One Piece RPG
First Act - Página 6 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» A Ascensão da Justiça!
First Act - Página 6 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 17:33

» Wu-HA!
First Act - Página 6 Emptypor Oni Hoje à(s) 16:47

» Making Wonderful Land a Real Wonder
First Act - Página 6 Emptypor Achiles Hoje à(s) 16:38

» [Mini-Saitoshiba] A Aventura está apenas começando
First Act - Página 6 Emptypor Saitoshiba Hoje à(s) 15:45

» Caçadoras Eternas: Pesar Crescente!
First Act - Página 6 Emptypor Alek Hoje à(s) 15:08

» Cap. 2 - The Enemy Within
First Act - Página 6 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 14:21

» [Mini-Cadmo] Prelúdio
First Act - Página 6 Emptypor Kiyomi1 Hoje à(s) 14:08

» [Mini - Moonchild] As a living shadow
First Act - Página 6 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 13:01

» Hey Ya!
First Act - Página 6 Emptypor GM.Mirutsu Hoje à(s) 12:06

» Cap 4: O Silêncio dos Inocentes
First Act - Página 6 Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 10:50

» [MINI-Subaé] OXE! agora a aventura começa mesmo!
First Act - Página 6 Emptypor Mephisto Hoje à(s) 08:54

» Em busca da resistência
First Act - Página 6 Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 05:30

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
First Act - Página 6 Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 05:09

» I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança
First Act - Página 6 Emptypor Meursault Hoje à(s) 04:53

» X - Some Kind Of Monster
First Act - Página 6 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:59

» Primeiros Passos
First Act - Página 6 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 22:09

» Chapter I: Seafret - Oceans ♪♫♪
First Act - Página 6 Emptypor Nolan Ontem à(s) 22:07

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
First Act - Página 6 Emptypor jonyorlando Ontem à(s) 21:19

» Alejandro Alacran
First Act - Página 6 Emptypor Buggy Ontem à(s) 20:27

» A inconsistência do Mágico
First Act - Página 6 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 19:42



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 First Act

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : First Act - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

First Act - Página 6 Empty
MensagemAssunto: First Act   First Act - Página 6 EmptySeg 04 Set 2017, 02:58

Relembrando a primeira mensagem :

First Act

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Alariel. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Alariel
Membro
Membro


Data de inscrição : 01/08/2017

First Act - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 6 EmptySeg 09 Out 2017, 15:17

O rapaz que carregava uma presença intimidadora era Troy um marinheiro de patente elevada, o sujeito não parecia querer perder seu tempo e intimidava Alariel para que ele contasse tudo que quisesse saber, e até mesmo ameaçava seus companheiros de viagem.

Quando escutasse que nossa bebida estava de pé eu faria carinho no cabelo de Adams e em seguida o bagunçaria, então piscaria para ele tentando fazer parecer uma piada.
-Se você me abraçasse muito forte agora provavelmente me machucaria, então contenha a vontade um pouco mais, e aproposito eu sempre quis fazer isso desde que coloquei os olhos nesse cabelo todo certinho.

Assim que Troy aproximasse seu rosto do meu eu o encararia de volta observando seus olhos profundamente como se quisesse saber tudo sobre ele analisando também sua expressão de raiva, mas eu não me sentiria intimidada com ele ali, eu não pretendo contraria-lo alem do que se eu conseguir com que ele abaixa sua guarda Troy poderá ser um precioso amigo.
"Ele me lembra um pouco a mim mesma, sempre atento e com a guarda levantada, como sera sua natureza por dentro de toda essa intimidação?"
-Gatinha acho que o esquentadinho esta tentando nos assustar, existem coisas bem piores do que uma cara feia.
Então colocaria meu dedo indicador no meio de suas sobrancelhas e mexeria tentando desfazer sua expressão irritada.
-Esquentadinho, não precisa ficar tão bravo eu não pretendo ser uma inimiga para você, não precisa confiar em mim, prefiro provar que mereço sua confiança. Ahh.. E nenhuma garota vai querer sair com você se continuar com essa cara fechada sempre.

Assim que ele me falasse sobre bater nos marinheiros eu sentiria meu sangue ferver e meu olhar mudar perdendo um pouco o controle.
Então analisaria todos os marinheiros como se estivesse considerando essa possibilidade e morderia meus em sinal que realmente estava gostando da ideia, e por fim voltaria meu olhar para Troy, em seguida diria para ele de forma desafiadora.

-Se tem algo que eu amo é ser desafiada, por mais que seja tentador a ideia de acabar com toda essa sua confiança, eu seria idiota se fizesse isso com o meu corpo nesse estado.
Antes que a situação ficasse pior eu me acalmaria observando a situação vendo que eu não seria a unica prejudicada caso fizesse alguma decisão errada, então retomando o controle eu respiraria fundo diria para ele casualmente.
"Espero que Lilith não tenha arruinado tudo."
-É uma história longa, mas irei resumi-la. Em Centaurea dois revolucionários se meterem nos meus negócios e acabaram morrendo, uma mulher que usava um sobretudo vermelho e um chicote e o o outro era um homem atirador.
Nessa hora eu fecharia meus olhos e sacudiria a cabeça, aquelas memorias me incomodavam e só de lembra-las os flashs de seus corpos mortos me dava uma sensação ruim, em seguida eu tentaria me recompor e continuaria a história com um tom de voz triste e decepcionado.
-Então os companheiros deles formaram um grupo de busca para me perseguir,
foi então que eu encontrei a vovó e sua escuna de artistas, e vi ali uma oportunidade para fugir da ilha, então pedi para a vovó se eu podia ir com ela para observar os artista e ela permitiu, então eu conheci Mino.
Eu apontaria para Mino -E o bonitinho ali. Apontaria para Adams. -Então o grupo de busca que estava atras de mim na ilha continuou a me perseguir com um barco, então o povo da escuna tentou me proteger deles sem saber nada sobre mim, então eu acabei nesse estado. Eu ficaria de pé e me viraria para ele mostrando minhas costas aonde levei os golpes. -Basicamente essa é a minha história, a vovó e seus artistas não sabiam de nada apenas me acolheram e protegeram, podiam muito bem ter me jogado ao mar, mas eles são boas pessoas não cancele o show deles por isso, eu sou a pessoa que você quer.

Eu sorriria para Troy amigavelmente, tentando persuadi-lo a liberar o grupo de artistas, então complementaria minha fala.
-O atirador falou algo sobre seu líder Starx se não me engano, mas eu não sei quem é, talvez seja o líder das pessoas que vieram até mim, esse líder usava uma faca e uma bandana, e com ele tinham mais quatro pessoas atras de mim, um homem feio com cicatrizes na cara que usava uma lança e armadura leve, dois gêmeos carecas e um sujeito do cabelo lambido para trás com um bastão de ferro.
Eu faria uma pausa tomando um pouco de ar.
-Acho que era isso que você gostaria de saber, se quiser os detalhes eu os conto sem problemas, mas não sei se você teria tempo para isso.

Em seguida eu fitaria Troy interessada e sorriria levando uma das mãos ao rosto.
-Esquentadinho, agora preciso de sua ajuda, já que você parece alguém importante para a marinha acho que saberia me dizer como faço para entrar no governo mundial.

Objetivos:
 

Histórico:
 

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : First Act - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

First Act - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 6 EmptySeg 09 Out 2017, 16:26


First Act

Post: 25



A garota parecia brincar com a situação e embora seu bom humor, ninguém o compartilhava, Troy parecia se irritar cada vez mais com o comportamento da Mink crescendo uma veia em sua testa que podia ser perceptível de longe. Ele ouvia a história de Alariel com ouvidos atentos prestando atenção em cada movimento de seu lábio e fala, o mínimo de nervosismo e ele perceberia, era um homem estudioso que não parecia confiar em ninguém a não ser os seus marinheiros mais queridos. Pouco após a garota terminar e fazer a proposta sobre entrar para o governo mundial, Erick chegava com mais dois ajudantes trazendo bandejas enormes de sanduíches e atrás dele vinha uma garota com as mesmas roupas dos ajudantes, brancas e com aventais rosas trazendo uma garrafa enorme de suco do que parecia laranja. O alimento dava um ânimo a todos, mas eles ainda não saboreavam até Troy começar a falar. - Starx? Esse nome não me é estranho... - ele estava mais pensativo e um pouco mais calmo. - SE - dizia em um tom mais alto. - O que você está dizendo for verdade, temos que levar alguns homens até a cidade para investigar melhor. Onde você matou aqueles dois? - Perguntava ele com um tom mais amigável. - Você virá comigo ao QG após comer, nos ajudará a fazer um retrato sobre os homens que te perseguiam, precisamos saber quem são, depois você liderá com o que precisa com o governo mundial. - Dava uma pausa e levantava a mão direita. - Comam e depois estão liberados para fazer seus afazeres, vocês estão presos nessa ilha durante uma semana até segunda ordem. - Ele jogava sua mão para o lado em uma sinal de "vão" e os músicos disparavam contra os sanduíches preparados, muitos pegam o copo de suco também, todos estavam famintos, os únicos que não se mexiam, mas já exibiam um sorriso eram Mino, Crystal e Adams que se levantavam e sorriam para Alariel.

Troy se afastava um pouco e começava a coçar a cabeça mais uma vez, ele estava pensativo e murmurava sozinho palavras que a Mink não conseguia compreender devido ao tom tão baixo e as palavras entrelaçando uma com outra, o capitão era estranho, mas lhe parecia trazer confiança, não era um homem tão mal. A gata tinha cinco minutos para preparar suas coisas e comer algo antes deles partiam. Erick se aproximava e trazia lhe um sanduíche da bandeja, ele tinha um cheiro de atum com legumes e o suco de laranja parecia estar mais doce do que deveria estar. Adams parecia estar um pouco irritado com a atitude do Sargento como achasse que tinha uma competição. Mino sorria conversando com Crystal.

Troy esperava Alariel se aprontar olhando para a Mink, o homem parecia querer acender mais um cigarro ficando ansiosamente com os dedos mexendo para um lado e para o outro como um vício que estava saciado. Assim que a gata se apresentasse ao homem, ele a olharia de baixo para cima e diria. - No caminho, quero que me explique como foi a batalha, detalhe por detalhe sem faltar nada, quero saber como uma Mink conseguiu derrotar dois revolucionários. E ambos se colocariam em direção ao QG da marinha.

Considerações:
 

Aparência de Troy:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alariel
Membro
Membro
Alariel

Créditos : Zero
Warn : First Act - Página 6 10010
Data de inscrição : 01/08/2017

First Act - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 6 EmptyTer 10 Out 2017, 00:46

Troy ficava cada vez mais irritado com a felina, seu semblante piorava consideravelmente parecia que iria explodir, o capitão ainda manita sua desconfiança em cima de Alariel, mas ele escutava o que a garota tinha para dizer e não aparentava ser uma pessoa ruim.

Quando Erick e os ajudantes viessem trazendo a bandeja com a comida eu daria um sorriso para eles como quem quisesse dizer.
Obrigada por isso.
Então prestaria atenção no que Troy teria para me dizer, e assim que ele acabasse eu coçaria minha cabeça em sinal de dúvida.
-Isso aconteceu em outra ilha, realmente pretende mandar seus homens para la?

Faria uma pequena pausa para ver se ele responderia e continuaria a conversa mais amigavelmente.
-Eu posso ir contigo até o QG sem problemas, não demorarei para me aprontar aqui, e não precisa ser tão desconfiado parece até mesmo um gato.

Assim que Erick trouxesse para mim a bandeja com os sanduíches e o suco eu seria o trataria de forma amável.
-Obrigada novamente, você é sempre prestativo.
Na sequencia provaria o suco percebendo que ele estava bem doce, e então sentiria o cheiro do sanduíche.
-Finalmente algo DOCE no meio de tanta AMARGURA. As palavras doce e amargura eu diria mais alto como se estivesse implicando, para que Troy escutasse.
"Atum! Sera que ele percebeu que eu estava sentindo o cheiro de peixe quando estavamos vindo para ca?"
E quando notasse a mudança de humor em Adams eu permaneceria calada, apenas e analisaria ele e Erick.
"Espero que esses dois não façam nenhuma besteira, eu não quero ter que lidar com relações complicadas, apenas quero me divertir um pouco."

E quando estivesse comendo me aproximaria de Troy e o cutucaria com meu cotovelo para chamar sua atenção.

-Você deveria comer também esquentadinho, talvez te ajude a raciocinar melhor.
Eu não ofereceria comida para ele, mas também não negaria caso ele pedisse um pouco.

Se eu percebesse que ele ficou incomodado eu o deixaria ter seu momento sozinho, e caminharia até Crystal e Mino. Se não eu ficaria um pouco com ele para ver se assim ele se acostuma comigo mais rápido.
Quando chegasse até Mino e Crystal eu abriria um sorriso largo para eles.
-Finalmente voltou a sorrir Mino, e você vovó ainda não esta de cara fechada, parece que as coisas estão indo para um bom caminho.
E ficaria com eles jogando conversa fora até terminar de comer e em seguida pegaria minhas coisas e iria até Troy. Mas se antes eu encontrasse algum dos funcionários de antes eu acenaria para eles e diria alto o suficiente para que escutassem. -Estava muito gostoso o suco e o sanduíche, com certeza eu pretendo voltar aqui mais vezes.

E assim que eu estivesse arrumada eu iria até Troy parando a sua frente.
-Estou pronta esquentadinho, lidere o caminho.
Então o acompanharia andando sempre ao seu lado para que ele não me perdesse de vista e tentaria acompanhar seu ritmo, tentando não me esforçar muito, e assim que começássemos a andar eu começaria a contar minha história.
-Tudo começou ontem de manhã estava eu em Centaurea Island e decidi comprar essas coisas. Eu mostraria o sobretudo e a mascara para ele. -Mas acontece que eu não tinha dinheiro suficiente, então um mercador me fez uma proposta se eu entregasse uma carta para seu amigo ele me daria as coisas de graça, mesmo desconfiada eu aceitei, não tinha nada a perder mesmo, então ele me deu uma carta em branco que era apenas um sinal para seu amigo, e quando consegui entregar a carta foi que os dois revolucionários de antes apareceram montados em dois cavalos, a mulher avançou primeiro, e quase me acertou, se não fosse pelo amigo do mercador que chamarei carinhosamente de "velhote" eu teria sido acertada em cheio na cabeça pelo chicote dela, e o velhote ainda conseguiu derrubar o cavalo e a mulher caiu desacordada foi então que fugimos, o velhote me levou para uma pequena cabana no meio da floresta de Centaurea Island aonde morava seu amigo que era um caçador, então o velhote mandou o caçador e seu filhote de lobo cuidar de mim enquanto ele iria resolver uns problemas que nem mesmo eu sei, como se eu precisasse de babá hunpf...
Cruzaria os braços e demonstraria uma pequena raiva.
-Continuando... Eu e o caçador ficamos um tempo na cabana, até que o atirador e a chicoteadora nos acharam e encurralaram a gente, atirando no filhotinho , foi então que no choque eu perdi o controle um pouco e começamos um combate, foi bem intenso mas por estarmos num local com arvores eu pude me sair bem, o atirador foi flechado no ombro e o caçador levou um tiro na barriga, e eu conseguia me virar bem com a chicoteadora, até que avancei contra o atirador pelas arvores e acertei seu ombro machucado com uma facada que o caçador havia me emprestado, mas eu foquei tanto no atirador que a vaca do chicote mesmo com a perna machucada por mim, acertou minha cabeça, o que fez eles ganharem tempo para fugir pela floresta, e no final o caçador cuidou mesmo de mim mesmo depois de levar um tiro, mas quando eu me recuperei da pancada eu os segui pelo cheiro de sangue, não demorou muito até acha-los, eles pararam na floresta para se recuperarem, foi quando que eu os ataquei de surpresa a mulher do chicote foi a primeira, nem teve tempo de se defender quando eu.....
Nesse momento eu ficaria um pouco calada, como se a aquela cena estivesse sendo reproduzida em minha mente, e aquilo me deixaria muito mal, então continuaria a história de forma triste e desiludida.
-Quando eu... tirei a vida dela de forma brutal, e estava pronta para tirar a vida do atirador também, mas ai o velhote voltou a tempo e me fez recobrar a consciência, e foi o velhote que deu o golpe de misericórdia no atirador.  
Então pararia de falar completamente e encolheria meus ombros olhando para baixo, e chutaria alguma pedrinha pelo caminho se houvesse. Após um tempinho eu diria para ele bem triste e com minha voz bem fraca.
-O resto eu te contei dentro da hospedaria, o grupo de busca atras de mim e tudo mais, desculpe por isso ainda esta recente na minha cabeça e não é algo que eu me orgulhe de contar.
Então eu colocaria o sobretudo sem me importar com os cortes ou a sujeira apenas queria me sentir acolhida e esconder a mim e minha feição abatida, pelo menos um pouco, e continuaria com os ombros encolhidos dentro dele e deixaria minhas mãos por dentro da manga e cruzaria os braços mantendo o olhar fixo para baixo ainda chutando a pedrinha.
"Droga.... eu não queria ter lembrado disso, só queria um pouco de carinho agora e palavras de consolo, mas não espero nada disso desse esquentadinho e me recuso a demonstrar isso tipo de fraqueza para alguém."
-HEY! VOCÊ ESTA ROUBANDO OS MEUS CRÉDITOS.
Eu murmuraria apenas.
-Eu não quero mérito por aquilo.

Objetivos:
 

Histórico:
 

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : First Act - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

First Act - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 6 EmptyTer 10 Out 2017, 22:19


First Act

Post: 26



Erick sorria de volta para a garota enquanto Troy olhava para garota que não achava necessário enviar seus homens para aquela ilha, ele apenas ignorava a pergunta dela. Ele relaxava quando a Mink concordava em lhe seguir até o QG. Mesmo após tanta amargura, ele continuava a ser amargo com a garota ignorando-a mais uma vez. Todos estavam comendo tranquilos e felizes, Alariel se aproximava do capitão que estava mais afastado dos outros e lhe cutucava com o cotovelo dizendo que ele precisava comer. - Comer é a menor das minhas preocupações agora. - continuava com seu olhar sério de sempre e mexendo bastante seus dedos batendo sobre a sua perna enquanto a outra mão coçava-lhe a cabeça. Embora ele não pareça incomoda com a gata tão perto, ela continuava ali ao lado do homem esperando terminar de comer. Mino e Crystal continuavam sorrindo para a garota quando ela se aproximava. - Você tem razão. - respondia Crystal. Os funcionários ficavam agradecidos e felizes também após terem o elogio de Alariel e em seguida dos músicos que acompanhavam a brecha para elogiar a comida que recebiam de bom grado.

Troy olhava a garota se aproximar com suas coisas e dizia que estava pronta. - Então vamos. - E os dois começavam a seguir rua adentro da cidade em direção ao QG, o ritmo de andar dele era lento e a garota caminhava ao seu lado, dois marinheiros estavam mais atrás dando uma cobertura, Erick tinha ficado na hospedaria. A garota começava a contar sua história e o homem prestava atenção em cada palavra dita por ela não se expressando muito com o rosto. Ele notava a raiva da Mink em algumas partes da história e a tristeza dela por ter matado alguém, ele não parecia ligar muito para que os revolucionários tivessem morridos, até porque eles que haviam atacado a garota e o Velhote. Troy parecia acreditar na Mink, pois não reagia em nenhuma circunstância provando ser um bom ouvinte e que estava raciocinando de forma correta, o que lhe chamava a atenção no final eram as últimas palavras da gata. " Eu não quero mérito por aquilo." Ele finalmente mostrava algum sinal de quem também não gostava suspirando forte. - Nem tudo pode ser resolvido na calma. Infelizmente... - Troy estava mais sombrio que o de costume o que parecia bem mais estranho.

O sol continuava forte no céu e podia ver uma leve gota de suor caindo do lado da testa do capitão que parecia ser respeitado por onde andava, os moradores lhe cumprimentavam e ele acenava a cabeça toda vez que alguém dizia o seu nome ou sua patente. Era estranho estar ao lado de alguém que lhe chamava toda a atenção do local em que passava, mas era uma coisa boa, ela se sentia mais segura que o usual, ninguém ousava a sequer apontar o dedo para a Mink que também chamava a atenção, mas por não estar algemada, todos pensavam que ela não era uma prisioneira ou capturada.

Não demoravam muito a chegarem ao QG que ficava bem ao meio da cidade, uma enorme construção branco e azul com o símbolo da marinha ao meio, tinham duas entradas que ela podia ver, uma a esquerda e a que eles estavam se dirigindo, os muros altos estavam repletos de arame farpado para quem tentasse pular e o portão de metal guardado por uma guarita era o que separava daqueles que podiam entrar e sair, haviam vários marinheiros pelo local e o lugar estava aberto para todos, podia se ver alguns sinais de construção em muros ou no alto do QG com equipamentos de construção, um grande grupo de marinheiro se espalhava e começavam as suas patrulhas pela ilha, era o estabelecimento que transmitia mais segurança para todos que estivessem ali.

Os outros marinheiros ficavam para trás e só entravam Troy e Alariel, o QG por dentro estava mais calmo, passavam bastante marinheiros, mas o fluxo era menor. O capitão a levava até uma sala com uma moça que segurava um pincel, tinta e uma enorme tela em branco. - Minata. - ele se dirigia para uma loira de olhos azuis com seios fartos e um corpo fino e lindo, seus olhos eram marcantes como se prenetassem a alma, ela usava um uniforme comum da marinha de soldados de baixa patente e carregava um cinto vazio para colocar sua espada que se localizava a poucos metros em um sofá, o local era pequeno e tinha uma cadeira para que Alariel pudesse se sentar, ela assentia a cabeça olhando para o capitão. - Esta é Alariel, ela tem informações de homens que a perseguiam, faça um retrato das pessoas e depois a direcione para Ank, ele cuidará do recrutamento. - Ele olhava para Alariel. - Qualquer coisa, estarei em meu escritório. Ank é o mais alto da cadeia do Governo Mundial nesse QG, ele irá saciar todas suas dúvidas relacionadas a isso. Quando eu tiver mais informações sobre os homens e precisar de sua ajuda eu irei até você. - Ele assentia com a cabeça mais uma vez e saia pela porta da sala. Minata olhava para a Mink e dizia. - Prazer, Sou Minata, comece pelo formato do rosto do que você vai lembra, como ele era? - e esperava uma resposta da gata.

Considerações:
 

Aparência de Troy:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alariel
Membro
Membro
Alariel

Créditos : Zero
Warn : First Act - Página 6 10010
Data de inscrição : 01/08/2017

First Act - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 6 EmptyQua 11 Out 2017, 20:52

Alariel seguia o capitão enquanto lhe contava os detalhes de sua história, Troy acreditava nela cada vez mais, a dupla continuava em seu caminho a passos lentos até chegar ao QG da marinha daquela ilha, ao chegarem la a felina foi levada para conhecer Minata a pessoa que faria o retrato falado dos revolucionários.

Quando Troy se negasse a comer eu o encararia brava.
-Nunca mais te ofereço nada também, tomara que você fique fraco por não comer e tropece caindo de olho num prego.
"Estou tentando ser legal com ele, bem que poderia demonstrar mais atenciosidade."
Eu sairia satisfeita da hospedaria por ter conseguido agradecer e elogiar os funcionários, mas não me despediria dos outros, odeio despedidas faz parecer como se eu nunca mais fosse ver a pessoa novamente.
Sem perceber eu me pegava pensando um pouco em Troy e seu comportamento.
"Ele parece ser do tipo que sempre age pela razão e é muito sistemático."
Quando Troy e eu estivéssemos caminhando e ele terminasse de fazer seu comentário eu olharia em sua direção um pouco surpresa com aquilo.
-Eu prefiro evitar situações assim, mas elas sempre me perseguem, irônico não.Continuaria o assunto falando sobre minha pergunta na hospedaria.
-Minha pergunta mais cedo, não era como se eu não achasse importante você mandar alguém até aquela ilha, só que não seria perigoso de mais enviar marinheiros para o ninho dos revolucionários.....? Enfim, você já deve ter pensado em algo.
Então esqueceria aquela história triste me animar logo, e repararia em como as pessoas falam com ele pelo caminho, e como somente por estar na presença dele os outros nem sequer me olhavam feio, alem dele transmitir segurança, mas eu não poderia deixar de irrita-lo.
-Até que para um esquentadinho você é bem famoso por aqui , estou até me sentindo incomodada os holofotes normalmente são para mim, faça o favor de não roubar toda a atenção hunpf... Então eu cruzaria meus braços fazendo uma expressão de brava inchando as bochechas com o ar e desviando o olhar.
"Mas a verdade é que de só estar na presença dele eu me sinto bem e confortável, as vezes é bom ter alguém para desviar a atenção de mim, me da vontade de estar mais perto dele,
mas mas com certeza ele me trataria com a frieza de sempre, maldito esquentadinho.

Então sorriria sinceramente pensando um pouco mais sobre isso, e voltaria a falar com ele.
-Todas as pessoas que andam ao seu lado são prisioneiras? Parece que as pessoas estão achando estranho o fato de você não estar me arrastando por algemas.

Assim que chegássemos no quartel da marinha eu o observaria bem vendo os detalhes, queria decorar bem aquele lugar, e quando os dois marinheiros fossem ficando para trás eu me viraria para eles acenando de forma animada.
-Obrigada senhores pela escolta.
E quando chegássemos na sala para fazer o retrato falado eu notaria em como Minata é bonita, ficando surpresa com os olhos bem abertos.
"Sera que o esquentadinho a roubou de um desfile de moda? Ela é bonita de mais,
poderia ser uma artista ou modelo facilmente."

Então prestaria atenção no que o esquentadinho falaria, e antes dele sair da sala eu o responderia.
-Eu sei que você voltara, mas até la tente não morrer de saudade.
Faria uma careta para ele como quem quisesse dizer. "Estou apenas brincando contigo, não leve tão a serio."
E voltaria minha atenção para Minata.
-Rosto você diz? Eh....... Tinha dois que eram tão carecas que a luz até reluzia.
Desculpa... Mas era o que mais chamava atenção deles.

Então me concentraria em lembrar dos seus rosto, e começaria descrevendo os gêmeos, falaria de suas carecas, o formato dos olhos, sobrancelhas, nariz e boca, descrevendo da melhor forma que poderia a profundidade, cor cada detalhe que fosse importante e marcante, falaria também do formato do queixo. Faria o mesmo para o restante, focando em me lembrar de seus detalhes mais marcantes, como o cabelo todo para trás do homem de bastão, as cicatrizes espalhadas pelo rosto do lanceiro, e do líder eu falaria sobre sua bandana, e da cicatriz grande que percorria de sua bochecha até o pescoço.

Quando acabasse de descreve-los eu esperaria ela acabar os desenhos para então puxar conversa.
-Desculpe a pergunta pessoal, mas porque escolheu ser uma marinheira? Sabe com sua beleza e talento poderia ser facilmente uma modelo ou artista.
E assim que ela respondesse essa pergunta, eu faria outra.
-Sabe se por aqui tem cartazes de procurados? Gostaria de vê-los se não tivesse problema.


Objetivos:
 

Histórico:
 

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : First Act - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

First Act - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 6 EmptyQui 12 Out 2017, 03:30


First Act

Post: 27



Fora o que já havia dito, Troy apenas ignorava a Mink enquanto seguia seu caminho tranquilamente acenando para os cidadãos chamando toda a atenção para si. Os outros marinheiros ao largar a escolta sorriam para a gata que se despediam deles agradecendo-os. Quando estavam na sala de Minata e o capitão, a Mink despedia dele com uma fala um tanto peculiar, ele simplesmente saia da sala ignorando-a mais uma vez, talvez seu bom humor fosse entediante ou chato para o homem ocupado.

Alariel não conseguia descrever bem o grupo que havia lutado contra, descrevia os gêmeos como dois homens com carecas brilhantes, mas ela conseguia crescer o que eles carregavam e como se vestiam, as cicatrizes do lanceiro e do líder e o cabelo lambido do de bastão, eram diversos tipos de descrição daqueles homens e a cada momento a marinheira ia anotando em um caderno utilizando uma caneta, ela lembrava os detalhes de cada um, embora seus rostos não estivessem tão claros em sua cabeça, haviam características que eram marcantes em cada um e isso ajudava.

Minata olhava para a gata e começava a desenhar o que ela havia descrido começando pelos gêmeos, fazia um leve esboço deles, o desenho não parecia estar muito preciso quanto ao que a Mink lembrava devido as informações não serem do melhor jeito, e o primeiro desenho era terminado, os gêmeos estavam parecidos com o que ela havia dito e talvez poderiam ser reconhecidos a partir dali, o que favoreceria os marinheiros que fossem a busca na ilha, os outros desenhos se iam formando da mesma forma, eram belíssimos desenhos que continham linhas marcantes e uma precisão e calma absolutamente fenomenal. A gata perguntava e elogiava a artista que respondia com um sorriso no rosto. - Muito obrigada, eu sou uma artista e também uma marinheira, é o que eu gosto de fazer, tive muitos apuros em minha infância e tratei de ser vaidosa durante muito tempo. Sou feliz desse jeito, Ser uma Modelo não me proporcionaria tanta adrenalina. - Ela continuava com seu sorriso no rosto marcante em sua beleza. A gata em seguida lançava outra pergunta que era respondida no mesmo momento. - Sim, nós temos, primeiro temos que levar isso para Troy, depois eu te levo para vê-los. Você não pensa em virar uma marinheira também? - perguntava Minata enquanto juntava seus desenhos/esboços dos homens tentando não amassá-los, ela se levantava e colocava eles em uma pasta azul fechada. Com passos lentos, seu caminho até a porta era feito e a abria, esperava a gata seguir ao seu lado.


Considerações:
 

Aparência de Troy:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alariel
Membro
Membro
Alariel

Créditos : Zero
Warn : First Act - Página 6 10010
Data de inscrição : 01/08/2017

First Act - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 6 EmptyDom 15 Out 2017, 01:51

A felina descrevia da forma que lembrava os seus perseguidores de Centaurea, e ao observar o talento de Minata a gata se impressionava e puxava uma conversa casual.

-Sinto muito pela falta de informações, eu não me recordo direito dos meus perseguidores, estava mais concentrada em fugir deles kishishishi.
Assim que terminasse de responder a ultima pergunta e começasse a se organizar eu apoiaria meus cotovelos na mesa e meu rosto sobre as mãos cruzadas para observa-la de forma mais próxima.
-Adrenalina é? É realmente viciante, eu também adoro essa sensação, mesmo que eu acabe sempre cheia de problemas, nunca deixei de viver pela minha liberdade, e mesmo que você tenha abandonado a vaidade mas parece que ela se recusa a sair de você. Então soltaria uma risada momentânea em seguida faria uma expressão pensativa.
-Ser uma marinheira? Não me parece uma má ideia... Mas acho que minhas ambições tem mais haver com o governo, e acho que combina mais comigo também.

Assim que Minata abrisse a porta eu caminharia até parar ao seu lado e a olharia para cima dos ombros.
-Vamos senhorita do sorriso bonito, levar seus desenhos para o esquentadinho logo,
antes que ele volte com aquela cara de quem acabou de acordar.

E quando estivéssemos no caminho até a sala de Troy eu faria mais perguntas para moça tentando passar o tempo, cruzando meus braços atras do pescoço e caminhando despreocupadamente.
-A quanto tempo você já trabalha como marinheira? Certeza que vários caras devem reparar em você e até mesmo outras mulheres.

Então quando chegássemos na sala de Troy e ele olhasse para mim, eu faria uma expressão de implicante com ele.
-Sentiu minha falta?
Esperaria a reação dele, para fazer uma pergunta de forma seria.
-Como eu faço para encontrar esse tal de Ank? Daqui a pouco pretendo procura-lo.
E quando Minata entregasse os desenhos para Troy e ja estivesse tudo resolvido, eu sorriria ansiosa para a mulher.
-Agora podemos ver os cartazes?
Assim que eu estivesse para sair da sala de Troy eu o olharia com desinteresse cruzando os braços.
-Agora estou livre? Ou vai fazer mais alguma exigência?
Se ele tivesse algo mais para falar, eu ficaria ali e escutaria a ordem.
Caso contrario sairia da sala junto de Minata, e respiraria aliviada esticando meus braços como se estivesse espreguiçando.
-Finalmente livre... Odeio essas formalidades todas, me cansam e o esquentadinho é tão rigoroso e desconfiado, queria descontrair um pouco....
Continuaria o caminho a acompanhando, e olharia com o canto do olho.
-Esse tal de Ank você o conhece que tipo de pessoa ele é?
-Espero que ele seja do tipo que nos mande caçar.
Logo quando escutasse Lilith na minha cabeça, eu colocaria uma mão sobre o rosto estando cansada mentalmente de mais para conversar com ela.
-Agora não, acabei de sair de um incomodo, não preciso de outro agora.
Olharia Minata por cima do ombro novamente.
-Desculpa, isso não foi para você é apenas um habito de pensar alto....


Objetivos:
 

Histórico:
 

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : First Act - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

First Act - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 6 EmptySeg 16 Out 2017, 11:20


First Act

Post: 28



Minata assentia sobre as desculpas da Mink, ela olhava para a garota se debruçando sobre a mesa e dava mais um dos belos sorrisos quando Alariel terminava a sua fala. A garota soltava uma leve risada e continuava falando sobre ser uma agente do governo ao invés de uma marinheira. - Sim, eu entendo, não demorará muito até que esteja realizando o recrutamento. - As duas iam até a porta e após a Mink falar mais uma vez sobre Troy, a marinheira não conseguia inibir a sua risada.

Os marinheiros do quartel olhavam para as duas, muitos ficavam impressionados e outros ficavam estranhados com a aparência da Mink. - A quanto tempo você já trabalha como marinheira? Certeza que vários caras devem reparar em você e até mesmo outras mulheres.
- Minata olhava para Alariel e respondia. - Trabalho a cinco meses, mas infelizmente passo maior parte do tempo no quartel, mal vejo a hora de começar uma missão. Não sou a única que atrai olhares. - Dizia movendo a cabeça em direção a um marinheiro que as olhava com um olhar de apaixonado.

O caminho era rápido e após alguns lances de escada chegavam a sala de Troy. Podia se ouvir alguns gritos vindo da sala e um marinheiro saindo assustado pela porta, Minata tinha colocado o braço a frente da Mink assim que ouviu os gritos. Assim que o marinheiro começou a descer as escadas, a marinheira foi até a porta e bateu três vezes. - Troy! - O capitão estava virado de costas olhando para uma janela enquanto fumava um dos seus cigarros, sua espada estava na mesa repousando em cima de vários papéis, haviam algumas estantes de livros a esquerda e o que parecia ser uma porta de banheiro a direita. A Mink chegava logo em seguida perguntando se ele tinha sentido saudade dela. Minata a olhava com um daqueles olhar de "SUA LOUCA!" totalmente assustada, mas o que realmente assustava era a reação do moreno que voltava seus olhos para as duas. - Por mim, você poderia desaparecer. Terminaram os desenhos? - Minata assentia e colocava a pasta azul ao lado da espada empurrando-a de leve, podia se ver um prato sujo de quem havia acabado de comer e um copo ao lado. - Como eu faço para encontrar esse tal de Ank? Daqui a pouco pretendo procura-lo. - Troy parecia estar se acalmando e respondia com calma para a garota. - Ele sempre fica na sala ao lado do refeitório, Minata te levará lá. - A mink se virava para a marinheira com ansiosidade e perguntava sobre os cartazes de recompensa.  Os cartazes sempre estão expostos em um dos murais do lado de fora do quartel ou espalhados pelas cidades.

As duas começavam a sair da sala quando Alariel se virava com os braços cruzados e fazia uma pergunta. - Você está livre. - Direto e seco como sempre. As duas começavam a descer a escada quando a garota continuava a falar e Minata dava mais uma risada, quando chegavam ao fim, a garota fazia a pergunta sobre Ank e como ele era. - Preguiçoso e chato. Não sei como ele pegou um cargo desses no governo mundial, deve ser bem mais fácil lá. - Ela ouvia a gata falando consigo mesmo e estranhava um pouco daquilo. - Tudo bem, sem problemas -  E as duas continuavam a andar até a sala ao lado do refeitório, podia se sentir o cheiro da comida sendo preparada como uma bela de uma carne misturada com o que parecia ser tempero e algo doce. Minata parava de frente para a Mink e dizia. - Essa é a sala dele, mas pelo barulho do ronco. - Podia se escutar um ronco vindo de dentro da sala. - Ele está dormindo. Você quer ir ver os cartazes antes e depois você volta? - Perguntava com um sorriso em seu rosto. - e esperava a resposta da gata.

Considerações:
 

Aparência de Troy:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alariel
Membro
Membro
Alariel

Créditos : Zero
Warn : First Act - Página 6 10010
Data de inscrição : 01/08/2017

First Act - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 6 EmptyTer 17 Out 2017, 22:30

Alariel terminava a descrição de seus desenhos, e iria entrega-los para Troy e durante seu caminho encontrava alguns marinheiros que reparavam nela e em Minata, alem de gritos seguidos de um marinheiro que descia as escadas, conhecendo também um pouco mais sobre o tal Ank, e também recebia uma proposta para ver os cartazes de procurados.

Levaria minha mão ao queixo expressando duvida e ficando pensativa quando Minata me dissesse sobre a realização do recrutamento.
-Hmm.... Talvez eu tenha algum tempo livre então, até o recrutamento começar de fato.
E assim que a seguisse repararia nos marinheiros que estavam nos observando, enquanto prestava atenção na resposta de Minata.
"Acho que não poderia ser diferente, ela sendo tão atraente e minha aparência incomum, chamam atenção de mais, e também não deve haver muitas mulheres por aqui..."
-Cinco meses e ainda não pode fazer missões, você realmente deve estar entediada.....
Olharia discretamente para os marinheiro apaixonado sem que ele note assim que Minata me falasse sobre não ser a unica que chamava atenção, mas se ele percebesse eu sorriria com o canto da boca e me viraria para Minata novamente, deixando uma risada abafada escapar.
-Acho que ver duas garotas juntas é de mais para o coraçãozinho dele. Falaria baixo o suficiente apenas para Minata escutar.
"Sera que todos ficam tão bobinhos assim quando apaixonados? Como seria o esquentadinho gostando de alguém.... Difícil até de imaginar com aquela cara fechada sempre." E seguiria pelo caminho perdida em meus pensamentos, com um sorriso desajeitado no rosto tentando não rir alto.

Tentaria armazenar o caminho até a sala de Troy talvez possa ser útil futuramente, e me colocaria em guarda pelo susto dos gritos, e acompanharia o marinheiro com os olhos, até ele sumir de minhas vistas descendo as escadas.
-Acho que alguém não esta com sorte hoje.
E assim que as coisas estivessem se acalmado, eu colocaria minhas mãos gentilmente no pulso de Minata, demonstrando gratidão.
-Obrigada por tentar me proteger, só que eu consigo me defender também. Não queria parecer ingrata ou grossa, por mais que tenha parecido, apenas queria demonstrar que ela pode olhar para mim de igual para igual e não como alguém que precisa ser protegida sempre.
Assim que entrássemos na sala de Troy e ele me respondesse eu ficaria feliz mesmo pela grosseria mas logo ficaria seria para que ele não percebesse então falaria ironicamente.
"Olha.... Consegui uma resposta, melhor do que ser sempre ignorada."
-Seu grosso! Se eu desaparecer eu volto para puxar seu pé.
Então ficaria realmente seria quando estivesse la dentro e o fuzilaria com os olhos, para que ele notasse que eu não gostava de vê-lo se matando aos poucos com o cigarro, em seguida desviaria o olhar reparando no prato que ali estava.
-Se estava com fome deveria ter comido algo na hospedaria hunpf!

Assim que saíssemos da sala de Troy eu faria uma proposta para a mulher.
-No mural? Espero gravar os rostos então. O que acharia de irmos atras de alguma recompensa juntas ou teria algum problema? Mas essa ilha tem uma vigilância bem rigorosa, deve ser bem difícil algum criminoso se arriscar.
E quando Minata me falasse sobre Ank eu demonstraria meu desanimo com a descrição do sujeito, fazendo uma expressão desapontada, inflando as bochechas com ar.
-Acho que o governo deve fazer vista grossa tsc... Tudo bem farei questão de agitar as coisas com ele. Diria essa ultima parte esboçando um sorriso maléfico.
Assim que sentisse o cheiro da comida eu respiraria mais fundo olhando na direção do cheiro.
"Eles devem caprichar na comida aqui, o que sera esse cheiro mais doce? Droga,
eu não deveria estar pensando em comida, acabei de comer, se continuar assim vou engordar."

Logo quando terminasse de fazer sua pergunta eu a responderia decididamente.
-Vamos ver os cartazes, o cheiro esta dessa coisa doce esta me torturando. Alem do mais terei bastante tempo para conhecer nosso preguiçoso.
Estenderia minha mão em alguma direção aleatória e sorriria brincando com ela.
-Por favor mademoiselle do sorriso belo, guie o caminho.
E assim que estivéssemos caminhando para não deixar a conversa morrer eu falaria para ela de forma melancólica.
-Sobre o que aconteceu na sala do esquentadinho, não precisa ficar com tanto medo dele, ele é bem frio e distante mas não é uma pessoa cruel, parece que ele tem medo de se apegar, talvez por ter dificuldade em confiar nas pessoas, ou algum outro motivo.


Objetivos:
 

Histórico:
 

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : First Act - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

First Act - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 6 EmptyQua 18 Out 2017, 16:24


First Act

Post: 29



Minata ria do que a jovem falava baixo para ela, enquanto que Troy era o contrário, ficava quieto e ignorava ela mais uma vez. Quando Alariel falava sobre o governo fazer vista grossa, era possível ver em sua expressão um pouco de incômodo ao ouvir aquilo dela, mas decidia ignorar no momento. A gata estendia a mão para a direita e dizia para ela mostrar o caminho, com mais um de seus belos sorrisos começava a andar para a mesma direção apontada. - Sobre o que aconteceu na sala do esquentadinho, não precisa ficar com tanto medo dele, ele é bem frio e distante mas não é uma pessoa cruel, parece que ele tem medo de se apegar, talvez por ter dificuldade em confiar nas pessoas, ou algum outro motivo. - Ela ria daquilo e ficava um pouco vermelha, parecia estar tímida como se gostasse dele. - Ele é lindo, não é? Eu sei bem como ele é, não tenho medo dele, Troy é gentil, só que ele tem ficado muito ocupado reconstruindo passo a passo dessa base, ela foi atacada não faz muito tempo e já está quase pronta os preparativos.

Não demoravam muito até que as duas chegassem ao mural dos cartazes de procurado ao leste do QG da marinha vendo do porto. Tinham apenas dois cartazes e as recompensas não eram as mais altas, uma de um milhão de um [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] gordo e de pele escura com um óculos preto e um cavanhaque. O outro era uma [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] magra que valia a metade da recompensa dele, ela era loira de olhos azuis com um brinco dourado em uma das orelhas, estava vestindo um colete azul rasgado por um corte de espada. - O homem se chama Carlile e a mulher se chama Fiona. Ambos são procurados e costumam andar juntos em festas ou bares bebendo, mas eles são esguios e estão sempre escapando, são uma verdadeira pedra no sapato, mas não demorará muito até nossos marinheiros pegarem ele. - Ela dava uma pausa. - Então, tenho que ir fazer algumas coisas para a marinha agora, fale com um dos guardas que procura pelo Ank para fazer o recrutamento quando for fazer. - Minata se despedia e entrava no QG novamente deixando Alariel encarando os cartazes de procurado.


Considerações:
 

Aparência de Troy:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alariel
Membro
Membro
Alariel

Créditos : Zero
Warn : First Act - Página 6 10010
Data de inscrição : 01/08/2017

First Act - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 6 EmptySab 21 Out 2017, 02:22

Minata falava um pouco mais sobre Troy, e acabava que a base havia sido atacada recentemente, alem de apresentar para Alariel os bandidos daquela região antes de se despedir e afastar-se.

"Ela não deve se dar muito bem com as pessoas do governo, de toda forma melhor deixar isso de lado por enquanto."
Levaria minha mão ao queixo e começaria a coça-lo com o polegar e o dedo indicador em forma de pinça demonstrando duvida logo quando Minata acabasse de falar sobre o ataque no QG.
-Até que ele não é feio, só deveria ser mais bem humorado u.u
Mas a base foi atacada? Como assim? E por quem? A pessoa deve ter tido um ótimo motivo ou apenas ter sido louca o suficiente.


Me certificaria de encarar muito bem os cartazes para memorizar seus rostos.
-Esguios é? Ao menos eles sabem aproveitar a pequena liberdade que lhes resta,
chega até ser irônico um cara tão grande desses com um adjetivo assim, e essa outra tem uma testa enorme daria para colar outro cartaz só nessa testa kishishi. E que mal lhe pergunte,
qual crime que eles cometeram?

Assim que Minata se despedisse eu acenaria para ela com uma mão dizendo.
-Obrigada por tudo, agora daqui eu me viro sozinha.

Então quando Minata se afastasse eu ficaria parada olhando para o mural vendo se tinha outra coisa que me chamasse atenção então cruzaria meus braços fechando os olhos e inclinando a cabeça para baixo ficando pensativa.
"O que fazer agora? Eu poderia voltar para a hospedaria atras da vovó, mas isso seria gastar tempo a toa ela deve estar ocupada com o concerto.... Talvez ir atras desses dois? Mas,
eles parecem ser noturnos as melhores festas são a noite então é melhor esperar anoitecer, e se eu possuísse armas seria mais fácil... Tambem tem o farol que eu gostaria de ver, mas deixa para outra hora, o melhor agora é ir até a sala do tal Ank.

Assim que terminasse de raciocinar me colocaria a caminhar até a sala de Ank novamente.
-Hey gatinha, vamos atras daqueles dois logo.
-Encontra-los agora seria muito difícil, melhor esperar a noite chegar alem de nos divertimos você pode saciar sua sede.
-Estou ansiosa para caça-los, a noite ainda é muito melhor, mal posso esperar para ver suas expressões de dor.
-É realmente assustador ter você dentro da minha cabeça, não sei como ainda não surtei.
-Cala a boca! Alem do mais eles valem um bom dinheiro, para quem não tem nem 100mil 1milhão e meio é muito.
-Como se o dinheiro importasse para você Lilith, só quer saber de caça-los.
-Awn fedelha, você me conhece tão bem.

Por fim sacudiria minha cabeça ainda caminhando até a sala de Ank.
-Por que ainda perco meu tempo com ela?
E assim que chegasse na porta eu bateria fraco nela com as costas dos dedos médio e indicador, sem me importar se ele estivesse dormindo ou não.
-Ank, Ankzinho, abre a porta por favor.
Se ele não respondesse ou demorasse para abri-la, eu bateria mais forte na porta e diria num tom de voz mais alto.
-Vamos la, é falta de educação deixar uma dama te esperando!
Caso ainda sim ele se recusasse a abrir eu bateria novamente na porta e diria.
-Daqui eu não saio até você me dar atenção, quanto mais rápido você me atender mais rápido se livra de mim!!
E repetiria isso até cansar ou ele decidir abrir.

Se então ele abrisse a porta, eu o olharia de cima abaixo analisando seu perfil, e diria com um sorriso empolgado no rosto.
-FINALMENTE! Achei que ia me deixar esperando a vida toda, serei direta, quero entrar para o governo, se você me ajudar com isso eu te deixo em paz. O que me diz?
Se ele se recusasse eu juntaria as pontas de meus dedos indicadores e empurraria um contra o outro e faria uma expressão triste com voz manhosa.
-Por favorzinho... Sempre foi meu sonho, não precisa nem ser você para me avaliar,
pode mandar outra pessoa, eu entendo que um homem importantes e ocupadas como você estejam sempre cansadas, mas não seja tão malvado... Depois eu até te faço um cafuné e você dormira como um bebe.

"Talvez um pouquinho de bajulação resolva..."


Objetivos:
 

Histórico:
 

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




First Act - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: First Act   First Act - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
First Act
Voltar ao Topo 
Página 6 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Centaurea Island-
Ir para: