One Piece RPG
Troia - Tróia - Parte 1 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Cap. 1: Laços entrelaçados, as chamas da revolução se erguem!
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 04:05

» De pernas pro ar! A revolução de Yumi
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor Akuma Nikaido Ontem à(s) 21:28

» Ficha - Gustaf Karlsefni
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor West Ontem à(s) 21:23

» Kaleb Blaze
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 15:28

» Drakon
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 15:23

» [M.E.P]Tenzin
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor Tenzin Ontem à(s) 04:21

» here we go again
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor Tenzin Ontem à(s) 04:20

» M.E.P DanJo
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor DanJo Ontem à(s) 01:25

» Começo
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor TsubasaNash Ontem à(s) 00:35

» [Ficha] Pandora
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor Pearl' Ontem à(s) 00:31

» Cap I: Veneno de dois Gume
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor Punk Ontem à(s) 00:22

» O vagabundo e o aleijado
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor Ghastz Seg 11 Nov 2019, 23:37

» Mini - DanJo
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor DanJo Seg 11 Nov 2019, 23:03

» [Mini-Rosinante-san] O homem que quer ser livre
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor Makei Seg 11 Nov 2019, 22:45

» Desventura 3.5: O treino para Grand Line
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor ZnorLAX Seg 11 Nov 2019, 21:10

» Kit - Calros Lazo
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor Blum Seg 11 Nov 2019, 20:49

» Ficha Serana em construção
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor Serana Seg 11 Nov 2019, 07:55

» MEP Serana
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor Serana Seg 11 Nov 2019, 07:37

» Mini - Serana
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor ADM.Senshi Seg 11 Nov 2019, 05:19

» Unchain Utopia
Troia - Tróia - Parte 1 Emptypor Elivelton Carneiro Dom 10 Nov 2019, 04:28



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Tróia - Parte 1

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3 ... 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Troia - Tróia - Parte 1 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 5ª Rota - Pindorama

Troia - Tróia - Parte 1 Empty
MensagemAssunto: Tróia - Parte 1   Troia - Tróia - Parte 1 EmptyDom 10 Set 2017, 17:18

Tróia - Parte 1

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Achiles Wolf. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Pirata
Pirata
Achiles

Créditos : 38
Warn : Troia - Tróia - Parte 1 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : Loguetown - East Blue

Troia - Tróia - Parte 1 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Troia - Tróia - Parte 1 EmptySeg 11 Set 2017, 23:12

Tróia - Parte 1





Meu pai me disse uma vez: Bata forte, esquive rápido. É algo que eu lembro até, como eu sinto uma falta tremenda dele. Maldito seja o pirata que o matou, maldito seja! Isso me faz sentir um aperto no coração tão grande. Lembro dos dias incansáveis que corri atrás de medicamentos e livros para tentar achar uma forma de curar minha mãe, e do dia em que não pude fazer nada a não ser chorar em seu funeral. Bom, eu não devo deixar isso me abalar! Tenho que dar um sorriso e seguir em frente, eu tenho que garantir que isso não vá acontecer com outras famílias e é o que devo fazer.

Eu pensei muito sobre como continuar a minha vida, se deveria me alistar na marinha ou deveria em alistar ao governo mundial, e depois de muito tempo, eu consegui tomar a minha decisão sobre isso! Achiles Wolf se tornará um Agente do Governo! E para isso, eu deveria ir para o QG da marinha perguntar como eu faço isso. " Depois de tudo que aconteceu comigo, é o que eu D-E-V-O fazer. "

Eu olharia em volta e para o céu, analisaria o local a minha volta e como estava o tempo nesse dia tão especial para mim. Se eu estivesse em um lugar alto, eu tentaria achar uma forma de descer dele, procuraria traçar um caminho para descer dali e segui-lo, seguraria nas bordas se tivessem alguma, olharia se encontraria uma escada ou alguma porta que pudesse me levar para a rua. " Aaah, como eu vim parar aqui em cima?! "

Se eu estivesse em um lugar escuro e não conseguisse ver o que estava a minha frente ou a minha volta, bateria o pé no chão a minha frente antes de dar cada passo e tentaria me localizar dentro do lugar passando a minha mão a minha frente e tentando achar uma parede, seguiria a parede tentando achar uma porta, caso achasse, procuraria a sua maçaneta e giraria ela, se a mesma não girasse, tentaria bater na porta com meus punhos fechados e gritaria - Abre essa porta! - tentando encontrar alguém que pudesse abri-la para mim do outro lado. Caso alguém abrisse ou ela estivesse aberta, tentaria achar a saída do local por uma porta ou janela, caso estivesse dentro de um e seguiria em direção a rua. Se eu estivesse dentro de uma casa, procuraria a porta de saída dela e seguiria em direção a rua. " Mas que diabos de lugar é que vim parar hein? Caramba. "

Caso eu apenas estivesse em uma rua, tentaria lembrar de como vim parar aqui e de como poderia chegar a marinha, se nada viesse a minha cabeça sobre o trajeto em direção a base da marinha, tentaria olhar ao longe e ver se conseguia ver o QG da marinha, caso o mesmo não desse certo, começaria a seguir na primeira direção que eu visse, seguiria nele procurando a base, olhando em esquinas, para frente e ás vezes dando uma olhada para trás para ter certeza que eu não perdi nada, procuraria por meia hora e se o caminho não me levasse até o QG, começaria a parar as pessoas na rua e perguntaria - Com licença, O senhor(a) saberia me dizer onde ficar o QG da Marinha? - para elas. Se elas soubessem, eu seguiria na direção que a mesma indicasse, se não, procuraria outra pessoa que soubesse. - Obrigado. - Agradeceria após ter falado com a pessoa. " Então, é por aqui que eu devo seguir! SIBORA! "  Caso o caminho que foi indicado para eu seguir não me levasse a base, começaria a parar as pessoas e perguntar novamente e caso uma delas soubesse, seguiria a direção indicada. " Eu sou tão ruim de direção assim?! "

Se de todas essas formas, nenhuma me levasse a base, procuraria então por um lugar em que eu pudesse me sentar e não atrapalhasse quem estivesse passando pela rua, ficaria tentando lembrar os caminhos por onde andei e se eu não tinha passado pela base sem perceber, tentaria olhar ao meu redor observando as pessoas, se eu conseguisse ver algum marinheiro, correria em sua direção e com um sorriso no rosto diria - HEY, VOCÊ MESMO, ME DIZ! PARA ONDE FICA O QG? PROCUREI POR UM TEMPO ENORME E NÃO ACHEI ELE! - Se ele me apontasse a direção, eu seguiria correndo em direção ao QG correndo e sem me despedir dele. " FINALMENTE! É HOJE, É HOJE! "

Procuraria entrar na base militar e olhar a minha volta, procurar uma placa ou papel escrito na parede que me mostrasse onde eu deveria me alistar, se eu não visse nada que pudesse me levar ao caminho da frente, falaria com o primeiro marinheiro que eu visse e diria - Com licença, o senhor poderia dizer onde que eu me alisto para virar um agente do governo? - Olharia com seriedade em seus olhos e mantendo a postura, esperaria sua resposta e seguiria na direção em que ele dissesse, se o mesmo não soubesse, acenaria com a cabeça e perguntaria para o próximo marinheiro que eu visse, repetindo o mesmo até encontrar alguém que me dissesse o que eu queria saber. Caso eu chegasse onde deveria me alistar, abriria um largo sorriso para quem eu precisasse falar e diria em voz alta e com bastante orgulho - Eu quero me alistar para agente! - E esperaria sua resposta.



Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kyougin
Narrador
Narrador
Kyougin

Créditos : 8
Warn : Troia - Tróia - Parte 1 10010
Masculino Data de inscrição : 29/06/2014
Idade : 25

Troia - Tróia - Parte 1 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Troia - Tróia - Parte 1 EmptyQui 14 Set 2017, 02:49

Tróia - Parte 1
01




- Com licença, O senhor(a) saberia me dizer onde ficar o QG da Marinha? - perguntou o civil a uma moça de cabelo cinza que passava na rua ao lado de uma árvore que escondia levemente seu rosto com sombra.

O rapaz havia feito inúmeras análises mentais durante o percurso que tomava. Ele estava ao lado do muro de uma das instalações de Shells Town. Ele estava perto dos muros da Marinha, mas ainda não os podia ver! Aquele dia tinha levantado cedo e àquela altura já tinha caminhado bastante enquanto pensava sobre sua própria vida; sua existência. Às 13h daquele dia tinha tomado a decisão de que pensava a muito tempo.

- O que você disse? - a Mink não havia entendido o que o garoto quis dizer. As palavras que usava eram confusas. A única terminologia que soou compreensível foi a que ela respondeu: - Você fala do Quartel General da Marinha de Shells Town?... - parou, aproximou-se, ajeitou o laço no lado esquerdo acima da orelha e continuou: - Eu estou indo para lá. Você pretende se alistar ou aconteceu algo de ruim? Posso ajudar?! - concluiu sorridente se inclinando um pouco para frente enquanto o fitava com os olhos semicerrados. Seu sorriso era como o desabrochar de mil flores. Os caninos apareciam afiados no meio dos finos lábios.

Como aquela tarde, a menina parecia um dia quente de acalanto e notória sensibilidade. O vento franzido atingia seu corpo e fazia seu vestidinho azul e límpido como o céu se movimentar levemente. Não apenas naquela estação do ano ou naquela ilha, era como se ela transmitisse a mesma sensação de conforto de uma xícara de chocolate quente durante o inverno; ou como um abraço no meio do medo e solidão. Ela transmitia um sentimento único de aconchego e empatia.

- Aliás, está tão quente que eu gostaria de tomar algo antes de ir ao alistamento. Até porque na verdade se fôssemos há essa hora não seríamos recebidos. Os marujos estão em horário de almoço com toda a certeza. - iniciava a menina depois de ter olhado Achiles de cima a baixo. - Espero que não ache estranho, mas gostaria de ir à taverna?! Aliás... Você não me disse o que fará no QG! - terminava dando uma batida de leve no ombro do garoto. Ele era aproximadamente 15 centímetros mais alto que a Mink, mas ela não se sentia intimidada nem pelo tamanho nem pelo porte físico do Wolf.

Dados:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Falas - | "Pensamentos"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

DADOS MEMORÁVEIS:
 

Aventuras:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Pirata
Pirata
Achiles

Créditos : 38
Warn : Troia - Tróia - Parte 1 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : Loguetown - East Blue

Troia - Tróia - Parte 1 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Troia - Tróia - Parte 1 EmptyQui 14 Set 2017, 04:08

Tróia - Parte 1





Eu não havia conseguido achar o quartel general da marinha de outro jeito e então decidira perguntar aos cidadãos de Shells, olhei para a primeira pessoa que eu via e era uma garota de cabelo cinza que passava por debaixo de uma árvore no exato momento. Eu então perguntava para a mesma. - O que você disse? - Eu teria respondido na hora, se a garota não tivesse continuado - Você fala do Quartel General da Marinha de Shells Town?... - ela parava de falar e aproximava-se um pouco, ajeitava o laço acima de sua orelha e continuava falando sem me deixar responder as suas perguntas. - Eu estou indo para lá. Você pretende se alistar ou aconteceu algo de ruim? Posso ajudar?! - Ela se inclinava na minha direção e me fitava com seus olhos, seu sorriso era lindo e chamativo, sua aparência atraente e tinha dois canidos que completavam os seus lábios finos.

A garota era quente, podia vê-la toda, ela tinha um vestido azul lindo que se remexia com a brisa suave do vento, ela me transmitia uma sensação de calor e ao mesmo tempo de prazer de estar falando com ela, era gostoso de estar com sua presença tão perto de mim.

Ela dizia que o clima estava quente e que ela queria tomar algo antes de ir ao alistamento. Era horário de almoço dos marinheiros e talvez não fossemos ser recebidos. Ela havia me olhado de cima a baixo antes de falar e continuava. - Espero que não ache estranho, mas gostaria de ir à taverna?! Aliás... Você não me disse o que fará no QG! - terminava dando um leve tapa no meu ombro. Eu era bem mais alto que era, deveria ser aproximadamente uns 15 centímetros de diferença da garota, mas ela não parecia se sentir intimidada por isso.

- Pretendo me alistar ao governo mundial, não estou ferido ou algo do tipo, poderia me ajudar indicando os caminhos até o seu lábios, quer dizer, me dizer o caminho para o quartel general. - Já tentava lançar meus charmes para cima da garota, apenas tentava a seduzir e ter mais um tempo ao seu lado, era confortante. - Eu acho que um pouco de vinho refrescaria nossas gargantas. - diria, tentando atrai-la ao álcool, queria beija-la, mas não era o momento ainda. Tentaria passar minha mão em seu rosto. -Vamos?! - Diria exibindo um enorme sorriso, tentando atrai-la com meu belo sorriso.

- Você na frente, por favor. Esperaria ela ir na frente, pois não sabia um caminho até uma taverna perto dali, moro por aqui por tanto tempo, mas parece que sempre me esqueci dos lugares que passei, incrível isso. " Minha memória está péssima para caminhos hoje, melhor ela ir na frente. " Caminharia ao seu lado e esperaria ela ditar os caminhos, quando encontrarmos uma taverna, eu me adiantaria e abriria a porta para a garota passar e entraria logo atrás dela e fecharia a porta, agarraria levemente seu braço e lhe mostraria o caminho até uma mesa vazia, puxaria a cadeira e esperaria ela se sentar, me sentaria logo em seguida e sorriria de leve enquanto apoiaria meu cotovelo esquerdo na mesa e colocaria meu punho fechado na frente da minha boca enquanto tentaria passar minha mão em seu rosto mais uma vez. - Você é linda, a propósito, me chamo Achiles, qual o seu nome? - e continuaria - Sabe, você é uma das garotas mais fofas que já encontrei. No que você pretende se alistar? - Esperaria sua resposta e que um garçom viesse nos atender e diria para ele - Me traga um vinho, por favor, ou algo que tenha álcool  - Se o mesmo não viesse, iria até o balcão e pediria o mesmo. Voltaria até a mesa e o meu olhar para garota e continuaria - Você tem belos lábios, gostaria de saber se eles servem apenas para falar ou para beijar também. - Nesse momento tentaria passar minha mão em sua nuca e me aproximar mais de seu rosto, puxaria sua cabeça para mais perto e olharia em seus olhos, se eles dissessem que sim, beijaria a garota, se não, recuaria para a cadeira envergonhado por ter tomado um fora, diria - Me desculpe. - e esperaria o vinho chegar. - Qual o preço dele? - Pagaria e tomaria apenas duas taças ou copos com a garota e diria levantando a taça/copo - Um brinde para dois futuros heróis, rumo ao heroísmo! - Beberia logo após disso, deixaria a taça/copo na mesa e me levantaria, agarraria a garrafa e com a outra mão tentaria agarrar a nuca da garota e tentaria a beijar mais uma vez, se ela me desse outro fora, apenas recuaria envergonhado e faria algo parecido com uma reverência tentando ser cordial em direção a saída e falaria - Bom, nós temos que ir agora, deixa para tomarmos o resto desse vinho em outra hora. - Seguraria sua mão e caminharia ao seu lado em direção a saída da taverna. Olharia em seus olhos ao sair e diria. - Já deve ter dado a hora do almoço, vamos ao quartel da marinha. - Esperaria a garota dar as direções e a seguiria, se a mesma não desse as direções e quisesse ficar mais um pouco, eu falaria. - Me desculpe, mas tenho um dever a cumprir comigo mesmo, poderia me dizer onde fica? - Seguiria a direção que ela me apontasse, entregaria o vinho em suas mãos e seguiria na direção apontada. Esperaria que ela fosse gentil comigo após tudo isso e tivesse me dito, se não, voltaria a minha procura pelo quartel da marinha tentando lembrar o caminho após tanto tempo de ter vivido ali.

A garota era bonita, mas meu objetivo com ela era apenas conquista-la e faze-la me levar ao quartel da marinha, se conseguíssemos chegar ao quartel, seguiria na frente dela - Obrigado por tudo! É aqui que nos despedimos! -  entregaria o vinho em suas mãos e procuraria encontrar uma placa, papel ou algo do tipo escrita " Alistamento ou Para alistar-se" Se eu tivesse chego sozinho, procuraria pela mesma placa escrita, caso não achasse, procuraria falar com o primeiro marinheiro que eu visse. - Com licença, desculpe-me perturba-lo, o senhor poderia me dizer onde eu preciso ir para me alistar ao governo mundial? - Esperaria sua resposta e seguiria a direção apontada - Obrigado. - Se o mesmo não soubesse, " "repetiria para o próximo marinheiro que eu visse e seguiria na direção que ele me indicasse, quando encontrasse, olharia para o local e tentaria ver a pessoa que tivesse mais postura como um oficial e perguntaria ao mesmo - É aqui que eu preciso vir para me alistar ao governo mundial? - esperaria sua resposta com a ansiedade e adrenalina a flor da pele.




Off:
 

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kyougin
Narrador
Narrador
Kyougin

Créditos : 8
Warn : Troia - Tróia - Parte 1 10010
Masculino Data de inscrição : 29/06/2014
Idade : 25

Troia - Tróia - Parte 1 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Troia - Tróia - Parte 1 EmptySex 15 Set 2017, 12:08

Tróia - Parte 1
02




A menina escutou a explicação do humano e de repente ele soa estar dando em cima dela. Atenta, mudando completamente a expressão adocicada para brava e incomodada com a atitude, continuou porque suspeitou ter ouvido e sentido a aproximação de maneira exagerada. Quando Achiles tenta se aproximar para tocar seu rosto, a garota impulsiona sua mão impedindo o contato e chuta seu escroto. Afastou-se dando um passo curto para trás enquanto assistia o menino cair no chão da dor e então gritou:

- SEU TARADO. Saia de perto de mim. - ela caminha e dobra na primeira rua à esquerda que levava direto para o Quartel General e o Wolf poderia saber disso, pois havia uma imensa placa que sinalizava o caminho.

Na rua ainda era possível escutar a menina reclamar:

- Não aguento mais esses homens que vem pela Apple apenas para dar em cima das mulheres na cidade. Eu não suporto essa raça! - ela errava de onde o menino veio, porém estava certa ao supor a sedução incontrolada do rapaz.

Junto do seu protesto alguns burburinhos de mulheres que vinham à janela verificar o que aconteceu se somavam à sua dor. A atitude do rapaz agitava as três casas ao redor do ocorrido. Uma das mulheres que assistiu desde o início enquanto regava suas flores, pega um balde e joga água em cima do rapaz, dizendo:

- Homens como você merecem viver sozinhos. Seu safado! Tão jovem... - então ela fecha a janela batendo com força e escorrendo a cortina que esconde o interior da casa.

Um marinheiro passa do seu lado, ele pergunta como chegar ao QG da Marinha e esse responde, sem entender o que estava acontecendo com ele jogado no chão:

- Você está bem? O QG fica logo ali dobrando essa rua. Você não vê as placas? - terminava de maneira ríspida, mas não tomava atitude grosseira ao ouvir o agradecimento do menino.

Duas mulheres que ainda acompanhavam o menino caminhando ao Quartel fecham suas janelas ao vê-lo conversar com o marinheiro e deixam ir em paz. Chegando ao enorme portão do quartel, poderia ver a mureta colossal que havia sido construída logo após os ataques feitos ao quartel alguma época atrás. Consegue entrar depois de se identificar a um marinheiro que lhe responde cordialmente:

- O alistamento acontece naquela porta. Procure o sargento Thor! - apontava para um pequeno galpão pintado em tons de branco e azul que ficava do lado de fora do grande prédio do Quartel. O oficial olha sua postura, roupas e continua: - Não sei se poderá entrar lá molhado desse jeito. O que aconteceu?

Ele poderia ver um grupo de menin@s e oficiais caminhando na direção do galpão e outros entrando no prédio principal. O local não estava muito agitado aquele dia, mas era proteção suficiente para segurarem qualquer ataque. Se contasse perceberia que eram vinte homens circulando, mas certamente havia outros que chegavam da refeição, alguns que estivessem fora do dia de serviço e os demais em trabalho de campo ou treinamento. O céu estava sem nuvens e o sol para fora do zênite, mas quente suficiente para quem não suportasse aquela temperatura. Eram aproximadamente 30°C.

Dados:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Falas - | "Pensamentos"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

DADOS MEMORÁVEIS:
 

Aventuras:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Pirata
Pirata
Achiles

Créditos : 38
Warn : Troia - Tróia - Parte 1 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : Loguetown - East Blue

Troia - Tróia - Parte 1 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Troia - Tróia - Parte 1 EmptySex 15 Set 2017, 13:18

Tróia - Parte 1





O momento era pequeno e perturbador para mim, uma frase e uma ação resultava em eu tomando um chute bem no meio da região escrotal, eu mal havia falado algo que soasse rude ou fosse indelicado e a garota reagia como se eu tivesse realizado tais ações, chamava a atenção de todo mundo me chamando de tarado, EU NÃO ERA UM TARADO, mas com as condições em que eu me encontrava, mal podia defender de tais acusações ilógicas! " Mas que puta! Eu nem fui rude! "

Ela caminhava por outra rua e ainda era possível escutar suas reclamações de longe, eu ficava irritado, não era nada legal tomar um chute no saco. Em seguida eu era recebido por um balde de água por uma mulher que havia observando todo o acontecimento, outra mulher falava que eu merecia viver sozinho e fechava a sua janela. Aquelas ações geravam certo grau de irritação, mas o grau de irritação acabava com a chegada de um marinheiro que perguntava se eu estava bem e me falava onde era o Quartel. " FINALMENTE! "

Eu ainda queria entender como eu não tinha conseguido ver a placa da marinha mostrando a direção do QG pelo caminho, mas isso não era o principal em minha mente naquele momento, eu chegava ao meu destino em que eu estava todo empolgado! O Quartel General era esplêndido, estava reforçado e eu conseguia ver as cores da marinha bem de perto, era genial! Eu chegava e perguntava a um marinheiro onde eu precisava ir para me alistar, ele me apontava para um galpão da cor da marinha e eu agradecia pela informação, tudo o que eu precisava fazer era ir até o lugar e falar com um tal de Sargento Thor, eu estava preocupado em encontrar aquela garota que havia ido para a mesma direção que o meu. - Não tem problema não, isso já já seca com esse calor. - Diria enquanto tentaria seguir em direção ao galpão, ele tinha visto alguns meninos e alguns oficiais da marinha indo naquela direção. " Pelo menos aquele balde de água ajudou a me refrescar, está um calor! "

Com um sorriso no rosto, meu bom humor voltara após ver tudo aquilo, minha primeira ação ao entrar no galpão seria observar ao redor tentando encontrar o Sargento Thor, eu não o conhecia, então tentaria achar a pessoa que mais parecesse um sargento dali, que fosse alta e estivesse usando uma veste da marinha mais diferenciada. Se eu não conseguisse encontrar ninguém daquele jeito, começaria a gritar. - Sargento Thor! Vim para me alistar para o governo mundial! Sargento THOR! - não estava preocupado em me tornar o centro das atenções naquele momento, tentaria ver se havia conseguido chamar a sua atenção, se conseguisse, olharia para o homem e diria. - Vim para me alistar para o governo mundial, Sargento, me disseram para falar com o senhor! - E tentaria ficar em uma postura mais séria, com um olhar mais sério tentando esconder o quanto eu estaria empolgado naquele momento, caso eu não tivesse conseguido, continuaria gritando - Sargento Thor! - Até que ele finalmente aparecesse ou eu me cansasse disso e encontraria um lugar para sentar em algum dos cantos, esperaria para o mesmo até que ele chegasse, caso não estivesse ali, e seria o primeiro a ir até ele e dizer: - Quero me alistar, senhor! - aguardaria sua resposta.

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kyougin
Narrador
Narrador
Kyougin

Créditos : 8
Warn : Troia - Tróia - Parte 1 10010
Masculino Data de inscrição : 29/06/2014
Idade : 25

Troia - Tróia - Parte 1 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Troia - Tróia - Parte 1 EmptySab 16 Set 2017, 13:19

Tróia - Parte 1
03




Chegando ao galpão seu cabelo platina já estava quase seco; sua roupa ainda estava úmida, mas nada que causasse desconforto. Alguns rapazes já o notam e duas meninas sentadas em um banco à esquerda da coberta admiram sua beleza. Elas não se importam com ele, mas o olham e cochicham entre si, levantam e seguem na direção de um grupo de jovens que se formava no centro do batalhão. Dentro do galpão ele se fazia ouvir por cinco marinheiros que acompanhavam um rapaz alto e forte. Este era o Sargento! Ao ser chamado, Thor coça rapidamente a cabeça e se vira na direção do menino. À intimação ele responde:

- O Sargento sou eu. - afasta-se um pouco do birô que estava sentado e põe a perna esquerda sobre a outra deixando sua bota de couro pousada na base do tendão quadricipal e o músculo quadríceps, continuando: - Meu nome é Hamaru Thor, mas aqui você deve me chamar adequadamente como Sargento Thor ou Senhor. - pega seu martelo embaixo do móvel de ferro, levanta, coloca-o no ombro e olha para um soldado ao seu lado e aponta para uma pilha de papéis.

- Você não precisa gritar em um espaço tão pequeno. Você não está alistado ainda. Depois de assinar esse documento que sua alma será nossa. - começa o moço que o sargento indicou.

Ele estava com uma indumentária comum e carregava uma longa capa no braço. Não era possível ver qualquer tipo identificação e nele havia um leve ar de mistério. Ele era um Agente Graduado, mas o Wolf não poderia saber daquilo àquela altura! Possuía um olhar sádico e um sorriso de canto; usava óculos, dois anéis na mão esquerda e uma tatuagem na direita. Seu cabelo vermelho combinava bem com seus olhos castanho-claros resultando em um semblante que remetia ao fogo.

Na direção que o sargento apontou existiam dois papéis à parte. O Agente pega o primeiro e guarda no bolso da calça; ali haviam informações acerca da atividade do grupo que Achiles provavelmente faria o treinamento. Com o segundo em mãos entrega para o menino e diz:

- Você precisa assinar esse documento. - riu-se. - Eu sou o responsável local pelo início do treinamento dos candidatos a Governo. Bem, a turma não está grande, por isso espero que se esforce senão vai se fuder em minhas mãos. - e seu sorriso fecha enquanto o sargento saia da sala, falando:

- Pilo, preciso ir à minha sala dentro do Quartel. Cuide desses meninos e vocês dois continuem os alistamentos porque hoje está meio movimentado aqui para Marinha. - ele se dirigia a dois outros marinheiros sentados logo na entrada do galpão.

- Depois de assinar isso converse com esses dois rapazes; eles lhe indicarão o caminho a seguir. Vou acompanhar o sargento para preparar seu trabalho disciplinar e do grupo que estará com você nessa merda. - conclui o Agente.

- Lhe desejo sorte, garoto. Qual seu nome mesmo? - pergunta Thor.

Dados:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Falas - | "Pensamentos"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

DADOS MEMORÁVEIS:
 

Aventuras:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Pirata
Pirata
Achiles

Créditos : 38
Warn : Troia - Tróia - Parte 1 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : Loguetown - East Blue

Troia - Tróia - Parte 1 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Troia - Tróia - Parte 1 EmptySab 16 Set 2017, 14:20

Tróia - Parte 1





Eu entrava no galpão com sucesso e já tinha conseguido ver duas mulheres sentadas cochichando entre si logo após me ver. Coincidência? Claro que não. " Elas claramente estão olhando para mim " Mas elas não eram a minha atenção do momento, eu as via ir até um grupo de jovens e então voltava ao meu foco, eu gritava e chamava por Thor e logo encontrava o mesmo. " Cara, gritar é tão gostoso! " Ele era alto e musculoso, um EXEMPLO de homem, ele estava sentado no momento que fui falar com ele.

Ele me respondia cordialmente e me passava para um homem de cabelos vermelhos e ele era estranho, não era marinheiro, isso eu poderia ter certeza só por não estar usando o uniforme da marinha. A maneira que ele falava era estranha e parecia estar querendo me deixar com medo ou me provocar, mas eu não ligava muito para aquilo, não tinha porque eu me preocupar com aquilo. O Sargento Thor falava o homem que ia me dar os papéis e depois falava com dois marinheiros que estavam na porta do galpão. O nome da pessoa que estava me entrevistando era Pilo, a sua mãe com certeza não tinha boas idéias para nomes.

Thor saia e me perguntava qual era meu nome, em seguida eu iria responder. - É Achiles, senhor! - Eu ficava empolgado em despertar interesse no sargento, ele pelo menos parecia ter demonstrado. " Ele quis saber meu nome, ele quis saber meu nome, ele quis saber meu nome, ele é legal, ele é legal, ele quis saber meu nome, ele é legal "

Em seguida, eu pegaria o papel em minhas mãos e diria - O senhor teria algo que eu possa utilizar para escrever? - E esperaria que ele me desse ou procuraria em meus bolsos algo que eu pudesse utilizar, escreveria meu nome e iria em direção aos dois marinheiros na porta do galpão.

- Então, senhores, o que eu preciso fazer? - E esperaria as suas respostas, eu seguiria os dois ou me juntaria ao grupo e tentaria ficar prestando atenção nas duas mulheres que eu tinha visto mais cedo, toda vez que eu olhasse para elas e elas estivessem olhando para mim eu ficaria piscando para ela ou fazendo um sinalzinho com a mão, abrindo um sorriso e dando uma piscada com o olho direito. E tentando falar em voz baixa lentamente -Você é linda, quero conversar com você -  E continuaria seguindo os dois marinheiros, quem estivesse nos guiando ou apenas esperaria ordem dos marinheiros sobre o alistamento e o que eu deveria realizar.
Sinalzinho com a mão:
 

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kyougin
Narrador
Narrador
Kyougin

Créditos : 8
Warn : Troia - Tróia - Parte 1 10010
Masculino Data de inscrição : 29/06/2014
Idade : 25

Troia - Tróia - Parte 1 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Troia - Tróia - Parte 1 EmptySeg 18 Set 2017, 23:58

Tróia - Parte 1
04




O Sargento e o Agente já haviam saído da sala quando Achiles se posiciona para assinar o documento. Um dos marinheiros o ajuda apontando um lápis e ele logo assina o documento lendo sequer as letras grandes imagine as pequenas. Ao rapaz mais alto, Wolf pergunta qual o próximo passo. Olhando para o companheiro, o marinheiro ri da velocidade com que ele havia entregado o papel preenchido e fala:

- O senhor Pilo deve estar à espera de vocês do outro lado do prédio. Normalmente ele começa os treinamentos lá! Bem... - e o sorriso se formava ainda mais perceptível no seu rosto, continuando: - A primeira etapa do recrutamento é uma atividade simples, mas essa semana nós estamos colocando uns trabalhos mais sujos pra vocês. Provavelmente vão agir em grupos de cinco jovens de idade aproximada e serão tarefas de força. - ele olha o garoto de cima a baixo e verifica que ele estava certamente na média de peso para sua altura.

Levantando da cadeira ao lado do portão negro que dava acesso ao galpão, o outro marinheiro continua:

- Morrer ele não vai, Fal, deixa o menino ir logo. - aponta na direção que ele deveria ir e esse parte de prontidão. Este marinheiro fala baixo quando o garoto se distancia: - Esse Agente maldito com certeza vai fuder com a cabeça desses pivetes. Ele acordou inspirado hoje! Vamos continuar Faliater, lá vem outra criança. Olhe só... Uma menina! - termina quando uma Mink se aproxima do local que eles estavam.

Seguindo, o rapaz não encontraria as duas moças, mas logo chegaria ao espaço designado para aquele treinamento. Junto de outros três garotos, o Agente estava de pé paramentado com uma blusa social branca aberta no último botão da gola, pois além de quente o clima ainda estava seco. Eles podiam sentir vento, mas era quase um marasmo progressivo e ajudava em nada. Usava em preto uma calça social e sapatos muito bem engraxados. Ele não carregava mais a capa, contudo no lugar carregava uma garrafa com água. Começa:

- Nós teremos de esperar um pouco. Acabei de receber uma chamada e nosso grupo estará formado em instantes. Eu não me importo de o número ser abaixo de cinco recrutas, mas uma desgraçada acabou de chegar lá no setor de despache. Espero que seja bonita! - apoiava a garrafa ao seu lado sobre uma mesa de madeira posicionada à frente de um galpão ainda maior que o anterior.

Diferente do anterior, aquele espaço era pintado em preto e o portão em tons de cinza visivelmente enferrujado. O portão estava trancado com um imenso cadeado e os garotos enfileirados em indiano. O Sargento não estava com eles e de repente eles escutavam um pássaro passar quebrando o silêncio. O Agente, fala gargalhando:

- VOCÊS NÃO PRECISAM FICAR NERVOSOS. As suas vísceras serão poupadas! - apoia-se na mesa para não cair e eles poderiam ver um imenso colar que Pilo carregava.

Dados:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Falas - | "Pensamentos"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

DADOS MEMORÁVEIS:
 

Aventuras:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Pirata
Pirata
Achiles

Créditos : 38
Warn : Troia - Tróia - Parte 1 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : Loguetown - East Blue

Troia - Tróia - Parte 1 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Troia - Tróia - Parte 1 EmptyTer 19 Set 2017, 00:49

Tróia - Parte 1





Os marinheiros que falavam comigo eram metidos e chatos, os dois pareciam me subestimar da forma mais desprezível possível, mas aquilo realmente não me importava, o que me importava era conseguir me alistar com sucesso para o governo mundial naquele momento, agora, se surgisse uma oportunidade de acabar com aqueles dois marinheiros...Meu sangue estaria fervendo para isso.

Eles me deixavam passar e eu conseguia sentir o nervosismo entrando um pouco em minha cabeça, era aquela hora que eu iria começar de verdade a viver e aquilo me empolgava ainda mais. Eu infelizmente não encontrava aquelas duas moças que eu havia visto mais cedo, mas eu tenho certeza que as encontraria de novo com o destino e tentaria ver se tinha uma chance com algumas delas, elas tinham me achado atraente e isso me fazia bem feliz.

Eu chegava em um galpão ainda maior que o anterior, mas as cores tinham mudado e ele parecia bem mais desgastado, três já me esperavam ao lado de Pilo, o homem que havia visto falando com o Sargento Thor mais cedo, ele tinha largado a capa que segurava e trocado por uma garrafa de água, o ar estava horrível para a realização de um treinamento, mas aquilo não iria me impedir de continuar. Ele começava a anunciar sobre uma garota que havia chego atrasada e que acabava por atrasar o começo. " Uma garota?! Opa, ai já está onde eu gosto! Espero que ela chegue logo aqui! Só vai aumentar meu animo !"

Em instantes, um pássaro passava pelo espaço, o que chegava a me assustar, pois não esperava aquilo, mas tentaria recompor a minha postura, enquanto Pilo gargalhava eu conseguia ver um largo colar, mas aquilo não tinha importância para mim, pelo menos, não por enquanto. " Cadê, cadê, cadê aquela garota? Ela está atrasada e ainda demora?! E o que diabos um pássaro está fazendo aqui? "

Estava muito empolgado para começar o alistamento e então tentava me aproximar mais de Pilo, se o pássaro se tornasse arisco, eu pararia e lentamente me moveria para trás, mas não deixaria de falar - Senhor, se me permite perguntar, o que teremos que fazer? Estou empolgado! - Abriria o sorriso e mostraria meu polegar com o resto da mão fechada, fazendo um sinal de positivo para o mesmo. Eu me prepararia para começar, começaria a me espreguiçar tomando cuidado para não assustar o pássaro e voar para cima de mim, então faria isso em uma distância segura do mesmo. Se o pássaro voasse para cima de mim eu tentaria deitar no chão e deixa-lo passar por cima de mim, olharia em sua direção e iria me preparar para rolar no chão para a direção que estivesse mais longe da parede se ele viesse mais uma vez. - Hey senhor, prenda essa pássaro - Diria se o pássaro estivesse me atacando.

Estaria esperando que a garota chegasse logo, então se nada disso acontecesse, eu ficaria aguardando por ela, se a jovem fosse bonita e assim que ela chegasse eu olharia em sua direção, tentaria analisa-la da cabeça aos pés e tentaria ser o primeiro a falar com ela. - Demorou um pouco, mas compensa pela sua beleza. -  E em seguida olharia para o instrutor e esperaria suas instruções e explicações.
Sinal do Joinha:
 

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Troia - Tróia - Parte 1 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Troia - Tróia - Parte 1 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Tróia - Parte 1
Voltar ao Topo 
Página 1 de 11Ir à página : 1, 2, 3 ... 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Shells Town-
Ir para: