One Piece RPG
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Bellamy Navarro
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:27

» Mini Aventura - Agyo Shitenno
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:05

» (Mini) Gyatho
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:02

» (MEP) Gyatho
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:55

» [MINI-Tenzin]Here we go again
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:53

» [M.E.P]Tenzin
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:43

» Mini - DanJo
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:42

» [Extra] — Elicia's Diary
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 00:27

» M.E.P DanJo
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:27

» Mini Aventura - No Mercy
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:20

» [Mini-Rosinante-san] O homem que quer ser livre
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:15

» Retornando para a aventura
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:13

» Começo
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:12

» Bizarre Adventure: Smooth Criminal
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 21:38

» Aaron DeWitt
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 20:55

» Apenas UMA Aventura
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor Mirutsu Ontem à(s) 19:08

» [M.E.P] Ichizu
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor Ichizu Ontem à(s) 13:38

» [MINI-Ichizu] O Aprendiz de ferreiro
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor Ichizu Ontem à(s) 13:37

» Cap I: Veneno de dois Gume
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor Noelle Ontem à(s) 13:02

» mini-aventura
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Emptypor guatemaia Ontem à(s) 09:55



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas!

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 5ª Rota - Pindorama

Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Empty
MensagemAssunto: Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas!   Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! EmptySab 28 Jul 2018, 14:56

Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) marinheiro Spark Runner. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noah
Civil
Civil
Noah

Créditos : Zero
Warn : Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! 9010
Masculino Data de inscrição : 12/04/2014
Localização : no seu coração s2 <=****

Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Empty
MensagemAssunto: Re: Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas!   Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! EmptySeg 30 Jul 2018, 16:55




SURGE O VENTO RUBRO!


*Um bom tempo havia se passado desde que as missões haviam terminado as piores da minha vida. Em meu coração, o rancor pelo sargento Thor ficava cada vez maior, conforme o tempo passava. Eu me levantaria vagarosamente de onde estaria, então eu caminharia para o arsenal do Qg como  se estivesse em minha casa o que de fato era verdade, desde que meus pais me largaram por motivos que somente eu conheço e Atlas. Homem que havia me criado e se tornado meu amigo, Havia me deixado. Enquanto caminhava a raiva vivia em mim como gazes estomacais, difícil de ignorar e louco para botar para fora.

“Veja Thor o que você fez comigo, e sem pensar duas vezes mandou inocentes praticamente para a morte certa, você e todos do alto comando da marinha precisam valorizar suas decisões”.

*Minha mão agora reposava sobre meu peito, lagrimas, queria poder joga-las para fora mais a raiva era maior e as impedia. Ao chegar ao arsenal eu trocaria minha pistola por 2x Pistolas novas (seis disparos), junto um cinto com coldres para ambas, e bolsa de munição. Então minha fúria velocista teria inicio naquele dia, e só uma coisa estava em minha mente, “Thor deve pagar...”.

***

*Eu havia decidido largar a marinha, não iria ariscar minha vida em nome de outras pessoas e outros desejos, e somente por minhas decisões e meus desejos. Eu não poderia deixar os piratas à solta, precisaria controla-los com pulso firme. Entretanto há piratas bons como atlas que cuidaram de mim. Eu então caso troca-se meu armamento me dirigiria até o pátio do QG, encostaria-se a um dos muros.

“Não, liberdade, esta que minha mãe nunca teve por cozinhar bem, quase não a via em casa por causa daquele nobre maldito para quem trabalhava e explorava. Meu pai um escravo do governo, ainda hoje ainda lembro-me do triste olhar do meu pai, que por obrigação teve que tomar os impostos de quem amava e nos deixar por longos dias. Isso vai mudar!”

***

“eu já decidi, me tornar alguém acima do governo e acima dos piratas, como um rei... certamente a piratas como Altas por ai e eu quero ajuda-los, me tornarei seu rei... O REI DOS PIRATAS! Mais primeiro Thor deve pagar.”

*Eu então após meus pensamentos sairia pela porta da frente do qg, minha desculpa era muito clara, a aquele que pergunta-se qualquer coisa.

-Ainda não me recuperei totalmente, tanto física como mentalmente, mais não posso ficar parado, estou indo procurar um emprego de meio período..., mais acho que vou molhar a garganta em alguma taverna -.

*Assim eu explicaria com a voz mais apática do mundo, de forma a gerar pena ou zelo, meu tom seria vagaroso e suave como de uma velinha em recuperação. Escolheria inteligentemente minhas palavras com toda a lábia que recebi todos estes anos, na rua. Então me dirigiria ao local que por viver desde pequeno e shells eu conhecia bem. Grand drinqs.



Spoiler:
 

Objetivos:
Spoiler:
 

Spoiler:
 

____________________________________________________

   

   
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

(ficha no banner)


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Última edição por Noah em Qua 01 Ago 2018, 14:30, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ZnorLAX
Narrador
Narrador
ZnorLAX

Créditos : 4
Warn : Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 20
Localização : Farol - Grand Line

Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Empty
MensagemAssunto: Re: Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas!   Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! EmptyTer 31 Jul 2018, 13:31


Capítulo 01: A Saída

Tomado por total decepção com seu líder, o marinheiro Spark, repleto de sentimentos negativos, decide tomar rumo ao lado externo.  Antes de ir à região central de Shells Town, o ruivo caminhou até o depósito de armas, onde tentou buscar o que almejava. Ainda com pensamentos conflituosos em vestir a farda da marinha e se tornar o REI DOS PIRATAS, sim, não era apenas um simples pirata e sim o REI de TODOS os piratas, o rubro chegou ao balcão de entrega de armamentos. Como sempre estava lá Joshua. O rapaz era preguiçoso, como todo trabalhador de balcão. Mesmo tendo passado pela mesma prova e realmente ter habilidades físicas de um Marinheiro, o rapaz havia feito esse alistamento para conseguir dinheiro necessário para ir para a Grand Line e seguir uma vida mais animada do que ficar no balcão de um QG no interior dos blues.

— Armas? Entendi, só um minuto — falou o atendente.

Pegando um formulário e preenchendo, o rapaz pegava também as credenciais e descobria que a sua frente estava o oficial Spark Runner, recém-admitido na Marinha. Olhando sua agenda de avisos, o rapaz responsável pelo balcão lia algumas coisas e terminava de preencher. Entregando o papel para que o rubro assinasse, o mesmo lhe deu um aviso que foi deixado ali, pelo sargento responsável pelo QG na ausência de Hamaku Thor.

— Oficial Runner, o Sargento Oswald deixou um recado para você: “Seu salário foi depositado em sua conta no Banco Mundial. Quando necessitar, pode efetuar a retirada do mesmo lá. Bom trabalho Oficial Runner!”. E bem, é isso, devido as recentes políticas de armamento, eu terei que liberar apenas um revólver com tambor (6 disparos) e sua munição. Tenha um bom dia! — terminou.

Uma vez entregue o armamento ao jovem ruivo, o mesmo seguiu até o lado externo. Passando por todos que estavam ali no Quartel General, o rapaz seguiu até a recepção, onde foi questionado pelo amigável recepcionista, o senhor Alfredo. O homem já experiente já trabalhava há anos na organização governamental. Devido as suas condições, havia sido realocado para a recepção, porém, ele nunca possuiu exímias habilidades, apenas era prestativo o bastante para se manter lá.

— Olá Oficial Runner! Deseja algo? Posso pedir a cidade caso seja mais conveniente. O que acha? Está melhor para ir assim? — questionou o senhor.

— Ainda não me recuperei totalmente, tanto física como mentalmente, mais não posso ficar parado, estou indo procurar um emprego de meio período, mas acho que vou molhar a garganta em alguma taverna! — respondeu o rubro marinheiro.

— Entendo. Então boa sorte para você! Se quer uma dica, a taverna do Al é a melhor! — falou o senhor, voltando ao seu balcão.

O quartel general da Marinha ficava no centro da ilha de verão. A cidade das conchas não era uma ilha tão grande, então os locais eram um tanto perto uns dos outros. Mesmo com a dica de Alfredo, o ruivo tomou destino até a taverna mais famosa da ilha, a Grand Drinqs. O caminho do rapaz não era muito longo. Indo a sudoeste da ilha, o rapaz caminharia sem muitos problemas e chegaria no destino com facilidade. No decorrer do percurso, o rapaz poderia observar crianças brincando, além de donas de casa em seus afazeres diários. Uma ronda de três marinheiros passava próximo ao rapaz, que apenas seguia seu caminho. Ao chegar a frente da Grand Drinqs, o ruivo poderia ver alguns homens totalmente alterados, saindo cambaleando do local, nada como uma taverna. No interior, estava Grand Belle. A garota, sobrinha do Grand Tom tomava conta do local enquanto seu tio não estava. Sempre gentil e amigável, a garota era totalmente diferente do seu ranzinza tio. Porém, ela possuía um segredo que, até o mais corajoso dos homens não iria querer descobrir.

— Olá marinheiro! — deu as boas vindas a garota — Deseja algo? — questionou ela, sorrindo enquanto limpava umas canecas.

No local, haviam três amontoados de pessoas distintos, usufruindo dos prazeres da bebida. O primeiro grupo eram de homens fortes que não pararam de olhar o garoto com o uniforme da marinha desde que ele entrou lá. Bebendo seu gim, o grupo tinha sua atenção tomada pelo peso que aquela farda tinha para quem a vestia. Com a atenção tomada, porém, diferente dos robustos homens de antes, estava um grupo formado por pessoas aparentemente normais. Eram três homens e uma mulher, que comia bastante, ao mesmo tempo que bebia como um animal. Os homens, desconcertados, tentavam fazer a mulher parar, porém era falha a tentativa. E por fim, sem dar a mínima para Spark, havia um homem no canto do local, sozinho, tomando o que parecia ser chá, pelo saquinho dentro do copo. Ele lia o jornal enquanto seu chapéu cobria seu olhar.

— MAIS COMIDA! — bradou a garota — ESTOU MORTA DE FOME, MESMO ESTANDO VIVA! HAHAAHHAAH!

Histórico do Noah:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noah
Civil
Civil
Noah

Créditos : Zero
Warn : Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! 9010
Masculino Data de inscrição : 12/04/2014
Localização : no seu coração s2 <=****

Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Empty
MensagemAssunto: Re: Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas!   Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! EmptyQua 01 Ago 2018, 18:53




QUE A PIRATARIA COMEÇE!!!


*Finalmente, Eu não estava mais dentro da marinha... Ops! Dentro do Qg de shells, a casa maldita que me trousse tantos problemas a minha mente e ao meu corpo. Sai sem remorsos e resmungos. Infelizmente dentro da amaldiçoada estrutura do governo existia alguns bons homens, todos cegos ou abrindo boca por um salário maior. Eu queria abrir seus olhos mais não queria interferir em suas vidas, deixei tudo nas mãos do destino. Menos o homem que cuida do armamento ele e muito lento, daquele jeito nunca vai avançar na vida, nem mesmo olhei em sua cara.

*Fui informado do meu salário e de um bom lugar para molhar a garganta, e assim fui como um raio tranquilizante, eu parecia andar calmamente mais na verdade estava em uma ultravelocidade sistêmica quantum alfa nível 2. Queria esticar as pernas um pouco, andar lento como os outros e entediante.

*Já dentro da taverna do AL, meu coração palpitava quente junto com um sorriso iluminado, desde mais novo sempre quis entrar nesse lugar, e sempre meu pai me pegava mais agora não eu era livre eu era um homem. Caminharia como homem robusto filho supremo da velocidade, sentaria no bar e com a voz mais máscula que eu tinha, subindo ao mais alto nível de testosterona, capaz de produzir uma quantidade de pelos suficientes para cobrir a cabeça de um homem, eu diria.

-Linda moça, me veja  um copo gelado de suco de laranja, com gelo-

Finalmente realizava um dos meus sonhos quando criança, final era isso que os homens pedem num lugar desses não? Meu pai e atlas sempre me falavam isso, nunca mentiriam para mim. Bem e muito melhor que aquela água suja e amarela...

*Eu tomaria com calma o suco, tentaria sentir o geladinho do copo, o gostinho meio amargo da laranja por causa das pedras de gelo, com os olhos fechados no primeiro gole. No segundo e terceiro gole, usando minha visão aguçada eu olharia de rabo de olho sempre dando uma ligeira virada. Queria examinar todos dentro do recinto algo diferente em cada um.

*Mais pelo sim ou pelo não, aquela taverna seria o começo, de tudo que eu procurava. Ao terminar o suco eu deixaria junto ao corpo o dinheiro corespondente ao seu valor. Além disto a medalha de admissão da marinha, Símbolo Maximo do meu vinculo com o governo, ah! este seria erguido pela minha mão esquerda, já que a direita tirava com calma o boné da marinha que dormia sobre minha cabeça, após isso pegaria minha pistola, zap! Um pequeno arremesso e bang!! Tentaria certar o meio da medalha com um sorriso.

-Moça, estou começando um Bando pirata, meu nome, Spark Runner o vento rubro! Me passe metade do seu dinheiro! Somente  metade por favor, e me diga onde esta o sargento Oswald.., não vou te ferir e somente o dinheiro que eu quero-

*Afastaria-me com arma em punho mirando a jovem mulher, não era meu desejo fazer mal a ela por isso apenas queria metade do dinheiro, não era burro, ficaria de olho nos clientes e principalmente na menina barulhenta, se eu os vise atirando ou em alguma investida, eu faria uma rápida mira em sua direção mirando a perna direita e a barriga, seguraria a respiração  por alguns segundos para não prejudicar  mira e dispararia  duas vezes. O meu olhar e todos os meus sentidos agora estariam em alerta, eu não era feito de borracha mais  qualquer taque feito por arma de fogo, eu moveria os braços e as pernas para a direita e pularia pra cima do balcão para escapar do ângulo de tiro. E fosse mais físico eu pegaria uma cadeira e tentaria arremessar com toda força para cima do inimigo e depois dispararia duas vezes em cima da cadeira para pegar desprevenindo. Em cima do balcão eu dispararia uma vez contra aquele quer tiver usado arma de fogo contra mim.

*A jovem donzela furaria sua mão com um tiro se sacasse alguma arma. Tinha que ser enérgico e vigoroso agora eu estava no mundo dos piratas, assim que se recebesse o dinheiro, eu usaria minha aceleração par tentar zig zags dos ataques e das mesas em direção a saída, então correria como um atleta pelas ruas, me distanciando uns 3 quarteirões, caso houvesse piratas ou simpatizantes, pelo caminho eu falaria, em um tom emocionante e cheio de paixão com toda minha lábia e sonoridade.

-Aquele que quiser viver aventuras comigo pode vir, mais eu não roubarei nada , absolutamente nada da vira se não a verdadeira justiça, para este mundo! E claro um pouco de dinheiro e muita comida hahahahahaa!!!! -



Spoiler:
 

Objetivos:
Spoiler:
 

____________________________________________________

   

   
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

(ficha no banner)


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Última edição por Noah em Ter 07 Ago 2018, 19:50, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ZnorLAX
Narrador
Narrador
ZnorLAX

Créditos : 4
Warn : Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 20
Localização : Farol - Grand Line

Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Empty
MensagemAssunto: Re: Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas!   Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! EmptyQui 02 Ago 2018, 14:25

Mesmo tentando focar sua raiva na Marinha, organização que passou a odiar tão rapidamente quando sua velocidade, o rubro se perdia em seus valores como oficial ao tentar assaltar a garota que tanto havia lhe tratado bem, principalmente após a garota lhe trazer o suco pedido e não ter cobrado nada em troca. Após ter colocado o dinheiro da bebida, e todos os pertences que remetia a marinha, fora sua roupa, que ainda estava em seu corpo, o rapaz sacou sua pistola, assustando parte das pessoas que estavam ali, inclusive a atendente e disparou contra a medalha.

— Moça, estou começando um Bando pirata, meu nome, Spark Runner o vento rubro! Me passe metade do seu dinheiro! Somente metade por favor, e me diga onde está o sargento Oswald, não vou te ferir e somente o dinheiro que eu quero!

— E-Eu não sei onde está o — tremeu — O Sargento! Por favor, não me mate! Como eu saberia onde ele está, quem deveria saber era você, que é marinheiro, ou não é mais, oh meu Deus, só não me mate!

Antes mesmo que o rubro pudesse analisar o local, um estalo podia ser ouvido atrás de sua nuca, o rapaz sentiria um cutucado. Derrotado em seu próprio jogo de velocidade, a barulhenta garota de antes, ao notar que o ruivo havia sacado uma pistola, agiu precisamente e já antecipou os pensamentos do antigo marinheiro. Com uma pistola na mão e a coxa de algum animal assada na outra, ela mirava a nuca de Spark antes mesmo do rapaz tentar controlar a multidão.

— Pensei que você era um Marinheiro, ruivinho! — falou a garota com a boca cheia de comida — Roubando donzelas, que cara mau é você, não? Agora devolva o dinheiro! — falou batendo com a coxa na cabeça de Runner — Senão você será uma rosquinha, com um buraco no meio da cabeça!

— N-Não precisa! Pode deixar, eu não quero problema... — tentou evitar o conflito a garota.

— Fique na sua também, me passa o resto do dinheiro por deixar de ser fraca! — falou ela apontando a coxa para a atendente — Eu não falei que era boa, falei? Como posso comer por aí sem ter nenhum trabalho, infelizmente a vida da pirataria tem disso. Agora, vocês dois, entreguem o dinheiro e as armas, agora! Se não, teremos duas rosquinhas furadas aqui! — afirmou ela.

Histórico do Noah:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noah
Civil
Civil
Noah

Créditos : Zero
Warn : Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! 9010
Masculino Data de inscrição : 12/04/2014
Localização : no seu coração s2 <=****

Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Empty
MensagemAssunto: Re: Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas!   Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! EmptyQui 02 Ago 2018, 18:03




A Aposta de Sague!!


Eu estava a ponto de dar meu primeiro grande golpe, quando do nada o grande golpe foi dado em mim, como chamam isso plot twist?Quem diria quem diria, com tantos anos morando na rua eu ainda fui pego desprevenido, o bichinho da frustração comeu um pouco do meu peito.
Eu não acredito que alem do meu ela quer o dinheiro da garota também, como e fominha.

-Me desculpe irmãzinha, eu só queria o dinheiro para atrair  marinha, e não, eu não sei do sargento porque se soubesse eu já teria enfiado umas balas nele, você não sabe o que ele fez comigo, . –

Próximo a mim, estava minha amada me coagindo com sua arma tentando algum vintém para comer.Não era burro me preparava para colocar o dinheiro na mesa, mais antes uma barganha afinal, todo pirata tem seu preço até mesmo eu mais não vou contar, qual e.

-Jovem colega... eu achava que você era um cozinheira das boas, não sabia que rinha talento para a pirataria- alfinetava

-Mais se e isso que você quer, olhe querendo ou não amiga ainda to atrelado a marinha,e a jovem aqui e parente de alguém importante, o QG fica aqui ao lado, você não pode nos matar, roubar provável que sim, ela e gente fina não merece isso-

Sorria para a nobre dama do bar.

-escuta você pode ter o que quiser comer se você  se juntar a mim, não precisamos pegar todo o dinheiro apenas uma parte para nos mantermos, se quer arrancar dinheiro, tire tudo dos malditos nobres... sim deles não tenho pena-

Gotas obvias de rancor poderiam ser sentidas em minhas palavras, afinal quando sua mãe  e abençoada com um talento e outras pessoas sem talento, o roubam para si mesmas e mechem com a vida de quem estava feliz e não tinham nada contra, eles merecem.

Mais o rancor e amargo e a emoção doce!minha vida já havia sido perdida a muito tempo quando meus pais me deixaram, e atlas havia me encontrado morto de fome.

-Amiga eu tenho uma proposta irrecusável, eu agora sei do seu incrível paladar. Vamos fazer uma aposta! Eu vou te trazer uma das coisas mais gostosas da ilha! Em troca você e seus rapazes se juntam a mim o que acha?se eu não conseguir, pode ficar com a minha vida..!vamos vai ser divertido. Jovem donzela da taverna, venha comigo também não vou deixar que te façam mal, deve ser duro trabalhar ai não?-

Uma proposta totalmente insana, mais fazia meu sangue borbulhar!viver no limite para ganhar muito ou perder tudo, que delicia era a vida de pirata.




Objetivos:
Spoiler:
 


____________________________________________________

   

   
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

(ficha no banner)


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Última edição por Noah em Sex 03 Ago 2018, 16:42, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ZnorLAX
Narrador
Narrador
ZnorLAX

Créditos : 4
Warn : Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 20
Localização : Farol - Grand Line

Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Empty
MensagemAssunto: Re: Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas!   Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! EmptySex 03 Ago 2018, 14:18

Capítulo 3: (Re)Recomeço

Sendo totalmente pego de surpresa, Spark havia sido surpreendido pela garota que antes, exageradamente, comina na taverna. Com a arma apontada para sua cabeça, a garota estava pronta para ouvir o que o rubro tinha para falar, não temendo apertar o gatilho, que ao estalar, já estava pronto para isso. Frustrado, o aparente ex-marinheiro tratou de explicar o ocorrido, ou pelo menos tentar.

— Me desculpe irmãzinha, eu só queria o dinheiro para atrair a marinha, e não, eu não sei do sargento porque se soubesse eu já teria enfiado umas balas nele, você não sabe o que ele fez comigo! — tentou argumentar Spark.

— Entendi, eu acho — falou ela mastigando a comida — TRAGAM MAIS COMIDA! AGORA! — bradou — Não vi o dinheiro ainda na mesa, calma, você é surdo? Acho que não! Cuida! — bateu a garota com o osso na cabeça de Runner.

Lentamente o rapaz colocava a quantia total que tinha no balcão, porém, tentando barganhar ali, ele tentou argumentar com a garota, que não se mostrava contra qualquer conversa. Ouvindo o que o rapaz tinha para falar, alguns homens lhe traziam comida que havia pedido anteriormente.

— Jovem colega — tagarelou o rubro — Eu achava que você era uma cozinheira das boas, não sabia que rinha talento para a pirataria!

— Cozinheira? Eu não quero cozinhar, quero só comer — falou mordendo um pedaço do que segurava — Comer as mais gostosas comidas! Na verdade, todo tipo, mas comer! — falou — É a minha paixão!

— Mais se é isso que você quer, olhe querendo ou não amiga ainda estou atrelado a marinha e a jovem aqui e parente de alguém importante, o QG fica aqui ao lado, você não pode nos matar, roubar provável que sim, ela e gente fina não merece isso! — tentou argumentar.

— Não me importa de onde você é, ou ao que você está atre... atre, seja o que for, não me importo com nada! Se for para atirar em você, farei isso! E não estou brincando! — falou a garota atirando em um inseto que estava na parede da taverna — Você é só um covarde, como todos os outros, usam da farda para conseguir o que quer, ainda há pouco estava assaltando ela — mordiscou novamente sua coxa de porco do mato — e agora me vem com essa história de “gente fina”.

Vendo que com a garota que o mantinha parado não tinha tantas chances, o rubro partiu para tentar convencer a sobrinha do velho Tom, porém, com medo de Spark e da garota, ela já estava no canto do balcão. Tremendo, ela correu para o depósito com um Den Den Mushi. Vendo aquela cena e totalmente calma, a garota inimiga ainda comia sua comida enquanto pensava no que iria fazer agora. Spark, vendo que havia falhado em convencer a garota que acabara de assaltar (fuck, really?), novamente tentava argumentar com a sua aparente inimiga.

— Amiga eu tenho uma proposta irrecusável. Eu agora sei do seu incrível paladar. Vamos fazer uma aposta! Eu vou te trazer uma das coisas mais gostosas da ilha! Em troca você e seus rapazes se juntam a mim o que acha? Se eu não conseguir, pode ficar com a minha vida. Vamos? Vai ser divertido! — falou.

— Você falou gostosuras da ilha!? — Eu quero essas gostosuras! Agora! Não, agora não, provavelmente ela vai chamar a Marinha, sabendo seu nome, você agora é um fora-da-lei, marinheiro. Eu fico com esse chapéu e seu dinheiro. Caso não me traga, você será um homem morto, de todo jeito, não terá como sair dessa ilha sem dinheiro. Enquanto isso, eu vou partindo. Estando presa, não tenho como comer! — falou ela já do outro lado do balcão.

Recolhendo toda a comida que havia visto, ela guardava em uma espécie de trouxa que carregava e partiu com os dois homens que a acompanhavam. Spark agora estava na taverna, sem dinheiro, sem o chapéu de marinheiro e a medalha, que havia sido pega pela garota esfomeada. Não sabia o rapaz que agora, sua carreira como marinheiro podia ter acabado para todo o sempre.

Histórico do Noah:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noah
Civil
Civil
Noah

Créditos : Zero
Warn : Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! 9010
Masculino Data de inscrição : 12/04/2014
Localização : no seu coração s2 <=****

Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Empty
MensagemAssunto: Re: Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas!   Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! EmptySex 03 Ago 2018, 19:26




A Aposta de Sague!!


Catastrófico e como terminou minha primeira investida no mundo pirata, apenas cobriria meu rosto em sinal de vergonha pessoal, mais duvido que isso seja o suficiente para cobrir o nível de vergonha. A mão sairia do meu rosto vendo a comilona malfeitora se distanciando de mim, e a jovem garçonete acuada com todos os sintomas de medo e um precioso denden muchi em suas mãos, meus olhos se arregalariam de imediato, isso seria bom no passado mais agora como diz minha inimiga, sou um fora da lei, sorri por alguns segundos...

“pagar impostos absurdos, e deixar os nobres fazerem o que quer que se dane a lei, vou procurar quem e a favor da verdadeira justiça”.

Eu não tinha muito tempo, sairia de lá o mais rápido possível, ah! A adrenalina de ser pego parecia turbinar meus pés, mais a marinha saia tudo de mim até meu armamento, muito bem aproveitarei meus 10 ou quem saber 30 minutos de anonimato... Indo ao banco retirar meus 20.000. daria a desculpa que havia sido derrotado e todo meu esquadrão foi roubado, e sairia.
O segundo local seria a loja de armas, nesse eu daria meus vinte mil, mais minha pistola em troca de 2 pistolas de (8 disparos) final os marines sabem que estou portando uma pistola.

[lábia + pedido honesto] – senhor sabe que não podemos trocar de armas por causa da política do governo, mesmo eu tendo sido roubado, são minhas ultimas economias, queria trocar e fazer uma barganha justa-.

Bem eu tinha agora um novo objetivo, comprar coisas deliciosas, mais queria começar a me vingar sim vingar me do governo que não toma conta de si mesmo e autoriza atos hediondos, tirar meu pai e  minha mãe desse mundo e depois...DESTRUILO! Como a arma em mãos caso  recebe-se eu sairia da-li,então me dirigiria até o centro da cidade e de la procuraria por conversas, onde os nobres estavam, sim com eles algo delicioso estaria no prato, apenas quero meus 2 milhões de volta.

“Ahh esta vida de pirata e dura como você consegue altas”? Bem não pós continuar assim, eu agora era fora da lei e pirata nem pensar, o que eu seria? Espere...aqueles homens que meu pai perseguia... os Piratas! Papai sempre me falou coisas horríveis deles, entretanto nos anos que convivi com atlas no mar, eles sempre foram boa gente, apesar de velos muito pouco... mais como eu vou encontrar  estas pessoas tão bem escondidas?”

Spoiler:
 


Objetivos:
Spoiler:
 
[/b][/b]

____________________________________________________

   

   
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

(ficha no banner)


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
ZnorLAX
Narrador
Narrador
ZnorLAX

Créditos : 4
Warn : Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 20
Localização : Farol - Grand Line

Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Empty
MensagemAssunto: Re: Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas!   Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! EmptyTer 07 Ago 2018, 01:36

Capítulo 4: Confuso é apelido.

O início de jornada de Spark não havia sido dos melhores, porém o rapaz não desistia. Partindo com sua velocidade de sempre, o rubro rumou até o Banco Mundial, onde sacou o restante do dinheiro. O ruivo tinha sorte de não ter sido denunciado efetivamente ainda, porém, sua atitude estranha em falar do nada que havia sido destruído, por completo, chamava a atenção das pessoas no local, que ao invés de sentirem pena, ou orgulho, tinham medo do homem. A próxima parada? Foi uma loja de arma da ilha, onde o rapaz tentou usar de sua lábia para conseguir o que almejava, porém, falou. Ao oferecer uma arma que não tinha, caso fosse a que ele havia perdido para a garota na taverna, ele recebeu uma resposta negativa do velho.

— Você está querendo me enganar? Oficiais da Marinha não enganam os civis! Você nem está com o fardamento completo, deve ser só mais um farsante. Saia da minha loja agora, ou... — falou o homem.

Quando percebeu, o velho já havia sido tarde. Um sujeito que estava na loja havia pegado uma das armas e evacuado do local rapidamente. Aproveitando-se da distração que a conversa de Spark havia causado, a brecha para o roubo foi perfeita, fazendo até mesmo o dono desconfiar do ex-marinheiro, quando foi até o lado de fora correr atrás do ladrão.

— Ei seu ladrãozinho! Chamem a Marinha! Ladrão! Se você é um Marinheiro, pegue-o! Ou está junto dele? — bradou o velho.

O ladrão não havia ido longe demais. Em uma esquina próxima a loja ele estava abaixado, tentando esconder sua arma. Vendo que sua abordagem havia sido errada, o rubro tinha a opção de ir em busca da comida ou pelo menos informação dela, já que avistaria uma placa relacionada a gostosuras de onde estava. Ou se iria tentar se armar de algum jeito, porém, essa decisão seria do aparente fora da lei, que também veria uma movimentação externa da Marinha por algum motivo, seria pelo que ele fez na taverna? Só o destino dirá.

Dica:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Noah
Civil
Civil
Noah

Créditos : Zero
Warn : Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! 9010
Masculino Data de inscrição : 12/04/2014
Localização : no seu coração s2 <=****

Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Empty
MensagemAssunto: Re: Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas!   Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! EmptyTer 07 Ago 2018, 19:43




A Aposta de Sague!!


Ali começaria a reconstruir minha vida derrubada. Eu havia passado no banco para catar as poucas migalhas que haviam sobrado, Fiquei tão feliz, algo finalmente estava voltando para mim, não eram meus 2 milhões, entretanto eram bem vindos, catei cada nota com carinho e as guardei no bolso da calça em segurança. Realmente podia sentir na pele, o peso de u uniforme incompleto ou um marinheiro afobado, tentei desviar meus olhares e vergonha me cobriu, meu corpo ficou todo duro de vergonha e então sai mais rápido do que entrei, que lastima eu tava na sarjeta mesmo.

Então eu havia me dirigido a loja, e cara! Havia esquecido que a bandida roubou minha pistola.Meu afobamento me prejudicou, era o plano perfeito arruinado, ele desconfiou de mim. Tudo parecia perdido, eu já colocaria meu corpo inclinado para começar a correr quando. Outro foi mais esperto, um ladrão, fiquei uns segundos congelado tão perplexo quanto o dono.

“agora e minha chance?!”

Eu moveria meu olhar maroto por toda a loja, buscando: armas ( as 2 pistolas 8 balas), coldres e uma bolsinha de munição,Deveria agir rápido agora que a ancora da duvida segurava o homem. Se o homem viesse até mim eu o empurraria no chão, não era um mestre em artes marciais infelizmente não posso deixar que me derrote. Eu assim que avistasse os itens, me moveria em minha magnífica velocidade até as pistolas, primeiramente checaria se estavam carregadas, se sim apontaria para o velho, se não rapidamente procuraria as munições e recarregaria.

-Bom homem não sou mais da marinha, eu sou spark runner, o vento rubro. O homem que se tornara o rei dos piratas, se junte a mim.-

Eu provavelmente não teria muito tempo, até que a marinha estivesse aqui, alguém pode ter visto o primeiro ladrão e tela chamada. Com a arma e punho, pegaria os coldres e uma mochila me seria útil, caso não haja, uma bolsa ou sacola serviria. Eu tinha uma encomenda para entregar. Fora isso, não pegaria mais nada, o povo não tem culpa de ser um escravo desse governo que nem liga para eles.

Depositaria os 20.000 mil sobre a messa, apesar da situação eu tentava e manter calmo. Seguraria tudo que agora eu deixaria dentro da bolsa menos uma das pistolas que ficaria em minha mão direita, todo resto seguro com a esquerda, e tentaria sair da loja, se o homem tenta-se me deter o que e impossível, por não ter minha velocidade, dispararia um tiro não mortal e sua perna esquerda.

-Sinto muito bom homem, mais você procurou, agora tenho que ir! Meu Bando me espera vida de capitão e complicada-

Tinha que disfarçar, o fiz para intimidar o homem para eu não viesse atrás de mim com medo de meu possível grupo. Então eu iria para a esquina e lá eu veria duas coisas.
Uma, seria uma placa gurme, era o que eu precisava, se eu encontra-se o cozinheiro eu forçaria a criar um prato para mim e meu dinheiro voltaria. Enquanto correria até a esquina pensei.

“Muito bem, caso a marinha venha darei um jeito neles, em seguida forço o cozinheiro a e dar o melhor prato da casa, procuro a mulher, vou ao porto procurar por alguns homens necessitados, e então deixarei minha marca nessa cidade lenta, e irei embora”

O plano era simples e objetivo em minha cabeça e difícil, complicado na vida real. Caso eu avistasse o jovem que havia roubado arma eu gritaria.

-EU JÁ CUIDEI DO VELHO! VEM COMIGO! VOU ATÉ ONDE TEM COMIDA GOSTOSA! EU TE PROTEJO SOU CAPTÃO PIRATA!-

Minha voz era encantadoramente forte, não sabia os efeitos colaterais mais não custava tentar. Se o mesmo me seguisse eu, sorridente cenária com a cabeça para o restaurante. Se o mesmo me atacasse eu tentaria usar minha visão aguçada para alveja a cabeça dele da-li mesmo. Se e iguinorasse eu iria embora.

Eu correria, mais se por alguma razão a marinha não aparecer eu me esconderia antes de ir ao restaurante e colocaria os 2 coldres ,a munição e armaria a segunda pistola. Enquanto me arrumava conversaria com meu novo companheiro.

-Companheiro, roubar e o ultimo recurso dos desesperados, ouvi de uma pirata que roubava porque tinha fome e você por que rouba? Fique ao meu lado e cuidarei de você, não precisara fazer isso sozinho nunca mais. –

Com tudo pronto iríamos até os arredores do restaurante. Apesar de me doer muito se fosse um restaurante fino eu roubaria todo seu dinheiro e uma parte de sua comida.



Spoiler:
 
Objetivos:
Spoiler:
 

____________________________________________________

   

   
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

(ficha no banner)


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Empty
MensagemAssunto: Re: Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas!   Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas! Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Cuidado! O Reino rubro, o Poder de conquistar as coisas!
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Shells Town-
Ir para: