One Piece RPG
0I — Planícies Geladas  XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Vermelho
0I — Planícies Geladas  Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 12:38

» Ares Coldwood
0I — Planícies Geladas  Emptypor Handa Hoje à(s) 11:14

» [M.E.P.] - [MINI-Kyoji] Sobrevivência.
0I — Planícies Geladas  Emptypor Kyoji Hoje à(s) 10:48

» [MINI-Kyoji] Sobrevivência.
0I — Planícies Geladas  Emptypor Kyoji Hoje à(s) 10:47

» Ficha - Ares Coldwood
0I — Planícies Geladas  Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 09:41

» Ficha - Borium Sartoski
0I — Planícies Geladas  Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 08:44

» Borium Sartoski
0I — Planícies Geladas  Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 08:43

» Apresentação 3 - Falência Abrasiva
0I — Planícies Geladas  Emptypor Licia Hoje à(s) 08:00

» Tyrael Silverfang
0I — Planícies Geladas  Emptypor Mephisto Hoje à(s) 07:56

» For Whom the Bell Tolls
0I — Planícies Geladas  Emptypor PepePepi Hoje à(s) 03:21

» [MINI - Masques] A far off dream
0I — Planícies Geladas  Emptypor Masques Hoje à(s) 02:07

» Red Albarn e o Alvorecer de um Herói
0I — Planícies Geladas  Emptypor Kiomaro Roshiro Hoje à(s) 01:36

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
0I — Planícies Geladas  Emptypor Kiomaro Roshiro Ontem à(s) 23:08

» Faíscas da Revolução
0I — Planícies Geladas  Emptypor K1NG Ontem à(s) 22:30

» [M.E.P - Masques] A far off dream
0I — Planícies Geladas  Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:23

» [MINI - Gon Vinteluas] *SENHORAS E SENHORES!*
0I — Planícies Geladas  Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:21

» O Sapo Mágico
0I — Planícies Geladas  Emptypor K1NG Ontem à(s) 22:04

» I - Dançando No Campo Minado
0I — Planícies Geladas  Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 21:54

» [Mini-Handa] Uma beleza preguiçosa
0I — Planícies Geladas  Emptypor Bijin Ontem à(s) 21:47

» [MINI - DJ GBR] 01 | Eco
0I — Planícies Geladas  Emptypor TheJoker Ontem à(s) 21:46



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 0I — Planícies Geladas

Ir em baixo 
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 47
Warn : 0I — Planícies Geladas  10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

0I — Planícies Geladas  Empty
MensagemAssunto: 0I — Planícies Geladas    0I — Planícies Geladas  EmptyQua 14 Fev 2018, 00:08

0I — Planícies Geladas

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Glace. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Chillout
Civil
Civil
Chillout

Créditos : Zero
Warn : 0I — Planícies Geladas  9010
Masculino Data de inscrição : 09/02/2018
Localização : Fernand Ice Island

0I — Planícies Geladas  Empty
MensagemAssunto: Re: 0I — Planícies Geladas    0I — Planícies Geladas  EmptyQua 14 Fev 2018, 12:46


Planícies Geladas — Post I

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Quanto tempo havia se passado? Desde daquele evento marcante, Glace havia se colocado em isolamento, não só físico, mas também mental. Chacinar um ser vivo foi um marco em sua curta vida até aqui, despertou em sua pessoa algo que havia sido plantado bem no fundo de seu corpo, um mecanismo que a tornou o que é hoje, uma arma letal de matar. O projeto Lethal-0800 finalmente tinha chegado ao ápice, desenvolvendo completamente o potencial da garota para ser o possível futuro motivo da revolução se suceder sem nenhuma preocupação com seus inimigos. Após seu confronto com 080069, a jovem que até então era apenas referida pelos cientistas como 080068, ganhou um nome, Glace, nascida sob as planícies geladas de Fernand Ice Island e tão fria em seu coração quanto ao local de onde a mesma surgiu. Recebendo naquele momento uma atenção mais ativa, a garota entrou no subsolo da base operacional daqueles cientistas, então passou dois anos se aprimorando, até que seu potencial pudesse ser o máximo que o experimento exigia. Com o procedimento concluído, agora só dependia de Glace para alcançar seu potencial, as ferramentas a garota já tinha em mãos.

— Quanto tempo desde que eu não respiro esse ar gelado do lado de fora? Não esperava sair daquele lugar. Novamente as responsabilidades caem sobre mim — No momento atual, Glace estava sentada sob o chão, pensativa no que fazer em seguida. Seus brilhantes olhos gradientes se fechavam, numa tentativa de encontrar a paz do silêncio e imaginar como realizaria suas "obrigações" em breve. Havia apenas alguns dias que a base operacional que estava vivendo fora desativada, a ela foi atribuído a tarefa de manter o sigilo eterno sobre o que acontecera e ingressar no exército como qualquer outro, Glace tinha gostado disto, pois, poderia assim provar seu valor como arma, sem precisar de nenhum empurrão por parte dos importantes homens da revolução. Ela balançava sua cabeça da direita para esquerda rapidamente, oscilando seus desjeitosos cabelos prateados, aquela roupa militar provavelmente era a melhor que esta havia vestido em toda sua vida.

"Esse lugar gelado já me encheu, eu deveria me mover logo". O descanso merecido iria ser encerrado, mesmo que no fundo ela sentisse uma leve preguiça, por conta de não ter literalmente descansado desde seu nascimento, mas a mudança do cenário mundial não esperaria a garota e nem mesmo o sucesso de sua formação como arma. Se levantou de onde estava como num salto, estava na hora de agir. Glace agora procuraria por informações como ingressar no exército, provavelmente, alguém importante da vila poderia ajudar com isso. Glace iria tentar não revelar suas intenções, aprendeu que fazer as coisas com discrição garante a precaução de algo indesejável aconteça.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Objetivos:

   ◆ Entrar no Exército Revolucionário.
   ◆ Aprender "Furtividade".
   ◆ Se tornar Espiã. (Longo Prazo)
A revolução há de suceder
452 Words In Post



____________________________________________________

Don’t regret the past, just learn from it.”

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

⊱ ─────── ⊰✯⊱ ─────── ⊰






Última edição por Chillout em Qui 22 Fev 2018, 18:06, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
KingSalazar
Civil
Civil
KingSalazar

Créditos : Zero
Warn : 0I — Planícies Geladas  5010
Masculino Data de inscrição : 08/12/2017
Localização : Pergunte ao narrador.

0I — Planícies Geladas  Empty
MensagemAssunto: Re: 0I — Planícies Geladas    0I — Planícies Geladas  EmptyDom 18 Fev 2018, 11:43

POST 1-A Ilha Gelada E O Começo Da Aventura

Em uma terra gelada, existia uma garota que erá criada por cientista até que um dia o lugar foi fechado. A garota tinha o coração frio e por fora ela parece uma garota inofensiva por causa da sua beleza e seus lindos cabelos. Quando o local em que ela vivia foi fechado, ela entrou novamente e passou-se dois anos se aprimorando para conseguir alcançarseu objetivo que é alcançar o seu potencial máximo.

Glace então quando terminou de se aprimorar ela saiu do local e falou consigo mesma — Quanto tempo desde que eu não respiro esse ar gelado do lado de fora? Não esperava sair daquele lugar. Novamente as responsabilidades caem sobre mim — Glace falava isso em quanto estava sentada no chão pensativa no que fazer em seguida para cumprir as suas obrigações, ela então balançava os seus cabelos longos e rosas enquanto continuava pensativa.

"Esse lugar gelado já me encheu, eu deveria me mover logo". pensava Glace enquanto se levantava e saia daquele local se levantando como num pulo. Glace estava com um pouco de preguiça ainda pois ela não descansava mesmo já faz um tempo, Glace saiu dali e foi a procura de uma vila que ali perto tinha, a distância de Glace e a vila erá em cerca de uns 100 metros, Glace conseguia avistar dali um cara com bolsa nas costas usando um capuz e uma touca, ele chegou perto de Glace e falou para Glace -Olá menina! está perdida? o cara tinha um jeito de desastrado e então o cara falou para Glace -Oh... foi mal, me esqueci de me apresentar... prazer o meu nome é Edmund! qual é o seu? após isso Edmund pegou no braço de Glace e levou ela direto para a casa dele que erá dentro de uma taverna na vila.

Chegando na taverna, dava-se para ouvir um tumulto, erá dois caras bebados brigando, erá o dia de sorte de Glace, pois ela podia pedir informações na taverna ou ela podia separar a briga dos bebados... a escolha erá da Glace.
Edmund:
 

Off:
 

Importante :
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 


Toujours:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Chillout
Civil
Civil
Chillout

Créditos : Zero
Warn : 0I — Planícies Geladas  9010
Masculino Data de inscrição : 09/02/2018
Localização : Fernand Ice Island

0I — Planícies Geladas  Empty
MensagemAssunto: Re: 0I — Planícies Geladas    0I — Planícies Geladas  EmptyDom 18 Fev 2018, 16:08


Planícies Geladas — Post II

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Glace refletia sobre si mesma, enquanto passeava a passos curtos sobre aquele povoado que acabara de chegar, centrada ainda em seus próximos objetivos. Seus cabelos níveos, pele clara agora eram realçados por todo o branco gelado do local. A terra gelada confortava a mente isolada da garota, era quase como uma reflexão de si mesma, pelo menos, na cabeça desta era isso que ela preferia pensar. Afinal, aquele local era tão afastado do mundo, e ela se sentia apartada da forma. Mesmo tendo vivenciado aquele geada por toda sua vida, ainda sentia calafrios sempre que um vento mais forte se movia contra seu corpo. Agora, Glace cruzava seus braços, esfregando suas mãos sobre estes numa tentativa de aquecer-se.

Girando sua cabeça para os lados, ela analisava como o lugar se apresentava. Em sua visão, aquele localidade não fugia muito dos padrões naturais, não se apresentando como uma possível zona de encontro para o grupo revolucionário. "O que eles realmente teriam pra fazer aqui? Mesmo sendo perfeito para possíveis estrategias por ser uma zona remota, não é próximo de locais de impacto". Um ligeiro desapontamento se abateu na garota, num suspiro que exibiu o ar frio deixar sua boca. — Porque meus criadores ainda permitiram eu ficar aqui? Deviam me embarcar de uma vez para a base princip... — Se atentou a calar-se quando viu um homem encapuzado se aproximando. Glace já se postou em alerta, a forma de que este especificamente vinha até ela, como se fosse nada, deixava-a desconfortável.

"Uma aparência de alguém que não pode me fazer mal, porém..." Se aliviou um pouco na presença do rapaz, que agora começava a fazer perguntas. "Melhor não mostrar hostilidade a um simples cidadão, eu preciso de informações de qualquer maneira, usar este homem não é uma má ideia". A garota, sempre precavida, preferiu olhar os arredores antes de responder, procurou qualquer sinal de alguém a seguindo, ou por acaso, seguindo o homem. Após isso, olhou na direção do rapaz. Iria colocar em prática os exercícios de anos. Glace sorriu, forçando um pouco o semblante para demonstrar que poderia estar um pouco sem graça por ser abordada de repente. — Ah, perdão. Sou Molly. Você tem bons olhos, eu realmente estou um pouco perdida... Nova na região sabe — Sua fala se seguia de uma baixa risada, ela ia refinando sua atuação para dar a si mesma uma personalidade que não tinha, estava cautelosa de se revelar e, claramente, não tinha porque se apresentar como realmente era para alguém tão simplório.

— Você poderia me guiar para algum lugar onde eu possa pedir informações? — Suas bochechas coravam ligeiramente, definitivamente uma garota meiga, mas na verdade não era. A conversa durou muito pouco para que Glace ponderasse sobre o rapaz. Sentiu seu braço ser agarrado num piscar de olhos e foi puxada na direção de um estabelecimento que desconhecia. Mentalmente, a garota já se preparava para um impulso assassino e seus olhos se fixaram no pescoço exposto do homem assim que este se virava. Uma sede de sangue a tomou, não era como se ela se sentisse na necessidade de matar o homem, apenas era um mecanismo de defesa pela forma que a mesma teria sido agarrada. Por trás dos olhos daquele, Glace erguia seu braço se preparando para atacar o homem, contudo, sua mente voltou aos tempos de treinamento árduo, onde era ensinada a não agir impulsivamente, mesmo nas situações mais perigosas. A jovem nívea teria que demonstrar uma extrema calma até o último momento. Respirou, acalmando seus ânimos, enquanto abaixava seu braço, antes que o rapaz percebesse sua aura hostil. "Não devo me precipitar, talvez ele só seja rude o suficiente para fazer o que eu peço sem responder a pergunta antes".

Poucos instantes depois, entrou num estabelecimento um tanto desgastado, na perspectiva de Glace pelo menos. O cheiro que chegava as narinas da garota era de forte licor. Rodou seus olhos por todo o local, parecia estar particularmente cheio naquele momento do dia, concluía isso por ver um tumulto acontecendo. O ambiente não podia ser pior, no mínimo, para Glace, tinham muitas pessoas acumuladas ali, ocasionando uma pequena multidão, o que era o suficiente para tornar a zona desagradável para a garota. "A consequência de viver sempre sozinha". Levou uma de suas mãos a cabeça, fechando seus olhos como forma de preparo para a dor de cabeça que viria a seguir, pois, com certeza se estressaria naquele lugar. Todavia, a dor nunca veio. Glace mostrava uma expressão de surpresa, ela evoluiu em aspectos que não esperava. "Talvez eu realmente não sinta mais nada, como um ser humano normal supostamente sentiria".

A jovem agora forçaria seu braço, se desvincilhando do agarro de braço do homem. — Agradeço sua ajuda, é o suficiente... E tente não ser brusco assim com a próxima garota perdida que achar por ai — Se afastaria até o provável balcão para continuar o que veio fazer, achar informações de um recrutamento do exército revolucionário. O barulho daquele tumulto próximo a incomodou um pouco, mas ela nem se dava o trabalho de olhar sobre o que se tratava, seu foco é totalmente no objetivo e distrações mundanas não fariam esta se desviar do caminho. Tentaria se comunicar com a pessoa que aparentava ser o dono, sentando numa cadeira próxima ao mesmo — Poderia me trazer um copo d'água, por favor? — Se esse seguisse o pedido dado, a garota cochicharia para somente aquele ouvir — Sabes do mecanismo vermelho? — Era um tipo de comunicação "codificada" que os cientistas usavam para se comunicar com o exército em sua época de treinos, não sabia se ia funcionar, mas dependeria da reação do dono. Manteria a atenção no tal que a trouxe até aqui também, caso ele quisesse ainda algo com ela.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Objetivos Atualizados:

  ◆ Entrar no Exército Revolucionário.
  ◆ Perícia: "Furtividade".
  ◆ Perícia: "Interrogatório".
  ◆ Se tornar Espiã. (Longo Prazo)

Histórico:
 
A revolução há de suceder
953 Palavras / 0 Páginas



____________________________________________________

Don’t regret the past, just learn from it.”

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

⊱ ─────── ⊰✯⊱ ─────── ⊰






Última edição por Chillout em Qui 22 Fev 2018, 18:06, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
KingSalazar
Civil
Civil
KingSalazar

Créditos : Zero
Warn : 0I — Planícies Geladas  5010
Masculino Data de inscrição : 08/12/2017
Localização : Pergunte ao narrador.

0I — Planícies Geladas  Empty
MensagemAssunto: Re: 0I — Planícies Geladas    0I — Planícies Geladas  EmptyDom 18 Fev 2018, 18:26

Post 2 - a revelação do exercito revolucionário.

Glace chegando ao velho estabelecimento percebeu que ele erá muito mal cuidado e que ele estava caindo aos pedaços, porem mesmo assim o estabelecimento estava consideravelmente cheio pois aquela erá a única taverna da vila, quem chega no velho estabelecimento via muitas coisas naquele cenário velho: três madeiras soltas no meio do chão, barris abertos e com cerveja na tampa perto da entrada, um balcão de madeira consideravelmente limpo e atrás do balcão tinha várias garrafas com bebidas alcoólicas sobre uma estante de madeira, mesas de madeira colocadas em ordem acompanhadas de banquinhos de madeiras um pouco novos.

Glace então pode ouvir um grupo de pessoas reunidas em um local, o que a deixou desconfortável "A consequência de viver sempre sozinha" pensava enquanto se sentia desconfortável vendo muitas pessoas no mesmo local que ela estava. Glace então se preparou para a dor de cabeça que ia vim, porem nada ela sentiu e por causa disso ela ficou surpresa "Talvez eu realmente não sinta mais nada, como um ser humano normal supostamente sentiria".

Glace então forçou o braço para se soltar de Edmund — Agradeço sua ajuda, é o suficiente... E tente não ser brusco assim com a próxima garota perdida que achar por ai — dizia para Edmund enquanto se soltava do braço, Glace então se afastou daquele tumulto e foi até o rapaz que estava perto do balcão sentado na cadeira que aparentava ser o dono da loja. Chegando perto do balcão, Glace então chegou perto do rapaz e pediu para ele — Poderia me trazer um copo d'água, por favor? — o rapaz então se levantou e falou para ela -Claro senhorita! o rapaz então foi direto para as escadas que tinha do lado do balcão e desceu as mesmas, passou-se dois minutos e o rapaz ainda não havia voltado com a aguá, mas no lugar dele subindo as escadas tinha um homem encapuzado saindo de lá com a aguá na mão -Está aqui a sua aguá senhorita. e entregou a aguá para Glace e logo em seguida voltou a sentar na sua cadeira.

— Sabes do mecanismo vermelho? — cochichou a jovem nos ouvidos do rapaz, o rapaz ouvindo essas palavras ficou surpreso e disse para a jovem -Me siga. ele então a levou em um caminho até chegar no subterrâneo, lá tinha várias pessoas armadas usando um capuz verde escuro que tampava todo o rosto e usava também uma capa da mesma cor que o capuz, e no centro deles tinha um homem que chegou para a garota e falou -Você que entrar no exercito revolucionário? se sim me demonstre o seu valor caçando este cara e nos traga ele vivo. E caso você esteja querendo saber que eu sou... eu sou Drax um capitão revolucionário! qual o seu nome? Drax então entregou para Glace uma foto de um membro do governo mundial, ele então falou para Glace -Esse homem normalmente anda pelas ruas da vila causando e tratando muito mal os cidadãos da vila... ele já chegou a matar um dos nossos membros, então tome cuidado..
Drax:
 

Rapaz que levou Glace até os revolucionários:
 

PS:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 


Toujours:
 


Última edição por Firepare em Seg 19 Fev 2018, 13:06, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Chillout
Civil
Civil
Chillout

Créditos : Zero
Warn : 0I — Planícies Geladas  9010
Masculino Data de inscrição : 09/02/2018
Localização : Fernand Ice Island

0I — Planícies Geladas  Empty
MensagemAssunto: Re: 0I — Planícies Geladas    0I — Planícies Geladas  EmptySeg 19 Fev 2018, 03:14


Planícies Geladas — Post III

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Movia sua cintura para se ajeitar na cadeira de madeira, apesar do material, parecia que poderia quebrar a qualquer momento, a mesma se conformava com a adequação, não podia criar maiores expectativas, todavia, foi extraordinariamente surpreendida com parte da organização quando reparou os arredores da taverna. Do lado de fora, o que parecia ser um estabelecimento desorganizado, onde apenas baderneiros frequentariam, se mostrou organizado, no mínimo nos limites que eram permitidos. Via que o rapaz agilizava sua saída para a busca da água solicitada. Mesmo sendo algo tão pouco importante, aquele se locomovia a passos largos, sumindo da vista da linda jovem em poucos instantes. Glace erguia sua sobrancelha, estampando em seu semblante uma preocupação distinta, desconfiança e ceticismo de que foi guiada, tão de repente, para o local por insignificância. Ainda assim, sua concentração não podia se manter, a zoada que se formava ao seu redor era como um estrondo em sua cabeça. Tentava se acostumar com a sensação de muita gente reunida. Sustentou seu cotovelo sob o balcão de madeira, fechou seus olhos e contava cores em sequência na sua cabeça, durante sua infância fazia essas coisas para se distrair das grandes tragedias que via acontecer com seus amigos, sua mente exercia tal coisa no automático em situações de inquietação. "Vermelho, amarelo, azul". Conseguiu conter boa parte do estresse, daí em diante se adaptava com sucesso a situação, manteria-se centrada novamente.

Teria de manter a personalidade meiga, atenciosa e gentil que criara para si mesma a alguns minutos quando conversara com Edmund, o rapaz que havia lhe trago a taverna, achou que assim poderia preservar as aparências, consequentemente não levantando qualquer suspeita. Glace batia seus dedos sob o balcão de acordo com o tempo que passava. — Primeiro, a pressa. Seguida de uma demasiada demora. Todos os locais de interações sociais no mundo serão assim mesmo? Desacolhedor — Um bater pesado de botas interrompeu seu raciocínio. Moveu sua cabeça para sua lateral esquerda, onde, apenas agora, percebia uma escadaria, avistou um rapaz de cabelos brancos, praticamente a mesma coloração do cabelo de Glace, subindo pelos degraus. Este trazia consigo o copo de água requestado, mas o que havia acontecido com o outro apressado? — Agradeço a preocupação — Não fez nenhum contato visual com o garoto, Estendia sua mão ao alcance daquele copo e o virou devagar em sua boca, não só por aparências, até porque matava parte de sua cede.

As ações suspeitas de todas as pessoas que havia encontrado até agora faziam esta questionar-se sobre o propósito dos cientistas. "Deveria imaginar. Os criadores não me deixariam aqui por nada. Não sei o quanto do dedo deles tem nisso, mas descobrirei... Nunca vão parar de me testar". Fitou o homem a sua frente, era possível que ele estava distraído o suficiente para não ouvir o que ela diria, era o momento perfeito para soltar o gancho que os revolucionários, de costume, perceberiam sem titubear. Lembrou como os cientistas na base laboratorial se comunicavam, os códigos orais e sinais que utilizavam, tudo venho em sua cabeça. Pensou que não custaria arriscar um pouco para ter algumas pistas. — Sabes do mecanismo vermelho — Glace soltou um cochicho que fora abafado pelo ruído das vozes altas dos ocupantes da taverna. Pouco depois, pode concluir que sua tese de suspeita estava certa. Arregalou seus olhos, de uma surpresa positiva, quando observou a reação diferenciada daquele rapaz. Um sorriso de satisfação se formou sobre sua boca, não pensou que acharia o agrupamento do exército revolucionário tão rápido naquela ilha remota.

Não hesitou em seguir o rapaz, assim que aquele pediu, se levantou, pondo-se de prontidão para a qualquer tarefa. Glace sentia que deveria estar ansiosa sobre sua vida finalmente estar se concretizando na grande promessa para qual ela nasceu, entretanto, o coração e mente da garota estavam como o vácuo, nada de emocionante os ocupavam. Passou um tempo considerável andando, até chegar na parte subterrânea da taverna. Contemplou com seus olhos várias humanos encapuzados, estranhou como estes ostentavam de modo desmedido o quanto eram suspeitos. Se caminhassem em meio a população assim, definitivamente os Marines os notariam — Bem recatados, pressuponho — Fez uma piada de mal gosto, queria passar a mensagem de forma menos rude para seus companheiros sobre as vestimentas. Para Glace, esta reunião de pessoas era quase uma profanação a todos seus anos de treino. "O local é perfeito, movimento traz menos curiosos. Porém, andar dessa forma na rua." Preferiu manter seu pensamento para si mesma. Definitivamente a forma de agir do grupo não era tão aprimorada, pois, não foram treinados toda suas vidas para a missão.

Uma atmosfera dominadora se formou em direção a Glace, não era nada relacionado a poder, seu corpo estava apenas respondendo a algum mecanismo implantado nesta, algo que ela ainda não entendia. Seu corpo tremeu um pouco, por conta de sua razão estar trabalhando na obediência do comando que vinha a sua cabeça. Então ouviu em sua mente ~ Obedeça ~ Assim, ela não pode resistir. Os olhos da garota ficaram mortos, como se fosse um próprio cadáver, e em sua mente uma repetição infinita, "Drax, um capitão, um superior". Algo mais forte que a garota a fez abaixar sua cabeça em referência, expressando seu extremo respeito para com o homem que a encarava no momento. — Sou serva da vontade dos revolucionários, e se assim for o desejo dos superiores, pessoalmente farei tudo em meu poder para realizar — Olharia no papel para identificar quem era o alvo, assim que gravasse o rosto em sua memória, direcionaria-se a Drax para esclarecer tudo sobre o trabalho. — Capitão, por acaso, teria os padrões deste homem para me passar? Algo como seus lugares favoritos, costumes, etc. E perdão, mas precisarei me armar para o que virá a ocorrer. — Após reunir o máximo de informações, formaria uma estratégia a caminho do membro do governo mundial.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Objetivos Atualizados:

  ◆ Capturar Alvo do Governo Mundial.
  ◆ Entrar no Exército Revolucionário.
  ◆ Perícia: "Furtividade".
  ◆ Perícia: "Interrogatório".
  ◆ Se tornar Espiã. (Longo Prazo)

Histórico:
 
A revolução há de suceder
971 Palavras / 0 Páginas



____________________________________________________

Don’t regret the past, just learn from it.”

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

⊱ ─────── ⊰✯⊱ ─────── ⊰






Última edição por Chillout em Qui 22 Fev 2018, 18:07, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
KingSalazar
Civil
Civil
KingSalazar

Créditos : Zero
Warn : 0I — Planícies Geladas  5010
Masculino Data de inscrição : 08/12/2017
Localização : Pergunte ao narrador.

0I — Planícies Geladas  Empty
MensagemAssunto: Re: 0I — Planícies Geladas    0I — Planícies Geladas  EmptySeg 19 Fev 2018, 13:00

Post 3 - O braço direito do capitão Drax.

Glace vendo um superior a sua frente, naquele momento ela se abaixou em reverência ao capitão, então ela falou para ele enquanto demonstrava respeito ao mesmo — Sou serva da vontade dos revolucionários, e se assim for o desejo dos superiores, pessoalmente farei tudo em meu poder para realizar — Drax então levantou a cabeça da jovem e a disse -Jovem! erga a sua cabeça, pois e se eu não fosse do exercito revolucionário? existe várias pessoas por aí fingindo ser nós para botar medo em algumas pessoas, não reverencie qualquer pessoa sem ter provas concretas. a jovem então determinada a cumprir o objetivo pediu para Drax — Capitão, por acaso, teria os padrões deste homem para me passar? Algo como seus lugares favoritos, costumes, etc. E perdão, mas precisarei me armar para o que virá a ocorrer. — Drax então falou para Glace -Tá vendo aquele barril aberto ali perto da entrada... ele está cheio de armas de todos os tipos de estilo de combate, escolha um, porem eu tenho que te avisar de que todos ali já estão veios e todos elas são as mais fracas da sua classe de estilo de combate, mas eu acho que servira para você... bem, pelo menos elas não irão quebrar tão facilmente. Drax então olhou para a Glace e falou -Quanto os padrões, eu não vou te falar. Não tem o cara que te trouxe aqui... ele é o meu braço direito e tem todas as informações que você precisara para cumprir o seu objetivo, ele sera o seu parceiro nessa missão, porem ele não ira te ajudar em uma batalha, ele só poderá agir quando você estiver quase morta! não falhe a missão e você será recrutada.

Após isso o homem que até então estava calado chegou perto de Glace e falou -Olá jovem! eu irei te avaliar! pode me chamar de Baker ele então mandou Glace o seguir e saiu para fora da loja, porem quando ele estava perto da porta um bêbado chegou perto de Glace e Baker, dava-se para perceber que o bêbado estava em uma pose de luta, assim demonstrando que o bêbado sabia no minimo lutar alguma arte marcial, o bêbado então partiu pra cima de Baker e deu um soco em Baker, bem pelo menos foi isso que o bêbado achou pois na verdade aquilo que ele havia acertado foi uma imagem do Baker, na verdade o que tinha acontecido ali foi que Baker usou a velocidade dele para criar um reflexo dele enquanto ele aparecia atrás do bêbado, Baker então apareceu atrás do bêbado e abriu a mão deixando ela bem reta enquanto juntava os dedos e Baker então acertou o pescoço do bêbado com a mão aberta, assim deixando o bêbado inconsciente caído no chão, então Baker virou para Glace e falou para ela -Me desculpe pelo imprevisto, vamos continuar

Baker então levou Glace para uma praça que tinha ali perto e ficou sentado no banco, o local apresentava as seguintes características: atrás do banco no meio da praça havia um safáris cheio de neve nas bordas, no banco havia muita neve o que deixava ele escorregadio para quem não está acostumado morar naquela ilha, e em volta da praça existia várias casas e apenas uma entrada que ficava bem atrás do banco, o piso da praça erá feito de pedra lisa que estava cheio de neve, e por ultimo ali tinha dois postes de luz cada um em um lado do banco. Baker então olhou para Glace e falou para ela -Novata! eu agora vou passar algumas informações para você sobre o alvo e você vai seguir o seu caminho sozinho a procura dele enquanto eu vou estar atrás de você! Baker então olhou para Glace e falou -As informações são o seguinte: o alvo gosta bastante de mulheres e por isso ele sempre saí por aí procurando por mulheres, não só nessa vila como também em outras, ele gosta mais de locais cheios de gente para que assim tenha alguém para se esconder caso haja alguém atrás dele e por ultimo, ele tem uma mania bizarra de passar a língua na espada dele. Isso é tudo que você precisa saber. . Agora Glace sabendo das informações, pode procurar pelo seu alvo.
Alvo:
 

Barril De Armas :
 

Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos:
 


Toujours:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




0I — Planícies Geladas  Empty
MensagemAssunto: Re: 0I — Planícies Geladas    0I — Planícies Geladas  Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
0I — Planícies Geladas
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Minion Island-
Ir para: