One Piece RPG
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [LB] O Florescer de Utopia III
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor Vincent Hoje à(s) 22:56

» VIII - The Unforgiven
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 22:48

» Mess in Grand Line: The Red-Haired Arrived
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor Revescream Hoje à(s) 22:33

» Vol 1 - The Soul's Desires
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 22:06

» O Samurai
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor K1NG Hoje à(s) 21:30

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor Oni Hoje à(s) 21:28

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 20:39

» Cap.1 Deuses entre nós
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor Tensei Hoje à(s) 20:00

» Julian D'Capri, das Mil Espadas
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 19:55

» Carregada de Culpa / Amanhecer em Prata
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor Adrian/Vampiro Hoje à(s) 19:28

» The One Above All - Ato 2
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 19:01

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor jonyorlando Hoje à(s) 17:47

» Cap IX ~ Esperança ~
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 16:34

» A Ascensão da Justiça!
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor K1NG Hoje à(s) 16:27

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor K1NG Hoje à(s) 15:56

» Art. 4 - Rejected by the heavens
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 15:02

» The Hero Rises!
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor Achiles Hoje à(s) 14:36

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor xRaja Hoje à(s) 14:35

» Meu nome é Mike Brigss
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor Shiro Hoje à(s) 13:41

» Um novo recruta: o nome dele é Jack!
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Emptypor Arrepiado Hoje à(s) 13:09



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 I - Auf Der Suche Nach Dem Weg

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Empty
MensagemAssunto: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 EmptyDom 26 Nov 2017, 20:12

Relembrando a primeira mensagem :

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Kaiser Hilderbrand. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Raiden Fuji
Narrador
Narrador


Data de inscrição : 17/09/2017

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 EmptyTer 09 Jan 2018, 22:55

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg



KAISER HILDERBRAND
Assim que acabou o processo mais doloroso da minha vida, finalmente estava pronto para deixar o lugar onde acabei parando depois da explosão que fodeu com a nossa missão, mas nada parecia ser fácil comigo, e passos começaram a vir em nossa direção, mas felizmente Anna conseguiu pensar rápido, e acabamos entrando em um contentor, o que foi feito com certa dificuldade por mim, já que agilidade passava longe de mim com aqueles ferimentos, mas com sorte estávamos todos dentro do objeto antes que os passos nos alcançassem, e quando o fizeram, passaram direto por nós, já que nós sequer nos mexíamos, pois a chance de nos movimentarmos e os homens percebessem era bem grandes, mas o mais desfiante foi ter de aguentar o cheiro pútrido que havia dentro daquela coisa. - Mas que porra de cheiro é esse? Parece que alguém morreu e esqueceram de enterra. – Pensaria, já que falar estava fora de questão, mas por sorte os homens pareciam estar com pressa pois logo o barulho dos passos foi diminuindo, então com um sussurro de Anna, logo saímos do contentor podre, e evitando ao máximo sermos rápidos e silenciosos, e isso era uma tarefa nada fácil.

Assim que todos nós estávamos fora, pude perceber uma melhora na visão, mas o resto do meu corpo continuava na mesma, ou seja, a situação praticamente em nada mudara, era o mesmo que ter uma lamborghini com um motor de um santana quebrado, e isso em nada me adiantava no momento. Ignorando essa questão, que eu esperava estar resolvida em pouco tempo, percebi que, pelo menos, uma coisa estava a meu favor, era Anna que me ajudava a me locomover, e aproveitando a chance, cheirei seu cangote, o cheiro me era agradável, combinando um perfume feminino já fraco e um pouco de suor, algo que era normal, devido a situação que nos encontrávamos, e sua reação me foi inesperada, mas bastante engraçada, no entanto não poderia perder tempo falando nada, estávamos no meio de uma situação complicada pra caralho, já foi um exagero fazer tal coisa agora.

Após isso, o silêncio reinou, até que saímos do corredor, e demos de cara com um salão, onde diversos guardas estavam de guarda, a grande quantidade destes me deixou intrigado. - Quem será que é o maldito que está por trás de toda essa merda? Não é comum ter tantos guardas assim apenas de vigia. – Pensaria eu, pois não me sentia seguro o suficiente para falar, temia que se o fizesse poderia me pôr em risco junto de meus companheiros, mas então percebemos que estávamos na mansão, onde deveríamos ter feito a entrega do nobre, com uma localização real de nossa localização atual, nos seria possível agora pensar em um plano, este que seria complicado, visto que meus dois companheiros não concordavam em suas ideias, então eu precisaria tomar a dianteira e fazer o que era preciso.

- Certo, primeiro temos que ter nosso objetivo em mente, e me desculpe Anna, mas não vou desistir dessa missão no meio, precisamos ter a certeza de como o nobre, que é o nosso cliente, está, e se houver algum problema, ou não o encontrarmos, contataremos os superiores. – Diria de forma firme, naquele momento precisávamos nos unir, então juntando as duas ideias, deveria ser um bom plano. - Agora o problema é escaparmos desse lugar, esse maldito lugar está completamente lotado de guardas. – Voltaria a dizer, somente para pôr em palavras a nossa situação, que era horrível atualmente, até que uma luz apareceu em minha mente. - Já sei!! – Diria para meus companheiros, mas se por conta da empolgação minha voz saísse mais alta que o planejado, poria minhas mãos sobre a boca, e ficaria alguns segundos em silêncio.

- Podemos fazer o seguinte, vamos voltar e nos esconder no contentor, mas pelo lado de fora, já que depois de ver o corpo de guarda morto, aqueles caras vão voltar correndo para cá, e quando ele estiverem passando por nós, os abordamos. Anna pode nos dar um apoio de média distância, e nós dois os abordamos, e podermos nossas armas em seus pescoços. – Voltaria a dizer, mas parando para recuperar o fôlego. - E então, mandaríamos ele nos deixarem passar se não quisessem morrer. Estamos num momento desesperado, então precisamos tomar medidas desesperadas. – Diria, e após isso, indicaria a direção que deveríamos ir com a cabeça.

Quando chegássemos no local que planejamos, nos esconderíamos, usando o objeto que estávamos dentro antes, e agora nos dava uma cobertura, nos permitindo surpreendê-los. Assim que os passos se tornassem bem altos, eu balançaria a cabeça de forma afirmativa, dando início ao plano, e então seria o primeiro a me levantar, sem esperar os outros dois. - Parados aí, não se mexam se não quiserem morrer. – Eu diria me aproximando, com minha katana em riste, esta que pegaria com Anna antes de dar início ao plano. Asim que eu tivesse espaço suficiente para pôr minha lâmina no pescoço de um dos homens, o faria, enquanto olharia de forma firme para este, indicando que não era algum tipo de brincadeira. - Sem gracinhas, vocês vão nos deixar passar por esses seus guardas, até estarmos livres desse lugar, a não ser que queiram morrer. E se fizerem qualquer movimento, vocês vão morrer, não me importa o que seja. – Diria de forma dura, não queria dar uma brecha sequer para que pudéssemos correr algum perigo. Tanto que se mexessem de qualquer forma, empurraria minha katana na direção de sua garganta, até que um filete de sangue começasse a escorrer. - Acha que eu estou brincando? Estão afim de morrer? – Se não interrompessem o movimento, sem pena alguma, eu faria o movimento necessário para que minha lâmina perfurasse completamente a garganta do homem que eu mantinha de refém, e depois me viraria para o outro. - Espero que seja mais inteligente que seu amigo, então, o que vai ser? – Se a ocasião se repetisse, diria de forma melancólica. - Parece que eu me enganei. – Logo em seguida o mataria da mesma forma.

Se em algum instante os homens se dispusessem a nos levar para fora da mansão, eu primeiro perguntaria. - Onde está o dono desse lugar, está com vocês? – Tendo a resposta ou não, eu daria a ordem para meus companheiros levarem os homens. - Anna, você fica atrás, fique atenta a qualquer movimento desses desgraçados, eu levarei o da direita, e você o da esquerda. – Diria, para formar uma formação básica, para os ameaçar, mas também tentando nos manter seguros. - Agora andem! – Diria aos homens, começando a andar também, para finalmente escapar daquele lugar.

Se os dois homens preferissem morrer, ou eles não aparecessem no local, eu teria de montar uma outra estratégia, e então, outra ideia surgiria em minha mente, e eu a explicaria para meus companheiros. - Eu tive outra ideia, façam o seguinte, primeiro joguem algumas pedras ali naquele vidro da direita, onde não tem ninguém, para atrair a atenção dos guardas, e enquanto isso, daremos a volta pelo lado esquerdo, e se preciso, atirador dê bons tiros neles, eu não tenho pontaria alguma, então não vou poder ajudá-los nesse caso, e me desculpa cara, eu esqueci teu nome. – Diria meu novo pleno, e coçaria a parte de trás da cabeça, sem graça ao falar para meu companheiro que não lembrava seu nome. E então diria a eles para começar a estratégia, veria eles jogando as pedras no vidro, e esperaria alguns segundos para ver se a distração fora efetiva.

Se sim, correríamos como o planejado, e diria ao moreno para atirar em qualquer guarda que estivesse na porta, no impedindo de passar, além de me atender para caso algum outro guarda usar arma de fogo. Se algum tiro viesse em nossa direção, eu tentaria usar minha katana com o braço bom, e bloquear, o disparo, mesmo que fosse com minha mão ruim, apesar de acabar sofrendo por estar utilizando minha mão ruim, era melhor do que ter uma bala alojada em minha carne. - Vamos, corram o mais rápido que puderem!! – Gritaria para meus companheiros, também buscando ignorar meus ferimentos e faria o mesmo. Mas caso ainda estivéssemos presos na mansão, diria ao atirador. - Foque nos que têm armas de fogo, o resto a gente resolve depois. – E assim esperaria que os que mais nos ofereciam perigo se fossem para que voltássemos a correr.

Mas se os guardas não fossem pegos na distração, diria ao moreno. - Veja se consegue identificar os que têm armas de fogo, eliminando esses, devemos conseguir escapar sem outros problemas. – E então esperaria que os malditos estivessem mortos, e gritaria para ambos. - Vamos, é a nossa deixa!! – E dessa forma me poria a correr.

Assim que estivéssemos fora do alcance dos guardas da mansão, pediria a meus companheiros. - Preciso que... me levem... ao hospital. – Diria com certa dificuldade, pois não deveria ter feito tais coisas no meu estado atual, mas torcia para não desmaiar antes de chegar ao local, o que poderia ser inevitável, mas se por sorte não o fizesse, esperaria chegar no médico e falaria somente com este. - [color=#2E8B57Ei doutor, estava lutando contra um cara, não sei se ele era um pirata ou revolucionário, mas o matei no final, mas ele me feria na costela dos dois lados, no ombro e nas costas, mas depois precisei fazer outras coisas, que não devia ter feito com esses ferimentos, mas foi necessário, o que pode fazer por mim?[/color]

Legendas:
Fala Kaiser
Pensamento Kaiser

Histórico:
 

Objetivos:
 

HP: 44 | 44 SP: 46 | 62 POSTS: 20 POST EDC: 06
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 EmptyQui 11 Jan 2018, 15:34


Kaiser Hilderbrand


A estratégia estava preparada e era uma medida desesperada como se imaginava, os dois concordavam, mas Anna ficava meio curiosa, pois no fim a estratégia eram deles saírem da mansão a procura pelo nobre sendo que estavam no local mais protegido pelos piratas ou revolucionários. Voltavam pelo menos corredor estreito que estavam, a lança da garota não conseguia ficar em ângulos bons para atacar ou defender sempre estando batendo na parede se ela estivesse de guarda alta, aquilo talvez não daria tão certo como pensavam.

Se escondiam atrás do contentor e começavam a esperar pelos guardas que já era possível escutar os seus passos vindo pelo corredor, cada vez ficavam mais altos e quando chegavam próximos o suficiente para ser ouvido as suas respirações o trio entrava em sua frente com a ponta da lâmina de Kaiser encostando na garganta de um homem alto e careca. As ordens para ficarem parado era obedecia até que o homem mais atrás colocava sua arma por cima do ombro do segundo e o terceiro ia para a direita onde a espada fazia um corte superficial em sua garganta, o terceiro disparava e o tiro era esquivado por reflexo pegando no garoto moreno atrás. Com a brecha dada, o primeiro empurrava Hilderbrand que caia para trás e era pisoteado pelo homem que também empurrava o moreno e por fim, Anna conseguia acertar o primeiro homem com a sua lança, mas os outros dois passavam por baixo e sem espaço para virar com a sua lança, não conseguia detê-los. - Merda! - O homem ainda não havia sido morto, mas sangrava em sua barriga e o moreno agarrava a sua perna enquanto que Anna pressionava a sua lâmina ao seu peito, Kaiser se levantava sentindo o sangramento vir dos seus machucados e a dor de ter sido pisoteado.

Rapidamente era tomada a decisão de tomar o homem como refém e rapidamente eram levados até o salão, um muro de homens já estavam olhando para ali tendo apenas uma passagem para a esquerda, Anna chutava o refém assim que eles começavam a correr pela passagem aberta e levar até uma porta onde era trancada pelo moreno. - Merda! Aquele espaço pequeno não era boa coisa! - Quando tomavam conta do que havia dentro do interior era o que parecia ser uma cozinha com vários dos objetos e mantimentos que haviam dentro, já começavam a chutar a porta tentando abri-la, mas as trincas deixavam ela bem segura pelo lado de dentro. - Vejo que vocês estão tão ferrados quanto eu. - A voz era familiar e era Roger, preso com uma algema no fundo da cozinha, seu rosto estava ensanguentado e parecia que havia apanhado bastante, o seu braço estava com um estilhaço de metal preso que devia ter acontecido na explosão. - Me soltem e olhem para cima, há um alçapão, é a nossa única saída daqui visto que atraíram toda a atenção! - Ele esperava até alguém se mexer.

Roger parecia estar sabendo melhor da situação começando a falar: - Contrataram alguns piratas e ao junto de revolucionários, Podker quer capturar e matar o capitão da marinha e depois conseguir alguma grana com o nobre que devíamos estar nos protegendo, mas nossa sorte, ele deve estar em uma sala segura e deve ser fácil de encontrar,
eles não ousariam ferir o nobre mais do que já devem ter feito com a explosão. O governo conta com nós para salvar e proteger o nobre até o quartel, daqui a pouco isso virará uma zona de guerra com o novo capitão chegando e as forças do salão deverão estar pela metade.
- Ele respirava profundamente ainda esperando que alguém achasse alguma forma de soltar a algema a que estava preso, o clima estava mais agradável vindo de uma mini-janela no alto da cozinha.


Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raiden Fuji
Narrador
Narrador
Raiden Fuji

Créditos : 26
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 7010
Masculino Data de inscrição : 17/09/2017
Idade : 26
Localização : Las Camp - West Blue

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 EmptyQui 11 Jan 2018, 21:36

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg



KAISER HILDERBRAND
Ainda com as mãos em minha barriga, eu me levantava, com ódio e uma dor excruciante vindo de meus ferimentos, que voltaram a sangrar, após ser pisoteado por um dos homens que nós tentávamos fazer de refém. - Malditos sejam, essa escória não sabe seu lugar mesmo, vocês vão se ver comigo depois. – Pensaria durante o ato de me levantar. Apesar de dos três homens que ali haviam anteriormente dois terem fugido, ainda conseguímos pegar um como refém, e isso era suficiente, pois um refém ou cinco, para mim era a mesma coisa. Assim que estávamos seguros de que podíamos usar o refém, avançamos para o salão com os guardas, mas para nossa infelicidade, havia apenas uma passagem à esquerda. Seguindo esta, já sem o refém, pois este fora chutado por Anna logo assim que começamos a correr, ao final da passagem, encontramos uma porta, logo passamos por este, e o moreno logo trancou-a, com a segurança passada pela porta trancada atrás de nós, nos viramos para ver o conteúdo da sala. E a nossa frente havia uma espécie de cozinha, com uma variada quantidade de mantimentos e objetos, que eu pouco prestei atenção, porque logo pude escutar chutes na porta, visando derrubar esta, mas as trincas do lado de dentro a mantinham no lugar.

Ainda sem reação, escutamos a voz de Roger falando para chamar nossa atenção, sua situação não era nada boa, algemado e bastante ferido, o agente que nos comandava dizia onde estava a única saída existente no local, que era através de um alçapão no teto. E ele também nos deixou a par da situação, onde havia piratas e revolucionários contratados por um homem chamado Podker, que tinha o objetivo de matar o capitão da Marinha e ganhar um dinheiro, provavelmente através do resgate do nobre que deveríamos proteger. - Não se preocupe Roger-san, vamos sai dessa. – Eu diria positivamente, não queria pensar na possibilidade de falharmos na missão.

Como não tínhamos tempo, o melhor a ser feito era uma divisão de tarefas, para que pudéssemos escapar deste lugar. - Precisamos escapar daqui rápido, ou então esses caras vão conseguir passar por essa porta, e então acabou para nós. Preciso que vocês peguem uma mesa e tentem abrir esse alçapão, enquanto eu quebro as algemas do Roger. – Diria para a loira e o moreno. Caso não houvesse mesas por perto, diria para pegar qualquer coisa que lhes desse uma altura extra, já que nenhum de nós tinha altura suficiente para alcançar o mecanismo que nos permitiria escapar, assim que terminasse minha fala, eu correria até onde eu pudesse ver algum instrumento. Quando os encontrasse, procuraria dois que tivessem uma haste grande e tivessem ferro ou aço em sua composição, como uma chave de boca, se não encontrasse a chave de boca, procuraria algum item que se assemelhasse a tal chave. Tendo os instrumentos em mãos, eu correria de volta para o fundo da cozinha, onde Roger estava preso, e poria os dois instrumentos juntos em uma fenda disponível na algema, com tudo no lugar certo, eu forçaria um instrumento para cada lado, para quebrar as algemas no meio, não era o melhor método a se usar, mas era o mais rápido no momento, já que estava com bastante pressa.

Caso eu não achasse nenhum instrumento que me possibilitasse fazer a soltura das algemas, eu tentaria encontrar a fenda entre as algemas, e poria minha katana, com esta já posicionada, tentaria serrar o metal que mantinha Roger preso. Assim que o nerd estivesse solto, eu me viraria para os dois que estavam incubidos de nos dar uma rota de fuga. - Como estamos? Prontos para sair? – Perguntaria ao alto, sem um alvo definido. Se o alçapão já estivesse aberto, abriria um sorriso e diria logo em seguida. - Vão logo, deixem-me por último, vou ficar de olho na porta, para ver se ninguém entra aqui. – Virar-me-ia para a entrada da cozinha após terminar de falar, e esperaria que me chamassem para poder fugir. Mas caso o alçapão ainda estivesse fechado, eu subiria no objeto utilizado para ganhar altura e alcançar o alçapão, e sem balbuciar, sacaria minha katana, e faria uma estocada na direção da alça utilizada para se abrir a portinhola, caso tal movimento fosse infrutífero, eu o repetiria em outras partes do alçapão, até que este estivesse destruído, ou o suficiente para ser aberto.

Assim que estivéssemos fora da cozinha, olharia para Roger com seriedade, e logo me pronunciaria. - Quais são as próximas ordens Roger-san? – Perguntaria, já me preparando para seguir qualquer ordem que me fosse direcionada.

Legendas:
Fala Kaiser
Pensamento Kaiser

Histórico:
 

Objetivos:
 

HP: 44 | 44 SP: 46 | 62 POSTS: 21 POST EDC: 06

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos Futuros:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 EmptySex 12 Jan 2018, 10:46


Kaiser Hilderbrand


Os chutes na porta continuavam a acontecer cada vez fazendo mais barulho e a trinca parecia estar começando a enfraquecer, Kaiser tentava tranquilizar a situação, mas a chance de falharem em proteger o nobre ou reportar para o seu superior era grande. Era ele que tomava as rédeas da situação pedindo para o seu grupo começarem a se mover tentando achar uma forma de abrirem o alçapão enquanto cuidaria das algemas, a essa altura do campeonato ninguém parecia discordar de sua liderança.

Hilderbrand procurava por duas coisas parecidas com chaves de boca, a sua forma de soltar as algemas de seu agente superior seria forçando-a através da força dos materiais. Ele não encontrava exatamente as chaves de boca, mas encontrava dois martelos pequenos para bater na carne e era daquela forma que tentava forçar a algema. Em primeiro movimento podia ver o seu companheiro com dor ao forçar e a algema apertar o seu pulso, mas com a força em seus braços conseguia arrebentar uma das algemas. - Essa $#%%# doí para um $#%#&*%! - Reclamava o nerd e o loiro já se preparava para forçar a outra algema forçando a outra e felizmente também arrebentando essa.

Ao olhar para trás para ver a situação de seus companheiros, conseguia vê-los tendo dificuldade para quebrar o cadeado que estava acoplado a alavanca do alçapão, os martelos não serviriam para ser colocado entre o vão e também força-lo o que deixava uma situação mais preocupante. Era nesse momento que o atirador atirava contra o cadeado e o quebrava pelo lado abrindo por fim, a única mesa que havia ali era uma de metal acoplada ao chão, mas eles conseguiam subir nela para subir no alçapão e era isso que havia sido feito. O moreno era o primeiro a subir com Roger subindo em seguida. Anna não deixava Kaiser ser o último. - Você é o mais ferido daqui, suba logo. - E assim era feito com o garoto e Roger segurando os braços e os ferimentos do loiro doendo cada vez mais, Anna conseguia subir rapidamente e fechar o alçapão quando os piratas quebravam as portas da cozinha.

Rapidamente os agentes se moviam por um espaço pequeno que se semelhava a um duto e iam seguindo por eles, o agente superior não havia tempo para pensar em responder com algum plano e falava a coisa mais óbvia. - Só engatinha! - Os piratas vinham atrás engatinhando e tudo estava começando a cada vez ficar mais escuros até que eles se viam começando a escorregar em uma direção para baixo onde só conseguiam ver a luz saindo daquela direção, a ordem era simples, O moreno era o primeiro a cair no chão seguido de Roger que caia encima dele com Kaiser atrás e Anna por último nos ombros do loiro. O teto havia cedido a frente e eles caiam em uma sala, assim que eles passavam o teto cedia mais acima da única passagem que haviam deixando apenas uma porta como a saída dali. Aquela sala era estranha, havia pequenos buracos para olhar na parede e alguns baús velhos, um quadro grande na parede de um velho senhor bem arrumado como se fosse um nobre e em suas vestimentas haviam o símbolo do nobre que haviam ter que proteger. - Pelo menos conseguimos escapar deles. - A porta era de madeira e estava trancada por dentro, o lado que eles estavam para a alegria, podia se escutar um som vindo da outra sala de uma voz grossa e rasteira, mas só era possível entender se estivessem mais próximos e era assim que o moreno fazia.

- Parece a voz do nobre que estávamos escoltando. - Sussurrava esperando que os outros se aproximassem. - Você vai valer pelo menos dez mil berries, meu caro nobre leão. - Era a voz de antes que haviam escutado de relance, olhando pelo buraco podia se ver um homem de capa vermelha e cabelos morenos, seu rosto marcado com cicatrizes e olhos de íris vermelha. Não haviam barulhos de passos fora da sala. - Esse é Podker - Roger dizia. - Podem ter guardas atrás da porta, mas é a nossa melhor chance, iremos atacar, se preparem para o combate. - Roger tomava as rédeas da situação tomando o seu cargo novamente de superior e líder da missão. Ele já assumia uma pose diferente estralando os seus dedos.



Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raiden Fuji
Narrador
Narrador
Raiden Fuji

Créditos : 26
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 7010
Masculino Data de inscrição : 17/09/2017
Idade : 26
Localização : Las Camp - West Blue

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 EmptySex 12 Jan 2018, 23:02

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg



KAISER HILDERBRAND
Aceitando o que Anna falou, eu subi no duto que havia sobre nós através do alçapão, a subida não foi nada gentil comigo, mesmo que Roger tenha me ajudado, meus ferimentos ainda assim me incomodaram bastante, já que não era nada confortável ser puxado pelos braços com ferimentos no ombro e nas duas costelas. A ardência que eu sentia nos ferimentos eram tão fortes que eu precisei serrar os dentes para aguentar tamanha dor. Aproveitei o tempo em que Anna subia para que pudesse respirar fundo, esse dia não estava sendo nada fácil para mim, e ainda mais com esses ferimentos, mas por sorte, tudo poderia dar certo no final.

Respondendo minha pergunta, Roger nos disse apenas para continuar em frente, e foi o que fizemos, com os piratas nos seguindo atrás. - Malditos, como eu gostaria de poder trucidá-los agora. Em frente, Kaiser, em frente. – Pensaria, primeiro com ódio, mas recobrando a consciência depois, lembrando da ordem de meu superior. Após algum tempo engatinhando em frente, começamos a escorregar do nada, e no final caímos em uma sala, na ordem que estávamos, eu estando por penúltimo, caindo nas costas de Roger, e depois Anna caindo em meus ombros, logo no instante seguinte, eu estaria rolando no chão e segurar-me-ia para não urrar. - Mas que porra! Maldita dor! – Sofria em silêncio. Aos poucos me recuperando da repentina explosão de dor, eu me levantaria e começaria a olhar em volta, aquela sala era estranha, com baús velhos, buracos na parede e um quadro imenso de algum velhote, provavelmente um ancestral do homem que deveríamos estar protegendo. - Que bizarrice, para que deve servir isso? – Diria baixinho, tentando entender a eficácia de ter um monte de buracos nas paredes.

Para nossa sorte, nossa queda fora suficiente para que escapássemos dos piratas que nos seguiam, além disso, por trás da porta trancada era possível escutar uma voz grossa, mas não consegui entender de imediato, então vi que o moreno ia para a porta escutar melhor, e nos dizia que a voz se assemelhava com a do nobre que estávamos protegendo antes, eu precisava entender o que se passava, então iria na mesma direção do garoto, e encostando minha orelha direita no vão entre a porta e a parede, podendo enfim escutar o que era dito do outro lado desta. A primeira coisa que escutei foi um homem dando um preço para o nobre, dez mil berries, era o preço dito por tal homem, não prestei muita atenção na vestimenta do sujeito, mas pude ver seus olhos vermelho e seu rosto marcado por cicatrizes. Logo em seguida, Roger nos disse que o homem que estávamos vendo era Podker, o maldito que estava por trás de toda essa operação, e nos disse que essa era a melhor hora para um ataque, ele disse que poderiam haver guardas atrás da porta, mas eu descordava, eu não acreditava que ele tomaria tal precaução, a chance de nós estarmos aonde estávamos era quase impossível de se imaginar na hora de formular um plano, mas, mesmo assim, eu nada disse, deixaria que o agente desse as ordens, afinal ele era o líder da missão.

Sabendo meu lugar, eu esperaria que Roger desse as ordens e abrisse a porta, para começar o ataque, se eu fosse ordenado para ir ao ataque e houvessem guardas na porta, eu faria uma estocada na direção do pescoço de tal homem, sem hesitação e aproveitando o elemento surpresa, de forma que a reação dele fosse lenta demais para me parar, um bloqueio seria impossível no momento e local, então caso ele esquivasse, para trás provavelmente, eu faria uma outra estocada, desta vez mirando sua barriga, e arrastando minha katana para cima depois de acertar, se ele voltasse a se esquivar, eu continuaria repetindo o movimento. Ao acabar com o guarda, se não houvesse ninguém lutando contra Podker, eu correria com minha velocidade máxima e tentaria dar um salto para frente, quase que como um “dash”, para parar meu movimento a cerca de 2 m do homem. - Então você é maldito que armou esse esquema, não? Prepare-se para sofrer, escória. – Diria com escárnio. E logo após daria início a minha técnica Battoujutsu: Shōmen kōgeki, meu objetivo era acertá-lo, cortando toda a extensão de seu tronco, e se tivesse êxito em tal intento, sorriria debochadamente. - Então isso é tudo que tem para oferecer? Estou despontado. – Diria, e logo em seguida faria uma estocada mirando seu pescoço. Se minha técnica fosse esquivada, o que provavelmente seria feito com um salto para trás ou para o lado contrário do corte da técnica, eu saltaria na direção deste e varia um corte horizontal, mirando em sua cintura, e se ele voltasse a se esquivar, faria dessa vez um golpe vertical de cima para baixo. Se a técnica fosse bloqueada, eu o empurraria para abrir uma abertura e faria um golpe horizontal na altura da cintura, se ele bloqueasse novamente, eu repetiria a tática usada, mas faria um corte vertical de cima para baixo, mas se ele esquivasse, eu faria uma estocada na altura de seu peito.

Se minhas ordens fosse de ficar na defensiva ou suporte, eu me manteria atento as ações dos possíveis guardas que houvessem atrás da porta, me atendo a qualquer um de meus companheiros que estivessem tendo dificuldade contra tais homens, eu saltaria na frente de quem estivessem com dificuldade, e poria minha katana diagonalmente da direita para a esquerda se fosse em uma luta de corpo-a-corpo, e diria. - Acerte-o enquanto eu me preocupo em bloqueá-lo. – Se fosse um atirador, eu avançaria com velocidade e rapidamente me agacharia quando estivesse perto do guarda, e subitamente levantar-me-ia e faria uma estocada na direção do pescoço deste, e se ele se esquivasse faria novas tentativas de estocadas, alternando entre barriga, peito e pescoço. E contra Podker, eu deixaria Roger lutar com o criminoso, mas ficaria atento a qualquer abertura que me possibilitasse atacá-lo rapidamente de surpresa, se aparecesse tal brecha, eu utilizaria minha técnica Battoujutsu: Shōmen kōgeki, buscando acertar seu tronco e suas costas, acertando ou não, isso serviria para tirar a atenção de Podker de Roger, e possibilitaria ao agente graduado acertar o patife com mais facilidade, mesmo que para isso eu precisasse ser acertado.

Se me fosse necessário bloquear ou esquivar, se tivesse de esquivar, saltaria para trás em golpes diagonais, horizontais ou verticais, não tinha intenção de fazer um contra-ataque no momento, pois apenas abriria outras possibilidades para me ferir novamente, e se fosse uma estocada, eu saltaria para o lado que me oferecesse melhor espaço para me movimentar. No caso da necessidade de bloquear, o faria visando parar completamente o movimento de meu adversário, de acordo com a necessidade, seja ele os guardas ou Podker.

Legendas:
Fala Kaiser
Pensamento Kaiser

Técnica:
 

Histórico:
 

Objetivos:
 

HP: 44 | 44 SP: 30 | 62 POSTS: 22 POST EDC: 07

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos Futuros:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 EmptyDom 14 Jan 2018, 00:39


Kaiser Hilderbrand


Kaiser se preparava para atacar junto com sua equipe e Roger já se posicionava na porta, ele olhava atentamente para os seus agentes e seu plano era bem simples. - Mataremos os guardas que estiver dentro, quando entrarmos abrirei espaço tentando empurrar Podker e vocês agarram o nobre e tirem ele daqui. - Seu olhar sério fazia ele não quer questionado em nenhum momento. Ele abria a porta e aquilo já podia se ouvida com uma reação dos guardas andando para trás e o loiro era o primeiro a sair, sua katana ia rapidamente em direção ao pescoço do revolucionário e passava liso, o segundo guarda era atacado por Anna que abria espaço com a sua lança realizando o mesmo movimento que Hilderbrand.

Com os gritos de dor, alertava quem estava dentro e já podia ouvir os passos das pessoas se preparando para o combate, assim que a porta era aberta por Roger mais uma vez, este entrava seguido de Anna e Kaiser com o atirador moreno por último. Eles não haviam percebido pelo buraco, mas havia uma garota com cabelo ruivo presa ao lado do nobre seguido de mais três guardas, dois espadachins e Podker que era um boxeador. - Malditos agentes! Como escaparam? - Com o loiro ficando na cobertura, entrava em combate com um dos guardas espadachins e Anna cuidava do outro. Rapidamente o loiro era forçado a bloquear com um ataque pelo alto homem careca com pele morena, seus músculos fortes marcavam a camiseta regata que usava e podia ver suor escorrendo pelo o seu corpo.

O loiro conseguia fazer um corte na mão do negão e era recebido por um na mesma altura, ele ria rapidamente vendo a situação da qual a batalha havia se encontrado, Podker lutava contra Roger a mesma altura com golpes trocados e Anna parecia estar começando a adquirir vantagem embora seja meio estranho naquele apertado espaço, o moreno não entendia muito bem o que fazer com todos lutando e era eles que ia tentando desamarrar os dois reféns, quando havia um bom ponto de visão gritava para Kaiser se afastar e era isso que era feito. O tiro era certeiro e acertava o peito do negão que caia para trás, não parecia ter morrido ali, mas a bala havia pego-o de surpresa.

Anna recebia um corte em sua costela e acertava a sua lança ficando na cabeça do homem, deixando toda a situação com Podker e Roger. O líder rapidamente acertava um soco no estômago do agente superior e depois um gancho de direita que fazia o nerd cair ao chão. Ele não havia perdido a sua consciência e partia contra os outros três agentes, ele acertava um soco em cheio no ferimento de antes de Kaiser com um gancho e escapando de sua espada, o soco não abria seus pontos mas apresentava uma dor terrível ao loiro. Ele dava mais outros dois socos nos outros agentes que também recuavam e esquivava de uma tentativa de ataque de Anna.

- Peguem os reféns e fujam daqui, eles são mais importantes, protejam-os. - Dizia Roger já se levantando e pressionando Podker para trás contra a parede, aquilo abria um espaço para que os agentes conseguissem escapar com os reféns, mas não era isso que Anna pensava começando a tentar acertar o homem desobedecendo a ordem de seu agente. - Vocês dois, AGORA! Antes que cheguem mais! Fujam com o nobre e a Lauren! - As palavras do agente eram puras e o atirador terminava de desamarrar o nobre começando a desamarrar a garota ruiva que vestia um terno exatamente igual dos agentes.


Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raiden Fuji
Narrador
Narrador
Raiden Fuji

Créditos : 26
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 7010
Masculino Data de inscrição : 17/09/2017
Idade : 26
Localização : Las Camp - West Blue

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 EmptyDom 14 Jan 2018, 02:11

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg



KAISER HILDERBRAND
A ordem dada por Roger era absoluta, tanto que ele a enfatizou quando Anna o desobedeceu tentando ir para cima de Podker, com a brecha que nosso superior nos deu, era possível escapar, mas infelizmente Lauren, a garota ruiva, ainda não estava solta, então eu me poria à frente de todos, com minha katana posta diagonalmente com sua ponta apontada para o teto e para a esquerda. - Anna, fique com o nobre, por enquanto, quando Lauren for solta, escaparemos daqui, não podemos questionar as ordens do nosso superior. – Eu diria para a loira, tentando fazê-la entender que teríamos que escapar de lá, e me mantendo a frente para proteger a todos, pois apesar do negão não estar morto eu não sabia se ele tinha condições suficientes para nos atacar, além de que se Podker conseguir tirar Roger de seu caminho, ficaríamos desprotegidos. Se Annabele não fizesse o que pedi, eu andaria até minha ela e olhando de forma firme, lhe diria. - Escute Anna, não podemos ficar aqui, é provável que venhamos a atrapalhar o Roger, eu te prometo que se pudermos voltaremos para buscá-lo, mas agora precisamos partir daqui. – E com essas palavras, eu acreditaria que ela recobrasse a consciência e fosse proteger o nobre.

Se enquanto eu estivesse os protegendo até que Lauren estivesse solta o negão viesse me atacar, eu focaria em bloquear, já que se eu esquivasse, poderia acontecer de alguém ser acertado. Se o ataque fosse vertical eu poria a minha katana horizontalmente, e se fosse horizontal seria verticalmente, no caso de golpes diagonais, eu poria minha arma no sentido contrário da direção do golpe, meu objetivo era parar o golpe vindo de qualquer uma dessas direções, e se possível empurrar meu adversário para trás. Se o golpe fosse uma estocada, eu tentaria girar meu corpo para o lado e com a lâmina, acertaria um golpe vertical de cima para baixo, de forma com que sua arma fosse para cima, e em seguida eu faria um corte diagonal de cima para baixo, da esquerda para a direita, na intenção de fazê-lo se afastar, mas se o corte o acertasse não faria mal, e de qualquer forma, eu faria uma estocada na direção de sua barriga em seguida, não me importando se meu golpe anterior o acertasse ou não, se a estocada o acertasse, eu arrastaria minha katana para cima, com esta ainda presa no corpo do negão, e se falhasse, eu seguiria com este plano até acertá-lo ou ele se afastar o suficiente de nós.

Se em vez do negão fosse Podker a atacar, eu me focaria em me esquivar, já que o alcance de seus punhos são curtos, e contra-atacar. Se viessem jabs na direção do meu peito para cima, eu me abaixaria e faria uma estocada na direção de seu peito, mas se não houvesse espaço para tal, eu saltaria para trás ou para o lado, onde houver mais espaço para me movimentar, e faria um corte vertical de cima para baixo. Se fosse um gancho, eu giraria meu corpo para o lado contrário do braço que estivesse atacando, se o golpe fosse com o braço esquerdo eu giraria para a direita, e vice-versa. Se viesse um cruzado eu saltaria para trás, sem opções de contra-ataque, e faria um golpe horizontal da direita para a esquerda, na altura de sua cintura.

Quando Lauren fosse solta, Roger ainda estivesse lutando contra Podker, eu virar-me-ia de costas para a luta dele e chamaria a todos para sairmos de lá. - Agora vamos sair daqui, essa foi a ordem de Roger-san. – Mas como eu não sabia o caminho para escaparmos do lugar, só me restava perguntar ao nobre. - Senhor, não sabemos onde estamos e como saímos daqui, você pode nos indicar um caminho? – Assim que estivéssemos o caminho a se seguir, eu sussurraria para a loira e o moreno. - Um de vocês vai com o nobre e outro com Lauren, eu vou na frente para interceptar algum inimigo que esteja a nossa frente, deem-me cobertura. – Após falar com eles, seguiríamos em frente.

Mas caso eu ainda estivesse lutando com alguém, eu tentaria afastá-lo de mim, fosse bloqueando e empurrando, ou então com uma esquiva, e então gritaria para o moreno. - Agora, acerte-o! – Esperando que meu companheiro acertasse um tiro, mas caso não fosse possível, faria o mesmo com Anna, esperando que esta o acertasse com sua lança, e se com ela também não fosse possível, esperaria que Roger acertasse meu adversário, de surpresa. Assim que tivéssemos uma brecha, gritaria para todos. - Vamos, pela porta, agora! – E assim começaria a correr, na direção da entrada que houvesse por ali. Fora da sala, repetiria o processo de conversas, até sairmos do lugar onde estávamos parados.

Durante a fuga, eu tinha a esperança de que pudéssemos sair sem topar com guarda nenhum, se por um milagre conseguimos tal façanha, do lado de fora da mansão, abriria um sorriso de alívio, e me viraria para os outros. - Precisamos ir a um médico, alguém sabe o caminho? Não estou em condições mentais de lembrar onde fica. – Diria, finalmente sentindo minha cabeça latejando com o esforço de pensar em situações para escaparmos, além da adrenalina acumulada no meu corpo após tantas situações estressantes. Assim que alguém se disponibilizasse a guiar o caminho, eu iria atrás, e procuraria interagir com a ruiva, que eu nunca havia visto anteriormente. - Olá, seu nome é Lauren, né? Eu sou Kaiser, você é daqui? Não lembro de ter te visto antes. – Diria tentando criar uma situação onde pudesse rolar uma conversa entre nós.

Mas caso encontrássemos algum guarda no caminho, eu, com minha aceleração, correria o mais rápido possível e faria uma estocada na direção de seu pescoço, para matá-lo logo, e não ter de perder tempo lutando contra tal escória. Se meu golpe inicial não acertasse, eu, procurando sempre me manter na ofensiva, faria um combo entre ataques verticais, horizontais, diagonais e estocadas, sempre procurando não repetir os golpes, alternando entre eles, de forma que dificultasse a ação defensiva do adversário. Mas se me fosse necessário tomar alguma atitude defensiva, eu o faria bloqueando ou esquivando, se fosse necessário bloquear, eu sempre tentaria pôr minha katana na direção contrária do golpe recebido, para parar completamente o ataque, e se tivesse de me esquivar, saltaria para trás somente, e se fosse necessário, poria minha katana à frente para evitar ser acertado por uma possível troca de direção de um golpe, que não era esperado por mim, mas se houvesse uma brecha em seus ataques, eu procuraria acertar uma estocada em suas pernas, onde tinha uma chance maior de acerto, e atrapalharia bastante sua mobilidade. E assim que acabassem os guardas e estivéssemos do lado de fora, faria a mesma coisa que se não houvesse guarda algum.

Legendas:
Fala Kaiser

Histórico:
 

Objetivos:
 

HP: 44 | 44 SP: 46 | 62 POSTS: 23 POST EDC: 08

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos Futuros:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 EmptyTer 16 Jan 2018, 00:41


Kaiser Hilderbrand


Com a ordem dada, o atirador terminava de desamarrar Lauren de sua cadeira que já se levantava passando a mão em seus punhos e esticando as suas pernas para perder a sensação de estar presa, o negro estava começando a se levantar quando Roger se abaixava para esquivar de um golpe de Podker e acertava o rosto do mesmo que mais uma vez ia ao chão. O agente superior lutava muito bem esquivando e tentando acertar o líder deles que estava claramente bem melhor fisicamente do que Roger por não ter sido torturado e acertado múltiplas vezes em seu rosto e outras áreas do seu corpo.

Kaiser reforçava as ordens de seu superior e acalmava Anna que acenava com a cabeça e protegia contra qualquer ataque, com ambos já em pé começavam a sair da sala rapidamente e este era o momento em que Anna desobedecia mais uma vez. - Não posso deixar ele sozinho,vão! - E a garota continuava na sala começando uma luta contra eles. Lauren estava atenta a qualquer movimentação e Hilderbrand perguntava para o nobre por onde deveriam seguir e ele mostrava com a mão. - Por aqui, levará aos meus aposentos e teremos uma saída. - Eles caminhavam por um corredor extenso que mudavam de cores, os tons amarelos mudavam para o preto e vermelho da família do nobre com mais alguns quadros pelas paredes e suas molduras douradas bem enfeitadas. Eles encontravam uma porta dupla a esquerda e uma varanda dava para ver a movimentação do salão, mas felizmente ninguém havia notado e a distração que haviam feito antes tinha deixado o lugar bem mais vazio, mas ainda existiam muitos piratas/revolucionários com quem teriam que lutra se seguissem aquele caminho.

O nobre abria a porta rapidamente e se surpreendia andando para trás logo em que via um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] de cabelos negros longos seguido de mais dois guardas, a garota ruiva ao seu lado pegava uma lança simples caída no chão e se preparava para a batalha. O homem de cabelos negros estava sentado na cama majestosa que havia dentro do quarto com suas pernas cruzadas e se levantava ficando em uma pose mais superior, sua voz grossa começava  a soar. - Vocês tem... - Antes que pudesse dizer mais alguma palavra, Kaiser tomava a frente tentando uma estocada em sua direção e apenas passava diante do cabelo negro do mesmo, com uma movimentação rápida acertava o estômago do agente e empurrava o garoto pela cabeça que dava passos para trás e caia de bunda no chão.

Ele coçava a sua cabeça, ele tinha luvas pretas e tinha vários piercings espalhados por seu rosto inteiro. - Bom... Como eu estava dizendo! Vocês teriam a chance de se render! Mas agora que fui atacado. Homens! Ataquem-os! - Haviam três homens naquela sala com ele, todos de uma aparência bem comum com cabelo curto e roupas verdes que partiam em direção aos agentes com o nobre mais atrás, todos eles portavam espadas. A sala toda havia cerca de 20m² com Lauren e o moreno mais atrás, tendo Kaiser uma distância de 5 metros do líder deles e os outros homens estavam mais atrás em uma distância de aproximadamente oito metros. - Sim, Comando! - Os três homens começavam a se movimentar com o da esquerda mais abertamente indo em direção ao moreno e o da direita indo em direção a ruiva com o último indo em direção ao loiro que se levantava.

A dor em seu estômago era grande como se tivesse sido baleado, o homem parecia ser bem forte e um capitão dos revolucionários para comandá-los, tudo estava na mão de Kaiser. A sala haviam diversos tipos de objetos com duas espadas cruzadas acima de uma lareira, grandes abajures, alguns vasos de vidro com flor e água, criados-mudos e algumas cadeiras. Um grande tapete vermelho enfeitada e as cortinas haviam o símbolo nobre do leão e podia se ver uma porta mais a esquerda.


Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raiden Fuji
Narrador
Narrador
Raiden Fuji

Créditos : 26
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 7010
Masculino Data de inscrição : 17/09/2017
Idade : 26
Localização : Las Camp - West Blue

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 EmptyTer 16 Jan 2018, 03:23

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg



KAISER HILDERBRAND
Ignorando as palavras proferidas pelo homem que me acertara, eu me poria de pé, com minha mão esquerda sobre meu estômago, que doía bastante. - Mas que merda de dor. Você vai se arrepender seu redskin desgraçado. – Amaldiçoaria o homem, e com a mão direita sacaria minha katana. De pé, me era possível ver um inimigo avançando, primeiramente, eu tentaria bloquear, pondo minha katana de forma contrária a do golpe desferido, procurando para o avanço do guarda, poria a arma horizontalmente num ataque vertical, verticalmente em corte horizontal, um diagonal da esquerda para a direita, eu poria minha lâmina da direita para a esquerda, e vic-versa. Conseguindo bloqueá-lo, eu forçaria minha lâmina para frente, tentando fazê-lo se distanciar de mim, mas caso não conseguisse empurrá-lo, eu saltaria para trás.

E se eu visse que não seria possível bloquear o golpe direcionado, eu saltaria para trás se fosse um golpe horizontal, e se surgisse uma brecha ao final do corte desferido por ele, eu avançaria velozmente, aproveitando minha aceleração rápida, e faria uma estocada, visando acertar sua costela direita, mas se não houvesse brechas, ficaria satisfeito somente com a esquiva. Se fosse um golpe vertical, eu saltaria para o lado que tivesse mais espaço, e quando pusesse meus pés no chão, eu poria as duas mãos no cabo da katana, e faria um arco, emendando num corte diagonal de cima para baixo, do lado onde eu estivesse, para o oposto, procurando trazer a arma abaixo com velocidade, aproveitando que com as duas mãos segurando o cabo, eu teria uma estabilidade maior para a realização do corte. Se o golpe fosse diagonal de cima para baixo, eu avançaria para o lado contrário do golpe, se necessário me abaixaria ou até poria minha katana verticalmente, por precaução.

Depois do primeiro contato entre eu e meu adversário, independente do resultado, eu saltaria para trás, tentando pôr uma pequena distância de um metro entre nós. Com a distância entre nós estabelecida, eu olharia para este com o cenho franzido, e dispararia minha fala contra este. - Então você é o cara que acha que tem alguma chance contra mim, não é? Vou te mostrar que está completamente errado, seu otário de merda. – E então eu inclinaria meu ombro para frente, e então saltaria, fazendo um salto para frente, e com uma altura baixíssima, os pés mal saindo do chão, assim que eu saltasse, seguraria minha katana com as duas mãos no cabo, e deixando-a preparada para um golpe do lado esquerdo do meu corpo.

Quando chegasse a uma distância suficiente para acertar o homem, da posição inicial da katana, faria um corte horizontal da esquerda para a direita, que eu esperava que fosse bloqueado, com minha suspeita confirmada ou não, eu faria em seguia um golpe vertical de cima para baixo. Se esse golpe fosse bloqueado, eu saltaria para trás, e ao colocar meus pés de volta ao chão, avançaria fazendo uma estocada na direção de seu abdome, um pouco acima do umbigo, tentando acertar seu estômago e depois puxaria a lâmina para cima, como num supuku diferente, já que o método de suicídio dos samurais se fazia com uma perfuração e um corte lateral, e este seria feito para cima. Se o homem esquivasse ao invés de bloquear, eu não perderia tempo tentando saltar, e logo seguiria o mesmo plano se o corte fosse bloqueado. Se meu plano fosse mal sucedido, eu não recuaria, muito pelo contrário, continuaria me mantendo na ofensiva, e seguiria uma sequência de três golpes diagonais, uma da direita, outro da esquerda, mais um da direita, e uma estocada. Se voltasse a falhar, eu faria outra sequência de golpes, com um horizontal da direita para a esquerda, faria uma finta girando minha katana, enquanto moveria esta para cima, e depois faria um corte diagonal de cima para baixo e da esquerda para a direita, e por último um vertical de baixo para cima.

Se em alguma hora, meu adversário tentasse um contra-ataque, eu somente saltaria para trás, procurando sair do alcance de sua arma, não queria começar uma disputa de contra-ataques, já que essa não era minha especialidade, e se tivesse que bloquear, o faria tentando apenas me assegurar que não seria acertado, fosse interrompendo a trajetória da lâmina adversária, ou desviando-a de seu trajeto. Se em algum momento o homem com quem eu lutava viesse a morrer, eu olhar-lhe-ia com escárnio. - Você teve sua lição, escória inútil. – Diria, cuspindo no corpo do morto, e depois me viraria de frente para o capitão dos revolucionários e apontaria meu indicador direito para ele. - Tu é o próximo, seu hipster do caralho. – Diria tentando provocá-lo.

Legendas:
Fala Kaiser

Histórico:
 

Objetivos:
 

HP: 44 | 44 SP: 46 | 62 POSTS: 24 POST EDC: 09

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos Futuros:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 EmptyTer 16 Jan 2018, 16:27


Kaiser Hilderbrand


O homem vinha avançando contra Kaiser e o mesmo procurava bloquear o seu golpe vertical, empurrando-o em seguida e saltando para trás o que era uma atitude que levantava dúvidas do porquê ele não havia contra-atacado ao abrir a brecha. Com o cenho franzido e uma voz mais grossa começava a fazer um breve discurso contra o espadachim que apenas ignorava o mal-humorado convencido. Estava preparado para começar um ataque contra aquele homem e assim era dado o seu início.

Com a espada em posição para atacar dava o seu avanço para frente e o líder apenas continuava observando o estilo de combate adotado pelo agente sentado mais uma vez na cama nobre com as pernas cruzadas. A tentativa de acertar um corte na horizontal era efetuada e o golpe era bloqueado como Hilderbrand queria que fosse, com um salto para trás tentava acerta-lo com uma estocada na direção do seu abdome e o golpe era esquivado pelo mesmo tentando bater contra a espada do loiro que ia para frente com o impacto, mas não soltava a sua espada. O revolucionário acertava com o cabo de sua espada a barriga e tentava acertar um corte na diagonal que era bloqueado por Kaiser que ignorando a dor começava a tentar acertar cortes na diagonal.

O primeiro passava no vazio e o segundo era bloqueado pelo homem, mas sem perder tempo Kaiser tentava um terceiro e esse passava cortando parte da carne do espadachim que ia dando passos para trás e finalizava com uma estocada que acertava bem no meio do seu peito perfurando pelo lado do osso e saindo nas costas do homem. O sangue jorrava para os dois lados e o líder se levantava rapidamente, acertando um soco na bochecha direita do loiro que ia para trás arrancando a espada do corpo e segurando-a em sua mão.

Os seus outros dois amigos estavam tendo mais dificuldades a lidarem com os integrantes, Lauren batalha pau-a-pau contra o espadachim tentando ganhar uma distância para lutar a média, mas infelizmente não conseguia ficar na ofensiva. O atirador por sua vez apenas esquivava não tendo tempo de disparar a sua espada. O nobre continuava caído ao chão esperando alguma coisa acontecer. - Cães do governo, todos pereceram! - Ele se preparava para Kaiser levantar e lutar contra ele que não havia tido o tempo para dizer suas palavras.




Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raiden Fuji
Narrador
Narrador
Raiden Fuji

Créditos : 26
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 7010
Masculino Data de inscrição : 17/09/2017
Idade : 26
Localização : Las Camp - West Blue

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 EmptyTer 16 Jan 2018, 21:28

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg



KAISER HILDERBRAND
Depois de ser novamente acertado pelo capitão dos revolucionários, a raiva tomou conta de mim. - Já não me bastava o cadáver acertar meu estômago de novo, e agora esse bosta vem na covardia, já estou de saco cheio dessa luta. – Diria, como se estivesse pensando alto, e me levantaria. Durante o movimento, olharia para o lado rapidamente, apenas para ver que Lauren e o moreno estavam passando apertado contra os outros guardas, já que eles eram lutadores de media e longa distância respectivamente, e seus adversários, de curta distância, obrigando-os a se manterem na defensiva. Assim que eu estivesse de pé, olharia com raiva para o moreno à minha frente, e sem delongas, partiria com velocidade para cima deste, já preparando um corte vertical de baixo para cima, segurando o cabo com as duas mãos, para ter a certeza de um golpe mais firme. Como ele me socara nas duas vezes que me acertara, eu acreditava que o homem era um boxeador, de forma que este deveria esquivar do meu golpe ao invés de bloqueá-lo, já que isso somente o prejudicaria, e se ele fizesse tal movimento, eu o atacaria novamente, sem dar descanso, se ele saltasse para a direita, faria um corte diagonal de baixo para cima e da esquerda para a direita, se ele saltasse para a esquerda, o golpe também seria diagonal de baixo para cima, mas o sentido seria o contrário, e se ele saltasse para trás, avençaria para poder alcançá-lo novamente e faria um golpe vertical de baixo para cima.

Se algum de meus golpes fosse realizado com sucesso, eu aproveitaria que nesse momento ele perderia um pouco de sua postura, e nesse momento eu aproveitaria para fazer dois golpes diagonais, um da direita para a esquerda, e outro da esquerda para a direita, se eu não acertasse nenhum golpe nele, saltaria para trás, procurando ganhar distância entre nós. - Você passou óleo de peixe por acaso? Fique parado, maldito. – Diria, irritado, querendo ter uma oportunidade de vencê-lo e ajudar meus companheiros com suas respectivas lutas se necessário, e terminar essa maldita missão, que parecia ter sido amaldiçoava, por algum motivo desconhecido a mim.

Se em algum momento ele tentasse um contra-ataque ou um contra-ataque após evitar meus golpes, eu tentaria bloquear, já que seus golpes me pareciam ser bastante rápidos, e não teria tempo suficiente para que eu me esquivasse com perfeição, eu deixaria a lâmina apontada na direção do revolucionário, para que se eu bloqueasse seu golpe, sua mão seria ferida, uma tática quase baixa, mas eu nunca pensaria em jogar limpo contra uma escória. Durante a necessidade de bloquear, eu moveria minha katana procurando deixá-la sempre de frente para o golpe que viria em minha direção, se precisasse, eu faria saltos curtos para trás, direita ou esquerda, girando meu corpo para me manter de frente para o revolucionário quando fosse necessário. - Você tem uns golpes bons aí, mas não funcionou, então aceite sua derrota, e me poupe o trabalho. – Diria se seus ataques fossem ineficientes. - Maldito seja, saia da minha frente, eu preciso terminar essa missão, não me atrapalhe sua escória. – Diria caso fosse acertado alguma vez.

Em qualquer brecha que surgisse, eu faria uma estocada com velocidade, e procuraria acertar um pouco acima do seu umbigo, procurando acertar seu estômago, coisa que dificultaria bastante nosso combate, e se acertasse, puxaria minha katana para cima, procurando deixar o golpe cada vez mais fatal. Mas se ele se esquivasse, saltando para o lado, eu pararia o avanço da minha arma, e desse ponto faria um golpe horizontal dali para o lado onde o homem saltara, na altura de sua cintura. Se novamente ele esquivasse, tentaria um vertical de cima para baixo dando alguns passos à frente, para entrar em uma zona onde pudesse acertá-lo. Se o moreno se mostrasse derrotado em algum momento, olharia de forma séria para este. - Agora acabou, só fez perder meu tempo, agora não entre mai em meu caminho. – Diria para o homem, e depois olharia para ver como meus companheiros iam em suas respectivas batalhas.

Legendas:
Fala Kaiser

Histórico:
 

Objetivos:
 

HP: 44 | 44 SP: 46 | 62 POSTS: 25 POST EDC: 10

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos Futuros:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 5 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg
Voltar ao Topo 
Página 5 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Las Camp-
Ir para: