One Piece RPG
Avlis Silva XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
Avlis Silva Emptypor Handa Hoje à(s) 20:08

» Bell Farest
Avlis Silva Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 19:25

» Helves
Avlis Silva Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 19:22

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
Avlis Silva Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 18:53

» O Segredo de Um Ladrão
Avlis Silva Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 18:11

» Art. 5 - The hunt is on
Avlis Silva Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 18:10

» Cap.1 Deuses entre nós
Avlis Silva Emptypor Thomas Torres Hoje à(s) 18:09

» The Hero Rises!
Avlis Silva Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 17:21

» VIII - The Unforgiven
Avlis Silva Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 17:10

» 11º Capítulo - Cataclismo em Skypeia!
Avlis Silva Emptypor Far Hoje à(s) 16:17

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Avlis Silva Emptypor K1NG Hoje à(s) 15:52

» Vol 1 - The Soul's Desires
Avlis Silva Emptypor Arthur Infamus Hoje à(s) 15:41

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Avlis Silva Emptypor Furry Hoje à(s) 13:22

» Seasons: Road to New World
Avlis Silva Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 10:55

» [FICHA] Sonny Delahunt
Avlis Silva Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 10:10

» Sonny Delahunt
Avlis Silva Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 10:09

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
Avlis Silva Emptypor Oni Hoje à(s) 08:33

» Meu nome é Mike Brigss
Avlis Silva Emptypor Oni Hoje à(s) 08:18

» Evento Natalino - Amigo Secreto
Avlis Silva Emptypor Hisoka Hoje à(s) 03:24

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Avlis Silva Emptypor Fukai Hoje à(s) 01:54



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Avlis Silva

Ir em baixo 
AutorMensagem
Kerigus
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Kerigus

Créditos : 74
Warn : Avlis Silva 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

Avlis Silva Empty
MensagemAssunto: Avlis Silva   Avlis Silva EmptyTer 24 Abr 2018, 01:54

~ PESSOAL ~


Nome: Avlis Silva
Idade: 69
Altura: 1,75m
Peso: 80kg
Mão predominante: Ambidestro
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho/Espécie: Normal
Origem: Wars Island - North Blue
Localização: Micqueot - North Blue
Grupo: Civil


~ ATRIBUTOS ~


(Começa com 10 pontos, BÔNUS RACIAL EM AZUL E BÔNUS DE EDC EM VERMELHO)

LEVEL: 1
EXP: 10/25
BERRIES: 50.000

HP: 44
SP: 62

DANO: 9 (+2 Bojutsu)
ACERTO: 0 (+2 Bojutsu)(+3 Humano)
PONTARIA: 0
ESQUIVA: 1 (+3 Humano)
BLOQUEIO: 0 (+2 Bojutsu)
RESISTÊNCIA: 0
PERCEPÇÃO: 0 (+2 Humano)
MANIPULAÇÃO: 0 (+2 Humano)
VELOCIDADE DE ATAQUE: 3


KENBUN-SHOKU HAKI

Citação :
LEVEL: -X-
EXP DO PODER: 000/050
BUSOU-SHOKU HAKI

Citação :
LEVEL: -X-
EXP DO PODER: 000/050

~ ESTILOS DE COMBATE ~

Citação :
• Estilo de Combate: Bojutsu
LEVEL DE COMBATE: 1
EXP DE ESTILO: ~PRIMÁRIO NÃO POSSUI EXP~

~ Perícias ~
Citação :

• Historia
• Criptografia
• Lógica
• -X-
• -X-

~ Ofícios ~
Citação :
• Arqueólogo
• -X-
• -X-
• -X-
• -X-
• -X-

~ FAMA & REPUTAÇÃO ~

Photoplayer:
Spoiler:
 
Alcunha:
Recompensa:
Citação :
LINK DOS JORNAIS:
~ AKUMA NO MI ~

Citação :
Nome:
Tipo:
Energia:
Bonificação:
~ EQUIPAMENTOS ~


• ARMA(S)
-Nome:
Bônus:
Dano:
Requerimentos:
Custo:

• CABEÇA
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

• TRONCO
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

• BRAÇOS
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

• MÃOS
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

• PERNAS
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

• PÉS
-Nome: -x-
Bônus: -x-
Requerimento: -x-
Custo: -x-

~ INVENTÁRIO~

(MÁXIMO DE 10W)

~ EMBARCAÇÕES ~

Nome:
Tipo:
Descrição:
Velocidade:
Número de tripulantes máximos acomodados:
Lotação máxima no transporte:
Número de ilhas sem precisar reabastecer:
HP:
Canhões:

~ TÉCNICAS ~

• -X-
• -X-
• -X-
• -X-
• -X-

~ TÉCNICAS SUPREMAS~

• -X-
• -X-
• -X-


~ EXTRAS ~


APARÊNCIA: Avlis é um homem de aparência inofensiva pela idade, porém de corpo muito bem esculpido por todos os anos de treinamento pelo qual passou. Sempre trajando seu kimono de homem tradicional de manga longa, o que acaba por tampar suas mãos boa parte do tempo. Orelhas grandes com dois piercings em cada uma. Devido a idade, seus cabelos já não preenchem mais toda a cabeça, mas ainda mantém um pomposo rabo de cavalo e uma barba que estranhamente ainda permanece preta na ponta, todo o resto do cabelo e barba são brancos. Sua calça apenas completa o kimono até a metade da canela, onde termina o visual com uma meia e uma sandália tradicional japonesa.

PERSONALIDADE: Avlis é um homem que passou sua vida treinando e meditando junto de sua já falecida esposa e também mestra. É um velho energético e entusiasmado, isto também se reflete no seu humor, que na maioria das vezes é calmo e sadio, além de distraí-lo vez ou outra. Por ter vivido uma vida de treinamentos, é acostumado a sempre se entusiasmar com um oponente formidável e isto é boa parte do combustível que lhe motiva a continuar procurando por adversários. É orgulhoso sobre suas próprias habilidades e quando em combate apenas uma coisa importa: A vitória. Tem certo desprezo pelos fracos, pois pelo seu estilo de vida não consegue entender como alguém consegue viver sem se fortificar com o tempo. É amistoso àqueles por quem tem apreço e fiel a sua tão amada arte marcial, Bojutsu.

HISTÓRIA:  Avlis Silva foi um jovem muito entusiasmado com a vida. Amante de todo tipo de luta desde sempre, acabou por se envolver diversas vezes em brigas de rua, sempre procurando pelo oponente mais forte e, para sua infelicidade, naquele ilha onde havia nascido onde tudo era armas de fogo, brigas "mano a mano" não era lá algo muito constante e por isto, nunca conseguia encontrar alguém que lhe deixasse satisfeito. Quando começou a ficar mais velho, lá pros seus 19 anos, percebeu que talvez fosse hora de tentar alguma outra coisa além de ser um brigão qualquer. Sempre fora apaixonado por tesouros, não pelo ouro ou algo assim, mas pela simples emoção da caça ao desconhecido que se encontrava no fim do mapa. Devido a sua genialidade, sempre aprender rapidamente tudo que queria e com a arqueologia não seria diferente. Começou a estudar historia, além de resolver enigmas que, esses sim, pareciam ser oponentes dignos para sua força, embora desta vez fosse a mental e não fisica. Criptografia, charadas, enigmas, questões históricas não resolvidas... Tudo que lhe forçasse a precisar usar mais de sua genialidade acabava por instiga-lo. Já com seus vinte e poucos anos, finalmente parecia ter encontrado a pista para seu primeiro tesouro. Tesouro de verdade. Acabava parando em uma caverna submersa não muito longe da orla de Wars Island e quando parecia prestes a finalmente encontrar sua recompensa... Uma mulher aparecia, logo a seu lado.

-Chegou atrasado loirinho.- Uma voz feminina lhe surpreendia.
-Atrasado pra...?
-Pro tesouro, foi pra isto que veio, não?

Erguia uma de suas sobrancelhas como sinal de dúvida enquanto começava a caminhar na direção da moça. Tinha cabelos em tom de rosa, uma xuxinha azul que prendia um rablo de cavalo e um kimono lilás amarrado com uma presilha cor de vinho na cintura, short esportivo de cor preta e uma meia calça de cor branca que chegava até metade da cocha completava o visual da estranha, que por sua vez apenas permanecia parada encostada em uma coluna que por ali havia. -Bom, só preciso pegar ele de você então, né?- Provavelmente alguém normal teria ficado levemente alterado após ver algo que por tanto tempo correu atrás indo embora logo a sua frente como acontecia com Silva, porém, ele era alguém que dificilmente se estressava. Pra ser mais exato, quase nunca. Seu temperamento calmo junto a genialidade era parte do motivo pelo qual nunca havia sido derrotado antes. Até aquele dia. No momento que proferiu tal frase, a moça sumiu de sua frente como um vulto que nunca havia se quer existido e, antes mesmo que pudesse virar para procurar por ela, sentia uma forte dor nas pernas, o que o fazia cair do joelho em meio ao chão lamacento do local e logo em seguida sentia algo que parecia ser um bastão lhe circundar o pescoço, como se fosse uma faca ou espada prestes a lhe degolar. -Oh, você vai tomar ele de mim é?- Sem que pudesse se virar, apenas ouvia a voz da moça por detrás de sua cabeça. Não entendia o que havia acontecido ali mas uma coisa era certa: Havia encontrado alguém poderoso e, pela primeira vez, parecia que iria conhecer o sabor da derrota. Apesar de sua megalomania, Avlis era inteligente o suficiente para saber qual seria o resultado daquele embate, embora mesmo sabendo disso sua vontade de obter a vitória e apenas a vitória lhe impedia de desistir ali, ou recuar. -Sim... Ou morrerei tentando. Hiehiehie- Sua risada estranha de sempre saltava de sua boca e tentava executar um movimento de contra-ataque ao rotacionar seu corpo com a perna esticada, como uma rasteira, o que era rapidamente interrompido. Escuridão. Toda aquela cena agora não passava disso. Havia desmaiado e pela primeira vez, perdido um combate.

"Mas que por- Que diabos aconteceu?!"

Coçando a cabeça algum tempo depois e principalmente sentido uma forte dor na nuca, lentamente ia abrindo os olhos e reparando ao seu redor, um local que nunca havia estado, mas bem aconchegante. Tinha um cheiro de suor exalando pelo lado esquerdo, revelando que alguém treinava ou algo parecido ali perto. Também conseguia escutar uma queda d'agua longe, talvez algum enfeite do local que lembrava uma cachoeira. Quando finalmente olhava para frente, um rosto conhecido vinha em sua direção. Era a moça da caverna, com algo em mãos que parecia ser uma pomada ou alguma especie de creme. Avlis fingia estar dormindo novamente e a moça se aproximava, passando a pomada no local dolorido. Apesar de aparentemente estar cuidando dele, sua chama pela vitória não havia se apagado e tentando pegar sua oponente com a guarda baixa, tentava um golpe ligeiro e direto, o que era facilmente desviado pela moça que lhe contra-atacava acertando a parte interna de seu cotovelo, o que o fazia perder a força do braço. -Quieto ai. Se não vai me fazer errar, tsc!- Apesar da fala da moça, o lutador era algo que mesmo que sua mente dissesse que não, seu corpo se movia sozinho rumo a possível vitória. Era isto que lhe tornava alguém tão perigoso, pois nunca desistia. Porém, era apenas mais uma ofensiva inútil e tudo que conseguia como resultado deste outro ataque era desmaiar de novo, possivelmente com outro golpe da moça já que, novamente, nem conseguia ver o que havia acontecido. Alguns semanas se passavam e religiosamente todos os dias o jovem Avlis tentava obter sua vitória, futilmente, sendo tratado todas as vezes por aquela que tanto queria derrotar. Beatrice. Esse era o nome de sua mais forte oponente até então. Havia escutado este nome lá pelo fim daquele mês que se seguia quando, novamente despertando da surra que havia tomado no dia anterior, percebia outras vezes naquele local que, após tantos dias "dormindo" e acordando ali, havia se acostumado. Era uma especie de centro de treinamento, com vários materiais para isto e uma sala tranquila, onde a única coisa que se ouvia era o canto de um pássaro solitário que insistia em viver naquela ilha onde a natureza já havia desistido. Seguindo as vozes, acabava por dar de frente a uma cena que mudaria sua vida, Beatrice ensanguentada ao chão e três homens que exalavam cheiro de rum rindo, não muito distante. Um deles tinha uma espada, outro um chicote e o  terceiro uma arma.

-Tsc! Toda essa merda por essa merreca! Defender o loiro... Defender o loiro... Que diabo de loiro tu ta falando mulher? Gyahaha!-

Gargalhavam enquanto davam alguns chutes na moça. Pelo que Avlis entendia, estavam ali pelo mesmo motivo inicial que ele: O tesouro da caverna submersa. Contudo, o lutador sabia bem avaliar as forças de seus oponentes e percebia que caso quisesse, Beatrice teria facilmente derrotado aqueles três. Havia outra coisa... O final da frase dita pelo pirata revelava a resposta. "Defender o loiro". Este era o motivo pelo qual ela havia apanhado tanto. Não estava tentando defender o ouro, mas sim Avlis. "Mas... Mas o que... Argh!" Tentava entender, inutilmente. Havia tentado derrota-la durante todo esse tempo e mesmo assim ali estava ela, caída ao chão ao defendê-lo invés do ouro. Os três piratas logo saiam dali e Avlis corria para ajudar a moça, que com um sorriso todo ensanguentado e mal abrindo o olho lhe dizia, com voz fraca: -Não te machucaram né?- Pela segunda vez a moça havia lhe dado uma "primeira vez" de algo. Antes foi da derrota, agora, raiva. Sempre havia se mantido calmo, independente da situação, mas sentiu o amargo sabor da raiva pulsar em seu corpo quando a moça lhe direcionava tal frase. Não pela frase em si, mas por se preocupar com ele invés de si própria e principalmente por ter perdido para aqueles homens que facilmente derrotaria. Embora em seu ultimo esforço antes de apagar a moça tentava conter-lhe, Silva apenas a ignorava e saia cego atrás daqueles três. Já de noite, cerca de doze horas depois do incidente a moça despertava, no mesmo sofá que Avlis havia acordado durante esses dias e recebendo o mesmo tratamento, com pomada. Ela lhe segurava o braço com força e o jogava para o lado, enquanto lhe lançava um olhar que fazia com que seu corpo se arrepiasse inteiro, todavia, novamente, não desistiria. Tentando mandar o mesmo olhar de volta, tomava a pomada em mãos e tentava cuidar da moça novamente, que tentava resistir mas quando ia se movimentar sentia uma fisgada dos ferimentos anteriores e finalmente cedia, soltando um "Tsc!" enquanto virava o rosto. Sem dizer uma palavra sequer, os dois ficavam ali por cerca de mais vinte minutos, até que o lutador apontava para uma mesinha de canto que havia ali perto.

-Seu tesouro.

A moça começava a gargalhar, o que assustava brevemente o lutador que dava um pulinho para trás. -Não te entendo loirinho...- Ele logo a interrompia. -Avlis. Avlis Silva.- Deixava com que prosseguisse. -Pois bem... Avlis Silva. Cê tá aqui já faz um mês tentando conseguir aquele tesouro e agora que o obteve, você me devolve?- Começava a gargalhar novamente, enquanto inconscientemente parava uma de suas mãos sobre o ombro do lutador. -Não te entendo mesmo!- No fim, Silva acabava por rir também, respondendo com a mesma frase. -Também não entendo você, Beatrice. Estou aqui todos os dias tentando te matar e mesmo assim quase morreu para me defender enquanto estava inconsciente.- Os dois gargalhavam até que um silêncio quase romântico invadia o local e se entreolhavam. Ali nascia uma união que perduraria por mais de 40 anos. Todos os dias, desde então, Beatrice se propôs a treinar Avlis até que conseguisse finalmente lhe derrotar. Bastões, Jutte, Tonfas... Usava de tudo mas por longos anos mal conseguia acompanhar seus movimentos com os olhos. Com o tempo, porém, começou a perceber melhor e principalmente por prestar atenção em seus ensinamentos e nas poucas vezes em que trocavam amores naquele casamento imprevisto e ela lhe dizia algumas pequenas dicas, finalmente conseguia acertar um golpe, o que obviamente não era suficiente para derrotá-la, mas certamente demonstrava um avanço em sua luta. Com Beatrice, Avlis Silva havia aprendido 5 coisas: Arqueologia, Meditação, Bojutsu, Fidelidade e principalmente, Amor. Não havia sido a primeira mulher de sua vida, mas seria a última e a que mais lhe marcou. E assim foi boa parte da vida daquele jovem que, agora, já havia se tornado idoso. Treinos, meditações e amores. Até o dia em que a moça finalmente sucumbia a única coisa da vida da qual podemos ter certeza: A morte. Próximo ao caixão, com lágrimas nos olhos e um sorriso conformado no rosto, o lutador sussurrava para si mesmo enquanto olhava sua falecida esposa. -Parece que finalmente te derrotei em algo Beatrice... Ficarei aqui mais um pouco, curtindo minha vitória. Vou aproveitar pra abrir aquele tesouro depois de tanto tempo, afinal, eu venci, mesmo que por desistência involuntá- Não conseguia terminar a frase devido as lágrimas e soluços que lhe entupiam. Quando retornava até sua casa, muito tempo depois e agora vazia sem ela, finalmente abriu o tal tesouro que tanto havia lhe causado problemas, hematomas e mais um monte de dores, mas também havia lhe trazido algo bem especial. E gargalhou como no dia em que se apaixonaram, gargalhou até que sua gargante secasse. 50.000 berries. Essa era a quantia pela qual lutou e perdeu todos esses anos. Era tão trágico ao ponto de ser cômico.

-50.000... Francamente. Se tivesse caçado piratas nesse tempo todo já teria MUITO mais que isso. Tsc... Aquela maldita velha... Todos esses anos pra isso...Hiehiehie
A tristeza dava lugar a alegria. Alegria pois havia decidido seu rumo. Depois de tanto tempo fazendo a mesma coisa, finalmente estava livre novamente e, com esta liberdade, decidiu iniciar uma nova vida. Queria tudo novo, mudando até de ilha e indo para a famosa Micqueot, onde iniciaria algo que só agora percebia que queria: Ser um caçador. Era a mistura de tudo que vivia até ali, a procura por um item ou pessoa que lhe dará uma recompensa caso consiga pegá-lo. Estava decidido. Utilizando então de seus tão suados 50.000 berries, iniciaria uma nova jornada, 10 anos após a morte de sua "rabugente", como a chamava.


~ VANTAGENS E DESVANTAGENS ~

(MÁXIMO DE 6 PONTOS GASTOS. TODOS COMEÇAM COM 2)

Vantagens:
• Temperamento Calmo
• Ambidestria
• Genialidade
• Aceleração

Desvantagens:
• Sinceridade Excessiva
• Megalomaníaco
• -X-


~ PERSONAGENS CONHECIDOS ~


PLAYERS:
 

NPC's Importantes:
 

NPC's Criados:
 

Link da Mini Aventura concluída ou da ficha antiga cancelada: https://www.onepiecerpg.com/t41553p10-mini-avlis-does-it-really

____________________________________________________

Ficha | Aventura

Avlis Silva Linda_sign_1

Avlis Silva QKBJs1B

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: Regras | Mudanças Importantes | Crie seu Personagem | Mini-Aventuras
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Avlis Silva
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Criação de Personagens :: Fichas Esquecidas!-
Ir para: