One Piece RPG
[MINI] Ibn'La-Ahad XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Mini - Lind] Testando novas águas
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor Lind Hoje à(s) 01:38

» [Ficha] Song Jun Wang
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor Visastre Hoje à(s) 00:53

» [Mini - Inim] O errante
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor Khrono Ontem à(s) 23:25

» [Ficha] Miyamoto Ryuma
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor Miyamoto Ontem à(s) 22:52

» [Mini - Van] Seguindo conselhos
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 21:12

» [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor Fanalis B. Ria Ontem à(s) 20:19

» Anitha Degar
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor Degar Ontem à(s) 19:34

» [Ficha] Boney Pepino
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor Pepino, o Breve Ontem à(s) 14:44

» Alipheese Fateburn
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 13:46

» [Kit - Gyro Zeppeli] Blum vai pegar
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor Blum Ontem à(s) 13:25

» Ficha~Pierce~
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor Pierce Ontem à(s) 09:58

» [Mini - Kyoki] Uma Jornada Inesperada.
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 02:20

» [Ficha] Violet
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor Nana. Dom 21 Jul 2019, 22:17

» [Mini-SWGSwordWarrior]O Começo
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor Khrono Dom 21 Jul 2019, 21:56

» [MINI - Gust ] O Início do fim
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor ReiDelas Dom 21 Jul 2019, 21:00

» [MINI - Pepino, o Breve] Rascunho
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor ReiDelas Dom 21 Jul 2019, 20:54

» Maya Snow
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor ADM.Hoyu Dom 21 Jul 2019, 20:14

» [Mini - Chikara] - Vamos para algum lado ?
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor Chikara Dom 21 Jul 2019, 19:03

» Meu perfil / mini-aventura
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor ReiDelas Dom 21 Jul 2019, 14:41

» [MINI-JuninhoSiq1997] O Inicio
[MINI] Ibn'La-Ahad Emptypor JuninhoSiq1997 Dom 21 Jul 2019, 12:49



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [MINI] Ibn'La-Ahad

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Ibn'La-Ahad
Membro
Membro
Ibn'La-Ahad

Créditos : Zero
Warn : [MINI] Ibn'La-Ahad 10010
Data de inscrição : 08/04/2018

[MINI] Ibn'La-Ahad Empty
MensagemAssunto: [MINI] Ibn'La-Ahad   [MINI] Ibn'La-Ahad EmptyDom 08 Abr 2018, 09:11

Nome: Samir
Idade: 13 anos
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho: Comum
Estilo de Combate: Espadachim
Localização: Shells Town
Grupo: Civil
Vantagens: N/A
Desvantagens: N/A
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Makei
Orientador
Orientador
Makei

Créditos : 32
Warn : [MINI] Ibn'La-Ahad 9010
Masculino Data de inscrição : 07/08/2017
Idade : 23

[MINI] Ibn'La-Ahad Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI] Ibn'La-Ahad   [MINI] Ibn'La-Ahad EmptyDom 15 Abr 2018, 03:00

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: https://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

____________________________________________________


[MINI] Ibn'La-Ahad Ren1 [MINI] Ibn'La-Ahad Ezgif-com-gif-maker-2
        Ficha       ~ ~        Aventura


~> Fala <~
~> Pensamento <~


Medalhas:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ibn'La-Ahad
Membro
Membro
Ibn'La-Ahad

Créditos : Zero
Warn : [MINI] Ibn'La-Ahad 10010
Data de inscrição : 08/04/2018

[MINI] Ibn'La-Ahad Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI] Ibn'La-Ahad   [MINI] Ibn'La-Ahad EmptyDom 15 Abr 2018, 10:07

[MINI] Ibn'La-Ahad Giphy

Os sonhos são apenas um alvitre para a indubitável decepção na vida adulta, mas os jovens alimentam suas expectativas com o mesmo fulgor de uma mãe amamentado seu filho. Quem explicaria ao Samir que era outro lunático juvenil alimentando suas manias de grandeza? Acordaria outro dia, tão cedo quanto pudesse, afinal seus dias seriam mais longos e teria tempo de sombra para gozar a vida.

E como o fazia. Indiferente ao âmbito que adornasse seu despertar, analisaria-o, prescindindo qualquer mau agouro. Estava prestes a acossar outra arriscada jornada, às vezes se machucava, mas como ele mesmo dizia "nada bate mais forte do que o tédio". Ele era o próprio júbilo da existência.

Satisfaria-se alongando os membros e estralando as juntas assim que saltasse do grabato e testaria sua própria mobilidade tentando alguns saltos e flexões. Se estivesse satisfeito com os resultados, com certeza bravejaria um sonoro "vamos lá!". Disposto a se aventura, rodaria pela cidade em busca de uma loja de armas, afinal ele não se sentia confortável sem uma cimitarra. Antes de tudo revisaria suas economias já que não sabia o valor que tinha consigo.

Se por ironia do destino não conhecesse os desvios das ruas da sua cidade natal ele abordaria civis mostrando seu estonteante sorriso e deixando transbordar suas indagações após um cumprimento amistoso, "o Sr.(a) poderia me informar onde posso comprar uma bela espada?" ou "por algum acaso conhece um ferreiro por essas bandas?" sempre lhe serviram bem, esperava que esse ritmo se mantivesse. Caso obtivesse sucesso em sua empreitada, pagaria ao comerciante pelo valor de uma cimitarra, isso é, se tivesse a soma. Se desde o início visse que não tinha, perguntaria por serviços ao invés de um mercador.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Makei
Orientador
Orientador
Makei

Créditos : 32
Warn : [MINI] Ibn'La-Ahad 9010
Masculino Data de inscrição : 07/08/2017
Idade : 23

[MINI] Ibn'La-Ahad Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI] Ibn'La-Ahad   [MINI] Ibn'La-Ahad EmptySeg 16 Abr 2018, 19:02

Mini Aventura ~ Post 1
Interação & Dialogo





O clima quente de Shells Town parecia predominar as ruas da cidade enquanto um pequeno jovem parecia perambular sobre ela de maneira alegre, a euforia da juventude era uma virtude para poucos que poderia esbanjar e certamente o nosso pequeno protagonista poderia demonstrar isso perfeitamente ao olhar de um lado para o outro enquanto mantinha um passo rápido. Suas palavras pareciam criar uma pequena dúvida na cabeça das pessoas que passavam ao seu lado, já que o mesmo vinha por perguntar coisas como - O Sr(a) poderia me informar onde posso comprar uma bela espada ? - ou - Por algum acaso conhece um ferreiro por essas bandas ? - Mesmo por receber uma resposta negativa ou um estranhamento daqueles à sua volta, continuava a manter a cabeça firme em busca de uma Cimitarra, precisava dela para finalmente iniciar a sua aventura.

Rodeando pela cidade em busca de uma resposta, muitas pessoas comuns se manteriam preocupadas em não se perder diante da tamanha Urbanização que havia pela cidade, não havia tantas casas e edifícios grandes mas, a quantia era gigantesca ! Ruas e becos se interligavam um ao outro, para qualquer um que não conhecesse as bandas aquilo poderia ser visto como um Labirinto sem fim , coisa essa que não parecia preocupar o nosso pequeno Ibn. De rua em rua, continuou a seguir, já estava começando a anoitecer e infelizmente nada de uma boa resposta, poderia até mesmo se perguntar o motivo disso… No entanto, quando menos percebia, poderia ver uma pequena ferraria a sua frente, parecia simples e sem muito agrado, porém ao olhar para o lado, havia visto algo que pudesse lhe chamar a atenção em um dos becos, havia outra loja ! Uma loja um tanto quanto diferente da convencional, parecia abranger um lado mais escuro com um pequeno grupo de pessoas mal encaradas, contudo… Poderia ver uma belíssima cimitarra sobre uma de suas vitrines.


Legenda:
 

Dica e Orientação!:
 

____________________________________________________


[MINI] Ibn'La-Ahad Ren1 [MINI] Ibn'La-Ahad Ezgif-com-gif-maker-2
        Ficha       ~ ~        Aventura


~> Fala <~
~> Pensamento <~


Medalhas:
 



Última edição por Makei em Seg 23 Abr 2018, 21:38, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ibn'La-Ahad
Membro
Membro
Ibn'La-Ahad

Créditos : Zero
Warn : [MINI] Ibn'La-Ahad 10010
Data de inscrição : 08/04/2018

[MINI] Ibn'La-Ahad Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI] Ibn'La-Ahad   [MINI] Ibn'La-Ahad EmptyQua 18 Abr 2018, 23:43


Pelo o jeito os adultos da região não pareciam muito interessados em compactuar com a venda de armas brancas para menores e isso chateou Samir de certo modo, afinal o menino estava empolgadíssimo para obter a sua primeira espada. “Isso não vai me desanimar!” Pensara, restituindo a empolgação ao inflar o peito e batê-lo como um tambor de guerra. — Vamos lá!— Esbravejaria à todo pulmão, deixando que fluísse sua empolgação.

A projeção catatônica da cidade não era um empecilho para o pequeno aventureiro que estava mais motivado do que nunca. Ele se sentia uma formiga pelas vielas, de certa forma gostava disso, correndo e tomando cuidado para não esbarrar nas velhinhas. Com o resto não tinha tanta preocupação. Como um grande otimista, Simar via o lado bom de tudo: apesar de se perder facilmente, ele conseguia treinar sua capacidade aeróbica tentando restituir o trajeto. O crescimento abrupto da urbanização desde a fundação da ilha fez com que vários prédios iguais fossem levantados e poucos deles se destacavam em suas proporções, criando poucas referências para que lembrasse o circuito percorrido. Outra questão curiosa foi o escurecimento repentino. Ou será que andara demais?

Quando estava se cansando da caça ao tesouro e o seu desempenho juvenil se esvaía conforme cogitava estar andando em círculos, Samir finalmente vislumbrou o que seus olhos entenderam ser uma ferraria. Só faltaram aguar. Tinha o coração na boca e a espada praticamente no punho. Hehe. — Deixaria escapar num sorriso onde cerrara os dentes, abrindo os braços como quem carrega duas bagagens pesadas e marchando com o ânimo de um soldado recém promovido. De soslaio, tinha a imagem de uma bela cimitarra encantando seus olhos, só que ela estava cercada por um ambiente que aparentava ser hostil. Decidiu: tentaria no ferreiro e se não encontrasse teria que ir por lá.

— Boa tarde, ferreiro. Eu quero uma cimitarra! — Pediria, atento ao interior de onde estava. Pagaria se recebesse o pedido, no entanto, daria meia volta para o comércio suspeito caso não houvesse uma arma do seu interesse. Carregado de medo e tentando esconder a presunção e o que pudesse parecer de valor, acenaria com um cumprimento solene e perguntaria pela arma aos homens no local. Claramente daria o dinheiro se lhe entregassem a ferramenta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Makei
Orientador
Orientador
Makei

Créditos : 32
Warn : [MINI] Ibn'La-Ahad 9010
Masculino Data de inscrição : 07/08/2017
Idade : 23

[MINI] Ibn'La-Ahad Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI] Ibn'La-Ahad   [MINI] Ibn'La-Ahad EmptySex 20 Abr 2018, 00:11

Mini Aventura ~ Post 2
Interação & Diálogo






Sobre o entardecer do sol, os pássaros pareciam lhe oferecer a sua boa noite diante da breve escuridão eminente da noite, entretanto nesse meio tempo, Samir continuava em sua pequena busca, não havia desistido mesmo com certos problemas e agora finalmente havia achado uma resposta para seus problemas, quer dizer… Uma e meia, já que uma delas parecia não ser tão boa assim… Se dirigindo a Ferraria, poderia se ver diversos tipos de armas em pequenas vitrines, seu cuidado parece excepcional diante da comodidade, contudo… As únicas coisas que se podia ver eram armas convencionais, espadas, lanças, machados e entre outros do mais comum, era a maneira mais fácil de se vender e provavelmente a que daria um lucro rápido aos comerciantes, coisa essa que talvez desanimasse de início o nosso pequeno garotinho mas, pelo menos não custava nada perguntar, correto ?

- Boa tarde, ferreiro. Eu quero uma cimitarra! - Pediu de maneira alegre ao adentrar da loja, sequer havia visto se tinham pessoas a sua frente, porém… Quem poderia culpar uma pequena criança diante de sua euforia ? Por sorte, estava vazio no momento, talvez não fosse o momento de “Pique” do local, lhe fazendo o primeiro da fila. - Hohoh ! Fale meu pequeno gafanhoto, está atrás de uma cimitarra, Hun ? Deixa eu dar uma olhada aqui. Respondeu o velho em frente ao balcão, apesar de ter tido um primeiro contato “Ruim” por não ter nada a sua vista, talvez as coisas mudassem ao ver que sua iniciativa ou desejo não havia sido negados já de início. Nesse meio tempo, o garoto poderia ver o velho mexer em algumas caixas no fundo da sala junto de alguns barulhos ao remexe-las, com um pouco de reclamações por parte do Senhor, finalmente poderia vê-lo voltar ao balcão com um pequeno sorriso no rosto, coisa essa que o pequeno Samir poderia estranhar de início, qual seria o motivo da felicidade daquele Mercador ? Não fazia tanto sentido… Mas pelo menos agora tinha uma bela cimitarra sobre a sua frente, ela era um pouco menor que a normal, até parecia ser a ideal para alguém da idade e tamanho do jovem. - Heheheh, faz tempo que eu não tenho um cliente tão especial assim, você não sabe o quanto me deixa feliz poder ver essa pequena belezinha ter a oportunidade de ver novamente a luz do sol… Infelizmente seu último portador não teve muita sorte com ela, mas não a culpe, no final foi apenas o seu azar… Bom ! Mudando de assunto, como você planeja pagar ? Por sinal, você tem permissão para andar com Berries ? - E não é que o maldito do velho havia pegado bem no ponto fraco de nosso Protagonista ? A infelicidade poderia ser a única coisa a se dizer, ou aquela arma realmente era azarada a esse ponto… Já que Samir não havia um único tostão em seus bolsos, havia saído de casa tão rápido mais cedo que o mesmo esqueceu de ver isso… Pobre Samir. (Literalmente, Hue !)

Percebendo o provável olhar triste nos olhos do pequenino, o rosto do velho pode ser visto desabar um pouco, o carinho que havia por aquela arma não era algo comum… Talvez tivesse algo real lá no fundo ao ponto dele realmente querer colocá-la novamente sobre os ares de Shells Town. - Sabe… Vamos fazer o seguinte então, eu posso lhe oferecer uma proposta, você vai ter que fazer um pequeno serviço para mim… Pois a verdade é que essa cimitarra era para o meu neto, ele era igualzinho a ti ! Só que… Suspirou antes de tentar continuar a falar, a tristeza em sua expressão e olhos poderiam ser sentidas pelo jovem que talvez se comovesse um pouco ao velho. - Bom… Vamos deixar isso de lado, o que eu gostaria é que você fosse dar uma olhada para mim no porão… Faz um tempo que eu ouço alguns barulhos estranhos por lá e eu não tenho mais a idade para lidar com nada, então… O que acha ? Só cuidado que está muito escuro, então após entrar, vá passando a mão sobre o lado direito da parede que você vai sentir o botão da luz... Propôs com um belo sorriso ao falar sobre a oportunidade de oferecer a pequena cimitarra ao nosso jovem, porém agora apenas dependia dele se colocar naquela situação… Já que não tinha como saber o que poderia encontrar naquele escuro porão que o velho havia dito, mais ainda ao entrar em uma arma em mãos.



Legenda:
 
Dicas e Orientação !:
 

____________________________________________________


[MINI] Ibn'La-Ahad Ren1 [MINI] Ibn'La-Ahad Ezgif-com-gif-maker-2
        Ficha       ~ ~        Aventura


~> Fala <~
~> Pensamento <~


Medalhas:
 



Última edição por Makei em Seg 23 Abr 2018, 21:38, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ibn'La-Ahad
Membro
Membro
Ibn'La-Ahad

Créditos : Zero
Warn : [MINI] Ibn'La-Ahad 10010
Data de inscrição : 08/04/2018

[MINI] Ibn'La-Ahad Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI] Ibn'La-Ahad   [MINI] Ibn'La-Ahad EmptyDom 22 Abr 2018, 14:40

A loja não era bem o que eu esperava. Veja bem, com treze anos, tudo que se espera são coisas animalescas encrustadas de pedras preciosas e muitas luzes por todos os lados. Com certeza não foi o que eu encontrei afinal aquela loja só tinhas coisas normais. Isso era meio desanimador.

A minha empolgação era tamanha que fiz o pedido sem nem saber se existiam outros aguardando, por sorte notei logo depois que era o único naquela espelunca. Escutei o vovozinho rindo e agindo acolhedoramente pela minha causa. - Hohoh ! Fale meu pequeno gafanhoto, está atrás de uma cimitarra, Hun ? Deixa eu dar uma olhada aqui. A empolgação dele parecia fortalecer minha própria vontade, senti-me verdadeiramente animado e esbocei um leve sorriso como quem diz que as coisas estão indo pelo caminho esperado.

O comerciante caminhou até o fundo da sala e passou a revirar suas bugigangas, pude escutar o bater de metal com metal e ele logo voltou com o meu pedido. Quase não pude acreditar ou conter minha felicidade, parecia ter um prato da minha sobremesa favorita diante de mim. Aquela cimitarra estava no tamanho adequado para alguém da minha estatura. — UAUUUUU! — Deixei escapar, com os olhos cintilando e as mãos coçando para ter o punho da espada. Estava empolgado, até que... - Heheheh, faz tempo que eu não tenho um cliente tão especial assim, você não sabe o quanto me deixa feliz poder ver essa pequena belezinha ter a oportunidade de ver novamente a luz do sol… Infelizmente seu último portador não teve muita sorte com ela, mas não a culpe, no final foi apenas o seu azar… Bom ! Mudando de assunto, como você planeja pagar ? Por sinal, você tem permissão para andar com Berries? Ele me lembrou que eu não tinha um tostão. Bati as mãos no bolso e vi isso. Que droga era essa de azar que ele falava? Isso ficava mais estranho a cada instante...

Deixei que o silêncio se prolongasse e me chateei com o fato de que não tinha um puto para dar pela lâmina perfeita. Já me preparava para partir cabisbaixo quando ele voltou a tagarelar. - Sabe… Vamos fazer o seguinte então, eu posso lhe oferecer uma proposta, você vai ter que fazer um pequeno serviço para mim…— Essas palavras me fizeram engolir seco. Algo parecido com “gulp”. Será que o velhote era um pervertido? - Pois a verdade é que essa cimitarra era para o meu neto, ele era igualzinho a ti ! Só que…Ufa... Pensei de primeira. Eu não sou um garoto de muitas palavras, então manter um dialogo não era uma tarefa fácil, mas eu estava realmente comovido com toda aquela história. — Poxa ojisan, não sabia que ele não tinha gostado da espada, eu achei legal, eu juro! — Diria com empolgação e abrindo os braços para expressar com tamanho o quanto eu achava a arma incrível. A realidade é que eu era muito inocente para entender o que ele disse como uma tragédia, por exemplo.

- Bom… Vamos deixar isso de lado, o que eu gostaria é que você fosse dar uma olhada para mim no porão… Faz um tempo que eu ouço alguns barulhos estranhos por lá e eu não tenho mais a idade para lidar com nada, então… O que acha ? Só cuidado que está muito escuro, então após entrar, vá passando a mão sobre o lado direito da parede que você vai sentir o botão da luz... - A minha primeira reação foi pensar "que droga, esse velho voltou com papos pervertidos", mas logo entendi que se tratava de algum perigo. Eu também era jovem e burro demais para me abalar com qualquer coisa. — Deixa comigo ojiisan, eu sou um herói! — Informaria-o enquanto apontaria meu polegar para mim mesmo com um sorriso de orelha à orelha. Abriria os braços como um pavão, endireitando a coluna e tentando parecer o mais confiante possível.

Estava na hora de ir até o porão. Seguiria as coordenadas do velho, deixando assim que tudo se resolvesse. Que tipo de barulhos eram? Quem sabe eu escutasse me aproximando. Também poderia esperar uma escada e a tomada mais alta do que de costume se fosse levar em conta meu tamanho. Faria o possível para não escorregar e deixar pelo o menos a porta aberta para enxergar o interruptor ou até mesmo o que tivesse lá dentro. De espadas em mãos eu me tornava muito mais confiante, então continuaria descendo até que algo suspeito ocorresse. Se fosse por azar atacado por alguma criatura, colocaria a lâmina da espada entre nós e receberia a surpresa com um corte diagonal ou um belo sarrafo com a prancha da cimitarra. Eu analisaria tudo, as dimensões, cores, móveis, conservação do ambiente... pareceria um verdadeiro agente imobiliário só que minha única função era descobrir o que se passava por ali. Se entrasse em combate ocasionalmente defenderia bloqueando com minha ferramenta de maneira cruzada ou saltando para os lados ou para trás de acordo com o espaço que tivesse. Nisso, investiria com golpes verticais e e horizontais alternados até que não pudesse mais prosseguir.

Caso me arriscasse chamaria pelo velho com algo como — OJISAAAAAAAAAAAN! e esperaria pela ajuda dele, já que ele tinha um arsenal inteiro lá em cima a sua disposição. Se fosse um intruso que não demonstrasse ser um perigo, perguntaria amigavelmente o que estava fazendo por ali.
Considerações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Makei
Orientador
Orientador
Makei

Créditos : 32
Warn : [MINI] Ibn'La-Ahad 9010
Masculino Data de inscrição : 07/08/2017
Idade : 23

[MINI] Ibn'La-Ahad Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI] Ibn'La-Ahad   [MINI] Ibn'La-Ahad EmptyTer 24 Abr 2018, 02:05

Mini Aventura ~ Post 3
Interação & Diálogo






Diante da pequena história comovente de nosso velho Senhor, ficaria até difícil de nosso pequeno protagonista não aceitar o seu pedido, era simples e ainda ganhava uma pequena cimitarra de bônus, o que poderia dar de errado ? Provavelmente nada ! No entanto as pequenas dificuldades de Samir eram evidentes em seus pensamentos, ainda continuava de maneira inocente e um pouco ignorante ao mundo de sua volta, as coisas eram complicadas e ele ainda não havia a experiência necessária para saber o que realmente era uma boa oportunidade e o que era uma péssima oportunidade… - Deixa comigo ojiisan, eu sou um herói! - Informou o velho, seu tom de voz poderia ser sentido transpirar a confiança de seus pulmões enquanto se direcionava a si mesmo com seu polegar, o pequeno sorriso formado no rosto do Senhor chegava a se tornar tão puro e verdadeiro que algumas pequenas lágrimas poderiam ser vistas se formarem pelo seus olhos ao responder. - Sim, sim ! Muito obrigado… Aqui, não se esqueça de levar ela contigo -

Agora com a sua arma em mãos, apenas restava seguir para o maldito Porão… Seguindo o apontar de dedo do velho a sua esquerda, pode logo ver uma porta rústica de madeira revestida com alguns metais, uma ação um tanto quanto estranha para se ter… Já que a madeira era tratada de maneira estética enquanto a resistência de uma porta de metal era muito maior, podendo trazer dúvidas para a mente de nosso pequeno garoto.

A escuridão se prevalência de uma maneira medonha ao abrir aquela porta, o silêncio era como se estivesse lhe dando as boas vindas de um outro mundo macabro por aquelas escadas abaixo, era assustador… Tenebroso… Seus passos cuidadosos eram dados, de um em um ele começava a adentrar no meio daquela escuridão com sua espada em mãos, era a sua única fonte de confiança para aquilo e por sorte, havia deixado a porta aberta para que o ajudasse em sua procura pelo interruptor da luz, precisava achar aquilo o quanto antes.

Descendo e descendo… Seu corpo podia ser visto começar a ser consumido pelas trevas e nada da maldita tomada, será que Samir havia se esquecido que o velho gagá poderia ter se confundido e a maneira de ligar se vinha igual das antiguidades onde se tinha um fio acima e apenas bastava puxa-lo ? Não tinha como saber, não conseguia ver ! E para piorar tudo, um barulho alto se era feito junto de seu trancar, o seu único meio de luz valioso se foi comprometido enquanto era certeza que havia sido trancado no mesmo local, e agora, o que Samir pode fazer ? Por coincidência o mesmo pode sentir algo em seu rosto que o fez agir rapidamente ao puxá-lo por inconsciência, havia finalmente achado a luz… Mas o que encontrou em sua frente talvez não seria a coisa mais bonita de se ter, uma criatura totalmente feita de ossos que se mantinha de maneira quadrúpede… E agora, no meio de um pequeno porão escasso e aberto, não tinha muitas coisas para trabalhar, atrás do garoto havia uma pequena mesa de bilhar, enquanto mais a frente, logo atrás da criatura poderia ser visto algumas prateleiras… Infelizmente não havia nada de bom ou uma janela sequer para fugir ! O que nosso pequeno Protagonista poderia fazer ? Lutar ou tentar sair correndo igual a gif ?

[MINI] Ibn'La-Ahad KUqSaAt

Talvez por sorte ou azar, uma voz podia ser ouvida no canto mais escuro da sala, mesmo com as luzes acesas, ainda era difícil de visualizar aquela parte. - Heeeeyyy ! Vamos brincarrrrrr, faz taaaaaanto tempo que eu não brinco… Sabe… Eu tava com saudades… Ah ! Não se preocupe, esse é só um dos meus brinquedinhos, jaja você se juntará a eles. Falava ao se aproximar devagar, finalmente te deixando ver o seu rosto.

”Garoto Macabro ;D”:
 

Legenda:
 
Dicas e Orientação !:
 

____________________________________________________


[MINI] Ibn'La-Ahad Ren1 [MINI] Ibn'La-Ahad Ezgif-com-gif-maker-2
        Ficha       ~ ~        Aventura


~> Fala <~
~> Pensamento <~


Medalhas:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ibn'La-Ahad
Membro
Membro
Ibn'La-Ahad

Créditos : Zero
Warn : [MINI] Ibn'La-Ahad 10010
Data de inscrição : 08/04/2018

[MINI] Ibn'La-Ahad Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI] Ibn'La-Ahad   [MINI] Ibn'La-Ahad EmptyTer 24 Abr 2018, 12:47

"Hora de brilhar!"
A ansiedade era como borboletas no meu estômago. Borboletas de trinta quilos e chapadonas de energético. Eu não me aguentava de tanta expectativa, na verdade. Eu poderia estar tremendo, com um sorriso macabro no rosto enquanto seguro minha cimitarra e pareço a cópia mal feita de algum boneco assassino. Sei lá. Olha que eu nem tinha passado da porta.

Aquela porta. Ela se estendia diante de mim como os portões do paraíso ou inferno, nunca havia sentido algo tão grandioso à minha frente. Ou talvez fosse só uma porta um pouco reforçada e a minha mente infantil dramatizasse tudo ao meu redor numa aventura. O que teria atrás dela? Esperava que fosse mais animador que aquele velhinho meio pervertido. Apertei o punho da espada com mais vigor, tentando me apegar ao meu único recurso possível dentro daquela masmorra cheia de monstros, princesas e tesouros - pelo menos era assim que eu estava vendo o porão do velho.

Girando a maçaneta e empurrando a pesada - ao menos para mim - porta de metal, pude sentir a tensão palpável naquele breu, ainda acentuado pelo silêncio que me trazia a hesitação num dedo gélido escorrendo pela minha espinha ao que a porta se fechou. O desconhecido, inimaginável, improvável e todo o resto que se encontra num lugar macabro desses parecia me acolher. A expectativa era agonizante e atemporal, sentia-me preso num intervalo de tempo que duraria para sempre enquanto não achasse a luz.

Os meus passos estavam me levando para um porão vazio ao para o próprio inferno? Por um instante apenas, tive medo humano. Medo comum. Mas ele se esvaiu. Meu espírito de herói se recobrou antes que o temor afetasse meus joelhos com a tremedeira. Eu sabia que estava trancado. Haja o que houvesse lá, eu mataria se fosse uma ameaça. "Vamos lá, Samir. Você é um guerreiro e está com a sua espada. Não existem ameaças para você." Tentava recitar mentalmente para alimentar minha coragem. Algo tocou meu rosto, senti meu coração bombear sangue com mais força pelo susto e por instinto puxei o que se deu como uma corda.

A luz acendeu. Minhas pupilas provavelmente teriam dilatado nesse instante pelo que tinha diante de mim, poderia sentir as minhas veias pulsando como se fossem explodir enquanto eu me adiantaria com um estupendo corte vertical mirando no centro da sua estrutura para matar o que quer que fosse aquilo. O esqueleto de uma vaca? Um cachorro? Estava vivo? Não sei. Só sei que instintivamente daria um pequeno dash para trás e me alinharia com os joelhos flexionados e a espada prostrada à minha frente enquanto segurava o cabo com as duas mãos e tentava cobrir a extensão do meu tronco com ela, mantendo-a na diagonal. Provavelmente estaria com as costas para a mesa de sinuca, tentando limitar os ataques no meu ponto cego.

Do canto mais escuro, ouvia uma voz. Não consegui processar ao certo o que ela representava, mas suas afirmações com certeza dava a entender que ele era maluco e tinha mais criaturas feias dessas por aí. Averiguaria se ele estava armado assim que se mostrasse, aquela coisa feia e retorcida. Pelo que entendi ele tinha um olho robótico e uma boca de metal com o sorriso mais estranho que já vi. Também se vestia com social e tinha o cabelo branco. "Quem diabos tem o cabelo branco?" disse o menino de cabelo lilás -q

— Desculpa, hehe, mas vim destruir os seus brinquedos. E você provavelmente vai virar sucata igual eles se não me der um bom motivo! — Diria, olhando no fundo do seu olho robótico. Se um deles tentasse se aproximar eu confrontaria com uma estocada rápida, se viessem ao mesmo tempo, então daria conta com um corte horizontal bem abrangente para dividir os seus corpos mirrados. Se o primeiro na "linha de fogo" bloqueasse, eu daria um pequeno impulso para o lado oposto e dirigiria outro ataque amplo na diagonal tentando picotar o partindo do elo mais frágil e iria tentar impor o ritmo incessantemente até destruir um deles. Tentaria entender como ele controlava o boneco, se o fazia manualmente ou se era um ser independente dele. Isso me ajudaria a combater.

Manteria minhas costas sempre que possível contra algo, impedindo que os malditos fizessem um sanduíche de Samir atacando por frente e por trás e se não desse, daria um pequeno salto para trás sempre que eles investissem contra mim, já preparando o bloqueio caso a esquiva não funcionasse completamente. Caso não fizessem o primeiro movimento, eu mesmo investiria contra o maldito homem esqueleto quadrúpede para arrancar seus ossos com cortes diagonais ligeiros incessantes.  Há a possibilidade de um deles se aproximar o suficiente para eu não conseguir utilizar a lâmina, então contaria com uma estocada com o cabo da cimitarra. Posicionaria-a na vertical contra um golpe horizontal e vice-versa e barraria os na diagonal formando um "x". Analisaria o ambiente procurando por coisas que pudesse usar por ali. Se derrotasse o senhor saco de ossos, então investiria contra o garoto malvado.

— Espero que não seja o neto do ojiisan, senão ele vai ficar muito chateado pelo o que vou fazer com você! — Partiria para cima arrastando a ponta da espada no chão, correndo em velocidade máxima e realizando um ataque circular que começaria na altura das suas pernas e terminaria na do pescoço. Isso era uma boa forma de impedir que ele pulasse ou fizesse manobras evasivas comuns. Ao menos era o que eu esperava. As mesmas medidas defensivas supracitadas seriam usadas nessa ocasião. Se por azar eu tomasse um golpe, tentaria resistir o máximo possível para aplicar um ataque de volta no menor intervalo de tempo que eu pudesse para finalizar o maldito no primeiro ponto vital que eu achasse aberto, seja cortando sua cabeça ou enfiando a lâmina no seu estômago.

Se por hipótese eu o derrotasse, procuraria no quarto uma saída ou algo de valor, então bateria a porta chamando o velho para que viesse abrir pra mim e então relataria o que ocorrera.

Considerações:
 


Thankz Mirai
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Makei
Orientador
Orientador
Makei

Créditos : 32
Warn : [MINI] Ibn'La-Ahad 9010
Masculino Data de inscrição : 07/08/2017
Idade : 23

[MINI] Ibn'La-Ahad Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI] Ibn'La-Ahad   [MINI] Ibn'La-Ahad EmptyQua 25 Abr 2018, 22:59

Mini Aventura ~ Post 4
Combate






Diante de um maluco e um esqueleto muito doido, apenas restava um garoto de 13 anos, engraçado não ? Pois é… Isso era tudo que não tinha, apesar de parecer uma brincadeira de mal gosto, o nosso pequeno guerreiro não parecia estar muito afim de participar desse conjunto estranho. - Desculpa, hehe, mas vim destruir os seus brinquedos. E você provavelmente vai virar sucata igual eles se não me der um bom motivo! - Estava confiante ! Por mais que tivesse passado por alguns maus bocados antes de descer, agora a merda já estava feita e apenas restava a ele decidir como resolver… No entanto… Uma ação talvez um pouco estranha poderia deixar o nosso pequeno garoto um pouco confuso, o garoto que talvez fosse o ideal ir para cima sem pensar duas vezes veio a ter uma ação um tanto quanto estranha, lagrimas pareciam preencher seus olhos, enquanto uma cara de triste que infelizmente não podia ser vista por causa de sua máscara lhe eram atribuídas, suas palavras tristes e indignadas poderiam ser sentidas pelo pequeno garoto enquanto o via se aproximar do monstro de esqueletos, sua ação era a do simples gesto de acariciá-lo como se estivesse tentando acalmar a pobre criatura. - Não fala assim dele ! Você não sabe de nada, IDIOTA !... Calma, calma, ele não falou aquilo por mal, ele só não sabe o quão incrível e bonito você é… Uhum, sim, sim, claro que você é lindo ! - Diante de tal ação, apenas a confusão provavelmente sobraria para nosso pequeno garoto, mas isso não acaba por isso, a situação estranha continuava ao ponto que pode ser pego um pouco desprevenido mas, por sorte agiu rápido. - Como que ele ousa falar algo assim de ti… Não é possível uma coisa dessas… Como ? Como ? Ahhh ! VAI TOMA NO C#$ !! Gritou ao se dirigir novamente em direção de Samir, nesse momento podia vê-lo puxar em sua mão esquerda uma pequena adaga, sua ação era grande e fácil de ser prevista, coisa que nosso protagonista logo agiu com uma estocada rápida, o barulho de lâminas se batendo podiam ser ouvidas enquanto ele dava rapidamente um leve pulo para o lado oposto dos dois, tudo estava perfeito ! Ele só não esperava que sem um aviso sequer, o maldito branquelo havia lhe acertado um chute em seu estômago, o fazendo recuar previamente. - Ahhhh ! Eu vou te cortar, depois te lamber e depois… e depois… O que eu faço depois mesmo ? Puts ! Eu realmente não lembro... - Como se tivesse simplesmente esquecido do combate no momento, o garoto vinha a se colocar em uma posição de dúvida ao apoiar a sua mão sobre o seu queixo enquanto olhava diretamente para a parede ao lado, estranho…

Contudo, nosso jovem ainda estava esperto, buscando o máximo de informações possíveis e ainda um cuidado extra para aquela monstruosidade, pode perceber algumas caixas ao seu lado com algumas coisas pesadas, além de pregos e correntes de ferro, talvez service para jogar, prender, só Samir saberia se aquilo serviria de algo ? Tambem pode ver mais distante um taco de beisebol novamente de ferro, talvez tudo isso havia sido criado pelo Velho ? Não podíamos esquecer das estantes grandes e pesadas a sua volta. Após olhar um pouco as coisas em volta era a vez de nosso Protagonista ter a iniciativa ! - Espero que não seja o neto do ojiisan, senão ele vai ficar muito chateado pelo o que vou fazer com você! - Respondeu ao partir para cima, arrastando sua cimitarra de maneira baixa ao ponto de arrastar a sua ponta sobre o chão, o barulho cortante do aço sobre o chão poderia ser ouvido ecoar sobre o porão, chamando a atenção do Mascarado que apenas pode vê-lo agir, um corte circular era iniciado na parte próxima de suas pernas, coisa essa que ele conseguiu  desviar ao recuar e levantar a outra que estava mais a frente, era estranho até o ponto em que ele pode levantar a sua perna, talvez tivesse habilidade naquilo ? Contudo, o ataque de Samir não havia acabado, seu corte continuava e dessa vez o alvo era seu pescoço, coisa essa que passou por pouco ! Um corte no ombro até o tórax havia sido efetuado antes de conseguir recuar, os gritos de dor podiam ser ouvidos, mesmo que nosso protagonista conseguisse ver que não havia sido fundo o suficiente para acabar aquela batalha. - Aa, ah… Ahhh… AHHhHHHhhhh !!! AHHHHHHHHHHHH !!!!!!!! N-Nãooooo !!! Me-me-me-me-me-me… Waaaaaahhhh !! EU QUERO MINHA MÃE !!! BWAAHH ! Eu só queria brincar VOVÔ  !! Só brincar ! - No meio do choro, apenas um estalo alto podia ser ouvido em seu lado, se a situação não fosse o suficiente, o maldito esqueleto havia finalmente começado a agilizar, enquanto isso a porta que estava trancada antigamente havia se aberto novamente uma fresta, talvez havia sido destrancada !  por seu azar, era visível para Samir ver que a criatura estava diante de seu caminho, enquanto do outro lado estava o garoto maluquinho… Pelo menos um pingo de sorte talvez poderia ser dito… Já que pode ver que o monstro não era de verdade e sim artificial… Afinal, isso seria muito louco não é mesmo ?



Legenda:
 
Dicas e Orientação !:
 

____________________________________________________


[MINI] Ibn'La-Ahad Ren1 [MINI] Ibn'La-Ahad Ezgif-com-gif-maker-2
        Ficha       ~ ~        Aventura


~> Fala <~
~> Pensamento <~


Medalhas:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[MINI] Ibn'La-Ahad Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI] Ibn'La-Ahad   [MINI] Ibn'La-Ahad Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI] Ibn'La-Ahad
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: