One Piece RPG
[Mini - Lyniel] Demon Ronin XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Asger
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 20:40

» Samantha Evergreen
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 20:38

» Buki Bijin
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 20:33

» Rimuru Tempest
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 18:53

» Lotus Chô
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 18:49

» Gallore Strange
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 18:35

» Ling Tian
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 18:27

» Han Dom
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 18:11

» [Mini Aventura - Moryn] O Início
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor Moryn Hoje à(s) 18:10

» [Kit - Gyro Zeppeli] Blum vai pegar
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor Shiro Hoje à(s) 14:42

» Mini Zayel
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor Zayel Hoje à(s) 14:11

» [Mini - Inim] O errante
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor Visastre Hoje à(s) 13:37

» [Kit - Neferpitou - Hunter x Hunter] v2
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor Blum Hoje à(s) 10:51

» [MINI-JuninhoSiq1997] O Inicio
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor JuninhoSiq1997 Hoje à(s) 10:41

» Raksha Ragnarson
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 22:55

» [Mini - Van] Seguindo conselhos
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor Van Ontem à(s) 22:34

» Voltei, arrependido.
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:31

» [M.E.P] Inim
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor Khrono Ontem à(s) 21:19

» [MINI - Pepino, o Breve] Rascunho
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor Pepino, o Breve Ontem à(s) 19:40

» [MEP] Seguindo conselhos
[Mini - Lyniel] Demon Ronin Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 18:02



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [Mini - Lyniel] Demon Ronin

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Lyniel
Membro
Membro
Lyniel

Créditos : Zero
Warn : [Mini - Lyniel] Demon Ronin 10010
Data de inscrição : 17/04/2018

[Mini - Lyniel] Demon Ronin Empty
MensagemAssunto: [Mini - Lyniel] Demon Ronin   [Mini - Lyniel] Demon Ronin EmptyTer 17 Abr 2018, 17:42

Nome: Lyniel
Idade: 22 Anos
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho: Normal
Estilo de Combate: Espadachim
Localização: Yakira Town
Grupo: Cívil
Vantagens: Noção Exata do Tempo
Desvantagens: Mudo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Meursault
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Meursault

Créditos : 4
Warn : [Mini - Lyniel] Demon Ronin 8010
Masculino Data de inscrição : 28/01/2018
Idade : 22
Localização : Loguetown - East Blue

[Mini - Lyniel] Demon Ronin Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Lyniel] Demon Ronin   [Mini - Lyniel] Demon Ronin EmptyTer 17 Abr 2018, 18:00

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: https://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

Considerações sobre o primeiro post:
 




____________________________________________________


[Mini - Lyniel] Demon Ronin ThWbVxC
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lyniel
Membro
Membro
Lyniel

Créditos : Zero
Warn : [Mini - Lyniel] Demon Ronin 10010
Data de inscrição : 17/04/2018

[Mini - Lyniel] Demon Ronin Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Lyniel] Demon Ronin   [Mini - Lyniel] Demon Ronin EmptyTer 17 Abr 2018, 18:46

[Mini - Lyniel] Demon Ronin 21ffd7ef1c09979a8f34f7ba2b4eaec760ddcb73_hq
Primeiro Ato - Morte ao Senhor Feudal (最初の行為 - 封建的な君主への死)
 
¤ ¤ ¤
 
Não podia acreditar naquela cena que remoía em minha mente, maldita cena que faziam lágrimas rolar. Inexplicável fato, que vinha como um tiro, rasgava todo o meu peito: haviam morrido, as duas. Punha-me de joelhos lembrando do rosto da pequena Mika, que mesmo tão jovem teve sua vida ceifada, perante meus olhos, e o pior, não pude fazer nada; Mikasa da mesma forma - tentando proteger nossa filha - acabou tendo o mesmo destino. Não conseguia pensar em mais nada, era movido por vingança.
 
Sobre meus braços largos e fortes, assim como sobre meu tórax e abdômen podia ser visto e sentido, a fúria de um verdadeiro dragão estava a caminho. Tingiria por aonde passasse com o rubro líquido que percorria e alimentava tudo, não me importava com as consequências, levaria em minhas costas a morte, sendo um emissário, um prelúdio do caos, o inicio do fim.
 
Sentia como se o dragão escarlate gravado em minhas costas rugisse, e no mesmo me movia na mesma intensidade, com uma calça leve e larga, presa sobre ataduras pretas pouco antes de chinelos de pau, que favoreciam em uma típica vestimenta oriental. Uma bainha vazia, pedindo por uma lâmina que realizasse o encaixa perfeito, em perfeita sincronia e harmonia. Meu sangue esquentava gradativamente enquanto que aumentava o ritmo da corrida. Minhas passadas eram longas, rápidas e tão silenciosas quanto seu causador. Desde pequeno, havia nascido sem voz alguma, não conseguia produzir e moldar o som em palavras. Discrição e silêncio seriam cruciais para realizar o que queria, e  aquilo deveria ser feito o quanto antes, já não aguentava mais, queria sentir teu sangue vazando sobre o fio de uma katana.
 
* Tsc * Esboçava meu desgosto em lembrar-me do homem cujo queria matar. Tentava-me guiar em base ao meu próprio conhecimento, e esforço, até uma loja de armas, aonde poderia dar início a todo um plano, que só iria ter fim, com a minha morte, ou com o final que desejava, não havia meio termo: ou frio, ou quente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Meursault
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Meursault

Créditos : 4
Warn : [Mini - Lyniel] Demon Ronin 8010
Masculino Data de inscrição : 28/01/2018
Idade : 22
Localização : Loguetown - East Blue

[Mini - Lyniel] Demon Ronin Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Lyniel] Demon Ronin   [Mini - Lyniel] Demon Ronin EmptyQua 18 Abr 2018, 01:33

Interação
Antes de sair em busca de vingança, cave duas covas.


Yakira Town é um ambiente onde prosperar é difícil, a natureza é ríspida e selvagem, o sol e o deserto não perdoam aqueles que subestimam seu poder e agem sem cautela, essas adversidades naturais forjam homens fortes, mas, mesmo entre eles, não existe uma determinação tão forte como a que movia Lyniel.

A dor é algo engraçado, ao se pensar em dor, a primeira imagem que vem a mente é uma lâmina rasgando a pele, ou uma bala penetrando na carne, poucos sabem que a maior das dores não macula o corpo, mas sim a alma e a mente, era essa a dor que Lyniel carregava e também era o mesmo sentimento que movia seu corpo em busca de vingança.

Ao caminhar, os chinelos de madeira do espadachim deixavam sua marca na areia, as ruas da cidade estavam pouco movimentadas e os poucos pedestre que cruzaram seu caminho preferiram evitar qualquer tipo de contato. O sol forte fazia algumas gotas de suor aparecerem na testa do homem que procurava por um arma, algumas delas desciam, percorrendo o caminho de seu rosto.

Não demorou muito até uma placa de madeira, com uma espada e um escudo cravados na cor vermelha, chamar sua atenção. Ao entrar no estabelecimento, o espadachim se deparava com um velho atrás de um balcão, aparentemente sozinho, na esquerda e na direita de Lyniel existiam estantes, ambas lotadas de armas que, a primeira vista, pareciam ter sidos forjadas com maestria.

Ao notar a presença de um cliente, o velho rapidamente parou o que estava fazendo e arrumou os óculos, que estavam um pouco fora do lugar. - Seja muito bem vindo, eu sou Shiro, o melhor ferreiro de Yakira Town. - Dizia, de forma orgulhosa. - Pelo menos pra quem já comprou alguma peça minha. - A observação era feita com um tom de voz mais brando e muito menos animado, mas seu semblante logo retornava para a alegria inicialmente demonstrada. - De que você precisa? Uma espada? Uma lança? Um machado? Machados são minha especialidade, mas todo o resto é sensacional também. - Sentindo falta de uma resposta vocal do cliente, Shiro perguntava. - O que foi? Um gato comeu sua língua?  
 

Trilha sonora ♫



Dicas do Bjarkinho, seu amiguinho:
 

____________________________________________________


[Mini - Lyniel] Demon Ronin ThWbVxC
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lyniel
Membro
Membro
Lyniel

Créditos : Zero
Warn : [Mini - Lyniel] Demon Ronin 10010
Data de inscrição : 17/04/2018

[Mini - Lyniel] Demon Ronin Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Lyniel] Demon Ronin   [Mini - Lyniel] Demon Ronin EmptyQua 18 Abr 2018, 17:44

[Mini - Lyniel] Demon Ronin 21ffd7ef1c09979a8f34f7ba2b4eaec760ddcb73_hq
Primeiro Ato - Morte ao Senhor Feudal (最初の行為 - 封建的な君主への死)
 

'' O desabrochar era interrompido, em Yakira Town, dois belos brotos não podiam florescer. Como queria que essas flores tivessem espinhos, e não teriam voado, para longe de mim. ''

 
Meu espirito era movido por vingança, e alimentado por ódio. Naquele momento, não raciocinava muito bem. Estava fixado no passado e para viver teria que resolver-me com ele. Pisava tão leve quanto fosse possível, e a areia era marcada pela sola de madeira que me cobria os pés. A cidade era desértica, poucas pessoas arriscavam se aventurar saindo de suas ''tocas''. Os que saiam, seja por qual motivo, evitavam qualquer interação comigo.
 
'' O que foi que eu perdi? ''
 
O clima daquele lugar já não era mais o mesmo, ao menos era o que sentia. Após a morte das minhas garotas, havia evitado contato social com quaisquer pessoas, perdi a vontade de viver, quando elas se uniram a terra, uma boa parte de mim também foi enterrada.
 
Sob o intenso sol daquele lugar, o suor cobria o meu rosto, e escorria por meus músculos. Correndo, prestava atenção a poucos detalhes ao meu redor, até que algo tanto peculiar tomava forma sobre os feixes de luz que formavam a minha visão, uma espada e um escudo vermelhos em uma placa, poderia ser uma loja de armas? Adentrava o local, dando de cara com um velho de vestes comuns, não parecia ter nada especial. Após minha entrada, desatava a falar, provavelmente seria solitário todos os dias naquele local, julgando sua reação.
 
'' Como vou pedir uma espada? Provavelmente ele não entenda linguagem de sinais''
 
Tentando elaborar uma linguagem tanto quanto rudimentar para comunicação, levava minha mão direita a bainha vazia, seguindo com a esquerda fazendo algo semelhante ao saque de uma katana, puxando com a esquerda e a empunhando com ambas as mãos. E se isso não fosse suficiente, procuraria pelas duas prateleiras nas duas extremidades laterais do local, por qualquer espada de gênero médio, e apontaria com o dedo indicador.
 
Caso conseguisse esboçar o que queria verdadeiramente, procuraria pelos bolsos da minha calça por todo o dinheiro que conseguisse achar, e colocaria sobre a mesa esticando a mão esquerda com sua palma virada para cima e passando a direita, fazendo o mesmo processo invertendo as funções de cada mão. Uma referência ao ditado '' Uma mão lava a outra ''. E se até ai tudo fosse um sucesso, pegaria a arma, guardaria-a em sua bainha e sairia do local, andejando, procuraria agora, por indícios de onde estivesse minha vítima.
 
Por outro lado, se o velho ferreiro não conseguisse entender mesmo assim, pegaria minha bainha em mãos, segurando com ambas as mãos, levantando as sobrancelhas e olhando fixamente a bainha, e para quaisquer espadas que se encaixassem ao meu estilo de combate. E se assim conseguisse entender, pegaria algum dinheiro que me restasse e colocaria sobre o balcão tudo que tivesse, pegando minha arma, guardando em sua bainha e prosseguindo viagem, procurando o meu alvo pelo árido solo que pisava.

____________________________________________________

[Mini - Lyniel] Demon Ronin DiiAFD4
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Meursault
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Meursault

Créditos : 4
Warn : [Mini - Lyniel] Demon Ronin 8010
Masculino Data de inscrição : 28/01/2018
Idade : 22
Localização : Loguetown - East Blue

[Mini - Lyniel] Demon Ronin Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Lyniel] Demon Ronin   [Mini - Lyniel] Demon Ronin EmptyQui 19 Abr 2018, 03:37

Combate
É mais fácil obter o que se deseja com um sorriso do que à ponta da espada.


Inicialmente, Shiro demonstrava certa dificuldade para compreender o que o espadachim desejava, de forma que seu rosto demonstrava um semblante um tanto quanto confuso. A situação melhorou quando Lyniel começou a gesticular, simulando o saque de uma uma espada, o velho, que estava atrás de um balcão, parecia entender subitamente o desejo de seu mais novo cliente.

O homem começava a vasculhar o móvel, aparentemente procurando algo, sua figura sumia do campo de visão de Lyniel após se abaixar. - Você parece ser do tipo que não gosta de falar muito, mas pode ficar tranquilo, já entendi exatamente o que deseja. - Após alguns instantes, o carismático Shiro retornava, com um objeto coberto por um pano branco em mãos. - Acho que vai gostar disso. - O velho puxava o pano, descobrindo o objeto e revelando uma belíssima katana, que possuía uma guarda azul com detalhes dourados e se destacava das demais pela tonalidade prateada de sua lâmina. - O que acha? - Perguntava Shiro, com um sorriso no rosto.

A proposta era interessante para Lyniel, que acabava despejando um determinado montante de dinheiro sobre o balcão da loja, o ferreiro contava as moedas e, depois de algum tempo, devolvia certa parte da quantia para o espadachim. - Isso basta. - O velho esboçava um sorriso ao dizer tais palavras. - É uma boa lâmina, não use ela para ferir pessoas inocentes. - Ao fim de suas palavras, Shiro estendia a mão direita para Lyniel, de forma cordial.

Com a arma que desejava em mãos, o espadachim abandonava o local, com a vingança em sua mente. O homem vagou sem rumo por um tempo considerável, mas não era um problema, já que não existia um destino certo ou um tempo máximo para chegar onde quer que fosse. Certa hora, Lyniel perdeu um pouco de sua atenção, deixando seus passos fluírem de forma automática, e acabou trombando com um homem de vestimentas pretas e cabelos brancos, que parecia não ter ficado feliz com o encontro. - Você é cego? Se não for, eu devia arrancar seus olhos, já que são inúteis. - Um certo tom de arrogância se manifesta em demasia na voz do homem.

O andarilho de vestes negras sacava habilmente uma katana, que se destacava pela tonalidade negra de sua lâmina. - Desapareça, ou morra. - A seriedade em sua voz confirmava que aquilo não era uma brincadeira de mau gosto.  

Trilha sonora ♫



Dicas do Bjarkinho, seu amiguinho:
 

____________________________________________________


[Mini - Lyniel] Demon Ronin ThWbVxC
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lyniel
Membro
Membro
Lyniel

Créditos : Zero
Warn : [Mini - Lyniel] Demon Ronin 10010
Data de inscrição : 17/04/2018

[Mini - Lyniel] Demon Ronin Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Lyniel] Demon Ronin   [Mini - Lyniel] Demon Ronin EmptyQui 19 Abr 2018, 17:18

[Mini - Lyniel] Demon Ronin Recommended_966481_5443499
Não há mais o que fazer: Combate (何もすることはありません:戦闘)
 

'' Fogo e a água, o rubo de minhas costas entrava em contraste com aquela bela arma, tinha a honra de ser provavelmente o primeiro a sequer toca-la. Uma lâmina virgem que chegava a pedir para ser usada, sua lâmina prateada, pedia a ser enrubrecida. ''

 
Uma comunicação sem quaisquer palavras, o velho saia e voltava com algo nas mãos, coberto por um pano branco. Puxando o véu, uma katana de lâmina prateada, guarda azul e com detalhes em dourado, simplesmente belíssima, e se sua qualidade fosse tão grande quanto sua beleza, seria maravilhosa em combate. Ouvia o que o ferreiro tentava passar, entretanto não respondia, pelo fato de que não tinha o dom da fala. Antes de me retirar do local com a katana ainda em mãos, fazia um 'S' no ar, cortando-a no meio como se partisse um dragão em corte simétrico bilateral. Batizava-a sentindo o cheiro do metal passando a língua cuidadosamente perto do fio de corte, sendo que na ponta, deixava com que o fio rasgasse pouco o músculo, a ponta da arma era tingida pelo rubro que escorria pouco pelo corte feito. Guardando-a em sua bainha, de coloração vermelha, saindo pelo local, engolindo o sangue até que o corte fosse fechado e parasse de sangrar. Era um ritual com todas as armas que vinham em minhas mãos, de qualquer forma, estendia a mão direita ao vendedor, cumprimentando-o firme, saindo do local em seguida.
 
Andejava pelas ruas desérticas de Yakira Town, e minha busca se tornava cansativa, realmente não sabia para onde ir, não tinha inclusive nenhuma pista da onde meu alvo estaria, acabou que andar não havia sido uma estratégia inteligente. Racionalidade havia se tornado contestável em minha busca por vingança. Estava morto, e buscava transmitir essa morte para quem fora o responsável disto, como um justiceiro, ou algo do tipo. Mantinha minha respiração controlada, e sobre os intensos raios de sol, minha pele escorria suor, e como se aquilo me colocasse em transe, me deixei levar em passos automáticos, sem prestar atenção no que se seguia, e em meio aos passos perdidos, chocava-me com um velho que não deveria estar em seus melhores dias.
 
'' Outro espadachim? Não é muito bem o que procurava, mas não posso deixar ter meu ego afetado, não sou de levar desaforo pra casa. E se não puder vencer sobre aquele inimigo, como poderia concretizar o sentimento de vingança? Palavras por palavras, não valem de nada, são como um punhal falso, amedrontador por sua forma, mas incapaz de causar morte. ''
 
Dadas as pré-eliminares da luta, tomava o cuidado de analisar meu oponente, em detalhes que pareciam ser irrelevantes para qualquer combatente menos experiente: o pé de apoio que meu oponente utilizava, aonde concentrava seu peso, que seria definido principalmente pelo seu jeito de empunhar a lâmina, qual dos pés avançasse, tudo seria considerado; Sua postura frente ao combate, se estava com indícios de que atacaria ou se defenderia, agressividade excessiva não era algo inteligente para se usar contra um oponente desconhecido. Quando tivesse em mente, esses dois fatos - ao menos quando acreditasse saber - tocaria com a mão direita na bainha vermelha que guardava a lâmina que carinhosamente batizei por Ocean's Fire.
 
Tendo uma noção excepcional do tempo, esperaria algum ataque para bloquear-lo no ultimo momento, com um saque em um movimento de explosão para tentar abrir uma brecha para meu próximo golpe.
 
Se fosse desferido um corte descendente, ou seja, de cima para baixo na vertical, pondo força em meus músculos e em elevada destreza e velocidade desferiria um golpe ascendente diagonal, da direita para a esquerda, deslizando a minha lâmina sobre o fio de corte negro, tentando defletir o movimento para a esquerda, voltando em um ataque descendente diagonal, desta vez da esquerda para a direita, avançando a base com o pé direito para causar ainda mais força e rotatividade de quadril, tentando rasgar desde o abdômen do meu inimigo, até pouco depois do tórax.
 
Tendo em mente um bloqueio efetivo e um primeiro golpe bem sucedido avançaria em dois golpes, em formato de X com força e velocidade para cortar os dois lados do pescoço do velho, até pouco depois do quadril em um movimento limpo de corte, e contínuo. Começaria a série de ataques da esquerda para a direita, em um corte descendente e diagonal, para tentar rasgar desde a face esquerda do pescoço, até pouco abaixo do braço direito do oponente, fazendo o mesmo movimento no sentindo oposto logo depois, buscando escrever literalmente o X na carne do meu oponente, e eventualmente causar algum dano.

Se por um acaso, o primeiro golpe fosse bloqueado rapidamente investiria em cadência de movimentos contra o meu oponente, com um golpe em cruz, primeiro vertical, tentando um corte em simetria bilateral humana, e o segundo na altura do peitoral.
 
Caso meu oponente encontrasse uma brecha em meus movimentos, e investisse com uma estocada, qual fosse seu alvo, recuaria em diagonal para trás, em um pulo enquanto projetava minhas mãos para defletir o ataque para baixo, recuando por cinco metros para reanalisar a aprender com os erros, para no próximo combo evita-los, e criar um ataque perfeccionista.
 
Caso o oponente conseguisse de alguma forma investir com um corte horizontal, acima do abdômen projetaria meu corpo para trás rotacionando-o em um movimento para rolar para trás, mantendo a guarda e logo levantar com a guarda alta. Se os golpes continuassem me afastaria tentando bloquear consecutivamente tudo o que fosse investido, esses bloqueios se resumiriam em defletir a lâmina abusando do teu ponto de equilíbrio e minimizando toda e qualquer velocidade que o velho poderia alcançar, afinal, tentaria projetar teu corpo para o lado em que o golpe fora defletido, para causar este efeito. Caso o oponente encontrasse formas para me atacar com um corte horizontal abaixo do abdômen pularia elevando minhas pernas enquanto pulava para trás, afastando-me por cinco metros enquanto analisava suas ações, mantendo a guarda alta, e naturalmente afastando-me enquanto o velho tentasse me atacar.
 
Caso tentasse cortes verticais, tentaria os defletir com cortes ascendentes em formato de lua, para criar um confronto entre lâminas e a repelir encontrando espaço para meus ataques posteriores, afastando-me inclusive. Caso o velho soubesse lutar também com socos, chutes, cotoveladas ou o que for, realizaria um bloqueio armado, colocando a lâmina com força e rigidez frente aos músculos, para além de bloquear, causar dor em meu oponente.
 
Se meus golpes fossem pesados, e julgados suficientes, olharia para o homem, deixando-o ali enquanto buscaria algum bar, guardando a espada na bainha. Um bar provavelmente seria pouco mais movimentado do que as ruas, e ali poderia alcançar informações para encontrar o meu alvo. Não esperava por revoltas populares, ou de autoridades, mas se ocorressem estaria pronto, para me entregar, ou lutar, se necessário.

____________________________________________________

[Mini - Lyniel] Demon Ronin DiiAFD4
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Meursault
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Meursault

Créditos : 4
Warn : [Mini - Lyniel] Demon Ronin 8010
Masculino Data de inscrição : 28/01/2018
Idade : 22
Localização : Loguetown - East Blue

[Mini - Lyniel] Demon Ronin Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Lyniel] Demon Ronin   [Mini - Lyniel] Demon Ronin EmptyQui 19 Abr 2018, 21:33

~Post NEGADO~

Seu post tem alguns trechos que para mim são problemáticos, vou cita-los, para você entender quais são e o que tem de errado com eles.

1- ''recuaria em diagonal para trás, em um pulo enquanto projetava minhas mãos para defletir o ataque para baixo, recuando por cinco metros para reanalisar a aprender com os erros, para no próximo combo evita-los, e criar um ataque perfeccionista.''
Problema: Esse recuando por cinco metros foi um GodMode, você não pode determinar o quanto recua, quem faz isso é o narrador, nesse caso, poderia ter colocado da seguinte forma ''para defletir o ataque para baixo, enquanto tentava estabelecer alguns metros de distância entre nós''.

2- ''tentando rasgar desde o abdômen do meu inimigo, até pouco depois do tórax.''
Problema: Acredito que você quis dizer '''tentando rasgar desde o tórax do meu inimigo, até pouco depois do abdômen'', tendo em vista que era um corte descendente Xzibit

3- ''Começaria a série de ataques da esquerda para a direita, em um corte descendente e diagonal, para tentar rasgar desde a face esquerda do pescoço, até pouco abaixo do braço direito do oponente, fazendo o mesmo movimento no sentindo oposto logo depois, buscando escrever literalmente o X na carne do meu oponente, e eventualmente causar algum dano.''
Problema: Pelo jeito que você descreveu o corte vai ficar parecendo mais um (>) que um (X) Xzibit Principalmente por ter esse ''logo depois'' e não ter mencionado em nenhum momento que a lâmina retornaria para a posição original.

4- ''em um movimento para rolar para trás, mantendo a guarda e logo levantar com a guarda alta.''
Problema: Além de ter ficado um pouco confuso, não existe aquela ideia de tentativa, o que caracteriza GodMode.

5- ''esses bloqueios se resumiriam em defletir a lâmina abusando do teu ponto de equilíbrio e minimizando toda e qualquer velocidade que o velho poderia alcançar''
Problema: De acordo com as regras formais da língua portuguesa, o correto seria usar seu no lugar de teu, mas, recentemente, fiquei sabendo que usar teu nesse caso é regionalismo em alguns locais no sul do País, de toda forma, fica só um aviso e não uma repreensão.

6- ''afastando-me por cinco metros enquanto analisava suas ações, mantendo a guarda alta''
Problema: Mesmo erro e GodMode de um dos exemplos anteriores.

Por incrível que pareça, mesmo negando, achei seu post sensacional. Você considerou bem os movimentos que o inimigo poderia fazer, soube abusar bem da vantagem que escolheu, criou casos bons e detalhados de defesa para diversas situações e fez o mesmo com a parte ofensiva, foi realmente muito bom, tanto que, se não fosse pelos GodModes que mencionei, você teria derrotado o oponente nesse post e seria encaminhando para a finalização da mini, mas preferi atrasar um pouco a conclusão da mini-aventura com essa negação, assim você chega nas aventuras oficiais sem cometer nenhum erro. Espero que não fique triste com isso [Mini - Lyniel] Demon Ronin 3997999705 É só alterar as partes que mencionei e postar novamente, já que o post, em um aspecto geral, está ótimo.

____________________________________________________


[Mini - Lyniel] Demon Ronin ThWbVxC
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lyniel
Membro
Membro
Lyniel

Créditos : Zero
Warn : [Mini - Lyniel] Demon Ronin 10010
Data de inscrição : 17/04/2018

[Mini - Lyniel] Demon Ronin Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Lyniel] Demon Ronin   [Mini - Lyniel] Demon Ronin EmptySex 20 Abr 2018, 17:07

[Mini - Lyniel] Demon Ronin Recommended_966481_5443499
Não há mais o que fazer: Combate (何もすることはありません:戦闘)
 

'' Fogo e a água, o rubo de minhas costas entrava em contraste com aquela bela arma, tinha a honra de ser provavelmente o primeiro a sequer toca-la. Uma lâmina virgem que chegava a pedir para ser usada, sua lâmina prateada, pedia a ser enrubrecida. ''

 
Uma comunicação sem quaisquer palavras, o velho saia e voltava com algo nas mãos, coberto por um pano branco. Puxando o véu, uma katana de lâmina prateada, guarda azul e com detalhes em dourado, simplesmente belíssima, e se sua qualidade fosse tão grande quanto sua beleza, seria maravilhosa em combate. Ouvia o que o ferreiro tentava passar, entretanto não respondia, pelo fato de que não tinha o dom da fala. Antes de me retirar do local com a katana ainda em mãos, fazia um 'S' no ar, cortando-a no meio como se partisse um dragão em corte simétrico bilateral. Batizava-a sentindo o cheiro do metal passando a língua cuidadosamente perto do fio de corte, sendo que na ponta, deixava com que o fio rasgasse pouco o músculo, a ponta da arma era tingida pelo rubro que escorria pouco pelo corte feito. Guardando-a em sua bainha, de coloração vermelha, saindo pelo local, engolindo o sangue até que o corte fosse fechado e parasse de sangrar. Era um ritual com todas as armas que vinham em minhas mãos, de qualquer forma, estendia a mão direita ao vendedor, cumprimentando-o firme, saindo do local em seguida.
 
Andejava pelas ruas desérticas de Yakira Town, e minha busca se tornava cansativa, realmente não sabia para onde ir, não tinha inclusive nenhuma pista da onde meu alvo estaria, acabou que andar não havia sido uma estratégia inteligente. Racionalidade havia se tornado contestável em minha busca por vingança. Estava morto, e buscava transmitir essa morte para quem fora o responsável disto, como um justiceiro, ou algo do tipo. Mantinha minha respiração controlada, e sobre os intensos raios de sol, minha pele escorria suor, e como se aquilo me colocasse em transe, me deixei levar em passos automáticos, sem prestar atenção no que se seguia, e em meio aos passos perdidos, chocava-me com um velho que não deveria estar em seus melhores dias.
 
'' Outro espadachim? Não é muito bem o que procurava, mas não posso deixar ter meu ego afetado, não sou de levar desaforo pra casa. E se não puder vencer sobre aquele inimigo, como poderia concretizar o sentimento de vingança? Palavras por palavras, não valem de nada, são como um punhal falso, amedrontador por sua forma, mas incapaz de causar morte. ''
 
Dadas as pré-eliminares da luta, tomava o cuidado de analisar meu oponente, em detalhes que pareciam ser irrelevantes para qualquer combatente menos experiente: o pé de apoio que meu oponente utilizava, aonde concentrava seu peso, que seria definido principalmente pelo seu jeito de empunhar a lâmina, qual dos pés avançasse, tudo seria considerado; Sua postura frente ao combate, se estava com indícios de que atacaria ou se defenderia, agressividade excessiva não era algo inteligente para se usar contra um oponente desconhecido. Quando tivesse em mente, esses dois fatos - ao menos quando acreditasse saber - tocaria com a mão direita na bainha vermelha que guardava a lâmina que carinhosamente batizei por Ocean's Fire.
 
Tendo uma noção excepcional do tempo, esperaria algum ataque para bloquear-lo no ultimo momento, com um saque em um movimento de explosão para tentar abrir uma brecha para meu próximo golpe.
 
Manter a guarda e esperar, princípios de um bom espadachim que provavelmente decidiriam aquela luta, que havia se iniciado por motivos banais, e que se tornou em algo de vida ou morte. Minha posição se mantinha inabalável: O pé esquerdo como base, e o direito recuado. Meu tronco foi virado lateralmente a direita, causando uma pressão sobre meu abdômen, como uma mola foi submetido a deformação para uma maior força já no primeiro bloqueio, se este fosse acontecer. Esperava e contava, momento a momento, passada a passada, e em uma noção perfeita do tempo desembainhava a lâmina prateada, quando estivesse para ser acertado, seriam três ataques, após um único bloqueio em força, tentando desnortear meu oponente.

Se a intenção do meu oponente fosse desferir um corte vertical ou diagonal descendente, iniciaria o movimento de explosão, rotacionando meu quadril afim de causar maior força de impacto sobre a outra lâmina, no sentido oposto em um conflito entre armas, no qual deslizaria o fio de corte sobre a lâmina negra, para defletir seu ataque e criar uma curta brecha, mas que seria aproveitada ao máximo. Começaria a sequencia de golpes, voltando a lâmina ao sentido contrário qual estava - se estivesse a direita, moveria-a para a esquerda, se estivesse a minha esquerda, moveria-a para a direita - a altura do peito do meu adversário, enquanto avançava meus pés sobre o solo arenoso do local. Se o ataque fosse bloqueado ou esquivado não exitaria em continuar os golpes, manter a cadência de movimentos seria necessário para um abate perfeito. A sequencia se basearia em uma tentativa de estocada mirando a boca de seu estômago, enquanto avançava para realmente empurrar toda a lâmina, até o cabo contra o espadachim, se assim conseguisse, finalizaria o golpe em um corte em forma de meia lua contra a face frontal do pescoço, na região da traqueia, enquanto esperava com que o oponente sucumbisse aos ferimentos, mantinha sempre a guarda alta, para certificar-me de evitar levar golpes desnecessários, feitos por um homem a beira da morte.
  
Se o inimigo conseguisse bloquear meu primeiro golpe empurraria sua lâmina com toda a minha força mantendo meu músculos rígidos a fim de causar ainda mais impacto contra a lâmina adversária, continuando com dois golpes enquanto tentava forçar uma brecha. Tentaria desferir um golpe vertical de cima para a baixo, em simetria bilateral humana. Adequando-me para o próximo golpe movia minha lâmina até a altura do peitoral do espadachim enquanto realizava um corte da esquerda para a direita o mais profundo que conseguisse, seguindo com a tentativa de me afastar por alguns metros.
 
Caso meu oponente encontrasse uma brecha em meus movimentos, e investisse com uma estocada, indiferentemente em qual parte de meu corpo estivesse mirando, tentaria recuar em diagonal para trás esperando estabelecer alguns metros de distância entre nós, em um pulo enquanto projetava minha katana afim de defletir o ataque para baixo, e aprender com os erros, para no próximo combo evita-los e criar um ataque perfeccionista.
 
Caso o oponente conseguisse de alguma forma investir com um corte horizontal, acima do abdômen projetaria meu corpo para trás enquanto tentava recuar por alguns metros. Se os golpes continuassem tentaria manter-me afastado, tentando inclusive bloquear consecutivamente tudo o que fosse investido, esses bloqueios se resumiriam em defletir a lâmina abusando do seu ponto de equilíbrio e minimizando toda e qualquer velocidade que o velho poderia alcançar, afinal, tentaria projetar teu corpo para o lado em que o golpe fora defletido, para causar este efeito. Caso o oponente encontrasse formas para me atacar com um corte horizontal abaixo do abdômen pularia elevando minhas pernas enquanto pulava para trás, tentando afastar-me por alguns metros, enquanto analisava suas ações, mantendo a guarda alta, e naturalmente afastando-me enquanto o velho tentasse me atacar.
 
Caso tentasse cortes verticais, tentaria os defletir com cortes ascendentes em formato de lua, para criar um confronto entre lâminas e a repelir encontrando espaço para meus ataques posteriores, afastando-me inclusive. Caso o velho soubesse lutar também com socos, chutes, cotoveladas ou o que for, realizaria um bloqueio armado, colocando a lâmina com força e rigidez frente aos músculos, para além de bloquear, causar dor em meu oponente.
 
Se meus golpes fossem pesados, e julgados suficientes, olharia para o homem, deixando-o ali enquanto buscaria algum bar, guardando a espada na bainha. Um bar provavelmente seria pouco mais movimentado do que as ruas, e ali poderia alcançar informações para encontrar o meu alvo. Não esperava por revoltas populares, ou de autoridades, mas se ocorressem estaria pronto, para me entregar, ou lutar, se necessário.

____________________________________________________

[Mini - Lyniel] Demon Ronin DiiAFD4
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Meursault
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Meursault

Créditos : 4
Warn : [Mini - Lyniel] Demon Ronin 8010
Masculino Data de inscrição : 28/01/2018
Idade : 22
Localização : Loguetown - East Blue

[Mini - Lyniel] Demon Ronin Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Lyniel] Demon Ronin   [Mini - Lyniel] Demon Ronin EmptySab 21 Abr 2018, 03:00

Finalização
A arrogância vem antes da queda.


A batalha se iniciava de forma súbita, a situação se desenvolveu de forma tão rápida que era difícil não acreditar que fosse obra do destino, para qualquer um que observasse de fora, aquilo poderia parecer uma luta idiota, sem qualquer motivo válido, mas, para aqueles dois homens, se tratava de orgulho, algo necessário para qualquer guerreiro de respeito. Sem qualquer cerimônia ou honra, o andarilho de cabelos brancos manejava sua katana de lâmina negra, com a sua mão direita, desferindo um golpe logo depois de suas palavras, de forma quase desonesta, a lâmina buscava Lyniel em um corte diagonal, de cima para baixo, pela direita do espadachim, se acertasse, a katana rasgaria sua carne, atingindo primeiramente seu ombro direito e só parando após escapar na altura de sua cintura, pela esquerda.

Talvez, o golpe tivesse finalizado algum espadachim menos experiente, mas Lyniel já havia passado por muito mais batalhas do que gostaria. Aos olhos de qualquer espectador, aquela lâmina negra se movia com extrema rapidez, mas, para um homem que perdeu aquilo que mais amava por lâminas como essa, o movimento parecia ser muito mais devagar. Lyniel compreendia o ritmo daquele golpe e, com extrema velocidade e força, revelava a lâmina prateada, que, em um movimento ascendente, sobrepujava a lâmina negra, deixando a guarda de seu oponente aberta.

A oportunidade era mais do que perfeita para dar um fim a essa contenda, assim sendo, a mesma lâmina prateada fazia um movimento oposto ao realizado para bloquear o golpe, descendo violentamente em uma tentativa de atingir com ferocidade o tronco desprotegido do andarilho de cabelos alvos, com a maioria dos inimigos, seria o suficiente, mas aquele homem também devia ter passado por situações de vida ou morte como Lyniel, de forma que escapava do golpe ao dar um salto para trás, saindo do alcance do mesmo. Durante a esquiva, o homem conseguia recuperar o controle de sua lâmina, adotando uma postura ofensiva.

No melhor cenário possível, o ideal seria sufocar o andarilho com uma sequência de ataques, obrigando-o a se defender durante todo o tempo, mas, após recuperar a espada, o homem conseguia espaço para arriscar um golpe. A lâmina negra realizava um movimento horizontal, da esquerda para direita, quase rente ao chão, buscando Lyniel na altura dos calcanhares. Em um movimento veloz, o espadachim conseguia escapar do golpe, com um salto, a guarda de seu inimigo estava aberta novamente, pela última vez.

Sem hesitar, Lyniel fazia a ponta da sua lâmina penetrar no estômago do inimigo, ao colocar força, o espadachim podia sentir a arma perfurando a carne, sendo maculada com sangue pela segunda vez. O movimento se propagava até a lâmina ser impedida de avançar por sua guarda, que agora também tinha tons de carmesim. O corpo de Lyniel e do andarilho estavam colados, o homem tentava esboçar algumas palavras, mas o sangue em sua garganta não permitia tal luxo. Tosses fizeram o líquido rubro escapar, Lyniel era capaz de sentir a vida daquele ser se esvaindo, com mais velocidade a cada momento que se passava.

A luta havia acabado, a vida de seu inimigo também. O espadachim puxava sua arma do ventre do cadáver, fazendo o mesmo desabar nas areias de Yakira Town. O sangue do corpo era absorvido pelo solo, deixando um certo rubor como lembrança. Lyniel observava seu oponente caído, não demorou muito até um corvo aparecer e pousar perto da ferida fatal. Quando a adrenalina da batalha deixava seu corpo, o espadachim notava que um grupo de pessoas havia se aglomerado para assistir o combate, todas faziam um silêncio fúnebre naquele momento. Dentre o grupo, existiam uma mulher e uma criança, que teriam a mesma faixa etária de sua mulher e sua filha, se estivessem vivas, esse golpe doía mais que qualquer ferimento feito por uma lâmina.

Trilha sonora ♫



Dicas do Bjarkinho, seu amiguinho:
 

~FEEDBACK~

Visando uma maior qualidade nas orientações, a Staff gostaria de saber a opinião do que achou do orientador em que teve a responsabilidade de narrar. É uma pergunta básica que deve ser respondida com sinceridade, ajudando bastante a qualidade de orientação dos orientadores, afinal os mesmos saberão onde estão indo bem, pecando e assim melhorando gradativamente. Então a questão é a seguinte: "O orientador demonstrou um regular/bom/ótimo trabalho? Desde a parte de tirar dúvidas, as dicas, o carisma do orientador com você (principalmente a atenção que foi dada durante a mini-aventura), o desenrolar dela e por fim se reconheceu uma maior clareza do sistema narrativo."
Opinião:

____________________________________________________


[Mini - Lyniel] Demon Ronin ThWbVxC
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[Mini - Lyniel] Demon Ronin Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Lyniel] Demon Ronin   [Mini - Lyniel] Demon Ronin Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Mini - Lyniel] Demon Ronin
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: