One Piece RPG
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor xRaja Hoje à(s) 01:39

» [ficha] Arthur D.
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:13

» Arthur Diggory
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:12

» Cindy Vallar
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 22:53

» 1º Tale - Where the Earth Meets the Sky
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor Baskerville Ontem à(s) 22:20

» Jade Blair
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 22:18

» Blackjack Baskerville
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 22:17

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor Licia Ontem à(s) 20:58

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor Milabbh Ontem à(s) 20:31

» Karatê Cindy
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor Jean Fraga Ontem à(s) 20:29

» A inconsistência do Mágico
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor Jean Fraga Ontem à(s) 20:03

» Livro Um: Graduação
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor Jean Fraga Ontem à(s) 19:41

» Arco 5: Uma boa morte!
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor Milabbh Ontem à(s) 19:28

» As Raízes do Vigilante Lucífugo
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor Kekzy Ontem à(s) 18:29

» Meu nome é Mike Brigss
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor Shiro Ontem à(s) 17:46

» Os 12 Escolhidos, O Filme
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor Ceji Ontem à(s) 16:14

» Kit - Ceji
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor Ceji Ontem à(s) 15:23

» Mini-Aventura
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor Makei Ontem à(s) 14:25

» [Mini-Aventura] A volta para casa
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor Ryoma Ontem à(s) 12:40

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Emptypor Akuma Nikaido Ontem à(s) 12:34



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Empty
MensagemAssunto: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  EmptyTer 17 Jul 2018, 22:13

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) piratas Asken Kanogan, Helves e Kryn Nerelin. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Kiodo
Honorário
Honorário
ADM.Kiodo

Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  10010
Masculino Data de inscrição : 16/12/2010
Idade : 26
Localização : Crtl + F - Depois digita ADM.Kiodo

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  EmptyQui 19 Jul 2018, 11:33

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] Post: 01 - Fala ’Pensamento’
Under an Ancient Dragon!

A emocionante subida que foi o estopim da continuação daquela aventura, atravessando um novo mar. ’Enfim a Grand Line!’ Caminhava em direção a proa do navio, onde esperava está todo o seu grupo. - Todo mundo está bem? Seu tom era neutro, pois, demonstrava uma forma de transmitir segurança e agradecimento à confiança que o bando entregava ao deus. Caminhava em direção a Aya e com sua mão direita colocava na nuca da sirena e dava um abraço de uma mão, o homem colocava o rosto da sirena encostado de forma leve e carinhosa em seus peitos, com um olhar carinhoso olhava para a moça marinha. - E você minha pequena, está bem? Falava de forma baixa, com um semblante carinhoso e com um sorriso amistoso. Caso a sirena venha responder que está bem. - Ainda bem, se cuide. Em seguida o negro caminhava em direção a sua irmã e o restante de grupo. - Então pessoas chegamos ao farol, eu vou dar um conferida no barco… Se alguém quiser me ajudar, grato. Deu uma pausa em sua fala e após um breve momento de respiro, continuava. - Se quiserem dar uma adiantada no farol, será uma grande ajuda também. O deus aguardou as respostas do seu grupo de aliados e em seguida, no momento em que o bando se decidiu, caso alguém se oferecer para ajudar Asken a conferir o estado do barco. - Obrigado pela ajuda, vamos começar pelos espaços baixos e internos. Se encontrar um vazamento ou uma rachadura, me avise.

Asken então direcionava seu destino para os interiores do navio, observando detalhadamente cada espaço, afastando cada objeto do lugar para ter a certeza que não houvesse nada escondido que pudesse prejudicar a próxima viagem, se em algum momento o negro encontrar qualquer tipo de rachadura, furo ou algo do tipo. Iria procurar memorizar o local daquela falha, repetindo sequencialmente em sua mente. - Encontrou algo? Caso alguém estivesse ajudando e viesse procurar/ou vir de encontro ao negro, sua falácia seria simples em um tom neutro. No momento em que conferir a situação do barco, caso houvesse necessidade de reparo, Asken iria procurar uma pessoa com dons de marcenaria para conseguir reparar a(s) falha(s) na embarcação. Caso não houvesse nenhuma necessidade de reparo, o deus simplesmente iria procurar se no farol possuísse algo que possa vender suprimentos para a embarcação para que pudesse dar início ao seu pequeno caos.




OFF:
 

Objetivos:
 

Histórico:
 

Informações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar
registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  EmptyQui 19 Jul 2018, 12:06



잘 지내니 잘 사는 것 같아

A bela vista da Grand Line agradava os olhos da celestial, que já tinha visto aquele cenário outras vezes, porém não se lembrava tão bem do quão bonito poderia ser. "Já faz muito tempo..." A diferença no ar parecia muito estranha, Helves nunca passou pelo farol, mas estava claro que aquele lugar era um tanto agressivo. "Essas pessoas também são piratas?" A quantidade de gente por ali era anormal. Se não existiam tantos barcos por perto, como tantas pessoas poderiam estar ali. A garota não conhecia muito sobre o local onde estavam, mas alguns segundos de observação já resolviam as dúvidas dela. "Eles querem o nosso barco?" A nova embarcação do grupo chamava muita atenção em um local onde ninguém parecia possuir transporte para fora da montanha. – Estou bem, sem problemas por aqui. – Respondia ao negro, observando que ele começava as primeiras movimentações pela embarcação, iniciando os trabalhos que levariam o grupo até uma ilha. Helves deixaria o convés para caminhar até o quarto das mulheres, carregando a maleta junto. Lá ela teria tempo de contar todo o dinheiro do roubo, guardar em suas vestes e transferir todos os equipamentos médicos para a maleta. – Assim ficará melhor. – Ter como carregar separado todas aquelas coisas seria interessante, mesmo que já estivesse cheia de coisas, Helves gostava de uma boa organização. Após separar tudo, retornaria até o lado de fora onde todos estavam sentando-se junto de Aya mais uma vez.

Por não saber se as pessoas na montanha estavam escutando ou não, ela preferiu deixar o assunto da quantia de lado, pois poderiam se tornar alvos ainda maiores tendo tanto dinheiro por ai. – Vou dar uma olhada nesse farol, conseguir algumas informações, talvez comprar os suprimentos... Volto logo. – Concluía, passando a mão direita nos cabelos da sirena enquanto levantava-se, sorrindo com bastante ânimo a celestial seguiria para fora da escuna, levando uma prancha que daria acesso até a montanha ou apenas saltando até ela se fosse possível. Com calma a garota observaria os arredores, procurando qualquer coisa interessante por perto, não que isto fosse fazer diferença para seu rumo, pois o velho sentado próximo ao farol era quem mais chamava atenção naquele momento. – Olá, estou atrás de informações. – Helves sorria ao se aproximar do humano, tomando o devido cuidado, mas ainda indo de forma tranquila por não imaginar um ataque de alguém naquela idade. – Acabei de chegar aqui com alguns amigos, estamos querendo saber como funciona a navegação por aqui. Não sei muito, mas já vi pessoas falando que é um pouco diferente dos blues. – Com a resposta imediata ou não, Helves observaria bem o homem com quem conversava, tentando também ver as coisas existentes no farol. – Também estou interessada em suprimentos para a viagem, sabe onde poderia compra-los? – Terminava de falar ainda com a maleta em mãos, deixando ela à frente dos joelhos enquanto aguardava alguma resposta do velho.

Agradeço a ajuda. – Faria um breve aceno com a cabeça, seguindo até onde poderia conseguir as informações ou então os suprimentos. Caso tudo venha a ser feito naquele farol com o velho, Helves só poderia aceitar ter que continuar conversando com ele. – Possuímos uma escuna, só precisamos dos suprimentos. – Qualquer outra coisa necessária para navegar na Grand Line seria deixada de lado naquele instante, pois Helves não poderia decidir por si só como seguiriam. Ela não era a capitã, muito menos uma navegadora. Qualquer coisa fora a embarcação precisaria ser conseguida por Asken, que talvez já soubesse exatamente o que eles precisavam para sair do farol. Recebendo os suprimentos, pagaria a quantia necessária. – Obrigada. – Agradeceria o velho, retornando até a escuna para encontrar novamente os companheiros e pensar no que fariam naquele momento. "Não deve ser muito complicado sair desse lugar, não tive muito contato com nada da Grand Line fora a minha ilha. Se o meu povo fosse mais liberal, talvez eu já tivesse todas as informações necessárias." A culpa obviamente não era deles, a celestial apenas não conseguia entender muito bem as razões de ser criada em um local tão fechado comparado ao restante do mundo.

Objetivos:
 
Histórico:
 
Informações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Punk
Pirata
Pirata
Punk

Créditos : 13
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  10010
Masculino Data de inscrição : 01/07/2013
Idade : 28
Localização : No barco

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  EmptyQui 19 Jul 2018, 21:23



O Farol.


Sabe aquele momento que depois de alguma situação vem em sua mente a coisa perfeita que poderia ter sido feita naquele instante? Isso me acontecia agora. - Caramba, eu deveria ter beijado ela, sobre essa linda visão. - Pensava, me lamentando por alguns instantes com um suspiro. – Estou ótimo, sem problemas. – Responderia o capitão, com um tom calmo, logo na sequência então perguntaria para Elisabeth. – Gostou da viagem? Tudo em ordem, Coração. – Aguardaria a resposta da mesma, na sequência começaria a olhar as coisas em minha volta um pouco e ali estava novamente o ferreiro no lugar em que pertencia: Aquelas pessoas encarando o barco me fazia pensar e enquanto pensava no que eles queriam sentia o prazer de possíveis lutas, mais do que isso a matança. “Se eles caírem para dentro, terei o gosto de fazer e ver todos eles sofrerem.”

Era hora de dar seus primeiros passos no Farol, uma terra que ele sequer conhecia, conhecer lugares novos fazia com que o deixasse muito feliz. “Será que consigo uns materiais com essas pessoas, quero forjar uma espada.” Então concluiria dizendo em um tom alto, mas ao mesmo tempo calmo. – Vou dar uma olhada nas coisas, preciso de materiais para forjar armas. – Levaria minha mão direita até meu queixo, fazendo uma expressão pensativa e na sequência colocaria um sorriso de leve, enquanto ouvia uma voz em minha cabeça. “Que tal um banho de sangue por aqui em?” Meu sorriso se tornaria perverso enquanto algumas imagens daquelas pessoas morrendo surgia, gostava de imaginar isso, mas não era o objetivo principal do pirata que então tiraria seu sorriso, olharia para a sua companheira e então falaria. – Vamos dar uma volta? -

Desceria da escuna, procurando a maneira mais segura que achar e na sequência ajudaria Elisabeth a descer. Precisaria de metais para forjar uma espada então meus passos perante ao local seria bem calmo, seguraria uma das mãos da garota enquanto olharia tudo em minha volta. A cada pessoa ou grupo, pararia para fazer perguntas, me aproximaria de maneira calma, usando minha boa aparência, além da voz encantadora para se dirigir a palavra. – Olá, estou procurando matéria prima para ferreiro, sabe onde eu encontro? – Aguardaria a resposta sendo negativa, seguiria perguntando. Me perguntava o porque havia tantas pessoas por ali, então comentaria com Beth. – Estranho, não acha? – Caso a garota me chame a atenção para algo do gosto dela pararia para olhar e veria o preço também. “Bom espero que isso não seja nada muito caro.” Procuraria, uma mochila maior, ajudaria e muito também e uma bigorna.

Objetivo de Kryn era conseguir um total de cinco matéria prima de ferro, além de procurar algumas ideias para acrescentar as armas. “Para a atiradora um revólver com um desenho de dragão saindo do cano da arma. O capitão talvez uma espada negra ... Para o Bruce .... hmm.... Acho que já sei ficará perfeito, Elisabeth algo legal, farei meu melhor para armas além de bonita com boa qualidade.” Além de uma luva de couro para mexer com o ferro quente, conseguindo tudo o que precisa voltaria para o navio e guardaria dentro do quarto dos homens, depois sairia enquanto olharia vendo se alguém precisa de alguma coisa, ou ajuda caso não apenas iria falar com a garota de cabelo rosa novamente. – É a subida dessa tal reverse foi bem complicada, divertida até não é já que ocorreu tudo bem, matamos muita gente Micqueot, Toroa, estou ansioso pela próxima.” Uma voz calma sem mudar muito minha expressão.

Objetivos:
 

Histórico:
 

Informações:
 

Ficha:
 







____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  EmptyDom 22 Jul 2018, 01:33



Cap.3 - You Will Learn To Show Respect



A viagem pela Reverse Mountain havia sido emocionante, era um alívio ver que todos se encontravam em bom estado após terem chego são e salvo até perto do farol, Asken era o primeiro a se mover até a proa, conferindo se os seus companheiros estavam bem. E ao que parecia, todos estavam bem, respondendo com um belo sim para o capitão, ao perguntar para a sirena, a tímida soltava um. - S-sim! – Aya estava tímida como sempre, correspondendo ao abraço de seu capitão até o momento em que o mesmo soltava e dizia algumas palavras para o seu bando, pedindo para adiantarem o farol e que checaria para ver se o barco se encontrava em boas condições, a sirena era a única ao acompanhá-lo em tal tarefa, enquanto que cada um ia para os lados. Helves se tratava em contar o dinheiro e organizar as suas coisas da melhor maneira possível, quanto a Kryn, ele descia junto com Elizabeth que estava com um sorriso em seu rosto, parecia empolgada quanto a sair dali e explorar um tanto. - Estou empolgada! A viagem foi divertida, embora tenha sido perigosa! – O seu lindo sorriso no rosto era contagiante, a felicidade em ver a liberdade. - Vamos sim!

A celestial conseguia fazer aquele trabalho de forma rápida, dando tempo para que saísse junto a Kryn e Beth. Helves também havia anunciado de que iria para o farol procurar por suprimentos para o barco. O trio inteiro chamava bastante a atenção de vários dos moradores daquela montanha, não haviam outros barcos a vista, mas era possível ver alguns destroços dos mesmos localizados um tanto longe do farol, movido pela correnteza. O espadachim perguntava para um desses moradores onde poderia encontrar material de forja por ali e o homem com uma expressão neutra, respondia. - Karthus é quem sabe de tudo. – Ele apontava para o velho que estava tirando um cochilo na sua cadeira de balanço como um velho caipira.

Voltando para dentro da embarcação onde estavam Kanogan e sua companheira, a análise era minuciosa, ele arrastava os móveis procurando por qualquer vazamento e a sirena fazia o mesmo, sempre tomando cuidado para não se machucar ao mover qualquer coisa por ali devido ao balanço da embarcação que as ondas faziam, mesmo atracados o balanço era contínuo. A situação da área mais superior parecia tranquila, mas ao descerem mais para perto da base, encontravam alguns pequenos buracos onde passavam-se algumas gotas de água e uma pequena rachadura no casco. Eles terminavam de procurar por ali e Asken perguntava para a sirena se ela havia achado algo e ela acenava com a cabeça um “Não”, com a análise concluída, era notável de que precisariam de madeira e pregos para conseguirem consertar aquela parte do barco e um marceneiro. Com o tanto de pessoas do lado de fora, conseguiriam facilmente um homem com aquela função e ainda acompanhado, descia em direção ao farol em busca do homem com a habilidade de marcenaria, mas todos pareciam se reunir ao velhote do farol que acordava ao ser acordada pela celestial. - Novos viajantes?! Ótimo! Me chamo Don Karthus – O homem parecia feliz em suas palavras, mas sua expressão continuava neutra, o velhote esfregava os seus olhos retirando a remela dos mesmos, olhando para todo o quinteto reunido ali, embora houvessem alguns enxeridos dos moradores dali. - A navegação pela Grand Line é diferente, é preciso de uma bússola diferente dos blues para se navegar por aqui. – Ele mostrava uma dela retirando-a do bolso, a mesma era uma grande esfera de vidro transparente, do lado de dentro havia uma agulha com a ponta pintada em vermelho apontando para uma direção. - Este é chamado de Log Pose, é a bússola que funciona em toda a Grand Line, ela aponta para uma rota e a sua primeira ilha, toda a Grand Line é ligada por polos magnéticos e sem uma dessas, você irá se perder se não tiver uma – O velhote inspirava sabedoria e não parecia mentir. - Eu costumo ter um monte dessas, mas só dou uma por barco, para ganhar uma dessas, é necessário uma aposta. Meu preço é uma dessas pelo barco, o que me dizem? – O homem estendia para que olhassem mais de perto. Com o interesse de Kryn e Helves sobre compras, ele também respondia para ambos. - Eu tenho o que vocês desejam, cobrarei um bom preço por eles. – Quando Helves relacionava-se aos suprimentos da embarcação, ela dava a entender que se tratava se comida e madeira e o homem tinha um galpão logo atrás dele onde escutava os pedidos dos piratas. Ele ia rapidamente até o galpão para retirar as coisas de que havia recebido o pedido.

Enquanto isso, um dos moradores se aproximava de Asken que parecia se portar como o capitão da embarcação, o homem havia várias cicatrizes em seu rosto, sues olhos transmitiam um vazio intenso, eram cinzas, mas o homem parecia enxergar bem, seu cabelo preto e sua pele branca, sua roupa parecia de frio com um casaco preto e luvas cortadas em seus dedos, com uma bolsa pendurada no seu ombro e um coldre com ferramentas de marcenaria. - Me chamo Octavio Oz, vi que vocês tem alguns buracos no casco, tenho meus serviços a oferecer e posso ter algo que possa te interessar. – Ele retirava escondido de um dos seus bolsos, um log pose quase igual do que Karthus havia apresentado, mas este era bem mais trabalhado e estava escrito “Tuntz Tuntz Island”. - Este é um pouco diferente daquele, se chama Eternal Pose, ele aponta para uma única ilha. Pelo que eu soube, esta ilha tem uma característica bastante musical. – Ele dava uma parada com um sorriso sinistro em seu rosto. - Eu lhe darei ele de graça se você me levar contigo e quanto a reparação, não cobrarei nada disso, apenas me dê os materiais que eu faço o serviço.

O homem esperava uma resposta do capitão, escondendo o seu eternal no bolso novamente e Karthus saia do galpão com todos os pedidos. Cinco materiais de forja, suprimentos para o barco, luvas de couro, uma mochila normal e uma bigorna, para o velho, tudo aquilo parecia ser papel, como a coisa mais leve. Don transmitia uma aura diferente, como se deixasse tudo tenso, mas o velhote não parecia ser agressivo. - Será 350.000 para você. – Ele apontava para Kryn. - E 90.000 para você. – Tudo estava envolto de uma sacola plástica e os dois pagavam recebendo o que haviam pedido, mas antes de voltarem para a embarcação, eram interrompidos por Karthus. - E então, vamos apostar? – Estava estampado um sorriso sínico em seu rosto. - A aposta é simples, eu tenho uma bola em minha mão, há três homens ali e eles jogam a bola, depois vocês escolhem três tripulantes e também jogam a bola. Quem quicar mais, ganha. – Ele apontava para três homens que estavam próximos, Oz não era um deles.




Considerações:
 

Legenda:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Kiodo
Honorário
Honorário
ADM.Kiodo

Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  10010
Masculino Data de inscrição : 16/12/2010
Idade : 26
Localização : Crtl + F - Depois digita ADM.Kiodo

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  EmptyDom 22 Jul 2018, 19:34

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] Post: 02 - Fala ’Pensamento’
Under an Ancient Dragon!

A sirena se manteve com o negro, ajudando a analisar o barco. O estado do barco não era dos melhores, sendo que os reparos seriam necessários e curiosamente aparecia um homem, se oferecendo para reparas em troca de uma carona para uma ilha que ele tinha conhecimento. ’Crianças Humanas…’ Entretanto no momento que o deus visualizou aquele objeto viu a escrita Tuntz Tuntz, um sentimento estranho se espalhou em seu corpo e em sua mente, aparentava ouvir o barulho de seu coração… era como sua mente estivesse em uma completa escuridão em movimento... ’Tum Tum… Tum Tum… Tuntz Tunz... Quando o som, das batidas se confundiram com o nome descrito no objeto. De repente a face de sua real natureza, o rosto de um dragão de olhos fechados aparecia e em seguida os olhos se abriram, simultaneamente os olhos de Asken voltava a visualizar aquele homem e o farol como se aquele breve instante de vertigem com os olhos abertos tivesse se acabado. - Se quiser uma carona, fique a vontade… Agora me entregue esse eternal. O tom grave e rouco travado como se sua aura e seu estado tivesse mudado de forma repentina pelo espadachim. Em seu rosto esboçava um sorriso psicótico, como se algo sussurrava em seus ouvidos que naquela ilha é onde está o maior tesouro que possa conquistar. - Sobre seus serviços, aceito… Em breve meus filhos vão trazer os recursos necessários. A forma caricata de lusacan normalmente assumia apenas quando o espadachim estava enfurecido, sendo que aquele momento era diferente como se fosse o chamado da profecia batendo em sua porta… E todo seu desgosto por humanos descendiam.

Asken ficava com sua mão esquerda estendida, como se estivesse aguardando aquele homem subir em seu barco e entregar o eternal. Caso acontecer um desconfio sobre o espadachim e o homem venha perguntar sobre a veracidade de sua promessa. - Eu me interesso pelo seu item, por isso ouvi e respondi sua proposta. Seu tom era grave, sua expressão era séria e após uma breve pausa para um respirar. - Se não estivesse disposto a cumprir com minha palavra, já estaria te atacando antes mesmo de ouvir qualquer coisa você tivesse para dizer. Então se eu falei que você pode pegar a carona que quiser, suba no barco e pegue a carona. Basta apenas me entregar seu eternal. A seriedade no olhar e na voz do negro estava explícita, sendo que demonstrou sinceridade naquilo que falava por mais duro e arrojado. No momento em que o homem entregar o eternal, o olhar do deus se fixava no item e seu rosto abria um sorriso, em seguida o homem se movimentava para ficar sentado no em algum ponto da proa que pudesse em seguida chamava a sirena para se sentar ao seu lado. - Vamos cantar? Sua voz aparentava voltar em seu primeira instância, como se estivesse “normal” sem o estado do deus. Caso a sirena aceitar, começaria o negro com sua voz doce e eloquente, iniciava o cântico. - When the stars align… The Rites shall come to bear… Illuminate the Signs… The Exiles shall be there... Esperava que Aya pudesse acompanhar o cântico com seu instrumento de sopro na concha do Nautilus.

A celestial informava sobre Don Karthus e sobre o Log Pose que seria “necessário” para continuar a viagem, como o Asken só iria permitir a entrada daquele homem com a entrega do Eternal, possivelmente estaria com o objeto no momento. - Não precisamos desse Karthus ou do Log dele, aqui está nosso caminho. Em um tom calmo e tranquilo, mostrava o eternal para Helves. - Helves poderia comprar coisas para que aquele homem repare o barco, eu guardo os suprimentos. Fez o pedido para sua irmã, enquanto guardava os suprimentos.




Objetivos:
 

Histórico:
 

Informações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar
registrado e conectado para ver esta imagem.]


Última edição por ADM.Kiodo em Seg 23 Jul 2018, 16:20, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  EmptyDom 22 Jul 2018, 22:28



친구들에게서 네 소식을 들어

Don Karthus. Aquele nome podia não ser tão estranho, mas Helves tinha pouco conhecimento sobre o homem. O guardião do farol era quem entregava os log poses para os viajantes, tudo isto em troca de uma aposta valendo a embarcação dos mesmos. A troca obviamente não era justa, mas sem uma daquelas belezinhas os navegadores ficariam perdidos e acabariam morrendo no mar de qualquer forma. As compras iam bem e a forma de navegar surgia, porém a celestial não se importava com as apostas do homem. Asken sempre seria aquele que decidiria o próximo rumo da embarcação, deixando completamente de lado o desafio por hora. – Não me parece ruim, mas eu não mando na embarcação. Conversarei com o meu capitão, voltaremos se ele estiver interessado. – Suprimentos em mãos e um sorriso no rosto, Helves despedia-se de Karthus com um breve aceno da mão esquerda enquanto caminhava para a escuna. "Esse log pose parece importante, talvez Asken saiba sobre ele, só não tenha conhecimento de como pegar um... Por hora vamos conversar sobre isto, talvez eu volte e faça esta aposta." Independente do momento, ela não era a capitã, o nível da garota era apenas uma substituta do negro, podendo assumir o comando caso ele não esteja disposto em certos momentos. A palavra para isto no mundo dos piratas seria "imediato", ou apenas vice-capitão para os homens, enquanto a garota seria uma vice-capitã.

Com os suprimentos em mãos a garota esperava chegar tranquilamente na embarcação, entrando nesta e indo diretamente até a cozinha para guardar todos os alimentos. – O valor foi um pouco mais elevado, acho que deve ser por conta da distância entre as ilhas da GL. – Ela parava de guardar para conversar melhor com seu irmão, dando maior atenção ao mesmo. – Conheci uma pessoa chamada Don Karthus, ele é o guardião do farol. – Helves não parecia se importar muito com o velho, comentava sobre ele apenas para complementar a explicação sobre as viagens. – Ele me falou que a navegação na GL é diferente, precisando de uma bússola alternativa que se chama "Log Pose". Esta é a única que funciona por este mar. – Houve uma pausa por alguns segundos, calmamente a garota pensou sobre a aposta e imaginou se Asken ficaria interessado ou não nisso. – Karthus ofereceu um log pose, mas para conseguir precisaríamos apostar o nosso barco em um jogo feito por ele. Parecia algo simples quando ele me explicou, mas eu acho muito arriscado e talvez exista outra forma de conseguirmos esta bússola. – Por fim ela respiraria fundo, acalmando-se um pouco após as explicações necessárias e escutaria as palavras de seu irmão. – Oh, tudo bem. – Sem perguntar nada ela seguiria junto do desconhecido para realizar as compras, acompanhando tal pessoa ou apenas pedindo à este o que deveria ser comprado. – Do que você precisará? – Diria, gravando a lista na cabeça e seguindo até onde poderia comprar os materiais. Já no caso do desconhecido ir junto da celestial, ela ficaria um pouco atrás dele observando o que fazia, aguardando o momento de pagar pelos materiais para aproximar-se e entregar a quantia exata pedida pelo homem. – Aqui está. – Sorriria, voltando ao barco assim que tudo estivesse resolvido.

A questão das rotas animava a garota, pois eles poderiam acabar caindo em locais diferentes, talvez até seguindo um caminho completamente novo e nunca explorado antes. – Parecem existir rotas, não ouvi muito sobre isso, mas é bem interessante e eu gostaria de entender melhor. – Naquele momento ela já não falava com ninguém, dizia tudo para si mesma e caso alguém estivesse escutando, pouco importava. – Estou muito animada de estar por aqui, essa pode ser minha chance de conhecer este mundo melhor. – O sorriso no rosto da celestial só aumentava, ela acabava por se abraçar por alguns instantes ao olhar o horizonte. Helves precisava de uma resposta sobre o transporte e o que fariam, mas naquele instante a garota só conseguia se animar e isto acabava se transformando no seu hábito de morder o próprio corpo, começando a morder levemente o dedo indicador da mão direita. Naquele instante o tempo nem mesmo parecia passar para ela, as mordidas, o dedo na boca e a visão da Grand Line absorviam Helves para seu próprio mundo por alguns minutos. Com o passar do tempo e talvez o barulho da embarcação a garota retornaria, percebendo já não estar mais controlando a força, provavelmente formando muito mais do que deveria na mordida, algo que resultaria no dedo indicador direito sangrar de leve. O ferimento obviamente não era problemático, por conta disto a celestial não se preocupava muito, apenas chupando o sangue até este parar de sangrar enquanto aguardava as movimentações da embarcação começar ou alguma ordem de Asken. "Preciso me focar, ficar animada e fazer besteira é um péssimo começo." Cumprir os objetivos antes de realmente se divertir, esta era a missão da garota agora que estava realmente entrando na Grand Line e logo teria desafios ainda maiores para enfrentar. Uma pessoa fraca nunca conseguiria sobreviver em um mar tão perigoso. Helves não queria ser uma dessas pessoas fracas.

Objetivos:
 
Histórico:
 
Informações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Ryoma em Seg 23 Jul 2018, 16:25, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Punk
Pirata
Pirata
Punk

Créditos : 13
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  10010
Masculino Data de inscrição : 01/07/2013
Idade : 28
Localização : No barco

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  EmptySeg 23 Jul 2018, 15:49



O Velho.


Elisabeth estava animada e isso me deixava contente, mesmo não demonstrando isso em minha expressão facial. Karthus era o homem que sabia tudo, com isso olharia para esse homem e de momento não me impressionava muito, mas ele tinha o que o ferreiro precisava e isso já era algo muito bom. “Log Pose, não entendo de nada do que ele está falando, vou só fazer uma cara de quem está ouvindo e balançar a cabeça positivamente. ” Assuntos de navegação Kryn era péssimo, mas mesmo sem entender o mesmo tinha ciência que aquilo parecia importante. Então seguiria sua ideia enquanto o senhor falava do tal Log Pose, olharia com uma expressão bem calma e balançaria minha cabeça com sinal positivo, então olharia para Beth e diria em seu ouvido. – Tendi nada. – Bem baixinho, mas caso for perguntado, não mentiria mesmo querendo enquanto balançaria sua cabeça como um sim, responderia. – Não!! Sou ferreiro, entendo de forja, mas é uma esfera legal. – O mesmo queria uma aposta pelo navio, como o navio não era meu apenas ignoraria isso. Pagando o que era necessário assim recebendo meus itens.

Com a minha nova mochila e os equipamentos necessários que eu queria caminharia de volta para a embarcação. Cada passo que eu dava eu sentia uma sensação estranha, era como se o diabo estivesse vindo me visitar. As pessoas que ali estavam na caverna eu sentia meu coração bater cada mais rápido a cada passo, era como se algo estivesse me consumindo. “Não pode viver sem a luta, sem a matança, olhe para eles, pode torturar cada um deles.” Ignoraria e manteria sempre a minha expressão calma enquanto diria para Elisabeth. – Como seria a arma perfeita para você? – Ah questionaria, pois pretenderia em breve fazer um trabalho mais do que excelente. Ao chegar no navio iria guardar minhas coisas novas no quarto dos homens, enquanto ainda não temos um espaço específico só para ferreiros. Consequentemente sairia e voltaria a ficar ao lado de Beth, enquanto continuaria a olhar as coisas em minha volta.

Então começaria a dialogar com a garota. – Precisamos conseguir mais dinheiro, até porque não me sobrou um centavo para lhe comprar um presente. – Coçaria a cabeça, enquanto olharia para a mesma e na sequência tentaria ter um espirito um pouco mais confiante. – Bom mais com armas melhores isso ficará mais fácil. – Um leve sorriso no rosto enquanto perguntava sobre o velho doido que conhecemos. – Você entendeu o que aquele cara disse? Ele queria apostar ... Não me parece muito divertido. – Aguardaria o que a mesma tinha a dizer, enquanto também pensaria no que fazer, pois naquele momento estava pensando onde conseguir dinheiro. “As pessoas aqui parecem estranhas, não parecem ter muita grana, mas vai saber.” Mas em todo caso estava feliz, pois estava indo para a Grand Line, conhecer ilhas diferentes, pessoas fortes que literalmente vale a pena o combate, além de poder ainda matar muitas pessoas e ver muitas delas sofrerem e isso era uma sensação tão prazerosa.

Sentia o desejo da matança de novo correr em minhas veias, mas ainda não tinha achado um inimigo então voltaria a falar com Lisa. – Você contou quantas vitimas nós fizemos em Toroa? Acho que deveríamos começar a marca. As vezes é bom lembrar de certas coisas – Colocaria um sorriso raro no rosto, então abraçaria a mesma bem forte e sussurrava no ouvido dela. – Mal vejo a hora para derramarmos sangue junto novamente. – Daria um leve beijo no seu rosto e olharia as coisas em busca quem sabe de uma oportunidade sem sair do navio.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  EmptyQua 25 Jul 2018, 01:04



Cap.3 - You Will Learn To Show Respect



O homem parecia estar bem interessado quanto Asken naquela troca, para ele, era a única maneira de sair daquele lugar que considerava um inferno e assim que era pedido, o homem sorria de forma parecida com a do capitão entregando o objeto para ele. - Você tem o seu e eu a minha viagem. Trato feito. Esperarei os materiais a bordo do barco. – A bolsa do homem fazia um barulho, parecia que estava pesada e era possível escutar folhas vindo de dentro da mesma, pelo conhecimento comum, parecia que o homem gostava de ler. Sem esperar pelo moreno, ele subia a bordo, aproveitando para se encostar na amurada com os braços cruzados. Não muito atrás dele, subia Asken com sua companheira, qual começava convidava a mesma para se juntar em um canto, a garota tímida olhava para ele concordando com sua cabeça e pegando um de seus instrumentos de sopro e ambos começavam a dar uma bela melodia ao ar, atiçando os ouvidos daqueles que não estavam longes dali.

Um pouco antes de ambos subirem para a embarcação, estavam Helves, Kryn e Elizabeth juntos escutando as palavras do velho, a celestial era a única que respondia a pergunta do mesmo, enquanto que Nerellin aproveitava daquele tempo para cochichar no ouvido de sua companheira e ela acenava com a cabeça, dando um belo sorriso e aproximando-se do ouvido do espadachim. - Eu também não. – E com a resposta dada por Helves, o velho acenava com a cabeça. - Eu não vou a lugar nenhum. – Ele contava o dinheiro em suas mãos mostrando-se fascinado pelas aquelas notas, o dinheiro parecia ser aquilo que encantava o homem. Kryn sentia um formigamento diante de si, era como se o sangue estivesse aclamando pelo seu nome e o desejo de corresponder era grande, mas não era o momento para aquilo. Elizabeth ao ser questionada de surpresa pelo jovem, olhava para a sua mão. - Sempre fui melhor com adagas, então uma bem afiada e trabalhada seria a perfeição. – Ela estava alegre e se sentindo livre, rodava em meio a grama rasa do local aproveitando dos raios solares que manifestavam-se pelo lugar.

Todos estavam nos barcos e guardavam as suas coisas e ao voltarem para o convés, a cantoria de Konogan havia seu fim. E as falas de Helves começavam, explicando o que havia conversado com Karthus e o que ele havia dito para os mesmos tendo como fim, o dragão mostrando o eternal para a celestial e pedindo para que a garota fosse ao encontro de Oz para as compras em função do reparo. - Precisaremos de algumas tábuas de madeira, vi algumas boas na costa, vamos. – E ambos partiam em busca das tábuas. Em meio a esse tempo dos dois, estava o casal, Kryn e Elizabeth, onde o diálogo começava. - Nós conseguiremos logo, não se preocupe com isso. – Ela dava um sorriso correspondendo ao de Nerellin e acenando a cabeça em um “não” a sua pergunta, seus olhos encontravam-se para o horizonte e isso deixava a garota mais agitada. - Gostaria de saber o que nos espera, novos lugares! – Era como se seus olhos brilhassem naqueles momentos e a sede de sangue de Kryn voltava mais uma vez ao mesmo, perguntando se ela havia contado as vítimas que haviam feito em Toroa. - Eu não contei, mas podemos contar a partir de agora. – Mais uma vez correspondendo ao sorriso do jovem e sentindo o seu abraço forte e o cochicho em seu ouvido e era possível ouvir ela mordendo um pouco de seu lábio. - Também mal vejo a hora. – E após um leve beijo, ambos se afastavam, com a garota indo até a proa do barco olhando para o horizonte mais uma vez.

A atenção voltava-se para Helves e Oz, a caminhada era tranquila e ainda haviam pessoas olhando para o barco esperando uma oportunidade para conseguirem uma carona ou coisa parecida, mas ninguém parecia fazer nada. Ao chegarem onde Octavio havia dito, ambos pegavam dois pares de madeira, carregando-os consigo em seus ombros, sem pagarem algum valor para aquilo, o homem em meio ao caminho parecia estar bem tranquilo, como se fosse usual fazer aquilo para ele. Em certo momento da caminhada, ele havia retirado um livro de sua bolsa e passou o caminho todo lendo o mesmo, sem falar sequer uma única palavra. E ao voltarem para o barco com tudo resolvido, deixavam as madeiras no convés. Oz se direcionava até o negro, olhando-o nos olhos. - Tenho tudo para começar os reparos, devo terminar em pouco tempo. – Ele colocava a sua bolsa no meio do convés e pegava as madeiras, começando a carregá-las consigo até o andar abaixo. Em meio as ondas que batiam no casco da embarcação, a bolsa se mexia e mostrava-se vários livros que escorregaram para fora, alguns com capas interessantes contendo dragões e outros mais usuais como um martelo pregando a madeira, bússolas e as estrelas.

Com um leve tempo passado, o homem subia novamente para cima, ele havia encontrado um balde de metal onde havia enchido de água, as madeiras já não estavam mais com ele e um suor escorria pela sua testa, o sol ainda estava forte no céu e o homem jogava a água de volta para o mar, deixando o balde em algum canto, recolhendo os livros de sua bolsa e colocando-os para dentro novamente. - Os reparos estão feitos, o barco está pronto para partir assim que desejar. – Seus olhos voltavam-se para a celestial, mais especificamente para o colar que carregava consigo a mostra. - Eu acho que já vi esse colar em algum lugar. – Oz se aproximava, mexendo em sua bolsa e retirando dali, um pequeno conto de três páginas com a ilustração do colar. - Sim, é isto. Aqui. – Ele estendia o conto para a garota, enquanto com a outra mão, limpava o suor escorrendo de sua testa.


Considerações:
 

Legenda:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  EmptyQui 26 Jul 2018, 01:08



많은 날이 지나버렸지만

Os materiais necessários eram pegos e Helves retornava até a embarcação junto do desconhecido, sem comentar nada ou tentar conhecer ele. Naquele instante ela estava apenas ajudando o homem, que por algum motivo parecia ser algum conhecido de Asken. Existiam alguns problemas na embarcação, algo que aquele homem precisaria consertar e nesse momento não existia ninguém fora tal ser para cumprir tal tarefa. "Espero que não seja mais uma pessoa que morrerá durante a viagem, isso me preocupa..." Perder tripulantes, mesmo que não sejam tão conhecidos, é algo bem triste. As caronas dadas por seu irmão eram apenas para ajudar as pessoas. Só não parecia certo acontecer coisas horríveis com quem acabava viajando naquela embarcação. – Oh, estive imaginando de onde ele surgiu. – A celestial olhava para seu colar, segurando ele e observando mais uma vez o quão belo este era. – Interessante, muito obrigada. – Saber que existia uma história por trás de uma joia tão bela fazia a garota sorrir, agradecendo animada ao pegar tal conto em mãos. – Vou ler agora mesmo. – Saltitava para longe, indo até um canto isolado do barco onde poderia ficar tranquila sentada para apreciar a leitura.

A história do colar era interessante, falava sobre uma celestial e isso fazia Helves se interessar sobre aquilo. Rhin e Okinassa tinham um amor lindo, todo o caminho até o fim da história só conseguia animar e deixar a garota mais triste. O colar era passado de geração na família da celestial, sendo dado para a mulher mais bela. "Isso quer dizer que eu sou a sucessora dela?" O decorrer do conto emocionava Helves, ver que mesmo naquele pequeno livro o desrespeito com os celestiais existia. Até mesmo escravos eles se tornavam, pareciam ser usados pelos humanos por não entenderem nada do que estava abaixo do céu. Matar alguém que se ama é triste, mas também é a melhor coisa a se fazer em uma situação dessas. Deixar que pessoas tão cruéis e ruins fizessem tal ato é algo que a garota nunca aprovaria, ela preferiria morrer nas mãos de alguém que ama do que perder a vida por nada. Seja salvando uma pessoa importante ou morrendo nos braços de um amor, Helves sempre tentava fazer o certo. As lágrimas nos olhos da celestial se formavam e escorriam lentamente pelo belo rosto dela, descendo até o queixo e assim pingando na madeira do convés.

Após fechar o livro Helves enxugou as lágrimas, e finalmente sorriu por ter terminado de ler toda a história sobre seu colar. "Agora eu sou a mulher mais bela. Me sinto feliz de saber a história desse olho, entender que é de um dragão, ainda mais sendo o dragão da beleza... Asken pode querer saber disso." Com bastante calma a garota iria se levantar, entregando o conto de volta ao seu dono após ter entendido e guardado a história em seu coração. – Asken! – Bradou já se aproximando do negro, buscando ficar bem próxima para ter uma conversa mais reservada. – Acabei de ler um livro sobre este colar. – Com a mão direita a celestial pegaria o colar, mostrando ao negro para que ele pudesse ver melhor do que ela estava falando. – A história contava que este colar era passado de geração em uma família para a mulher mais bela, pois a mulher que o usa é considerada a mais bela. Possuindo o título de Dragão da Beleza. – Com mais cuidado Helves aproximava o colar do negro, imaginando que ele por ser um dragão poderia identificar tal olho. – Este seria o olho do dragão da beleza... Fico pensando se eu realmente mereço esse título de mulher mais bela, não acho que sou tão bonita quanto a celestial que o usava antes de mim. – Naquele momento o que a jovem mais precisava era de uma resposta sincera, pois carregar tal peso que aquele colar trazia consigo podia não ser para ela. – Você acha que eu mereço usar isto? – A questão era completamente direcionada ao negro, mas qualquer pessoa por perto poderia escutar e Helves gostaria de conversar com Aya sobre a mesma coisa, facilitando tal conversa se ela estivesse por perto.

As ações em resposta à pergunta de Helves eram surpreendentes. Ela até esperava que Asken fizesse tais comentários, porém não esperava algo tão grandioso e carinhoso quanto aquilo. Os toques em seu rosto a fazia corar levemente, percebendo o quão encantada e envergonhada estava ao escutar tais palavras. "Asken é realmente meu irmão, me sinto feliz de ter alguém como ele ao meu lado... Mesmo que eu seja um pouco idiota ele ainda me trata dessa forma, acho que nunca terei alguém tão carinhoso em minha vida." Pensar que um deus a achava a pessoa mais bela só aumentava ainda mais o amor que Helves sentia pelo negro, retribuindo todos aqueles elogios com um belo sorriso e uma mordida na mão direita do mesmo. – Sinto-me honrada de poder usar este título, obrigada pela resposta sincera. – Ele nunca mentiria para sua irmã, isto a celestial tinha certeza. – Vou me esforçar para provar que este colar é realmente meu, ninguém poderá discordar que sou a mulher mais bela! – Bradou aos céus com um largo sorriso nos lábios, dando pequenos saltinhos de alegria só de saber que realmente podia ser considerada bonita. "Me separar de você será triste, eu torço para que este dia nunca chegue, mas no fundo sei que em algum momento não poderei seguir com meu querido irmão... Será que você ficará bem sem minha ajuda?" Os pensamentos sobre a partida só deixavam a jovem triste, algo como isto não ajudaria em nada no caminho dos piratas, mas ela sabia que a felicidade em um grupo criminosos não duraria muito tempo. – Sim. – Respondia sobre a questão de continuar viagem, virando-se para o restante do grupo movendo-se bastante devido à animação que sentia naquele instante. – Vamos partir! – Em um tom mais elevado ela dizia tais palavras, esperando que todos os tripulantes conseguissem escutar tal aviso.

Quando tudo estivesse resolvido, com as preparações terminadas para a viagem e Asken desse a ordem de partida, Helves buscaria ajudar em qualquer pedido do negro. Seja cuidar das velas ou mesmo ficar próxima dele, atendendo aos seus pedidos. Fora ajudar, Helves também passaria algum tempo ao lado de Aya enquanto nada de interessante surgisse na viagem. A sirena tinha ficado na embarcação e isso separou as duas por algum tempo, causando certa saudade mesmo que não fosse um longo tempo sem se ver. A necessidade de acariciar sua amiga era muito maior do que qualquer coisa, sentada ao lado de Aya a celestial faria carinho no cabelo de sua companheira, além de ficar bem perto para sentir que estavam conectadas. – Agora que se tornou um pouco mais corajosa, poderá me ajudar nos combates. Fico feliz que te forçar a lutar deu resultados. – A sirena com medo não era exatamente ruim, mas em combates acabava atrapalhando um pouco pela falta de ações dela, ficando apenas parada nas costas de alguém. – Só não se force muito, sei que consegue fazer as coisas por si só, mas lembre-se que eu sempre estarei aqui para te ajudar. – Por fim a garota sorria, aproximando sua boca do pescoço da companheira, onde daria uma mordida longa e suave que não causaria dor alguma. "Você é muito especial para mim... Espero que isso mude com o tempo, não quero ficar presa à um grupo por causa de alguém. Posso acabar me desviando do caminho que busquei seguir por causa de você, Aya." Após alguns segundos ela soltava a mordida, abraçando a sirena rapidamente ate se afastar um pouco, continuando sentada onde estava enquanto os olhos se focavam na beleza de sua amiga.


Objetivos:
 
Histórico:
 
Informações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Ryoma em Qui 26 Jul 2018, 18:00, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Empty
MensagemAssunto: Re: Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!    Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!  Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Cap. 3 - You Will Learn to Show Respect!
Voltar ao Topo 
Página 1 de 10Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Farol-
Ir para: