir aquela rocha, ainda assim vários pedaços voavam para dentro da embarcação. Um deles passava de raspão pelo rosto de Nyx, outro batia no balde de bem, Balde, mas ele apenas balançava a cabeça para se livrar da zonzeira do impacto. Outro pedaço ainda, acertava em cheio o mink coelho.

- BUNNYY!!! - Gritava o navegador ao ver o coelho ser atingido e deslizar pela madeira do convés, ficando imóvel em seguida. Mas por mais que gritasse, sabia que não podia deixar o leme pois logo a sua frente, estava o começo da subida.

Nyx ao ver tudo aquilo corria para um dos canhões visando disparar de volta, e os barulhos dos disparos feitos por todos ressoavam assim como a fumaça da pólvora se levantava.

“BOOOM” “BOOOM” “BOOOM” “BOOOM” “BOOOM” “BOOOM” “BOOOM” “BOOOM”

- ALGUEM PUXE O BUNNY SEUS MALDITOS!! E SE SEGUREM FIRME EM ALGUM LUGAR POIS VAMOS SUBIIIIIIIIIIIIIIRRRR!! – Gritando ainda mais alto, o navegador passava suas ordens assim que o navio começava a entrar naquela cachoeira reversa. O barco esatava começando a se inclinar para cima, e ficava claro que naquele momento, não havia mais volta.

Os paredões da montanha que ladeavam a cachoeira reversa tinham pedras protuberantes que podiam facilmente destroçar o navio se os mastros batessem neles. Rochas também saíam das águas aqui e ali, o que faria com que tivessem que desviar delas. Mas Nyx já tinha visto antes quando o ajudara que o navegador sozinho talvez não tivesse forças para controlar o leme e realizar todos ajustes precisos para que passassem intactos por aquelas águas perigosas.


____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant


Última edição por Wild Ragnar em Ter 25 Dez 2018, 22:34, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 2. Rei dos Ratos   Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 EmptyDom 23 Dez 2018, 21:50



老鼠之王


“Deveriam ter feito isso antes” reclamava após ver que a pedra que na dificuldade tínhamos passado era explodida facilmente, pensar que aquilo tinha sido nosso maior problema a pouco segundos atrás. Subir naquela montanha era certamente uma aventura que não sabia se tinha um fim, quanto mais perto parecia que tudo estava ficando mais sentia o medo de subir em uma montanha usando um barco, uma loucura, respirava forte. Sentia que por pouco não perdia minha cabeça, as vezes pensava em quanto tinha sorte as vezes “Gatos tem realmente sete vidas!” a pedra destruída voava aos pedaços para dentro da embarcação fazendo-me abaixar para escapar de mais possíveis destroços - Balde! - Gritava, balde parecia ter sido acertado exatamente naquele balde, ainda bem que estava usando aquele maldito chapéu estranho - Você está bem? - Preocupava-me, até onde sabia tanto ele como cicatriz ainda estavam sendo comandados por mim e ter um aliado ferido era no mínimo responsabilidade de seu líder. Antes que pudesse relaxar ao menos um pouco alguém não tinha tido tanta sorte, corria, meu ombro ainda doía devido ao tiro do maldito marinheiro, porem tinha que correr ou o mink que nem mesmo conhecia seu nome iria se jogar contra o mar caso continuasse naquela situação, coelhos não eram animais muito marítimos e certamente aquele ali não esperava acordar ensopado de água do mar. Rapidamente com minha mão direita liberava todos os fios de uma só vez que ficavam presos na mesma, era hora de utilizar de sua função principal, agarrar. Em meio a explosões de canhões e pedaços de rocha aquela era minha desesperada ação para socorrer o coelho que parecia desacordado ao chão, se continuasse ali, naquela situação, seria jogado pelos ares como um boneco, eu tinha que fazer alguma coisa. Chegando próximo do mesmo iria lançar meus fios em direção a sua perna direita, esperava que todos os fios ao serem lançados enrolassem na perna e o prendessem de forma com que parassem com seu movimento inconsciente no navio. Iria correr em direção ao coelho, não poderia deixar o mesmo naquelas condições, não era nenhum médico contudo iria analisar seus sinais vitais aparentes e ter uma noção geral de seu estado e caso encontrasse qualquer ferimento que estivesse causando sangramento rasgaria um pedaço de suas próprias roupas e faria um curativo simples apenas para impedir o sangramento – Xi! - Gritava para minha companheira, ela tinha conhecimentos médicos apropriados para cuidar do coelho. Conseguindo sua atenção movimentaria apenas a cabeça para que a mesma me acompanhasse em direção ao interior do navio, o mink não poderia ficar ao ar livre sendo bombardeado pela marinha. Abaixando-me iria tentar ao mesmo tempo que me equilibrar no navio puxar para mim o mink, colocaria seu braço esquerdo sobre meu ombro esquerdo e com meu braço direito o puxaria por baixo contra meu corpo, com meu próprio braço ferido devido ao ferimento de bala era tudo que podia fazer no momento. Com a maior velocidade que conseguisse iria em direção a cama onde estava deitado até pouco tempo, seria o melhor local para o deixar enquanto estivéssemos naquela loucura desenfreada. Aos poucos começava a sentir o local do ferimento a bala arder, aquilo era um mal sinal, mesmo que o mink estivesse apenas apoiado o esforço que me obrigava a ter era suficiente para sentir que não estava ajudando a mim mesmo então tinha que ser rápido ou seria eu que precisaria de ajuda. Conseguindo deitar o mesmo na cama deixaria o mesmo aos cuidados da atiradora – Vou voltar para o convés, quando estiver tudo bem com ele amarre-o com qualquer coisa para que não saia batendo nas paredes. Faça isso com você também, parece que vamos subir! - Com uma última mensagem e um sorriso largo no rosto iria sair correndo animado, não era a primeira vez e desejava que não fosse a última com todas as minhas forças que passava por um acontecimento tão incrível que era subir aquela montanha, entretanto tinha que de qualquer jeito ajudar no máximo de coisas que podia, martirizava-me por não poder ficar junto ao coelho, porem era hora de manter a calma e ser objetivo no que faria a partir dali, contra-atacar? A verdade era que minha mira com os canhões deveria ser tão boa quanto a minha habilidade de cozinhar, nula, então o que restava para mim fazer? Apenas esperar por boas notícias? Iria me agarrar ao mastro, estávamos prestes a subir na montanha e ficar parado igual a um poste com certeza não era a mais sabia das decisões.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Citação :
Nome: Xanax Nyx
Posts: 17
Ganhos: • Linhas de Pesca
Perdas:
Berries: • 30.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Noção Exata do Tempo | Presas e Garras | Zooglota | Genialidade | Visão Aguçada
Desvantagens: Aparência Inumana | Código de Conduta | Sinceridade Excessiva
NPCs:
Extra:-x-

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 2. Rei dos Ratos   Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 EmptySeg 24 Dez 2018, 00:46

Ao perceber que o revolucionário Balde havia sido atingido no balde que usava como chapéu, Nyx questionava se ele estava bem. A resposta que recebia era um sorriso relaxado. – Tudo tranquilo bro, não foi nada. Suave.

Obviamente o homem estava bem, mas o mesmo não era verdade com Bunny, e ao perceber que o coelho desconhecido havia sido atingido, Nyx não perdia tempo e ia ao seu encontro lançando um de seus fios visando prender a perna do Mink desacordado e puxa-lo para si. Ao se aproximar dele, era possível ver que na região do torso havia uma grande mancha de sangue pintando os pelos brancos do revolucionário, mas ele não parecia estar sangrando muito e ainda respirava, apenas estando inconsciente.

Chamando por sua companheira, Xi, ele não obtinha respostas, apesar de toda movimentação a mulher ainda estava apagada no interior do navio devido seus ferimentos graves, exatamente como estivera desde que Nyx acordara. Sem muitas saídas, ele carregava o Coelho para o interior do navio e o colocava na cama onde despertara anteriormente. Apesar de tentar falar com Xi mais uma vez, ela continuava inconsciente.

Sem muitas ideias, ele voltava para o convés e se segurava ao mastro com todas suas forças. A subida havia começado. O timoneiro se esforçava para desviar das várias rochas, e era o homem careca com o torso desnudo que ia ajuda-lo ao perceber que o navegador estava tendo dificuldades de controlar o timão.

O vento feroz batia em todos, e os salpicos d’agua mais pareciam pedradas tamanha a intensidade que castigavam os tripulantes. Atrás, um dos navios da marinha que os perseguiam já havia sido destruído por aquela subida feroz, enquanto o segundo estava mais atrás sem ter tempo para se preocupar em atirar contra os revolucionários mais à frente.

Cada vez mais alto. Naquele momento, todos estavam tão alto quanto já estiveram antes em suas vidas. Mesmo se houvessem andado de Zeppelin entre os Blues, a altitude não se comparava àquela onde estavam. Qualquer um que caísse daquela altura estaria fadado a morte. Já era possível ver o fim daquela subida, e parecia um milagre que eles tivessem co seguido chegar intactos até ali.

E era então que algo dava errado.

Do paredão da esquerda, uma rocha protuberante saía em forma de arco, e outra idêntica saía do lado direito. Apenas um espaço estreito existia entre as duas impedindo que formassem uma ponte natural. Era por ali que o barco precisava passar. No entanto, apesar dos esforços do timoneiro e do revolucionário careca chamado Sagat, a embarcação batia na pedra da esquerda, ou melhor dizendo, o topo do mastro batia nela.

“PAAAHKKK” Soava quando os dois se chocavam, com a parte superior do mastro se quebrando imediatamente. Por sorte as velas haviam sido baixadas para não atrapalhar a subida na montanha, mas infelizmente algumas cordas ligavam aquela área quebrada ao resto do navio. Caindo em direção às águas, o incidente não era suficiente para parar o navio de seguir em frente, e não havia uma chuva de rochas pois essa não se quebrara, apenas de pequenos pedaços de madeira.

- DROOOOGAAAA!!! PRECISAMOS CORTAR AS CORDAS OU O NAVIO VAI VIRAR!! – Gritava o timoneiro ao ver o pedaço do mastro caindo na águas e as cordas que ainda ligavam o navio a ele retesando.

De fato a embarcação se inclinava de repente para a direita, lado onde o destroço havia caído na água. A subida estava prestes a acabar, e o barco seria lançado para o topo pelo impulso, se não se livrassem daquele problema, o navio provavelmente viraria naquele momento e todos morreriam com a descida que viria a seguir.
 

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 2. Rei dos Ratos   Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 EmptySeg 24 Dez 2018, 15:58



老鼠之王


Conseguia deitar o mink ferido em situação confortável, ou próximo disso, era o melhor que conseguia fazer no momento. Quanto mais subia aquela montanha percebia que estava cada vez mais difícil de respirar, meu corpo instintivamente aumentava a frequência respiratória por si só “Efeitos da altitude” sorria pensando na loucura que estava fazendo naquele momento. Nunca tinha escalado nem uma arvore em minha vida e agora estava subindo provavelmente a maior montanha do mundo, pelo menos de meu próprio mundo. A água do mar que era cortada pelo navio como uma navalha partia-o em dois com velocidade liberando uma força inacreditável que mais parecida algo solido e não liquido, tinha passado a maior parte de minha vida, a que lembrava claro, em contato com o mar e nem em meus mais exóticos sonhos poderia pensar em algo assim, o mundo era muito maior lá fora do que em minha pequena ilha e só agora conseguia compreender ao menos um pouco sua extensão. - Eles não tiveram tanta sorte! - Gritava, exibindo um grande sorriso no rosto que ia de orelha a orelha para todos ouvirem após perceber que o navio da marinha que nos perseguia acabava por bater nas pedras e se perder entre as águas do mar que subiam, uma situação trágica mas nada se podia fazer, eles escolheram defender o lado errado nesta batalha. Ainda com um sorriso no rosto não sabia o que tinha acontecido, tudo parecia girar e girar em um loop infinito. Minha cabeça parecia que iria explodir a qualquer instante, a última coisa que me lembrava era de uma súbita parada e do nada estava aqui, jogado ao chão. Levantava-me rapidamente e imediatamente entendia o que estava acontecendo “O Mastro” Cuspia no convés, o gosto de sangue na boca, meu próprio sangue, estava me deixando inquieto, como eu acabava sempre levando esses golpes do destino? Parecia que toda vez que conseguia uma conquista algum Deus maluco me dava uma rasteira para compensar, dessa vez era quase coincidência demais. - Alguém tem uma faca? Espada? Qualquer coisa que cortante para que eu possa cortar essas malditas cordas. Não temos muito tempo vocês ouviram o timoneiro ou agimos agora ou iremos todos parar no fundo do mar igual os marinheiros que acabamos de despistar, não vamos ter o mesmo destino que eles! - Precisava de algo cortante ou não conseguiria fazer isso rápido, minhas garras e presas eram fortes, mas as cordas que conduziam um navio eram quase como feitas de aço, mesmo sendo linhas uma grande quantidade era grossa o suficiente para que minhas garras não fizessem grande estrago. Analisava a corda que me segurava ainda dentro do navio ligando o mastro a meu corpo, por sorte apenas a parte de cima do mastro fora jogada, puxava a corda contra meu corpo para testar se com o impacto o nó ainda estava firme. Confirmando que estava tudo certo esperava que alguém me entregasse qualquer material cortante ou indicasse o local onde poderia encontrar um, caso ninguém tivesse iria correr para dentro do navio e procuraria por uma cozinha ou dispensa, eram os dois principais pontos onde uma faca era de fácil acesso, por onde andasse procuraria por espadas ou qualquer que fosse o armamento que me auxiliasse. Conseguindo o que desejava estava na hora de tentar cortar aquelas cordas, iria me aproximar o mais perto que conseguisse das cordas sem abandonar minha estabilidade, ser jogado no mar daquela altura era o maior dos possíveis problemas. Dependendo do tamanho do que conseguia para cortar as cordas teria uma estratégia diferente, uma faca era mais facilmente dar um forte golpe e pouco a pouco ir rasgando a corda até que tivesse cortado a mesma, era um pouco mais demorado, contudo uma faca não era feita para cortar aquele tipo de material, caso achasse algo do tamanho aproximado de uma espada iria tentar aplicar um golpe firme, não sabia como manejar uma espada e muito menos aplicar força na mesma, porem o que conseguia pensar era o básico de qualquer arte marcial “Postura, você consegue fazer isso!” iria ficar o mais firme que conseguisse naquele navio que pouco a pouco entortava e com um único golpe iria de cima a baixo soltando toda minha força de uma vez para cortar a primeira corda. Não conseguindo cortar de uma vez iria continuar fazendo o mesmo movimento até que de uma a uma fosse cortando todas as cordas liberando o navio das garras de seu próprio mastro. - Cicatriz! - Gritava, não sabia o quanto aquilo iria demorar então quanto mais ajuda tivesse melhor – Me ajude com essas cordas ou todos iremos morrer! Pegue qualquer coisa que conseguir e corte essas malditas cordas. Se só tiver a merda de suas pistolas atire contra elas até que se despedacem ou nós é que iremos despedaçar. - Tinha que ser firme em minhas palavras, não estava lidando com apenas um número de marinheiros como sempre, estava lidando com a mãe natureza e ela era cruel como ninguém.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Citação :
Nome: Xanax Nyx
Posts: 18
Ganhos: • Linhas de Pesca
Perdas:
Berries: • 30.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Noção Exata do Tempo | Presas e Garras | Zooglota | Genialidade | Visão Aguçada
Desvantagens: Aparência Inumana | Código de Conduta | Sinceridade Excessiva
NPCs:
Extra:-x-

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 2. Rei dos Ratos   Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 EmptyTer 25 Dez 2018, 22:32

- Aqui bro. – Respondia Balde ao pedido de Nyx, lhe jogando uma machadinha com naturalidade. O homem não aparentava nervosismo ou pressa, de fato um leve sorriso relaxado ainda estava estampado em seu rosto mesmo naquela situação. Ele próprio pegava outra machadinha e saltava em direção a uma das cordas retesadas que ameaçava a segurança do barco, e se agarrando a ela começava a aplicar machadadas. Nyx também não perdia tempo e se aproximando com cuidado de outra das cordas, começava a aplicar golpes de cima para baixo assim como seu companheiro revolucionário estava fazendo.

Vendo que era difícil cortar de uma vez só e aquilo poderia levar mais tempo que o ideal, Xanax gritava por Cicatriz que até então não havia se movido.

– Eu não tenho uma espada porra! – Respondia ela rudemente, mas o “líder” daquele time não aceitava a resposta e mandava a mulher atirar nas cordas se fosse o caso. O importante era mexer o traseiro e ajuda-los a escapar daquela situação difícil.

Assim, os três conseguiam cortar a primeira, a segunda, a terceira (através de tiros) e finalmente a quarta e quinta. Imediatamente o barco que estava quase virando se endireitava sobre as águas, mas era um movimento brusco que tirava o equilíbrio de todos, e bem nesse momento... o barco atingia o topo daquela subida vertiginosa.

Por alguns segundos ele era lançado para o ar, e todos os tripulantes literalmente perdiam o chão, ficando suspensos no ar e tendo a sensação de que não pesavam nada, de que a gravidade não se aplicava a eles. Claro que isso não era verdade, e no momento seguinte o barco caía na água novamente e todos se chocavam contra a madeira da qual o piso do convés era feito.

- IHHHHHHHRÁÁÁÁÁÁ!!! – Gritava Cicatriz quando todos eram lançados para o alto. Balde apenas fechava os olhos e segurava o balde em sua cabeça com uma das mãos, mantendo o sorrisinho no rosto, obviamente curtindo a sensação. Mas com a volta ao chão, ambos faziam uma leve careta de dor e começavam a rir em seguida. Haviam conseguido. Estavam vivos. Acima deles o céu era azul, ao redor podiam ver água e mais à frente uma mar de nuvens para onde a água estava seguindo, parecendo penetra-lo.

- PAREM DE RIR QUE NEM UNS RETARDADOS E SE SEGUREM EM ALGO NOVAMENTE! SE ESQUECERAM QUE AINDA TEM A DESCIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII... – Gritava o timoneiro, sem conseguir completar a frase no entanto. Como se estivessem em uma montanha russa, o barco de repente se inclinava para baixo e acelerava, sendo levado mais rápido até mesmo do que a subida. Bem mais rápido.

- KYAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHH!!! – Gritava Cicatriz desesperadamente enquanto se segurava a borda do navio. Balde usava uma mão e ambos os pés para se segurar em torno de um pedaço de madeira, mas a mão esquerda segurava o balde impedindo que este voasse.

A descida havia começado, e dessa vez a dificuldade não era desviar das pedras, mas sim manter o curso firme e impedir que o barco se chocasse com os paredões nas laterais. Por mais que soe simples, a força daquela correnteza e daquela queda transformavam tal tarefa em uma que apenas devido a ajuda de Sagat, parecia estar sendo cumprida.

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 2. Rei dos Ratos   Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 EmptyQua 26 Dez 2018, 22:11



老鼠之王


Com esforço as cordas eram feitas em pedaços e logo estávamos novamente seguindo a correnteza – Foi por pouco mas conseguimos seus desgraçados! - Gritava para todos deitando-me ao chão tentando descansar um pouco depois de toda aquela algazarra que acabava de acontecer, afinal a partir dali o caminho provavelmente seria mais calmo e sem maiores problemas... - Mas que meeeeer... - Como um balão alcançando voo era jogado para os céus, o que estava na cabeça? Era obvio que se estávamos subindo uma hora iriamos ter que descer, claro, só não esperava que fosse de uma vez, com força sacudia amarrado no alto ainda sem um chão para pisar. Com ambos os braços segurava a corda que me prendia junto ao mastro, não seria jogado para fora daquele navio, não depois de tudo que tinha passado para chegar aqui. Voltava ao chão com a mesma força que era jogado para cima, batia forte minhas costas contra o convés que me fazia abrir a boca de dor, já estava ferido e quanto mais apanhava mais sentia que pouco a pouco morria por dentro. - Quem está pilotando esse pedaço de madeira flutuante? - Levantava-me apoiando sobre o joelho esquerdo com a mão direita pousada sobre minhas costas, com certeza aquela pancada me deixaria todo dolorido mais tarde, apesar de ter pelos não era a melhor defesa contra pancadas. - Todos estão bem? Não quero ver ninguém reclamando enquanto essa situação de merd* não tiver acabado, voltem para suas posições pois eremos descer rápido e não acho que vai ser mais gracioso do que nossa subida. - Corria em direção ao leme, tinha que continuar a ajudar o maldito que quanto mais tempo passava ali desconfiava de sua habilidade de conduzir aquele barco, arriscaria dizer que era sua primeira vez naquela função. Com meus fios iria os utilizar para me manter no máximo de equilíbrio que conseguisse, os fixaria em qualquer lugar próximo do leme que não fosse móvel ou fraco demais para aguentar com meu peso, com o restante de meu corpo iria empurrar para a direção que o condutor estivesse empurrando e seguiria o acompanhando seguindo instruções, ele talvez não fosse o melhor dos condutores, porém não estava em vantagem nenhuma para argumentar com o mesmo, só tinha uma alternativa confiar em sua condução para sair vivo daquela montanha. - Sei que esse não é o melhor momento, mas como exatamente você está pensando em parar esse navio? Posso ter pouca ou qualquer experiencia como piloto, mas sei que navios não tem freios e o mar não é lá um caminho de terra firme... - Tinha que entender como tudo iria ocorrer a partir daquele instante, até agora só tinha recebido as pancadas e de nada tinha aprendido sobre como o geral estava para ocorrer, ignorância é uma benção, contudo também é uma maldição, não estava ali apenas para apanhar de um navio e sim ajuda-lo a seguir a seu ponto de destino com velocidade. O barulho do mar enchia meus ouvidos de incertezas, de medos e principalmente de esperanças, não sabia o que iria encontrar ao descer daquela montanha e como iria conduzir minha vida a partir disso, afinal para onde estava indo? Jiya até pouco tempo atrás era minha principal bussola, agora ela não se fazia presente em toda essa jornada, Kyriel, lembranças de Las Camp surgiam em minha mente enquanto sentia o vento forte ser cortado por meu rosto, aquele monstro da marinha tinha feito uma promessa de nos encontrarmos na Grand Line, será que isso se tornaria verdade? Tinha sentimentos mistos referentes a isso, não sabia como me sentir quanto a essa pessoa, sim, gostaria de encontrar o mesmo novamente, nossa batalha resultou em uma grande evolução de minha pessoa, porém, após sentir como é ser derrotado por suas mãos me deixava com um pouco de medo. Não sabia o que esperar daquela aventura e talvez aquilo fosse a principal coisa que a grand line poderia oferecer, um local onde não se pode esperar por nada e aguardar por tudo, era para esse tipo de lugar que estava indo e não tinha qualquer receio, irei encontrar meu passado e enquanto isso vou melhorar essa carcaça, irei evoluir minha raça, tanto fisicamente como mentalmente.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Citação :
Nome: Xanax Nyx
Posts: 19
Ganhos: • Linhas de Pesca
Perdas:
Berries: • 30.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Noção Exata do Tempo | Presas e Garras | Zooglota | Genialidade | Visão Aguçada
Desvantagens: Aparência Inumana | Código de Conduta | Sinceridade Excessiva
NPCs:
Extra:-x-

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 2. Rei dos Ratos   Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 EmptyQui 27 Dez 2018, 17:26

– FrEAr?? QuEm DISse AlgO sOObRE FreAr rApAz?? – Respondia o navegador com uma voz irregular devido a descida brusca e o vento que cortava seus gritos. Só o fato de ter conseguido ouvir Nyx naquela situação já era algo digno de nota.

Cada um se agarrava como podia, ajudava como podia e rezava como podia. Aquela descida mais parecia com uma cascata com vários níveis, e cada vez que o navio pousava em um, os revolucionários tinham a impressão que a embarcação iria quebrar tamanho o impacto. Arcos que saíam dos paredões também existiam ali, mas eram bem mais altos que o navio e não apresentavam perigo. Na verdade, eles mais pareciam feitos pelo homem do que pela natureza, mas pensar que alguém havia sido capaz de fazer algo do tipo ali era simplesmente loucura.

E era de tal forma que aquele grupo seguia, sofrendo impacto após impacto à medida que passavam pelos desníveis que pouco faziam para reduzir a velocidade com que avançavam, sentindo o beijo da morte tão próxima aos seus rostos quanto jamais estivera. A sensação de que era impossível sobreviver aquela insanidade que estavam fazendo era tão grande, que a maioria nem ao mesmo percebeu quando tudo já tinha acabado. Quando a descida acabara e o marco apenas continuava a se mover devido a corrente, mas o que se abria a sua frente era um enorme oceano.

E um gigantesco farol.

Certamente aquela construção seria muito mais impressionante se estivesse localizada em outro local, e não logo em frente a saída da Reverse Mountain. Perto da segunda, o esplendor do farol se perdia. Após alguns segundos, o timoneiro era o primeiro a se recuperar. – conseguimos... - sussurrava ele primeiro cheio de descrença. – CONSEGUIMOS!!! HAHAHAHAHA!! -  Gritando em seguida cheio de felicidade.

Como se despertados por suas palavras, os outros arregalavam os olhos e erguiam os braços também comemorando – AAAAAYYYEEEEEE!!!

Olhando para o farol o homem barbudo sorria. – Esse farol é regido por Kratus, um homem muito perigoso, mas um ótimo medico também. É com ele que conseguimos os log poses que podem nos guiar para outra ilha. Mas isso não interessa a vocês. Como já sabem – Dando uma pausa e olhando para Nyx ele interrompia sua própria linha de raciocínio – Você não, ainda estava inconsciente, então ouça com atenção. Como a maioria sabe, quando escapávamos de Ilusia recebemos notícias que todos revolucionários nas proximidades do farol deveriam prestar suporte à Major Alyssa em uma batalha corrente no porto daquela construção. Eu tenho minhas próprias ordens e não poderei acompanha-los, e uma vez que se encontrem com ela estarão sob seu comando. Felizmente graças à correnteza, em poucos minutos iremos parar lá mesmo sem a vela principal.

E ocorria exatamente como ele dizia, poucos minutos depois a escuna parava e atracava no porto, onde muitos outros navios podiam ser encontrados, e muitas pessoas de todos os tipos podiam ser vistas. Muitas estavam malvestidas e malnutridas, outros mais pareciam estar chegando ou prestes a partir. Era uma região movimentada, mas tirando alguns sons de tiro à distância, o grupo não conseguia avistar a batalha do qual o navegador informara.

- É isso, aqui dizemos nosso adeus. Que possamos nos encontrar novamente. – Dizia o barbudo se despedindo (botando pra fora) dos outros. Olhando para trás, ele via destroços no mar, mas nenhum sinal de navio da marinha. Aparentemente ambos que os perseguiam haviam sido destruídos naquela passagem perigosa.



____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 2. Rei dos Ratos   Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 EmptyQui 27 Dez 2018, 22:31



老鼠之王


O barulho que fazia a água ao entrar em contato com o navio todas as vezes dava-me calafrios, era uma correnteza forte, mais do que gostaria de estar enfrentando. Como dizia meu mestre “Subir é fácil, quero ver descer” Nunca imaginei que tal frase fosse ser tão presente em minha vida como estava acontecendo neste exato momento. Respirava forte, o sorriso em meu rosto característico demonstrava minha felicidade, estava descendo, mas como diabos iria parar? A resposta do homem não era nada esclarecedora ou reconfortante, só podia pensar que iriamos no chocar contra a água em alta velocidade e ver no que ia dar. Se eu pulasse antes do navio atingir o mar iria me salvar de um impacto mais forte? E se eu entrasse na cabine? “Aaaaaaaaaa tantas opções” e não sabia qual iria escolher. Antes que pudesse perceber tínhamos descido, olhava para os lados aterrorizado, como diabos não estávamos todos em pedaços? Com a mão direita tocava meu corpo para ter certeza não só visual, mas palpável de que estava bem. Meu coração parecia que iria sair pela boca a qualquer segundo de tão acelerado que estava. Inspirava pelo nariz e respirava pela boca, tinha que manter a calma, o perigo tinha passado e não parecia que ninguém ali tinha tido qualquer problema “Tirando o coelho, claro” Calmamente andava pelo convés do navio, depois de tudo aquilo era hora de verificar com mais calma nossa situação. O navio, seu maior problema, ou o que era mais aparente, era o mastro quebrado, como diabos iriamos arrumar outro mastro no meio do mar – Todos estão bem? Agora que essa loucura acabou poderiam me dizer como diabos eu vim parar aqui? - Última coisa que me lembrava era de estar sendo cercado pela marinha e tinha acordado naquele navio novamente fugindo da marinha, tudo nesse meio tempo se tornava um incrível e gigantesco branco em minha cabeça “Como se meu passado já não fosse nebuloso o bastante... - Prestando mais atenção ao redor conseguia ver um gigantesco – Farol? - Falaria para quem estivesse mais próximo de mim. Porque diabos tinha um farol no meio do nada? Que tipo de... Antes que pudesse completar minha frase me era apresentado toda a história daquele local, pelo jeito a pirataria era algo bem forte visto que existia alguém ali próprio para designar “Logs?” Não sabia o que era isso, mas tinha algo haver com a pirataria, isso tinha certeza. O máximo que sabia de tudo aquilo era o que meu mestre me contava e na realidade sempre achei eles, os piratas, muito sem futuro ou objetivo certo, apenas um bando de baderneiros que não sabiam o que queriam da vida. Entendia o porquê estava ali, uma nova missão ou algo próximo disso, ajudar um superior, nada mais clássico do que isso. Sorria, saía daquela vida de aventuras onde meu inimigo era a própria mãe natureza e voltava para minha realidade convencional, nosso time contra o deles, gostava daquilo. Esperava pela movimentação do navio, assim como dizia o homem éramos levados pela correnteza até o porto, contudo antes de sairmos do barco era hora de acordar meus companheiros e subordinados, esses que não sabia até que ponto iriam me acompanhar, afinal estávamos indo em direção a um superior e nada mais justo do que o mesmo comandar todos nós ao mesmo tempo. Iria acordar Xi, estava na hora de acordar não iria tolerar mais esse sono infinito. Conseguindo acordar a mesma iria me reunir junto do balde e cicatriz – Bem temos nosso objetivo, encontrar com o superior. Provavelmente receberemos novas ordens quando chegarmos lá então arrumem suas coisas e não esqueça nada nesse navio pois tenho a impressão que não voltaremos. - Terminando de falar suspirava, tinha que manter minha liderança até o momento em que me encontrasse com tal pessoa, ainda era o líder e tinha que manter minha liderança sem falhas. - Saindo do navio prestem atenção, não temos qualquer informação do que está acontecendo nesse maldito farol e não quero ninguém sendo pego de surpresa. Algo me diz problemas com a marinha ou o governo, nossos inimigos conhecidos, porem se preparem para tudo. - Terminando de falar iria sair do navio, olhava para todos os lados procurando suspeitos e não conseguindo encontrar ninguém seguiria na frente, aquele era um pequeno gigante passo que dava em direção a meu futuro.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Citação :
Nome: Xanax Nyx
Posts: 20
Ganhos: • Linhas de Pesca
Perdas:
Berries: • 30.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Noção Exata do Tempo | Presas e Garras | Zooglota | Genialidade | Visão Aguçada
Desvantagens: Aparência Inumana | Código de Conduta | Sinceridade Excessiva
NPCs:
Extra:-x-

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 2. Rei dos Ratos   Cap 2. Rei dos Ratos - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Cap 2. Rei dos Ratos
Voltar ao Topo 
Página 4 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Ilusia Kingdom-
Ir para: