One Piece RPG
Cace seus sonhos - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Capítulo I - Despedida
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 21:04

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor Kiomaro Roshiro Hoje à(s) 20:53

» Cap.1 - O primeiro passo!
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor Kallieel Hoje à(s) 20:27

» [MINI - DJ GBR] 01 | Eco
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor DJ GBR Hoje à(s) 20:00

» The Victory Promise
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor Alê Hoje à(s) 18:22

» Escuridão total sem estrelas
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor K1NG Hoje à(s) 18:21

» Garfield Henryford
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 17:19

» O começo do grande catálogo! Aventura na ilha das flores
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor Kiomaro Roshiro Hoje à(s) 15:26

» Contrato de Sangue
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor Coldraz Hoje à(s) 14:47

» Tyrael Silverfang
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 14:13

» Akira Suzuki
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 14:10

» O início de uma aventura. Em busca do topo!
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor Quazer Satiel Hoje à(s) 13:58

» Leon Ari Nefesh
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 13:52

» Jhonathan Wolf
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 13:42

» Daniel Fried Hanz Von Joseph
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 13:35

» O início da pesquisa.
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 13:22

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 13:12

» II - Eternas Ondas
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor Mephisto Hoje à(s) 12:28

» II - Aliados
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor Hunson Hoje à(s) 09:05

» Vermelho
Cace seus sonhos - Página 3 Emptypor annavitoria Hoje à(s) 08:27



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Cace seus sonhos

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 50
Warn : Cace seus sonhos - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Cace seus sonhos - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Cace seus sonhos   Cace seus sonhos - Página 3 EmptySab 25 Nov 2017, 15:34

Relembrando a primeira mensagem :

Cace seus sonhos

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Coldraz Anne Stine. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Coldraz
Mercenário
Mercenário


Data de inscrição : 12/11/2017

Cace seus sonhos - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cace seus sonhos   Cace seus sonhos - Página 3 EmptyTer 09 Jan 2018, 11:37


— Já que irá matá-lo, não precisará da minha ajuda. Boa sorte e obrigada

Não que eu estivesse esperando algum tipo de conexão, algo do tipo: "eu me tornei caçadora para encontrar esse monstro por ter matado meus pais" ou "foram pessoas como ele que destruíram minha vida, não vou deixar que mais ninguém sofra como eu sofri". Mas devo admitir, me senti um pouco usado... Ou será que fui eu que usei ela ?! Quero dizer, ela nem mesmo pediu parte da recompensa, só me deu o cara de bandeja e foi embora.

Mulheres, fazer oquê ?!

Bom, isso não importava agora, ao meu ver, eu tinha saído no lucro e, pra falar a verdade, não precisava mais dela, então não tinha porque me importar com as motivações dessa tetuda dos cães misteriosa.

Não era de se espantar que quando eu cobri a cabeça, o tecido logo mudou de cor, mas não era exatamente minha intenção disfarçar que eu carregava uma cabeça, esse fato seria óbvio para qualquer um com meio-cérebro. O pano era mais para as pessoas não saírem gritando: "AHH! Ele está carregando uma cabeça decepada ". Olhares estranhos seriam inevitáveis para um jovem ferido, ensanguentado e carregando um pano carmesim com alguma coisa dentro.

E assim como era de se esperar, não houve gritos. Ainda. Então estava tudo bem, claro que eu ainda precisava deixar aquela ilha e rumar para um QG da marinha e a oportunidade sorria para mim sob a imagem de dois marinheiros de malas feitas.

Eu poderia pensar em 1001 razões para um primeiro contato entre 1 cara ensanguentado carregando uma cabeça decepada e 2 agentes da lei, não ser exatamente amistoso. Mas ainda precisava de uma carona.

Então eu não pensaria muito. Na verdade, nem tinha no que pensar. Iria na direção dos marinheiros e pela primeira vez em muito tempo, seria cordial com um estranho. Começaria com um sorriso leve, sei que muitas pessoas ficariam assustadas com isso, dada as circunstâncias, mas ficar sério teria o mesmo efeito. Enfim, daria um sorriso e então diria — Senhores, com licença. Sou um caçador de recompensas e gostaria de saber se poderiam me dar um carona para o QG da marinha mais próximo para que eu possa entregar este criminoso — diria a última parte mostrando o saco onde estava a cabeça do Rufus.

Acho que isso serviria para evitar que eles me atacassem. Eu realmente preferia ir para Loguetown, mas não queria abusar da hospitalidade deles. Por enquanto.

Claro que eles poderiam entender errado a situação, por isso se me questionassem quanto ao fato de eu ter decapitado um homem, eu apenas responderia dizendo — Foi legítima defesa, o cara era enorme e era eu ou ele — e/ou caso me questionassem sobre a identidade do criminoso, eu então mostraria o cartaz de procurado dele. Tentaria manter um sorriso leve e um contato visual com quem estivesse fazendo as perguntas. Usava essa tática no internato quando queria pegar uma garota, normalmente funcionava.

Mas, talvez eles não fossem as pessoas mais mente-aberta de todas e nem quisessem me escutar. Era bem possível. Nesse caso eu NÃO reagiria, sei que era estranho, mas isso apenas complicaria minha situação e talvez eles se acalmassem caso se sentissem no controle da situação.

Porém, nem sempre as coisas vão como o esperado. Talvez eles nem estivessem de fato deixando a ilha ou quem sabe fossem uns babacas que não estavam afim de me dar uma carona. Acho justo, eu também não daria uma carona se as circunstâncias fossem opostas. Mas nesse caso, não tinha muito o que fazer, apenas deixaria que eles fossem embora e seguiria meu caminho.

Não tinha exatamente um plano traçado na minha mente, tudo que eu faria seria ir para o porto por que, sabe; porto, navios, carona. As chances de conseguir alguém para me levar até Loguetown eram maiores no porto do que na mercearia.

Então se os marinheiros não pudessem me levar para Loguetown e eu fosse obrigado a ir para o porto, eu imediatamente começaria a procurar por qualquer capitão, navegador ou até mesmo algum bêbado que tivesse um barco. Não precisava de muito, iria indo de um em um perguntando — Quanto custa para me levar até Loguetown — a pergunta, é claro, era por educação, qualquer valor acima de B$20.000 seria ignorado e eu passaria para o próximo dono de barco. Em nenhum momento diria quanto tenho ou deixaria o cartaz de procurado a mostra (infelizmente não tinha como esconder a cabeça também), vendedores sempre sabem dar de orçamento exatamente o quanto você tem.

Objetivos:
 

Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenway
Pirata
Pirata
Kenway

Créditos : 29
Warn : Cace seus sonhos - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 25/11/2016
Idade : 20

Cace seus sonhos - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cace seus sonhos   Cace seus sonhos - Página 3 EmptyQui 11 Jan 2018, 15:38

Os marinheiros escutavam o que o jovem Caçador de Recompensas tinha a dizer, o mais novo parecia não gostar da ideia, fazia uma expressão meio desconfiada e zangada. Seu cabelo era preto e bem curto, aparentemente um recruta, além de seu uniforme ser bem arrumado e seu corpo definido. — Você acha que somos dois idiotas ou o que? Pode esque- — a voz cessou com o sinal do mais velho, que tinha uma cara tranquila, longos cabelos loiros e corpo mais alto e magrelo, além do uniforme ser menos arrumadinho, indicando que era relaxado — Calma ae Ralph, para que isso? — questionou o rapaz — Você amigão, tem o cartaz do criminoso aí contigo? — perguntou, recebendo como resposta a amostra do documento — Meio gorda essa recompensa… ainda mais para uma ilha que nem tem QG, baita sorte a sua. Podemos dar carona, eu acho, teremos que ver com a navegadora. A propósito, sou Clark. — concluiu enquanto prosseguia para o porto, sinalizando para Coldraz seguir.

Ambos mantiveram os temperamentos como estavam, Clark era calmo e sereno, além de andar mais descontraído e largadão, Ralph por sua vez dava passos firmes e parecia incomodado com a presença do Stine, encarando-o hora ou outra sem falar nada. Chegando no porto, ficaram próximos a uma canhoneira simples, toda branca e com a bandeira da Marinha. — Leooona~ chegamos — disse o loiro — Não tinha como as mocinhas demorarem mais não?! — uma voz feminina porém grave e rouca ecoou de dentro da embarcação — Não precisa gritar… aparece aí, temos uma coisa para falar — a garota saiu, também uniformizada, longos cabelos azuis que ficavam presos. Ela encarou Coldraz brevemente e fincou os olhos em seguida na dupla, esperando uma resposta.

Após ser explicado tudo para a moça, ela disse que concordava em levá-lo para a ilha onde estavam indo, avisando que o destino era Loguetown, mas que cobraria trinta mil pela viagem, ainda afirmando que estava fazendo um desconto por ele ser um ajudante do Governo ao caçar criminosos como fazia.


OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Ficha
Spoiler:
 

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG!
Links para ajuda
:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Coldraz
Mercenário
Mercenário
Coldraz

Créditos : 14
Warn : Cace seus sonhos - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 12/11/2017
Idade : 22

Cace seus sonhos - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cace seus sonhos   Cace seus sonhos - Página 3 EmptyQui 11 Jan 2018, 16:50


Parece que foi tudo de acordo com o plano.

Felizmente o babaca era apenas um subalterno. Finalmente era hora de abaixar minha guarda por um momento; claro que eles poderiam ser piratas disfarçados ou até mesmo marinheiros corruptos que estavam afim de se apossar da minha recompensa e desovar meu cadáver no mar. Mas se eu não podia baixar minha guarda em uma barco totalmente composto por marinheiros, esse mundo estava perdido.

O marinheiro então falava com a navegadora, ou capitã, não sabia ao certo se ela era superior ou subalterna ao Sr. Clark. Ele foi tão legal em contraste ao recruta, que resolvi usar seu nome com um mínimo de respeito. O homem era tão casual e lúdico que era difícil saber se era realmente ele quem estava no comando. Provavelmente sim, já que os demais pareciam ceder as suas vontades, o que seria muito difícil de ocorrer se este fosse inferior a algum deles.

Enfim era informado da decisão. Destino: Loguetown. Preço: B$30.000.

Não que fosse uma GRANDE surpresa eles cobrarem pela carona, mas as coisas estavam indo tão bem que eu na verdade fiquei um pouco surpreso com o fato deles cobrarem pela passagem. Talvez eu devesse ter deixado o Rufus vivo, além de reduzir o valor da recompensa, agora tinha uma dívida de B$10.000.

Mas não era motivo para pânico. Eu então diria com um leve sorriso — Sem problemas, mas vou ficar devendo até entregar o amigo aqui e pegar a recompensa — esta última parte eu diria mostrando a cabeça do Rufus.

Sem mais delongas, uma vez aceita a proposta e informado minhas circunstâncias, eu apenas esperaria pela permissão de subir ao barco ou, no caso de todos já estarem a bordo, apenas subiria no mesmo sem divagar muito.

Não pretendia interagir muito com os meus companheiros, mas se algum deles me abordasse e questionasse sobre minha identidade, eu imediatamente diria — Coldraz Anne Stine, mas pode me chamar de Cold — uma apresentação digna de alguém com uma história longa demais para ser contada.

Duvido que algum deles quisesse saber sobre o passado de minha família difamada, minhas origens nobres ou minha infância triste e solitária. Tão pouco algum deles deveria conhecer sobre minha família; os livros de meus pais eram pouco conhecidos e nenhum deles parecia pertencer a comunidade arqueológica para saber sobre a infâmia de meu sobrenome.

Porém, se alguém insistisse em saber sobre minhas motivações, eu não esconderia e diria — Meus pais são Lara e Nathan Anne Stine, eles eram arqueólogos que desapareceram na Grand Line quando eu tinha, ahn... Não lembro, uns 7 ou 8 anos, talvez. Enfim, eu estou indo procurar eles, acho que estão em alguma ilha acima das nuvens —

Se essa informação sobre meu passado se fizesse necessária, eu apenas observaria atentamente quem houvesse me perguntado sobre minhas origens e esperaria pela confusão em sua mente. Em toda minha vida, nunca conheci alguém que acreditasse nessas palavras. Exceto, é claro, o Alistair.

Mas era possível que ao invés de me questionar sobre meu passado, eles decidissem me pôr para trabalhar. O que seria muito injusto, tendo em mente que eu estava pagando pela viagem. Se fosse esse o caso, eu não questionaria, deixaria a cabeça do Rufus em qualquer lugar próximo e então ajudaria no que quer que precisassem.

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

"Sou um homem afortunado e devo buscar minha fortuna."
— Henry Avery, 1694 —

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~ Narração ~
~ Fala ~
~ Pensamento ~
~ Fala NPC Acompanhante ~
~ Fala NPC ~
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenway
Pirata
Pirata
Kenway

Créditos : 29
Warn : Cace seus sonhos - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 25/11/2016
Idade : 20

Cace seus sonhos - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cace seus sonhos   Cace seus sonhos - Página 3 EmptySab 13 Jan 2018, 22:26

Os marinheiros trocaram olhares, Ralph e Clark embarcaram, Leona por sua vez se demonstrou impaciente, pressionando o espaço que há entre seus olhos e suspirando. — Tá, tá. Sobe aí, nós vamos ter que ir ao QG de qualquer forma. — Coldraz seguiu os dois rapazes que iam à única sala que havia no pequeno navio, não era muito grande mas haviam assentos o suficiente para todos se sentarem, a mulher seguiu para o timão.

O loiro se via despojado, com a mesma cara de tranquilidade que antes, o moreno continuava com sua expressão de zangado e dessa vez ainda batia a ponta do pé contra o chão de madeira enquanto esperava o navio partir, uma vez que ele já havia tirado a âncora ao adentrar. Com a embarcação se movendo, o mais magro perguntou o nome do Caçador e, ao receber a resposta, acrescentou — Hmm… Stine é de certa forma familiar — disse, enquanto olhava para o teto — E aí, você derrotou esse cara aí sozinho? — disse Ralph, tentando puxar assunto.

Coldraz sabia que seria uma longa viagem e não teria muito o que fazer dali em diante a não ser que algo de interessante surgisse do nada. Por ora, o máximo que teria seria uma conversa boba com os marinheiros.


OFF:
 
Citação :
Viagem:1/4

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Ficha
Spoiler:
 

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG!
Links para ajuda
:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Coldraz
Mercenário
Mercenário
Coldraz

Créditos : 14
Warn : Cace seus sonhos - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 12/11/2017
Idade : 22

Cace seus sonhos - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cace seus sonhos   Cace seus sonhos - Página 3 EmptyDom 14 Jan 2018, 14:50


— E aí, você derrotou esse cara aí sozinho ?

Quando eu ouvi essas palavras, não posso negar, pensei imediatamente que aquela seria a viagem mais longa da minha vida. Ficar preso em um barco com um bando de estranhos só seria divertido se estivéssemos em uma festa, o que não era o caso.

— Tinha uma tetuda e uns cães me dando suporte, mas na maior parte, sim — Responderia ao recruta babaca, parece que ele estava tentando ser legal, embora isso não fosse mudar minha postura em relação a ele, afinal, a primeira impressão é a que fica.

Mas eu não estava muito afim de jogar conversa fora. Um pouco de calmaria faz bem de vez em quando, mas aquela situação me mostrava claramente que eu não era o tipo de pessoa que gostava de simplesmente sentar e relaxar enquanto aprecia a vista. Eu era um homem de ação e aquele balanço suave do barco somado ao silêncio do mar, não era nada agradável para mim.

Minha mente estava muito distante daquela conversa e a única coisa que chamava minha atenção naquela vista natural, era essa tal Leona. Então, ignorando completamente as tentativas deles quanto a ter um papo comigo, eu perguntaria a ambos — Então, qual é a dela ? Se interessa por caras jovens e ricos ? — e esperaria pela resposta deles.

Isso estava na minha cabeça a muito tempo, desde que a tetuda dos cães apareceu, para ser mais exato. Já fazia algum tempo desde a última vez e eu sempre gostei de mulheres mais velhas, são mais encorpadas e tem mais curvas.

Após feita minha pergunta quanto aos padrões da marinheira, apenas ouviria o que eles tinham a dizer quanto a esta. Embora fosse quase certo que eles me recomendassem não flertar com uma marinheira. Especialmente se um deles estivesse tendo um caso com esta. Por isso se algum deles me recomendasse manter distância, eu então perguntaria para quem houvesse dito — Você está tendo um caso com ela ? — e esperaria a resposta.

Porém, existia a possibilidade deles dizerem que sim ou mesmo me recomendassem falar com ela, talvez a razão mais óbvia para fazerem isso, seria o fato de que esta me jogaria para fora do barco ou me acertaria um golpe tão forte que minha face ficaria deformada. Independente do caso, eu então iria abordar a marinheira.

Apenas um acréscimo, mas se após perguntar se ela tinha preferência por homens jovens e ricos, algum deles me questionasse sobre minha situação financeira, eu apenas diria — Posso não ser rico agora, mas me dá alguns meses que a situação vai ser diferente —

Agora vamos para a parte mais picante, ousada e perigosa desta viagem. No caso de eu questionar aos marinheiros quanto as preferências da navegadora e estes me dessem uma resposta favorável ou, no mínimo, uma resposta que NÃO me impossibilitasse de abordar esta, como por exemplo: ela está tendo um caso; ela é lésbica ou; ela vai arrebentar sua cara com tanta força que você vai para no West Blue. A quem eu quero enganar ?! Mesmo que eles me dissessem algo do tipo, eu ainda abordaria ela.

Talvez estivesse um pouco enferrujado, e apesar de não ser a primeira vez que tentava dar em cima de mulheres mais velhas. Basta perguntar as professoras do internato. Era a primeira vez que daria em cima de uma mulher de uniforme, apenas iria confiar que minha aparência e experiência funcionassem nesta ocasião.

Então se no fim das contas eu acabasse abordando a marinheira, o faria de forma natural, um sorriso leve no rosto, contato visual. Já que as mulheres tendem a não gostar quando minha visão desce demais. E começaria dizendo — O que um lugar como você faz numa garota como este ? — e esperaria sua resposta, embora que pela minha experiência pessoal, a primeira coisa que esta iria fazer seria provavelmente me mandar embora ou algo do tipo. Normalmente levava alguns rodadas de cantadas bestas até elas partirem para a agressão; mas se esta o fizesse, eu apenas receberia o golpe.

Se eu chegasse a abordar a marinheira, independente do que esta respondesse, se fosse de forma positiva ou negativa, eu me manteria no mesmo local, continuando com meu contato visual e postura calma, para dar minha próxima resposta.

Mas chega de aulas de "sedução" e vamos esperar para ver o que acontece, afinal, minha resposta dependeria exclusivamente da dela para continuar.

Objetivos:
 

Histórico:
 

OFF:
 

____________________________________________________

"Sou um homem afortunado e devo buscar minha fortuna."
— Henry Avery, 1694 —

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~ Narração ~
~ Fala ~
~ Pensamento ~
~ Fala NPC Acompanhante ~
~ Fala NPC ~
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenway
Pirata
Pirata
Kenway

Créditos : 29
Warn : Cace seus sonhos - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 25/11/2016
Idade : 20

Cace seus sonhos - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cace seus sonhos   Cace seus sonhos - Página 3 EmptyQui 18 Jan 2018, 00:40

Ralph parecia de certa forma impressionado, mesmo com ajuda, não parecia ser uma tarefa fácil derrubar aquele criminoso. Clark, por sua vez, roncava com os braços cruzados e o boné tapando sua cara, dormindo como um bebê. Ouvindo a pergunta de Coldraz, o mais grosseiro fechou o cenho, olhando para o rapaz - Está mais para rapazes fortes e decididos - respirou fundo e encarou firmemente o arqueologo - A propósito, ela é nossa meia irmã- complementou.

Apesar de deixar claro que não ficaria contente com o Stine abordando Leona, o marinheiro não parecia disposto a impedir o garoto, abrindo brecha para ele ir fazer o que tinha de ser feito. A navegadora olhou muito brevemente para o aspirante a caçador, percebendo o que não tinha percebido antes por estar de mau humor: As feridas e a sujeira evidente no corpo jovem daquele adolescente. Ouvindo a abordagem de Cold, ela riu, uma risada um tanto quanto suave e doce se comparada a rouquidão natural de sua voz.

Ainda olhando para frente, respondeu – E que “tipo de lugar” eu sou? – zombou do garoto, ainda que em tom amistoso. O que deixava claro que a moça não sabia ao certo se o erro fora proposital ou não. – E, mudando de assunto, você parece um pouco demais para ser um Caçador de Recompensas. Seria uma pena se morresse tão jovem – questionou Leona.


Spoiler:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Ficha
Spoiler:
 

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG!
Links para ajuda
:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Coldraz
Mercenário
Mercenário
Coldraz

Créditos : 14
Warn : Cace seus sonhos - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 12/11/2017
Idade : 22

Cace seus sonhos - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cace seus sonhos   Cace seus sonhos - Página 3 EmptyQui 18 Jan 2018, 17:47


—  E, mudando de assunto, você parece um pouco demais para ser um Caçador de Recompensas. Seria uma pena se morresse tão jovem —

Nossa. Sinceramente, eu não esperava que minha cantada tivesse um efeito tão positivo. Ela praticamente disse que queria meu corpo nu. Tá bom, talvez tenha sido apenas impressão, mas o mais importante eu já tinha feito; iniciei a conversa de forma claramente NÃO negativa.

E como em qualquer campo de batalha, estava na hora de pensar cada vez menos e agir cada vez mais. Meu próximo objetivo era fazer ela perceber que estava afim de mim. E o segredo de qualquer sedução era ir direto ao ponto... Talvez não tão rápido, mas enfim.

— Não se preocupe, morrer não está nos meus planos. Mas respondendo sua pergunta: o tipo de lugar que eu gostaria de conhecer. — Diria em resposta ao meu alvo (a marinheira Leona, caso não tenha ficado claro), sempre mantendo um sorriso leve no meu rosto e contato visual. Mesmo que ela não olhasse nos meus olhos, faria de seu rosto o foco de minha atenção.

Infelizmente ainda não era o momento para o contato físico, por isso não tocaria nela após esta frase, mas não a impediria de fazê-lo se quisesse. Ela ainda parecia um pouco distante emocionalmente. O que não era uma surpresa. Mulher mais velha, bem sucedida e atraente, provavelmente rejeitava em média uns 7-8 idiotas todos os dias. Claro que isso não me deixava abalado, era apenas um terreno mais perigoso a ser superado, nada demais.

Mas vamos logo às minhas táticas.

Começando pelo mais simples, uma rejeição. Sempre existe a possibilidade dela decidir que não está afim de mais do que "rir um pouco das cantadas de mais 1 cara". Embora eu estivesse trabalhando para não ser apenas "mais 1 cara". Talvez ela simplesmente me mandasse embora, pela sua reação, talvez de forma mais amistosa, com menos golpes e mais palavras. Nesse caso, eu seguiria o mesmo procedimento de se ela continuasse flertando; descrito a seguir.

No caso da conversa continuar progredindo de forma positiva (vamos ser sinceros, mesmo que ela não estivesse indo tão bem, eu ainda iria insistir mais um pouco, enfim), eu teria de levar as coisas para o próximo nível. E rápido, logo estaríamos em Loguetown e as coisas ficariam complicadas, existiam duas possibilidades no caso dela responder de forma positiva.


  1. Ela poderia não me fazer nenhuma pergunta; talvez uma brincadeira, elogio, um comentário complementar ou algo do tipo, que NÃO mudasse completamente o andamento da conversa. Se fosse este o caso, eu então diria — Sabe, eu tenho uma impressão que você está tentando me seduzir com esse sorriso. — Obviamente esta frase não teria o MENOR SENTIDO se ela NÃO risse ou sorrisse, então se fosse esse o caso, eu agiria de acordo com o caso 2.

    Mas caso a situação me permitisse dizer, acho importante deixar uma rota de fuga, já que certa vez ocorreu de receber uma certa resposta que eu acho que ela seria capaz de usar. Era possível que ela fizesse um comentário como "essa é sua melhor cantada ?" ou algo do tipo, se fosse esse o caso, eu diria — É, é sim. E aí, Funcionou ? — e esperaria a resposta desta.


  2. Mas ela também poderia mudar o rumo da conversa, talvez ela fizesse uma pergunta ou quem sabe uma afirmação quanto a mim ou algo que tornasse a minha frase algo muito forçado de se dizer. Não faria sentido ela me perguntar se eu "gosto de pão" e eu dizer que "amo aves". Seria um erro que, surpreendentemente, não era tão difícil de reparar. Mas ainda assim, era melhor evitar. Por isso, se fosse este o caso, eu aguardaria para pensar em uma resposta que melhor se adequasse a ocasião e rumo da conversa.


Objetivos:
 

Histórico:
 

OFF:
 

____________________________________________________

"Sou um homem afortunado e devo buscar minha fortuna."
— Henry Avery, 1694 —

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~ Narração ~
~ Fala ~
~ Pensamento ~
~ Fala NPC Acompanhante ~
~ Fala NPC ~
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenway
Pirata
Pirata
Kenway

Créditos : 29
Warn : Cace seus sonhos - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 25/11/2016
Idade : 20

Cace seus sonhos - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cace seus sonhos   Cace seus sonhos - Página 3 EmptyQui 25 Jan 2018, 20:36

Coldraz insistia na batalha que, até então, parecia estar ganhando. Um combate diferente dos armados, onde um sorriso no rosto do adversário é um sinal para lá de bom. Em resposta a língua afiada do Stine, que rapidamente fez uma jogada ousada, Leona riu discretamente, não deixando claro o motivo para tal, poderia estar menosprezando o rapaz, por pura simpatia ou até mesmo por estar verdadeiramente lisonjeada, o jovem teria que descobrir por si mesmo.

Tendo como reação apenas o sorriso da marinheira, não extraindo palavras da moça, o Caçador prosseguiu, jogando em cima da resposta de Leona — Você até que soa bastante confiante, a julgar pela sua idade. — a capitã disse, em tom firme e descontraído ao mesmo tempo, o que deu a entender que o efeito da ultima cantada não fora tão ruim apesar de não ser ter sido 100% produtivo.


Spoiler:
 


Citação :
3/4



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Ficha
Spoiler:
 

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG!
Links para ajuda
:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Coldraz
Mercenário
Mercenário
Coldraz

Créditos : 14
Warn : Cace seus sonhos - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 12/11/2017
Idade : 22

Cace seus sonhos - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cace seus sonhos   Cace seus sonhos - Página 3 EmptyQui 25 Jan 2018, 23:36


— Você até que soa bastante confiante, a julgar pela sua idade —

Perversão. Era isso que passava pela minha cabeça naquele instante, era tanta coisa erótica que eu poderia dizer com aquela afirmação, que mal podia acreditar que ainda estava me contendo. Mas agora o óbvio havia se tornado ainda mias evidente. Ela estava acostumada a ser bajulada.

Não dava para extrair muitas informações naquele lugar, e até o momento, era incapaz de ler mentes. Como se não bastasse, o tempo estava acabando. Quando se aborda uma garota, ela decide, praticamente na mesma hora em que te vê, se vai ficar com você ou não, o resto é papo-furado. Normalmente daria para saber que tipo de cara a garota curte de acordo com a localização, idade e grupo de pessoas com quem anda.

Mas isso não me ajudava muito nesse lugar. A menos que ela goste de marinheiros, o que não era impossível, mas seria decepcionante, enfim.

Aquela me parecia uma clara provocação, um dos muitos testes que as garotas costumavam jogar em cima de mim quando as abordava. Isso era um bom sinal. Mas eu tinha de agir de forma meticulosa. Apesar de não ter sido uma conversa muito longa, consegui coletar alguns dados sobre ela: marinheira, navegadora, tem 2 meio-irmãos, rejeita muitas caras diariamente, confiante, entende que é cobiçada pelos homens (essa parte é crucial), descontraída, calma. Resumindo, uma mulher de classe.

Obviamente a maioria dessas coisas eram PÉSSIMAS para mim. Era como dizer que ela era uma fortaleza, e em termos bem abstratos, eu teria de atravessar esse muro impenetrável com armas escassas e muita estratégia. Normalmente não seria tão difícil, mas devo enfatizar o pouco tempo que me restava.

Vamos parar de monologar e partir para a ação.

Eu então responderia — Confiança é uma coisa indispensável quando se pretende cruzar o mundo caçando criminosos. Tenho certeza que você entende, de todos nesse navio, você é de longe a que parece mais forte — e esperaria pela resposta desta.

Para a maioria das damas delicadas, isso poderia soar como um insulto (acredite, eu já testei), e embora eu não achasse que isso fosse ser uma ofensa muito grande para ela. Como eu não sabia de que tipo de garota ela era, acabei cometendo um erro terrível, elogiei demais uma mulher que reconhece seu valor. Resultado ? Eu inflei seu ego e a coloquei em um pedestal.

A essa altura ela já devia se sentir superior. Voltando ao exemplo da fortaleza, era como se eu tivesse fortalecido os muros, deixando mais difícil para mim invadir. Minha única alternativa agora seria me infiltrar secretamente. Precisava fazer ela se irritar um pouco. Se ela se irrita, ela ataca; se ela ataca, ela deixa os muros desprotegidos. E era isso que eu queria.

Um conselho, isso é uma jogada arriscada, é praticamente suicídio. Mas a batalha já me parecia bem perdida a essa altura. Se eu continuasse inflando seu ego, definitivamente me daria mal. Eu precisava derrubar ela do pedestal para invadir.

Após dita minha afirmação, no caso dela responder de forma negativa, eu seguiria o mesmo método que está descrito nos casos logo abaixo. Se esta ficasse melancólica ou triste, eu seguiria o CASO 1 e caso esta se irritasse e tentasse revidar com insultos ou apenas um olhar bem furioso, eu seguiria o CASO 3.

Porém, se ela respondesse de forma positiva, sem considerar um insulto. Eu teria de me esforçar ainda mais para provocá-la. Por isso, se ela considerasse um elogio, eu então diria — Agora falando sério, pode me contar por que você não tem um namorado ? Qual o seu defeito ? — algo bem rude, mas eu precisava elevar o nível.


  1. Se ela acabasse se irritando, mas não demonstrasse isso; talvez ficando séria, melancólica ou distante emocionalmente. Eu talvez tivesse tocado em uma ferida. Isso era um problema, eu precisava me redimir, e para isso eu diria — Acho que fui longe demais, que tal se eu te levar pra comer alguma coisa quando chegarmos em Loguetown ? — e então esperaria sua resposta. Dependendo da profundidade da ferida, isso talvez não funcionasse, mas não custava tentar.

  2. No caso dela me questionar quanto ao PORQUE da minha pergunta e/ou de eu ter tanta certeza de que ela não tinha um namorado. Provavelmente minha suposição estava certa (a menos que esta respondesse que tinha um), eu então diria — Só uma teoria, mulheres confiantes costumam assustar os homens-beta. Claro que no meu caso, isso só me deixa mais atraído, então, se está mesmo tentando me seduzir, ponto para você. Eu adoro mulheres fortes e confiantes — e esperaria pela sua resposta. Essa frase não era friamente calculada, apenas uma tentativa rasa de fazê-la me comparar com os demais caras que davam em cima dela diariamente, e se eu conseguisse, talvez ficasse acima de alguns e ganhasse pontos com ela.

  3. Porém se ela acabasse se irritando com minha pergunta. Independente de se ela respondesse ou não. Talvez me provocando, ameaçando, insultando ou apenas encarando, eu então daria um sorriso e diria — Seu rosto fica tão fofo quando está irritada. — A velha tática da provocação; um insulto seguido de um elogio normalmente é o suficiente para fazer os corações palpitarem, já que o cenário muda de forma brusca e rápida. Nesse caso, após dita minha frase, eu esperaria por sua resposta.

  4. Normalmente não colocaria esse caso, por achar improvável, mas talvez ela gostasse da minha insinuação ou simplesmente se fizesse indiferente. No caso dela se fazer de indiferente, eu seguiria o mesmo roteiro descrito no CASO 2. Mas no caso dela acabar gostando da minha insinuação, eu então daria uma leve risada e diria — Você é a primeira garota que gosta quando eu insinuo que está solteira. — Era apenas uma frase descontraída, talvez me ajudasse a criar um pequeno elo com esta e me ajudasse posteriormente. Ou não, vamos descobrir.


Mas, deixando a sedução de lado. Estávamos chegando em Loguetown e eu precisaria de um guia para me levar até o QG da marinha. Por isso, uma vez que atracássemos, pegaria a cabeça do Rufus e me voltaria para Leona e com uma reverência cordial que eu costumava usar nos bailes do internato e perguntaria, mantendo contanto visual com esta — A senhorita me daria a honra de me acompanhar até o QG da marinha, para que possa quitar minha dívida com meus benfeitores ?... E o Ralph. — e então esperaria por sua resposta. Obviamente usaria a mão direita para segurar a cabeça de Rufus e a esquerda para fazer a reverência.

Acho desnecessário dizer que no caso dela aceitar me acompanhar até o QG da marinha, eu então a seguiria até o mesmo. Portanto irei falar sobre o caso dela permanecer na embarcação, por qualquer que fosse o motivo, eu então iria em direção aos outros 2 marinheiros e perguntaria para estes — Qual de vocês pode me levar até o QG da marinha ? — e então esperaria pela resposta destes e, caso fosse positiva, seguiria meu guia até o QG.

Mas existia a possibilidade da minha presença não ser mais aceita dentro do navio. Imagina se NENHUM deles quisesse me levar até o QG. Nesse caso, eu apenas pegaria a cabeça do Rufus e me retiraria do navio, perguntando as pessoas na rua — Pode me informar onde fica o QG da marinha ? — e então seguiria as instruções destes transeuntes até chegar ao QG da marinha.

Independente do modo como chegasse até o QG da marinha, se eu conseguisse chegar, iria até o(a) recepcionista, ou a coisa mais próxima de um, talvez alguém atrás de um balcão. E então mostraria a cabeça do Rufus, juntamente ao seu cartaz de procurado e diria — Com licença, eu vim pegar a recompensa por este criminoso e me registrar como caçador de recompensas — e então esperaria pela resposta.

Objetivos:
 

Histórico:
 

OFF:
 

____________________________________________________

"Sou um homem afortunado e devo buscar minha fortuna."
— Henry Avery, 1694 —

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~ Narração ~
~ Fala ~
~ Pensamento ~
~ Fala NPC Acompanhante ~
~ Fala NPC ~
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenway
Pirata
Pirata
Kenway

Créditos : 29
Warn : Cace seus sonhos - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 25/11/2016
Idade : 20

Cace seus sonhos - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cace seus sonhos   Cace seus sonhos - Página 3 EmptyTer 30 Jan 2018, 19:59

Os ponteiros do relógio corriam, competindo contra as habilidades de Cold naquele campo de batalha inusitado. Já era possível ver a ilha de onde estavam que, estranhamente, tinha seu clima meio esquisito; nevava incessantemente. Os olhos de Leona olhavam com curiosidade e espanto os flocos de neve que, aos poucos, cobria o chão de Loguetown.

A expressão de surpresa fora roubada por um sorriso singelo e sincero causado pelos comentários de Coldraz, sem olhar o garoto nos olhos como sempre, a marinheira respondeu de forma calma — Eu sei que sou, mas não precisa me bajular tanto. Afinal, olha o que você tem em mãos. — era certo de que ela se referia a cabeça e o cartaz de Ruff, falando dos itens como espólios de um guerreiro.

A conversa prosseguiu com outra pergunta do Caçador, que resultou na mesma fluidez da pergunta ainda que o questionamento fosse um tanto quanto rude. — Eu não lembro de ter citado que sou solteira… — pausou após a meia-afirmação, como quem quer ser dramático e ao mesmo tempo provocar alguém, nesse caso o menino Stine. — Mas não, não tenho. E simplesmente porque, apesar da minha idade, não sou boa com relacionamentos — a última palavra quase que não foge por entre seus lábios.

Ainda afiado, o arqueólogo respondeu de prontidão, de forma bem mais íntima do que anteriormente, levando o tópico a um patamar diferente, o que deixou a moça curiosa — Então não foi só o meu rostinho bonito que te atraiu, hein? — indagou a navegadora, desta vez olhando de canto de olho para o protagonista. A conversa estava boa, de fato, mas tudo uma hora acaba, e a parada da embarcação indicava isso mais do que nunca. O vento frio cortava enquanto os flocos dançavam descendentemente até o chão. Leona tentava esconder mas sentia frio.

O fato fora confirmado após a reverência do garoto, que o fez sentir a mão gelada da dama ao toque, o que não durou muito visto que Ralph propositalmente desfez o ato esbarrando nos rapazes enquanto pedia licença, se Coldraz não estivesse ali era certo de que os irmãos estariam brigando a este ponto, Clark por sua vez passou como se nem tivesse vendo nada, com uma expressão preguiçosa e olhos entre abertos. — Respondendo a pergunta, claro que acompanho… e não precisa pagar mais do que já pagou — disse a garota de cabelos azuis, dando uma piscadela ao final da sentença.

Cumprindo a promessa, levou-o ao QG, onde não levou muito tempo até que um rapaz magrelo e de óculos o atendesse, fardado como os demais é claro. A quantia foi entregue e, após algumas informações serem trocadas, o arqueólogo fora registrado como um Caçador de Recompensas de forma oficial.


OFF:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Ficha
Spoiler:
 

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG!
Links para ajuda
:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Coldraz
Mercenário
Mercenário
Coldraz

Créditos : 14
Warn : Cace seus sonhos - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 12/11/2017
Idade : 22

Cace seus sonhos - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cace seus sonhos   Cace seus sonhos - Página 3 EmptyDom 04 Fev 2018, 14:25


— Respondendo a pergunta, claro que acompanho… e não precisa pagar mais do que já pagou —

VITÓRIA !!!

Demorou bem mais do que eu esperava, mas tudo pareceu correr conforme o plano. A essa altura eu já sabia exatamente em que nível estávamos. Mas, infelizmente meu tempo havia chegado ao fim, não havia mais o que fazer, minha missão era terminada com a entrega da recompensa. Estava na hora de terminar essa pequena paquera e seguir meu rumo.

Não havia muito o que fazer naquele momento, sendo sincero. Ela já havia me dado absolutamente todos os sinais de interesse. Irritar o Ralph acabou sendo um bônus.

Uma vez dito tudo isso, minha próxima atitude era simples; partir pra ação. Talvez eu pudesse avançar mais algumas bases, mas levaria tempo demais e mais interesse do que eu tinha naquele momento. Além disso, não estava afim de um relacionamento.

Por esta razão, eu me aproximaria de Leona e terminaria minha longa batalha para adentrar na fortaleza que era seu coração. Começaria me aproximando dela, tentando manter seus irmãos e outros marinheiros fora de sua linha de visão enquanto mantinha contato visual com ela e então diria — Foi ótimo conhecer você. — Em seguida, não existia mistério, nem motivo para não arriscar, eu colocaria minha mão direita em sua cintura, puxaria levemente seu corpo para perto do meu enquanto também me aproximava dela e então daria um pequeno beijo de despedida.

Não existia mistério algum nisso. Claro que eu respeitaria caso ela se negasse a prosseguir, talvez ela se limitasse a um "selinho" ou quem sabe um beijo na bochecha. Talvez ela nem quisesse chegar a esse ponto. Nesse caso, não tinha o que fazer, aceitaria sua decisão.

Independente do desfecho, eu terminaria dizendo com um sorriso — Se decidir que gosta dos caras ricos e fortes, pode me chamar a qualquer instante. Eu vou ser aquele caçador de recompensas boa-pinta matando piratas na Grand Line — e então iria embora, acenando para Leona.

Meu "romance de viagem" havia terminado e era momento de seguir em frente. Infelizmente eu estava completamente perdido naquela nova cidade. Não fazia a menor ideia de para onde ir ou quem procurar para me levar até a Grand Line. Como se não bastasse, camisa haviana e neve não combinavam nem um pouco, eu precisava ir para algum lugar me aquecer.

Vou ser sincero, estava afim de torrar a grana que eu havia acabado de ganhar. Afinal, eu ainda era um adolescente, não podia evitar. E o lance com a Leona me deixava apenas mais animado. Mas agora entendia o motivo dos adultos não gastarem todo seu dinheiro em farra, a gente meio que fica um pouco hesitante na hora de gastar o dinheiro que lutamos tanto para conseguir, principalmente quando você acabou de lutar de verdade. E quase morreu.

Então dava atenção para meu lado mais maduro que dizia — Gastar o dinheiro você não deve. Melhor investido em conhecimento ele será ! — por alguma razão minha consciência adulta tinha a forma de anão verde, vai entender. Mas parecia sábio, por isso decidi acatar as suas ordens.

Eu então começaria a procurar por uma biblioteca na qual pudesse estudar. Era minha primeira vez em uma cidade desconhecida sem ninguém para me guiar. Talvez eu pudesse chamar a Leona ou o Clark, mas não estava muito afim de ir atrás deles para me ajudar nessa questão, então apenas perguntaria as pessoas na rua — Com licença, poderia me informar onde fica a biblioteca ? — e então esperaria a resposta.

Continuaria fazendo essa pergunta para as pessoas na rua até achar o local. Tentaria me manter em movimento; provavelmente ela estaria ao redor do centro da ilha, então essa seria minha área de busca. Mas daria prioridade para os caminhos que me fossem indicados pelos transeuntes, por mais suspeitos que estes fossem.

E continuaria assim até encontrar uma biblioteca ou me meter em alguma confusão ou situação que viesse a interromper minha busca.

Objetivos:
 

Histórico:
 

OFF:
 

____________________________________________________

"Sou um homem afortunado e devo buscar minha fortuna."
— Henry Avery, 1694 —

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~ Narração ~
~ Fala ~
~ Pensamento ~
~ Fala NPC Acompanhante ~
~ Fala NPC ~
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Cace seus sonhos - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cace seus sonhos   Cace seus sonhos - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Cace seus sonhos
Voltar ao Topo 
Página 3 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Dawn Island-
Ir para: