One Piece RPG
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor Handa Hoje à(s) 20:08

» Bell Farest
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 19:25

» Helves
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 19:22

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 18:53

» O Segredo de Um Ladrão
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 18:11

» Art. 5 - The hunt is on
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 18:10

» Cap.1 Deuses entre nós
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor Thomas Torres Hoje à(s) 18:09

» The Hero Rises!
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 17:21

» VIII - The Unforgiven
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 17:10

» 11º Capítulo - Cataclismo em Skypeia!
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor Far Hoje à(s) 16:17

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor K1NG Hoje à(s) 15:52

» Vol 1 - The Soul's Desires
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor Arthur Infamus Hoje à(s) 15:41

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor Furry Hoje à(s) 13:22

» Seasons: Road to New World
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 10:55

» [FICHA] Sonny Delahunt
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 10:10

» Sonny Delahunt
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 10:09

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor Oni Hoje à(s) 08:33

» Meu nome é Mike Brigss
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor Oni Hoje à(s) 08:18

» Evento Natalino - Amigo Secreto
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor Hisoka Hoje à(s) 03:24

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Emptypor Fukai Hoje à(s) 01:54



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Cap 1. Quem sou eu?

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 68
Warn : Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Cap 1. Quem sou eu?   Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 EmptySab 17 Mar 2018, 17:19

Relembrando a primeira mensagem :

Cap 1. Quem sou eu?

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Nyx. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
yaTTo
Soldado
Soldado


Data de inscrição : 07/11/2010

Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1. Quem sou eu?   Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 EmptyDom 22 Abr 2018, 19:11



嗨让我们战斗吧


O sangue escorrendo pelo chão, tinha desde que entrado no exercito revolucionário enfrentado diversos marinheiros e até mesmo Kyriel, porem aquela era a primeira vez que conseguia ver o sangue derramado daquela forma, não eram feridas de batalha que logo iriam se curar, aquele sangue jorrava de um corpo que já caía sem vida ao chão em disparos feitos com precisão. Meus olhos fintavam aquela... garota? Seu corpo estava todo coberto por uma vestimenta estranha, contudo sabia que era uma aliada da revolução. Contudo não era aquilo que chamava minha atenção - Seus olhos... - Ficava observando com afinco, eles eram exatamente iguais aos meus, que tipo de pessoa era aquela? De onde ela tinha surgido? Qual era seu nome? Diversas perguntas circulavam pela minha cabeça em uma velocidade inacreditável, estava interessado naquele ser que parecia se movimentar como – Uma criança? Quem diabos é você? Você é estranha HAHAHAHA – Indagava a jovem esperando uma resposta sincera a minhas perguntas, um tanto obvias, porem aquele era meu jeito de ser. - Jiya você realmente é uma boa companheira! - Estava feliz, meu mestre disse que um dos principais objetivos que deveria ter ao sair de casa era encontrar companheiros com que pudesse contar no futuro, Jiya estava demonstrando ser esse tipo de pessoa. Passávamos pelos marinheiros com facilidade, como tinha antecipado eles com certeza eram inferiores a Kyriel, soldados simples não mais iriam ser um problema para minha força de vontade, estava pegando fogo por dentro em uma explosão de adrenalina que não podia conter. Uma porta gigante se abria revelando o local por onde passaríamos para fugir, porem uma silhueta em meio a claridade de fora era revelada, dava um semi salto para trás, colocava o braço direito acima de meus olhos para melhorar a visão e logo meus olhos iam se acostumando ao fechar da porta.

Uma mulher que carregava duas bestas surgia, ela com certeza não estava nada feliz de estar ali no que parecia ser seu dia de folga – Olha que situação, não? - Abria um sorriso irônico em meu rosto, ela com certeza tinha uma aura diferente dos marinheiros que enfrentamos a pouco, contudo ela ainda não se parecia nada com o monstro da marinha Kyriel - Eu tenho uma solução para esse problema! - Gritava em direção a mulher enquanto segurava com força o chicote em minha mão direita – Que tal você nos deixar fugir? Não vai ter que nos prender, assinar papeladas e ainda consegue chegar a tempo da abertura do bar? Uma situação onde todos ganham! - Não esperava em nenhum momento que minha sugestão fosse acatada, mas realmente julgava que se ela fizesse aquilo todos de fato sairiam ganhando. Suspirava baixinho, era hora de novamente entrar em combate, ultimamente tinha estado em todo tipo de batalha, minhas pernas latejavam um pouco, acho que era o cansaço acumulado da luta contra Kyriel mais o esforço que estava empregando agora. - Jiya, menina estranha, vamos todos de uma vez! - Girava o chicote o fazendo estalar no ar e logo corria em direção a marinheira, tinha que acabar com a distância entre nós, a última vez que tinha visto uma besta eram armamentos de longo alcance, quando se estava próximo das mesmas poderia neutralizar com facilidade seu usuário. - Criança nos dê cobertura, jiyá vá pela esquerda! - Antes que pudesse perceber já estava dando ordens para executar um ataque em pinça contra a marinheira. Como ela tinha duas armas seria fácil para ela nos atingir se andássemos juntos, contudo separando nosso ataque em duas direções, direita e esquerda, enquanto uma pessoa de longe nos dava cobertura era mais fácil de ser executado do que um ataque frontal.

Iria com movimentos em zig zag me aproximar da jovem marinheira pela direita, esperava usar minha aceleração e velocidade constante para chegar o mais próximo possível da mesma sem ser atingido, o tiro que levava anteriormente tinha me ensinado que não poderia brincar com esse tipo de gente. Chegando a aproximadamente dois metros da mesma, iria fazendo uma finta da esquerda para a direita onde no meio do movimento iria com meu chicote em um meneio de trás para frente tentar enrolar o antebraço da marinheira, logo acima de sua mão e com força puxar a mesma para mim tentando quebrar seu equilíbrio e dar chance para Jiya realizar seu ataque. Não sabia se a mesma possuía qualquer tipo de adaga ou alguma coisa que lhe desse vantagem a curta distância, então caso ela demonstrasse a intenção de retirar qualquer coisa de suas vestimentas iria recuar com passos largos para trás para evitar ser cortado a curta distância. Conseguindo neutralizar aquela marinheira era hora de fugir daquela caverna da marinha, iria fugir pela porta principal em direção a liberdade.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Citação :
Nome: Nyx
Posts: 15
Ganhos:Chicote x1
Perdas:30.000 Berries
Berries: • 20.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Noção Exata do Tempo | Presas e Garras | Zooglota | Genialidade | Visão Aguçada
Desvantagens: Aparência Inumana | Código de Conduta | Sinceridade Excessiva
NPCs:
Spoiler:
 
Extra:-x-

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 83
Warn : Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1. Quem sou eu?   Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 EmptyDom 22 Abr 2018, 22:26


Criança? Huhn se quiser eu posso ser uma criança para você! – A desconhecida ria e chegava mais perto de Nyx para levar sua mão direita até as orelhas do felino. – Você é quase tão baixo quanto eu, acho que posso te considerar uma criança. – Ela ficava nas pontas do pé e acariciava as orelhas e cabelo do garoto, ao menos era isto que ela estava tentando naquele encontro estranho. A interação do trio durou pouco e com tudo resolvido eles decidiram escapar, partindo para a única saída daquele lugar. Serem impedidos de sair por conta de uma marinheira bem irritada poderia ser complicado. Jiya entendi a a situação e mesmo assim não conseguia decidir o que realmente deveriam fazer contra alguém de presença tão forte. – Não! Fugir sem lutar vai ser chato. – Mesmo com a tal solução dita por Nyx eles ainda pareciam não chegar em um acordo e a loira apenas ficava quieta enquanto caminhava na direção dos três.

Ei gatinho, vamos brincar um pouco com ela? Eu sempre quis ter um bichinho de estimação para me ajudar em lutas. – Sorria pegando uma pistola de dentro das vestes para combater a mulher que impedia a movimentação dela. Jiya já nem mesmo se preocupava com os problemas, pois sabia que aquilo não terminaria sem um combate e todos precisavam lutar juntos ou aconteceria igual com Kyriel anteriormente. – Eu adoraria sair e deixar a fuga acontecer, mas isso causaria minha demissão e não estou pronta para sair da marinha agora. – O combate obviamente seria em trio e Jiya seguia as ordens do felino mesmo sabendo que não era o plano mais elaborado de todos. – Precisamos começar de algum lugar... – E com isto em mente ela avançou pela esquerda, deixando a atiradora para trás enquanto Nyx ia pela direita com seu chicote. – Vamos lá! – Gritou iniciando um disparo direto que passava na abertura entre os dois companheiros e ia à direção da testa daquela marinheira.

O combate realmente estava iniciando e o primeiro disparo foi inútil por conta da velocidade de seu alvo, sendo facilmente evitado com a esquivada marinheira que quase de imediato realizou um impulso para a frente, tomando velocidade para alcançar os revolucionários. Dois disparos eram executados, um para cada lado e a dupla conseguia escapar deles com movimentos irregulares além da velocidade que possuíam. O chicote de Nyx avançou assim que ele teve alcance suficiente, prendendo com sucesso o braço da mulher, porém mesmo com tal abertura não foi possível Jiya acertar os ataques nela. A revolucionária até tentou, recebendo ajuda dos companheiros com disparos de longe e a movimentação forçada feita por Nyx, mas ao se aproximar todos os golpes foram bloqueados ou desviados e facilmente ela conseguiu se livrar do chicote, disparando assim uma flecha na barriga de Jiya. – Isso é muito fácil, juro que se a luta nem mesmo for divertida eu vou matar todos vocês! – Dor e sangue fazia Jiya recuar e repensar o que poderiam fazer no combate, imaginando que estratégias mais simples não funcionariam naquela mulher. – Alguma outra ideia? – Indagou quebrando a flecha para sobrar apenas um pedaço dela em seu corpo.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1. Quem sou eu?   Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 EmptySex 27 Abr 2018, 08:32



嗨让我们战斗吧


As frases da jovem que acabava de chegar eram estranhas, assim como sua aparência. Ela tinha até mesmo me chamado de criança também, isso não tinha acabado de se tornar uma briga infantil? - HAHAHA Depois resolvemos isso. - O plano era executado e falhava miseravelmente, o sangue que jorrava da barriga de Jiya era minha culpa, sentia como se cada gota que saía daquele ferimento também parecia sair da minha. O plano era simples e arriscado e no final tinha apenas subestimado a marinha mais uma vez. - O que diabos está acontecendo com esses loiros? - Abria um sorriso sério e com um tom ofensivo para a marinheira, não estava nem um pouco intencionado a demonstrar fraqueza perante meu inimigo. - Primeiro Kyriel, agora essa arqueira de merda, o que tem de diferente na água da marinha? - Suspirava recuperando um pouco o folego estando a não mais que cinco a quatros metros de distância da saída e da atiradora. - Você está bem Jiya? - Era uma pergunta que antes de sair de minha boca já sabia a resposta, ninguém com uma flecha presa a seu corpo estaria bem, não importava como veria aquele cenário, mesmo em vantagem numérica me sentia ainda assim em desvantagem, aquilo servia como um verdadeiro teste para mostrar a diferença em experiencia de combate entre mim e aquela parede que impedia nossa fuga daquele buraco. Jiya mesmo assim pedia por ajuda em uma nova estratégia, não sabia até que ponto aquela menina encapuzada seria útil, seus últimos disparos não pareciam ir no alvo com propriedade, talvez o que precisasse não era que ela acertasse o alvo, mas que impedissem sua movimentação.  

Inspirava e suspirava com calma, a última vez que tinha elaborado uma boa estratégia Kyriel tinha surgido das chamas como um maluco e me nocauteado, não iria dar brecha para isso acontecer mais uma vez, iria tratar daquela marinheira com mesmo afinco que trataria o maldito monstro. Cuspia logo ao lado, com a mão direita limpava minha boca enquanto ainda fintava com o olhar os olhos azuis da atiradora. Eles eram afiados assim como os meus. Com passos lentos iria me aproximar de minhas companheiras enquanto não tirava por nenhum segundo a marinheira de vista - Dois tiros no canto superior esquerdo, um mais a cima outro mais a baixo, consegue fazer isso? - Ainda com um sorriso no rosto perguntava para a recém-chegada a equipe se ela podia executar aqueles disparos com precisão, o objetivo daqueles tiros seriam limitar a direção para qual a mesma iria executar sua esquiva, se ela fosse para a esquerda com certeza seria atingida. - Jiya, consegue lutar? - Minhas palavras dessa vez saíam um pouco mais frias, não sabia até que ponto aquela flecha estaria trazendo problemas para a mesma, minhas habilidades para entender de ferimentos eram quase nulas. Com uma resposta positiva voltava a ter um sorriso animado no rosto, sabia que aqueles que estavam ali comigo não eram perfeitos, mas eram os melhores companheiros que poderia pedir naquela situação. Estalava o pescoço e estava pronto novamente para o combate, o plano era simples como antes, porém esperava uma melhor execução dessa vez.

Mesmo que Jiya expressasse que estava bem não sabia até que ponto sua mira estava boa devido a seu ferimento, então o plano seria executado pensando em mim, não ela, disparando o gatilho final daquele ato. - Jiya, quero que você pegue suas senbons e ao ouvir o barulho dos tiros as lance focando as pernas da atiradora. - Manteria por alguns segundos os olhos em minha companheira, tentava demonstrar confiança em minhas palavras, logo voltava a focar minha atenção na atiradora. - Se acertar ela seria perfeita, contudo não podemos esperar pelo melhor nessa situação então se você puder apenas a fazer se deslocar de sua posição atual já seria bom o suficiente. - Tentava mexer meu braço esquerdo, não sabia o que tinha acontecido depois que tinha adormecido, eles tinham mexido nele? Ainda estava no mesmo estado? Estava incerto, porem usar ele agora seria um problema, atardar o tratamento não era a melhor opção, porem que escolhas eu tinha ali? Novamente teria que apostar na minha sorte. - Boatos que gatos tem sete vidas, vamos testar? - Todos meus dentes e presas estavam à vista, com o chicote em mãos era hora de me preparar para o ataque, aquela demora poderia significar reforços, talvez ainda mais poderosos que Kyriel e aquela mulher.  



Começava a me afastar da dupla, estalava o chicote repetidas vezes para me acostumar novamente com seu movimento. Estando a aproximadamente noventa graus em relação a dupla iria me lançar para frente, em direção a marinheira, em um instante olharia para a dupla e voltaria a me concentrar em minha adversaria, aquele era o sinal para as mesmas iniciarem os disparos dos senbons e dos tiros. Os ataques de longe viriam aproximadamente da esquerda enquanto iria pela direita em movimentos irregulares em direção a mulher. Iria jogar o chicote para trás e para frente para pegar velocidade, o objetivo do ataque era me prender a mulher, não importava muito onde ele iria se fixar, braços, pernas e tronco. Os disparos da atiradora limitariam a esquiva para o lado esquerdo da mesma, os senbons iria impedir que a mesma corresse para quaisquer lados e talvez incitassem um salto a deixando imóvel no ar, era o que gostaria que acontecesse. - Se você não vem... - Da outra vez tinha tentado puxar a mesma para junto de mim para cortar seu equilíbrio, dessa vez seria o contrário, usaria da mesma para me jogar em direção a ela com velocidade a deixando presa a mim impedindo que ela escapasse. Para frente ou para trás ela ainda assim seria atingida pelos disparos, afinal não existia distancia suficiente que ela poderia percorrer que fizessem as balas perderem velocidade. Sendo puxado por mim mesmo iria chegando a um metro da mesma iria girar meu corpo no ar e desferir um chute com minha perna esquerda visando acertar seu tronco, na região acima da barriga tentando a jogar para trás. Antes que a mesma pudesse se recuperar iria continuar a investida me jogando para frente com agressividade dessa vez utilizando da minha cabeça tentando chocar a minha com a dela em uma tentativa de atordoamento, não sabia quem iria sentir mais a pancada, porem tinha aliados para me ajudar depois do impacto caso fosse mais severo.  

Com o choque provavelmente a mesma iria ser jogada para trás e novamente iria agressivamente em direção a mesma, contudo dessa vez iria me jogar sobre a mesma, iria largar o chicote, seguraria seu braço direito com meu braço direito, com a perna esquerda iria tentar a jogar contra o chão a derrubando e mais uma vez iria tentar causar o choque entre nossas cabeças, dessa vez esperava que a dela se chocasse contra o chão a atordoando. Caso a mesma tentasse um chute, soco ou qualquer golpe enquanto estava a curta distância iria tentar me esquivar com fintas em diagonal indo e voltando ao ponto de início não a deixando escapar daquela sequência de ataques.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Citação :
Nome: Nyx
Posts: 16
Ganhos:Chicote x1
Perdas:30.000 Berries
Berries: • 20.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Noção Exata do Tempo | Presas e Garras | Zooglota | Genialidade | Visão Aguçada
Desvantagens: Aparência Inumana | Código de Conduta | Sinceridade Excessiva
NPCs:
Spoiler:
 
Extra:-x-

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 83
Warn : Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1. Quem sou eu?   Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 EmptySab 28 Abr 2018, 11:27


Aguentarei até a luta terminar. – A dor poderia ser deixada de lado enquanto lutavam e Jiya era parte importante daquele combate, pois lutava bem próxima da marinheira e só isto poderia facilitar o combate de Nyx e a atiradora. – É isso que faz as coisas serem divertidas! Se a marinha não possuísse pessoas com essa força nenhuma missão nossa seria interessante. – Os revolucionários tinham a vantagem numérica, mas estavam bem longe de conseguir vencer tal luta. A loira parecia tão forte quanto Kyriel e tinha um estilo de luta muito diferente do normal, usando duas bestas que pareciam ser tão rápidas quanto armas de fogo. – Claro que posso! Nunca duvide da minha habilidade!!! – Elevava sua voz até se tornar um grito ao fim de suas palavras, deixando claro que ela poderia cumprir sua parte do plano e ajudar seus companheiros em uma distração que poderia levar aos ferimentos da marinheira. – Farei o possível. – Os planos estavam prontos e todos se preparavam novamente, focando na mulher que tinham de derrotar para fugirem da prisão. Nyx percebia a necessidade de usar o braço ferido, porém não conseguia fazer certos movimentos e ele quase não respondia aos comandos do felino, impedindo que ele fosse utilizado naquele combate.

Os disparos da garota surgiam logo após o sinal de Nyx, voando na direção da marinheira que executava sua movimentação e era surpreendida pelas senbons voando um pouco após as balas. Assim que ela tentava fazer outro movimento as senbons se encontravam com seu corpo, duas delas acertavam certos pontos do pé esquerdo e a outra acertava a perna direita e mesmo não causando danos visíveis parecia algo doloroso. Os disparos da garota acertavam de raspão a mulher e por fim estava o felino pronto para atacar, apenas esperando sua chance que surgia com o choque da mulher. Estar preso a mulher com o chicote fez Nyx ser puxado até a ela e ver uma flecha voar em sua direção enquanto estava a caminho dela, girando no ele escapava do disparo e acertava em cheio um chute no tronco da loira que ia para trás com o impacto. A sequência dos ataques não foi muito boa, pois a cabeçada causava mais danos no felino do que na mulher que de imediato erguia sua besta e disparava outra flecha no garoto, acertando de raspão na perna esquerda. Após a separação Nyx tentou avançar novamente, porém foi devidamente afastado com um chute direto na barriga que o jogava longe e impedia qualquer outro avanço dele.

A primeira ofensiva que tinha sido mais bem pensada foi um grande sucesso. Ao observar a loira eles podiam ver que sangue estava aos pés dela e o cansaço finalmente surgia devido aos golpes e esforço recebido de tanta movimentação, fazendo ela se esforçar em uma luta que deveria ser muito mais para ela mesmo em desvantagem numérica. – Finalmente algo divertido nessa luta. – Jiya parecia um pouco incomodada com o ferimentos, mas conseguia se manter de pé e pronta para outra rodada de ataques, esperando que o felino pudesse dar outra ideia, pois ela estava cansada e sem nenhuma vontade de se esforçar para pensar naquela situação. – Ela perdeu a mobilidade, podemos atacar com mais tranquilidade agora. Eu posso assumir a posição da nossa garota aqui e ir pra cima como distração se você quiser. – Ela sugeria enquanto pulava ao redor de Nyx.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1. Quem sou eu?   Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 EmptySeg 30 Abr 2018, 09:54



嗨让我们战斗吧


Mandar Jiya como distração? Não poderia fazer isso, mandar uma mulher ferida para esse proposito ia contra minha moral. Mesmo que a situação estivesse ruim não podia passar por cima de meus padrões ou no final tudo iria ser em vão, descobrir sobre meu passado era importante, porém como iria chegar até aquele objetivo também era. - Marinheira, ainda não ouvimos o nome daquela que irá sucumbir para os revolucionários, se pronuncie! - Mais uma adversaria formidável surgia a minha frente, sem dúvidas Las Camp era um verdadeiro ninho de monstros, não é por acaso que vim parar por aqui. - Vamos para mais uma, apenas mais uma e última investida time. - Abria um sorriso de orelha a orelha, minha cabeça ainda doía um pouco e me lembrava do quanto ainda era fraco em comparação a aquele tipo de monstro, os ataques de Jiya tinham sido os únicos efetivos até o momento, me perguntava se era uma questão de realmente força ou apenas experiencia. Inspirava e suspirava vagarosamente, não tinha muito tempo a perder ali, porem aquela barreira humana estava mais difícil do que o previsto, muito mais difícil do que o previsto. Alongava meu pescoço, da direita para esquerda o fazendo estalar assim com o barulho do meu chicote que manejava com velocidade enquanto encarava minha adversaria, a comendo com o olhar. - Eu vou na frente... - Parava minhas palavras por alguns poucos segundos enquanto observava o ambiente mais uma vez, não sabia como estava a luta de kyriel, não tinha escutado nenhum barulho diferente e por mais que acreditasse na força dos revolucionários não poderia duvidar que ele poderia a qualquer instante aparecer envolto em chamas como um verdadeiro dragão. Mais uma vez citava sobre um monstro que nunca tinha visto, eram novamente as lembranças?

- Vamos fazer o seguinte, eu vou na frente, EU serei a isca. - Dava bastante destaque na palavra eu quando a falava – Ambas virão atrás de mim logo a direita e esquerda, mas não muito longe, serão como asas! HAHAHA – Deixava uma risada escapar naquela situação caotica, o que tinha de errado comigo? - Vou na frente, usarei do chicote mais uma vez para me prender a ela, vocês irão me dar cobertura acertando as flechas que ela atirar. - Olharia para Jiya novamente, seu armamento era de fato o mais problemático, não sabia ainda quantos senbons ainda restavam com ela então um combate mais prolongado talvez não fosse uma opção, por isso decidia, iria terminar naquela investida, aquela última investida - Vocês tentam acertar as flechas em minha direção, a velocidade que a mesma pode carregar é provavelmente inferior a de vocês então devemos ter uma vantagem, uma brecha, para explorar. - Durante a última ação a nova garota tinha demonstrada certa habilidade, mas acertar projeteis talvez fossem um pouco demais, por isso pedia para ambas realizarem. - Quando estivermos próximos o suficiente irei tentar prender a mesma de qualquer jeito, quem de vocês estiver a minha esquerda acerte o braço esquerdo da mesma, quem estiver na direita acerte o direito. Não importa o local. - Minha estratégia era eliminar a usabilidade dos braços propriamente para a mesma não conseguir manejar seu armamento, mesmo que seu braço ao levar disparos ainda conseguisse se mexer provavelmente não estariam com qualquer precisão, bestas, principalmente as que ela carregava consigo, pareciam pesadas e de difícil manuseio.  

Terminando de explicar a estratégia era hora de colocá-la em pratica, começaria a correr em direção da marinheira, com uma formação de "Lança" começava a balançar meu chicote para quando lançar o mesmo estar fácil seu manuseio. Jiya e a garota desconhecida provavelmente estariam a minha direita e esquerda, não muito longe como também não muito perto. Giraria o chicote no ar fazendo o clássico estalo da barreira do som ao ser quebrada e logo iria lançar em direção da mulher, mirando precisamente na sua perna onde o ataque tinha sido mais preciso e sua locomoção estaria mais dificultada, caso não acertasse o mesmo iria rapidamente utilizando de meus músculos puxar o chicote para a direção inversa e ainda com a velocidade constante acertar a outra. Conseguindo me agarrar a mesma iria utilizar de minha aceleração novamente para ir em direção da mesma, a menor distância entre um ponto e outro era uma linha reta, iria confiar em minhas parceiras e não iria fazer desvios para escapar de qualquer disparo, iria apenas seguir reto em direção de meu alvo. Com o chicote sendo efetivo e acertado minha adversaria iria puxar o mesmo na direção contraria de meu salto para frente, iria encurtar a distância entre mim e a marinheira em um impulso rápido. Chegando próximo da mesma iria me abaixar, dar um giro de trezentos e sessenta graus visando acertar um chute em suas pernas que estariam ainda lesadas pelos ferimentos anteriores à fazendo cair ao chão ou no pior dos casos ela ainda ficaria em pé, porem a dor do impacto a faria ter um "Delay" em suas reações e minhas companheiras poderiam enfim realizar seus disparos e a deixar incapacitada. Após realizar o ataque iria dar um salto para trás para escapar de qualquer represaria e esperaria para ver o resultado desse embate.  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Citação :
Nome: Nyx
Posts: 17
Ganhos:Chicote x1
Perdas:30.000 Berries
Berries: • 20.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Noção Exata do Tempo | Presas e Garras | Zooglota | Genialidade | Visão Aguçada
Desvantagens: Aparência Inumana | Código de Conduta | Sinceridade Excessiva
NPCs:
Spoiler:
 
Extra:-x-

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 83
Warn : Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1. Quem sou eu?   Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 EmptyTer 01 Maio 2018, 22:10



Shiza. – Falou para que todos pudessem escutar. – Espero que lembrem meu nome... Eu gosto quando me odeiam, adoro que prisioneiros tenham ressentimentos por terem sido capturados por mim. – Cada palava mostrava um ar de superioridade, como se até mesmo sua voz fosse diferente dos simples soldados. Shiza era alguém com força o bastante para lutar contra os três em igualdade, podendo derrotar uma dupla com facilidade. O maior problema para ela mostrava-se a quantidade e isto nunca seria superado com simples força bruta, mesmo o mais talentoso pode perder para certas estratégias e naquele instante ela sentia-se tão superior aos revolucionários que nem mesmo imaginou a derrota surgindo, pois sua força nunca seria superada por simples criminosos. – O fim dessa luta esta se aproximando... Espero que tenham se divertido tanto quanto eu me diverti. – A marinheira sorria e de imediato posicionava suas bestas para atacar, visando os alvos mais próximos antes de procurar acertar quem estava muito longe.

Finalmente o plano tinha seu inicio. Todos estavam cientes de suas obrigações, mas também entendiam o quão complicado seria aquele fim de combate. Jiya estava se esforçando para aguentar até derrotar a loira, ainda que estivesse sendo complicado ela parecia manter a compostura e acertar suas senbons com precisão. A força dela poderia ser comparada a da loira e por conta dos ferimentos estava um pouco abaixo, precisando assim de uma ajuda dos dois novatos. Mais uma vez Nyx conseguia prender Shiva com seu chicote, fazendo sua movimentação ser impedida e a aproximação do felino ser ainda mais rápido em uma linha reta. As duas únicas flechas possíveis naquele instante eram disparadas e as duas seguiam até o garoto, que tão confiante nas companheiras ignorou ambos os disparos e seguiu até a loira. As duas flechas eram destruídas no ar pela atiradora, pois as senbons de Jiya mal causavam dano aos projeteis, precisando de dois disparos da arma de fogo da garota.

A ofensiva de Nyx continuava após ver que Shiva estava ocupada tentando recarregar suas bestas, precisando parar no meio por não ter tempo suficiente antes da chegada do felino. O salto do gato surgiu e ele basicamente voava na direção da marinheira, diminuindo a distância de uma maneira muito rápida, dando grande espaço para executar o chute que era bloqueado pela loira com suas pernas. O impacto dos golpes a fez levemente perder sua atenção para os arredores, focando apenas no ataque de Nyx e por fim recebendo senbons voadoras que acertavam os pulsos de ambas as mãos, fazendo-a derrubar as bestas enquanto dois disparos de pistola surgiam contra a barriga dela. – Não foi tão difícil quanto eu esperava. – A atiradora continuava se aproximando da marinheira enquanto executava mais alguns disparos, acertando desta vez no pescoço e peito, jogando cada vez mais a mulher para trás, perdendo as forças e acabava caindo no chão derrubando sangue por todos os lados até criar uma poça ao redor de seu corpo. – Vamos? – A garota não estava realmente de frente para os revolucionários, mas seu sorriso no canto do rosto mostrava algo mais sombrio que o normal. Era um sorriso cruel de alguém que realmente estava gostando da morte de outra pessoa e sentia-se feliz em causar todos aqueles ferimentos, levando alguém já derrotado até o fim de sua vida.

A única saída da prisão estava livre e Jiya fazia o grupo andar para fora do local, levando todos até algum ponto mais isolado próximo de onde estavam, pois estavam precisando cuidar daqueles ferimentos e partir de volta a base da revolução. – Pode tratar isso? – A garota enfaixada sorria alegremente e pegava algumas coisas nos bolsos de sua vestimenta, entregando uma pilula para a superior engolir. – Isso vai melhorar a dor. Só posso tratar quando estivermos em um lugar melhor, retirar essa flecha agora seria problemático. – Concluiu e partiu para cuidar de qualquer outro ferimento que eles tinham, limpando e envolvendo os ferimentos com bandagens. Ao fim de tudo o trio finalmente partia e seguia por becos e vielas da cidade, caminhando por lugares suspeitos que poderiam causar problemas a eles no caminho até a casa onde tinham de se encontrar.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1. Quem sou eu?   Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 EmptyQua 02 Maio 2018, 20:05



嗨让我们战斗吧


Sangue, sangue e mais sangue. Minha respiração ofegante e minha queda subida para trás caindo de bunda ao chão demonstrava como estava cansado. Aquela batalha tinha consumido, muito de mim e nada que pudesse ter feito antes parecia ter tido resultado em uma vitória com menos danos a mim e a meus companheiros, apesar das dificuldades estava feliz com o resultado, contudo tinha que tratar rapidamente de Jiya, ela era a coisa que mais me preocupava naquele momento. Sentia aquele liquido quente tocando a ponta de meus pés, abaixava minha cabeça e via novamente a marinheira morta, seu sangue escorria até a ponta de meus dedos. Com ambos os braços me puxava para trás assustado, o olhar em meu rosto mudava perceptivamente, não estava sorrindo e eu estava sempre sorrindo, aquilo não poderia significar algo bom. A dor no braço esquerdo naquele momento era quase nula, provavelmente devido ao choque, aquela era a segunda vez que tinha visto alguém morrer na minha frente. "Segunda? Como assim segunda? Esta é a primeira vez que tinha visto alguém morrer na minha frente." Uma dor forte de cabeça surgia repentinamente me fazendo pôr a mão direita sobre a cabeça, bem no local da cicatriz "Não, não era a primeira vez que estou vendo alguém morrer... Na mansão, sim naquela maldita mansão..." A dor se tornava mais forte, mais forte e mais forte, parecia que minha cabeça ia explodir em um milhão de pedaços e então nada. Apenas o silencio, a ausência de dor e uma paz que parecia se estender eternamente. "Onde estou?" Olhava ao meu redor e percebia que não estava vendo nada, sentia pouco os movimentos de meu corpo e tudo estava negro, não era apenas uma escuridão, era como se estivesse cego naquele instante. E como se estivesse saindo de um mergulho profundo respirava forte sem ar, olhava para baixo e via pernas, pernas de criança. Minha visão turva conseguia ver a frente um grande clarão, ao meu redor o chão de pedra quebrado e sujo de preto. Casas quebradas como se uma bomba tivesse as atingido. Percebia que estava menor que o normal, estendia minha mão a frente e a via menor, bem menor. Meus ouvidos conseguiam captar gritos, o barulho de madeira queimando e o som de liquido caindo ao chão, pelo barulho próximo poderia jurar que era de mim que vinha, contudo não sentia nem mesmo um musculo, estava totalmente dormente, não tinha noção nem de como estava me mexendo. Sentia uma pancada forte na cabeça, caia ao chão, uma risada estranha atrás de mim, psicopata e ao mesmo tempo familiar, quem diabos fez isso? Tentava virar meu rosto, arrastava o mesmo sobre as pedras mornas e o que via era algo bizarro, via eu mesmo ali, olhando para mim com um sorriso que nunca tinha feito antes, um sorriso sádico e imoral, aquele era mesmo eu?

Bang! Um som de tiro, acordava daquele momento bizarro, ofegante parecia estar correndo, correndo? Para onde estava correndo? Olhava para um lado e para o outro observava Jiya e a garota estranha. "Então escapamos da prisão da marinha? E nossos aliados? Não vamos voltar para ajuda-los?" Olhava para trás para ver se surgia qualquer outra pessoa que pertencesse ao exército revolucionário. - Ji.... - Minha voz não parecia querer vim, ela travava dentro de minha garganta, como se estivesse com uma barreira dentro de meu corpo. O mundo começava a girar, minha visão começava a ficar turva. Parava em meio a correria, começava a suar como um porco, passava a mão direita sobre minha testa e percebia que não era o simples suor de calor, estava suando frio e minha pouca experiencia na área cientifica sabia que aquilo não era nada bom. Dava um único passo para frente, dois para trás e caía de joelhos ao chão. Começava a ter uma respiração forte, algo estava saindo e não parecia que iria sair fácil. - Blééeeeeeeeeeeeeeerr!!! - Vomitava a minha frente, saía pela boca e nariz fazendo todo meu sistema respiratório e digestório arder como o inferno. - Blééeeeeeeeeeeeeeerr!!! - Vomitava novamente, com a pouca visão que tinha conseguia ver o vomito de coloração esverdeada com grandes traços vermelhos "Sangue?" Começava a me sentir fraco, estava sem força até para levantar um dedo. Com ambos os braços abaixados e meu corpo sem equilíbrio acabava caindo de costas para trás me jogando contra o chão de braços abertos. Aquela era a primeira vez que observava o céu daquela maneira, deitado sobre o chão, ele com certeza era lindo. Tudo começava a ficar escuro subitamente, o som ambiente e das pessoas começava a ter um aspecto de eco e ir diminuindo seu volume até o completo zero.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Citação :
Nome: Nyx
Posts: 18
Ganhos:Chicote x1
Perdas:30.000 Berries
Berries: • 20.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Noção Exata do Tempo | Presas e Garras | Zooglota | Genialidade | Visão Aguçada
Desvantagens: Aparência Inumana | Código de Conduta | Sinceridade Excessiva
NPCs:
Spoiler:
 
Extra:-x-

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 83
Warn : Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1. Quem sou eu?   Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 EmptySex 04 Maio 2018, 09:54


NYX!!! – Gritou a revolucionário. – O que esta acontecendo?! – A preocupação a fez aproximar-se, impedindo a cabeça do garoto de bater no chão, pousando a mesma sobre suas pernas. – Nyx! – Não existia resposta alguma para a situação atual e nem mesmo a atiradora sabia o que fazer. Nyx tinha perdido a consciência e pode sentir um pouco antes que alguém estava carregando seu corpo, levando este para algum lugar desconhecido que provavelmente seria a base revolucionária. Foi um longo descanso após tantas lembranças e sangue sendo expelido pelo corpo, tudo aquilo não parecia fazer sentido para Jiya. Na luta o chicoteador não estava tão ferido, seu braço esquerdo não tinha como ser movido e mais nada poderia criar tal reação. Os questionamentos surgiam e mesmo com eles nada poderia ser feito. Eles precisavam de um médico mais especializado e uma sala onde teriam melhores equipamentos de tratamento.

O tempo desacordado passava muito rápido e mesmo podendo ser dias para os outros, Nyx mal perceberia as mudanças, podendo apenas perguntar a alguém. Ao acordar ele percebia que seu corpo estava fraco, algumas mangueiras finas estavam ligadas ao braço do mesmo e ele podia sentir levemente o medicamento transparente entrar em suas veias. – Olá. – A voz estava bem ao lado do felino, podendo fazer ele se virar rapidamente e ver que uma mulher pálida com cabelo verde e olhos de cores diferentes, o direito sendo escarlate enquanto o esquerdo era esmeralda. Tal olho só foi visto uma outra vez pelo garoto, sendo a atiradora de antes que tinha ajudado em sua fuga da prisão. A garota estava deitada ao lado de Nyx cutucando as orelhas sobre a cabeça do gato. – Como não me apresentei antes, vamos começar agora. – Ela sentava-se na cama com um largo sorriso no rosto e começava a falar. – Eu me chamo Xi Wangmu, sou uma médica, atiradora e ingressei a pouco tempo no exército revolucionário. – Por fim ela fazia mais um pouco de carinho na cabeça do felino e deitava novamente.

O quarto onde eles estavam era bem simples. Existia a cama e uma mesa larga com diversos equipamentos que provavelmente eram para usos medicinais, pois existiam sangue e pedaços de bandagens espalhadas por lá. Também tinha outra porta a direita da cama onde Nyx estava e outra porta no canto esquerdo do quarto. A porta da direita logo foi aberta e de lá surgiu Jiya, ela andava com cuidado e estava com diversos curativos pelo corpo, vestindo apenas uma camisa larga que cobria até as partes mais baixas. – Seu desmaio acabou com nossa fuga. Saímos vivos por pouco, pois Kyriel surgiu em fúria por termos matado aquela loira. – Ela também ia até a cama do garoto e sentava do lado direito enquanto Xi estava na esquerda, deixando Nyx no centro de tudo e ainda sobrando bastante espaço. – Nossa primeira missão foi um sucesso, recebi a confirmação de que mesmo com sua captura eles vão considerar sua ajuda nela, pois sem você eu não entregaria a carga sem problemas. – Jiya também começava a acariciar a cabeça do felino e se encostar mais na cama, continuando sentada.

Kyriel não conseguiu nos capturar, mas perdemos algumas pessoas nessa luta. Precisamos sair desta ilha o mais rápido possível, não duvido que ele esteja nos procurando agora mesmo e a cada segundo perdido aqui é mais uma chance de sermos capturados. – Ao olhar pelo quarto Nyx via seus pertences no lado direito da cama em uma pequena mesa, além disso as roupas também estavam por lá, deixando Nyx com roupas uma camisa e calça branca bem básica. – Precisei cortar sua roupa, pedi para consertarem. Podemos comprar novas se quiser, acho esse seu estilo meio esquisito. – Com um clima muito mais agradável eles estavam agora prontos para partir, restava ao felino decidir se queria ir logo ou parar em algum local antes.

Xi:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1. Quem sou eu?   Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 EmptySex 04 Maio 2018, 17:09



嗨让我们战斗吧


Acordava em um susto, meu coração parecia que ia sair pelo meio peito e explodir em frente ao meu rosto. Olhava para os lados e via um rosto conhecido, ou quase. A jovem que tinha me ajudado contra a marinheira aparecia sem aquelas faixas bizarras no corpo, ela era – Muito mais bonita assim. - Antes que pudesse perceber as palavras saiam de minha boca, provavelmente minha mania de não conseguir ocultar nada tinha sido a responsável. Minhas bochechas rosavam, ficava com um pouco de vergonha, aquela provavelmente tinha sido a primeira vez que falava algo do gênero. Minha cabeça ainda doía um pouco, contudo era uma dor diferente, como se algo dentro da mesma estivesse dormente, estranho. - Prazer Xi Wangmu, me chamo Nyx... eu acho. - Minhas últimas palavras saíam um pouco sem graça, durante toda aquela loucura tinha me perdido a meio a pensamentos e cada vez mais sentia estar mais próximo da verdade sobre quem era eu. Jiya surgia, suas palavras no início me deixavam temeroso, kyriel surgia novamente? "Quanto tempo eu dormi? No final eu fui um fardo para elas?" Me questionava sobre minhas ações na última missão, porem era agraciado com um comentário positivo, a missão tinha sido um sucesso, minha primeira e vitoriosa missão, não poderia estar mais feliz. - Não, concordo com Jiya, devemos fugir dessa ilha, deixaremos as roupas para um novo dia. - Iria levantar-me da cama, retiraria com destreza as mangueiras que ficavam coladas a meu braço e tentava ficar de pé. Estava um pouco tonto, mas poderia continuar assim, não iria dar mais trabalho para as mesmas, depois de tudo que tinha acontecido seria o mínimo que poderia fazer, cuidar de mim mesmo. Levantando não prestava atenção se estava vestindo algo ou não, iria com passos calmos em direção a vestimenta que estava me esperando logo ao lado, ela era bem parecida com os farrapos que usava antes de ganhar as roupas novas que já tinham sido levadas por minhas batalhas inconsequentes. Enquanto me trocava lembrava-me de tudo que tinha acontecido até agora, a menos de uma semana atrás era um simples civil que ajudava um pescador, meu mestre, agora estava lutando ao lado do exército revolucionário, enfrentava oponentes fortes e até fugia da prisão eminente, minha aventura com certeza tinha começado com curvas tortuosas, mas estava seguindo em direção a meu objetivo.

- Podemos ir? - Chamava as garotas para sair daquela residência, não sabia onde estava, provavelmente algum esconderijo revolucionário, eles certamente tinham recursos. Sabia que eles rivalizavam com o governo, mas aquele ponto de estrutura era sem dúvida algo que não esperava, estava realizado em fazer parte de tudo aquilo. - Onde vamos arranjar um barco? - Minha pergunta pontual era obviamente o que me deixava mais em dúvida, iriamos embarcar em algum tipo de transporte público? Iriamos invadir e roubar uma embarcação? Ou os revolucionários iriam mais uma vez me surpreender? Estava animado para o futuro, minha primeira memoria depois de ser encontrado era nesta ilha e estava indo em direção a outra, como ela seria? Que tipo de pessoas encontraria? Estava nervoso e animado, o sorriso em meu rosto demonstrava isso. Iria sair pela porta, meus olhos atentos iriam procurar por qualquer movimento que pudesse sinalizar a marinha, encontrar com eles agora seria um problema que gostaria de evitar a todo custo. Com o chicote acoplado no lado esquerdo de minha cintura iria sair vagarosamente, saber onde estava era algo que iria priorizar, não sabia como tinha chegado ali e nem por ter passado por todas aquelas ruas. Procurava por um ponto de referência e começaria a andar em direção aonde fosse informado a ir, não sabia se iriamos pegar o barco no porto padrão da ilha, o que achava arriscado, afinal era uma zona civil comum e com certeza teria diversos marinheiros, especialmente depois de tudo que tinha acontecido não duvidaria que todas as rotas para fugir da ilha estivessem sendo vigiadas, iriamos enfrentar esse tipo de gente em alto mar? Uma luta estilo pirata? - Parece divertido! - Falava alto sem perceber, novamente minha atitude para frente me deixava constrangido. Iria preferir pelos caminhos onde tivesse menor número de pessoas transitando, no melhor dos casos ninguém iria nos reconhecer no pior, bem, iriamos ver o que iria acontecer. Chegando próximo ao local definitivo iria fazer um sinal de mão para ambas esperarem, iria como um batedor na frente para ver se algum marinheiro estava nos aguardando, minha visão seria a única arma que tinha naquele momento, esperava que fosse o suficiente.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Citação :
Nome: Nyx
Posts: 19
Ganhos:Chicote x1
Perdas:30.000 Berries
Berries: • 20.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Noção Exata do Tempo | Presas e Garras | Zooglota | Genialidade | Visão Aguçada
Desvantagens: Aparência Inumana | Código de Conduta | Sinceridade Excessiva
NPCs:
Spoiler:
 
Extra:-x-

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 83
Warn : Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1. Quem sou eu?   Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 EmptySex 04 Maio 2018, 18:03


Nyx... Muito melhor assim. – Saber o nome um do outro daria uma interação melhor entre eles que agora poderiam viajar e se aventurar juntos. As roupas do felino estavam costuradas e tinham diversos rasgos que ainda não foram costurados, tendo que andar com tais roupas para escapar da ilha. Eram roupas velhas e nada poderia ser feito, precisando comprar outra assim que fosse possível. Se vestir na frente de duas mulheres não era um problema ao mink e elas também não se importavam muito, talvez por considerarem ele apenas uma criança. – Claro, vamos ir e comprar roupas na próxima ilha. Você vai precisar de algo mais... Discreto. – Jiya também concordava em sair já pegando todos os pertences enquanto Nyx continuava com suas arrumações, conseguindo o pouco dinheiro restante de volta, além de um dos chicotes para combater alguém se preciso. A porta de saída dava em um corredor que por fim levavam eles a outra porta, esta ligando diretamente ao exterior.

A cidade estava calma e era noite, quase ninguém podia ser visto pelas ruas, mas alguns marinheiros andavam pelas ruas escuras de Las Camp. – Devem estar nos procurando. – A única razão para ter tantos marinheiros seria exatamente isto, pois eles tinham assassinado uma marinheira de patente superior, alguém tão forte e importante quanto Kyriel naquela ilha. A culpa de tudo isto tinha sido de Xi e mesmo sendo errado, ela tinha feito algo que diminuiria a força da marinha naquela ilha. – Pedi para prepararem um, estamos indo agora mesmo até um ponto isolado. O porto seria muito fácil de nos encontrar. – Nyx permanecia inútil com seu braço esquerdo sem qualquer chance de movimentar, além de doer um pouco enquanto caminhavam pela cidade.

O trio seguia pelos locais onde não encontravam nenhum marinheiro, passando furtivamente por quase todos eles e tendo que correr nos últimos segundos de alguns soldados atentos. – ELES ESTÃO AQUI!!! – O grito foi seguido de um sinalizador vermelho lançado ao céu, atraindo todos os marinheiros até aquela região. Jiya se apressava e corria enquanto retirava um baby den den mushi das vestes, ligando para alguém e guiando os dois novatos até a lateral da ilha. O barco estava logo a frente, movimentando-se e já pronto para partir assim que os três conseguissem embarcar. A rampa de acesso estava ali e rapidamente os revolucionários correram, saltando para o convés enquanto eram perseguidos pelos soldados. Rapidamente o piloto os colocou em movimento e atrás restava apenas a ilha e alguns marinheiros, dentre eles estava Kyriel com os olhos cheios de ódio. – EU VOU CAÇAR VOCÊS ATÉ O FIM DA MINHA VIDA!!! – A raiva era incrivelmente grande e ele só podia cair no chão de joelhos, lamentando ter perdido sua companheira de organização para os revolucionários.

Já no mar eles tinham espaço para descansar e conversar caso preciso. Todos estavam cansados de tanto lutar e as dores surgiam exatamente naquele momento, sentindo a neve cair sobre o corpo e os ferimentos das batalhas anteriores doerem por conta da calmaria. Provavelmente levaria algum tempo até alcançarem a próxima ilha do West Blue, mas a fuga tinha sido um sucesso e ao chegar à ilha já teriam de se esconder novamente, partindo para onde os revolucionários estivessem.

1/2


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
yaTTo
Soldado
Soldado
yaTTo

Créditos : Zero
Warn : Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 23

Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1. Quem sou eu?   Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 EmptySex 04 Maio 2018, 18:37



嗨让我们战斗吧

A luz vermelha no céu indicava que o inimigo tinha nos avistado, minhas pernas corriam como nunca, o sorriso em meu rosto não me deixava mentir, estava gostando mais daquilo do que gostaria de adimitir. As feridas de meu corpo pareciam querer se abrir todas ao mesmo tempo ao pular naquela embarcação. Minha caixa torácica fazia movimentos de subida e descida repetidas vezes demonstrando o quanto estava sem folego de toda aquela ação desenfreada, iria sair com estilo de Las Camp, como um verdadeiro procurado. Não sabia como meu mestre iria reagir ao receber as novidades, provavelmente me chamaria de tolo e inconsequente. - HAHAHAHA Eu te encontro onde combinamos, na Grand Line! - Gritava para Kyriel, parte de mim ficava naquela ilha, enfrentar aquele homem me tinha feito evoluir, não fisicamente, mas como pessoa. Ainda deitado de braços abertos sobre o chão frio da embarcação, sentia a neve cair sobre meu rosto lentamente – Vocês sabem porque a neve é branca? - Indagava as garotas que estavam comigo ainda olhando diretamente para o céu – Porque ela esqueceu sua cor original... - Minhas palavras saíam um pouco tímidas e tristes, relacionava essa velha frase a mim, meus cabelos brancos e aquele buraco em minhas memorias eram o que traziam destaque a meu ser naquele momento. Viraria o rosto lentamente, talvez aquele fosse um bom momento para saber um pouco mais sobre elas, como companheiras de equipe era importante o fato de as conhecer melhor. Sentia uma pontada na região torácica que parecia ondular para o corpo todo, talvez aquela correria tinha sido demais. - Xi, poderia da uma reforçada em meus curativos? Acho que exagerei um pouco em nossa fuga HAHAHAHA - Sorria para a mesma para disfarçar um pouco da dor que sentia. Esperava que a mesma tratasse um pouco daquela dor ou ao menos me desse qualquer tipo de analgésico, não sabia o que a mesma portava consigo, ela era um verdadeiro mistério para mim. - Xi, você é um verdadeiro mistério para mim. - Era direto em minhas palavras, apesar de enfrentarmos aquela marinheira e estarmos em fuga não sabia muito sobre a mesma, Jiya também era quase completamente uma desconhecida, apesar de nossos laços terem se encontrado naquela taverna. - Esse seu olho, ele se parece muito com o meu, o que aconteceu? Talvez seja a peça que falta para completar os quebra cabeças do meu passado. - Quando vi aquele olho primeiramente pensei que era algo comum, afinal eu e a mesma tínhamos, contudo quanto mais eu penso sobre isso menor vem a lembrança de ter visto qualquer outro tipo de pessoa assim.

Talvez minha aproximação não tivesse sido a mais sincera e adequada, Daivuss tinha me falado que para as pessoas darem algo elas precisavam receber algo, a lei da troca equivalente – Eu não lembro nada de meu passado. - Minha frase era firme e mesmo com o sorriso calmo em meu rosto era notável pelos meus trejeitos que estava nervoso – Decidi me tornar um revolucionário para descobrir sobre meu passado, a realidade é que nem sei se Nyx é meu nome real ou algo que apenas imaginei em devaneios aleatórios. - Suspirava baixinho, depois de Daivus aquela dupla eram as únicas pessoas para quem tinha contado minha história, isso deveria significar algo. - Porque vocês decidiram entrar no exercito revolucionário? Tirando Xi que é uma lunática sanguinária matadora de pessoas não entendo como veio parar aqui Jiya. - Minhas palavras agora em um tom mais feliz ajudavam a quebrar um pouco o gelo naquela noite gelada onde tudo que se poderia ver nos céus eram os flocos de neve que caíam repetidamente.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Citação :
Nome: Nyx
Posts: 20
Ganhos:Chicote x1
Perdas:30.000 Berries
Berries: • 20.000 Berries
Vantagens: Aceleração | Noção Exata do Tempo | Presas e Garras | Zooglota | Genialidade | Visão Aguçada
Desvantagens: Aparência Inumana | Código de Conduta | Sinceridade Excessiva
NPCs:
Spoiler:
 
Extra:-x-

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1. Quem sou eu?   Cap 1. Quem sou eu? - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Cap 1. Quem sou eu?
Voltar ao Topo 
Página 4 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Las Camp-
Ir para: