One Piece RPG
[Mini - Fyrez] Smiling Jack XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Mini - Inim] O errante
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor Visastre Hoje à(s) 15:35

» Meu perfil / mini-aventura
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor ReiDelas Hoje à(s) 14:41

» [MINI-JuninhoSiq1997] O Inicio
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor JuninhoSiq1997 Hoje à(s) 12:49

» [Mini-Sting] Trabalhos sujos de formas baratas
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 12:18

» [M.E.P.] Mini-Sting
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 12:16

» [MINI - Pepino, o Breve] Rascunho
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor ReiDelas Hoje à(s) 12:10

» [Mini Aventura] - Gravekeeper
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 07:18

» [MINI - Mirutsu] Começo da Jornada
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor Mirutsu Hoje à(s) 02:02

» Roy Collins
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 01:06

» [Ficha] - S. Price
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:25

» Shimizzu Price
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:23

» [Mini - Kyoki] Uma Jornada Inesperada.
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor Kyoki Ontem à(s) 21:29

» Ficha~Pierce~
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor Pierce Ontem à(s) 21:22

» MEP Kyoki
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 19:20

» [Mini - Benjamin] Os primeiros passos para a vingança
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor Fanalis B. Ria Ontem à(s) 19:07

» [Ficha] Violet
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor Nana. Ontem à(s) 16:35

» [Mini - Van] Seguindo conselhos
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor Van Ontem à(s) 14:00

» [Kit - Gyro Zeppeli] Blum vai pegar
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor Blum Ontem à(s) 12:17

» [Mini - Chikara] - Vamos para algum lado ?
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor Roy Collins Ontem à(s) 08:03

» Rem E. Nuf
[Mini - Fyrez] Smiling Jack Emptypor GM.Remenuf Ontem à(s) 06:22



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [Mini - Fyrez] Smiling Jack

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Fyrez
Membro
Membro
Fyrez

Créditos : 6
Warn : [Mini - Fyrez] Smiling Jack 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2018
Idade : 19

[Mini - Fyrez] Smiling Jack Empty
MensagemAssunto: [Mini - Fyrez] Smiling Jack   [Mini - Fyrez] Smiling Jack EmptySex 27 Abr 2018, 23:13

Nome: Jack
Idade:19
Sexo:Masculino
Raça:Celestial
Tamanho:Normal
Estilo de Combate:Gatuno
Localização:Micqueot
Grupo:Civil
Vantagens:Adaptador
Desvantagens: Sedutor incorrigível


Última edição por Fyrez em Sab 28 Abr 2018, 09:12, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Fyrez] Smiling Jack 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Fyrez] Smiling Jack Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Fyrez] Smiling Jack   [Mini - Fyrez] Smiling Jack EmptySab 28 Abr 2018, 01:10

OBS: O Tutorial é um dos melhores momentos para experimentar o jogo como um todo, portanto aconselho que, se quiser, pegue uma desvantagem para já ir testando ou acostumando-se com mais do nosso sistema. Não será obrigatório, mas é sempre interessante!

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: https://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Fyrez] Smiling Jack FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fyrez
Membro
Membro
Fyrez

Créditos : 6
Warn : [Mini - Fyrez] Smiling Jack 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2018
Idade : 19

[Mini - Fyrez] Smiling Jack Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Fyrez] Smiling Jack   [Mini - Fyrez] Smiling Jack EmptySab 28 Abr 2018, 09:59

Jack andava sonolento, as pernas doídas, o passo lento e forçado, o tronco cambaleando de um lado para o outro, qualquer pessoa decente acharia que estava bêbado. Infelizmente, Jack estava sóbrio, até demais, era como se há dias uma gota sequer tocara seus lábios, fosse de álcool ou qualquer outra coisa. Se tivesse os caninos mais avantajados, beberia até o sangue do primeiro que encontrasse na rua.

Se sentia um trapo, desnutrido, fraco, sequer conseguia manter a cabeça erguida. Jamais apareceria assim em público, sujo e fraco, ninguém ligava ou sequer sabia o nome dele, não ali, em Micqueot, longe de Skypiea, mas era bom pro ego, gostava de manter as aparências, nem que fosse somente para si.  Ainda assim, não adiantava se exaltar, não naquele momento, as dores, os calos, os arranhões, provas na pele de que aquele era um indivíduo derrotado, se ao menos lembrasse o motivo de sua desgraça, seria um bom começo.

Provavelmente era a marinha, nunca gostaram muito dele, e o sentimento era mútuo, uma de suas tramas recentes deve ter dado errado, muito errado, e ele devia ter fugido, para bem, bem longe. Podia ser um de seus fiéis “colegas de trabalho”, uma piada mal contada, uma trapaça no jogo de cartas, certamente teria levado uma garrafada na cabeça, o que justificaria a dor que sentia na têmpora e o vazio em seus bolsos, que costumavam ser cheios. Outra hipótese era de que tivesse atraído a atenção da mulher errada, sabia muito bem do que um marido enciumado é capaz, quando pulava cercas fazia questão de ser discreto, mas a sorte nem sempre está do nosso lado.

Dificilmente iria se recordar de alguma coisa, a visão já estava turva, a qualquer momento poderia tropeçar e acabar no chão, e temia que não fosse se levantar de novo, a situação era urgente, precisava de abrigo, e rápido.

Buscaria uma taverna ou pousada, esse seria o ideal, bem movimentadas e com camas quentes, mas sem um tostão no bolso, Jack dependeria da bondade alheia e de seus “dons teatrais”. A ideia não o agradava, mas é o melhor que ele podia fazer em suas, cada vez piores, condições. Apelaria á emoção e ao sentimentalismo, as mãos trêmulas, pernas mancando, contorcendo o rosto de dor a cada movimento, não que não doesse, mas faria parecer pior:

- “Água… por favor… água”

De preferência estaria falando com a atendente ou o patrão de algum estabelecimento, na melhor das hipóteses, com a filha de tal patrão, nesse último caso faria questão de puxar as mangas da camisa e estufar sutilmente o peitoral. Otimismo á parte, jogaria seu teatrinho pra cima de qualquer um que aparentasse estar minimamente preocupado com aquele resto de ser vivo, quem sabe até não “tropeçaria” e se apoiaria nos braços da boa alma disposta a ajudá-lo, dizendo:

- “Me emboscaram num beco… piratas… não sinto minhas pernas...”

Se o truque funcionasse, deixaria ser guiado até um local de repouso, dormiria por dias se pudesse. Caso fosse rejeitado, tentaria a sorte, ironicamente, em um beco escuro, pouco movimentado. Se acomodaria num canto menos frio, se possível usando do ambiente a seu redor para obstruir a visão de quem passasse por ali, gostaria de ter um sono longo e não perturbado.

Ao acordar, com sorte mais relaxado, faria uma checagem geral de seu corpo, só para garantir que não houve nenhum ferimento sério. Deixando o bom senso de lado, retraçaria seus movimentos, olhos atentos, queria saber o que tinha acontecido, ou talvez mais importante, quem foi o responsável, Jack adoraria retribuir o favor.


OFF:
 


Última edição por Fyrez em Seg 30 Abr 2018, 19:04, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Fyrez] Smiling Jack 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Fyrez] Smiling Jack Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Fyrez] Smiling Jack   [Mini - Fyrez] Smiling Jack EmptyDom 29 Abr 2018, 12:02


Orientação - Fase 01 - Interação e Diálogo!

Jack estava cansado. Resquícios de sua mente lembravam do que o trouxera até o ponto atual. Sua caminhada em uma cidade nova, hostil em um primeiro momento. Pessoas desconhecidas, que o taxariam e julgariam imediatamente se deixasse que vissem suas pequenas e misteriosas asas que eram naturalmente acopladas às costas. Ele havia perambulado por dias buscando ajuda e abrigo; e foi encontra-lo – Por sorte da vida – Justamente pela decência e gentileza da bela Catheryne – A dona da estalagem em que se encontrava nesse exato momento! A “Estrela do Mar”!

Estava na cama, e acabou de acordar de seu descanso. Deveria ter dormido algo entre 12 e 14 horas ininterruptas. Consigo, dentro do pequenino quarto da estalagem, viu que dispunha de uma garrafa de barro repleta d’água, alguns pães e frutas que repousavam em cima da mesinha de cabeceira; e, como era de se esperar, seus pertences estavam intactos. Não que tivesse lá muita coisa... Apenas sua fiel adaga de combate, alguns centavos de berries e suas vestimentas usuais... Seu corpo não contava com nenhum ferimento digno de nota.

O quarto era quadriculado e bem arquitetado, mesmo que visivelmente feito com material simples – Como todo o resto da estalagem de fato era. Pela única janela lateral era possível ver o sol brilhando forte lá fora; estimativamente batendo umas 09 da manhã. Barulhos vinham de todos os lugares. Das ruas – Com feirantes e vendedores gritando preços e ofertas; e de dentro do próprio estabelecimento – Que, com certeza, já deveria começar a contar com alguns clientes já que, além de Estalagem, também era taverna e restaurante.

Refazendo os passos de outrora, Jack abriu a porta do quarto e se deparou com um corredor relativamente longo. Os seus arredores eram como cópias do seu próprio cubículo, enumerados entre 101 até 110. Havia, no final da ponta direita do corredor, uma escada subindo e uma descendo. Os barulhos, com certeza, vinham lá de baixo; e a lógica ditava que deveria haver mais um vão de quartos no final da escada que subia.

Descendo, deu de cara com um grande salão ovalado. Mesas estavam distribuídas pelo lugar em igual sentido circunferencial. Algumas continham clientes, outras, não. Atrás de um balcão de madeira brilhante de tão limpa estava Catheryne. Ela limpava (sem necessidade) a superfície do balcão; sempre com um sorriso em rosto. Seus cabelos caíam sobre os ombros de maneira sutil porém bela; e suas roupas eram comedidas e bem recatadas. Assim que viu Jack, lhe fez um aceno, dizendo-lhe em voz alta

Oras, se o dorminhoco não acordou! Está bem rapazola? Chegue para cá! – Seu espírito parecia conseguir animar até o mais triste dos homens. Se o nosso herói se aproximasse ouviria ela falando agora em tom bem mais ameno, como que não querendo que ninguém mais ouvisse – Você está melhor? Chegastes aqui em um estado nada bom de se ver... Mas pelo visto você se recupera rápido... – Curiosidade clara na voz da moça.



Dicas e observações:
 

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Fyrez] Smiling Jack FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fyrez
Membro
Membro
Fyrez

Créditos : 6
Warn : [Mini - Fyrez] Smiling Jack 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2018
Idade : 19

[Mini - Fyrez] Smiling Jack Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Fyrez] Smiling Jack   [Mini - Fyrez] Smiling Jack EmptySeg 30 Abr 2018, 18:05

Parecia estar de volta no céu, comida na mesa, ambiente rústico, cama gostosa, Jack estava mais confortável naquele quartinho do que em sua própria casa, não que se lembrasse de como era estar em casa. Sentiu até pena quando bateu a porta, não sabendo quando dormiria tão calmamente de novo, até porque não pretendia pagar, nem por essa estadia nem pelas próximas.

Esperava dar de cara com algum guarda ou vigia quando saísse do quarto, mas ao se virar encontrou apenas um corredor vazio. Tinha memórias vagas daquele lugar antes, certamente havia passado – ou melhor, havia sido carregado – por ali, mas não se lembrava ao certo nem por quem nem como. Ouvia barulhos vindo de toda parte, a pousada deveria estar próxima de algum centro comercial, com sorte se perderia em meio a multidão e pouparia os poucos berries que lhe restavam. Poderia até fugir pelas janelas, mas chamaria muita atenção. Infelizmente, quando desceu as escadas, foi Jack que se sentiu atraído por outra coisa.

Qualquer nébula que restasse em sua mente foi clareada de imediato no instante em que a avistou. Os cabelos repousando levemente sobre os ombros, os traços finos e delicados, Jack nunca foi do tipo impressionável, mas diante de tanta beleza, tudo que podia fazer era admirar. Foi ela quem o salvou quando entrou cambaleando pelas portas da estalagem, e foi ela quem cedeu água, comida e abrigo, a um completo estranho na rua. Estava de fato no céu, e na sua frente, havia um anjo.

Por sorte, antes que a situação se tornasse constrangedora, a própria moça quebrou aquele trance - Oras, se o dorminhoco não acordou! Está bem rapazola? Chegue para cá!” - o plano de fuga falhou no instante em que pôs seus olhos sobre ela, mas isso já não importava mais, estampando seu típico sorriso maroto, se aproximou – Você está melhor? Chegastes aqui em um estado nada bom de se ver... Mas pelo visto você se recupera rápido... – indagava Catheryne, mas Jack já não prestava mais atenção no que ouvia, seu foco direcionado em outras partes. Seria quase um pecado até, sujar uma alma tão pura, sem mencionar que ela pode ser mais velha e/ou comprometida, mas é claro, essas coisas nunca foram um empecilho antes, não tem motivo para serem agora.

Os dois braços apoiados no balcão, o corpo levemente estendido para frente, fitaria os olhos da moça, contando que seu sorriso travesso e olhar fixado transmitiriam suas intenções. O truque era arriscado, um tudo ou nada, mas ao menos teria sua resposta em questão de segundos. Se ficasse incomodada, ou recuasse, Jack faria o mesmo, usando a desculpa - “Perdão! Estava pensando no ocorrido de ontem” - já encadeando outra pergunta, não a dando tempo para pensar sobre o que acabara de acontecer - “A propósito, poderia me dizer o que diabos aconteceu ontem? Devo ter batido a cabeça em algum lugar, e com força”. Mas, se reagisse positivamente, retornando o sorriso ou ficando vermelha, pegaria levemente suas mãos, em um gesto de súplica, e diria - “Estou numa situação delicada, não posso pagar pela estadia e preciso quitar algumas… dívidas…  será que eu não poderia dormir aqui só por mais alguns dias? Posso até dividir um quarto se necessário…” - estendendo o sorriso um pouco mais conforme finalizava a frase. Pouco lhe importava se tinha sucesso ou não em suas “empreitadas românticas”, o jogo em si era sua maior diversão, mas como diz ditado, nada é tão bom que não pode melhorar.

Terminada a brincadeira, era hora de pôr seus esforços em outro lugar. Podia ter ficado poucos dias em Micqueot, mas foi tempo o suficiente para nunca mais querer voltar. São poucas as coisas que o  deixariam mais feliz do que ir embora daquele buraco, infelizmente, uma delas era arrebentar a cara da pessoa que o pôs nessa situação, e para isso precisava ficar na ilha, só por mais um pouco. Despedindo-se de Catheryne, com a adaga firme na cintura, mas escondida dentro da camisa, deixaria “A Estrela do Mar” para trás e seguiria em direção ao comércio ali perto. Boatos correm rápido, e ao menos um curioso por ali deve saber alguma coisa sobre o acontecido.

Os cabelos compridos tampando o rosto, vagaria entre as tendinhas e aglomerados de pessoas, tentando bisbilhotar em alguma conversa qualquer pista que fosse. Manteria ativamente distância de qualquer soldado da marinha, não queria arriscar ser reconhecido se tivesse de fato arrumado briga com algum deles. Se sua busca na feira não desse frutos, retraçaria o caminho que fez para chegar até ali, seguindo até onde sua memória permitisse, atento tanto a sinais que possam elucidá-lo mais sobre o ocorrido, quanto a indivíduos suspeitos, possivelmente interessados em terminar o serviço.


Off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Fyrez] Smiling Jack 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Fyrez] Smiling Jack Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Fyrez] Smiling Jack   [Mini - Fyrez] Smiling Jack EmptyTer 01 Maio 2018, 14:37


Orientação - Fase 01 - Interação e Diálogo!

Catheryne não recuou, mas ao inverso disso olhou de maneira engraçada para Jack – Hahaha você estava com esse mesmo olhar boboca ontem, mesmo estando a beira da inconsciência... Aqueles caras não pegaram leve contigo, isso eu posso te afirmar com toda certeza... Aliás... Como você está inteiro? Seu corpo é feito de aço? A gangue do Sulfax é famosa por não deixar sobreviventes para trás... Bom, pelo menos não com dentes na boca para contar a história...

Ela baixou a vista, voltando a limpar o local e terminando de explicar – Meu irmão Eddie te encontrou na rua e te trouxe para cá. Ele tem um coração muito bom, sabe? Eu sempre digo que é isso que vai mata-lo, algum dia... Bondade demais nesse mundo de piratas não é algo lá muito sábio de se ter, me entende? Mas ele não toma jeito, e é meu irmão, ou seja, eu o amo mesmo assim Hahahahah!

Não se preocupe com isso, estou colocando na conta do Eddie a sua estada e seus gastos! Afinal de contas, amor é amor e negócios são negócios, concorda? Hahahah! – Sim, ela ria muito, e ria muito alto sempre – Mas enfim, fique o tempo que quiser – E vendo que o jovem ia dar uma saída, ela lança apenas uma advertência – Tente, por favor, não voltar inconsciente desta vez, ok? O estoque de aspirinas acabou! Hahahahha! Ah, e se passar na barraca do Eddie diga a ele que o jantar hoje é guisado de Pato selvagem! – E, como se a graça da piada sumisse no vento, ela voltava a apenas limpar as coisas e organizar fileiras de canecas de variadas cores e materiais. Uma vida de estalagem, clássica e simples.

Na rua o sol não desapontava em termos de calor e luminosidade. Pessoas passavam pela rua, que era circunferente à saída da Taberna, aos borbotões. Feirantes se acotovelando e gritando seus preços eram a trilha sonora local. A maioria vendia vinho ou derivados de vinho, sendo MicQueot famosa justamente pela qualidade desses produtos. Caminhando com dificuldade, nosso herói foi passando de local em local, vendo a paisagem mudar aos poucos. Após um tempo inicial, finalmente tinha espaço para dar passos sem trombar em alguém; e as sombras de prédios mais altos atenuavam o calor de outrora. Ao norte, viu um rosto familiar. Era um homem loiro, de olhos azuis e alto como um poste. Seu semblante era contrário ao corpo forte que tinha, pois trazia no rosto uma expressão meio que abobalhada e ingênua demais.

Este homem era, com certeza, Eddie. Ele estava desarmando uma barraca grande que contava com vários containers de vinho, quando um grupo e três homens se aproximou e chutou um dos objetos, espalhando o líquido pelo chão do beco que era vizinho à esquina onde a barraca havia sido montada. Eram quase três clones de uma mesma pessoa, de longe, pois os três usavam a mesma indumentária – Roupas de couro com uma caveira fumando desenhada nas costas. Os cabelos espetados para cima como espigões de metal e a voz alta demais

E aí trouxa! Cadê o arrego do mês? Tá pensando que o Sulfux vai deixar você ficar vendendo sem pagar tributo, seu cuz&$#o? 10 anos de curso e não aprendeu ainda como tem que ser, por&¨ra??! – Xingamentos eram a base do vocabulário daqueles caras. Eddie, entretanto, apenas encolhia-se num canto, quase choramingando alguma coisa inaudível daquela distância.

Como proceder em relação àquela situação era algo de única e exclusiva responsabilidade do nosso protagonista; pois, ao mesmo tempo que via isso, também poderia enxergar grandes possibilidades de vingança e desforra.

O movimento na rua diminuía até um quase abandono. Os civis sabiam aonde não deviam se meter.



Dicas e observações:
 

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Fyrez] Smiling Jack FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fyrez
Membro
Membro
Fyrez

Créditos : 6
Warn : [Mini - Fyrez] Smiling Jack 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2018
Idade : 19

[Mini - Fyrez] Smiling Jack Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Fyrez] Smiling Jack   [Mini - Fyrez] Smiling Jack EmptySex 04 Maio 2018, 14:25

“Nunca imaginei que uma risada pudesse ser tão brochante”, os ouvidos ainda se recuperando da agudez - “Anjo meu ovo, tá mais pra gramofone” - o desconforto visível no rosto, de costas, é claro, para a “ilustre donzela”, Catheryne. Por um lado, estava decepcionado, pior do que um “não” é ter a própria vontade sugada pra fora, antes ao menos podia contar com suas romantizações exageradas, agora, precisava de tampões pro ouvido. Por outro, apesar de crua, a animação da moça era de fato contagiante, voltaria mais tarde para tomar uma cerveja.

Piadas e cantadas ruins para trás, sua batalha começou no instante em que pôs o pé para fora da estalagem. Um verdadeiro formigueiro, pessoas transitando para lá e para cá, permanecer estático era uma impossibilidade, se o plano era bisbilhotar a conversa alheia, acabou dando certo até demais. Casos de família, notícias, ofertas imperdíveis, o espaço entre um indivíduo e outro era tão minúsculo que não ouvir o que alguém ao lado dizia seria um desafio.

Aos poucos, a multidão ia esvaindo, já conseguia se manter de pé sem se apoiar em mais nada – ou alguém. Por fim debaixo de uma sombra fresca, Jack deu uma pausa para descansar - “Sulfax né? Tomara que estejam desse lado da ilha, se eu tiver que cruzar aquela feira de novo eu to fu#$&o” - sortudo, quando reergueu a cabeça, um sorriso se formou no rosto - "Achei".

Ali estava um homem grande, alto, forte, reduzido a um cão, rodeado por 3 porco-espinhos. Estava ansioso, muito ansioso, a adrenalina corrente, o sangue quase palpável nas veias, não estivesse bem no meio de um centro urbano avançaria naquele instante. Por conta disso, tomaria seu devido tempo, o passo leve, olhos atentos, observando as armas que cada um carregava e verificando o beco ali perto, cogitando a possibilidade de que escondesse reforços.

Com os braços cruzados, uma das mãos escondidas sutilmente dentro da camisa, agarrando o punho da faca, gritaria - “Eddie né? Francamente, eu esperava algo a mais, se eu tivesse seu tamanho esses 3 palhaços estariam limpando o chão com a língua” - em seguida, se direcionando aos palhaços - “Vocês são do Sulfax, né? Só queria confirmar que eu to matando o pessoal certo” - olhar e sorriso debochantes na cara, os provocaria o máximo que pudesse.

Esperava que ao menos um deles fosse cabeça quente o suficiente para iniciar um ataque. Fosse esse o caso, permaneceria estático, imóvel, até que estivesse perto o suficiente do alvo para sacar a faca e enfiá-la no estômago, rasgando seus intestinos. Se este por acaso possuísse alguma arma de fogo, a tomaria para si, escondendo-a atrás da cintura. “Se esse golpe surpresa funcionar, que ótimo, um a menos, mas vou correr praquele beco de qualquer jeito, deve ser apertado o suficiente para que eu lute com um de cada vez” - executaria seu plano, é claro, somente se tivesse julgado o beco seguro previamente.

Se nenhum avançasse, tentaria de novo - “Vão ficar aí levando xingo de graça? Acho que só sabem ser macho com quem não se defende” - a voz já num tom agressivo.
Off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Fyrez] Smiling Jack 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Fyrez] Smiling Jack Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Fyrez] Smiling Jack   [Mini - Fyrez] Smiling Jack EmptySab 05 Maio 2018, 15:11


Orientação - Fase 02 - Combate!

Com a surpreendente chegada de Jack, seguiram-se microssegundos de hesitação e dúvida. Os três pareciam reconhecer o gatuno de outros carnavais – Provavelmente sendo os responsáveis pelos seus machucados anteriores – Mas talvez justamente por isso estivessem tão surpresos.

Peraí, não foi esse cara que a gente quebrou outro dia, chefinho? – Um dos espinhentos direcionava a pergunta àquele que parecia carregar uma aura mais próxima do que seria de liderança, ali. Este, por sua vez, ostentando um cabelo punk arroxeado e cuspindo de lado sobre o calçamento, respondeu – Sim, foi esse guri mesmo. Deve ter algum problema mental, ou coisa do tipo... Ele não parecia ser grande coisa o suficiente para se recuperar tão rápido assim, não deve dar tanto trabalho quanto da outra vez... – O cérebro do vilão fazia alusões lógicas possíveis de explicar porque alguém que, na opinião dele, não deveria estar ali; de fato, estava.

Com a explicação do “tanto trabalho quanto”, nosso herói conseguiu ver algo que antes passara-lhe despercebido: Os vilões carregavam em seus corpos faixas e band-aids cobrindo escoriações e ferimentos relativamente sérios. Mesmo tendo sido três contra um, e mesmo não carregando consigo memórias do que aconteceu (por um motivo até então ainda desconhecido a todos); era apenas razoável assumir que Jack não tinha vendido barato a “derrota” do último encontro.

O terceiro vilão, até então calado, fazia a primeira ação realmente beligerante; dentre todos. Sacava uma corrente com cravos e espinhos e começava a girar. Os demais, olhando a ação do outro, abriam um sorriso de canto de boca e sacavam as suas próprias armas: O “líder” portava, como nosso herói, uma adaga; e o seu segundo-em-comando uma clássica espada pirata do tipo Sabre. Todos abriram a base de luta e começaram um gingado característico de brigas de rua. O de cabelo roxo gritou – Fedelho, você não vai viver para aproveitar essas palavras de merda que acabou de dizer... ATAQUEM! Ataquem para matar! Por Sulfax!

O primeiro golpe que nosso herói viu vindo em sua direção foi a corrente. Ela traçava uma linha que parecia querer rasgar-lhe a carne na altura das coxas. Um segundo golpe vinha logo depois deste, e era o sabre do segundo inimigo. Este vinha a tentar estoca-lo na altura do estômago. O último golpe era do líder, que com a adaga mirava um corte horizontal na garganta do nosso herói.

O efeito de adrenalina, somado ao efetivo treinamento do qual Jack dispôs em algum momento da sua vida, proporcionavam-lhe tempo de reação para todas as ofensivas; mas este era mínimo! Suas escolhas deveriam ser quase que perfeitas para conseguir sair daquela situação sem algum tipo de lembrança dolorosa... Entretanto, os melhores encontros sempre resultam em lembranças dolorosas; como já dizia o sábio.

O terreno era aquele mesmo que via. A rua estava vazia, exceto pelas ânforas e reservatórios de vinho do Eddie, que por sua vez estava em posição fetal escondido atrás de um caixote da sua vendinha. A tenda ocupava um lugar à direita do pavimento; e os prédios laterais mais altos projetavam uma sombra que cobria agora metade do local.
Esquema de Narração escreveu:

Começo de posts de luta:

- Agora será seu post de luta, escreva condições de ataque e defesa, dizendo os movimentos que ira fazer e lembre-se, você NUNCA faz nada, você SEMPRE TENTA seus ataques, então TENTE seus movimentos e crie casos de movimentos consequentes, se caso aquele movimento der certo, você TENTARIA algo ou se caso ele não der certo, você TENTARIA outro algo, ou se algum dos homens tentar atacar o que você TENTARIA fazer. Coisas desse tipo. E faça sempre movimentos brutais visando matar/desmaiar o oponente. ^^

Dicas e observações:
 

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Fyrez] Smiling Jack FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fyrez
Membro
Membro
Fyrez

Créditos : 6
Warn : [Mini - Fyrez] Smiling Jack 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2018
Idade : 19

[Mini - Fyrez] Smiling Jack Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Fyrez] Smiling Jack   [Mini - Fyrez] Smiling Jack EmptySex 11 Maio 2018, 22:02

As provocações foram efetivas, talvez até demais. Não esperava um ataque sincronizado, achava que fossem menos experientes - “Os 3 ao mesmo tempo? Agora ficou justo” - em seu rosto um sorriso confiante, mas não ousava se superestimar tanto assim, afinal, foi uma luta “justa” como aquela que o levou a essa situação. Não, se queria vencer desta vez - e iria vencer - tinha de usar a cabeça.

Eram rápidos, um ataque perigoso, mas podia ser usado a seu favor. Os mandados atacavam a distância, enquanto Sulfax, por usar uma adaga, precisava chegar mais perto, essa era sua oportunidade de escapar da situação. A cabeça baixa, para não ser atingida pela adaga, e contando que seus pés fossem rápidos o bastante para escapar da ponta do sabre, saltaria, com as pernas altas, esquivando da corrente, e a adaga firme nas mãos, mirada bem no peito de Sulfax – ou, preferencialmente, em algum ferimento ainda não cicatrizado. Se o ataque encaixasse, ao cair no chão, rasgaria o furo o máximo que pudesse, com sorte, já o neutralizava.

Era muito a se fazer, e sabia dos riscos, mas seu foco naquele instante não estava nos oponentes, mas sim no campo de batalha. Acertando o golpe ou não, desde que conseguisse saltar, estaria alguns poucos metros atrás de seus inimigos, não mais cercado, o que deveria ser vantagem o suficiente para que pudesse correr até o beco ali perto.

É verdade que podia se movimentar mais livremente no espaço aberto, mas o mesmo valia para seus  oponentes, e não importava o quão ágil fosse, não seria capaz de desviar dos três indefinidamente. Sua vantagem era sua adaga, letal, porém pequena, não precisava de muito espaço para ser manuseada. O mesmo já não pode ser dito sobre o sabre e a corrente, limitados tanto pelas paredes quanto por seus próprios aliados. Não precisaria se preocupar com movimentos sincronizados como àquele no beco, poderia derrubá-los um a um.

Produto talvez mais do subconsciente do que de pensamento racional, havia um outro motivo pelo qual queria levar à luta ao beco. Se conseguisse atrair os três, daria uma brecha para que Eddie fugisse dali. O menosprezava por sua fraqueza, mas, ainda assim, sentia um mínimo de gratidão pelo que tinha feito, e algo dentro de Jack o impulsionava a retribuir o favor.

Se alcançasse à entrada do beco, viraria de costas, braços abertos - “É só isso? Lentos demais!” - já virando para correr mais adentro, tomando nota do ambiente e possíveis utilidades a seu favor.

Explicação do movimento:
 

Off:
 

____________________________________________________


Fala do personagem
pensamento
fala de NPC
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Meursault
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Meursault

Créditos : 4
Warn : [Mini - Fyrez] Smiling Jack 8010
Masculino Data de inscrição : 28/01/2018
Idade : 22
Localização : Loguetown - East Blue

[Mini - Fyrez] Smiling Jack Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Fyrez] Smiling Jack   [Mini - Fyrez] Smiling Jack EmptySeg 14 Maio 2018, 01:04

Finalização


A investida tripla avançava cruelmente na direção do jovem gatuno, seus movimentos precisavam ser extremamente precisos para sair daquela enrascada incólume. Em ato de coragem e determinação, Jack avançava contra seus inimigos, onde a atitude da maioria dos homens seria de recuar. Sem hesitar, o jovem tomava impulso em um breve movimento, fazendo seu corpo ir de encontro ao de seus inimigos, o salto era o suficiente para evitar o acerto da corrente, mas o sabre de um de seus adversários ainda conseguia macular sua pele, mesmo que de relance, na parte externa da coxa direita, durante o salto, fazendo o líquido rubro vazar de forma branda.

O terceiro golpe não chegava a acontecer, Jack agarrava o corpo do líder daquele grupo antes de que qualquer corte fosse feito, derrubando-o no chão enquanto realizava a esquiva. No momento em que as costas do alvo tocavam o chão, o gatuno brandia sua lâmina, cravando o objeto no peito de Sulfax, para em seguida arrastar a lâmina pela pele, aumentado o tamanho e a gravidade do ferimento. Assustados com a força e a brutalidade do homem, além de abalados pela derrota de seu membro mais forte, os dois marginais largavam as armas no chão em partiam em fuga, a atitude mais covarde possível.

Após presenciar a cena, Eddie finalmente se normalizava e ia em direção ao seu salvador, mas ao ver o estado de Sulfax começava a tremer um pouco. - Muito obrigado, você é homem que eu levei pra pousada não é? - O comerciante adotava um semblante pensativo, não era fácil de lidar com aquela situação no fim das contas. - Acho que é melhor você se afastar por um tempo desse local, antes que as autoridades cheguem, a cena de você sobre o corpo de Sulfax não conta a história certa.

Dicas do Bjarkinho, seu amiguinho:
 

~FEEDBACK~

Visando uma maior qualidade nas orientações, a Staff gostaria de saber a opinião do que achou do orientador em que teve a responsabilidade de narrar. É uma pergunta básica que deve ser respondida com sinceridade, ajudando bastante a qualidade de orientação dos orientadores, afinal os mesmos saberão onde estão indo bem, pecando e assim melhorando gradativamente. Então a questão é a seguinte: "O orientador demonstrou um regular/bom/ótimo trabalho? Desde a parte de tirar dúvidas, as dicas, o carisma do orientador com você (principalmente a atenção que foi dada durante a mini-aventura), o desenrolar dela e por fim se reconheceu uma maior clareza do sistema narrativo."
Opinião:

____________________________________________________


[Mini - Fyrez] Smiling Jack ThWbVxC
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[Mini - Fyrez] Smiling Jack Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Fyrez] Smiling Jack   [Mini - Fyrez] Smiling Jack Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Mini - Fyrez] Smiling Jack
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: