One Piece RPG
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Evento Natalino - Amigo Secreto
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor Blum Hoje à(s) 20:15

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor Alek Hoje à(s) 20:08

» Wu-HA!
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 19:36

» Vol 1 - The Soul's Desires
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 18:59

» [MINI-Koji] Anjo caído
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor Proto_ Hoje à(s) 17:39

» Sorte ou Azar? Uma Ascensão Pirata!
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 17:12

» The Hero Rises!
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 17:09

» VIII - The Unforgiven
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 16:37

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor Skÿller Hoje à(s) 15:54

» A primeira conquista
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor Misterioso Hoje à(s) 15:42

» 10º Capítulo - Parabellum!
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor Marciano Hoje à(s) 14:09

» Blues, Bourbon e balas
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor ReiDelas Hoje à(s) 13:35

» II - Growing Bonds
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor Teo Hoje à(s) 13:34

» Mess in Grand Line: The Red-Haired Arrived
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor Akise Hoje à(s) 11:57

» Meu nome é Mike Brigss
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor Oni Hoje à(s) 10:37

» Cindy Vallar
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor Oni Hoje à(s) 08:56

» Que tal um truque de mágica?
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor Veruir Hoje à(s) 08:56

» Mao di Lut Ima
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor Alek Hoje à(s) 04:24

» [Mini] Albafica Mino
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor Albafica Mino Hoje à(s) 03:42

» One Piece RPG Awards 2020
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 00:00



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink!   Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 EmptyQui 30 Nov 2017, 19:24

Relembrando a primeira mensagem :

Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Bartolomeo Khan. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Aesop
Civil
Civil


Data de inscrição : 14/06/2014

Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink!   Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 EmptyQua 24 Jan 2018, 14:59

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O coiote era o meu objetivo, e Jeff agiu da maneira como eu pensei. Moku não poderia ficar irritado se eu dissesse que o cabra era previsível. Graças aos bons combatentes que eu tinha ao meu lado, consegui prosseguir a investida contra o canino, e assim o fiz, mas não foi da maneira que pensei. Meu golpe mais forte era o Double Direct, mas esse golpe foi o que meu oponente conseguira bloquear, mas foi arrastado, mostrando que eu tinha bastante força com os dois socos diretos. Nyu sentia mais dores, e Shizuka estava a beira do desmaio. Eu tinha que continuar minha investida enquanto Jeff se preocupava com os outros dois.

Combinei uppercuts e diretos, cruzados e jabs, joelhadas e golpes baixos, tudo o que eu poderia fazer para abrir a guarda do animal. E assim o fiz. Nyu parecia não ter noção do que estava acontecendo, mas continuava estrangulando a coelha. Era a chance que eu tinha para avançar contra ela, mas o coiote era voraz e saltou em minha direção. Meus olhos dourados pegaram cada movimento do animal, até que Bardo surgia para salvar o dia, suportando toda a dor de uma lança encravada no ombro e, naquele instante, a mordida do coiote no pescoço. Essa era a brecha que eu estava precisando.

Shizuka pisoteava Nyu, me deixando num estado de fúria ainda mais elevado, chocando seu corpo contra o chão e declarando, antecipadamente, a vitória. Quando menos percebi, um corpo era atirado em mim, me levando contra a parede. Aqueles pelos duros e pontiagudos, brancos e emanando um desejo de sangue. Shizaki estava fora de combate, com diversas flechas em seu corpo. Sua alma partira para outro mundo com uma frustração: fora traído pela própria irmã. Isso era revoltante, e sem sentido algum. Família, apesar das desavenças, sempre devem amar uns aos outros. Eu era assim com os demais Khan. Apesar do castigo que eu estava recebendo, eu os amava e queria o bem deles. Mas eu tinha um fardo sobre mim.

Eu era o emissário da justiça!

Me livrei do corpo de Shizaki com pena, afinal, eu entendia a angústia dele. Levantei-me batendo na roupa para me desfazer da poeira e sujeira. Meus cabelos loiros caíam sobre os olhos, a cabeça baixa checava se havia alguma sujeira no meu trapo velho e negro. Percebi que Shizuka quebrava as pontas das flechas que estavam encravadas em Jeff e melhoravam a sua locomoção. Xin Seng havia conseguido acertar uma veia importante na perna de Jeff, e era questão de tempo até as coisas piorarem para ele. Infelizmente, o arqueiro morrera, deixando Moku e Bardo lutando para me auxiliar. Shizuka sacava duas adagas de arremesso, mostrando finalmente o seu estilo de combate.

- ACABOU? NÃO! SÓ ACABA QUANDO EU PARA DE RESPIRAR! BÉÉÉHHH!!!

- Jeff, você é só mais um peão no jogo de xadrez. Quem está controlando as peças é Shizuka. - meus olhos focaram os meus oponentes, o cabelo esvoaçando na estranha corrente de ar que vinha das saídas da gruta, dessa vez mais geladas que o normal - Eu sou Olhos Dourados, e vocês perdem a guerra agora!

Ai dizer a última palavra, tentaria me movimentar da forma mais rápida possível, usando da minha aceleração e acrobacia para conseguir efetuar alguns passos na parede, de forma a flanquear meus oponentes. Eu tinha as preocupações das facas de Shizuka, mas ainda tinha o corpo grandalhão de Jeff para me auxiliar. Por ora, iria ignorar a batalha de Bardo e o coiote para focar no combate que eu participava, então daria o meu all-in. Dando alguns passos na parede, iria saltar logo em seguida, mirando o homem cabra, posicionando meu braço esquerdo como quem vai aplicar uma espécie de Lariat. Prestaria atenção em seu movimento, afinal, ele não era o verdadeiro alvo desse golpe.

O foco verdadeiro estava atrás dele, era a coelha maldita. Meu lariat tinha a intenção de combinar o dano e emendar uma movimentação. Focando o pescoço de Jeff, iria usá-lo como um pivô para rotacionar meu corpo em volta dele e conseguir impulso o suficiente para jogar minhas duas pernas contra Shizuka, torcendo para que a energia posta nesse movimento fosse capaz de arrastá-la para trás. Assim que esse movimento fosse feito, acertando Shizuka ou não, tentaria dar um pisão na parte de trás do joelho de Jeff e, caso possível, arrancar a flecha e provocar a hemorragia.

Se conseguisse fazer isso, provavelmente conseguiria mais tempo para focar em Shizuka, e emendaria mais um dash na direção da coelha, levantando meu punho direito atrás do corpo e procurando aplicar um golpe direto em sua face. Entretanto, ainda deveria tomar cuidado com as facas da lagomorfa, e, como eu não tinha escudos ou armas, não conseguiria bloqueá-las. Se eu percebesse que Shizuka me focava enquanto eu estava perto de Jeff, tentaria usá-lo como escudo, aproveitando a posição para combinar as facas hipoteticamente lançadas por Shizuka e alguns socos rápidos no peitoral do humanoide.

Se as facas fossem lançadas durante a minha breve corrida na parede, tentaria antecipar o meu salto, desviando delas. Eu deveria precaver e conseguir um bom impulso na parede, afinal, eu era um alvo enquanto estivesse no ar, então, justamente por esse motivo, tentaria fazer com que meu salto em direção ao pescoço do homem cabra fosse o mais rápido que eu conseguisse. Shizuka também poderia esperar e usar as facas enquanto estivesse investindo contra ela, e, por isso, tentaria deixar de prontidão as minhas pernas para saltar em zigue-zague, afim de confundi-la e dificultar sua mira.

Jeff, apesar dos machucados, não era um inválido, e poderia muito bem esquivar ou bloquear meu primeiro golpe. Caso ele esquivasse, faria conforme o planejado e investiria contra Shizuka. Ao caso dele bloquear meu lariat, seja me segurando ou somente chocando seu corpo contra o meu, tentaria aplicar mais uma vez o Double Direct a queima roupa, então investindo contra Shizuka logo em seguida.

Se ele me recebesse com um soco, tentaria mudar completamente o meu movimento, usando meu braço esquerdo, antes preparado para o lariat, agora para tentar segurar o pulso do homem e usá-lo como pivô para girar meu corpo e alcançar as orelhas da coelha, então trazendo-as para perto de mim, soltando o pulso de Jeff e usar o mesmo braço para socar com força a cara da vilã. Era um plano ousado, mas quando se está em desvantagem, a melhor coisa a se fazer é arriscar. O não eu já tinha, se eu não tentasse, era certeza que não daria certo.

- Shizuka!!!!


Double Direct:
 
Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sete
Revolucionário
Revolucionário
Sete

Créditos : Zero
Warn : Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 3010
Data de inscrição : 05/02/2013

Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink!   Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 EmptyQui 25 Jan 2018, 10:47

Entrada misteriosa


Era difícil andar pela trila. A intensidade que a neve caia era menor, porem ela se misturava com a lama no chão, deixando o terreno escorregadio. Além disso, não havia nada de diferente no som vindo dali. Minha única alternativa era continuar andando por aquele corredor de arvores. Durante o caminho, voltava a imaginar como seria encontrar alguém. Por vezes, cheguei a ensaiar diálogos. Porém chegou um momento em que acreditei estar sozinho naquela ilha. A trilha apenas continuava, e continuava, não parecia ter fim.

Felizmente parecia estar errado, pois havia uma passagem ao lado esquerdo do caminho. As arvores quebradas indicavam que não era algo natural. Por estar de noite, e a vegetação caída sobre a “entrada”, era quase impossível saber o que havia do outro lado. Novamente me deparava com uma encruzilhada. Minha ansiedade e esperança voltava a crescer.

Minha curiosidade para saber o que havia do outro lado tomou a decisão por mim – Só uma espiadinha e continuo pela trilha – Dessa forma voltaria minha atenção para o lado esquerdo. Lentamente iria retirar a vegetação do caminho, evitando o máximo de barulho possível. Aos poucos ia tentando identificar o que havia do outro lado. Caso ainda continuasse desconhecido, tentaria entrar no caminho. Colocaria um pé de cada vez, e daria pequenos passo, sentindo o terreno antes de entrar. Seguro não era uma palavra que se encaixaria ali, mas sim, só entraria caso sentisse que o terreno era confiável.

Não pararia ate descobrir o que havia desse lado. Continuaria entrando por esse caminho misterioso ate achar algo ou alguém. Poderia ser uma bela aventura, ou simplesmente suicídio. Mas minha intuição dizia que era algo que valeria a pena. Bastava apenas analisar com cuidado todo o local, e tomar cuidado para não perder a saída.

Histórico::
 


off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Legenda:
"Lembranças"
Fala


Voltar ao Topo Ir em baixo
Yamazaki Raizo
Revolucionário
Revolucionário
Yamazaki Raizo

Créditos : 6
Warn : Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 21/03/2017
Idade : 25

Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink!   Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 EmptySex 26 Jan 2018, 10:44


 
Bartolomeu



Bartolomeu estava decidido à encerrar a batalha novamente com um all-in, dessa vez seus alvos eram ninguém menos do que os dois minks no comando da ilha e caso tivesse sucesso a liberdade da inocente população mink estaria garantida. O jovem Khan iniciou seus movimentos ofensivos utilizando as habilidades que aprendera com os mestres minks, e utilizando um impulso o garoto conseguiu dar alguns passos na parede da caverna, afim de flanquear seus inimigos e conseguir um ângulo melhor para um ataque.

Porém Shizuka ao perceber sua intenção, tentou interceptá-lo, lançando uma de suas facas no timing perfeito para acertar o peito do garoto caso ele continuasse correndo na parede. Bartolomeu já esperava por isso e antes que fosse atingido pelo projétil, novamente com um impulso, Bartolomeu saltou da parede na direção de seus oponentes e assim evitando ser atingido. Mas Shizuka estava de prontidão com a outra faca pronta para arremessar, e dessa vez Bartolomeu não tinha como esquivar, e Shizuka conseguiu acertá-lo enquanto o garoto pairava no ar, cravando a pequena faca em sua coxa direita.

Bartolomeu sentiu a dor por ser atingido, porém a adrenalina do momento fez o garoto continuar seu ataque, e atingiu Jeff com um lariat com o braço direito, e o mink extremamente habilidoso bloqueou o golpe facilmente com o antebraço esquerdo, e era exatamente isso que Bartolomeu queria, pois tal golpe era apenas uma finta. Utilizando o corpo de Jeff como eixo para girar seu próprio corpo, Bartolomeu esticou as pernas criando uma enorme força centrípeta e acertando Shizuka no rosto com a ponta do pé esquerdo. Ao perceber a intenção de Bartolomeu, Jeff tentou interceptá-lo mas não foi rápido o suficiente dessa vez pois não esperava tal ação do garoto, mesmo assim o mink cabra acertou uma cabeçada no nariz de Bartolomeu instantes após o garoto acertar Shizuka, e tal cabeçada fez o jovem Khan cair no chão quase desmaiado.

A última coisa que Bartolomeu viu foi seu pé acertando em cheio o queixo de Shizuka com muita força, depois disso a cabeçada do mink cabra fez o garoto cair no chão e mesmo com os olhos abertos ele não era capaz de enxergar muita coisa, tudo estava embaçado e girando. Após ter sido derrubado Bartolomeu foi capaz apenas de detectar um vulto vindo em sua direção, seria necessário agir rápido e com cautela, pois não era possível saber se tal vulto era uma ameça.

Explicações:
 



Sete


O garoto escolhia render-se à curiosidade de desbravar a misteriosa e suposta entrada, e ao retirar os cipós e vegetação da sua frente, Sete pode visualizar o que provavelmente era uma vila oculta. Haviam moradias no interior daquele esconderijo, que eram levemente diferentes das moradias que o garoto já havia visto, pois eram feitas com madeira, cipós e palha e lembravam tocas devido às suas estruturas circulares. Porém muitas delas, praticamente todas, estavam destruídas, algumas parcialmente e outras completamente arrasadas.

Sete percebeu também que em algumas partes do chão que a nevasca não havia coberto havia sangue, e devido à sua aparência, parecia que o sangue tinha sido derramado ali há pouco tempo. O garoto percebeu também que no centro da suposta vila haviam muitas cinzas, como se uma enorme fogueira tivesse sido acesa há pouco tempo atrás e a nevasca foi responsável por apagá-la.

O garoto passeava vagarosamente entre os entulhos das construções e percebeu uma outra entrada, dessa vez uma entrada de um tipo de gruta, e percebeu também que algo ou alguém o observava de dentro da gruta, e assim que o garoto olhou em sua direção, o misterioso ser se escondeu e pelo som que fez tal ser correu gruta adentro.

A aventura pela qual Sete esperava viver estava aos poucos se tornando um pouco diferente do que o garoto imaginava, mas talvez ele estivesse no lugar certo, pois pelo cenário que investigou com certeza pessoas ou animais foram machucados, e um médico é sempre bem-vindo em situações como essa.

____________________________________________________

~A vida é apenas um fenômeno superestimado...~


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]  |  [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Gods Slayers
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
From the ashes, we will be reborn


- Fala -
* Pensamento *
~ Flashback ~

Objetivos:
[x] Entrar no exercito revolucionário
[  ] Declarar guerra ao governo mundial
[  ] Organizar um ataque à marinha que entre para a história
[  ] Libertar os escravos das mãos dos tenryuubitos
[  ] Obliterar Mariejoa com uma arma apocalíptica
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aesop
Civil
Civil
Aesop

Créditos : Zero
Warn : Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 3010
Masculino Data de inscrição : 14/06/2014
Idade : 20
Localização : São Paulo-SP

Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink!   Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 EmptySex 26 Jan 2018, 15:44




   Os planos do loiro sempre tinham algum aproveitamento, sejam pequenos ou grandes, sempre havia algum aproveitamento. Dessa vez, Bartolomeo pensou em algumas partes do plano que realmente tiveram sucesso, mas esqueceu de partes chave, e sua falta de atenção lhe custou grande parte de sua integridade. Correndo pela parede olhando para Shizuka e tentando intimidá-la com seu olhar dourado, o rapaz tentava fazer com que a atiradora de facas gastasse uma delas vagamente, e assim aconteceu. Sua corrida na parede teve fim com um salto na direção de Jeff, que seria recebido com um lariat enquanto uma adaga voava vagamente para a parede. Mas aí estava o ponto falho do plano de Bartolomeo: Shizuka possuía duas facas, uma havia jogado fora, mas a outra estava, naquele instante, encravada na coxa direita de Olhos Dourados.

Argh! Maldita! — grunhiu quando mudou completamente seu movimento, devolvendo sua dor na cara da coelha após usar o braço de Jeff, o qual tentava bloquear, para aplicar uma força centrípeta e acumular uma energia enorme no chute, que acertava em cheio a Mink. O marido da vilã tentou parar Bart, mas o golpe já havia sido executado. A adrenalina do momento fazia as coisas passarem mais devagar que o normal, e o loiro conseguiu ver quando a cabeça do caprino acertava em cheio seu nariz, causando uma dor insuportável, seguida de uma tontura e um quase desmaio. Sentiu o chão gelado sob suas costas protegidas com trapos velhos, viu tudo girar e cambalear. Estava prestes a desmaiar, mas não podia parar. Ele tinha uma tarefa a cumprir.

Sua perna também doía, e suas mãos desesperadas tentaram neutralizar a agonia. Ele lembrou do que Shizuka estava fazendo, e decidiu que tirar a adaga dali só pioraria as coisas, apesar de que não poderia contar com o bom funcionamento daquela perna por muito tempo. "Droga! Desse jeito não vou conseguir proteger este povo! Isso está muito além das minhas... Não! Eu consigo! Eu sou Olhos Dourados!" Por sorte, os pensamentos do rapaz não eram interrompidos com a aflição que sentia no nariz e nas pernas, ambos debilitados, impossibilitando ele de respirar muito bem e andar normalmente. Decidiu então usar a boca para respirar, procurando saber se o problema era o sangue que estava entrando em seu pulmão. Se este fosse o caso, começaria a cuspir o máximo de sangue que conseguisse, e então voltaria a usar a boca para respirar.

Bartolomeo não conseguia ter total discernimento do que estava acontecendo na gruta, somente sabia que estavam batalhando. De certa forma, estava frustrado de não conseguir vencer Shizuka e Jeff de uma vez só. Ele era o maioral! Ele era Bartolomeo Khan! Do clã Khan! Aquilo era uma injustiça do destino, ele era que deveria vencer o mundo. Seu narcisismo e vanglória falavam mais alto em sua cabeça, negando o que estava realmente acontecendo. Para ele, aquilo era sorte dos oponentes, mas, no fundo ele sabia que aquilo era realmente muito difícil de acabar bem. Ele precisava fazer alguma coisa, tentar dar uma saída para aquele povo que estava morrendo em vão. — Meela. Nyu. Ren. Shu. Xin Seng... — terminava de falar engolindo a seco e depois tentando cuspir alguma coisa, sendo sangue ou não.

Ele procurava alguma coisa para olhar, seja a satisfação de ver Shizuka sentindo dor, ou Jeff com dificuldades de andar. Entretanto, viu algo que não conseguiu definir se era um risco ou não. Um vulto vinha em sua direção, e ele teve, pela primeira vez, medo, afinal, estava vulnerável. Ele viraria para o lado de onde o vulto estava vindo e encolheria, colocando ambos braços na frente da cabeça e encolheria as pernas, de forma que pudesse se proteger de um golpe ou uma investida. Não sabia o que esperar, mas teria diferentes reações para cada caso. Caso recebesse um golpe, o pugilista tentaria usar todo o seu bloqueio e resistência para sofrer menos com os golpes, e tentaria, aos poucos rastejar para longe, futilmente ou não. Somente um milagre o salvaria de lá. E durante esses movimentos, tentaria recuperar forças para andar e lutar.

Caso alguém o pegasse no colo, o garoto tentaria olhar para sua face ou qualquer outra parte do corpo, tentando identificar o seu herói. Chamaria pelo nome dessa pessoa e agradeceria logo em seguida. — ... Você me salvou. Olhos Dourados está em dívida com você. — e então confiaria sua vida nesse ser, esperando que fosse levado até um doutor para que pudesse ser recuperado e poder ajudar mais naquela batalha. — Médico... médico! — pediria até que fosse levado até um — Estou com dor na coxa e no meu nariz, me conserte, por favor! — ele não estava em pânico, mas queria ter sua integridade recuperada o mais rápido possível.

Caso o vulto estivesse lutando contra Jeff e Shizuka, Bartolomeo veria uma oportunidade de conseguir rastejar para longe, indo na direção do vilarejo escondido, querendo ficar o mais longe possível da cidade onde Shizuka governava. Ele tinha a ambição de viver, e, por isso, deveria se safar de mais danos naquele instante. O garoto tentaria levantar e, mesmo mancando, tentaria agilizar o seu encontro com algum médico que pudesse proceder da forma mais prudente possível.


Off:
 
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sete
Revolucionário
Revolucionário
Sete

Créditos : Zero
Warn : Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 3010
Data de inscrição : 05/02/2013

Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink!   Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 EmptySab 27 Jan 2018, 00:15

Esperança em meio aos destroços


Desbravando o novo caminho, descobri uma prova concreta da existência de vida inteligente na ilha. Já haviam me falado que ela era habitada por Minks, mas até o momento não encontrei nada além de rastros. Esse lugar que acabei de descobrir parecia um esconderijo. Tudo muito escondido e bem bárbaro. Muitos cipós, madeiras e palhas. E o pior, parecia que estava em ruínas – Mas o que aconteceu aqui? – Meus sentimentos foram dominados por uma aflição descomunal. O que aconteceu ali não era nada amigável.

Tocando o chão, pude notar que havia uma mistura de neve com sangue. Pela consistência, parecia estar bem fresco. Um desespero começou a tomar conta de mim. Onde há sangue, a pessoas feridas ou pior – mortas – Um sussurro que não queria acreditar. Pude confirmar ao olhar uma pilha de cinzas. Algo me indicava que há pouco tempo havia acontecido um funeral - Alguém ainda pode estar vivo, mas onde? E quem causou tudo isso? Piratas? – Em meio a devastação um monte de perguntas surgiam.

Aquela situação continuava cada vez mais estranha. Por um momento senti alguém me observando, mas de onde? Olhava ao redor nos destroços e não via nada. Seguindo pela vila, notava outra entrada – uma gruta? – em seguida um barulho me indicou que poderia ter alguém lá dentro. Eles poderiam estar com medo e precisando de ajuda. Apesar de ser metabolismo diferente, eu poderia ao menos minimizar o impacto das feridas. A probabilidade de poder salvar uma vida que fosse, já determinava o que eu tinha que fazer.

Sem hesitar correria na direção do barulho – ESPERA!!! EU NÃO QUERO MACHUCAR NINGUÉM – Uma fagulha de esperança acendia em meu coração – POR FAVOR!! NÃO FUJA. EU POSSO AJUDAR – Mesmo tendo a possibilidade de assusta-los ainda mais, não perderia a esperança. Correria o mais rápido que pudesse, tentado desviar dos obstáculos que poderia aparecer. Caso encontrasse alguém iria diminuir minha velocidade, e me aproximaria devagar – Me chamo Sete! Eu só quero ajudar, tem alguém ferido? – Ofereceria minha ajuda o mais rápido possível.


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Legenda:
"Lembranças"
Fala


Voltar ao Topo Ir em baixo
Yamazaki Raizo
Revolucionário
Revolucionário
Yamazaki Raizo

Créditos : 6
Warn : Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 21/03/2017
Idade : 25

Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink!   Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 EmptySab 27 Jan 2018, 07:11


   
Bartolomeu




Bartolomeu deixava suas emoções tomarem conta de si no momento mais decisivo da batalha, no momento em que iria decidir o rumo da guerra civil em que Kyanon Island se encontrava. O garoto começava a duvidar de suas capacidades, porém ao lembrar dos que sacrificaram suas vidas pela causa o garoto voltou à se concentrar, e no momento sua prioridade era defender-se.

Com a perna danificada e a respiração prejudicada Bartolomeu estava debilitado para enfrentar Jeff e Shizuka, não era como se uma lança estivesse cravada em seu ombro, mas seus ferimentos o prejudicavam muito, além de estar com a visão turva devido à cabeçada de Jeff. Ao ver o vulto andando em sua direção Bartolomeu colocava os braços na frente do corpo afim de defender-se da melhor forma que podia, e arrastando-se em direção à vila oculta da resistência o garoto tentava ganhar tempo para recuperar-se, mas o vulto veio até ele e segurando firme em seu braço colocou o garoto de pé. Assim que Bartolomeu ficou em pé sua visão clareou aos poucos e ele pôde ver que era Moku quem o levantava do chão, e olhando firme para o garoto o leão dizia:

- Pra quem achava Shizuka previsível você foi pego de surpresa ein ? Vamos acabar com eles logo, é agora ou nunca!

Bartolomeu aos poucos ia sentindo que o efeito da cabeçada do inimigo ia passando, a tontura e a visão embaçada iam melhorando, ficando apenas a dor lancinante em sua perna e seu nariz completamente inchado obstruindo a passagem do ar, mas não era hora para se incomodar com essas coisas. Do lado direito deles, Jeff colocava Shizuka encostada numa das paredes da caverna, aparentemente desmaiada e um pouco mais distante, Bardo sucumbia ao cansaço e caía no chão com o coiote por cima dele, e ao ver isso Jeff ordenava:

- Boodar, mate o leão! O moleque é meu!


No mesmo momento em Jeff ordenara o mink coiote já assumia posição de ataque contra Moku, tanto Boodar quanto Moku estavam machucados também, como todos os outros então seria uma batalha equilibrada. Moku e Boodar estavam posicionados à direita de Bartolomeu, enquanto Jeff estava à alguns metros à frente do jovem Khan com Shizuka atrás dele e os guerreiros restantes espalhavam-se pela caverna. Era novamente um contra um, Moku contra Boodar, Bartolomeu contra Jeff, não havia tempo para tratar ferimentos, os líderes dos dois lados se enfrentavam e com certeza esse momento decidiria o vencedor.


Sete





O garoto ao ver um ser correndo para dentro da gruta não pensou duas vezes para segui-lo, e evitando colidir contra as ruínas do vilarejo o garoto esquivava-se e corria enquanto tentava acalmar quem fugia dele. Após entrar na gruta era possível apenas ouvir o som dos passos rápidos do misterioso ser que fugia um pouco à frente de Sete, e à medida que ia passando pelo corredor da gruta o garoto ia percebendo que cristais nas paredes iluminavam a caverna, melhorando a visibilidade e também o protegendo da nevasca.

Sete percorreu o até o final do corredor da caverna tentando alcançar algo ou alguém, o que levou alguns minutos, e para sua surpresa o final daquele corredor dava em uma caverna ampla cheia de versões bem maiores dos cristais que havia visto na parede da corredor da caverna. A visibilidade ali era como se estivesse de dia, e era muito bonito, exceto por algumas dezenas de minks machucados que estavam sendo tratados por outros minks naquele local.

O garoto percebeu que um deles estava ofegante e alertando aos outros sobre algo que o garoto não podia ouvir devido a distância, e nesse mesmo instante um deles olhou em sua direção e apontou para que os outros vissem também. Havia apenas alguns minks, aproximadamente cinco, que não estavam machucados, o restante estavam deitados no chão, com travesseiros improvisados de palha sob suas cabeças, a maioria enfaixados. E assim que Sete foi detectado pelos minks, um coala humanoide avançou e com uma expressão completamente séria disse ao garoto em voz alta:

- Quem é você e o que você quer aqui ? Por que quer nos ajudar ? Não vê que já estamos prejudicados o suficiente ? Não podemos pagar nada à você, não tente se aproveitar da nossa situação!

Todos pareciam muito receosos com o garoto, e alguns dos guerreiros tentavam se levantar, intencionando proteger os outros como pudesse, mas eram impedidos pelos minks que estavam cuidando da saúde dos feridos. Sete teria de ser versátil em suas palavras para convencê-los de que não era uma ameaça.

____________________________________________________

~A vida é apenas um fenômeno superestimado...~


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]  |  [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Gods Slayers
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
From the ashes, we will be reborn


- Fala -
* Pensamento *
~ Flashback ~

Objetivos:
[x] Entrar no exercito revolucionário
[  ] Declarar guerra ao governo mundial
[  ] Organizar um ataque à marinha que entre para a história
[  ] Libertar os escravos das mãos dos tenryuubitos
[  ] Obliterar Mariejoa com uma arma apocalíptica
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aesop
Civil
Civil
Aesop

Créditos : Zero
Warn : Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 3010
Masculino Data de inscrição : 14/06/2014
Idade : 20
Localização : São Paulo-SP

Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink!   Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 EmptySab 27 Jan 2018, 23:19

A tontura vinda da dor muda o estado mental facilmente. Quando a adrenalina está no sangue, é muito fácil nutrir pensamentos ambíguos e sem sentido quando remoídos num momento de estabilidade. Era isso que acontecia comigo naquele instante. Minha mente e corpo obedeciam pensamentos desesperados e que prezavam a vida. Eu encolhia meu próprio corpo de forma a proteger partes vitais e sair com menos machucados na investida do vulto estranho. Por sorte, ou seja qual for a explicação daquilo, era Moku quem vinha na minha direção. Suas garras grossas e fortes me colocavam de pé, e me apoiavam após cambalear e quase cair. — Não pense que vou te agradecer. Hahah! — minhas palavras eram de gratidão apesar do que fora dito. Moku e eu não precisávamos trocar palavras bonitinhas para mostrar cooperação.

Pra quem achava Shizuka previsível você foi pego de surpresa ein? Vamos acabar com eles logo, é agora ou nunca! — provocou o leão albino, me fazendo fechar o cenho e responder — Eu estava contra dois! E ainda nocauteei um! Grrr Vamos acabar com isso logo! — motivei o leão estralando os dedos do punho fechado na palma da outra mão, encarando Jeff, que dava uma ordem para que o coiote matasse o leão. Soltei uma risada sarcástica, como quem diz "ah tá". Não me preocupei com aquilo, afinal, confiava na capacidade do homem leão, então foquei no homem cabra, que tinha um interesse pessoal em mim. — Cai dentro!

Jeff estava com a perna esquerda machucada, e isso eu tinha noção, então usaria aquele lado para que pudesse esquivar de uma forma relativamente melhor. Eu não tinha nenhuma intenção de ficar esperando pelo homem, mas também não queria forçar muito a minha perna. Colocaria os braços numa posição padrão de pugilismo, usando o braço direito para trás e o esquerdo mais na frente, pronto para dar alguns jabs. Daria passos decididos na direção do homem, deixando a minha perna direita para trás, afinal, ela era a mais vulnerável ali. Respirava pela boca, e soltava o ar com força na intenção de deixar a adrenalina do momento tomar conta de mim. — Sente o gosto do meu soco!!

Ao dizer isso, iria começar a minha série de ataques. O primeiro ataque, caso Jeff não partisse para a ofensiva também, seria um jab de esquerda tentando acertar a cara do Mink. Voltaria o braço o mais rápido possível para bloquear possíveis socos ou chutes, usando o corpo compacto para tentar absorver o dano ou, caso possível, usando o pêndulo para esquivar de socos altos, passando debaixo deles e encolhendo minha barriga e me projetando levemente para trás caso fossem golpes horizontais e verticais na altura do meu peitoral. Socos e chutes baixos seriam respondidos com uma tentativa de esquiva, tirando o pé esquerdo do caminho caso este fosse o alvo e girando totalmente o meu corpo caso o pé direito fosse o alvo, afinal, ele estava mais recuado.

Após o meu primeiro jab, caso ele não abrisse a guarda, tentaria um movimento rápido com o mesmo braço, o esquerdo, aplicando um cruzado violento, visando abrir sua guarda. Conseguindo ou não, usaria um pêndulo rápido visando conseguir mais força no meu braço direito, e aplicar um upper, mirando, caso possível, no queixo do homem cabra, senão, focaria em suas costelas mesmo. Caso ele segurasse algum braço meu durante algum soco, responderia com uma joelhada com a perna esquerda, tentando manter a perna direita o mais longe possível de hipotéticos golpes. Meu plano defensivo deveria ser muito bom, afinal, numa luta decisiva como aquelas, o que importa realmente é se sobressair ao oponente em qualquer um dos fatores.

Jeff era um homem cabra, e cabras gostam de dar cabeçadas, por isso, eu também cogitava que ele viesse para a ofensiva. Usando a cabeça, o braço ou a perna, ou qualquer outra coisa, iria checar até ter certeza que minha perna estava recuada, e tentar bloquear com os dois braços cruzados. Se fosse uma cabeçada, eu reagiria juntando as duas mãos como um martelo e as ergueria, descendo com violência um soco duplo na nuca do homem. Caso fosse um chute, após o meu hipotético bloqueio, tentaria passar-lhe uma rasteira. Caso eu fosse recebido com um soco, tentaria realizar o bloqueio, agarrar o seu braço e puxá-lo com força, projetando o meu corpo para o lado e tentando passar uma rasteira. Eu queria colocá-lo no chão para poder acabar com a batalha do modo mais rápido possível, pelo menos ao meu ver, que era pisando na sua perna machucada.

Uma vez no chão, pisaria com violência no local onde Xin Seng acertara a flecha, com a intenção de fazer o homem cabra grunhir de dor, até que ele não aguentasse mais. Caso a dor lá não fosse o suficiente, aplicaria um violento golpe: apontaria o cotovelo para o seu corpo e saltaria, visando adquirir peso para acertar Jeff com muita força em algum ponto, como na nuca, cabeça ou coluna, visando acabar com aquela batalha de uma vez. — Nunca mais brinque com um ser humano!




Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sete
Revolucionário
Revolucionário
Sete

Créditos : Zero
Warn : Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 3010
Data de inscrição : 05/02/2013

Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink!   Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 EmptyDom 28 Jan 2018, 19:49

Um pedido de ajuda


Podia parecer imprudente seguir aquele ser, mas eu tinha minha motivação. Não sei explicar, apenas sentir. É maior que um sentimento, é um impulso, algo natural. Já vi muita gente sofrer sem eu poder fazer nada – Basta - Meu ser como todo respondia para conseguir seguir aquela criatura. Coloquei toda minha vontade em força nas minhas pernas, queria muito alcançá-lo.

Assim que entrei na caverna, fiquei um pouco maravilhado com a beleza do lugar. Ela tinha sua própria iluminação, toda feita em cristais. Me arrepiei só de estar lá, era tudo natural. Além disso, o lugar trazia uma sensação de paz. Por um momento tinha esquecido o que estava fazendo ali. A beleza do lugar me paralisava. Ao final, encontrei um lugar mais amplo. Estava muito claro, devido a iluminação dos cristais. O que não me surpreendeu foi as dezenas de minks machucados que se encontravam ali. Minha suspeita infelizmente, havia sido confirmada.

Alguma batalha naquela que poderia ser a vila deles, resultou nessa cena angustiante. Não me importava o que foi a causa daquilo; quem estava certo ou errado – Eu tenho que fazer algo- Aos poucos fui me aproximando, até que um mink coala me abordou. Pelo decorrer da conversa, ele não estava sendo amigável. Provavelmente estava cansado pela situação. Podiam estar com medo de alguém desconhecido ter encontrado eles em uma situação tão vulnerável. Mesmo assim podia ver que ainda havia esperança. Mesmo feridos, eles ainda tentavam proteger uns aos outros. Eles realmente queriam sobreviver, e eu iria tentar ajudar.

Como já disse antes, me chamo Sete. Sou um aventureiro, e vim em missão de paz. Não quero machuca-los. Tenho um pouco de conhecimento medico, posso ajuda-los. Além disso, não quero nada em troca. Não há preço em salva uma vida– Colocando a mão no peito, continuaria - Vejo que se estão escondidos é porque alguém ainda esta procurando por vocês. Mas respeito sua autoridade, caso se ache ameaçado posso ir embora e esquecer que vi este lugar – Independente da resposta do coala iria seguir em direção ao ferido mais próximo. Olharia o quadro dele, e pensaria no que eu poderia fazer. Caso fosse interrompido por alguém diria – Me desculpe, mas olha a situação que está esse lugar, vocês claramente precisam de ajuda – Em seguida tentaria outra aproximação.

Histórico:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Legenda:
"Lembranças"
Fala


Voltar ao Topo Ir em baixo
Yamazaki Raizo
Revolucionário
Revolucionário
Yamazaki Raizo

Créditos : 6
Warn : Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 21/03/2017
Idade : 25

Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink!   Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 EmptySeg 29 Jan 2018, 06:23


 
Bartolomeo



Bartolomeo assumia posição de batalha com intenção de finalizar de uma vez por todas aquela guerra. Sua posição de pugilista era tradicional, pé esquerdo na frente, direito atrás, e punhos cerrados em frente o rosto. Ao vê-lo se preparando Jeff assumiu uma posição similar, pé direito atrás e esquerdo na frente, porém o mink movimentou os braços de forma diferente, colocou o braço esquerdo à frente e abaixado, próximo ao seu ferimento na perna esquerda, e o braço que não conseguia mover devido ao ferimento no ombro, esse ele manteve próximo à sua cintura. O mink assumira um tipo de posição de Kung Fu, e confiava plenamente em sua defesa, pois expôs sua perna como uma isca, para então bloquear e contra-atacar.

Bartolomeo ensaiava alguns passos na direção do mink e o mesmo se mantinha parado no mesmo lugar, pois o sangramento e o cansaço devido à batalha contra Shizaki e Xin Seng estavam fazendo efeito naquele momento, pois em outra ocasião provavelmente já teria decapitado o jovem Khan. Assim que se aproximou, Bartolomeu desferiu um jab de esquerda que foi interceptado por Jeff, que usou seu antebraço esquerdo redirecionando o jab para o seu lado direito, logo após isso contra-atacando também com seu braço esquerdo com um golpe horizontal, da direita para esquerda visando acertar o pescoço do jovem Khan.

Bartolomeo usando o pendulo desviava do golpe de Jeff, aplicando-lhe em seguida um cruzado de esquerda em cheio no rosto do mink. Jeff extremamente resistente absorveu o golpe e contra-atacou com um cruzado de esquerda também no rosto de Bartolomeu. O garoto não satisfeito golpeou as costelas do mink com um upper que foi bloqueado por Jeff, usando a palma de sua pata esquerda. Assim que Bartolomeo viu a chance tentou uma joelhada na perna esquerda de Jeff, mais precisamente em seu ferimento, porém o mink num ato de desespero para não ser acertado em um ponto fraco realizou um feito incrível. Ao perceber a movimentação do jovem Khan, o mink rotacionou sua perna esquerda e todo o seu corpo para o seu lado esquerdo usando sua perna direita como eixo, e assim que ficou de costas para o garoto, num movimento muito rápido e preciso o mink realizou um mortal de costas, visando chutar a cabeça de Bartolomeu com sua perna direita com muita força.

Bartolomeo conseguiu se proteger do golpe bloqueando o chute ao cruzar seus dois braços na frente do rosto, mas o golpe do mink fôra tão poderoso que seus dois ante-braços sofreram fratura exposta na mesma hora. Mas no calor da batalha, a adrenalina que corria em cada centímetro do corpo do jovem Khan fêz o garoto entrar em um estado de fúria, e assim que o mink aterrisou com uma única perna no chão Bartolomeo o derrubou com uma rasteira, ignorando suas fraturas nos antebraços. O mink caiu aos seus pés e mais uma vez aproveitando a situação o jovem Khan atingiu-lhe na perna esquerda com um chute cruel, que fez o sangramento do mink piorar. Jeff berrou escandalosamente e chegou perto de perder a consciência devido à dor, e então Bartolomeu desferiu o golpe de misericórdia. Seus antebraços estavam fraturados porém seu cotovelo ainda lhe era útil, e pulando como um lutador de luta-livre investiu com uma cotovelada na nuca de Jeff, levando o mink ao nocaute completo.

Bartolomeo com extrema dificuldade erguia-se do chão e via o campo de batalha à sua frente, Moku segurava com sua mão direita o seu ombro esquerdo, que sangrava muito pois seu braço havia sido completamente arrancado, porém o coiote estava no chão ao seu lado e completamente destruído. Shizuka permanecia inconsciente encostada na parede e Jeff também estava derrotado aos pés de Bartolomeo. Ao ver os seus líderes caídos, os minks guerreiros restantes do exército de Shizuka abaixavam suas armas e rendiam-se, enquanto que os da resistência erguiam suas armas e rugiam orgulhosos da vitória.

A batalha estava terminada e a resistência havia vencido, porém o preço fôra alto demais, Bardo, Xin Seng, Nyu e Shizaki estavam todos abatidos e extremamente machucados, não era possível saber se qualquer um deles estava vivo, e Bartolomeu precisava apressar-se, antes que algum líder inimigo voltasse à ficar consciente.



Sete


Sete apresentava-se de forma calma e amigável aos minks, e o mink Coala que parecia estar no comando por ali apresentava-se também:

- Eu sou Guido, médico do nosso grupo e particularmente infeliz e revoltado com a situação em que nos encontramos.

E respirando fundo como se desabafasse prosseguiu:

- Desculpe pelo tratamento hostil, mas se você é médico de verdade vai me entender. Estudamos para estarmos prontos no momento em que alguém precise de nós, porém se alguém se machuca por um motivo imbecil como a guerra, pelo menos pra mim, isso é a pior coisa do mundo.

E apontando para todos o mink continuava:

- Tudo isso aqui aconteceu por causa de uma pessoa egoísta que deseja impor seus ideais à seres que deveriam ser livres, eu já fico irritado pela quantia de minks machucados, mas quando lembro dos mortos, os que não pude salvar, é demais para mim!

Os olhos de Guido enchiam de água, enquanto ele prosseguia:

- E o pior é saber que uma batalha ainda maior que essa esta acontecendo agora, naquela direção. Nosso prisioneiro escapou, o que é ruim pois ele vai ser mais um reforço contra nossos aliados, por sorte ele deixou um caminho de sangue.

E segurando firmemente nos ombros do garoto, Guido dizia implorando à ele, com os olhos lacrimejando:

- A situação está sob controle aqui, mas se você é médico e quer ajudar, por favor vá até eles, salve quantos puder, eu te dou o que quiser em troca, mas não deixe que mais da minha raça morra em vão. Eu sei que pedir pra arriscar sua vida é demais, mas estamos desesperados, então por favor nos ajude!

O caminho de sangue que Guido dissera era nítido, pois ele refletia a luz dos cristais das paredes da caverna, e mais uma vez Sete teria que fazer uma escolha.

____________________________________________________

~A vida é apenas um fenômeno superestimado...~


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]  |  [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Gods Slayers
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
From the ashes, we will be reborn


- Fala -
* Pensamento *
~ Flashback ~

Objetivos:
[x] Entrar no exercito revolucionário
[  ] Declarar guerra ao governo mundial
[  ] Organizar um ataque à marinha que entre para a história
[  ] Libertar os escravos das mãos dos tenryuubitos
[  ] Obliterar Mariejoa com uma arma apocalíptica
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aesop
Civil
Civil
Aesop

Créditos : Zero
Warn : Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 3010
Masculino Data de inscrição : 14/06/2014
Idade : 20
Localização : São Paulo-SP

Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink!   Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 EmptySeg 29 Jan 2018, 10:31

A luta prometia ser de grande nível e, quem sabe, com poderes devastadores, com um nível de energia bastante alto, mas, por conta do desgaste e dos ferimentos, a batalha decisiva se tornava uma luta regular de boxe, onde os lutadores trocavam socos na intenção de abrir a defesa adversária. Eu estava assim, desferindo um jab aqui, um cruzado ali, eventualmente acertando a face de Jeff, outrora recebendo um golpe similar. Eu decidi não dar chances ao meu oponente quando vi que meu braço direito fora bloqueado, me restando apenas a opção de partir para o vale tudo. Tentei encaixar uma joelhada, mas o meu adversário reagiu de maneira incrível.

Meus olhos estavam, na verdade, admirados com os movimentos daquele humanoide, que, desespero ou não, me pegou de surpresa. Ele girou seu corpo e deu um salto mortal para trás, como quem vai fazer um gol de bicicleta, mas a bola era a minha cabeça. Num movimento tão desesperado quanto o dele, tive a instantânea reação de cruzar meus braços e interceptar o chute violento, que acabou por partir os ossos de meus antebraços no momento do choque. A dor era insuportável, era como se houvesse fogo pelas minhas veias e artérias, como se um touro houvesse me atropelado. Minha vontade era gritar, mas sufoquei aquilo num golpe de fúria.

AAAAAAARGH! — urrei — Isso acaba agora! — declarei, passando uma rasteira no homem cabra assim que seu pé pousava. Ele estava lá, na minha frente, deitado. Eu não tinha pena dele. Por causa dele, muitos minks morreram. — Meela! — dei o primeiro pisão em sua perna, enfeitando aquela gruta com seus gritos de dor e desespero. Meus olhos cerrados, assim como meu cenho, mostravam minha fúria, e eu continuava a tortura — Xin Seng! Ren! Shu! Nyu! Bardo! — a essa altura, Jeff estava quase perdendo a consciência, e ele não tinha mais reação. Parei um instante para acumular minha raiva e respirar um pouco, era hora do coupe de grâceEsse massacre acaba aqui!

Eu ainda estava com o braço bastante machucado, mas consegui usar o cotovelo para golpear a nuca de Jeff, que desmaiava. Permaneci alguns instantes sobre o corpo do líder Mink, percebendo que eu havia vencido uma pessoa bastante superior, mas ao preço da integridade de meus braços. Será que eu conseguiria curá-los? Era perturbador pensar que não. Tentei deixar a paranoia de lado e me levantar, e foi um grande esforço para realizar tal ação, afinal, eu estava a beira do esgotamento. Moku estava mais distante, com seu braço esquerdo totalmente arrancado. Me senti mal pelo Mink, o preço havia sido grande demais, e ele ainda corria grandes riscos de morrer com todo aquele sangramento.

Os soldados restantes de Shizuka se rendiam, soltando suas armas e escudos, e os soldados aliados faziam uma festa, brandando com a vitória. Meus braços estavam soltos, deixando que a gravidade fizesse seu trabalho, presos somente pelos ombros, que também não tinham forças para levantarem. Eu estava realmente esgotado, mas meu sorriso era de satisfação, eu havia ganhado a minha primeira guerra. Meu cabelo dourado estava suado, caindo sobre meu corpo, solto e esvoaçante. Voltei a reparar no lado de fora da gruta, onde a neve estava caindo outrora. Qual era o motivo daquilo? E por que tão repentina aquela mudança? Será que o mundo estava passando por uma crise climática? Preocupações não paravam de surgir. Uma hora Shizuka, outra hora a neve misteriosa.

Olhei para Shizaki, era realmente um pobre coitado, que nem sequer conseguiu realizar o que desejava, que era matar Jeff. Um homem daqueles era uma das injustiças do destino, as quais eu não poderia fazer nada contra. Ele nasceu para se ferrar, e provavelmente terminou a vida sem nem conseguir um feito importante. Isso é: se estivesse realmente morto. Isso também se estendia para os outros líderes — Amarrem Shizuka, Jeff e Boodar, eles são os verdadeiros perigos por aqui. Quem estiver sem fraturas graves faça isso, os que estão realmente feridos, voltem para os médicos, só vão atrapalhar se ficar aqui. — falei, e abaixei o tom antes de terminar — Isso serve para mim também.

Tomaria a linha de ferente do batalhão dos quase-moribundos, procurando pela assistência médica. Moku precisava de muito cuidado e, quem sabe, uma futura prótese. Eu precisava somente de alguém para colocar meu osso no lugar e fazer algumas talas. Provavelmente eu ficaria um bom tempo com os braços imobilizados, mas eu não me importava, eu ainda tinha a minha mente para lutar por mim. Eu era uma espécie de herói para os Mink, e eles provavelmente me adorariam mais quando percebessem que eu havia derrotado Shizuka. É claro que isso era um prato cheio para o meu ego, e me exibiria caso algum médico tocasse no assunto. — Foi muito arriscado! Eu diria que foi uma batalha de Deuses, sabe? Shizuka não durou muito, depois que ela sentiu o gosto do meu pé ela acabou desmaiando, e Jeff também não foi páreo para mim. Eu dei um de direita, um de esquerda e quando menos percebi ele estava no chão.

Minha perna ainda doía, e eu mancava para andar. Era como se eu estivesse pisando no raso e no fundo com as pernas, afinal, eu pisava com todo cuidado do mundo para não agravar meus ferimentos. Outra coisa que em incomodava era o nariz inchado, que me dificultava a respiração. Qual seria a solução para esses problemas? — Eu vou precisar de uma ajudinha nos meus braços, na minha perna, já que tem uma ADAGA presa nela e preciso de outra ajudinha com o meu nariz, tá bem difícil de respirar. Vai tudo voltar ao normal, não vai? — perguntava apreensivo. Apesar das dores e do cansaço, eu ainda era um falastrão, e caso alguém perguntasse quem eu era (o que eu achava difícil de acontecer), responderia com o pulmão cheio de ar: — Sou Bartolomeo Khan dos Olhos Dourados, enviado para trazer a verdadeira justiça ao mundo, quebrando as barreiras da Marinha e do Governo Mundial, transpassando os desejos fúteis dos nobres escravizadores. Eu sou a justiça em pessoa e quem vai reinar esse mundo de forma correta! Heheheh COF COF COF — era difícil manter muito ar apenas respirando com a boca.

Eu procurava algum lugar para descansar mais um pouco, e queria também procurar saber se havia uma forma de sair daquela ilha selvagem. Eu, de certa forma, sentia saudades da civilização. Era difícil ser o único humano num local cheio de animais falantes. Era meio... solitário. Eu precisava de um parceiro o quanto antes, assim como pessoas para me ajudar a me recuperar.




Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sete
Revolucionário
Revolucionário
Sete

Créditos : Zero
Warn : Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 3010
Data de inscrição : 05/02/2013

Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink!   Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 EmptyTer 30 Jan 2018, 01:15

Ajuda a caminho


Não demorou muito para que o coala confiasse em mim, afinal eles precisavam do máximo de ajuda possível. Não era de meu interesse, mas ouvi atentamente a história. Aparamente eles estavam envolvidos em uma guerra civil, se assim posso chama-la. Apesar de ter ouvido apenas a sua versão, fiquei emocionado ao escutar ele contar. Podia sentir a dor em suas palavras, o desespero de seu povo. Parece que a não são só os humanos que são desunidos. Sempre uns vão querer ter alguma vantagem sobre os outros, e assim começa os abusos, intolerância e até mesmo a guerra.

Não queria me envolver, aquela luta não era minha. Mas alguns ainda precisavam de minha ajuda. A situação ali estava controlável, dizia o coala. O problema agora era no campo de batalha. Nunca fui fã de combates, mas não podia ir desarmado. Afinal, não poderia salvar nenhuma vida se tivesse morto – Eu vou ajudar, me mostre a direção que devo seguir. E se possível, gostaria de algo que pudesse enfaixar feridas, algo para limpar machucado. Enfim, itens que me ajudem a fazer alguns curativos.

Aguardaria as instruções do mink – Já ia me esquecendo – antes que pudesse partir, faria um último pedido - Sei que pode ser demais, mas não queira ir desarmado. Está acontecendo uma guerra, e mesmo que eu não vá lutar, ainda posso ser atacado - Pegaria o que ele poderia me dar. Caso não tivesse nada a oferecer, seguira o caminho mesmo assim. Falando em caminho, seguiria o rastro de sangue que estava pelo chão. Algo sobre algum prisioneiro ter escapado.

Dessa vez manteria minha atenção redobrada. Eles poderiam ter feito alguma armadilha, ou eu poderia ser atacado. Caso tivesse com algo para me defender, esconderia. Não seria sábio oferecer ajudar com uma faca na mão, por exemplo. Caso encontrasse algum movimento, pararia e observaria de longe. Antes de aparecer tinha que ter certeza que não seria atacado. Procuraria por minks caídos, feridos e afins. Não me importava o lado, eu arriscaria minha vida para salvar qualquer ser.
Histórico::
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Legenda:
"Lembranças"
Fala


Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink!   Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink! - Página 5 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Olhos Dourados ascende! A engenhosa sociedade Mink!
Voltar ao Topo 
Página 5 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Kano Country-
Ir para: