One Piece RPG
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» ~ RESET ~
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor Shiro Hoje à(s) 12:53

» [Kit - Garou]
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor Ainz Hoje à(s) 12:06

» V - Into The Void
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 11:03

» Mini - DanJo
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor DanJo Hoje à(s) 02:51

» Crisbella Rhode
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 02:48

» A Aparição de Mais Um Meio a Tantos
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor Wave Hoje à(s) 00:53

» O vagabundo e o aleijado
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor Ghastz Hoje à(s) 00:40

» Mini Aventura - Agyo Shitenno
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:16

» O Legado Bitencourt Act I
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor Faktor Ontem à(s) 22:16

» Apenas UMA Aventura
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor Van Ontem à(s) 17:49

» Bellamy Navarro
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor Greny Ontem à(s) 12:43

» Unbreakable
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor Ainz Ontem à(s) 11:55

» (Mini) Gyatho
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 01:02

» (MEP) Gyatho
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:55

» [MINI-Tenzin]Here we go again
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:53

» [M.E.P]Tenzin
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:43

» [Extra] — Elicia's Diary
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 00:27

» M.E.P DanJo
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:27

» Mini Aventura - No Mercy
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:20

» [Mini-Rosinante-san] O homem que quer ser livre
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:15



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados - Parte I

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 5ª Rota - Pindorama

O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Empty
MensagemAssunto: O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados - Parte I    O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  EmptyQui 07 Set 2017, 14:16

O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Hizumy Mizushiro Mayan. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mizushiro Hizumy
Revolucionário
Revolucionário
Mizushiro Hizumy

Créditos : 2
Warn : O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  10010
Masculino Data de inscrição : 12/11/2014
Idade : 19
Localização : Cactus Island

O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Empty
MensagemAssunto: Re: O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados - Parte I    O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  EmptySex 15 Set 2017, 12:39



~ A Igreja ~


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Post: 01

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Quando ainda estavam vivos, os meus pais sempre diziam que se amamos verdadeiramente alguém, - ou algo - devemos deixá-lo livre para escolher o seu próprio caminho, seja a escolha deles permanecer ao nosso lado, ou nos abandonar. Naquela época, apercebendo-se de que não os entendia muito bem, o meu querido irmão disse-me, com o típico sorriso alegre e sincero que apenas eu conhecia, para não me preocupar, pois um dia, quando ficasse mais velho, entenderia os ensinamentos de nossos pais.
 
Eu sei que não estou muito mais velho, afinal, apenas se passaram três anos. Porém, ainda hoje não entendo aquele ensinamento. De todos, é o que menos gosto e repudio. Pedir-me para deixá-lo ir embora, e nunca mais voltar para mim, a simples ilusão de viver em um mundo onde ele não exista ao meu lado, deixa-me triste, sem fôlego, como que se a profundidade do oceano me puxasse para o seu infinito, mesmo estando em terra-firme...

 Pergunto-me se ficarás feliz quando me veres. Se voltarás a pintar em teus lábios aquele sorriso que era apenas meu. Pergunto-me se te lembrarás daqueles dias alegres em que vestíamos as nossas capas e lutávamos contra monstros imaginários. Se te lembrarás das nossas lutas infantis com as gargalhadas explodindo de nossas barrigas à semelhança de erupções. Das caretas que trocávamos na mesa de jantar.... Acho que lá no fundo, sei que nunca voltarás a ser quem costumavas ser. No dia em que nossos pais se foram, eles levaram-te com eles e comigo ficou apenas um casco vazio, oco, sem emoções... Antes de partires, antes de me deixares aquele bilhete, antes mesmo de teres sido descoberto, havias-me dito que ansiavas pelo dia em que a morte te fosse abraçar. Que a esperarias como um velho amigo... Em sonhos, ainda vejo-te, já não alegre, mas triste e vingativo, exactamente como te vi da última vez. E fico desolado. Por isso, mesmo que não me queiras ver, mesmo que já não queiras viver, eu te seguirei! E quando te alcançar, salvar-te-ei dessa ilusão que tu próprio criaste!


...

No interior da capela, onde a escuridão reinava acompanhada de imagens proféticas aterrorizantes, e uma gélida e inexplicável corrente de ar fria circulava, seus pensamentos tornavam-se mais pesados e sérios até então. A sua frente estava a escada que o levaria até o tesouro. Mas não era por tal mesquinha razão que realmente estava ali e que seus pés hesitavam. Lá em cima, depois de escalar todos aqueles degraus, alguém parecido com seu irmão o aguardaria. Provavelmente seria o próprio. Durante dois anos andara a sua procura e nunca estivera tão perto de o alcançar como agora, então... Porque agora seu corpo tremia de medo?!

 Em um movimento vagaroso e trémulo, avançava o seu esbelto bracinho em direcção à barra da escada. Provavelmente gélida, agarrá-la-ia fortemente, envolvendo-a no punho. Os olhos de um azul-vivo e cintilante olhariam para cima, para o tecto, numa tentativa de ver o fim da escada. Um pequeno grunhido soaria por sua garganta ao não consegui-lo notar. - Shima-chan... - Voltando o semblante para o pequeno companheiro que teria que por ali ficar, despedir-se-ia, por agora, com um sorriso forçado e repleto de incertezas. - ... espera por mim aqui, por favor... Talvez consiga voltar antes do Sol-nascer... he.. he.. -

 Inspirando bem fundo, fechando os olhos, concentrar-se-ia mentalmente e então, exalaria todo o ar dos pulmões e abriria os olhos, firmes. Precisava estar confiante para subir todas aquelas barras, ainda mais com bracinhos tão fininhos como os dele. Avançaria a mão sob a barra seguinte e depositaria toda a sua força em seus braços e pernas para que, com sucesso, conseguisse começar a tão desejada escalada. Para trás, com o seu panda, deixaria o seu bastão e a sua flauta. Eram pesos desnecessários e que não lhe fariam falta! Afinal, não ansiava pelo tesouro. Não desta vez! Desde que ouvira falar de alguém com a descrição e com o nome igual o de seu irmão no topo daquela capela, tudo o que queria era encontrá-la.  



__________________________________




Histórico:

Post: 01
Ganhos: -X-
Perdas: -X-
Total de $Berries: 7.000$B
Bónus:
Players:
NPC's:
HP: 120/120
SP: 62/62

Vantagens: Genialidade | Aerodinamicidade | Voz Encantadora | Boa Aparência
Desvantagens: Código dos Heróis | Coração Mole | Trauma Profundo
Citação :
Sempre que vê ou ouve algo relacionado aos tenryuubitos entra em estado de choque, por serem eles os responsáveis pela morte de seus pais, e por acreditar  que os próprios são a origem de todo o mal existente no mundo. Fica tão paralisado que a única coisa que pode fazer é fugir amedrontamente, de forma bem devagar. Até mesmo estátuas ou gravuras de dragões orientais a voarem o deixam ligeiramente incomodado, desconfortável e nervoso.

Perícias: Instrumentos Musicais| Doma | Treinamento
Ofício: Artista

Pet:
Animal Comum:
 



...


Para o Narrador, Hizy escreveu:
Sorry! Sorry! Sorry! Eu sei que o post está assim meio... méhhh!! TT.TT  Mas fiquei muito tempo sem postar, e tive que fazer este meio que correndo! Ç.Ç Sem falar que não sabia muito bem o que escrever ç.ç Por isso, a primeira parte foi mais para você, como narrador, entender mais ou menos como o meu personagem se sente em relação ao irmão dele e qual o verdadeiro objectivo dele, apesar de que ficou meio... a segunda parte do post, eu apenas narrei tendo como base o que o narrador da aventura anterior tinha já narrado... Por isso que descrevi "um pouco" da atmosfera e cenário na igreja/capela. :(  Sorry qualquer erro! Já o tesouro, como foi "cancelado" a existência dele pode dizer que alguém já o adquiriu ou assim xD

Bem, novamente, desculpa o post fraco! E irei mandar uma MP com os objectivos da aventura ^^ E já mandei o pedido no discord #^.^#



Legenda:
– Pensamento – - #99FFFF
– Fala – - #0099ff + b
~ Canto/Cantar ~ - #0099ff + blur

Thanks Panda

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:

[ ] Ganhar uma Meitou; (ノ≧∀≦)ノ
[ ] Ter Haki; (╯✧∇✧)╯
[ ] Caçar 10 Recompensas; ヾ(〃^∇^)ノ♪
[ ] Caçar [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]; (۶ꈨຶꎁꈨຶ )۶ʸᵉᵃʰᵎ

Voltar ao Topo Ir em baixo
Punk
Pirata
Pirata
Punk

Créditos : 13
Warn : O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  10010
Masculino Data de inscrição : 01/07/2013
Idade : 27
Localização : No barco

O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Empty
MensagemAssunto: Re: O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados - Parte I    O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  EmptySex 15 Set 2017, 19:01



A Capela

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Uma estrutura sombria construída por um padre, o mesmo vem de uma linhagem de ferreiros. Construído quando os marinheiros ainda confessavam seus crimes, esta não era uma estrutura ligada a marinha ou governo, mas um templo erguido para qualquer um que quisesse pagar tributo à Kalashinikov. Ele guarda grande relíquia de ícones sagrados em seus tesouros, uma arma poderosa que em mãos erradas poderia fazer um grande estrago. Para facilitar uma grande comunidade de adoradores de Kalashinikov, o templo tinha em adição prometer perdão aos crimes das pessoas, garantindo também a entrada ao paraíso dos mortos, para isso os familiares pagavam moeda de ouro. De forma que a fé pudesse se espalhar com facilidade.

E por muito tempo, o templo prosperou. Lentamente, entretanto, as relações entre os fiéis de Kalashinikov deterioraram-se. Sacerdotes ofendiam-se uns aos outros, templos “inferiores” cresciam invejosos daquele de Shells. Muitos dos Marinheiros fiéis pararam de ir confessar seus pecados, considerando a si próprios como as “verdadeiras” leis, e buscaram desencorajar todos os outros, ou pelo menos os colocarem em posições inferiores, negando a eles acesso às maravilhas dos templos.

Esta foi a ira de Kalashinkov? Uma maldição lançada pelo sacerdote dos quais haviam escapado há tanto tempo? Ou simplesmente uma catástrofe natural sem grandes significados? Ninguém pode dizer. Qualquer que seja o caso, algum tempo atrás, a pacata shells town foi atingida por um terremoto. Porções dos caminhos ao tesouro desfeito, danificando várias câmaras da capela, só o próprio sacerdote agora sabia chegar ao seu tesouro. Apavorados, os sacerdotes e os fiéis agarraram seus tesouros e ícones sagrados – pelo menos a maioria deles – porém, morreram com explosões de algumas minas.

Uma vez que isso aconteceu ficar só, Kalashinkov decidiu que este foi o melhor caminho. Pela difusão dos fiéis, ele permitiu ao povo de Shells que eles construíssem seus próprios santuários, e o ciúme que arruinou o sacerdócio enfraqueceria. Embora ele lamentasse a perda da grande (enriquecimento), e aquela grande quantidade de tesouro ainda se encontra guardada com o mesmo. Depois de alguns anos, um pequeno grupo de adoradores (maioria) pecadores, mas também com membros de outros grupos conhecido como Revolucionários – retornaram a Capela. O que eles querem não há como saber, o que se sabe é que sempre eles vão para confessar algo. Há verdade é que ninguém sabe o que os Revolucionários querem, pois, o mundo ainda aguarda uma resposta, porém, se algo ali interessa eles, pode ter certeza que muitas surpresas viram.

Este templo não oferece muito lugar a cada devoto, mas garante algum espaço pessoal e um ambiente sombrio. Os bancos de madeira distribuídos pelo chão de pedra são para o conforto dos peregrinos aguardando a sua vez. Ela é feita para ser um lugar onde estranhos possam se encontrar e interagir, e descobrir o que eles têm em comum. Também para que possam confessar seus pecados, as paredes ah inúmeros desenhos e coisas escritas em diferentes tipos de línguas, alguns deses desenhos são assustadores. Aparentemente é notável que alguns refere-se a morte, porém, Hinzumy com toda a genialidade que possui não consegue decifra-los.

O garoto despedia de seu pet, que sentava ali no chão com o propósito de esperar, então Mayan começa a subir aquela longa escadaria, com os seus bracinhos não muito proveniente de força física. Fazia um grande esforço em cada barra que iria subindo, a cada barra iria desgastando ainda mais o civil. Depois de muito esforço e tempo conseguia chegar até a última barra, estava quase desmaiando já, porém, em fim viria a satisfação finalmente chegaria até o tesouro, sentia que estava cada vez mais próximo, porém, no momento não se sentia muito bem fisicamente.

Não sabia se era algo de sua cabeça, ou se era alguma ilusão, porém, podia olhar um velho senhor caído no chão, talvez o guardião havia sido derrotado. Sua cabeça e seu corpo nesse momento doía muito por todo o esforço feito então podia ouvir uma voz vinda de fundo, era uma voz conhecida que dizia:

— Yoo, Já tem um tempo não é? Sinto você como um brinquedinho na palpa da minha mão, fraco e indefeso.


A escuridão ao fundo revelaria uma grande surpresa nada mais que Yami, seu adorado irmão. O mesmo estava sentado em cima do baú seu olhar era firme, naquele momento parecia não demonstrar nenhuma compaixão. E agora era realmente Yami quem estaria ali, ilusão de sua cabeça, as coisas pareciam tão real, a voz, só o comportamento do mesmo que não. Porque Yami veio atrás do tesouro? No momento poderia-se dizer que eram perguntas sem respostas o Mayan faria? Então Yami levantou e disse:

— Já estou cheio de você, prepare-se irmão eu vou com tudo para cima.

Seria um sonho? Se sim, estaria começando um grande pesadelo o que o aventureiro faria agora?


OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mizushiro Hizumy
Revolucionário
Revolucionário
Mizushiro Hizumy

Créditos : 2
Warn : O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  10010
Masculino Data de inscrição : 12/11/2014
Idade : 19
Localização : Cactus Island

O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Empty
MensagemAssunto: Re: O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados - Parte I    O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  EmptySex 15 Set 2017, 23:10



~ Reencontro Doloroso  ~


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Post: 02






A escadaria parecia-lhe elevar-se tão infinitamente, que perguntava-se se o quão a torre da capela seria mais acima dos demais edifícios da cidade. E a cada barra que ia subindo, com um esforço exaustivamente descomunal sob seus braços e pulsos e mãos, que as vezes escorregavam devido aos suores ou as dores, era como que se a subida estivesse apenas a ficar mais e mais difícil. Como que se o seu peso aumentasse a cada degrau escalado.

 - por favor… suportem só mais um pouco… por favor… - Fitando o longínquo com seus olhos cansados, de pestanas pesadas e molhadas de suor, obrigando-o a fechar os olhos por longos períodos, quase como que se tivessem sob um feitiço matreiro de sonolência, intentava contra-argumentar com seus membros fadigados e trémulos de dor. só mais um pouco… - Dizia a si mesmo. - … eu sei que estamos próximos… consigo senti-lo… não desistam ainda… - Pueril, sua voz ia saindo em meio de suspiros cansados e falhos. Sua respiração sentia-se mais pesada, talvez não pela altitude, que não seria alta o suficiente para tal, mas devido ao esforço físico.

   Prestes a terminar a subida, sua visão começou-lhe a falhar. Borrões brancos, e imagens distorcidas começaram-lhe a afectar a mente. Quase como ilusões. Sentia-se como que se estivesse febril. Quente, com o rosto avermelhado. Era preciso apressar-se, ou sabia que acabaria por desmaiar e cair.  Só mais uma…  Bhaãa…!! Suspiraria, finalmente, deitando o seu corpo minúsculo, todo encharcado e quente, na superfície da torre. Seus braços estendidos à frente do seu corpo, ardiam e estrebuchavam como nunca.
   
Fazendo um último esforço, puxava os braços para perto do corpo e com eles, se levantava. Foi então que vislumbrou algo que o aterrorizara, deixando sem reacção. O corpo de um homem caído alguns metros à sua frente. Naquele instante, fez-se um silencio ensurdecedor em sua mente. Não havia nenhum som a não ser o lento e profundo batimento do seu pequeno coração agitado.

- … o… -

Seus lábios moveram-se, mas ruído algum se fez.  Estava assustado. Aquela era a segunda vez que via um corpo morto. Frio e sem vida. Um casco vazio.  À tona vir-lhe-iam como “flashes” a memória dos corpos de seus falecidos pais e o dia em que morreram. Fazia já quatro anos, mas ainda se lembrava dos gritos agonizados de sua mãe intermediados pelas tosses, enquanto que seu delicado corpo era queimado pelas labaredas. O cheiro horrível de seus corpos e a alegria acompanhada das gargalhadas da plebe que àquela atrocidade assistia como que se fosse tudo um tão normal e divertido espectáculo no Coliseu.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

 Lentamente, seus olhos se cruzaram com a imagem ao fundo, do outro lado da sala. E então, todo o seu corpo perdera ali as forças que o mantivera de pé, caindo primeiro sobre os próprios joelhos, e por fim, no solo gélido. De seus olhos, uma cocheira irritante e uma sensação de ardor profundo começaram a exalar, e como um frágil reflexo espelhando o oceano ao luar, se desfizeram em lágrimas singelas e puras. De sua maneira, lindas.

 — Yoo, Já tem um tempo não é? Sinto você como um brinquedinho na palpa da minha mão, fraco e indefeso.

  Simplesmente não podia acreditar em seus olhos, sequer em sua boa audição. - … nii… san..? .. por..que… ?!... - Frágil como a cerâmica mais pura e preciosa já moldada, seu coração pulsava entre uma tormenta de dúvidas, incertezas e tristezas. Era lhe difícil pronunciar-se, recordar-se das palavras que treinara tantas vezes com convicção para quando estivesse naquela situação. Cara à cara com seu irmão. Por meio do sufoco e aperto, apenas alguns sons ecoaram em gaguez suspirada de sua garganta dominada pela pressão e asfixia. - ..d…diz..me…é... m-me...n...tira… -

 Recusava-se a acreditar no que todo aquele cenário lhe propunha. O seu irmão, um assassino?! Isso era impossível! Havia uma explicação lógica por trás daquele corpo! – Tem de haver…! – Olhar em seus olhos era, naquele momento, como se estivesse cativo em algum tipo de feitiço cruel. Não conseguia desviar o olhar da imagem que reflectia o seu tão amado Yami. E isso o deixava assustado. O olhar em seus olhos não era o mesmo de outrora. Não era o olhar feliz de quando seus pais estavam vivos, ou sequer o olhar triste e sem esperança de há dois anos atrás. Era um olhar completamente novo e assustador.

 Yami.. nii-san… porque… ? … porque estou com medo….  do meu irmão…?!



 Murmuraria baixinho, fitando-o com lágrimas a escorrer-lhe pela face corada e desgostosa.  - .. nii-san… o … nhum! – Estremeceria por um segundo, com medo, esquivando o olhar pela primeira vez desde que lhe houvera visto. - .. o que fazes aqui, nii-san?...– Seus olhos repletos de medo voltariam a encarar os de seu irmão.

— Já estou cheio de você, prepare-se irmão eu vou com tudo para cima.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

 Ouvindo aquela maneira rude de falar-lhe, e o que aquelas palavras significavam, um arrepio enorme percorreu-lhe o corpo, e as lágrimas começar-lhe-iam a correr soltas, aflitas e desesperadas. O que estás a dizer, Yami-nii-san?! Porque estás a agir tão estranho??! Sou eu, Hizumy!! Não te lembras e mim?! Já não gostas mais de mim?! Foi por isso que me deixaste para trás??

 Levantando a sua voz o mais alto que conseguiria, apesar de não ser muito alto e estar ainda abafada pelo choro e soluços, o pequeno transmitia em seu semblante uma expressão de surpresa, confusão, solidão, tristeza e raiva, tudo de uma só vez.  

  Cabisbaixo, as gotas salinas não paravam de escoar de seus azuis olhos avermelhados nas bordas. Nada daquilo fazia sentido. Não percebia nada do que estava a acontecer. Sentia-se sufocado, sem ar, esmagado por um martelo gigantesco e invisível que lhe apertava o peito. E se Yami continuasse a falar fosse o que fosse, ou a aproximar-se do menino, Hizy estremeceria por um segundo apenas, e depois, mordendo o humedecido lábio inferior, procuraria encontrar coragem e forças o suficiente para se erguer, mesmo que de forma desajeitada. E de pé, ainda com as lágrimas pingando como uma torneira aberta, olharia convicto para o rosto de seu tão amado irmão, e negando-se a acreditar naquela atitude agressiva que Yami estava a ter, correria em sua direcção, de braços abertos.

  Se conseguisse se aproximar o suficiente do mais velho dos Mayans, envolvê-lo-ia em seus bracitos, apertando-o o mais forte que conseguisse em um abraço caloroso e aflito, quase que o suplicando para parar com tudo aquilo. – Yami-nii-san! Por favor! Pará de agir de forma tão estranha! Por favor! Eu não me importo que você tenha feito coisas erradas… só volte a ficar comigo! – Não o conseguindo abraçar, tentaria agarrá-lo em uma das mãos, a que estivesse mais próxima. Se o conseguisse, apertá-la-ia confortavelmente com ambas as suas mãozinhas delicadas e tentaria sentir o calor do seu corpo. Se seu irmão mais velho o tentasse chutar, avançaria contra a perna, e tentaria as abraçar, sempre de forma inocente, sem qualquer sinal de maldade, vontade de lutar ou maldade. Era impossível sentir qualquer sentimento de hostilidade para com aquele que era a sua única família. A pessoa que mais amava. Sequer uma pequena gota. Tudo o que podia sentir, e não o conseguia esconder, era o medo daquela nova faceta que Yami lhe mostrava. Medo de o perder novamente. Medo de nunca mais voltar a vê-lo. E o amor que ainda sentia por ele, e que sempre sentiria.  

 
__________________________________




Histórico:

Post: 02
Ganhos: -X-
Perdas: -X-
Total de $Berries: 7.000$B
Bónus:
Players:
NPC's:
HP: 120/120
SP: 62/62

Vantagens: Genialidade | Aerodinamicidade | Voz Encantadora | Boa Aparência
Desvantagens: Código dos Heróis | Coração Mole | Trauma Profundo
Citação :
Sempre que vê ou ouve algo relacionado aos tenryuubitos entra em estado de choque, por serem eles os responsáveis pela morte de seus pais, e por acreditar  que os próprios são a origem de todo o mal existente no mundo. Fica tão paralisado que a única coisa que pode fazer é fugir amedrontamente, de forma bem devagar. Até mesmo estátuas ou gravuras de dragões orientais a voarem o deixam ligeiramente incomodado, desconfortável e nervoso.

Perícias: Instrumentos Musicais| Doma | Treinamento
Ofício: Artista

Pet:
Animal Comum:
 



...


Para o Narrador, Hizy escreveu:
Espero que tenha melhorado um pouco a qualidade :c  Tentei fazer o melhor possível! Infelizmente, não posso criar situações de combate xD  E eu tento narrar muito as sensações e sentimentos do meu char, se isso for um problema é só dizer que eu tento diminuir ^^

Legenda:
– Pensamento – - #99FFFF
– Fala – - #0099ff + b
~ Canto/Cantar ~ - #0099ff + blur

Thanks Panda

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:

[ ] Ganhar uma Meitou; (ノ≧∀≦)ノ
[ ] Ter Haki; (╯✧∇✧)╯
[ ] Caçar 10 Recompensas; ヾ(〃^∇^)ノ♪
[ ] Caçar [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]; (۶ꈨຶꎁꈨຶ )۶ʸᵉᵃʰᵎ

Voltar ao Topo Ir em baixo
Punk
Pirata
Pirata
Punk

Créditos : 13
Warn : O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  10010
Masculino Data de inscrição : 01/07/2013
Idade : 27
Localização : No barco

O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Empty
MensagemAssunto: Re: O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados - Parte I    O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  EmptyTer 19 Set 2017, 15:19



Narração

Yami, não mostrava nenhum remorso e partia para cima de seu irmão, enquanto o mesmo levantava sua voz para falar com ele. Um soco em cheio era acertado na barriga de Hizumy, que logo caia para trás, era um golpe forte. Dói talvez mais por dentro do que o próprio soco, em seguida o rapaz a um tom bem alto e agressivo disse:

— É claro que me lembro... Você continua choramingando demais, já estou cheio de suas lágrimas!!!!!!

Yami continuava a golpear Hizumy e mesmo recebendo vários golpes o mesmo continuava a se levantar, enquanto lágrimas desciam sobre seus olhos. Talvez naquele momento a dor das pancadas já não doíam mais, era outro tipo de dor que o rapaz sentia. Enquanto Hizy implorava para que o mesmo lembra-se do irmão gentil que sempre foi, porém, a única coisa que recebia era a hostilidade, talvez até um pouco mais que isso, sim, ódio. Já não era mais a mesma pessoa que conheceu até dois anos atrás, era totalmente diferente, Hizy caia no chão exausto e dolorido, seu corpo estaria deitado ao lado do velho, enquanto ouvia as seguintes palavras de seu familiar.

— Você é fraco, muito fraco, jamais conseguirá sobreviver se eles vierem atrás de você. Eu não posso ajudá-lo. Não venha atrás de mim, me esqueça... Não quero um peso como você.

Os olhos de Mizushiro estava quase fechando, seu corpo ali deitado estava todo dolorido, porém, ainda com muita dificuldade conseguia ver seu irmão partir. Não sabia se era real ou ilusão jamais antes de dar as costas Hizumy podia observar Yami chorar lágrimas de sangue, na sequência lentamente seus olhos fechavam. Não ouve um só abraço, aperto de mão, única coisa teve foi ainda mais dor e sofrimento, era um adeus? Quem sabe? Foram golpes terríveis que não só machucaram fisicamente como mentalmente como o pequeno civil agora ira lidar com toda essa situação.

Sentia uma claridade enorme batendo em seu rosto, acordava em um lugar aparentemente deitado em uma cama e ali era observado por um garoto. O mesmo tem cabelo branco azulado despenteado, sobrancelhas finas, olhos com cor de âmbar, e uma pele pálida. Seu traje é composto por uma (camisa) quimono folgada, de dois tons e com mangas esvoaçantes, amarrada por um cinto Ono grosso estilizado, junto com isso, ele usa um par de calças de cor clara, e sandálias shinobi de comprimento longo. Aparentemente um ninja.

é o ninja:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mizushiro Hizumy
Revolucionário
Revolucionário
Mizushiro Hizumy

Créditos : 2
Warn : O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  10010
Masculino Data de inscrição : 12/11/2014
Idade : 19
Localização : Cactus Island

O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Empty
MensagemAssunto: Re: O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados - Parte I    O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  EmptySeg 25 Set 2017, 14:09



~ O Jovem Ninja ~


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Post: 03


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



J á não podia mais. O pequeno varão mal se aguentava de pé. Ferido, com sua graciosa pele toda roxa dos murros e pontapés que seu irmão tão impetuosamente desferia, com sua carne toda dolorida e amassada, com o sangue a escorrer-lhe. Já não conseguia mais manter-se de pé. E por fim, depois de tantas e tantas vezes se levantar e tentar trazer de volta a razão à Yami, caia no chão, derrotado.

  Estava quente. Todo o seu corpo fervia, queimando-o. Sequer as lágrimas escorriam mais, já esgotadas. E apesar da tremenda dor que sentia por todo o corpo, o que mais lhe doía era o peito. Eram as palavras cruas e severas de Yami. Não podia… Não queria acreditar que aquela fosse a voz do seu irmão. Que aquele era o garoto que sempre estivera lá para ele, que sempre o houvera protegido dos males.

 — Você é fraco, muito fraco, jamais conseguirá sobreviver se eles vierem atrás de você. Eu não posso ajudá-lo. Não venha atrás de mim, me esqueça... Não quero um peso como você.

    - Nii-san… ? – Sem energia e forças, tudo o que conseguia fazer naquele instante era perguntar-se mentalmente acerca das palavras de Yami. Não entendia quem viria atrás dele. Mas entendia o porque do seu irmão não o querer mais. - … Nii-san… por favor… eu … eu prometo… ficarei mais forte… então.. por.. favor.. não me deixe! … - As lágrimas voltariam-lhe a escorrer.  Sua visão, cansada, já não enxergava muito bem. E por um momento, uma ilusão formou-se. Do semblante sério de Yami, um singelo fio de lágrima avermelhado escorrera. – Nii-san… - Antes que pudesse pensar ou murmurar qualquer sussurro, seus olhos se fecharam.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

   Aos poucos, o jovem celestial ia recuperando a consciência, despertando do seu sono sem sonhos. Estava deitado. A cama em que repousava era-lhe desconhecida, e o teto que o protegia um estranho.  

     
- AAAHHHH!!!! –

 Levantando-se rapidamente, pondo-se sentado na cama e puxando o lençol para si, assustara-se com o rosto do garoto que o observava. – ai! ai! ai! ai! – Murmuraria logo de seguida. Todo o seu corpo ainda estava dolorido e qualquer movimento brusco o lembrava de surra que havia levado. - … Desculpe… Mas, quem é você? – Olharia por um momento em redor, tentando observar com atenção o local onde estava. – E que lugar é este? – Abaixaria os olhos enquanto que o garoto fosse falando, recordando-se do seu reencontro com Yami.

  Olharia novamente para cima, fitando o rosto do desconhecido enquanto o escutava. Nunca havia visto ninguém como ele, ou que se vestisse como ele. Seus cabelos eram tão brancos e despenteados que o faziam pensar em pequenos traços de nuvens no céu. E a cor de seus olhos o lembravam o mel. Parecia ser alguém simpático. - Obrigado... - Diria em um tom baixo. Olharia por um segundo seus braços e tronco, e se estivessem enfaixados, agradeceria novamente, mas tentando sorrir. - Obrigado...! -

- Por acaso você não viu mais ninguém, quando me encontrou? - Perguntaria, brincando com os dedos no lençol, esperando por uma resposta que o pudesse dar pistas sobre o paradeiro de seu irmão.




__________________________________




Histórico:

Post: 03
Ganhos: -X-
Perdas: -X-
Total de $Berries: 7.000$B
Bónus:
Players:
NPC's:
HP: 120/120
SP: 62/62

Vantagens: Genialidade | Aerodinamicidade | Voz Encantadora | Boa Aparência
Desvantagens: Código dos Heróis | Coração Mole | Trauma Profundo
Citação :
Sempre que vê ou ouve algo relacionado aos tenryuubitos entra em estado de choque, por serem eles os responsáveis pela morte de seus pais, e por acreditar  que os próprios são a origem de todo o mal existente no mundo. Fica tão paralisado que a única coisa que pode fazer é fugir amedrontamente, de forma bem devagar. Até mesmo estátuas ou gravuras de dragões orientais a voarem o deixam ligeiramente incomodado, desconfortável e nervoso.

Perícias: Instrumentos Musicais| Doma | Treinamento
Ofício: Artista

Pet:
Animal Comum:
 



...


Para o Narrador, Hizy escreveu:
Desculpa pela demora, foi uma semana complicada Ç.Ç E desculpa pelo post pequeno e pelos possíveis erros! (TT.TT) Se tiver qualquer observação que queira apontar, não hesite! Eu sei que ainda tenho um longo caminho para melhorar a minha narração ˚‧º·(˚ ˃̣̣̥᷄⌓˂̣̣̥᷅ )‧º·˚

Legenda:
– Pensamento – - #99FFFF
– Fala – - #0099ff + b
~ Canto/Cantar ~ - #0099ff + blur

Thanks Panda

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:

[ ] Ganhar uma Meitou; (ノ≧∀≦)ノ
[ ] Ter Haki; (╯✧∇✧)╯
[ ] Caçar 10 Recompensas; ヾ(〃^∇^)ノ♪
[ ] Caçar [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]; (۶ꈨຶꎁꈨຶ )۶ʸᵉᵃʰᵎ

Voltar ao Topo Ir em baixo
Punk
Pirata
Pirata
Punk

Créditos : 13
Warn : O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  10010
Masculino Data de inscrição : 01/07/2013
Idade : 27
Localização : No barco

O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Empty
MensagemAssunto: Re: O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados - Parte I    O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  EmptyQua 11 Out 2017, 05:09



Narração

O rapaz com roupa ninja não mudava sua expressão, era sempre calma e Hinzy logo buscava por informação. A voz do garoto de cabelo branco e azulado era um tom suave, encantadora. Uma voz que consola os que perderam e traz esperança para aqueles que não tem, as palavras que saiam de seus lábios respondendo as perguntas do civil foram.

— Meu nome é Goemon, eu sou um ninja! Aqui é uma pousada, fique tranquilo você não tem nenhum machucado grave, o médico que encontrou você comigo, disse que ficará bem.

Olhando melhor notava que estava em um quarto simples, não tinha muita coisa, parecia uma pousada um pouco pobre. Os moveis apesar do lugar ser bem simples eram bem limpos, conseguia notar uma mesa próximo a sua cama em cima uma garrava com água. A janela estava fechada, pois, se aberta a iluminação bateria diretamente em seu rosto. Mayan podia perceber que seus ferimentos haviam sido todos tratados e em cima da mesma também conseguia observar vários papéis. Talvez ainda curioso sobre seu irmão, questionava o shinobi se havia visto mais pessoas.

— Só encontramos você, pois, se tivesse mais pessoas lá com certeza teríamos cuidado também! Fui mostrar a igreja ao médico, pois o mesmo estava indo atrás de um tesouro, ele se diz ser um caçador de relíquias, porém, parece que dessa vez ele chegou tarde.

Enquanto fala sua expressão nunca muda e seu tom de voz também, sempre se mantendo bem calmo, Goemon começou a revirar um pouco os papéis em cima da mesa, procurando alguma coisa, após um minuto ele parecia encontrar então ele disse:

— Aqui, Alibaba parece ter ido decifrar um mapa já deve está voltando, parece que ele achou um mapa para o perdido arco de robin hood, se você estava naquele local onde te encontramos com certeza você foi lá atrás do tesouro. (Disse mostrando ser uma pessoa bem inteligente.)

off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mizushiro Hizumy
Revolucionário
Revolucionário
Mizushiro Hizumy

Créditos : 2
Warn : O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  10010
Masculino Data de inscrição : 12/11/2014
Idade : 19
Localização : Cactus Island

O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Empty
MensagemAssunto: Re: O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados - Parte I    O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  EmptyDom 19 Nov 2017, 19:22



~  ~


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Post: 04


Deixando os ombros descaírem, um suspiro trêmulo e pesado exalaria. O rosto tristonho encarava o garoto, forçando um sorriso falso de quem queria transmitir a ideia de que estava tudo bem, quando na realidade não estava. Por um curto momento, o silêncio fez-se no humilde quarto da taberna. E durante esses poucos segundos em que o jovem de pele albina virou-se à procura de alguns papéis, o pequeno caminhante errante se perguntava no que faria agora.  O que Yami havia dito, apesar de cruel, era verdade. Era fraco. Com a força que tinha não conseguiria fazer nada por si só. Contudo, mesmo sabendo disso, por meio das várias emoções que sentia sobre aquele reencontro, o que se destacava era a zanga. Não ia tomar às palavras de Yami como verdadeiras. Por si só, iria conquistar a força necessária para o trazer de volta à razão.

— Aqui, Alibaba parece ter ido decifrar um mapa já deve está voltando, parece que ele achou um mapa para o perdido arco de robin hood, se você estava naquele local onde te encontramos com certeza você foi lá atrás do tesouro.

  Balançando a cabeça em negação, Hizy revelaria o porquê de ter ido até a igreja. – No princípio, sim. Mas depois eu descobri que alguém parecido ao meu irmão também estava atrás do tesouro… Então… Não havia como deixar uma pista como essa escapar! – Recuperando o glamoroso brilho de convicção em seus olhos azuis, olharia esperançoso e mais vivo nos olhos de Goemon. – E realmente era o meu nii-chan! Infelizmente, não consegui trazê-lo de volta, mas ainda não desisti! – Sorriria, erguendo o braço esquerdo no ar e o fletindo em gesto de músculo.   – E o melhor treinamento que há é ir atrás de tesouros! Hi! Hi! – Levantando-se da cama, olharia em redor e quando avistasse o que buscava, seu bastão e flauta, caso não estivessem com ele. – Ah! Onde está Shima-chan? – Indagaria, lembrando-se de repente do seu fiel companheiro. – Sabe, Shima-chan é um urso panda assim de grande! – Explicaria, colocando-se em pontas de pé, para ficar maior, e abrindo os braços bem alto e distantes um do outro.

Se em algum momento o médico que Goemon se referia surgisse, o garoto o cumprimentaria curvando ligeiramente a cabeça. – Você deve ser o Alibaba-kun! Muito obrigado por cuidar de mim! – Estenderia suas mãozinhas em direcção ao rapaz. – O meu nome é Hizumy Mizushiro Mayan! Muito prazer! – Diria, esperando uma resposta do mesmo.





__________________________________




Histórico:

Post: 04
Ganhos: -X-
Perdas: -X-
Total de $Berries: 7.000$B
Bónus:
Players:
NPC's: Goemon:
HP: 120/120
SP: 62/62

Vantagens: Genialidade | Aerodinamicidade | Voz Encantadora | Boa Aparência
Desvantagens: Código dos Heróis | Coração Mole | Trauma Profundo
Citação :
Sempre que vê ou ouve algo relacionado aos tenryuubitos entra em estado de choque, por serem eles os responsáveis pela morte de seus pais, e por acreditar  que os próprios são a origem de todo o mal existente no mundo. Fica tão paralisado que a única coisa que pode fazer é fugir amedrontamente, de forma bem devagar. Até mesmo estátuas ou gravuras de dragões orientais a voarem o deixam ligeiramente incomodado, desconfortável e nervoso.

Perícias: Instrumentos Musicais| Doma | Treinamento
Ofício: Artista

Pet:
Animal Comum:
 



...


Para o Narrador, Hizy escreveu:
Post bem simples, mas estou "voltando" só agora a postar xD Depois envio os meus novos objectivos para a aventura por MP xD


Legenda:
– Pensamento – - #99FFFF
– Fala – - #0099ff + b
~ Canto/Cantar ~ - #0099ff + blur

Thanks Panda

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:

[ ] Ganhar uma Meitou; (ノ≧∀≦)ノ
[ ] Ter Haki; (╯✧∇✧)╯
[ ] Caçar 10 Recompensas; ヾ(〃^∇^)ノ♪
[ ] Caçar [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]; (۶ꈨຶꎁꈨຶ )۶ʸᵉᵃʰᵎ

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ainz
Civil
Civil
Ainz

Créditos : 2
Warn : O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  10010
Data de inscrição : 10/11/2017

O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Empty
MensagemAssunto: Re: O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados - Parte I    O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  EmptyDom 26 Nov 2017, 08:11



O pequeno Hizy parecia recuperado e pronto para novamente correr em busca de seus objetivos, afinal, passara algum tempo sendo tratado. Mais tempo do que ele possa imaginar. Encontrou seu bastão ao pé de uma escrivaninha, recostado sobre ela, e sua flauta sobre o móvel, pegou ambas e agora questionava-se sobre o paradeiro de seu nobre companheiro, Shima. – Ah, o panda. Ele está la fora, devia ter visto como chorava perto de sua cama enquanto estava desacordado, o doutor ficava de coração partido com a cena. Cuide bem do seu amigo, animais são bem mais sinceros que humanos. – Goemon disse, se encostando na parede do quarto.

– Goemon?! – o médico exclamou, procurando o jovem ninja. Entrou pelo quarto e deu de cara com seu paciente.  – Você deve ser o Alibaba-kun! Muito obrigado por cuidar de mim! – disse o pequeno. Alibaba sorriu ao ver o garoto aparentemente bem – Não há de quê meu jovem – cumprimentou o jovem. – Você disse estar atrás de tesouros, é isso? Ao que parece, a marinha está procurando por um bando de piratas que alegou ter achado um mapa do tesouro, quem sabe você consiga ser escalado para a incursão, se quiser unir-se a marinha – o ninja parecia bem informado, provavelmente era bom em obter informações do submundo. – Não morra quando estiver lá fora, Hizumy Mizushiro Mayan! – abriu um sorriso e saiu do cômodo, esperava que o rapaz, que já aparentava uma ansiedade para voltar a caçar tesouros, partisse assim que ouvisse a mensagem.


Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mizushiro Hizumy
Revolucionário
Revolucionário
Mizushiro Hizumy

Créditos : 2
Warn : O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  10010
Masculino Data de inscrição : 12/11/2014
Idade : 19
Localização : Cactus Island

O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Empty
MensagemAssunto: Re: O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados - Parte I    O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  EmptyDom 26 Nov 2017, 19:08



Happy Trail


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Post: 05


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Seus lábios abriram um sorriso resplandecente e animado com aquela notícia.  Uma nova caçada ao tesouro era o que ele mais precisava naquele momento! Não havia melhor maneira de se fortalecer do que enfrentar os perigos da Mãe Natureza numa aventuresca caçada! – Obrigado, pela informação, Goemon-kun! – Exclamaria eufórico ao ver o garoto sair do quarto. – Mais uma vez, muito obrigado, Alibaba-san! – Voltando-se para o médico, agradecê-lo-ia novamente segurando em suas mãos e as tentando sacudir rapidamente.  – Agora tenho que ir! Até uma próxima vez! – Largando as mãos que o haviam salvado, voltar-se-ia para a saída e começaria a correr. – Bye bye! – Diria, erguendo o braço e o baloiçando em despedida.

  Aquela notícia houvera feito o seu sangue fervilhar e o seu peito saltitar de animação. Era incrível como em tão pouco tempo, já se havia recuperado e ultrapassado o triste reencontro com seu irmão. – Não que tenha esquecido das duras palavras de Yami-nii-sama! – Pensava consigo mesmo enquanto caminhava para a entrada da estalagem, onde esperava encontrar seu fiel companheiro. – Mas é exactamente por aquelas palavras serem verdade que devo ficar mais forte! Só assim trarei meu irmão de volta para casa! –

  Quando o vislumbre do panda caísse na mira dos seus tão azuis e límpidos olhos, o menininho correria até ele e o abraçaria com todas as suas forças. Shima-chan!! Esfregaria o rostinho nos pelos fofinhos do animal, contente, de bochechas rosadas. – Desculpa se te preocupei, mas está tudo bem agora! Além disso, tenho uma notícia muito boa! A Marinha está recrutando pessoas para uma caçada! Essa é a nossa oportunidade! Hi! Hi! – Falaria numa explosão de palavras desenfreada. – Se preparem, pois aqui vamos nós!  – Apontando para a saída, desafiaria o destino ambíguo que o aguardava assim que colocasse seus pés para fora daquele lugar.

 E seria com um grande pulo para o exterior que recomeçaria aquela jornada. Animado e genuinamente feliz, como habitual. Inspiraria fortemente o ar do local, esperando absorver os aromas naturais. – Oh! Me desculpe… poderia indicar-me qual o caminho mais rápido até ao quartel dos marinheiros? – Perguntaria ao primeiro adulto que avistasse nas proximidades. – Muito obrigado, tio(a)! – Agradeceria com um leve riso encantador nos lábios gentilmente pintados de vermelho, correndo na direcção indicada.  Caso não obtivesse a resposta na primeira, ou mesmo na segunda ou terceira pessoa que perguntasse, responderia sempre com um sorriso gentil no rosto: - Não faz mal! E obrigado! – A resposta não mudaria, mesmo que a pessoa reagisse de forma nada educada.

    Chegando ao quartel, admirado pela grandeza da estrutura militar, pelo menos do seu ponto de vista, deixaria um surpreendido - WOOOW!!! suspiroso fugir-lhe da boca aberta. – Então este é o Quartel da Marinha?! É tão grande e… tão... azul?! He! He! He! Exactamente como eu! Ha! Ha! Ha!  – Gargalharia olhando para o seu amigo. – Vamos, Shima-chan! Vamos ver como é o interior! – Com a flauta à volta do pescoço por um fio, e o bastão na mão direita, caminharia até ao balcão.

– Olá! – Diria, colocando as mãozinhas e os braços sob o balcão, espreitando para cima se o mesmo fosse mais alto que ele. – Eu e o meu amigo gostaríamos de entrar na Marinha! E também queremos fazer parte da excursão que irá atrás do tesouro! Hi! – Terminaria, ansioso, com um semblante risonho.


__________________________________




Histórico:

Post: 05
Ganhos: -X-
Perdas: -X-
Total de $Berries: 7.000$B
Bónus:
Players:
NPC's: Goemon:
HP: 120/120
SP: 62/62

Vantagens: Genialidade | Aerodinamicidade | Voz Encantadora | Boa Aparência
Desvantagens: Código dos Heróis | Coração Mole | Trauma Profundo
Citação :
Sempre que vê ou ouve algo relacionado aos tenryuubitos entra em estado de choque, por serem eles os responsáveis pela morte de seus pais, e por acreditar  que os próprios são a origem de todo o mal existente no mundo. Fica tão paralisado que a única coisa que pode fazer é fugir amedrontamente, de forma bem devagar. Até mesmo estátuas ou gravuras de dragões orientais a voarem o deixam ligeiramente incomodado, desconfortável e nervoso.

Perícias: Instrumentos Musicais| Doma | Treinamento
Ofício: Artista

Pet:
Animal Comum:
 



...


Para o Narrador, Hizy escreveu:
Não faz mal! E foi um bom post inicial! ^^ Estarei contando contigo! E peço desculpas pelo meu post! Tentarei ir melhorando ao longo da aventura, por isso, se tiver dicas de narração, esteja a vontade para dá-mas, pois eu as aceitarei com muito grado! XD Além dos objectivos que eu te disse por MP, se puder ser, eu também gostaria de comprar/receber uma bolsa ^^  


Legenda:
– Pensamento – - #99FFFF
– Fala – - #0099ff + b
~ Canto/Cantar ~ - #0099ff + blur

Thanks Panda

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:

[ ] Ganhar uma Meitou; (ノ≧∀≦)ノ
[ ] Ter Haki; (╯✧∇✧)╯
[ ] Caçar 10 Recompensas; ヾ(〃^∇^)ノ♪
[ ] Caçar [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]; (۶ꈨຶꎁꈨຶ )۶ʸᵉᵃʰᵎ

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Empty
MensagemAssunto: Re: O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados - Parte I    O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados  - Parte I  Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Segredo dos Mayans e Tesouros Desvendados - Parte I
Voltar ao Topo 
Página 1 de 4Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Shells Town-
Ir para: