One Piece RPG
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Mini - Inim] O errante
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor Visastre Hoje à(s) 15:35

» Meu perfil / mini-aventura
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor ReiDelas Hoje à(s) 14:41

» [MINI-JuninhoSiq1997] O Inicio
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor JuninhoSiq1997 Hoje à(s) 12:49

» [Mini-Sting] Trabalhos sujos de formas baratas
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 12:18

» [M.E.P.] Mini-Sting
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 12:16

» [MINI - Pepino, o Breve] Rascunho
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor ReiDelas Hoje à(s) 12:10

» [Mini Aventura] - Gravekeeper
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 07:18

» [MINI - Mirutsu] Começo da Jornada
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor Mirutsu Hoje à(s) 02:02

» Roy Collins
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 01:06

» [Ficha] - S. Price
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:25

» Shimizzu Price
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:23

» [Mini - Kyoki] Uma Jornada Inesperada.
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor Kyoki Ontem à(s) 21:29

» Ficha~Pierce~
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor Pierce Ontem à(s) 21:22

» MEP Kyoki
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 19:20

» [Mini - Benjamin] Os primeiros passos para a vingança
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor Fanalis B. Ria Ontem à(s) 19:07

» [Ficha] Violet
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor Nana. Ontem à(s) 16:35

» [Mini - Van] Seguindo conselhos
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor Van Ontem à(s) 14:00

» [Kit - Gyro Zeppeli] Blum vai pegar
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor Blum Ontem à(s) 12:17

» [Mini - Chikara] - Vamos para algum lado ?
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor Roy Collins Ontem à(s) 08:03

» Rem E. Nuf
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Emptypor GM.Remenuf Ontem à(s) 06:22



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [Mini - Bigodinhos ] - O Começo

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Skyblazer
Soldado
Soldado


Data de inscrição : 28/04/2014

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 EmptySex 06 Abr 2018, 02:38


Orientação - Fase 02 - Combate!

Lançando mão de uma boa estratégia, Bigodes põe em prática suas ações. Correndo e movendo-se rápido como o vento, o ceifador arremessa galhos e pedras que vai encontrando no chão para diversas posições diferentes. Abaixo, os tritões começam a olhar para todos os lados, sem saber ao certo o que está acontecendo e demorando a interpretar os barulhos – Típico de seu cérebro geralmente bem menor que os músculos.

Eles olhavam em todos os ângulos e se cutucavam, apontando para os lados e dando as costas exatamente no momento correto para que o nosso herói descesse quase que escorregando na encosta da ravina. Sua aproximação fora furtiva o suficiente para que entrasse em campo de combate hábil e, com bastante força, aplicasse um golpe cortante que partiu diagonalmente o lado posterior do torso de um dos vilões. Sangue espirrou e o monstro tombou para frente, totalmente desacordado pois fora pego de surpresa pelo herói – Impedido, portanto, de obter quaisquer tipos de vantagens defensivas.

Saltando para trás, nosso herói visou ganhar espaço. As caixas não pareciam ser tão leves a ponto de poderem ser utilizadas da maneira que ele planejara – Constatou isto ao ver que a maioria até mesmo se espatifaria antes de um arremesso da forma que pretendia. Notou também que utilizar suas pernas para qualquer outra coisa que não fosse movimentação talvez não fosse a melhor das idéias, tendo em vista que não havia treinado nenhum tipo de golpe durante toda sua vida utilizando-as.

Distante cerca de seis metros do seu inimigo restante, encarou o bicho urrar e rugir com grande fúria; ao iniciar uma investida mortal em sua direção, O tritão avançava com uma velocidade sobre-humana, dentes postos à frente em uma mordida poderosa que veio a acertar o ombro de Bigodes. Ele trucidou a área, mordendo e girando o corpo, literalmente arrancando um bom naco de carne do local. Sob a maldição de uma dor pungente causada pelo ataque do ladrão písceo, restava ao nosso Ceifador tomar mais cuidado em seus movimentos defensivos – Aquele dano causado pelo bicho não era de brincadeira!

Agora ali estavam – Herói e vilão. Encarando-se enquanto a água do rio fazia aquele barulho característico. O tritão rotacionava e estudava o posicionamento de Bigodes, que fazia o mesmo com o bicho. Até que, de um sopetão, o monstro correu mais uma vez – Armando desta vez um soco que mirava a área da cabeça do nosso protagonista. Bigodes viu o tempo desacelerar por um efeito de adrenalina e do seu próprio treinamento, o que lhe dava uma chance para evitar o célere golpe do monstro!



Dicas e observações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Informaticbug
Membro
Membro
Informaticbug

Créditos : Zero
Warn : [Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 10010
Data de inscrição : 24/03/2018

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 EmptySab 07 Abr 2018, 19:52



Um já tinha ido, a sua estratégia tinha sido bem sucedida e tinha conseguido rasgar um dos tritões. Mas infelizmente ainda faltava outro.
Bigodinhos e o segundo tritão estavam frente a frente a tentar estudar-se um ao outro. O tritão avançou com uma velocidade sobre-humana, com os dentes postos à frente e com um mordida poderosa acertou no ombro do nosso herói. A ferida causada pelo peixe era alarmante, e era capaz de dificultar os movimentos mas a sua força de vontade era maior e Bigodinhos iria tentar ao máximo esconder a dor e fazer com que aquilo não perturba-se a sua luta.

" Este bicho arrancou-me um bocado do meu ombro, tenho que ter mais atenção aos ataques dele, mesmo que agora seja um pouco mais dificil movimentar o meu braço devido a esta ferida... Como é que o vou derrotar ? Ele é extremamente rápido para o corpo que tem ... "

Pensava este enquanto punha a mão por cima da ferida que tinha sido causada pelo seu oponente, naquele momento todo o braço de Bigodinhos parecia um rio de sangue, mas ele estava ali para tentar derrotar aqueles ladrões e era isso que ele iria tentar fazer, nem que isso lhe custasse a sua própria vida.

Fuuushhh .. Foi o barulho que o tritão fez ao começar a correr na sua direcção para lhe lançar um ataque, desta vez o vilão puxava a mão atrás para tentar acertar na cabeça deste com um soco bastante potente. Mas isto fez com que uma sensação despertasse no nosso herói.

O tempo começou a desacelerar perante a visão de Bigodinhos, era uma sensação que acontecia poucas vezes, mesmo que este tenha treinado bastante tempo para isso, infelizmente só acontecia em casos de flagrante perigo, isto é, só acontecia quando a vida do nosso protagonista estava entre a vida e a morte.
O batimento cardíaco começa a ficar mais lento e Bigodinhos começa a ouvi-lo dentro da sua cabeça, ele sabia o que tinha para fazer. Fechou os olhos durante uma milésima de segundo e inspirou um pouco de ar ao mesmo tempo. Quando os olhos voltaram a ver o tritão este já estaria a meio do caminho.
Empunhou a foice na sua mão direita com toda a força e esperou até que o seu oponente se chegasse mais perto de si.

Finalmente começaria a agir, Bigodinhos daria um passo com o seu pé esquerdo em direcção ao seu oponente ao mesmo tempo que inclinava e rebaixava o seu corpo também para o mesmo lado para tentar esquivar se ao soco do vilão.

Caso se esquivasse do soco este iria tentar com a sua foice que tinha na mão esquerda tentar fazer um corte desde o meio da barriga do tritão até a zona das costelas já que era esta parte que estaria exposta devido ao soco. Se o ataque fosse bem sucedido o tritão iria ficar incapacitado já que teria um corte bastante profundo na barriga feito pela foice.
Se o tritão conseguisse bloquear o seu ataque, Bigodinhos iria prontamente dar um salto para trás para tentar ganhar alguma distância do tritão e por a sua foice em modo defensivo, isto é, pegaria nela com as duas mãos, viraria o corpo puxando uma perna para trás, ficando assim de lado para por a foice a sua frente sendo assim mais fácil bloquear um ataque com a mesma.

Caso Bigodinhos não quisesse desviar do forte soco do tritão este iria por o braço a frente da sua cara e por trás deste poria a foice para tentar segurar o ataque do oponente ao mesmo tempo que punha uma perna para trás para tentar travar o impacto que seria expectável. O tritão iria acertar o soco na foice enquanto Bigodinhos com toda a sua força iria tentar puxar o soco para o seu lado direito, para que o vilão ficasse com as costas expostas para um ataque livre do nosso herói.

Spoiler:
 

Se a defesa fosse bem sucedida, iria desfazer a defesa, com a sua mão direita e ao mesmo tempo que o tritão iria para a frente este virava a foice ao contrario e com a parte do cano, fazendo um movimento forte iria dar com ela na nuca do seu oponente, o fazia com que o tritão caso sentisse alguma coisa iria levar com que este fosse para o chão,  para depois com a parte cortante tentar fazer um corte desde o final do braço do tritão até ao fundo das costas. Caso não conseguisse iria dar apenas um salto para trás para tentar ganhar espaço em relação ao seu oponente e repensar novamente numa nova estratégia para tentar derrotar este peixe maldito.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 EmptySeg 09 Abr 2018, 14:38


Orientação - Fase 02 - Combate!

Abaixando sua postura enquanto fazia uma movimentação – Ironicamente – Para dentro do perigo, nosso herói agiu. Sua estrutura física arqueada para baixo fez com que o golpe do vilão viajasse no espaço acima da sua cabeça, portanto, não lhe trazendo mal algum. Uma enorme massa de ar era deslocada no processo, e isso podia ser sentido de longe. Tal característica denotava claramente o poderio massivo da força física daquele monstro.

Tendo evitado o golpe, agora Bigodes visava contra-atacar. Com a foice em sua mão inábil, ele aplicou um golpe que não foi muito efetivo. Um ataque que cortou pele e carne, mas que poderia ter sido muito mais efetivo caso houvesse sido realizado com a mão direita do nosso herói. O tritão rugiu e gritou, girando em pleno ar e caindo do outro lado, arrastando-se alguns centímetros na areia do local.

A criatura ergueu-se – Uma montanha de músculos, suor e cheiro de peixe. No seu peito estava figurando o corte raso que acabara de ser feito pela foice do nosso herói. Ao longe, era possível começar a ouvir sirenes e um som de marcha, o que indicava que dali a alguns minutos a marinha estaria provavelmente presente no local. Ouvindo isso, o tritão ficava incerto sobre como agir e tal incerteza se refletia claramente em seu semblante. Após pensar um segundo, decidiu por ceder aos impulsos violentos e simplesmente avançar atacando Bigodes enquanto rugia - Vocês não vão nos matar de fome, seus humanos imundos! Tritões para sempre!

A defesa do protagonista agora era versátil e diferente. Meio que dando um passo para posicionar-se e meio que redirecionando o fluxo do golpe, nosso herói fez com que mais um potente ataque passasse reto. A inércia impulsionou e propulsionou o tritão para frente, deixando-o com as costas expostas para um golpe que poderia ser final, caso bem efetuado desta vez. A situação toda estaria perfeita, não fosse a visão do ceifador escurecer por um milésimo de segundo, ativando todos os instintos de sobrevivência que haviam em seu corpo e lhe trazendo para uma realidade cruel que fora prontamente identificada por nosso herói: A mordida do tritão continha algum tipo de... Veneno!

O relógio estava contando, e contando regressivamente para o nosso salvador! Sem contar que as palavras do tritão podiam afetar as emoções do nosso herói, pois ele havia deixado claro que, talvez, não fosse exatamente apenas um mero "vilão" malvado...



Dicas e observações:
 

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Informaticbug
Membro
Membro
Informaticbug

Créditos : Zero
Warn : [Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 10010
Data de inscrição : 24/03/2018

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 EmptyQua 11 Abr 2018, 18:16


Perfeito.. Simplesmente perfeito ou quase ... Todos os movimentos característicos de Bigodinhos eram como uma sinfonia, tinha feito tudo no timing certo e isto fez com que fizesse uma esquiva e um ataque quase perfeito, falhando apenas o mau uso da sua mão não-dominante. Consequência disto? Um ataque frouxo, que poderia ter significado a derrota do nosso heroi não tivesse ele preparado uma defesa solida.
Sendo isso que lhe daria vantagem novamente nesta batalha feroz, após o ataque falhado do tritão, outro, Bigodinhos tinha tudo para terminar com aquele combate mas no momento em que este iria fazer o ataque final todos os seus sentidos "bloquearam" por um momento, a sua visão estava a escurecer e uma fraqueza súbita atingiu todo o seu corpo, o que iria fazer com que este desse 2 passos para a sua traseira.
O único ataque que o vilão havia acertado nele tinha mais segredos do que apenas uma ferida aberta no seu ombro. Bigodinhos sabia o que era .. Veneno ..

" Raios parta o tritão .. Só me acertou uma vez e ainda por cima tinha que ter um veneno nos dentes dele.. "

Bigodinhos com a foice na sua mão direita, devido a fraqueza que sentiu iria por um joelho no chão e usaria a sua arma como muleta até que aquele sentimento que percorria passa-se, esperando este que fosse passageiro.

Enquanto este estaria no chão, relembrava-se das palavras do seu oponente.

" O tritão disse que estava com fome? Porque é que não disse logo? Porque raio teve que roubar a rapariga e ainda por cima bater nela? "


Muitas questões estavam na cabeça de Bigodinhos mas toda a sua fúria estava a desvanecer devido as palavras do tritão. O nosso herói é o primeiro a chegar-se a frente e ir a luta caso houvesse injustiça ou má conduta mas ali já era diferente. O seu oponente só estava com fome e para Bigodinhos quem rouba para comer não é considerado ladrão seja quem for, até poderia ser o seu maior inimigo.

Ainda estaria com fraqueza quando este falaria para o tritão.

- Porque é que não pediste? Tudo bem que os humanos olham para voces podem causar medo ou terror. Mas perguntando a pessoa certa, irias ser ajudado com certeza. Ninguem deveria passar fome, Humano ou tritão.
Como podes ouvir a marinha deve estar perto e se eles te apanham já sabes que isso ira significar a morte para ti e para o teu amigo. Agora tens 2 ou 3 hipóteses. Uma, vais embora e eu deixo-te ir, podes levar até uma ou duas caixas de comida contigo, duas acabávamos este combate e quase de certeza que vai acabar com a tua morte e três, morres para a Marinha. Antes de perguntares, a diferença da morte entre a minha e da Marinha é que eles vão te mal-tratar e torturar enquanto eu acabo logo contigo, desta vez não te faço um arranhão, CORTO-TE AO MEIO.


Se o tritão decidisse ir embora com o seu amigo e com as caixas que este conseguisse carregar, Bigodinhos iria largar a foice e cair para trás ficando assim todo deitado no chão a espera que alguém chegasse a sua beira.

Caso o seu oponente quisesse continuar a batalha, o nosso herói iria tentar por-se de pé novamente, pegaria na sua foice com as duas mãos para se por novamente em posição de combate com um pé atrás de si e com a sua arma a bloquear toda a sua frente para tentar bloquear um ataque do tritão. Se este atacasse, Bigodinhos iria tentar bloquear ou caso conseguisse esquivar como já tinha feito no passado este tentaria, agora com as duas mãos, cortar alguma parte do corpo do seu oponente para que este ficasse incapacitado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 EmptySex 13 Abr 2018, 12:36


Orientação - Fase 03 - Conclusão

O homem-peixe encarava o diálogo como quem era pego de surpresa por um tiro pela culatra. Não houvera, nunca, um humano que quisesse dialogar com tritões; entender seus problemas, ou o seu lado da história. O mesmo valia para eles; tendo sido alvo de humilhação ostensiva e constante por parte dos terrenos, haviam criado um desgosto e, melhor dizendo, nojo pelos respiradores de ar. O fato é que, mesmo surpreso, ele não podia fugir. O mau sangue existente entre suas posições era anterior até mesmo aos seus pais e avós, e era algo quase instintivo para ser ignorado tão rápida e facilmente.

O fato é que ele retruca uma resposta monossilábica – Nunca! Tritões para sempre! – E já avançou atacando com mais uma mordida devastadora. O golpe foi pronta e habilmente defletido pela foice do nosso herói – Os dentes quase metálicos chocando-se com a parte afiada da arma e criando faíscas. Ficaram em uma batalha de força por alguns segundos, até que Bigodes girou o corpo, quebrando o equilíbrio do tritão que empurrava com toda sua força; fazendo-o ir para frente, desbalanceado. Uma brecha fora aberta, e fora bem aproveitada também.

O golpe da foice veio rápido como um trovão – Quase que indolor. Havia acertado a região da coluna do monstro, que caia para frente de rosto na areia do chão. Os passos das botas dos marinheiros em marcha ficavam mais e mais altos; e por algum motivo aquela vitória em um improvável combate... Não tinha tanto gosto de vitória assim para o rapaz. As caixas – Bem como os conteúdos em seus interiores – Estavam todos ali, intactos; mas a percepção sobre a realidade de que talvez ambos os “malvados” estivessem roubando tão somente para alimentar seus irmãos que não tinham a mesma força física... Doía na alma de qualquer um. Ou melhor, de qualquer um que tivesse alma.

Após alguns segundos de contemplação, a marinha chegou. Era um esquadrão de 6 soldados e 1 sargento que arregalaram os olhos quando viram os corpos no chão e o nosso herói apoiado sobre a foice – Envenenado, quase desmaiando, mas em pé. Vozes animadas deram vivas, enquanto outras mais espantadas criavam teorias da conspiração – Não, não é possível... Nenhum civil comum poderia ter derrotado dois tritões... – Alguns diziam, cochichando pelas suas costas.

O mundo girou, e Bigodes pensou que ia cair; mas foi apoiado por duas mãos fortes e grandes. O sargento o encarava com um certo ar de questionamento e, também, de orgulho – Filho, você fez isso? De verdade? Se sim... Nós precisamos conversar, e conversar no Quartel da Marinha! Médico! – E, em resposta ao grito, veio um dos seis correndo com uma maletinha; iniciando tratamentos e aplicação de antídotos no nosso herói.

Conte-me – O sargento falou enquanto os demais soldados davam cabo dos corpos inertes dos tritões – Conte-me tudo o que aconteceu; você não vai poder se mover pelos próximos minutos para que os remédios façam efeito... Então... Apenas... Conte-me!



Dicas e observações:
 

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Informaticbug
Membro
Membro
Informaticbug

Créditos : Zero
Warn : [Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 10010
Data de inscrição : 24/03/2018

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 EmptySab 14 Abr 2018, 20:15

" Porque é que alguém quer este fim? Porque preferir a morte em vez de escolher a vida ? O mundo está cheio de injustiças, mas cada um de nos tem que saber como contorna-las.. "

Bigodinhos pensava nestas palavras enquanto olhava para os dois corpos estendidos no chão a sua frente, nunca tiveram hipóteses, podiam ter fugido mas escolherem o pior caminho. Agora estão ali no chão.

As caixas ainda estavam ali, intactas, com todo os seus conteúdos lá dentro. O que era uma boa noticia para a rapariga que poderia reaver os seus pertences e dos seus pais, já para Bigodinhos era uma vitoria amarga depois de descobrir a verdade sobre os seus oponentes. A fome, pode levar uma pessoa a loucura e a fazer coisas que depois poderá se arrepender. Infelizmente é assim a vida.

Enquanto Bigodinhos estava concentrado naquela visão reparou que um grupo de pessoas estava a chegar a sua beira, era a marinha. Finalmente estavam ali, demoraram mas chegaram e no final é isso que interessa. Era um esquadrão de 6 soldados e um sargento, ficaram todos um pouco impressionados com o que estava perante os olhos deles o que levou a que o Sargento fosse ter com o nosso herói para lhe poder fazer umas perguntas.

- Sim, fui eu que fiz isto para que fosse feita justiça nesta terra, já que voces demoram aparecer.

Respondia Bigodinhos a pergunta feita pelo Sargento enquanto este chamava por um médico para tratar os ferimentos do nosso herói que cambaleava e que só não caia ao chão porque estava segurar a sua foice com as duas mãos, permitindo com que esta fizesse tipo de uma muleta.

" Já sabia que era isto que lhes ia acontecer eu bem os avisei ... "


O sargento continuava a falar para Bigodinhos enquanto este estava a pensar e via o resto dos soldados a darem cabo dos tritões que estavam inconscientes a sua frente depois daquele combate feroz.

- Eu conto-vos tudo, mas primeiro tenho algumas exigências, podemos ir para o vosso quartel depois, mas essas caixas que voces veem no chão tem que ser devolvidas a uma rapariga da cidade.

Dizia este para o Sargento enquanto estava a ser curado pelo médico da marinha. E então após ter feito aquelas exigências Bigodinhos começou a contar desde o inicio tudo que se tinha passado desde o momento que viu a rapariga no chão, até aquele momento. A historia foi contada com bastantes pormenores para que eles ficassem a saber de tudo até da fome que aqueles bichos estavam a passar.

Algumas horas passaram enquanto Bigodinhos contava a historia ao Sargento da marinha, este já se sentia bastante melhor depois do tratamento que lhe tinham feito e já se podia movimentar com mais facilidade.

No final a Marinha agradeceu tudo que ele tinha feito pela aldeia e iria certificar-se que todos os bens que estavam ali fossem devolvidos a quem lhe pertencia.

Um aperto de mão entre Bigodinhos e o Sargento fechou a nossa aventura. A partir daquele momento cada um iria para o seu lado. O nosso heroi iria voltar para casa para descansar e comer, claramente, enquanto o esquadrão iria devolver toda a mercadoria e levaria também os dois tritões para a prisão.


Spoiler:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 EmptySeg 16 Abr 2018, 13:58

~Mini-Aventura ENCERRADA~


Observações:
No final houve um pequeno God-mode, aonde você usou os NPCs e narrou as ações deles (Lembre que você só pode narrar as suas tentativas de ações; mas no mais foi um post aceitável e você dominou sim os princípios básicos do RPG (que é o objetivo deste tutorial) :)

Portanto, parabéns! Não esqueça de solicitar seus créditos no prazo de 30 dias!
-

O que fazer agora que terminei minha Mini-Aventura?
- 1º passo: Agora que encerrou sua mini-aventura basta criar a sua ficha na Criação de Personagens usando o Modelo de Ficha.
- 2º passo: Corra e crie sua aventura. Onde? Há um tópico chamado Crie sua Aventura, lembre-se de que você somente pode criar uma aventura se sua ficha for aprovada e dentro do limite de pedidos de criação de aventura pendentes. Caso haja alguma pendência espere alguém aprovar a aventura anterior, para postar a sua.
- 3º passo: Aventura aceita? Então procure um narrador, onde? Em T.N.D crie um tópico para solicitar seu narrador, e aguarde o ADM responsável pela área escolher um narrador para você.
- AH! Leia as regras para que você não venha a tomar punições.
- Lembre-se você tem 30 dias para pedir os 6 créditos da conclusão da mini-aventura neste link.

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: