One Piece RPG
First Act - Página 7 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» LightPoint!Os herois e amigos se reunem novamente!
First Act - Página 7 Emptypor Noah Hoje à(s) 08:53

» Cap 4: O Silêncio dos Inocentes
First Act - Página 7 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 04:42

» [Mini- Yoru] Aula de kenjutsu!
First Act - Página 7 Emptypor Yoru-san Hoje à(s) 04:00

» I - As rédeas de Latem City!!
First Act - Página 7 Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 01:42

» Ficha Saito Hiraga
First Act - Página 7 Emptypor Saito Hiraga Hoje à(s) 01:38

» X - Some Kind Of Monster
First Act - Página 7 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:24

» Chapter I: Seafret - Oceans ♪♫♪
First Act - Página 7 Emptypor Nolan Hoje à(s) 01:09

» [Ficha] - Koji
First Act - Página 7 Emptypor Proto_ Hoje à(s) 00:24

» Making Wonderful Land a Real Wonder
First Act - Página 7 Emptypor Achiles Ontem à(s) 23:14

» [MINI-Subaé] OXE! agora a aventura começa mesmo!
First Act - Página 7 Emptypor Subaé Ontem à(s) 22:44

» [Mini-DarkJohn] O começo de algo
First Act - Página 7 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 22:07

» A primeira conquista
First Act - Página 7 Emptypor Nolan Ontem à(s) 22:01

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
First Act - Página 7 Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 21:46

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
First Act - Página 7 Emptypor Shogo Ontem à(s) 20:31

» [M.E.P-DarkJohn] O começo de algo
First Act - Página 7 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 20:12

» Mini- aventura de Saito Hiraga
First Act - Página 7 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 20:10

» Hizumy Mizushiro Mayan
First Act - Página 7 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:54

» Takamoto Lisandro
First Act - Página 7 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:50

» Isaac Kalidou
First Act - Página 7 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:49

» Alipheese Fateburn
First Act - Página 7 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:46



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 First Act

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : First Act - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

First Act - Página 7 Empty
MensagemAssunto: First Act   First Act - Página 7 EmptySeg 04 Set 2017, 02:58

Relembrando a primeira mensagem :

First Act

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Alariel. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Alariel
Membro
Membro


Data de inscrição : 01/08/2017

First Act - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 7 EmptySab 21 Out 2017, 02:22

Minata falava um pouco mais sobre Troy, e acabava que a base havia sido atacada recentemente, alem de apresentar para Alariel os bandidos daquela região antes de se despedir e afastar-se.

"Ela não deve se dar muito bem com as pessoas do governo, de toda forma melhor deixar isso de lado por enquanto."
Levaria minha mão ao queixo e começaria a coça-lo com o polegar e o dedo indicador em forma de pinça demonstrando duvida logo quando Minata acabasse de falar sobre o ataque no QG.
-Até que ele não é feio, só deveria ser mais bem humorado u.u
Mas a base foi atacada? Como assim? E por quem? A pessoa deve ter tido um ótimo motivo ou apenas ter sido louca o suficiente.


Me certificaria de encarar muito bem os cartazes para memorizar seus rostos.
-Esguios é? Ao menos eles sabem aproveitar a pequena liberdade que lhes resta,
chega até ser irônico um cara tão grande desses com um adjetivo assim, e essa outra tem uma testa enorme daria para colar outro cartaz só nessa testa kishishi. E que mal lhe pergunte,
qual crime que eles cometeram?

Assim que Minata se despedisse eu acenaria para ela com uma mão dizendo.
-Obrigada por tudo, agora daqui eu me viro sozinha.

Então quando Minata se afastasse eu ficaria parada olhando para o mural vendo se tinha outra coisa que me chamasse atenção então cruzaria meus braços fechando os olhos e inclinando a cabeça para baixo ficando pensativa.
"O que fazer agora? Eu poderia voltar para a hospedaria atras da vovó, mas isso seria gastar tempo a toa ela deve estar ocupada com o concerto.... Talvez ir atras desses dois? Mas,
eles parecem ser noturnos as melhores festas são a noite então é melhor esperar anoitecer, e se eu possuísse armas seria mais fácil... Tambem tem o farol que eu gostaria de ver, mas deixa para outra hora, o melhor agora é ir até a sala do tal Ank.

Assim que terminasse de raciocinar me colocaria a caminhar até a sala de Ank novamente.
-Hey gatinha, vamos atras daqueles dois logo.
-Encontra-los agora seria muito difícil, melhor esperar a noite chegar alem de nos divertimos você pode saciar sua sede.
-Estou ansiosa para caça-los, a noite ainda é muito melhor, mal posso esperar para ver suas expressões de dor.
-É realmente assustador ter você dentro da minha cabeça, não sei como ainda não surtei.
-Cala a boca! Alem do mais eles valem um bom dinheiro, para quem não tem nem 100mil 1milhão e meio é muito.
-Como se o dinheiro importasse para você Lilith, só quer saber de caça-los.
-Awn fedelha, você me conhece tão bem.

Por fim sacudiria minha cabeça ainda caminhando até a sala de Ank.
-Por que ainda perco meu tempo com ela?
E assim que chegasse na porta eu bateria fraco nela com as costas dos dedos médio e indicador, sem me importar se ele estivesse dormindo ou não.
-Ank, Ankzinho, abre a porta por favor.
Se ele não respondesse ou demorasse para abri-la, eu bateria mais forte na porta e diria num tom de voz mais alto.
-Vamos la, é falta de educação deixar uma dama te esperando!
Caso ainda sim ele se recusasse a abrir eu bateria novamente na porta e diria.
-Daqui eu não saio até você me dar atenção, quanto mais rápido você me atender mais rápido se livra de mim!!
E repetiria isso até cansar ou ele decidir abrir.

Se então ele abrisse a porta, eu o olharia de cima abaixo analisando seu perfil, e diria com um sorriso empolgado no rosto.
-FINALMENTE! Achei que ia me deixar esperando a vida toda, serei direta, quero entrar para o governo, se você me ajudar com isso eu te deixo em paz. O que me diz?
Se ele se recusasse eu juntaria as pontas de meus dedos indicadores e empurraria um contra o outro e faria uma expressão triste com voz manhosa.
-Por favorzinho... Sempre foi meu sonho, não precisa nem ser você para me avaliar,
pode mandar outra pessoa, eu entendo que um homem importantes e ocupadas como você estejam sempre cansadas, mas não seja tão malvado... Depois eu até te faço um cafuné e você dormira como um bebe.

"Talvez um pouquinho de bajulação resolva..."


Objetivos:
 

Histórico:
 

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : First Act - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

First Act - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 7 EmptySab 21 Out 2017, 13:46


First Act

Post: 30



Minata tinha ficado calada quanto a base ter sido atacada por não gostar bem das memórias que aquele dia a trazia. Alariel olhava bem os cartazes antes que Minata fosse embora e lhe respondia sua dúvida. - Ataques a marinheiros e furtos. Não há de que. - E a mink se via sozinha mais uma vez naquela cidade enorme e muito bem guarnecida. Olhando bem para os cartazes não se encontravam outras características a não ser aquelas apresentadas em suas fotas, após raciocinar em sua cabeça ela se direcionava para a sala de Ank. Alguns marinheiros tinham lhe visto andar pelo QG antes e não faziam perguntas para ela sobre onde se direcionava.

Não demorava muito e ela chegava até a sala onde não se podia mais ouvir o barulho de ronco, com leves batidas na porta, um ranger de uma cadeira de madeira e passos vindo até ela um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] de bigode longo, cabelos castanhos, com narinas enormes e um óculos sustentado pelo enorme nariz abria a porta. Ele encarava a gata coçando um pouco dos olhos de remela e ainda parecia não entender bem o que via, pois limpava seus óculos na camiseta e escutava a gata dizendo. - Ank, Ankzinho, abre a porta por favor. - antes de ter aberto a porta. A garota falava um pouco alto com ele no começo e abaixava seu tom logo em seguida pela demora do atendimento e fazendo a sua proposta. - Mas fale baixo! Senhorita gata-humana! Não está vendo que isso pode incomodar os outros marinheiros ao redor? - Ao olhar ao redor podia se ver alguns marinheiros assustados com o barulho que a jovem fazia. - Vamos, entre.

Assim que ambos entravam na sala, ele fechava, o homem estava usando um terno preto com uma camiseta social por baixo e uma gravata azul, uma preta e duas botas também pretas. Seus olhos eram fixos na garota debaixo das sobrancelhas grossas e marrons que ele tinha, ele tirava um formulário debaixo da mesa e uma caneta, estendia em sua mesa branca em frente a uma cadeira para a garota se sentar. A sala era bem simples com duas estantes a direita, um criado mudo a esquerda com algumas garrafas de bebida e taças. Um enorme armário de arquivos a frente deles, os tons de azuis compõe a sala em teto, parede e os chãos eram azulejos com branco e azul. Sua mesa branca tinham alguns outros papéis e uma cadeira preta atrás dela onde o agente se sentava, atrás dele tinha uma janela aberta com cortinas estendidas, uma leve brisa vinha da janela aberta dando um ar gostoso para dentro da sala. - Assine o formulário com seu nome e ilha natal.

O formulário haviam um grande texto escrito e um lugar para assinatura e o nome da ilha na parte de baixo, era uma folha simples com uma prancheta atrás.

Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alariel
Membro
Membro
Alariel

Créditos : Zero
Warn : First Act - Página 7 10010
Data de inscrição : 01/08/2017

First Act - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 7 EmptyTer 24 Out 2017, 02:46

Após saber mais sobre os criminosos procurados e se despedir de Minata a felina seguia até a sala de Ank enquanto falava consigo mesma, no caminho alguns marinheiros que já tinham a visto com o capitão passavam por ela mas não se incomodavam em fazer perguntas, e assim que chegava na sala Ank chamava sua atenção e a deixava entrar em sua sala aonde lhe entregava um formulário.

"O esquentadinho tem muita autoridade aqui, os outros marinheiros nem se aproximaram, espero um dia ter toda essa influencia também."
Eu cobriria meus lábios com as duas mãos assim que Ank chamasse minha atenção ficando com um olhar assustado percebendo meu erro.
-Oops... Eu estava muito ansiosa para isso, faz parte de um sonho, peço perdão por isso.
Antes de entrar na sala eu acenaria para os marinheiros assustados demonstrando minha simpatia.
-Desculpinha queridos, não vai acontecer outra vez. Levaria meu dedo indicador ao queixo enquanto olho para cima e falaria baixinho apenas para eu escutar. -Eu espero....
E assim que Ank fechasse a porta eu lhe faria uma pequena cortesia abaixando e inclinando minha cabeça para frente como se fosse uma reverencia respeitosa, enquanto puxo um vestido imaginário lateralmente usando meus dedos, polegar, indicador e médio, dobraria meus joelhos para fora e abaixaria mantendo-me ereta e em seguida voltaria de forma graciosa a minha posição original.
-Cavalheiro, me chamo Alariel e é um prazer conhece-lo.
Logo quando ele me indicasse a cadeira eu me sentaria elegantemente cruzando minhas pernas e ficando com a coluna erguida na cadeira.
Para então começar a ler o contrato sem deixar meu tédio ou desinteresse transparecer.
-Mais e mais burocracia que tédio.... Porem é melhor eu ler isso atentamente para caso tenha algum truque ou erro. E se tivesse algo errado eu o questionaria sem assinar.
Se  estivesse tudo certo eu assinaria meu nome completo em letra cursiva e deixaria Zou como minha terra natal.
-Não precisa ficar me olhando tão fixamente, eu não mordo.
-COF COF COF! Acho que estou resfriada.
Então coçaria meu queixo com o um dedo e desviaria o olhar.
-Bom... talvez eu morda... mas só as vezes.

Entregaria o formulário de volta para Ank com um sorriso de satisfação em meu rosto.
-Agora sou sua subordinada por enquanto, por favor cuide bem de mim.
Em seguida me colocaria de pé caminhando por sua sala observando a decoração.
"Ele não me passa a mesma confiança que o Esquentadinho, mas ao menos é organizado e tem bom gosto para a ambientação, a sala é bem decorada e não é sufocante."
-Chefinho você é realmente bem organizado, alem de sua sala ter ótimas cores e essa brisa divina, é até aconchegante.
Continuaria a caminhar até o criado mudo com as bebidas e taças e diria como se quisesse instiga-lo.
-Seu bom gosto é até mesmo com bebidas.
Se houvesse alguma garrafa que não estivesse lacrada eu a abriria e encheria metade de uma taça. Caso contrario eu o perguntaria. -Gostaria de beber algo chefinho? Se ele disse sim eu encheria metade de uma taça com a bebida que ele escolheu.
Passaria por trás de sua mesa ficando ao seu lado, e deixaria a taça próximo a uma de suas mãos suas mãos se estivesse com ela. Me colocaria atras de sua cadeira e depositaria minhas mãos em seus ombros e o faria uma massagem relaxante enquanto aproximo meu rosto perto de seu ouvido e diria para ele com uma voz bem calma e relaxante.
-Chefinho, alguém como você deve viver sempre ocupado, e precisa relaxar um pouco. Nesse momento eu aumentaria a força em meus pulsos aumentando a intensidade da massagem e faria uma voz bem dengosa. -Chefinho eu me machuquei muito feio recentemente, e não aguento fazer muita força por agora, mas posso ser bem útil com tarefas pequenas no momento, então se o senhor for bonzinho comigo terá uma subordinada bem atenciosa.
"Espero que essa bajulação toda de em algo, não quero fazer um serviço pesado,
minhas costas ainda não estão perfeitas."



Objetivos:
 

Histórico:
 

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : First Act - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

First Act - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 7 EmptyTer 24 Out 2017, 12:28


First Act

Post: 31



Ank ficava gracioso com a presença da jovem dama em seu recinto, ela viu a reverência que a garota utilizava e ficava encantado, sentava-se na cadeira esperando a Mink ler o formulário que não encontrava nenhum problema, nele havia escrito que haveriam três passos obrigatórios para o recrutamento, qual consistiam em: Trabalho, Treino e um treino em combate. Não haviam muita explicação naquilo por parte que viria pelo instrutor pelo que se entendia, não havia nada errado e apenas explicava as regras da organização de forma simples e básica para que até as pessoas com menos inteligência conseguissem entender. Alariel assinava o seu nome e marcando a sua ilha natal como Zou. O instrutor pegava em seguida e lia direito para ver se a garota tinha escrito certo enquanto que a mesma se dirigia ao criado-mudo com as bebidas. - Não morde é? Duvido. Aliás, Onde é Zou? Nunca ouvi falar sobre ela. - Ele não esperava muito uma resposta da jovem e ficava curioso quando ela lhe elogiava e em seguida lhe oferecia uma bebida, embora nenhuma garrafa não estivesse com um lacre. - Não, se afaste dai, por favor. - Ele se irritava um pouco a ver a garota perto de suas bebidas como se fossem algo precioso para ele, talvez um vício?

Alariel se colocava atrás de Ank que estava um tanto incomodado com isso, mas conseguia ver a massagem que a garota proporcionava em seus ombros relaxando-os um pouco e ouvindo a sua doce voz e em seguida ouvindo da situação que a recruta se encontrava. Ele se levantava movendo a cadeira um pouco para trás e colocando mais um papel na prancheta. - Entrar para o governo não é uma tarefa fácil, se você não conseguir, tente novamente, muitos não conseguem da primeira tentativa, agora, chega de bajulação e vamos.- Ele não estava mais tão calmo, mas parecia sereno indo até a porta e esperando que a garota fosse junto com ele.

Os dois se caminhavam até a lavanderia da marinha olhando para alguns marinheiros vestindo uma blusa branca e a parte debaixo do uniforme, haviam dezenas de vestes empilhadas em cestos e enormes máquinas para lavá-las, a maioria dos marinheiros eram homens e haviam apenas poucas mulheres, os homens ficavam encarregados de ligar a maquina com as roupas e as mulheres separar os tipos de vestes desde roupas íntimas a casacos de oficiais. Ank olhava para a garota e dizia. - Alariel da ilha de Zou, hoje é dia de lavar roupa aqui no Quartel, um dos trabalhos que sempre damos aos nossos recrutas é eles exercerem uma das funções mais simplórias. - Podia se lembrar que até mesmo Minata tinha uma função bem simples no quartel. - Além desses marinheiros que podem lhe ajudar, quero que dobre, separe e lave as roupas, após toda essa montanha estiver acabada, venha me procurar na sala novamente. Todos os equipamentos necessários estarão ali. - Ele apontava para um armário pequeno que continha luvas, sabão e algumas botas.

A lavanderia era simples com as paredes pintadas de azul e branco, tanto o teto com o chão eram brancos também e continha um azulejo no chão anti-deslizante, uma janela enorme tinha uma boa vista da cidade. A garota precisaria se destacar naquele exercício ou concluí-lo de forma simples e boa para que fosse bem vista pelos outros marinheiros e Ank. Estava a mercê da garota terminar o trabalho junto aos outros homens e mulheres que se encontravam ali. Ank saia em direção a sua sala enquanto que a garota ficava parada na porta da lavanderia.

Considerações:
 

Lavanderia:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alariel
Membro
Membro
Alariel

Créditos : Zero
Warn : First Act - Página 7 10010
Data de inscrição : 01/08/2017

First Act - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 7 EmptyQui 26 Out 2017, 02:38


Ank demonstrava uma certa proteção em suas garrafas, mas não dava para saber se era apenas gosto ou vicio por elas, a bajulação da felina não era o suficiente para relaxa-lo e em seguida ele levava Alariel até uma lavanderia aonde ordenava para a garota lavar uma montanha de roupas.

"Acho que ele gosta de pessoas elegantes... As vezes vale a pena tentar ser agradável e fugir um pouco da rotina implicante."
Eu pararia por um instante assim que Ank perguntasse sobre Zou apenas olharia para ele por cima do ombro, com um sorriso de canto.
-Eu também duvidaria. Eu ficaria um pouco pensativa e escolhendo as palavras antes de responde-lo. -Zou? É  como se fosse uma ilha bem isolada na segunda metade da Grand Line, ou ao menos isso é o que me contavam antes de ser tirada dela...
Nessa ilha é onde os seres da minha raça vivem, se eu tivesse a oportunidade gostaria de voltar para la, mas não é um objetivo principal.

E quando ele mandasse eu me afastar das bebidas eu levantaria minhas mãos e daria um passo para trás com uma expressão querendo dizer. "Tudo bem não vou encostar nelas" e diria. -Tudo bem, não precisa se estressar apenas pensei em agrada-lo. E faria uma expressão amigável para ele.

"Sera que ele é algum viciado em beber? Ou apenas é ciumento de mais com suas bebidas?"

Eu cruzaria meus braços e olharia para outro como se estivesse irritada.
-Hunpf! Deveria ter aproveitado mais, não costumo ser tão atenciosa assim.
Mas diria de forma e irônica e cômica para que ele perceba que não estou falando serio.
Então caminharia até ele de forma mais sofisticada, levantando um pouco a cabeça deixando o pescoço alongado e levantando o queixo, colocando os ombros para trás, meu peito para fora e o abdome para dentro, então começaria a caminhar como se estivesse seguindo uma linha, de forma ritmada e um pouco mais lenta que o normal.  
-Nunca esperei que fosse fácil nem pretendo fazer corpo mole, não me importaria em tentar mais de uma vez, mas odeio falhar, o único problema agora são esses ferimentos nas minhas costas, não queria que eles abrissem seria um tanto desagradável.... Mas com certeza o revolucionariozinho levou a pior, agora lidere o caminho chefinho. Diria olhando em seus olhos demonstrando confiança em mim e esforço para realizar as tarefas, sem querer desafia-lo e/ou parecer arrogante. E se ele tivesse interesse eu viraria minhas costas mostrando os ferimentos.

O seguiria mantendo meu caminhar refinado, enquanto ficaria um pouco pensativa.
"Trabalho, treino e treino em combate tsc... Não vou poder mostrar o meu melhor, mas tudo bem na hora dou um jeito e aprendo a lidar, mas sinceramente nunca entendi como trabalho domestico me ajudaria a ser uma agente melhor, talvez seja apenas para impor hierarquia e eles devem ter seus motivos, como escravizar os novatos para fazerem os trabalhos mais chatos... Bom eu faria o mesmo kishishi."
E no meio do caminho o faria uma pergunta.
-Chefinho que papel foi aquele que colocou na prancheta?
Com certeza eu não deveria fazer essa pergunta, mas minha vontade de saber apenas por saber era maior e não podia conte-la.

Quando chegássemos na lavanderia eu a olharia bem não muito animada.
"Chegamos.... Já posso ir embora? Não é nem um pouco libertador preferiria perseguir bandidos é mais emocionante mas é o que temos para hoje."
Assim que Ank terminasse de dar as instruções eu riria para ele tentando criar coragem para aquilo.
-"Alariel da ilha de Zou" É um bom titulo, quem sabe algum dia.. Chefinho nem pense em voltar a dormir antes de pegar no sono já terei acabado. Falaria com um sorriso confiante no canto da boca.
"Eles realmente gostam de colocar os novatos para trabalhar, é bem triste pensar que o talento de Minata é utilizado dessa forma".

E ao mesmo tempo que Ank saísse eu iria até o armário colocaria as botas e luvas, na sequencia caminharia até o centro da lavanderia aonde bateria palmas ou em algo metálico para chamar a atenção de todos.
-Meus queridos sei que nenhum de nós gostaríamos de estar lavando roupas, mas se trabalharmos juntos podemos acabar isso mais rápido, por exemplo o trabalho poderia ser divido por numero e não gênero, e enquanto as roupas estão sendo lavadas alguém poderia ir as dobrando, não precisam me escutar é apenas uma sugestão, mas se uma pessoa sozinha pode fazer algo incrível, um grupo pode ir alem, e claro quanto antes acabarmos isso logo poderemos fazer coisas mais proveitosas. Diria alto e de forma empolgada para que todos me escutassem e criassem disposição para cooperar mas não esperaria que todos trabalhassem juntos.
"Cade o esquentadinho nessas horas, só com aquela cara fechada as roupas se lavariam sozinhas. Mesmo eu preferindo trabalhar sozinha, me jogaram em algo que preciso trabalhar em equipe que saco..."

Se tivessem me escutado ou não eu começaria a separar alguns  cestos de roupas sozinha, em pilhas menores, roupas intimas, camisetas, calças e casacos, até que cada pilha tenha a capacidade máxima para ir em uma maquina, sem esperar que alguém viesse me ajudar, mas se viesse seriam bem vindos.
"Serio que esse povo tem coragem de deixar desconhecidos lavarem até mesmo roupas intimas, eu jamais deixaria alguém tocar nas minhas, só espero não sair daqui fedendo...."
Depois que os montes tivessem separados, os colocaria em maquinas diferentes depois de ter colocado a quantidade ideal de sabão nas maquinas as ligaria, e enquanto as maquinas tivessem fazendo seu trabalho eu ajudaria outras pessoas a separem as roupas até as maquinas terminarem de lava-las ganhando tempo, então retiraria as roupas limpas da maquina e começaria a dobra-las nas mesmas pilhas, porem eu dividiria a pilhas de roupas intimas em masculino e feminino, e as guardaria em seus devidos lugares, repetiria essa estrategia até que toda a montanha de roupas estivesse acabada. Me manteria focada em acabar logo esse serviço equilibrando em eficiência e velocidade, o realizando de forma simples, ja que eu não gosto desse serviço é melhor fazer direito para que ele acabe logo.

Assim que toda a roupa estivesse limpa, eu guardaria minhas luvas e botas de volta no armário e iria novamente até o centro da lavanderia.
-Muito obrigada pela colaboração meus amores, trabalhar junto realmente é melhor para todas, só tenho a agradecer a todos que ajudaram e aqueles que não ajudaram também.
E iria direto até a sala de Ank, enquanto cheiraria meu pelo.
"Espero realmente não estar fedida."
-Não acredito que me fez passar por tamanha humilhação.
-Tambem não gostei nada de fazer lavar cuecas dos outros, entretanto foi necessário se quisermos ser bem vistas por aqui.
Assim que chegasse em frente a porta eu bateria nela novamente independente de estar escutando roncos ou não e diria num tom de voz que fosse o suficiente para Ank escutar mas sem incomodar outros marinheiros.
-Chefinho, acabei de lavar as roupas.
"Agora quem precisa de bebidas e uma massagem sou eu..."

Objetivos:
 

Histórico:
 

Legendas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : First Act - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

First Act - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 7 EmptyQui 26 Out 2017, 13:19


First Act

Post: 32



Ele havia ficado curioso sobre a ilha de Zou, mas não tinha acesso a mais informações sobre aquilo. Ank estava passando a gostar da Mink que se apresentava falando sobre a dificuldade e sobre seus ferimentos nas costas, ele dava uma risada simples e continuavam a seguir o caminho até a lavandeira, mas não antes sem Alariel perguntar sobre o papel na prancheta. - Coisa minha. - Ele respondia e os dois chegavam a lavanderia.

Antes de se despedir da garota ele olhava para ela falando sobre o título que tinha dado para ela e sorria mais uma vez para a moça antes sair dali. Alariel colocava as botas e luvas, ela ia até o centro e tentava bater palmas para chamar a atenção de alguém dali, mas as luvas de borracha abafavam o som, ao ver uma parte de metal em uma das máquinas batia ali e chamava a atenção de todos começando o seu discurso, muitos os ignoravam e os que aceitavam sua ideia era a minoria, mas infelizmente nenhuma pessoa fazia o pedido pela garota, alguns a estranhavam e não pareciam gostar do fato de seguir uma ideia de uma gata.

Ela separava os montes e fazia todo o processo para lavar as roupas da forma que achava mais organizada e rápida que achava, em tempo em tempo vinha algum outro marinheiro levar as roupas já limpas para outro lugar em seus carrinhos de metal, Alariel conseguia fazer as coisas sozinha e não contava com a ajuda de alguém, mas de hora em outra aparecia uma das mulheres ou homens lhe ajudando a carregar ou dobrar as roupas, passavam-se mais de uma hora fazendo aquele trabalho até que as roupas estivessem todas dobradas e limpas. Um suor escorria pelo pelo da garota e podia sentir um pouco do cansaço, de todavia no final eles tinham trabalho em equipe para concluir o trabalho de uma forma melhor.

A mink guardava as suas botas e luvas no mesmo lugar que a tinham pego e ia até o centro da lavandeira agradecer para todos os marinheiros que após um tempo com Darkflame tinham ficado feliz com a ideia de tê-la por perto. - Nós que temos que agradecer! - Dizia uma da mulher cansada pelo trabalho e sorrindo de volta. A garota começava a sair da lavanderia e ia até a sala de Ank falando para si mesmo sobre o que tinha acabado de fazer, o seu cheiro estava com o de suor misturado com o de sabão, mas desapareceria com o tempo, assim que ela batia na porta ele abria. - Bom trabalho. - Ele anotava com uma caneta no papel m que tinha colocado na sua prancheta. - Venha comigo - E os dois saiam em direção a um dos corredores do quartel. Eles começavam a ir até uma academia e Ank lhe dava uma garrafa de água que carregava junto a prancheta. - Tome, você precisará de energia. - Não demoravam muito para eles chegarem até uma academia com pesos e equipamentos para malhar, alguns colchões azuis e uma pista de corrida em volta de tudo, bem no centro tinha algo como um tatame quadrado de dez metros todos os seus lados, haviam alguns outros jovens malhando naquele lugar com alguns marinheiros, podia se ver Erick levantando alguns pesos em frente a um espelho sem notar a presença da Mink, seus músculos eram notáveis, as paredes eram azuis e branca como todo o lugar ao redor e o tatame era preto. Os jovens estava um pouco exausto e todos estavam suados.

Essa é a parte do treino, ficarei aqui avaliando as suas capacidades físicas, faça o que achar necessário e no fim dê três voltas pela pista de corrida ao redor da academia, se precisa de ajuda peça para algum dos outros recrutas ou marinheiro. - Ele ficava sentado em uma cadeira ao lado da entrada esperando que Alariel fosse fazer seus exercícios, Ank pegava uma barra de cereal de seu bolso direito e começava a abrir, a garota precisaria tomar cuidado para não forçar muito as suas costas para os ferimentos não abrirem.


Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alariel
Membro
Membro
Alariel

Créditos : Zero
Warn : First Act - Página 7 10010
Data de inscrição : 01/08/2017

First Act - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 7 EmptyDom 29 Out 2017, 05:05

No começo de sua tarefa Alariel sentia certa dificuldade em fazer os outros marinheiros colaborarem, o fato de ser de outra raça não a favorecia, porem as poucas que ajudavam era bem agradecidas o que querendo ou não facilitou o termino das coisas, libertando-a para ir até Ank que a levava para a segunda parte de seu teste.

Depois de todo o trabalho concluído eu secaria o suor de meu rosto com as costas da mão e suspiraria sentido a satisfação de uma tarefa cumprida, mesmo que tenha sido mais trabalhosa do que deveria.
"Finalmente! Esse trabalho demorou mais do que eu imaginava se eles tivessem colaborado desde o inicio teria sido mais fácil. Por isso prefiro fazer as coisas sozinha."
Acenaria para a mulher que falou comigo antes de seguir meu caminho até Ank. Assim que sentisse meu cheiro faria uma careta de desgosto.
-Droga, estou fedendo a suor, ao menos o sabão disfarça um pouco.
-Se você fosse ao menos intimidadora como o capitão, eles teriam limpado e dobrado tudo.
-Não sei se me impressiono por você não ofende-lo, ou por termos a mesma opinião nesse assunto.
-Ele parece ser do tipo que não me atrapalharia numa batalha...
-Para você só importa isso né?
-Yep :D
Sacudiria minha mão em frente a cabeça para que essa presença desagradável suma logo.
"Porque de tantas personalidades tive que ter logo a mais insopurtavel delas..."

Quando chegasse até ele e assim que Ank me oferecesse a garrafa de água eu a aceitaria bebendo-a até matar minha sede e aliviar um pouco o calor, então lhe daria meu sorriso mais fofo como agradecimento.
-Muito obrigada chefinho! Você esta sendo tão atencioso.
Eu puxaria meu top com os dedos indicador e polegar e assopraria por dentro dele tentando me refrescar e me abanaria com a outra mão.
-Já não vejo a hora de tomar um banho relaxante...

Quando chegássemos no local de treinamento, eu daria uma bela olhada nele para escolher aonde realizar exercícios.
"Oh.. Erick também esta aqui, bom de toda forma melhor não atrapalha-lo."
Começaria fazendo alguns alongamentos, primeiro esticando meus braços e pernas como se estivesse espreguiçando.
-Duvido muito que vão querer me ajudar, mas não tem problema sei me virar sozinha.
Em seguida colocaria um de meus braços atras da cabeça e seguraria o cotovelo com a outra mão fazendo um pouco de força ficando alguns segundos assim e o repetiria com os braços trocados.
-Bom é hora de ir.
Hunpf.. Ele poderia ter me dado uma dessas barrinhas se quisesse que eu recuperasse minha energia..."
Primeiro pegaria alguns dos colchões e o levaria para um lugar menos movimentado e faria abdominais parciais, deitando de barriga para cima com as mãos cruzadas atras do pescoço e usaria meus músculos do abdome para tirar um pouco os ombros do chão faria esse movimento trinta vezes. Em seguida deitaria de bruços no colchão colocando a mão por baixo dos ombros na largura dos mesmos e faria força com as mãos para afasta-los do chão o faria também trinta vezes.
Me deitaria de costas novamente com os joelhos dobrados e a sola de meu pé tocando o chão, levaria um joelho até meu peito mantendo o outro apoiado ao chão mantendo a parte inferior de minhas costas sempre no chão, faria quinze vezes com cada perna. Ainda deitada com os joelhos dobrados e as mãos apoiadas ao chão levantaria meus pés ficando apoiada apenas pelo calcanhar sem arquear muito minhas costas, ficaria cinco segundos com as costas arqueadas e descansaria dez, faria essa sequencia dez vezes.
Deixaria o colchão aonde peguei e caminharia até os pesos, pegaria dois pesos de dez quilos e faria rosca alternada com eles, fazendo três repetições de oito vezes com cada braço, descansando um minuto entre cada serie, por fim faria dez agachamentos ainda com os pesos, manteria minha cabeça olhando fixamente para frente e minhas costas esticadas, manteria meus braços um pouco flexionados a frente, manteria meu abdome contraído o tempo todo par estabilizar a coluna, jogando meu quadril para trás quando fosse agachar, mantendo meus pés alinhados com o quadril e quando fosse dobrar o joelho tomaria cuidado para não ultrapassar as linhas de meus pés, faria dez agachamentos assim.
-Sera que chamei muita atenção fazendo todos esses exercícios?
Por fim guardaria os pesos e daria as três voltas que Ank mandou, correndo não muito rápido mas mantendo um ritmo constante, inspirando sempre pelo nariz e expirando pela boca.
Se Ank não estivesse satisfeito eu faria algumas flexões.
Caso nesse meio tempo eu tenha cruzado olhares com Erick, eu acenaria para ele sem querer atrapalha-lo.

Se ele achasse que ja estava bom eu caminharia até ele, respirando fundo sem me importar em demonstrar cansaço.
-Qual o próximo passo da minha tortura, ops, teste....?
Se eu estivesse muito suada puxaria meu top diversas vezes tentando fazer vento e o assopraria, e com a outra mão tentaria tirar o excesso de suor do meu rosto.
-Droga, estou derretendo aqui, só quero tirar isso logo de mim.


Objetivos:
 

Histórico:
 

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : First Act - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

First Act - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 7 EmptySeg 30 Out 2017, 11:29


First Act

Post: 33



Ank continuava comendo a sua barrinha de cereais enquanto a Mink começava a atrair olhares de alguns homens fazendo seus exercícios todos, Erick chegava a olhar para ela, mas continuava o seu treino como se nada tivesse acontecido, o gordo parecia estar gostando do resultado da gata se exercitando como se ela tivesse boas aptidões físicas para uma garota daquele tamanho, em poucos tempo ela podia começava a correr pela pequena pista e cruzava seus olhares com o sargento que acenava para ela depois de seu aceno. Não demorava muito para que dessem as três voltas em um ritmo constante e o suor escorria por entre o pelo que absorvia boa parte e estava molhado, o calor era imenso e ela e virava para o agente que a olhava já em pé. - O próximo parte da sua tortura, quer dizer, teste é o treino de combate, mas antes tome um banho nos chuveiros. - Ele apontava para uma porta com um desenho de uma pequena mulher e em uma outra porta do lado havia um pequeno homem desenhado.

Dentro da porta haviam chuveiros separados em divisórias, alguns assentos para necessidades com divisórias, um espelho grande e uma pia na frente do espelho, todos bem separados para o espelho não refletir em nada que pudesse se ver dentro de cada divisória. Algumas mulheres entravam pela porta e quando Alariel voltava o seu olhar para o agente ele estendia algumas roupas dobradas lhe dizendo. - Depois vista isso. - Era uma roupa social sem o ternos e um par de sapatos sociais com um tamanho maior que o pé da gata. - Não sabia bem o seu tamanho de vestes então espero que esta sirva. - As outras roupas estavam um pouco largas também, mas nada que chegasse a mostrar nada ou atrapalhar de forma a Mink.

Ele estaria esperando a garota sentado e pronto para continuar a próxima parte do recrutamento para agente.

Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alariel
Membro
Membro
Alariel

Créditos : Zero
Warn : First Act - Página 7 10010
Data de inscrição : 01/08/2017

First Act - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 7 EmptyTer 31 Out 2017, 00:53

Alariel executava seu treino físico de forma rápida,
porem o suor e o calor haviam se tornado um real incomodo e não poderia ser diferente novamente a gata chamava a atenção para si, Ank por sua vez lhe entregava roupas sociais e dizia para a felina se banhar para poderem dar continuidade ao teste de combate.

-Espero não perder pelo caminho. Diria num tom irônico e divertido.
Então mudaria para uma expressão mais porem ainda bem humorada.
-La dentro tem toalhas também? Tudo bem que sou uma gata mas me secar como uma não é muito sofisticado.
Eu pegaria as roupas que Ank me daria olhando para elas curiosamente cerrando meus olhos.
-Não tem problema chefinho, prefiro roupas mais largas e confortáveis, mas sera que elas vão combinar comigo?
Então iria até o banheiro procurando por uma divisória vazia e entraria nela assim que encontrasse, se todas estivessem ocupadas escoraria na pia e esperaria até que alguém acabasse de usa-la.
Assim que estivesse dentro de uma das divisórias me despiria colocando as roupas suadas em cima de uma das divisórias e as roupas que Ank me deu em cima de outra para que não se molhassem e que as roupas usadas não sujassem as limpas, ligaria o chuveiro frio e aproveitaria meu banho deixando a água cair sob meu corpo, sentindo a água gelada tirar todo aquele calor e suor, ficaria um pouco mais do que deveria mas sem enrolar muito no banho.
"Eu realmente precisava desse banho, fazer tantos exercícios assim é muito massante, alem de ter sempre olhos me observando, de certa forma já estou me acostumando com todo esse destaque por qualquer coisa que faço.... Se eu ainda estiver disposta talvez de um passeio pela cidade, afinal ainda preciso ver aquele farol".
-Finalmente esta chegando a hora da briga, estou ansiosa para bater em qualquer um deles.
-Não é uma luta seria, não preciso que você faça um desastre aqui.
-Toda luta para mim é seria, não sei o que é pegar leve.
-Não pretendo pegar leve, mas pretendo cuidar disso sem acabar matan.. Tomaria cuidado com as palavras afinal mesmo estando num banheiro ainda alguém poderia escutar. -Sem acabar machucando seriamente alguem, então eu cuido disso.
-Cuidado para não perder o controle fedelha....
-Pode deixar! E voltaria ao meu banho refrescante, deixando-a de lado.

Logo terminasse de me banhar me enxugaria com alguma toalha se tivesse, se não seria sacudindo os pelos mesmo, para então vestir as roupas que Ank me deu sem molha-las e pegaria o top e o short sujos também, e passaria em frente ao espelho apenas para me olhar melhor e ver se a roupa estava apropriada ou se não a arrumaria como por exemplo a gola da camisa social não estar dobrada corretamente ou a camisa estar por cima da calça, se caso houvesse algo assim eu arrumaria ali, dobraria um pouco as mangas de minha blusa para deixar minhas mãos livres, deixaria também meus cabelos soltos para que secassem ao vento, para finalmente sair e voltar até Ank.
Caso alguma mulher viesse falar comigo eu lhe daria atenção, ou se alguma passasse por mim e me olhasse eu apenas sorriria tentando demonstrar simpatia.

Sairia do banheiro caminhando mais contente e empolgada por ter acabado de tomar um banho refrescante, e assim que chegasse até próximo de Ank soltaria um sorriso de alivio.
-Agora podemos conversar, ah e se eu demorei muito desculpa, a água estava muito boa.
Esticaria um pouco meus braços vendo como a roupa havia ficado em mim.
-Como estou? Acho que só falta um chapéu para ficar perfeito, e esses sapatos talvez me atrapalhem um pouco... E a propósito como estou me saindo até agora? Perguntaria sem esconder minha ansiedade de saber como ele estava me avaliando até agora.
Eu olharia ao redor como quem quisesse analisar os marinheiros dali.
-Vou ter meu combate com alguém daqui? Bom particularmente adoraria socar uma certa pessoa que esta sempre de péssimo humor... Diria me referindo a Troy fazendo uma tirada de humor.
-AH! Antes que eu me esqueça, o que faço com isso? Mostraria minhas roupas suadas para Ank.


Objetivos:
 

Histórico:
 

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : First Act - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

First Act - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 7 EmptyQua 01 Nov 2017, 11:02


First Act

Post: 34



Alariel ficava ansiosa por tomar um banho e retirar todo o suor que escorria pelo seu corpo. - Lá dentro tem as toalhas, se vai combinar eu não sei, mas acostume-se com essa roupa.. - Após a resposta, a gata entrava no banheiro e achava uma divisória vazia naquele banheiro vazio colocava as roupas novas em cima da mesma, as toalhas ficavam perto da pia e a água quente começava a descer pelo seu corpo dando um leve choque termal e depois ficando bem agradável, após um banho bem demorado para se limpar do suor e da poeira excessiva ela se secava com a toalha em cima da pia e jogava a toalha em um cesto por ali perto, se vestia com aquelas roupas dadas e ficava de frente para o espelho se olhando e arrumando a gola da camiseta social, arregaçava as mangas e após uma leve batida em suas roupas para espalhar corretamente em seu corpo estava pronta, seus pelos estavam úmidos, mas não molhava muito as suas roupas.

Após sair, Ank já a olhava como se soubesse que iria demorar bastante, para sorte da Mink, a camisa social era densa o suficiente para não mostrar nada de suas partes íntimas. Ele a olhava com atenção vendo a garota que estava esbelta após um banho. Erick ainda continuava na academia esperando no tatame do lugar. - Mulheres sempre demoram. Vamos continuar? - Perguntava retoricamente para a gata enquanto já se aproximava mais do tatame ficando entre Erick e Alariel, um marinheiro trazia uma bolsa enorme e colocava-a no chão e podia se ouvir o barulho de madeira de tocando, após abrir a bolsa que estendia todo seu pano no chão mostrando as armas de madeira. - Não sei como você luta, ache uma arma que goste e use-a, você lutará contra o sargento. -  Haviam uma variedade de armas, desde simples adagas para espadas grandes, Erick não estava tão suado, mas a regata fortalecia seus fortes músculos, ele ficava olhando fixamente para a Mink esperando que ela se preparasse para o combate. Após ela ter se armado, ele diria. - Que seja divertido, tome cuidado para não abrir seus ferimentos, você começa. - Ele daria um dos seus sorrisos e esperaria o movimento da Mink ficando em posição de combate.

Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alariel
Membro
Membro
Alariel

Créditos : Zero
Warn : First Act - Página 7 10010
Data de inscrição : 01/08/2017

First Act - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 7 EmptySab 04 Nov 2017, 03:49

Ao retornar do banho a felina era encaminhada por Ank a começar seu teste de combate aonde ele permitia que Alariel escolhesse suas armas, e para sua surpresa ou não a disputa seria contra Erick que deixava a moça começar.

Após estar de banho tomado e voltar para perto de Ank e ao escuta-lo falar que mulheres sempre demoram, cruzaria meus braços e o encararia com uma atmosfera confiante.
"Nenhum elogio sobre mim? Que decepcionante... Bom não importa".
-É que somos bem vaidosas e gostamos de nos sentirmos belas, por isso a demora.
Então quando Erick trouxesse a bolsa com as armas me aproximaria delas enquanto encolho meus ombros como se estivesse com uma duvida mas sem perder a expressão confiante.
-A forma com que eu luto com certeza não é com essa roupa. Me agacharia e para pegar duas adagas segurando-as com a empunhadura reversa e as olharia como quem quisesse ver se elas estavam realmente afiadas.
-Mas com essas duas aqui me sinto melhor.
Viraria meu olhar para o sargento assim que ele falasse para eu começar.
-Certeza? Não vá se arrepender depois benzinho. O encararia desafiando-o observando cada de seu corpo porem focaria principalmente olhar no fundo de seus olhos.
Deixaria bem claro que apesar de termos uma boa relação não facilitaria as coisas.

Esticaria e dobraria meus membros para ver se a roupa não me atrapalharia, porem sem desgrudar meus olhos de Erick, e assim que estivesse tudo certo faria um pequeno aceno positivo com a cabeça para mim mesma.
Me colocaria em posição de combate e partiria contra o sargento mantendo-me um pouco abaixada com o corpo inclinado para frente, usaria a adaga da mão direita para mirar um corte na altura de seu peitoral, porem seria apenas uma finta sem intenção de acerta-lo apenas para que ele abrisse a guarda e eu pudesse realizar um corte na lateral de sua cintura, aproveitando o movimento para passar por ele tomando distancia para que ele não conseguisse contra atacar.
-Não pretendo facilitar as coisas aqui, apesar de nos conhecermos ou de você estar suado, meu futuro esta em jogo aqui, então é melhor me levar a sério.
Se ele tentasse me atacar durante a aproximação eu usaria minhas facas para tentar desviar o golpe para um dos lados, ou apenas atrasa-lo para conseguir esquivar mais facilmente, se o ataque fosse acima de minha cintura, se ele tentasse mirar minhas pernas eu atrasaria meu passo ou até mesmo recuaria um pouco para que o golpe passasse em branco.

Continuaria o encarando dessa vez com um sorriso de deboche no rosto, colocando uma das mãos atras das costas ficando com a guarda aberta e inclinaria um pouco meu corpo para frente, instigando-o a me atacar.-Sua vez.
Esperaria que ele viesse me atacar mesmo que a provocação não houvesse dado certo, já que ele havia me deixado atacar primeiro, ele poderia assumir que agora é sua vez.
"Ele não deve ter parado de treinar até agora talvez esteja cansado ou pelo menos mais lento, mesmo ele não parecendo ser do tipo que se cansaria assim, mas é uma real possibilidade".
Esperaria que ele estivesse bem próximo para tentar uma evasiva, se ele viesse mirando em minha cabeça eu me agacharia passando por debaixo do golpe, tentaria realizar um corte em suas costas usando a mão esquerda assim que passasse por ele.
Caso ele viesse mirando de meu abdome até os ombros eu usaria as duas adagas para aparar o golpe parcialmente, sem intenção de bloqueá-lo completamente apenas desviar sua trajetória para ficar mais fácil esquivar sem forçar tanto as costas, em seguida tentaria uma rápida aproximação fazendo um corte lateral em sua barriga, e em seguida daria um largo passo para trás tomando distancia novamente.
Se ele tentasse mirar em minhas pernas eu saltaria por cima do ataque e faria dois cortes formando um X na altura de seu peitoral, e antes de cair ao chão apoiaria meus dois pés contra seu corpo o empurrando-o, e aproveitando o impulso para saltar para trás.

Por fim avançaria contra Erick fazendo zigue-zague para tentar confundi-lo, e tentaria acerta-lo com um golpe perfurante na altura de suas coxas, apenas para prejudica-lo sem tentar finalizar a luta, porem se ele tentasse reagir contra atacando eu mudaria meu foco para a parte que ficasse mais exposta de seu corpo, por exemplo caso ele tentasse me cortar com uma espada ou me desse um soco eu tentaria perfurar seu braço, mesmo que não fosse um lugar que fosse enfraquece-lo, já que minha intenção é apenas gerar incomodo e/ou prejudica-lo. E novamente tentaria me distanciar dele com passos largos para trás.

Objetivos:
 

Histórico:
 

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




First Act - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 7 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
First Act
Voltar ao Topo 
Página 7 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Centaurea Island-
Ir para: