One Piece RPG
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Seasons: Road to New World
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 14:46

» Revan Yamamoto
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 14:29

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 13:57

» Um Destino em Comum
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor (Orochi) Hoje à(s) 13:26

» Supernova
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor Shroud Hoje à(s) 13:09

» [Kit] Broly - DragonBall Super
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor Teo Hoje à(s) 12:59

» Meu nome é Mike Brigss
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor Shiro Hoje à(s) 11:42

» Phill Magestic
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 11:33

» The One Above All - Ato 2
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor CrowKuro Hoje à(s) 00:49

» Primum non nocere
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor John Knudarr Hoje à(s) 00:18

» Tidus Belmont
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 23:48

» Cap.1 Deuses entre nós
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor Thomas Torres Ontem à(s) 22:52

» Blue Guardian! Luca o soldado da justiça!
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor K1NG Ontem à(s) 22:25

» Cap. 2 - The Enemy Within
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor King Ontem à(s) 22:19

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor Madrinck Dale Ontem à(s) 21:56

» Enuma Elish
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 21:50

» BOOH!
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor Oni Ontem à(s) 21:41

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor Furry Ontem à(s) 21:34

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor Pippos Ontem à(s) 21:31

» [Kit] Kat
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Emptypor gmasterX Ontem à(s) 21:13



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... , 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
Yami
Super Nova
Super Nova
Yami

Créditos : 35
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 28/11/2011
Idade : 24
Localização : Far, Far Away ♫

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Empty
MensagemAssunto: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 EmptySex 01 Dez 2017, 12:10

Relembrando a primeira mensagem :

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts

Aqui ocorrerá a aventura dos revolucionários Elsa Volkerbäll, Raymond King Walker, Tidus Belmont e Frisk Dreemurr. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Raizen
Administrador
Administrador


Data de inscrição : 18/04/2011

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 EmptyQui 22 Fev 2018, 02:30




The emperor of flames
The Red King - Ray K. Walker



Depois de ter finalizado o treinamento de Soru, as coisas pareciam que finalmente iriam se acalmar, porém estava muito longe disso. Um pirata conhecido até então como Aard, o Lunático havia causado um furdúncio no mercado de Alabasta e Tidus estava em um confronto com o mesmo, antes que tivesse a chance de sair para ajudar o seu amigo, Raymond se deparou com a cena chocante do Duque Azul sendo esmagado pelo pirata e em seguida chutado para longe, ficando em uma situação desesperadora. Após ver o estado de Tidus, Ray se voltou contra Aard, o encarando nos olhos enquanto liberava toda a sua fúria. Após combinar um movimento com Elsa e Frisk, o Rei Vermelho iniciou os seus movimentos utilizando Soru e bolas de fogo, apesar de estar ciente que Tidus havia sido derrotado pelo pirata, Ray estava confiante, pois agora que possuía Haki e Rokushiki, o seu poder havia aumentado consideravelmente, e também porque não estava sozinho, porém nada havia saído como ele planejou, e no momento em que apareceu na frente de Aard, se preparou e socou o rosto do pirata usando toda a sua força, e naquele momento o menos provável para ele aconteceu.

- Aarrghhh!!! - um urro de dor saiu de Ray quando Aard, com a cabeça revestida com haki, deu uma cabeçada no seu soco.

Naquele momento o Rei Vermelho sentiu todos os seus dedos da mão direita se quebrar e ele sentia uma dor quase que insuportável, segurando seu pulso direito com a mão esquerda e apertando com força. - " Ele é muito forte! Eu não acredito que existe alguém assim nesse mundo! " - pensou enquanto rangia os dentes sentindo bastante dor. Após a investiva em Ray, Aard foi pra cima de Elsa, e com um único golpe ele explodiu a cabeça dela em vários pedaços. Ray ficou em choque por alguns segundos, ele simplesmente não conseguiu acreditar no que via, e além disso, no que o impacto do golpe havia feito 50 metros depois, porém ele logo voltou a si quando viu que a cabeça despedaçada de Elsa estava se regenerando, e foi então que ele percebeu que se tratava de uma logia. - " Hie Hie no Mi?! " - pensou enquanto observava Elsa de longe. Ele sabia exatamente qual era a akuma no mi, pois passava muito tempo lendo o seu Bingo Book, e graças a isso ele sabia reconhecer uma fruta rapidamente. Depois de todos os movimentos de Aard, Raymond se encontrava em baixo de Elsa, que estava com as costas queimadas por ter sido feita de escudo de corpo por Aard, e Frisk estava logo ao lado em um estado tão ruim quanto, mas pelo menos o Anjo Caído havia conseguido abrir uma porta giratória na perna do Lunático. Ray estava sentindo bastante dor, mas os seus companheiros pareciam estar em estado bem pior. Mesmo estando mal, Elsa havia pensado em algum tipo de estratégia e compartilhou com os demais, e após ouvir o que era proposto pela Rainha dos Espinhos, Ray ficou alguns segundos em silêncio, meio pensativo, mas logo respondeu.

- Sinceramente, toda ideia pra mim nesse momento é válida... - disse com o tom de voz fraco, pois a dor em sua mão direita estava o incomodando muito.

Agora que eles tinham mais um plano, quando Elsa saía de cima, Ray se levantou com certa dificuldade usando sua mão esquerda como apoio, ele arfava levemente enquanto encarava Aard sem sequer piscar, para não perdê-lo de vista por um minuto sequer. - " Ela comeu a akuma no mi recentemente e não consegue fazer as coisas como quer, então vai precisar de algum tempo para preparar o terreno, a nossa sorte é que está nevando e isso pode nos ajudar. Eu preciso evitar usar os meus poderes enquanto ela prepara a armadilha, então não me restam muitas opções... " - naquele momento Ray respirou fundo e se concentrou por alguns segundos, em seguida relaxou todos os músculos do corpo e depois os forçou rapidamente usando toda a sua força, fazendo com que todos os músculos do seu corpo ficassem bem duros mas logo voltavam ao estado normal. Uma leve aura vermelha começava a emanar de seu corpo e seu olhar estava mais sério e determinado, naquele momento ele acabou de ativar o Red Ignition.




Essa técnica lhe permite manifestar o máximo de sua força, conseguindo se mover com mais facilidade do que o normal. - " Vamos elevar um pouco o nível dessa luta então. " - e assim que Elsa iniciasse o seu movimento, o Rei Vermelho rapidamente utilizaria o Soru em direção a Aard, e sua intenção era clara, ir pra cima dele para dar chance de Elsa executar o planejado. Quando chegasse próximo do seu alvo, Ray prepararia um soco com sua mão esquerda e tentaria soca-lo no rosto usando toda a sua força, olhando diretamente nos olhos dele para deixar claro o que pretendia fazer, porém o Rei Vermelho não era burro, ele sabia que se Aard revestisse qualquer membro do corpo com Haki, ele o venceria em uma disputa de força, então quando sua mão  estivesse próxima do alvo, ao invés dele aplicar o soco, seu punho viraria chamas e ele usaria aquele soco como propulsor para assim parar o ataque e ao mesmo tempo usando a propulsão, girar o seu corpo em 360º e assim tentar acertar um poderoso chute na perna que havia sido debilitada por Frisk, porém, Ray sabia que Aard não iria conseguir desviar a perna, pois ela estava levemente prejudicada, então o inimigo provavelmente iria revestir a mesma com Haki para tentar absorver o impacto. Com isso em mente, antes de sua perna encostar no alvo, ele faria a mesma coisa que teria feito no ataque anterior, e assim o pé viraria fogo e Ray usaria a propulsão para novamente girar o seu corpo para o outro lado e assim com sua mão boa, ele tentaria encaixar um poderoso soco usando toda a sua força bem no meio do estômago de Aard ( ou usaria uma cotovelada, dependendo do ângulo que estivesse na hora do giro ). Sempre com o seu Haki da Observação ativo, o Rei Vermelho tentaria perceber até o último momento se Aard iria revestir o local alvo com Haki, e sempre que notasse que onde ele iria acertar fosse resvestido por Haki, ele usaria sempre a mesma façanha de transformar o membro em chamas e usar como propulsor para tentar acertar outro golpe em alguma área vulnerável do oponente, sempre focando o lado de Aard que tivesse a perna debilitada, pois isso provavelmente afetaria alguma manobra defensiva vinda do mesmo. Quando ouvisse o sinal de Elsa, ele agiria imediatamente.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Independente de como ele estivesse, Raymond iria literalmente explodir em chamas para gerar o calor intantâneo, pois o plano era causar um choque térmico em grande escala que pudesse penetrar a resistência de Aard, ou até mesmo debilita-la. Ao ouvir as palavras de Elsa, Ray aqueceria o seu corpo o máximo possível em pouco tempo e se fosse feito com sucesso, provavelmente causaria uma grande explosão, essa que não o afetaria, pois as chamas que causaria a explosão térmica viriam dele, e nada abaixo de 2000º o prejudicaria. Se o plano desse certo, usando seu Haki e sua visão aguçada, Ray tentaria notar rapidamente se aquilo havia surtido efeito em Aard, e se notasse que sim, tentaria aproveitar aquela oportunidade para acertar um poderoso soco bem no meio da cara do mesmo usando toda a sua força, sempre mantendo aquela estratégia de tentar perceber se ele revestiria alguma parte do corpo, e se sim, usaria a propulsão para mudar o local do golpe. Se Ray não conseguisse perceber se a explosão tinha afetado Aard ou não, ele não atacaria, apenas daria alguns saltos para trás de forma estratégica para manter distância e pensar em outro modo de atacar. Se em algum momento em todos os casos citados, Ray notasse que Aard tinha a capacidade de revestir todo o seu corpo com Haki, ele não tentaria atacar enquanto o mesmo estivesse com a armadura negra cobrindo todo o corpo, ele continuaria com as ameaças de ataque mantendo a mesma estratégia de mudar a direção do golpe com a propulsão até encontrar alguma brecha para atacar. Se em algum momento Aard fosse para o ataque, sempre que notasse que não teria chance de esquivar, Ray desmaterializaria o seu corpo rapidamente afim de desviar, e rematerializaria sempre do que tivesse a perna debilitada do Lunático, para dificultar seus movimentos, e ele faria sempre essa manobra defensiva quando precisasse. Se em algum momento Aard fosse pra cima de Elsa, Raymond não mediria esforços para impedi-lo, ele usaria o soru mais rápido que pudesse dar junto com a propulsão em seus pés para tentar interceptar o Lunático antes de chegar em sua companheira, mesmo que aquela ação lhe custasse apanhar, pois acima de tudo eles tinham um plano e Elsa era uma peça fundamental.






Histórico:
 


Red Ignition:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hoyu
Olhos de Deus
Olhos de Deus
Hoyu

Créditos : 76
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2013
Idade : 20
Localização : Grand Line - Jingle Bell Island

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 EmptySex 23 Fev 2018, 20:49




Uma nova cartada!


  • Todos


A situação não estava nada boa para o trio, e mesmo fazendo tudo que podiam, Aard era absurdamente mais forte em todos os aspectos. Era hora de pensar em uma nova estratégia, senão aquilo se transformaria em um massacre. - O que estão cochichando ai? - Perguntou o pirata, curioso. Logo, o plano dos revolucionários estava traçado, e era hora de pô-lo em pratica. Separando-se rapidamente, Elsa começou a rodear o campo de batalha, criando uma camada de gelo quase imperceptível sobre a neve, fazendo-a se espalhar em todas as direções enquanto lançava uma agulha vez ou outra.

Felizmente, ela não precisou se preocupar muito com o Lunático, pois ele estava bastante entretido com os outros dois, que partiram para cima dele. Frisk correu e seguiu direto para a perna boa, visando abrir outra porta para que, assim prejudicasse ainda mais sua locomoção. O celestial rapidamente conseguiu abrir uma porta giratória em sua panturrilha, mas Aard aproveitou a aproximação do garoto para descer com um soco contra seu rosto; Frisk tentou se defender com a mão livre, mas a defesa foi facilmente parada pelo golpe avassalador do pirata, que acertou com tudo, quebrando seu nariz e criando um roxo em seu rosto.

Logo que o golpe foi executado, Raymond desferiu um poderoso golpe contra o rosto do Lunático, ou pelo menos iria, mas logo reposicionou seu corpo com a propulsão do fogo e deu um chute contra a porta giratória criada por Frisk, fazendo Aard cair com um joelho no chão e dando espaço para que Frisk recuasse. Logo a primeira porta giratória de fechava, sobrando somente a que o Anjo Caído havia acabado de criar. - Isso, me ataquem mais! - Aard se divertia com as tentativas dos revolucionários de fazer algo contra ele, e se não fosse por isso provavelmente a luta já teria acabado naquele ponto.

Se afastando, Frisk jogou um recém aprendido rankyaku na neve logo abaixo do pirata, fazendo-a levantar e bloquear a visão do oponente. Raymond continuou atacando, entretanto agora Aard estava completamente focado nele, então todos os seus ataques eram cancelados por ele mesmo, para que não se chocasse contra o haki do armamento do homem e não acontecesse o mesmo que aconteceu com sua mão. Aard se mantinha parado, esperando o ataque do oponente, apenas revestindo as partes onde haveria o choque com seu haki, mas logo eu percebeu que o Rei Vermelho não estava dando nenhum golpe, ele tomou a iniciativa. Com um movimento rápido que Raymond quase não conseguiu ver, Aard envolveu sua mão direita com o haki do armamento e segurou seu pescoço, não deixando que ele se movesse nem atacasse.

- O que significa isso? Está com medo de atacar? - O Lunático apertou um pouco o pescoço do Rei Vermelho. - Eu sugiro que continue lutando, senão eu acabo com isso de uma vez. O único motivo de eu não ter matado vocês de uma vez é porque a luta está sendo divertida. - Tudo que ele dizia era com um sorriso sádico, como se eles não passassem de moscas para aquele homem. Repentinamente, um grito se fez ouvir pelo lado esquerdo do pirata, e com a cortina de neve já caída, foi possível ver Frisk, com uma aura esverdeada no formato de eletricidade envolvendo o corpo e com os músculos do braço tencionados. Logo depois do grito, o celestial deu um poderoso golpe contra o ar, que carregou uma massa de ar gigantesca; Aard continuou segurando Raymond pelo pescoço com a mão direita, mas conseguiu ver o quão poderoso o golpe era, e colocou o braço esquerdo na frente dele para tentar bloquear.

Pela primeira vez, o Lunático deu um grito de dor, e enquanto a neve levantada abaixava, foi possível ver que seu braço esquerdo estava muito roxo e danificado. - VOCÊ QUASE QUEBROU MEU BRAÇO. - Entretanto, não havia raiva na sua voz. - FAZ DE NOVO! - O pirata parecia não ter um oponente digno a muito tempo, e agora se animava ainda mais com a batalha. O aviso de Elsa foi mais que o suficiente par que o celestial soubesse que o gelo estava pronto. Sem perceberem, uma camada de gelo havia se formado no chão, tornando-o mais escorregadio e cobrindo uma grande extensão abaixo dos pés de todos: Elsa havia aproveitado bem o tempo. Com um movimento rápido movimento, o Anjo Caído abriu uma porta para a outra dimensão e pulou dentro quando a Rainha dos Espinhos pisou com tudo no chão, fazendo o gelo expandir sem controle.

Rochas de gelo e estalagmites subiam a partir do chão, enquanto todo o poder do gelo e da akuma no mi de Elsa era liberado desenfreadamente. O gelo se projetou e cobriu Aard até a cintura, antes que a mulher entrasse na dimensão de bolso e deixasse Aard e Raymond para trás naquela geleira artificial. - Que frio. Mas parece que seus companheiros te abandonaram. - Aard ainda segurava o Rei Vermelho pelo pescoço, e ao perceber que estavam agora só os dois ali, ele apertou mais forte, chegando a feri-lo. - O que vai fazer agora? Implorar misericórdia? - O calor no local começou a subir, e de repente Raymond ficou muito mais quente ao toque. Em questão de um segundo, o corpo do revolucionário explodiu em chamas em meio ao terreno criado pela Volkerball, destruindo tudo em seu caminho.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


As chamas cresceram e engoliram tudo em instantes, derretendo o gelo e evaporando a água, gerando grandes concentrações de vapor quente e fogo onde antes estava quase congelando devido ao gelo de Elsa e à neve que caia. Frisk, Tidus e Elsa, que estavam seguros dentro da dimensão de bolso, viram de perto o fogo cobrindo tudo a sua volta, como se estivessem dentro de uma supernova. As chamas devoravam tudo em seu caminho. Quando tudo acabou Aard ainda estava de pé, mas seu corpo estava todo queimado. Haviam serias queimaduras pelo seu corpo todo, e a mão que estava segurando o pescoço de Raymond estava preta de tão queimada. Sem conseguir manter a firmeza, Aard foi forçado a soltar o homem. A estratégia havia o deixado bem ferido e, se tivessem sorte, aquelas queimaduras causadas pela explosão teria diminuído sua resistência o suficiente para que pudessem atacar apropriadamente. Era a hora de iniciar a verdadeira ofensiva.



Legenda:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Grupo:
 


2017:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Volker
Frozen
Frozen
Volker

Créditos : 29
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 10010
Feminino Data de inscrição : 23/03/2013
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui - Grand Line

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 EmptySeg 26 Fev 2018, 15:46

Era irreal a possibilidade de um combate singular contra o pirata, restou somente a mim e os demais a necessidade de trabalhar em equipe caso quisemos sair com vida daquele enorme e repentino problema. Com a ausência de Tidus e a leve vantagem dada a nós por Frisk ao utilizar sua fruta, colocávamos em prática meu plano de ataque e o sucesso dele vinha não apenas após um meticuloso preparo, mas também pelo próprio sacrifício da dupla que distraia Aard durante todo o tempo. A liberação do gelo em grande escala fora um momento singular, muito a parte do que foi as outras ações, talvez o resultado positivo fora da pressão do momento, mas ao notar a escultura de gelo restou-me segundos para entrar na dimensão da Doa Doa e vislumbrar a explosão de fogo. – Agora entendi. – comentava em um sussurro. – Agora eu peguei o jeito! – chegava a conclusão com um leve sentimento de êxtase enquanto caminhava na direção do Tidus, carregando Frisk comigo se necessário.

Melhor agora? –
o indagaria de maneira firme, enquanto observava o epicentro das chamas. – Desculpe Frisk, mas não posso tratar você agora. Importa-se de manter-se firme, mais alguns minutos? – sorriria para o rapaz, observando suas feridas por um tempo, avaliando o quão grave elas poderiam ser se não fossem tratadas rapidamente. Próxima de Tidus deixaria Frisk junto dele caso o estivesse carregando, enquanto puxava uma de minhas senbons, a estendendo até o revolucionário. – Sua fruta permite que você manipule os objetos que toca correto? – questionava com base no que tinha visto desde a viagem de tapete. – Vamos com tudo dessa vez, mas se o desgraçado tentar aguentar nossos golpes mais uma vez, vou pedir para que manipule a trajetória do meu ataque. Então esteja atento! – após Tidus tocar a agulha, calmamente caminharia até suas costas, afastando-me um pouco mais.

Aard já não parecia tão imponente após o golpe, a explosão havia cumprido bem o seu propósito e restava a nós a oportunidade de devolver tudo o que havíamos sofrido. – Quando vocês quiserem! – diria a dupla que estava comigo na dimensão, pelo menos aqueles breves segundos, precisava ser individualista e aguardar o melhor momento. Quando Tidus e Frisk iniciassem sua ofensiva, manteria o olhar fixo em Aard, observando meticulosamente suas reações após todo o dano sofrido, analisaria sua condição, suas queimaduras para assim identificar o melhor ponto a ser visado. – Acus Antiquis Hiems. – colocar-me-ia em posição de execução da técnica e permaneceria desta forma, observando e aguardando o melhor momento.

No instante que as portas de Frisk se abrissem, observaria o decorrer dos ataques, observando a reação de Aard. Se o pirata conseguisse de alguma maneira desviar dos golpes e investir tanto contra Raymond quanto contra nós, tentando acessar a dimensão da Doa Doa usaria minha técnica de maneira a impedir sua investida. – Antares! – lançaria a senbons com toda a força que tivesse no momento, era minha melhor cartada no momento e tinha de fazê-la valer a pena. Se Aard, não estivesse conseguindo se esquivar e estivesse ou recebendo ou tentando bloquear os golpes de Tidus, dispararia Antares do mesmo jeito, em ambos os casos mirando a região torácica do pirata. Se um golpe limpo e direto fosse possível, não pediria para que Tidus movesse a senbon com sua akuma no mi, porém se Aard tentasse defender das espadas, indicaria a Tidus que realizasse um movimento curvilíneo de maneira que agulha podesse atingi-lo por entre as costelas e seguisse um caminho que atravessasse o coração.

Indicaria a Tidus o ponto desejado apontando-o em meu próprio corpo, uma vez que o revolucionário também era médico, ele seria perfeitamente capaz de compreender a região anatômica desejada. Assim que atacasse, usaria um Soru para me aproximar da dupla e observar o desenrolar da situação. Se de alguma forma algum ataque viesse em nossa direção ou adentrasse a dimensão de Frisk, prontamente me manteria junto do garoto, segurando-o para que se necessário fosse usar o Soru para evitar ataques e trazer ele junto de mim.



Histórico:
 

Acus Antiquis Hiems:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~The winter has come
The blood and soul has aceepted their fate
The young viper, now mature, put their children in the hunt
They want to hunt by your lead
Their dreams, liberty and fate
Winter calls with your voice and only the phalanx can survive it!~


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
O Painel a esquerda no fórum irá te ajudar.



Última edição por Volker em Qui 01 Mar 2018, 13:34, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raizen
Administrador
Administrador
Raizen

Créditos : 60
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 18/04/2011
Localização : Grand Line – 6ª Rota – Alabasta

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 EmptySeg 26 Fev 2018, 16:26




The emperor of flames
The Red King - Ray K. Walker



Com um plano em mente, Ray se levantou e ativou o Red Ignition e assim partiu para o ataque. Ele sabia que não podia simplesmente entrar em um confronto de força com Aard, pois se lembrava muito bem do que aconteceu da última vez que tentou medir forças com o Lunático. Agora que havia elevado consideravelmente suas habilidades e tinha conhecimento do quão poderoso era o inimigo, o Rei Vermelho foi para o ataque evitando entrar em confronto com o Haki do Armamento do oponente, o que era uma tarefa bem dificil, pois Aard dominava bem o Haki e sempre revestia a parte certa do corpo e isso fazia com que Ray tivesse que parar o ataque no ato e imediatamente o redirecionar usando a propulsão. Porém Aard mais uma vez se mostrou muito mais forte e facilmente agarrou o pescoço do revolucionário e apertou com força. Por um breve momento Ray sentiu bastante dor e levou sua mão esquerda até a mão que estava em seu pescoço e tentou se soltar como podia, mas nada adiantou, por um momento sentiu sua visão escurecer, tudo o que ele queria naquele momento era o sinal de Elsa para agir, antes que o pior acontecesse e ele ficasse impossibilitado, e após ouvir a voz da Rainha dos Espinhos, o Rei Vermelho liberou toda a sua fúria e literalmente explodiu.

Quando finalmente a poeira baixou, Ray sentiu que a pressão que a mão de Aard fazia em seu pescoço já não era tão forte, era como se ele não tivesse mais colocando força, e assim consequentemente ele se via livre e assim que seus pés tocavam no chão, ele dava várias cambalhotas para trás, parando a 7 metros do Lunático. O ruivo levou a mão até o pescoço e tossiu mais um pouco finalmente conseguindo respirar novamente. - " Esse maldito é muito forte, se continuasse apertando meu pescoço mais um pouco, eu provavelmente perderia a consciência. " - refletia enquanto ficava encarando Aard de longe, e algo curioso estava acontecendo, o Lunático parecia ter se ferido bastante e sua aparência estava péssima, mas ele sequer gritou de dor ou disse algo, tinha alguma coisa errada. - " A essa altura ele já percebeu que não pode continuar brincando conosco, é agora que a verdadeira luta começa! " - Raymond ainda sentia bastante dor em sua mão direita e estava levemente ofegante, sentia que sua energia estava começando a beirar o fim, sentia que já havia gastado mais da metade, e isso o fazia suar levemente e ficar ofegante. - " Se esse cara estava brincando com a gente até agora, se isso o afetou de verdade, acabou a brincadeira. Ele provavelmente virá para matar, então vamos pro tudo ou nada! " - refletia enquanto se posicionava de forma ofensiva, olhando diretamente nos olhos de Aard e sem perder o foco, começava a reunir energia.

- TIDUS!!! Eu não sei se você está em condições ou não, mas ta na hora de levantar essa bunda do chão! Eu preciso de você! - ele gritava de maneira forte sem saber se Tidus estaria ouvindo ou não, mas se aquele era um momento decisivo da luta, ele precisaria do Duque Azul. Raymond estava pensando em usar uma de suas técnicas mais poderosas, mas essa técnica em especial levava um pouco mais de tempo para ser canalizada, então ele precisaria de ajuda enquanto reunia energia. Se ele percebesse que Tidus, Elsa ou Frisk estavam atacando Aard para ganhar tempo, Ray imediatamente começaria a se concentrar na área onde o Lunático estava, tendo o mesmo como centro e em seguida levantava as duas mãos pra cima, transformando ambas em chamas e soltando uma poderosa rajada para o céu.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

A rajada começava a tomar forma de uma cabeça de dragão que já tinha o seu alvo definido: a área em que Aard se encontrava. Enquanto o dragão estivesse se formando e indo em direção a área, para evitar que Aard saísse do local, Ray usaria o soru em direção ao alvo. Ele manteria a mesma estratégia que tinha feito anteriormente, tentando acertar socos, cotoveladas e chutes em lugares vulneráveis do seu oponente, usando seu Haki da Observação para lhe auxiliar, sempre mudando o curso de seus golpes usando a propulsão sem usar a sua mão direita, pois os dedos da mesma estavam quebrados. Se Tidus, Elsa ou Frisk tivesse atacando ao mesmo tempo em que Ray tivesse ido para a ofensiva, ele sempre procuraria ficar do lado oposto dos demais para diminuir cada vez mais as chances de esquiva e bloqueio do oponente. Quando notasse que o dragão estava descendo e pronto para engolir a área, o Rei Vermelho daria um leve sorriso, não importanto a situação que ele estivesse e então pronunciaria o nome da sua técnica.

- Dragon Dive!!!

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Se a técnica tivesse sido aplicada com sucesso, o dragão abocanharia uma área de 10 metros e destruiria tudo que estivesse dentro dessa área, e aquela era exatamente a intenção. Se algum de seus companheiros tivessem dentro da área, Ray procuraria ficar o mais perto possível de ambos para poder ter total controle das chamas e evitar que seus companheiros se machucassem. Se em algum momento notasse que Aard estava indo pra cima, Ray procuraria focar toda a sua energia em esquivar sem sair de dentro da área da técnica, com o auxílio do seu Haki, ele tentaria sentir os movimentos e intenção do Lunático e assim desperçar seu corpo em chamas rapidamente para desviar, e rematerializar próximo do dele, porém do lado oposto. Se não conseguisse desviar, o Rei Vermelho não iria apanhar atoa, ele tentaria aproveitar aquela brecha para contra-atacar, usando uma forte rajada de fogo no agressor, pois se ele fosse sofrer dano, tentaria revidar com o máximo de dano possível. No momento em que sua técnica caísse, Ray imediatamente usaria o Soru para se afastar e manteria sua guarda bem fechada, pois um dos efeitos colateriais do Dragon Dive é Ray não conseguir usar os poderes de sua akuma durante os próximos 10 segundos, e por isso ele estava bem precavido, pronto para usar o Soru para se esquivar e se afastar de Aard com o auxílio do seu Haki da Observação. Se enquanto tivesse canalizando a energia para soltar a técnica, Ray percebesse que Aard estava vindo o atacar, ele pararia de concentrar e focaria em sua defesa usando seu Haki da Observação e sempre procurando se afastar da melhor forma possível e voltar a concentrar sua energia para dar prosseguimento a sua estratégia de ataque.






Histórico:
 


Dragon Dive:
 

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 EmptySeg 26 Fev 2018, 19:03


Finish Him

O momento de reflexão unido a paz momentânea que aquela dimensão paralela foi capaz de me proporcionar era tudo que precisava para abandonar os fantasmas do meu passado, todo medo e incerteza, talvez pudesse ser obra daquela tal anel amaldiçoado ou simplesmente uma resolução pessoal, seja como for agora eu estava pronto e a explosão causada segundos atrás foi o sinal para minha deixa. - “É hora de terminar aquilo que comecei.” - Abri os olhos e suspirei fundo, minhas íris brilhavam com o crepitar das chamas, quase como se estivesse refletindo meu atual estado de espírito.

Não demorou muito para perceber que já não estava mais sozinho daquele lado, Elsa e Frisk também estavam ali. - Melhor do que nunca. - Descruzei as pernas e me levantei com cuidado, colocando a mão esquerda contra o abdômen. - Mais ou menos por aí. - Respondia a pergunta da revolucionária e apanhei suas agulhas, marcando-as com minha habilidade. - Certo, vamos colocar um ponto final nisso. - Concordei movendo a cabeça e entreguei os objetos ao seu devido dono. - E você está bem? - Olhei na direção de Frisk, demonstrando um pouco de pesar por tê-los envolvido nisso. - Talvez seja pedir muito agora, mas eu preciso de um último favor. - Meu rosto era tomado por um ar sério e determinado. - Eu preciso que me ajude com aquele movimento. - Esbocei um leve sorriso e movi a cabeça na direção das espadas cravadas no chão, o rapaz devia saber bem do que se tratava.

A fumaça do lado de fora estava desaparecendo e gradualmente a silhueta do pirata e de Ray ficavam visíveis, essa seria nossa chance de agir. - Certo, é hora do ato principal. - Inspirei fundo e voltei a sentir o poder do demônio fluindo pelo meu corpo, fechei os olhos por um momento para canalizar toda aquela energia, movi ambos os braços de baixo para cima fazendo com que todas as quinze espadas se erguessem de uma só vez sincronizadas com o movimento dos meus braços. - “Agora...” - Expire lentamente e fui abrindo os olhos no ritmo em que o ar deixava os pulmões e fixei meu olhar no pirata lunático. - Frisk, agora! - Ergui o braço direito com a palma da mão aberta. - Babylon… ! - Deixaria a conclusão por parte do jovem alado. Assim  que Frisk abrisse portas o suficiente para a outra dimensão conectaria meu Haki com a presença do pirata, então moveria meu braço direiro para a frente iniciando o lançamento das espadas em sua direção em ritmo variado, permaneceria manipulando o trajeto de cada uma delas, guindo-as com o auxílio do Haki visaria atingir cada lâmina em uma região estratégica, priorizando as partes mais queimadas de seu corpo e que pudessem prejudicar sua mobilidade, como articulações, pernas, braços, ombros e cintura.  


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Se alguma das lâminas passassem no vazio em resposta faria um movimento circular com uma das mãos, fazendo com que as espadas realizassem a curva e voltassem, atacando-o pelas costas. Após disparar algumas espadas bateria meu pé no chão, ergueria o braço direito e faria com que parte das areias onde me choquei assim que fui lançado contra o chão começassem a se esgueirar em direção ao pirata e em seguida manipularia-as para que se envolvessem em seu corpo, começando pelos pés e fossem subindo como uma serpente antes de dar o bote em sua presa. Apertaria firme usando toda forma que me restava, mesmo se ele arrebentasse as amarras de areias faria com que elas grudassem em seu corpo novamente, dando prioridade a prender suas articulações e finalizaria de lançar as ultimas armas, essa seria a deixa para os outros terminarem o serviço.

Permaneceria em alerta total, mesmo focando em mantê-lo preso com as areias, se Elsa desse o sinal para controlar sua senbon, assim o faria. - Sentiu saudades? Espero que não. - Diria em alto e bom som antes de dar o impulso final na arma de Volkerball em direção a região que fosse indicada. Com a conclusão do nosso ataque combinado me aproximaria dos outros dois que também estavam na dimensão esverdeada. Se o pirata ainda tivesse forças e ainda tentasse avançar em nossa direção, esperaria ele se aproximar o suficiente e no ultimo instante levantaria uma estaca de areias compressada de repente, como uma lança escondida visando atingir seu abdômen em cheio. Com tudo se ele continuasse se movendo após todos os ataques, tentaria me esquivar usando o Soru para me afastar e ao mesmo tempo fazendo o terreno pelo qual caminhava se elevar e ir grudando ao seu corpo, como chicotes puxando-o para baixo até enterra-lo completamente debaixo do solo, mas desta vez não cometeria o mesmo erro de antes, após soterra-lo ergueria um pilar de areia com o lunatico preso nele, comprimindo o terreno ao máximo.
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ravenborn
Illuminati
Illuminati
Ravenborn

Créditos : 29
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 08/11/2014
Idade : 20

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 EmptyTer 27 Fev 2018, 18:25






Frozen Fists and Burning Hearts

Às vezes fazer um sacrifício vale a pena quando isso ajuda todo mundo no final, mas eu comecei a ter as minhas dúvidas no momento em que o punho de Aard acertou a minha cara. Não importava o quanto eu tentasse debilitá-lo com as portas giratórias, ele simplesmente não ligava e respondia com uma brutalidade que chegava a ser irritante. O quão forte aquele maldito conseguia ser?

O golpe me fez saber na hora que alguma outra coisa tinha quebrado, e eu levei a mão ao rosto, agonizando. Pela primeira vez em algum tempo, um oponente me fizera realmente sentir medo - era completamente diferente da vez em que eu tinha lutado contra Amon, onde apesar dele me superar em muita coisa, o despertar do Haki tinha feito a diferença. Aard era um monstro, e se algum de nós tivesse que tentar derrotá-lo sozinho, assim como eu tinha enfrentado o guarda-costas de Darwinshi...eu não queria nem imaginar.

Ainda assim, eu me levantei outra vez e voltei pra luta. Estávamos naquela juntos, e eu sabia muito bem que a nossa vitória dependia dessa união. Usando a estratégia que tinha formulado antes, eu subi uma cortina de areia - e neve - e usei o tempo que Ray-san me deu distraindo o Lunático para lançar nele o meu golpe mais forte com força total, e finalmente, senti que tínhamos alguma chance - por mais que fosse ridiculamente resistente, ele tinha sofrido danos, então estávamos no caminho certo. Apesar do quanto a técnica me enfraquecia, aquilo tinha valido a pena, e em pouco tempo colocamos o plano de Elsa-san em funcionamento. E quando já estávamos lá dentro...

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Wow... - eu deixei escapar, talvez soando um pouquinho engraçado por conta do nariz quebrado. A explosão causada por Ray-san aquecendo todo aquele gelo de uma vez só passou por nós com tudo, e por um momento, tudo que eu conseguia enxergar era fumaça e fogo - mas em si, aquilo tinha uma beleza única também. Não era uma vista que se podia ter todo dia, afinal. Com a adrenalina passando, eu comecei a sentir cada vez mais os efeitos colaterais da técnica e da luta, ficando exausto. Mas aquilo ainda não tinha acabado, Aard não cairia só com um golpe, por mais forte que tivesse sido. Felizmente, Tidus-san parecia estar bem melhor, inclusive emocionalmente - isso era bom.

- Eu pareço bem? - brincaria, sorrindo até onde a dor permitisse e apontando para o nariz. - Com certeza vou precisar que alguém conserte isso pra mim depois, mas por enquanto... - voltaria o meu olhar então para o que restara da explosão, preocupado com Ray-san - não podíamos ficar demorando demais ali dentro. O problema é que eu não estava mais em condições de continuar lutando contra um oponente daqueles, não depois de usar o Fuujin.

Foi então que Tidus-san veio com uma ideia interessante - Talvez seja pedir muito agora, mas eu preciso de um último favor. - eu me perguntei o que exatamente ele queria dizer com esse favor, mas o olhar determinado dele me convenceu. Eu assenti, esperando as instruções. - Eu preciso que me ajude com aquele movimento. - e então, no momento em que ele disse isso, meus olhos brilharam. Eu abri um sorriso, animado com o que íamos fazer. - Haha, com certeza! - respondi, pronto pro trabalho. Aard ia ver só uma coisa.

Com a poeira baixando, os resultados de nossos esforços finalmente se fizeram mostrar: o corpo queimado de Aard com certeza seria um alvo mais fácil agora, pelo menos quando a questão era a sua resistência - por mais que ele estivesse bem ferido, vacilar ainda não era uma opção, então tínhamos de ir com tudo. Felizmente, o meu ataque combinado com Tidus-san me permitiria fazer alguma coisa mesmo naquele estado, e por isso, eu esperaria o sinal preparado. - Frisk, agora! - e no momento em que ele dissesse isso, eu faria arcos largos com o braço esquerdo - o único que conseguia usar por enquanto - abrindo uma série de portas pequenas, mas suficientemente grandes para as espadas do Duque.

Seriam quinze portas ao todo, uma para cada espada, em duas fileiras horizontais - uma com sete portas e outra com oito. Os portões estavam abertos. - Pronto! - eu daria o sinal da minha parte, e então, a técnica estaria pronta. Como combinado, Tidus-san começaria com o nome: - Babylon...! - e então, saindo do caminho das espadas, eu terminaria com um grito - ...Gate!

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Eu realmente queria poder fazer mais do que aquilo, mas no meu estado, seria como tentar morder um pedaço maior do que realmente conseguia. Um braço inutilizado e exaustão completa eram mais do que o suficiente pra que eu não tivesse a menor chance de fazer alguma coisa se ele resolvesse me atacar, e ainda corria o risco de ser usado como refém se viesse a ser pego. Por isso, depois do ataque, apenas observaria e torceria para que os outros conseguissem fazer aquilo dar certo. "Acabem com esse desgraçado!" Pensaria, convicto.

No final de tudo, se a luta realmente já tivesse acabado, eu abriria uma Air Door maior para que nós três pudéssemos sair da dimensão de bolso e nos reencontrar com Ray-san. Ainda meio ofegante, e finalmente deixando a técnica que estava usando se dissipar, eu perguntaria para o pessoal: - Todo mundo vivo? - e sorriria, enfim, com a sensação de dever cumprido.




Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Gracias Sr. Volker pelo Tutorial

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hoyu
Olhos de Deus
Olhos de Deus
Hoyu

Créditos : 76
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2013
Idade : 20
Localização : Grand Line - Jingle Bell Island

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 EmptyQua 28 Fev 2018, 20:54




Um fio de esperança!


  • Todos


Aquela batalha era de um nivel completamente diferente do que qualquer uma que os quatro já haviam enfrentado. Aquele homem, mesmo sem o poder de uma akuma no mi, enfrentava eles de igual para igual, quase como se estivesse brincado. Mesmo depois de uma explosão de larga escala com o Lunático ainda estava de pé, pronto para o segundo round. Sua mão direita, que havia sido quase que carbonizada pela proximidade com o corpo de Raymond na hora da explosão, parecia ser envolvida por uma camada azul. Sua manopla, que havia sido destruída na explosão, parecia se regenerar e envolver novamente a mão do lutador. - Vocês me causaram muitos problemas, mas acho que já chega de brincadeiras.

Do outro lado, Elsa, Frisk e Tidus combinavam seus próximos movimentos para por fim, de uma vez, naquela luta avassaladora. Tentando extrair cada gota restante do seu poder, Frisk, ao comando do Duque Azul, começou a correr, abrindo uma serie de portas aéreas, suficiente para que Elsa atacasse e para que as armas do Belmont atravessasse, surgindo repentinamente na realidade. As lâminas, atravessando as pequenas portas enfileiradas, tinha acesso livre para ambas as direções, e voaram como uma saraivada de flechas na direção do oponente. A primeira espada voou na direção de Aard, seguida pelas outras como em um desfile; mas o pirata logo percebeu o perigo iminente. Quando a primeira espada lançada se aproximou perigosamente de si, ele rapidamente tirou o corpo do caminho, mas contra as expectativas de todos ele girou e pegou a lâmina no ar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Com a espada em mãos, Aard começou a atacar todas as armas que se projetavam em sua direção, dando golpes fortes o suficiente para lançá-las longe e faze-las cravar com força na areia. A cadencia de ataques não era nada para aquele homem, que rebatia todos os ataques com facilidade. Aproveitando a distração criada por seus aliados, Raymond começou a concentrar suas chamas e jogou todas para o alto na forma de um pilar de fogo, que subia cada vez mais alto. Vendo a chama ascendente, o pirata pareceu se lembrar da existência do Rei Vermelho. - Você ainda está ai? - Cravando a espada de Tidus que havia pego bem fundo no chão, de modo a ficar presa, o homem desapareceu e reapareceu novamente na frente do ruivo. -Nós dois temos assuntos a tratar.

Aard moveu a mão direita queimada rapidamente na direção do pescoço de Raymond, mas esse percebeu a ação e foi desfazer o pescoço em chamas antes que houvesse o contato, mas o Lunático mudou a trajetória do golpe no meio do caminho e segurou com força o pulso esquerdo d homem. - Já lutei contra muitos logias como você, e essa habilidade não é tão difícil de enfrentar. Quando se acostumam a ser inatingível, o haki torna o que deveria ser uma força em uma fraqueza. - Com isso, ele apertou com força o pulso do homem e girou, causando uma dor intensa enquanto o mesmo era torcido com força. Mas Raymond ainda possuía cartas na manga, e enquanto seu pulso era torcido, ele concentrou suas chamas e jogou uma grande rajada de fogo contra o rosto de Aard. - MEUS OLHOS!

O pirata fechou os olhos rapidamente, para que não fossem incinerados, e pelo visto seu corpo já estava bem fragilizado, pois as chamas causaram queimaduras no mesmo. Impossibilitado de ver por causa do fogo, as lâminas de Tidus, que antes haviam sido rebatidas, agora davam a volta e voltavam a avançar contra ele, se aproveitando da falta de visão. Apesar de tudo, mesmo assim quando a lamina chegou Aard a segurou com a mão esquerda, a que não segurava o pulso de Raymond, mesmo que o fio cortasse sua palma e fizesse o sangue jorrar na neve. - Vocês subestimam meu haki. - Duas, três, quatro, cinco. Logo Aard segurava várias laminas com a mão esquerda, segurando forte o suficiente para que Tidus não pudesse novamente controlá-las para mudar de trajetória.

- Vamos ver o que fazem com isso! - Com as espadas na mão, Aard girou, mesmo com os olhos fechados, as envolveu com o haki do armamento e as jogou como dardos, na direção das pequenas portas que Frisk havia aberto. Sua precisão era impecável, pois mesmo de olhos fechados e lançado vários projeteis de uma vez só, ele fez com as que as espadas se dividissem e entrassem por vários portais diferentes, tornando quase impossível Para Elsa e Tidus, que estavam na frente dos portais, esquivar de todos. Uma das lâminas passou cortando na lateral direita da barriga da Rainha dos Espinhos, produzindo um corte feio de cerca de três centímetros, enquanto outra se cravou no deltoide esquerdo do Duque Azul.

Aquele era o momento. Mesmo com o ferimento, Elsa se concentrou e lançou sua técnica mais forte contra Aard, mas ele conseguiu perceber o perigo e desviar da agulha mortal que se aproximava. - Mire melhor da próxima vez. - Tidus, porém, estava atento, e com o sinal da companheira fez a agulha dar a volta, pegando o pirata de surpresa e perfurando seu peito com tudo. Aard travou por um momento e cuspiu sangue quando a senbon atravessou suas costelas e perfurou em cheio seu coração, fazendo sangue e mais sangue jorrar. Msmo assim, ele parecia aguentar a dor de alguma forma, do mesmo modo que na hora da explosão, se soltar nenhum gemido de dor. - Cof cof. Vocês sabiam... Que o corpo humano consegue funcionar por três minutos mesmo depois do coração... Parar de funcionar. - O pirata cuspiu sangue e olhou para eles com o mais profundo ódio.

- EU VOU ARRASTAR VOCÊS PARA O INFERNO! - Sangue jorrava da ferida aberta, mas não houve tempo para mais nada. No instante que Aard se posicionou para avançar com tudo na direção das portas para a dimensão de Frisk, Raymond sorriu quando o dragão de fogo finalmente caiu. Tudo foi envolto em fogo, e por sorte estavam longe o suficiente para que todos os que estavam na dimensão de Frisk estarem a salvo. Chamas dançaram livres, enquanto incineravam, pela segunda vez, o Lunático. Sem forças, ele soltou o pulso do Rei Vermelho, que tratou de se afastar. Quando o fogo novamente desapareceu, foi possível ver somente um corpo totalmente preto e carbonizado de pé. Suas feições estavam horrivelmente desfiguradas, e ele já estava mais morto que vivo, mas mesmo assim se recusava a morrer. - Eu vou... - ele começou a andar com dificuldade na direção dos portais e dos três revolucionários.

Seu andar mais se assemelhavam com o de um morto-vivo, e qualquer um naquelas condições já estaria morto. - Arrastar vocês... - Ele já havia atravessado metade do caminho se arrastando, usando toda a sua força. - Para o infer... - Porem, antes que ele pudesse completar a frase, uma estava de areia subiu e perfurou seu torás, cortesia de Tidus Belmont, e encerrando ali a vida de Aard, o Lunático.



Legenda:
 



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Grupo:
 


2017:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 EmptySex 02 Mar 2018, 19:50


Rest

Após muito esforço, lágrimas e suor o lunático finalmente caiu tendo seu abdômen perfurado pela lança de areia. - Você é realmente um desgraçado durão, não é? - Resmunguei, esboçando um leve sorriso no canto dos lábios. - Mas não se preocupe, teremos nossa revanche no inferno algum dia. - Finalmente pude respirar aliviado e cai sentado no chão. - Uuh... E então, gostaram do presente? Tsc, tsc, tsc... - O comentário sarcástico era seguido de uma fisgada no ombro que me fez torcer o rosto de leve. - A propósito, suas coisas estão no tapete. - Indiquei a direção com a cabeça.

A calmaria finalmente chegava após a tempestade sangrenta, quase não podia acreditar que aquele homem havia morrido, foi quase como um conto de terror, na verdade essa seria o tipo de história que nem mesmo os bêbados das tavernas acreditariam. - “Isso vai render uma boa história algum dia.” - Um pouco mais calmo agora restava apenas lamber as feridas, contudo com meu ombro ferido e sem mais qualquer resquício de poder em minhas veias só me restava pedir ajuda. - Ei, Volkerba… Digo, Elsa, você pode me ajudar com isso? - Voltei o olhar na direção da espada cravada em meu ombro e aguardaria o seu auxílio, a remoção da lâmina e o curativo precisavam ser feitos com cuidado e de forma rápida, por conta disso ajudaria no que estivesse ao meu alcance visto que a jovem também não estava em seu melhor estado.

Com o ombro devidamente tratado voltaria a ficar de pé, evitando ao máximo a utilização do braço cujo ombro estava ferido. - É hora de recolher a bagunça. - Apanharia minha caixa de espadas, a colocaria virada pra frente deixando a alça para trás e começaria a recolher as espadas uma a uma, colocando-as de volta em seu devido lugar. - “Isso é estranho, mas recentemente sinto esse poder crescendo cada vez mais.” - Olhei para a palma da minha mão calejada. - “O poder da leveza… Sinto que essa batalha me fez entender um pouco melhor esse poder.” - No fim todo grande embate servia como experiência e aquele não foi exceção, o pirata tinha me forçado além dos meus limites, não uma mas duas vezes, por conta disso fui capaz de realizar feitos que sequer imaginava ser capaz, pude perceber que meu estilo de combate não precisava se restringir a espadas ou objetos em gerais, o próprio terreno era uma poderosa arma da qual podia desfrutar com aquela habilidade.

Após recolher todas as espadas que estavam dentro da dimensão de bolso aguardaria que Frisk abrisse uma porta para o outro lado. - Frisk, acho que precisamos ensaiar melhor aquele movimento, mas não foi nada mal para um primeiro teste real. - Comentava sobre nossa técnica combinava com bom humor, de fato ainda era preciso alguns ajustes aqui e ali, mas no geral foi um ótimo experimento. Assim que a porta fosse aberta atravessaria para o outro lado. -Foi um belo espetáculo, rei do fogo. - Comentária em um tom sarcástico com Ray em relação às chamas, esboçando um sorriso amigável. - Mas e então, o que vamos fazer com ele? - Apontaria com a cabeça na direção do corpo do pirata. - Talvez fosse melhor perguntar a Victória. Falando nisso onde ela está? Ou melhor, onde todos estão? - Olhava um pouco confuso para os lados, só então havia me dado conta de que mais ninguém estava ali além de nós quatro.  Com tudo esclarecido e se já tivesse recolhido todos os meus pertences caminharia até o interior do esconderijo. - Certo, certo, eu não sei vocês mas eu preciso dormir por um mês inteiro. - Acenaria com o braço direito. - A sim, no momento meu braço esquerdo está imobilizado, mas eu posso ajudar em tratamentos médicos mais simples, se alguém precisar venha comigo. - Comentaria antes de adentrar o prédio.

Se porventura alguém viesse junto e precisasse de cuidados médicos, utilizaria o que havia disponível tanto no esconderijo quanto nos kits médicos para tratar suas feridas da forma mais adequada que fosse possível, com a restrição de poder usar um único braço talvez precisasse de ajuda e nesse caso pediria para o próprio paciente me auxiliar com pequenas coisas quando fosse necessário o uso de mais de uma mão. No fim assim que todos estivessem devidamente tratados procuraria por algum lugar para descansar, de preferência um que possuísse uma cama onde pudesse me jogar e acordar apenas quando o mundo estivesse em chamas.
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raizen
Administrador
Administrador
Raizen

Créditos : 60
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 18/04/2011
Localização : Grand Line – 6ª Rota – Alabasta

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 EmptySeg 12 Mar 2018, 00:46




The emperor of flames
The Red King - Ray K. Walker



A batalha contra Aard já estava em seu climax e estava extremamente dificil, porém, com a queda do Dragão junto com um combo muito bem executado entre os revolucionários, finalmente o Lunático havia caído. Raymond mantinha seus olhos levemente arregalados enquanto encarava o pirata em suas últimas palavras, um pouco antes de Tidus o finalizar. Quando tudo parecia ter acabado, Ray relaxou os músculos e respirou fundo baixando totalmente a sua guarda, um raro momento. Ele sentia bastante dor em suas duas mãos, a esquerda estava com os dedos quebrado e a direita estava com o pulso aparentemente torcido, mas mesmo sentindo bastante dor, naquele momento de alívio ele estendeu levemente a sua mão direita apontando para Tidus, Elsa e Frisk e fez um sinal positivo com o seu dedão, indicando que finalmente havia terminado. - Você sempre se metendo em confusão com caras mais fortes que você! - disse com o tom irônico em resposta a Tidus e logo em seguida se dirigiu até o tapete onde estava os suprimentos comprados, e com cuidado usando sua mão direita ele pegava a garrafa de vinho, a abrindo com a boca e tomando um longo gole para relaxar.

" Você foi duro na queda... Se fosse em um outro momento, eu talvez teria simpatizado com você. Mas você cometeu o pior erro que se pode cometer comigo, e por isso terminou assim. " - refletia enquanto ficava encarando o corpo carbonizado do Lunático, até que notou uma brilho estranho.

Ao se aproximar do corpo, Ray se abaixou devagar e olhou atentamente o que era aquele estranho brilho, e logo percebeu que se tratava das manoplas de Aard que se destacavam estranhamente. O Rei Vermelho pegou uma das manoplas com sua mão direita tomando cuidado com seu pulso e sentiu que a mesma era levemente gelado e sequer estava arranhado. - " Que estranho, eu podia jurar que as vi partidas por um momento durante a luta. " - ele ficou um pouco pensativo encarando a manopla e logo pegava a outra. Assim que tirou as duas manoplas, percebeu que havia uma pequena bolsa junto a Aard, e quando olhou mais de perto, haviam diversas agulhas com uma textura diferente, como tinha achado interessante, resolvou pelar também, tudo com a mesma mão. O ruivo foi caminhando lentamente até os seus companheiros e colocou as manoplas nas mãos de Frisk. - Depois do que você lutou hoje, nada mais justo que elas ficarem com você. Gostei bastante do seu desenpenho. - disse enquanto passou a mão pela cabeça do garoto levemente com um sorriso no rosto, e logo em seguida desviou o olhar para Elsa, caminhando até ela. - Olha, eu encontrei isso no corpo enquanto pegava as manoplas, esse tipo de arma não é o meu forte, mas eu vi que você é muito boa com isso, então fique com elas. - disse enquanto entregava a sacola com algum tipo de agulhas. - Ok, vamos voltar para a base e descansar um pouco, já tivemos muita ação por hoje. - em seguida se virou de costas e se retirou até a base.

Uma vez que estivesse na base e todos já tivessem acomodados, Ray ficaria sentado de longe observando Elsa, ele sabia tudo sobre a akuma no mi dela, mas ela provavelmente não, então com isso em mente o Rei Vermelho se levantaria e iria até algum balcão perto, onde pegaria dois copos ou taças com sua mão direita tomando cuidado para não movimentar o pulso, em seguida se aproximaria de Elsa quando ela não estivesse ocupada. - Poderia me ajudar um momento? Estou com as duas mãos quase inutilizadas e ficaria agradecido de pudesse pelo menos enfaixa-las para mim. - ele diria de maneira calma e com sua expressão serena habitual, se ela concordasse, a levaria para um canto mais afastado da base onde estava a sua garrafa de vinho. Ele poderia ter pedido esse favor a Tidus, mas naquele momento ele precisava falar com Elsa. Quando estivessem a sós, Ray se sentaria onde pudesse, mesmo que fosse no chão e pegaria a sua garrafa de vinho, colocando um pouco nos dois copos. - Bebe? - dizia enquanto a entregava, se ela aceitasse, ele pegaria o outro copo e daria um leve gole.

Ray deixaria Elsa fazer o que precisasse com suas mãos, afinal ela que era a médica, ele apenas relaxaria ambas as mãos. - Você tem uma akuma no mi bem interessante. Ela se chama Hie Hie no Mi, é uma fruta que lhe permite criar, manipular e se tornar gelo, ela é do tipo Logia e é extremamente poderosa. - diria enquanto a observava nos olhos e vez e outra tomava um gole do vinho. Raymond sabia tudo sobre todas as Akumas no Mi devido ao seu Bingo Book, o livro qual ele sempre está lendo em todos os seus momentos de paz, e nesse livro tinha informações sobre todas as akumas no mi existente e por isso ele era capaz de identifica-las apenas olhando. - A principal fraqueza dessa fruta é o calor, quando exposto a altas temperaturas, não tem um desempenho tão bom quanto poderia, mas nas mãos certas isso não é um problema. - dizia o final com um leve sorriso. - Sabe, eu já sou revolucionário a algum tempo e já vi e vivi várias coisas das quais você certamente deve imaginar, pois temos a mesma vida. Uma coisa da qual eu nunca me esqueço, são os nomes e rostos das pessoas mais fortes que eu enfrentei, e cara... Aquele Booker foi duro na queda. - finalizava com mais um pequeno sorriso, tentando parecer o mais amigável possível, mesmo aquilo não sendo o seu forte. - Nós formamos uma boa dupla, e nós quatro juntos trabalhamos bem em equipe, não sei se teríamos um final feliz se você não tivesse lá para ajudar... E sabe, eu pensei comigo mesmo, desde que Axell teve que se afastar para cuidar de outros assuntos revolucionários, ficamos um pouco desfalcados e eu acho que você é uma grande revolucionária, com ideais fortes, e eu prezo esse tipo de coisa... - continuava falando, mas dessa vez estava um pouco mais serio do que antes. - Eu vou direto ao ponto. Elsa, você gostaria de fazer parte do grupo? Eu tenho certeza que faremos grandes coisas juntos, e com a sua ajuda, podemos ir ainda mais longe. - ele finalizou com um sorriso confiante nos lábios e o olhar determinado, sua expressão não mostrava medo, receio ou qualquer tipo de hesitação, ele tinha plena certeza e confiança do que estava fazendo naquele momento.

Quando Elsa tivesse tratado suas mãos e a conversa tivesse acabado, Ray agradeceria e se retiraria, independente da resposta da Rainha dos Espinhos. Ele responderia a Tidus, sobre onde estava o restante dos revolucionários. - Pra falar a verdade eu não sei onde estão os demais. Eu não prestei muita atenção no final. Assim que disseram que você estava com problemas, eu imediatamente deixei o local. Agora olha como estamos... - dizia mostrando suas duas mãos e rindo levemente. Quando tudo estivesse mais calmo, Ray procuraria um local para sentar e relaxar, e quem sabe até dormir um pouco.






Histórico:
 

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Voltar ao Topo Ir em baixo
Volker
Frozen
Frozen
Volker

Créditos : 29
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 10010
Feminino Data de inscrição : 23/03/2013
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui - Grand Line

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 EmptyTer 13 Mar 2018, 16:22

A conclusão da batalha trazia um misto de muitos sentimentos dentro daquele curto espaço de tempo, havia transitado da ansiedade, passando pelo nervosismo até alcançar a satisfação e encerrar na incredulidade. Aard não havia se mostrado apenas alguém extremamente louco, como também um monstro quase impossível de ser parado. – Quase... – refletia aquelas sensações ao observar o corpo carbonizado ainda com resquícios de vida. Teria ele sofrido pelo seu descaso? Podia muito bem observar ao redor e notar o real estado de todos após aquilo, se ele quisesse poderia ter nos matado tão rapidamente? Não importava mais, não é apenas na base da força que se resolve todas as lutas, era preciso ter cabeça também e naquele momento a mentalidade do grupo como um todo havia sobrepujado a monstruosidade física, ainda que no íntimo fosse notável que um certo amargor pairava no sabor da vitória, de que ainda havia um longo caminho a se percorrer, se quiséssemos cumprir nossos objetivos.

Da próxima vez, deixe que eu faça as compras. – soltava o gracejo junto a um suspiro de alívio conforme saia da Doa Doa de Frisk. Mover-me não era difícil, suportar a dor já parecia ser uma tarefa relativamente fácil, mas a mobilidade dos braços sentia o efeito da camada de gelo presa as costas para aliviar as queimaduras. – Espero que não fiquem cicatrizes. – resfolegava, tocando o gelo fino nas costas enquanto me aproximava de Tidus após pegar as coisas que havia pedido para ele comprar. – Claro. – respondia ao seu pedido de ajuda enquanto um leve sorriso no canto dos lábios era visto ao notar que ele havia se esforçado minimamente para não se dirigir a mim pelo sobrenome. Ao me aproximar, abaixava-me para poder segurar seu braço e avaliar seu estado, mas também era uma oportunidade para deixar as coisas claras. – Apenas para esclarecer, meu pai publicamente nunca foi muito fã de ‘Dom’ Belmont. – sorria levemente. – “Alguém que amarra suas pretensões aos filhos, não me parece um bom pai.” Ele comentava vez ou outra. Você parece carregar seu nome como se fosse um fardo.

Tocava o braço, onde prendia algumas agulhas nas regiões adjacentes do seu ferimento selecionando cautelosamente os acupontos. – Respire fundo, vou remover a espada de uma única vez. – diria antes de remover o objeto num puxão rápido, logo que o retirasse cobriria em gaze antes de esterilizar o local e dar os devidos pontos, enquanto realizasse o processo continuaria. – Não me incomodo de que me chame de Volkerbäll, me orgulho desse nome. – dava de ombros. – Talvez porque sempre tenham me chamado de Elsa, assim como todos os meus irmãos. A única coisa que depositaram em nós, foi o desejo de que seguíssemos nossos objetivos e eu acho que isso faz todo sentido pra minha família. – sorriria, antes de enfaixar o braço do revolucionário e colocar mais algumas agulhas nos arredores da região. – Respire fundo. – diria antes de por as agulhas. – Solte. – concluiria após colocar todas elas, por fim resfriando um pouco o curativo com minha habilidade. – Permaneça com as agulhas por um tempo, elas estão estimulando pontos de fibra do seu ombro o que deve espalhar a dor concentrada causando uma sensação de formigamento no local, tente não se esforçar demais, não preciso dizer que é pra ficar em repouso. Se sentir qualquer coisa, tome dois desses. – daria um frasco de analgésicos.

Levantaria logo em seguida, notando com mais avidez o corte na lateral do meu corpo, sangrava talvez até demais para meu próprio bem e devido a ocasião, sequer havia me preocupado em estancar o sangramento. Precisava tratar das minhas próprias lesões, mas ainda tinha Frisk num estado pior para lidar, ele havia sido duramente golpeado e a não muito tempo havia estado entre a vida e a morte, ainda que Tidus brincasse com ele, não poderia deixá-lo sem atenção imediata. Realizaria assim uma rápida esterilização do local do meu corte e cobriria com gaze e ataduras até poder apertar o curativo ao redor da minha cintura, estancando o sangue ao máximo para que pudesse ter tempo para tratar do jovem. – Missu ficará uma fera ao ver que você exagerou de novo. – brincaria, coçando a cabeça conforme me aproximava dele com uma expressão zombeteira. – Deixe-me ver esse rosto e essas costelas. – ergueria minhas mãos na direção dele. – Hmmm. – Observaria a região do rosto e logo em seguida as costelas, buscando entender melhor como poderia proceder naquela situação. – Você não parece ter sofrido nenhum tipo de sangramento interno, o que é bom, no entanto. – ficava em silêncio por um tempo, retirando do kit médico algumas agulhas.

Ele não se feriu como Tidus, seus ossos quebraram, mas não sofreu nenhum corte, toda a dor está concentrada nos músculos, vai ser complicado reproduzir a Ação Segmentar que fiz no Tidus, a dispersão do estímulo não vai surtir tanto efeito e vou obrigar ele a ficar de cama durante todo o tempo. – Andaria ao redor do rapaz, procurando os pontos adjacentes das costelas. – Sim, talvez seja melhor usar a Supra-segmentar, estimular o córtex me aproveitando da proximidade da lesão da medula. Um, dois, quatro, oito pontos na região do tórax e três na região nasal. – Começaria assim o tratamento, posicionando as agulhas separadamente sob um fino pano sobre a areia ainda extremamente quente para só então começar a enfaixar a região das costelas do rapaz tal como seu nariz após recolocar o nariz na posição correta. – Respire Fundo. – diria antes de posicionar as agulhas quentes nos pontos, o calor estimularia rapidamente os pontos e prolongaria a sensação por mais tempo. – Esse procedimento tem como finalidade atingir as fibras musculares, transmitindo estímulos pelos seus receptores, trazendo-os para sue medula espinhal e estimulando seu córtex a liberar Beta-Endorfina. Isso vai aliviar suas dores por um bom tempo, mas é bom que você mantenha repouso durante esse tempo. – terminava de explicar tudo com um sorriso, notando a caixa de chocolates em seguida.

Quando voltar a base, sugiro que entregue os chocolates pra ela e diga como se sente. – o olharia nos olhos. – Nossas vidas podem acabar de uma hora para outra, é bom viver sem arrependimentos e sem medos. – diria brevemente, notando a aproximação de Raymond em seguida. Ele trazia consigo não apenas as manoplas de Aard, como também uma sacola repleta de agulhas. – Hmm? São agulhas mesmo? – questionava num primeiro momento ao notar que apenas da quantidade, elas era absurdamente leves e acima de tudo, haviam resistido ao forte calor. – Naquela temperatura elas teriam simplesmente derretido. – as senbons intrigavam bastante, mas foi num olhar mais apurado de uma única que pude sentir as reais diferenças. – São mais leves e finas, tem uma extremidade levemente plana, boa pare cortes e uma ponta rígida. – tocava, sentindo um forte incômodo. – Kairouseki? Interessante. – sorria, guardando-as comigo. – Obrigada. – agradecia Raymond, enquanto ajudava Frisk a se levantar. – Vamos para a base, lá você poderá descansar.

Seguiria com Frisk até o interior da base, onde buscaria os demais se já tivessem retornado. – Estão todos bem? – tentaria ver se havia mais alguém precisando de ajuda e se fosse algo simples, talvez Tidus pudesse lidar pessoalmente. – Poderia fazer isso, por favor? – diria ao Belmont se fosse necessário, indicando não apenas os demais que precisassem, como também meus próprios ferimentos. Estava pronta para lidar de meus próprios ferimentos quando Raymond pediu minha ajuda. – Claro que posso. – responderia de maneira proativa, ainda que sentisse o gelo em minhas costas cada vez mais frágil. – Deixe-me ver essas mãos. – diria assim que sentasse a frente dele para começar o tratamento. – Bebo. – diria com um sorriso de simpatia. Enfaixaria as mãos de Raymond com cuidado, tentando identificar possíveis lesões no local. – Permaneça tangível se possível. – apesar do tom irônico, as palavras tinham um motivo para tal, se precisasse usar as agulhas seria bom que elas não derretessem ao contato.

Durante o tratamento, ao constatar que não havia razões para acupuntura, permanecia ouvindo-o falar. – Notei quando ‘perdi a cabeça’. – olhava-o nos olhos, rindo em seguida. – Minha intangibilidade é diferente, uma vez que gelo é algo no estado sólido, eu me quebro e me refaço, ainda preciso trabalhar melhor esses aspectos. – terminava de enfaixar as mãos do revolucionário e assim pegava o copo, usando minhas habilidades para resfriar a bebida e então tomá-la. – É, eu notei que não me dou bem com fogo, não é a primeira vez que não me entendo com ele. – relaxaria sobre a cadeira e então permitia a camada de gelo se romper, revelando a região atingida pelas chamas, tocando a região da nuca um pouco depois. – Felizmente não atingiu a tatuagem. – dizia com alívio na voz, enquanto Ray mencionava meu irmão Booker. Naquele momento, suavizei as expressões e meus olhos percorreram o local, como se lembrasse do passado o que motivou um sorriso besta sobre a face. – ‘Se você enfrentar Booker tenha certeza de que o faça isolado de tudo’. Ele é de longe o mais correto dos meus irmãos, fiel, leal, focado e extremamente emocional, quanto mais motivos ele tiver pra lutar e vencer, mais forte ele fica. Sempre foi assim. – dizia com nostalgia na voz, Raymond não precisava dizer mais nada, sabia agora que meus irmãos estavam bem apesar do embate em Cactus.

A surpresa maior se reservava ao convite da parte dele para que integrasse a Red Legion, algo que não esperava vindo da parte dele, ainda mais por tudo que ele havia demonstrado durante as ações contra TAGAYA. – Ora...eu confesso que não esperava isso vindo de você. – suspirava de surpresa, comentando aquilo com certo divertimento. – Você não tem nenhum jeito para interagir não é mesmo? Dá pra notar, embora seja interessante ver seu esforço. – apontava para o copo, para que ele enchesse com mais bebida. – Eu ia me convidar de qualquer forma. Eu vi, que preciso ficar mais forte se quero proteger meus companheiros. Alguns deles não receberam bem minha decisão, mas faço o que acho ser certo. Creio que você entenda bem o peso de uma escolha. Assim como pode entender, que eu não sou exatamente a mais quieta das pessoas. – ajeitava-me na cadeira.

Discordamos um do outro mais de uma vez em poucos dias. E aqui estamos, dois teimosos conversando sobre unir forças. E eu vou direto ao ponto com você também Rei Vermelho. –
desta vez, não tinha porque brincar, falava sério tal como Raymond havia feito. Era preciso por as cartas na mesa e as intenções antes de aceitar aquele convite, mesmo que já fosse do meu interesse desde o início. – Se eu achar que você está errado eu vou ser a primeira a por você nas cordas, isso vale pra nós dois, eu não ouvia nenhum superior que demonstrasse algo do qual discordo, não pretendo mudar essa forma de agir. Fidelidade, eu só tenho a causa revolucionária, Lealdade apenas comigo mesma e meus amigos, mas não tente mudar meus objetivos. Eu vou cumprir todos eles, assim como prometi antes de conhecer vocês. Ross, TAGAYA, eu irei atrás de todos eles, libertarei meu amigo de Impel Down e todos aqueles que vivem sob o regime de um monstro que faz o que faz com aval do Governo Mundial. Dito isso... – levantar-me-ia.

Irei com vocês!

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~The winter has come
The blood and soul has aceepted their fate
The young viper, now mature, put their children in the hunt
They want to hunt by your lead
Their dreams, liberty and fate
Winter calls with your voice and only the phalanx can survive it!~


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
O Painel a esquerda no fórum irá te ajudar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ravenborn
Illuminati
Illuminati
Ravenborn

Créditos : 29
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 08/11/2014
Idade : 20

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 EmptyTer 13 Mar 2018, 23:35






Frozen Fists and Burning Hearts

E por fim, a sofrida e cansativa luta contra Aard finalmente acabava. Mas mesmo assim, eu não conseguia sentir o "gostinho da vitória", nem de longe. "Mesmo depois de tudo aquilo, ele levantou outra vez..." Meu corpo estremeceu, só de lembrar da imagem aterrorizante do pirata, com a vida já se esvaindo do corpo, continuando a lutar com o único objetivo de nos levar junto com ele.

Não conseguia me lembrar da última vez em que tinha sentido tanto medo. Se ele não tivesse ficado brincando, desde o começo...não era preciso pensar muito pra saber o que teria acontecido. Nós só tínhamos vencido aquela luta porque o inimigo só decidiu ficar sério quando já era tarde demais, e isso só tornava as coisas ainda mais frustrantes. - Merda...! - quantas vezes?

Quantas vezes eu ainda precisaria experimentar do gosto da minha própria fraqueza até que finalmente me tornasse alguém forte de verdade? Eu podia sentir que mesmo Chara queria dizer alguma coisa, mas não encontrava as palavras. No final das contas, era a mais pura verdade: Aard fora superior a nós em tudo, e eu sabia muito bem que existiam muitas outras pessoas mais poderosas do que ele por aí. Pra que exatamente eu estava me esforçando?

"Então por causa disso, você vai simplesmente desistir de tudo?" A voz de Chara ainda estava bem clara na minha mente, quase como se eu ainda estivesse sobre o efeito da nossa técnica. "Pensei que você queria proteger todo mundo?" As palavras me atingiram com tanta força quanto um dos golpes do pirata. No que diabos eu estava pensando? Eu era fraco, e já tinha aceitado isso há muito tempo. Agora, o poder esmagador de um inimigo tinha me abalado, quase me fazendo querer me esconder na sombra dessa fraqueza outra vez.

Eu respirei fundo, voltando a olhar pra frente com determinação. "Foi mal, Chara. Eu fraquejei, mas não vai acontecer de novo." Eu sorri, enquanto abria a passagem para o outro lado para mim, Tidus-san e Elsa-san. "E obrigado por me lembrar. Eu ainda tenho coisa demais pra fazer pra desistir aqui." Nós tínhamos vencido aquela luta por conta de um erro de Aard, sim. Mas havia outro motivo. Nós vencemos porque tínhamos lutado juntos, um protegendo e ajudando o outro - como a verdadeira família que éramos.

- Só fico feliz por todo mundo estar vivo. Hehe. - eu sorri, radiante, apesar de que o meu nariz quebrado provavelmente deixava a cena um pouco engraçada. Pouco depois, Ray-san se aproximou, e a primeira coisa de que eu lembrei quando o vi foi da explosão imensa de fogo que ele tinha causado, o ponto chave do nosso plano. - Depois do que você lutou hoje, nada mais justo que elas ficarem com você. Gostei bastante do seu desempenho. - ele disse, finalizando com um afago e me entregando as manoplas de Aard. Eram armas incríveis, e recebê-las de presente de Ray-san era ainda mais.

Ri, entusiasmado. - Valeu, Ray-san. Você também foi incrível! - Meu respeito pelo Rei só crescia, desde o dia em que tínhamos começado a viajar juntos, e tinha sido o máximo ver ele lutando com tudo pra nos proteger. Acho que eu me inspirava um pouco nele nesse sentido. Por hora, guardaria as manoplas para colocá-las à prova mais tarde, tinha coisas mais importantes pra resolver do que ficar testando armas novas - como o meu nariz, por exemplo.

Depois de retornarmos para a base, eu fiquei esperando Elsa-san finalizar o tratamento de Tidus-san, que com certeza tinha sido o que mais se feriu de nós quatro, visto que teve de lutar contra Aard sozinho até nos alcançar. "Tomara que ele fique bem..." Algum tempo depois, enfim, a Volkerbäll veio me atender, imediatamente soltando uma piadinha pra quebrar o gelo*. - Missu ficará uma fera ao ver que você exagerou de novo. - ela brincou.

À menção do nome da garota, eu corei um pouco, sorrindo um pouco envergonhado. - Haha, nem brinca. - e assim, o tratamento seguiu, com Elsa-san observando os meus ferimentos com calma e procurando a melhor maneira de tratá-los, para por fim me explicar o que estava fazendo conforme utilizava as suas agulhas pra diminuir a dor que eu estava sentindo. A pontada incomodou na hora, principalmente porque as agulhas estavam quentes, mas não demorou muito pra que eu começasse a sentir o desconforte diminuir, mesmo que apenas um pouco. E foi aí que ela me pegou de surpresa.

- Quando voltar a base, sugiro que entregue os chocolates pra ela e diga como se sente. - eu imediatamente comecei a tossir, surpreso com o quão direta ela tinha sido, para então olhá-la nos olhos. Àquela altura, eu já estava tão vermelho que podia sentir minhas orelhas queimando. Era verdade que eu gostava muito de Missu, mas falar o que eu sentia assim não era fácil. - Nossas vidas podem acabar de uma hora para outra, é bom viver sem arrependimentos e sem medos. - ela explicou, e eu arregalei um pouco os olhos, compreendendo.

Isso não significava que eu estivesse com um pingo a menos de vergonha, claro, mas o conselho de Elsa-san era de coração, e eu certamente o levaria em conta. - Tudo bem. Obrigado, Elsa-san. - sorri, realmente agradecido. Com isso, eu agora tinha muitos planos importantes pela frente, começando do momento em que Missu e os outros voltassem pra base. - Certo... - eu disse, respirando fundo. Era hora de começar a praticar a minha confissão. Mentalmente.

Afinal de contas, o que pode dar errado, não é mesmo?


*Pun Intended.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Gracias Sr. Volker pelo Tutorial

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts - Página 10 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts
Voltar ao Topo 
Página 10 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... , 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Alabasta-
Ir para: