One Piece RPG
Ato I: Planejamento Ousado XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Evento Natalino - Amigo Secreto
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor GM.Doodles Hoje à(s) 00:49

» Nox I - Loucura
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor Catuios Ontem à(s) 23:31

» Sons of Vermillion's Blood: Gênesis
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 22:08

» Bizarre Adventure: Smooth Criminal
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor Achiles Ontem à(s) 21:43

» Teleton Chronicles I: Retaliação
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor Sakaki Ontem à(s) 21:34

» [ficha] Hinata Bijin
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor Bijin Ontem à(s) 20:39

» Apenas UMA Aventura
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor Van Ontem à(s) 20:35

» Cap. 1: Laços entrelaçados, as chamas da revolução se erguem!
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor Wesker Ontem à(s) 20:07

» Buki Bijin
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 19:02

» Arthas Mandrake
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 18:58

» Bastardos Inglórios
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor Wing Ontem à(s) 18:57

» あんみつ - Anmitsu
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor Vincentão Ontem à(s) 18:03

» Unbreakable
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 18:03

» Cap. 1 - Abrindo caminho
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor Fonseca Ontem à(s) 17:31

» [Mini-Theodore]
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor Death-D.Obscure Ontem à(s) 17:04

» [Ficha] Mikhail Vermillion
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 16:40

» Mikhail Vermillion
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 16:37

» Construindo o Começo
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor Graeme Ontem à(s) 15:17

» [Ficha] Coldraz Vermiillion
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 13:35

» Coldraz Vermillion
Ato I: Planejamento Ousado Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 13:34



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Ato I: Planejamento Ousado

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3 ... 8 ... 15  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Ato I: Planejamento Ousado 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 5ª Rota - Pindorama

Ato I: Planejamento Ousado Empty
MensagemAssunto: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado EmptyQua 21 Fev 2018, 14:46

Ato I: Planejamento Ousado

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Bravheseer Finn. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Brav
Civil
Civil
Brav

Créditos : Zero
Warn : Ato I: Planejamento Ousado 1010
Data de inscrição : 13/06/2017

Ato I: Planejamento Ousado Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado EmptyQua 21 Fev 2018, 22:30

A vida é engraçada. Um dia, você está sossegado passando o tempo com jogos de tabuleiro. No outro, está fugindo de casa sonhando cegamente em se tornar alguém livre; um pirata!

Me hospedando de casa em casa, de alguma forma, consegui sobreviver. Certas pessoas me desejavam logo fora de seus lares, mas não conseguiam reunir coragem o suficiente para me despejar, afinal, lá no fundo, ainda tinham noção de que eu era uma criança.

Sempre que tinha oportunidade, aproveitava o tempo livre para ler os jornais. Foi numa dessas que, espantado e ao mesmo tempo impressionado, percebi o quão incrível a pirataria era, apesar de oferecer riscos - e muitos. Aí, minha vontade de me lançar ao mar explodiu de vez, fazendo meu corpo se mover sozinho.

Como um moleque, meu corpo era bastante esguio e era bem difícil me perceber passando. Por isso, não era muito complicado para mim me infiltrar em navios e ir de uma ilha a outra. Quando me dei conta, já estava muito distante da minha casa. É claro, isso não me afligia, e foi partindo dessa ideia que tudo o que aconteceu na minha vida, aconteceu.
Dando um basta na monotonia da minha vida antiga, cheguei em Conomi Island. Uma ilha bonita, admito, mas não faz meu gosto.

Mergulhado nos meus pensamentos, caminhava pelas ruas da cidade. Em questão de segundos, recuperava a noção da realidade e voltava a planejar meus próximos passos.
Hmmm... O que fazer a seguir? — Murmuraria baixinho, buscando alguma resposta da minha cabeça. Bastava pensar um pouco e a resposta surgia como a luz no fim do túnel: compraria um par de luvas para reforçar minha força física e, de alguma forma, compensar a falta dela. Isto com certeza viria a calhar.

Pararia a cada cidadão que estivesse passando por mim naquele momento, perguntando-lhe, com o mesmo tom de voz suave de sempre, onde ficava a loja de armamentos mais próxima:
Oi! Ah, bom, eu busco por uma loja de armamentos. Sabe se tem uma por aqui? — Terminaria a frase, sem tirar os olhos do sujeito.

Caso ele - ou ela - viesse a me responder, agradeceria gentilmente balançando a cabeça de lá para cá, seguindo pela direção que me apontasse.

Caso ele não soubesse sobre o que eu procurava ou até mesmo me ignorasse, seguiria com a minha busca, sem cessar, persistindo com uma teimosia incompreendível.



Aviso prévio:
 

Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Remenuf
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Remenuf

Créditos : 20
Warn : Ato I: Planejamento Ousado 10010
Feminino Data de inscrição : 01/12/2017
Idade : 19
Localização : No seu coração

Ato I: Planejamento Ousado Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado EmptyQui 01 Mar 2018, 12:46

~Narração~



Navegar pelos mares, conquistar tesouros, beber, cantar e festejar, estas são poucas das coisas que se espera de um homem do mar, a pirataria é mal vista pelos arredores do globo, mas para muitos é um sinal de liberdade, a prova de que alguém não pode ser controlado pela lei dos homens ou dos deuses, de que cada um tem o direito de traçar o próprio destino. Este mundo sem norma era com o que o jovem Finn sonhava enquanto vagava por seus devaneios.

De uma estranha forma fazia-se frio na ilha de verão chamada Conomi Island, os ventos gélidos batiam no rosto do garoto enquanto pequenos flocos de neve caíam do céu e se amontoavam nas copas das árvores de laranjeira, mas por sorte, ou por puro costume, a criança já usufruía de roupas de frio e não parecia se importar muito com a brisa gelada. Finn, que caminhava pensativo pela cidade de Shirotown, finalmente determinava seu próximo objetivo, adquirir um suplemento para sua falta de força, e por fim, se lançar novamente aos mares.

O pequeno Bravheseer saía pela cidade perguntando a cada cidadão que passava por uma loja de armas, mas seja pela idade do garoto, ou quem sabe seu jeito inocente de falar, as pessoas simplesmente davam algumas risadas antes de seguir seu caminho, e alguns até mesmo acariciavam a cabeça do rapaz. Entretanto o jovem Finn estava determinado a encontrar o estabelecimento, e por fim decidiu perguntar a alguém que provavelmente não se importaria com sua aparência, ele se dirigia a um homem alto e barbudo que fumava encostado em uma parede, este que ao ouvir a pergunta franzia o cenho logo antes de tirar o tabaco da boca e soltar uma alta e única risada de escárnio.

- Há!... O que um franzino como você vai fazer com uma arma!? - O homem debochava de Finn e em um último ato de provocação expelia a fumaça em seu rosto, e ao notar a determinação do garoto voltava novamente a se encostar na parede e concluía enquanto apontava com o polegar para a porta ao lado e por fim voltava a fumar seu charuto. - Você já encontrou. -

Ao se aproximar da entrada era possível avistar a enorme placa: “Empório do Armamento”, e uma vez dentro o estabelecimento se mostrava tão elegante quanto seu ostentoso anúncio. O local era todo amadeirado e exibia diversas armas em suas paredes, estas sendo de fogo, cortantes e até mesmo alguns tipos que o garoto desconhecia, logo em sua entrada ele era recepcionado por uma alta e bela mulher de seios fartos que ficavam amostra no decote de seu kimono, seu cabelo era preso para um dos lados e a mesma não parecia incomodada com a presença de uma criança naquele local, afinal um cliente ainda é um cliente, e contanto que traga dinheiro fará a felicidade de qualquer vendedor.

- Ora ora vejam só o que temos aqui… Eu sou Nix... - Seu tom de voz era doce e instigante, a mulher olhava para Finn com um certo interesse enquanto esperava por alguma resposta do mesmo. - O que posso fazer por você? Garotinho. -
Nix:
 


Considerações:
 
Status:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Praise The Sun:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Brav
Civil
Civil
Brav

Créditos : Zero
Warn : Ato I: Planejamento Ousado 1010
Data de inscrição : 13/06/2017

Ato I: Planejamento Ousado Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado EmptyQui 01 Mar 2018, 21:54

Enfim, apesar de alguns altos e baixos, concluía minha busca. A pessoa que eu menos esperava que me apontasse a localização do que eu procurava, o fez.

Então, com o mesmo tom de voz baixo e suave, agradeceria ao rapaz pelo toque e por me fazer o favor de indicar o lugar:

Obrigado senhor, até mais! — Partiria para dentro do estabelecimento, alegre por ter encontrado alguém tão bacana quanto aquele sujeito para me ajudar.

Abriria um grande sorriso enquanto empurrava a porta sem forçá-la muito, pois caso a quebrasse, teria sérios prejuízos (=v). A mulher que me recepcionava não podia ser mais gentil - tanto quanto direta.

Acenaria para ela, agradecendo por me receber tão gentilmente em sua loja. Me aproximaria do balcão e diria, sem muita demora, o que procurava:

Ah, oi moça! Tá bom, mhmmm.... Você vende luvas por aqui? — Terminaria a frase encarando fixamente a atendente, a fim de não perder nenhum detalhe que viesse a me dar.

Caso ela tivesse as luvas que eu procurava à venda, logo pediria para trazê-las para perto de mim e, enfiando a mão nos bolsos da calça, estenderia minhas mãos pagando-lhe a quantidade que ela estivesse disposta a vender aquele par. Se o preço se encaixasse dentro do valor total de berries que eu carregava, assim o faria, seguindo para fora do estabelecimento enquanto agradecia a atenção que a moça desviou para mim e agradar tanto a mim quanto meu gosto, agora com um novo objetivo: jogar algum jogo de tabuleiro à escolha de quem eu viesse a encontrar, começando por pedir para que a moça me apontasse para que lado ficava a taberna de Conomi, ou alguma outra que pelo menos estivesse ao meu alcance:

Pra que direção fica a taberna mais próxima? Por sinal, muito obrigado por me atender tão atenciosamente — Completaria a frase soltando uma rosadinha bastante meiga, mas sem desviar minha atenção para outra coisa ou lugar. Virar as costas para as pessoas é rude, ao meu ver.

Seja lá qual fosse a resposta dela, eu não me aborreceria. Somente seguiria perguntando para cada cidadão que cruzasse meu caminho, sem esquecer de agradecer a ela.

No entanto, ela poderia não ter o que eu desejava em seu estoque. Neste caso, eu pediria para ela vasculhar todo o estabelecimento para ver o que achava, somente para garantir:

Moça, pode dar só mais uma olhadinha? — Preocupado com a falta do item pelo qual eu procurava no estoque, começaria a cogitar a ideia de fuçar cada canto da cidade até achar os malditos pares de luva. Seria o jeito, afinal, sabe-se lá quando eles iriam repôr o estoque?

Então, caso ela não encontrasse nada, eu agradeceria balançando a cabeça de cima para baixo, um pouco cabisbaixo. Sairia do estabelecimento e continuaria minha busca, até então, frustrada.



Histórico - Bravheseer Finn:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Remenuf
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Remenuf

Créditos : 20
Warn : Ato I: Planejamento Ousado 10010
Feminino Data de inscrição : 01/12/2017
Idade : 19
Localização : No seu coração

Ato I: Planejamento Ousado Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado EmptySab 03 Mar 2018, 01:21

~Narração~




Apesar de todas as adversidades o garoto tratava tudo com muito otimismo e educação, e por mais que as pessoas o menosprezassem ou brincassem com o mesmo sua insistência e determinação o levaram até seu objetivo, o Empório do Armamento. Ao ser recepcionado o garoto se enrolava um pouco, havia tempo em que alguém conseguia lhe levar a sério e o tratar bem simultaneamente. Sua resposta era simples e direta, pedindo apenas por um par de luvas. A moça que o atendera levava a mão ao queixo e revirava seus olhos em pensamento de onde poderia estar o produto. - Luvas… Claro. - Nix se abaixava no balcão sumindo da vista do rapaz, e após algum tempo com barulho de gavetas e metal rastejando ela surgia novamente com um par de luvas de combate, eram simples, de couro com algumas partes de ferro. - Achei!... Estas aqui são perfeitas para você… Custam apenas trinta mil berries. - Sua voz continuava doce e envolvente como sempre, em uma melodia que parecia influenciar o pensamento das pessoas, uma habilidade perfeita para uma vendedora.

Finn, que pagava pelo instrumento sem nem exitar fazia uma última pergunta sobre alguma taberna local, a alegria do garoto por seu novo item era evidente, e a comerciante até se divertia com isso. - Você não é daqui não é mesmo? - Ela perguntava ao rapaz com um singelo sorriso ao rosto. - É só continuar seguindo por esta rua, não tem como errar. - Mais uma vez o jovem Bravheseer agradecia pela gentileza e por fim ia embora rumo ao local desejado com suas luvas em mãos.

Nix tinha razão, era impossível de não se notar, Finn só precisou andar brevemente até chegar em uma bifurcação, e ao meio dela, lá estava o enorme estabelecimento com o seguinte anúncio: “Taberna da Ovelha Guerreira. A melhor caipirinha de laranja do East Blue.”

Ao adentrar o local a atmosfera mudava completamente, a temperatura negativa que habitava lá fora já não chegava dentro daquele domínio, o local era quente e aconchegante, não poderia haver melhor, pessoas sentadas às mesas conversando e bebendo enquanto ouviam o estalar da lareira em ritmo constante com a apresentação dos artistas ali presentes, belas mulheres passavam de um lado para o outro com bandejas de madeira cheias de comes e bebes e mais ao fundo um aglomerado de pessoas que pareciam se divertir em apostar algo. Logo após a entrada de Finn gritos e urros podiam ser ouvidos vindo daquela direção.

- Já foram sete vitórias seguidas! -

- Vamos vamos suas apostas, todos pagando! -

Neste momento um homem se levanta da mesa estendendo seus braços enquanto outro saía com raiva do lugar. - Mais alguém ousa me desafiar? - Neste momento o círculo se abria e Finn podia finalmente entender do que se tratava, era um jogo de Xadrez, e aquele homem saía invicto mais uma vez. - Não? Ninguém? Que tal você garoto? - O homem apontava para Finn, ele era alto de meia idade com cabelos castanhos presos em um coque, sua barba cobria toda a parte inferior de seu rosto, usava roupas de frio, e apesar de ter uma cara naturalmente séria parecia estar se divertindo bastante. - Quem sabe se você ganhar eu te conte algo especial. - Era dito pelo homem, o silêncio era ensurdecedor, e até mesmo os músicos haviam parado de tocar, todos apenas estavam parados olhando o garoto, alguns com olhares de dúvida, enquanto outros de expectativa.
Sua missão, caso deseje aceitar.:
 

Nix:
 

Homem:
 

Taberna:
 


Considerações:
 
Status:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Praise The Sun:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Brav
Civil
Civil
Brav

Créditos : Zero
Warn : Ato I: Planejamento Ousado 1010
Data de inscrição : 13/06/2017

Ato I: Planejamento Ousado Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado EmptySab 03 Mar 2018, 09:13

Eu acho que não sou tão perspicaz quanto pensava, afinal. Me senti um pouco envergonhado quando a moça apontou pela taberna, que ficava a poucos passos de sua loja.

Ah, eu devo ter uma noção de distância terrível! — Completaria soltando mais uma risadinha, tentando suavizar a situação e espantar minha vergonha para longe sem precisar enfiar a cara num buraco — Muito obrigado! Até mais... — Terminaria a frase, me despedindo da moça e seguindo para o lado que havia me indicado - a taberna, neste caso.

Logo ao entrar percebia um ambiente hostil, mesmo que um pouco amistoso. Eu acho que estava ficando paranóico, mas nada lá me incomodava. Bom, ao menos não tanto quanto eu esperava que incomodasse.

No entanto, não demorava muito para que eu me metesse numa encrenca, mas do tipo que eu gosto. A voz do homem me alcançava em instantes, e cá entre nós, eu estava confiante de que venceria. Nem sequer ousaria recusar o desafio dele. Me sentaria na cadeira que estava do outro lado da mesa, olhando todas as peças do tabuleiro por cima, ansioso para disputar minha primeira partida em dias.

Naquele momento, a adrenalina invadia minha mente, corpo, alma e sabe-se lá o que mais. O desafio proposto era simples e direito, sem muitas complicações: xeque-mate em apenas uma jogada, com as peças pré-posicionadas. Com um suspiro bastante forte e profundo, começaria a planejar e agir minha primeira e, de certa forma, última jogada, comandando minhas peças:

Vamos lá — Analisaria o tabuleiro de ponta à ponta, encontrando, por fim, a peça que decidiria o final daquela partida — ...pequenina Torre, mexa-se mais. — Sem blefes nem nada do tipo, terminaria minha frase e começaria minha jogada, sem demorar muito mais.

Levaria a Torre 1-B até 1-H, destruindo o núcleo que comandava toda a jogada dele - a Rainha. Seja lá qual fosse a reação do outro jogador, manteria meus olhos fixados no tabuleiro, sem perder nada, nem uma trapaça que ele pudesse cometer sorrateiramente.



Histórico - Bravheseer Finn:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Remenuf
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Remenuf

Créditos : 20
Warn : Ato I: Planejamento Ousado 10010
Feminino Data de inscrição : 01/12/2017
Idade : 19
Localização : No seu coração

Ato I: Planejamento Ousado Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado EmptySab 03 Mar 2018, 15:01

~Narração~




Finn nem ao menos parava pra pensar, palavras eram desnecessárias, o jovem simplesmente andava até a mesa e sentava se preparando mentalmente para o jogo. O silêncio era quebrado por um homem que gritava de empolgação. - Ééééé!! Eu aposto vinte mil no garoto! -

- E eu trinta mil! -

- Sem chances, o Drake vai ganhar de novo! -

A multidão voltava a se entusiasmar, apostas saíam de todas as direções, os músicos voltavam a tocar e as outras mesas retornavam a seus respectivos assuntos. Drake, o homem que desafiara Finn era muito calmo e meticuloso, seus movimentos eram precisos e pressionavam em cada ação, no entanto o garoto não ficava para trás, e sua perícia no assunto era demonstrada pelo fato de poucas peças terem saído de jogo até o momento, o grupo de pessoas que fazia o cerco na mesa não parecia entender muito as regras, constantemente se questionavam quem estava ganhando e faziam urros de empolgação sempre que uma peça importante era tomada.


Resposta do Puzzle:
 


Após algum tempo de jogo uma situação favorável era posta diante do jovem Bravheseer, uma oportunidade de acabar com tudo de uma vez por todas, mas seja por falta de atenção ou quem sabe por ganância, o garoto preferiu impiedosamente tomar a rainha ao invés do mate. - Urg… Isso foi maldade. - Era dito pelo homem que se sentia pressionado mas ao mesmo tempo aliviado por ter mais uma chance naquele jogo. Ao fundo era possível ouvir algumas reclamações em sua direção. - Qual é Drake! Não pegue leve só porque ele é um garoto! - Ele simplesmente ignorava, estava focado demais em seu pequeno oponente .

Durante o jogo o homem começou a puxar assunto, talvez para tirar a concentração, ou quem sabe simplesmente por cumprir em adiantamento a promessa que fizera antes. - Você é bom garoto. Qual o seu nome? Eu sou Drake a propósito. - Seu tom de voz era empolgado mas ao mesmo tempo sereno. - Já ouviu falar nos piratas de Mamoru? Terríveis tritões que governaram esta ilha por um bom tempo. - Ele dava uma pausa para pensar em sua próxima jogada. - O bando foi separado e preso, mas dizem que ninguém nunca achou os tesouros acumulados durante todos esses anos. Agora que as águas estão se congelando devido ao frio boatos falam por aí que um caminho na costa se abriu para os tesouros do tritão. - Ele fazia um último movimento e concluía sua fala. - Quem sabe se você me derrotar eu continuo. Procuro pessoas não com isso… - Dizia Drake apontando para os punhos e logo em seguida para a cabeça. - Mas com isso aqui. - Terminava ele batendo com o dedo indicador em sua têmpora.

O jogo se seguia e novamente Finn se via em mais uma oportunidade de vitória, se ele iria aproveitar ou não, isso só dependerá de sua lógica e estratégia, Drake mordia seu polegar em preocupação, mas ao mesmo tempo não poderia estar mais feliz, havia tempo em que ele não encontrava um oponente tão bom, e cabia apenas ao jovem determinar ou não a derrota do homem.
Situação do tabuleiro:
 

Drake:
 

Taberna:
 


Status:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Praise The Sun:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Brav
Civil
Civil
Brav

Créditos : Zero
Warn : Ato I: Planejamento Ousado 1010
Data de inscrição : 13/06/2017

Ato I: Planejamento Ousado Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado EmptySab 03 Mar 2018, 15:36

Minhas emoções estavam embaralhadas e bagunçavam minha cabeça, mas não afetavam em nada minha lógica e raciocínio. A cada aposta que faziam era, para mim, um voto de confiança, depositando suas esperanças todas na minha capacidade de sair vitorioso naquela partida, e era por isso que eu não me sentia nem um pouco desconcertado, mesmo que estivesse perdendo algumas peças para o meu oponente.

Por outro lado, existiam pessoas ao lado de Drake, ou seja lá como ele se chamasse. Minha primeira impressão sobre ele foi um bêbado extrovertido, barulhento e sem educação, mas naquele momento, ele me parecia um homem bastante reservado, guardando cada palavra para si e reservando suas energias para jogar contra mim.

Mas não era hora para ficar mergulhando nos meus pensamentos e desviar minha atenção do tabuleiro, por isso, tratei de recuperar a noção da realidade e trocar alguns olhares com meu oponente. A atmosfera entre nós dois não me parecia nada amistosa, e o ambiente também não ajudava muito.

Fui surpreendido pelas palavras de Drake. Ele estava bastante concentrado na partida e, repentinamente, me lançava algumas informações muito interessantes. Um tesouro antigo, possivelmente inexplorado, aguardando por um aventureiro corajoso e ousado o suficiente para abrí-lo, já que podia ter alguma armadilha me esperando lá dentro. De toda forma, não esqueceria de agradecer a ele por ter me contado isso, mas sem tirar os olhos do tabuleiro:

Ah, isso é sério? — Diria, espantado e ao mesmo entusiasmado. Continuaria — Eu estou ansioso por isso. Vamos terminar rápido aqui e ir procurar por esse tesouro juntos, certo? — Terminaria a frase soltando algumas risadinhas e abrindo um sorriso de canto no rosto, olhando por alguns instantes para o homem.

Enfim, estava no meu turno e era a minha vez de mover uma peça. Analisaria - novamente - o tabuleiro de ponta-à-ponta, buscando não deixar nenhum detalhe passar. Depois de revisá-lo algumas vezes, apostaria numa jogada arriscada e improvável, já que a minha última tinha falhado.

Tá certo... — Engasgaria com a minha própria fala, receoso porque, caso falhasse desta vez, seria o meu fim. Moveria a Torre 4-F para a posição 4-H, tentando encurralar o Rei inimigo e, de uma vez por todas, rendê-lo.

O nervosismo nem o estresse me fariam parar. Eu sempre soube tomar as rédeas, por que desta vez seria diferente?



Histórico - Bravheseer Finn:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Remenuf
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Remenuf

Créditos : 20
Warn : Ato I: Planejamento Ousado 10010
Feminino Data de inscrição : 01/12/2017
Idade : 19
Localização : No seu coração

Ato I: Planejamento Ousado Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado EmptyDom 04 Mar 2018, 14:44

~Narração~


O garoto acreditava cegamente na palavra do homem, sua inocência de certa forma cativava, e um pequeno sorriso se abria na boca de Drake enquanto ele ouvia a criança. - Eu estou ansioso por isso. Vamos terminar rápido aqui e ir procurar por esse tesouro juntos, certo? - Finn não parecia estar brincando, e sua fala sobre finalizar o jogo rapidamente não era um blefe, um astuto movimento de sua torre definiu o jogo, era xeque mate. O homem apenas olhava perplexo, a multidão, parada sem entender nada, fazia silêncio esperando alguma ação de Drake, este que apenas derrubava seu rei logo antes de erguer seus braços. - Perdi. - Dado alguns instantes para a ficha cair as pessoas ao redor começavam a badernar novamente. - Éééééééé!! Eu sabia que o garoto era capaz! -

- Ei Drake não brinque com isso, faça algum movimento! -

- Qual o lucro das aposta?! -

- Cinco pra um! - Então um homem que havia ganhado muito dinheiro apostando no jovem Bravheseer subia em uma cadeira e exclama. - Ééé! Estou rico! Uma rodada para todo mundo! - As pessoas da taberna gritavam em aprovação e então o grupo se dispersava para festejar e consumir as bebidas pagas, na mesa agora só restava Finn e Drake, e este retornava ao assunto anterior. - Muito bom garoto, você é melhor do que imaginava. - Ele se inclinava sobre a mesa se aproximando do jovem no intuito de que apenas os dois ali ouvissem. - Eu já te contei sobre o tesouro, mas o que não disse ainda é que conheço sua localização… Toda a noite quando a lua bate sobre as águas congeladas da costa oeste um brilho emana submerso ao mar. Tenho certeza que o tesouro está ali, só preciso de pessoas que venham comigo. O que acha? - Drake passava um papel pela mesa até as mãos de Finn. - Se quiser me acompanhar me encontre neste local até às cinco da tarde, vou te dar duas horas para se preparar, quando estiver pronto me encontre no local indicado e diga a atendente que quer um dardo flamejante. Ela irá lhe orientar. - Drake então saía da mesa e voltava a festejar com os outros da Taberna, Finn, ao olhar o papel, via que o destino era um local conhecido pelo mesmo, em fato, seria impossível não lembrar do que ocorrera a pouco tempo. “Empório do Armamento”, era o que Bravheseer lia do bilhete recebido.
Drake:
 

Taberna:
 


Status:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Praise The Sun:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Brav
Civil
Civil
Brav

Créditos : Zero
Warn : Ato I: Planejamento Ousado 1010
Data de inscrição : 13/06/2017

Ato I: Planejamento Ousado Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado EmptyDom 04 Mar 2018, 19:19

E então, eu sairia vitorioso sobre o meu oponente com uma última jogada. Ela determinava o final da partida, mas mesmo que tivesse perdido, Drake não me parecia ter sua convicção abalada.

Sem muita demora, todos me prestigiavam pela minha vitória. Eu estava muito emocionado, e de alguma forma, consegui não jogar no lixo toda a esperança - e dinheiro - depositada em mim. Já alguns não gostavam tanto da ideia de uma criança vencer um adulto, mesmo que fosse em algo bobo como jogos de tabuleiro. No entanto, não me atreveria a me manifestar contra os que não apreciavam a minha vitória, deixando que eles fizessem o que bem entendessem.

E o que mais me surpreendia eram os elogios com que Drake me lançava, o que me deixaria ainda mais animado e eufórico, mas essas emoções que me subiam à cabeça e a embaralhavam toda não seriam o suficiente para me fazer extravasá-las todas. Apenas converteria elas em um sincero sorriso, mas em instantes tornaria minha atenção para Drake, ouvindo atentemente ao que ele viesse dizer.

Toda a explicação de Drake alcançava meus ouvidos rapidamente, para que eu não perdesse nenhum detalhe de sua fala. Ao terminar, o homem me entregava um bilhete com a localização exata aonde deveríamos nos encontrar, às cinco horas - horário definido pelo mesmo. Eu apenas balançaria a cabeça de cima para baixo, soltando algumas risadinhas e respondendo a ele logo em seguida:

Tá bom. Eu te encontro lá e então iremos atrás desse tesouro! — Sem querer, deixaria a parte que falava sobre procurar pelo tesouro escapulir, fazendo com que todos que estivessem prestando o mínimo de atenção pudessem ouvir. Continuaria — Opa, desculpa... Bom, até logo!

Com local e hora determinados, eu precisaria me aprontar e rápido. Arregaçaria as mangas da blusa, tentando deixar a entender que tudo estava começando a ficar sério com um ar bastante cômico. Logo em seguida, me prepararia para ir até o local indicado com um suspiro muito forte e profundo, seguindo até lá sem parar por nada. Seguiria o mesmo caminho que usei para chegar na taberna.

Ao me aproximar do estabelecimento, empurraria a porta para trás, com a mesma suavidade que usei da última vez. Me viraria para a atendente e a cumprimentaria, mas sem enrolar demais:

Ah, oi, de novo! — Prosseguiria, respirando um pouco de oxigênio já que haveria corrido para chegar até lá — Eu vou ser bem direto, tá? — E então, diria a palavra-chave que Drake havia me passado — "Dardo flamejante", ou seja lá como se pronuncie.

Esperaria por sua resposta pacientemente. Eu não queria ficar parado lá na taberna por 2 horas para ir até o local combinado atrasado, então chegaria antes de todo mundo, aguardando por eles com um sorriso debochado no rosto, mas sem nenhuma malícia.



Histórico - Bravheseer Finn:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Ato I: Planejamento Ousado Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I: Planejamento Ousado   Ato I: Planejamento Ousado Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ato I: Planejamento Ousado
Voltar ao Topo 
Página 1 de 15Ir à página : 1, 2, 3 ... 8 ... 15  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Conomi Island-
Ir para: