One Piece RPG
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» BOOH!
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 23:06

» [LB] O Florescer de Utopia III
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor Vincent Hoje à(s) 22:56

» VIII - The Unforgiven
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 22:48

» Mess in Grand Line: The Red-Haired Arrived
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor Revescream Hoje à(s) 22:33

» Vol 1 - The Soul's Desires
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 22:06

» O Samurai
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor K1NG Hoje à(s) 21:30

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor Oni Hoje à(s) 21:28

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 20:39

» Cap.1 Deuses entre nós
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor Tensei Hoje à(s) 20:00

» Julian D'Capri, das Mil Espadas
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 19:55

» Carregada de Culpa / Amanhecer em Prata
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor Adrian/Vampiro Hoje à(s) 19:28

» The One Above All - Ato 2
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 19:01

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor jonyorlando Hoje à(s) 17:47

» Cap IX ~ Esperança ~
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 16:34

» A Ascensão da Justiça!
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor K1NG Hoje à(s) 16:27

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor K1NG Hoje à(s) 15:56

» Art. 4 - Rejected by the heavens
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 15:02

» The Hero Rises!
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor Achiles Hoje à(s) 14:36

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor xRaja Hoje à(s) 14:35

» Meu nome é Mike Brigss
Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Emptypor Shiro Hoje à(s) 13:41



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Stranger Family - Wild Tide

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 10, 11, 12  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Stranger Family - Wild Tide - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Stranger Family - Wild Tide   Stranger Family - Wild Tide - Página 3 EmptyQua 03 Jan 2018, 19:05

Relembrando a primeira mensagem :

Stranger Family - Wild Tide

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) piratas Royce, Raksha e Ken Rock. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Wild Ragnar
Narrador
Narrador


Data de inscrição : 24/06/2014

Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Stranger Family - Wild Tide   Stranger Family - Wild Tide - Página 3 EmptySab 13 Jan 2018, 17:34



Uma vez que o navio pousou na água e o impacto passou pelo corpo de Raksha, seus pensamentos sobre o que havia acabado de passar seriam interrompidos por uma criatura azul fedorenta. O olfato sensível do Tigre ao captar o cheiro de bile faria com que o mesmo franzisse o nariz em desgosto. Mas nem mesmo isso faria com que o Mink deixasse de arregalar os olhos em espanto. – Está louco?! Ainda não acabou! Se segure em algo! – diria ao mesmo tempo em que liberava uma mão do leme e a usava para empurrar o tritão em direção a um dos pontos que tivesse avistado como medida de precaução (no post anterior).

– Me ajud...

A fala do tritão parecia ser interrompida por um jato de vômito que o Mink se sentiria sortudo em ter evitado se esse fosse o caso. No entanto se o jato viesse em sua reta, se abaixaria o mais rápido possível tentando evitar da mesma forma.

Se recebesse o jato, seria isso, ao invés de desfrutar a paisagem que se abria a sua frente, a Grand Line em sua imensidão, ele ficaria com a cara expressando extremo nojo, e sem conseguir se aguentar, vomitaria de volta no tritão babaca sentindo seu estômago se revirar.

“KIIIIIIIISHISHISHI! ISSO É O QUE MERECE SEU OTÁRIO!” Viria a voz mesquinha do fundo de sua mente!

Já se tivesse conseguido se desviar, olharia para o homem com cautela, esperando para ver se ele tentaria algo do tipo novamente. Uma vez que a situação passasse, apreciaria a beleza que aquela altidtude lhe permitia enxergar. “Nunca estive tão alto. Ao menos que consiga me lembrar... ver tudo de tal perspectiva constantemente... deve ser incrível ser um pássaro.”

Se ele visse o precipício se aproximando, se firmaria ainda mais. – TODOS ATENTOS! SE SEGUREM!! VAMOS DESCEEEER!!!” – Gritaria para avisar os outros, revendo novamente os lugares em que poderia se segurar caso o leme se soltasse por algum motivo. Se fosse necessário, não seria pego desprevenido e com um pisão se impulsionaria em direção ao que tivesse avistado aproveitando a própria movimentação do navio para alcançar e segurar firme.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : Stranger Family - Wild Tide - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 22
Localização : Wars Island (North Blue)

Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Stranger Family - Wild Tide   Stranger Family - Wild Tide - Página 3 EmptyDom 14 Jan 2018, 10:00

Minha vó já me dizia, se subiu tem que descer


Após o grande impacto do salto e da aterrissagem difícil, as coisas voltavam à calmaria, o barco ganhava agora mais e mais velocidade em uma rápida aceleração, o vento era duas ou três vezes mais forte desça vez, fazia os cabelos da ruiva irem para trás, antes de estar em alta o tritão saia de seu lugar e caminhava ate Raksha, que quando via que o vômito sairia desviava rapidamente do tritão que passava um pouco pra frente dele vomitando já mais pra lá, quando vomitava, o vento jogava tudo pra trás, atingindo o tigre, o maromba, e molhava o timão.

Quando a velocidade total era atingida o tritão acabava jogado pra trás, mas se segurava nas bordas antes de qualquer coisa o atingisse, ele ainda sentia uma dor razoável no estômago, mas os grandes jatos de vômito tinham parado por ali, ele subia toda a montanha em um estado deplorável, mas mantinha seu orgulho, mesmo depois de tudo isso, a correnteza não deixava de ser interessante mesmo que agora seguisse o curso correto da água, a ruiva sempre com o rosto virado pra frente olhando o mar sentia o vento forte na cara que fazia as bochechas se inflarem a primeira abertura de boca. Toretto inicialmente olhava para o vômito, o que o deixava um tanto quanto irritado, mas esquecia rapidamente quando o barco tomava velocidade, ele tinha um olhar afiado ao observar o horizonte, tão cortante quanto uma meitou bem cuidada, aquele olhar era como uma demonstração de sua estima por velocidade.

O gatuno ainda não tinha sorte com as nuvens elas eram água de novo, quem sabe um dia garoto, mas não deixava de se precaver já se agarrando melhor e providenciando a posição mais favorável a não ser lançado quando o barco chegasse ao final. Ezequiel se mantinha firme bem perto do fim do barco se segurando la lateral direita, enquanto lily estava quase de frente a ele mas na esquerda, de fato os dois foram os mais despreocupados durante toda a passagem da reverse, o mastro estava bem servido, de um lado a ruiva agarrada e do outro a sirena, ela não se preocupava tanto mais como no voo, mas ainda era receosa.


O que resumia aquela descida era muito vento e muita velocidade, já perto da base da montanha era possível ver que estavam perto do grande farol que ali ficava, ainda não dava de ver completamente quem ou o que estava lá mas saber uma media de sua distância, depois de todo esse rearranjo, era hora de parar o barco, Torreto assumia de volta o leme sozinho agora que eles chegavam na base, manobrando o barco, a parada deveria ser tranquila mas assim que eles saiam da correnteza que os empurrava, e o barco já havia perdido boa parte da velocidade, uma enorme onda de água se levantava frente ao barco. - Segurem-se!- não era um tsunami mas seria problema tico se atingisse eles, rapidamente o piloto, manobrava o barco modificando sua direção e o colocava para surfar na onda, ele adentrava na mesma, avançando rapidamente para o tubo e retirando o navio seguro do outro lado, da onda que quebrava mais a frente. - Pra o farol?.- Perguntava ele com um claro animo no rosto toda a ideia de estar pilotando em um mar tão perigoso o animava ainda mais, aquilo era estar em casa, mas precisava ter certeza antes de estabelecer o curso final do barco.

Finalmente aquela era a Grand Line, se estabelecer corretamente lá era o próximo passo, e por que não o farol? Parecia um bom começo, visto que estava próximo e não demoraria… bem não demoraria praticamente nada para chegar, entretanto, Toretto não decidia isso, não estava de fato preocupado com o rumo que iam seguir, desde que ele pudesse continuar pilotando por mais algum tempo,

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : Stranger Family - Wild Tide - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Stranger Family - Wild Tide   Stranger Family - Wild Tide - Página 3 EmptyDom 14 Jan 2018, 21:23



Tendo recebido o jato de vômito na parte de trás de seu corpo, Raksha se sentiu enojado. Se segurando firme até o fim, seu olhar para o tritão a partir desse instante não seria um apenas de desgosto, mas um de nojo e repulsa também.

No entanto não perderia a calma. Tentando controlar seu estômago que se revoltava ele não apreciou tanto a descida quanto tinha feito com os momentos anteriores, mas ainda assim sentiu um senso de satisfação quando o navio pousou no mar. “Chegamos.”

Soltando o leme vomitado e o deixando a cargo do careca, seguiu em direção a Lily e Ezequiel quando ouviu o aviso e se segurou firme para não acabar caindo no mar e ser levado pela onda. Uma vez que o perigo tivesse passado, removeria seus pertences e os entregaria a Lily – Segure para mim por favor. – Em seguidas sem maiores explicações procuraria por um balde, barril ou qualquer coisa do tipo que se colocasse água, e removendo a bota, a roupa da parte superior do corpo e se preciso a calça começaria a tomar banho se limpando.

Se não fosse possível achar água no navio, procuraria uma corda comprida e caso a achasse a amarraria em sua cintura. Em seguida correria e se jogaria no mar.

Precisava se lavar. Mesmo que ele soubesse que aquele era o mar mais perigoso de todos, não podia permanecer com o vômito do tritão em suas costas. E afinal, haviam quatro criaturas marítimas a bordo do navio, em último caso esperava poder contar com ao menos três delas.

Uma vez dentro do mar se banharia e se esfregaria até se dar por satisfeito, procurando remover a sujeira. Se houvesse tempo mergulharia e nadaria um pouco relaxando, mas se não fosse possível se puxaria pela corda em direção ao barco uma vez que tivesse terminado. – Me ajudem a subir! – Diria nesse momento.

Uma vez tendo conseguido se limpar, deixaria que o vento e o sol secasse seus pelos e suas roupas para em seguida vesti-las novamente. – Obrigado. – Diria a ex dona de bordel ao recolher com ela os seus pertences.

Olhando para o farol que se aproximava perguntaria a Ezequiel – Você parece já ter passado por aqui antes. Sabe com quem devemos falar e o que precisamos fazer para seguir viagem?

Off: Música pra demonstrar como o Raksha ficou feliz por ficar cheio de vomito dos outros nos pelos uashuashush

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ken Rock
Pirata
Pirata
Ken Rock

Créditos : Zero
Warn : Stranger Family - Wild Tide - Página 3 9010
Data de inscrição : 27/05/2015

Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Stranger Family - Wild Tide   Stranger Family - Wild Tide - Página 3 EmptySeg 15 Jan 2018, 14:15

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Finalmente toda a adrenalina da Reverse, havia passado e nesse momento a imensa correnteza de ar criada pela tremenda velocidade em que descíamos, faria meu coração acelerar a ponto de deixar minha mente em branco, sem nenhuma palavra, frase ou qualquer merda que pudesse vir em mente... parecia que eu estava apenas curtindo aquela sensação de uma nova fase em minha vida e que de agora em diante e eu teria que ser um novo homem, um homem melhor, um homem honesto, um homem com dotes perfeitos, um homem educado, um homem de etiqueta, um homem exemplar para toda uma sociedade. Esse é o novo Ken Rock, o novo homem, o novo tritão!

- Vai tomar no cu caralho, que caralho de onda foi aquela? Porra queria ter surfado aquela porra. Vai tomar no cú, vou entrar na merda desse mar e sentir o que há!

Retiraria toda a minha roupa, ficaria em pé nu com os braços abertos admirando o horizonte, soltaria um ligeiro peido e mergulharia no mar! Olharia a minha volta e aproveitaria para conhecer melhor esse novo oceano que nunca antes teria mergulhado, olharia toda a vida marinha do local e caso houvesse algum ser marítimo conversaria com eles...

~ E aew seus putos, podem ficar tranquilos que o magnifico Ken Rock chegou e a minha lenda será espalhada por todos os mares e daqui a alguns anos, se vcs não tiverem sido mortos e comidos como inúteis, escutaram o meu belo nome mais uma vez Muuhuhauhauhauha~

Continuaria a nada de forma submersa e se avistasse o tigrinho nadando, boiando tranquilamente, daria uma bela risada sarcástica e começaria a nadar em sua direção sem que o mesmo suspeitasse ou me avistasse.

“Vou dar um susto nesse puto de merda Muhauhauhauhauha, será que ele irá naquele drama paranoico de dupla personalidade, foda-se tb, não custa nada trazer um pouco de alegria ao jovem tigre!!!”

Assim em que estivesse próximo as pernas de Rag, seguraria seus dois tornozelos com as mãos e o puxaria de uma maneira bruta para o fundo do mar e assim o arrastaria para o fundo, soltaria após uma profundidade segura para o mesmo e se afastaria gargalhando da cara do mesmo.

Após a brincadeira, voltaria ao barco e vestiria minhas roupas após me secar e levaria minha mão até a minha barriga... – mas que caralho, essa porra ainda ta doendo!!... ajeitaria minhas armas e conversaria com Goratiks e Akuma!


- E aew Big G e mestre Akuma, vocês já estiveram por aqui antes não é mesmo?
... No caso da resposta tenha sido positiva continuaria com a conversa... – Então, como conseguimos ganhar a buceta de uma bela grana por aqui? Vocês sabem se algum rumor ou algo que vale a pena?

Olharia de uma maneira calma para os dois enquanto falavam. Após receber alguma informação, sendo ela positiva olharia para o mastro, onde o gatinho afeminado estaria pendurado e pediria de uma forma educada ao G... – Aew montanha de peixes, pega a porra daquele gatinho que ficou preso na árvore e o traga aqui, preciso falar com ele porra... nesse momento olharia pelo convés em busca da ruiva e do tigre, assim que os avistasse gritaria...- Yô! Seu tigre de bosta, chega ai que preciso passar uma informação séria pra vcs caralho e ruiva não vá ficar olhando pro caralho do horizonte novamente como se não houvesse o caralho do amanhã Chega mais gostosinha dos cabelinhos vermelhos!!

Aguardaria que todos estivessem juntos e repassaria a informação, da forma educada que só eu sei falar, para os outros! Afinal teríamos dividido até agora todo o caralho de informação e dinheiro até agora e não haveria o porque de eu esconder desses pau no cu o que os tritões teriam me contado.

No caso da informação se der buscar algum mapa ou maiores informações sobre tal, olharia para eles e diria... – Essa maldita parte de merda pode deixar pra mim que eu vou retirar do cu cagado de quem for!

E se possivelmente a resposta de Goratiks e Akuma fossem negativas, apenas me encostaria em meu trono e deixaria o acaso acontecer!
Histórico:
 

Dados Player:
 


Objetivos:
 

Off :
 

____________________________________________________

Legendas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Furry
Game Master
Game Master
Furry

Créditos : 62
Warn : Stranger Family - Wild Tide - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Stranger Family - Wild Tide   Stranger Family - Wild Tide - Página 3 EmptySeg 15 Jan 2018, 18:56




Royce

Fury Furry


- CHEGAMOOSSSSS-GARA. Gritaria triunfante com a  chegada e a desaceleração do navio. Começando a descer com cuidado, mesmo com as pernas tremulas pela adrenalina.

Quando estivesse novamente no convés abraçaria quem estivesse perto, fosse Cassandra, ou a Ruiva. Evitaria o tritão gigantesco, pois ele não tinha cara de ser alguém que gostava de abraços e também evitaria o vomitador por motivos óbvios.


Se fosse a ruiva:

- Muito bem feito navegadora-gara.  - Afastaria-se olhando-a nos olho e perguntaria. - Para onde vamos-gara agora?

Se fosse Cassandra.

- Conseguimos por aqueles de quem gostamos. - Sorria confiante para ela.  - E contaremos para eles quando chegar a hora. - diria ao se afastar do abraço alegre.


Ao aportar junto ao farol Royce se preocuparia em ajudar a amarrar o barco e olhar ao redor, afinal aquela era a porta de entrada para todos os piratas que desejavam partir para a GL e assim sendo era possível que as coisas não fossem tão calmas por ali.

Observaria para ver se haveriam pessoas em terra e principalmente se haviam pessoas se aproximando do navio, afinal como ladrão ele bem entendia como as coisas poderiam rumar a partir dali.


Se tivesse enxergado pessoas o jovem procuraria por navios e na falta desses chegaria a uma terrível conclusão.

- É provável que todos esses-gara tenham perdido seus barcos na travessia e agora estão ilhados aqui sem ter pra onde ir. É melhor ficar de olho no nosso navio-gara. - Olhando para o Careca completaria. - Talvez fosse até mesmo bom ancora-lo longe da terra e só traze-lo para perto quando formos partir. - era uma ideia simples, mas que poderia funcionar para evitar confusões desnecessárias.


>>><<<

Caso alguém se aproximasse do navio após terem aportado.


- Olá-gara. Sou Royce nyan e você-gara?


>>>><<<


Se o tritão puto viesse falar de alguma possibilidade de tesouro o jovem gatuno não poderia evistar ter seus olhos brilhando, pois mesmo que ouro não lhe conquistasse a caçada ao mesmo era sempre uma aventura que agitava o seu sangue.

- Nyan nyanyanyanya. - Ria balançando a cabeça enquanto concordava com o tritão em ir atrás do mapa. Uma ideia tentadora lhe passava pela cabeça, mas resolveu guarda-la para si mesmo.


”objetivos”:
 

Histórico:
 

”Dados da Ficha”:
 

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
Layla Morningstar
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador
Layla Morningstar

Créditos : 15
Warn : Stranger Family - Wild Tide - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 21/03/2017
Idade : 23
Localização : Conomi Island - East Blue

Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Stranger Family - Wild Tide   Stranger Family - Wild Tide - Página 3 EmptyQua 17 Jan 2018, 02:10

Avançando para a Grand Line



Post 5




"Se existe um começo, existe um fim, Isso é regra. Pode até ser triste, mas ficar triste só porque é o fim não faz meu tipo. Por ser o fim, é melhor bagunçar ainda mais. Assim, independente de como seja o final, podemos terminar sorrindo."” - (Dante)



A descida era fenomenal, bem mais tranquila que o salto, pensava a ruiva, o vento forte sobre a pele não incomodava, era uma sensação boa a mais pra se sentir, ela não pensava em muita coisa, mas logo ao menos que notasse estavam ao fim de tudo, a montanha tinha sido descida, todos tinham vencido a montanha, o que era o primeiro feito de cada um, claro que não era grandioso mas satisfatório.

Se o lince abraçasse a ruiva em primeiro ela teria um pequeno susto, não apreciam do normal dele, talvez a felicidade de ter sobrevivido, apenas sorriria quando ele a olhasse, estava de fato bem feliz com o resultado de tudo, era um momento de sufoco tudo aquilo. - Hora de ir pra aquele farol, acho que a ilha mais próxima, e quero mais informações sobre esse mar.- falaria ela apontando a direção do lugar que achava conveniente, ela não sabia o que poderiam encontrar por lá mas era importante ter qualquer informação extra sobre a Grand Line, pra que pudesse pilotar o navio com segurança.

Dessa forma daria as instruções para Toretto assim que possível. - Pode rumar ao farol, acho que é o melhor, navegar as cegas poderia ser problemático.- ela pensava mais em uma coisa no momento ela olharia a bússola para ver o estado dela, e se esta estivesse esquisita ela então falaria ao ver.- Tenho a impressão que nossa bússola quebrou. - se não notasse nada guardaria e seguiria para o a frente do barco para olhar um pouco mais o horizonte, ainda estaria bem bestificada com a paisagem.

Depois que aportassem a ruiva iria para a terra do faro e procurar alguém mais para conseguir informação, claro que antes observaria bem o local e voltaria sua atenção para o que fosse de principal ali, pessoas que pudessem estar por lá, e caso alguém viesse desde o momento de sua saída do barco ate ali pra quando fosse pra terra me apresentaria, se o gatuno estivesse ali e fosse se apresentar eu deixaria que o fizesse primeiro, e apenas depois que o homem já tivesse respondido o gatuno falaria. - Prazer me chamo Layla.- se sozinha me apresentaria e em volta perguntaria seu nome, não diferente do feito por Royce. - Prazer me chamo Layla, como se chama?- e em ambos os casos estenderia a mão para tal.

Em seguida depois das apresentações que fossem feitas abriria o tópico que ela estava ali pra discutir. - Você poderia me falar mais sobre esse lugar?, digo sobre o que chamam de Grand Line, eu ouvi muitas lendas mas queria saber sobre ele de alguém que está por aqui.- Ela diria isso com os olhos de certa forma cheios de ansiedade, esperando por uma resposta do mesmo, e apenas sorriria durante toda a explicação, estaria se preparando para a próxima pergunta que seria mais direcional caso não estivessem sanadas as dúvidas. - Mas e quanto a navegação, digo parece ter algo de diferente por aqui, não sei ao certo o que é mas eu sinto algo.- De faro a ruiva tinha um sentimento estranho quando estava ali, poderia ser coisa de sua cabeça ou não mas não podia arriscar as cabeças de todos por pressentimentos.

E novamente se colocaria a ouvir o que ele tivesse a dizer, era importante pra ela, mas não só isso era também um pouco egoísta de sua parte por querer sanar a curiosidade sobre a ambientação de tudo, entretanto mesmo que ela não estivesse realmente considerando o fato, isso era bom pra todos além dela, afinal se o navio não for navegado direito as coisas desandam muito rápido mesmo, queria talvez ter também uma certa segurança de si mesma sobre o que queria fazer a seguir, ela nunca foi do tipo de se jogar ao além sem se precaver… bem… é … não sempre… ela tinha feito isso a pouco tempo na montanha mas… é isso.


Citação :
Desculpem cobri uma amiga no trampo e atrasou tudo por aqui

I Am a Driver:
 

Objetivos:
 

Histórico de Layla:
 

Legendas:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Furry Family:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : Stranger Family - Wild Tide - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 22
Localização : Wars Island (North Blue)

Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Stranger Family - Wild Tide   Stranger Family - Wild Tide - Página 3 EmptyQua 17 Jan 2018, 20:16

Era enorme e imponente, uma [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Torretto rumava para o farol tranquilamente depois do curto dialogo da ruiva com o Lince que havia a abraçado ela no calor do momento, todos tinham realmente sobrevivido a reverse mountain e agora de maneira oficial, aquelas eram as águas da grand line o cemitério de piratas, as águas mais perigosas, cheirando a morte e… bem o tigre decidia tomar banho e o tritão nadar, pessoas desequilibradas de fato, antes esse fosse a decisão mais louca deles em todos esses momentos. Enquanto isso perto do momento de aportar algo era notado pôr o gatuno, pessoas perdidas por ali, algumas com roupas surradas como se estivessem ali a muito tempo e claro ele deduzia o pior, e o sensato a se imaginar. Torreto o ouvia no momento e concordava com a ideia.- É todo mundo ali com cara de fome.- e decidido isso aportavam um pouco distante, mas não demais apenas o suficiente.

Raksha entregava as roupas pra Lily e seguia com seu plano, descendo para se banhar com um e retirar o vômito, ele ia conseguindo tranquilamente sendo bem-sucedido no que fazia ate que o tritão trollador, o puxava de uma única vez, o levando pra uma área mais a fundo, ele não demorava muito pra voltar ao topo da água, enquanto o tritão se afastava nadando e rindo, pegar um tritão na água também não era boa ideia. De toda forma partindo dali, o azulão subia para o navio pra colocar as roupas de volta, não demorava tanto pra Raksha foi fazer o mesmo, ele subia e se informava com Ezequiel, que o explicava mais sobre isso. - Temos um velho no farol da velha guarda como eu, Don [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], um cara com sérios problemas com jogos, mas em fim, é preciso de uma “bússola” especial pra navegar aqui chama-se log pose.- falava ele enquanto ali no outro canto do navio nesse mesmo momento a ruiva olhava pra bússola imaginando que estava quebrada e verbalizando com Toretto. Ele ali no seu lugar ainda prosseguia a explicação. - Sem o Log Pose não temos como seguir, mas Karthus pode nos resolver esse problema, mas não de graça, ele vai pedir algo de nós pra saciar sua mania de apostas.- completava ele o que era necessário dizer sobre o caso.

No outro canto a cação luminoso com sua crista resplandecente se aproximava do grande tritão baleia, que estava calmo comendo alguma coisa… sabe-se lá que diabos era aquilo mas era verde, e do lado do grandão Akuma que levantava de onde estava sentado, aparentemente havia feito alguma de suas praticas meditativas, e assim que ouvia Ken ele vociferava. -Huumm.- e depois disso, Goratiks assumia explicando. -Não temos muita informação sobre essas coisas, passamos menos de um dia aqui, mas ouvimos um boato por aqui, estávamos bebendo com alguns pescadores perto da margem, era algo sobre um tesouro nas cavernas, mas não sabemos nada mais que isso, mas podemos procurar saber mais com pescadores.- era o que ele tinha pra dizer por ali e claro não era muito mas a informação se fazia valiosa, qualquer tesouro era lucro de fato.

Visto isso ele chamava a atenção de todos que estavam por ali os chamando, e quando chegavam ele explicava o que havia sido passado pôr o baleia, e então aparentemente todos estavam de acordo mas apenas Royce gesticulava em concordância, claro que mesmo que eles discordassem dificilmente impediriam o tritão puto de fazer alguma coisa, depois disso já perto com tudo pronto para saírem um homem se aproximava do barco, ele tinha passado pela parte rasa da água e vinha para dar as boas vindas, a forma como ele se vestia era bem diferenciada, um chapéu de maquinista preto que fazia contraste as sua longa barba branca, tinha uma pistola de um lado e uma espada do outro, e uma roupa bem diferenciada, por dentro de um casaco, eram como se fossem abotoaduras dos dois lados, Royce o cumprimentava falando seu nome, e era correspondido. - É um prazer Royce, me chame de Karthus.- E logo a bela ruiva que estava ali perto se apresentava também estendendo a mão para um aperto. Sem perder tempo a jovem vinha a pedir informação sobre especificamente sobre navegação.

Karthus dava um leve sorriso de canto de boca, ela estava de certa forma facilitando a vida dele ao perguntar, já que era o primeiro gancho para ter uma de suas presas para a diversão principal do regente do farol, apostas. Ele passava então a explicar um pouco disso pra ela. - Hum… então você percebeu não é? Bem esse não é um lugar como a maioria dos que você possa ter passado, aqui as coisas são bem diferentes, ruiva.- ele coçava a barba tirando algo do bolso e mostrando pra ela rapidamente, era uma esfera de vidro com uma agulha dentro que ficava pendurada a algo no topo similar à de uma bússola.- Vê isso? É um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], é com ela que se navega nesse mar, já deve ter notado se olhou mas veja que sua bussola deve parecer quebrada aqui certo? Sim elas não funcionam na grand line.- falava ele guardando de volta no bolso o log que estava com ele, e voltava a falar depois disso. - Note então que só terá como seguir pra próxima ilha com um desse, isso acontece por que há um distúrbio no campo magnético de todo o lugar, e para que possa ir de uma ilha pra outra o log pose precisa se “acostumar” ao lugar, quando isso ocorre ele bloqueia o campo magnético de uma ilha passando a apontar para a próxima, e isso tem que ser feito em todas as ilhas.- completava ele explicando a jovem ruiva o que acontecia com o diferente ambiente em que todos se encontravam ate por que era um mundo completamente diferente dos blues, mesmo pra Layla que havia passado por 3 dos 4 blues ate ali.

Se a ruiva ou o gatuno perguntassem a ele sobre como conseguir um daquele ou mesmo se ele venderia tal o velho responderia com muita animação. -Eu posso conseguir isso com vocês mas não procuro dinheiro, eu quero uma aposta, e o preço dela é seu navio, se perderem, se ganharem apenas lhes darei o log.- ele esperaria a reação deles e se o perguntarem o que seria ele então explicaria o que estava pensando dessa vez era um pouco diferente do que ele fazia habitualmente. - Tem uma garota, assim como você que chegou por aqui a pouco tempo, ela está querendo um barco, já que o dela foi roubado, entretanto ela também não tem um logue, será um tudo ou nada uma única luta, quem vencer leva tudo.- completava ele com uma leve gargalhada, ele nem mesmo estava pensando em ganhar qualquer coisa com isso apenas queria de fato ver o que eles fariam por o Log, era parte de amar apostas acima de tudo.

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Furry
Game Master
Game Master
Furry

Créditos : 62
Warn : Stranger Family - Wild Tide - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Stranger Family - Wild Tide   Stranger Family - Wild Tide - Página 3 EmptySex 19 Jan 2018, 10:53




Royce

Fury Furry


Olhando para a figura ‘comica’ a sua frente Royce sorriu de forma amistosa e escutou tanto quando sua distração lhe permitiu. Bussola diferente, quebrada, eu tenho. O papo complexo sobre navegação fez sua mente viajar em direção a grande construção que havia ali, aquele enorme farol e os mistérios que ele podia conter.

Seus dedos agitavam-se imaginando que tipos de coisas haveriam lá dentro e quais delas ele poderia se apropriar. O velho e Layla continuavam conversando e quando Royce voltou sua atenção para o assunto ouviu-os tratando de uma aposta.

- Ainda tenho lugar no navio, ela-gara pode vir junto com a gente-Nyan. - respondeu distraidamente ‘acabando’ com a proposta do velho. - De toda forma eu já lutei por esse navio e não vou apostá-lo. Acabamos de chegar aqui, ainda não sei se a única forma de sairmos daqui é com essa tal bussola diferente e mesmo que seja ainda não sei se o senhor é o único que pode nos fornecê-la. - daria os ombros e negociando completaria. - Talvez aja uma forma de sair daqui sem apostar. - olharia em volta analisando a situação completamente do seu ponto de vista de ladrão compulsivo. - Os outros que estão aqui parecem já não ter mais meios de apostar, sendo assim somos os únicos com quem o senhor pode se divertir e talvez seja mesmo somente o senhor que pode fornecer a bussola, mas... - não era uma ameaça, nem qualquer coisa do gênero, era apenas uma constatação da situação que seus olhos viam. - De todo modo queria aprender algumas coisas antes de partir daqui, se o senhor puder me ajudar eu aceito a sua aposta. - Sorria para o senhor, tentando aproveitar da situação para negociar algumas outras coisas além da aposta.

Esperaria o homem pensar. E então prosseguiria.

- Nas viagens tivemos problemas e por duas vezes precisamos de um médico… - Olharia para o navio, e para o ponto onde sua espada ainda deveria estar. - Um amigo meu morreu pela falta de um médico…. Gostaria de aprender o necessário para que isso não acontecesse de novo. Sei que falou que não se interessa por dinheiro… Bem nem eu na verdade, mas posso pagar pela informação, ou pelas aulas. E ai, quando todos estiverem prontos para partir e animados com a viagem que se aproxima eu aposto com o senhor.

Olhá-lo-ia com os olhos divertidos de um gato malandro que se encontrava pronto para aprontar alguma arte.

- Estamos de acordo? Uma mão lava a outra, nyan. - ele ajudaria o velho em seu vicio se este lhe ajudasse em seus desejos pessoais.


>>><<<<

Se por ventura a ruiva lhe pedisse dinheiro emprestado para suas próprias necessidades o Gatuno sorria.

- Nyanyanyanya, sim eu tenho. - Contaria 700k ficando assim com 800k para si e daria-o a Ruiva. - Pelo excelente serviço na navegação. - completaria com bom humor.



”objetivos”:
 

Histórico:
 

”Dados da Ficha”:
 

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ken Rock
Pirata
Pirata
Ken Rock

Créditos : Zero
Warn : Stranger Family - Wild Tide - Página 3 9010
Data de inscrição : 27/05/2015

Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Stranger Family - Wild Tide   Stranger Family - Wild Tide - Página 3 EmptySex 19 Jan 2018, 16:20

#06

Olharia com uma expressão particularmente confusa ao Lince, afinal que maldita expressão Nyanyanyanya seria aquela. Enfim, não estaria nem um pouco a fim de descobrir ou até mesmo perder o meu tempo com possíveis explicações!! Estaria animado pra caralho, afinal não teria que me preocupar com aqueles vermes, malditos e escrotos da marinha.

Antes de sair do navio, me dirigiria até a Cassandra e conversaria com ela... – Minha deusa do mar, infelizmente não pude segurar o sua deliciosa refeição que vc preparou com tanta dedicação! No momento irei atrás de algo e assim que retornar, prometo que comerei a sua comida novamente... levaria uma de minhas mãos até o seu rosto e continuaria... - nada me daria mais prazer do que comer um prato preparado por vc enquanto a vejo se despir diante de meus belos olhos que foram escravizados pelas sua magnífica  fruta do mar!... piscaria e desceria com o indicador do seu rosto até o seu decote.... - você é deliciosa, qualquer dia desses sua beleza irá me matar!! ...Ajeitaria o assanhado Ken dentro de minhas calças e partiria.

Sairia do navio e apenas daria uma leve encarada ao homem estranho que se nomeava Karthus, afinal não havia gostado do papo dele em apostar o navio, para ser sincero muitas respostas passavam em minha cabeça naquele momento! Mas decidiria que o restante do pessoal seria qualificado a lidar com esse monte de bosta presunçoso.

“Mas que caralhos, é só pegarem ele por trás e roupar essa maldita Long... enfim, tenho trabalho a fazer!”

Se por ventura mestre Akuma e Goratiks ainda estivessem do navio gritaria para eles... – Vamos logo porra, não tenho o dia todo e preciso da indicação do caminho.

Após alguns poucos metros caminhados, viraria para os dois tritões, Akuma e Goratiks e buscaria algumas informações úteis... – Muito bem Big G e mestre Akuma, vocês haviam dito de alguns rumores e histórias contadas pelos pescadores, certo? Vocês poderiam me conduzir até o maldito lugar, por que diferente de vocês, acredito que não iremos sair tão cedo desse caralho!

Esperaria que um dos dois tomasse a dianteira e me levasse até o local que uma vez já estiveram, caso me informasse como chegar até lá, acenaria com a cabeça de forma positiva, diria para continuarmos e assim me conduziria até ao destino informado.

Pelo caminho, buscaria conhecer um pouco mais sobre o local, observaria as estruturas das possíveis construções, os rochedos, mar, céu e até mesmo a população que poderia estrar transitando pelo local. Afinal, nunca havia estado naquele local e guardar memórias dos locais que irei viajar não seria uma má ideia, quem sabe um dia eu poderia voltar aqui e destruir essa porra de montanha e assim foder com os futuros viajantes!!

Assim que chegássemos ao ponto de investigação, olharia a min há volta e procuraria algum marinheiro ou alguma roda de marinheiro, antes disso daria algumas instruções aos outros dois não tão magníficos tritões, afinal apenas eu seria o magnífico entre todos os tritões vivos e os que ainda iriam nascer... – Muito bem vocês dois, não tenho o dia todo e muito menos a paciência igual ao merda daquele tigre monge por isso, vamos nos separar e perguntas a esses infelizes desprovidos de beleza qualquer tipo de informação referente aos tesouros que possam haver nesse caralho!!

Me separaria após a informação dada e me dirigia ao(s) marinheiro(s) mais próximo e conversaria com os mesmos .... – E aew caralho, tudo bem seus putos? Eu sei que vocês estão ocupados pra caralho e que é muito difícil essa vida de merda que vocês levam, porém eu escutei recentemente que vocês teriam informações sobre um tesouro nessa porra de ilha. Poderiam me informar mais sobre ele?  E se há algum tipo de mapa ou local que eu consiga essa porra?

Esperaria por respostas e caso não fosse nada útil, iria para o próximo e continuaria a questionar até obter a informação e se até o último homem, a procura tivesse sido inútil, iria até os meus dois companheiros de mar e perguntaria como eles estavam indo e se já teriam descoberto qualquer merda referente ao tesouro;

Na hipótese de ninguém ter conseguido nada, conversaria com eles... – Vamos rodar mais um pouco, vai que há mais um merda de pescador espalhado por ai, se não encontrarmos, vamos para algum bar ou puteiro! Normalmente sempre há informações por lá!

Andaria mais um pouco pela ilha e caso encontrasse algum homem  ou mulher que aparentasse ser um pescador, faria o mesmo questionamento realizado aos outros pescadores e se mesmo assim não encontrasse nada, perguntaria para alguém onde ficaria o puteiro ou bar mais próximo! Minha primeira escolha seria o puteiro, porem se estivesse fechado me dirigiria até o bar.

Na hipótese do puteiro, entraria no local e logo me sentaria em alguma mesa, olharia o movimento das moças de família trabalhando de forma árdua enquanto afofava o meu grandioso membro Ken Rock com uma de minhas mãos. É claro que ficaria atento a movimentação de algum bêbado que pudesse estar falando mais do que deveria.

Já no bar, sentaria em alguma mesa ou ficaria pelo balcão. No primeiro momento, não pediria nada para beber, apenas fitaria o ambiente a procura de alguém que pudesse ter informações sobre as quais teria interesse.

E se tivéssemos tido exceto com os pescadores, escutaria toda a história e pediria que fossem o mais detalhistas possíveis, não queria ter ideias divergentes sobre a realidade que possivelmente iria enfrentar.
Histórico:
 

Dados Player:
 


Objetivos:
 

Off :
 

____________________________________________________

Legendas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Layla Morningstar
Estagiário Orientador
Estagiário Orientador
Layla Morningstar

Créditos : 15
Warn : Stranger Family - Wild Tide - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 21/03/2017
Idade : 23
Localização : Conomi Island - East Blue

Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Stranger Family - Wild Tide   Stranger Family - Wild Tide - Página 3 EmptySab 27 Jan 2018, 11:07

Avançando para a Grand Line



Post 6




“Se existe um começo, existe um fim, Isso é regra. Pode até ser triste, mas ficar triste só porque é o fim não faz meu tipo. Por ser o fim, é melhor bagunçar ainda mais. Assim, independente de como seja o final, podemos terminar sorrindo.”” - (Dante)




A ruiva ouviria tudo que ele explicasse sobre aquele ambiente, cada nova informação era um adicional para a vida, que poderia salvar a todos ou condenar eles se mal executado, ele falava dos log poses um instrumento curioso, mas que não era de difícil entendimento para a moça, o mundo depois da montanha parecia fascinante, quantas terras para explorar a frente, o peito dela batia bem mais forte, as coisas pareciam rumar em uma velocidade nunca vista, foram os dias mais loucos que ela poderia ter tido. Bom talvez não…

Ela então após tudo que o homem falava diria. - Esse parece mesmo um lugar novo fascinante, mal posso esperar pra seguirmos viagem.- ela teria um sorriso bobo no rosto e os olhos demonstrariam sua expressão de fascínio por cada coisa nova que aprendia sobre esse lugar, mas ainda tinham outras coisas pendentes para resolver, ela soltaria em voz alta um pouco de pensamentos que ela carregava, por que está a tempos apenas vivendo com 30.000 beris aliás, apenas a sorte dela a manteve com comida, que em sua maioria das vezes foi dada ou paga por alguém, como em kuro em conomi, o que de fato a fazia refletir como resolveria suas coisas por ali, com um certo âmbito de dúvida diria. - como vou conseguir dinheiro pra fazer minhas coisas? Acho que poderia pedir emprestado, será que algum deles tem dinheiro?- se perguntava pensativa, se o felino se oferecesse pra dar algum dinheiro ela aceitaria.

Seus olhos iam se encher de alegria quando ouvisse ele dizendo isso, pegaria o dinheiro abracando ele. -Obrigada, obrigada, obrigada, fico te devendo esse gatinho.- e daria um beijo na bochecha dele então partindo para procurar o que lhe interessava um professor pra lhe ensinar algumas coisas importantes, acrobacias, e furtividade, coisas que ela imaginava poderiam ter ajudado bastante nos últimos tempos em que viveu combates, desde conomi ate mesmo no próprio salto do zeppelim, ela sabia que tinha que se aprimorar em combates além de seu ofício principal, mas quem poderia ensinar ela, bem na verdade era um pouco presunçoso pensar dessa forma entretanto, era a primeira coisa que vinha na cabeça “Gatos são bons com saltos né? Tem fama de furtivos” falaria ela procurando o velho Ezequiel, além disso outro detalhe passava na mente dela, imaginava ele com um quadro-negro e uma varinha apontando partes no quadro, a aparência sabia que ele passava pra ela era o fator de escolhas.

Apesar de que seu cérebro não deixava de fazer ela imaginar sempre alguns detalhes sórdidos, como eles se coçando ou soltando bolas de pelos, o que dava a fazia dar um leve riso quando pensava sobre isso, ela gostava de minks em geral, principalmente por que eles lembravam Tork, que era uma das poucas memórias doces de seu passado, eles passavam uma boa energia positiva pra ela, então o próximo passo era se aproximar de Ezequiel, ela caminharia para com o mink, os olhos estariam pidões e bem grandes olhando pra cima bem focada nos olhos do leão, encheria o peito e o perguntaria.- Você entende de acrobacias? Se você puder me ensinar, eu tenho algum dinheiro. - e mostraria 500 mil beris que teria recebido do lince pra ele, afinal ainda precisaria dos outros 230 pra necessidades específicas, os pés estariam inquietos esperando a reposta, ela apoiava um pé no chão firme enquanto com o outro dava leves chutinhos com o bico da bota no chão do barco, por dentro da bota ela contrairia os dedos os mexendo constantemente, era parte de sua impaciência. Com as mãos ela ficaria estalando os dedos da direita com auxílio da esquerda as duas na altura do umbigo enquanto ela trabalhava no trabalho de estalar eles.

Se ele aceitasse ensinar, o pagaria agradecendo e iniciando todo o aprendizado, tentaria fazer o que ele dissesse afinal precisava aprender aquilo, e seria de importância valida pra tudo que viria a seguir, ela sabia bem que agora sim que as coisas iam ficar apertadas, tudo ate ali nada mais era que um treino para o que vem adiante, os inimigos ali deviam ser extremamente mais poderosos, e isso não era o único problema, muitas coisas deviam ser melhoradas ainda, inclusive sua própria resistência, entre outras coisas, queria ficar mais forte, esse era o ponto.


Citação :
chegando de viagem e o post chegando junto

I Am a Driver:
 

Objetivos:
 

Histórico de Layla:
 

Legendas:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Furry Family:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : Stranger Family - Wild Tide - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Stranger Family - Wild Tide   Stranger Family - Wild Tide - Página 3 EmptyDom 28 Jan 2018, 00:39

O susto foi grande quando o tritão o tornou alvo de uma brincadeira. Ao subir ele conseguia sentir sua calma se esvair e vendo o ser azul se afastando rindo pensou que aquela era a gota d’água, ensinaria uma lição a ele. No entanto assim que o pensamento passou por sua mente o felino percebeu que se encontrava em um estado perigoso. “Expulse tudo do seu coração e se acalme. O mundo externo é definido pela percepção, e a percepção muda a medida que o estado mental do ser muda.”

Repetindo essa frase mentalmente várias vezes enquanto nadava, ele se acalmou novamente e logo começou a se recordar de tudo que havia acontecido desde Las Camp até ali, desde que havia se separado de Vovê Geen. Boiando na superfície da água ele refletia sobre o que faria dali em diante e as consequências disso. “Sou um procurado agora. Fugitivo. Mas prestígio e fama, vergonha e humilhação, tudo isso são meros rótulos do mundo material. Já que não são uma parte de mim, porque deveriam abalar meu coração?”

Já no navio, completamente tranquilo, conversava com Ezequiel no momento em que aportaram no farol, e para sua surpresa, mal o velho Leão falava sobre o Dom Kartus, e o homem já aparecia os recebendo na ilha e fazendo uma proposta de aposta.

“Suponho que aquelas pessoas sejam as que perderam tudo nesse jogo dele.” Ao contrário da afinidade que sentira com Ezequeil logo de cara, sentia que esse Kartus não era uma pessoa boa, com quem deveriam se envolver mais do que o necessário. No entanto antes que pudesse falar algo, Royce tomava a dianteira e pelo que parecia, elevava o nível da aposta.

“...”

Ele estava prestes a falar com o Leão sobre os revolucionários, tráfico de escravos, Casa do Amanhecer e tudo que ficou pendente já que acreditava ser aquele o momento ideal, mas camarão que dorme a onda leva, e quando virou para dizer algo, a navegadora ruiva já estava ali falando um monte.

“...”

Apesar de observar a construção imponente a sua frente, a verdade é que após ter vivenciado a Reverse Mountain, era difícil ficar impressionado com o Farol. Como não queria se envolver naquela aposta maluca se virou para Lily – Vou conhecer e local e comprar algumas coisas que preciso. Seria bom adquirir mais algumas informações também. Quer vir junto?

Em seguida desembarcaria com a lança em mãos se encaminhando para a área movimentada onde pudesse ter um mercado, prestando sempre atenção em seus pertences para não ser alvo de um mão leve. Caso fosse fácil avistar as lojas que procurava, entraria em uma delas – Vocês tem um relógio para vender? E um mapa local? E um logpose?

Mais e mais ele se sentia incomodado com o fato de perder a noção do tempo as vezes, e o primeiro passo para acabar com isso era adquirir um relógio. No entanto se não fosse fácil de achar, o Tigre perguntaria aos pedestres com educação. - Com licença, pode me informar onde tem uma loja de acessórios aqui?

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Stranger Family - Wild Tide   Stranger Family - Wild Tide - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Stranger Family - Wild Tide
Voltar ao Topo 
Página 3 de 12Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 10, 11, 12  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Ilusia Kingdom-
Ir para: