One Piece RPG
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Mao di Lut Ima
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor Alek Hoje à(s) 04:24

» Evento Natalino - Amigo Secreto
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor K1NG Hoje à(s) 04:18

» [Mini] Albafica Mino
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor Albafica Mino Hoje à(s) 03:42

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor Dante Hoje à(s) 02:53

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 00:30

» One Piece RPG Awards 2020
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 00:00

» Vol 1 - The Soul's Desires
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor Arthur Infamus Ontem à(s) 23:55

» VIII - The Unforgiven
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 23:31

» BOOH!
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 23:06

» [LB] O Florescer de Utopia III
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor Vincent Ontem à(s) 22:56

» Mess in Grand Line: The Red-Haired Arrived
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor Revescream Ontem à(s) 22:33

» O Samurai
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor K1NG Ontem à(s) 21:30

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor Oni Ontem à(s) 21:28

» Cap.1 Deuses entre nós
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor Tensei Ontem à(s) 20:00

» Julian D'Capri, das Mil Espadas
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 19:55

» Carregada de Culpa / Amanhecer em Prata
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor Adrian/Vampiro Ontem à(s) 19:28

» The One Above All - Ato 2
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor Thomas Kenway Ontem à(s) 19:01

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor jonyorlando Ontem à(s) 17:47

» Cap IX ~ Esperança ~
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 16:34

» A Ascensão da Justiça!
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Emptypor K1NG Ontem à(s) 16:27



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!!

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Empty
MensagemAssunto: II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!!   II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! EmptySex 09 Fev 2018, 19:34

II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) revolucionária Mary Van Tassel. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kerigus
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Kerigus

Créditos : 74
Warn : II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Empty
MensagemAssunto: Re: II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!!   II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! EmptySab 10 Fev 2018, 05:50

Las Camp não vai deixar saudades, depois que o governo tomou a ilha onde nasci, Las Camp representa os piores momentos da minha vida, quase tudo que eu descobri lá me trouxe somente mais mágoa e ódio. As experiências com crianças feitas pelo governo, a descoberta de que eles usavam o meu povo antes mesmo de invadirem nossa ilha, aquilo tudo me afetou de forma bem pesada, mas por sorte eu tinha Lótus e novos amigos ao meu lado. Sabia que depois da experiência que tive em Las camp estava mais forte mas também tinha mais ódio pelo governo, sentia que aos poucos aquela vontade de derrubar o governo para fazer um mundo melhor ia sumindo e lentamente era substituída por pura e simples vingança. Salvar meu povo e derrubar o governo parecia não ser mais o suficiente, agora eu começava a sentir a vontade de fazer os responsáveis sofrerem por aquilo que eles fizeram com meu povo.

Enquanto nos dirigiamos para a sala de Próspero Lótus parecia um pouco apreensiva. - Lótus, você está bem? Parece um pouco apreensiva… - Não gostava de a ver assim, afinal o que pode deixar um deus apreensivo. - Só um pouco preocupada com essa missão, a última invasão já foi bem problemática, podia ter uma missão mais tranquila pra vocês, mas por outro lado você precisa a aprender a viver no limite e sempre estar pronta para o pior. - Eu ficava um pouco preocupada com aquelas palavras, talvez ainda não estivesse pronta para viver no limite ou somente não queria aceitar que isso era verdade ainda. - Não se preocupe minha deusa, no máximo que vai acontecer é eu sair com algumas cicatrizes, só espero que dessa vez na hora do tratamento tenha anestesia… - A tentativa de fazer piada não seria muito efetiva, mesmo assim eu continuaria um pouco apreensiva assim como Lótus estava. - E você está melhor? - Perguntaria para Julieta após falar com Lótus. Caso a resposta fosse positiva, colocaria a mão em no ombro contrario ao que eu estava, como se estivesse abraçando Julieta e diria. - Que bom, de qualquer forma eu vou estar ao seu lado então fique tranquila que não vou deixar nada de ruim acontecer com você. - Diria com um sorriso tentando acalmar ela, caso a resposta dela não seja positiva, iria parar de caminhar e abraçar ela. - Não se preocupe, vai dar tudo certo e no final nós vamos comemorar com um vinho o que acha? - Falava durante o abraço e no final pegava em sua mão e a puxava dizendo. - Vamos acabar com isso logo para tomarmos o vinho. - Tentaria ficar com um sorriso no rosto para acalmar Julieta, eu realmente não gostava de a ver daquela forma e queria pelo menos a ver com um sorriso no rosto antes da missão, mesmo que seja um sorriso discreto.

Na sala onde iríamos receber as informações finais da missão, iria me sentar para ouvir as ordens casa haja lugar para sentar, se não ficaria em pé apoiada em uma parede ou pilas, se também não houver local para me apoiar ficaria em pé normalmente, em todos os casos cruzaria meus braços, então ficaria focada nas instruções de Próspero antes de fazer algum comentário ou alguma pergunta. E o mais importante, queria saber o que havia dentro da caixa, então essa era a única questão certa na minha cabeça e caso ele não a responda durante as instruções eu iria perguntar. - E o que tem dentro da caixa? Não gosto muito de carregar coisas que não faço a menor ideia do que são.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 22
Localização : Wars Island (North Blue)

II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Empty
MensagemAssunto: Re: II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!!   II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! EmptySab 10 Fev 2018, 15:53

Não é hora pra chorar, Porém não é pecado se eu falar de amor


Era a primeira vez que ela havia desabado verdadeiramente na frente da espadachim. - Estou melhor sim, não foi nada demais só, coisas ruins na mente.- não era como nas outras vezes que apenas tinha um desconforto, mas Mary sabia o que fazer dando uma espécie de abraço nela, as palavras eram reconfortantes, ela balançava a cabeça mas não parecia tão convincente então um abraço acontecia ali, naquele momento ela acordava, ela não estava mais sozinha no mundo. - sim vamos beber bastante vinho quando voltar da missão, dessa vez bem mais que ontem.- ela ainda parecia um pouquinho triste, mas agora o rosto já melhor.

As duas finalmente adentravam na sala de Próspero, o que estava de fato para o ponto de partida.- Muito bem moças, primeiro de tudo um mapinha.- ele jogava em cima da mesa. - essa é a planta do local, tem entradas e saídas, tudo pronto para ser usado, quanto ao que tem na caixa, acreditamos que seja um item de valor, dizem que é um diamante vermelho, sim isso mesmo um diamante, acreditasse que eles querem fazer um Masur.- ele parava pegando a planta do canhão que elas tinham roubado e mostrando pra elas olharem. -seria algo similar a isso, mas usando essa coisa como núcleo, e precisamos remover isso das mãos deles antes que tudo de errado.- ele pegava algumas coisas e colocava na mesa, pequenos itens que podiam ser necessários.

Eram duas cordas longas, um isqueiro, duas luvas simples e um pouco de óleo.-não destruam o lugar mas destruam o item já fora dele, tem muitos inocentes lá e causar tal coisa simplesmente acabaria por matar muitos. Não toquem na caixa sem as luvas ou podem ter problemas, nunca é bom correr esse risco – ele completava olhando pra as duas e finalmente apenas dando a ordem de saída ele fazia uma postura firme como sempre e se movia com uma calma sem igual. -Leonte vai dar suporte a vocês do lado de fora, pra talvez entreter as pessoas, mas não se preocupem com o exterior, bem é isso vão e tragam mais essa vitória aos revolucionários.- ele parecia tão preocupado quanto elas por dentro.

O espaço entre as duas missões tinha sido pequeno demais e ele tinha medo que talvez mandar elas agora era mesmo que uma sentença de morte, principalmente por não saber se elas tinha sido vistas e pior, e se seu rosto tivesse agora com uma recompensa? Aquilo era de fato assustador, mas ainda não deviam estar tão famosas a ponto de serem reconhecidas assim tão rápido, ou estariam? O pior de tudo era de elas nem mesmo saberem disso, ou poder se preparar pra isso. Mas agora era uma questão de apenas seguir o fluxo de onde a missão pedisse para que fossem, era a causa revolucionaria, que era simplesmente maior que a vontade do homem ali presente

Spoiler:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kerigus
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Kerigus

Créditos : 74
Warn : II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Empty
MensagemAssunto: Re: II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!!   II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! EmptySeg 12 Fev 2018, 06:25

Julieta estava melhor depois de conversar comigo, não estava completamente recuperada emocionalmente, mas parecia já estar bem para mais uma missão que faríamos juntas. Próspero mostrava um mapa do local que tínhamos que invadir o local, ter um já era um bom começo mas eu queria mais informações e ele foi capaz nos dar algumas delas. Eles usariam um diamante vermelho como núcleo do canhão que achamos a planta, talvez o diamante fosse fornecer a energia para o canhão não sabia muito bem, meus conhecimentos ainda eram um pouco limitados mas eu não gostava do caminho que aquilo estava tomando. Eu concordava que precisavamos tirar aquilo das mãos do governo, é claro que eles teriam outros diamantes daquele em outros locais, mas roubar um talvez já cause um bom dano neles, aquele diamante nao deve ser barato já que seria usado como núcleo do canhão.

Minhas suspeitas se revelaram verdade quando Próspero nos recomendou usar luvas para manejar a caixa, talvez ela contenha algum tipo de radiação nova que eu não conheça novamente eu ficava mais preocupada com tudo naquela missão. Quando ele informa que Leonte nos daria suporte pelo lado de fora da missão eu prontamente respondia. - Não esqueça a anestesia dessa vez viu hehehe!!! - Tentava uma brincadeira para aliviar o clima e também garantir que caso algo aconteça eu seja costurada com anestesia de verdade e não vodka. - Mas vamos ao que interessa… - Antes que alguém pudesse falar algo sobre a piada eu já emendava a frase para tratar das coisas importantes.

Caso com meus conhecimentos de Física eu seja capaz de eu explicar o porque não devemos tocar na caixa sem luvas eu o faria, não explicaria nenhum funcionamento, mas daria uma base do que pode acontecer com nosso corpo caso toquemos na caixa sem as luvas, não era para ser algo chato mas sim impactante de forma a todos se lembrarem que não devemos tocar na caixa. Depois seguiria para a forma de destruir, talvez destruir com fogo seja um problema por pode liberar gases tóxicos e isso fará mal para nós quando colocarmos fogo no diamante e para pessoas na volta. No caso de eu não ter conhecimento o suficiente para executar estes casos pediria para Katherine nos explicar de forma simples, se ela estiver na sala. - Katherine, você sabe nos informar o que pode acontecer se pegarmos o diamante sem luvas? Essa informação pode ser útil no caso de algum imprevisto acontecer, e outro detalhe como devemos destruir ele? Ele me parece algo perigoso e talvez destruir com fogo por exemplo pode liberar gases tóxicos como aconteceu no laboratório. - Era uma informação importante saber como destruir ele, e se o fogo faria o diamante soltar algum tipo de gás que pudesse nos prejudicar ou até mesmo prejudicar civis a nossa volta. No caso de Katherine não estar no local eu diria. - Queria saber se Katherine consegue nos falar mais sobre esse diamante, perigos de destruir ele, o que pode acontecer se pegarmos a caixa sem luvas, esse tipo de coisa para que possamos ir mais prevenidas para a missão. - Eu estava preocupada com a missão, muitos fatores ali eram problemas graves caso algo de ruim aconteça e um deles era que tipo de guarda haveria no local.

- Você me falou ontem que entraremos por uma área com acesso liberado a civis, mas la dentro o que podemos esperar de guardas protegendo o local, talvez a área de civis tenha menos guardas mas quando ao local e o caminho até o dimante? Me parece algo muito importante para eles e imagino que tenha uma quantidade razoável de guardas e pessoas bem treinadas o protegendo. - Aquilo era minha maior preocupação o que deixava minha voz com um tom de preocupação, pois quanto mais guardas houverem no local mais difícil seria entrar e sair sem causar uma grande comoção e gritaria dificultando mais ainda nossa fuga.

Caso consiga todas essas informações todos estejam prontos para partirmos, iria me afastar para conversar com Lótus. Me ajoelhando no chão e colocando as mãos sobre os joelhos e olhando a deusa nos olhos diria. - Lótus, estou preocupada com a missão, é algo muito difícil e provavelmente teremos que lidar com imprevistos, mas tendo você ao meu lado eu sei que conseguirei sair vitoriosa e superar as dificuldades. - Abaixaria a cabeça e continuaria. - Abençoe esta seguidora temerosa com as dificuldades que estão por vir. - Lótus me beijava a testa e dizia. - Seu temor é valido, problemas virão mas ira os superar, e não se esqueça o mais importante agora, você não mais tem somente eu ao seu lado, Julieta e os outros estão ali para lhe ajudar, então se precisar desabafar com eles o faça. Agora levante-se você tem uma missão para seguir. - As palavras de Lótus eram como um ar revigorante, elas não tiravam minha preocupação mas pelo menos estavam a aliviando. - Obrigada minha deusa. - Eu respondia de forma mais tranquila enquanto me levantava segurando sua mão que estava estendida para mim, e então iria me juntar a Julieta e Leonte para irmos para a missão.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 22
Localização : Wars Island (North Blue)

II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Empty
MensagemAssunto: Re: II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!!   II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! EmptySeg 12 Fev 2018, 22:24

Friends On The Other Side


A jovem, estava pronta apesar de já relembrar Leonte do que era mais importante dessa vez, levar a anestesia, uma ótima ideia visto o que tinha passado anteriormente.- Já está na mochila.- falava ele dando uma risadinha depois de ouvir, apesar de Mary não saber tudo sobre o que a caixa poderia causar ela tinha uma breve ideia mas aquilo era química e acabava fugindo um pouco dos domínios dela, então Katherine explicava.- Ela estava dentro de uma região com ácidos e outros químicos corrosivos e por isso é difícil dizer o que aconteceria se tocassem, mas no mínimo, graves queimaduras por ácido.- ela pegava uma caneta começando a girar ela na direita e começava a novamente explicar. - Sim usar fogo é uma ideia ruim ao menos lá dentro, por isso tragam ele pra base se conseguirem, mas no fim das contas não façam isso lá dentro ou terão civis feridos por todos os lados.

Ela pegava duas máscaras para o rosto delas, aquelas de medicina normais (como a que os asiáticos usam pra ir pra alguns lugares) era simples mas ajudaria a não inspirar uma substância que não fosse das piores de fato, as últimas informações eram passadas pela Katherine mesmo, ela quem tinha mais detalhes sobre a guarda assim como era quem tinha batido o local.-Ela é guardada por 2 agentes, eles são fortes, não subestimem, não há tantos para não parecer suspeito mais de 20 homens de terno adentrando pra área especial, fora os 2 agentes há os guardas normais, que são contratados pra proteger entradas e saídas, tem 20 desses.- Ela pegava a planta que estava na mesa pra poder localizar melhor pra eles, era importante que todos soubessem bem o que fariam.

-Aqui na parte da frente só terão dois, lá na área centrar terão 4, e mais 4 nos fundos, quando partirem pro subsolo, temos a área mais protegida, dois na escada, e ai a área se bifurca, tendo 3 corredores, um a direita, outro a esquerda e um pra frente, precisarão ir primeiro ao da esquerda, ao fim dele tem a chave da última porta que está com um homem chamado Daniel, ele é o cara mais forte ali, depois de derrotar ele a coisa segue mais rápido, precisando seguir o corredor do meio, onde no fim dele deverão ter os dois agentes.- terminava de explicar e respirava um pouco pra pegar um ar, depois de falar tanto e tomava um copo de água, antes de dispensar todos com um claro “Podem ir” e Mary então saia de lá e via Lotus na sua frente segurando na sua mão, a cientista que acompanhava a saída da jovem como sempre estranhava muito isso, mas de fato não havia tanto o que dizer.

Ela estava agora junto de Leonte e Julieta, todos prontos para irem pra missão, juntos com todo o equipamento necessário agora bastava que eles pudessem finalmente partir. - Então vamos nessa, mais uma missão pra nossa lista- falava a taekwondoca rindo do que já imaginava acontecer, agentes são realmente fortes, e se meter com eles em um território deles ia ser algo bem difícil de se lidar. Fora os agentes os vários guardas do subsolo. Era isso todo o problema mas, bem agora só precisavam seguir instruções.

Spoiler:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kerigus
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Kerigus

Créditos : 74
Warn : II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Empty
MensagemAssunto: Re: II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!!   II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! EmptySex 16 Fev 2018, 06:03

Aparentemente o diamante era um tipo de ácido que poderia nos causar graves queimaduras se o tocarmos sem as luvas, então era bom usá-las para não ter problemas além dos já esperados na missão. Desta vez a quantidade de guardas será maior e nossos problemas também, serão muitos até conseguirmos alcançar o guarda com a chave e ainda teremos 2 agente no final, algo ali me cheirava mal e eu tinha uma sensação de que aquela missão seria muito pior que anterior. Desta vez eu sentia que estava correndo risco de vida, o medo era algo comum desde que o governo tomou minha ilha, eu precisava me acostumar com aquela sensação, ou talvez eu nunca me acostume, somente aprenda a viver com este medo dentro de mim e seguir em frente com o objetivo sem me deixar afetar.

Eu, Julieta e Leonte seguimos para a missão, mas antes iria procurar uma roupa de inverno para usar, já que estava estranhamente frio na rua. - Fiquem sempre atentos, vamos evitar imprevistos. - Meu semblante era claramente de uma pessoa preocupada com a missão, queria que tudo desse certo e estava com um mal pressentimento com a missão. Depois de tudo que aconteceu em Las Camp eu sentia que estava mudando, sentia um ódio crescendo dentro de mim, e tinha medo que esse ódio ficasse maior que meu medo, o que podia me levar a fazer coisas imprudentes, talvez por isso eu estava tão preocupada com a missão, não queria cometer erros que pudessem causar problemas para os que dependiam de mim. Já Julieta parecia mais calma, como se estivesse ansiosa para terminar a missão logo e relaxar, aquilo me acalmou um pouco, mas aquele receio que algo desse errado ainda estava ali mesmo que não estivesse demonstrando tanto agora.

Mantendo sempre minha atenção ao que acontece a minha volta eu seguia com eles para o local da missão. - Mary respire fundo e relaxe, se você ficar assim em todas as missões vai morrer do coração uma hora hehehe… - Lótus estava certa eu precisava relaxar mais do que já estava, então puxava o ar e respirava fundo tentando me acalmar, no fim não ficou tudo bem mas eu estava um pouco mais calma, por mais que fossem simples, as palavras de Lótus sempre pareciam ter um poder sobre mim, ela sempre conseguia me acalmar ou me irritar quando precisava.

Chegando no local ficaria de olho na nossa volta e na entrada que precisávamos usar para chegar no nosso objetivo, de preferencia esperaria um momento com muita gente para entrar no meio da confusão. - Vocês acham que conseguem causar uma confusão ou chamar a atenção de alguma forma para abrir uma brecha para entrarmos? Só não se exponham muito. - Diria caso não veja uma boa brecha para entrarmos no local. Caso algum imprevisto aconteça e percebem nossa presença no local antes que possamos entrar no local, correria na direção da porta de entrada tentando bloquear tudo que for jogado/lançado/atirado em minha direção. - Rápido para a entrada! - Diria para Julieta e Leonte, o importante ali era cumprir a missão, e fugir talvez não seja uma boa ideia, pois depois tudo ficaria mais difícil e eu não queria falhar naquela missão, tinha medo só de imaginar em que o governo poderia usar aquela arma e quantas pessoas iriam sofrer com aquilo. Caso algum guarda tente me parar com um ataque acima da cintura, iria bloquear de forma a manter a lâmina virada para o lado contrário do meu corpo e a ponta da espada para baixo, então com um movimento desviaria o golpe para cima abaixando o meu corpo e passando por baixo, quando estiver terminando o movimento cortaria a região do abdome do meu adversário. Caso seja um ataque focado da minha cintura para baixo tentaria bloquear com ponta da espada apontada para baixo e afastar o golpe de forma a abrir uma brecha e executar um corte na vertical da virilha para cima tentando incapacitar o meu adversário.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 22
Localização : Wars Island (North Blue)

II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Empty
MensagemAssunto: Re: II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!!   II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! EmptySab 17 Fev 2018, 05:30

Be Prepared


Mary estava preocupada aonde o destino poderia levar ela e com razões para isso, mas como sempre Lotus a confortava sobre um futuro sombrio que esperava pôr a moça, os tempos difíceis já estavam lá, mas teria que se adaptar a tudo isso, claro que apenas vendo tudo ela aprenderia, infelizmente muitas vezes a dor é o melhor professor que pode existir, se esse era o caminho ou não bem era o que descobririam. O Mar branco de neve cobria toda a ilha durante o caminho, já estava bem alta cobrindo os solados, e deixando pegadas por onde cada pessoa pisava, claro que como a neve não parava de cair, rapidamente era coberta, não era um ambiente tão longe assim do porto onde o QG revolucionário estava situado. Ao chegar o local estava já um tanto cheio quando eles chegavam no lugar, mas nada que poderia atrapalhar, exceto que a porta que elas deveriam entrar estava com o guarda bem na frente. Mary propunha que eles fizessem uma distração quando notava que as coisas não dariam sem isso.

Leonte olhava melhor o que estava acontecendo. - Eu vou fingir um desmaio ali e que estou passando mal e pedindo ajuda, isso praticamente em cima do guarda, quando eu conseguir fazer ele afastar da porta entrem.- E ele avançava para perto do homem, enquanto as moças se aproximavam já da porta, mas não chegavam a adentrar claro, ficavam perto ali como se olhassem uma estátua que havia ali, estranhamente um macaco era a estátua… por que? Bem não se sabe, as vezes os donos pensam coisas estranhas, gosto é gosto... e esse macaco não é o foco mesmo, mas logo o médico iniciava o plano. - Alguém por favor… eu estou.- e começava a cair agarrando os ombros do guarda que acabava indo um pouco pra frente quase caindo. - Senhor eu preciso de um medi.. bleghsas.- ele vomitava em cima do guarda, colocando o peso do corpo e puxando ele, isso de uma vez. Ambos caiam e toda a atenção estava em Leonte tendo um treco no chão.

As duas aproveitando do que fora criado pelo amigo corriam par a área que deveriam em um momento veloz para que não chamassem atenção ao fazer, fechando a porta ao passar, o que estava a frente delas era uma longa escadaria pra descer, as paredes inicialmente eram barrosas, lembrando mais as de uma caverna mesmo, e a escada parecia mais algo feito a base de concreto, mas não dava pra ter certeza disso, ela então chegava ao fim da escada, havia um enorme corredor largo para sua frente por sorte ainda não tinha nenhum agente ou guarda naquela primeira parte, agora nesse primeiro corredor as paredes já pareciam mais algo construídos, e tinham um certo revestimento de metal, o chão, já o chão aqui era que lembrava mais o de uma escavação em progresso, era barro vermelho, claramente estavam a uma boa profundidade. Ali o clima estava diferente de la fora, não havia frio na verdade estava ate agradável, nem muito quente nem tão frio la embaixo.

Entretanto era de se imaginar que, se la fora frio como estava, e aqui assim, em um dia normal deveria ser muito quente, talvez infernal. Mas nada que fosse ser o foco dos pensamentos. Outro detalhe eram as luzes, haviam algumas, mas a iluminação não era tão boa, o que fazia ser bem mais escuro, reduzindo o alcance total da visão das duas, se fosse comparar, era como uma noite de lua, ainda escuro, mas com uma pouca iluminação que fazia enxergar o caminho e o que se aproximasse. -É acho que chegamos no lugar certo.- falava ironizando um pouco o que estava vendo por ali, um cenário um pouco complicado. - Você está com as plantas ai? Né?- Perguntava olhando pra ela com um certo ar de dúvida, e claro com uma ideia queria checar o ambiente antes de partir. -Vamos dar uma olhada agora que estamos aqui, pra ter melhor ideia do que fazer, e também dá uma ajuda pra andarmos mais rápido.- ela perguntava isso a Mary mas já esperava uma resposta positiva. Estava assustada com o lugar, não era bem como ela esperava, sabia que era um ambiente no subsolo.

Sim compreendia que era uma escavação e que eles tinham experimentos ali, mas o que mais poderia chocar era a escuridão, não estava na mente que seria um ambiente de pouca iluminação, aquilo tirava a tranquilidade, pois precisariam saber ainda melhor pra onde estavam indo e por que estavam.

Spoiler:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kerigus
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Kerigus

Créditos : 74
Warn : II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Empty
MensagemAssunto: Re: II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!!   II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! EmptyQui 22 Fev 2018, 01:22

O caminho até o local foi tranquilo apesar da neve espessa, neve era algo novo para mim, apesar do frio e de ter que estar com mais roupa ainda ficava um pouco maravilhada vendo aquilo. Depois de um tempo conseguimos entrar na área para civis sem problemas, mas foi aí que as coisas começaram a mudar e a missão realmente começou. Precisávamos passar por guardas, e causar uma comoção agora seria um problema pois iria chamar a atenção para nós muito cedo, era inevitável que percebessem nossa presença lá, mas quanto mais adiarmos isso melhor seria. Com minha ideia de alguem chamar a atenção do guardas, Leonte se prontifica para isso enquanto eu e Julieta nos posicionamos, tudo deu certo e Leonte parecia um ator de teatro fingindo passar mal, inclusive vomitando, o médico era bom nisso apesar de ser meio esquecido quando se trata de anestesia.

Lá dentro como Julieta havia falado precisávamos das plantas, mas antes era necessário não ficarmos muito avista, por isso antes de pegar os mapas para olhas eu falava em voz baixa e próximo a Julieta. - Vamos nos esconder primeiro e tentar não fazer muito barulho. - Me direcionava até a parede próximo a porta para a próxima parte, ficando em posição em que eu não possa ser vista, aí então pegaria os mapas para observar. O primeiro mapa era o local onde estávamos e a princípio ali era uma área mais tranquila quanto a guardas, mas ainda havia a possibilidade de funcionários ali e estes poderiam nos causar problemas.

Pelo mapa nós teríamos que virar a direita na fonte que estava a nossa frente, era bom se preocupar em não fazer barulho demais ali, pois os dormitórios eram logo ao lado e isso podia ser um problema. Antes de seguir olharia o mapa ao lado para preparar um plano, logo a direita estava a sala de segurança e ali seria nossa primeira parada, era bom inativa-la de alguma forma antes de qualquer coisa, para evitar que o alarme toque ou algo assim, ou pelo menos deixar o local vazio. No laboratório logo após a sala de segurança era onde precisávamos pegar o cartão para chegar nos outros locais. - Acho bom lidarmos com a sala de segurança antes, assim talvez possamos ter mais informações sobre o que está acontecendo no local. - Falava em voz baixa para Julieta enquanto apontava para os locais nas plantas.

Antes de ir para a área seguinte, tentava usar minha furtividade para ver se havia alguém próximo sem ser percebida e assim passarmos despercebidas, caso não haja ninguém faria sinal para Julieta vir rapidamente sem fazer barulho e passarmos para a próxima área. No caso de alguém estar passando esperaria essa pessoa passar antes de fazer o sinal para Julieta, já se a(s) pessoa(s) ficar(em) parado(as) e não se moverem faria sinal para Julieta se mover com mais cautela usando a fonte para tentar não ser vista por quem estava ali no local.

Se não for possível passar despercebida tentaria um ataque furtivo, faria sinal para Julieta me ajudar a derrubar quem estivesse ali caso haja mais de 1. Me mantendo o mais escondida possível usando as paredes e a fonte como proteção iria o mais próximo possível sem ser percebida, então usando toda minha velocidade daria uma estocada no pescoço de quem estiver mais próximo, aproveitando a surpresa caso haja mais alguém além do que Julieta atacou aproveitaria o momento de surpresa e daria o mesmo golpe no pescoço.

Caso sofra algum ataque focado de minha cintura para cima, bloqueia com minha espada e me moveria para o lado da pessoa passando por baixo braço da pessoa mantendo sempre a espada entre eu e o membro utilizado para me atacar, então daria uma estocada bem no meio das costelas, rapidamente puxando a espada e tentando uma estocada na lateral do pescoço. Se não for possível contra atacar desta forma, iria bloquear com a ponta da espada para baixo e utilizando a empunhadura daria uma coronhada no nariz seguida de um corte no pescoço, sempre tentando manter silêncio nos meus atos. Se for um ataque focado da minha cintura para baixo bloqueiaria com a espada e então completaria com um corte focado no abdômen do adversário.

Tudo dando certo era hora de seguir para a próxima área onde ficava o laboratório.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 22
Localização : Wars Island (North Blue)

II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Empty
MensagemAssunto: Re: II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!!   II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! EmptyDom 25 Fev 2018, 23:17

Guardas a vista


Mary estava mais cautelosa provável que devido aos acontecimentos do que se passou, as duas então se movendo pra uma zona de visão neutra começavam a checar as plantas com muita dificuldade, isso por conta da iluminação, mas, por fim, repassava os detalhes a julieta que acenava com a cabeça, para sim, furtivamente Mary ia invadindo o local, por sua sorte não era turno dos guardas o que facilitava sua passagem pelos corredores, ali era uma base subterrânea dessa forma todos os turnos eram extremamente bem compassados pelos homens que vigiavam aquele ambiente, dessa forma sempre seguindo ela as duas chegavam a frente da sala de segurança, agora a coisa havia esquentado muito mais do que poderia, a porta estava fechada, mas ao alto já podia ser visto que alguém tinha chegado ali, ou ao menos para o homem de dentro da sala que visualizava as coisas, felizmente ele não era um inimigo, estava amarrado lá dentro por algum motivo.

As moças tinham noção do perigo, haviam pessoas dentro daquela sala aparentemente mas o objetivo era correto subjugar quem ali estivesse, mas antes que precisassem arrombar qualquer coisa um homem com uma arma de fogo saia dali, acompanhado de dois espadachins, um deles mais esquentadinho já avançava com tudo pra cima da garota, mas ela rapidamente o bloqueava no contato rápido de lâmina com lâmina e endo o ato o homem que ali estava recuava alguns passos, mas o combate não se estendia além, ao menos não naquele instante o homem de arma do fogo então se pronunciava em mesmo momento que os dois espadachins se colocavam em posição a sua frente tentando defender ele. Deixando uma abertura ao meio para que ele pudesse por sua arma.-PRO CHÃO!! SE RENDAM E EU NÃO TOCO O ALARME.- gritava enquanto tinha a mão no que parecia um controle com botão perto do gatilho da arma amarrado.

Eles se preparavam para começar algo mas agora era uma escolha, deixar o alarme soar e ir em frente ou bolar qualquer outro plano, estava nas mãos de Mary agora. Os homens de espada eram simplesmente estranhos, ambos altos com uma media de 1,90 ou mais, e eram muito identicos, talvez iguais, ao menos a primeira vista era assim, gêmeos? Talvez, o que mais poderia ser um problema dentro de tudo isso era o alarme, se fosse soado todas as coisas se somariam ali no meio, o que eventualmente acarretaria em um evento muito mais perigoso do que qualquer coisa programada ali ao meio, claro que nunca seria de fato uma missão fácil. Mas podia se tornar pior pra elas haveria um meio de evitar aquilo? Bem agora a dúvida só avançará pelas ações das duas garotas,

Spoiler:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kerigus
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Kerigus

Créditos : 74
Warn : II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Empty
MensagemAssunto: Re: II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!!   II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! EmptySeg 05 Mar 2018, 05:16

Musica relacionada a tudo que está acontecendo.:
 

A primeira sala havia sido realmente tranquila, não havia guardas no momento então conseguimos passar por ali sem problemas, era estranho ver Lótus andando como se nada estivesse acontecendo sem precisar ser furtiva nem nada, não é como se alguém além de mim fosse capaz de vê-la, mas ainda assim era estranho. Já na outra área, uma surpresa alguém estava sendo interrogado na sala de segurança, mas não deu tempo de observar muita coisa pois os homens já saiam do local e um deles me atacava. Estranhamente eles não seguiram os ataques, provavelmente queriam nos capturar e fazer o mesmo que estavam fazendo com o homem na sala.

Estávamos em uma posição delicada com 2 espadachins e um atirador na nossa frente, os espadachins pareciam estar protegendo o atirador que devia ser o chefe ali. - O que você fará Mary? - Lótus perguntava curiosa e era uma pergunta pertinente, aquele momento era complicado com a questão do alarme eu precisava focar em rapidamente acabar com o atirador ou pelo menos tirar a arma dele. Já que somente eu era capaz de enxergar a deusa responder naquele momento talvez não fosse uma boa ideia. Eu olhava para Julieta enquanto tirava a espada da cintura como se realmente fosse me render e balançava a cabeça com um sorriso fazendo sinal de positivo. Então segurando a espada pela bainha,eu vou me abaixando, mantendo o pé direito na frente de forma a encostar somente o joelho esquerdo no chão, abaixando o braço vou colocando lentamente a espada no chão enquanto de forma furtiva usando o polegar solto a espada de forma que seja fácil a retirar da bainha em um movimento rápido. Quando estiver quase encostando a espada no chão avançaria de surpresa com toda a minha velocidade puxando a espada e atacando a mão do atirador tentando fazer com que ele não aperte o botão do alarme e solte a arma.

Caso os 2 espadachins ou somente 1 espadachim bloqueie meu ataque eu tentaria dar um chute no saco do atirador para ele soltar a arma. Se eu em algum momento perceber que o atirador vai atirar em mim, tentaria bloquear com a parte da espada mais próxima da empunhadura e o contra atacar com uma estocada bem no abdômen do atirador

Caso o atirador me ataque enquanto estou tentando fingir uma rendição tentaria puxar rapidamente a espada para bloquear o tiro dele, conseguindo ou não bloquear o ataque partiria para cima do atirador, ele era o meu foco pois estava com o alarme e eu precisava fazer ele soltar aquela arma com o controle antes que ele ative o alarme. Caso um dos espadachim tente me atacar enquanto eu fingia rendição, iria bloquear o golpe dele e me moveria para o lado tentando alcançar o atirador e executar o meu ataque planejado para caso fingir me entregar desse certo.

Se conseguir desarmar o atirador atacaria o espadachim do lado contrário de Julieta com uma estocada em sua perna direita, puxaria a espada e, no caso do atirador ainda estar vivo o atacaria com uma estocada bem no meio de seu peito e depois voltaria para atacar o espadachim com um corte na lateral de seu braço que estava do lado do atirador.

No caso de tentarem me atacar durante um desses movimentos, tentaria bloquear o ataque movendo meu corpo para o lado do oponente e desviando o golpe, então contra atacaria com uma estocada nas costelas daquele lado.

Confiava que quando eu tomasse iniciativa Julieta apesar de surpresa logo também se juntaria a mim no combate para acabarmos logo com aquilo, então deixaria o outro espadachim com ela enquanto me focava em um deles e no atirador.

OBS:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Empty
MensagemAssunto: Re: II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!!   II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!! Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
II - Escuta o meu coração, que bate no compasso da zabumba de revolução!!
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Ilusia Kingdom-
Ir para: