One Piece RPG
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» As Raízes do Vigilante Lucífugo
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor Kekzy Hoje à(s) 18:29

» Meu nome é Mike Brigss
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor Shiro Hoje à(s) 17:46

» 1º Tale - Where the Earth Meets the Sky
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 16:50

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor Kekzy Hoje à(s) 16:32

» Os 12 Escolhidos, O Filme
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor Ceji Hoje à(s) 16:14

» Kit - Ceji
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor Ceji Hoje à(s) 15:23

» [ficha] Arthur D.
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 15:15

» Mini-Aventura
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor Makei Hoje à(s) 14:25

» [Mini-Aventura] A volta para casa
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 12:40

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 12:34

» Mini-Aventura
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor Makei Hoje à(s) 12:29

» Art. 4 - Rejected by the heavens
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 12:04

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 11:06

» [Mini-Azarado] Um falastrão beberrento
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 10:58

» Jade Blair
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor Kylo Hoje à(s) 03:42

» Seasons: Road to New World
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 02:26

» The Victory Promise
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor Akise Hoje à(s) 00:33

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor Fukai Hoje à(s) 00:27

» Kit Phil Magestic
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 22:25

» 10º Capítulo - Parabellum!
Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Emptypor Marciano Ontem à(s) 22:12



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Dragonslayer - O olho perdido

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Dragonslayer - O olho perdido   Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 EmptyDom 08 Abr 2018, 15:26

Relembrando a primeira mensagem :

Dragonslayer - O olho perdido

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Julian D'Capri. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
jonyorlando
Sargento
Sargento


Data de inscrição : 15/04/2016

Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragonslayer - O olho perdido   Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 EmptyQua 18 Abr 2018, 19:04

A adaga em meu ombro não poderia ser retirada, ela estaria estancando o sangramento, se eu a retirasse isso provavelmente iria piorar, mas eu não tentaria pagar para ver, eu respiraria fundo e tentaria me concentrar mais e deveria sair logo dali, os homens de Draco provavelmente já saberiam de minha existência, o que eu deveria fazer antes de sair correndo seria eliminar aquele homem.

Eu correria mais uma vez para cima do homem, dessa vez saltando e preparando um corte vertical para acertá-lo no ombro, caso eu acertasse eu abriria uma ferida no ombro do homem e continuaria meu ataque, eu, após acertar seu ombro, tentaria pular para trás e então fincar meus pés na terra usando todo o chão que conseguisse para me dar impulso, se assim conseguisse eu tentaria avançar em alta velocidade contra ele, para tentar sacar minha katana de forma rápida na horizontal e tentar acertar um corte no abdômen do homem.
Se ele esquivasse eu giraria meu corpo para tentar acertar suas pernas, visando dificultar sua mobilidade, se assim acertasse eu tentaria avançar contra o gatuno mais uma vez para tentar acertar um corte mortal em seu tórax, caso este fosse esquivado eu soltaria minha espada e tentaria a pegar num angulo de 90 graus, para tentar perfurar o peito do homem com a ponta da espada, caso meu ataque fosse bloqueado eu usaria minha força para tentar arremessar o gatuno para longe, se assim conseguisse eu avançaria contra este enquanto ele não estivesse no solo e ao chegar eu estaria correndo em sua direção com minha espada preparada para tentar realizar uma estocada em seu peito, o atravessando.
Caso errasse suas pernas eu recuaria, para tentar prevenir que o homem me acertasse, para assim eu não levar dano desnecessário, e ao fazer isso eu manteria meus olhos no homem, adotando uma posição mais defensiva, se ele lançasse suas adagas contra mim eu as rebateria com minha espada, se ele viesse a avançar contra mim eu avançaria contra ele, mas não para tentar o acertar e sim para tentar passar por ele ficando novamente em suas costas, se ele pulasse eu daria uma rasteira passando por debaixo dele, se ele lançasse uma adaga na minha direção enquanto estivesse no ar eu a acertaria com minha katana, a lançando para longe, assim que conseguisse ficar de frente ele novamente eu rapidamente me moveria para sua lateral, já que eu imaginaria que ele estaria esperando meu ataque nas costas, mas não pela lateral, então dessa forma eu tentaria cortar a lateral de seu abdômen ou perfurar suas costelas.

Se ele defendesse meu corte eu forçaria ainda mais meu corpo contra ele, fazendo com que ele tivesse que usar mais força ainda para me manter longe, se assim ele fizesse, eu dessa vez eu não tentaria girar meu corpo, mas sim me afastar dele, fazendo com que ele abrisse seus braços, mas eu já estaria esperando isso, sem tentar perder a oportunidade eu avançaria contra o homem e com uma estocada perfuraria seu coração.
Caso ele rapidamente voltasse com sua defesa eu pularia por cima dele usando seu ombro como apoio e mudando a posição de pegar na minha espada, a segurando de cabeça-pra-baixo, a usando para acertar as costas do homem e as perfurar, fazendo a ponta sair pelo peito.
Caso ele esquivasse da estocada eu então passaria reto por ele, enquanto jogaria minha espada para minha outra mão para o atacar com esta perfurando seu abdômen, ou pelo menos realizar um corte mais profundo em seu peito.

Caso o gatuno tentasse arrancar a adaga do meu ombro eu rapidamente tentaria esquivar de sua mão, se possível eu a cortaria.

OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran B. Air
Pirata
Pirata
Fran B. Air

Créditos : 32
Warn : Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 24
Localização : The Wonderful Land

Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragonslayer - O olho perdido   Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 EmptySex 20 Abr 2018, 18:54



Chegam Os Homens De Draco! Situação Desesperadora!


Julian não recuava perante o perigo, simplesmente ignorava a dor e ainda com uma adaga encravada no ombro, partia para cima daquele pirata, sempre centrado em seu objetivo de acabar com aquela luta, ele continuava seguindo em frente sempre tentando derrotar o inimigo, Julian então se movimentava para trás, pegando um pouco de distância em relação ao pirata, depois, antes mesmo que o gatuno tivesse alguma reação, Julian mudava seu rumo e em um rápido impulso saia correndo  na direção daquele mal feitor, assim que se aproximava, tentava um corte vertical atingindo o ombro do homem que em um movimento mais rápido ainda dava um passo para o lado e se esquivava, fazendo com que Julian errasse.

O espadachim então dava um giro com sua katana em punhos, o gatuno já se preparava para defender, mas não esperava que o espadachim estivesse focando suas pernas, Julian causa um corte profundo na perna direita. Quase que no reflexo, o gatuno corta de raspão as costas de Julian, causando um dano superficial, era então que Julian, frio e calculista como sempre, sem demonstrar nenhum sentimento, apenas a piedade básica de não brincar com seus inimigos os machucando sem motivo tentava acertar seu tórax, o gatuno já tinha perdido bastante sangue e parecia desestabilizado devido ao ultimo ataque recebido em sua perna, ele percebe que não conseguirá sair do caminho e se esquivar, então tenta desviar o golpe de Julian com sua adaga, era um momento decisivo para ambos, ele consegue de algum jeito desviar o golpe.

Era um embate acirrado, mas Julian continuava forçando, ele aproxima a espada novamente focando o mesmo lugar, o homem já se preparava para defender, entretanto antes que desse o golpe, Julian solta a espada no ar para posicioná-la melhor e finaliza seu adversário ao dar uma estocada no peito do homem, ele era completamente atravessado. O pirata solta suas adagas que eram enfincadas no chão, ele tremia e fazia barulho como se estivesse sendo sufocado, engasgando no próprio sangue, um pequeno filete do mesmo desce pelo seu rosto saindo de sua boca, então ele simplesmente fecha os olhos, para de se mexer e fica quieto, seu corpo cai para trás de costas no chão.

A luz que passava por entre as poucas frestas que as árvores deixavam já era pouca devido ao clima nublado com a neve caindo dos céus, o frio no lugar era grande, Julian percebia que estava começando a anoitecer e ele estava cheio de ferimentos. Antes que conseguisse dar um jeito nas coisas, escuta a voz de homens vindo de não muito longe da floresta, uma delas foi bem clara, parecia ser o homem que Julian havia se deparado antes pelo contexto -É POR AQUI! TENHO CERTEZA DE QUE ELES ESTÃO POR AQUI!

Julian poderia mesmo ferido tentar enfrentar o que talvez fossem mais um ou dois homens ou talvez um bando enorme de piratas, cabia a ele decidir o que fazer agora, retomar forças para continuar sua investida, fugir e nunca mais voltar ou tentar encarar aqueles piratas que poderiam chegar a qualquer momento e acabar com qualquer coisa que o espadachim estivesse planejando fazer naquele momento como derrotar Draco e salvar os filhos das pessoas que ele queria ajudar.

OFF:
 

Ferimentos:
 

Elizabeth:
 

Valter:
 

Ferreiro:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, consistência é o segredo! Só vai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
jonyorlando
Sargento
Sargento
jonyorlando

Créditos : 11
Warn : Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 20
Localização : Grand Line - 2º rota - Ilha Aracne

Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragonslayer - O olho perdido   Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 EmptySex 20 Abr 2018, 19:42

Suspiraria bem cansado, mesmo que quisesse eu sabia que não podia continuar minha luta, eu não teria tempo de fazer muita coisa, eu pegaria o corpo do homem e o jogaria na água, mas antes eu pegaria seu sobretudo, iria ser necessário para continuar meu plano, após o fazer eu jogaria o corpo do pirata na água e correria para longe mata a dentro, para o mais longe e tranquilo que pudesse, se achasse um local com um pouco de água por perto seria bem melhor, se não achasse eu procuraria plantas que tivessem capacidade de armazenar água, mas caso eu viesse a encontrar o local com água eu sentaria próximo de onde a água era proveniente e tentaria lavar minhas feridas, como meu sobretudo estaria rasgado devido a luta eu procuraria o desfazer em pedaços, caso meu sobretudo ainda estivesse inteiro o que eu iria desfazer seria o do gatuno, para poder enxugar minhas feridas e tentaria fazer uma bandagem improvisada com aqueles pedaços de pano, tentando os amarrar em meu corpo visando estancar os ferimentos, se assim conseguisse eu descansaria um pouco, enquanto guardaria a adaga (que eu retiraria do meu ombro para tentar limpar a ferida) e limparia ambas, ela e minha espada, eu ficaria bebendo da água que encontrasse e tentando pegar frutas comestíveis, após descansar pelo menos durante uma ou duas horas, caso conseguisse seguir com meu corpo antes desse tempo eu partiria novamente para minha missão, procurar o esconderijo de Draco.

Minhas dores seriam constantes, mas eu tentaria ao máximo as ignorar, no combate eu procurei não demonstrar emoções só por causa do que meu mestre me falou uma vez...
"A maior fraqueza de um homem aparece em seu rosto, por isso antes de lutar com uma arma de metal, usarás uma de madeira, e aprenderá a não demonstrar dor, tristeza ou felicidade, apenas quando estiver fora de combate tens a escolha, dentro dele, não."
Eu ficaria um pouco triste ao lembrar de meu mestre, mas seus ensinamentos teriam sido de bom uso e eu procuraria os usar em minhas missões, mesmo assim foi difícil os controlar durante uma batalha de verdade, principalmente a dor, eu deveria continuar daquela forma, contendo minhas feiões e sentimentos, mantendo sempre o olhar sereno e expressão séria, eu estaria cansado, mas não podia me deixar cair, apesar de querer deitar em uma cama para dormir eu deveria focar na missão, eu me forçaria a continuar andando até descobrir como estaria agora a disposição dos homens de Draco, provavelmente com o boato de que há um intruso sua tripulação ficaria afoita e mais alerta, agora eu não mais conseguiria entrar no local com mais facilidade, eu deveria procurar o homem da rapieira, como ele foi o único que me viu e está vivo eu deveria o matar logo, caso não ele poderia me reconhecer e estragaria minha discrição, mas o meu foco de alvo agora seria achar algum dos homens só, caso não encontrasse me focaria no principal, achar o esconderijo de Draco, eu tentaria usar o máximo de descrição possível, se chegasse a descobrir o local eu o observaria para mapear sua movimentação, e enquanto o observaria tentando permanecer oculto eu procuraria descansar o máximo possível

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran B. Air
Pirata
Pirata
Fran B. Air

Créditos : 32
Warn : Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 24
Localização : The Wonderful Land

Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragonslayer - O olho perdido   Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 EmptyDom 22 Abr 2018, 11:10



Alto Risco! Dragões São Realmente Perigosos?



Exausto da batalha que havia ocorrido, ainda sem fôlego Julian escutava os supostos piratas de Draco se aproximando, nesse momento, ele toma a sábia decisão de se esconder e descansar um pouco antes de continuar com a luta que estava vindo pela frente. Julian pensa em pegar o corpo do homem que acabara de derrotar e jogar na água, mas dando uma olhada para os lados, percebe que o rio estava muito afastado e não daria tempo de carregar o corpo até lá para se livrar dele e atrasar os piratas que vinham atrás dele que teriam que ficar procurando seu amigo.

Como sua ideia inicial não seria possível, Julian se contenta em pegar o sobretudo negro que o homem usava e saia correndo para a mata, nisso, ele vai em direção ao rio e acha uma pequena vala que estava apenas a lama onde o solo se elevava um pouco a beira do rio, ele se senta lá e fica torcendo para que não seja encontrado já que não tentou apagar nenhum rastro, apenas correu contando com a sorte de não ser percebido. E realmente, para sua sorte, a princípio Julian não foi percebido, conseguiu se esconder sem que vejam seu vulto entre as várias plantas na floresta, lá estava ele à beira do rio aguardando para saber se seria capturado por sabe-se lá quantas pessoas naquele lugar infame.

Julian quer tratar se seus ferimentos e faz bem pensando nisso, ele retira a adaga que estava enfincada em seu corpo, no que faz isso, muito sangue começa a sair do local de uma só vez, mas começa a cessar aos poucos, o espadachim até fica um pouco tonto levando em conta os danos que havia sofrido mais essa perca repentina de sangue, mesmo assim, não desmaia. O guerreiro continuava focado em seu objetivo de acabar com os planos de Draco, então não pararia por ali, queria continuar mesmo ferido. Pretendendo fazer ataduras, ele começa a comparar suas vestes com as que havia pegado do inimigo, ambas estavam em um estado deplorável e sujas, então Julian opta por usar a que pegou do gatuno mesmo, lava a roupa, seus ferimentos, a adaga e sua katana na água do rio, bebe um pouco de água e então faz usa retalhos do sobretudo para utilizar de bandagens, fica de uma maneira tão rústica que as bandagens seguravam o sangue, mas não eram o bastante para dar um jeito em suas feridas, levando em conta que o espadachim ainda não tem conhecimento o bastante em primeiros socorros.

É possível escutar ao fundo na floresta homens passando e conversando, não dá para escutar nenhuma conversa, Julian fica lá escondido por algum tempo, até que ouve passos mais próximos e sons de plantas sendo movidas, provavelmente para abrir caminho, então duas vozes firmes e confiantes são escutadas vindo logo acima dele, se as pessoas que conversavam andassem um pouco para frente ou pulassem na vala, encontrariam Julian na hora, a mesma voz de antes era ouvida - O que você acha? Parece que ele fugiu. - outro homem responde rapidamente, sua voz era mais grossa, imponente e confiante que a outra - É provável, se ao menos Maico estivesse aqui, ele é ótimo em rastrear pessoas, mas está nas montanhas caçando, me pergunto o que esse espadachim fazia aqui... Não importa, vamos voltar, ele deve ter ido em bora, só é uma pena termos perdido Hércules assim. - Julian estava apreensivo escondido quando os homens começavam a se afastar e o primeiro homem a falar dizia - Muito bem Capitão Draco, vamos ficar mais espertos quando estivermos andando na floresta, não seremos mais tão descuidados, está escurecendo, vamos voltar. -

O espadachim que ainda recuperava seu fôlego da recente batalha contra um só homem da tripulação de Draco provavelmente não acreditaria de cara no que havia escutado, todas aquelas pessoas realmente eram de sua tripulação e o próprio Draco em pessoa estava ali, sair do esconderijo agora muito provavelmente seria algo totalmente imprudente e suicida afinal Julian não tinha ideia de quantos homens haviam e o quão fortes eram, sem falar que o capitão deles que em tese seria mais forte que os outros estava lá. Estava começando a escurecer, tanto que era possível ver luzes vindo do que muito provavelmente seriam tochas acesas pelos homens de Draco para andarem tranquilamente na floresta escura. Tudo estava nas mãos de Julian, talvez nunca mais tivesse uma oportunidade dessas, um ataque arriscado e suicida era possível, mas talvez fosse melhor o espadachim continuar escondido, averiguar o esconderijo e depois decidir sua melhor atitude, tudo estava novamente nas mão de Julian, uma boa ou péssima escolha pode ser a diferença entre seu sucesso ou sua morte certa.

OFF:
 

Ferimentos:
 

Elizabeth:
 

Valter:
 

Ferreiro:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, consistência é o segredo! Só vai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
jonyorlando
Sargento
Sargento
jonyorlando

Créditos : 11
Warn : Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 20
Localização : Grand Line - 2º rota - Ilha Aracne

Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragonslayer - O olho perdido   Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 EmptyDom 22 Abr 2018, 13:26

Continuaria tentando me manter calmo, mesmo que a situação fosse ruim ela poderia piorar com uma decisão errada, eu poderia tentar ir atrás de Maico, mas seria um erro, já deveriam te-lo avisado de minha existência, a única forma de vencer seria se eu continuasse pela floresta, Draco havia ficado muito perto de mim e isso significaria que ele está querendo me abater ou me capturar, não importa, não poderia perder tempo pensando nisso e sim em sobreviver.

Eu esperaria até não ouvir mais nada, até somente o barulho natural da floresta voltar, quando este voltasse eu saberia que poderia me mexer, mas ainda sim tomaria cuidado, ao fazer, ali naquele mesmo lugar eu procuraria frutas comestíveis, e também plantas medicinais, que ajudassem em minhas feridas, se as encontrasse eu tentaria fazer outros curativos usando-as como pomadas, se não encontrasse eu continuaria minha preparação e tentaria encontrar plantas venenosas, que pudesse passar o veneno na lâmina de minha espada, ou mistura-lo na água, e se possível eu procuraria e tentaria coletar cocos, não para comer, e sim para os utilizar de uma outra forma, se os encontrasse ficaria feliz e seguiria para uma parte importante do plano, primeiro faria furos neles e então tomaria sua água primeiro, depois eu os encheria com água, caso tivesse as plantas venenosas eu colocaria seu veneno dentro do coco, junto da água, e faria um corte envolta do coco, não para o cortar, mas para o danificar suficientemente para ele se tornar frágil, se assim conseguisse fazer levaria alguns comigo, caso não houvesse nenhum coco por perto eu teria que seguir meu plano sem uma das partes, pela floresta eu silenciosamente iria a procura do esconderijo dos piratas de Draco, se o encontrasse eu rondaria cuidadosamente o local, para saber seu funcionamento e a disposição dos homens, caso não o encontrasse ou não conseguisse chegar perto o suficiente para o observar eu deveria adiantar uma das etapas de meu plano.

Eu procuraria homens que estivessem mais isolados ou em menos números, visando encontrar principalmente duplas, caso não achasse eu deveria então me preparar, eu deixaria um coco que não estivesse cortado perto da estrada, neste coco teria água e também o veneno das plantas (caso não tivesse encontrado as plantas venenosas eu só levaria o coco comigo), e esperaria os homens ficarem mais "distraídos", por exemplo ir tirar água do joelho, caso eu achasse algum homem distraído desta forma eu o atacaria sorrateiramente, caso não achasse nenhum homem desta forma eu procuraria um grupo mais isolado e menos numeroso, caso achasse eu jogaria um dos cocos danificados para cima na direção deles, assim que o fizesse esperaria o coco estar em cima do grupo e pularia na direção do coco e o cortaria (se eu tivesse encontrado as plantas venenosas esse coco teria veneno nele), quando ele fosse cortado a água cairia em cima dos homens desta forma apagando suas tochas e prejudicando sua visão eu aproveitaria esta oportunidade e tentaria abater os homens da forma que conseguisse.

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran B. Air
Pirata
Pirata
Fran B. Air

Créditos : 32
Warn : Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 24
Localização : The Wonderful Land

Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragonslayer - O olho perdido   Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 EmptyTer 24 Abr 2018, 13:04



Plano Maluco? Se Inicia Uma Nova Batalha!


O espadachim era esperto em se manter escondido, poderia ser muito arriscado sair e tentar enfrentar sabe se lá quantos homens Draco tinha trazido consigo, o melhor provavelmente era se esconder mesmo. Ele manteve a calma diante da situação desesperadora apenas aguardando para ver o que faria, nesse tempo, Julian olhava para os lados procurando por qualquer fruta comestível, mas não encontrava nada na beira do rio, aquela floresta não parecia ser das melhores para achar algo assim, era mais do que óbvio que Draco capturaria ou mataria qualquer um que se opusesse contra ele, ao menos, Julian tinha notado isso com facilidade.

Depois de aguardar algum tempo, não parecia ter nenhuma pessoa na região além de Julian, tudo estava no mais perfeito silêncio, desconsiderando os poucos pássaros como corujas que piavam e a correnteza do rio, Julian estava naquele lugar gelado sentado e ainda cansado de sua última luta, mas não podia ficar ali para sempre. Ele decide seguir com seu plano de invadir o esconderijo de Draco e acabar com tudo, se apoiando em uma raiz a beira do rio, sai da vala em que estava se escondendo e começa a andar, Julian procura por frutas comestíveis, veneno e ervas medicinais, mas apesar de saber que é possível encontrar algo assim em uma floresta dessas, nada encontra, apenas plantas sem valor nenhum na situação em que ele estava.

O jovem que vagava no escuro da floresta arquiteta um jeito de derrotar pelo menos alguns dos homens de Draco, decide então usar um coco para surpreendê-los, parte rumo à praia que é o local mais provável de encontrar o que procurava, sem problemas além da densa mata da qual teve alguma dificuldade de passar, ele chega à praia que estava completamente tomada pela neve, Julian avista alguns coqueiros e no chão estavam alguns cocos caídos. Ele pega no chão alguns cocos caídos, Julian então os fura com sua katana, erra em alguns, mas tinha muitos para praticar, no primeiro que dava certo, o espadachim o preenche com água.

Então ele sai da praia e segue pelo caminho indicado por Elizabeth, não demora muito para encontrar altos muros feitos de tocos grossos de árvores com as pontas afiadas nos topos, entrar lá parecia ser um problema, mas era possível escutar vozes lá dentro de pessoas festejando e por dentro, embora Julian não tivesse visão do que acontecia, ele podia ver que era bastante iluminado, começa a circundar o lugar, era de certa forma grande, um grande acampamento, antes que pudesse encontrar a entrada, avistava um homem vigiando, provavelmente era um guarda pela posição, ele segurava uma tocha, era então que Julian tentava fazer o que havia planejado, em um rápido movimento arremessa o coco na direção dos homens e então o corta em dois, o que Julian não esperava era que errasse o alvo, o coco não foi exatamente na direção do homem, então com o corte, a água caía no chão e antes que Julian pudesse fazer qualquer coisa, o homem grita já sacando uma espada.

-MALDITO! QUEM É VOCÊ?

O homem estava espantado, mas não aprecia que ele fugiria para chamar reforços, muito provavelmente ele queria acabar com tudo ali, esse acampamento era bem maior do que Julian esperava e será que as forças de Draco acabam por ali? Se tem algo que o espadachim determinado não tinha eram informações, uma coisa que poderia ser crucial se quisesse acabar com o plano de Draco, mas derrotar o inimigo à sua frente antes que as coisas desandem de novo era crucial e o mais rápido possível, à qualquer momento ele pode abandonar o combate e correr para pedir reforços.

OFF:
 


Ferimentos:
 

Elizabeth:
 

Valter:
 

Ferreiro:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, consistência é o segredo! Só vai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
jonyorlando
Sargento
Sargento
jonyorlando

Créditos : 11
Warn : Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 20
Localização : Grand Line - 2º rota - Ilha Aracne

Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragonslayer - O olho perdido   Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 EmptyTer 24 Abr 2018, 14:39

Eu não acreditaria no que acabara de acontecer, o plano havia sido tão bem bolado, eu ficaria desapontado comigo mesmo, eu sacaria minha espada e sem falar nada correria contra o homem o mais rápido possível, visando cortar a tocha que ele tinha em mãos, caso conseguisse eu então agora me concentraria em finalizar meu inimigo, eu outra vez avançaria contra ele e procuraria acertar a ponta de sua espada visando a desestabilizar para que o meu oponente tivesse que se concentrar em segurar sua espada melhor e se focar na defesa, ou então derrubar a espada de suas mãos, eu tentaria o atingir de todas as formas possíveis, cortes baixos, visando acertar as pernas, se assim acerta-se ele poderia perder mobilidade, cortes altos, tentando acertar seus braços, que caso fossem golpeados provavelmente fariam com que ele perdesse força, assim prejudicando tanto sua defesa quanto seu ataque, estocadas tentando acertar seu peito e cortes rápidos, tentando acertar suas costelas ou abdômen, caso nenhum de meus ataques funcionasse ou nem o acertassem eu deveria manter minha posição e tentar bloquear qualquer rota de fuga possível enquanto faria isso eu esperaria seus ataques para os defender com minha espada, se houvesse alguma queda ou alguma ladeira perto de onde estivéssemos eu tentaria o guiar para lá durante nossa luta, e se ele abrisse alguma brecha eu avançaria contra ele, não visando o atacar, mas sim aparar seu golpe, para que com isso eu pudesse forçar seu corpo para trás tentando fazer ele cair ladeira abaixo ou em queda livre, mas mesmo que eu conseguisse o empurrar eu manteria minha guarda alta, já que se o homem quisesse me agarrar para fazer com que eu fosse junto dele, eu pudesse esquivar de sua agarrada.
Se eu não conseguisse acertar a tocha que o homem segurava eu teria que manter mais distância, já que ele provavelmente tentaria usar a tocha como arma, se ela viesse a pegar em mim eu realmente teria sérios problemas, por isso eu tentaria manter a melhor distância possível, e caso eu visse uma brecha eu tentaria tirar a tocha de suas mãos, sendo a derrubando ou a destruindo, e eu tentaria o máximo danificar suas pernas, para impedir que ele fugisse.
Enquanto lutássemos eu falaria:
- Eu fiz uma promessa, um juramento, uma missão de proteger todas as vidas que pudesse, esse foi meu juramento após sair da faculdade... E eu agora estou matando pessoas, eu faço isso para proteger outros, mesmo que isso seja contra meu juramento eu devo curar pessoas, e a doença que estou vendo se chama Draco e suas bactérias, que ele chama de tripulação!
Eu manteria meus rosto frio e calmo durante a batalha e tentaria acabar com aquela luta o mais rápido que pudesse e levando o mínimo de dano possível.
OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Última edição por jonyorlando em Sex 27 Abr 2018, 16:59, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran B. Air
Pirata
Pirata
Fran B. Air

Créditos : 32
Warn : Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 24
Localização : The Wonderful Land

Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragonslayer - O olho perdido   Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 EmptySex 27 Abr 2018, 02:06



Luta Acirrada! Uma Reviravolta Acontece!


Julian estava decepcionado com seu fracasso, mas também sabe que às vezes nem tudo funciona como planejado, o espadachim saca sua espada e investe contra o homem de Draco com o mais profundo silencio durante o movimento, talvez tentando desestabilizar ou confundir o adversário com sua frieza, o importante é que Julian faria de tudo para vencer e realizar seus objetivos, seus ferimentos do ultimo combate ainda estavam frescos e ardiam um pouco, ainda mais com a sensação de frio do lugar, sendo praticamente a única fonte de luz no lugar, além de alguns vaga-lumes que começavam a zanzar por ai, afinal o céu estava nublado e sem a luz vinda das estrelas e refletida na Lua.

O jovem espadachim agora de perto conseguia ver claramente com quem estava lidando, era um homem até que de certa idade, talvez quarenta ou cinquenta anos, tinha uma barba cheia, usava uma camisa branca e uma bandana preta. Julian se aproximava do homem que segurava a tocha e começava tentando a acertar com sua espada, mas o homem percebe que Julian não tentava o acertar e simplesmente tira a tocha da frente, no que o jovem espadachim erra o ataque na tocha inimiga, o velho simplesmente desce sua lâmina no peito do rapaz que consegue em um rápido movimento voltar com sua espada que havia usado para tentar deixar seu inimigo nas cegas, bloqueando o ataque e assim evitando um golpe que poderia ser crítico e acabado com o jovem, enquanto estavam em uma disputa de forças, sendo que o homem tinha vantagem por estar em uma posição mais favorável, ele falava.

-Você está maluco? Quer nos deixar sem iluminação? Eu vou te matar garoto insolente! -

O espadachim que percebia sua desvantagem então se afastava do homem dando um salto para trás, ficava lá o encarando imaginando o que faria a seguir, estava com medo de se que o homem de Draco usasse a tocha como arma e o queimasse de uma maneira nem um pouco honrada, assim causando uma enorme desvantagem no decorrer da luta. Enquanto Julian pensava, o homem de meia-idade coloca a tocha em uma árvore que tinha alguns galhos que formavam um encaixe quase que perfeito e dizia dando um sorriso.

- Draco colocou sua cabeça a prêmio, não posso ficar brincando, com certeza conquistarei a liberdade de minha família sequestrada por ele, agora você vai ver seu insolente. -

O homem que antes segurava sua tocha ficava com uma expressão mais séria, começava a segurar a espada com duas mãos como se tivesse muito à perder caso não conseguisse fazer nada contra Julian. O homem escuta a fala de Julian e fica surpreso com aquilo, aparentemente ele se comove levemente com suas palavras, aquela pessoa em nenhum momento até agora tinha fraquejado, mas algo nas palavras do médico havia o tocado o fazendo tremer diante daquilo.

- Então somos todos vítimas aqui, mas não posso arriscar perder minha família de maneira alguma! -

Uma lágrima descia saindo do olho esquerdo daquele homem, agora Julian estava em uma encruzilhada, nem toda luta necessariamente deve ser vencida à base de força bruta e talvez essa fosse uma daquelas que podem seguir outro rumo, era óbvio que com as palavras certas Julian poderia convencer o guerreiro que no caso parecia ser mais uma vítima do que qualquer outra coisa naquele momento e diante da situação. Se o homem estava sujeito ou não à mudar suas atitudes, dependeria do que ocorresse naquele momento.

OFF:
 


Ferimentos:
 

Elizabeth:
 

Valter:
 

Ferreiro:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, consistência é o segredo! Só vai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
jonyorlando
Sargento
Sargento
jonyorlando

Créditos : 11
Warn : Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 20
Localização : Grand Line - 2º rota - Ilha Aracne

Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragonslayer - O olho perdido   Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 EmptySex 27 Abr 2018, 16:55

Eu suspiraria, não de surpresa, mas de alívio, poderia pelo menos descansar mais minha espada, poderia polpar uma vida, já havia me perguntado se haveria algum membro da tripulação de Draco ali a força, recebi minha resposta.
Abaixaria o gume de minha espada, apontando ela para o chão, mas não a largando, apenas relaxaria um pouco meu braço.
-Eu não vou lutar com você então, se és inocente de tal crime não deves pagar pelo mesmo. Eu vim aqui para libertar essas pessoas, fui contratado por outra família, que foi afetada, assim como você, seus anos de experiência falam mais alto que qualquer outra coisa no senhor então eu devo dizer que lutar contra você é uma tremenda bobagem, ao invés de perder, gostaria de ganhar um pouco de sua experiência, gostaria de saber como ajudar as pessoas que aqui tanto sofrem, como resgatar as pessoas que faltam em suas famílias, gostaria de curar a doença da saudade.
Ao terminar de falar eu embainharia minha espada e olharia para o senhor a minha frente.
-O senhor pode temer perder toda sua família e eu concordo com o senhor, eu também teria medo, seus entes estão em risco, sua vida está em risco, ninguém diria que você é fraco por desacreditar de mim e querer me atacar voltando ao seu plano original, mas peço que pense que muitos nessa ilha também tem o mesmo em jogo, quem sabe quantas famílias estão sem um parente ou quantos parentes estão sem família? Mas que mesmo assim alguns acreditaram em mim, acreditaram que eu pudesse os ajudar, a cada segundo que perdemos aqui eu poderia gastar tentando entrar nesse local para salvar esses entes de tantos, eu quero apenas ajudar os moradores de Karate Island a descansarem melhor a noite, sem precisar de remédios ou sem ter pesadelos durante o sono, poderem dormir com um sorriso, sabendo que estão seguros dentro de casa, sei como uma pessoa pode fazer falta na vida de alguém e é por isso que aceitei vir, e mesmo que perca minha vida me recuso a cair sem antes cumprir a promessa que fiz de levar essas pessoas que estão aqui em segurança para casa.

Ao que falaria isso, daria um passo a frente e com o punho fechado o colocaria a frente e com um olhar sério e motivado diria:
-Gostaria de saber se irá me ajudar ou impedir?
Caso o homem aceitasse me ajudar, diria com um sorriso:
-Meu nome é Julian, muito prazer senhor.
Caso ele perguntasse qual seria meu plano, diria:
-Primeiro tirar os reféns e depois lidar com Draco, não tenho informações suficientes para isso, não sei onde ficam os reféns e nem quem é Draco, mas o que eu realmente quero saber é se há mais pessoas como o senhor, tripulantes que estão com ele por medo de perder a família.
Se a resposta fosse positiva:
-Gostaria que eles me ajudassem, todos, precisamos de uma distração, para poder libertar todos, tens como comunicar eles para mim?
Se fosse negativa:
-Então continuarei meu plano, por favor senhor diga tudo que pode, e gostaria se saber algo extra, o tal de Maico, voltará em quanto tempo? Pois se voltar enquanto o plano acontece, tudo irá por água abaixo, ele pode ser uma pedra no sapato.
Caso ele recusasse e mostrasse sinais de começar uma luta eu sacaria minha espada e avançaria contra o homem, mas se ele já estivesse vindo em minha direção eu procuraria pular para ganhar distância e então poderia sacar minha espada e avançar contra ele, tentando acertar seu abdômen com um corte rápido, caso não conseguisse acertar o golpe por conta da defesa ou esquiva do homem, tentaria pular por cima dele e acertar seu ombro com minha espada e então recuaria, esperando seus próximos movimentos, caso ele avançasse, tentaria usar minha agilidade para passar entre suas pernas e acertar suas costas com um corte vertical, mas caso ele mostrasse uma posição mais defensiva, eu avançaria contra ele e simularia um golpe falso, um corte horizontal na altura de seu peito, se ele acreditasse e tentasse defender eu aproveitaria sua guarda aberta para outro golpe e realizaria um corte diagonal em seu peito.
OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Última edição por jonyorlando em Dom 29 Abr 2018, 11:45, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran B. Air
Pirata
Pirata
Fran B. Air

Créditos : 32
Warn : Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 24
Localização : The Wonderful Land

Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragonslayer - O olho perdido   Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 EmptyDom 29 Abr 2018, 00:58



Agora A Coisa Fica Realmente Séria! Julian Consegue Um Aliado!


O médico começava com sua fala tentando ajudar o homem e as outras vítimas de Draco, ele com certeza tinha as melhores intenções, o problema seria se o homem conseguiria captar seu sentimento e se sensibilizar com o que Julian pretendia fazer no lugar, salvando todos das garras de Draco, O Dragão Caolho. Julian ia falando e o homem não o atacava, apenas abaixava a cabeça e escutava o que o homem dizia, o pirata parecia já não querer realmente atacar Julian, ele soltava sua espada, caia de joelhos no chão, colocava as mãos no rosto e dava um grito diante de toda a emoção que estava sentindo, era alto, mas a festa que faziam no acampamento estava mais alta ainda e eles estavam longe o bastante para que o som não chegasse no local e atraísse mais pirata, era possível ver lágrimas caindo no chão durante toda a cena.

- UAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH. -

Um tempo se passava até que o homem se acalmasse, então Julian sério se aproximava perguntando todo tipo de coisas, o homem então esfregava seu rosto limpando suas lágrimas, embainhava novamente sua espada e pegava sua tocha. Ele parecia totalmente decidido, não tinha nada a ver com o homem inseguro que acabara de dar um grito diante de uma situação inesperada, tinha voltado a parecer com o homem confiante que Julian havia encontrado e iniciado um combate até a morte, ou quase isso, ele começava a responder as perguntas de Julian enquanto ambos se afastavam um pouco do acampamento.

- Me desculpe por antes, você tem razão, não posso ficar aturando isso, meu nome é Kaito, eu já me decidi, vou lhe ajudar a impedir Draco e acabar com toda essa maluquice que ele está causando em Karate Island.

O homem ia abrindo caminho, andando não muito rápido, mas não muito lento enquanto Julian continuava o acompanhando, era então que parava em uma espécie de espaço no meio da floresta sem plantas, tirava um lampião de trás de uma árvore, provavelmente o mesmo tinha o deixado lá, colocava no chão bem no centro do espaço, lá existiam algumas pedras provavelmente arranjadas pelos próprios homens de Draco, Kaito então apagava sua tocha que já estava quase no fim e voltava a falar.

- Pelo menos um quarto da tripulação de Draco são de pessoas que não gostam do mesmo, ou estão sendo ameaçados ou são escravos comprados, tenho certeza que com um bom plano, podemos os convencer a se revoltarem e lutar ao nosso lado contra todos. -

Julian pergunta se teria como comunicá-los sobre isso, Kaito em resposta a pergunta dá um sorriso, pega um galho no chão e começa a desenhar na terra daquela clareira que não tinha nenhuma planta atrapalhando, ele fazia um grande circulo, alguns pontos no chão e começava a falar sobre suas ideias e como poderiam dar um jeito em tudo.

- Sim, essas pessoas são colocadas como guardas do lado de fora, eu consigo convence-los a nos ajudar, mas antes, olhe esse mapa, como pode ver, esse circulo maior é o acampamento, esse circulo dentro do acampamento é a cela onde os reféns estão sendo mantidos e aqui é a entrada, se temos uma chance de vencer Draco é essa noite em que eles estão comemorando um negócio que fecharam e vão conseguir muito dinheiro vendendo quase todos os que estão em cativeiro, não temos muitos homens, mas se libertarmos os reféns, tenho certeza de que eles podem nos ajudar a derrotar Draco e seus homens, assim acabando com eles, o que acha da ideia? Se concordar, já irei chamar os outros para invadirmos, mas você deve esperar aqui, não posso deixar que lhe percebam, o melhor será que você entre por aqui e liberte os reféns enquanto os distraímos, as armas estão aqui, basta que entregue-as aos reféns. Ou tem alguma ideia melhor? -

Kaito já se levantava esperando a resposta de Julian, queria saber se poderia ir ou se Julian teria alguma ideia melhor ou algo a acrescentar, já havia se mostrado mais do que óbvio que invadir o lugar sozinho seria suicídio, talvez fosse o melhor para Julian liderar uma investida de várias pessoas para que conseguisse salvar todos aqueles homens, mulheres e crianças das mãos do temido Draco, Julian tinha que novamente tomar uma decisão que pode salvar ou custar a vida de alguém, o que ele fará agora é com ele.

OFF:
 

Ferimentos:
 

MAPA:
 

Elizabeth:
 

Valter:
 

Ferreiro:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, consistência é o segredo! Só vai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
jonyorlando
Sargento
Sargento
jonyorlando

Créditos : 11
Warn : Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2016
Idade : 20
Localização : Grand Line - 2º rota - Ilha Aracne

Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragonslayer - O olho perdido   Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 EmptyDom 29 Abr 2018, 11:42

Eu ficaria pensativo, uma parte de mim queria descansar logo, outra reclamava das dores e outra pensava em uma estratégia, mas todas as minhas partes continuariam a me dizer "Não desista!" eu olharia para o mapa simplista feito por Kaito enquanto coçaria meu queixo.

-Eu tinha um plano de atrair eles para fora do acampamento e vocês soltarem os reféns, mas haveria o problema de Draco manda-los como reforço, eu também pensei em vocês alertarem Draco sobre meu ataque, dizendo que eu matei mais homens na floresta, mas o problema seria se Draco quisesse todos na floresta, incluindo vocês, meu planejamento tem muitas brechas, portanto acho melhor seguirmos o seu senhor Kaito, mas tem que prometer que irá continuar vivo, para poder aproveitar o resto da vida com sua família.

Após terminar de falar aguardaria os comentários de Kaito, caso ele concordasse com meu plano ou mostrasse que daria certo eu o seguiria e iria para a floresta, para la aguardar a chegada de Draco e seus homens.
Caso Kaito preferi-se continuar com seu plano eu aceitaria e iria para um lugar onde pudesse ver o acampamento, mas ao mesmo tempo pudesse notar a movimentação de dentro dele, eu só não faria isso se Kaito me aconselhá-se a ficar naquele lugar, caso o fizesse eu obedeceria e ficaria ali, enquanto esperaria o sinal.

Enquanto esperaria o começo do plano eu aproveitaria para descansar mais um pouco, eu fecharia os olhos me lembrando de tudo o que passei até agora e pensaria na minha família "Será que eles estão me vendo?" Ao que essa frase passaria em minha mente um sorriso apareceria em meu rosto, um sorriso com uma mistura tristeza e felicidade, pois eu saberia que eu nunca teria minha resposta enquanto estivesse vivo, mas ao invés de me preocupar com isso eu deveria me preocupar com o agora, eu sentaria e encostaria as costas nas pedras, ou em uma árvore, para tentar relaxar um pouco, músculos muito tensionados poderiam gerar lesões, e eu iria querer poder lutar tranquilamente sem tentos problemas de meu corpo para me atrapalhar, se ouvisse o sinal ou algum barulho eu rapidamente levantaria para ver, se o plano já tivesse começado eu deveria correr para onde Kaito havia indicado e ao chegar lá eu tentaria entrar discretamente e ir para onde os reféns estariam.

Caso eu conseguisse entrar sem ser notado eu verificaria a área em que eu me encontraria, para verificar se estaria sem movimentação e sem homens, caso sim, tentaria correr o mais silenciosamente e cuidadosamente que pudesse até os reféns, caso eles estivessem presos por amarras eu as cortaria com minha espada, caso fossem algemas, tentaria as arrebentar com minha espada, caso fosse uma cela e tivesse cadeado eu tentaria o arrebentar usando minha espada, mas caso fossem necessárias chaves para libertar os reféns eu tentaria as achar o mais rápido possível, assim que libertasse os reféns falaria baixo, tentando não fazer barulho:
-Quem souber usar armas venha comigo, iremos derrubar Draco hoje.
Ao que terminasse de falar levaria os reféns até o armazém de armas para que se armassem.

Caso o local estivesse com algum homem eu tentaria ser o mais furtivo que pudesse, para desta forma tentar assassinar o homem o mais rápido que pudesse e continuar minha missão.


OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Dragonslayer - O olho perdido   Dragonslayer - O olho perdido - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Dragonslayer - O olho perdido
Voltar ao Topo 
Página 3 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Arquipélago Wushu-
Ir para: