One Piece RPG
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor Dante Hoje à(s) 02:53

» Evento Natalino - Amigo Secreto
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 02:30

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 00:30

» One Piece RPG Awards 2020
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 00:00

» Vol 1 - The Soul's Desires
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor Arthur Infamus Ontem à(s) 23:55

» VIII - The Unforgiven
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 23:31

» BOOH!
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 23:06

» [LB] O Florescer de Utopia III
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor Vincent Ontem à(s) 22:56

» Mess in Grand Line: The Red-Haired Arrived
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor Revescream Ontem à(s) 22:33

» O Samurai
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor K1NG Ontem à(s) 21:30

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 21:28

» Cap.1 Deuses entre nós
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor Tensei Ontem à(s) 20:00

» Julian D'Capri, das Mil Espadas
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 19:55

» Carregada de Culpa / Amanhecer em Prata
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor Adrian/Vampiro Ontem à(s) 19:28

» The One Above All - Ato 2
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor Thomas Kenway Ontem à(s) 19:01

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor jonyorlando Ontem à(s) 17:47

» Cap IX ~ Esperança ~
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 16:34

» A Ascensão da Justiça!
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor K1NG Ontem à(s) 16:27

» Art. 4 - Rejected by the heavens
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 15:02

» The Hero Rises!
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Emptypor Achiles Ontem à(s) 14:36



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 I - Auf Der Suche Nach Dem Weg

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Empty
MensagemAssunto: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 EmptyDom 26 Nov 2017, 20:12

Relembrando a primeira mensagem :

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Kaiser Hilderbrand. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Raiden Fuji
Narrador
Narrador


Data de inscrição : 17/09/2017

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 EmptySex 22 Dez 2017, 02:18



KAISER HILDERBRAND
Como havia sido me indicado, me encaminhei com calma até o local, onde uma placa indicava que o alistamento seria realizado ali, guardando a porta, havia um homem com a aparência impecável, vestindo um terno preto, um óculos e seu cabelo bem-arrumado o dava a aparência de um nerd elegante, mas isso não me interessava, eu só queria poder seguir em frente com meus objetivos, e assim fui passando pelo nerd, que me entregou um papel e uma caneta, me dizendo para sentar e responder as informações pedidas no papel. Não cheguei a olhar muito ao redor para saber o que havia a frente, estava olhando para o papel em minhas mãos com certo nervosismo.

- Mas que merda é essa? Objetivo de Carreira? Por que estou me alistando? Mas por que diabos eles precisam disso? – Pensaria eu comigo de forma desolada, por não fazer ideia do que viria a escrever no papel. - Bem vou ter que improvisar. – Voltaria a pensar, mas desta vez com mais determinação, pois deveria escrever as informações o que estavam a pedir, eu sabia que não aceitariam qualquer um sem mesmo saber o que pretendiam ali. E então me sentaria no primeiro assento que meus olhos captassem enquanto ainda divagava com certa melancolia sobre o que me fazia seguir em frente, e o que eu poderia esperar no futuro. - Eu entrei nessa pelos piratas que meu pai falou, mas não quero ser um vingador, correndo atrás de algo sem sentido, eu quero matar piratas sim como ele me disse, mas não só isso eu quero algo a mais, um ideal, proteger as pessoas sem que elas saibam, isso é o suficiente para alguém manchado pelo sangue de inocentes. Isso que eu devo ser, aquele que protege os inocentes pelas sombras, como um Anti-herói, mas para isso, eu preciso de um grande cargo, se eu conseguir chegar em tal patamar, nada me impedirá de destruir os malditos piratas e revolucionários, eles são a praga dessa sociedade. – Divagava em minha mente, enquanto o formulário em minha mão era preenchido inconscientemente, que no final ficaria desta forma.

”Formulário escreveu:
Nome: Kaiser Hilderbrand
Idade: 23
Objetivo de carreira: Virar agente do governo e proteger os cidadãos
Por que está se alistando: Quero ser aquele que protege a população pelas sombras, um justiceiro.

Assim que o papel estivesse devidamente preenchido, eu viria a acordar de meus devaneios, enquanto buscaria olhar o local onde me localizava, e assim poderia ver uma academia totalmente preparada para o alistamento, com um tatame para combates, aparelhos para a realização do teste físico, e quem sabe o local do primeiro teste, eu não sabia afirmar tal coisa, apenas observava, já me irritando com a demora para a continuação do alistamento, não me era possível me atender a mais nada, o clima, detalhes da construção ou até mesmo outras pessoas que estavam ali para se alistarem também.

30 minutos mais tarde, minha paciência estava no limite, como dizia meu pai: - A vontade de ir é grande mas a de ficar é maior. Acabei rindo de forma triste ao lembrar das palavras de meu pai, o que acabou me acalmando de certa forma. Mas acabei acordando para a vida ao ouvir o nerd chamando a todos que estavam no local, que provaram ser mais do que eu esperava. O homem fez um discurso que me deixou bastante animado para seguir em frente, e eu procurei entregar meu papel e a caneta para o homem que estava recolhendo tais materiais. Após entregar as coisas, como ordenado, eu andaria para perto do nerd, de forma que pudesse escutar com facilidade suas próximas palavras. - Essa etapa será simples, vocês irão limpar e varrer! Serão duas duplas e algumas pessoas sozinhas, aquelas que estiverem sozinhas deverão varrer, a dupla irá limpar e a outra carregará o balde, haverão homens os observando ou avaliando, então sem gracinhas! – Disse o homem, que aparentava ser o avaliador deste alistamento.

Após o término das instruções, seria a hora de decidir se eu faria a tarefa sozinho ou em dupla, - sozinho é mais cansativo, mas em dupla posso acabar pegando algum mala. Mas pelo menos dá para descansar um pouco. – Pensaria com uma das mãos no queixo, analisando o que eu deveria fazer a seguir. Só que naquele momento, algo dentro de mim parecia despertar, depois de anos aprisionado, eu não sabia o que era, mas a sensação me parecia ser relativamente boa, e essa sensação me deixava cada vez mais ansioso, e neste momento minha vontade era começar esse teste o mais rápido possível. E para isso eu deveria começar a procurar alguém para formar uma dupla comigo, já que eu havia decidido fazer o teste em dupla. Eu primeiramente, procuraria uma mulher, e iria na direção desta, andaria rápido, pois queria começar logo, já que na minha concepção, quanto mais rápido começar, mais rápido terminará.

- Olá, estou precisando de uma dupla para o teste, quer fazer comigo? – Perguntaria para a mulher, com um leve sorriso, tentando ser simpático, apesar desta não ser uma área minha muito boa, mas por sorte, meu humor estaria bom o suficiente para que eu não estragasse tal ação. Se a moça não quisesse me acompanhar, eu me viraria e procuraria por outra que estivesse livre, e repetiria a pergunta.

Quando tivesse uma dupla, provavelmente alguma outra já teria pego os materiais para limpar, ou seja, eu já saberia onde eu deveria pegar os itens, e desta forma me dirigiria até o local, chamando minha dupla. - Vamos lá buscar as coisas? – Eu perguntaria para a pessoa, já me encaminhando ao local.


Depois de pegar os materiais, primeiramente eu me encaminharia junto de minha dupla para um canto, perto de uma janela e o chão tinha uma aparência bem suja, talvez algo feito de propósito, para testar os novos recrutas, mas antes de iniciar a limpeza, eu voltaria a falar com a pessoa que me acompanhava. - Então, é o seguinte, eu já tenho uma certa experiência com limpezas, então eu tenho uma certa facilidade com isso, mas eu já não sei você, então eu queria propor em dividirmos o trabalho pela metade, vamos pegar uma parte e metade eu limpo com o rodo e o pano e você segura o balde e espreme o pano, e depois a gente troca, certo? – Seria a proposta que eu faria para a minha dupla, para que ela não ficasse sem fazer nada todo o tempo do teste e nem eu ficasse sobrecarregado.

E desta forma, eu começaria limpando o vidro das janelas, com movimentos circulares, e procurando aplicar força suficiente para que eu não precisasse ter de ficar limpando o mesmo local mais de uma vez. E quando terminasse de limpar o vidro, me voltaria para a limpeza do chão, e usaria o rodo da forma que já fizera tantas vezes no passado, em movimentos retos, seguindo uma linha, e depois iria para o lado refazendo o movimento até ter uma área determinada limpa.

Assim que terminasse de limpar uma boa parte da sujeira que havia perto do local em que se encontrava, eu trocaria de lugar com sua dupla, e enquanto estivesse segurando o balde esperando minha vez, deixaria meus pensamentos se perderem na época em que eu era feliz e nem sabia, os ventos calmos que passavam por meus cabelos enquanto estava sentado em uma das praças da ilha me matando de estudar e esquecendo de aproveitar os momentos com minha família. Quando terminasse a parte de sua dupla, esperaria que o avaliador nos chamasse para dar início à nova etapa.

Legendas:
Fala Kaiser
Pensamento Kaiser
Memória Kaiser
Avaliador

Histórico:
 

Objetivos:
 

HP: 44 | 44 SP: 62 | 62 POSTS: 05 POST EDC: 00
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 EmptySab 23 Dez 2017, 02:50


Kaiser Hilderbrand



Kaiser tinha alguns problemas quanto a preencher o formulário se incomodando com algumas coisas dais quais eram perguntadas ali, mas ignorava os seus incômodos e preenchia o mesmo entregando-o assim que era pedido. Com isso faltava achar um parceiro para Hilderbrand que achava que facilitaria mais o seu trabalho e haviam ainda algumas garotas pelo lugar, a primeira que chamava mais a atenção do garoto, uma loira com olhos azuis portando vestes simples e uma saia rosa. A mesma assim que era surpreendida pelo loiro chegando de fininho respondia com um sorriso em seu rosto. - Sim, podemos fazer isso juntos. - Ela era uma garota bela e não se preocupava em assentir com a cabeça com a estratégia adotada pelo aspirante.

Ambos ao estarem perto da porta recebiam um esfregão, pano e um balde com água e sabão, saindo da sala podiam ver o local imundo pelas construções que haviam iniciado na recepção, os outros recrutas estavam se organizando para limpar pelo quartel inteiro e Kaiser já se preocupava em lavar as janelas. O trabalho começava junto com a garota que ficava com o balde, ela estava quase saltitando e parecia estar bem mais empolgada que o garoto combinado com o nervosismo de suas mãos tremendo.

Após algumas janelas e um pedaço do piso limpo, chegava a vez de trocar e era nesse momento que a garota sorria e assentia com a cabeça mais uma vez sorrindo com os dentes brancos e por fim falando. - Sim! Descanse agora. - E ela começava a repetir algumas das técnicas adotada pelo garoto e acrescentar mais algumas das suas. Não demorava muito até que o nerd chamava eles novamente para dentro do pátio/academia recolhendo tudo o que havia dado no começo da sala e os marinheiros já iam levando para dentro da sala do faxineiro.

O nerd voltava ao palanque mais uma vez e de lá começava a gritar. - Parabéns para todo os senhores, o quartel está limpo mais uma vez depois dessa construção. Aprenderam o básico de todos os agentes ou marinheiros, a obediência em uma tarefa simples. Agora, vocês estão vendo esses equipamentos para se exercitar ai na frente, certo? - Ele dava uma pausa para que todos tivessem compreendido a sua fala. - Agora vamos senhores! Revezem entre os equipamentos se necessário, exercitem ao máximo, essa tarefa é a mais importante, quem eu achar que está de moleza irá ser dispensado na hora! Apenas os mais fortes passaram nos exercícios, vamos! Movam-se! - Com um último grito todos os recrutas já se levantavam dos seus assentos e a segunda etapa do exercício de recrutamento havia dado o seu início. A garota que estava ao lado de Kaiser continuava empolgada já querendo partir cima dos equipamentos em velocidade.



Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raiden Fuji
Narrador
Narrador
Raiden Fuji

Créditos : 26
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 7010
Masculino Data de inscrição : 17/09/2017
Idade : 26
Localização : Las Camp - West Blue

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 EmptySab 23 Dez 2017, 07:33

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg



KAISER HILDERBRAND
Ao escutar o avaliador nerd chamar todos os recrutas para o lugar onde nos reunimos anteriormente,  pude vê-lo recolhendo os materiais que utilizamos na limpeza, então comecei uma caminhada calma, ao lado da garota com quem fiz dupla durante o teste, ela parecia ser bastante animada, ou estava eufórica pela oportunidade de ser recrutada pelo governo, assim como eu, além de ser linda. Após entregar os materiais, fui para um lugar um pouco mais vazio, nunca gostei muito de multidões, e deste local comecei a escutar o discurso do nerd, que apesar da aparência sabia falar muito bem, cada vez que eu ouvia suas palavras ficava cada vez mais animado, o que dificilmente ocorria comigo desde a morte de meu pai.

- Parabéns para todo os senhores, o quartel está limpo mais uma vez depois dessa construção. Aprenderam o básico de todos os agentes ou marinheiros, a obediência em uma tarefa simples. Agora, vocês estão vendo esses equipamentos para se exercitar ai na frente, certo? – Disse o avaliador, e foi ao término desse pequeno discurso que parei para observar melhor os equipamentos que seriam utilizados no teste seguinte, haviam pesos, equipamentos para a realização de exercícios, uma pista de corrida, um tatame e até armas de madeira, para o treinamento.

- Agora vamos senhores! Revezem entre os equipamentos se necessário, exercitem ao máximo, essa tarefa é a mais importante, quem eu achar que está de moleza irá ser dispensado na hora! Apenas os mais fortes passaram nos exercícios, vamos! Movam-se! – Voltei minha cabeça na direção do nerd para escutar o mesmo continuar falando para nós começarmos o treinamento. Assim que o avaliador terminou de falar, a garota que fora minha dupla no teste anterior, estava muito ansiosa para começar, visto que podia ver que sua vontade de voar para cima dos equipamentos era muito grande, mas parecia se controlar para não fazer o que imaginava que ela faria.

- Você está bem ansiosa não é? Hahahha – Diria para a garota, me estranhando por ter rido. - Sua animação me deu uma impressão boa, qual é seu nome? Eu me chamo Kaiser. – Voltaria a falar para a garota, antes que ela pudesse fazer qualquer coisa, como sair de perto. Depois de escutar o nome da garota, eu continuaria falando com ela antes de começar, mesmo que ela demonstrasse sinais de que quisesse começar o novo teste o mais rápido possível. - Então, eu tenho uma sequência boa de exercícios, que ajudam a fortalecer o corpo todo, acho que é importante, independente de qualquer estilo de luta, quer fazer comigo? – Proporia para a garota, ela aceitando ou não, eu daria início à sequência que eu dissera para a garota, a sala da academia parecia bem cheia devido a grande quantidade de recrutas alistado, então decidi que começaria meu alongamento em um canto, e assim me encaminharia para o local mais vazio da sala.

Para fazer um alongamento rápido mas que não demorasse demasiadamente, eu começaria com um alongamento dos braços, cruzando-os um de cada vez à frente do corpo, depois me abaixaria até por minhas mãos no chão, mantive a posição por alguns segundos enquanto sentia os músculos das minhas costas se estirarem levemente. Depois partiria para os membros inferiores, eu começaria com agachamentos simples, apenas cinco lentamente e bem-feitos, para poder pôr todos os grandes músculos da coxa em aquecimento, e depois disso seria a panturrilha, para tal alongamento, eu me sentaria no chão com as pernas esticadas para frente, puxaria a ponta do pé e puxaria na minha própria direção, estirando os músculos do local. Após esses poucos exercícios de alongamento, eu poderia sentir meu corpo bem aquecido, e assim poderia partir para os exercícios de força.

Como eu já havia finalizado o aquecimento, decidi que partiria para osxercícios logo, então me encaminharia para o lugar onde estivessem os pesos, e também procuraria uma barra. Quando achasse tanto os pesos quanto a barra, encaixaria em peso de 25 Kg em cada lado da barra, após montar, eu levaria o conjunto até estar próximo à parede, já que desta forma seria mais difícil que alguém viesse me inportunar e trazer de volta o meu eu rabugento, que estava à tona a maior parte do tempo. Com o conjunto posicionado no local que eu havia planejado, eu começaria a realizar o exercício pretendido por mim, agachamentos simples. - São exercícios bem simples, mas eu não vou deixar de fazer o que eu sempre faço apenas para querer aparecer para o avaliador. – Pensaria comigo enquanto havia a possibilidade de ver alguém que viria a fazer algo além de sua capacidade apenas para aparecer para o nerd, mesmo de forma negativa.

E o próximo exercício da lista que eu realizaria era o desenvolvimento de ombro, onde eu estaria agachado, e nesta posição levantaria a barra até esticar completamente os braços, e depois abaixaria. Com o mesmo peso utilizado anteriormente, eu pegaria a barra e começaria a fazer o novo exercício. Ao final do desenvolvimento, o próximo exercício da lista a ser realizado era o clássico bíceps, então pegaria novos pesos, assim tendo 28 Kg em cada lado da barra, a carga que eu deveria puxar através de uma flexão de cotovelo estava com uma boa dificuldade, já que era bastante peso, visto que deveria considerar 28 Kg de cada lado, além do peso da barra, então o movimento seria feito com uma certa dificuldade. - Caralho de barra, isso tá mais pesado do que eu me lembrava. – Pensaria eu, amaldiçoando a grande quantidade de peso existente na barra, que me trazia grande dificuldade para realizar o exercício.

Ao final do Bíceps, eu guardaria tanto o peso como a barra, e assim que estivesse livre daquela carga, me encaminharia para algum suporte com barra e começaria a realizar um exercício de puxadas, o objetivo para mim, era realizar o máximo que eu pudesse, devido à facilidade da realização do mesmo. Assim que finalizasse as puxadas, eu procuraria algum local que houesse água para beber, já que minha garganta já pedia o líquido, com baixa temperatura para amenizar o calor que o corpo liberava ao realizar estes exercícios com a dificuldade que fizera.

Depois de beber a água, eu começaria um treinamento mais voltado para a área do meu estilo de luta, então se a garota estivesse realizando os exercícios comigo, eu teria de comunicar a ela. - Olha, os exercícios que vou fazer agora são voltados para o estilo que eu uso para lutar, se quiser pode fazer algum outro exercício que você queira. – Diria para a mesma, mas caso ela não estivesse do meu lado desde o começo, nem me preocuparia com tal coisa. E então, voltaria para a realização dos próximos exercícios a lista, e o próximo seria uma isometria de braços, que consiste em segurar dois alteres, estes que eu pegaria no mesmo lugar onde estariam os pesos, e teria de mantê-lo parados com os braços em uma linha reta na altura dos ombros, e fazendo bastante força, já que manter um haltere de 20 Kg parado sem mexer não era mole para ninguém.

Ao final do exercício anterior, eu iria para o próximo, que consistia em usar uma barra e 3 pesos de 20 Kg, os pesos iriam somente de um lado da barra, e eu pegaria no lado contrário onde estariam os pesos, de forma que eu pudesse simular a movimentação de uma espada, mesmo que com uma velocidade bem baixa, devido ao peso total da estrutura formada. E o último exercício de sua lista, era relativamente simples, consistia em pegar uma estrutura utilizada para guardar anilhas e utilizar como base para os pesos que eu pegaria, que no caso seriam 5 pesos de 25 Kg, assim que eu pegasse os pesos, os poria na estrutura e empurraria a plataforma de um lado ao outro, e para fechar de vez os exercícios a serem realizados no teste, eu faria uma corrida alternada, 30 segundos correndo o mais rápido que eu conseguisse, e depois 2 minutos correndo de forma lenta para recuperar o fôlego, eu realizaria esta corrida até que fosse sinalizado o final do teste.

Com o anúncio do final do teste, eu novamente procuraria água para beber, e após procuraria estar ao lado da garota para escutar o que viria a seguir.

Legendas:
Fala Kaiser
Pensamento Kaiser
Avaliador

Histórico:
 

Objetivos:
 

HP: 44 | 44 SP: 62 | 62 POSTS: 06 POST EDC: 00


Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos Futuros:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 EmptyDom 24 Dez 2017, 01:54


Kaiser Hilderbrand

Kaiser conseguia ver a garota bem empolgada com os exercícios e começava a se comunicar com a mesma, com um sorriso no rosto ela respondia. - Sim, eu estou bem empolgada, me chamo Anabelle, pode me chamar de Anna. É um prazer te conhecer, Kaiser. - O mesmo se oferecia para ajudá-la com os próximos exercícios e infelizmente o sorriso não se repetia. - Me desculpe, mas tenho que me destacar para os avaliadores, não se ofenda, apenas não quero ficar na sombra. - E era nesse momento que os outros recrutas começavam a atacar os aparelhos de ginástica e começando os seus exercícios.

Kaiser ia logo em seguida e começava os seus exercícios da maneira que mais achava correto fortalecendo todo o seu corpo. Os avaliadores ficavam caminhando entre os recrutas passando cada vez mais ou corrigindo alguns movimentos de exercícios incorretos. Após passado um pequeno período de tempo dava para ver alguns recrutas sendo dispensados na mesma hora quando viam que não estavam conseguindo passar corretamente pelo teste proposto pelo governo.

Não demorava muito até que o avaliador dava um grito de finalização do exercício, todos paravam de fazer os seus exercícios imediatamente e voltavam aos seus assentos, o nerd voltava ao palanque mais uma vez já com um sorriso no rosto. - Estou feliz que estejam aqui! Como podem ver, mais que metade já foram para suas casas para tentar qualquer outro dia o recrutamento. Tomem uma água e descansem um pouco, vocês tem dez minutos até a próxima e última etapa. - Ele sentava-se ao alto do palanque abraçando as suas pernas, alguns marinheiros passavam entregando garrafas de água e quando Kaiser olhava para o lado podia ver Anna completa de suor escorrendo por todo o seu corpo, o garoto também estava do mesmo jeito e bem cansado. - Fico feliz que está passando comigo. - Ela dava mais um sorriso enquanto recebia uma da garrafa de água, Hilderbrand também recebia uma e conseguia sentir que estava gelada, com grandes goles aquela água revigorava a energia em seu corpo.

Com os dez minutos passados, o avaliador começava a descer do palanque, assim que ele passava na frente dos recrutas os recrutas começavam a fazer uma fila, haviam sobrado apenas seis recrutas e todos inclusive Kaiser estavam um pé fora do tatame e o avaliador no tatame, atrás dele haviam três avaliadores marinheiros de aparência forte e um mais magrelo que segurava uma espada de madeira. - Essa última etapa é fundamental para qualquer agente,saber se defender e atacar é muito importante. Primeiro será Kaiser! Você enfrentará o Sargento Okta. - Os outros dois marinheiros saiam do tatame e só sobrava o homem com a espada de madeira esperando que Kaiser subisse no tatame. - Você tem a permissão de escolher qualquer arma de madeira nos mostruários. Assim que estiver pronto fale com o sargento e comecem, estarei avaliando. - Todos os outros recrutas ficavam observando o garoto esperando que ele tomasse as suas ações.



Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Achiles em Ter 26 Dez 2017, 23:37, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raiden Fuji
Narrador
Narrador
Raiden Fuji

Créditos : 26
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 7010
Masculino Data de inscrição : 17/09/2017
Idade : 26
Localização : Las Camp - West Blue

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 EmptySeg 25 Dez 2017, 19:41

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg



KAISER HILDERBRAND
A pouco pude escutar um grito do avaliador do teste, dando a ordem de que o teste físico estava encerrado, minha boca estava seca, e meus membros, levemente pesados, devido a fadiga que aos poucos tomava conta dos músculos devido à intensidade da atividade que eu realizei. Andando para perto de onde o homem se encontrava, procurava com os olhos se havia alguma garrafa de água ou um bebedouro, mas nada encontrei, então esperei que o próximo discurso começasse para depois perguntar sobre a água. E este logo começou, primeiro com o nerd nos congratulando e depois dizendo sobre a grande diminuição dos candidatos ainda presentes na academia, e por último algo que me agradou enormemente, nos daria água e um tempo para descanso antes de dar início à última etapa do recrutamento.

Então finalmente após o discurso um homem passou entregando garrafas d'água, peguei uma e pude sentir o quão gelada estava, e ao mesmo tempo ao meu lado chegava Anna, num estado parecido ao meu, já que estava bastante suada e aparentava estar bem cansada igualmente, mas a primeira coisa que me disse acabou me surpreendendo, já que ela disse estar feliz por eu estar na última fase do alistamento junto dela. Logo assim que ela terminou de falar, olhei para ela deveras intrigado. - Sério? Achei que você era uma dessas patricinhas mimadas, depois de se negar a fazer comigo, me pareceu ser muito arrogante. – Disse olhando nos olhos dela, e bufando para o lado oposto quando terminasse de falar. Se ela agisse arrogantemente, eu sairia de perto desta, preferindo estar sozinho com meus próprios pensamentos, mas se ela se desculpasse eu somente falaria para ela. - Está desculpada. Mas agora eu preciso ficar quieto e me concentrar para o próximo teste, você deveria fazer o mesmo. – Eu diria, não me importando se estaria sendo inconveniente ou irritante, já que isso era algo bem normal para mim, e assim eu finalmente abriria a garrafa d'água e a beberia, procurando aproveitar a sensação da água extremamente gelada descendo por minha garganta, dando-me uma sensação de relaxamento e alívio. Depois de beber a água toda, eu poderia vir a me sentir menos cansado ou mais disposto, eu não conseguia diferenciar as duas sensações, para enfrentar o que quer que fosse a seguir, pois a demora em finalizar o recrutamento, mais o tempo em espera da burocracia excessiva que teve de suportar anteriormente, estavam deixando-me cada vez mais irritado, o que poderia ser visto pelo que eu acabei falando para Anna. - Eu não sei como ela está, mas provavelmente deve estar irritada comigo, mas não adianta, eu não consigo mais agir normalmente, e pedir desculpas? Impossível eu voltar a pronunciar essa expressão para qualquer um, se for para ela ficar irritada comigo, que assim seja. – Pensaria de forma presunçosa, apesar de nem saber o que se passava pela mente da garota. Ignorando este assunto em minha mente, eu decidi que deveria me sentar no chão mesmo, fechar os olhos, respirar fundo e esvaziar minha mente, e assim eu o faria. Já em minha mente, eu repassaria para mim mesmo alguns movimentos que a tempos foram me ensinados, como estocadas, golpes simples, golpes rápidos, fintas e coisas semelhantes. Quando eu saí da minha mente, eu pude perceber que algumas pessoas já começavam a se movimentar, entre elas, 5 recrutas que restaram na sala, incluindo Anna, o nerd e alguns outros avaliadores, que eu não me recordava de tê-los visto anteriormente, e assim eu pude perceber que o teste daria início em pouco tempo, então eu correria até conseguir me juntar aos outros recrutas, me posicionaria na fila, que era formada para que nós pudéssemos ficar organizados, sem falar com ninguém.

Assim que eu estava me sentindo pronto, o avaliador do teste voltou a se pronunciar, nos dizendo qual era o intuito da realização de tal teste, e este parecia saber que eu estava pronto por algum motivo, que eu não conseguia entender, já que me chamou para ser o primeiro a ser testado, assim que ele terminou de falar, eu começaria a me dirigir calmamente para o tatame, e neste, os outros avaliadores haviam se retirado, restando somente um avaliador, este era mais magro que os outros e segurava uma espada de madeira, e pelo que eu conseguira escutar, seu nome era Sargento Okta. Vendo que eu já me dirigia ao local do teste, o nerd disse-me para escolher alguma arma de madeira, a que eu quisesse, e assim, eu me dirigia ao local onde as tais armas de madeira se localizavam, e pegaria uma katana de madeira, sentindo a sensação de familiaridade que era a de estar segurando uma shinai, algo com o que eu praticara muitas vezes quando era mais jovem, apesar de eu não segurar uma faz algumas semanas, mas acredito que eu tenha o que seja preciso para passar nesse teste, pois se faltar habilidade, eu posso compensar com esforço, eu preciso passar custe o que custar. Depois de estar com a shinai em mãos, eu finalmente poderia me dirigir ao tatame, onde seria realizado o teste de combate.

Quando estivesse em cima do tatame, eu entraria na posição que me fora ensinada para se preparar para um golpe de um adversário, seguraria a katana com as duas mãos e poria esta diagonalmente, com a ponta voltada para o lado esquerdo e apontando para o teto. Reconhecendo que apesar da aparência o homem deveria ser bastante forte, eu deixaria ele tomar o primeiro movimento, preferindo tomar a defensiva durante esse início de combate. O primeiro golpe de um embate normalmente sempre era feito de forma aberta, mas não deixaria que minha guarda abaixasse, e nem subestimaria meu oponente, e assim que esse estivesse próximo de mim, procuraria observar suas pernas e seu tronco para tentar prever o que o sargento faria, e assim eu procuraria me mover de acordo com o que fosse necessário. Se fosse uma estocada ou golpes verticais, eu giraria meu corpo levemente e daria um passo para o lado, ficando de frente para a arma do avaliador, se fossem golpes diagonais eu procuraria inclinar meu corpo levemente para a direita ou a esquerda, conforme a necessidade pedisse e tentaria uma rápida estocada no joelho que estivesse mais próximo de meu corpo, e se fosse um golpe horizontal feito com a espada na altura do meu peito, eu procuraria me abaixar e tentaria uma estocada em sua barriga, tentando acertar a boca de seu estômago. Mas se ele começasse me atacando com uma sequência de golpes seguidos, eu tentaria usar minha katana para bloquear os golpes, e desviando de alguns, conforme a necessidade pedisse, sem procurar alguma brecha e contra-atacar, já que com tantos golpes sendo desferidos a mim, era melhor eu procurar uma brecha para repensar minha estratégia de combate.

Se alguns segundos se passassem sem que Okta tomasse alguma iniciativa, eu deveria tomar a iniciativa, e partiria para o ataque, procurando usar o máximo de minha velocidade no momento, partiria para cima de meu adversário, encarando-o de frente, e quando estivesse próximo do mesmo, desviaria minha rota para a direita e depois faria um golpe horizontal na altura da cintura do sargento, se ele saltasse para trás, eu imediatamente faria uma estocada frontal, buscando acertar a garganta do meu adversário, mas caso ele bloqueasse qualquer um dos golpes, eu daria alguns saltos para trás, procurando por uma distância de 1,5 m, para que eu pudesse usar uma de minhas técnicas, Battoujutsu: Shōmen kōgeki. Se meu adversário conseguisse esquivar de minha técnica, eu tentaria girar meu corpo para estar de frente para este e procuraria bloquear qualquer golpe que me fosse direcionado enquanto tentava me distanciar de meu adversário, o que eu faria igualmente se o sargento bloqueasse ou eu acertasse a técnica.

Estando longe deste finalmente, aproveitaria para tentar recuperar meu fôlego, este que de certa forma seria perdido durante a intensidade dos golpes trocados entre o sargento e eu.

Legendas:
Fala Kaiser
Pensamento Kaiser

Técnica:
 

Histórico:
 

Objetivos:
 

HP: 44 | 44 SP: 46 | 62 POSTS: 07 POST EDC: 01

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos Futuros:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 EmptyTer 26 Dez 2017, 23:26


Kaiser Hilderbrand

A garota olhava meio enfurecida para Kaiser após sua resposta vendo que ele não havia a compreendido corretamente e apenas ficava quieta sem pronunciar mais nenhuma palavra. Após alguns acontecimentos e falas que o levavam até onde estava a frente do tatame, o garoto pegava uma espada de madeira mais conhecida como "Shinai" popularmente usada pelos mestres a ensinar os básicos de uma espada para os seus aprendizes. Com ela em mão subia ao tatame, onde o sargento lhe reverenciava com o abaixar de sua cabeça. O silêncio tomava conta do local após o aspira estar posicionado e os passos de Okta eram ouvidos já começando a vir em sua direção.

Como já era de esperar, o primeiro golpe sempre mais aberto que os demais, um corte na vertical que era esquivado com velocidade pelo recruta, mas o sargento sabia que não pararia por ali tendo certeza que aquele golpe com menos força seria o suficiente para fazê-lo se mover se dirigindo para um golpe na horizontal e que era bloqueado pela espada de Kaiser que não contava com a velocidade para conseguir se esquivar a tempo. Com o golpe bloqueado o próximo era um na diagonal e que também era bloqueado, este começando um embate de força para que conseguisse colocar Hilderbrand com um joelho no chão. O espadachim era mais forte do que parecia e vendo que aquilo não levaria a ter um golpe concluído dava um pequeno salto para trás.

Aquele salto dava um tempo para o aspira se levantar mais uma vez e começar o seu ataque de vez, sem subestimar a força que seu oponente havia iria com tudo tentando correr em sua direção e provocar uma reação ao se dirigir para a direita. Ele conseguia mover um passo para o homem que sorria naquele instante, o ataque na horizontal era bloqueado e refletido com um passo para trás pelo homem fazendo o aspira a dar alguns passos sem equilíbrio para trás, o sargento vendo uma brecha não aproveitava e esperava o mesmo se recompor. Com uma distância de quase dois metros, Kaiser estava preparado para tentar atingi-lo novamente desta vez tentando algo bem parecido com o que havia usado.

Com pequenos saltos em direções próximas, Okta começava a contar com seus olhos cada um deles tentando prever o movimento, mas não desviando o olhar do garoto, o salto em sua direção não era tão surpresa para um lugar tão bem iluminado e para os reflexos de um bom marinheiro e sim a velocidade que era atingido naquilo forçando o mesmo a se esquivar pela primeira vez no combate deitando completamente ao chão de costas e se levantando em um movimento rápido em seguida. Os músculos ficavam levemente mais pesados e aquilo dificultava a sua esquiva fazendo-o não ter tempo para ser atingido por uma estocada em seu estômago que o fazia dar um passo para trás e o magro mais uma vez recuava dando espaço para se recompor. - Segure mais forte essa espada, não esteja em uma padrão e não faça movimentos tão repetitivos, tudo isso causará sua morte contra um adversário que queira de matar. - Sua voz era calma e séria, o homem não estava brincando com aquilo mesmo sendo uma luta de dificuldade fácil para um sargento.

Os outros recrutas estavam apenas observando e o movimento de caneta sobre o papel era ouvido vindo da direção do avaliador, mas o garoto não podia perder a sua atenção com aquilo tendo que se preocupar com o combate contra aquele marinheiro bem mais experiente.



Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raiden Fuji
Narrador
Narrador
Raiden Fuji

Créditos : 26
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 7010
Masculino Data de inscrição : 17/09/2017
Idade : 26
Localização : Las Camp - West Blue

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 EmptyQua 27 Dez 2017, 04:04

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg



KAISER HILDERBRAND
Ao final da minha movimentação, estava eu com a mão sobre o estômago onde eu havia sido atingido por uma estocada do Sargento Okta, e com os músculos das pernas doloridos por conta da sobrecarga que era posta nesses músculos desde o teste físico, e agora no teste de combate para dar “dashs” e tetar acertar o adversário de surpresa, mas fora em vão, ele demonstrou ser bem experiente, rápido e surpreendentemente forte. Para minha sorte, o sargento meu deu um espaço para me recompor, coisa que procurei fazer rapidamente, eu sabia que minhas pernas não estariam boas o suficiente para o combate no momento, então nem me preocupei muito com isso, e sim em recuperar o fôlego perdido, e tentar diminuir a dor da estocada em meu estômago.

Após escutar as dicas de Okta, eu buscaria me concentrar mais, não podia deixar a shinai vacilar novamente na minha mão, tá certo que já tem algum tempo que eu não pratico, mas isso não é desculpa para não buscar me aprimorar. E assim, eu usaria uma estratégia de combate diferente do que estivera usando até então, primeiramente, eu separaria mais os meus pés, chegando cada um para o lado, de forma que minha base de sustentação estivesse mais firme, poria minha katana em riste, deixaria os braços relaxados, para que não estejam tensionados desnecessariamente, mas minhas mãos apertariam o cabo da arma com firmeza, esse estilo seria mais focado no bloqueio e contra-ataque, do que em esquiva e ataque.

E a partir desse momento, eu esperaria Okta tomar a iniciativa, como fizera no primeiro momento, eu não tinha condições de estar atacando-o sem que me pusesse em risco. Para evitar de ser acertado tão facilmente, eu tentaria estar sempre de olho na movimentação de suas pernas, e conseguindo ou não, eu poria em prática minha nova tática de combate, eu deixaria meus músculos do braço relaxados, e quando fosse necessários, eu tensionaria eles para manter uma shinai firme e assim bloquearia, ou apararia sua arma no caso da trajetória me impossibilitar de bloquear, e se fosse necessário, eu moveria meus pés junto do corpo, mas sempre procurando manter a mesma abertura da base. Se eu conseguisse identificar alguma abertura em sua guarda, o que provavelmente seria no caso de aparar um golpe, já que seria bem difícil isso ocorrer ao ter um golpe bloqueado, eu faria um corte vertical de baixo para cima, priorizando a velocidade, e caso esta acertasse, eu tentaria encaixar um combo de dois golpes diagonais cruzados entre a direita e a esquerda, e por último uma estocada na altura do estômago do Sargento, e caso eu não encontrasse a brecha de primeira, eu manteria a mesma estratégia até que eu pudesse acertar o Sargento ou até que ele me acertasse, devido ao meu cansaço estar aumentando ainda mais.

Histórico:
 

Objetivos:
 

HP: 44 | 44 SP: 46 | 62 POSTS: 08 POST EDC: 02

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos Futuros:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 EmptyQui 28 Dez 2017, 21:15


Kaiser Hilderbrand

O leve tempo para recompor dava algum ânimo para Kaiser que dessa vez via que não teria como manter um estilo agressivo contra o sargento, adotando uma postura mais defensiva estava pronto para mais uma rodada de ataques. Okta percebia que o aspira estava pronto e não hesitava em utilizar da sua velocidade acelerando o máximo de seu corpo para tentar um golpe na diagonal, os músculos do recruta tensionavam e forçavam a shinai para frente e o duro golpe fazia o garoto dar dois passos para trás, mas conseguindo manter a sua guarda ainda no alto. Os próximos golpes não eram diferentes, dois ataques na diagonais defletidos e movimentando Hilderbrand para trás ficando a um pé de sair do tatame, era essa hora que ele buscava tentar um acerto contra o sargento que mostrava a sua guarda um pouco mais aberta para ter uma maior força no último golpe.

Em um golpe de baixo para cima a espada de madeira passava raspando pela barriga do marinheiro que respirava fundo e dava um passo para trás ficando surpreso com o movimento, Kaiser não parava por aí tentando na sequência com dois na diagonal que faziam Okta a recuar e por fim uma final estocada para tentar finalizar aquele movimento de avanço, infelizmente aquilo acabava por sendo lento devido aos músculos inferiores não estarem tão rápidos quando os superiores causando um leve desequilíbrio e após um giro para escapar da estocada da shinai o sargento tentava fazer um horizontal, o mesmo era rápido o suficiente para acertar Hilderbrand que conseguia ver o golpe vindo e sem chance de desviar.

Nada acontecia, o homem parava a sua espada de madeira a centímetros do rosto do recruta e dizia continuando com a mesma expressão de antes. - Lutou bem... - O sargento recolhia a espada e guardava em um dos mostruários, era instruído pelo nerd para realizar o mesmo e sair do tatame. Os outros recrutas subiam o tatame para enfrentar um sargento um de cada vez com diferentes estilos de combate e a garota que havia falado com Kaiser antes portava uma lança de madeira, ela era rápida e conseguia acertar o sargento musculoso uma vez, infelizmente nenhum recruta tinha força ou experiência em combate o suficiente para acertar mais do que isso.

O avaliador nerd sorria para todos e dizia. - Vocês lutaram bem, servirão bem para o governo, vocês todos passaram. - Ele trazia em seu bolso uma série de pequenas medalhas, e após darem para todos alguns dos marinheiros seguiam trazendo ternos do tamanho ideal para todos os recrutas que haviam passado. Os outros cinco recrutas estavam com o sorriso em seu rosto. - A medalha representa o símbolo de um agente do governo,deve ser colocada na parte de dentro do seu paletó. O terno é o seu uniforme, devem estar sempre usando! -  O nerd terminava por dizer. - Vocês se apresentam amanhã para mim as oito horas da manhã, a recepcionista irá indicar onde me encontrar. Não se atrasem! - O mesmo saia com os marinheiros do local ficando apenas um marinheiros observando a todos, os outros recrutas continuavam a confraternizar entre eles e Anna começava a falar no centro. - Todos teremos que trabalhar um dia junto, eu acho, do que acham de irmos a um bar? - Perguntava ela e dois assentiam com a cabeça, os outros dois seguravam as suas mãos, era um recruta ruivo e um outro homem de cabelos negros negavam e diziam que teriam que fazer outra coisa, a única pessoa que não respondia era Kaiser. - Você vem? - Perguntava Annabelle esperando a resposta do garoto.


Insígnia:
 


Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Achiles em Sex 29 Dez 2017, 13:38, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raiden Fuji
Narrador
Narrador
Raiden Fuji

Créditos : 26
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 7010
Masculino Data de inscrição : 17/09/2017
Idade : 26
Localização : Las Camp - West Blue

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 EmptySex 29 Dez 2017, 04:33



KAISER HILDERBRAND
A frustração tomava conta do meu ser enquanto via a espada de madeira, vulgo shinai, do Sargento Okta apontada para minha face, doía em meu íntimo saber que meus esforços eu só conseguira acertar um golpe de raspão, e por causa da fadiga muscular minha estratégia foi para o saco, mas nunca iriam me ouvir reclamando disso, eu era muito mau humorado, mas jamais daria desculpas para algo que fui incapaz de fazer, eu conseguia reconhecer que eu não era páreo para o Sargento, o que foi provado pelo desfecho do combate, a única coisa que aliviou um pouco o meu orgulho ferido fora a pequena frase que pude escutar saindo da boca de meu oponente, ele gostou da minha luta, isso significa que não fui tão mal quanto estava achando.

Seguindo a ordem do nerd, pus minha shinai no mesmo lugar onde a encontrara, pois agora era o momento de outros recrutas lutarem, já fora do local de combate pude perceber que Anna não veio falar comigo, foi ai que eu percebi que ou ela estava muito concentrada, ou tinha se chateado pelo que eu falei, o que deveria ser mais provável, pois isso era algo muito rotineiro para mim depois da morte de meu pai. Como não tinha ninguém para conversar, e eu tinha que esperar até o final do teste de todos, eu sentei no chão mesmo e encostei minhas costas na parede, para tentar dar uma boa descansada, e como o cansaço era grande, de vez em quando eu acabava dando umas leves cochiladas, e por isso pouco vi do combate dos outros recrutas, a única coisa que me prendeu um pouco a atenção foi o estilo de combate que Anna utilizava, uma lança, um equipamento bem incomum para mim, já que mesmo indo diversas vezes ao quartel na minha infância, eu nunca cheguei a ver nenhum marinheiro que usasse uma lança, e como nunca vi Agentes aqui, não posso dizer por eles, mas acredito ser uma arma muito rara de se ver sendo utilizada por algum dos membros dessas intituições.

Depois de mais um cochilo, escutei a voz do avaliador encerrando o teste, nos elogiando pelas lutas e dando o resultado de que todos passara, eu escutei atentamente o que ele tinha para falar, pois ele sempre tinha lições e outras coisas interessantes de se ouvir, já de pé no mesmo lugar onde me encontrava. Ele nos trouxe o uniforme que nós usaríamos e uma medalha, que ele disse que deveria ficar na parte de dentro do paletó, além disso nos disse para estarmos no QG amanhã as oito horas para perguntar para a recepcionista onde deveríamos encontrá-lo sem atrasos. Depois que terminou de falar, este virou-se e saiu da sala, nos deixando com apenas alguns marinheiros nos observando, e então escutei Anna chamar a todos, quando eu já me preparava para deixar o local, ela nos convidou para irmos a um bar, provavelmente confraternizar, dois dos recrutas aprovados aceitaram, outro dois, que seguravam suas mãos como um casal recusaram, e só restava eu para dar a resposta.

Eu sabia que seria problemático ir ao bar, ainda mais um cara como eu, que arranja qualquer motivo para reclamar, e se não tiver um, eu acabo arranjando um, só para ter do que reclamar. Mas como eu já havia vacilado com Annabele mais cedo, achei melhor ir para tentar fazer as pazes com ela, então eu diria: - Então vamos. – Eu diria, enquanto suspiraria levemente, relaxando meus ombros. - Vou deixar vocês escolherem aonde iremos, quero ir a lugares novos, e hoje eu quero experimentar aquela bebida que meu pai sempre bebia, cerveja. – Diria rindo bem baixo do que eu acabara de dizer, por lembrar do meu velho.

Eu deixaria o trio ir na frente, procurando apreciar a temperatura que fazia naquele momento, apesar de eu preferir o frio, não estava tão quente a ponto de deixar meu humor pior do que já é. Se o lugar escolhido por eles fosse relativamente longe eu já reclamaria, como é de meu feitio. - Vamos para o bar ou peregrinar? Minhas pernas estão me matando, ainda vai demorar muito? – Reclamaria em voz alta, com nenhum dos integrantes do trio a minha frente em específico. Se o bar fosse próximo, evitaria de abrir minha boca, pois normalmente quando o fazia era para reclamar.

Quando chegasse no bar, este que provavelmente estaria cheio, a primeira coisa que eu faria era revirar os olhos para cima, como uma reclamação não-verbal, mas não a faria se o local não estivesse muito cheio. Esperaria todos decidirem aonde sentariam de pé, enquanto isso, bateria o pé direito no chão repetidas vezes por conta da demora, se pedissem minha opinião eu diria: - Pode ser no lugar que estiver disponível para 4 pessoas. – Diria se o bar estivesse cheio, mas se a situação fosse contrária a essa, minha resposta teria de ser diferente, então eu diria: - Podemos sentar perto das janelas, não? Lá não é mais fresco? – Diria dessa vez e olharia para o local de onde eu estaria falando, ou seja, as janelas. Assim que escolhessem, eu andaria rapidamente em direção a mesa em que sentaríamos, pois eu estava com pressa de me ver sentado, pois minhas pernas ainda estavam me incomodando.

Assim que todos estivessem sentado eu já chamaria o garçom. - Ei amigo, – Diria para chamar a atenção deste, mas caso não fosse escutado falaria novamente mais alto até que fosse atendido por este ou por algum outro garçom. Se o garçom viesse de primeira, eu faria meu pedido de uma forma, e se ele demorasse faria de forma diferente. - Opa, eu vou querer uma cerveja irmão, e vocês vão querer alguma coisa agora? – Seria esse meu discurso se o garçom rapidamente nos atendesse. - Mas que demora hein, eles te pagam para enrolar os clientes? – Diria para o garçom se ele demorasse. - De qualquer forma, me dê uma cerveja,e rápido hein. Você querem alguma coisa agora? – Perguntaria depois de fazer a crítica ao garçom demorado.

Eu esperaria minha cerveja chegar com as costas encostadas no possível espaldar da cadeira, as pernas cruzadas, os braços também cruzados e os olhos levemente fechados. Eu evitaria de falar antes do meu pedido estar em minhas mãos, e essa era a forma de fugir da conversa, mas assim que minha cerveja chegasse, eu a beberia um pouco e depois me viraria para Anna. - Me desculpe por mais cedo Anna, eu falei um monte de coisas que não deveria, as vezes eu infelizmente não consigo segurar minha língua, ainda mais quando estou meio chateado com as pessoas. – Diria para Annabele, pedindo desculpas por meu comportamento anterior. Sem esperar pela resposta dela, continuaria bebendo minha cerveja olhando a conversa, esperando que eu fosse citado nesta, pois acabei aprendendo com a minha mãe de não se intrometer na conversa dos outros.

Legendas:
Fala Kaiser

Histórico:
 

Objetivos:
 

HP: 44 | 44 SP: 46 | 62 POSTS: 09 POST EDC: 02
[/color]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos Futuros:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 EmptySab 30 Dez 2017, 03:11


Kaiser Hilderbrand

Com Kaiser tendo aceito o convite, Anabelle se animava. Ninguém dizia mais nenhuma palavra, mas o sorriso da garota parecia ser contagiante, menos para Hilderbrand que continuava com a sua cara fechada logo após o pequeno riso que tentava conter para si. Com o trio a frente, o quarteto que se formava andava em conjunto. Anabelle mais a frente tomando a liderança do grupo e os outros dois aos seu lado, o tempo dava uma mínima esfriada e as brisas suaves que vinham do porto para a cidade passavam entre os cabelos loiros do garoto. Após uma leve caminhada nada se encontrava e todos ainda continuavam a andar, era quando o resmungão começava. Anabelle olhava para trás e com uma careta e um dedo abaixo do olho mostrando a língua dizia. - Vamos lá, se anima, Kaiser! Já estamos chegando. - Com a resposta dada, não demorava mais do que dez minutos para que chegassem ao chamado "Traveller's Pub" pelo que indicava a placa em cima da porta dupla de madeira com detalhes em ferro em formatos espirais que abria para dentro.

O lugar era imenso, cadeiras e mesas redondas espalhas pelo local e mais ao centro se encontrava um barmen esfregando o balcão, haviam apenas um homem com uma vestimenta casual andando e trazendo copos de cerveja para o homem de barba grossa lavar. Todo o ambiente estava em festa com um leve músico tocando o seu violino para os clientes que não era muitos em torno de dez. Atrás do taverneiro se viam diversas bebidas separadas em prateleiras e alguns barris com torneira. Haviam boas janelas que traziam um clima gostoso para dentro do bar e podiam se ver algumas escadas levando para cima e para baixo na lateral do bar além de um banheiro na extrema direita com portas separadas e desenhos nas mesmas indicando que estava servindo para qual sexo.

Annabelle não demorava para escolher o lugar em que se sentariam perto da janela, mas mesmo assim Hilderbrand reclamava e passava pelos ouvidos do trio e saia pelo ouvido no mesmo instante ignorando-o. Após se sentarem, o mais novo agente chamava um dos garçons que se dirigia para a mesa no mesmo instante. - Uma cerveja? É para já. O que vocês gostariam? - Os outros pediam pela a mesma coisa, enquanto que Anna preferia que viesse uma garrafa de vinho para a mesa tornando aquilo um pouco mais formal. O trio começava a conversar sobre um assunto de passado contando as suas histórias e um pouquinho de brincadeiras entre eles e o garçom não demorava a chegar trazendo uma bandeja com tudo o que havia sido pedido. As três canecas de cerveja bem recheadas e a garrafa de vinho com quatro taças. O gosto forte podia ser sentido passando pela boca e indo em direção a garganta de Kaiser quando o mesmo engolia, uma leve ardência e ele podia sentir o gosto da bebida, ele se desculpava com a garota que sorria para ele e dizia com um aceno de mão de "deixa para lá". - Não tem problemas, peço perdão pelo meu comportamento também. Fico feliz que tenhamos todos passado. Mas então Kaiser, qual é a sua história até hoje? E o que planeja fazer no futuro além de estar servindo ao governo? - Ela estava sorrindo para o garoto com o seu sorriso encantador, de alguma forma aquilo gerava uma leve atração, a sua voz doce combinada com a sua bela aparência transformava naquilo em uma boa manipuladora ou apenas uma leve paixonite.

Os outros dois ficavam encarando Kaiser também estando felizes com os seus olhares e curiosos sobre a história do único que não havia sido tocado na conversa ou se pronunciado desde de então. Kaiser tomava mais um gole de sua bebida e percebia que seu estômago já não estava mais doendo e suas pernas já apresentavam uma melhora.


Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Achiles em Dom 31 Dez 2017, 00:30, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Raiden Fuji
Narrador
Narrador
Raiden Fuji

Créditos : 26
Warn : I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 7010
Masculino Data de inscrição : 17/09/2017
Idade : 26
Localização : Las Camp - West Blue

I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 EmptySab 30 Dez 2017, 23:18



KAISER HILDERBRAND
Sentindo o gosto da bebida, que eu provava pela primeira vez, podia dizer que me apaixonara, o gosto forte e amargo descia gelado pela minha garganta, aplacando meu calor e me trazendo uma sensação de relaxamento, que a muito não sentia, o fato poderia até trazer um sorriso bobo a meu rosto, mas não sabia dizer se tal coisa acontecia no momento, pois meus olhos se mantinham fechados para aproveitar tal sensação. Saindo desse estado de torpor temporário, pedi desculpas a Anna por meu comportamento inadequado anteriormente, esta disse não se importar, e também me pediu desculpas pelo mesmo motivo, o que eu não entendi, mas resolvi não pensar muito sobre, e então ela me perguntou sobre meu passado, e o que eu pretendia fazer para o futuro. Assim que escutei isso, minha mente se voltou para a cena que eu todos os dias buscava esquecer, meu pai morto em meus braços, eu cheguei a pensar em uma desculpa para usar, mas quando olhei de volta para Annabele, meu coração palpitou forte, o sorriso dela misturado com sua beleza, foram um baque para mim, já que não esperava vê-la me olhando assim. Engoliria em seco e sem alternativa começaria a contar minha história, de forma resumida claro.

- Então, eu sou nativo daqui mesmo, Las Camp. Meu pai era um Tenente da Marinha, e minha mãe uma Nobre, um casal bem incomum eu sei. – Diria já esperando uma certa incredulidade de Anna e de meus outros dois colegas de profissão. - Eu tive uma infância bem tranquila, e cheguei a descobrir que tinha uma grande inteligência, tanto que estudei e me formei em medicina na faculdade daqui mesmo, treinei com uma katana de madeira desde novo com meu pai, visitava-o de vez em quando no QG, mas tudo mudou quando houve o Ataque da Deusa da Morte. – Diria sombriamente, enquanto olharia para o chão, mas procuraria manter minha voz sem alterações. - Durante o ataque, meu pai foi uma das vítimas e eu acabei vendo tudo acontecendo, sem poder fazer nada, me senti tão inútil nesse dia. – Continuaria falando, mas dessa vez, deixaria uma lágrima escorrer de meus olhos, pois a tristeza sempre era grande quando lembrava de tal dia. - Isso foi um tempo atrás, meu pai me fez jurar a ele que eu pudesse matar quantos piratas eu pudesse, mas senti que só isso não seria suficiente. Não queria gastar minha vida inteira atrás de uma vingança, que não traria meu pai de volta, claro que vou matar piratas quando eu os ver, mas não quero viver somente disso. – Diria eu enquanto limparia quaisquer lágrimas que viessem a cair. - Agora para o futuro, eu penso em subir, chegar à Grand Line, ter um alto cargo para poder ajudar o máximo de pessoas possível, como eu escrevi naquele papelzinho, que nos entregaram antes, eu quero ser um anti-herói, aquele que irá ajudar as pessoas por trás das cortinas, um justiceiro. – Terminaria dizendo sem me importar que viessem a rir do que eu dissera.

Assim que terminasse de falar, eu recostaria minhas costas no espaldar da cadeira em que me sentava e olharia para Anna primeiro, e depois para os outros dois futuros agentes que estavam na mesa também e diria. - Então, poderiam falar um pouco da história de vocês e o que pretendem daqui pra frente, como eu fiz? – Após terminar de falar, eu poderia perceber que o ferimento e a fadiga muscular causada pelo combate, estavam melhores, e assim de forma relaxada, eu voltaria a beber minha cerveja, até que essa acabasse. Antes que alguém começasse a falar eu diria outra coisa. - Um momentinho, vocês querem comer alguma coisa ou só beber?

Assim que acabasse minha cerveja, eu chamaria o garçom e lhe diria. - Pode me trazer outra cerveja? – Teria dito independente de estar no meio da história de alguém ou não.

Legendas:
Fala Kaiser

Histórico:
 

Objetivos:
 

HP: 44 | 44 SP: 46 | 62 POSTS: 10 POST EDC: 02

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Objetivos Futuros:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Auf Der Suche Nach Dem Weg   I - Auf Der Suche Nach Dem Weg - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
I - Auf Der Suche Nach Dem Weg
Voltar ao Topo 
Página 2 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Las Camp-
Ir para: