One Piece RPG
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor Achiles Hoje à(s) 00:26

» Masimos Titã Howker
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor Marciano Ontem à(s) 23:47

» I - Dançando No Campo Minado
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor Achiles Ontem à(s) 23:31

» Rumo à Grand Line?
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor GM.Kekzy Ontem à(s) 22:10

» Cortes, Tiros e Socos, rumo a Grand Line!
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 21:39

» Timbre Mudo
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor Oni Ontem à(s) 20:07

» [MINI - Lily Ann] Rainha das Rosas
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor Lily Ann Ontem à(s) 19:36

» Phantom Blood
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor Rimuru Ontem à(s) 19:31

» [MINI- Kiryu] Cumprindo uma promessa.
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor Shroud Ontem à(s) 17:54

» II - Armas Químicas & Poemas
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 17:43

» II - Aliados
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor Bijin Ontem à(s) 17:32

» O começo do grande catálogo! Aventura na ilha das flores
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 17:14

» ☆☆I'm a motherf#$%in' starboy!☆☆
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 16:38

» [KIT] - Coldraz
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor Blum Ontem à(s) 16:05

» 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor ADM.Kiodo Ontem à(s) 15:47

» [Ficha] - Muffatu - Phil Magestic
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor Muffatu Ontem à(s) 15:38

» Jade Blair
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 15:38

» Jade Blair
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 15:37

» A justiça não é cega!
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor Van Ontem à(s) 14:18

» Cap. 2: Da alvorada ao Crepúsculo, os aspectos da liberdade surgem!
I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 11:41



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 I - Ponto de equilíbrio!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 73
Warn : I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Empty
MensagemAssunto: I - Ponto de equilíbrio!   I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 EmptyTer 10 Jul 2018, 23:47

Relembrando a primeira mensagem :

I - Ponto de equilíbrio!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Linda Von Paumgartten. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Mephisto
Orientador
Orientador


Data de inscrição : 06/04/2017

I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Ponto de equilíbrio!   I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 EmptyDom 10 Mar 2019, 13:04

Batalha montada. Esse não é o meu primeiro rodeio.


As coisas estavam a cada segundo ficando mais apertadas era possível ver isso passo a passo, no entanto, de forma mal calculada após a corrida eu caía. Era uma droga visto que… Bem… era uma das poucas coisas que não poderiam acontecer mas eu já tinha previsto tal possibilidade então sem demoras eu giraria para frente por cima de meu ombro, levantando o mais rápido que conseguisse e usando de minha aceleração avançaria rápido, como mais inimigos estavam chegando pelo flanco aproveitaria da chance para atacar as costas deles.

Se visse algum deles correndo em terra e não grudados na carroça, durante meu avanço iria com tudo para cima dos homens, deixando minha ninjaken com a lâmina para a parte oposta da mão, ou seja em posição para que eu pudesse a cravar. Assim que me aproximasse do inimigo, rapidamente atacaria seu ombro enfiando a ponta da lâmina diretamente ali, visando o ferir.

Após tal ato, puxaria a arma para cima e com as garras atacaria a lateral do tal o empurrando para frente no processo com um ataque veloz com a palma da mão. Atacando com um golpe direto, similar a um soco, mas de palma aberta destinado a perfurar com a nekote, junto do empurrão é claro. Tentaria então passar por ele logo em seguida, visando um próximo inimigo. No segundo meu ataque seria diferente, e rolaria diretamente nas pernas dele, atacando a parte de trás dos joelhos com a lâmina.

Me levantando de uma única vez e me preparando, já atacando ele com o cabo direto na bochecha. Tentando dar com força para que ele caísse. No mesmo momento tentaria passar por ele e partir para perto da carroça, se possível começar a novamente tentar derrubar os que estivessem se pendurando.  Porém se não desse e mais inimigos estivessem à vista precisaria continuar sendo tática.

Avançaria no próximo, tentando cravar a ninjaken nas costas dele. No caso segurando ela com a esquerda, de modo que ficasse para a parte oposta da mão, ou seja, para a zona externa, e não para dentro como o espadachim normalmente segura. A ideia era cravar a lâmina enquanto rapidamente bateria com a mão direita no rosto indo com as garras a toda a força no pescoço inimigo, aproveitando para empurrar no processo.

Caso esses homens ou qualquer outros me atacassem, minha estratégia de esquiva seria praticamente a mesma anterior, saltaria para os lados enquanto avançaria entre os ataques, se muito necessário eu me abaixaria girando para frente, se não precisasse me manteria esquivando sempre de uma lateral pra outra enquanto seguia pra frente. Se fosse o caso de necessidade correria sempre em zigue zague para os tiros. Supondo que eu conseguisse chegar novamente perto da carroça, meus metodos voltariam a ser parte de trabalhar contra os que tentavam levar os prisioneiros.

Começaria a rapidamente estocar para cima, tentando furar eles, quando necessario agarraria com toda a força as garras nas panturrilhas ou nas costas, puxando os inimigos para baixo. Em um caso onde o homem mesmo assim não caísse, estocaria diretamente na coxa, visando causar uma dor maior, o distraindo, enquanto cravaria as garras posteriormente na outra perna o puxando após remover a ninjaken cravada.

Se tentassem me atacar de cima, tentaria principalmente mover a cabeça para os lados, tentando removê-la do trajeto, se necessário faria tal movimento de corpo inteiro, mas só se muito preciso. Caso eu viesse a cair novamente, giraria pelo chão e retomaria o mais rápido possível minha posição começando uma nova corrida. Tudo estava o mais estressante possível, eu odiava falhar e isso tudo poderia ser tratado como uma falha.

Não havia mais ali apenas um profissionalismo, eu sentia certa raiva dos homens, não muita, entendia que eles faziam o trabalho deles, assim como eu fazia o meu. Mas sinceramente, eles eram o que algumas pessoas podem chamar de pé no saco. Claro que isso era meu pensamento, fisicamente meu corpo não expressava tais sinais, apenas parecia apática como de costume.



Historico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Pirata
Pirata
ADM.Ventus

Créditos : 85
Warn : I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Ponto de equilíbrio!   I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 EmptySeg 11 Mar 2019, 17:17



NARRAÇÃO



Cena: Naty & Linda

A situação estava bem feia para as agentes, tinham sido pegas de surpresa e quando acreditaram que poderiam mudar a situação eram surpreendidas pelo inimigo, Naty tinha caído e por isso perdeu o ritmo da carroça enquanto Linda por um momento tinha gelado revendo as lembranças de um passado. Aquilo deixou Keith por um momento sozinho com os marinheiros lutando para derrubar um ou outro que começava a escalar a jaula, o sargento percebendo aquela situação mais perigosa acabou pulando em cima de um dos cavalos inimigos - vinculados a carroça que ele estava - e do coldre em seu tronco puxou uma pequena shotgun, o Sgt. Ronald disparou contra o eixo que ligava os cavalos aquela carroça e com isso a mesma parou de se mover enquanto os cavalos que antes a transportavam agora corriam livre.

Enquanto as duas avançaram em ritmo similar Linda gritou uma ordem para os atiradores que em meio daquele caos sequer viam motivos para debater, mesmo um gesto cruel como aquele pareceu se tornar válido naquela situação, os marinheiros começaram a disparar seus projéteis contra os cavalos da carroça remanescente mas os piratas nela começaram a pular para fora da mesma aproveitando de uma distância que ainda era curta. Linda avançou contra alguns criminosos de um lado derrubando um mas ao se virar via um segundo descendo um golpe de machado na vertical, a ruiva dava um salto para trás desviando daquele ataque mas um terceiro bárbaro surgia e golpeava a mulher por trás descendo um porrete de madeira contra as costas de Linda.

Com os cavalos mortos toda a gangue descia para tentar arriscar uma perseguição mas aos poucos um e outro ia caindo pelos disparos ou pelos marinheiros que ainda estavam de pé. Naty conseguia perfurar um dos revolucionários e se virar para derrubar um dos loucos pendurados na jaula, Keith e os atiradores derrubaram os demais permitindo que o comboio voltasse a seguir ao seu ritmo normal, mais disparos eram executados mas dessa vez a shinobi estava mais alerta e conseguia desviar antes de ser atingida.

Agora que as coisas começaram a se acalmar a poeira ia baixando, as duas carroças foram inutilizadas, cercando as agentes ainda tinha sete pessoas depois de toda trocação e confusão entre marinheiros e revolucionários, dois dos revolucionários eram atiradores, três deles eram bárbaros fazendo uso de machados ou tacapes, um era espadachim e outro era um lutador. Keith tinha ficado em cima do comboio com os atiradores e por isso ele ia ganhando distância não podendo ajudar muito nessa luta, no entanto, as agentes não estariam sozinhas ali, com elas tinha um grupo de três marinheiros espadachins.  
Legendas:
 

Informações dos prisioneiros:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Orientador
Orientador
Mephisto

Créditos : 107
Warn : I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Ponto de equilíbrio!   I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 EmptySeg 11 Mar 2019, 21:51

Batalha montada. Esse não é o meu primeiro rodeio.


Como num velho livro empoeirado daqueles que li na biblioteca, os bandidos estavam frente a todos nós, agora não haviam muitas saídas, o que eu poderia fazer era entrar em um duelo pela nossa vida, e em principal, muito acima delas por nossa missão. Respiraria fundo naquela hora, e lembrava de como cheguei até ali… “Liberdade” sinceramente eu só queria dizer um enorme foda-se pra essa liberdade, eu nasci pra servir e é isso que vou fazer até que meu sangue pare de correr. Mas é engraçado, pois sabendo meu lugar no mundo e compreendendo que é isso que eu quero, não seria eu livre? Bem, não é hora pra isso.

Seguraria a ninjaken na parte oposta da mão e moveria minha esquerda para o lado direito segurando ela a frente do corpo, deixando na altura do pescoço. Pegaria uma das Kunais que estavam comigo e faria o mesmo com a mão direita, mas segurando ela na frente do umbigo mais ou menos, prepararia meu corpo, pisaria firme contra o solo, e com uma pequena dose de raiva, avançava contra os inimigos. Qual deles? Essa é uma boa pergunta, eu não tinha uma preferência, aquele mais próximo era o alvo.

Minha arrancada rápida me faria ter certo tempo para poder atacar como eu queria, e por isso mesmo, assim que estivesse perto do inimigo moveria a arma para a vertical e cortaria de  baixo para cima meu inimigo, visando algo do peito ao pescoço, porém esse primeiro corte era uma distração para o que estava por vir. Naquele momento com a Kunai que estava abaixada, golpearia com força em direção a barriga do meu oponente visando cravar a arma fundo nas tripas dele.

Não apenas isso não puxaria a arma na mesma hora, soltaria ela e com as garras atacaria o pescoço dele, enquanto embainhava a ninjaken ao mesmo tempo, aproveitando para puxar de uma vez só a provável Kunai cravada. Após a sequência giraria indo para o chão e visando  o inimigo mais próximo. Onde eu tentaria atacar na altura das canelas dele sacando a ninjaken enquanto desfere um corte de uma única vez. Caso a Kunai tivesse falhado seguiria a mesma sequência exceto por a parte de embainhar a ninjaken, que seria usada para um corte na altura da barriga, de forma horizontal.

Naquela hora, me jogaria para o chão e pegaria a kunai que se tivesse falhado, deveria ter caído na hora que foi solta. Caso o inimigo decidisse por me atacar naquele momento eu tentaria esquivar de forma simples, saltando de um lado pra o outro em casos de ataques mais diretos e se necessário me jogando no chão ou saltando por cima de golpes. Se visse que algo ali ia entrar por entre a minha defesa daria um ou dois saltos para trás tentando evitar que golpes diretos me atingissem.

Tomaria sempre cuidado com o cenário geral, possíveis projéteis que estivessem aí, e se necessário usaria das minhas esquivas para reduzir as chances de ser acertada. Se por algum motivo eu caísse, tentaria levantar o mais veloz possível para voltar a fazer minha sequência. Caso o inimigo em algum momento abrisse brecha entre seus ataques tentaria adentrar no meio deles para poder interceptar os mesmo atacando o braço do meu inimigo. Um golpe com a kunai no pulso ou punho dele.



Historico:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bowel
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Bowel

Créditos : 75
Warn : I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Ponto de equilíbrio!   I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 EmptyQua 13 Mar 2019, 03:53



Uma pancada nas costas era algo que Linda não gostaria de receber novamente, mas sua vida de agente a traria muito mais que pancadas de bárbaros, cicatrizes e roxões provavelmente seriam o comum durante a sua vida a partir de agora. Se recuperando da pancada ela percebe que estava junto de Natasha e mais alguns marinheiros, a carroça com os prisioneiros se afastava e Linda achava algo estranho. “Se o objetivo deles é salvar os prisioneiros, por eles estão preocupados conosco e ignoraram a carroça? Posso estar errada mas é melhor garantir.” - NÃO SE AFASTEM DEMAIS, O OBJETIVO DELES PODE SER SOMENTE REDUZIR O NÚMERO DE GUARDAS!!! - Linda gritava esperando que o pessoal da carroça ouvisse e não fosse rápido demais a ponto do grupo não conseguir os alcançar depois. “Agora precisamos derrotar esses pau no cu.”

Sem pensar muito Linda partia para o inimigo mais próximo com sangue nos olhos, e quando estiver próxima o suficiente, usando suas habilidades acrobáticas Linda se abaixa e inclina seu corpo para a esquerda, fingindo uma finta, e então ela inicia um salto giratório com o objetivo de acertar a cabeça do seu adversário, mas isso não era tudo, o giro faria a garota cair de lado para o seu alvo dando a ela a oportunidade de girar e usando a mesma perna dar um chute na região das costelas do alvo.

Linda sabia que seus adversário não a deixariam os atacar livremente, então durante o combate ela tomaria cuidado para não receber um contra ataque, parando um golpe para se esquivar caso seja necessário, não esperava que os marinheiros que ficaram com eles fossem capaz de derrotar os bárbaros que restaram, mas esperava que eles pelo menos ganhassem tempo para ela e Natasha derrubarem alguns dos revolucionários. Linda ia focar suas esquivas para se aproximar do atirador mais próximo, os bárbaros eram um problema mas atiradores atrapalhando o combate seria um problema mais sério ainda.

Depois de atacar o primeiro,conseguindo ou não o derrubar Linda iria em direção ao atirador mais próximo, correndo em zig zag para dificultar sua mira. A garota não pararia por nada, sempre se esquivando de forma a reduzir a distância entre ela e o atirador. Durante o caminho caso receba ataques dos bárbaros a garota iria se esquivar com um salto para o lado em caso de golpes baixos, e então contra atacar com um soco no rosto. Para golpes mais altos, se possível ela tentaria se esquivar com um rolamento e seguir na direção do atirador, caso não seja possível se esquivar com um rolamento ela novamente iria usar um pequeno salto para isso, e um contra ataque desta vez com um chute nas partes baixas do bárbaro, o objetivo da garota ali ainda não era nocautear, e sim ganhar tempo para derrubar um dos atiradores.

Conseguindo chegar em um dos atiradores Linda o atacaria com uma joelhada no queixo com a perna direita seguido de um chute no peito com a perna esquerda. A garota queria acabar com aquilo rapidamente, para focar nos outros bárbaros então caso tudo de certo mas o atirador não seja nocauteado ainda, Linda seguiria a sequência com 2 socos na cara do atirador e um chute rodado acertando o peito do pé direito na cara do atirador, esperando que isso fosse o suficiente para derrubá-lo. Ela não era ingênua e sabia que durante esse tempo podia receber algum ataque “surpresa” dos bárbaros que ficaram para trás, então ela estaria pronta para se abaixar de golpes que pudessem a acertar, ou então se esquivar com um salto para sair da área de acerto do golpe. Se não fosse possível se afastar do golpe pois o atirador estava a sua frente, ela atacaria o atirador avançando com o intuito de sair da área do ataque que está chegando nela e ao mesmo tempo desferindo uma cotovelada na lateral do queixo do atirador. Linda sabia que aquilo seria difícil mas acreditava estar preparada para sair daquela situação ainda com forças para proteger a carroça.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Pirata
Pirata
ADM.Ventus

Créditos : 85
Warn : I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Ponto de equilíbrio!   I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 EmptyQua 13 Mar 2019, 20:51



NARRAÇÃO



Cena: Naty & Linda

A carroça seguia seu ritmo com o restante os guarda que não acompanhava Linda e Naty, o sargento pulava do cavalo que ele tinha pego de volta para carroça e Keith teria ficado em cima da mesma, aquelas duas tinham sido deixadas para trás com uma pequena equipe, talvez depois conseguissem alcançar o grupo mas naquele momentos elas teriam problemas maiores, diante daqueles brutamontes pequenas gotas de chuva começavam a cair pela ilha, tinha começado a chover, a cada segundo a chuva ia ganhando mais e mais peso e no primeiro relampejar aquela disputa começava.

Naty e Linda avançaram quase que em sincronia, a ninja mirava um golpe com a ninjaken e um dos inimigos já levantava a arma para bloquear o golpe mas logo fez uma careta, levando seu olhar para baixo ele pode ver a kunai de Natasha perfurando seu estômago, a mulher ainda pegou no seu pescoço e afundou mais a arma fazendo o homem cair no solo enquanto um segundo se aproximava, a ninja em sua grande velocidade rolou no chão efetuando no processo um golpe contra a perna do meliante mas ela não percebia um terceiro oponente correndo contra ela e a abraçando por trás, aquele que ela teria golpeado na perna segurava um tacape e em sua fúria ele se levantava e manuseava a arma contra o rosto de Naty em um golpe horizontal.

A cabeça da morena balançou para o lado em uma grande velocidade fazendo um pouco de seu sangue voar pela boca, Linda ia para cima se um outro oponente e já ia pulando executando um golpe aéreo, talvez seu inimigo não esperasse uma investida como aquela e por isso ficou um tanto surpreso, arregalando os olhos e deixando o queixo cair ele só sentiu o chute da ruiva afundar em sua cabeça e o arremessar para fora de seu caminho. Linda não parava por aí continuou avançando e esquivando dos eventuais golpes mirados contra ela enquanto o combate se formava a sua volta, marinheiros e revolucionários, Naty e Linda, enfrentando aquela horda de oponentes, a mulher alcançava o atirador que no momento estava distraído com um outro alvo, ela aproveitou daquilo para pegar na cabeça do homem e a levar contra seu joelho, o golpe o fazia recuar um pouco mas ainda estava no alcance de seu segundo chute que o derrubava mas não o nocauteava, percebendo a confusão próxima a ele o segundo atirador flagrou seu colega caído e já executava um disparo contra Linda que a pegava no ombro direito.

O impacto do projétil em seu corpo a derrubou por alguns segundos, segundos que fizeram o primeiro atirador se levantar mas ainda distraído com Linda o mesmo sequer notou um marinheiro que avançou contra ele e perfurou seu peito, sim os marinheiros que estavam ali começavam a tirar proveito da vantagem gerada pelas agentes, o segundo atirador viu o colega ser perfurado e já executou o tiro no marinheiro que teria matado o colega e dessa vez ele acertou na cabeça no oponente, um pouco do sangue e dos miolos do marinheiro caíram sobre Linda.

Do outro lado da luta o homem aproveitava da agente presa nos braços do colega e executou um outro golpe na horizontal no rosto de Naty só que dessa vez no lado oposto do primeiro, o homem levantou o tacape ameaçando um terceiro golpe na vertical com um sorriso cruel no rosto mas um dos marinheiros aproveitou da distração dele para avançar contra o bárbaro, infelizmente para o marinheiro o homem parecia ter notado a investida, girando o corpo o inimigo executou um balanço com a arma similar a um jogador de baseball fazendo da cabeça daquele marinheiro a bola, o marinheiro rapidamente caiu duro no chão não demonstrando mais nenhum sinal de vida.

Legendas:
 

Informações dos prisioneiros:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Orientador
Orientador
Mephisto

Créditos : 107
Warn : I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Ponto de equilíbrio!   I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 EmptyQui 14 Mar 2019, 02:16

Não faça um ponto, sem dar nó.



A luta começava bem, a sequência inicial encaixava de uma maneira perfeita, eu nesse momento não poderia deixar de escapar um leve sorriso, porém… Era temporário, logo um cálculo mal feito era o motivo dos meus problemas. Um grandalhão me agarrava por trás me erguendo do chão, com força. Parecia ser um homem bem preparado, talvez esse fosse um momento bem melhor se não fossemos inimigos… Quem sabe não é? Mas sequer me davam tempo para qualquer pensamento feliz, e distrações levam a isso numa luta, era só ver como a clava limpava meu rosto de um lado depois do outro.

As pancadas no rosto me faziam cuspir sangue, naquela hora eu abaixaria a cabeça sentindo a dor que se espalhava pelo meu corpo. Os dois lados do rosto doloridos, eu cerrava os dentes lembrando naquela hora do que se tratava minha missão ali, eu lembrava de como as coisas eram. Lembrava do treinamento, lembrava de quanto tempo lutei para me tornar o que sou. Meus olhos descansariam por alguns segundos se fechado e as mãos abririam um pouco o cabo das armas escorregava por entre elas e a ninjaken eu deixaria cair no chão, como se estivesse entregue ao inimigo.

Porém no momento em que a Kunai estivesse quase pra cair do meu punho eu fecharia a mão com toda a minha força no seu cabo. Naquela hora levantaria meu rosto com a expressão mudada, não apenas meu senho sem vida, era um olhar que por apenas alguns segundos seria o de uma verdadeira assassina. Com toda a força cravaria a Kunai na barriga do homem com o que estivesse livre de meus braços, e usando as duas  Neko Te cravaria as unhas igualmente na barriga. Em seguida subindo com as duas para os braços, caso com meu movimento eu conseguisse alcançar, cravariam as garras nos braços forçando para que furassem, e arrastaria pela pele rasgando eles.

Se ele ainda não me soltasse até aí, começaria a atacar a zona das laterais dele, costelas ou o que alcançasse, dando diversos arranhões como se fosse um gato. Enfiando as garras e puxando no mesmo local. Seria cruel até onde eu conseguisse com ele, no entanto, se ele me soltasse minha primeira ação seria girar para o chão pegando a ninjaken que deveria ter deixado cair,  levantando em uma estocada na virilha do outro a minha frente, exatamente isso. Avançaria com um golpe que usasse toda a minha força para desestabilizar ele. Giraria meu corpo em  360º ainda agachada, visando cravar a Kunai no joelho do que me agarrou. Deixaria as armas cravadas me levantando então de uma única vez e usando a mão direita em um ataque de dentro pra fora, vindo da esquerda até o limite da direita passando as garras com força e velocidade na garganta do infeliz…

Iria em seguida para cima daquele com a clava, puxaria a minha segunda Kunai e avançaria rápido, iria com tudo porém ao me aproximar dele tentaria apenas causar o susto do avanço, e esperaria que o golpe com a clava viesse. Se fosse um golpe vertical eu tentaria me afastar para o lado oposto ao que o golpe viesse e assim que o fizesse me jogar de lado, girando em 180º e tentando cravar a Kunai no antebraço dele. Se fosse na horizontal, me agacharia o mais rápido possível, cravaria a Kunai no joelho do indivíduo, me levantando de uma única vez e partiria com meus dois dedos visando os olhos dele visando que as garras entrassem, enquanto com a outra mão agarraria o pescoço. Nesse exato momento cravaria as garras tentando fazer que elas entrassem ali no local.

Caso ele me chutasse ou qualquer coisa desse tipo eu tentaria me afastar para uma das laterais se fosse reto, se a tentativa fosse de rasteira saltaria, não muito alto, apenas o necessário para me livrar da perna. Se mais inimigos viessem algum tentando me agarrar por trás, me impulsiona para trás tentando antecipar o agarrão, chocando meu corpo ao dele, mas usando disso para me abaixar e cravar as garras nas pernas do indivíduo puxando a carne, visando arrancar. Giraria para a lateral na mesma hora, me levantando. Se tentassem me cercar atacaria o que estivesse na frente, colocando as duas mãos cruzadas na frente do corpo, organizadas de modo que eu pudesse usar as duas como um ataque de dentro pra fora.

Eu giraria em direção as penas do tal e daria o ataque de dentro pra fora do corpo em ambos os joelhos e tentaria deslizar pelo meio das pernas deles. Todos os meus movimentos eram pensados para aniquilação ou inabilitação de inimigos, eu fui treinada pra isso, é assim que eu luto, é assim que eu me viro.



Historico:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 


Última edição por Mephisto em Qui 14 Mar 2019, 23:54, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bowel
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Bowel

Créditos : 75
Warn : I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Ponto de equilíbrio!   I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 EmptyQui 14 Mar 2019, 05:52


Tudo havia dado certo e meu chute inicial liberou caminho para que eu alcançasse um dos atiradores, mas ele parecia ser mais duro que o bárbaro e meus golpes não o derrubaram tão facilmente, para piorar tomar um tiro nunca era algo legal. Por um breve momento eu acabei caindo mas consegui me levantar rapidamente, mas não rápido o suficiente para sair do caminho dos miolos e sangue que foram jogados em mim quando o outro atirador matou o marinheiro que estava ali, sem tempo para me limpar iria iniciar uma investida contra o atirador que restava, corria pelo caminho com miolos e sangue espalhados pelo corpo naquela chuva que se iniciava. “Acho que vou precisar de outro banho hoje…”

A investida era em zig zag, não queria levar outro tiro naquele dia, um ombro já era o suficiente por hoje. Durante a investida tentava abaixar o tronco para dificultar a mira do atirador, ao me aproximar usaria novamente um golpe com o joelho, mas desta vez sem segurar a cabeça do atirador, quando estiver a mais ou menos 1 metro e meio e saltaria na direção do atirador com o joelho esquerdo levantado para frente como se fosse com ele que acertaria o golpe, e então no meio do ar faria um movimento com as pernas afim de trocar qual joelho estaria na frente, e acertar o nariz do atirador com o outro joelho, caso ele se esquive o golpe seria um chute ao invés de uma joelhada.

Sabia que outros inimigos podiam tentar me atacar durante aquele momento, pelo que tudo indicava alguns estavam ocupados com Natasha, mas eu não tinha tempo para ajudá-la ainda, o atirador era prioridade e com ele em pé ainda seria um problema qualquer tipo de combate a curta distância com os outros revolucionários pois eles teriam uma ajuda imensa no combate. Assim como da ultima vez tentaria esquivas que não atrapalhasse meu avanço contra o atirador, seja rolamentos para golpes altos, ou um pequeno salto me afastando do adversário para golpes em que o rolamento não fosse possível. No caso de me esquivar com o pequeno salto, tentaria um rápido contra ataque com um soco na orelha do meu adversário, somente para ganhar tempo, nem que seja um segundo, e conseguir derrubar o atirador.

Durante o combate contra o atirador, outros revolucionários poderiam vir, então eu tentaria me esquivar sem precisar me mover muito. Daria preferência para uma esquiva onde eu me abaixe, me abaixaria dobrando o máximo possível os joelhos e inclinando meu corpo para baixo, então saltaria abrindo as duas pernas com o intuito de acertar um chute nos 2 revolucionários, não sendo o suficiente para acabar com o atirador voltaria a atacar ele, no caso de ele estar caído levantaria a perna direita e então a desceria o mais rápido que conseguisse acertando o meu calcanhar na cabeça do atirador, no caso de ele não ter caído daria um chute rodado mantendo as duas pernas bem abertas e acertando a parte de fora do meu pé na cabeça do meu adversário.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Caso Natasha esteja em maus bocados após eu derrubar o atirador seguiria para a sua ajuda novamente me esquivando dos golpes que fossem direcionados a minha pessoa, para salvar Natasha focaria a cabeça do meu alvo com meus potentes chutes, primeiramente atacaria alguém que esteja a atacando ou prestes a atacar seja de surpresa ou de uma forma que ela não possa se defender direito, chegaria com a minha investida dando um pisão na lateral da cara do inimigo, então caso a garota esteja sendo agarrada por alguém daria um chute rapido com a ponta do pé no rosto do algo, seria uma porrada seca com a ponta da bota um movimento onde eu levantaria a perna até determinada altura e seguiria somente esticando e puxando o joelho para evitar acertar um chute em Natasha, o objetivo ali era somente desnortear o oponente para dar liberdade para a garota se soltar. No caso de não haver alguém tentando a atacar e ela somente estiver sendo agarrada a minha investida seria pela lateral dos 2 focando um chute com a sola do meu pé que descia direto na lateral do joelho do meu adversário.
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Pirata
Pirata
ADM.Ventus

Créditos : 85
Warn : I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Ponto de equilíbrio!   I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 EmptyQui 14 Mar 2019, 17:13



NARRAÇÃO



Cena: Naty & Linda

A chuva que começava a cair de forma mais pesada lavava o sangue impregnado na pele naqueles que lutavam em tal arena natural, suas roupas no entanto não eram poupadas de tal sujeira e acabam ficando não só imundas como também encharcadas, mortes e vitórias foram conquistadas em ambos os lados, os marinheiros derrubavam alguns e revolucionários derrubaram outros, ferro se chocava contra ferro e tiros eram trocados.

Naty estava em situação de aperto, um homem alto e musculoso a agarrava por trás com muita malícia, a agente tinha acabado de tomar umas boas pauladas na cara e por um momento sua visão ficava turva e uma leve tontura a abalava enquanto um filete de sangue ainda escorria pela sua boca como se fosse um tipo de babá, em vez de apagar a mulher lembrava de seu treinamento e de tudo que ela passou até chegar ali. A ninja deixou as armas deslizar pela sua mão o que pareceu gerar um sorriso nos lábios de seus inimigos talvez os fez pensar que ela teria, por isso uma surpresa surgia no semblante dos mesmos ao repararem no olhar da mulher e perceber que ela ainda segurava da kunai, seu golpe acertou aquele que a prendia o fazendo gemer de dor, em sincronia com o golpe da kunai ela também fincou as pontas de sua neko te e aquilo claro já era o bastante para libertá-la.

Assim que caia no chão ela recuperava a posse de sua Ninjaken em meio de uma pequena poça formada pela chuva e um pouco de seu sangue, ela já girava cravando a ponta da arma na virilha daquele oponente mas durante toda aquela movimentação ela esquecia do segundo homem e isso lhe custou caro, ainda abaixada sentindo talvez um pouco da satisfação de causar dor e finalizar aquele oponente ela também pode sentir um forte impacto contra a parte lateral esquerda de seu corpo, era o tacape do outro oponente a jogando para o lado fazendo-a rolar pela lama que se formava ali, pela dor que sentia mesmo depois do golpe e depois de rolar por alguns metros ela poderia sentir que alguma costela teria sido fraturada naquela porrada. Um dos seus agressores estava morto mas o outro ainda estava de pé.

O sangue era lavado do rosto de Linda e os miolos do homem que antes estariam um pouco pelo rosto e pela cabeça agora escorriam para as suas vestes, sujando-as com aquele leve tom de vermelho que dificilmente era visto no preto do terno, um atirador tinha caído então agora só faltava o outro, investindo contra o mesmo abaixada e levemente curvada Linda evitou o primeiro tiro em meio da chuva que também atrapalhava o atirador, a segunda vez que ele apertava o gatilho era possível escutar um agudo click, aquela era a sua chance, o revolucionário olhou por um momento puto para a sua arma e aquela distração permitiu de Linda saltar, o revolucionário arregalou os olhos e tentou recuar um passo mas já era tarde demais, os joelho da agente se chocou contra o nariz do homem, ela pode sentir seu joelho afundar em meio a fuça do oponente enquanto ele caía inconsciente.

De onde estava a ruiva pode ver Natasha caída no chão um pouco desnorteada e surrada, um homem avançava contra ela segurando um tacape grande e parecia pronto para executar um outro golpe contra a mulher, o lugar era quase do outro lado daquela “arena” onde todo o combate ocorria, em meio aos marinheiros e revolucionários que trocavam golpes e mais golpes, caindo um por um, ainda assim a ruiva conseguiu correr evitando ser atingida em meio aquele campo de combate, ia gingando de um lado para outro até alcançar o brutamontes. Nem o homem nem Naty perceberam a ruiva até a mesma chegar já colando um chute com a sola de seu pé contra a lateral da cabeça daquele oponente, ele cambaleou para o lado visivelmente desnorteado o que deu a chance de Naty seguir com o que ela já planejava.

A morena se recuperou e investiu contra seu inimigo, por ainda estar tonto ele manejou um golpe desajeitado que mesmo ferida e surrada Naty conseguiria evitar, o golpe vinha na horizontal permitindo que a postura mais baixa ajudasse no momento da esquiva daquela ninja, cravando a kunai no joelho dele o homem começou a vacilar ameaçando a cair e nesse breve deslize era onde Naty levantou sua postura já próxima do homem e enfiou seus dois dedos cobertos pelas lâminas da Neko Te nos olhos de seu inimigo que desesperadamente começou a urrar de dor enquanto chorava o sangue que escorria como lágrimas diante a destruição de seus globos oculares.

O mesmo caiu de costas após aquela movimentação e ficou ali no chão se debatendo e chorando, estava cego e não seria mais uma ameaça a elas, o combate ia terminando com os marinheiros tirando proveito dos números que as duas agentes ali tinham conquistados, os oficiais iam amarrando ou algemando aqueles que teriam sido derrotados. A carroça que elas escoltava parava alguns metros mais à frente em uma distância boa das agentes mas começou a dar volta e voltar para onde elas estavam, conduzindo o veículo elas poderiam ver o sargento um pouco mais molhado e sujo devido a toda confusão. - Esse revolucionários vieram de tão longe para ver os colegas… Acho que seria uma falta de educação interferir nesse encontro, homens prendam todos eles e os levem para a jaula. - Aqueles que ainda estavam bem prestavam a pose de sentido e começaram a prender os revolucionários derrotados.

Um a um os inimigos que antes tentaram derrubar o comboio agora era preso e ficava junto com aqueles que eles tentaram salvar, a jaula que antes até tinha espaço para os prisioneiros agora estava mais lotada que lata de sardinha, ainda tinha revolucionários feridos e sangrando ali mas o sargento não demonstrou nenhuma pena deles já que alguns de seus homens também teriam se ferido, uns estavam mortos e outros com o risco de morte, os feridos estavam sendo posicionados em cima da jaula o que causaria um sobre peso nas montarias mas agora eles tinham cavalos extras, sim aqueles que foram roubados agora também carregavam a carroça. - As agentes que se feriram podem se sentar com o cocheiro, se andarem muito podem acabar agravando seus ferimentos, no QG todos irão receber tratamentos então é melhor irmos logo.- Falou o homem dando sinal para o cocheiro seguir com a carroça.

Legendas:
 

Informações dos prisioneiros:
 



____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Orientador
Orientador
Mephisto

Créditos : 107
Warn : I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Ponto de equilíbrio!   I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 EmptySex 15 Mar 2019, 00:16

Não faça um ponto, sem dar nó.


Minha sequência começava bem novamente, eu conseguia me livrar do fortão, no entanto minha velocidade não era suficiente para atacar os dois, de algum modo eu era surpreendida pela clava, mais rápida que meu movimento e que me jogava para longe. Naquela hora a pancada me fazia rolar pelo chão e dor simplesmente não deixava que eu levantasse rápido o suficiente, mas a peituda simplesmente saltava com tudo e me salvava, era uma garantia, não acredito que a intenção fosse proteção, afinal mal nos conhecemos. Porém era manter mais um homem vivo, estratégica e inteligente. Porém, não demorava até que eu dilacera-se aquele homem. Ele era furado, rasgado e finalizado, a luta parecia que tinha acabado ali, então era hora de seguir.

Pegaria minhas armas que tinha cravado neles, limparia na camiseta, claro que eventualmente precisaria limpar melhor, mas por hora era o suficiente para embainhar a ninjaken e guardar as Kunais. Apenas respiraria depois de guardar elas, e relaxaria um pouco mais o corpo, seguraria minha costelas cerrando os dentes e caminharia o mais rápido que pudesse até a carroça, onde eu me sentaria na lateral direita, onde eu tinha ficado anteriormente, eu precisaria de um tempo ali. Respiraria fundo aceitando a proposta de me sentar apenas acenando com a cabeça quando ele falasse. Estava em péssimas condições então apenas ficaria controlando a minha respiração sentada.

De todo modo não deixaria que a atenção fugisse, eu apenas manteria meu foco, meu rosto não demonstraria a dor naquela hora, meus olhos se manteriam sem vida, minha face como um todo inexpressiva, no entanto eu pensaria sobre o que aconteceu, sobre como eu tinha sido incompetente no combate, pois era exatamente esse o maior problema. Eu tinha feito meu trabalho, mas falhei duas vezes seguidas ao executar um golpe, era triste mas tinha dado errado, eu tinha sido espancada por um pedaço de pau gigante, levado uma surra de madeira inesquecível… E essa não era a minha frustração exata, lutas são lutas, nós sempre apanhamos, mas a forma como aconteceu, o por que de eu ter sido atingida.

Falta de foco, e claro eu me considerava muito, e esse era o ponto, não subestimei eles, eu fui com tudo, mas os tratei de forma banal demais. Eu precisava tomar mais cuidado com os inimigos dali pra frente. Respiraria fundo novamente e lembrava do que mais meu mestre tinha me dito, minha carência acrobática… Se eu tivesse podendo saltar ali, era algo muito melhor, e claro em segundo lugar, meu maior problema, inaptidão sem armas, eu era realmente uma lutadora eficaz com minhas armas, mas não sem elas, eu precisava desenvolver alguma coisa para minhas lutas dali pra frente, precisava melhorar um pouco mais cada detalhe de meu modo de luta.

Naquela hora se eu visse qualquer coisa se aproximando avisaria de cara. -temos mais companhia, parece que os revolucionários trouxeram um mini exército.- diria de forma rápida e simples. No fundo estaria nervosa em tal situação puxaria a ninjaken e apertaria forte o cabo dela, eu sabia que danificada lutar seria mais difícil, mas me ergueria mesmo assim, pois essa é minha missão, e missão dada, é missão cumprida.



Historico:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bowel
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Bowel

Créditos : 75
Warn : I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Ponto de equilíbrio!   I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 EmptySex 15 Mar 2019, 03:30

Tive a sorte da chuva fazer um tiro falhar o que me deu a oportunidade de executar meu ataque sem problemas conseguindo derrubar o último atirador. Natasha parecia estar com problemas e os outros marinheiros nem tanto, resolvi ajuda-la pois era sempre bom ter uma pessoa a mais para o combate. Tudo terminado e adrenalina do momento havia passado meu corpo estava cansado, minhas roupas além de molhadas estavam sujas de sangue que não era somente meu, o tiro fazia meu ombro latejar e pancada que havia recebido nas costas também estava doendo. “A parte ruim de apanhar… tudo começa a doer depois…”

O sargento ordenava os marinheiros a prenderem os revolucionários que ainda estavam vivos antes da carroça seguir em frente, eu e Natasha fomos instruídas a sentar junto do cocheiro devido aos nossos ferimentos, e era aquilo que eu faria. “Isso… me sentar é uma boa ideia, tomar um fôlego para caso algo mais aconteça antes de chegarmos no QG”. - Arg… - Grunia um de leve enquanto subia do lado esquerdo do cocheiro, me recostava se possível e respirava fundo visando recuperar um pouco do fôlego que havia perdido naquele combate.

“Apesar de tudo… acho que mostrei meu valor… mesmo tendo um momento onde me desliguei, acredito que consegui me recuperar e serei capaz de seguir ajudando o governo a manter o equilíbrio.” Pensava enquanto a carroça andava e eu ficava observando a minha volta, apesar de estar cansada não podia perder o foco ainda, a missão somente acabava quando chegássemos no QG, até tinha que suportar a dor e estar pronta para qualquer imprevisto que fosse aparecer novamente. Ainda acreditava que os revolucionários não haviam desistido de tentar salvar os prisioneiros, na minha cabeça eles esse primeiro ataque parecia ser somente uma distração ou algo para nos deixar mais fracos antes de executarem o ataque final, pelo menos era aquilo que eu faria. “Espero que eles não sejam bons em estratégias… Afinal se essa Steffania é tão boa em juntar pessoas como ela parece ser… talvez o sacrifício de alguns peões valha a pena no final.”

Caso perceba algo se aproximando da carroça vindo do lado que eu estava cuidado diria apontando para o local. - Parece que temos companhia novamente. - No final se tudo der certo manteria a calma e esperaria encontrar Gabriel Reyes no QG, não por ele ser meu superior e sim pelo fato de que se ele estava lá Steffania também estava, logo era menos um revolucionário para atrapalhar do governo em manter o equilíbrio. No QG assim que estiver liberada iria procurar um médico para tratar desses ferimentos.
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Pirata
Pirata
ADM.Ventus

Créditos : 85
Warn : I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Ponto de equilíbrio!   I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 EmptySex 15 Mar 2019, 18:14



NARRAÇÃO



Cena: Naty & Linda

Depois do combate todas aquelas feridas eram sentidas com mais intensidade, os ferimentos mais profundos como aqueles feito a bala sangravam com mais gravidade exigindo que as feridas se atentassem aquilo, os hematomas começaram a ficar mais evidentes despertando dores nas regiões em que estavam. Um tratamento de primeiros socorros começava para aqueles que estavam em cima daquela jaula lotada mas as agentes teriam que esperar pois ainda tinha marinheiros que teriam se ferido mais que elas e por isso estavam em uma situação mais grave.

Mesmo já passando por um ataque era importante o grupo não baixar a sua guarda mas tudo até ali pareceu seguir tranquilo, mesmo vigilantes elas não conseguiram identificar nenhuma ameaça fazendo com que a viagem até ali seguisse tranquila, ou quase já que os prisioneiros ainda reclamavam de dores, xingavam a marinha e o governo, falavam que fariam atrocidades com as duas mulheres que estavam ali mas tudo que eles poderiam fazer naquele momento era aquilo, reclamar e ameaçar. Depois de um tempo o comboio chegou na cidade e de lá não demorou muito para chegarem no QG onde a jaula começava a ser descarregada e os feridos encaminhados para a enfermaria, na porta do QG estava a mulher que teria feito o exame de Linda e conversado com Gabriel antes. - Sigam para a enfermaria, depois que forem tratadas eu vou ouvir o relatório de vocês. - Falou ela antes que os agentes sequer tivessem tempo de falar algo com ela, as palavras tinham sido citadas como uma ordem e logo a mulher não estaria afim de ouvir os recrutas contestando-a.

Alguns marinheiros estavam ali com cadeira de rodas e macas para transportar os mais feridos e como as duas estavam bastante machucadas eles se ofereciam para levá-la até a enfermaria, era escolha delas aceitar ou não, no local eles viam alguns dos oficiais que lutaram ao lado delas em campo e todos pareciam receber um tratamento a altura de seus ferimentos, a equipe médica não demoraria a atender elas em um lugar mais privado onde as mesmas poderiam despir as vestes que cobriam os machucados causados. Keith não estava ali já que não tinha se machucado com a gravidade dos demais então era muito provável que o rapaz já estivesse dando seu relatório, depois de uns vinte a trinta minutos de tratamento as agentes estariam devidamente tratadas já podendo seguir até a sala da superior para entregar a sua parte do relatório.

OFF: ficou curto e simples mais para finalizar a quest msm.

Legendas:
 

Informações dos prisioneiros:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Ponto de equilíbrio!   I - Ponto de equilíbrio! - Página 7 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
I - Ponto de equilíbrio!
Voltar ao Topo 
Página 7 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Budou Island-
Ir para: