One Piece RPG
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Apenas UMA Aventura
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Mirutsu Hoje à(s) 03:07

» O Ronco do Bárbaro
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Ghastz Hoje à(s) 02:29

» Sangue e Pólvora! O Caminho do Atirador!
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor rafaeliscorrelis Ontem à(s) 23:50

» Nox I - Loucura
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Jin Ontem à(s) 23:18

» Unbreakable
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Hooligan Ontem à(s) 22:05

» Bizarre Adventure: Smooth Criminal
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Achiles Ontem à(s) 21:42

» I - Pseudopredadores
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Domom Ontem à(s) 21:03

» Galeria Volker ~
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Volker Ontem à(s) 19:27

» Untraveled Road
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Layla Morningstar Ontem à(s) 19:07

» Arthas Mandrake
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Wing Ontem à(s) 18:17

» [Ficha] Coldraz Vermiillion
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Coldraz Ontem à(s) 16:42

» Coldraz Anne Stine
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 15:59

» Karelina Lawford
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 15:57

» O vagabundo e o aleijado
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Tensei Ontem à(s) 15:32

» [Mini - Polyn] Sorriso afetado.
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Polyn Ontem à(s) 15:09

» Bastardos Inglórios
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Dante Ontem à(s) 14:14

» [Ficha] Mikhail Vermillion
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Homero Ontem à(s) 13:43

» [Mini- Alvin] O garoto e a serpente
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Alvin Stigma Ontem à(s) 13:11

» Latiffa Blackheart
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Sunken Ontem à(s) 12:45

» Gato de Convês
Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Emptypor Ainz Ontem à(s) 09:37



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Em busca de fama! Um começo!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 12 ... 22  Seguinte
AutorMensagem
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 30/11/2017

Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Em busca de fama! Um começo!   Em busca de fama! Um começo! - Página 2 EmptyDom 17 Dez 2017, 04:10



Ataque no Beco! O Velho Encapuzado!



Ao ser atacada, não sei oque fazer, vejo aquele velho magrelo, enrugado e com hálito de cachaça, me pressionando contra parede, e dizendo com uma voz ranhosa -Não acha que está desistindo muito fácil? Kekekekekeke!! Acabo ficando um pouco enjoada e desconfortável com aquela situação medonha, mas tentaria me controlar apesar de tudo, se conseguisse, com um tom de desprezo, sem demonstrar medo ou insegurança, tentando tomar as rédeas da situação, falaria -Quem é você e o que pensa que está fazendo?

Dito isto, eu pensaria que comecei minha aventura a pouco, tentei conseguir duas coisas primordiais, um barco e um navegador. Para o primeiro, acabei indo ao ponto do mercado negro, o qual já conhecia, mas não estava lá, então fui a um bar e acabei fazendo perguntas sobre. Já no segundo caso, eu havia ido ao porto e perguntado para algumas pessoas sobre o navegador. Esse homem só pode estar me perguntando a respeito de uma dessas coisas, a questão é, desde quando ele me seguira e porque está interessado em mim. A princípio, eu não revidaria a agressão, aparentemente seria apenas um velho que tinha algo a me dizer, eu escutaria o que ele tem a falar, mas com o rosto um pouco fechado antes mesmo que ele me respondesse a primeira pergunta, eu diria -Me solte para conversarmos! É sobre o navegador que procuro ou o mercado negro?

Se ele me soltasse, escutaria oque tinha tem a dizer, caso fosse sobre o mercado negro e sua localização que seria o mais provável, diria séria -Muito bem, então me leve até o lugar atual do mercado negro. Se ele fosse me levar, ou pelo menos me dissesse onde fica exatamente, eu diria com um pouco de receio -Obrigada, mas por que está me ajudando? No caso de me falar alguma situação inesperada a respeito do mercado negro ou de alguém, que estaria acontecendo, mas eu tinha chance de fazer algo a respeito, eu falaria empolgada com uma possível aventura -E o que eu posso fazer sobre isso? Se na verdade ele quisesse me dizer que sabe de alguém que queira vir para a Grand Line comigo, diria sorrindo -Legal, quem? E onde está essa pessoa? Não me diga que é você.

No primeiro caso, em que ele me falaria ou me levaria a localidade atual do mercado negro, eu o seguiria um pouco desconfiada e atenta a qualquer perigo. No segundo, caso algo interessante estivesse acontecendo e eu pudesse fazer algo para interferir, escutaria tudo que ele tem a dizer com muita empolgação e pareceria querer muito participar daquilo, no terceiro, caso ele soubesse sobre algum navegador, daria um belo sorriso, mas tentaria encerrar a conversa o mais rápido possível e me dirigiria a pessoa rapidamente, independente da situação, agora que sei que posso ser atacada a qualquer momento, começaria a pensar que não posso simplesmente sair por aí andando desarmada e seria uma boa conseguir alguma arma logo.

Se ele não me soltasse, eu começaria a ficar brava de verdade, começaria a me debater até me soltar, se conseguisse, sairia correndo na tentativa de fugir do homem, se não conseguisse despistá-lo em quanto corria, procuraria alguma loja de ferreiro ou algo do tipo, algum lugar onde eu possa conseguir uma foice, que é a arma que eu sei manusear, a qual aprendi ao longo dos anos trabalhando nas plantações de arroz de meu pai, se encontrasse uma, a pegaria "emprestada" por algum tempo e partiria para cima de meu agressor.

Se ele simplesmente me dissesse onde é o mercado negro mesmo, eu iria até lá, dessa vez atenta para caso alguém esteja me seguindo. Aproveitando que estava a noite, que provavelmente é quando a maioria das coisas desse tipo de negócio funcionam. Chegando próxima ao local, observaria para ter certeza que o homem falava a verdade, pode ser que ele estivesse criando uma armadilha, desde para roubar o pouco de dinheiro que eu tinha, até para me prender e vender como escrava. Se fosse realmente o mercado negro, tentaria negociar um navio e uma arma, entraria lá e daria uma olhada nos preços de possíveis navios e foices perguntando para vendedores demonstrando certo interesse -Olá, quanto está seu navio mais barato? E -Você teria alguma foice para me vender?

OFF:
 

Objetivos:
 

Ganhos(+) e Perdas(-):
 


Última edição por Fanalis Ria em Ter 19 Dez 2017, 23:55, editado 12 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kaminari Dk
Pirata
Pirata
Kaminari Dk

Créditos : 6
Warn : Em busca de fama! Um começo! - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 27/11/2017
Idade : 23
Localização : Conomi Island

Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Em busca de fama! Um começo!   Em busca de fama! Um começo! - Página 2 EmptyDom 17 Dez 2017, 04:38

Vendo aquela situação, eu não poderia me segurar, aquilo que parecia ser uma senhorita indefesa parecia estar sendo atacada por um homem, faço uma cara de surpresa imediatamente, que logo se transformaria em coragem e calma. Vendo ele atacando aquela bela ruiva, meu sangue começa a correr mais rápido e a adrenalina aumenta, mas eu não tenho nenhuma katana comigo, então decido ter certeza de que algo realmente está acontecendo, antes de tomar alguma atitude precipitada.

Tentaria encontrar algum objeto ou alguma parede próxima de onde eles estão, grande suficiente para que eu possa me esconder sem ser notado e perto o bastante para tentar ouvir a conversa, caso percebesse que a garota precisaria de ajuda, ali mesmo sem nenhuma arma eu rapidamente apareceria e diria em um tom ameaçador -Deixe-a em paz! No caso de os dois apenas conversarem, tentaria escutar cada palavra que fosse dita, até o fim da conversa para decidir minha próxima ação.

Se percebesse que ela precisaria de ajuda em algo que possa ser interessante e que cause alguma diversão e aventura para mim, eu a ajudaria, apareceria e diria -Sinto muito, mas eu estava escutando a conversa e gostaria de lhe ajudar com isto, meu nome é Kaminari Dk, sou navegador e espadachim.

Se escutasse que a garota ruiva estava em busca de alguém para acompanhá-la em sua jornada, sairia de onde estava escondido e diria em um tom alto e confiante, com um pouco de humildade e pedindo perdão -Me desculpe, mas eu estava passando, vi ele te atacando e acabei escutando a conversa de vocês. Você está a procura de um navegador? Porque eu sou um e quero ir para Grand Line, meu nome é Kaminari Dk.
Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]///[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por dkplayergamer em Qua 20 Dez 2017, 14:35, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 41
Warn : Em busca de fama! Um começo! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Em busca de fama! Um começo!   Em busca de fama! Um começo! - Página 2 EmptyQua 20 Dez 2017, 02:49

-Quem é você e o que pensa que está fazendo?

- Ora bolas, eu sou quem sou. O resultado de minhas ações. Ou seriam minhas ações resultado de quem sou? Enfim, e você quem é hein? – O velho não parecia falar coisa com coisa, mas continuava a pressionar ela contra a parede.

-Me solte para conversarmos! É sobre o navegador que procuro ou o mercado negro?

- E precisa ser sobre um ou outro? Porque não sobre os dois? Ou três? Ou quatro? Kikikikki! – Apesar de falar de forma estranha o velho dava um pulo para trás se sentando em uma pilha de caixotes. Suas pernas se balançavam para frente e para trás como se fosse uma criança.

-Muito bem, então me leve até o lugar atual do mercado negro.

- Ué garota, não ouviu o que o barman falou? Foi pra outra cidade! Outra cidade! Como quer que eu te leve até lá hein? – Como se por mágica um bastão havia aparecido na mão do velho e ele batia com ele duas vezes na cabeça de Ria, não forte, mas como se fosse um ancião repreendendo um aluno. – Claro que nem todos se foram realmente, alguns ainda rastejam feito os ratos que são pelas sombras kikikikikiki.

-E o que eu posso fazer sobre isso?

- Bom, eu posso te apresentar um deles se...

-Legal, quem? E onde está essa pessoa? Não me diga que é você.

- Hei ninguém nunca te ensinou a respeitar os mais velhos e não interromper? –
Respondia o velho senil enquanto dava mais uma cajadada. – E você aí? Não acha que já ficou ouvindo escondido a conversa dos outros por tempo demais não?? Tsc tsc, essa geração de hoje...

A verdade é que DK ouvira toda a conversa desde o inicio, e como não viu um ataque por parte do velho, ficou na espreita. No entanto havia sido descoberto e isso o forçou a se revelar.

-Me desculpe, mas eu estava passando, vi ele te atacando e acabei escutando a conversa de vocês. Você está a procura de um navegador? Porque eu sou um e quero ir para Grand Line, meu nome é Kaminari Dk.

- Certo, certo. Você é um navegador, ela quer um. O destino os uniu e espero que tenham muitos filhos juntos. Agora de volta aos negócios. Como eu ia dizendo, posso te apresentara a alguém que tenha o que você quer. Mas para isso preciso que faça algo por mim antes. Na casa do Kishimo existe um den den mushi. Desde que você, ou vocês roubem ele e tragam para mim essa noite, apresento quem vocês quiserem.

- Aliás, quem você quer conhecer mesmo mocinha?

- Ah sim, claro claro. Sim, tenho alguém que pode ajuda-la. Mas e então?

A proposta do velho parecia estranha, mas era bem direta. Roubem o den den mushi. Me entreguem, e eu ajudo você.

Off::
 

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 51
Warn : Em busca de fama! Um começo! - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Em busca de fama! Um começo!   Em busca de fama! Um começo! - Página 2 EmptyQua 20 Dez 2017, 12:54



Início Da Tripulação! Kaminari Dk É Meu Novo Companheiro!



Apesar de tudo, aquele velho não parecia ser um mentiroso, eu ainda estava desconfiada dele, mas não estava a fim de ir em outra cidade atrás do mercado negro que tanto procurava, não aguento mais essa ilha, só pensava em ir para o mar. Além daquela proposta maluca do velho de roubar o líder da cidade, me apareceu um navegador do nada, pelo menos algo começou a dar certo. Pensado isso, soltaria uma gargalhada -Hahaha, muito bem Kaminari Dk, eu sou Fanalis B. Ria, precisamos de um navio se quisermos ir para Grand Line e chegar na ultima ilha para que eu me torne a Rainha dos Piratas, provavelmente você não tem um e nem dinheiro para comprarmos, certo? Vamos fazer oque esse velho está falando, de repente ele está falando a verdade.

Com isso me viraria para o velho sorrindo e falaria -Tudo bem, eu vou te ajudar, roubarei o Den Den Mushi, mas para começar, não me bata com esse bastão de novo e além disso, esse acordo não me parece muito justo, você deve precisar muito do Den Den Mushi e pode ser importante, além do grande risco a qual vamos ser submetidos. Começo a ficar mais séria conforme vou falando -Façamos o seguinte, roubamos o Den Den Mushi e você que parece ser bem influente e conhecer pessoas, nos consegue pelo menos uma canhoneira ou uma escuna para seguirmos viagem, que tal?

No caso de ele não concordar com a proposta, falaria com uma voz calma, mas com um tom um pouco bravo -Pelo menos nos consiga algum dinheiro como recompensa pelo feito. Afinal, você quer que roubemos uma pessoa importante para região, não qualquer um. Se nem isso ele quisesse nos dar, eu persistiria por mais alguns minutos, dizendo coisas como -Vamos lá, nos ajude com isso. Mas me contentaria com o acordo inicial, como meu pai sempre dizia, mais vale um berrie na mão que dois voando.

Concordando ou não com a minha proposta, diria -Você sabe a localização exata do Den Den Mushi? Em qual cômodo e móvel está? Tem alguma planta da casa? E então falaria -Outra coisa, precisamos de armas, pode ser que nos vejam e tenhamos que lutar, você tem uma katana fácil aí Dk? Eu pelo menos não tenho nada, se ao menos tivesse uma foice qualquer, já seria o bastante. No caso de ele nos dar as armas, partiríamos, se ele não nos desse, mas dissesse onde consegui-las, iríamos até o local falado e as pegaríamos, seja comprando, seja furtando, de acordo com a situação e iríamos até a frente da casa do Kishimo, no caso de ele não nos dar as armas e nenhuma informação de onde pegá-las, iríamos de mãos vazias mesmo e oque for para ser, será.

Se conseguíssemos chegar na casa, ficaríamos na rua de frente dela, olhando de longe, analisando se tem seguranças, se sim, quantos são e eu procuraria apenas olhando, o lugar de mais fácil acesso, como janelas e portas, sempre tomando cuidado para não sermos percebidos. No caso de estar tudo apagado e sem nenhum sinal de vida, chegaria próxima da casa e tentaria abrir a porta da frente mesmo, sem chamar atenção e o mais silenciosa possível, então entraria e começaria a procurar o Den Den Mushi.

Caso tivessem seguranças na frente, mas eu tivesse visto alguma entrada com pouca ou nenhuma segurança, chamaria Dk, e tentaríamos entrar na casa e procurar sem sermos percebidos.

Se tivesse sinal de pessoas lá dentro apenas, acordadas, nós esperaríamos que fossem dormir, e se passasse pelo menos 30 minutos, para então invadir a casa e roubar o Den Den Mushi furtivamente.

Objetivos:
 

Ganhos(+) e Perdas(-):
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!


Última edição por Fanalis Ria em Qua 20 Dez 2017, 15:03, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kaminari Dk
Pirata
Pirata
Kaminari Dk

Créditos : 6
Warn : Em busca de fama! Um começo! - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 27/11/2017
Idade : 23
Localização : Conomi Island

Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Em busca de fama! Um começo!   Em busca de fama! Um começo! - Página 2 EmptyQua 20 Dez 2017, 13:55

Aquela bela ruiva havia me aceitado como companheiro, agora posso iniciar meu sonho de me tornar o mais forte espadachim, ouvindo ela se apresentar e dizer -Hahaha, muito bem Kaminari Dk, eu sou Fanalis B. Ria, precisamos de um navio se quisermos ir para Grand Line e chegar na ultima ilha, provavelmente você não tem um e nem dinheiro para comprarmos, certo? Vamos fazer oque esse velho está falando, de repente ele está falando a verdade. Eu falaria -Certo Ria-san, nossos destinos se cruzaram por um motivo, Rainha dos Piratas? Não esperava menos de minha capitã. Meu objetivo é me tornar o espadachim mais forte! Chegar na ultima ilha me parece um bom jeito para isso, mas infelizmente, não tenho um navio, e quase nada de dinheiro para comprar um, sou bem humilde na verdade, mas eu topo, roubar um Den Den Mushi vai ser fácil, vamos lá Ria-San. Dou uma boa olhada no velho, não me parece nem um pouco confiável, que tipo de pessoa começa a conversar com outra a atacando?

Eu vou apenas concordando com oque a Ria vai falando, mexendo a cabeça de cima para baixo com os braços cruzados e os olhos fechados, não existiria muito que eu possa acrescentar a essa conversa, mas se ela falasse -Façamos o seguinte, roubamos o Den Den Mushi e você que parece ser bem influente e conhecer pessoas, nos consegue pelo menos uma canhoneira ou uma escuna para seguirmos viagem, que tal? eu diria ainda na mesma posição -Nada mais do que justo! Na tentativa de dar um apoio para ela e para que ela veja que tenho meu valor. Quando ela me perguntasse -Você tem uma katana fácil aí Dk? Escutando isso, eu responderia com uma voz um pouco triste -Não, na verdade as ultimas que eu tive estavam bem velhas, então tive que me desfazer delas, eram meio que de estimação.

Então pergunto com uma voz calma para o velho -Você não tem armas para nos arranjar ou sabe onde podemos consegui-las? De graça de preferência! Eu uso duas katanas. No caso de ele disser onde conseguir, eu acompanharia Ria até lá. Se ele desse as armas, pegaria uma ou duas katanas se possível, faria alguns movimentos no ar mesmo para testar seu fio, a(s) guardaria e diria -Obrigado, essas vão servir. Se ele nos dissesse onde conseguir as armas, eu acompanharia Ria até o local sendo para comprar ou roubar e compraria se tivesse dinheiro suficiente. Se ele não tivesse e não soubesse onde poderíamos consegui-las, acompanharia Ria de mãos vazias, acreditando que lá na casa do Kishimo, eu possa conseguir encontrar alguma, vou contar com... a sorte.

Independente de se conseguíssemos armas ou não, iríamos até a casa de Kishimo, lá eu acompanharia Ria seguindo suas decisões, afinal eu já considero ela minha capitã e a seguiria até o fim.

Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]///[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 41
Warn : Em busca de fama! Um começo! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Em busca de fama! Um começo!   Em busca de fama! Um começo! - Página 2 EmptyQui 21 Dez 2017, 00:07

-Hahaha, muito bem Kaminari Dk, eu sou Fanalis B. Ria, precisamos de um navio se quisermos ir para Grand Line e chegar na ultima ilha para que eu me torne a Rainha dos Piratas, provavelmente você não tem um e nem dinheiro para comprarmos, certo? Vamos fazer oque esse velho está falando, de repente ele está falando a verdade.

Certo Ria-san, nossos destinos se cruzaram por um motivo, Rainha dos Piratas? Não esperava menos de minha capitã. Meu objetivo é me tornar o espadachim mais forte! Chegar na ultima ilha me parece um bom jeito para isso, mas infelizmente, não tenho um navio, e quase nada de dinheiro para comprar um, sou bem humilde na verdade, mas eu topo, roubar um Den Den Mushi vai ser fácil, vamos lá Ria-San – surpreendentemente DK já jogava para cima da mulher a posição de capitã para cima da menina. A ambição de se tornar o espadachim mais forte de todos já era grande o suficiente para ele pelo visto.

-Tudo bem, eu vou te ajudar, roubarei o Den Den Mushi, mas para começar, não me bata com esse bastão de novo e além disso, esse acordo não me parece muito justo, você deve precisar muito do Den Den Mushi e pode ser importante, além do grande risco a qual vamos ser submetidos.

- Ora ora!! Que coisa mais sem sentido é essa que cê tá falando garota? Quem que bateu em quem? Não dê uma de louca e me faça desistir do trato!! Kikikikiki!! –
É claro que a resposta do velho era acompanhada com mais uma cajadada leve. – Mas me diga, o que você deseja pra tornar esse negócio justo?

-Façamos o seguinte, roubamos o Den Den Mushi e você que parece ser bem influente e conhecer pessoas, nos consegue pelo menos uma canhoneira ou uma escuna para seguirmos viagem, que tal?

-Nada mais do que justo

- Menina, aquilo que eu, Bjork não for capaz de conseguir, ninguém mais será! Kikikikiki!!! Negócio fechado! Me encontrem ao amanhecer nas docas, logo no fim da rua 57. Me passam o den den mushi e eu passo o barco.

-Você sabe a localização exata do Den Den Mushi? Em qual cômodo e móvel está? Tem alguma planta da casa?

- O den den está no escritório que fica no segundo andar da casa dele. Uma planta eu não tenho, mas tenho um mapa da cidade aqui. – Com isso Bjork retirava de seu manto um papel sujo e dobrado que ele começava a desdobrar.

-Outra coisa, precisamos de armas, pode ser que nos vejam e tenhamos que lutar, você tem uma katana fácil aí Dk? Eu pelo menos não tenho nada, se ao menos tivesse uma foice qualquer, já seria o bastante.

-Não, na verdade as ultimas que eu tive estavam bem velhas, então tive que me desfazer delas, eram meio que de estimação. -Você não tem armas para nos arranjar ou sabe onde podemos consegui-las? De graça de preferência! Eu uso duas katanas.

- Kikiki!! Não acham que estão pedindo demais não? Daqui a pouco vão pedir que eu mesmo roube o den den. Tsc. Essa geração. – Tirando uma caneta e circulando em dois locais no mapa ele o passou para DK. – Circulei aí onde tem uma loja de armas e o local para a casa do prefeito. Boa sorte!

Finalizando ele se levantou e deu um salto, rapidamente sumindo pelas sombras da viela.

Seguindo as instruções do mapa, os dois chegaram na frente de uma loja onde se lia “Loja do Anibal”. O local estava fechado, com as portas da frente e a vitrine protegidas por uma grade.

Off::
 

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 51
Warn : Em busca de fama! Um começo! - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Em busca de fama! Um começo!   Em busca de fama! Um começo! - Página 2 EmptyQui 21 Dez 2017, 01:41



Iniciar Plano De Invasão! O Avanço Do Grupo Da Ruiva!




Chegando a loja de armas que o velho havia indicado, vejo aquelas portas fechadas, tudo apagado, grades nas portas e nas janelas, como já era noite, a loja estava fechada a muito tempo provavelmente, dou uma reviravolta nos olhos vendo aquilo e pensando, nem para ele nos informar um lugar de fácil acesso e aberto. Com um tom de desapontamento comigo mesma por não conseguir fazer nada a respeito, falaria -Não consigo pensar em nada para abrir esse lugar e você Dk?

Um pouco mais contentada com a situação pronunciaria brincando -Bem, acho que não tem oque fazer, eu nem conheço essa parte da cidade, ainda bem que parece que você se da bem com mapas, não, ainda bem que consegui um navegador, hahaha. Olhando a porta, iria até ela e bateria com uma vaga esperança do dono morar no trabalho, se ninguém aparecesse, olharia em volta para ver se não teria algum morador na rua ou outra loja aberta, talvez o dono more perto e possamos ir até a casa dele, se visse alguém, perguntaria -Olá, sabe onde o dono desta loja está? Ou se existe alguma outra loja de armas próxima daqui? De preferência aberta.

Se encontrássemos alguém e a pessoa soubesse nos informar, iríamos até o local, chegando lá, se estivesse aberto, compraríamos as armas, eu falaria entusiasmada -Boa noite, me arranje uma boa foice por favor, de preferência alguma para lutar. Pagaria até 40.000 berries, se pedisse mais que isso, eu diria sorrindo -Uma mais barata na verdade. Se estivesse fechado, veria se seria possível arrombar a entrada sem chamar muita atenção, ou seja, sem pessoas na rua e coisas complicadas, como grades, apenas algo básico como uma porta de madeira, então arrombaríamos e pegaríamos as armas necessárias, eu deixaria 35.000 berries para o possível dono ou dona arrumar a porta e para pagar pela arma, pode ser que ele ou ela seja uma pessoa de família, com pessoas para sustentar. E diria para o Dk -Deixe dinheiro também, não quero que a família do dono do lugar passe fome. Conseguindo as armas, iríamos rumo a casa do prefeito.

Se não encontrássemos nenhuma loja, não haveria escolha, o tempo se esvairia e tudo que consegui até agora seria inútil, precisávamos da embarcação para chegarmos a Grand Line, eu falaria então -Dk, vamos invadir de mãos vazias mesmo, vai ser um pouco complicado, mas acho que consigo entrar sem ser notada, você pode ficar de vigia ou me dar cobertura dependendo da situação.

Se conseguíssemos chegar na casa, com ou sem armas, eu diria -Vamos ver como está a situação disso, pode ser que seja uma fortaleza impenetrável, hahaha. Ficaríamos na rua de frente para ela, olhando de longe, analisando se tem seguranças, se sim, quantos são e eu procuraria apenas observando, o lugar de mais fácil acesso, como janelas e portas, sempre tomando cuidado para não sermos percebidos. Se houvessem pessoas, eu falaria -Vamos esperar que pelo menos os que estão na casa durmam. E esperaríamos que fossem dormir, quando pelo menos as luzes da casa estivessem apagadas e sem nenhum sinal de vida, diria séria -Dk, fique aqui, vou entrar escondida, se alguém aparecer ou notar algo suspeito, dê um grito, a ultima coisa que precisamos são duas pessoas presas, você decide se vale a pena se arriscar para me ajudar e acabar dificultando uma possível fuga ou fugir, se não valer a pena, então nos encontraremos no ponto que o velho disse, se eu não aparecer até de manhã, ou estou morta, ou presa. Então daria uma gargalhada dizendo confiante -Hahaha, mas relaxa, vai dar tudo certo! Pode confiar!

Se tivessem muros simples, sem nada atrapalhando, simplesmente o escalaria tentando pular e alcançar sua superfície, no caso de não conseguir, procuraria um barril, caixa ou algo do tipo nas proximidades e usaria de apoio para escalar, em cima do apoio veria se não tinha ninguém observando aquele ponto, se não tivesse ninguém e tivesse alguma proteção nele, como arame farpado ou pregos, faria um apoio bem alto, para pular por cima sem me cortar, e rolaria ao cair no chão para diminuir o impacto sofrido. Chegaria próxima da casa e tentaria abrir a porta da frente mesmo, sem chamar atenção e o mais silenciosa possível, se estivesse trancada, procuraria alguma janela e tentaria abri-la, se todas estivessem trancadas, tentaria escalar até o segundo andar, usando qualquer coisa que visse que me desse alguma sustentação, por algum lugar escuro, onde não pudesse ser notada, então entraria por alguma das janelas, geralmente as pessoas deixam abertas, já que não consideram alguém escalando a casa. De qualquer modo, se conseguisse usar toda minha sorte, destreza e furtividade com exito, entraria e chegaria ao o segundo andar, o mais silenciosamente possível, andaria atrás do escritório e se o encontrasse o, começaria a procurar o Den Den Mushi.

Objetivos:
 

Ganhos(+) e Perdas(-):
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!


Última edição por Fanalis B. Ria em Sab 23 Dez 2017, 17:33, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kaminari Dk
Pirata
Pirata
Kaminari Dk

Créditos : 6
Warn : Em busca de fama! Um começo! - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 27/11/2017
Idade : 23
Localização : Conomi Island

Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Em busca de fama! Um começo!   Em busca de fama! Um começo! - Página 2 EmptyQui 21 Dez 2017, 02:37

Vendo a loja de armas que encontramos pelo mapa praticamente selada, de cara percebo o descontamento de Ria, eu já não esperava muita coisa vindo daquele velho, na verdade ainda estou bem desconfiado e acho que irá nos trair, mas se minha capitã tem fé, continuarei a seguindo, escutando ela falar -Não consigo pensar em nada para abrir esse lugar e você Dk? Eu responderia sério -Nada também, o pior é que é aqui mesmo que ele circulou no mapa, aquele velho maluco me paga! Porque não tentamos pedir informação para alguém?

Se encontrássemos alguém que soubesse nos informar, iria com Ria até o local, chegando lá, se estivesse aberto, compraria a arma, eu falaria calmamente e sorrindo -Olá, para mim, teria como vender duas katanas por 50.000 berries? Se não fosse possível compraria uma mesmo pelo valor que eu pudesse pagar. Se estivesse fechado, ajudaria Ria na tentativa de arrombar a entrada sem chamar muita atenção, então pegaríamos as armas necessárias, ao ver ela colocar dinheiro sobre a mesa e falr -Deixe dinheiro também, não quero que a família do dono do lugar passe fome. Eu ficaria surpreso com a honestidade de alguém que quer ser Rainha dos Piratas, sorriria e diria -Tudo bem, concordo, cada vez gosto mais de seguir você! Tenho muito a aprender ainda pelo visto. Então eu deixaria 50.000 berries em alguma mesa para o dono para pagar pelas duas katanas. Com as katanas no lado direito da cintura, a acompanharia até a casa do prefeito.

Se conseguíssemos chegar na casa, caso Ria dissesse -Vamos ver como está a situação disso, pode ser que seja uma fortaleza impenetrável, hahaha. então eu falaria -Eu não duvido nada, já que é do líder da cidade. Eu ficaria com a Ria, analisando o local. Se ela falasse -Vamos esperar que pelo menos os que estão na casa durmam. Eu responderia dizendo -Concordo, será o melhor jeito de agirmos mesmo. Se as luzes da casa se apagassem e ela dissesse -Dk, fique aqui, vou entrar escondida, se alguém aparecer ou notar algo suspeito, dê um grito, a ultima coisa que precisamos são duas pessoas presas, você decide se vale a pena se arriscar para me ajudar e acabar dificultando uma possível fuga ou fugir, se não valer a pena, então nos encontraremos no ponto que o velho disse, se eu não aparecer até de manhã, ou estou morta, ou presa. Eu responderia ela dizendo -Entendo, como você já deve ter notado, eu não sou nenhum exemplo de furtividade, seria um péssimo bandido, haha, se algo der errado eu dou um sinal.

Então ficaria no local, observando Ria invadir a casa, se algo desse errado sem que ela perceba, eu daria um grito -HAAAAAAAAAA. E sairia correndo do lugar que estava para não ser percebido,alertando assim ela do perigo iminente, após sair da posição em que eu estava e despistar possíveis curiosos, eu procuraria e pegaria alguma tocha ou qualquer coisa do tipo que tenha fogo e colocaria fogo na casa ou algum lugar próximo, na tentativa de criar uma distração para que ela fuja, se tivesse conseguido minhas katanas, tentaria aproveitar a confusão para invadir e lutar com ela para sairmos de lá, se não tivesse conseguido, esperaria em algum outro ponto, observando o incêndio criado e torcendo que ela saísse da casa bem.

Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]///[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 41
Warn : Em busca de fama! Um começo! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Em busca de fama! Um começo!   Em busca de fama! Um começo! - Página 2 EmptySex 22 Dez 2017, 23:57



Nada vinha fácil para Ria e DK. Não apenas a loja estava fechada, mas arromba-la não parecia possível. Ao menos não pela parte da frente. Vendo que havia uma pessoa vigiando um estabelecimento do outro lado da rua, um galpão para estocar arroz para ser mais exato, Ria logo foi lhe perguntar sobre o paradeiro do dono da loja de armas.

- Haha, você parece estar com sorte menina. Aquele gigante maldito só sabe fazer uma coisa na vida, e isso é forjar armas. Normalmente sua esposa as vende na loja enquanto ele e seu aprendiz forjam na parte de trás. É só entrar naquele beco que vai dar na entrada para forja dele. Mesmo a essa hora ele deve estar fazendo alguma arma.

Vendo o casal se afastando sem ao menos agradecê-lo, o vigia parecia indignado. – Hmph, sem educação. Tomara que esteja fechada também.

Mas o desejo raivoso do homem não se realizou, e ao entrarem no beco eles logo começaram a ouvir o martelar rítmico de metal contra metal. A forja era grandiosa. Não por ser chique ou algo do tipo, mas o seu tamanho e o tamanho dos objetos que ali estavam. Rapidamente eles poderiam entender o porquê. Quem estava martelando um pedaço ferro era um Mink gorila de três metros de altura. Mas mesmo ele usava um banquinho para dar altura com a mesa.

Apenas quando ouviu a oferta dos dois humanos a sua frente o Mink parou um pouco. -Tsc. A pior das nossas armas custam 50.000 berries cada. E vocês querem levar três por 90.000? Saiam daqui seus fanfarrões antes que eu comece a usar meu martelo em vocês!

Mesmo depois que a dupla de aspirantes a piratas reduziram o pedido para apenas duas armas, o Gorilão ainda se fez de difícil. – 50 mil é em hora do expediente. Agora seriam 70.000 cada. Querem?

Vendo a dupla começar a sair do local o Mink deu um sorrisinho de vitória. Mas antes que pudessem se afastar, Ria e Dk ouviriam uma voz rebombar pelo local. – Hooligan! Pode vender duas armas para eles por noventa mil berries. Isso é se eles estiverem dispostos a levar onze cartas ao porto pela manhã e entregar a dez capitães de navios diferentes. A ultima carta deve ser carregadas por eles até que encontre o seu destino.

Ao ouvir aquela voz o gorila parecia tremer de medo enquanto seus olhos se arregalavam. Ainda podia se lembrar da pressão que o fizera desmaiar mais cedo. Olhando com pena para o casal a sua frente, o Mink pegou uma espada e uma foice, além de onze envelopes lacrados com cera. Sua voz não mais nutria nenhuma arrogancia.

- Vocês ouviram a oferta do mestre. Aceitam o negocio?

Carta para Eva:
 

Andando pelas ruas seguindo o mapa, eles logo chegaram no quarteirão da casa do prefeito. Aquela era uma região com casas chiques, onde apenas os mais ricos da ilha habitavam. A casa do Kishimo em particular tinha dois andares, sendo larga com diversas janelas e balcões no segundo andar. Surpreendentemente não haviam guardas ou seguranças no local. Tudo estava apagado.

Após combinarem o que fazer, Ria avançou e tentou entrar pela porta da frente, mas esta estava trancada e ela não era nenhuma perita em arrombamento. Tentando uma outra abordagem, a moça tentou escalar pelas paredes, não apenas uma, mas duas vezes, falhando em ambas já que não era nenhuma perita em escalada tambem. Da primeira vez caiu em um arbusto, mas da segunda caiu no chão, e apesar do barulho não ter sido alto, uma luz dentro da casa se acendeu.

DK apesar de ver a situação não avistou ninguém indo em direção a ela, apenas uma cortina se abrindo.
   
Off:
 

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 51
Warn : Em busca de fama! Um começo! - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Em busca de fama! Um começo!   Em busca de fama! Um começo! - Página 2 EmptySab 23 Dez 2017, 01:10




Última Tentativa De Ria! A Enganação Decisiva!



Chegamos na loja de armas e me deparo com um mink gorila forjando armas, fico imaginando oque alguém diferente daquele jeito faz no east blue, peço para comprar armas e ele me solta um preço que beira a insanidade, 70.000 berries por arma, quando já estava indo em bora, eis que escuto uma voz ecoar dizendo –Hooligan! Pode vender duas armas para eles por noventa mil berries. Isso é se eles estiverem dispostos a levar onze cartas ao porto pela manhã e entregar a dez capitães de navios diferentes. A ultima carta deve ser carregadas por eles até que encontre o seu destino. Estavam cobrando 45.000 berries por arma, ainda um absurdo, todas as armas simples que vi na minha vida, não passavam de 30.000 e além disso, me pediam para entregar cartas para capitães aleatórios, mas não tenho muito oque fazer, o tempo está passando, não iria querer perde-lo lendo as cartas ou tentando negociar, ainda considero realizar a missão à nós encaminhada, nossa melhor chance de conseguir um navio, daria um sorriso pegando as 11 cartas e falaria em uma última tentativa com uma voz doce e sorrindo -Vamos lá, me venda 3 armas por 90.000 berries senhor, esse é o preço justo, eu levo as cartas, entrego até 20 cartas se você me ajudar com isso! Elas parecem importantes para vocês. Se ele aceitasse a proposta, pagaria 45.000 berries para ajudar Dk e pegaria a foice colocando-a nas costas, se não aceitasse diria -Tudo bem, está com sorte de minha pressa, me veja sua melhor foice na faixa de 45.000. Colocaria minha nova foice nas costas e diria um pouco brava por ter gastado uma quantia tão grande em uma reles foice -Obrigada, espero que ela seja tão boa quanto você diz! Não tenho tempo a perder, adeus. Então sairia do lugar, de costas para o gorila com o braço direito levantado como se estivesse dando um tchau e segurando as cartas com o esquerdo.

Saindo da loja, pegaria uma das cartas para ler no caminho, vendo que falavam sobre uma tal de Eva que havia partido, pensaria então que a carta era de certa forma até romântica, mas parece até algum tipo de corrente, só faltou no final, se você não repassar 11 cartas iguais a essas nos próximos 5 dias, morrerá, Hahaha. Então dobraria elas e guardaria no bolso.

Ao chegarmos na casa, tento escalar o muro, mas parece que sem ser perita em arrombamento ou escalada, seria difícil, para não dizer impossível invadir a casa, não tem guardas, provavelmente apenas o prefeito e sua família estão lá, se percebesse a luz da casa se acender, rapidamente me dirigiria até a frente com cuidado para não ser notada e bateria na porta dele, acredito que às vezes é possível conseguir oque quer com calma e na conversa, talvez possa evitar invasões usando a força, entraria e tentaria buscar alguma oportunidade para pegar o Den Den Mushi sem que ele perceba.

Se alguém que não fosse o prefeito abrisse a porta, eu diria -Olá, posso falar com o prefeito? Se o prefeito atendesse ou a pessoa me deixasse falar com ele, eu entraria e diria -Boa noite, você é Kishimo, certo? Eu descobri que os revolucionários estão tramando contra você, me deixe entrar para que eu fale oque descobri. Imaginaria que muito provavelmente, ele não desconfiaria de uma bela garota aparentando ser inofensiva, então apostaria nisso, tentaria ganhar ele na conversa. Se ele me deixasse entrar, eu me sentaria em algum lugar e falaria -Você teria alguma bebida quente? Estou com um pouco de frio. Obrigada. Se fosse me trazer, esperaria sentada, quando chegasse daria um gole e diria -Muito bom. Obrigada de novo! mas independente disso, falaria séria -Eu sou totalmente a favor de sua liderança, por isso estou aqui para lhe contar tudo que ouvi, vim o mais rápido que pude, por isso ainda estou um pouco cansada.

Então continuaria falando, se ele tivesse me dado a bebida iria dando goles enquanto falava -Como ia dizendo, escutei algo do líder dos revolucionários, se chama Grambos se não me engano, eu estava passando e escutei em uma casa ele conversando sobre o ataque, estão planejando te atacar depois de amanhã, eu precisava lhe avisar isso. Tentaria usar todo meu jogo de conversa falando essas coisas na tentativa de criar alguma confiança e abalar ele, então antes mesmo de ele digerir toda essa informação, diria -Preciso ir agora, já estou sumida a algum tempo e meus amigos já devem estar preocupados, mas antes, poderia usar seu banheiro? Onde fica? Estou muito apertada. Se ele deixasse, a principio seguiria suas instruções, chegando no banheiro, ligaria sua luz e fecharia a porta, mas não entraria, ao invés disso, com todo cuidado do mundo, procuraria o escritório no segundo andar e o Den Den Mushi, colocaria ele no bolso, iria até o banheiro, abriria sua porta, como se eu estivesse saindo de lá, iria até onde estávamos conversando e diria -Obrigada por me escutar, espero que lhe ajude, já vou indo então. E sairia o mais rápido possível, quando saísse da casa correria até onde Dk me aguardava e iriamos até o ponto de encontro com o velho.

Se ele não estivesse em casa, diria para que me atendeu como se estivesse preocupada com algo -Entendo, ele vai demorar? Será que eu posso esperar ai dentro? Tenho algo muito importante a dizer. Se sim, entraria, me sentaria, esperaria alguns minutos e perguntaria -Posso usar o seu banheiro? Então tentaria a mesma ação de antes.

Se ele não estivesse e a pessoa não me deixasse entrar voltaria até onde Dk estava, e esperaríamos que a pessoa fosse dormir enquanto procuraríamos algo no terreno que pudesse ser utilizado para uma possível invasão.

OFF:
 

Objetivos:
 

Ganhos(+) e Perdas(-):
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!


Última edição por Fanalis B. Ria em Dom 24 Dez 2017, 15:11, editado 11 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kaminari Dk
Pirata
Pirata
Kaminari Dk

Créditos : 6
Warn : Em busca de fama! Um começo! - Página 2 9010
Masculino Data de inscrição : 27/11/2017
Idade : 23
Localização : Conomi Island

Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Em busca de fama! Um começo!   Em busca de fama! Um começo! - Página 2 EmptySab 23 Dez 2017, 01:41

Na loja de armas, estranho um pouco aquele gorila sentado no banquinho martelando, mas não era nada que mudasse minha expressão calma e serena, ele não quis vender minhas armas e tinha preços bem acima dos normais, mas estávamos com pressa, vendo Ria falar -Vamos lá, me venda 3 armas por 90.000 berries senhor, esse é o preço justo, eu levo as cartas, entrego até 20 cartas se você me ajudar com isso! Elas parecem importantes para vocês. Eu soltaria um sorriso e esperaria a reação daquelas pessoas, se eles ainda assim discordassem dela, eu pegaria alguma katana que estivesse próxima, faria alguns movimentos no ar e diria independente do que achasse da katana -Estão bem caras mesmo, eu já vi melhores por 25.000, 3 por 90.000 me parece bem aceitável e justo. Se ele aceitasse, eu pagaria os 45.000 restantes e colocaria as duas katanas no lado direito de minha cintura. Se não aceitasse e a Ria dissesse -Tudo bem, está com sorte de minha pressa, me veja sua melhor foice na faixa de 45.000. Eu responderia -Certo, quero sua melhor katana de 45.000 berries então. Colocaria minha nova katana na cintura, enquanto pensaria que ainda preciso de mais uma para usar todo meu potencial, entretanto, uma servirá por enquanto. Acho essas cartas que ele nos deu para entregar algo desnecessário, mas se era uma das condições do mink, não tem porque não cumpri-la, não quero nem ver oque está escrito prefiro imaginar que seja algo importante, pelo menos. Saindo, diria com um sorriso -Até logo. Obrigado.

Chegando na casa, ficaria observando Ria, vejo que ela estava tendo dificuldades para escalar o muro e alguém abriu a cortina, já desembainharia com o polegar um pouco da katana, só esperando a pessoa fazer algum movimento suspeito para tomar alguma ação. Se visse Ria batendo na casa e entrando, estranharia essa mudança repentina de atitude, mas continuaria com o plano, observando de fora, até que eu precisasse dar alguma intervenção ou algum tipo de apoio, esperaria uma hora pelo menos, se ela não saísse, eu mesmo iria até a casa e bateria na porta também para ver. Se durante esse tempo, escutasse algo suspeito vindo da casa, imediatamente, iria até a porta e tentaria abri-la para ajudar Ria.

Se ela viesse até mim eu diria -E então, conseguiu? Se sim, iriamos até as docas, se não, ajudaria ela a procurar algo no lugar para ajudar em uma posterior invasão à casa do prefeito.

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]///[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Em busca de fama! Um começo!   Em busca de fama! Um começo! - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Em busca de fama! Um começo!
Voltar ao Topo 
Página 2 de 22Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 12 ... 22  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Conomi Island-
Ir para: