One Piece RPG
[Mini-Eleven] - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Asger
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 20:40

» Samantha Evergreen
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 20:38

» Buki Bijin
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 20:33

» Rimuru Tempest
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 18:53

» Lotus Chô
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 18:49

» Gallore Strange
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 18:35

» Ling Tian
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 18:27

» Han Dom
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 18:11

» [Mini Aventura - Moryn] O Início
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor Moryn Hoje à(s) 18:10

» [Kit - Gyro Zeppeli] Blum vai pegar
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor Shiro Hoje à(s) 14:42

» Mini Zayel
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor Zayel Hoje à(s) 14:11

» [Mini - Inim] O errante
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor Visastre Hoje à(s) 13:37

» [Kit - Neferpitou - Hunter x Hunter] v2
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor Blum Hoje à(s) 10:51

» [MINI-JuninhoSiq1997] O Inicio
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor JuninhoSiq1997 Hoje à(s) 10:41

» Raksha Ragnarson
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 22:55

» [Mini - Van] Seguindo conselhos
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor Van Ontem à(s) 22:34

» Voltei, arrependido.
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:31

» [M.E.P] Inim
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor Khrono Ontem à(s) 21:19

» [MINI - Pepino, o Breve] Rascunho
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor Pepino, o Breve Ontem à(s) 19:40

» [MEP] Seguindo conselhos
[Mini-Eleven] - Página 2 Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 18:02



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [Mini-Eleven]

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Makei
Orientador
Orientador


Data de inscrição : 07/08/2017

[Mini-Eleven] - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Eleven]   [Mini-Eleven] - Página 2 EmptySex 20 Abr 2018, 21:41

Mini Aventura ~ Post 4
Combate






No meio da neve, apenas duas pessoas, quero dizer… Uma garota e um Urso se mantinham sobre o céu limpo próximos daquele barracão, as flechadas de nossa Protagonista havia tido uma pequena margem de erro o suficiente para fazê-la sentir o medo percorrer sobre o seu corpo. Com as pernas caídas sobre a gélida neve do chão, a garota se mantinha de joelhos diante do perigo que continuava a correr em sua direção… Diante de tudo aquilo, apenas lhe restava a escolha de se fingir de morta, quem sabe o vermelho de suas roupas eram o suficiente para enganá-lo e oferecer um ato de misericórdia, na sorte, vai que o mesmo era vegano ? Não ! A sorte não pode ser um fator decisivo para a vida e morte nesse caso, respirando fundo, com a sua mão direita trêmula passou pelos pequenos cristais de água embaixo de seus olhos, tinha obtido uma decisão em sua vida, a de lutar por ela ! Puxando uma das flechas da aljava em seu arco, a pressionou fortemente contra a corda, podendo sentir o contato gelado e a pressão sobre as suas bochechas antes de fazer novamente mais um exercício de inspiração e expiração, precisava de foco ! E era exatamente isso que a mesma buscava ao revisar totalmente os acontecidos de antes, nesse momento não havia margem para o erro, era apenas acertar ou acertar.

Fechando brevemente seus olhos para se concentrar totalmente, ao ponto de sentir a força que estava pressionando sobre suas mãos, os arredores, o vento sobre o seu rosto enquanto seus cabelos pareciam dançar sobre a agitação do momento lhe mostrando o caminho a seguir, parecida com uma cena de um filme, a garota se mostrava imóvel diante de seu inimigo iminente, o tempo passava devagar enquanto ela podia sentir tudo e a todos, seus batimentos acelerados podiam ser ouvidos baterem fortemente sobre o seu peito em busca de uma fuga para tudo aquilo, a decisão que caia sobre seus pequenos e leves dedos era enorme, já que tinha a vontade de mudar não apenas a si mas, o mundo inteiro a sua volta e não seria agora que o fim estaria a chegar, não ! Era irrefutável o desejo de não permitir ter um final trágico como esse, a aventura mal tinha começado… Como que ela já vai acabar ? Com sua atenção totalmente voltada para os seus sentidos, a sua percepção não poderia estar mais acurada que nunca, principalmente ao abrir seus lindos olhos de cor esmeralda, era como se tudo à sua volta pudesse ser visto em câmera lenta, enquanto a tela parecia girar sobre a sua volta, havia decidido em segundos o que fazer diante da criatura a sua frente, havia um plano ! E  aguardará até o momento correto para colocá-lo em ação, podendo sentir e ver cada animação que o mesmo fazia, havia a certeza que não erraria dessa vez, só existia a vitória a seguir diante dessa batalha ! Junto do clima gélido de Fernand Island, finalmente a garota soltava a sua flecha, era como se tivessem dado um pequeno “Zoom” em seus delicados dedos que soltavam suavemente a sua flecha em direção do urso, a mira ? Dessa vez um sua pata direita ! No momento que o mesmo fosse encostas sobre o chão, foi a decisão correta de ter a iniciativa *HIT !* Finalmente um acerto ! Porém a flecha não havia entrado o suficiente para prendê-lo, a neve era muito fofa para servir como algo, mas já era o suficiente para atrapalhar a movimentação do Urso que continuava de maneira estranha em sua direção ferozmente. Dando um salto para o lado esquerdo, desviando da investida do Grandalhão com um rolamento, sabia a o próximo passo a seguir e estava prestes a colocá-lo a ação ! Puxou rapidamente mais uma flecha em seu arco no momento que se levantou enquanto o mesmo se ajustava para a sua direção. O Pescoço ! Acertava novamente… Infelizmente não no local certo, o Urso havia sido um pouco mais rápido que o previsto e seu ataque acabou por acertar a parte superior de suas costas direita, não era um resultado ruim, pois agora sabia da dificuldade que o mesmo teria naquela região, no entanto não era o momento para pensar nisso, a investida do Urso continuava e ele já estava muito próximo !  Decidindo por dar uma patada com a pata esquerda em nossa Protagonista, coisa essa que ela já esperava, por isso agiu rápido ao se jogar para baixo do mesmo, entretanto o maldito era rápido e se virou imediatamente ao ver o perigo, forçando a Ellen recuar com um breve rolamento… Coisa essa impedida pelo maldito Urso Ninja que a acertou com um coice em sua direção, acertando diretamente sobre o arco, o trincando.

A luta havia tido uma pequena pausa, Eleven se encontrava ao chão após o coice tê-la levantado sobre o ar, podia sentir a neve sobre os seus dedos, enquanto a vista embaçar rapidamente, precisava se levantar logo, sabia que o Urso não deixaria aquilo barato, pois a criatura se encontrava extremamente furiosa após os ataques da jovem… O Único problema era que seu arco já não estava em perfeitas condições, podia perceber se forçasse ele mais um pouco iria quebrar e nesse momento apenas havia três coisas a sua volta… Neve, flechas e a sua adaga !


”X1 ?!”:
 

Legenda:
 
Dicas e Orientação !:
 


Última edição por Makei em Sab 21 Abr 2018, 00:44, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eleven
Membro
Membro
Eleven

Créditos : 6
Warn : [Mini-Eleven] - Página 2 10010
Data de inscrição : 15/04/2018

[Mini-Eleven] - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Eleven]   [Mini-Eleven] - Página 2 EmptySex 20 Abr 2018, 23:34

Tentava se levantar do chão, mas tombava para trás, tentando se apoiar na neve, fazendo seus pés escorregarem ainda mais. Sentia a cabeça rodando e a visão desfocada. "Maldito urso! Argh!" Piscava com força, tentando fazer aquela sensação de impotência e perigo desaparecer o mais rápido possível! Tinha um animal enfurecido diante de si, enquanto isso, por causa de uma trombada havia sido jogada longe e estava desse jeito. A mercê do destino. Detestava isso, de verdade. A incapacidade de controlar seu próprio corpo era agoniante. Lutava contra suas próprias limitações, impulsionando seu corpo para cima, quase pendendo para o lado devido a tontura enquanto escutava um nítido 'crack' do seu arco. Finalmente percebia que o mesmo estava em seus últimos suspiros. "Acho que não vou conseguir devolver esse arco de volta para aquele rapaz..." Olhava para o urso vindo em sua direção e dava um sorriso irônico. "Isso se eu sobreviv- Não! Isso depois eu pago pra ele!"

- PODE VIR, SEU URSO GORDO!! ESTÚPIDO!! Vociferava contra o animal em carga na sua direção. O pior de tudo é que ele estava apenas se defendendo. Se fossemos rebobinar o tempo e olhar a sequência de eventos, descobriríamos que na verdade Ellen que havia atirado a primeira flecha. Mas nada que devêssemos avisá-la neste momento, certo? O risco de estar entre a vida e a morte talvez fosse o suficiente para acordar as coisas mais profundas em seu interior e trazer uma coragem desconhecida. Contava o tempo enquanto o urso se aproximava. A tontura e o borramento visual se esvaiam progressivamente. Era tempo de agir e salvar a própria vida, pois não tinha mais com quem contar. Sacava novamente uma flecha, puxando o arco até quando seus rangidos estalassem em seu ouvido e a fizesse lembrar que estava à beira do precipício.

Dessa vez não tinha mais possibilidades para erro. O urso estava com a pata direita alvejado por uma flecha, e claudicava por conta de um outro acerto em seu dorso. Precisava se aproveitar dessa fraqueza! "Avançar como uma lança através de exércitos e barreiras para destruir o general!" Lembrava de algo que seu pai dizia. A melhor tática era a mais simples e útil brutalidade direta. Se tinha força suficiente para fazer isso, porque não? Defender atacando! Sem hesitar mais, tentava calcular o trajeto do urso e quando o mesmo fosse colocar sua pata direita no chão - a anteriormente alvejada - provavelmente teria dificuldades em ter reflexos adequados com a mesma por conta da lesão ou da dor. No momento que esta pata fosse tocar a neve, lançaria uma flecha mirada na região de seu olho direito. Caso acertasse, quem sabe, atravessasse o osso do crânio e chegasse até o cérebro, encerrando essa luta sem sentido. Mas a expectativa era que o urso conseguisse se mover para alguma direção, o que faria ele mudar completamente a direção para escapar da flecha ou então a flecha acertar algum dos lados do mesmo.

Aproveitaria esse momento chave, o qual ela estava esperando, para dar o último disparo com o arco. Dessa vez mirava para acabar aquela luta de uma vez por todas. Observaria cada reação mínima do urso. A força que expressava na neve, os movimentos das patas, do tronco, para onde balançava, sua velocidade. Tentaria juntar todas as variáveis possíveis para prever para onde o seu inimigo estaria se movimentando imediatamente após a primeira flecha sair do arco. Imediatamente sacaria a segunda flecha, puxando o arco até o limite, ignorando os barulhos do arco. Aquele seria o disparo da verdade, que separaria a vida da morte! "Meu Deus, eu não acredito em você! Mas se você existir, me ajuda só dessa vez que eu prometo orar toda noite!!" Deixaria a flecha ir na direção do urso, mirando na cabeça do mesmo - de forma que mesmo se errasse, ainda haveria a chance de acertar o tronco do animal - e ignoraria o que restasse do arco, deixando ele cair no chão sem hesitar. Abaixaria, pegando um punhado de neve na mão esquerda, com a direita, sacaria a adaga que foi emprestada pelo mesmo caçador de antes.

Fugir? Há! Hora de... - ATACAAAAR!! Corria na direção do urso sem pensar na própria segurança! Se hesitasse, seria seu fim! Precisava aproveitar o momento criado, fosse por ter conseguido acertar o urso com sucesso, ou por ter feito-o trocar de direção, tropeçar ou cair no chão! Qualquer coisa estava valendo! - AHHHHHHH!! Seu grito agudo ressoava pelo campo nevado. Quando estivesse chegando próxima do urso, lançaria a neve da mão esquerda na direção dos olhos do urso, tentando cegá-lo, nem que fosse por um único momento. Ignoraria seus músculos distendidos, seus tendões dilacerados, a cabeça aérea ou o ar que nem sabia que ainda estava prendendo! Saltaria para o lado direito do urso, onde já havia acertado pelo menos duas vezes, e empunhando a adaga em mãos, tentaria utilizar a força do seu salto para trás para fincar a adaga no olho direito do bichano. Caso nada disso fosse possível, no salto para o lado, tentaria fincar a adaga na lateral do urso e se afastaria imediatamente, se lançando ainda mais para a direita, na neve mesmo, tentando escapar de algum ataque sem mesmo ver o que acontecia.

Caso o urso avançasse sobre ela em corrida, faria um movimento para a esquerda do urso, em uma finta, e então no último momento possível saltaria para a direita, tentando ficar a adaga na cabeça, pescoço ou tronco do urso. Caso tentasse atacar ela com uma patada, saltaria para dentro da guarda do urso, na direção da mandíbula dele, e abaixaria com toda a força para escapar de uma possível mordida, indo com a adaga de baixo para cima tentar ficar na parte de baixo do pescoço. Qualquer outro ataque teria que ser contrariado com um salto para o lado oposto, para o mais longe que conseguisse, rolando na neve e levantando apesar de lesões, injúrias, confusões ou dores. Afinal, ainda tinha um objetivo a ser alcançado. Tinha um mundo para mudar, e não podia parar por ali. A jornada continuava!

Caso finalmente conseguisse abater o animal, escalaria o mesmo, levantando os braços doloridos para o céu, fecharia os olhos por um momento, sentindo o ar gelado entrando em seus pulmões mostrando que ainda estava viva! Deitaria por alguns momentos nas costas do urso, sentindo o frio permear por todo o seu corpo e quando seu coração parasse de bater a mil por hora, recolheria a adaga e o arco, retornando para a loja de caça do rapaz. Torcendo que ele estivesse ali, e a loja ainda estivesse aberta. Encontrando-o, com a adrenalina ainda correndo em seu corpo, havia acabado de enfrentar uma situação de vida ou morte, então o que era passar um pouco de vergonha. - E-então... Desculpe, mas o urso quebrou o arco... Olharia para baixo, envergonhada por devolver a arma danificada, sua fala sempre baixa e hesitante. Mas continuaria. - O-o corpo do urso está logo ali na saída da vila, é só recolher! Espero que seja o suficiente para pagar o arco e o favor! Obrigada! Faria uma reverência desajeitada e sairia da loja antes que ele tivesse a oportunidade de falar algo. Quem sabe fosse uma dívida? Era melhor sair da ilha o quanto antes!! Navios! Navios! Onde vocês estão quando se precisa deles??


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Makei
Orientador
Orientador
Makei

Créditos : 32
Warn : [Mini-Eleven] - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 07/08/2017
Idade : 23

[Mini-Eleven] - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Eleven]   [Mini-Eleven] - Página 2 EmptySab 21 Abr 2018, 03:32

Mini Aventura ~ Post 5
Combate






Entre o desespero e a euforia, as únicas coisas que lhe restavam era a neve sobre as suas costas, um arco quebrado e algumas flechas… Por sorte poderíamos contar a Adaga nessa lista… Era desesperador a maneira de pensar que estava literalmente à beira da morte diante da criatura, havia iniciado isso, talvez se tivesse apenas se mantido calada e nunca o atacado estaria agora em sua casa tomando um café quente, mas não… Ellen estava a lutar contra o seu destino, não aceitava aquela conclusão, a vida não poderia ser tão injusta assim ! - PODE VIR, SEU URSO GORDO!! ESTÚPIDO!! - Berrava ao estar de pé em direção do Urso, precisava arranjar forças para se manter de pé no meio de tudo aquilo, as coisas não eram tão simples mas, ela continuaria a tentar abrir suas portas de qualquer maneira, sentia a necessidade e o desejo de superar os seus desafios e esse era apenas mais um de tantos que viriam sobre o seu olhar.

Puxando novamente uma flecha sobre o seu arco, pode ouvir o estalar das dores, sentia as últimas forças de sua companheira, havia passado tão pouco tempo… Tudo que importava nesse instante era viver ! E isso a garota faria de tudo para concluir, sem chance ao azar ela não hesitaria em colocar um fim a pobre criatura, soltando sua flecha a mesma poderia senti-la travejar o olho do Urso, o único problema era que o dano havia sido muito leve ! Talvez o motivo disso fosse que o Arco não tinha mais as capacidades suficientes para continuar… Para a infelicidade de nossa protagonista, ele ainda continuava a vir em sua direção enquanto grunhiu de dor, era uma cena lamentável de se ver… Ao mesmo tempo magnífica, afinal, era uma luta pela sobrevivência ! Tentou novamente mais uma flechada, esperava terminar aqui e agora, mas a vida não era justa ! Não era fácil ! Infelizmente o arco se mostrou ineficaz em sua segunda tentativa, a força da flecha era ridícula o suficiente para fazê-la descartar a sua companheira sem hesitação sobre o chão.

Se preparando brevemente para o combate de sua vida, se abaixou para pegar um pequeno punhado de neve em uma de suas mãos e a outra com a adaga que havia pego com o Caçador - ATACAAAAR!! Gritava ao mesmo tempo que corria diretamente em linha reta para o Grandalhão, era sua última chance… Não havia sentido em apenas se fingir e sonhar que alguém a salvasse por sua sorte, precisava conquistar isso com as próprias mãos ! O lado direito do urso estava totalmente danificado, e precisava abusar disso- AHHHHHHH!! - Seus sentimentos eram totalmente transmitidos diante daquela cena, sua euforia, tristeza, sonhos, felicidade e desespero… Tudo estava ali, era a sua tacada final. Jogando a neve sobre os olhos do Urso para aproveitar de sua locomoção, fez uma pequena finta para aproveitar da situação ao se colocar mais ao lado direito… Havia pagado um pequeno preço por isso, uma patada era direcionado a garota no momento que o animal havia ficado cego, era o instinto dele e a mesma poderia sentir a sua unha adentrar de leve sobre a parte de cima de sua barriga, por sorte não havia sido fundo o suficiente e agora era o momento perfeito para colocar mais dano sobre ele, cravou sua adaga rapidamente antes de retirá-la e recuar de leve, podia sentir o fim se aproximar, finalmente as coisas estavam acabando ! No entanto não havia tido o golpe final e isso viria a ser decidido nesse instante ! O Urso Polar não desistiu e avançou com uma grande patada para cima de nossa Protagonista, coisa que ela já esperava ao fazer uma ação realmente fora do comum, decidiu por ir em direção exatamente do mesmo, havia encarado o combate direto de frente, se jogando rapidamente ao chão com extrema força após adentrar de sua guarda, era o golpe final ! Sentia ao colocar a adaga sobre a parte inferior da mandíbula do animal, o sangue pode escorrer ao ponto de cair um pouco sobre o seu rosto, a manchando de leve.

Era o fim… Finalmente tudo aquilo havia acabado, o animal vinha por sucumbir ao seu peso, por sorte nossa protagonista havia se retirado rapidamente de baixo do mesmo, imagine a situação que seria morrer logo após isso esmagada ? Subindo em cima do animal, apenas os seus gritos internos de vitória poderia ser ouvidos por seus ouvidos diante daquele ar gélido, não havia sensação melhor que estar viva após uma batalha como essa. Sem mais nem menos, apenas a escuridão parecia lhe abraçar diante de tudo aquilo antes de tudo apagar.

Abrindo seus olhos, pode sentir o cansaço da manhã novamente enquanto as luzes do sol se refletiam sobre o seu rosto, era o aviso do alvorecer de mais um dia ! Pássaros cantavam enquanto um clima quente e acolhedor lhe conquistava junto do cheiro fresco de madeira e a maresia do mar. - Ellen ! Mais quanto tempo você vai continuar dormindo ? Venha logo para o convés ! Alguém gritou, a confusão poderia se alastrar um pouco sobre a pequena garota antes de perceber que tudo que havia vivenciado ali não era nada mais que o início de sua grande aventura sobre esse gigante mar que nos abençoa.


Legenda:
 
Dicas e Orientação !:
 
Código:
[justify]Visando uma maior qualidade nas orientações, a Staff gostaria de saber a opinião do que achou do orientador em que teve a responsabilidade de narrar. É uma pergunta básica que deve ser respondida com sinceridade, ajudando bastante a qualidade de orientação dos orientadores, afinal os mesmos saberão onde estão indo bem, pecando e assim melhorando gradativamente. Então a questão é a seguinte: "O orientador demonstrou um regular/bom/ótimo trabalho? Desde a parte de tirar dúvidas, as dicas, o carisma do orientador com você (principalmente a atenção que foi dada durante a mini-aventura), o desenrolar dela e por fim se reconheceu uma maior clareza do sistema narrativo."[/justify]
[b]Opinião:[/b]

____________________________________________________


[Mini-Eleven] - Página 2 Ren1 [Mini-Eleven] - Página 2 Ezgif-com-gif-maker-2
        Ficha       ~ ~        Aventura


~> Fala <~
~> Pensamento <~


Medalhas:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eleven
Membro
Membro
Eleven

Créditos : 6
Warn : [Mini-Eleven] - Página 2 10010
Data de inscrição : 15/04/2018

[Mini-Eleven] - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Eleven]   [Mini-Eleven] - Página 2 EmptySab 21 Abr 2018, 07:18

Um solavanco a acordava em um susto repentino. Abria os olhos meio confusa por não saber ao certo onde estava. Tentava olhar para os lados mas uma cena incomumente familiar fazia sua visão falhar e os olhos cerrarem. Colocava a mão diante dos olhos, deixando os raios do Sol passarem pelas frestas dos dedos o que a permitia se acostumar um pouco com a claridade. Esboçava um sorriso contente ao escutar a voz que a chamava, enquanto suas lembranças divagavam em um cenário nostálgico. Um mundo em branco em que suas roupas vermelhas brilhavam como um farol. Levava as mãos ao rosto enquanto erguia o corpo dolorido de uma noite mal dormida. "Já tem tanto tempo assim?..." Suspirava, sem saber ao certo porque essa memória tão distante havia emergido em um sonho neste momento.

Quer dizer, na verdade sabia. Estavam se preparando para uma batalha importante em que o seu destino provavelmente seria desenhado conforme o resultado. Se vencesse, a glória eterna - certa de que seu nome seria guardado para as gerações futuras. Se perdesse, se não fosse encarcerada e torturada pelo resto da vida, o resultado seria a morte. "Tudo é um ciclo! Aquele pobre urso polar iniciou minha jornada... E agora, talvez ela acabe?" Dava de ombros, estava confiante que todas as preparações possíveis haviam sido realizadas e o resultado só dependeria deles mesmos. Se levantava da cama, se espreguiçaria e abriria a porta, deixando a luz brilhante ofuscar a sua visão mais uma vez. Via algumas sombras no convés, já que a claridade a impedia de enxergar corretamente - aqueles companheiros de vida ou morte que a acompanharam e salvaram sua vida mais de uma vez. Esse era o momento que todos estavam esperando. Dava um sorriso simples e empático, enquanto sua voz ecoava pelo barco. - Estou pronta.


Spoiler:
 

____________________________________________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Makei
Orientador
Orientador
Makei

Créditos : 32
Warn : [Mini-Eleven] - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 07/08/2017
Idade : 23

[Mini-Eleven] - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Eleven]   [Mini-Eleven] - Página 2 EmptySab 21 Abr 2018, 07:44

~Mini-Aventura ENCERRADA~


Observações:
- É um grande orgulho e prazer de ter tido você como o meu primeiro Orientado, então não vou mentir que tive um carinho maior, principalmente ao ver que sempre o que eu colocava era respondido no post da melhor forma possível com a sua narração. Por mim você tem um nível de narração muito, mas muito bom mesmo e com isso provavelmente que tenha um grande futuro por aqui no fórum. Já te passei a dica de procurar um grupo ou alguma função para se manter "Preso" aqui e te aconselho novamente, pois é complicado se manter solo ou sem muito contato com as pessoas, por isso busque o Discord do One Piece, crie contatos com o pessoal e tals, sempre que precisar de ajuda é só vir me chamar~~ Se quiser a oportunidade, até te aconselho a quem sabe se arriscar sobre os confins do Estagiário Narrador Xzibit  Bom... No mais é isso, estou esperando bastante de ti ! Espero nos encontrar novamente, dessa vez pelos mares da GL !

O que fazer agora que terminei minha Mini-Aventura?
- 1º passo: Agora que encerrou sua mini-aventura basta criar a sua ficha na Criação de Personagens usando o Modelo de Ficha.
- 2º passo: Corra e crie sua aventura. Onde? Há um tópico chamado Crie sua Aventura, lembre-se de que você somente pode criar uma aventura se sua ficha for aprovada e dentro do limite de pedidos de criação de aventura pendentes. Caso haja alguma pendência espere alguém aprovar a aventura anterior, para postar a sua.
- 3º passo: Aventura aceita? Então procure um narrador, onde? Em T.N.D crie um tópico para solicitar seu narrador, e aguarde o ADM responsável pela área escolher um narrador para você.
- AH! Leia as regras para que você não venha a tomar punições.
- Lembre-se você tem 30 dias para pedir os 6 créditos da conclusão da mini-aventura neste link.

____________________________________________________


[Mini-Eleven] - Página 2 Ren1 [Mini-Eleven] - Página 2 Ezgif-com-gif-maker-2
        Ficha       ~ ~        Aventura


~> Fala <~
~> Pensamento <~


Medalhas:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[Mini-Eleven] - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Eleven]   [Mini-Eleven] - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Mini-Eleven]
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: