One Piece RPG
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Meu nome é Mike Brigss
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor Oni Hoje à(s) 15:54

» Kit - Ceji
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor Ceji Hoje à(s) 15:23

» [ficha] Arthur D.
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 15:15

» Mini-Aventura
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor Makei Hoje à(s) 14:25

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor King Hoje à(s) 13:44

» [Mini-Aventura] A volta para casa
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor Ryoma Hoje à(s) 12:40

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 12:34

» Mini-Aventura
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor Makei Hoje à(s) 12:29

» Art. 4 - Rejected by the heavens
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor Ryoma Hoje à(s) 12:04

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 11:06

» [Mini-Azarado] Um falastrão beberrento
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 10:58

» Os 12 Escolhidos, O Filme
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 5:24

» Jade Blair
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor Kylo Hoje à(s) 3:42

» Seasons: Road to New World
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 2:26

» The Victory Promise
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor Akise Hoje à(s) 0:33

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor Fukai Hoje à(s) 0:27

» Kit Phil Magestic
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 22:25

» 10º Capítulo - Parabellum!
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor Marciano Ontem à(s) 22:12

» II - Growing Bonds
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor War Ontem à(s) 21:36

» Xeque - Mate - Parte 1
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Emptypor Ceji Ontem à(s) 21:20



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3 ... 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
Yami
Super Nova
Super Nova
Yami

Créditos : 35
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts 10010
Masculino Data de inscrição : 28/11/2011
Idade : 24
Localização : Far, Far Away ♫

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Empty
MensagemAssunto: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts EmptySex 1 Dez 2017 - 14:10

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts

Aqui ocorrerá a aventura dos revolucionários Elsa Volkerbäll, Raymond King Walker, Tidus Belmont e Frisk Dreemurr. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Volker
Frozen
Frozen
Volker

Créditos : 29
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts 10010
Feminino Data de inscrição : 23/03/2013
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui - Grand Line

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts EmptySab 2 Dez 2017 - 15:17

Seguir até o palácio de Alabasta foi um convite a reflexão, muito por causa do que fora dito por Mindy antes de partirmos. Havia até então me mantido alheia aos meus companheiros mais próximos, em prol da recuperação física dos mesmos, embora ainda carregasse a esperança de que Marco e Vicent pudessem ter se acertado nesse meio tempo, uma realidade que infelizmente não havia ocorrido, de quebra ainda havia Durong o mais afetado de nós tanto em sua parte física quanto psicológica. – Não se preocupe com Durong. – acabava por responder a jovem apenas durante a viagem. – Enquanto aqueles dois estiverem por perto, não permitirão que ele faça algo tão irresponsável. – trazia um sorriso confiante a face, continuando com as ponderações. – Além do mais, deixei Marco ciente da minha necessidade de conversar com ele a respeito de Kim. – terminava, levando a mão ao ombro dela como se dissesse. “Está tudo bem!”.

Enquanto ainda seguíamos sob os tapetes voadores, aproveitei da ocasião para questionar o trio que havia lidado da situação no palácio, muito disso com base no que fora dito pelo homem que havia vindo até nosso encontro. – Vocês permitiram que o rei fosse sozinho? – não tinha conhecimento da situação em que todos estavam nas circunstâncias da batalha, mas soava imensamente irresponsável imaginar que o Rei de Alabasta foi desfazer um contrato com mercenários sem ao menos levar alguém para protegê-lo. Poderia de fato ter estendido o questionamento até o homem do rei, mas naquela altura da situação não era preciso sequer direcionar a dúvida para ele, parar T.A.G.A.Y.A era uma obrigação nossa, pela bem das pessoas de Nanohana, no mínimo seria preciso alguém ter ido para presenciar de fato a anulação do acordo.

Coçava a cabeça, como se parecesse preocupada com que pudesse nos aguardar no fim daquela viagem, a recepção só corroborava com o pensamento, ainda que não houvesse nenhum sinal de hostilidade, a presença de todos os guardas só podia significar um ocorrido extremamente grave. Seguíamos assim, em direção a sala do trono, onde um baú parecia se destacar de forma solene no centro do local, sob ele uma carta da qual partiu de mim a iniciativa de ler a qual o fiz de forma concentrada e calma, ainda que sentisse em meus próprios pensamentos o desconforto que elas causavam como se pudesse antever o que ocorreria. – Pode abrir? Por favor. – pedi para Rá’Zor, aguardando que ele revelasse o conteúdo do baú.

Ao bater os olhos no interior do objeto fechei meus olhos rapidamente, enquanto lentamente desviava o rosto para baixo, acompanhado de um suspiro que mesclava descontentamento e incredulidade. Levei a mão à cintura e aguardei alguns segundos para que pudesse me recompor do que tinha acabado de ver. – Vocês permitiram que o rei fosse sozinho! – dessa vez as palavras não vinham em tom de dúvida, elas traziam uma certeza absoluta, ainda que a voz permanecesse calma e suave. Em um segundo olhar, pude notar o frasco ao lado da cabeça de Thutmés e calmamente ia a sua direção o pegando com cuidado. – Ele usou isso para firmar o contrato? – questionaria Rá’zor, antes de explicar aos demais do que se tratava. – Victoria. Lembra que comentei que fui roubada antes de chegar em Alabasta? – faria a pergunta e após a certeza da revolucionária, ergueria o frasco. – Era isso o que me levaram. Uma amostra do Poço de Lázaro, uma substância capaz de curar qualquer coisa, além de dar a quem a consome uma força inimaginável. Harrison Ross comanda a ilha onde o Poço se encontra e o regente da ilha transformou isso em dois tipos diferentes de droga.

Guardaria o frasco em minhas roupas, enquanto continuava a explicar. – Utilizei o frasco para barganha minha fuga do navio de Ross, embora não fosse minha real intenção permitir que o levassem. Parece que Lilla se desfez dele aqui na ilha e isso acabou chegando às mãos de Thutmés, o pagamento perfeito. T.A.G.A.Y.A. faria qualquer serviço para ter isso em mãos. – terminava de explicar o significado daquele frasco, dando ao guarda tempo para que ele explicasse a situação da princesa. – Se não ficou sabendo, deve saber o mais breve possível. É ela quem reina agora. Diga que falaremos com ela a respeito da situação, tanto dessa, quanto da ilha como um todo. – voltava a encarar o rei. – Encontraram o restante do corpo? – Buscaria saber, antes de voltar para perto dos demais. – Ele poderia ser qualquer coisa, mas ele foi manipulado no fim das contas. Ele não merecia isso, tal como Lincoln não merecia ter morrido. E a responsabilidade é nossa, é nossa! – trazia um tom frio e decisivo de voz, encarando a todos. – Espero que tenham noção disso. – afastar-me-ia um pouco de todos, enquanto deixava que eles enfim pudessem ponderar da situação e partilhar assim suas opiniões, mas naquele instante, tudo o que queria era pensar um pouco naquela situação. Do que faríamos a partir daquilo.



Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~The winter has come
The blood and soul has aceepted their fate
The young viper, now mature, put their children in the hunt
They want to hunt by your lead
Their dreams, liberty and fate
Winter calls with your voice and only the phalanx can survive it!~


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
O Painel a esquerda no fórum irá te ajudar.



Última edição por Volker em Qui 7 Dez 2017 - 15:35, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts EmptySab 2 Dez 2017 - 22:01


Death and Power

A batalha para proteger o reino de Alabasta tinha chegado ao fim, ao menos era isso que pensei por um breve momento antes de Rá passar por aquela porta. - “Problemas e mais problemas, como diria o meu irmão: o melhor trabalho de todos.” - Suspirei fundo e abri um leve sorriso enquanto preparava os tapetes para nos levar ao nosso destino. Em pouco tempo já estávamos no ar seguindo em direção ao palácio real com o auxílio da dimensão paralela de Frisk, uma combinação perigosa de poderes nascia ali. - “Ahn… Isso parece promissor.” - Levei minha mão direita até o queixo enquanto refletia sobre as possibilidades que a combinação de meus poderes com a do garoto poderiam proporcionar.

Durante a viagem a revolucionária dos cabelos prateados questionava nossa decisão de deixar o rei ir sozinho, algo natural, até mesmo eu não tinha exatamente concordado com a sua atitude. - Não é como se nós tivéssemos “permitido” isso. - Enfatizava a parte do permitir. - Ele quis ir sozinho para desfazer o acordo já que tinha feito isso sozinho, além disso temia que nossa presença causasse a impressão errada, eles podiam pensar que nós que estávamos coibindo-o a desfazer o acordo e dar início a guerra que estávamos tentando evitar. - Cruzei os braços e continuei focado no caminho que estávamos trilhando, afinal de contas eu é quem estava guiando todo o grupo e meu foco tinha de ser total naquele momento, não era hora nem local para explicações e muito menos discussões.

A viagem foi curta e logo chegamos ao pátio do palácio onde fomos recepcionados pela guarda real. - “Então eles possuem tantos homens assim?” - Refleti brevemente sobre a quantidade de pessoas ali enquanto meus olhos percorriam o perímetro, a primeira vez que invadimos o local ele já era bem guardado com guardas para todo lado, mas agora a segurança chegava a ser ridícula de rigorosa. Junto ao restante do grupo caminhei até o centro do salão principal enquanto ouvia as palavras da águia de metal, conforme me aproximava do baú um sentimento ruim crescia em meu peito, não sabia ao certo o motivo disso mas tinha certeza de que o conteúdo da urna não era nenhum presente. - “Isso cheira a problema dos grandes.” - Engoli a seco e olhei para os outros com a seriedade que a situação requisitava.

O baú por fim era aberto e em seu interior nos deparávamos com algo chocante. - Merda. - Murmurei desviando o olhar para baixo e levando minha mão até o rosto. - “Esse idiota.” - Por mais que eu não sentisse nada além de desgosto daquele sujeito ninguém merecia uma morte tão brutal e desumana, nem mesmo ele. Nesse meio tempo a jovem Volkerbäll voltava a se pronunciar, revoltada com a situação. - Não vamos apontar dedos aqui, não cabia a nós ou a eles permitir qualquer coisa. - Apanharia o papel e leria e voz alta caso os outros não tivessem lido ainda, poupando o trabalho de todos de terem de ler a mesma coisa, ao final complementaria. - Pelo que está nesse papel ir com o rei ou não, não faria diferença, na verdade até faria, o numero de caixas nesse salão seria bem maior, afinal de contas se essas pessoas forem tão fortes quanto as histórias sugerem enviar homens feridos e cansados para questioná-los seria o mesmo que dar de presente cordeiros para uma alcateia de lobos. - Devolveria o papel para o comandante. - Eu entendo a frustração de todos, mas sejamos raciona. - Colocaria minha mão direita no ombro de Rá’Zor. - ísis vai precisar de você ao lado dela mais do que nunca. - Baixaria um pouco minha cabeça em respeito.

Enquanto o diálogo prosseguia e mais lamentações eram feitas, viraria de costas ainda com um semblante sério e caminharia até Nathan. - Não importa de quem é a culpa. - Diria enquanto caminhava. - Isso é apenas resultado de suas escolhas. Ele foi até lá impedir o ataque sozinho por livre e espontânea vontade sabendo muito bem dos riscos, ele escolheu correr o risco sozinho e preservar a vida e integridade de seus homens que já estavam feridos e cansados, eu não o conheci antes disso tudo mas no fim das contas ele morreu para salvar o seu povo, é disso que precisamos ter noção, major Volkerbäll. - Aquilo podia soar frio e arrogante de minha parte, mas a verdade era que eu já não era mais o garoto ingênuo de Karete Island ou o recruta revolucionário de Conomi Island, agora eu sabia da crueldade do mundo e que todas as nossas escolhas tinham consequências severas estando certo ou errado, nada disso tinha importâncias, no fim era tudo questão de ponto de vista, ir com o rei teria mudado algo? Era o certo a se fazer? Do meu ponto de vista não era e continuava não sendo, nós apenas teríamos ido de encontro a morte e mortos não mudam nada, a unica coisa que podia fazer agora era seguir em frente e honrar o sacrifício daqueles que se foram, além de claro buscar o poder necessário para impedir que mais sacrifícios fossem necessários por uma causa nebulosa.

Assim que chegasse próximo a Nathan lhe questionaria a respeito de um assunto que estava me incomodando, independente se outros estivessem conversando com os guardas. - Escute, após a nossa luta com os comandantes você mencionou algo sobre termos despertado Haki. - Pararia ao seu lado e cruzaria os braços. - Quero que me ensine tudo o que sabe sobre isso se possível, eu posso ter despertado esse poder mas não faço ideia de como usa-lo, você pode me ajudar com isso? - Mantinha a mesma expressão séria que havia adotado desde o momento que chegamos, não era exatamente do meu feitio, porém não podia esconder que os últimos ocorridos estavam me frustrando, uma vez mais a minha falta de poder custou a vida de alguém. - Preciso dominar esse poder o quanto antes ou isso nunca vai ter fim… - Referia-me a toda aquela matança, eu sequer era capaz de lembrar a quantidade de aliados e bons amigos que caíram durante nossa caminhada e não pude fazer nada por eles. - “Eu vou protegê-los, custe o que custar.” - Meu olhar se encontrava com todos os bons amigos e aliados que ali estavam, as mãos que repousavam sobre os meus bíceps apertaram um pouco mais quase que involuntariamente, como se meu corpo estivesse reagindo aos meus sentimentos por vontade própria.
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ravenborn
Illuminati
Illuminati
Ravenborn

Créditos : 29
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts 10010
Masculino Data de inscrição : 08/11/2014
Idade : 20

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts EmptyDom 3 Dez 2017 - 2:33






Frozen Fists and Burning Hearts

A viagem até o palácio foi feita de maneira rápida e segura, graças aos tapetes voadores de Tidus-san e da proteção da dimensão de bolso da Doa Doa no Mi. Pra ser franco, porém, eu me sentia um pouco inquieto, pois a chegada do homem fora repentina e o seu tom de urgência certamente indicava que alguma coisa tinha acontecido - e se eu tivesse de apostar, coisa boa não tinha sido. Infelizmente, só podia torcer para que o pior já tivesse passado, por mais que a sensação estranha de que aquilo ainda não tinha acabado continuasse me assombrando.

O restante to trajeto eu passei mais tentando me manter no tapete do que qualquer outra coisa - os enjoos e tonturas causados pelo veneno ainda vinham em ondas de quando em quando, e não seria nem um pouco legal se eu me desequilibrasse por causa disso e caísse de bunda na areia do deserto. Ou quase isso, já que tecnicamente não dava pra tocar a areia ali dentro da dimensão de bolso. "Espero não ter que lidar com esse tipo nunca mais..." Eu suspirei, era impressionante o quanto a batalha contra Amon tinha me afetado, mesmo todo esse tempo depois de ter terminado. "Heh, um monte de socos na fuça teriam incomodado menos." Chara comentou, zombeteiro como sempre, e eu revirei os olhos.

Quando finalmente chegamos, eu abri a nossa porta de saída, fazendo com que fôssemos recebidos com surpresa pelos guardas - o que era de se esperar, já que pra eles tínhamos aparecido ali do nada. - É bastante gente... - a quantidade de soldados ali não era de se subestimar; se fossem bem treinados, com certeza causariam problemas a qualquer invasor só com a força dos números. Nosso grupo foi até a sala do trono, grande, chamativa e espaçosa, realmente digna de um rei. O mais estranho, porém, era um baú, bem no meio do cômodo, que com certeza não parecia fazer parte da decoração. Eu senti um calafrio percorrer a espinha, imaginando o que podia haver dentro, quase nervoso.

Quando o recipiente foi aberto, porém, eu instantaneamente arregalei os olhos num misto de surpresa e raiva, dando um passo pra trás e apertando com força os punhos. Depois desse primeiro momento, fitei o chão, pois não conseguia me forçar a olhar de novo pra dentro da caixa. "Sem final feliz dessa vez, então. T.A.G.A.Y.A. não o deu sequer a chance de reagir..." As palavras eram um pouco rudes, talvez, mas a voz de Chara carregava um peso maior do que elas sugeriam: ele também estava bastante incomodado com aquele desfeche. Não importava que tipo de homem o Rei era, ninguém merecia morrer daquele jeito.

Respirando fundo e depois dando um longo suspiro, eu me acalmei, me recuperando do choque inicial. Mas ainda assim, uma outra coisa me apertava o peito, fazendo mal. Raiva. Era quase hipocrisia, considerando que as minhas próprias mãos já tinham tirado a vida de outros, por mais que fosse Chara no controle do corpo. - Mesmo assim... - eu fitei o alto, preso numa confusão de pensamentos. Eu não conseguia suportar tudo o que eles tinham feito com Jahad, com Elsa-san e agora com o Rei, mas era tudo um sentimento de vingança, longe dos ideais de paz pelos quais eu tinha jurado a mim mesmo lutar. Eu não os queria mortos, mas não gostava nem um pouco da ideia de vê-los livres depois de tudo isso.

"Você tá pensando demais. Tem alguma dúvida de que esses caras são inimigos? Porque eu não tenho. E se eles são inimigos, não tem mal algum em sentir raiva deles." Eu sorri um pouco com a tentativa estranha de Chara de me animar. "Valeu, Chara. Mas por enquanto, Alabasta está a salvo, então é melhor deixar esse assunto de lado." Enfim, eu me recompus. Não podia ficar ali o dia inteiro pensando no que era certo ou errado, precisava usar o tempo que tínhamos pra ficar mais forte, pra proteger os meus amigos e aquilo em que acredito. - Mas se nossos caminhos se cruzarem... - eu disse, baixinho, mas não precisava completar a frase. Tanto eu quanto Chara sabíamos muito bem que se tivéssemos de lutar contra a T.A.G.A.Y.A., assim seria. Acertaríamos as contas então.

Aparentemente, durante os meus devaneios, Tidus-san e Elsa-san tiveram algo parecido com uma discussão, apesar de eu não entender muito bem qual era o real motivo. O Rei estava morto, sim, mas como a responsabilidade era nossa? Eu quase morri na luta contra Amon pra podermos pegar Darwishi e assegurar a segurança de Nanohana ao cancelar o casamento e o contrato, o que mais poderia ter feito? Suspirando, eu decidi que era melhor deixar aquela discussão de lado, não estava com cabeça pra isso, já que os efeitos do veneno ainda não tinham sumido totalmente, e por mais que eu já não corresse risco nenhum, ainda incomodavam bastante. Maldito fosse aquele escorpião gigante.

Com a determinação de volta ao olhar, eu seguiria para junto de Tidus-san logo que ele começasse a conversar com Nathan, já que eles estavam falando sobre algo que me interessava bastante - o tal do Haki, um poder misterioso que nenhum de nós sabia controlar ainda. - Eu também, por favor. - entraria na conversa, o semblante resoluto, e então fitaria a mão direita. - Esse poder...se eu não tivesse usado isso, provavelmente teria morrido naquela luta. Se eu conseguir controlar...sem dúvidas, vai ser uma força extra muito bem vinda! - eu sorri, determinado. - Por favor, Nathan, me ensine a usar esse poder também! - eu diria, convicto. Com a ajuda desse poder, eu teria mais força à minha disposição para proteger meus amigos e lutar ao seu lado. E isso era tudo de que eu precisava!



Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raizen
Administrador
Administrador
Raizen

Créditos : 60
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts 10010
Masculino Data de inscrição : 18/04/2011
Localização : Grand Line – 6ª Rota – Alabasta

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts EmptyDom 3 Dez 2017 - 3:29


Depois de brindar em homenagem a Lincolm, a Red Legion com os demais revolucionários atenderam ao chamado de Rá'Zor e com a ajuda de Tidus, voram voando em tapetes dentro da dimensão da Doa Doa no Mi. No caminho alguns membros conversavam entre si, e em certo momento Elsa questiou Ray e Tidus sobre dexar o Rei ter ido sozinho, o Duque Azul respondia rapidamente a mulher, enquanto que o Rei Vermelho por sua vez preferiu não se pronunciar, pois a resposta já havia sido dada, por este motivo continuou com os braços e as pernas cruzadas e o semblante sério e concentrado, como se tivesse ignorando tudo e todos. Durante a curta viagem, o ruivo estava se perguntando o porque ter sido convidado para o castelo, afinal em sua cabeça já não tinha mais nada a ser feito lá, pois Thutmés já havia encerrado o contrato e ninguém mais seria atacado. Em certos momentos ele desviava o olhar para o Comandante da Guarda Real bem desconfiado, porém manteve a mesma postura até o fim da viagem.

Chegando no palácio, Ray arqueava uma das sobrancelhas enquanto encarava aquela quantidade de soldados que estava próximo. - "Estranho, essa não é a postura de um local que acabou de resolver um problema. " - pensou enquanto continuava caminhando e observando tudo a sua volta com o canto dos olhos, ainda mantendo seu semblante sério e fechado. Chegando no local destinado, e quando o baú foi aberto, O Rei Vermelho que até então parecia sério e mal humorado, ficava levemente perplexo por alguns segundos, seu olhos estavam mais abertos assim como sua boca, ele pareceu não acreditar no que viu, de fato era uma cena chocante.

Não demorou muito até que ele se recompor e voltar a sua postura anterior, mas dessa vez estava bastante pensativo com uma das mãos no queixo enquanto encarava a cabeça do rei em silêncio. - " Eles são perigosos, uma atitude dessa não é tomada por simples amadores. " - enquanto Ray se pergunta como aquilo havia acontecido, Elsa parecia um pouco mais chocada e novamente o questionou, e novamente foi respondida por Tidus, o que poupou o ruivo de ter que responder novamente, pois a mesma ja havia sido dada. Todos ali presentes pareciam estar bastante chocados, e não era pra menos, porém uma coisa perturbava o Rei Vermelho, o porque ter sido chamado até lá. Elsa e Tidus discutiram de maneira sutil enquanto Ray parecia estar alheio aquilo tudo, quando finalmente todos diziam o que queriam, o silêcio prevaleceu por alguns segundos, e foi aí que o ruivo iniciou sua fala.

- Não me entendam mal, é realmente lamentável a forma que isso "acabou", mas eu estou me perguntando o porque de eu estar aqui... - ele dizia com o tom de voz calmo e pensativo, dessa vez desviando o olhar para Rá. - O nosso objetivo era parar o ataque dos assassinos e foi apenas por esse motivo que fizemos o que fizemos, mas o objetivo foi cumprido, no próprio bilhete diz que não haverá mais ataques. O Rei insistiu em ir sozinho, disse que acabaria com aquilo de uma vez e foi o que ele fez, porque afinal nada disso teria acontecido se ele não tivesse começado, sendo enganado ou não. - dava uma pausa e olhava em volta brevemente. - O que vocês esperam de nós? Que sairemos por ai buscar vingança em nome do rei? Nós somos revolucionários, por mais que queiramos ajudar a todos, temos que investir nosso tempo e ainda mais importante: Arriscar as nossas vidas por algo maior, não para vingar o rei. Nós colhemos o que plantamos. Não esperem que eu arrisque a vida dos meus amigos em busca de vingança por um homem que viveu pelos motivos errados, o contrato foi encerrado, eles cancelaram o ataque e foram embora. - deu uma pequena pausa e foi caminhando até a porta, parando um pouco antes. - Com a morte do Rei, a Pricesa assumirá e ela precisará do apoio de todos vocês, não haverá mais nenhum ataque, aproveitem esse momento de "paz" para se reerguerem, é o melhor que podem fazer nesse momento. - e então depois de finalizar sua fala, ele se retiraria do quarto, andando um pouco mais para frente até uma das grandes janelas, inde ficaria parado olhando através da mesma. Apesar de ter sido duro em suas palavras, Ray não desejava o mal, muito pelo contrário, ele tinha certeza que o reino poderia se reerguer das cinzas do antigo rei, e que a nova rainha com certeza daria conta.

Quando tudo estivesse acabado ou mais calmo, na primeira chance que tivesse, Ray se aproximaria de Victoria. - Comandante, durante a batalha no palácio eu provavelmente despertei o Haki da Observação, o Comandante Mark havia me explicado sobre os três tipos de Haki e eu tenho certeza que por um momento eu usei. Queria saber se você poderia me ajudar de alguma forma, apesar de eu ter usado, não sei como fazer novamente e eu quero muito aprender, tem coisas que eu quero lutar e proteger, e quanto mais forte eu for, melhor. - ele diria a sua superior de maneira calma, como se estivesse conversando com um amigo, pela patente de Victoria, ele imaginava que tivesse algum tipo de conhecimento, visto que Mark tinha.






Histórico:
 

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Voltar ao Topo Ir em baixo
Hoyu
Olhos de Deus
Olhos de Deus
Hoyu

Créditos : 76
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2013
Idade : 20
Localização : Grand Line - Jingle Bell Island

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts EmptySeg 4 Dez 2017 - 22:19




A chegada da princesa!


  • Todos


Todos que haviam presenciado a abertura do baú se encontravam abalados, mesmo que minimamente pelo conteúdo que se escondia em seu interior, protegido do olhar de todos. Rá, ao ver o que ele continha entrou em choque, e não sabia como reagir. Talvez nem tanto pela morte do rei em si, mas talvez por ser percebido que, depois de tudo, que iria governar a ilha inteira agora era a princesa. Os revolucionários davam suas palavras de condolência em relação ao falecido rei, mas Raymond levantava um questionamento que poderia ser considerado até um pouco rude: por que foram chamados? Mesmo com as constatações do Rei Vermelho, o segundo comandante da guarda real se mantinha calmo, aceitando as palavras do revolucionário, e começou a explicar tudo logo em seguida. - Não chamei vocês aqui por causa de algo assim. Entendo que não faz o menor sentido para vocês fazerem isso, mas o baú nem mesmo nem mesmo havia sido aberto antes de vocês chegarem. - Rá desviava o olhar, como se aquela fosse uma lembrança dolorosa que repentinamente vinha a tona. - Antes de sair atrás da T.A.G.A.Y.A., o rei me fez um pedido. Ele me disse para, se algo de estranho ou inusitado acontecesse enquanto ele estava fora, eu deveria chamar vocês imediatamente. Acredito que ele tinha medo que eles não quisessem cancelar o contrato, ou ficassem irritados com isso, e resolvessem atacar a cidade, junto de todos os civis. Se isso acontecesse, precisaríamos da ajuda de vocês para não deixas as pessoas morrerem.

Ainda em choque, Rá Zor se recostou na parede, e sentou no chão. - É bom que eles não tenham atacado a cidade, como ele provavelmente temia, mas não consigo aceitar que terminou assim. Eles são monstros. Mas o que mais temo é pela Ísis. Com o choque e isso tudo acontecendo, ela mesmo assim vai ter que ser firme para liderar a ilha em um momento tão difícil. - Levantando-se novamente, o comandante foi até o baú e fechou os olhos e bocas da cabeça do rei, como se tentasse dar um mínimo de dignidade para o falecido. - Obrigado, ela realmente vai precisar. - Disse, quando Elsa disse que iriam falar com ela sobre a situação da ilha. - Ela sempre teve umas ideias parecidas com as de vocês, então acho que vai precisar de apoio nesse momento.

Um silêncio estranho percorreu o salão, deixando o ambiente ligeiramente desconfortável, até eu os agentes resolvera falar com Nathan e Victoria sobre o que havia acontecido durante as batalhas. - Me desculpe, Raymond, mas creio que eu não seja a pessoa mais indicada para isso. Sim, eu consigo usar ambos os hakis, mas não no nível de conseguir ensinar para alguém. Se quiser uma parceira de treino, pode contar comigo, mas não vou saber te instruir nisso, ainda mais que tenho maio costume de usar o do armamento. - Victoria se desculpava de modo educado com Raymond, enquanto envolvia sua mão direta com a energia negra, mostrando o haki do armamento. - Nathan é muito melhor no da observação, mas o caso dele é meio complicado também. - Um pouco mais afastado, Frisk e Tidus foram até Nathan, que havia pegado uma garrafa de whisky e estava bebendo. - Despertou o da observação também, baixinho? - O homem perguntou, olhando para Frisk. - Olha só, eu adoraria ver vocês ralando para aprender, mas infelizmente eu não tenho didática nenhuma. Explicar o que acontece é fácil, mas explicar como se faz já é outra história. - O homem pausou e deu um gole na bebida. - Aprender comigo e nada deve ser a mesma coisa, mas se me derem um tempo consigo arranjar professores ótimos para vocês. Pelo menos... Hic... Melhores que eu.

Um guarda entrou correndo na sala, e log parou em frente à Rá, batendo continência. - A princesa chegou, senhor! - Com pesar nos olhos, o comandante passou por ele e colocou a mão em seu ombro. - Rainha, soldado. Ela agora é rainha. - Com cara de espanto, o guarda ficou parado, enquanto Rá ia até a porta e saia. Enquanto estava fora, Victoria chamava a Red Legion para falar com ela. - Sei que tecnicamente a missão já acabou, mas concordo com Elsa, acho que seria bom termos uma reunião com ela. Ísis já tem alguns ideais bem próximos aos que buscamos, mas acho que ela vai precisar de apoio para mudanças tão radicais. Haverá resistência na ilha quanto à abolição da escravidão, tenho certeza, e ela vai precisar de apoio. - Victoria olhou para cada um deles, com convicção no olhar. - Falarem com os outros para voltarem para a base, mas vocês quatro, que tiveram mais destaques nos últimos incidentes, eu Nathan e Missu vamos ficar para ter uma reunião com ela. E espero que tudo de certo.

Logo Rá voltava, melancólico e de cabeça abaixada. - A prince... Rainha já sabe do que ocorreu. Ela parece abalada, mas pediu para falar com vocês o mais rápido possível. Mesmo em seu estado atual ela diz que não tem tempo para perder. - Olhando para os revolucionários, Victoria assentiu levemente com a cabeça. - Raymond, Tidus, Frisk, Elsa, Nathan Missu e eu iremos falar com a rainha. O resto volte para a base. Olívia, você dá as ordens enquanto nós não retornarmos. -Sua voz ela forte e confiante. - Venham, vou levar vocês até a sala de reuniões. - O comandante disse, seguindo corredor adentro.



Legenda:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Grupo:
 


2017:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts EmptyTer 5 Dez 2017 - 20:13


Future

O conteúdo do baú acabou afetando a todos de maneiras diferente, mas acreditava que no fundo tinha sido um choque para todos, afinal de contas uma cabeça decepada como forma de aviso não podia ser considerado algo normal - mesmo para nós. Em determinado momento Ray questionou os motivos por estarmos ali, de certa forma ele estava certo nesse ponto, afinal de contas por que aquilo seria assunto do exército revolucionário? - “Como sempre mantendo a frieza.” - Esbocei um leve sorriso no canto dos lábios e balancei a cabeça, de certo modo era bom ter alguém com a cabeça no lugar e que não se deixava levar pelas aparências, pois querendo ou não nós tínhamos um dever e mesmo que quiséssemos ajudar a todos não podíamos, talvez agora eu estivesse entendendo melhor a forma do meu pai pensar, na verdade acho que estava ficando cada vez mais parecido com ele.

Deixando a parte burocrática um pouco de lado, Nathan explicava-me que não poderia me ensinar como controlar aquele poder, pois por mais que soubesse como usar ele não era apto a ser um mestre, o que me decepcionava um pouco mas eu entendia, meu mestre em Rokushiki também teve dificuldades em transmitir o conhecimento que possuía. - Eu entendo e ficaria grato se me apresentasse a estes mestres antes que tenhamos de nos enfiar em outra guerra. - Abria um sorriso no rosto deixando claro que estava sendo sarcástico. - E quanto a você. - Baixei meu olhar na direção de Frisk. - Também despertou esse tal de Haki? Deve ter passado por maus bocados, não é? - Mantive uma expressão mais leve e alegre como de costume, tentando manter o ambiente um pouco mais leve mesmo naquela situação.

Após Rá sair do salão seguido de um soldado Victória tomou a palavra, ela parecia determinada a alinhar um tipo de parceria com a agora regente ísis. - Como queira, comandante. - Assenti com a cabeça de forma sutil. - É uma oportunidade interessante. - Por mais que o clima estivesse pesado com a morte do antigo rei, ainda era uma chance única de formar uma aliança entre o reino com o exército revolucionário, aquilo sim poderia ser considerado uma grande vitória. Com o retorno de Rá nós finalmente tínhamos a deixa para encontrar a rainha. - Então vamos. - Ajeitei a caixa de espadas nas costas dando um puxão de leve na alça e comecei a caminhar na direção que foi indicada pelo comandante águia.

Assim que chegássemos a sala de reunião cumprimentaria a agora Rainha curvando-me um pouco para frente e deixando o antebraço direito a frente do meu abdômen. - Majestade. - Após o cumprimento retornaria a minha postura inicial e me sentaria em uma cadeira assim que fosse dado a permissão para tal. Por mais que não fizéssemos parte do reino ou devêssemos algo a aquela mulher, agora ela era rainha, uma posição reconhecida no mundo inteiro e devíamos tratá-la de forma adequada, talvez fosse apenas meu sangue nobre falando mais alto mas sentia que era o certo a fazer. Inicialmente me manteria sentado e em silêncio ouvindo o que a rainha tinha para dizer, assim como a posição de Victória, não havia motivo para intervir nas negociações antes mesmo de ouvir a opinião da anfitriã.
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raizen
Administrador
Administrador
Raizen

Créditos : 60
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts 10010
Masculino Data de inscrição : 18/04/2011
Localização : Grand Line – 6ª Rota – Alabasta

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts EmptyQua 6 Dez 2017 - 20:17


Os revolucionários haviam sido chamados pelos membros do exército real para comparecer ao palácio, parecia ser urgente e mesmo desconfiado com aquela situação, Raymond não hesitou em atender ao chamado, indo com os demais membros da Red Legion. Chegando no local, uma coisa chocante havia acontecido: O Rei de Alabasta havia sido assassinado e decaptado. Todos no local pareciam chocados com a situação, mas mesmo diante de tal situação, o Rei Vermelho foi um tanto rude na maneira que disse, porém aquilo estava preso em sua garganta e ele precisava falar, ele precisava saber o motivo. Depois de Rá explicar que antes de sair, o próprio Rei pediu a presença dos revolucionários, Ray ficou em silêncio, pois haviam respondido a sua dúvida e assim acalmou seus ânimos. O ruivo ouviu atentamente tudo o que era dito pelo comandante da guarda real e não se pronunciou mais naquele momento.

" Não sei se ficar aqui é realmente certo, mas se o que ele disse é verdade, talvez nossa presença aqui seja essencial. Vamos ver o que vai acontecer. " - refletia enquanto se mantinha no seu canto com os braços cruzados ouvindo e observando tudo o que acontecia a sua volta.

Depois que a poeira baixou um pouco, Ray se diritiu até Victoria, pois para ele ninguém seria melhor para lhe ajudar a dominar o Haki do que uma Comandante do exército revolucionário, porém a resposta que ouviu não era a que esperava. Ele ficou a encarando enquanto dizia, e assim que a mesma terminava de falar, assentia com a cabeça. - Tudo bem. Deve ser uma coisa difícil de fazer, irei encontrar alguém que tenha condição de me ajudar. Obrigado de qualquer forma. - e logo em seguida o major se retirava.

Não demorou muito até que um dos soldados adentrasse no local para anunciar a chegada da nova rainha, e que a mesma requeria a presença de Rá, que imediatamente se retirou do local. Enquanto isso Victoria se reuniu com os demais membros da revolução e isso fez com que Ray se aproximasse um pouco mais para ouvir o que ela dizia. Apesar de não concorda completamente com aquilo, o Rei Vermelho entendeu a situação e não julgou necessário questionar, porque de fato havia um sentido naquilo, ao fim das palavras de Victoria, ele assentiu com a cabeça levemente e não disse uma palavra, continuou de braços cruzados aguardando que o próximo evento ocorresse. Não demorou até Rá retornar e assim anunciar que a rainha queria vê-los. - A prince... Rainha já sabe do que ocorreu. Ela parece abalada, mas pediu para falar com vocês o mais rápido possível. Mesmo em seu estado atual ela diz que não tem tempo para perder. - na mesma hora o ruivo descruzou os braços e deu um passo a frente, se retirando do local primeiro e aguardando os demais saírem.

Raymond caminharia com Rá observando tudo a sua volta e aproveitou para perguntar mais uma coisa que havia notado. - Apropósito, onde está o cachorro? - se referia a Anutops, que com sua grande força com certeza seria de grande ajuda. Quando chegasse no local onde a rainha estivesse, Ray adentraria e caminharia em sua direção, parando poucos metros a sua frente e cruzava os braços, mantendo sua postura e sua expressão séria. - Rainha. - dizia como forma de cumprimento enquanto esperava o que a mesma diria.






Histórico:
 

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] l [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ravenborn
Illuminati
Illuminati
Ravenborn

Créditos : 29
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts 10010
Masculino Data de inscrição : 08/11/2014
Idade : 20

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts EmptyQua 6 Dez 2017 - 21:02






Frozen Fists and Burning Hearts

A direção que a conversa tomara fora mais ou menos o que eu esperava - apesar de eu ter sim algo contra a T.A.G.A.Y.A., se tratava de algo pessoal, e eu concordava com Ray-san quando ele dizia que nós já tínhamos terminado o que viemos fazer ali. Por mais que tivesse acabado daquele jeito, Nanohana estava a salvo e em breve, os escravos seriam libertos. "Claro, não vai ser fácil mudar tanta coisa de uma hora pra outra...mas fizemos o que tinha de ser feito." Eu assenti pra mim mesmo, decidido. Buscar vingança contra a T.A.G.A.Y.A. agora não tornaria as coisas melhores pra nenhum de nós, disso eu tinha certeza.

Por outro lado, parecia que as coisas também não seriam tão fáceis para nós também. Nathan explicou que não era lá o melhor professor pra aquele tipo de coisa, o que significava que o aprendizado de Haki teria de ficar pra depois. - E quanto a você. Também despertou esse tal de Haki? Deve ter passado por maus bocados, não é? - Tidus-san brincava, por sua vez, e eu sorria em resposta, agradecido pelo esforço dele em manter o bom humor. Depois do que tínhamos visto a pouco, com certeza não era fácil pra ninguém sorrir daquele jeito. - Você não faz ideia, eu realmente achei que ia acabar ali. Pelo menos, agora temos um novo poder pra proteger o que importa. Acho que valeu a pena os maus bocados.

Eu disse, bem humorado e confiante. O Haki, o que quer que fosse, era uma força a ser levada em conta, e com certeza seria útil na nossa luta. Eu com certeza aprenderia a utilizá-lo, pra me tornar mais forte, pra poder proteger o pessoal. "E não se esqueça, pra descer a porrada nos inimigos. É a melhor parte!" Chara comentou, entusiasmado. Daí, a conversa seguiu com Victória tomando a palavra pra explicar os planos em relação à princesa - que agora era Rainha, eu acho - e sobre como ela provavelmente precisaria do apoio dos revolucionários pra lidar com as coisas na ilha. - É compreensível, principalmente depois da morte do rei...com certeza tem gente que não vai ficar nem um pouco feliz com a princesa no poder. - com os ideais de Ísis, ela provavelmente não tinha lá muito afeto por parte dos nobres de Alabasta.

Por fim, chegava a hora de irmos nos encontrar com a nova Rainha de Alabasta. Era estranho como a ideia ainda conseguia me dar um friozinho na barriga, simplesmente por ela ser da família real - era como uma audiência direta com o monarca do país, e isso seria muito legal se não fossem as circunstâncias. Chegando lá, eu me colocaria junto com o restante do pessoal - possivelmente perto de Missu, já que não tínhamos conversado direito desde aquela confusão toda no Cassino. - Majestade. - Faria uma leve reverência à Rainha, um pouco desajeitado, imitando Tidus-san, mas pararia por aí. Era hora de deixar quem realmente entendia do assunto resolver o que precisava ser feito.



Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Volker
Frozen
Frozen
Volker

Créditos : 29
Warn : 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts 10010
Feminino Data de inscrição : 23/03/2013
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui - Grand Line

1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts EmptyQui 7 Dez 2017 - 15:30

Não havia razão para manter uma ponta de indignação agora que a situação se desenrolava numa situação desagradável. Rá’zor se explicava a respeito da nossa convocação até o castelo, alegando ser um pedido do rei, caso algo ocorresse. No fim, era apenas o cumprimento de seu dever como guarda, embora sua preocupação com a nova rainha indicasse talvez mais do que um sentimento de proteção. Caminhava pelo salão enquanto escutava atentamente as palavras do homem, aproveitando um pouco da situação para dialogar com o mesmo. – No momento, apoio é o mais importante. Pelo menos já estejam cientes que as coisas não serão fáceis no começo. – esboçava um sorriso. – Mas tenho certeza de que tudo dará certo, se ela for bem orientada. – terminava, voltando para perto de Mindy e imediatamente, fazendo sinal para que Missu se aproximasse de nós.

Darwishi era um homem inescrupuloso, mas ainda sim era um comerciante de grande porte. Deve manter tudo organizado e de forma sistemática em sua residência. – fazia uma breve pausa, para expor minha ideia e caso Victoria estivesse livre, a chamaria também. -  Digo, é visível que a prioridade agora é extinguir a escravidão da ilha, ainda que haja o interesse da Rainha em revogar tal prática, ainda existem os contratos de compra e venda de Darwishi, se tivermos os documentos, poderemos usar os meios legais para revogar a escravidão sem gerar atritos com as demais pessoas da ilha. – observaria Victoria. – Ele também atuava no mercado negro correto? Podemos ter noção do problema que aflige a ilha se tivermos esses documentos, se a Rainha tiver acesso a eles. Só estou comentando, pois acho que a decisão disso caberá não apenas a ela, mas a você também Victoria. – iria expor o pensamento a revolucionária, afinal de contas, além ela igualmente queria desfazer todo aquele legado tenebroso do qual passou boa parte de sua vida.

Coçava a cabeça, enquanto suspirava. Após conversar com as três, me encaminharia até Rá’zor. – Com licença, mas pode me responder uma coisa? – buscaria primeiro saber de sua disponibilidade para só então questioná-lo, quando houvesse a oportunidade para tal. – Posso presumir que o falecido Rei mantinha-se alinhado aos interesses do Governo Mundial certo? – aguardava por uma resposta positiva, embora ela parecesse bem óbvia. – Ele recebia visitas frequentes de membros do Governo? Com o que ocorreu hoje, a notícia não deve demorar a correr a Grand Line e Alabasta terá os olhos voltados para si. T.A.G.A.Y.A. não é uma ameaça imediata, mas o Governo pode vir a ser uma. – dava de ombros, agradecendo as respostas e expondo que continuaria com o assunto uma vez que estivéssemos todos reunidos. – Continuo na reunião. Obrigada. – caminharia para longe do homem, para despedir-me de Mindy. – Fique de olho nos meninos. – piscaria com um dos olhos, em sinal de confiança.

Seguiria com os demais até o encontro com a rainha, aonde chegando ao local não me disporia de uma imediata cortesia. – Meus Sentimentos. – iria abraçá-la, mesmo que a intimidade fosse zero e aquele um primeiro encontro, ele havia perdido mais que um rei, não seria justo tratá-la apenas pela posição, seria também um gesto de conforto, antes de enfim uma saudação mais condizente com a sua posição. – Majestade. – curvar-me-ia em sinal de respeito e só assim procuraria um local para me sentar, onde aguardaria pelas palavras da mulher, assim como as de Victoria.



Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~The winter has come
The blood and soul has aceepted their fate
The young viper, now mature, put their children in the hunt
They want to hunt by your lead
Their dreams, liberty and fate
Winter calls with your voice and only the phalanx can survive it!~


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
O Painel a esquerda no fórum irá te ajudar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Empty
MensagemAssunto: Re: 1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts   1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
1º Epic - Frozen Fists and Burning Hearts
Voltar ao Topo 
Página 1 de 11Ir à página : 1, 2, 3 ... 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Alabasta-
Ir para: