One Piece RPG
[Mini-Aventura] Ryodan XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Mini - Lind] Testando novas águas
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor Lind Hoje à(s) 01:38

» [Ficha] Song Jun Wang
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor Visastre Hoje à(s) 00:53

» [Mini - Inim] O errante
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor Khrono Ontem à(s) 23:25

» [Ficha] Miyamoto Ryuma
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor Miyamoto Ontem à(s) 22:52

» [Mini - Van] Seguindo conselhos
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 21:12

» [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor Fanalis B. Ria Ontem à(s) 20:19

» Anitha Degar
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor Degar Ontem à(s) 19:34

» [Ficha] Boney Pepino
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor Pepino, o Breve Ontem à(s) 14:44

» Alipheese Fateburn
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 13:46

» [Kit - Gyro Zeppeli] Blum vai pegar
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor Blum Ontem à(s) 13:25

» Ficha~Pierce~
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor Pierce Ontem à(s) 09:58

» [Mini - Kyoki] Uma Jornada Inesperada.
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 02:20

» [Ficha] Violet
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor Nana. Dom 21 Jul 2019, 22:17

» [Mini-SWGSwordWarrior]O Começo
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor Khrono Dom 21 Jul 2019, 21:56

» [MINI - Gust ] O Início do fim
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor ReiDelas Dom 21 Jul 2019, 21:00

» [MINI - Pepino, o Breve] Rascunho
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor ReiDelas Dom 21 Jul 2019, 20:54

» Maya Snow
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor ADM.Hoyu Dom 21 Jul 2019, 20:14

» [Mini - Chikara] - Vamos para algum lado ?
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor Chikara Dom 21 Jul 2019, 19:03

» Meu perfil / mini-aventura
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor ReiDelas Dom 21 Jul 2019, 14:41

» [MINI-JuninhoSiq1997] O Inicio
[Mini-Aventura] Ryodan Emptypor JuninhoSiq1997 Dom 21 Jul 2019, 12:49



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [Mini-Aventura] Ryodan

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Nihil
Membro
Membro
Nihil

Créditos : 5
Warn : [Mini-Aventura] Ryodan 10010
Masculino Data de inscrição : 02/03/2018

[Mini-Aventura] Ryodan Empty
MensagemAssunto: [Mini-Aventura] Ryodan   [Mini-Aventura] Ryodan EmptySex 02 Mar 2018, 23:29

Nome: Chrollo
Idade: 19
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho: Normal
Estilo de Combate: Gatuno
Localização: East Blue - Shells Town
Grupo: Civil
Vantagens: Genialidade
Desvantagens: Insano (Cleptomaníaco)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Leo
Orientador
Orientador
Leo

Créditos : Zero
Warn : [Mini-Aventura] Ryodan 4010
Masculino Data de inscrição : 14/06/2014
Idade : 19
Localização : São Paulo-SP

[Mini-Aventura] Ryodan Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Aventura] Ryodan   [Mini-Aventura] Ryodan EmptySab 03 Mar 2018, 13:40

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: https://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

____________________________________________________


[Mini-Aventura] Ryodan Ddf49fb6e36606e60492f160e3bc5e2f837a4082_hq
 [Mini-Aventura] Ryodan A1ba775d50af713bd8261f3deb58e97f
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nihil
Membro
Membro
Nihil

Créditos : 5
Warn : [Mini-Aventura] Ryodan 10010
Masculino Data de inscrição : 02/03/2018

[Mini-Aventura] Ryodan Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Aventura] Ryodan   [Mini-Aventura] Ryodan EmptySab 03 Mar 2018, 14:55


As pálpebras se retraiam levemente, com os olhos de íris acinzentadas fitando qualquer que fosse o caminho que se revelasse a minha frente. Por mais que caminhasse, aquilo que apesar de não passar de um simples piscar pareceu ter sido um sono que dera abertura para um temível pesadelo. Ainda assim o semblante permaneceu intacto, já que não se tratava de uma surpresa; os demônios do passado insistiam em visitar-me de tempos em tempos, das mais sucintas maneiras. Possivelmente diagnosticar-se com uma mente perturbada era mais do que certo, mas o desenvolvimento prematuro talvez não impediu que me adaptasse, ou quem sabe, até mesmo me fortalecer, com uma personalidade sendo traçada a partir deste fato. A realidade foi me mostrada cedo demais, aquilo fez com que eu já estivesse pronto para o que mais tarde seria mostrado para qualquer um. Já conhecia toda a escuridão.

Coçava a marca que se desenhava em forma de cruz em minha testa. O curioso era que não me lembrava de quando tinha sido feita, mas quando rebuscava meu passado, ela já se fazia presente nas mais distantes lembranças. O cabelo era escuro e em um corte curto que ainda assim permitia com que alguns fios caíssem a testa. O rosto era desenhado em traços suaves, refletindo o jovem que era. Os trajes eram os mais modestos possíveis, tratando-se de um suéter de gola elevada em uma escura pigmentação púrpura e uma calça de tecido simples que apresentava o mesmo tom negro do cabelo, partilhando a cor também com os sapatos.

Até então, sentia-se pouco nutrido de inspirações naquele vasto mundo repleto de piratas, caçadores e militares, o que não deveria ser confundido com a falta de objetivos, sendo muito pelo contrário. Carregava comigo certos objetivos e vontades, feitos que almejava e patamares que buscava atingir, porém, o que me serviria melhor para ajudar a alcançá-los? Tudo que sabia era que agora percorria Shells Town, buscando qualquer lugar que pudesse ouvir bons boatos.

____________________________________________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Leo
Orientador
Orientador
Leo

Créditos : Zero
Warn : [Mini-Aventura] Ryodan 4010
Masculino Data de inscrição : 14/06/2014
Idade : 19
Localização : São Paulo-SP

[Mini-Aventura] Ryodan Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Aventura] Ryodan   [Mini-Aventura] Ryodan EmptyDom 04 Mar 2018, 14:34

Chrollo fazia uma caminhada vespertina, sob o céu alaranjado e entre os civis que cumpriam suas tarefas diárias. Ele tinha suas ambições, mas ia contra a superficialidade daquela era de piratas, que, para ele, não era o suficiente para nutrir seus desejos. Ele carregava consigo dinheiro e uma adaga bem simples, mas que serviria bem para a autodefesa. Junto com seus pertences, o jovem buscava bons rumores para movimentar o seu dia, mas, da forma que conduzia sua caminhada, sem abrir a boca, seria bastante difícil. Entretanto, não foi necessário que ele procurasse alguma situação. A situação fora até ele.

Uma mulher magra, delicada, com os cabelos lisos e escorridos pelas costas, tirados da testa por uma bandana vermelha amarrada no topo da cabeça, criando um laço. Ela usava um vestido reto sem decote algum, com a gola presa por um botão, escondendo todo o seu busto, que também não era tão avantajado. Seus olhos castanhos eram simples e comuns, mas transmitiam um pedido de ajuda e medo, e Chrollo fora a primeira pessoa que cruzara com ela desde o início de seu desespero. Ela parava o garoto com as duas mãos em seu peitoral, e, como se não quisesse deixar o rapaz passar sem que fosse ouvida, ela começou a dizer o que acontecia.

- Moço! Moço! Por favor! - ela respirava de forma ofegante - Me ajude! Meu irmão su-sumiu!

A desamparada mulher apontava para um poço, perto de uma estalagem. Uma pequena construção de pedras com uma cabana de madeira, e uma corda que era presa a um balde, onde uma manivela fazia o trabalho de descer e subir o balde para conseguir água. Perto dali, encostado as pedras do poço, estava um pequeno leão de pelúcia, com um dos olhos substituídos por botões de camisa. O surrado mascote estava largado ali, e poderia ser uma pista. Duas pessoas olhavam para dentro do poço gritando e chamando pelo garoto.

- Hanako, ele pode ter caído no poço. - sugeriu um homem velho com perna de pau e pijamas.

- Isso é ruim! - falou a outra senhora que estava com o velho, muito provavelmente sua esposa, berrando aos ventos e chacoalhando o cabelo armado - Será que é o Rato de Poço? Dizem que Shell's Town está sendo atacado por um homem que rapta crianças e leva para o subterrâneo. Será que...?

- Não fale besteiras, Alberta!

Chrollos poderia ajudar a família, que colocava em seu dia um rumor misterioso.

____________________________________________________


[Mini-Aventura] Ryodan Ddf49fb6e36606e60492f160e3bc5e2f837a4082_hq
 [Mini-Aventura] Ryodan A1ba775d50af713bd8261f3deb58e97f
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nihil
Membro
Membro
Nihil

Créditos : 5
Warn : [Mini-Aventura] Ryodan 10010
Masculino Data de inscrição : 02/03/2018

[Mini-Aventura] Ryodan Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Aventura] Ryodan   [Mini-Aventura] Ryodan EmptyDom 04 Mar 2018, 16:09

Se eu não encontrava a situação, ela acabava de vir até mim de qualquer forma. Talvez por estar distraído demais, mal percebi a vinda de um indivíduo até o instante que este abordava-me de maneira inusual. Virei-me para a pessoa, me deparando com uma mulher de aparência simplória, porém com o semblante chocado. As delicadas mãos eram levemente pressionadas contra meu peito, mostrando que não queria ser ignorada. Os olhos castanhos iam diretamente contra mim buscando apelo, sendo logo acompanhados pela voz.

"Moço! Moço! Por favor!" Sua súplica era interrompida pela respiração ofegante, mas não obstante, ela prosseguia. "Me ajude! Meu irmão s-sumiu!" E dava então, o motivo de sua tormenta. O desaparecimento do garoto a levara buscar por ajuda pelas imediações, sendo eu o afortunado escolhido. Na minha mente, tudo que se passava eram as probabilidades que me levavam a isso e como a situação iria se desenrolar. Minha visão seguiu a direção que o dedo da mulher desamparada apontava. Um poço próximo a uma estalagem era seu alvo; uma construção feita através de pedras acompanhada por um casebre de madeira, com uma corda presa a um balde que tinha como trabalho recolher a água nas profundidades. Próximo apoiado a construção, um brinquedo que imitava um leão de pelúcia podia ser visto, sendo muito provável um pertence do pequeno garoto desaparecido. O mascote era seguido por duas outras pessoas que encaravam o fundo do poço, agindo como se chamassem alguém.

Tomei a liberdade para me aproximar, como se estivesse disposto a ajudar; nessa altura a mulher talvez já se restabelecia -ou não-. Percebi que aqueles outros dois indivíduos tratavam-se de um casal de velhos, possivelmente também parentes do desaparecido. Sugeriam rumores e possibilidades um para o outro, mas o que se seguiu com uma repreensão por parte do velho me despertou certa curiosidade. "Rato de Poço" O nome e sua lenda faziam-me questionar internamente, como se um personagem de contos infantis saltasse para fora das páginas dos livros. De qualquer forma, aquilo já dava-me o rumor que precisava.

— Hm. Poderiam me contar detalhadamente o que aconteceu? A frase começaria com um pigarro. A voz em tom solene oferecia a ajuda.

____________________________________________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Leo
Orientador
Orientador
Leo

Créditos : Zero
Warn : [Mini-Aventura] Ryodan 4010
Masculino Data de inscrição : 14/06/2014
Idade : 19
Localização : São Paulo-SP

[Mini-Aventura] Ryodan Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Aventura] Ryodan   [Mini-Aventura] Ryodan EmptyTer 06 Mar 2018, 14:28

- Hm. Poderiam me contar detalhadamente o que aconteceu? - pediu.

- Meu filhinho estava brincando por aqui quando, de repente, ele desapareceu.

- Nós não sabemos muito bem o que aconteceu, mas depois do grito de Hanako, viemos correndo e... ele havia sumido.

Hanako parecia se culpar pelo fato, levando as duas mãos à boca como se contivesse o grito de desespero. Ela tremia de medo. Medo do que pode ter acontecido. Medo da incerteza e da insegurança. Ela olhava para o nada, como se estivesse tendo flashbacks, mas não falou nada até perceber que todos estavam em silêncio. Ela então voltou sua atenção para o gatuno, que estava interessado naquele rumor do "rato de poço".

- Bem... é... Eu lembro que Yukio estava brincando com o leão perto do poço quando ele gritou. Não tenho certeza do que aconteceu, mas eu descarto a possibilidade dele ter simplesmente caído lá dentro. Ele é um garoto esperto.

- O Rato de Poço pegou ele! - declarou Alberta aos choros - Meu pequenino!!

O homem deu alguns passos, separando Chrollo e ele das outras duas.

- Bem, não tem como conversar com essas mulheres desesperadas. Bem... se esse negócio de Rato de Poço for verdade, então só há um caminho para ele ter seguido: o poço. Eu não tenho condições algumas, estou velho e doente. Mas eu ainda tenho muito dinheiro. Será que você consegue dar uma olhada, fazendo um grande favor. Posso te recompensar se conseguir salvar o meu filho. Entretanto, se isso não for possível, te pagarei com gratidão.
Orientações:
 

____________________________________________________


[Mini-Aventura] Ryodan Ddf49fb6e36606e60492f160e3bc5e2f837a4082_hq
 [Mini-Aventura] Ryodan A1ba775d50af713bd8261f3deb58e97f
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nihil
Membro
Membro
Nihil

Créditos : 5
Warn : [Mini-Aventura] Ryodan 10010
Masculino Data de inscrição : 02/03/2018

[Mini-Aventura] Ryodan Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Aventura] Ryodan   [Mini-Aventura] Ryodan EmptyTer 06 Mar 2018, 20:18


O fato se desenrolava como algo que eu já deveria saber, apenas acontecera o que já era possível de ser imaginado. Uma história de um sumiço envolto pelo suspense – o único extraordinário era o tal antagonista dessa história, ou quem sabe, até mesmo protagonista; o Rato de Poço. Em quesito de culpa, Hanako - como era chamada a mulher que antes me abordara - agia como se mergulhasse num profundo oceano de pesar. As mãos eram levadas a boca enquanto os olhos chorosos estampavam o pavor que parecia fluir direto de sua alma; todo seu corpo tremia, sendo totalmente influenciada pelo medo, aflita pelas possibilidades e consequências. Era a responsável por romper o breve silêncio, voltando-se para mim continuando a dar o seu depoimento, indicando que pensar que o garoto tivesse simplesmente caído era um erro. Todo o cenário era constituído por fatos induzidos por uma lenda, mas minha mente já trabalhava buscando traçar e imaginar qualquer que fosse o possível, mas antes que pudesse pensar em algo concreto, era abordado de canto pelo velho para que pudéssemos dar uma continuidade prudente e direta àquela história.

— Não prometo nada para o senhor, mas a oferta em dinheiro me é suficiente. A conversa seguia restrita entre nós dois, deixando a jovem e a senhora desesperadas de lado. — Verei o que posso fazer. Com o veredito dado, só me restava investigar partindo com o que eu já tinha obtido: o mínimo possível.

Independente de como o diálogo se seguiria, eu daria andamento a minha filantrópica ação. Para ser sincero, aquilo jamais fora meu tipo. Nunca havia me destacado por ações deste gênero, talvez porque o pesar, o luto e a angustia de terceiros nunca me tocaram de maneira que me influenciassem de tanto modo. Seria essa uma provável definição de egoísmo, mas que culpa eu tinha? Tal sentimento se enquadra perfeitamente no que se pode dizer ser o motor principal e fundamental do homem, sendo o impulso a sua existência e bem-estar – um sentimento ilimitado. No final não é como se eu me vangloriasse por agir de tal modo, em diversas situações poderia ser diferente, mas era como se existisse um bloqueio. Evitava perder-me dentro de meus próprios pensamentos, em vez disso, guiava-os para a direção necessária.

Aproximava-me mais da construção que havia engolido anteriormente a criança. Movido por um impulso repentino, apanhei o leão de pelúcia encarando-o por um instante, antes de voltar as orbes para o interior do poço. Analisaria a partir daí então as possibilidades de prosseguir adiante; pegando uma pedra que encontrasse nas proximidades imediatas, tentaria medir a profundidade soltando-a, fazendo com que o objeto penetrasse na escuridão até seu fim. Baseando-se no som e no tempo que levara para percorrer toda a distância, buscaria ter alguma noção do quão fundo seria aquela entrada para o subterrâneo, o que me despertava uma outra ideia. Voltaria alguns passos para trás, virando-me para o velho com qual havia fechado o acordo.

— O senhor sabe ou tem alguma ideia de alguma outra entrada para o subterrâneo? Mais especificadamente algum caminho que partilha o mesmo destino com esse poço? O "sim" era a resposta esperada, mas não deixava isso evidente na fala. Investigava mantendo o tom neutro padrão na voz.

Dependendo da resposta, a continuidade seria diferente. Tendo uma rota alternativa para o subterrâneo, optaria por imediato seguir a caçada pelo infame Rato de Poço através desta, mas caso não, a única alternativa seria mesmo avançar pelo poço, mergulhando escuridão a dentro com toda cautela que poderia ser-me concedida; checaria a firmeza da corda antes de usá-la como suporte para levar-me rapidamente profundidade a dentro, ou simplesmente daria um salto caso a altura fosse algo fácil de ser superada e resistida por um ser humano comum. Não partiria também sem antes receber algo que pudesse servir como iluminação lá embaixo, algo que era fundamental. Recorreria a família para prover-me o necessário e só então continuaria com a missão, levando também o brinquedo de pelúcia comigo.

____________________________________________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Leo
Orientador
Orientador
Leo

Créditos : Zero
Warn : [Mini-Aventura] Ryodan 4010
Masculino Data de inscrição : 14/06/2014
Idade : 19
Localização : São Paulo-SP

[Mini-Aventura] Ryodan Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Aventura] Ryodan   [Mini-Aventura] Ryodan EmptyQua 07 Mar 2018, 23:29

Eles tinham um acordo. O dinheiro brilhava aos olhos de Chrollo, e ajudar a pobre rica família não era um esforço descomunal. E também satisfazia a vontade do gatuno de encontrar um rumor que fosse digno de sua atenção. A família acompanhou com os olhares, alguns em prantos, o rapaz se aproximar do poço e soltar uma pedra em seu interior. Os ouvidos atentos das pessoas tentavam decifrar a altura que o poço tinha. Com base no tempo, era possível dizer que tinha uma altura considerável, e descer num pulo não era tão aconselhável.

- Traga Yukio de volta. - falou o pai com uma mão no ombro de Chrollo.

- O senhor sabe ou tem alguma ideia de alguma outra entrada para o subterrâneo? Mais especificadamente algum caminho que partilha o mesmo destino com esse poço?

- Mmh... Não sei, não. Somos turistas aqui. - declarou.

Então não havia outra opção senão mergulhar na escuridão do poço. A corda parecia firme, e Chrollo usou o balde para servir como base para os pés. E então desceu numa espécie de rapel numa escuridão quase absoluta. Quando chegou ao fim do poço, percebeu, numa fração de segundos, que havia, antes do nível da água, um caminho, como se fosse um túnel numa mina. Entretanto, a visão durou pouco, pois a corda se rompera com o peso de Chrollo e o rapaz mergulhava na água gelada.

Quase imediatamente, ele conseguiu emergir. Ele agora se encontrava no fim daquele túnel, que tinha algumas luzes. Se inclinasse a cabeça para a superfície, onde estava a família desamparada, conseguiria ver a cabeça do pai de Yukio, esperando alguma novidade. Entretanto, por conta da profundidade, ele não conseguia ver Chrollo, a menos que este desse um sinal. E também havia outra coisa que chamava a atenção dele: uma criança, totalmente encharcada, estava deitada, desmaiada, ou somente dormindo. Mais ao lado, de cócoras, roendo unhas e exibindo um olhar maníaco, estava um homem que parecia um roedor.

- Sniff sniff - fungou - Parece que temos mais uma presa para o Rato de Poço!

Então ele avançava com um pulo, ainda dando tempo de uma possível reação de Chrollo.
Off:
 

____________________________________________________


[Mini-Aventura] Ryodan Ddf49fb6e36606e60492f160e3bc5e2f837a4082_hq
 [Mini-Aventura] Ryodan A1ba775d50af713bd8261f3deb58e97f
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nihil
Membro
Membro
Nihil

Créditos : 5
Warn : [Mini-Aventura] Ryodan 10010
Masculino Data de inscrição : 02/03/2018

[Mini-Aventura] Ryodan Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Aventura] Ryodan   [Mini-Aventura] Ryodan EmptyQui 08 Mar 2018, 22:16


"Traga Yukio de volta." Com essas palavras, o velho depositava sua mão e esperança em meus ombros. Sequer olhei para ele quando assenti com um simples movimento com a cabeça, também como não perdi tempo em observar as faces cobertas pelo pranto das mulheres da família. Não era por nenhum motivo em específico, apenas porque eu ajustava meu foco e minha mente para o que estava por vir: a caçada ao tal Rato de Poço e o resgate do garoto desaparecido. Parado frente à construção, observava mais uma vez a escuridão que se estendia até o subterrâneo. Reprisando mentalmente os procedimentos realizados anteriormente, um salto era algo mais próximo do suicídio do que do sucesso. Como não havia nenhum caminho que eu pudesse tomar, aquele poço era a única alternativa para alcançar meu objetivo.

Os dedos fechavam-se contra a corda, testando mais uma vez sua resistência. Parecia firme o suficiente para uma viagem curta até lá embaixo e, apoiando-se nela também com a outra mão conforme utilizava o balde como suporte para o pé esquerdo, a corda deixava-se ser levada pelo meu peso e eu gradativamente lançava-me nas trevas que cobriam toda a profundidade.

Pouco a pouco meus olhos iam adaptando-se àquela escuridão e eu começava a enxergar um pouco do que se estendia a minha frente. Ao fim do poço, era capaz de ver um caminho um tanto estreito com algumas lâmpadas pendendo sob o teto de pedra, entregando uma claridade bem debilitada, porém a genuína visão durara pouco; meu peso logo se tornou muito para a corda, que cedia totalmente ao mesmo. Em um instante eu despencava e no outro atingia o nível da água com violência, mergulhando no gelo.

Em uma fração de segundo minha pele era violada pelo frio dominante, que me despertava uma sensação familiar. Emergia o mais rápido que podia daquele charco gelado, com as vestimentas ensopadas pela água. Quando alcancei a terra, rasteei-me para fora da superfície aquatica e, antes de prosseguir, retirei o suéter fazendo um movimento para torcê-lo e retirar todo que fosse o excesso de umidade do mesmo, já que isso poderia de alguma forma atrapalhar-me no futuro. As mãos iam contra os fios negros do cabelo, reorganizando-os e alterando um pouco de seu estado para algo mais próximo do seco.

Com poucos passos, encontrava-me no fim daquele túnel. Quando inclinava a cabeça para cima, conseguia enxergar a cabeça do pai ansioso pelo desfecho do resgate, muito provavelmente torcendo pelo sucesso. As chances do homem ser capaz de me distinguir ali eram bem poucas apesar de eu poder vê-lo, então não tratei de mandar qualquer sinal, apenas me voltei para frente onde pude ver claramente meu objetivo.

Desacordado, um corpo infantil jazia deitado no chão completamente encharcado, mas o que mais chamava atenção era a figura que postava-se ao seu lado. Estava posicionado mais próximo do chão, agachado com as unhas afiadas entre os dentes de tamanhos descomunais para o padrão humano - seguindo também pelas suas narinas que dilatavam ansiosas, como se farejassem uma nova presa. Os olhos faziam um contraste com o nariz e dentição sendo pequenos, porém mostravam toda a malícia que aquele ser carregava, o que não era pouca.

Sua fala em tom sórdido logo confirmava minhas suspeitas, o que trazia um sorriso de canto em minha face. — Então você é o animal asqueroso que assombra essa cidade. Entoava de forma provocativa ao mesmo tempo que sacava minha adaga, pronta para ser empregada com total eficiência pela mão direita. O humanoide não esperou para agir, imediatamente saltando contra minha direção; tudo que eu sabia era que eu teria tempo para reagir contra uma investida tão primitiva. Com total ciência do alcance das suas garras, eu compreendia que teria de manter distância delas e assim me daria certeza disso. Lançaria-me para a esquerda ou para direita, para o lado que se mostrasse mais acessível – sendo a esquerda a prioridade –, com a intenção de evadir do ataque e imediatamente contra-atacar, buscando deixar o menor tempo de resposta possível para o meu inimigo. Na maior agilidade a mim concedida, a adaga atentaria contra a face do oponente com uma possível perfuração ou corte.

Não tinha a menor das intenções de dar brechas que pudessem complicar a minha situação. Com cautela, estava com os sentidos atentos aos movimentos hostis, disposto a realizar qualquer evasiva. No fim de meu ataque, eu evacuaria cerca de dois metros através de um impulso, a fim de estudar seus próximos movimentos.

Spoiler:
 

____________________________________________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Leo
Orientador
Orientador
Leo

Créditos : Zero
Warn : [Mini-Aventura] Ryodan 4010
Masculino Data de inscrição : 14/06/2014
Idade : 19
Localização : São Paulo-SP

[Mini-Aventura] Ryodan Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Aventura] Ryodan   [Mini-Aventura] Ryodan EmptySab 10 Mar 2018, 16:31

Rato de Poço era um ser asqueroso. Não por sua aparência ou odor, mas pela sua atitude. Ele falava como um canibal, um serial killer que tinha uma motivação embasada em alguma coisa - o que de forma alguma o faria estar correto. Ele, na verdade, era somente um desocupado cometendo crimes gravíssimos, e sem nenhum sentido aparente. Ele só queria ter fama, queria ter um nome, e isso o fazia um ser asqueroso e repugnante. Chrollo o encarava de frente, sacando sua adaga, e intimidando o oponente.

- Então você é o animal asqueroso que assombra essa cidade.

Ele não era alguém que valia o esforço, mas para as vítimas, o medo era um grande aliado do inimigo, e, na verdade, era o verdadeiro vilão. A família de Yukio estava sendo aterrorizada pelo medo, então não conseguiriam enfrentar o inimigo frente a frente. Mas Chrollo não tinha apegos sentimentais com o refém, então Rato de Poço não significava nada. Com uma execução simples de movimentos, ele fazia o sequestrador errar a investida. Entretanto, ele não era um inválido, e não seria derrotado com um golpe assim.

O braço de Chrollo se projetava na direção da face prolongada do adversário, que, para se defender, levou as duas mãos para o pulso do gatuno, e, assim que conseguiu agarrá-lo, aterrizou com os dois pés no chão e girou seu corpo. Rato de Poço se tornava uma espécie de eixo de rotação para o justiceiro mercenário, e, por conta do pouco espaço, o giro era interrompido quando Chrollo ia de cara na parede, machucando o seu nariz, que ainda não chegava a sangrar. Eles agora se distanciavam em quatro metros, com Rato de Poço de costas para a água do poço, onde o balde boiava.


Orientação:
 

____________________________________________________


[Mini-Aventura] Ryodan Ddf49fb6e36606e60492f160e3bc5e2f837a4082_hq
 [Mini-Aventura] Ryodan A1ba775d50af713bd8261f3deb58e97f
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[Mini-Aventura] Ryodan Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini-Aventura] Ryodan   [Mini-Aventura] Ryodan Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Mini-Aventura] Ryodan
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: