One Piece RPG
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Mini - Inim] O errante
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor Visastre Hoje à(s) 15:35

» Meu perfil / mini-aventura
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor ReiDelas Hoje à(s) 14:41

» [MINI-JuninhoSiq1997] O Inicio
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor JuninhoSiq1997 Hoje à(s) 12:49

» [Mini-Sting] Trabalhos sujos de formas baratas
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 12:18

» [M.E.P.] Mini-Sting
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 12:16

» [MINI - Pepino, o Breve] Rascunho
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor ReiDelas Hoje à(s) 12:10

» [Mini Aventura] - Gravekeeper
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 07:18

» [MINI - Mirutsu] Começo da Jornada
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor Mirutsu Hoje à(s) 02:02

» Roy Collins
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 01:06

» [Ficha] - S. Price
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:25

» Shimizzu Price
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:23

» [Mini - Kyoki] Uma Jornada Inesperada.
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor Kyoki Ontem à(s) 21:29

» Ficha~Pierce~
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor Pierce Ontem à(s) 21:22

» MEP Kyoki
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 19:20

» [Mini - Benjamin] Os primeiros passos para a vingança
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor Fanalis B. Ria Ontem à(s) 19:07

» [Ficha] Violet
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor Nana. Ontem à(s) 16:35

» [Mini - Van] Seguindo conselhos
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor Van Ontem à(s) 14:00

» [Kit - Gyro Zeppeli] Blum vai pegar
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor Blum Ontem à(s) 12:17

» [Mini - Chikara] - Vamos para algum lado ?
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor Roy Collins Ontem à(s) 08:03

» Rem E. Nuf
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Emptypor GM.Remenuf Ontem à(s) 06:22



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte


Data de inscrição : 15/09/2014

[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça   [MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 EmptyQua 11 Jul 2018, 14:34

~~ Orientação ~~


Sem qualquer hesitação King decidia por atacar o homem, antes que o mesmo fizesse a garota de refém, uma atitude ofensiva bem pensada, já que, era mais fácil atacar mesmo arriscando a vida da garota do que arriscar de qualquer jeito e nada fazer. Blast arregalou os olhos quando o homem lebre bateu sua mão sobre o balcão e desferiu um chute em pleno ar.

A reação do homem era tão rápida quanto a de Ghast, pois, usou a garota como escudo para evitar o golpe. No entanto, King já estava preparado para eventual situação, e num movimento de Parkour abrirá suas pernas formando um “V” e atingia em cheio as orelhas do sujeito. Não parava por aí, pois que, o mink pressionava suas patas para agarrar a cabeça do homem e assim imobiliza-lo. Porém Blast reagia quase que junto com ataque de King e acertava um soco na virilha da lebre.

Ambos os três capotavam para diferentes direções enquanto o balcão era arremessado após a queda do homem, do mink e da garota. A jovem batia a cabeça contra o pila que havia na lateral e desmaiava. No mesmo momento, Blast batia no armário preenchido de casacos que notoriamente caiam sobre seu corpo. Já Ghast colidia com a porta que o pilantra havia saído outrora. Era um banheiro, fedido por sinal, que os clientes usufruíam. Blast parecia não ser muito forte, mas o soco atingia uma parte realmente vital do homem coelho que ainda sentia suas “joias” clamarem por férias numa praia.

- Maldito coelho da páscoa, não me fode assim seu animal inofensivo! O homem gritava ao tentar se colocar de pé, apesar de suas palavras tentando coagir o mink, ele havia notado que King não era esses caçadores de meia tigela que até então havia enfrentado para se livrar de suas dívidas.



Dicas do Monstrão:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ghastz
Membro
Membro
Ghastz

Créditos : 6
Warn : [MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 27/06/2018
Idade : 17

[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça   [MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 EmptyQui 12 Jul 2018, 01:38

@Ghastz escreveu:













Meu sangue fervia! Faziam meses desde que não me sentia vivo daquela forma, a sensação de machucar alguém ? Ou o gosto de proteger um inocente ? Eu não fazia ideia do que era tão prazeroso, e para falar a verdade, eu nem ao menos me importava, mas adoraria me deleitar mais deste cálice. Devo dizer que o que Aisa me falara era verdade: sangue de barata harmoniza bem com o sentimento de esperança daqueles que ela fizera vítima, não podia esperar pela hora de amarrar este filho de puta e presentá-lo à Marinha.

Consegui ler os movimentos de Blast com sucesso, era bem esperado que pessoas de seu nível utilizariam uma garota indefesa como refém, isso só aumentava minha vontade de desgraçar o rosto do sujeito; Contudo, a lei da selva falhara comigo nessa hora, "A sobrevivência do mais forte ? Faz-me rir! Estava mais para a sobrevivência do mais inescrupuloso", custei a acreditar que o desgraçado realmente socou minha virilha, foi um nível de sujeira que nunca pensei que iria presenciar.

— ARGHH!! FILHO DA PUTA! —, não podia haver forma melhor de proferir minhas primeiras palavras para Blast, esse termo combinava bem com o homem, se é que ele escutara; Afinal, tais palavras seriam ditas enquanto eu estava com ambos joelhos e cotovelos apoiados contra o podre chão daquele banheiro, durante o grito, socaria o assoalho com a parte lateral de minha mão e em seguida cuspiria para o lado, tentaria me recuperar com o melhor balanço possível o quanto antes.

Durante a cena, um plano peculiar veio em mente, um plano que combinaria perfeita com o sujeito com quem eu estava lutando. Me prepararia como um corredor de maratona, a fim de adquirir o máximo impulso; Com a cabeça erguida; As duas mãos tocando o chão; Os dois joelhos flexionados, um para frente, e outro tocando o piso, começaria minha disparada até a porta do sanitário, e em seguida para Blast.

Durante o meio do percurso, bem no momento em que colocasse os olhos nele, gritaria com fulgor e coragem, em um tom berrante, porém claro — ROY! AGORA! ATIRA NO DESGRAÇADO! —, a beleza do plano se embasava na suposição de Blast estar contra a porta de entrada, ou menos em sua lateral, com pouca visão dela. Eu obviamente diria essas palavras enquanto dava uma rápida fitada para a entrada, com um olhar devidamente suspeito, vindo de um sujeito que gostaria de esconder algo, mas que obviamente era parte do plano para enganar Blast, esperando que ele vire e se distraia, deixando sua nuca totalmente exposta.

Se virando ou não, aquilo era apenas a parte tática, o verdadeiro impacto estava para vir agora. No meio de minha corrida, quando me aproximasse dele, procuraria pelo balcão, caso estivesse bem em meu caminho não deixaria de conter um suspiro de alívio, pularia bem em cima dele, mas sem parar meu trotear, eu daria apenas uma pisada em cima do objeto, o chutando para baixo com máximo de impacto que conseguisse, e pegando a maior altura possível

Caso o balcão não estivesse lá, eu agacharia um pouco, tentando perder o mínimo de velocidade possível, e em seguida saltaria, tramando cair bem em cima de Blast, ele estando ciente disto ou não, atacaria da mesma forma

O ato final acaba de chegar, admito que foi um movimento arriscado, não teria como me defender tão bem no ar, mas tentaria pisar nesta barata com tudo que tinha agora.

Caso Blast se virasse para trás, um sorriso sádico e sarcástico tomaria conta de minha face, e dessa vez nem faria questão de esconde-lo. Arregando minha perna direita em direção ao meu corpo; Tentaria contrair ela para que na hora do chute eu pudesse pegar um pouco de velocidade extra, na hora do chute, miraria contra sua nuca, e desferiria o chute como um tiro de rifle, em linha reta com uma velocidade surreal. caso o ataque pousa-se com sucesso, colocaria um impacto extra para empurra-lo para frente, tentado chocar Blast contra algum móvel ou parede, e no momento que eu caísse no chão, dispararia novamente em direção ao homem, e desta vez tentaria acertar um chute com os dois pés, ou em sua espinha, ou em seu estômago.

Contudo, na chance de ele não se virar, riria baixo, para mim mesmo, "Parece que a cabeça do desgraçado não é tão oca como eu pensara... Ou é possível que ele achasse que poderia vencer contra 2... ? Cômico!, no mínimo, cômico!". Nessa ocasião, meu chute seria centrado na parte lateral de seu crânio, "Como é mesmo... Arghh, tenho plena certeza que Aisa me falara uma vez durante nossos treinos... Têmpora! É isso". Durante o salto, colocaria meu peso para esquerda de meu corpo, na tentativa de ficar horizontal e com o braço esquerdo virado para baixo. Então eu alongaria minha perna direita para a esquerda, e em seguida esticaria minha perna esquerda em sua direção, como uma lança; No entanto, não passaria de uma distração ou plano secundário. Ao chegar na distância limite, chocaria minha perna direita o mais veloz possível contra sua têmpora direita, utilizando de meu calcanhar para fortalecer o impacto. Em seguida, utilizaria minha perna esquerda em uma estocada contra seu pescoço, caso ele defendesse o golpe anterior, este seria o único que teria um real efeito, por isso miraria em uma área tão vulnerável.

Durante ambos os golpes, faria questão de deixar meu braço esquerdo em paralelo com meu corpo, o curvando um pouco, tentaria usa-lo para proteger tanto meu abdômen quanto minhas bolas, não deixaria este desgraçado usar o mesmo truque sórdido de antes. Além disso, posicionaria meu braço direito em paralelo com meu rosto, pescoço e tórax; Na tentativa de bloquear eventuais pancadas ou disparos.

Se Blast viesse a agarrar meus chutes com ambas as mãos eu usaria meus punhos, mesmo sabendo que não possuo tanto maestria com eles, eram minha última carta. Tentaria desferir dois socos rápidos em ambos os seus olhos, eles viriam paralelamente, atingindo no mesmo momento; Caso ele vacile e solte meus pés nesse momento, antes de minha queda tentaria reposiciona-los contra seu tórax, o chutando e utilizando de impacto para tentar um salto mortal para trás numa tentativa de ficar seguro.

Se eu finalmente obtivesse sucesso em derruba-lo, caminharia até seu corpo, cuspiria para a esquerda, e limparia minha boca com as costas de meu braço; Em seguida apoiaria minha perna direita contra sua cabeça; Colocaria meu cotovelo direito nela e em seguida repousaria meu queixo sobre minha palma direita aberto, falando em um tom rígido e com cara fechada para o derrotado — Um movimento sequer e farei questão de lhe apresentar mais cedo para Satan —. Obviamente eu não mataria o rato em questão, mas não pude deixar de passar pelo mercenário inescrupuloso.



____________________________________________________

[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 FVwUObv

[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Rc5WO8H

there’s a bluebird in my heart that
wants to get out
but I’m too tough for him,
I say, stay in there, I’m not going
to let anybody see
you.

there’s a bluebird in my heart that        
wants to get out
but I pour whiskey on him and inhale
cigarette smoke
and the whores and the bartenders
and the grocery clerks
never know that
he’s
in there.
____________________________________________________
Fala:[#ffcc00]
Pensamento: [#9999ff]
Npc: [#ff3300]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 46
Warn : [MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 25
Localização : Na Monstrolandia...

[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça   [MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 EmptyQui 12 Jul 2018, 22:52

~Mini-Aventura ENCERRADA~


Observações:
- Bom plano. Bem engenhoso hehehehe. Finalizamos por aqui o tutorial. Se eu prolongar é so pra encheção de murcilha, então prefiro terminar agora e já lhe proporcionar a liberação de sua criação de ficha e aventura. Indicaria apenas para tomar cuidado com a pontuação do "ponto final". Mas é algo bem simples mesmo. Espero que tenha curtido a aventura e lhe desejo uma ótima aventura. Bem-vindo ao Fórum, nosso humilde lar.
Marciano

O que fazer agora que terminei minha Mini-Aventura?
- 1º passo: Agora que encerrou sua mini-aventura basta criar a sua ficha na Criação de Personagens usando o Modelo de Ficha.
- 2º passo: Corra e crie sua aventura. Onde? Há um tópico chamado Crie sua Aventura, lembre-se de que você somente pode criar uma aventura se sua ficha for aprovada e dentro do limite de pedidos de criação de aventura pendentes. Caso haja alguma pendência espere alguém aprovar a aventura anterior, para postar a sua.
- 3º passo: Aventura aceita? Então procure um narrador, onde? Em T.N.D crie um tópico para solicitar seu narrador, e aguarde o ADM responsável pela área escolher um narrador para você.
- AH! Leia as regras para que você não venha a tomar punições.
- Lembre-se você tem 30 dias para pedir os 6 créditos da conclusão da mini-aventura neste link.

____________________________________________________

~Fala / Narração

[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 DuXWscQ
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 7KiC7F7

[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 XG4WLSF   [MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 BoYumQ5
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça   [MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI-Ghastz] A inusitada busca pela justiça
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: