One Piece RPG
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [ficha] Arthur D.
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 11:32

» Mini-Aventura
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor Makei Hoje à(s) 10:44

» MEP _ IRUH
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor Makei Hoje à(s) 10:43

» [MINI - PALERMITO PALERMOLE] O GRITO DO LEÃO FAMINTO POR CARNE VERMELHA E SUCULENTA
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor Makei Hoje à(s) 10:43

» [M.E.P] - PALERMITO
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor Makei Hoje à(s) 10:42

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 10:40

» Mini-Aventura
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor Makei Hoje à(s) 10:40

» [M.E.P] Azarado
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 10:28

» [MEP] Akaza
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor Makei Hoje à(s) 10:27

» Mini Aventura (Yoshi)
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 10:24

» [Mini-Apolo] O punho furioso
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 10:24

» [MINI-sinhorelli] Punho flamejante
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 10:24

» [Mini-Aventura] A volta para casa
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 03:51

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor Misterioso Hoje à(s) 03:04

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor OverLord Hoje à(s) 01:13

» O catálogo continua, Baterilla a cidade da beleza
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor maximo12 Hoje à(s) 00:23

» I - A Whole New World
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor Achiles Hoje à(s) 00:14

» Um novo tempo uma nova história
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor new man reformed Ontem à(s) 20:57

» [MINI-MECHZZZZ] O ponto de partida
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 19:42

» [M.E.P.] - Mechzzzz
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 19:40



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 EmptyTer 17 Jul 2018, 22:13

Relembrando a primeira mensagem :

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) piratas Asken Kanogan, Helves e Kryn Nerelin. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Punk
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 01/07/2013

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 EmptyQua 10 Out 2018, 16:01



Em Busca da Saga, que ela me divirta..


Minha espada não era capaz de perfurar aquele homem, isso não me preocupava nem um pouco, as coisas aconteciam porque tinha que acontecer então manteria minha calma mediante a toda situação. “– Que pena, pois elas o adorariam receber.” Diria com tom tenor dramático. Os disparos começavam sem parar enquanto eu podia olhar aquela multidão em desespero, cada som de bala fazia meus olhos brilharem, cada grito inocente era um alivio prazeroso em minha mente. “- MWHAHAHAHAHAHA” Achava bem divertido toda aquela confusão, desespero, o medo das pessoas, o som das armas e toda aquela correria. “É eu não consegui evitar, eu tinha que tentar pena que ele se recusa a morrer.” Pensaria comigo mesmo, talvez justificando ao Diabo, não que eu precisaria, mas era interessante, quem sabe ele não teria algum conselho bom para me dar. Mediante a minha fuga pela multidão o velho fazia algo impressionante, inacreditável, além da capacidade humana, mas não me impressionava muito não olharia para ele de cima abaixo. “– Parabéns em, está trapaceando com cheater. Desliga aí.” Diria com um tom calmo encarando a situação.

Em minha mente esperaria não ter quebrado a estátua, pois era bem bonita, já não havia inocentes para a diversão continuar, olharia minha volta e as coisas pareciam a começar a ficar um pouco chata em partes. “– Não me interessa se não sou o primeiro ou se vou ser o último, coisa de gente velha isso.” Diria para o mesmo enquanto estralava um pouco os ossos, em partes eu gostava de um inimigo que valeria a pena, mas não é a força dele que me diz se ele vale ou não e sim a sua importância. “É esse velho tem um bom chute, deveria cortas as pernas dele, mas ele faz coisas além da capacidade humana.” Pensaria comigo enquanto encararia a situação. “É como dizem cão que ladra não morde, mas o inimigo parece está levando a batalha a sério, mas não pense que será assim tão fácil, divirta-se um pouco.” Apesar da situação eu estaria completamente calmo, analisando a situação, olharia para Elisabeth eu faria um sinal meio de que fazer oque é o que tem para hoje.

“– Gosto de ver o terror no rosto das pessoas, o medo e o desespero. Olhar para elas e observar cada traço de dor possível.” Daria um pequeno sorriso para o velho então falaria com um tom bem calmo. “– Sabe “garoto” não podemos nos prender a ira, raiva e nem ao ódio.” Falava usando minha voz encantadora, além de encarar essa situação com meu temperamento calmo, não me importaria com o que ele achava, pensava ou como me trataria, sua força, trapaças. Sou um matador, eu mato pessoas, destinado a fazer isso até que a hora da minha morte chegue. “É hoje o dia está tão belo, aqui tinha muitos fiéis eu deveria matar todos eles em um ritual satânico, que pena que o paspalho me interrompeu.” Enquanto minha mente era perturbada também pelo amiguinho lá de baixo. “Adoraria receber a alma deles, pois os fiéis são os melhores para se brincar.” Com isso colocaria um sorriso bem animado no rosto, precisava dar um jeito de sair daquela situação, algo que seria praticamente impossível, mas não custa nada tentar.

Pegaria as espadas com ambas as mãos na frente do próprio corpo, as espadas estariam na altura do meio do próprio corpo, com todo seu diâmetro servindo de escudo à sua frente, de forma a intervir de antemão qualquer forma de ataque frontal - e, quem sabe, pelos flancos - e ao mesmo tempo não perder de vista o oponente; Um escudo de ferro que ficava à frente de seu corpo, sendo segurado. Também teria que me preocupar com atiradores, ficaria em posição de defesa aguardando como as coisas iriam ser, pois paciência eu tinha e bastante. “Se esse for o ultimo combate, que valha a pena. Espero poder ouvir o barulho do meu sangue jorrando” pensaria comigo enquanto olhava meus adversários. “Bom acho que você deveria ir para cima, vai ser divertido, ohhhh ou está virando covarde?” Analisaria e achava um absurdo, não me irritava nem nada, porém acharia divertido.

Mas sim ficaria em posição de defesa aguardando os movimentos dos meus adversários. “Covarde!!!!” Em casos de disparos iria usando ou me contornando na estatua para não sofrer nenhum tiro, me esquivaria para os lados usando minha acrobacia se necessário além de com a posição da espada, tentaria usar a lâmina em ultimo caso para não ser atingido. Em caso de um possível ataque do velho, tentaria me esquivar ou para trás, ou para os lados e ainda se possível contra-atacar com uma estocada rápida na direção da barriga do mesmo. Caso não seja possível me esquivar ainda estaria com a posição das espadas a minha frente e usaria as lâminas para bloquear, mesmo ele sendo mais forte no mesmo momento que aplicar um chute eu com uma das espadas faria um corte de cima para baixo na coxa do rapaz. Ou dependendo de onde for o chute do velho usaria a outra espada e faria o corte de baixo para cima.

Para golpes nas minhas pernas eu apenas pularia levando minha espada na direção do peito/garganta do meu oponente. Para um chute na direção da minha cabeça, apenas usaria minha acrobacia, fazendo uma abertura 0 e rapidamente ficando minha espada nas partes intimas do meu oponente, um chute lateral eu me esquivaria em um sentido oposto deixando a lâmina de uma das espadas baterem contra as botas do rapaz e com a outra focaria a perna de apoio com uma estocada rápida. Se não me fizesse nada apenas continuaria encarando esperando para ver o que iria acontecer.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 EmptySab 13 Out 2018, 23:18



Cap.3 - You Will Learn To Show Respect



~~ Ryoma ~~


O primeiro alvo de Helves havia sido um tanto inusitado e lhe trazendo uma vergonha para si mesmo, além de ter atraído um pouco da atenção de quem estava por perto, mas ninguém havia a reconhecido, o que era um alívio para a pirata. Reconhecendo que aquele homem era um tanto suspeito e havia um certo volume em seu mamilo semelhante a uma cicatriz, ela tentava segui-lo, mas o guarda que havia lhe barrado não simpatizava com a garota, mas pagando um valor de vinte mil berries pela fantasia, saia sem levantar maiores suspeitas. Seguia eles tranquilamente pelas ruas que estavam cada vez mais movimentadas, pessoas de fantasias e diversas feições, tendo em base que noventa por cento dela estavam feliz e das outras, apenas um por cento estava triste ou brava, as paredes e todo o ambiente angelical dava uma boa sensação quando a música entrava em sincronia e os homens pareciam não terem percebido ela até o momento, mesmo se perdendo em seus pensamentos, trazendo uma leve distração em sobre os seus companheiros e as ações que estava fazendo até ali e podendo levar a ser descoberta, as multidões conseguiam fazer com que ela não fosse descoberta, era uma das boas, mas as coisas não poderiam ser tão simples, não é mesmo? - Será assim. – O homem mexia a sua mão para gesticular alguma coisa da qual o ângulo em que a celestial estava não pudesse ver, mas não dava a impressão de que desconfiavam dela e algo enorme tratava o seu caminho.

Em meio as ruas lotadas de Tuntz Tuntz, encontravam-se carros alegóricos passando e dentre estes que passavam, eles encontraram a celestial em meio ao caminho, travando toda a rua encruzilhada que os homens conseguiam passar tendo apertado o pé um pouco antes deles. - Viva a Deusa! – Gritava eles em comemoração a uma enorme anja que era representada, seus detalhes eram em ouro como anéis, brincos, pulseiras e uma enorme auréola, a beleza da estátua era magnífica, sua pele era branca rosada como se fosse uma verdadeira mulher, suas vestimentas divergiam entre o branco neve para um branco mais escuro e um cinto azul, suas asas eram enormes, cobrindo boa parte da rua e todas brancas, seus detalhes? Impecáveis, era como a representação da própria asa de Helves. Algumas pessoas empurravam o carro atrás e mais a frente haviam bois que puxavam na frente, era como se as pessoas que empurravam atrás estavam apenas mudando as direções e dando a visão sobre tudo. Mais atrás destes, haviam uma multidão de anjos, todos parecidos com o mesmo tom de pele, cores que representavam e unidos, celebrando com um enorme coro.

Ela não estava preparada para tamanha adversidade, os homens estavam mais a frente e perdia um pouco de tempo e a distância aumentava, das possibilidades que ela poderia ter ali, haviam três das mais óbvias para aquela situação, a primeira era passar por dentro do carro, o que demandaria manobras acrobáticas diversas devido a tantos detalhes que haviam e não ser tão fácil escalar o piso da estátua que aparentava ter três metros, além dos detalhes, não parecia ter um acesso tão fácil visto que algumas pessoas barravam aqueles que se aproximavam demais. A segunda era menos arriscada e demandaria mais tempo, tendo que esperar um grande tempo para que todos viessem a passar, tendo que aguardar toda a caravana passar e para só então, voltar a se mover e compensar o tempo perdido, mas será que a distância já não seria grande o suficiente? E a terceira era a mais louca e agressiva de todas, onde ela teria que sair empurrando todos e arrebentando a cara de quem entrasse em seu caminho, que além de gerar um grande tumulto daria uma boa chance de ser descoberta, mas claro, haviam outras possibilidades além daquelas que ela poderia escolher sem ter mais demora e que poderiam variar de consequências para cada uma. O que a celestial está prestes a fazer?!



~~ Punk ~~


Com Kryn, a coisa estava cada vez mais emocionante para o homem e mesmo não tendo tanto prazer em matar pessoas que lutassem por isso, ele queria levar o velhote a falência, o homem havia dado algumas provocações para o espadachim e o homem de monóculos não entendia certas expressões de Nerellin, levando apenas ao esquecimento de tais palavras. Kryn tomava uma postura defensiva diante daqueles inimigos, usando das suas espadas para tentar formar um escudo com ambas o que não provocava nenhuma reação aos oponentes que olhavam fixos para ele, também esperando qualquer movimentação deles. E a batalha tinha um silêncio inquietante dos dois lados, apenas os gritos desesperados daqueles do lado de fora era ouvido e a respiração dos seres que estavam naquele cerco, Elisabeth estava pronta para qualquer atitude que fosse tomada e o velhote abaixava o dedo o que sinalizava mais uma parte daquele combate que iniciava com mais tiros sendo disparados para a dupla.

O espadachim pulava para o lado para tentar esquivar das balas, ficando encostado na estátua e sua companheira fazia o mesmo, tentando também não ser atingida, mas os alvos dos atiradores não eram os bandidos, era como se eles estivessem “protegidos” pelo valor que aquela estátua tinha e várias das balas acertavam o chão, mas essas esquivas apenas davam uma nova chance para o velho se aproximar, disparando em uma velocidade superior as esquivas do matador e atingindo-o em seu estômago, o golpe era duro e fazia com que seu fôlego fosse jogado para fora, Elisabeth contra-atacava, mas acabava acertando a bota do homem que levantava a sua perna para bloquear e a bota não era cortada pela lâmina, o golpe havia sido forte o suficiente para afastá-lo e os disparos haviam cessados momentaneamente quando o velhote dava um golpe estranho para cima da garota, colocando em seus ombros antes de jogá-la andar a cima com força e atravessando uma placa de madeira que protegia a borda do andar que havia a anja desenhada em sua porta, para Kryn, não era diferente, mas o homem não era piedoso com ele, acertando o seu estômago mais uma vez ao puxá-lo, o seu bloqueio estava falho em meio ao golpe anterior que havia tomado e era bem mais fraco do que a ofensiva do homem que também o jogava através de um chute para o segundo andar em direção a porta que batia com força. - Encontre a luz. – Dizia o homem começando a se movimentar andando em direção ao segundo andar através das escadas.

Elisabeth vendo que o inimigo era bem mais forte que pensava, não demorava duas vezes para arrastar o seu amado para a sala de dentro, de início, era escuro, mas havia uma luz de um corredor para mais dentro, nas paredes, em meio a escuridão, ainda era possível ver algumas formas de anjas e a gatuna fechava a porta com uma das partes da madeira que haviam sido quebradas.


Considerações:
 

Legenda:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 EmptyTer 16 Out 2018, 20:34



가슴이 답답해서

A enorme barreira que surgia no caminho da garota era estranha. Helves gostava muito da beleza que aquela anja era retratada, mas não conseguia entender o real motivo daquele evento estar acontecendo. "Não que eu me importe, só gostaria de ter tempo para entender esse evento grandioso." Ao deixar aquilo de lado só restava para ela prosseguir em seu caminho, observando as possibilidades e por conta da pressa a celestial usaria da força para atravessar a multidão, abrindo caminho com os braços ao empurrar quem estivesse na sua frente para o lado. – Sinto muito. – Diria toda vez que estivesse empurrando alguém, desta forma ela esperava diminuir o incomodo que estava trazendo para os civis. Cabeça baixa, maleta em mãos e muita velocidade nos pés. Helves não se incomodaria com qualquer palavra direcionada à ela, buscando esconder seu rosto dos guardas até alcançar um lugar mais amplo por onde poderia trabalhar calmamente no que estava fazendo.

O esperado seria atravessar todos e chegar ao ponto onde os dois homens haviam ido, prosseguindo assim com a perseguição. "Estou sentindo que não resolverei isso apenas seguindo eles." Lutar era o limite que a garota chegaria. Derrubar duas pessoas e extrair informações dela, Helves obviamente não tinha talento para isso. Como a pessoa por trás do comunicador não havia dito o modo a ser feito aquela missão ela poderia considerar que lutar seria um dos meios, tendo esta oportunidade para provar que era capaz. "Se vou fazer isso é bom que eu consiga um lugar calmo e vazio." A ação começaria somente quando Helves conseguisse ver que não havia muitas pessoas por perto, vendo apenas os homens e um local para batalhar mais tranquilo. Com um avanço imediato, tentando diminuir a distância para que assim ela conseguisse jogar-se em cima do homem que não tinha a cicatriz no peito. – Vamos terminar isso rápido. – Uma das pistolas seria puxada rapidamente e colocada na cabeça de quem estivesse por baixo dela.

Tendo um dos alvos rendido, executaria rapidamente um disparo no ombro direito do sujeito caído e com a arma sobre o outro ombro ela viraria seu rosto até aquele que provavelmente estaria de pé. – Estou aqui para conseguir uma informação... – Qualquer movimento do sujeito resultaria em mais um disparo de Helves em seu parceiro, buscando não acertar pontos onde ele poderia morreria de imediato, visando locais em que apenas teria dor e poderia atrapalhar a movimentação do mesmo. – É sobre uma missão dos agentes, parece que você sabe sobre isto e eu quero saber também. Conte-me o que vai acontecer. – Ferir alguém que poderia ser inocente fazia o coração dela doer. Aquilo estava incorreto, Helves tinha certeza que tinha alguma coisa errada nessa suposta missão, não conseguindo juntar todas as peças para montar o que seria a explicação daquilo. – Seja rápido, não estou com paciência. – A voz dela soava séria. Em nenhum momento ela pensou naquilo como uma brincadeira, ferindo seriamente qualquer um que estivesse em seu caminho. A raiva do ocorrido anterior ainda estava dentro do peito da mesma, algo que a celestial não conseguia ignorar quando tocava no assunto sobre agentes. Qualquer ação do sujeito com a cicatriz seria mais disparos, pegando até mesmo a outra pistola em caso de necessidade, e em qualquer momento que o mesmo fosse para cima da garota, ela apenas pegaria o homem que estava por baixo como escudo, segurando este pela gola da camisa para leva-lo até a frente de seu corpo. Com isto a pirata apenas deslizaria a mão direita pelo lado dele, mirando na pessoa que estaria à sua frente para disparar nas pernas do mesmo.

A investida poderia não funcionar e alertar imediatamente a dupla. Neste caso Helves apenas iria correndo sem medo, fazendo um zigue zague aleatório para escapar de qualquer ataque a distância e chegar próxima dos mesmos sem problemas. Alcançando finalmente os alvos, seria o momento de ela iniciar os ataques, desferindo primeiramente um soco de direita no queixo do que estivesse na sua direita e logo na sequência puxaria uma das pistolas com a mão esquerda, disparando contra uma das pernas do mesmo alvo. Sem pausar, um salto seria dado para trás, realizando mais dois disparos, só que estes seriam na direção do homem na esquerda, visando acertar as pernas ou os braços ao ver qual seria mais fácil no meio do recuo. Deste modo as pistolas iriam parar novamente na cintura, fazendo surgir o rifle, segurando este com ambas as mãos enquanto iniciaria mais um avanço contra a dupla. Helves estava um pouco irritada de seguir as ordens de pessoas desconhecidas, sendo obrigada a fazer algo que não gostava só por ter sido separada do bando. O rifle carregava toda essa raiva, desferindo uma simples estocada direta em qualquer um dos dois, observando a forma como recuariam para executar um disparo com a arma de fogo durante tal esquiva deles. "Hoje não é o melhor dia... Espero que meus pais me perdoem por tudo que fiz e farei hoje, duvido que conseguirei guardar esse ódio sem problemas... Preciso fazer algo, mostrar o motivo de estar aqui e acabar com todos esses humanos imundos." Ria devido a falta de modos naquele momento, vendo que estava fora de si e mesmo assim não ligava nem um pouco para isto.

Perder um pouco a cabeça não era algo que a faria se tornar um monstro. "Eu vou ter certeza de salvar todos da minha raça, eles precisam de ajuda... Minha família terá que me perdoar, mas não posso deixar tudo seguir como essas pessoas querem." Após o disparo Helves simplesmente moveria a lâmina da carabina na direção do segundo alvo, investindo contra este com várias estocadas até largar uma das mãos e executar um pequeno salto para frente, fazendo o punho esquerdo subir ao encontro do rosto daquela pessoa. "Este será o meu primeiro sucesso, começando aqui eu poderei encontrar a verdade... Aquele homem parece saber de algo, eu quero encontra-lo novamente." Por fim a garota jogaria seu corpo contra o do alvo mais próximo, tentando empurrar este para a parede por causa do peso e assim pousar a lâmina do rifle no pescoço do mesmo. – Vamos lá, comece a falar... Sei que sabe o motivo de eu estar aqui... Me conte sobre os agentes e a missão deles, estou um pouco irritada hoje, então seja rápido. – Diria com a raiva estampada em seu olhar. Terminar aquilo não só traria respostas como também poderia leva-la até seus companheiros, algo que ela estava esperando por um bom tempo acontecer.

Objetivos:
 
Histórico:
 
Informações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Punk
Pirata
Pirata
Punk

Créditos : 13
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 01/07/2013
Idade : 28
Localização : No barco

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 EmptyQui 18 Out 2018, 01:12



Em Busca da Saga, que ela me divirta..


A batalha tinha um silêncio que me fazia pensar o quanto isso se caminhava para algo chato. Um esperando o erro do outro, estratégia, não era muito meu forte, era uma pessoa analítica, mas não um estrategista. “Arma de Fogo ... Coisa de fracassado, bom fazer o que né, inventaram essa merda.” Pensava enquanto pulava para o lado, enquanto mal pude fazer alguma coisa e já era atingindo no estomago. “Bom Golpe.” Enquanto calmamente olharia para o mesmo e diria. “– Isso doeu!!!” Diria em um tom bem calmo sem mudar minha expressão, mesmo com a dor que sentiria olharia para o mesmo com um olhar tranquilo. Ao observar a investida falha da minha gata sentia que ali era um caso perdido, pois nada era eficiente, enquanto era golpeado novamente pensaria comigo mesmo. “Nesse ritmo não terei muitas chances e não sobreviverei a essa ilha.” A escuridão era uma coisa que eu gostava e muito, o cenário era típico de um filme de terror, pena que eu não era o monstro.

“– Obrigado, que lugar estranho, não é?” Diria em um tom baixo ainda transmitindo muita tranquilidade me minha fala, não havia muito o que fazer então o jeito era aceitar as coisas como elas devem ser. “– Vamos seguir a Luz?” Perguntaria para a mulher, pensando comigo mesmo, não me parece lá uma grande ideia. “A luz no fim do túnel, poucos conseguem alcança-la, muitos morrem pelo caminho, mas parece bem divertido.” Se conseguisse ficar de pé ao ponto de andar bem, sem precisar escorar na Elizabeth então logo tentaria olhar com cuidado as coisas enquanto diria para mesma. “ – Velho acertou bem na barriga, algo para se doer muito, minhas defesas de nada adianta contra ele. Percebeu isso também, não é?” Daria uma piscada transmitindo algo entre mim e ela, pois em nenhum momento consegui ser efetivo, nem um breve segundo era como se estivesse destinado a dar tudo errado. Caso seguir andando, tomaria muito cuidado por onde eu piso, mesmo com a visão dificultada iria tentando observar as coisas meus passos seriam extremamente calmos e cuidadosos, tentando saber onde estou andando até chegar a luz.

Ao mesmo tempo que me preocuparia, pois, o velho poderia quebrar facilmente aquela porta de madeira para vim atrás de nós. “Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.” Então enquanto ainda seguíamos pelo caminho também pensaria falando com meu interior. “ Ae o chifrudo, poderia me ajudar em ... Ou logo estarei ai e minha alma não lhe valerá de nada.” Pensaria comigo mesmo o quanto o Diabo não servia para nada e o quanto Deus nunca está ao meu lado, então tinha que contar comigo mesmo e com a minha própria força, tirar um coelho da cartola, isso deu certo das ultimas vezes, mas aqui mediante ao que já passou parecia cada vez mais impossível. Ao chegar a luz olharia com bastante atenção ao meu redor antes de dar qualquer passo em falso, perguntaria sussurrando para Elisabeth “– Vê algo de anormal ou estranho?” Aguardaria a resposta da mesma, fazendo minha análise também.

Caso o inimigo estivesse próximo ou vindo para continuar o combate, eu não tinha medo, meu coração foi forjado no calor da batalha, gostava de ver a carne cedida perante a lâmina de minhas espadas. “ Sabe !!! Espero que a matança não termine aqui.” Então olharia para os olhos do meu adversário para quem sabe poder acompanha-lo melhor ou os seus movimentos enquanto falaria. “- Acho que você ainda não entendeu, eu sou um guerreiro, meu coração deve ter sido forjado nas profundezas do inferno eu lutarei e continuarei lutando até que a hora da minha morte chegue.” Então seguraria firme novamente minhas espadas e me prepararia para um novo combate contra o mesmo, ainda não sabia como sairia daquele local, só que se render não era algo que passaria pela minha cabeça. “Não cheguei até aqui para ver meus sonhos serem destruídos dessa maneira.”

Eu me sentia a vontade de derramar sangue encarando seu oponente nos olhos avançaria em sua direção, os olhos do desalmado em uma concentração intensa de quem sabia que não poderia dar-se ao luxo daquele saco mucho ganhar. Ficaria atento ao seus movimentos novamente ou possível golpe de outra pessoa sendo uma ataque em sua direção em uma linha reta, mesmo que fosse de cima para baixo iria tentar esquivar-se dando um passo rápido para o lado e continuar avançando, próximo se o Imbecil atacasse em arco julgaria a altura do mesmo para sua reação, sendo até a altura da cintura daria um breve pulo forçando o corpo para baixo para aterrissar rapidamente afim de não dar brechas ao oponente. Já no caso de um arco alto, no caso até a altura de seu peito iria inclinar seu corpo para frente em vez de para trás, de forma a não perder seu oponente de vista, simplesmente abaixando-se um pouco neste tempo com uma das espadas a frente do seu corpo para um bloqueio também.

Caso a mudança da direção do golpe fosse de uma forma que não conseguisse se abaixar/inclinar ou sair da reta, sendo a solução apenas com um salto alto; Kryn se impulsionaria para o alto com toda a força que teria, indo simultaneamente na direção do tal "Mestre Kame" e encolhendo as pernas junto ao corpo, mas não só saltaria, ele já faria o salto girando o corpo com velocidade e usando sua acrobacia girando as suas espadas, e tentaria passar ambas sobre ambos os ombros do oponente, em um bloqueio o mesmo se colocaria em uma posição bem ruim. “– Lisa, agora!!!” Poderia ser a chance para a gatuna, mas sabia que isso seria falho, ou tinha uma grande impressão então já me preparava para um novo movimento.

Caindo ao chão de qualquer forma, seguiria para cima do meu oponente com um belo sorriso no rosto. Entretanto tentaria algo mais sujo, mas a ideia era exatamente essa, assim que Kryn chegasse próximo ao sargento então com sua Scimitar ameaçaria dar uma estocada rápida, já esperando pelo bloqueio do seu oponente, porém durante o golpe o mesmo faria uma de suas clássicas jogada, confundindo a mente dele fazendo uma abertura zero e com sua outra espada, agora ao invés de um quebra-nozes seria uma estocada em suas partes intimas e no momento que desse abertura ou seja fazer meu movimento acrobático era a hora para Lisa cravar sua adaga na cabeça daquele homem e de preferência o acertasse sem dó, pois caso ele tente esquivar já esperando. “- Sinta um pouco de dor, qual é!!!” Era provavelmente um plano insano, doido, diabólico ao nível de Kryn e seu desejo por emoções fortes, pelo abate, pela matança o sadismo. Embora fosse uma forma radical de lidar com a situação de provavelmente ser encurralado. Talvez simplesmente não fizesse ideia dos riscos que se colocava, mas era também uma forma de ser feliz. Era afinal, um jeito de um homem lidar com as coisas.

Tento a oportunidade de golpeá-lo com minha dadao fazia isso de cima para baixo na horizontal, caso ele boqueie meu golpe. “ – Você é bom ... é uma pena que vou te matar.” Na sequência enquanto ele bloqueia meu golpe faria um movimento rápido usando minha luta de rua, desferindo um chute em sua perna com o intuito de derrubá-lo ou desequilibrá-lo, caso ele esquive do golpe de kryn o mesmo continuaria o seu golpe completando o giro e desse vez levando seu pé na cabeça do adversário ao mesmo tempo que com sua mão daria uma espadada. Mas se eu consiga acertá-lo com o primeiro chute o garoto então aproveitaria o momento para atravessar o peito do oponente com sua scimitar, sendo bloqueado pelo desequilíbrio usaria sua outra espada então para corta-lo seu foco era o pescoço ou a cabeça. “ – Que diabos em.” Mesmo o golpe sendo efetivo eu continuaria a furá-lo até que meu corpo tivesse coberto de sangue, completamente banhado meus olhos transmitiriam meus sentimentos de ira, raiva, vingança, ódio enquanto olharia para outras pessoas se ali estivesse presente.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 EmptySex 19 Out 2018, 22:08



Cap.3 - You Will Learn To Show Respect



~~ Ryoma ~~


Helves analisando as possibilidades existentes, decidia que iria pelo meio da multidão, tentando passar pelo meio delas em meio as desculpas, a sua atitude não agradava ninguém, a população e os modelos do evento se irritavam, lançando reclamações e dezenas de xingamentos para a celestial que se perdia em meio a tanta gente, mas depois de vários empurrões que também tomava e tendo que recuperar o seu equilíbrio em meio a tanta gente. Ao passar pela multidão, ela não via de imediato as pessoas que estava perseguindo, tendo que andar mais rápido pelas ruas para procurar por ele novamente, mas tendo em sua vista novamente, não perdia o foco e voltava a acelerar até o homem.

Eles andavam por mais dois ou três minutos e entravam dentro de um beco, este qual Helves aproveitava para acelerar em direção aos homens que percebiam a sua presença de imediato, mas não agiam a tempo de conseguir interceptá-la, ela conseguia atingir o primeiro homem, levando-o ao chão e atirando em seu ombro com a sua pistola para virar para o outro homem pedindo por informações. O que estava no chão gritava de dor. - Sua louca! Quem é você?! – Ele não entendia o por quê de ser atacado daquela maneira e o outro homem apenas respirava fundo, era misterioso e não soltava um “A” de sua boca em nenhum momento. - Sabia que havia algo estranho em você naquela loja. – Seu olhar sério vinha com um “Tsc”, fechando os seus olhos por um segundo, quando a garota dizia que não tinha paciência, ele abria os seus olhos, seu pé raspava o chão e o seu corpo girava, o tiro era disparado naquele que estava caído e o homem sequer olhava para trás, começando a sua fuga imediatada daquele beco.

- Espere! Não em deixe aqui! - O homem chorava de dor enquanto que o cheiro da pólvora subia, ele se contorcia com a dor proveniente do disparo, tanto da bala que parecia ter passado direto pela sua carne como pela queimadura que um disparo a queima-roupa deixava. - Quer dinheiro? Tem em meu bolso! Apenas me deixe ir! – Estava desesperado sem saber o que acontecer, mas aquele que estava em fuga parecia entender de alguma coisa para simplesmente abandonar o seu companheiro daquela maneira, ou, em outras mentes, apenas era um covarde traiçoeiro que deixaria até a própria mãe para trás para escapar com vida daquele ataque.

~~ Punk ~~


O que parecia ser uma pausa no combate após o velho colocá-lo um andar acima da luta, ele aproveitaria, Kryn olhava para a sua companheira preocupada com ele. - Sim, é um lugar bem estranho. – Ela olhava ao redor tentando enxergar alguma coisa, mas a escuridão presente ali era mais do que perturbadora. - Acho que é melhor do que voltar para aquele louco! – Elisabeth estava assustada com a força que aquele homem havia, nenhum ataque havia funcionado e eles haviam caído em segundos diante deles, a garota lhe ajudava a ficar de pé, mas após levantar, a sua ajuda não era mais necessária para se locomover, onde a dupla começava a caminhar em direção a luz. - É um homem mais do que forte, acabou com nós em segundos, ele talvez tenha sido misericordioso o suficiente para nos jogar aqui. – Mesmo tendo a visão dificultada, eles caminhavam, tentando enxergar em meio a penumbra alguma coisa que pudesse ferir eles, mas nada parecia incomum, em seus passos, era possível ouvir o propagar do som pelo ambiente, provocando quase que um eco em um ambiente estranho e escuro.

Ao ser perguntada por algo estranho, ela conseguia ver uma coisa em meio a escuridão, era uma estátua pequena de uma anja e com um bilhete em suas costas. - O ser mais próximo de você, pode te levar a mundo desconhecidos. – A garota sorria, pensando que era uma mensagem do destino para mostrar a relação dos dois. - Ah! Amor! Você me leva para os meus sonhos mais profundos e lugares que eu jamais poderia imaginar. – Elisabeth parecia esquecer do perigo atrás e se tornava empolgada ao estarem andando mais para dentro, o papel guardava em seu bolso. Passos podiam ser ouvidos ao longe, mas quanto mais se andavam, mais ficavam distantes, todo o momento passava a impressão de que eles não chegariam tão rápidos e medidas defensivas não seriam necessárias naquele ponto, ao chegarem na luz, suas visões demoravam um pouco para se acostumar, era uma sala repleta de branco, haviam cadeiras, algumas janelas e várias lâmpadas que davam tanta luminosidade para o lugar, as janelas eram quadradas e duplas, abrindo para ambos lados e fechadas por uma cortina. Os sofás repletos de couro e da mesma cor, as cadeiras eram da cor de uma madeira escura, posicionadas em hexágono em uma mesa ao centro, era possível ver uma vitrola que tocava uma leve música clássica composta por violinos, pianos e os instrumentos mais clássicos que poderiam lembrar.

- Parece tudo normal – Do lado de fora das janelas, podia se ver uma grande figura passando, era uma estátua enorme de anjo passando pelo lado de fora e ao tomarem pela distração daquilo, uma figura saia de uma porta ao leste deles, era uma criança com asas, seus dedos passavas sobre os seus olhos, ela chorava alto e tinha uma aparência angelical, ela passava até o meio da sala e ao notar que Kryn e sua amada estavam ali, se assustava, se jogando em meio ao sofá. As suas asas batiam sobre o colchoado do mesmo e a garota quase caia para trás do mesmo. - Quem são vocês?! – Ela estava assustada. - Quem é você?! E o que faz aqui?! – A gatuna estava com a sua adaga em mãos, preparada para dar o bote no sinal de fragilidade da garota. - Não sei como vim parar aqui, não me lembro de nada. Só de meu nome, Ariel. – Ela continuava com a sua cara assustada, mas pulava para atrás do sofá, tentando se esconder dos piratas.


Considerações:
 

Legenda:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 EmptyDom 21 Out 2018, 21:07



안 된다는 걸 알아

O primeiro alvo não parecia entender muito bem a situação. Helves percebia de imediato que havia cometido um erro ao escutar as palavras do outro homem e ver este correr, sem contar que o sujeito no chão implorava por sua vida, oferecendo até mesmo dinheiro que era algo que importante para ela no momento. – Louca... É, estou um pouco irritada no momento. Fique quieto e não conte para ninguém sobre isto, saberei onde te encontrar se alguém escutar uma palavra sobre o que aconteceu aqui. – A voz dela só mostrava verdades e rapidamente a garota pegaria o dinheiro que estava no bolso do sujeito, erguendo-se para iniciar a perseguição ao seu verdadeiro alvo. "São conhecidos, mas aquela pessoa não parecia se importar muito com o companheiro. Preciso pegar ele o mais rápido possível, abandonar alguém assim é algo que somente pessoas horríveis fazem." Claro que a velocidade da garota não era rápida de inicio, tendo que ir aumentando conforme dava impulsos e corria atrás de seu alvo, saltando por cima de objetos se necessário ou apenas desviando com impulsos para o lado. O dinheiro seria guardado no interior das vestes, em um dos bolsos da blusa vermelha que usava, aproveitando da fantasia para esconder tudo que carregava. A maleta ainda estava em mãos e nada seria perdido, pois se aquela pessoa havia fugido, não deveria ser tão forte e confiante para enfrentar a celestial. Durante o caminho ela iria recarregar os revolveres que tinha gastado bala, assim como o rifle para o que poderia acontecer depois.

Helves confiava que era mais rápida do que seu alvo, tentando ao máximo aproximar-se dele para realizar disparos contra as pernas do mesmo e diminuir o ritmo de sua fuga. Outra opção seria arremessar as machadinhas em qualquer ponto do corpo do mesmo, as pernas seria o ideal, mas teria mais chances de errar e a celestial não queria arriscar. Já o tronco do mesmo poderia ser um alvo bem fácil e seria onde a garota tentaria mirar se os membros inferiores estivessem complicados para mirar. Após tudo isto ela esperava conseguir alcançar o homem, indo diretamente com uma investida de corpo contra ele, empurrando este e logo em seguida executando um golpe com a maleta em direção a têmpora do lado esquerdo ou direito, usando as duas mãos para realizar um forte golpe. "Isso deve ser o bastante." Golpear naquele ponto provavelmente acabaria com a luta, mas Helves tinha de se preparar para não terminar tudo rapidamente, soltando uma das mãos da maleta para agarrar a camisa que aquela pessoa usava e com toda a força que a pequena celestial tinha, jogar o homem ao chão. Se mesmo assim ele não estivesse parado, mais uma vez a garota teria de avançar contra ele, só que desta vez realizaria uma sequência de ataques contra a perna dele. Três chutes por trás do joelho, visando dobrar as pernas e fazer seu oponente cair ao chão. Fora isto a maleta mais uma vez iria contra a cabeça dele, só que desta vez por trás para atordoar de vez e por fim a médica se jogaria por trás nele, envolvendo o pescoço com seu braço direito enquanto a mão esquerda largava a maleta, pegando uma das pistolas para mirar assim na cabeça dele.

Seu alvo poderia a qualquer momento atacar, por conta disso a garota tentaria esquivar-se de golpes ao saltar para longe deles ou apenas mudar a direção dos mesmos com os braços/maleta e assim não ser acertada. A última opção seria bloquear com os braços em X na frente do corpo ou usar as armas de fogo para impedir golpes, aguentando o impacto para assim prosseguir com os ataques e a perseguição até vencer. – Acabou... Me conte o que sabe e talvez eu te deixe sair sem muitos ferimentos daqui. – Helves não conseguia deixar a raiva passar, ficando extremamente irritada com toda a ação que estava tendo, além de pensar no quão horrível o governo era e como isso a incomodava naquele momento. Não importava o quão inocente aquela pessoa era, Helves tinha em sua cabeça que ajudar o governo já não era a coisa correta a se fazer. "E você ainda deixou seu amigo para trás, não existe motivo para confiar em você." A qualquer sinal de reação ela realizaria um disparo contra o homem em pontos que apenas causaria dor, mas não mataria de forma alguma, deste modo ele iria parar e ela poderia continuar. – Não dificulte as coisas... – Negar também seria recebido com disparos, cortes, estrangulamento ou socos e chutes contra o corpo dele. A celestial estava cansada de tanto lutar naquele dia, achar seu companheiros era a primeira coisa que faria, mas estava ali caçando alguém com informações sobre os agentes.

Objetivos:
 
Histórico:
 
Informações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Punk
Pirata
Pirata
Punk

Créditos : 13
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 01/07/2013
Idade : 28
Localização : No barco

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 EmptySeg 22 Out 2018, 20:17



Em Busca da Saga, que ela me divirta..


Era a primeira vez que tinha visto Elisabeth desistir tão fácil assim, tantas dificuldades ao qual nós passamos para chegar até aqui ela nunca tinha mostrado esse sentimento de medo da morte. “O que será que aconteceu com ela? Bom vamos então fugir do velho.” Pensava enquanto ouvia ela falar o quanto o adversário era mais forte que nós dois juntos. “– Preciso ficar mais forte, para garantir então nossa segurança e a matança por aí.” Então a mulher começava a ler algo bem bonito, algo que eu gostava muito mesmo em minha mente ter um duplo sentido eu sempre acreditei no destino. “Mundo desconhecido? Talvez ela possa até ir para o inferno junto comigo, coitada.” Colocaria um raro sorriso no rosto, pois também poderia ser algo bom já que havia prometido conhecer o mundo por aí com a Lisa. “Cada ilha uma nova história, cada história um novo desafio.” Colocaria minha mão levemente sobre minha barriga que estaria doendo e muito. “– É que havíamos prometido lembra coração .... Te amo.” Diria para mesma com um tom bem tranquilo.

“– Parece que estamos andando a bastante tempo, caminho antes não parecia ser tão longe.” Diria para a mulher enquanto ainda buscávamos a luz no fim do túnel. “– Ahhh meus olhos!!” Diria logo ao chegar na sala a enorme claridade ofuscava minha vista até o momento em que me acostumaria com o local, a música clássica do ambiente me fazia pensar “Que porra é essa.” Mas manteria minha calma enquanto olharia bem ao redor, parecia um local bonito, sofisticado. “Acho que aqui deve ser local de alguém rico, se eles bobearem vou roubar isso aqui.” Pensaria comigo enquanto continuaria a explorar o estranho local a qual me encontrava.

Achava finalmente a criança angelical, finalmente havia encontrado o que o destino tinha reservado para mim. Mas a mesma parecia estar se escondendo que ironia. “– Me chamo Kryn e essa é Elisabeth, somos piratas.” Diria com toda a minha sinceridade excessiva, faria uma pequena pausa então voltaria a falar. “– Olha eu vendi minha alma para o Diabo, por motivos pessoais. Mas tive uma visão com um anjo pedindo ajuda então vim parar aqui e você parece está precisando de ajudar.” Minha voz seria suave, enquanto mostrava toda a tranquilidade do mundo para encarar aquela situação e tentar passar a mesma para o ser angelical. Logo na sequência então responderia a mesma. “– Nossa quem engraçado Ariel, eu ia lhe dizer quase a mesma coisa, só que sem o sotaque.” Faria um pequeno sinal de positivo olharia novamente as coisas. Começaria a procurar algo de valor para pegar e levar, que não me desse muito trabalho para carregar então olharia com máximo de atenção e preocupação para ser rápido e não ser pego.

“- Ei Ariel, chegou a ver algo de importante por aqui?” Perguntaria com calma para não assustar mais do que já estava. Achando pegaria e guardaria comigo, sendo dinheiro, ou pedra preciosa, arma, qualquer coisa do tipo. “– Só terminar de fazer uma busca e saímos daqui O.K.” Após terminar achando algo ou não então perguntaria para o mesmo se já tinha visto alguma saída ou outra pessoa. “– Me descreva como ele(a) é?” Para saber se eu já havia encontrado com a mesma, podendo até ser o velho a qual eu havia lutado a pouco tempo atrás. Logo na sequência falaria para Elisabeth procurar alguma outra saída diferente do local por onde a gente veio. Já que a mesma estava com medo da morte contra o karate kid, mas pediria para ela não abrir a porta nem nada, pois ainda precisaríamos ver se havia segurança e tudo mais.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 EmptyTer 23 Out 2018, 21:54



Cap.3 - You Will Learn To Show Respect



~~ Ryoma ~~

A garota falava para o seu refém que saberia onde encontrá-lo e também vasculhava os seus bolsos em busca do dinheiro que ele havia, encontrando cerca de quinhentos mil berries com o homem e voltava a perseguir o fugitivo, pulando por alguns caixotes deixados para trás e tentando guardar o dinheiro em um de seus bolsos enquanto corria, encontrando cerca dificuldade para tal ato devido a fantasia e ter a outra mão ocupada pela sua maleta que atrapalhava a sua corrida, também não esquecendo de recarregar a sua arma para que não tivesse problemas com munições posteriormente, achando que o homem estava fugindo por ser fraco ou não ter bolas para enfrentar a garota. Em meio ao seu caminho, um homem agarrava o seu braço, de maneira esquisita em meio a rua em que estava, Helves tentava se soltar, mas o homem olhava ela nos olhos, era um homem careca com olhos mortos parecendo um velho que tinha saído de um caixote com roupas de anjo como qualquer um daquela cidade no momento. - Eu sou do exército revolucionário, vim averiguar se está tudo ocorrendo bem. Sou eu que falou com você pelo den den mushi e queria saber sobre a missão, mas parece que as coisas não estão saindo tão bem quanto o planejado. – Ele olhava para o homem se distanciando e virando uma esquiva. - Siga por ali e encontrará ele mais rápido. – O seu dedo indicador apontava para um beco que seguia reto para aquela esquina e após ter sido solta, a celestial voltava a correr na direção que o homem havia apontado.

Ela não perdia tempo em sua perseguição, chegando a ficar próximo do homem em certo momento, distância o suficiente para realizar um disparo tentando acertar uma das pernas do fugitivo para que tentasse diminuir a sua mobilidade, mas em meio a sua correria, a sua precisão não tinha tanto foco e acabava errando os primeiros alertando todos os cidadãos a sua volta, o que gerava um grande grito e afastamento dos seres. Helves não era exatamente mais rápida que o homem, ela era mais lenta, mas em meio a multidão, o fugitivo tinha que abrir caminho e deixando um caminho livre até que a celestial chegasse perto dele sem ter que disparar tanto, tentando um jogo de corpo contra o homem que embora tivesse correndo, conseguia aguentar os sessenta quilos da garota e girava o seu corpo a ponto de jogá-la contra o chão antes que a mesma pudesse golpeá-lo em sua têmpora, apenas raspando a sua maleta perto da testa do indivíduo.

Ao vê-la caída no chão mesmo que por poucos segundos, ele tentava lhe acertar onde a garota não via outra escolha a não ser colocar a sua maleta em frente do chute do seu inimigo, conseguindo bloquear e redirecionar levemente o golpe que fazia o seu pé ir ao chão e antes que pudesse envolvê-lo ou fazer qualquer outra coisa com o mesmo, o homem dava um salto para trás, mas ele parecia ter desistido de correr. - Quer lutar?! Então vamos lutar. – A multidão observava tudo aquilo de longe, se escondendo atrás de esquinas para não ser acertada por balas perdidas ou vendo pelas janelas de suas casas ou lojas.


~~ Punk ~~


Ele havia visto pela primeira vez a sua amada tendo o medo da morte, não era algo que o deixava triste, mas lhe surpreendia por nunca ter visto. Ficava feliz colocando um raro sorriso em seu rosto ao ver a paixão que ela tinha por coisas desconhecidas, querendo explorar cada vez mais o mundo e tudo mais, era algo que haviam prometido anteriormente e ela também correspondia o amor dele com o seu beijo. Kryn falava com a pequena garota, querendo mostrar-se amigável e sendo bastante sincero devido a sua desvantagem, falando seu nome, o que era e o que havia acontecido com ele de ter vendido a sua alma para o diabo. A garota não parecia assustada como se fosse uma coisa normal para ela, mesmo sendo tão jovem parecia conhecer a pessoa e não demonstrava qualquer reação ao homem, apenas se distanciava toda vez que um passo era dado para perto dela mesmo não tendo

Após suas falas, ele começava a sua procura pelo ambiente, tentando encontrar algo de valor, chegando a perguntar para ela se tinha visto algo de valor ou alguma pessoa depois de dizer para ela que sairiam após terminarem a busca. - Eu acho que tem algo de ouro nessa estante aí – Ela apontava com o seu dedo indicador para um cálice dourado que estava na estante. A todo momento que Elisabeth ou Kryn dessem um passo para perto dela, ela ia se afastando cada vez mais até tocar na parede procurando estar sempre distante dos dois. - P-pessoa? Não em lembro de nenhuma não. – Bem ao longe, era possível escutar passos de algumas pessoas, mas vinham lentamente como se nada tivessem a temer ou pressa alguma. A sua amada ia procurando por alguma saída, chegando a encontrar algumas janelas, mas elas tinham uma altura de aproximadamente cinco metros até o chão e a porta da qual a garota havia aparecido. - Apenas a porta e essa janela enorme. – Dizia a garota para o seu amado que conseguia achar outra coisa dourada que tinha o seu valor para ele, este sendo um vinho que parecia caro e uma bandeja com talheres de ouro, pegando estes consigo também. A busca havia seu fim quando haviam explorado por toda a sala, a anja estava há aproximadamente cinco metros deles, perto da passagem escura da qual haviam seguido. Terminaram de procurar por tudo? – Ela tinha medo em sua voz e inocência, era simplesmente como uma criança perdida que estava confiando nas pessoas erradas e mesmo que soubesse disso, não parava.


Considerações:
 

Legenda:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 EmptyDom 28 Out 2018, 12:24



그래서 더 힘들지만

Uma pessoa estranha aparecia em seu caminho. Helves não conhecia aquela pessoa, conseguia apenas lembrar-se de sua voz e isso a fazia parar por um momento e escutar o que ele tinha para dizer. "Revolucionário? Heh, estranho... Agora faz sentido me pedirem para caçar aquele homem, saber informações sobre o governo é algo que os revolucionários querem." naquele instante ela percebeu o quão burra estava sendo por conta da raiva, acalmando-se e até mesmo rindo da situação após receber as indicações e seguir seu caminho, continuando a perseguição. Não falar com ele era a melhor opção e por hora a garota precisava camuflar-se, pois estava entrando no meio da população e seu rosto talvez fosse reconhecido em algum momento. Sem cuidado algum ela começaria a rasgar a fantasia que havia comprado, pegando um grande pedaço do tecido para envolver seu rosto e esconder basicamente tudo, tentando sobrar apenas os olhos para enxergar tranquilamente tudo. "Isso vai servir por hora." Amarraria na cabeça se necessário para ficar bem preso e não revelar o rosto facilmente, avançando sem mais preocupações.

Muitas pessoas, correria e nada de acertar disparos. Helves estava começando a achar que não tinha chances de alcançar o homem, aproveitando-se apenas da multidão para aproximar-se e executar sua investida. Obviamente não foi a melhor escolha, pois de imediato ela foi jogada ao chão, percebendo que não estava enfrentando alguém tão fraco quanto imaginava. – Sim, estou aqui para enfrenta-lo se necessário... Seja esperto e desista. – Diria enquanto levantava-se, assim ela deixava a maleta de lado para focar no combate, encostando-a em canto qualquer perto de onde estava. Inicialmente a celestial não realizaria ataques, tomando cuidado com a investida de seu oponente, esquivando-se com saltos para trás e lados, movendo seu corpo para longe de qualquer ataque e bloqueando/mudando a direção de certos golpes caso fosse necessário. Para tal bloqueio dependeria muito do tipo de golpe, pois se fosse feito com algum armamento, Helves teria de usar das machadinhas ou revolveres para bloquear, já se fosse algo com as mãos ou pés ela poderia apenas afastar com seus braços e recuar após isto. Basicamente os armamentos em mãos seriam uma machadinha e uma pistola, sendo a machadinha na esquerda e a arma de fogo na direita.

A maleta era de extrema importância para os procedimentos médicos da garota, por conta disso ela estaria atenta a qualquer um que tentasse pegar ela, realizando disparos contra as mãos ou pés de  tal pessoa. Fora isto o combate seria completamente focado no homem que estava na sua frente, recarregando ambas as pistolas enquanto tentava escapar dos golpes e esperava o momento correto de atacar. – Por qual motivo está protegendo eles? Sabe que estão errados, prometo não te fazer mal se desistir de lutar e me entregar tudo que sabe. – Esta seria a única oportunidade do homem render-se, pois após isto Helves iria avançar sem mais pensar em outro resultado a não ser a derrota daquela pessoa. Os golpes iniciais da garota seriam simples, começando ao inclinar seu corpo para baixo, deixando o braço esquerdo bem esticado enquanto erguia-se e subia com um corte diagonal do ponto mais baixo da esquerda até o ponto mais alto na direita que o braço dela poderia alcançar. "Esquive!" Gritava mentalmente, imaginando uma esquiva do oponente, aproveitando-se deste momento para realizar disparos com a arma da direita, mirando no tronco, pernas e braços se ele estivesse segurando algum tipo de arma.

Nada seria para matar. Helves tentava derrotar o homem sem ferir este seriamente, tentando aproveitar-se de todas as chances que tinha para realizar disparos e contra-ataques com a machadinha. Ao esquivar de algum ataque ela faria rapidamente um avanço e executaria cortes contra o tronco do oponente. Outra opção de contra-ataque seria escapar de qualquer golpe e executar de imediato um chute contra a têmpora do adversário, usando a perna mais provável de acertar naquele momento. Fora isto qualquer chance de acertar as pernas dele com disparos, cortes e golpes seria utilizada, tentando acabar com a mobilidade do mesmo e assim ter maior sucesso na obtenção de informações. – Vamos lá, acabe logo com isso. – Ainda irritada a garota chutaria o trapaceiro mesmo que já estivesse derrotado, tentando pegar rapidamente as informações para sair daquele lugar cheio de civis o mais rápido possível.

Objetivos:
 
Histórico:
 
Informações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 EmptyQua 31 Out 2018, 20:55



Cap.3 - You Will Learn To Show Respect



~~ Ryoma ~~

Em meio a sua corrida após o encontro com o revolucionário e sua leve sensação de ter sido burra pela sua raiva, ela rasgava a sua fantasia, tentando encontrar pano o suficiente para colocar em sua cabeça deixando apenas os seus olhos. Tomava uma postura para o combate, não atacando de início e deixando a sua maleta aos seus pés para que não viesse a atrapalhar em seus ataques, deixando a sua machadinha em sua mão esquerda e a pistola na mão direita. Helves tentava mais uma vez tentar convencer o homem a se render, prometendo que não faria mal algum se ele revelasse qualquer coisa sobre aqueles homens do qual sabia que eram errados. Com uma recusa clara pelo gesto obsceno do seu dedo do meio sendo direcionado para a garota, ela partia para o ataque, tentando direcionar o seu corpo de modo a atacar com a sua machadinha e tentando fazê-lo esquivar de alguma maneira para que pudesse acertá-lo com o tiro de sua arma de fogo, a sua tática era um sucesso, onde o homem pulava para a esquerda e o disparo acertava o seu ombro, ela tentava não derrotar o homem sem ferir este seriamente, tentando aproveitar-se de todas as chances que tinha para realizar disparos e contra- ataques com a machadinha.

O combate começava a tomar maiores proporções, tendo uma troca de ambos lados como dois loucos batendo contra si, eram chutes e cortes que pegavam em ambos lados do combate, Helves era acertada em suas costelas, pernas e uma vez no rosto, os golpes eram fortes que faziam ela gemer levemente da dor sofrida, mas em contra-ponto, seus golpes também pegavam nas partes não vitais, braços, pernas, barriga e o que mais conseguia acertar naquele momento.

No seu último golpe, o homem caia no chão, sendo acertado por um chute da pirata e a população mandava um “Ooooh” com um leve sentimento de surpresa e desespero, o homem ser acertado daquela maneira. - Eu não tenho nada a dizer! – Ela olhava em um beco próximo e vazio, uma leve sombra de alguém encapuzado a observando, parecia ser dos revolucionários com as suas máscaras e esperando que ela obtivesse as informações, talvez até mesmo esperando ela com o refém.

~~ Punk ~~


~~ Pulado ~~


Considerações:
 

Legenda:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 EmptySex 02 Nov 2018, 21:40



단 한 번만이라도

O combate não era dos melhores. Helves estava fazendo o possível para manter aquele homem vivo, mas ser ferida no meio de tudo isto não a agradava. "Se ele morrer não há informações..." Ficava ainda mais irritada com a situação encontrada, percebendo que não conseguiria correr muito longe disso. A dor era o bastante para fazer a garota soltar alguns sons, gemendo por ter sido acertada daquele modo sem poder reagir. Helves finalizava a troca de golpes ao derrubar o homem no chão, um simples chute conseguia finalizar e dar a vantagem para a celestial. "Ele não pode estar apenas olhando as coisas... Preciso me livrar dos civis primeiro, muita gente observando é sempre ruim." Da forma como estava ela iria golpear o homem até ter liberdade para amarrar este com pedaços de sua própria roupa, prendendo os braços e pernas antes de finalmente recarregar as pistolas e apontar para a multidão observando. – A festa acabou. – Diria e caso ninguém fizesse questão de mover-se, ela apenas atiraria para o alto ou no chão, próximo aos pés deles para assustar os civis e talvez criar uma confusão que faria todos fugirem.

Se tudo fosse resolvido facilmente, Helves apenas teria que pegar sua maleta e arrastar o homem capturado até o mascarado, algum beco ou quem sabe uma casa abandonada onde poderia ter tranquilidade para conversar com ele. – Agora que estamos com menos pessoas nos observando, vamos começar novamente. – O pano cobria o sorriso que a celestial mostrava no momento, jogando o homem em qualquer canto de onde estivesse, virando ele de barriga para cima. – Quer começar a falar ou precisará de uma ajudinha? – O revolver apareceria na mão direita enquanto a esquerda estaria com uma machadinha, encostando esta no peito dele, descendo lentamente até cortar completamente a roupa que escondia o corpo do mesmo. – Podemos começar por aqui e se me irritar mais, terei que descer um pouco. – Nisto os olhos de Helves estariam focados nas partes baixas de seu alvo, observando o que pode ser chamado de partes íntimas. Asken já havia dito para ela o quão ruim é ser atingido naquele ponto, então a garota apenas imaginava que usar isto como ameaça seria interessante.

Bater um pouco, disparar com o cano da arma encostado na pele dele em pontos que não mataria de imediato. Existiam diversas formas de resolver aquele problema e Helves usaria delas, mas se em algum momento conseguisse perceber que não era a pessoa correta para o trabalho, apenas deixaria que seu companheiro mascarado pudesse dar conta daquilo. "Sou muito boa para isto... Não tenho as habilidades necessárias ainda, espero que isso não me atrapalhe futuramente." Matar alguém ainda estava um pouco longe do que a celestial conseguia fazer, mas ferir uma pessoa que estava ajudando pessoas ruins era uma ação horrível se ela não estivesse tão irritada. – Não há motivos para proteger aquele tipo de gente... É bem fácil ver que não conseguirá muito disso, será feito de fantoche até o fim e poderá encontrar situações parecidas no futuro. – Com isto Helves esperava alguma mudança na visão do sujeito, talvez assim pudesse falar. De qualquer modo ela apenas ficaria ali observando o que acontecia quem sabe forçaria um pouco mais até ele falar ou então apenas ajudar quem estivesse fazendo algo com o trapaceiro.

Objetivos:
 
Histórico:
 
Informações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  - Página 8 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!
Voltar ao Topo 
Página 8 de 10Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Farol-
Ir para: