One Piece RPG
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Asger
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 20:40

» Samantha Evergreen
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 20:38

» Buki Bijin
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 20:33

» Rimuru Tempest
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 18:53

» Lotus Chô
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 18:49

» Gallore Strange
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 18:35

» Ling Tian
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 18:27

» Han Dom
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor ADM.Hoyu Hoje à(s) 18:11

» [Mini Aventura - Moryn] O Início
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor Moryn Hoje à(s) 18:10

» [Kit - Gyro Zeppeli] Blum vai pegar
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor Shiro Hoje à(s) 14:42

» Mini Zayel
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor Zayel Hoje à(s) 14:11

» [Mini - Inim] O errante
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor Visastre Hoje à(s) 13:37

» [Kit - Neferpitou - Hunter x Hunter] v2
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor Blum Hoje à(s) 10:51

» [MINI-JuninhoSiq1997] O Inicio
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor JuninhoSiq1997 Hoje à(s) 10:41

» Raksha Ragnarson
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 22:55

» [Mini - Van] Seguindo conselhos
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor Van Ontem à(s) 22:34

» Voltei, arrependido.
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:31

» [M.E.P] Inim
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor Khrono Ontem à(s) 21:19

» [MINI - Pepino, o Breve] Rascunho
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor Pepino, o Breve Ontem à(s) 19:40

» [MEP] Seguindo conselhos
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 18:02



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Sulphuric
Membro
Membro
Sulphuric

Créditos : 6
Warn : [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê 10010
Data de inscrição : 12/06/2017

[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Empty
MensagemAssunto: [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê   [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê EmptyTer 20 Fev - 1:16

Nome: Gilberto Gil
Idade: 23 anos
Sexo: Feminino
Raça: Mink - Lobo
Tamanho: 1,73
Estilo de Combate: Boxeador.
Localização: Briss Kingdom - South Blue
Grupo: Civil
Vantagens: n/a
Desvantagens: n/a
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê   [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê EmptyQua 21 Fev - 2:26

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: https://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sulphuric
Membro
Membro
Sulphuric

Créditos : 6
Warn : [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê 10010
Data de inscrição : 12/06/2017

[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê   [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê EmptyQua 21 Fev - 22:20

Yhaaaaaaaaa! A vifa é tão linfa!!!! - Diria enquanto tentaria coçar minha orelha direita, esse seria o dia do meu primeiro passo nessa vida de pirataria. - Yha yha, é tanta EMOção que nem cabe no meu coração. - diria enquanto tentaria coçar minha orelha esquerda. - Gilberto Gil, aquele maldito do meu pai me deu esse nome, um dia eu alcanço e mato aquele caçadorzinho de recompensas. - Diria enquanto balançaria meu rabo como uma deusa. - Droga, ta vendo já to morrendo de vontade de tomar um sangue de bruxa, aí como é difícil ser eu, odeio essa ilha de brisakindom, mas to nem aí vou atrás de uma bebida e ver se arrumo alguém pra descontar a raiva que eu tenho daquele velho lixoso!

Olharia ao redor em busca de uma fachada ou alguma informação sobre de algum bar, minha furia somente seria saciada com um bom gole de algum derivado de álcool barato, observaria as pessoas ao meu redor, se houvesse alguma, e evitaria contato com elas ~Humanos são tão nogentos, como eles suportam viver sem pelos?~ caso por algum acidente algum humano estrasse em contato comigo, iria gritar - Sai daqui otakufidido ou eu vou quebrar sua cara - e tentaria pular para trás bem bolada e rosnaria pro ser energúmeno que ousou tocar meus pelos maravilhosos, caso não houvessem pessoas na rua, caminharia rebolando a raba pelas ruas até encontrar um bar, caso já fosse noite tentaria encontrar um bar da mesma maneira.
Na possibilidade de encontrar o meu tão sonhado bar, andaria até o mesmo, tentaria entrar, caso estivesse fechado tentaria arrombar a porta usando minhas garras de loba bolada. Na possibilidade de conseguir entrar no bar, me dirigiria até o balcão e falaria meio rosnando - Um copo de sangue de bruxa!! - Encararia todo e qualquer ser que estivesse presente no bar. Caso me trouxessem a bebida iria pegar o copo em minhas mãos e ir lambendo como faz um cachorro quando toma água balançando meu rabo, assim que terminasse minha bebida, falaria alto - Estou aqui hoje apenas pra quebrar a cara de algum caçador de recompensas, algum gato lixo se candidata????. - Na possibilidade de não me trazerem o rum ou então não intenderem o meu pedido, falaria - Qual foi? Vai dar uma de caçador de recompensas sarnento e negar uma boa bebida pra essa loba maravilhosa???.
uno, dois, árvorecadeira:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê   [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê EmptyQui 22 Fev - 13:16


Orientação - Fase 01 - Interação e Diálogo!

Se um dia procurarem no dicionário o significado da palavra “Excêntrica”, com certeza vão dar de cara com a foto de uma Mink Loba chamada Gil. Haviam nela todos os elementos perfeitos para a formação de uma pessoa – Ops! Não, não pessoa. Pessoas são nojentas – De uma Mink repleta de sonhos e, mais que isso, completamente capaz de realizar cada uma de suas ambições.

Briss Kingdom amargava a pior temporada climática em tempos. Uma nevasca sem sentido começou a cair haviam alguns dias de uma forma e padrão estranhos. Parecia quase como que algo feito supérflua e artificialmente, como uma maldição espiritual ou produto de maquinário. Não que isso fosse algo que diminuísse o ímpeto da nossa heroína; mas fazia com que sua camada de pelos fosse algo além de belo e se tornasse um adendo extremamente útil. O  fato de ser um meio de tarde aplacava um pouco o frio, mas ainda assim... Útil!

A Mink estava em seu lugar favorito da região urbana da ilha – Os distritos mais pobres. Não, o favorecimento nada tinha a ver com as condições financeiras do povo que vivia ali, mas, sim, pelo fato de que era onde a densidade de bares, tavernas, estalagens e outros estabelecimentos menos politicamente corretos se propagava com grande força. Foi em um desses bares, o famoso e incontestavelmente maior de todos ali presentes “Boteco do Macaco Caolho”, que ela adentrou seu corpo escultural e voluptuoso, chamando atenção e diversos olhares dos bebuns residentes.

O Barman encarou estranhamente Gil ao som do seu pedido – Não vendemos sang... – Ele parou antes do final, como que entendendo a referência – Ah, ok. Tem dinheiro, certo? – E a loba, batendo nos bolsos percebeu que não tinha. Sua expressão lhe denunciou por um momento, fazendo o homem rir – Você trabalha 20 anos atrás de um balcão e, de repente, começa a ter faro para gente que é mais liso que você... Foi mal, moça; sem dinheiro, sem Brangue de Suxa... Quer dizer... – O cara era uma mistura de esperto nas ruas e academicamente burro – Sangue de Bruxa! – Ele ria de si mesmo – Eu sou um gênio, eu sei...

Sedenta não apenas por álcool, mas também por aventuras; a boxeadora não se fazia de rogada ao despejar para os sete cantos o seu pé atrás quanto a caçadores de recompensa. Quando começou a achar que talvez fosse um pouco perigoso gritar ameaçadoramente contra um grupo inteiro de pessoas, ela viu uma figura musculosa sentar ao seu lado. Era um humano nojento sem pelos, até mesmo na cabeça. O careca parecia ser bonito para os padrões humanos, e vestia um sobretudo cinzento bem gasto – Traga a bebida pra moça, on me – Ele terminou com um sotaque estrangeiro, já rindo para Gil

Me chamo Bronn, qual seu nome, moça? Vejo que não é dessas bandas... – Ele puxava assunto como se fosse evidenciar um flerte, mas, para surpresa da fêmea, ele enveredou por outro caminho – Sei de um lugar aonde podemos focalizar essa sua vontade de descer a mão nos Caçadores... E ainda obter um bom lucro com isso! – A bebida chegava, e era posta na frente de Gil, à disposição dos seus lábios.



Dicas e observações:
 

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sulphuric
Membro
Membro
Sulphuric

Créditos : 6
Warn : [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê 10010
Data de inscrição : 12/06/2017

[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê   [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê EmptyQui 22 Fev - 23:41

Anteriormente em brisados-ki-don

Gente tava nevando a beça e eu morreria de frio, maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaas eu sou um LOBA, GILBERTO GIL A LOBA! grrrr aquele velho me deu esse nome, eu vou matar ele, eu juro! Ok! Vamos ao que interessa, eu queria achar um bar pra tomar umas e dar uma surra em algum caçador de recompensas só pra relaxar, por este motivo desfilei pelo meu local favorito da ilha, o lar do povo UNDERGROUND!!!! Isso mesmo, e então escolhi me recolher no Boteco do Macaco Caolho.

~~ Será que o macaco era mesmo caolho?? hm... Será que algum caçador de recompensas furou o olho dele????? AAAAAAA EU ODEI....~~

Entrando na melhor espelunca da cidade, um monte de macho entupido de cachaça começaram a me observar, aqueles olhos em mim eu mal, eu mal, eu...

~~Aaaaaah isso me idolatrem, sou a loba mais gata dessa espelunca! Não pera eu sou a gata mas loba dess.. a deixa~~

É, é, é, deixa isso pra lá, já cheguei no bar pedindo " -Um copo de sangue de bruxa!!" e aquele homem deselegante atrás do balcão me pediu por dinheiro!!! Onde já se viu? Cobrar a bebida de uma lobinha urbana como eu??

~~Eita, acho que to sem um puto no bolso, acho que vou apelar para minha carinha de cachorra que caiu da mudança~~

Mas quando estava preparando para usar a maior artimanha sentimental da minha existência o cara me solta um " - Foi mal, moça; sem dinheiro, sem Brangue de Suxa"

~~KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK BRANGUE DE SUXA, KKKKKKKKKK BRAN BRANGUE DE DE SUSUSUSUXAAAAAAA~~

Ainda me solta que é um gênio, senti que não suportaria por mais tempo, eu queria muito, muito mesmo um pouco de cachaça e meu sangue fervia por uma briga, voltei meu olhar para o bar com a intenção de mandar todo mundo pro inferno e quebrar o pau, mas

~~hiiiiiiii tem gente demais aqui, acho que vão acabar me usando de cão de caça se eu tentar bater em toda essa gente~~

Fiquei triste no fundo do meu coração naquele momento. EI NÃO ME JULGUEM, EU QUERIA PORRADA, mas é que eram muitos e e e eu eu não sou suicida u.u seus sádicos. E de repente achei uma figura grande e antes de qualquer reação, uma voz salvadora " – Traga a bebida pra moça, on me"

~~BEBIDA!!!!!!!!!!! UHUL!!! não pera que nojo, nojo, nojinhuuuuu, ele tem a cabeça aaaaaaaaaaaaaaaah nojinho, tudo sem aaaaaah nojinhuuuuuuuuuuuuu humano nojeeeeen... Pera bebida, eu quero beber é só ele não encostar em mim... nojinhuuu~~

Ele sorria pra mim e eu sentia mais nojinhuuu ainda, gente vocês não tem noção de como aquele humano podia ser nojento, nem na cabeça ele tinha pelooooooo, aquilo era uma aberração! Tá, vocês não querem saber dele, eu sei eu sei, não quero que tenham pesadelos então vamos chama-lo apenas de nojinhu-san. Nojinho-san parecia dar em cima de mim e eu comecei a pensar em chamar ele de lixonojento-san, mas então...

~~Uma chance de sentar a porrada em caçadores de recompensa? hm... nojinho-san eu sabia que você era só um nojinho, Você é um NOJINHO PREMIUM!~~





E AGORA... A HORA DA AVENTURA!

- Ufa minh... - Pegaria o copo em minhas mãos e lamberia a bebida como um cachorro que toma água do pote - hm... você, sua proposta parece - falaria entre uma linguada e outra - sua proposta parece interessante nojinho-san. - continuaria a tomar até a ultima gota e devolveria o copo para o balcão e então olharia para o copo e para o Nojinho, ficaria variando meu olhar entre o copo e ele várias vezes, na possibilidade do homem no se tocar falaria - acho que estou interessada na sua proposta, hm hm hmmmm, mas sabe é que hm.... acho que mais uma bebida não me faria mal - levaria minhas mãos, ops, patas, é não, mãotas a boca e soltaria um breve - hihihi!

~ A proposta desse homem é mesmo interessante, mas o que ele planeja? ~

Esperaria que o nojinho-san me pagasse outra bebida, em caso de uma recusa ficaria bem bolada, mas continuaria a falar - O que planeja? Como seria possível? - indagaria aquele homem, afinal ele ainda era um ser NOJENTO humano e sem pelos na CABEÇA e eu não confiaria tão fácil assim nele. Aguardaria suas respostas, caso fosse convidada a conversar em outro local, aguardaria que ele me indicasse onde ir e o seguiria, sempre mantendo três passos atrás dele e alerta, uma loba não pode se dar ao luxo de ser desprevenida. Caso em algum momento o mesmo tentasse dizer o próprio nome, o interromperia e diria - Xiu. seu nome é Nojinho-san. - Caso ficássemos ali mesmo no bar para conversar, coçaria minha orelha direita com a MÃOta direita e diria - Hm... você parece estar tentando enganar a loba nojiunho-san.
Daeee:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê   [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê EmptySex 23 Fev - 15:35


Orientação - Fase 2 - Combate!

Outra bebida para a moça, Barman! – Ele ria abertamente, deixando claro que a personalidade da Mink havia lhe conquistado grandemente – Nojinho? Haha, esse é o apelido carinhoso mais estranho que eu já vi na vida, mas vou aceita-lo... – Ele prosseguia, coçando o queixo enquanto assistia Gil beber sua segunda rodada – Vejo que não quis me dizer seu nome... Tudo bem. Nomes são só rótulos, de qualquer forma

Como que se decidisse começar a falar sério, ele endureceu o semblante – Nessa ilha existe um gangue de caçadores de recompensa. Eles gostam de se autoproclamar “clã”, mas isso é só um nome bonito pra um monte de safados que não diferem quem são os verdadeiros caras maus, de quem eles deveriam realmente caçar... – O punho ossudo e musculoso de Bronn bateu no balcão, sem quase fazer barulho mas rachando instantaneamente a área; o que era um fenômeno no mínimo curioso.

Eu tenho uma tripulaçãozinha de piratas. Pois é. Somos todos amigos de infância, e crescemos com o sonho de sermos livres e simplesmente navegar pelos mares por aí – Ele continuava, dessa vez sério como um touro – Nunca machucamos um inocente sequer, e até ajudamos vilas por ilhas pobres pelas quais passamos... E mesmo assim... Mesmo assim... – Ele fechou o punho de novo, mas dessa vez não socou - ...Mesmo assim eles armaram uma cilada e assassinaram Burglar, o meu querido Imediato...

Ele respirou fundo, fazendo todo o seu tronco desproporcionalmente musculoso e grande subir e descer, mas logo em seguida abriu o antigo sorriso e voltou a falar como no começo, gentilmente – Pensei tempo demais em como os assassinaria vagarosamente e arrancaria seus membros, mas percebi que isso só iria aumentar a onda de vingança e dor. Então decidi fazer o que o Burglar faria! Encontrar um novo recruta, ir lá e simplesmente... Me divertir sentando a porrada nos safados! Simples assim! Hahah

Respeito se não quiser, afinal de contas, é um projeto pessoal meu; mas você é exatamente como ele era... E acho que não haverá ninguém melhor. Sem contar que sem meu imediato a tripulação ficou em número ímpar, e eu sou terrível de matemática. Dividir nossos tesouros em número ímpar tá me dando um problemão... – Ele gargalhava.

Um barulho estranho atrapalhou a conversa antes que Gil pudesse responder a Bronn. Era a porta do Macaco Caolho que era chutada e vinha ao chão, com três indivíduos entrando desrespeitosamente por ela. Os clientes ficaram gelados e começaram a sair pelas janelas, se empurrando e amontoando. Os homens traziam consigo um uniforme que ostentava um X vermelho em cima de uma caveira pirata.

Qual de vocês dois é o tal do Capitão “Pista de Pouso” Bronn, e qual é o cara que tava falando mal dos supremos caçadores aí? – O que parecia ser o líder perguntava; pelo visto achava que a Loba era O lobo, de costas. O careca sussurrava baixinho na mesma hora – Ih, parceira... Acho que eles nos acharam primeiro... Me desculpa...


Citação :
Começo de posts de luta:

- Agora será seu post de luta, escreva condições de ataque e defesa, dizendo os movimentos que ira fazer e lembre-se, você NUNCA faz nada, você SEMPRE TENTA seus ataques, então TENTE seus movimentos e crie casos de movimentos consequentes, se caso aquele movimento der certo, você TENTARIA algo ou se caso ele não der certo, você TENTARIA outro algo, ou se algum dos homens tentar atacar o que você TENTARIA fazer. Coisas desse tipo. E faça sempre movimentos brutais visando matar/desmaiar o oponente. ^^

Dicas e observações:
 

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sulphuric
Membro
Membro
Sulphuric

Créditos : 6
Warn : [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê 10010
Data de inscrição : 12/06/2017

[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê   [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê EmptySab 24 Fev - 3:23



Anteriormente em brisados-ki-don - 2

 Gente que HOMEM!!!!! Bem que eu sabia que o nojinho não era de se menosprezar, não é que o menino me pagou mais uma bebida?? Eu sei, eu sei, não posso me deixar levar por uma bebida ou outra, mas que esse humano está acumulando créditos comigo, isso pode anotar aí que está MESMO!!!!!! Enquanto me deliciava com o copo de rum Nojinho contava seu plano e dava mais detalhes, a conversa foi mais ou menos assim...

 – Vejo que não quis me dizer seu nome... Tudo bem. Nomes são só rótulos, de qualquer forma.

 - Si... - A vontade de rir era enooorme, afinal eu odeio meu "rótulo", mas ninguém precisa saber ele - Sim, nomes são coisas para serem mandadas para o infern... digo serem mantidos em segredo. - Quando recomeçou a falar, o homem deixou de lado o modo descontraído de agir e seus semblante pareceu um pouco pesado, aquele homem me pareceu carregar um peso enorme em seus ombros, um peso sentimental, sentimento... C U L P A.

 – Nessa ilha existe um gangue de caçadores de recompensa. - Minha vontade ao ouvir esse nome maldito era de morder a cara de nojinho, odeio caçadores de re... aaaaaah como eu queria exterminar essa raça, mas me controlei e continuei a prestar a atenção na história - Eles gostam de se autoproclamar “clã”, mas isso é só um nome bonito pra um monte de safados que não diferem quem são os verdadeiros caras maus, de quem eles deveriam realmente caçar...

 O punho aparentemente pesado do homem colidiu com contra o balcão e eu que estava pronta para um estrondo alto por conta do impacto acabei por ser surpreendida, o som do impacto fora inexistente, não fossem as rachaduras deixadas para trás acreditaria que o homem jamais tinha tocado no balcão.

 ~~ Esse homem, espero não ter que enfrenta-lo, não gosto de enfrentar inimigos em posse de forças que não sou capaz de entender. ~~

 Quando me dei por mim Nojinho já havia voltado a contar sua história... - Pois é. Somos todos amigos de infância, e crescemos com o sonho de sermos livres e simplesmente navegar pelos mares por aí, nunca machucamos um inocente sequer, e até ajudamos vilas por ilhas pobres pelas quais passamos... E mesmo assim... Mesmo assim...- Este vinha me parecendo cada vez mais nobre, sua história me sensibilizou, não que eu me importe com o fato do mesmo e sua tripulação terem ajudado outros humanos e muito menos se machucaram ou não outros humanos, importo-me apenas com minha espécie, para ser mais exata, este homem sem pelos é o primeiro humano com o qual converso sem ter vontade de rasgar o pescoço e fazer seu sangue jorrar e cobrir a pele pelada, este homem se mostrou até agora como um alfa, seu modo de falar e me tratar, o modo como parece sofrer apenas de lembrar de seu companheiro....

 ~~ Gil ele é um humano, você não pode confiar nele ~~ Me dizia meu instinto selvagem, mas ao mesmo tempo minha mente retrucava ~~ Ele me parece mais animal do que sua aparência pode mostrar, sinto a natureza em suas palavras ~~ e lá veio meu lado selvagem novamente ~~ Ele está apenas lhe enganando, aproveite que o homem está próximo e enfie nele suas garras, faça jorrar sangue deste ser nojento ~~

 Enquanto a guerra entre civilidade e selvageria ocorria em minha mente, o homem continuava a contar sua história e logo quando estava pronta para ceder ao lado selvagem e recusar o convite que o homem acabara de me fazer...

 **Barulho** - Qual de vocês dois é o tal do Capitão “Pista de Pouso” Bronn, e qual é o cara que tava falando mal dos supremos caçadores aí?

 ~~PISTA DE POUSO KKKKKKKKKKKKKKKKKK PISTA DE  PISSSS PISTA DE POUUUUUSOOOOO KKKKKK~~

 O momento era com toda certeza tenso, mas eu que estava prestes a explodir de rir percebi que eles me chamaram de LOBO! O LOBO! O o O o O o

 – Me desculpa... - voltei a mim a tempo de ouvir o pedido de desculpas de Nojinho-san, mas naquele momento a minha recusa à proposta fora transformada em um acordo, não por gostar dele, não por precisar de dinheiro e não apenas pela vontade de socar caçadores de recompensas, mudei de ideia a partir do momento em que.

 ~~ " -o cara que tava falando mal dos supremos caçadores aí?" " -o cara que tava falando mal" " -o cara" "-o" " -O"~~




SENTA QUE LA VEM A... PORRADA?!!


 - Nojinho, deixa a conversa pra depois - Diria enquanto abriria um pouco as minhas pernas enquanto falaria em voz alta - O QUE CÊ DISSE MACHISTA??? - ao mesmo tempo que levaria minha mão direita ao banco onde eu estava sentada firmaria então a mão no mesmo enquanto apoiaria o peso do meu corpo sobre minha perna esquerda e a usaria como apoio para girar o corpo em sentido anti-horário ao mesmo tempo que ergueria o banco na altura de meu ombro direito e tentaria arremessa-lo em direção ao homem em posse do uniforme, marcado pela caveira sob um X, mais próximo, em caso de falha em algum movimento ligado ao arremesso do banco, me livraria do banco soltando-o apenas sem dar importância para a direção que o mesmo tomaria, salvo em alguma situação em que eu note que o mesmo poderia vir a me atingir como fruto do desleixo de solta-lo, neste caso eu faria meu melhor para manter o banco fixo a minha mão de forma que não viesse a me atingir.

 Em todo caso obtendo sucesso ou não no arremesso do banco avançaria para cima do mesmo homem o qual havia sido tomado como meu alvo tentando alternar o movimento dos braços e pernas de modo a pegar o máximo de impulso que pudesse para chegar o quanto antes em meu alvo, em todo caso se o mesmo perceber que estou partindo em sua direção ficaria atenta para poder corrigir a rota de avanço de forma que meu ataque pudesse sair de forma mais efetiva possível, porém se eu viesse a tropeçar em algo ou me desequilibrar enquanto me preparo para avançar ou até mesmo durante o avanço, jogaria minha cabeça em direção ao chão por um breve momento mas com maior inclinação para o lado em que o desequilíbrio ocorreu ao mesmo tempo que encolho o ombro deste lado e a cabeça de modo a cair com a parte de músculo abaixo do ombro tocando o chão e utilizando a força e velocidade do tombo para girar e recuperar o equilíbrio de forma a ficar em pé novamente.

 Em caso de não obter sucesso no rolamento, me manteria alerta e tentaria ficar em pé o mais rápido possível, em caso de receber um ataque após o tombo, tentaria rolar para o lado contrário ao ataque de forma a evitar algum dano e logo tentaria novamente ficar em pé. Em caso de sucesso tanto no avanço quanto no rolamento, tentaria dar uma leve agachada para tentar focalizar a velocidade de modo que meu movimento se bem sucedido a transformaria em força adicional, utilizando então do agachamento e levando em conta que a tentativa de fazer o movimento tenha dado certo soltaria toda minha força com o punho direito em direção a "boca do estômago" do meu alvo em uma tentativa de lhe acertar, em caso de sucesso no direto de direita, tentaria dar sequência ao golpe com minhas garras presentes na mão esquerda em um golpe que partiria da esquerda para a direita, tendo como alvo o pescoço do homem. Obtendo sucesso ou não nos dois golpes, tentaria saltar para o lado oposto ao do homem que acabara de tentar atacar, de forma a ficar próxima a porta, mas o mais longe possível dos meus adversários.

Salve:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê   [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê EmptyDom 25 Fev - 1:14


Orientação - Fase 02 - Combate

Os caçadores encararam a reação da Mink um tanto quanto atordoados – Primeiro pela presteza da resposta em si e, depois, pelas reações físicas que tal reação rápida veio a lhes causar. O banquinho saiu da mão de Gil de maneira forte e direta, mas sem direção alguma. O objeto de madeira foi se chocar contra as costas de um dos clientes fujões que havia ficado retardatário em relação aos demais colegas covardes – Peraí cambada, já to terminando de pular aq... OUCH! – Ele gritou e caiu do outro lado, os olhos já revirando, inconsciente.

Embora a longa distância tenha falhado miseravelmente no intento de causar dano, teve alguma utilidade ainda do ponto de vista estratégico. A cena serviu para roubar algumas frações de segundo do tempo de resposta que os três caçadores dispunham. Utilizando-se disso, a Loba partiu para a caçada com uma investida destra e bonita de se assistir. A coordenação dos movimentos tanto de perna quanto de braços da nossa heroína era estética e fisicamente aprazível, resultando em uma aproximação rápida e concisa...

...Não fosse o montante de ar deslocado que, de repente, passou ao seu lado como um verdadeiro trem-bala- Bull’s RUUUUUUUSH! – Bronn passava correndo ao lado da boxeadora, a sua investida indo terminar com ele chocando o ombro contra o peito de um dos caçadores, que saiu voando pelo buraco da porta como se não pesasse nada. Um segundo golpe do homem acertava o peito de um segundo dos calhordas, arremessando-o longe também. Sem querer, aquela investida dele desequilibrou o avanço da Loba

Mas isso só teria sido um problema se Gil fosse uma lutadora qualquer. Aproveitando o desequilíbrio, ela mesma girou no chão por sobre o ombro e alinhou sua postura de forma a até aproveitar aquele “empurrãozinho indesejado”. De repente, já se viu frente a frente com o líder daquele destacamento, que encarava tudo com uma cara de susto, totalmente desconcertado. Desconcerto este que deu lugar à dor, assim que o punho da loba encaixava um poderoso uppercut. O golpe foi forte e fez o homem recuar instintivamente, o que lhe salvou do segundo golpe aplicado pela Mink.

Assim que tentou circular o seu alvo, Gil viu uma lâmina vir em sua direção. Era o próprio que havia sacado uma adaga de um compartimento escondido na sua bota direita e já fazia o movimento para cravar arma no pescoço da nossa heroína. Por sorte, o golpe que ele havia recebido fizera a sua mão tremer antes de chegar ao alvo, mudando o destino para o ombro direito da odiadora de humanos – Não pense que... Vai ser... Fácil assim! – A voz era entrecortada, sem fôlego.

Ele parecia desesperado por ver o erro que havia cometido em subestimar o poder dos seus alvos, e esse desespero transformava-se em poder. Avançou aproveitando-se disso para iniciar um golpe que, se não fosse alvo de providências urgentes, iria fazer com que a adaga fosse estocada na altura do estômago de Gil.



Dicas e observações:
 

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sulphuric
Membro
Membro
Sulphuric

Créditos : 6
Warn : [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê 10010
Data de inscrição : 12/06/2017

[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê   [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê EmptySeg 26 Fev - 0:12



Anteriormente em brisados-ki-don - 3


 Olha eu aqui de volta hihihi. Garera queria, quero e vou desejar hoje que todos prestem muito respeito a um certo homem, ou melhor dizendo um certo covarde que queria apenas tomar umas com os seus amigos em um dia padrão em uma ilha chamada fizz kiridon, mas que por um acaso do destino acabou por usar as costas para bater em um banco que fora lançado por uma Mink orgulhosa, linda, maravilhosa, GOXTOSA, bonita, já falei linda? oh! Só queria dizer linda mais uma vez. Era mesmo necessário prestar respeito ao bêbado? Não sei, bom tanto faz, vamos continuar com os relatos da nossa aventura.

 Três homens haviam entrado a todo vapor no bar e por acaso do destino, ou não, estavam atrás do Nojinho-san e de mim, até este ponto da para entender que viriam atrás de mim, afinal os três são pertencentes a escória denominada lixos de recompensa, mas o problema real, problema pra eles obviamente, foi me chamarem de LOBO, ou seja, naquele momento percebi que não tinham respeito a própria vida. Minha alma ardia em chamas de rancor temperadas com ódio, fazendo meu sangue borbulhar enquanto a adrenalina era injetada pouco a pouco na corrente de sangue que roda pela corpo, sob o efeito da raiva mal pude planejar meu ataque e em um só movimento tomei o o banco que estava usando para sentar em minha mão direita e o lancei, o objetivo era claro, acertar o caç... o bêbado que tentava pular a janela, hihihi, quem pode provar que ele não era um caçador de recompensas? aquilo provavelmente foi o destino mostrando o que seria dele se um dia se torna-se um desses lixos que vivem por caçar a cabeça de outros seres em troca de recompensa. Dado o fracas..Sucesso do meu primeiro movimento, meus adversários ainda estavam aturdidos

 ~~Mesmo que não tenha atingido eles, ao menos ganhei uma abertura para atacar, rápido preciso acabar com isso logo~~

 Meus músculos reforçados com a carga de adrenalina liberada unidos com minha destreza e fisionomia resultaram em uma explosiva aproximação, senti meu corpo da forma que mais gosto, inundado pela minha vontade selvagem, louca por sangue mal pude perceber o grande montante de carne ossos e massa muscular que passava por mim, aquele homem que antes parecia abatido pelo perda do companheiro agora avançava contra os três homens como um touro gigante e sem pelos, nojento, mas cruel e indomável. A investida do Nojento Touro Pelado Vingativo acabou por me surpreender e desequilibrar, mas isso não foi um problema, estava acostumada a situações adversas graças a minha infância na Selva, então rolei no chão e aproveitei cada parte do impulso para desferir meu primeiro golpe no humano nojento disposto a minha frente, senti o choque com o corpo dele e cada centímetro que o fiz recuar, tentei encaixar um segundo golpe para lhe arrancar a garganta, mas infelizmente ele conseguiu desviar e eu ainda estava distraída com algo que a pouco me chocara, o modo como o corpo de Nojinho-san se chocou contra o de um dos caçadores e parecia como um vento que carrega uma pena, suave e brutal aquele homem realmente era digno de ser chamado de capitão, ainda mais que com um segundo golpe fez outro dos homens ser lançado longe.

 ~~Aquele touro, um verdadeiro monstro, não me importaria de lhe chamar de capitão, a força e a convicção de um ser é o que lhe faz digno e este homem possui... Eita, perai que faca é essa?~~

 Meus segundos de distração me custaram a chance de tirar a vida do homem a minha frente e quase que levam junto a minha vida, mas parece que o grande deus lobo me protegeu, pois antes que a faca do homem encontrasse meu pescoço, sua mão começou a tremer e acertou apenas meu ombro. " – Não pense que... Vai ser... Fácil assim!"




MATA LOGO ELE, SUA PINGUÇA!!!!!!!!!!!


 O homem tentava estocar meu estômago com sua adaga e suas palavras ainda ecoavam na minha mente, o efeito dessas palavras em mim seria nulo e com deboche o responderia - Fácil? - Ao mesmo tempo que, caso o ataque o caçador esteja utilizando a mão esquerda para segurar a faca, usaria meu pé esquerdo como base enquanto faria um movimento de 90º com  meu pé direito para trás até que fique afastado, porém na mesma linha que meu pé esquerdo enquanto giraria junto meu corpo de forma que fique de lado para o ataque do homem, ao mesmo tempo que tentaria usar minha mão esquerda empurrar o braço que ele estaria usando para a ofensiva, caso meu adversário corrija a trajetória do golpe e me acerte durante a execução de minha manobra, tentaria usar minha mão esquerda para segurar sua mão de forma que não consiga afastar-se de mim e então tentaria socar seu pescoço com a mão direita com o intuito de esmagar sua garganta, porém caso eu consiga realizar a manobra e desviar seu ataque, fecharia meu punho direito e o enviaria diretamente para a garganta do homem com o objetivo de esmaga-la. Caso o caçador esteja utilizando a mão direita faria os mesmos movimentos no entanto de forma invertida, meus movimentos feitos para o lado esquerdo ou com mão esquerda seriam feitos com a direita e o mesmo para os ataques e movimentos feitos para a direita seriam feitos com a esquerda.

 Caso o homem receba meu ataque e consiga então me atacar também, aproveitaria o encurtamento na distância para desferir uma sequência de porradas em sua face variando entre mão esquerda e direita, obtendo sucesso na sequência de porradas tentaria agarrar seu pescoço com a mão direita enquanto levaria minha mão esquerda para trás e desferiria com ela um golpe direto de punho fechado em sua cara com toda a minha força. Caso meu ataque na garganta do homem tenha dado certo e o mesmo continue de pé, tentaria fazer o mesmo movimento de segura-lo com a mão direita e soltar um soco com toda minha força com a mão esquerda em sua cara. Na possibilidade do homem tentar fugir de mim, correria em sua direção e tentaria cravar minhas garras na altura de seu coração pelas costas. - Obtendo sucesso em derrotar meu adversário terminaria falando. - Sim, fácil... afinal... Já acabou!



Edit apenas para adicionar o spoiler.:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê   [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê EmptySeg 26 Fev - 22:48


Orientação - Fase 03 - Conclusão

Gil esquivou da estocada ao fazer um movimento marcial conhecido como “sair de lado”. Virou seu tronco para a direita e o golpe, que foi sim desferido com a canhota do caçador, passou reto no vento; encontrando nada mais do que o vácuo criado pela própria velocidade da sualâmina. Aquele barulho característico de “vento sendo cortado” fez-se ouvir, denunciando a violência que havia por trás daquela investida que, infelizmente para o vilão, não havia acertado o alvo.

O contra-ataque da Mink veio rápido como um falcão peregrino. Seu soco acertou a traqueia do adversário, produzindo um alto e nauseante “Crec”. A mão direita do homem foi em direção ao pescoço na hora, seu semblante visivelmente em agonia sem conseguir puxar corretamente quantidades satisfatórias de oxigênio. Vendo a oportunidade, os punhos da boxeadora foram rápidos para dar sequência e finalização ao combate. Que forma melhor para terminar a contenda do que uma tradicional e clássica rajada de socos, certo?

O primeiro, de direita, acertou em cheio a fuça do humano, estourando seu nariz. O problema veio apenas no prosseguimento. De esquerda, a Mink era consideravelmente mais lenta do que em sua instância padrão. Quando seu golpe viajava já quase se chocando contra o rosto do caçador de recompensas, ela sentiu o frio metal da adaga entrar na altura de suas costelas. A arma ficou ali, cravada até o cabo, causando dor em uma área, por sorte, não letal. Apenas a inércia fez com que A Loba continuasse com o trajeto do golpe, que tocou o rosto do adversário causando pouquíssimos danos.

Mas, quem disse que os danos que ele já tinha não eram o suficiente? Bom, era o que parecia, dados os fatos da situação. Ele havia perdido a sua arma, cravada no corpo da Mink. Lutava para respirar, sem conseguir, agora apoiando o próprio pescoço com as duas mãos. O desespero era tanto que ele já nem mais encarava sua adversária de frente, virando-se e dando pulinhos que não lhe ajudaram a recobrar o ar. Bronn, do ângulo que estava, não havia conseguido ver a situação da sua aliada, e ainda sorriu por alguns segundos falando alto – Que combate! Você é fantástica, lobinh... – Seus olhos se arregalaram, pois, nessa hora, o caçador moveu-se espaço o suficiente para dar-lhe linha de visão da adaga no corpo de Gil – Não! Oh, Céus!– Ele iniciava um movimento de corrida em direção a Gil, que assistiu sua vista escurecer por alguns segundos, antes de desmaiar.

Os olhos da Mink piscaram com força, uma luz estranha forçando entrada por onde antes havia apenas escuridão. Uma figura borrada e gigantesca estava sentada perto dela, e após algum tempo ela percebeu que era Bronn, que sorria – Você está bem! Graças a Kami-sama! – Ele levantava dando um viva, alto. Após certa confusão, ela se percebeu dentro de um quartinho de madeira que parecia flutuar num ritmo ondulante – Não tema, você está na minha cabine. Estamos aportados numa região distante da ilha, nenhum daqueles vermes vai nos encontrar aqui... Você foi brava demais garota! Não acredito como conseguiu acordar com apenas algumas horas de descanso... Você é feita de ferro? – Ele sorria, quase chorando – Galera! Ela acordou!

O grito convocava uma multidão de etnias com rostos que praticamente arrombaram a porta, se empurrando para ver a garota. Todos pareciam comemorar abertamente a recuperação de Gil – Yay! Nosso médico é o melhor! – E levantavam um pequeno garoto que usava óculos do tipo fundo de garrafa. Ele estava visivelmente desconfortável com a situação – Ei ei ei, me botem no chão! Preciso ver a paciente... – E foi liberado, aproximando-se de Gil com um sorriso – Oi, eu sou o Mec, o Médico. Tenho 11 anos de idade e 10 de pirataria, mas sou o único com cérebro da tripulação... – Todos riram – Me diga, como se sente? Você se recuperou em tempo recorde! O Capitão te carregou por toda essa distância correndo feito um maluco... – Bronn apenas observava a resposta de Gil, para completar no final

Valeu a pena, Mec. Afinal de contas, ela é uma de nós. Viajando conosco ou não. Mas o que me diz, Loba? Que tal ir levar mais algumas facadas junto comigo pelos mares, e quebrar pescoços de mais caçadores?



Dicas e observações:
 

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê   [Mini - Sulphuric] Me chama de nenê Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Mini - Sulphuric] Me chama de nenê
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: