One Piece RPG
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Asger
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor Achiles Hoje à(s) 2:14 pm

» Cap. 1 - Abrindo caminho
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor Bijin Hoje à(s) 1:59 pm

» Sons of Vermillion's Blood: Gênesis
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor Coldraz Hoje à(s) 1:49 pm

» [Mini- Alvin] O garoto e a serpente
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor TheJoker Hoje à(s) 1:48 pm

» O Ronco do Bárbaro
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor West Hoje à(s) 1:41 pm

» Unbreakable
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor Ainz Hoje à(s) 1:32 pm

» Bizarre Adventure: Smooth Criminal
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 12:42 pm

» O Legado Bitencourt Act I
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor SraVanuza Hoje à(s) 12:08 pm

» Evento Natalino - Amigo Secreto
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor Shroud Hoje à(s) 12:01 pm

» Procura-se piratas no East Blue
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor Ainz Hoje à(s) 11:58 am

» Miyuki Morningstar
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 10:58 am

» Rumo aos novos mares ! Grandline me espera
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor Faktor Hoje à(s) 9:13 am

» Construindo o Começo
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor Ainz Hoje à(s) 7:24 am

» [FP] Kozuki Orochi
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor Akagami Hoje à(s) 7:24 am

» [Mini - Polyn] Sorriso afetado.
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor Layla Morningstar Hoje à(s) 1:00 am

» mini-aventura
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor Layla Morningstar Hoje à(s) 12:01 am

» Bastardos Inglórios
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor Kenway Ontem à(s) 11:06 pm

» Nox I - Loucura
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor Catuios Ontem à(s) 9:31 pm

» Teleton Chronicles I: Retaliação
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor Sakaki Ontem à(s) 7:34 pm

» [ficha] Hinata Bijin
Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Emptypor Bijin Ontem à(s) 6:39 pm



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Ato I: Planejamento Ousado

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 9 ... 13, 14, 15
AutorMensagem
Remenuf
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas


Data de inscrição : 01/12/2017

Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 EmptySeg Maio 07, 2018 11:43 am

~Narração~



Uma grande tensão se seguia no beco de forma que cada vez que William tentava retrucar a loira um sorriso sarcástico aparecia mais e mais no rosto da mesma, e junto a isso uma maior intensidade da desafiadora aura que cercava aquela viela, em meio a isso a medida que Will falava mais sua voz se perdia, talvez pelo medo, ou quem sabe pela estranha sensação que começava a sentir de sua garganta arranhando. Aqueles dois pareciam mais prontos do que nunca para iniciar uma luta se esta não fosse adiada alguns segundos pelas intervenções do ruivo que tentava trazer a voz da razão junto de Auster, ela no entanto ao perceber a feição de sua companheira segurava Tj belos braços já aproveitando do movimento que ele fazia para se aproveitar na inocente garota se afastando um pouco com ele, ninguém ali parecia inclinado a mudar de ideia e talvez fosse melhor não ficar no caminho de uma luta real, pelo menos não nas de Illya, até onde Auster sabia.

O urso por outro lado permanecia parado optando por não se envolver com toda aquela estupidez humana, não entendia o motivo, ou melhor, tinha uma idéia tola com relação a isso, e após soltar seus errôneos pensamentos tornava a vagar em meio a sua mente. Felizmente para o espadachim a voz da razão era ouvida e apesar de desejar muito William se abstinha de combater mudando completamente o clima do local, após ver que o rapaz já não tinha intenções agressivas illya também desistia da luta, apesar de transparecer um grande desânimo com a decisão, mas contanto que sua amiga estivesse segura ela não se importava com o resto.

Após as palavra muito bem escolhidas por parte de William todos ali já se acalmavam, e enquanto Illya retirava a mão de sua espada e com um sorriso ela dava um tapa amigável nas costas de Will, no entanto sem a mínima noção de sua brutal força que quase deslocava novamente o ombro do rapaz.

- Claro! Desde que você saiba o seu lugar. - Dizia a loira enquanto se dirigia para a saída do beco ao mesmo tempo em que Auster finalmente percebia sua situação agarrada com o ruivo e rapidamente o soltava para seguir sua amiga. - Sei de um canto em que a Marinha não ousaria nos incomodar.

Com todos de acordo e alguns até felizes ao ouvir a palavra “Taverna”, o grupo agora um pouco maior caminhou durante um bom tempo pela cidade que os três recém chegados ainda desconheciam e finalmente podiam sentir novamente o ar de cidade grande, ainda que este ar vinhesse ainda mais gelado de forma que William começava a não se sentir tão bem com sua garganta incomodando cada vez e nariz corizando, as extremidades de suas mãos assim como o rosto estava em uma coloração arroxeada, e o jovem torcia para que chegassem logo ao destino ou sua situação poderia piorar.

Finalmente chegando no local o grupo chegava em uma área um pouco mais danificada da cidade, e única construção intacta que podiam ver ali ao redor do centro de confusões onde Illya dizia ser seguro era uma pequena loja de roupas.

- É aqui. - Falava a loira apontando para uma construção um tanto quanto demolida em sua faixada de forma que só era identificável pelo nome que havia por detrás do balcão avistável do lado de fora, “Red’s Pub”, era o nome do lugar que aparentava ser um bar cheio de gente e principalmente confusões, logo que chegavam todos podiam ver uma bela ruiva de cabelos cacheados que despertaria o desejo de qualquer homem, sua feição era audaz e carregava nos punhos dois homens surrados ao ponto de sangrarem até a saída que eram arremessados.

- Não aceitamos caloteiros aqui. - Dizia a mulher batendo as palmas das mãos como se estivesse se livrando de poeira e logo retornando para o balcão.

- Bom… - Continuava Illya. - Sintam-se em casa. - E então guiava o grupo à uma mesa mais no canto enquanto fazia um gesto com a mão de forma que logo uma rodada de cerveja era trazida para todos sentados à mesa.

- Quer dizer então que os garotinhos querem ir para a Grand Line também hum? - Questionava a loira, mas logo era interrompida por Chô que questionava para seu companheiro deste lugar tão mencionado no decorrer de sua viagem juntos, todos paravam por um momento perplexos pela ignorância do mink, e logo fitavam Will esperando por uma resposta do mesmo.
Auster:
 
Illya:
 


Ferimentos:
 
Status:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
TJ-kun
Pirata
Pirata
TJ-kun

Créditos : 6
Warn : Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 10010
Data de inscrição : 24/01/2018

Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 EmptySeg Maio 07, 2018 2:51 pm

Capítulo 1.29 - Plano para GL


"Briga mais Will, estou me dando bem com a Auster por isso, sempre soube que você daria um jeito na situação."
Pensaria isso enquanto ficaria corado ao sentir Auster agarrada em seu braço, há males que vem para o bem, isso estava provado para o jovem médico, pena que durou pouco tempo e a tensão que pairava no beco se esvaia junto com o vento gélido daquela cidade, agora só restava aguardar uma nova chance, felizmente a sorte estava ao seu lado e poderia ter uma outra antes mesmo do que pudesse imaginar, aqueles cabelos azuis estava mexendo bastante com o ruivo, porém sempre há uma incógnita, será que continuará assim quando a próxima bela jovem surgir?

Ao se aproximarem do local dito por Illya que os marinheiros não se atreveriam a aparecer, avistou logo uma ruiva colocar dois homens para fora, surrados, ensanguentados...
"Aquela gorila nos trouxe pra selva dela, estamos ferrados!"
Já pensaria isso e tentaria checar quanto tinha de dinheiro sobrando, não queria correr o risco de dar calote depois de ouvir o aviso.

Ao adentrar no local, iria logo checar a situação de Will que parecia estar com hipotermia, checaria sua temperatura com as mãos mesmo por não possuir termômetro naquele momento e provavelmente perceberia que estava bastante frio, então pediria que alguém fosse pegar alguma bebida quente que não fosse alcoólica, então pedira para Will se sentar em alguma cadeira e tirasse os calçados, assim que ele atendesse ao pedido, o ruivo faria massagem para esquentar aquele corpo gelado, então após um pouco de massagem, pararia um pouco para pegar o álcool em sua mochila e voltaria a massagear, dessa vez utilizando o álcool também, isso tenderia a elevar um pouco a temperatura do corpo, jutamente com essa massagem, pediria para que ele esfregasse suas mãos em seus braços, esse atrito também ajudaria a regularizar melhor a temperatura corporal.
"Preferia que fosse a Auster no lugar dele, iria massagear o peito, esquentaria bem hehe"

Sentados juntos à mesa, as cervejas já estavam para serem apreciadas, porém se não tivesse dinheiro suficiente, diria que não estava muito bem para beber no momento, caso contrário, iria apreciar com vontade e ainda tentaria dividir a cerveja com Auster, só pararia ao ouvir a indagação do panda quanto a Grand Line, ficaria incrédulo com a ignorância do mink, mas não o reprimiria, apenas olharia para Will e aguardaria que ele o explicasse e sanasse sua ingênua dúvida, ele estava até certo ponto sendo o líder daquele "mini bando", então nada mais justo que deixar isso com ele.

Deixaria que Will terminasse a explicação sem interromper em momento algum e, assim que terminasse, diria:
- Bem, entao vamos voltar ao assunto de irmos para Grand Line, acho que todos aqui estão interessados no plano de vocês e podemos ser úteis, não tenham dúvidas.
Suas palavras viriam carregadas de confiança, não por acreditar em sua força totalmente, ainda estava em processo de melhorar seu psicológico, mas queria se demonstrar forte para Auster, ela parecia tão frágil em certos momentos.

- Como puderam ver, eu sou médico, então poderei ser útil nessa questão para vocês, além também de ser espadachim e ter força para combate, então, contem comigo.

TJ estava empolgado com a possibilidade de zarpar em direção a GL, em certos momentos até esquecia um pouco a questão de vingança, não sabia explicar o motivo disso, não é que seu ódio fosse pequeno, mas talvez a criação dada pelos seus pais faria com que seu desejo de ajudar os outros fosse maior do que o desejo de vingança, ou seria a companhia de Will e Chô que estavam transformando o desejo de vingança em companheirismo, a pirataria não parecia ser tão ruim quanto imaginava no início.
Legenda:
 

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
West
Pirata
Pirata
West

Créditos : 28
Warn : Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 8010
Data de inscrição : 12/03/2016
Localização : East Blue

Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 EmptySeg Maio 07, 2018 5:21 pm



Loguetown
O maldito resfriado


A mulher concordava em sair daquele beco, mesmo contrariada não deixava de demonstrar sua imponência frente aos demais, TJ como sempre era puxado pelo braço por Auster rumo ao local prometido por Illya. Andar pela cidade de Loguetown era prazeroso mesmo com aquele frio, uma cidade grande como aquela no East Blue, era algo que Will jamais iria imaginar.

O caminho ate o local era longo, o vento frio batia na face do jovem fazendo com que sua temperatura corporal diminuísse, a falta de roupas contribuía para que isso acontecesse , sua garganta doía a cada vez que engolia a saliva em sua boca – era so o que me faltava, ficar gripado logo agora – pensava enquanto esfregava suas mãos uma na outra tentado manter o calor que ainda havia em suas extremidades.

Enquanto continuavam a caminhar, a situação do espadachim apenas piorava, suas mãos e faces estavam com uma coloração estranha, seu nariz escorria um muco estranho, fazendo com de tempo em tempo sugasse o substancia novamente para dentro de sua narina – Eu devia ter comprado um agasalho, maldito frio – pensava enquanto escarrava seu nariz no chão, não importando com a presença de outras pessoas.

Ao longo do caminho, a situação parecia ficar pior, seu corpo todo doía,  tremia involuntariamente, mas o jovem tentava não demonstrar sua situação para os demais, principalmente para Illya, não queria que ela olhasse com pena da sua atual situação. O local dito pela moça era realmente mais afastado da cidade, destroços e ruínas eram visto para todo lado, a única construção intacta daquele local era uma pequena loja de roupas – Assim que discutirmos o plano, irei passar naquela maldita loja – pensava o jovem enquanto esfregava suas mãos uma na outra.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Como esperado, havia uma taberna logo a frente, de cara, uma bela moça jogava dois marmanjos para fora do local, gritando que ali não aceitavam caloteiros naquele local – Sorte que ainda tenho uns trocados hehe – tocava no seu bolso para conferir se o dinheiro ainda estava la, naquela situação, apanharia ate mesmo de uma mulher ruiva que usa um foice.

Assim que entraram e se acomodaram em alguma mesa, TJ percebia a situação do Willian, o rapaz era realmente muito útil, além de um bom espadachim, sabia as artes da medicina, e tentava aquecer o corpo do jovem com álcool e algumas massagens, como ordem do médico, tiraria suas botas e colocaria perto da sua cadeira, enquanto o ruivo fazia seus movimentos, Will ficaria parado e verificaria o local como sempre fazia, verificaria se havia alguém que lhe chamasse atenção, pessoas de terno, ou que aparentavam estar bem vestidos, a lembrança daquele Marinheiro dizer que agentes estavam seguindo Auster ainda lhe preocupava.

Quando TJ finalmente acabasse seus procedimentos, o espadachim agradeceria o ruivo com um aceno com sua cabeça e um breve sorriso – obrigado – diria de forma tímida e baixa, enquanto dava um leve tapa nos ombros do seu parceiro, depois seguiria as ordens que lhe foram dadas e esfregaria sua mão em seus braços de forma continua de modo que afastasse aquele frio que estava sentindo – talvez uma bebida quente posso me ajudar – pensava por fim enquanto calçava novamente suas botas.

Se houvesse alguma bebida quente na mesa, beberia de forma calma e repetida, de forma que o liquido não queimasse sua língua, se fosse preciso, sopraria para que esfriasse um pouco para que fosse possível apreciar seu gosto. Entretanto, se ninguém ali tivesse pedido algo para o jovem, este levantaria a mão e gritaria para a ruiva – Traz uma dose de whisky do mais forte – depois voltaria sua atenção para o grupo que lhe acompanhava – Uma boa dose vai me aquecer hehe.

Chô por sua vez perguntava sobre a Grand Line, não tinha como saber como aquele mink não sabia algo sobre o mar mais famoso do mundo – Tem muitas lendas sobre a Grand Line, dizem que e um mar de monstros, onde apenas o mais forte sobrevive, os homens mais fortes do mundo estão la, tesouros além da imaginação, eu tenho um certo alguém que quero matar, e neste momento ele está naquele mar, por isso eu não me importo de viver como um Pirata ou bandido, eu quero apenas ficar forte o bastante para cumprir minha vingança.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Caso Chô ainda fique com dúvida, esperaria que Illya respondesse, ou TJ. O ruivo falava sobre si para todos ali na mesa, mas talvez ele so queria se mostrar para as garotas, afinal Will e Chô sabiam da força dele, após ele acabar de falar, o jovem iria direto ao ponto, queria terminar aquilo rápido para poder comprar um agasalho – Então, agora pode nos dizer, o que vocês estão armando? – diria de forma baixa, para que ninguém fora daquela mesa escutasse, caso ainda estivesse com o nariz escorrendo, sugaria o muco para dentro, tentaria manter uma postura firme, e de forma alguma pararia de passar suas mãos em seus braços.


Willian West


Histórico:
 

Legenda:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Johnny Bear
Pirata
Pirata
Johnny Bear

Créditos : 17
Warn : Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 9010
Masculino Data de inscrição : 20/04/2016
Idade : 18

Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 EmptyTer Maio 08, 2018 4:43 pm



Chô depois de muito tempo finalmente tivera outro devaneio, agradara ao mesmo o sentimento florescente, sentira o cheiro dos campos que antes estava acostumado a percorrer, o som que ressoava da mata e da água corrente dos rios, vinha a ter uma experiência agradável em anos, encontrara talvez um fim naquela aventura, por hora. Se vem a calhar, a prosa vem a girar em torno dos pensamentos que vinham a cabeça do Panda, experiências e relatos recheados de cultura nativa, gostos e costumes de seu povo, até mesmo, o passado de uma alma que por agora rumava para mares desconhecidos, a prefácio desta se pontua, a única ação redundante que viria então era o movimento horizontal da pata, qual? Dependeria da que lado Will estivesse para que o Urso pudesse empurrar o caneco de cerveja até este. – Então vamos descobrir esse mundo novo, juntos! – Bradou, não elevou a voz, na verdade, o brado ressoava por dentro, batendo como um tamborete, som grave que tremia os órgãos e aquecia o coração.

Deixaria a bebida para que aquele rapaz pudesse saborear, amante da bebida bege como nunca antes visto, aqueceria o corpo com a queimação do álcool percorrendo a garganta, se bem que para o frio, talvez o desfrutar de um vinho viesse a ser mais prazeroso, quente ou a temperatura ambiente, bebida que descia com o doce e queimação apropriados para o inverno.

Antes de mergulhar em intensos desejos privados e reclusos de um Panda que vinha de uma sociedade diferente, é importante compreender que o desejo por cerveja não vinha a ser renegado, ainda gostava da bebida, mas o que seria estopim para as lembranças aflorarem a mente seria o licor a beijar o palato. Viria a levantar, ímpeto sem nem mesmo pedir licença, talvez ninguém naquela mesa fosse ligar para a ausência de educação, ao que parece, o médico estava mais ocupado a cortejar a moça, já Will, bom, Will estaria sendo Will, com pouco tempo de convivência já era capaz de dizer que se não estivesse ocupando a boca com bebida e comida estaria conversando com a loira corpulenta, trocando gracejos e carícias ou palavras de ódio, compreendera que problemas dos humanos deveriam ser e ficar para com e unicamente com estes.

Novamente a ideia se perde em meio a muitos detalhes, desprendendo-se de detalhes Alencares para o foco principal, Chô iria caminhar até o balcão, deixando ao grupo, lançara olhares para a ruiva esperando que esta viesse para atendê-lo, senão, requisitaria que esta viesse para perto. – Senhorita! Pode me atender? – Diria erguendo a pata caso esta não estivesse ocupada atendendo a outros, caso estivesse, aguardaria até a vez de ser atendido. – Gostaria de uma dose do seu melhor licor, não melhor, me traga duas! – Sorridente e desajeitado, solicitando a bebida que o cativava, agora iniciando ao verdadeiro devaneio, as ações por agora se finalizavam, terminando a esta prosa com o Panda sentado ao balcão enquanto bebia as duas doses de licor.

O Pai de Chô, um velho guerreiro que serviu ao exército daquele vilarejo por cerca de 40 anos, hoje um jovem comum não tende a permanecer no mesmo emprego por mais do que 5 anos, era um Mink robusto e sonhador, a ausência da mãe na vida do rapaz o fizera ter ainda mais atenção paterna do que era de se esperar, antes da aposentadoria permanente, o velho Panda servia treinando novatos para se tornarem grandes guerreiros algum dia, e coincidentemente, por cerca de 3 ou 4 anos Chô foi treinado pelo próprio pai antes de ser convocado para servir a uma frota. Bushido Azumi Chô, a partir deste ponto convém a chamá-lo de Bushido, e o habitual Panda que vem vivendo aventuras agora em Loguetown cujo qual vem sendo acompanhado deste o início, será chamado de Lotus.

Lotus, permitido pelo próprio Bushido, veio a provar um caneco de cerveja ainda quando jovem, na vila em que vivia nunca existira uma política de proibição do consumo de bebidas alcoólicas, na verdade, era dado aos maiores de 10 anos com tamanha frequência que é como ver uma criança tomar refrigerante. Existia moderação, afinal, a cerveja dificilmente podia ser encontrada a venda, o que se fazia era o plantio da própria matéria prima desta nos quintais dos casebres, assim como era feito com o bambu e o arroz, cada um tinha sua própria colheita e vivia do próprio plantio, as sementes eram compartilhadas e pouco se pagava por estas, já que a principal fonte de renda vinha da venda de materiais forjados, criados a partir do minério que era de difícil extração naquela região.

Durante a puberdade, surgia naquela sociedade uma nova bebida que vinha a realçar os gostos da pura terra, esta era o licor. Bushido sempre dizia: “O licor é uma bebida de fêmea, onde já se viu misturar frutas e raízes com o álcool? Ele perde o gosto e a graça!”. Mas Lotus gostava do sabor, sempre que partia em largas expedições ele tratava de levar uma garrafa cheia para partilhar com os companheiros, relembrava aos gostos da casa, podia sentir através do aroma o álcool que tanto lhe cativava junto com o garbo de sua terra natal, então pode se dizer que o Licor para Lotus tem o gosto de “casa”.

Depois de rodeios, o devaneio poderia se resumir como: Lotus assimilava o licor a sua casa, já que tinha o gosto da terra e dos frutos? Talvez, cabe a cada qual o interpreto único de todo aquele sentimento, mas pode se ter uma ideia, senão, apenas um respingo de uma forte chuva, a cerveja sempre fazia o rapaz se lembrar do falecido pai, abraçara o mimo em seu peito, inspirou profundo enquanto limpava a única gota de lágrima que escapava pelo olho esquerdo, lágrimas de saudades, mas feliz, talvez o velho tivesse orgulho de ver o que o filho havia se tornado, os objetivos que veio a abraçar para o futuro.

Em desfecho deste devaneio, uma ação inusitada, vindo a cabeça com surpresa, era quase como um reflexo, onde o momento de loucura impulsionado pela adrenalina e emoção de juntam, como em um experimento físico que os elementos finalmente se encontram para simplesmente acontecer, Chô erguia as patas com louvor, parecendo finalmente ter entendido o que significava aquele olhar. A princípio, nas palavras de Will achou que o rapaz era apenas um sonhador como os outros, palavras vazias incapazes de cativar, mas não coube ao Urso questionar, mas agora finalmente entendia o que todos queriam dizer.

- VAMOS PARA A GRAND LINE! -





Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Remenuf
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Remenuf

Créditos : 20
Warn : Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 10010
Feminino Data de inscrição : 01/12/2017
Idade : 19
Localização : No seu coração

Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 EmptySex Maio 11, 2018 1:56 pm

~Narração~



A cena no bar se seguia com todos os membros sentados a mesa, ou quase todos, pois Tj se encontrava ajoelhado em uma estranha situação onde massageava os pés de Will ao mesmo tempo em que alguns cidadãos ao redor lhes encaravam com estranheza ( ͡° ͜ʖ ͡°) , aquele ato no final salvava a pele de William e valia a pena todos os olhares de julgamento. Assim como qualquer mesa de bar a conversa ali se seguia com West explicando o que seria a tão infame Grand Line junto a seus perigos e grandezas, Illya nesse meio tempo acabava não só com sua bebida mas também com a dos outros que não aparentavam tão tentados, a loira se mostrava tamanha beberrona que conseguia acabar com aquelas enormes canecas e poucos goles, Austin também se sentia um pouco tentada mas era impedida por sua amiga.

- Oe oe… A última coisa que a gente quer aqui é que você perca o controle e causa uma confusão, pelo menos não nesse lugar. - Dizia Illya enquanto tirava a bebida da garota de cachos azuis ao mesmo tempo em que fitava a ruiva ali presente com um certo receio, esta que se aproximava com um sorriso sínico trazendo a bebida antes ordenada por Will. Finalmente quando os West e Tj retomavam ao assunto principal que era o motivo de toda aquela conclusão as duas mulheres se entreolharam, Auster fazia um sinal de aprovação com a cabeça enquanto que Illya ainda tinha um certo receio em sua feição, mas acabava cedendo.

- Muito bem… - Ela começava a buscar em sua mochila por algo não demorando muito para retirar um papel enrolado, Chô neste momento saía da mesa para novamente retornar ao seu próprio mundo de pensamentos, os outros não ligavam, estavam centrados demais no que poderia haver ali.

- É bem simples pra falar a verdade. - Completava Auster a medida que o papel era aberto e todos podiam ver do que se tratava, como citado anteriormente pelos soldados o que se mostrava ali era um itinerário do porto de Loguetown, Will e Tj podiam avistar horários de saídas e entradas, número de tripulantes e até mesmo qual a carga, com exceção de uma embarcação que se mantinha no maior sigilo mancando-se apenas sua previsão de chegada.

- Hehe, imagino que vocês já tenham notado a galinha de ovos de ouro aqui. - Dizia a loira que logo era complementada por Auster em uma forma quase como se tivessem ensaiado.

- A alguns dias ficamos sabendo que algo importante chegaria na cidade.

- O assunto nos chamou atenção já que precisamos começar de algum canto antes de partir para aquela montanha mortal, então a Auster aqui se infiltrou e roubou esse itinerário. - Ela dizia em um tom orgulhoso. - Infelizmente ele não diz muito senão o horário, não sabemos qual a carga, mas para ter tanto segredo deve ser bem valiosa.

- E no mínimo conseguiremos um bom barco. - Dizia Auster otimista.

- Não! - Bradava a loira batendo uma caneca contra a mesa. - Tenho certeza que deve ter algo por lá, senão não teríamos sido atacados por agentes do governo, esperava conseguir umas informações daqueles malditos mas vocês já sabem nossa resolução. - Terminava Illya tomando uma pausa.

- Mas agora que sabem sobre nós não deve mais ser tão fácil assim. - Dizia Auster um pouco cabisbaixa.

- Sim, imagino que as coisas não estejam tão fáceis no porto então nossa chance é intercepta-lo ainda no mar.

- Devem ter guardas na embarcação também, e é aí que vocês entram.

- Sinceramente eu não acho que precisemos de ajuda, mas como essa idiota aqui parece confiar de alguma forma em você. - Ela olhava para Tj. - E eu não ache que tenham a audácia de nos trair. - Neste momento uma breve aura intimidadora era liderada por Illya e logo voltando a sua normalidade. - Não vejo problemas, apesar de que ainda vai ter que se provar. - Concluía a loira falando especialmente para Will. Neste momento Chô do balcão do bar levantava uma taça de licor e bradava:

- Vamos Para a Grand Line!

Um silêncio era tomado no local por alguns instantes, mas logo canecas de cerveja começavam a ser levantadas e as pessoas começavam a gritar junto do panda.

- EEEEEEEEEEEEEE!!!! - E logo voltavam ao que estavam fazendo.

- Bom, a chegada da embarcação é só amanhã ao meio dia, tomem esse tempo para pensar no assunto e se preparar. - Illya dava mais gole em sua bebida. - Lhe esperaremos aqui até às dez.
Auster:
 
Illya:
 


Ferimentos:
 
Status:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Praise The Sun:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
TJ-kun
Pirata
Pirata
TJ-kun

Créditos : 6
Warn : Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 10010
Data de inscrição : 24/01/2018

Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 EmptySex Maio 11, 2018 4:03 pm

Capítulo 1.30 - O grande plano revelado!


"O que que a gente não faz por um companheiro hein... Francamente, a Auster aqui do lado e eu esfregando os pés deste frangote... ah se eu penso alto, sou um homem morto kkkkkkkkkkkkk
Não conseguiria segurar o sorriso de lado já característico dele, o problema seria aquele bando de marmanjos achar que TJ estava gostando daquela situação, ainda por cima, ele estava rezando para Auster dar um espirro, assim teria uma desculpa para poder examiná-la.

Não estava muito interessado na cerveja, o negócio maior ali com certeza era o plano das garotas e, ao ver a explicação e o papel com o itinerário com informações sobre embarcações, concluía de que era realmente uma galinha de ovos de ouro, ainda mais quando falaram sobre ter algo importante chegando, seus olho brilhariam, seria um grande tesouro? Armas? Ou...
"Poderia ser um carregamento de mulheres lindas e peitudas, isso sim é uma carga importante"

O fato de ter agentes do governo atrás de Auster só reforçaria a ideia de que havia algo de especial nessa embarcação que estava para chegar, concordava que a segurança provavelmente estaria maior e que a melhor chance seria um ataque em alto mar, parecia ser a melhor alternativa para aquele recém formado grupo.
- Tem aquele velho que nos trouxe para Loguetown, é um barco pesqueiro, não daria muitas suspeitas, o ruim é ter que aguentar aquele velho mandando eu trabalhar.
Diria TJ que, ao mesmo que se sentia orgulhoso ao pensar que tinha dado uma ideia genial, também sentia uma tristeza por pensar em trabalhar no barco.

Agora o que restava era que decidissem o que fazer e descansar para o grande dia, não tinha nada em mente para o restante da noite, a princípio ficaria ali junto ao grupo, só observando a sua volta, sempre na expectativa de surgir alguma oportunidade com a jovem de cabelos azuis, se a decisão do que fazer estivesse complicada de se chegar a uma definição concreta, tentaria ajudar de alguma forma, mesmo não sendo o estrategista ali na mesa, por fim, convidaria Auster para dar uma volta.

- Ei Auster, estou precisando pegar um ar, o que acha de darmos uma volta aqui próximo mesmo para não corrermos risco de alguma emboscada?

Caso ela aceitasse, iria se levantar e pegaria em sua mão para ajudá-la a sair da mesa, então seguiria junto com ela pelas ruas próximas, a deixaria guiar já que era ela quem conhecia a região e ele era apenas forasteiro sem jeito, continuaria caminhando enquanto tentaria uma conversa bem informal e descontraída, queria saber mais sobre aquela misteriosa mulher, uma guerreira como nunca tinha visto antes, de uma beleza peculiar que chamara a atenção do médico, no fim, pediria para ela indicar algum lugar para que pudesse dormir e descansar para o outro dia, deixaria no ar a possibilidade dela ir junto, mas se ela recusasse, voltaria com ela para a taberna para só depois seguir para o local indicado e descansar.

Se ela não aceitasse o convite, perguntaria se poderiam indicar algum lugar para que possa passar a noite, queria estar descansado para o horário de execução do plano, então seguiria para o local que dissessem e lá pagaria para dormir uma noite, caso não encontrasse o lugar ou o valor fosse demasiado caro, voltaria para o bar, então ficaria lá virando a noite até amanhecer ou ser expulso do local e, quando desse o horário combinado, junto a seus companheiros, diria:
- Vamos lá, é apenas mais uma aventura para nós!
Legenda:
 

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
West
Pirata
Pirata
West

Créditos : 28
Warn : Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 8010
Data de inscrição : 12/03/2016
Localização : East Blue

Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 EmptySex Maio 11, 2018 11:19 pm



Loguetown
O Plano


Como esperado, TJ se mostrava um companheiro para ser ter ao seu lado, o homem havia conseguido regular a temperatura do corpo de Willian novamente, a Hipotermia havia passado, e a força voltava novamente ao corpo do espadachim, a garçonete havia trazido sua dose, pegando-a virava em apenas uma golada, sentir aquele liquido fervente passando por seu corpo dava uma revigorada na moral, o calor em suas entranhas era excitante, ao virar todo o liquido do copo, bateria este na mesa com uma certa força – Estou de volta haha.

Voltando sua atenção novamente para o grupo, Illya se mostrava relutante em mostrar-lhes o plano que tinha em mãos, mas com o aceno de Auster, a loira tirava um mapa da sua mochila, e colocava sobre a mesa, as duas garotas explicavam o plano, Will tentaria prestar atenção em cada palavra dita pelas duas, conforme demonstravam suas intenções, tudo ficava mais claro para o espadachim, aquela seria uma chance de ouro, podia ganhar grande fama ao roubar um barco da Marinha, além e claro de enfrentar oponentes que poderiam ser formidáveis, quem sabe até mesmo um Sargento, quando Illya finalmente acabasse de falar, o jovem encostaria seu corpo cansado na cadeira, tiraria seu chapéu, colocando sobre seu colo, esboçaria um sorriso em seu rosto, com uma tom de voz calmo diria para a dupla – Concordo com você escudeira, aposto que tem algo especial neste barco esperando para seu roubado

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Colocaria novamente seu chapéu, de modo que cobrisse parcialmente seus olhos, esperaria TJ dar sua ideia, era de se pensar pedir ajuda aquele velho, mas sabendo que Drake estaria a bordo, a história era outra, certamente ele não os ajudaria em algo tão audacioso – TJ, aquele velho só veio vender aqueles malditos peixes, além disso, Drake está com ele, não que eu tenho pena ou coisa assim, mas não quero colocar o Finn nessa empreitada também,  mas concordo com Illya, temos que arrumar um jeito de interceptar o barco em alto mar, pois se tentarmos invadir pelo porto, certamente seremos presos – daria uma leve risada de deboche – Eu  penso que subornar algum mercador clandestino, para que estes nos leve até o barco seria uma ideia melhor, eu tenho esse uniforme da Marinha comigo – pegaria a trochinha que guardava o uniforme que havia pego anteriormente e colocaria sobre a mesa- talvez conseguimos colocar alguém infiltrado para descobrir algo a mais.

Esperaria para ouvir a opinião de todos ali, se propusessem continuar com a ideia de TJ, apenas aceitaria a opinião da maioria, se Chô tivesse alguma outra ideia, escutaria sem lhe interromper, se aceitassem a ideia do Pandar, aceitaria da mesma forma. Após discutirem o que seria feito, vendo que TJ pressionava Auster para um passei – Tarado – pensava Will enquanto se levantava da mesa – Eu vi que havia uma loja de roupas la fora, vou comprar algo para me cobrir, alguém quer vir comigo? – Se ninguém se voluntariasse, daria de ombros e deixaria seus colegas por um breve momento, pegaria novamente sua trocha de roupa e amarraria em suas costas.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ao sair da taberna, procuraria a loja que haviam passado anteriormente, quando finalmente encontrasse, caminharia até algum atendente – Preciso de algum manto, preto de preferência, não aguento mais esse frio haha – diria enquanto sacava o dinheiro de seus bolsos, e colocaria sobre o balcão (caso houvesse), ou daria na mão do vendedor(a) – Isso deve servir – vestiria o manto, cobrindo-lhe as costas, deixando seus braços fora das mangas – Agora sim estou aquecido – Apos pagar, deixaria o local dando um sorriso de satisfação para o vendedor(a); voltaria novamente para o encontro de Chô, TJ e as garotas, quando os encontrassem, diria algumas palavras a escudeira – Illya, tem algum lugar que podemos descansar? Vocês têm uma casa ou abrigo que pudéssemos ocupar temporariamente?


Willian West


Histórico:
 

Legenda:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Willian West em Sab Maio 12, 2018 4:51 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Johnny Bear
Pirata
Pirata
Johnny Bear

Créditos : 17
Warn : Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 9010
Masculino Data de inscrição : 20/04/2016
Idade : 18

Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 EmptySab Maio 12, 2018 4:43 pm



Bradou junto aos outros, quando muitos canecos se erguiam para a somatória de mais um naquele grave coro que, pasmem, foi causado por umas poucas doses de licor, daquela figura, o fim inevitável vem como o poente, cada dia se repete carregando à guarda um novo dia, tal qual seria para aqueles rapazes que por tanto passaram, a paz reinara sabendo-se que pouco tempo permaneceria assim. Terminaria de beber a pequena dose, limpara ao copo buscando as últimas gotas que se prendiam no fundo do corpo cristalino, a língua usada para cutucar o fundo de modo não deixar nenhuma gota ficar de fora, sentira ao sabor do doce devaneio, a casa vinha deixando para trás agora com o término do desfruto, o sabor de “Lar” que ainda perdurava no fundo da garganta.

A última gota correu, e como o fim desta prosa, foi de ocaso, apagara lentamente como as breves memórias do Panda que, agora, observara a todos com um olhar distante, ainda repousava ao balcão. Não são devaneios, nem ações e tampouco pensamentos, apenas o fim, sentido ao banco de um material que muito provavelmente seria madeira, enquanto que TJ e Will tinham seus finais emocionantes, a mesa conversando com donzelas ou gastando o dinheiro com trajes noviços e sofisticados. Não, esse é realmente o fim, têm-se notas, poucas por sinal, lorotas que tomam o pouco tempo do ocaso que agora banham os céus da cor alaranjada que oscilava para o roxo.

O céu estrelado consagrava o fim, como o martelo em um tribunal dava encerramento ao caso com a batida final, o estopim para os acontecimentos que viriam a seguir. Chô quisera seu fim breve, não o encontrou juntando-se ao grupo e nem permanecendo encostado ao balcão para assistir aos companheiros de longe, quisera terminar com brado, agora ressoando alguma glória ou objetivo, clichê tal como o fim de uma trilogia fajuta, mas desistiu, cambaleando para fora daquele banco ainda sob efeito das duas pequenas taças, ou talvez fosse somente a tontura comum ao se levantar com grande velocidade.

- Ei Will! Saque sua espada! – O Panda, agora banhado de coragem e pensamentos próprios, sacaria a lâmina brilhante de fora da bainha, caminharia em direção a Will em proposta a um duelo, mas antes que pudesse atacar... O badalar das seis, é o comum horário em que o sol se põe por completo, o céu se encontra coberto por um lençol estrelado que brilha ao luar, a noite linda, o fim do dia, o fim da aventura.





Objetivos:
 

Histórico:
 

Observação:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Remenuf
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Remenuf

Créditos : 20
Warn : Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 10010
Feminino Data de inscrição : 01/12/2017
Idade : 19
Localização : No seu coração

Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 EmptySex Maio 25, 2018 6:29 pm

~Narração~



Os detalhes do planos pareciam ter um indício de discussão, mas por mais que suposições fossem feitas o plano de ataque era simples e único, ataque, hora e local estavam definidos e só o que lhes faltava era a linha de ação.

- Negativo. - Interrompia Illya em tom ríspido cortando de imediato o ruivo. - Vai ser algo perigoso disso eu tenho certeza, é melhor não envolver civis com isso, vamos arrumar uma embarcação menor por conta própria ou achar alguém que a tenha e já esteja nesse mundo, é melhor.

Com a base do plano definida e os detalhes deixados para posteriormente o grupo agora só tinha de esperar, Willian perguntava se alguém lhe acompanharia, mas aquilo só dava uma outra ideia ao ruivo que convidava Austin para dar uma volta.

- Hmm, pode ser, eu acho. Só vamos tomar cuidado para a Marinha não me ver. - Respondia ela com um sorriso inocente no rosto enquanto pegava mão de Tj meio que sem jeito e seguia o rapaz. Diante daquela cena West não tinha outra vontade senão vomitar, e reparando se mais alguém gostaria de acompanhá-lo podia ver que tanto Chô quanto Illya se acabavam em suas próprias bebidas.

Ao sair do local Will reparava que diferente do resto da cidade que sempre tinha uma ou duas rondas de Marinheiros patrulhando, aquela região era completamente isenta da autoridade local, e isso ao mesmo tempo em que era duvidoso também provocava um certo conforto. A loja que antes havia visto não era muito luxuosa e muito menos tumultuada, em fato estava vazia, e a única habitante que recepcionava o rapaz era uma menina baixinha de óculos e curtos cabelos escuros que ao observar o rapaz adentrando a loja até que gaguejava um pouco de nervosismo, o contato entre os dois não era nada demais, e após pagar o necessário Will saía do local com sua mais nova roupa e quem sabe a conquista da futura líder de seu fãn club.

Enquanto isso do outro lado do quarteirão Tj e Auster caminhavam apenas tomando um ar, suas mãos agora já estavam distantes e o ruivo vez ou outro desacelerava o passo na tentativa de conseguir uma nova visão privilegiada, o sedutor incorrigível tentava iniciar seu diálogo mas quem sabe por nunca ter chegado tão longe ele ficava nervoso sem ter o que dizer, sendo suas primeiras palavras a pergunta de um lugar para dormir ( ͡° ͜ʖ ͡°), Auster parava por um momento encarando o rapaz, e era perceptível que não havia entendido a pergunta, em nenhum dos sentidos, afinal, ainda era dia.

- Não sei… O último esconderijo meu e de Illya foi descoberto ontem. Até lá estamos ficando na taverna, mas ela não me deixa beber. - Respondia a bela garota de cachos azuis enquanto passava a mão por estes na tentativa de arrumá-los. E após um breve suspiro para tomar coragem ela pegava na mão do ruivo evitando olhar diretamente em seu rosto e o puxando. - V… Vamos voltar antes que algum soldado apareça.

Enquanto Tj e Auster ainda estava no caminho de volta William já havia retornado para o bar, quem lhe surpreendia logo na entrada era Chô, que lhe propunha um desafio, um duelo de um contra um apostando todo seu orgulho, o mink não tinha motivo algum para tal, mas de um ponto retrospectivo eles nem mesmo tinham motivo para estarem juntos ali, prestes a entrarem em uma operação ainda maior do que a anterior, por que estavam ali? Coincidência? Ou uma peça do destino? O que os aguarda daqui pra frente, só este último dirá.



Aventura Finalizada Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 325310319


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:
~Avaliação Riazinhos~



Lotus Chô









Perdas:
● 90.000 Berries - Ok

Ganhos:
● 2 Katana Lv1; - Ok
● 1.600.000 Berries; - Ok
● Perícia Dança; - Ok
● Cicatriz de perfuração na coxa direita; - Ok
● Cicatriz de mordida de tubarão no trapézio direito. - Esse aqui é o trapézio descendente é ele que a gente quer Ok
● Mudança de Grupo: Pirata  - Adicionado
● Aumento de Recompensa: 1.600.000 - Adicionado

Relação de personagens:
● O Player faz.

Exp: 17
EdC:

Localização: Loguetown - Ok

.

William West









Perdas:
● 545.000 Berries - Ok

Ganhos:
● Katana Lv1 - Ok
● Pistola Lv1 - Ok
● Ninjaken Lv1 - Ok
● Pingente de Ouro - Ok
● Anel de Noivado - Ok
● 1.600.300 Berries - Ok
● Perícia Alpinismo - Ok
● Perícia Estratégia* - Ok
● Manto Preto (Roupa Básica) - Ok
● Mudança de Grupo: Pirata  - Adicionado
● Aumento de Recompensa: 2.200.000  - Adicionado
● Uniforme de marinheiro - Adicionado Foi Roubado mas não adicionado ao pedido de avaliação, e negligenciado no histórico também.

Relação de personagens:
● O Player faz.

Exp: 18
EdC:

Localização: Loguetown-  Ok

Tj









Perdas:
● 1.040.000 Berries - Ok

Ganhos:
● Katana Lv 1; - Ok
● Perícia Primeiros Socorros; - Ok
● 1.600.000 Berries; - Ok
●1 Mochila Grande; - Ok
●1 Kit Com 20 Bandagens; - Ok
●2 Bisturis; - Ok
●1 Cauterio; - Ok
●1 Tesoura; - Ok
●1 Linha de sutura; - Ok
●1 Agulha de sutura; - Ok
●1 Estetoscópio; - Ok
●1 Medidor de pressão arterial; - Ok
●1 Álcool 1L; - Ok
●3 Morfinas; - Ok
●3 Antibióticos; - Ok
●10 Remédios para uso diverso; - Ok
● Perícia Acrobacia*; - Ok
● Cicatriz de perfuração no antebraço direito. - Ok
● Mudança de Grupo: Pirata  - Adicionado
● Aumento de Recompensa: 1.500.000  - Adicionado


Relação de personagens:
● O Player faz.

Exp: 16
EdC: 16

Localização: Loguetown - Ok

Quantidade de posts do(s) Narrador(es): 35 posts - 5 cerditos

Considerações, narração e mais um pouco:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Praise The Sun:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado - Página 15 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ato I: Planejamento Ousado
Voltar ao Topo 
Página 15 de 15Ir à página : Anterior  1 ... 9 ... 13, 14, 15

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Conomi Island-
Ir para: