One Piece RPG
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Os 12 Escolhidos, O Filme
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 05:24

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Wesker Hoje à(s) 03:53

» Jade Blair
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Kylo Hoje à(s) 03:42

» Seasons: Road to New World
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 02:26

» The Victory Promise
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Akise Hoje à(s) 00:33

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Fukai Hoje à(s) 00:27

» Kit Phil Magestic
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 22:25

» 10º Capítulo - Parabellum!
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Marciano Ontem à(s) 22:12

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Achiles Ontem à(s) 21:59

» II - Growing Bonds
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor War Ontem à(s) 21:36

» Xeque - Mate - Parte 1
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Ceji Ontem à(s) 21:20

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Fran B. Air Ontem à(s) 19:58

» Livro Um - Atitudes que dão poder
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Quazer Satiel Ontem à(s) 18:28

» Galeria Infernal do Baskerville
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Blum Ontem à(s) 18:16

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Blum Ontem à(s) 17:48

» Hey Ya!
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 17:25

» Blackjack Baskerville
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Baskerville Ontem à(s) 17:21

» Cap. 2 - The Enemy Within
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 16:07

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Skÿller Ontem à(s) 16:07

» Mini-Aventura
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Emptypor Akaza Ontem à(s) 16:03



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Empty
MensagemAssunto: A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial   A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 EmptySeg 25 Dez 2017, 16:55

Relembrando a primeira mensagem :

A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial

Aqui ocorrerá a aventura do(a) marinheiro Laith Kinder. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
GM.Midnight
Tenente
Tenente


Data de inscrição : 27/04/2010

A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial   A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 EmptyTer 02 Jan 2018, 02:04




The ache of my pain


Dessa vez os ataques haviam sido mais firmes, decisivos, e traziam o resultado que Laith desejava, em pouco tempo via seu corpo se mover com fluidez enquanto a kunai era lançada, esquivada e em seguida o próprio marinheiro se esquivava de uma martelada em sua direção, tendo como resposta o corte fundo da ninjaken contra o oponente.

O soldado já se preparava para atacar novamente, mas a voz do terceiro o fazia parar, assim o rapaz ia aos poucos indo para trás e pegava a kunai, por fim guardava a espada e parava por um momento, mesmo que estivesse com raiva do outro pelo ferimento, talvez fosse manter as boas relações para algum problema no futuro. Sendo assim, o ruivo se virava para o outro ruivo e se aproximava um pouco dando um falso sorriso. – Foi uma boa luta Phill, obrigado, espero que possamos estar juntos em outras missões, e desejo a melhor sorte na sua próxima avaliação.

Dito isso o ninja se retirava do local e seguia o tenente, indo em direção à uma outra sala no prédio, ao adentrar notava o ambiente bem diferente do anterior, agora haviam quadros e mobília, um típico escritório de alguém de alta patente no local.

“Bom, agora deve vir todo o mimimi de condecoração e ai poderemos ir para o que realmente interessa”

O rapaz dava alguns tapas em sua roupa  para tirar o pó e sem delongar se sentava no sofá, esperando a palavra do tenente.






histórico:
 
ao avaliador:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Boreal
Pirata
Pirata
Boreal

Créditos : 4
Warn : A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 19

A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial   A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 EmptyTer 02 Jan 2018, 19:46

- Foi uma boa luta Phill, obrigado, espero que possamos estar juntos em outras missões, e desejo a melhor sorte na sua próxima avaliação. - Dizia o jovem aspirante a sargento Laith, se despedindo do adversário no teste, que não respondia talvez por vergonha, e seguindo junto do tenente Cruzis pelos corredores do QG da Marinha.

Ele contemplava que aquele era um lugar realmente grande, com vários corredores, salas, e diferentes deparamentos. Até tinham que subir uma escada para chegar a sala do tenente, que tinha toda uma organização(que eu já citei antes), e também uma janela que dava de frente para a entrada principal do QG, é claro que alguns metros a cima.

Cruzis se sentava em sua cadeira e Laith no sofá, e o tenente então recolhia alguns papeis lendo-os rapidamente, até se voltar de novo para o habitante do céu. - Soldado Laith, você sabe porque veio para Loguetown. - Ele mostrava um papel com vários informações e uma escrita grande em negrito no topo "A Corte". - A Corte, uma organização que nossas centrais de inteligência ainda tentam descobrir se tem alguma ligação com revolucionários, ou se tem intenções simplesmente terroristas, de adquirir dinheiro com sequestro, movimentação no submundo... Enfim... É uma organização muito maior do que devem ter lhe passado antes. Aqui em Loguetown existe apenas a sede principal do East Blue, e ao que parece existem outras células pela Grand Line também. - Ele buscava em meio aos papeis um envelope, e ao achar, se levantava, indo na direção de Laith. - Agentes em treinamento descobriram a localização e algumas informações acerca do grupo aqui em Loguetown, e sua missão será totalmente intrusiva. Além do resgate do filho daquele nobre, Cedric, como você já sabe, também preciso que você se esforce ao máximo para prender o líder da organização aqui no East e trazê-lo para interrogatório, se possível. E, por recomendação da Marinha de Shells Town, o responsável pela missão será você agora como... Sargento Laith. - Ele entregava o envelope nas mãos do Kindle, prosseguindo a falar. - Aqui tem todas as informações que vai precisar, sargento. E você precisa escolher um grupo de 2 ou 3 soldados para lhe acompanhar. Alguma dúvida? - Cruzis nem terminava sua pergunta e lembrava de outra coisa. - E a proposito... Passe no setor de uniformes antes para requisitar a produção de seu novo uniforme, com direito a algumas características diferentes que irão lhe explanar melhor por lá.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 61
Warn : A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial   A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 EmptyTer 02 Jan 2018, 22:32



La Black Rose


The ache of my pain


Após muito tempo, a situação finalmente vinha aonde Laith queria, agora poderia ter acesso às informações da Corte, e além disso poderia desfrutar de certos privilégios como sargento, o que tornaria também a sua caça pelos traidores um pouco mais fácil. O sargento então continuava a ouvir as informações do tenente, enquanto ia processando com as que já possuía, além das sobre combate dos terroristas.

“ Pelo jeito o buraco é bem mais embaixo do que eu pensava, isso está me cheirando muito a obra deles, acho que vou acabar me dando bem nessa história.”

O marinheiro ouvia o resto que o tenente tinha a dizer e se levantava quando o superior vinha em sua direção, pegando o envelope e observando o mesmo sem o abrir, esperava o outro terminar de falar e pensava por um momento nas opções que tinha a respeito do time. – Tenente Cruzis, faz pouco tempo que eu estou em Loguetown, portanto sei pouco a respeito dos marinheiros daqui, já tenho um nome em mente, mas gostaria de sua indicação para dois soldados com o seguinte perfil. O sargento dava uma pausa para então segurar a carta com uma das mãos, deixando a outra livre. – Procuro algum soldado que tenha uma boa habilidade com disfarces ou uma notável discrição, e procuro também algum que bem..tenha uma certa fama por estar sempre frequentando jogos e bares, alguém que tenha contatos sabe ? Esperava então que o superior respondesse e logo daria sequência.

- Pela minha experiência em combate contra A Corte, eles são pessoas com um bom treinamento, em especial na arte de assassinato, são rápidos em ação e tem um ótimo assalto, mas em termos de combate de longa duração não são tão bons, entretanto  por terem um bom estrategista, com certeza eles não devem ter deixado Cedric em um lugar qualquer, deve estar extremamente bem protegido, sugiro que eu faça uma infiltração junto de um dos soldados, enquanto um alvoroço é iniciado por dois marinheiros, eu e mais um iremos já estar lá dentro, resgataremos Cedric, e iremos dar um jeito de prender o líder deles no meio da bagunça, aproveitando o elemento surpresa como vantagem. Peço sua aprovação e opinião sobre o plano.

Após a requisição, esperaria a opinião do tenente e após recebe-la faria uma contingencia se retirando do aposento, indo então pelo local nos corredores, seguindo as indicações que houvessem pelo caminho, e se não houvessem perguntaria para o primeiro soldado as direções para o setor de uniformes e o arsenal, e ao chegar no setor de uniformes se dirigia ao atendente.

- Com licença, vim sobre indicação do tenente Cruzis, sou o sargento Laith, ele me disse que eu poderia encomendar aqui o novo uniforme.

Esperaria as indicações a respeito do novo traje e em seguida faria mais uma pergunta.

- A propósito, poderia me informar aonde os soldados costumam se reunir? Estou procurando por alguns deles e se soubesse o lugar, seria muito mais fácil.

Após o pedido, o assassino se retiraria dali e iria em direção ao Arsenal, aonde iria até o atendente.

- Sargento Laith se apresentando, gostaria de requisitar uma nova ninjaken, a minha já está um tanto desgastada.

Depois de retirar a arma, iria para algum lugar mais quieto e com certa privacidade aonde abrira o envelope sobre A Corte, lendo atentamente as informações ali explanadas, em seguida iria para o local de reunião dos marinheiros como indicado, se tivesse sido indicado, caso contrário iria para a recepção do Quartel General, onde pediria que informassem aos marinheiros indicados pelo tenente e para Phill, que o sargento estava os convocando.





H i s t ó r i c o

-Ganhos: Perícia(Anatomia Humana), Péricia(Toxicologia), Kunai(Lv 1), rank marinha(sargento);
-Perdas: -x-
-Posts: 11
-Relações com personagens: Mitrir, médico marinheiro (navio rumo à loguetown), tenente Spark(navio), Phill(soldado ruivo, com martelo), Tenente Cruzis
- Posts até Loguetown: 05/05.

Créditos a @[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Boreal
Pirata
Pirata
Boreal

Créditos : 4
Warn : A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 19

A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial   A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 EmptyQua 03 Jan 2018, 02:34

- Tenente Cruzis, faz pouco tempo que eu estou em Loguetown, portanto sei pouco a respeito dos marinheiros daqui, já tenho um nome em mente, mas gostaria de sua indicação para dois soldados com o seguinte perfil. - Dizia Laith ao tenente, segurando o envelope em uma de suas mãos. - Procuro algum soldado que tenha uma boa habilidade com disfarces ou uma notável discrição, e procuro também algum que bem..tenha uma certa fama por estar sempre frequentando jogos e bares, alguém que tenha contatos sabe?

- Eu irei pedir a algum oficial que selecione então pessoas com este perfil, sargento. Creio que já tenha algo em mente quanto aos métodos que usarão, correto? - Questionava Cruzis, largando um sorriso de canto de rosto em meio a sua expressão.

- Pela minha experiência em combate contra A Corte, eles são pessoas com um bom treinamento, em especial na arte de assassinato, são rápidos em ação e tem um ótimo assalto, mas em termos de combate de longa duração não são tão bons, entretanto por terem um bom estrategista, com certeza eles não devem ter deixado Cedric em um lugar qualquer, deve estar extremamente bem protegido, sugiro que eu faça uma infiltração junto de um dos soldados, enquanto um alvoroço é iniciado por dois marinheiros, eu e mais um iremos já estar lá dentro, resgataremos Cedric, e iremos dar um jeito de prender o líder deles no meio da bagunça, aproveitando o elemento surpresa como vantagem. Peço sua aprovação e opinião sobre o plano.

- Penso que este possa ser um ótimo plano, sargento. Ainda mais com as informações que já temos. Mas gostaria de enfatizar que precisamos do líder deles VIVO. Segundo os agentes, ele é um nobre, com grande influência tanto no plano econômico do East quanto no sub-mundo, mas não temos como dar voz de prisão direta a ele, pois sempre dá um jeito de passar a culpa a outro. Por isso precisamos dele aqui para termos mais informações e fazer ele confessar. - Estando tudo combinado, Laith então bate uma continência e sai da sala, mas não sem antes ouvir as palavras do tenente. - Eu irei passar as informações deste caso para o Tenente Spark, reporte então a ele. Ele também buscará a equipe que solicitou. E tente manter essa missão em segredo para a maioria dos marinheiros. Passar bem. - E então Cruzis fechava a porta de sua sala, enquanto o novo sargento descia as escadas em direção ao setor de uniformes, que logo encontrava.

Passando pela porta com a indicação do local, ele encontrava uma mulher loira, em seus 40 anos, bem vestida, com o cabelo preso em um coque. - Com licença, vim sobre indicação do tenente Cruzis, sou o sargento Laith, ele me disse que eu poderia encomendar aqui o novo uniforme.

- Ah sim, ele avisou que viriam novos sargentos ainda hoje provavelmente. - A mulher respondia, com uma voz doce e serena.

Ela pegava uma fita métrica e então começava a medir cada parte do corpo de Laith, desde sua circunferência abdominal, até tamanho dos braços, pernas, largura da caixa torácica, entre outras partes, anotando todas as informações em um papel em cima de sua mesa. Fazia algumas perguntas sobre preferências do oficial quanto ao uniforme, e também anotava tudo. Por fim, perguntava o nome do garoto, e anotava como Laith. Agradecia, e saia por uma porta atrás delas com os papeis que havia anotado em mãos, dizendo que ele seria avisado quando ficasse pronto, mas que não deveria demorar, e o sargento deixava aquele local também, já tendo perguntado um local onde os soldados costumam se reunir e sendo informado sobre o refeitório do QG.

Laith então ia até o Arsenal de armas, que era logo ali ao lado, e um marinheiro comum, de cabelos negros e farda, o atendia perguntando o que ele desejava. O habitante do céu requisitava uma nova ninjaken, e acabava tendo que deixar sua antiga ali, recebendo uma arma novinha.

Ele deixava o local e então se encaminhava até o refeitório, vendo uma certa movimentação de marinheiros que comiam o lanche da tarde, pão com carne e suco de laranja, outros que só conversavam, e outros até que jogavam truco. De toda forma ele ia para uma mesa afastada, sem ninguém, e então abria o envelope.

Dentro do envelope haviam, a princípio, várias fotos de um local que aparentava ser próximo a costa, mas não necessariamente do porto. Era um prédio de 3 andares, com uma faixada de lavanderia, com um beco logo ao lado. Havia também uma saída aos fundos que poderia ser acessada pelo beco, mas aparentemente a porta só abria pelo lado de dentro. No primeiro andar haviam janelas apenas na frente, com vitrines mostrando os tanques de lavar, e uma janela logo ao lado da porta dos fundos, que aparentava ser escurecida, de forma que quem estava de fora não visse quem estava dentro. No segundo andar mais janelas, mas sem tanta visão para dentro, de todos os cantos, e no terceiro só haviam janelas nos lados e nos fundos. Haviam também alguns desenhos explicando as estruturas que haviam em volta(vou colocar o desenho depois do post), e o endereço especificado do local.

Além dessas coisas, alguns registros de atividade "estranha" de pessoas entrando durante a noite, mas nada muito relevante.

O que chamava mais a atenção era o último papel, praticamente uma ficha de um rapaz de cerca de 20 anos, cabelos e olhos castanhos, com uma aparência muito encantadora, do qual Laith parecia ter alguma lembrança, mas ele não conseguia dizer de onde, mas sabia que aquele rosto o remetia a Rosa Negra. Na ficha algumas informações sobre esta pessoa, Yuri, sobrenome desconhecido, dizendo sobre a influência que ele teria em companhias de transporte pelo East Blue, tanto de cargas quanto de pessoas, e de como ele atualmente estaria ajudando a "tia"(sim, até na própria ficha esta palavra estava entre aspas) que era dona de uma lavanderia. Também se dizia sobre possível influencia com tráfico de escravos, ações terroristas, SEQUESTROS DE NOBRES. Isso tudo escrito impresso, junto de algumas colagens de matérias do jornal dizendo sobre o garoto prodígio que tinha conhecimentos de empreendedor, de ações beneficentes, jantares, e mais outras ações promovidas por ele. Além disso, logo atrás, algumas coisas escritas a mão, de caneta, dizendo sobre ele ser o líder da sede da Corte no East Blue, citando casos em que tentaram pegar ele mas nunca conseguiram provar nada. Havia também, mas não menos importante, uma única foto de Cedric, identificado com seu nome a caneta atrás das fotos. Era um material ao mesmo tempo que complexo, vago.

Imagens:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 61
Warn : A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial   A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 EmptyQua 03 Jan 2018, 10:30



La Black Rose


The ache of my pain


Sentado no canto do refeitório, em uma mesa mais reservada, o sargento começava a vasculhar as informações contidas no envelope, a cada linha que lia, um sorriso ia se desenhando no canto de sua boca, não de alegria, mas de excitação, prazer em sentir uma nova caça se aproximando, podia sentir a tensão que pairava na vontade de acabar com aqueles inimigos e ter sua revanche da última vez, mas uma foto fazia-o abrir ainda mais o sorriso.

A última foto do pacote de informações era de alguém que vagamente era o familiar, mas ele sabia de onde era familiar, Rosa Negra, o rapaz então apoiava os ombros na mesa e deixava as mãos entrelaçadas tamparem um pouco o sorriso doentio escancarado no rosto, com certeza estava mais perto do que pensava, uma parte de seu sonho estava mais próxima do que imaginava, apesar de alguns empecilhos no caminho.

Segundo o tenente Cruzis, o capturado ainda deveria ser interrogado, um grande problema, pois se ele identificasse o sargento, e provavelmente iria, acabaria confessando a existência da Rosa Negra e de seus feitos, mesmo sabendo que isso seria sua morte, ao mesmo tempo que a prisão de Laith, ou seja, deveria captura-lo ao mesmo tempo que garantindo sua morte antes do interrogatório, não tinha outro caminho a não ser esse.

“Vou precisar desse marinheiro com contatos, ou então essa missão vai demorar mais do que eu pensava, com certeza alguém desse ramo deve vender algum veneno ou substancia que cause a morte dele sem ser instantânea, vou precisar de um intervalo também para fazer isso, tenho que conseguir essas coisas antes da missão.”

Os dedos do marinheiro passavam agora por outros papeis, principalmente sobre os relatórios de atividades relacionados à Yuri, assim como da organização, jantares beneficentes, transporte de civis e de mercadorias, tudo isso parecia uma boa fachada para assegurar planos piores do que pareciam, talvez de fato não houvesse nenhuma ligação com os revolucionários, mas se tivessem, já seria uma boa ajuda garantindo a execução dos que estavam ligados com o possível Kinder.

“Há um galpão próximo daquela organização, é para lá que levarei o desgraçado e vou mata-lo, mesmo que isso venha com alguns problemas junto, bem, nada que eu não possa dar um jeito.”

Por fim, o sargento olhava para a planta do local da invasão e observa-a com atenção, não conseguia determinar exatamente o melhor acesso para fazer isso, mas sabia que se estivesse lá dentro, seria mais prático sair pelos fundos, enquanto outros marinheiros iam pela frente, não conseguia também adivinhar exatamente aonde estaria o líder, afinal haviam dois andares aparentemente bem protegidos, não tinha jeito, teria de ver com seus próprios olhos.

Laith guardava todas as informações dentro do envelope e se levantava, passando apenas no refeitório para se alimentar, comia calmamente seu alimento repassando alguns pontos do plano em sua cabeça e após isso se retirava dali indo então para a recepção. – Com licença, poderia me dizer aonde o tenente Spark se encontra? Caso tivesse a resposta, seguiria ao lugar indicado, caso contrário seguiria para o porto, procurando pelo navio da marinha vindo de Shell Towns, e quando o encontrasse se dirigiria ao mesmo saudando-o com uma continência.

- Senhor, vim a mando do tenente Cruzis a respeito da..missão especial que foi designada a mim. O marinheiro falava a última parte em um tom mais baixo, audível aos dois, para manter o tom de sigilo sobre o assunto.





H i s t ó r i c o

-Ganhos: Perícia(Anatomia Humana), Péricia(Toxicologia), Kunai(Lv 1), rank marinha(sargento); Ninjaken(Nível 2); Uniforme Marinha(Sargento)
-Perdas: Ninjaken (Nível 1)
-Posts: 12
-Relações com personagens: Mitrir, médico marinheiro (navio rumo à loguetown), tenente Spark(navio), Phill(soldado ruivo, com martelo), Tenente Cruzis
- Posts até Loguetown: 05/05.

Créditos a @[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Boreal
Pirata
Pirata
Boreal

Créditos : 4
Warn : A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 19

A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial   A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 EmptyQua 03 Jan 2018, 23:50

Logo após ler todas as informações que possuía sobre o caso que lhe era designado, Laith guardava os papeis novamente no envelope, enfiando este dentro de suas roupas para guardá-lo consigo. Ele seguia até um marinheiro que entregava o lanche da tarde, um belo pão recheado de carne, e um copo descartável com suco natural de laranja.

O Kinder degustava a refeição enquanto voltava a passar o plano que tinha em mente em sua cabeça, se perdendo por alguns instantes ao reparar que aquela refeição era muito bem preparada e gostosa. A carne estava bem cozida e o pão fresco, além do suco ser claramente extraído na hora. De toda forma, tendo terminado de comer, ele saia do refeitório em busca do tenente Spark, e por sorte topava com ele descendo as escadas do Quartel General.

- Senhor, vim a mando do tenente Cruzis a respeito da..missão especial que foi designada a mim. - Dizia Laith, logo após bater uma continência para o superior.

- Sim, sim, ele acabou de conversar comigo sobre isso. Mas eu ainda preciso ler o conteúdo do envelope que ele me entregou. A explicação que me deu foi bem por cima, disse que aqui teria tudo que precisasse. - Ele mostrava um envelope parecido com o de Laith, talvez um pouquinho maior, com um diferencial de ter um carimbo da Marinha e um outro, menor, escrito "confidencial", guardando-o logo em seguida. - Podemos ir para um lugar reservado, Laith?

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 61
Warn : A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial   A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 EmptyQui 04 Jan 2018, 00:29



La Black Rose


The ache of my pain


Ao olhar o envelope, pelo menos Laith tinha a confirmação que de fato o tenente estava envolvido, e de certa forma isso poderia ser um problema, teria que ter um intervalo exato entre as ações do tenente e seu plano de assassinato. O sargento então concordava com o plano com um manejar da cabeça e seguia até o local reservado, onde esperava o superior abrir o envelope e observar os dados a respeito da missão.

- Senhor, como pode observar, se trata de uma organização maior do que pensávamos e que possuía uma ótima organização aqui no East Blue, sendo sincero, acho que se agirmos sem uma prova firme da ligação do nobre Yuri e  da organização com o submundo ou o exercito revolucionário, podemos acabar com grandes problemas, por isso , gostaria de apresentar o meu plano.

O ruivo esperaria pela aprovação do tenente e seguiria então a conversa, caso contrário ficaria quieto escutando o que o outro tinha a dizer.

- O tenente Cruzis deve ter falado ao senhor sobre o meu pedido a respeito do perfil dos membros do grupo não? Pois bem, planejo conseguir adentrar dentro da rede de contatos da organização e saber sobre ela intrinsecamente, ou seja, eu e o marinheiro bom em disfarces iremos nos infiltrar dentro da organização para sabermos como as coisas estão lá dentro e de uma forma de provar a culpa da organização, ao que tivermos essa resposta, e isso não deve durar mais que alguns dias, daremos inicio à fase dois do plano.

- A fase dois é uma fase de violência, com a ajuda de mais dois marinheiros e possivelmente um grupo de mais soldados, eles irão invadir a organização com um mandato de prisão do nobre, iremos então abordar ele no meio dessa bagunça e captura-lo, aproveitando a saída dos fundos para conseguirmos sair melhor do local, após isso iremos direto para o QG. Claro, que vamos manter em mente prender o terrorista, capturar Cedric e com o menor dano possível. Quanto à dentro do prédio, eu mesmo me encarregarei de Yuri, enquanto o outro marinheiro irá resgatar Cedric, e vamos nos certificar que não ocorra um erro sequer.

Laith buscava transmitir em sua face uma expressão de esperança e confiança, obviamente escondendo um sorriso e uma vontade maníaca de rir sobre os falsos planos, os verdadeiros, ao contrário, continham a meta de matar Yuri qual fosse o preço e ainda sim manter as relações com o Governo, mesmo que isso significasse sacrificar algumas vidas.

- Gostaria de sua opinião e aprovação tenente, e se possível, que já me apresentasse o meu time.





H i s t ó r i c o

-Ganhos: Perícia(Anatomia Humana), Péricia(Toxicologia), Kunai(Lv 1), rank marinha(sargento); Ninjaken(Nível 2);
-Perdas: Ninjaken (Nível 1)
-Posts: 13
-Relações com personagens: Mitrir, médico marinheiro (navio rumo à loguetown), tenente Spark(navio), Phill(soldado ruivo, com martelo), Tenente Cruzis
- Posts até Loguetown: 05/05.

Créditos a @[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Boreal
Pirata
Pirata
Boreal

Créditos : 4
Warn : A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 19

A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial   A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 EmptyQui 04 Jan 2018, 23:49

Tanto Laith quanto o tenente Spark se dirigiam até uma sala onde não havia ninguém. Aparentemente era uma sala de reunião, com luz baixa, uma mesa de madeira no centro, e algumas cadeiras em volta. Sem que ninguém falasse nada, o tenente abria o envelope, e o sargento, mesmo sem saber o que seria, reparava que haviam mais papeis no envelope neste envelope do que no dele próprio.

De toda forma, Spark lia algumas coisas, folheava alguns papeis, analisava algumas imagens, e então colocava tudo dentro do envelope novamente, olhando para Laith, levantando as sobrancelhas pra ele com um semblante sério. Laith então começava a falar. - Senhor, como pode observar, se trata de uma organização maior do que pensávamos e que possuía uma ótima organização aqui no East Blue, sendo sincero, acho que se agirmos sem uma prova firme da ligação do nobre Yuri e da organização com o submundo ou o exercito revolucionário, podemos acabar com grandes problemas, por isso , gostaria de apresentar o meu plano.

- Pois é. Esta é uma das grandes preocupações do Cruzis, Laith. - Ele deixava o envelope em cima da mesa por um instante. - Diga seu plano.

- O tenente Cruzis deve ter falado ao senhor sobre o meu pedido a respeito do perfil dos membros do grupo não? Pois bem, planejo conseguir adentrar dentro da rede de contatos da organização e saber sobre ela intrinsecamente, ou seja, eu e o marinheiro bom em disfarces iremos nos infiltrar dentro da organização para sabermos como as coisas estão lá dentro e de uma forma de provar a culpa da organização, ao que tivermos essa resposta, e isso não deve durar mais que alguns dias, daremos inicio à fase dois do plano. - Explicava Laith, prosseguindo com sua fala. - A fase dois é uma fase de violência, com a ajuda de mais dois marinheiros e possivelmente um grupo de mais soldados, eles irão invadir a organização com um mandato de prisão do nobre, iremos então abordar ele no meio dessa bagunça e captura-lo, aproveitando a saída dos fundos para conseguirmos sair melhor do local, após isso iremos direto para o QG. Claro, que vamos manter em mente prender o terrorista, capturar Cedric e com o menor dano possível. Quanto à dentro do prédio, eu mesmo me encarregarei de Yuri, enquanto o outro marinheiro irá resgatar Cedric, e vamos nos certificar que não ocorra um erro sequer.

- Hm... - Sparks parecia pensar por um instante, passando os dedos por seu bigode. - Eu só me preocupo que não consigam chegar a parte dois. No material que o tenente Cruzis me passou consta as vezes que tentamos abordar com supostas provas, e ele sempre dava um jeito de contornar. Além do que pode ser arriscada essa infiltração. - Ele encarava Laith, como explicando as possibilidades, mas não criticando o plano do marinheiro. - Como seria essa... "Infiltração", sargento?

Neste momento alguém batia na porta, e alguns segundos depois dois homens adentravam a sala. Um deles usava um terno loiros, em cima da cabeça um chapéu, e tinha em sua boca um palito de dentes. Cabelos negros, talvez tivesse a mesma idade e altura de Laith. Claramente, um agente. O outro era um marinheiro grande, com a cabeça raspada e um olhar naturalmente intimidador. Seus músculos se sobressaiam, e ele utilizava manoplas de metal em suas mãos.

- Agente em treinamento Sanders se apresentando. - Ele tirava o palito da boca e demonstrava um sorriso malandro. - Ouvi dizer que queriam um especialista em disfarce e infiltração. - Ele olhava para o tenente, e depois para Laith.

- E eu sou o soldado Brutus. - Ele batia em cima da mesa, como se estivesse com raiva. - E eu não faço ideia de porque me mandaram aqui, mas eu juro que não fui eu que quebrou o braço daquele cara.

- Sentem-se. - Eles assim faziam. O agente se sentava ao lado de Laith e o marinheiro a ponta da mesa. - Laith... Explique a situação para eles, por favor.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 61
Warn : A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial   A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 EmptySex 05 Jan 2018, 02:17



La Black Rose


The ache of my pain


O sargento ouvia atentamente às observações do tenente, e de fato, esse era um plano bem delicado, onde conseguir informações amais seriam de extrema dificuldade e trabalho, sem contar que a chance de as provar eram ainda menores, mesmo assim, sendo algo advindo do crime organizado, não havia outro caminho.

Quando estava para responder, ouvia-se um barulho na porta, que era aberta revelando primeiramente um homem de terno, com um ar de reservado e um palito de dente na boca, Laith não dirigia a palavra ao mesmo, apenas o observava e analisava, como se estivesse analisando um objeto em leilão, esperava mais até que recebia a identificação do mesmo, ele era o oficial que estava esperando.

“Bem, pelo menos o perfil parece condizer com as habilidades, só não sei o quão polidas elas estão, é com ele que vou ter o trabalho de entrar lá dentro pelo jeito, talvez dê para o gasto.”

Em seguida, entrava na sala outro, um homem bem mais corpulento, de um temperamento mais calmo que a própria calmaria marítima, tanto que a mesa recebia os cumprimentos do mesmo, dado com um belo soco que a tremia.

“ E pelo jeito é esse que eu vou ter mais trabalho de domar, acho que tenho o candidato perfeito para fazer a invasão, com certeza ele vai fazer mais barulho do que metade de um regimento militar”

O ruivo ouvia as outras palavras do tenente e ao ter sua deixa se levantava calmamente, ficando a frente de todos os presentes para poder falar.

- Senhores, eu sou o sargento Latih, e não estamos aqui para conversar sobre braços quebrados. Dizia olhando de relance para Brutus. – Estamos aqui para falar de uma missão..especial, que foi designada especialmente para os presentes dessa sala. De inicio, não podemos falar muito sobre essa missão devido ao teor dela, mas garanto que se conseguirem, terão a gratidão do tenente Cruzis e acredito que a do tenente Spark também, pelo resto desse ano. Nesse ponto o sargento fingia um sorriso, na tentativa de quebrar um pouco o clima. – Nosso alvo é uma personalidade importante dessa ilha, um famoso empresário chamado Yuri. A marinha e o governo mundial acreditam que ele esteja ligado a uma organização chamada A Corte, a qual tem uma forte influencia no East Blue, além disso, eles são os responsáveis pelo sequestro de um nobre chamado Cedric, que supostamente está na empresa de fachada do empresário.

- Nosso objetivo são dois: resgatar Cedric e capturar Yuri vivo. Laith falava com um tom mais sério e decidido, como se incitasse os presentes à uma campanha.

- Para tornar esses objetivos mais fáceis, dividi o plano em duas partes, na primeira eu e o agente Sanders iremos nos infiltrar na empresa, iremos nos disfarçar como civis normais e entraremos no esquema criminoso dele, assim iremos ter a prova que precisamos para prendermos Yuri e conseguirmos recursos da marinha em último caso. O rapaz olhava para o tenente, esperando as observações deles e então prosseguindo. – Após termos essa prova, iremos para a segunda parte do plano, eu, Brutus, Sanders e um soldado chamado Phill, que não está presente, seremos o time principal nessa missão, dois de vocês irão começar uma invasão pela porta da frente, enquanto o outro time já estará lá dentro, podemos entrar no prédio antes da invasão ou então descobriremos uma rota segura quando nos infiltrarmos. Eu vou atrás de Yuri e o outro soldado comigo vai até Cedric, vamos sair pela porta de trás e seguiremos um caminho seguro até o Quartel General.

Mais uma pausa era dada, e assim o assassino mostrava a foto de Cedric, identificando-o, em seguida realizando o mesmo com Yuri.

- Agente Sanders, você é um especialista em disfarces e infiltração não é mesmo? Nós dois entraremos em ação na primeira fase, vou precisar de um bom disfarce para entrar lá, primeiro vamos entrar na rede de contatos dele e depois na empresa, vamos precisar de uma boa história, mas dado o nosso treinamento militar, isso já é um ótimo diferencial para os olhos deles pairarem sobre nós, só teremos que mover as peças ao nosso favor e teremos uma prova sólida das atividades dele.

- A empresa dele organiza bailes de gala, além de dizer transportar mercadorias, obviamente fachada, e nesse ponto que vamos pegá-lo. Com certeza, o transporte de mercadorias ilegais ou o tráfico de pessoas deve ocorrer no sistema de transporte de mercadorias, é lá que vamos achar a prova.

O rapaz então parava por um momento e esperava o novo time opinar, incitando-os a fazer as observações com um manear de mão, indicando a requisição da participação de todos.





H i s t ó r i c o

-Ganhos: Perícia(Anatomia Humana), Péricia(Toxicologia), Kunai(Lv 1), rank marinha(sargento); Ninjaken(Nível 2);
-Perdas: Ninjaken (Nível 1)
-Posts: 14
-Relações com personagens: Mitrir, médico marinheiro (navio rumo à loguetown), tenente Spark(navio), Phill(soldado ruivo, com martelo), Tenente Cruzis
- Posts até Loguetown: 05/05.

Créditos a @[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Boreal
Pirata
Pirata
Boreal

Créditos : 4
Warn : A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 19

A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial   A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 EmptySex 05 Jan 2018, 17:51

- Senhores, eu sou o sargento Latih, e não estamos aqui para conversar sobre braços quebrados. - Laith começava a falar, olhando de relance para Brutus que estampava um sorriso em seu rosto ao ouvir tão afirmação. - Estamos aqui para falar de uma missão..especial, que foi designada especialmente para os presentes dessa sala. De inicio, não podemos falar muito sobre essa missão devido ao teor dela, mas garanto que se conseguirem, terão a gratidão do tenente Cruzis e acredito que a do tenente Spark também, pelo resto desse ano. - Ele esboçava um breve sorriso, convincente. - Nosso alvo é uma personalidade importante dessa ilha, um famoso empresário chamado Yuri. A marinha e o governo mundial acreditam que ele esteja ligado a uma organização chamada A Corte, a qual tem uma forte influencia no East Blue, além disso, eles são os responsáveis pelo sequestro de um nobre chamado Cedric, que supostamente está na empresa de fachada do empresário.Nosso objetivo são dois: resgatar Cedric e capturar Yuri vivo. - O sargento dizia estas ultimas palavras em um tom mais serio, demonstrando a importância daquelas coisas. - Para tornar esses objetivos mais fáceis, dividi o plano em duas partes, na primeira eu e o agente Sanders iremos nos infiltrar na empresa, iremos nos disfarçar como civis normais e entraremos no esquema criminoso dele, assim iremos ter a prova que precisamos para prendermos Yuri e conseguirmos recursos da marinha em último caso.

- Essa é uma parte que está me preocupado um pouco. Mas eu vou ver o que posso conseguir. - Comentava Spark, com o braço apoiado sobre a mesa.

- Após termos essa prova, iremos para a segunda parte do plano, eu, Brutus, Sanders e um soldado chamado Phill, que não está presente, seremos o time principal nessa missão, dois de vocês irão começar uma invasão pela porta da frente, enquanto o outro time já estará lá dentro, podemos entrar no prédio antes da invasão ou então descobriremos uma rota segura quando nos infiltrarmos. Eu vou atrás de Yuri e o outro soldado comigo vai até Cedric, vamos sair pela porta de trás e seguiremos um caminho seguro até o Quartel General. - O sargento retirava a foto de Cedric de seu envelope e mostrava a todos, prosseguindo. - Agente Sanders, você é um especialista em disfarces e infiltração não é mesmo? Nós dois entraremos em ação na primeira fase, vou precisar de um bom disfarce para entrar lá, primeiro vamos entrar na rede de contatos dele e depois na empresa, vamos precisar de uma boa história, mas dado o nosso treinamento militar, isso já é um ótimo diferencial para os olhos deles pairarem sobre nós, só teremos que mover as peças ao nosso favor e teremos uma prova sólida das atividades dele.

- Eu só preciso analisar melhor as informações que temos para bolar um disfarce realmente convincente, sargento. Porque ao que me parece, seria bastante arriscado sermos pegos. - Sanders dizia, colocando novamente o palito na boca.

- A empresa dele organiza bailes de gala, além de dizer transportar mercadorias, obviamente fachada, e nesse ponto que vamos pegá-lo. Com certeza, o transporte de mercadorias ilegais ou o tráfico de pessoas deve ocorrer no sistema de transporte de mercadorias, é lá que vamos achar a prova. - E terminava movendo sua mão incitando o grupo a falar.

- Eu não sei se conseguiríamos achar as provas no sistema de transportes. Os marinheiros vistoriam todo navio que chega no porto. Vistoriaram até o nosso! Isso significa que ele já deve ter uma forma de fazer esse transporte sem que percebamos. Pode ser que os navios atraquem em outro ponto da ilha, ou que haja algum corrupto... - Spark dizia, olhando para Laith como se esperasse algo dele.

- E quanto a esses "bailes de gala" que o senhor mencionou, sargento? - Sanders perguntava, aparentemente pensativo, atraindo a atenção de todos para ele. - Talvez eu possa conseguir duas identidades falsas para nós, para que entremos em um desses bailes e nos aproximemos desse Yuri. Mas eu preciso pensar sobre... Dois desconhecidos chegando do nada pode ser muito suspeito...

- E por que nós não chegamos na porrada, dizemos que sabemos dos esquemas e trazemos ele na marra pra fazê-lo confessar? Seria muito mais fácil, o Tenente Cruzis poderia até disponibilizar mais tropas para fazer isso. - Brutus, mais longe na mesa, se pronunciava, como se estivesse irritado.

- É muito arriscado, seu idiota. - Sanders dizia, franzindo o cenho e deixando o palito na mesa. - Eu acho que eu conseguiria entrar e me aproximar dele. Mas nós dois é uma situação bem mais complicada, sargento. Você faz questão de estar nessa parte? Se eu conseguir me infiltrar posso colocar você lá dentro.

- Temos que pensar também na possibilidade de Yuri prever o perigo e fugir para outra ilha do East com Cedric. Se ele for escorregadio como aparenta, vai sumir assim que as coisas começarem a esquentar mais pro lado dele.

- Isso é verdade. Mas eu acho que consigo ser suficientemente sutil para não levantar essas suspeitas por parte dele.

- Não sei... - Sparks novamente era visto passando os dedos por seu bigode. Todos estavam pensativos sobre aquilo, o que faria e diria Laith?

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 61
Warn : A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial   A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 EmptySex 05 Jan 2018, 18:45



La Black Rose


The ache of my pain


Laith por um momento parava para ouvir o que o agente tinha em mente, e de fato eram detalhes que não tinham passado ainda pela cabeça do sargento, afinal, se o próprio reconhecera Yuri, por que não o terrorista não o reconheceria? O rapaz deixava ambas as mãos sobre a mesa, apoiando-se sobre ela enquanto o olhar pairava no envelope, com um semblante pensativo sobre a questão.

- De fato, nós dois nos aproximarmos poderia ser arriscado, mas o baile de gala é uma oportunidade única para infiltrar na rede de contato dele, afinal lá estarão os que fazem parte dos negócios lícitos e ilícitos. O sargento fazia uma breve pausa, refletindo sobre a questão e voltando sobre o assunto. – Tenente, você tem razão, com certeza ele deve ter um meio de evacuar todo esse transporte ilegal, um terceiro está ajudando ele, seja um interno ou externo, por isso precisamos descobrir sobre essa pessoa e sobre seus meios.

O marinheiro refletia mais uma vez sobre a questão e puxava de seu envelope algumas informações, em especial a que dizia sobre as atividades noturnas na empresa do civil.

“ É bem provável que esse desgraçado deve fazer o transporte das mercadorias durante a noite, mas o meio que ele faz isso é a grande questão, não há muitas ilhas perto de Loguetown em que ele possa mover tão rapidamente, além disso o mar aqui não é dos melhores para isso, o máximo que fariam é aportar na costas, mas não garantia nada para que a carga fosse até a empresa.”

- Escutem, precisamos fazer isso de forma sigilosa, mas que não deixe ele agir livremente, precisamos ter ele dentro do nosso controle e sem ele perceber isso. Por isso, Andres, seguiremos com o plano do baile de gala, mas você é quem irá interceptar Yuri, eu ficarei encarregado de descobrir algumas coisas com os convidados. Tenente, peço veemente que na noite do baile, aumente a vigilância na região da empresa, mas deixe claro para os soldados ficarem de olho na movimentação das ruas, se ele desconfiar de algo com certeza vai movimentar Cedric na mesma noite, peço também que deixe o soldado Phill entre os escalados para a vigilância, afinal ele é parte do grupo, mas é o único que não sabe das informações, e isso facilitaria para ele observar as coisas de forma geral.

O ruivo se sentava novamente entre os presentes e assim parava para refletir mais uma vez sobre o plano, o grande problema para ele era onde iria se encaixar todos seus problemas pessoais e de que forma os fazer sem que Yuri ou os próprios marinheiros notassem algo de diferente.

- O prazo para toda a primeira fase do nosso plano é de uma semana. Tenente Spark, o senhor está de acordo?

Após a resposta do tenente, o rapaz seguia com a conversa, mas caso o plano fosse acordado, o rapaz se levantaria e daria como encerrada a reunião, faria uma continência ao superior e se retiraria dali, indo pelo corredor até que fazia um sinal discreto ao agente do governo, esperando que o mesmo compreendesse e seguiria pelo edifício até um lugar mais reservado e discreto, caso Andres tivesse o seguido.

- Agente Andres, sobre nossos disfarces e planos, peço que mantenha o máximo sigilo sobre eles, se reporte diretamente para mim a respeito dessa tarefa, como o próprio tenente falou, talvez hajam elementos corruptos dentro dessa história, o que complicaria todo o plano.

Obviamente, tal preocupação era uma plena fachada do próprio marinheiro, afinal dali em diante todas as preocupações sobre as ações com Yuri esbarrariam no agente, e Laith não pretendia perder o controle delas.

- Além disso, eu pretendo olhar o prédio da empresa hoje mesmo, a noite, quero ver o movimento com o meus próprios olhos, gostaria de acompanhar?

Se o agente aceitasse, então esperaria o cair da noite e seguiria junto do mesmo para a região da empresa, aonde observaria o movimento, vendo se notava algo amais.






H i s t ó r i c o

-Ganhos: Perícia(Anatomia Humana), Péricia(Toxicologia), Kunai(Lv 1), rank marinha(sargento); Ninjaken(Nível 2);
-Perdas: Ninjaken (Nível 1)
-Posts: 15
-Relações com personagens: Mitrir, médico marinheiro (navio rumo à loguetown), tenente Spark(navio), Phill(soldado ruivo, com martelo), Tenente Cruzis
- Posts até Loguetown: 05/05.

Créditos a @[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial   A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A verdade sobre A Corte ! O passado de um oficial
Voltar ao Topo 
Página 3 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Polestar Islands-
Ir para: