One Piece RPG
Cães de Aluguel XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [MEP] Cachorros da Dor
Cães de Aluguel Emptypor Dogsofain Hoje à(s) 16:30

» [Mini-Archer James] Cachorros da Dor
Cães de Aluguel Emptypor Dogsofain Hoje à(s) 16:21

» Una Regazza Chiamata Pericolo
Cães de Aluguel Emptypor Muffatu Hoje à(s) 16:06

» 1º Cap: O começo de uma grande aventura
Cães de Aluguel Emptypor Muffatu Hoje à(s) 15:20

» Unidos por um propósito maior
Cães de Aluguel Emptypor Muffatu Hoje à(s) 15:10

» Busca Implacável
Cães de Aluguel Emptypor Gyatho Hoje à(s) 14:08

» [MEP - Kuroper]
Cães de Aluguel Emptypor Kuroper Hoje à(s) 12:16

» [Mini-Kuroper] Começo da Jornada
Cães de Aluguel Emptypor Kuroper Hoje à(s) 12:12

» Mini - Themis
Cães de Aluguel Emptypor Themis Hoje à(s) 11:29

» Vamos nos aventurar! Anjinhas me aguardem...
Cães de Aluguel Emptypor Pippos Hoje à(s) 10:52

» The Claw
Cães de Aluguel Emptypor Achiles Hoje à(s) 09:31

» Gregory Ross
Cães de Aluguel Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 08:43

» Xeque - Mate - Parte 1
Cães de Aluguel Emptypor Jacob Allan Hoje à(s) 04:19

» [LB] O Florescer de Utopia III
Cães de Aluguel Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 01:06

» Hello darkness my old friend...
Cães de Aluguel Emptypor Alek Hoje à(s) 01:03

» Rumo à Grand Line?
Cães de Aluguel Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 01:02

» The Victory Promise
Cães de Aluguel Emptypor Akise Hoje à(s) 00:00

» VI - Seek & Destroy
Cães de Aluguel Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:56

» What do You do For Money Honey
Cães de Aluguel Emptypor Lancelot Ontem à(s) 21:46

» O início da pesquisa.
Cães de Aluguel Emptypor BlackHole99 Ontem à(s) 20:18



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Cães de Aluguel

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 53
Warn : Cães de Aluguel 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Cães de Aluguel Empty
MensagemAssunto: Cães de Aluguel   Cães de Aluguel EmptySeg 30 Abr 2018, 13:29

Cães de Aluguel

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Roxanne D'lamour. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luna
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Luna

Créditos : Zero
Warn : Cães de Aluguel Banido10
Masculino Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 24
Localização : Lvneel - North Blue

Cães de Aluguel Empty
MensagemAssunto: Re: Cães de Aluguel   Cães de Aluguel EmptySeg 30 Abr 2018, 13:49



Rox.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




.......– "As coisas ultimamente têm estado difíceis, a algum tempo eu estava acordando em um bar, embriagada com um gordo ridículo entre minhas pernas. Foram o quê? Três dias atrás? Bom, agora estou armada até os dentes, com muito veneno, erva e uma vontade tremenda de matar." –

.......A porta da taverna se abriu e despojadamente, Roxanne seguiu caminho batente a fora. Estava animada, o dia finalmente havia raiado apesar de quase todos dentro do estabelecimento ainda estarem desmaiados. Uma farra havia acabado com os ânimos do pessoal, alguns tinham passado um pouco dos limites, nada demais para Rox, já fazia algum tempo desde sua último "P.T." – dois dias, talvez um pouco menos – e isso a deixava incrivelmente disposta.

.......As pessoas passavam pela rua, havia certo movimento, a atiradora não tinha noção alguma do tempo, mas podia chutar que alguns estabelecimentos ainda estivessem servindo o café da manhã. Enquanto andava, Roxanne sentiu um embrulho em seu estômago, o enjoo matinal novamente a incomodava, antigamente aquilo muito provavelmente a faria cuspir as tripas para fora, mas hoje? Não hoje seria diferente, tudo que ela havia bebido era...

.......O jorro quente e grosso inundou a rua, a garganta queimou, a barriga  doeu e os olhos lacrimejaram, suor de macho, ou quase isso. O gosto de bile agora amargava sua boca, a noite anterior havia sido calma, apenas algumas doses de Whisky, vodca e... Bom, talvez não houvesse sido uma boa ter bebido do copo dos outros.

....... -Devia ter ouvido mais a mamãe... - Rox ria diante da situação, filha de uma prostituta, tudo que havia aprendido com a mulher resumia-se a quatro paredes e o meio das pernas de um homem. – ~ Talvez um café forte?! ~ - Checava os bolsos e constava que suas economias beiravam o fim, uma forma chique de falar que a grana roubada do último otário estava pela bola oito.

.......~ Vamos unir a fome com a vontade de comer. ~ - Partia para o mural de procurados, Lvneel havia se mostrado em seus primeiros dias um local um tanto quanto traiçoeiro, principalmente sua floresta, mas mais perigoso que os animais selvagens era o risco da falência eminente. Fazia tempo que adiava aquilo, mas no fundo sabia que esse momento chegaria, isso a assustava, amedrontava, era algo inexplicável, mas real. Teria que ganhar dinheiro de uma maneira honesta, ou quase isso.

.......– "Bom, você caro leitor desse segundo diário, pode me chamar de Rox ou Roxanne, tanto faz, e antes que diga: – 'Que feio, uma mulher vomitando pela farra da noite anterior logo pela manhã.' – Já aviso, dos males que posso causar, vomitar na sua frente sem sombra de dúvidas é o menor.






Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Você não me vê na batalha?
É claro que estou lá, veja só o terror e o medo neles.


||Legenda||

|- "Roxanne - Intervenção" - |
|~Roxanne - Pensamentos~ |
|Roxanne - Fala|


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : Cães de Aluguel 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 21
Localização : hell

Cães de Aluguel Empty
MensagemAssunto: Re: Cães de Aluguel   Cães de Aluguel EmptyTer 01 Maio 2018, 00:12


A existência de procurados era uma ótima forma de conseguir dinheiro e no momento era exatamente o que a mulher precisava. Por conta de o QG ser completamente fora do reino de Montblanc, existiam alguns cartazes espalhados pela cidade e em único ponto era onde se encontrava um enorme painel com diversos cartazes presos, sendo a marinha deles do mesmo blue em que estavam podendo estar na ilha ou não. Atrair atenção por vomitar era o menor dos problemas, pois ninguém naquele horário estava se importando com outras pessoas. Acordar cedo e ir trabalhar estava longe de ser um mar de rosas, mostrando como a vida realmente é e o quão difícil as coisas podem ser para os trabalhadores honestos.

O ponto de concentração dos cartazes era um tanto longe dos bares, sendo muito mais para o centro da cidade em uma praça por onde diversas pessoas passavam todos os dias e podiam encontrar o grande painel cheio de cartazes que tinham recompensas variadas. – Essas recompensas podem atrair varias pessoas, mas estão longe de ser algo tão bom quanto ajudar as pessoas. – Ao lado do painel tinham três senhores nos seus 60 anos conversando sobre as recompensas, marinha e governo. – Minha filha pode não ganhar tão bem quanto esses caçadores de recompensas, mas ela possui diversas vantagens só por estar no governo e não tem do que reclamar. – Os elogios continuavam e o velho parecia feliz em espalhar que sua filha tinha um bom emprego. – Os valores de capturar algum criminoso podem ser menores, mas ela me falou que não precisa ter um barco próprio e pode ir para onde quiser, viajando pelo mundo inteiro com armas dadas pelo próprio governo e com um salário por cada missão feita. – Dinheiro só era um grande problema para os revolucionários e piratas que precisavam conseguir durante suas aventuras, sendo muito mais difícil alcançar a riqueza em tais grupos.

Os caçadores poderiam ser ricos, mas só tinha a tarefa de capturar procurados, mostrando mais vantajoso a área do governo e marinha que dava a possibilidade de missões variadas e algumas vantagens importantes. – Se tiver um filho e ele não sabe o que fazer, diga para ele seguir carreira na marinha ou no governo, vai ter sucesso e dinheiro bem fácil. Dificilmente vai existir problema com dinheiro e possuir conhecimento sobre muitas coisas do mundo, mesmo não sendo uma organização muito bem vista e alvo dos revolucionários, acredito que eles fazem somente o que é certo e necessário. Vilões são esses que tentam derrubar os protetores do povo. – O papo era muito focado em como a marinha e o governo eram bons, ignorando qualquer corrupção ou feitos incorretos da organização. As pessoas mais velhas tinham a cabeça fechada para coisas novas e poderiam continuar com a mesma opinião por muito tempo, dificultando a mudança de vista deste tipo de gente. Os outros senhores concordavam e não falavam muito, respondendo de maneira simples e curta para não prolongar muito aquele assunto chato e que poderia atrair pessoas irritadas.

Deixando o assunto governo de lado, existiam diversos cartazes com valores interessantes e em uma média boa que eram novos e tinham a maior probabilidade de estarem naquela ilha. A primeira era uma mulher de madeixas rosadas em um tom mais claro sem nenhuma arma visível no cartaz. Seu nome era Lara Skyz, tinha 6 milhões de recompensa e não tinha mais nada de informação. O segundo cartaz era de um homem loiro que não tinha nada de impressionante na aparência, possuindo algumas marcas de batalha no rosto e o olhar intimidador que diversos piratas possuem. Tinha o nome de Leon, 5 milhões de recompensa e talvez um alvo mais fácil para a primeira caçada. Fora estas opções existiam algumas com valor menor e a possibilidade de se juntar ao governo/marinha, precisando sair da cidade e ir ao QG que se localizava em uma parte mais isolada da ilha, precisando talvez perguntar para algum morador local no caso de não conhecer tal localização.

Procurados:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luna
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Luna

Créditos : Zero
Warn : Cães de Aluguel Banido10
Masculino Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 24
Localização : Lvneel - North Blue

Cães de Aluguel Empty
MensagemAssunto: Re: Cães de Aluguel   Cães de Aluguel EmptyTer 01 Maio 2018, 00:36





My name is Lamour, Rox d’Lamour.






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]








......."Muitos acreditam que destino não existe, eu pessoalmente duvido dele constantemente. A figura paterna que tive sempre dizia que quando navegamos sem destino, nenhum vento é favorável. Era um bêbado que me espancava por falta de coragem de encostar em minha mãe, então por isso nunca dei ouvidos a ele. Acaba que pensar em algo que não existe como uma coisa que nos guia, é mais confortável, menos problemático, se você me perguntar: - O que você acha sobre o destino? - Lhe direi que ele apenas embaralha as cartas, mas quem as joga somos nós."

..............A manhã em Lvneel havia começado como em quase todas ilhas do mundo, fria, pouco acolhedora, distante. Afinal, quem fica feliz em ter que sair de sua cama quentinha e trabalhar? — ~ Máquinas, indo e vindo sem se divertir. ~ — Uma expressão de quem sente ranço daquilo que está vendo surgia no rosto de Roxanne, apesar de saber cumprir suas tarefas, ter seu momento de descontração era algo essencial para a atiradora. — ~ No fim, eles sempre quebram primeiro. ~ — Sorria, despreocupadamente seguindo o restante de seu caminho. A praça da cidade não era perto do bar em que havia passado a noite anterior e isso lhe custou uma boa caminhada, mas graças a antipatia matutina a mulher pode seguir sem interrupções.

..............O local onde estava o mural parecia um ponto de encontro para alguns velhotes, tinham a conjectura de bons samaritanos, talvez fossem heróis de guerra ou simplesmente aposentados.  — Bom dia, senhores. — Cumprimentava os homens, havia atrapalhado suas conversas aproximando-se de mansinho e escutando o que diziam. Um dos três parecia ser um fiel defensor dos homens da lei, o que coincidia com sua postura de conservador. — ~ Esse velho pode até ser um pouco mente fechada, mas ele não está totalmente errado... ~ — Ponderava enquanto fingia prestar atenção nos cartazes de procurado, ainda escutando o papo do trio.  — ~ Ganhar armas, poder viajar pra onde quiser, salário e bom... O mais importante, conhecimento de todo o mundo. ~ — Apanhava um par de cartazes, um era o de uma garota e o outro o de um rapaz aparentemente surrado e ensinado pelas ruas. — ~ Governo mundial, seria o que? Agente d'Lamour? Agente especial Lamour? Agente Secreta codinome d? ~ — Ria, havia ido a várias peças de teatro e em alguma delas encontrado interpretes de agentes, eles usavam essas titulações e, incrivelmente, para Rox nenhuma delas soava tão ridículas como durante as encenações.

.......Dobrava os cartazes e os guardava no bolso. Agora mais diretamente, se aproximava do grupo que claramente estava encerrando o assunto. — Senhor, se permite a intromissão. — Adiantava-se para mais perto ainda do homem que contava a história sobre sua filha. — Estava aqui ao lado, olhando os cartazes e acabei ouvindo a conversa entre vocês. — Sorria, um pouco sem jeito. — Não é nada demais, mas quero que você saiba que por mais que alguns não liguem tanto para o que você disse... — Encarava com ar de desaprovação a dupla de ouvintes que claramente estavam entediados e querendo dar por encerrado o papo. — ... Sua história me ajudou muito, e talvez venha a ajudar muitas pessoas. — Alegremente sorria para o ancião, abraçando-o rapidamente e com igual agilidade partindo rumo aos portões do reino.

.......Servir a algo maior parecia uma ideia absurda tratando-se de Roxanne, mas essencialmente gananciosa e luxuosa, sua vida era movida por interesses e prazeres, entre eles alguns disparos, cigarros e transas. — Olá rapaz, gostaria de ir até o quartel general da ilha. Você pode me indicar o caminho? De preferência um seguro. — Com entusiasmo, questionaria para o guarda do portão ou algum morador passando por ali. — Opa, muito obrigado pela ajuda. — Agradeceria ao ter minha resposta e partiria pelo caminho indicado rumo ao quartel general. — ~ A última caminhada fora desses muros foi no mínimo interessante, mosquitos, serpentes gigantes, macacos enfurecidos. Vamos ver se dessa vez, perguntando antes de enfiar a cara na mata, consigo sair sem tripas de cobra por todo corpo. ~ — Prosseguiria o percurso todo com a atenção focada em possíveis ataques, notando certa calmaria, daria uma olhada melhor nos cartazes de procurados. ~ Afinal, ou um brigão ou uma lady... Bom, primeiro vamos ver isso de governo. ~ — Iria, se não fosse interrompida, até o Q.G. e chegando no mesmo, entraria.

.......Oi, um senhor me convenceu de que vocês guardam a chave para o paraíso. — Brincaria com o atendente do quartel. — Gostaria de saber o que vocês oferecem para os agentes, o que eles fazem em suas missões e como faço pra me tornar uma. — Diria agora com maior seriedade, demonstrando convicção e comprometimento. ~ Convicta e comprometida comigo mesma. ~ — Prestaria atenção na resposta do mesmo e, tendo a confirmação de que as coisas que o velhote haviam dito eram reais, concluiria, sem mais demora. — E quando eu começo? — Aguardaria o mesmo se posicionar e o acompanharia se assim fosse necessário, os passos? Firmes e precisos, como o de uma futura agente.

......."Queridos amigos jovens, lembrem-se de que não é preciso ser humanitário para servir as pessoas. É necessário, na menor proporção da coisa, alguém disposto a fazer seu serviço, com a melhor qualidade possível, da melhor forma possível, no menor tempo possível, afim de manter a integridade de todos, concluir sua missão e, por último mas não menos importante, alcançar seus verdadeiros objetivos."









Objetivos:
 



Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Você não me vê na batalha?
É claro que estou lá, veja só o terror e o medo neles.


||Legenda||

|- "Roxanne - Intervenção" - |
|~Roxanne - Pensamentos~ |
|Roxanne - Fala|


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Luna em Ter 01 Maio 2018, 13:57, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : Cães de Aluguel 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 21
Localização : hell

Cães de Aluguel Empty
MensagemAssunto: Re: Cães de Aluguel   Cães de Aluguel EmptyTer 01 Maio 2018, 00:40


A conversa dos velhos interessava a jovem, fazendo-a se aproximar para intrometer-se no meio da discussão entre os homens. Nenhum deles se importou muito com ela, cumprimentando-a de maneira simples e logo retornando com suas falas complementando toda a visão sobre o governo que parecia ser algo grandioso para ele. Ao fim de tudo os velhos já se mostravam cansados de todo aquele papo e começavam a falar apenas de coisas cotidianas, deixando de lado o assunto que interessava Rox. Aproveitando-se da situação ela chegou próxima dos senhores, começando então a mostrar sua visão sobre o assunto que dois dos homens nem se importavam. Apoiar ou não algum lado era escolha completamente das pessoas, mas como eles não pareciam ter uma opinião formada resolveu permanecer quietos. Com tal história Rox tinha tomado uma grande decisão de juntar-se a uma organização gigantesca, podendo dar inicio em sua vida que seria muito mais fácil do que a de muitas outras pessoas pelo mundo. Os agradecimentos terminavam com o abraço da garota no velho falador, deixando o mesmo feliz por ter ao menos um jovem que entendia seu lado.

Com a conversação encerrada, Rox seguiu até os portões do reino que dava acesso a floresta. Existiam mesmo guardas nos portões que não estavam ali para impedir a entrada de pessoas suspeitas, mas sim ajudar com informações e cuidar de ataques vindos daquela direção. O guarda tinha olhos azuis e cabelo preto, tirando os olhos nada era tão chamativo em sua aparência, sendo alguém simples e sem destaque algum seja na aparência ou serviço. – Vá completamente pela esquerda da floresta, seguindo pelas pontas da ilha é possível encontrar um caminho mais fácil pela floresta e com poucos perigos até o QG. – A dica era simples e não existia nenhum segredo. Não encontrar animais por uma floresta seria difícil, pois eles estavam por toda a parte e podiam apenas ser evitados ao tomar cuidado.

A floresta não foi um grande problema. Existiam sim animais por perto e alguns até pensavam na possibilidade de atacar aquele alvo fácil, porém não arriscaram e seguiram o caminho até algum outro animal mais fraco e inteligente. Alguns deles até se aproximavam e fugiam, brincando por perto da humana tão rara de se ver em uma floresta ser perigosa. Ao fim do trajeto Rox encontrava a região do QG onde existiam quatro casas e uma simples loja de suprimentos. Entrando no QG era possível ver alguns marinheiros caminhando pelo local e a recepção onde um garoto estava sentado analisando alguns papeis. Rox brincava e fazia perguntas ao recepcionista, esperando uma resposta do mesmo que estava preparado para tal momento.  – Todo agente do governo tem direito a uma arma, podendo sempre pedir quando necessário. Os agentes também recebem uniformes e podem fazer diversos tipos de missões... Proteger pessoas importantes, conseguir informações de certas ameaças ao governo, escoltar prisioneiros, cobrança de impostos e também seguir um superior em alguma missão mais complexa. O tipo de missão dependerá muito mais do seu estilo de ação, podendo escolher entre as mais furtivas, aquelas que precisa entrar de cabeça e derrotar os alvos, além de ter missões mais interessantes dependendo dos talentos de cada agente. – A explicação do garoto era longa e ele nem mesmo tinha terminado de falar tudo.

Para se tornar um agente do governo é necessário passar por três testes. O primeiro é algo mais sobre disciplina, sendo limpar o qg, lavar uniformes ou entregar algo a um superior e ainda pode variar. O segundo é um treino com os equipamentos aqui do QG e a ultima parte é uma luta contra algum superior, esta sendo para ver sua força e medir se esta preparada ou não para ser mesmo uma agente... Pode começar assim que quiser é só seguir até aquela sala e pedir para ingressar no governo com a mulher lá dentro. – A sala estava bem atrás de Rox e precisaria de apenas alguns passos até alcançar o local, encontrando uma mulher loira e com algumas cicatrizes no rosto, olhando documentos e escrevendo rapidamente em papeis com a mão esquerda. A chegada da desconhecida fez ela parar com seus afazeres, observando a nova pessoa na sala se aproximar. Por ser um QG vazio e com poucas visitas Rox só poderia estar ali para se tornar uma agente do governo, pois não existia uma razão onde alguém mandaria uma pessoa comum ir até aquela sala. – Oi. – A saudação contida mostrava a falta de interação com outras pessoas, algo comum em um QG longe da maior população de uma ilha. – Se alguém a mandou aqui é para se ingressar no governo, então eu só preciso que você escreva as informações necessárias aqui. – Levantando-se de sua mesa para aproximar-se de uma prateleira no fundo da sala, pegando um pedaço de papel bem simples que precisava ser preenchido com as informações pessoais da mulher. – Sente-se e escreva, estarei aguardando o término disso. – O formulário e um lápis, caneta ou uma pena usada para escrita.

Formulário escreveu:
Nome:
Idade:
Sexo:
Motivo de querer se alistar:
Estilo de combate utilizado:
Conhecimentos fora de combate:
Estilo de abordagem em uma missão:

Quando a mulher estivesse terminado de preencher o formulário, receberia uma breve olhada da loira que pegaria o papel para observar por algum tempo e colocar em uma pasta logo em seguida, guardando na prateleira junto de outras diversas pastas. – Agora que tenho as informações necessárias, preciso que leve estes documentos até o Eric, capitão da marinha e quem comanda o QG. – A loira entregava uma quantidade bem elevada de papeis, todos organizados de uma forma que não dava para entender completamente, mas estava correto na visão dela. – Encontre sozinha o caminho até lá, confirme que ele recebeu tudo e viu se estava correto. Quando ele te dispensar, pode retornar e eu continuarei o teste inicial. – Ainda que ela não fosse a pessoa mais sociável, mostrava-se profissional, focando apenas no trabalho e deixando as tarefas básicas para alguém que estava ingressando naquele momento.

Loira:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luna
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Luna

Créditos : Zero
Warn : Cães de Aluguel Banido10
Masculino Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 24
Localização : Lvneel - North Blue

Cães de Aluguel Empty
MensagemAssunto: Re: Cães de Aluguel   Cães de Aluguel EmptyTer 01 Maio 2018, 14:03



Linda, você é linda sim.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




......."Florestas são partes animalescas da civilização. Muita gente diariamente mete a cara na rua, abraça árvore e luta contra a criação de cidades, o avanço. Eu? Bom, você vai dizer que minha opinião é um tanto sádica, mas por mim, na mais sincera verdade, derruba, queima, mata e concreta tudo."

..............Rox arfou, a dor imaginária em seu braço esquerdo e os pequenos animais que a espreitavam e aproximavam-se brincando a faziam lembrar do que havia acontecido alguns dias atrás, ali em meio aquela mata, tinha matado um par de criaturas colossais, inacreditavelmente perto de qualquer um que ousasse empreitar floresta a dentro.  — Alguns até que são bonitinhos... — Sorrindo, afagava algumas das criaturas que vinham se divertir com ela, atraídas por uma intrusa, pensava também nos olhos do guarda, que eram belos mesmo sem seu dono ser.

..............O vilarejo não demorou a chegar, afinal o percurso tinha sido calmo, descontraído e leve de se fazer, tudo graças as indicações do rapaz de olhos azuis e cabelos negros. — ~ Talvez mais tarde eu possa encontrar de novo com aquele garoto, ele foi muito útil. ~ — Um leve sorriso se misturava a uma expressão de confiança ao adentrar o Quartel General, as dependências estavam situadas em uma vila minuscula, com uma população incrivelmente pequena e, apesar disso, parecia ser um local muito bem organizado. — ~ Poderia me acostumar com isso...  ~ — Divagava enquanto o recepcionista respondia suas perguntas, esse era um costume de Rox, deixar coisas em segundo plano, prestando atenção nelas e pensando em outras. — ~ Parece que tudo que o velhote disse confere, esse governo é... Pera, testes? ~ — Voltava a atenção completamente para o garoto, agora prestando bastante atenção em suas palabras. — ~ Ah, lavar roupa, treinar e lutar com um marine. Fiz coisas piores na noite passada. ~ — Da melhor forma que conseguia, concordava com cada palavra do recepcionista, acenando entre suas pausas, por fim prosseguindo. — Certo, obrigado pela atenção.

.......A sala indicada para a entrevista era logo ali ao lado, sem problemas ia até ela e antes que pudesse bater, notava que a porta já estava aberta e lá dentro uma mulher de beleza ímpar se encontrava. — No way...  — Boquiaberta, encarava a loira estonteante a sua frente, parecia ter sido esculpida por algo divino, colocada ali, milimetricamente polida e aperfeiçoada, como uma obra de arte, uma obra prima. — ~ Com toda certeza, posso me acostumar com isso. ~ — A mulher redigia algo semelhante a uma carta, estava mergulhada em papéis e, a possibilidade de ter uma estudiosa no mesmo recinto deixava Rox animada, não só isso, excitada.

.......Aguardava na porta, absorta em seu charme inconsciente, observando-a escrever, concentrada, admirando... — Caham! Caham! — Pigarreava, chamando a atenção para porta, relutantemente tentando tirar a linda mulher da imersão em suas tarefas, mas ela parecia ter me notando antes. —~ Só uma idiota como eu chamaria a atenção de alguém em sua própria sala. ~Com licença, me chamo Rox, é um prazer conhecer você.  — Enfatizava a palavra prazer. — Bom... Estou aqui para me candidatar ao car... — Era interrompida, a agente antecipava-se, tornando claro que já sabia o motivo de minha visita, deixava em minhas mãos um formulário a ser preenchido. — Certo, preencherei, só um instante.

Formulário escreveu:
Nome: Roxanne d'Lamour
Idade: 20
Sexo: Feminino
Motivo de querer se alistar: Servir a algo maior.
Estilo de combate utilizado: Atiradora
Conhecimentos fora de combate: Principalmente toxicologia, botânica e química.
Estilo de abordagem em uma missão: Controle, eliminação e proteção de alvos.


.......Terminava de preencher as respostas no papel, um pouco pensativa sobre seu motivo para se alistar, mas ciente de que uma pequena mentira viria melhor a calhar do que responder: 'Interesse financeiro' escancaradamente. —Aqui está. — A loira apanhava os papéis, lia-os por algum tempo parecendo pesar minhas respostas e nesse período uma certa ansiedade acompanhada de um típico frio na barriga tomava conta de mim.

.......Agora que tenho as informações necessárias, preciso que leve estes documentos até o Eric, capitão da marinha e quem comanda o QG. Confirme que ele recebeu tudo e viu se estava correto. Quando ele te dispensar, pode retornar e eu continuarei o teste inicial. — Acenava, recolhendo os papéis em uma ordem desconexa e partindo para o corredor. — ~ Será que eu deveria ter chamado ela de senhora? Respondido com mais de uma balançada de cabeça? ~ — Divagava caminhando pela sala de recepção, assim que encontrasse um marinheiro o abordaria dizendo: — Olá, sou nova aqui e me foi pedido que esses papéis acabem nas mãos do capitão Eric. Você poderia me ajudar a encontrar ele? — Ouviria atentamente as instruções do rapaz e se fosse o caso, o seguiria partindo rumo ao superior daquele quartel. — Com licença, capitão Eric? Esses papéis são para o senhor, estou ingressando do governo, preciso que você confira se era isso que esperava receber mesmo. — Aguardaria o tempo que fosse até ter a confirmação necessária, agradeceria e retornaria a sala de minha examinadora.

.......~Será que mesmo sem servir a marinha, eu devia ter batido continência para o capitão? ~ — Voltava, ponderando as possíveis resposta, pensando na hierarquia, como funcionavam ambas instituições... —Documentos entregues e conferidos, senhora. Começamos quando? — Deixava o quê começaríamos subtendido no ar, aguardando a resposta da mulher.

......."Desde criança, nunca foi claro para mim que eu deveria gostar de meninos. Era coisa simples, eu gostava daquilo que queria e assim me sentia feliz, e não vou mentir, em minha vida amorosa isso foi incrivelmente vantajoso. Lembro que minha mãe sempre dizia que uma mulher bonita é o paraíso dos olhos, o inferno da alma e o purgatório da bolsa. Bom, infelizmente, pra mim aquela garota sem dúvidas era uma mulher bonita."




Objetivos:
 

Histórico:
 

Narrador:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Você não me vê na batalha?
É claro que estou lá, veja só o terror e o medo neles.


||Legenda||

|- "Roxanne - Intervenção" - |
|~Roxanne - Pensamentos~ |
|Roxanne - Fala|


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : Cães de Aluguel 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 21
Localização : hell

Cães de Aluguel Empty
MensagemAssunto: Re: Cães de Aluguel   Cães de Aluguel EmptyQua 02 Maio 2018, 18:19


A forma como tudo seguia mostrava-se mais rápida do que era necessário, deixando de lado algumas coisas importantes. Quando tudo era preenchido e entregue, Rox recebia uma tarefa e precisava cumprir tal sem questionar muito. O objetivo de entregar uma carta a algum superior não seria problema, porém a tarefa mais importante seria encontrar tal homem. Pouco tempo fora preciso para que realmente estivesse na frente do capitão. Perguntas espalhadas para pessoas andando no QG e em poucos minutos a mulher estava na sala do tão importante capitão Eric.  – Documentos? – Eric estava sentado no escuro em sua sala, uma forma tão isolada que nem mesmo dava para identificar quem era aquela pessoa. O boné da marinha estava sobre a cabeça e ele observava os documentos, olhando rapidamente cada um deles até ter tudo verificado. – Tudo certo, pode ir. – Dispensou Rox e deixou-a seguir até a agente de antes para que pudessem continuar com as tarefas de alistamento.

Toda a questão sobre prestar respeito aos superiores não importava no momento. Ninguém faria tal coisa sem ter sido ensinado antes e nenhum superior obrigaria um novato a saber o que fazer em certas situações, deixando tudo aquilo para ser aprendido com o tempo vivido dentro do governo ou marinha. Ao entrar na sala da loira foi possível perceber que ela não estava mais focada nos documentos, aprecia mais estar esperando a volta de Rox para continuar com as tarefas.  – Não estou muito acostumada a receber pessoas querendo se juntar ao governo, provavelmente por isso esqueci de me apresentar antes. – Levantou-se calmamente da cadeira em que estava sentada, caminhando até onde a novata.  – Eu me chamo Dagny, sinta-se livre para me chamar por meu nome ou da forma que preferir. – Ainda que aquilo fosse um trabalho ela parecia entender que levar as coisas para o pessoal importavam também, podendo criar uma relacionamento melhor com as pessoas que trabalhavam juntas e no momento elas duas pareciam ser as únicas agentes do local e precisavam se entender.

Me acompanhe. – Dagny caminhava para fora da sala, levando Rox ao lado de si para irem até a próxima área de treinamento. O local em si era simples, existiam alguns equipamentos para treinar, possuindo uma boa variedade de coisas para serem feitas.  – Sua próxima tarefa é treinar aqui, pode fazer o que preferir e eu estarei por perto para ajudar caso necessário. É um treino simples, levanto algum peso ou corra na esteira, faça aquilo que achar melhor. – Antes de começar o treinamento ela já alertava Rox.  – Após isto você terá de me enfrentar em uma luta, então não faça nada que irá dificultar a luta. – Dagny então se afastava e esperava o inicio dos treinos. Aquele local era bem simples, mas estava no nível das melhores academias de treino dos blues. Todo QG tinha uma academia daquele tipo para os treinamentos de seus soldados e naquele instante Roxanne estava ingressando no governo, precisando conhecer os equipamentos de sua organização e treinar nela por ser algo comum entre os novatos.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luna
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Luna

Créditos : Zero
Warn : Cães de Aluguel Banido10
Masculino Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 24
Localização : Lvneel - North Blue

Cães de Aluguel Empty
MensagemAssunto: Re: Cães de Aluguel   Cães de Aluguel EmptyQua 02 Maio 2018, 23:22



Em busca de Saúde.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




......."Quando doer fundo, estude mais, faça mais exercícios físicos e trabalhe mais. Na pior das hipóteses, você vai ficar mais sabia, mais saudável e mais rica. Essa era uma das frases que El costumava dizer pra mim quando ainda era apenas uma garota, elas estava certa em partes, o estudo havia me feito uma garota mais sabia e isso era irrefutável. Bom, a parte física que pela lógica traria a saúde e o dinheiro não era muito meu forte, mas quem sabe pudesse dar certo, não é?"

.......A sala mal iluminada, fechada e aparentemente pouco habitada me fez ficar com um pé atrás, apenas o boné branco estava a amostra. Não havia erros, aquela era a sala do capitão Eric e ele era quem avaliava os papéis recentemente entregues. — ~Esperava algo a mais de um capitão da marinha.~ — Recolhia os papéis diante de seu tratamento frio e direto, piratas costumavam ser mais acolhedores, enérgicos e contagiantes. Olhando daquele panorama poderia até mesmo se dizer que Eric não estava feliz em sua vida, não no estado atual pelo menos. — Obrigado. — Recolheria os papéis, voltando para a sala da loira.

.......O carisma, a postura, a forma de falar. Tudo era diferente e pude notar que, ao chegar na sala, a agente me recebia com um comportamento no mínimo um pouco mais íntimo. — ~ Mas o que... ~ — A poucos instantes a belíssima mulher havia sido extremamente formal e agora, bom, agora uma certa brecha parecia ser aberta entre nós duas. — ~ Talvez hoje seja meu dia de sorte. ~Eu me chamo Dagny, sinta-se livre para me chamar por meu nome ou da forma que preferir. — A agente se apresentava, e aquilo fazia um sorriso escapar de minha parte. — ~ Ora ora... ~Certo, chamarei você de Dag então, e você pode me chamar de Rox se quiser. — Dizia levando a mão até a nuca, um pouco tímida.

.......Me acompanhe. — O coração palpitou, inúmeras coisas rapidamente passaram pela minha cabeça enquanto a acompanhava, teria sido muito abusada? Será que ela não havia gostado de como tinha chamado ela? Aquilo fazia parte de um teste? Mas um pensamento gritava acima de todos, um menos sensato, um puramente Roxanne. — ~ Ela vai me levar para um quarto. ~ — Para dizer a verdade, o quarto não chegou, o que encontramos após uma curta caminhada foi apenas uma acadêmia cheia de aparelhos e aquilo causava alívio e decepção ao mesmo tempo, isso e as instruções deixando claro que apenas haveria um treino ali. — Certo, Dag.

.......Uma vez no meio da sala de treino, começaria uma leve série de cinquenta polichinelos para me aquecer. Logo que houvesse terminado eles, realizaria cinquenta flexões rotativas para flexibilizar meu quadril e braços e em seguida, sentido o corpo começar a suar, terminaria com uma série de vinte burpee. — Urff... — Faria uma pequena pausa para recuperação do folego, procuraria me hidratar em algum bebedouro e então iria para uma esteira, começando a correr em uma velocidade baixa, acelerando com o passar do tempo. — ~ Preciso me mostrar saudável, ninguém gostaria de ter um agente que não aguenta o tranco em sua equipe. ~ — Infelizmente meu estilo de vida não era dos mais saudáveis possíveis e isso poderia começar a causar certa exaustão extrema, então ao começar a sentir que estava exigindo demais de mim mesma, pararia e partiria para os trabalhos braçais.

.......Para atiradores a velocidade em si era um dos fatores sem dúvidas mais importantes, um segundo de atraso poderia ser a diferença entre quem vive e quem morre, de modo que para mostrar meu desempenho, apanharia dois pesos de cinco quilos cada, colocaria ao lado de meu corpo na posição onde deveriam estar as pistolas e começaria a simular o movimento de retirada da arma de seu coldre. Iria alternando os movimentos entre cada braço em uma contagem de treze para cada membro. Faria um pequeno descanso e o repetiria em mais duas séries com um curto intervalo entre as mesmas. Por fim, terminando as totais 3 séries, mudaria os pesos para dez quilos e começaria o movimento do exercício seguinte. Colocaria um dos braços em frente ao meu tronco, cruzando-o, levaria a mão por cima do ombro, esticando em seguida o braço em linha reta na minha frente. O objetivo era simular o saque de um rifle preso as costas. Faria isso em uma série de 10 movimentos para cada braço, alternando-os entre si, totalizando três séries, com intervalo entre elas de mais ou menos dois minutos. Noção do tempo não era meu forte.

.......Com tudo feito, faria um alongamento simples para o resto do corpo e um pouco mais elaborado para os braços e costas, beberia mais um pouco de água e partiria até a agente. — Pronto, agora é a sua vez! — Dizia em tom descontraído, sorrindo enquanto secava o suor da testa. — ~ Espero que esses exercícios tenham sido suficiente para ela... ~Como você deve ter percebido, sou uma atiradora, duelar com alguém que usa armas de fogo pode ser algo meio fatal, principalmente contra mim e bom... Não quero acabar te machucando sem querer. — Havia preocupação em meu rosto, meus últimos disparos havia matado duas criaturas colossais. — Talvez haja uma outra opção? — Tentaria deixar para Dag a decisão do que aconteceria a seguir, se ela aceitasse enfrentar uma atiradora, então solicitaria um par de pistolas. Com ambas armas em mãos, checaria sua munição, o martelo de disparo e alinhamento da mira, tendo certeza de que tudo estava "ok" com as armas, acompanharia a agente para o teste final.

......."A vida é assumir riscos, isso sempre foi algo muito claro para mim e, se a agente estava disposta a tomar uma bala no meio da testa para testar uma novata, bom, isso seria por conta e risco dela. Nunca peguei leve com alguém e com toda certeza não seria aquele o dia em que começaria a pegar."





Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Você não me vê na batalha?
É claro que estou lá, veja só o terror e o medo neles.


||Legenda||

|- "Roxanne - Intervenção" - |
|~Roxanne - Pensamentos~ |
|Roxanne - Fala|


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : Cães de Aluguel 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 21
Localização : hell

Cães de Aluguel Empty
MensagemAssunto: Re: Cães de Aluguel   Cães de Aluguel EmptyQui 03 Maio 2018, 13:28


Os exercícios levavam seu tempo e mesmo com todo o esforço de Rex nada mudava na feição de Dagny, permanecendo focada no trabalho dela que era avaliar a outra mulher. Na realidade aquele treinamento não provava nada. Treinar todos entendiam o que era, mas poucos faziam isto ou precisavam desse tempo se exercitando todo dia. Normalmente estes treinamentos são feitos antes de se iniciar sua carreira, pois após isto não existe muito tempo para os treinamentos. Quando tudo foi finalizado a loira anunciou que teria um combate entre elas, algo que parecia incomodar Rox seria seu estilo de luta por usar armas de fogo poderia acabar ferindo a superior sem realmente querer. – Isso não é um problema. – Somente pela presença das duas era possível perceber que uma não se igualava a outra, os níveis de força eram diferentes e mesmo que algum disparo pudesse acerta-la, provavelmente não causaria danos complicados.

Me ferir é algo pequeno, essa luta pode definir sua carreira no governo e se um ferimento for o que ganharei para ter alguém incrível na minha organização, então eu aceito este risco. – Até o momento as tarefas feitas pela atiradora tinham sido perfeitamente terminadas, concluindo tudo da sua maneira e de uma forma simples que ninguém poderia reclamar. – Precisamos ir ao campo de batalha, esse lugar é muito cheio de obstáculos e possui pouco espaço para lutas. – Dagny andava para longe da academia do QG, deixando a porta aberta para Rox a acompanhar e seguir até uma outra porta. Ao abrir a porta do local do combate era possível ver que existiam sim alguns obstáculos, mas era um lugar bem simples. O chão e paredes eram feitos de uma pedra branca e existiam alguns muros de tamanhos diferentes espalhados pela sala que criavam proteções contra os possíveis disparos de Rox.

É aqui que vamos lutar. – Sem pressa alguma ela foi até a porta de saída, trancando-a para não existir nenhuma interrupção no combate. – Rox... Pode começar, vou aguardar seus ataques para realmente iniciar o combate. Só vou te atacar quando fizer isto, pois estou aqui para testar suas capacidades e não te derrotar facilmente. – Dagny iniciava alguns aquecimentos e alongamentos, saltando de um lado ao outro e alongando os braços para começar o combate contra a novata. – Prove que pode ser parte da minha equipe de agentes. – O teste final teria inicio assim que a atiradora estivesse disposta a começar, atirando ou avançando contra a examinadora de seu alistamento no governo mundial.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luna
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Luna

Créditos : Zero
Warn : Cães de Aluguel Banido10
Masculino Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 24
Localização : Lvneel - North Blue

Cães de Aluguel Empty
MensagemAssunto: Re: Cães de Aluguel   Cães de Aluguel EmptyQui 03 Maio 2018, 17:32



Let’s Go Baby.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




......."Aprender a atirar foi mais uma distração do que uma de minhas necessidades, mais tarde, quando criei gosto pela negócio, disparar e resolver as coisas na bala acabou se tornando um hábito. Se hoje me conhecesse, aqui, ocupando o cargo que ocupo, se espantaria ao saber que por engano, quase me tornei uma pirata."

.......~ Ela realmente não se importa com o que pode acontecer a si, é mais que dinheiro, é... amor?! ~ — Ajustava as armas em minhas mãos, um par de pistolas colt com tambor para oito balas cada uma. — ~ Mas ela não é insensata, escolheu um campo propício para um combate contra um atirador. Obstáculos de variados tamanhos, sólidos o suficiente para bloquear qualquer bala. ~ — Sorria, Dag era o tipo de pessoa que eu gostava, daquelas que quando põe algo na cabeça não volta atrás, que tem suas convicções acima de tudo, acima da própria integridade, como eu. — Espero que esteja preparada, porque não vai me derrotar, nem fácil nem dificilmente. — As pistolas giravam nos dedos e paravam em seco, encaixadas perfeitamente na mão, com um furor disparava em corrida na direção da agente, nos olhos um tom de desafio e confiança. — Eu sou muito mais que qualquer agente que você já viu!!

.......Encurtaria a distância entre mim e a mulher, no caminho usaria minha visão aguçada para ficar atenta a qualquer ação ofensiva da mesma, nesse caso, prestaria atenção especialmente ao estilo de combate da minha rival que até agora estava em vantagem nesse quesito. Me aproximaria e antes de entrar em sua área de alcance, desviaria minha rota, disparando durante meu "dash" para a direita, procurava com esse movimento pegar a agente desprevenida, antes de a bala chegar, começaria novamente a correr em sua direção, prestando bastante atenção em sua possível rota de fuga, tentaria mirar um pouco a frente de pra onde o corpo da mulher se deslocava para assim efetuar um duplo disparo, com uma pistola mirando centímetros a frente de sua rota de fuga e a outra mirando um pouco atrás de seu corpo, tentando assim acertá-la mesmo se Dag invertesse sua esquiva na direção oposta após perceber meu primeiro disparo.

.......Ainda não acabei!! — Avançaria agora entrando em um distância de combate corpo-a-corpo, manteria a atenção nos ataques da agente e procuraria desviar da seguinte forma: Para ataques horizontais, tentaria me esquivar por baixo, disparando em seu tronco a queima roupa simultaneamente, para golpes de cima para baixo e baixo para cima, giraria o corpo para o lado tentando acertar o membro atacante com um tiro, em caso de golpes em diagonal tentaria me aproximar por baixo para frente caso o golpe viesse de cima e de lado para frente caso o golpe viesse na diagonal por baixo, no caminho tentaria efetuar um disparo no flanco da agente, rapidamente saltando após isso em constantes dashs para trás, entre um disparo e outro.

.......Se por ventura fosse atingida, tentaria recuar para sair de seu alcance, me recompor e voltar a ação de combate, mesmo que se caísse no chão tentaria me virar, girar, rolar, saltar, levantar e correr se fosse o caso, tentando escapar de mais ataques. No processo não pararia de atirar, a cada movimento efetuaria um disparo e, caso me visse caída, com fortes dores, ainda assim, arrancando força do fundo de meu estômago, me levantaria, com mais convicção que antes. — Não ria de mim!! Só começamos. — Voltaria a ofensiva de igual forma, repetindo o processo retrocitado, muito provavelmente minha rival havia achado que as paredes e obstáculos seriam seus aliados, ela não esperava que uma atiradora fosse adotar uma postura insana ao ponto de lutar de perto, mas fazer o quê? Insanidade era meu nome do meio.

.......Posso fazer isso a noite toda. — Prosseguiria com o combate até que o mesmo fosse encerrado, atirando, esquivando, avançando, disparando correndo e disparando, sem parar, era mais que um teste, aquilo era algo pessoal, não havia ninguém melhor que eu naquele mar, não com uma arma e, para mim era questão de honra provar isso para minha futura superior.

......."A convicção é aquilo que nos permite pôr, com a consciência tranquila, o tom da força ao serviço da incerteza. Nunca me faltou convicção e sem dúvidas, durante os longos anos que estive no governo, sobraram incertezas."





Objetivos:
 

Histórico:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Você não me vê na batalha?
É claro que estou lá, veja só o terror e o medo neles.


||Legenda||

|- "Roxanne - Intervenção" - |
|~Roxanne - Pensamentos~ |
|Roxanne - Fala|


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Cães de Aluguel Empty
MensagemAssunto: Re: Cães de Aluguel   Cães de Aluguel Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Cães de Aluguel
Voltar ao Topo 
Página 1 de 5Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Lvneel Kingdom-
Ir para: