One Piece RPG
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [MINI-DoflamingoPDC] A pantera negra da ilha montanhosa
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor Doflamingo pé de caximbo Hoje à(s) 12:27

» The Hero Rises!
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 12:25

» Meu nome é Mike Brigss
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor Shiro Hoje à(s) 12:19

» BOOH!
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 12:00

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor Licia Hoje à(s) 11:10

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor AoYume Hoje à(s) 11:08

» Cap.1 Deuses entre nós
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor Iruh Hoje à(s) 11:04

» Kenzö Tenma
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 10:50

» Cory Atom
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 10:43

» Kozuki Orochi
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 10:42

» Reisi
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 10:26

» [LB] O Florescer de Utopia III
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor Kekzy Hoje à(s) 08:36

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor Skÿller Hoje à(s) 07:22

» A inconsistência do Mágico
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 04:30

» Cap IX ~ Esperança ~
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 00:57

» MEU TOPICO
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor Makei Hoje à(s) 00:29

» [M.E.P][MINI-doflamingoPDC]-Busca por orientador
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor Makei Hoje à(s) 00:29

» ZORO
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor Makei Hoje à(s) 00:28

» Que tal um truque de mágica?
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor Veruir Hoje à(s) 00:20

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Emptypor Fukai Ontem à(s) 23:35



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3!

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Empty
MensagemAssunto: As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3!   As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! EmptyTer 17 Abr 2018, 14:58

As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Revolucionários Bartolomeo Khan e Sete. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aesop
Civil
Civil
Aesop

Créditos : Zero
Warn : As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! 3010
Masculino Data de inscrição : 14/06/2014
Idade : 20
Localização : São Paulo-SP

As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Empty
MensagemAssunto: Re: As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3!   As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! EmptyQua 18 Abr 2018, 16:40

Deixados para trás toda aquela selvageria e matagal, estávamos agora num reino. Não se deixe enganar pelas minhas palavras, eu realmente gostei de Kyanon Island, mas a diferença visual era gritante, e eu estava com saudades de ver seres humanos em comunidade. Esperava que aquela ilha tivesse isso, não somente humanoides com costumes diferentes dos meus. Pelo menos eu havia encontrado Sete por lá. Ele não era a pessoa mais expressiva do mundo, mas eu gostava dele, éramos uma boa dupla. – Sete, nós precisamos deixar a nossa marca nesse lugar também. – falei sob chicoteadas da minha franja.

Katto havia nos guiado até Ilusia, entretanto, eu não tinha certeza se ele ficaria por lá muito tempo, afinal, Moku havia dito que precisava dele lá na sua ilha natal. Entretanto, não sabia onde ficava a base revolucionária, onde eu poderia pegar a minha primeira missão. – Katto, você não precisa nos levar até a base, só nos diga onde ir. – entretanto, uma coisa veio a minha mente. Katto tinha uma grande patente, será que ele não poderia nos delegar uma missão por lá mesmo? Sem sequer manter isso em minha mente por um segundo, já tentei sanar minha dúvida – Ou então você poderia nos dar uma missão, não é?

Estava ansioso para ter o meu primeiro feito contra o Governo Mundial registrado no livro negro. Eu estava fora do castigo, mas como um filho inquieto, já estava indo contra os ideais de meus familiares. Provavelmente estariam decepcionados, mas o mundo não se resume apenas aos Khan. Procurava pisar em terra firme e começar a minha estadia em Ilusia Kingdom. Eu tinha alguns objetivos em mente, como implantar o meu pensamento na cidade, colocando os ideais revolucionários na mente dos cidadãos; mudar o meu visual, afinal, uma nova etapa merece uma nova aparência e, quem sabe, tentar encontrar alguns membros perdidos do meu clã por aí, afim de mandar uma mensagem para o meu papai.

Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sete
Revolucionário
Revolucionário
Sete

Créditos : Zero
Warn : As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! 3010
Data de inscrição : 05/02/2013

As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Empty
MensagemAssunto: Re: As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3!   As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! EmptySex 20 Abr 2018, 04:06

Uma nova aventura

Você já teve a sensação de que perdeu o controle sobre sua vida? Naquele momento eu sentia isso, e não se preocupe, não estava achando ruim. Sei que parece repetitivo mas quando era mais novo a minha vida não pertencia a mim. Quando finalmente me libertei das pessoas que me oprimiam, eu tentei ao máximo controlar minhas ações. Não queria regredir a liberdade que havia ganhado. E agora!? Estou aqui, deixando me levar sobre as linhas do destino.

Talvez isso seja a verdadeira liberdade que estava procurando. Muita coisa aconteceu desde que decidi dar meus próprios passos. Isso me empolgava, pois não estava esperando nada disso. Em apenas uma ilha eu participei de uma guerra, ajudei a salvar vidas, conheci uma ilha cheio de criaturas diferentes, entrei no exército revolucionário e o melhor de tudo, encontrei um amigo. Nos conhecíamos a pouco tempos, mas já tínhamos uma aventura juntos. Nesse período pude conhecer e ver uma semelhança, então não hesitei em segui-lo. Acredito que ele ainda tem bastante o que aprender, mas com toda certeza, ele mudara esse mundo.

Uma nova aventura estava se iniciando e eu queria saber se Bartolomeo estava tão empolgado quanto eu – Vamos lá!! Estou empolgado – diria a ele enquanto dava um pequeno pulo de felicidade. Queria deixar evidente o quão estava animado, e tinha certeza que ele também estaria. Só havia um problema: estávamos em um lugar completamente novo. O que isso queria dizer?! Não sabia o que tínhamos que fazer – O que faremos agora? – perguntaria a Bart enquanto olhava ao redor. Queria conhecer em volta, pelo menos ate onde minha vista alcançava.

Katto, o major que nos alistou no exército revolucionário ainda poderia estar ali. Esperaria incialmente alguma atitude de Bartolomeo. Provavelmente ele teria essa iniciativa. Ansiava por alguma missão, afinal, queria provar meu valor. Ainda pensava no que aconteceu no submarino, eles poderia estar com duvida sobre mim. E queria provar que estou na causa, que estou apostando minha vida para ajuda-los a mudar o mundo.

Histórico:
 

off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Legenda:
"Lembranças"
Fala


Voltar ao Topo Ir em baixo
King
Revolucionário
Revolucionário
King

Créditos : 2
Warn : As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! 10010
Masculino Data de inscrição : 13/09/2012
Idade : 18
Localização : Cisplatina

As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Empty
MensagemAssunto: Re: As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3!   As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! EmptySex 20 Abr 2018, 22:51

Bartolomeo e Sete


Seria mais um dia normal na pacata ilha de Ilusia Kingdom, se não fosse pela chegada da dupla revolucionária Bartolomeo e Sete, de um jeito não tão comum assim. Não fazia muito tempo, ambos estavam numa ilha que pouco lembrava a selvageria de Kyanon Island. – Ótimo! Já chegamos – O major Katto via pela luneta do submarino o horizonte que se formava conforme a distância diminuía.

Em questão de segundos, o submarino emergia por completo e atracava no porto mais próximo. Katto aproximou-se da dupla ao ouvir Bartolomeo chama-lo. – Hah! Essa determinação em seus olhos.... Eu também tinha quando era um novato. – Ele respondia amigavelmente, dava uma pequena pausa e continuava. – Acalme-se, ainda temos muito o que resolver na ilha. Não posso passar uma missão para vocês, ainda, mas posso adiantar o caminho para o reduto revolucionário nessa ilha. Procurem por um bar chamado Saint’s Drinks, fica próximo do QG da marinha. Entrando lá, falem diretamente com o dono e digam “Ohana”. O resto vocês ficarão sabendo no local. – Ele terminava, procurando algumas peças no interior do submarino, sem sucesso em encontra-las, voltava logo em seguida para falar com a dupla. – Vou precisar resolver algumas questões de logística antes de seguir em frente. Lembrem-se que essa é a última ilha do nosso Blue antes da Grand Line, há uma forte presença não só da marinha, mas do Governo Mundial por aqui. Tomem cuidado. – Ele se despedia com um aceno.

Katto dirigia-se ao interior do submarino. Quanto ao porto, a movimentação no local não era muito grande, estava quase vazio, com exceção de alguns poucos vendedores ambulantes que olhavam atônitos para a dupla que chegava no local.

OFF:
 

____________________________________________________

Narração

– Fala –

"Pensamento"

Título

Ouça a voz da Elise:
 



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aesop
Civil
Civil
Aesop

Créditos : Zero
Warn : As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! 3010
Masculino Data de inscrição : 14/06/2014
Idade : 20
Localização : São Paulo-SP

As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Empty
MensagemAssunto: Re: As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3!   As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! EmptySeg 23 Abr 2018, 15:43

A ansiedade mudava minha postura, e me deixava na sede de começar logo uma missão oficial do exército revolucionário. Katto vinha até Sete e eu, já com um comportamento completamente diferente do que ele estava tendo dentro do submarino enquanto estava nos testando. Agora ele tinha uma feição mais amigável e suas palavras não eram ásperas. Infelizmente ele não conseguiu nos dar uma missão, mas nos passou as instruções para os primeiros passos na ilha. Katto nos mandou procurar um tal de Saint's Drink e, assim que encontrarmos o dono, cumprimentá-lo com uma palavra em especial. – Você quem manda.

Ele voltou para o interior do submarino por alguns instantes. – Sete, você acha que eu deveria cortar o meu cabelo? – olhava para o garoto esperando sua opinião. Era somente um assunto avulso enquanto Katto procurava algumas coisas. Não demorou muito para que o mesmo voltasse a nós e nos alertasse sobre os perigos naquela ilha. Grande presença de marinheiros e agentes do governo. É disso que eu estava falando! Eu queria fazer algo relevante! Queria que o desespero do governo de ter seus interesses contrariados fosse materializado em um cartaz de procurado com o meu nome e retrato. – Cuidado é o meu nome do meio! – falei com malícia.

Então eu faria o que me fora mandado. Estava vestindo as minhas manoplas, e não pretendia tirá-las por enquanto. Aquilo serviria para mostrar que eu era um guerreiro, e talvez algumas pessoas me respeitassem mais por isto. – Sete, você tem alguma noção de onde fica o Quartel General? – perguntaria enquanto olhava para os lados, tentando captar com os olhos alguma coisa que me remetesse ao QG. Caso não conseguíssemos encontrar o lugar desejado com facilidade, cogitaria perguntar para alguém. – Licença. Você sabe me dizer onde fica o Saint's Drink? Uma bebida sempre é bem vinda, não é? Hahah. – eu sabia que a resposta da pessoa poderia ser a mais xucra possível, dizendo "perto do QG", então, neste caso, acrescentaria – Sim, eu sei que é perto do QG. Mas aonde fica o QG? Como eu faço pra chegar lá?

Assim que eu ou Sete conseguíssemos a informação, rumaria ao Saint's Drink, afim de encontrar a pessoa com quem eu deveria conversar. Me fora dito que eu deveria encontrar o dono da taverna, ou adega, ou seja lá o que fosse a Saint's Drink. Tentaria encontrar alguém que parecesse um empresário o algo do tipo, e, apoiando o meu cotovelo em algum lugar, olhando para os lados para ver se alguém prestava atenção, usaria a palavra mágica. – Ohana, por favor Erhem. - e esperaria algo acontecer, como ele nos levar para uma porta mágica. Se essa pessoa fizesse cara de desentendida, tentaria disfarçar. - As pessoas não sabem reconhecer uma boa companhia, eu hein.

- Sete, você tem alguma ideia de quem é o dono desse lugar? – perguntaria para meu parceiro caso eu não conseguisse obter êxito em minha tentativa. Assim que achássemos um novo candidato a dono do estabelecimento, me aproximaria para usar a palavra mágica e tentar entrar na célula revolucionária local.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Leo em Ter 24 Abr 2018, 14:58, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sete
Revolucionário
Revolucionário
Sete

Créditos : Zero
Warn : As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! 3010
Data de inscrição : 05/02/2013

As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Empty
MensagemAssunto: Re: As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3!   As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! EmptyTer 24 Abr 2018, 07:43

O perigo embaixo do nariz


Como esperado, Bartolomeo estava tão empolgado quanto eu, ou ate mais. Sendo assim não demorou ate ele perguntar ao Major sobre nossos próximos passos. Claramente ansiávamos por uma missão, mas teríamos que ter um pouco de paciência. Apesar de sua patente, ele não poderia nos dar uma missão ali. Tínhamos quer ir em um determinado local e falar um código. Esse local era chamado Saint’s Drinks, um bar que secretamente era um reduto revolucionário. Pelas instruções de Katto, esse bar ficava ao lado do Quartel General da marinha. Um situação engraçada e perigosa ao mesmo tempo.

Eu não sei opinar sobre isso – Diria á Bartolomeo referente a pergunta sobre seu cabelo. Minha atenção estava em procurar o QG, pois o bar estaria logo ao lado. Katto entrava novamente no submarino, e depois de alguns minutos voltava com mais algumas instruções. Ele disse que a ilha era perigosa para nós, algo que eu já suspeitava. Por fim, eu devolveria seu cumprimento, me despedindo enquanto ele seguia seu caminho. Agora estávamos por conta própria. A ilha era bem diferente da anterior, era uma selva só que de pedra.

Não faço ideia de onde seja, mas acredito que não vai ser difícil de encontrar - Diria a Bartolomeo enquanto olhava ao redor do porto. Colocaria a mão na altura das minhas sobrancelhas para proteger meus olhos do sol. Em seguida buscaria por algum prédio diferente, com coloração azul e branca. Além disso procuraria por marinheiros, eles sempre estão por perto.

Caso encontrasse o prédio, tomaria frente e puxaria Bartolomeo na mesma direção – Acheeei – Expressaria minha felicidade como alguém que tivesse achado um tesouro. Ao chegar mais perto, procuraria pelo bar, que pelas instruções estaria bem próximo. Caso Bart desse um jeito de encontrar, iria segui-lo observando o movimento ao redor. Apesar de ninguém saber que éramos revolucionários, um encontro com marinheiros ou algum agente seria bem desagradável. Principalmente devido a minha situação mal resolvida com o governo. Em todo caso, avisaria ao meu companheiro sobre minhas preocupações – Acho melhor não chamarmos atenção por enquanto, seria uma perda de tempo topar com algum marinheiro.

Assim que encontrássemos o bar, iria na direção do balcão – Olá! Por gentiliza, quem é o dono desse estabelecimento? – Caso fosse ele mesmo diria o código e aguardaria pela sua reação - Poderia me servir uma “Ohana”? – Tentaria camuflar a palavra, para não provocar os curiosos. Não me surpreenderia caso Bartolomeo gritasse a palavra secreta no meio de todos, colocaria ao mão no rosto e esperaria a reação em volta. Caso o chefe dali não estivesse no balcão pediria que o atendente nos levasse até ele – Diga para ele que Katto nos enviou, por favor – Talvez ele visse a importância da situação quando eu falasse o nome do Major.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Legenda:
"Lembranças"
Fala


Voltar ao Topo Ir em baixo
King
Revolucionário
Revolucionário
King

Créditos : 2
Warn : As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! 10010
Masculino Data de inscrição : 13/09/2012
Idade : 18
Localização : Cisplatina

As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Empty
MensagemAssunto: Re: As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3!   As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! EmptySab 28 Abr 2018, 12:32

Bartolomeo e Sete


A dupla terminava de despedir-se do major e, com ambos bem animados por conta do primeiro passo como revolucionários, seguiam em direção ao QG de Ilusia. Mas o problema estava ali... Em que diabo de lugar o QG ficava? Bartolomeo tomava a iniciativa e buscava por qualquer coisa que desse pista do Quartel General, mas não obtinha sucesso. A paisagem era uma cidade normal, e os prédios e construções que rodeavam a dupla não davam sinal algum do local. Decidiram optar pela opção mais óbvia, perguntar algum cidadão que cruzasse o caminho o local. – Hmm, é só seguir reto e virar a terceira direita! – Um velhinho simpático respondia, e logo voltava para sua caminhada.

Chegando a rua, podiam perceber que o único edifício que havia parecido com de uma taverna era o de Saint’s Drinks e, alguns metros dele, o imponente QG dos marinheiros. Dando continuidade, eles adentraram no bar, não muito movimentado, haviam algumas pessoas espalhadas pelas mesas espalhadas pelo local e alguns homens jogando sinuca. Novamente Bartolomeo tomava a iniciativa, ia de encontro com a pessoa que julgava mais próxima do perfil de dono do bar, se aproximou de um dos homens que estava jogando, vestido com um terno, e disse a palavra especial. – Hmm? – O homem arqueou uma das sobrancelhas, não entendendo bulhufas do que o jovem acabara de falar. Como resultado, errou a tacada que estava preparando, no exato momento que o loiro veio lhe fazer a pergunta, como resultado, os outros homens riram e o homem de terno murmurava algumas palavras de baixo calão como resultado de sua falha.

Era a vez de Sete agir, pensando de uma forma mais simples que seu parceiro, decidira perguntar diretamente para o barman. – Sim, é pra já chefe! – Um gordinho que estava limpando alguns copos respondia o revolucionário, ele se aproximava um pouco mais e sussurrava. – Me encontrem no andar de cima. – Se seguissem a ordem do homem, chegariam num local o pouco mais simples, porém o suficientemente discreto para continuarem a conversa. – Esse é o único reduto revolucionário na ilha, contando com vocês, temos no máximo uma meia dúzia atuando por aqui. Eu não faço parte do exército, sou apenas um simpatizante, porém concordei que usassem a parte de cima da minha loja como sede temporária. Sabe como é, poder ver a movimentação do QG é bem útil.... Mas vamos ao que interessa. Katto me mandou uma mensagem, quando vocês ainda estavam naquela ilha cheia de animais, de que havia uma grande produção de armas na Kurama Factory destinadas ao QG local, vocês dois precisam se infiltrar lá e dar um jeito de sumir com essas armas, de preferência trazendo algumas para cá. – O homem pausava, se aproximava da única janela do cômodo e depois voltava – Estamos entendidos? O quanto antes, melhor. –

Spoiler:
 

____________________________________________________

Narração

– Fala –

"Pensamento"

Título

Ouça a voz da Elise:
 



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aesop
Civil
Civil
Aesop

Créditos : Zero
Warn : As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! 3010
Masculino Data de inscrição : 14/06/2014
Idade : 20
Localização : São Paulo-SP

As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Empty
MensagemAssunto: Re: As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3!   As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! EmptyDom 29 Abr 2018, 12:14

Assim que demos o primeiro passo dentro da famosa Saint's Drink, procurei alguém que me parecesse um dono de estabelecimento. Eu não estava esperando por um pé rapado com barba mal feita, com vestes pobres e bêbado. Tirando algum possível preconceito, eu idealizei um homem bem vestido, com classe e elegância para ser o dono daquele local, afinal, o retorno financeiro deveria ser bastante positivo. Me aproximei do homem que jogava sinuca, e, assim que falei a senha, ele errou a tacada. Ergui a sobrancelha crente de que havia acertado somente pelo meu julgamento superficial, mas ele parecia não ter entendido nada. Ainda por cima, murmurou algumas coisas sob a risada dos amigos. – Você precisa praticar mais. – falei dando as costas e me unindo às risadas.

Sete era muito mais prático, ou talvez apressado. Ele foi direto no barman, que era um gordinho simpático. Ele nos atendeu como se fossemos mais um cliente, mas se aproximou e sussurrou para subirmos um andar. A situação era bastante misteriosa, mas não era nada que fugisse do padrão exército revolucionário de ser. Aprovei a ação de meu parceiro com um polegar para cima enquanto, sem chamar a atenção, subíamos para o lugar indicado. Meus olhos dourados estavam tentando detectar todo e qualquer movimento inesperado naquela taverna, a fim de nos precaver de alguma surpresa. Sem delongas, nos encontramos com o mesmo homem num compartimento simples.

Meia dúzia de revolucionários numa ilha dessa? – repeti indignado – Eles precisam mesmo da min-- da nossa ajuda, Sete. – comentei me vangloriando. A missão estava relacionada com a famosa Kurama Factory, que, sob mandato do QG, produzia armas e munições. Era uma missão clássica de roubar suprimentos e munições. Eu gostava daquilo, ainda que não fosse a minha praia, afinal, eu era mais um fã da dialética do que da porradaria. Será que haveria uma oportunidade de espalhar o ideal de liberdade para as pessoas que ali trabalhavam? Coçava meu queixo pelado pensando em como começaríamos a agir. – Se não for pedir demais, eu gostaria de conversar com outro revolucionário experiente aqui nesta ilha. Não acha muito arriscado nos dar uma missão dessas sem a presença de um superior?

Eu só queria alguém para dialogar e planejar o ataque à Kurama Factory. – Enfim, fazer isso sob a luz do Sol não é uma boa ideia. Eu vou cortar o meu cabelo, se vocês não se importam. – iria para a saída, enquanto, no meio do caminho, convidaria Sete – Se quiser vir, pode vir. Ou então pode dar a sua volta por aí. A gente pode se encontrar aqui mesmo depois das nove da noite. O que acha? – com ou sem Sete, iria explorar Ilusia Kingdom, em prol de saber onde ficava a fábrica, o Quartel, a distância entre eles e, para quebrar a monotonia da rotina de um revolucionário, procuraria algum barbeiro para mudar a minha aparência. Aquele cabelo estava me dando nos nervos!

Assim que encontrasse algum, faria o pedido. – Eu queria diminuir o comprimento, deixar um pouco mais leve, sabe? Pode repicar e deixar com bastante movimento, obrigado! – e assim esperaria que o cabelo ficasse.

Nova aparência:
 
Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sete
Revolucionário
Revolucionário
Sete

Créditos : Zero
Warn : As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! 3010
Data de inscrição : 05/02/2013

As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Empty
MensagemAssunto: Re: As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3!   As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! EmptyTer 01 Maio 2018, 23:14

Separar e procurar pistas


Após algumas tentativas falhas de Bartolomeo, eu resolvi agir. Sem mais delongas, fui rumo ao balcão e falei o código. O homem reconheceu e agiu disfarçadamente. Ele combinou de nos encontrar no andar de cima. Pela sua ação, ali não era tão seguro quanto eu estava esperando. Talvez ele estivesse com receio devido a localidade do bar. Era ao lado do quartel general da marinha, poderia ter tanto marinheiro, quanto agente infiltrado nas proximidades.

Ao subir, me deparei com um lugar mais simples, porém privado. Ao chegar o homem gordinho passou muitas informações, inclusive a missão que tanto almejava. Aquele bar era o único esconderijo revolucionário dali, e contava com poucos agentes. Um pouco preocupante, já que aquela era a ultima ilha antes do Farol. Será que os revolucionários não estavam tão preocupados com o West Blue?! Infelizmente não tinha essa informação, ainda. Além disso, o homem nos passou a missão. Segundo ele, Katto havia descoberto uma grande demanda de armas para o QG dali. Eu e Bartolomeo tínhamos que sabotar a loja. Até então parecia algo normal. Mas ....

Ainda tinha minhas suspeitas sobre tudo que estava acontecendo. Primeiro, por que katto não nos passou a missão no porto?! Supondo que ele não soubesse, ainda era estranho ele saber algo de outra ilha estando em Kyanon Island. Mesmo tendo “poucos revolucionários”, por que eles não estão atrás dessas armas?! Acredito que haja alguma importância uma demanda tão grande para o QG, eles poderiam estar armando alguma emboscada para cima nós. E por fim, como um homem que não se diz parte da revolução, tem acesso as informações da nossa missão!? Ou ele é alguém muito importante e confiável para os revolucionários, ou um impostor.

Bart era esperto, ele sacaria algo também. Mas o importante era não confrontar o homem ali, afinal ele estava em seu território. Tínhamos que sair normalmente e depois pensar em algo. Seguindo esse plano eu deixaria a conversa fluir, observando cada ação do homem. Quanto houvesse uma abertura falaria – Me desculpe, mas qual o seu nome mesmo? – Esperaria pela respostas e continuaria em seguida – Acho que já entendi a missão, vou me infiltrar imediatamente – Por fim, voltaria minha atenção a Bartolomeo e entregaria suas manoplas – Bart, seria bom não chegarmos juntos na loja, fique a vontade para fazer qualquer coisa antes de ir – Seguiria na direção da saída – Vamos mudar nosso ponto de encontro, para não chamar atenção para cá, que tal no porto?! - Esperaria pela resposta do meu companheiro e procuraria a saída do bar.

Assim que saísse do bar começaria a andar pela cidade, pensando em algum plano. Estava um pouco mal por deixar Bartolomeo de lado, mas eu sei que ele sabia se cuidar. Tendo em vista que ele íamos nos encontrar mais tarde, eu teria um pouco de tempo para fazer alguma coisa. Tentaria manter a calma, pois toda essa confusão poderia estar apenas na minha cabeça. Então para não parecer tão maluco eu tentaria achar respostas para minhas perguntas. Katto já poderia ter ido embora, e eu não tinha tanto tempo para voltar ao porto pra procura-lo. Sobre o homem do bar, ele ainda era suspeito, mas não poderia voltar lá. Alguém poderia estar observando. Acredito que só me restaria procurar por mais agentes na ilha. Mas onde eles poderia estar?! Acredito que tenho uma ideia. Procuraria por qualquer civil que estivesse próximo e perguntaria - Olá! Sou novo na cidade, sabe de algum lugar onde eu possa comprar alguma roupa?

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Legenda:
"Lembranças"
Fala


Voltar ao Topo Ir em baixo
King
Revolucionário
Revolucionário
King

Créditos : 2
Warn : As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! 10010
Masculino Data de inscrição : 13/09/2012
Idade : 18
Localização : Cisplatina

As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Empty
MensagemAssunto: Re: As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3!   As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! EmptySab 05 Maio 2018, 00:00

Bart e Sete

- S- sim, eu entendo que vocês tenham suas dúvidas. Me chamo Peter e, apesar do baixo número de revolucionários, eles são de patente Cabo para cima, não há com que se preocupar. Alguns deles estão infiltrados na Kurama Factory, enquanto outros estão espalhados pela cidade, prontos para causar uma distração grande o suficiente para que vocês dois consigam se livrar das armas. – O dono do bar percebia a reação que os dois jovens tiveram quando terminara de falar, tenha sido a surpresa boa ou ruim, era necessário esclarecer as dúvidas. – Se vão se encontrar aqui depois, ótimo. Creio que alguns dos revolucionários também passaram por aqui nesse mesmo horário, vocês conseguirão o restante das informações que precisam. Agora vão! – Com o diálogo terminado, os jovens retornavam a parte debaixo do bar e seguiam seu caminho pela cidade.

Bartolomeo teve sorte em sua empreitada, não muito longe do bar conseguira encontrar uma barbearia, com pouca movimentação no local. – HMMM, SINTO CHEIO DE UM NOVO CLIENTE – Um homem corpulento, alto e com denso bigode se aproximara do revolucionário loiro. – Então você quer dar uma diminuída? Sem problemas, são 10.000 berries! – Entusiasmado com o garoto, o homem começou rapidamente a cortar seu cabelo como desejado. Não levou muito tempo até ele finalizar seu trabalho. – Ficou bom patrão! Agora os berries, por favor. – Ele esperava o pagamento por parte de Bart.

Enquanto isso, Sete tinha outros planos, começaria a infiltração a partir daquele momento, porém também faria uma alteração em seu visual. Andando pelas ruas do reino, acabava trombando com um homem de meia-idade, que prontamente respondia sua pergunta. – No final da rua, última loja a direita. – Se seguisse as instruções, Sete encontraria o local e, se adentrasse, veria um balcão com duas vendedoras, uma jovem e outra já idosa. Não haviam outros clientes.

____________________________________________________

Narração

– Fala –

"Pensamento"

Título

Ouça a voz da Elise:
 



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Empty
MensagemAssunto: Re: As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3!   As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3! Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
As pedras raras da revolução! Bartolomeo e Sete contra a CP-3!
Voltar ao Topo 
Página 1 de 3Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Ilusia Kingdom-
Ir para: