One Piece RPG
A verdade sobre A Corte - II XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
A verdade sobre A Corte - II Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 13:57

» Um Destino em Comum
A verdade sobre A Corte - II Emptypor (Orochi) Hoje à(s) 13:26

» Supernova
A verdade sobre A Corte - II Emptypor Shroud Hoje à(s) 13:09

» [Kit] Broly - DragonBall Super
A verdade sobre A Corte - II Emptypor Teo Hoje à(s) 12:59

» Meu nome é Mike Brigss
A verdade sobre A Corte - II Emptypor Shiro Hoje à(s) 11:42

» Phill Magestic
A verdade sobre A Corte - II Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 11:33

» The One Above All - Ato 2
A verdade sobre A Corte - II Emptypor CrowKuro Hoje à(s) 00:49

» Primum non nocere
A verdade sobre A Corte - II Emptypor John Knudarr Hoje à(s) 00:18

» Tidus Belmont
A verdade sobre A Corte - II Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 23:48

» Cap.1 Deuses entre nós
A verdade sobre A Corte - II Emptypor Thomas Torres Ontem à(s) 22:52

» Blue Guardian! Luca o soldado da justiça!
A verdade sobre A Corte - II Emptypor K1NG Ontem à(s) 22:25

» Cap. 2 - The Enemy Within
A verdade sobre A Corte - II Emptypor King Ontem à(s) 22:19

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
A verdade sobre A Corte - II Emptypor Madrinck Dale Ontem à(s) 21:56

» Enuma Elish
A verdade sobre A Corte - II Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 21:50

» BOOH!
A verdade sobre A Corte - II Emptypor Oni Ontem à(s) 21:41

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
A verdade sobre A Corte - II Emptypor Furry Ontem à(s) 21:34

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
A verdade sobre A Corte - II Emptypor Pippos Ontem à(s) 21:31

» [Kit] Kat
A verdade sobre A Corte - II Emptypor gmasterX Ontem à(s) 21:13

» [LB] O Florescer de Utopia III
A verdade sobre A Corte - II Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 20:16

» Seijuro Tensei
A verdade sobre A Corte - II Emptypor Tensei Ontem à(s) 20:08



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 A verdade sobre A Corte - II

Ir em baixo 
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : A verdade sobre A Corte - II 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

A verdade sobre A Corte - II Empty
MensagemAssunto: A verdade sobre A Corte - II   A verdade sobre A Corte - II EmptyQua 14 Fev 2018, 14:41

A verdade sobre A Corte - II

Aqui ocorrerá a aventura do(a) marinheiro Laith Kinder. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 61
Warn : A verdade sobre A Corte - II 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

A verdade sobre A Corte - II Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte - II   A verdade sobre A Corte - II EmptyTer 20 Fev 2018, 11:26



La Black Rose


The ache of my pain


Aos poucos, novamente, minha visão ia retornando, o cenário em que estava era bem diferente da ocasião anterior, não só pela falta dos capangas de Violet, ou melhor, os capangas dos traidores, do que pelo ambiente em si. O calor da lareira confortava-me suavemente, apesar do clima pesado instaurado no ar, e ao recobrar os sentidos, passava rapidamente a mão pelo corpo buscando seus pertences, as roupas ainda estavam lá, todavia, antes que pudesse continuar a tatear, meus olhos ficavam a mercê de outro objeto na sala. Havia um tapete de pele de urso, e conforme os olhos iam subindo, uma mesa de apoio, copos, uma garrafa de whisky, até que por fim chegava à figura que estava a procura desde o começo do baile de gala..Yuri.

Nesse momento, a cabeça castigava-me com memórias que há tempo havia esquecido, vinham perfurando como um grande turbilhão, ia lembrando do treinamento, do tempo de aprendizado, das pequenas missões, sim, agora entendi porque Yuri não era uma pessoa que atraia memórias na minha cabeça, elas estavam lá, trancadas, e agora a caixa de pandora havia sido aberta. Em tal situação, apenas o sorriso maníaco ficava sutilmente colocado no canto da boca, afinal, era normal que eu sorrisse nessas situações mais complexas, apesar de nenhuma palavra sair da mesma boca.

O anfitrião continuava com usas falas e seu diálogo, sendo respondido apenas com um olhar sério, ao mesmo tempo, no fundo, sanguinário, dessa vez não me preocupava muito em esconder as verdades pela máscara da atuação, contrário, eu poderia muito bem ser quem eu era, um assassino.

“Mas que filho da puta, ele conseguiu infiltrar um cara na base e ainda fazer ele atuar por todo tempo, eu deveria ter prestado mais atenção.”

Conforme o tempo havia passando, minhas mãos também haviam passado por meu corpo e de fato, meus pertences estavam longe de mim, afinal, se todo aquele plano havia sido meticulosamente planejado, nada anormal deixando-me desarmado.

- Bom, não acho que tenho muitas opções. Dizia, enquanto a mão fazia um sinal para que o loiro começasse a falar.





H i s t ó r i c o

-Ganhos:
-Perdas: Ninjaken, Baby den den mushi, kunai lv 1;
-Posts: 01
-Relações com personagens: Yuri; Brutus;

Créditos a @[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

legenda:
 

objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Boreal
Pirata
Pirata
Boreal

Créditos : 4
Warn : A verdade sobre A Corte - II 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 19

A verdade sobre A Corte - II Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte - II   A verdade sobre A Corte - II EmptyTer 20 Fev 2018, 13:43

O jovem Laith se via naquela situação podendo agir diferente do comum. Já não era mais necessária uma interpretação, uma atuação de bonzinho pois ali havia apenas Yuri que já o conhecia, e Brutus que não era quem ele achava que era antes, sendo um traidor.

O Kinder que não era Laith deixava no ar a possibilidade de uma proposta, e Laith, ainda sentado na poltrona, ouvia a mesma colocando as mãos entre suas roupas e encontrando sua kunai e sua ninjaken, apenas perdendo o Den Den Mushi. Ao que aparentava, o "anfitrião" não tinha problema dele estar armado ali, e transparecia serenidade em seu olhar.

- Bom, não acho que tenho muitas opções. - Dizia o sargento, sinalizando com sua mão para que Yuri prosseguisse em sua fala.

- Pois bem... - O homem levantava a destra e estalava um do dedos, de maneira que Brutus se distanciava entrando novamente nas sombras. - Você me vê como seu inimigo, mas não deveria ser assim, Laith. Fomos criados juntos, somos como irmãos. Veja nossas asas, quem mais por aqui tem uma coisa dessas? Somos superiores a muitos, não precisamos nos sujeitar. E eu, sinceramente, não imagino porque você optou por entrar na Marinha, mas isso não vem ao caso... - Ele pegava novamente o copo de Whisky, segurando-o mas não tomando. - A Rosa Negra nos traiu e nos abandonou, mas não é por isso devemos abandonar uns aos outros... - E então dava um pequeno gole na bebida. - A Corte é apenas uma faixada para algo muito maior. Um esquema que controla nobres, revolucionários, agentes do governo, e muito mais. Eu estou falando de controle massivo de pessoas. - Novamente ele deixava o copo sobre a mesa, se levantando da poltrona, gesticulando. - A minha proposta para você é... Junte-se a mim. Você me servirá e acatará minhas ordens, e em troca disso vai ter uma vida muito luxuosa, poder, domínio, e nós nunca mais teremos que nos preocupar com porra nenhuma de Rosa Negra. Ou... Você pode voltar pra sua vidinha medíocre de marinheiro de merda e nunca alcançar sequer uma patente de capitão naquela porra de instituição. Mas, caso opte pela segunda opção... - Ele tirava das costas duas ninjakens douradas, que saiam com o tilintar do metal escorregando por suas bainhas, um sorriso sádico estampando suas feições. - Vai ter que me conceder uma batalha antes.

Pra relembrar a aparência do Yuri:
 

Status:
 

Legenda:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 61
Warn : A verdade sobre A Corte - II 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

A verdade sobre A Corte - II Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte - II   A verdade sobre A Corte - II EmptyQua 21 Fev 2018, 15:24



La Black Rose


The ache of my pain


A medida que Yuri ia falando, mais a vontade de levar minha mão até a cara dele e dar-lhe um belo soco crescia, afinal, não conseguia ficar observando toda aquela conversa de falso moralismo e dominação vinda da boca dele, vinda da boca do traidor, a vontade subindo em meu sangue, fervendo, sim, desejava mais que tudo ter a cabeça dele em uma bandeja nesse momento. Entretanto, seria essa a ação certa agora? Talvez, ou melhor, a certeza da vitória pousava-me sobre os pensamentos no caso da batalha, ainda assim, para o futuro do meu plano, um recuar seria mais adequado, na vantagem de logo após ter a vida do outro “irmão” em minhas mãos.

O sorriso diabólico não mentia a vontade de sangue, de forma alguma, ficava bem estampado em meu rosto a sede pela batalha, todavia, satisfazia-me com recuar um pouco na cadeira e me ajeitar enquanto levava as mãos cruzadas para cobrir o perfil de assassino. – Olhe Yuri, você está certo em muitos pontos, somos todos habitantes dos céus que foram raptados, não lembramos mais de nossos pais, e, portanto, restamos apenas nós, em inúmeros pontos somos superiores as pessoas comuns. Deixava um pequeno instante de pausa, para que pudesse falar em seguida. – Mas, parece que apesar de todo o seu treino na Rosa Negra, você não superou a ignorância de uma criança, ou você acha mesmo que o Governo Mundial e a Marinha são tão ingênuos assim? Você acha mesmo que o seu informante ai sabe de tudo sobre a marinha? Que tolice. Já fazia muito tempo que eles sabiam da Corte, sabiam de você, de todos os seus movimentos, sem contar as cobras dos agentes dos governo, parece até que você acha que é um tipo de deus nessa ilha. Ainda assim, sua proposta não é de todo ruim, deixe-me reformular ela então.

O tronco pendia para frente, enquanto meu olhar buscava o do moreno, com um sorriso desafiador no canto da boca.

- A Rosa Negra não nos esqueceu, pelo contrário, ela sabe da nossa existência, apenas prefere que fiquemos quietos, e quando você mais estiver prevendo a morte dela, ela vai lhe matar, isso nós aprendemos nos primeiros dias daquele inferno, então, esqueça tudo o que você acha que sabe sobre ela. A Rosa Negra tem muito mais espinhos do que você imagina. Façamos assim, eu continuarei na marinha, e você me auxiliará nos pedidos que a corporação fará, assim, subirei logo de patente e terei influência nos Blues e em qualquer outra ilha desse mundo, os seus negócios fluirão, eu terei minhas oportunidades, e juntos faremos bem mais do que só ter negócios de tráfico de pessoas, sequestros e afins dentro dos Blues.

- Parece ser mais interessante não?

Sabia muito bem que Yuri não era alguém tão fácil de enganar, e por isso, já estava preparado para o combate, minha mão descia até a ninjaken, mas não a desembainhava, apenas deixava a mão sobre a mesma, indicando que estava preparado no caso de um ataque, e acreditava que Yuri sabia ler o mesmo, era como uma guerra de ameaças, sendo assim, se por algum motivo ele decidisse atacar, tentaria utilizar sua técnica para conseguir defender e causar algum dano, em seguida recuando para tomar uma nova posição de guarda, afinal havia mais de um inimigo ali, no mínimo dois e o máximo só os céus sabiam. Mas, se a técnica fosse interrompida, tentaria o meu máximo para evitar o dano ,realizando esquivas com saltos ou mortais, ou em último caso, bloqueando, usando a lâmina para aparar os golpes ou amortece-los.




H i s t ó r i c o

-Ganhos:
-Perdas: Ninjaken, Baby den den mushi, kunai lv 1;
-Posts: 02
-Relações com personagens: Yuri; Brutus;

Créditos a @[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

legenda:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Boreal
Pirata
Pirata
Boreal

Créditos : 4
Warn : A verdade sobre A Corte - II 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 19

A verdade sobre A Corte - II Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte - II   A verdade sobre A Corte - II EmptySex 23 Fev 2018, 00:16


Era como se a mente de Laith gritasse por enfrentar o outro assassino em uma batalha, mas se ele se comportava, ajeitando-se na cadeira, com o sorriso diabólico sempre em seu rosto. - Olhe Yuri, você está certo em muitos pontos, somos todos habitantes dos céus que foram raptados, não lembramos mais de nossos pais, e, portanto, restamos apenas nós, em inúmeros pontos somos superiores as pessoas comuns. - Vendo que o jovem estava mais para conversa, Yuri voltava a guardar suas ninjakens em suas bainhas, ouvindo atentamente. - Mas, parece que apesar de todo o seu treino na Rosa Negra, você não superou a ignorância de uma criança, ou você acha mesmo que o Governo Mundial e a Marinha são tão ingênuos assim? Você acha mesmo que o seu informante ai sabe de tudo sobre a marinha? Que tolice. Já fazia muito tempo que eles sabiam da Corte, sabiam de você, de todos os seus movimentos, sem contar as cobras dos agentes dos governo, parece até que você acha que é um tipo de deus nessa ilha. Ainda assim, sua proposta não é de todo ruim, deixe-me reformular ela então. - Yuri voltava-se a sentar, mas com certo desdem em seu olhar para as palavras de Laith. Os olhares se encontravam. - A Rosa Negra não nos esqueceu, pelo contrário, ela sabe da nossa existência, apenas prefere que fiquemos quietos, e quando você mais estiver prevendo a morte dela, ela vai lhe matar, isso nós aprendemos nos primeiros dias daquele inferno, então, esqueça tudo o que você acha que sabe sobre ela. A Rosa Negra tem muito mais espinhos do que você imagina. Façamos assim, eu continuarei na marinha, e você me auxiliará nos pedidos que a corporação fará, assim, subirei logo de patente e terei influência nos Blues e em qualquer outra ilha desse mundo, os seus negócios fluirão, eu terei minhas oportunidades, e juntos faremos bem mais do que só ter negócios de tráfico de pessoas, sequestros e afins dentro dos Blues. Parece ser mais interessante não?

- Só parece interessante para um homem sem visão como você, Laith! - Ele dizia isso um pouco mais alto, erguendo um pouco seus braços. - Você não está entendendo a complexidade dessa situação, pequeno. Eu não prevejo a morte da Rosa Negra. Eu quero, na verdade, que eles que se fodam! Se um dia, quando eu for grande, eles precisarem de mim, que venham! O ponto é que você está com uma visão muito limitada das coisas. - Ele se ajeitava na cadeira. Os olhares em poucos instantes não estavam um no outro. - A Corte é só uma faixada para o Governo e para a parte mais rasa do submundo! Brutus é só uma forma de eu te mostrar que eu tinha controle até dentro da sua missão. Eu mando no East Blue, Laith! Quem é tenente Kattleback Cruzis perto de mim? Ninguém! Porque ele não tem a influencia que eu tenho. Se quisesse, tiraria ele do poder rápido, mas por hora não me é interessante. Eu. Mando. Nessa. Porra. Toda! É isso que eu estou dizendo quando falo sobre "controle massivo de pessoas". Se tão jovem eu já tenho tanta influência no East Blue, e até um pouco em outros blues, com quantos anos poderei dominar a Grand Line, e, com isso, o mundo todo? - Seus olhos brilhavam pelo desejo que poder, naquelas coisas que ele dizia. - Qualquer um com um mínimo de noção aceitaria minha proposta de cara! Forjaremos sua morte, e a Marinha para sempre achará que você sumiu, como outros agentes e pessoas até mesmo mais poderosas que você que vieram até mim e eu simplesmente agreguei à minha soberania, enquanto o Governo acha que estão mortas. Aquelas informações que vocês tem sobre mim? Não é nada! A lavanderia? É uma "faixada de faixada". Vocês acham que os negócios estão concentrados naquele ponto, quando envolve um dezena de locais por toda Loguetown, e mais do que isso, um sistema de tuneis incrível, com docas e saídas até para o mar. - Ao quanto ele falava, sua animação crescia mais, e quando ele parava de falar, dava um segundo para respirar e voltar a sua postura de seriedade. - Eu já te dei as opções, não tenho o que mais revelas a você, por hora... Ajoelhe-se logo e se reconheça como meu servo, imprestável. - Seus últimos dizeres saiam com tanto desprezo, como se Laith fosse apenas mais um verme.

Status:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 61
Warn : A verdade sobre A Corte - II 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

A verdade sobre A Corte - II Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte - II   A verdade sobre A Corte - II EmptyQua 28 Fev 2018, 13:00



La Black Rose


The ache of my pain


Toda aquela ladainha dita por Yuri ainda tinha um ponto de verdade, de fato, a influência dele era bem forte para alguém da idade dele, normalmente os chefões do submundo eram pessoas bem mais velhas, herdeiros de famílias ricas, em que apenas os primogênitos herdavam o direito de dar continuidade aos negócios. Ainda assim, a ideia de ajoelhar-me para o pequeno assassino a frente, não agradava, nem um pouco, como respostas apenas passava os dedos pelo queixo, pensando por alguns segundos.

“Bom, não sei aonde o maldito do Sandres se meteu, assim não posso contar muito com a ajuda dele. Se eu aceitar essa proposta dele, mesmo que falsamente, Brutus vai acabar sendo o bode expiatório e a marinha vai me considerar morto, além disso, Yuri não é tão idiota assim, ele sabe que corre o risco de trai-lo, então já deve ter alguma carta na manga, mas que merda! Não tenho muitas opções agora, mas se eu conseguir ficar vivo, talvez isso já me ajude muito a pensar no próximo passo.”

- Bom, poder e fama nunca são coisas demais, a não ser que atinjam a sua cabeça de uma vez só. Mas, uma coisa me deixa bem intrigado, se eu fosse apenas uma preocupação para você, provavelmente teria me matado ali mesmo no baile, ou seja, o fato de eu estar vivo significa alguma coisa a você, e eu duvido muito que seja apenas caridade.

Meus olhos ficavam mais estreitos, penetrantes, fitando bem a face do outro, como se estivesse tentando perfurar sua mente com um prego, ou uma flecha que rumasse direto no coração dele, sem dizer mais, o sargento pegava sua ninjaken, com calma, e colocava a lamina contra seu pescoço.

- Façamos o seguinte, eu aceito trabalhar para você, mas em compensação você vai ter que executar o soldado Brutus, aqui e agora, afinal, se ele não é tão importante no seu plano, não vai fazer diferença, não é?

Olhava bem nos olhos de Yuri, desafiando-o, esperava ele falar alguma coisa e assim se preparava, acirando mais o duelo. – Decida-se agora!

Caso ele matasse Brutus, assim apenas se levantaria e deixaria a ninjaken dentro da bainha, mas ainda a segurando, fitando bem o adversário para qualquer movimento. – E agora, qual o plano?

Se ele tentasse me atacar, usaria então minha técnica para tentar acerta-lo, se fosse executada com sucesso, após o ataque tentaria desferir um chute contra a boca do estomago de Yuri, buscando ganhar algum tempo para a saída, ou então achar algum meio de comunicação. Se houvesse algum tipo de obstáculo ou falha na técnica, tentaria desviar-me com um mortal para trás ou em ultimo caso bloquear usando a lamina para aparar o golpe.

Todavia, caso o assassino não matasse Brutus, só restaria avançar. Sendo assim, dispararia em direção de Yuri em uma linha reta, verificando o tempo para que demorasse a chegar, e no ultimo momento, desviaria a minha trajetória com um impulso, usando o pé esquerdo, buscando ganhar uma distancia entre os dois, esperaria que Brutus atacasse, e se não o fizesse, avançaria novamente contra o assassino, tentando um golpe ascendente com a lamina, mirando o rosto do adversário. Se ele bloqueasse esse corte, jogaria o peso do corpo para baixo, praticamente deitando no chão e tentaria um chute com força em direção das mãos de Yuri, buscando abrir sua guarda, e vendo o que fosse mais rápido, passaria a lamina em sua coxa ou em sua canela. No entanto, se o guarda costas atacasse nesse intervalo, buscaria usar o chão como apoio para erguer-me novamente com uma cama de gato, e dispararia uma kunai no rosto do Brutus enquanto me levantava, tomaria a distancia com um salto, na ideia de criar um vão entre os combatentes.




H i s t ó r i c o

-Ganhos:
-Perdas: Ninjaken, Baby den den mushi, kunai lv 1;
-Posts: 03
-Relações com personagens: Yuri; Brutus;

Créditos a @[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

legenda:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Boreal
Pirata
Pirata
Boreal

Créditos : 4
Warn : A verdade sobre A Corte - II 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 19

A verdade sobre A Corte - II Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte - II   A verdade sobre A Corte - II EmptySex 02 Mar 2018, 23:00

- Bom, poder e fama nunca são coisas demais, a não ser que atinjam a sua cabeça de uma vez só. Mas, uma coisa me deixa bem intrigado, se eu fosse apenas uma preocupação para você, provavelmente teria me matado ali mesmo no baile, ou seja, o fato de eu estar vivo significa alguma coisa a você, e eu duvido muito que seja apenas caridade. - Dizia o jovem Laith puxando sua ninjaken e colocando-a no próprio pescoço. Apesar do ato, Yuri não parecia demonstrar tanta preocupação diante daquilo. - Façamos o seguinte, eu aceito trabalhar para você, mas em compensação você vai ter que executar o soldado Brutus, aqui e agora, afinal, se ele não é tão importante no seu plano, não vai fazer diferença, não é?

- Vai joguinhos mesmo, Laith...? - O Kinder tinha um sorriso provocativo em seu rosto, e era apressado pelo outro Kinder para fazer logo sua escolha. - Pois bem. Brutus... - O brutamontes saia novamente das sombras, com um semblante desconfiado.

- Chefe, você não vai...? - Antes que pudesse dizer alguma coisa, no mesmo movimento que sacava uma de suas ninjakens, Yuri projetava sua lâmina contra o pescoço de Brutus, executando um corte limpo e mortal.

O homem colocava as mãos no ferimento antes de cair no chão, aparentemente pasmo. Yuri limpava o sangue da ninjaken no próprio corpo do homem com um sorriso, guardando-a novamente. - Mais fácil do que vocês esperava, hein? - a ninjaken de Laith também retornava a bainha, e ele fitava o outro Kinder enquanto voltava a falar.

- E agora, qual o plano? - Era o questionamento feito pelo ninja.

- Eu já lhe disse, verme... Se ajoelhar e se reconhecer como meu servo, jurar fidelidade a mim. - A forma que Yuri falava era tão de superioridade que Laith conseguia inclusive sentir o desprezo em sua voz.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Caju
Soldado
Soldado
Caju

Créditos : Zero
Warn : A verdade sobre A Corte - II 10010
Masculino Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 22
Localização : no quinto dos infernos

A verdade sobre A Corte - II Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte - II   A verdade sobre A Corte - II EmptyQui 15 Mar 2018, 01:05




休み無し - Sem folga


Com a rápida missão de rastrear o Reino e de volta ao quartel, estava mais uma vez com a agenda disponível, mas claro, nessa vida, agenda disponível significa agenda cheia. Logo logo viria algum compromisso oficial. Mas antes que este viesse me procurar, eu o procuraria. Não podia ficar parado.


O assunto sobre o Reino ir para a Grand Line me despertou um pouco de curiosidade, não uma empolgada mas uma curiosidade saudável, apenas um interesse no quão mais rápido eu conseguiria crescer se saísse dos blues. Infelizmente ainda estava preso em Loguetown, então esse objetivo teria de aguardar mais um pouco. Até lá faria o possível para crescer aqui nessa cidade mesmo, para isso, iria ter com o Tenente Kattleback.


- Tenente, senhor. Creio que hajam mais tarefas a serem cumpridas, estou totalmente à disposição - Soaria neutro, não quero mostrar meus interesses pouco virtuosos para os superiores. Isso era de certa forma desgastante, não é como se eu fosse o único marinheiro que tem intenções assim na marinha. Mas não era seguro, tinha de fazer fama, e claro que fama se faz mentindo.





Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 


Cores:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://myanimelist.net/profile/Juzocat
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : A verdade sobre A Corte - II 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

A verdade sobre A Corte - II Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte - II   A verdade sobre A Corte - II EmptySeg 23 Abr 2018, 23:14

Participação do player Caju cancelada a pedido do player.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




A verdade sobre A Corte - II Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte - II   A verdade sobre A Corte - II Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A verdade sobre A Corte - II
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Polestar Islands-
Ir para: