One Piece RPG
II - Selecção Natural - Página 7 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» 10 Anos de OPRPG - Bingo!
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 07:55

» 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 07:12

» Cap. 2: Da alvorada ao Crepúsculo, os aspectos da liberdade surgem!
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor Wesker Hoje à(s) 05:00

» Draguren Hynno
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor OverLord Hoje à(s) 04:31

» Duncan Dellumiere
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor Wesker Hoje à(s) 03:11

» Aaron DeWitt
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor Yami Hoje à(s) 01:40

» There's no good man in the west
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 01:31

» [Mini-Shinki Karan] Ficha
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor Quazer Satiel Hoje à(s) 00:21

» O bando nasce! Nobreza contra ralé!
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor Aesop Ontem à(s) 23:24

» Hey Ya!
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor Megalinho Ontem à(s) 23:23

» Naomi Yumi
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 23:22

» Capítulo I - Despedida
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 23:16

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor Kiomaro Roshiro Ontem à(s) 23:04

» Joe Kerr
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 22:38

» Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 22:34

» Laith Kinder
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 21:33

» Karyo Shen
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 21:30

» Noskire M. Hughes
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 21:27

» Alexsander Kaelum Colt
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 21:22

» Hizumy Mizushiro Mayan
II - Selecção Natural - Página 7 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 21:20



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 II - Selecção Natural

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 44
Warn : II - Selecção Natural - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

II - Selecção Natural - Página 7 Empty
MensagemAssunto: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 7 EmptySeg 31 Jul 2017, 17:34

Relembrando a primeira mensagem :

II - Selecção Natural

Aqui ocorrerá a aventura do(a) marinheiro(a) Skÿller Van Der Veen. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento


Data de inscrição : 10/08/2015

II - Selecção Natural - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 7 EmptyQui 28 Dez 2017, 18:02





Kiss From A Rose



...... O navio inimigo foi abatido, os piratas que abordaram o nosso navio não tiveram um melhor final. O careca abateu um, Roxanne e Morgan finalizavam os restantes com a minha ajuda. A adrenalina começava a subir à cabeça e a minha sede também aumentava. Olhei para o pirata caído no chão gravemente ferido e respirei fundo, o cheiro do mar com o de sangue era algo divinal.
......- Era exatamente o que eu precisava… Uma refeição. – diria enfiando a minha ninjaken no meio da testa do pirata.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


......Após isso verificaria as suas mãos, se algum dedo tivesse anel cortá-lo-ia fora, guardaria o anel (sem dar muita atenção a ele) e colocaria o dedo na boca como se fosse um charuto e começaria a morder lentamente. Rapidamente correria para Roxanne e pediria ajuda para colocar Platão num lugar seguro, ele não podia ficar muito próximo, poderia ser um fardo se caísse ao mar ou se tropeçássemos nele.
......- Vamos atacar aquele navio agora… – diria apontando com a ninjaken para o navio (EF14). – Se ajudarmos aquele navio marinheiro (CD13) podemos deixar este navio ou deixar eles entrarem aqui. Assim serão mais pessoas para tomar conta dos canhões. Ou então atacamos aquele (FH13) e ajudamos este (FH14). Não podemos ficar parados, temos que ajudar o mais rápido possível.
......Se algum dos piratas começasse a questionar sobre a minha liderança eu responderia - Eu me auto-nomeei lider do ataque. Não confio em vocês os dois o suficiente para o fazer, não estou ciente de suas capacidades. Eu e Roxanne devemos ter o mesmo conhecimento sobre batalha naval, então se alguma coisa der errado eu ficarei com as culpas.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


......Enquanto o navio estivesse virando eu carregaria os canhões para que, assim que ele estivesse na posição ideal, disparar contra a proa do navio pirata escolhido e teria o cuidado evitar ao máximo acertar os navios marinheiros.
Se conseguíssemos abater algum navio pirata e estivéssemos perto de um navio marinheiro gritaria em plenos pulmões para que algum marinheiro nos percebesse. Carregava sempre comigo o chapéu marinheiro em minha cintura, então pegaria nele e levantaria para conseguissem perceber que tinham aliados num navio pirata.
......- HEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEY! – gritaria – SOMOS MARINES DE SHELLS TOWN, VIEMOS AJUDAR! NÃO DISPAREM!
......-O Sargento Platão, a soldado Skÿller e a soldado Roxanne de Shells Town. – diria se perguntassem quantos marinheiros tinha no navio.
......- Qual o estado do vosso navio? – Perguntaria para os outros marinheiros. – Se precisarem podem vir para o nosso e tragam as vossas balas de canhão! – Se esse fosse o caso eu diria para os piratas pararem ao lado do navio marinheiro.
......- Não se preocupem, apenas guardem as vossas armas que estará tudo bem. – diria para os piratas aliados – Eu vou tentar convencer eles a não matar vocês.
......Assim que os marinheiros entrassem no navio ou nós entrássemos no deles eu perguntaria quem era o marine com a maior patente. Faria uma continência e então falaria – Sou a soldado Skÿller! O Sargento Platão ficou inconsciente, a soldado Roxanne já realizou os curativos no Sargento. Aqueles dois são piratas mas concordaram e nos ajudar. São de confiança, se quisessem já ter-nos-iam traído há muito tempo. Precisamos de todos os pares de mãos que tivermos, prendê-los ou acabar com a vida deles agora não traria nenhuma vantagem para nós.
......Mudando ou não de navio, ficaria preparada para voltar a focar outro navio, dando preferência ao navio pirata que estivesse atacando algum navio da marinha aliado, mas se o mais certo a se fazer fosse atacar outro assim o faria. Quando a luta acabasse diria para os navios da marinha se juntarem, os navios mais danificados e impossíveis de continuar viagem deveriam ser abandonados e as pessoas neles deveriam subir para os outros navios, quando estivessem todos preparados para seguir viagem tentaria tirar um momento para descansar.
......Se durante a batalha o navio em que eu estivesse ficasse com gente de sobra, eu daria espaço para os outros soldados irem para os canhões e gritaria "PRONTOS SOLDADOS? TODOS AO MESMO TEMPO! MIRAR! PREPARAR! DISPARAR! RECARREGAR!" mesmo que tivesse um superior, era óbvio o que eles tinham que fazer, mas deveriam todos tentar manter o ritmo.
......Quando estivéssemos a caminho de Logue Town eu procuraria um dos outros marines pedindo 2 algemas para os piratas, se eles não estivessem cuidando da viagem eu me aproximaria deles.
......-Platão está inconsciente, mas o acordo ainda é válido. Se ele estiver indisponível para cumprir a parte dele eu irei fazer o melhor para honrar o acordo. - diria levantando as algemas - Agora, se não se importam... Permitam eu colocar as algemas, a maioria dos marinheiros não se sente confortável ter dois piratas armados e livres no mesmo navio. - assim que seguissem a ordem eu colocaria as algemas neles.
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 30
Sangue: (08/15)
Ganhos: Bainha para ninjaken; Cicatriz em baixo do olho esquerdo; Cicatriz na sobrancelha esquerda; Cicatriz na bunda.
Perdas:  Máscara do Clã
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado, por algum motivo não gosta de contato pessoal. Btw ele tá morto.
Braganis -  Traidor que matou dois marines e tentou culpar Skyller. Virou comida de psicopata.
Loirinho - um marine que se acha herói
Platão – um sargento que Skyller conseguiu salvar da hipnose de Bragnis, agora está liderando a missão.
Roxanne (acrescentar)  - Ficou surpresa pelo vício de Skÿller, embora sinta uma óbvia aversão pelo vício, a marinheira parece não querer cortar laços com Sky por enquanto.
Careca - Um pirata com excesso de confiança;
Capitao Morgan - capitao pirata que concordou em colaborar com a marinha em troca de uma pena reduzida.
Coments Extras: Usando farda da marinha; Ombro esquerdo fudido; Braço direito incapacidade e Ferrado; Sangrando; Buraco no torso; Troca na fantasia de Lux e Tenebris por Samael  
Objetivos:
 
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : II - Selecção Natural - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

II - Selecção Natural - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 7 EmptyTer 02 Jan 2018, 21:27

As atitudes de Skyller deixaram até mesmo o Careca com medo, quem dirá Morgan. Mais e mais ele se arrependia de ter desperdiçado a oportunidade de ter dado cabo naquela lunática. Roxanne também não encarava com bons olhos o dedo cortado na boca da ninja. Sem tentar disfarçar, franzia o cenho. – Você precisa mesmo fazer isso?

O anel de ouro com uma pequena pedra manchado de sangue que Skyller havia encontrado no dedo em que mordiscava já estava no fundo de seu bolso. Enquanto conversavam elas colocavam Platão em um local seguro, ou tão seguro quanto se poderia ser dentro de um navio em meio a uma batalha naval.

Morgan tentava se livrar dos calafrios que sentia ao manobrar o navio para passar pelos destroços. A cena a volta deles era desoladora. Navios afundando, fumaça, cheiro de pólvora forte, som de canhões que não cessava, corpos nas águas e até mesmo alguns pedidos de socorro.

- Vamos atacar aquele navio agora… Se ajudarmos aquele navio marinheiro (CD13) podemos deixar este navio ou deixar eles entrarem aqui. Assim serão mais pessoas para tomar conta dos canhões. Ou então atacamos aquele (FH13) e ajudamos este (FH14). Não podemos ficar parados, temos que ajudar o mais rápido possível.

O Careca parecia prestes a dizer algo quando avistou Morgan balançando a cabeça negativamente de levinho para si. Por isso se calou.

- Qual dos dois? – Perguntou o capitão pirata que no momento só tinha um membro ainda vivo em sua tripulação.

Assim, carregando os canhões, novamente a Jolly Rogers partiu atrás de mais uma presa, Careca ajustava a mira de dois canhões enquanto Sky e Roxanne inseriam balas e se preparavam para acender os pavios. Cada uma delas tinha um braço incapacitado, e tal tarefa era mais difícil do que se pode imaginar, exaurindo fisicamente ambas as damas que já haviam passado por vários combates.

Ao se aproximarem, receberam duas saraivadas de tiros, surpreendentemente vindos do navio da marinha que buscavam ajudar. Por sorte ambas arraram o alvo.

- HEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEY! SOMOS MARINES DE SHELLS TOWN, VIEMOS AJUDAR! NÃO DISPAREM! – Gritava Skyller balançando um chap´´eu de marinheira que nesse ponto estava coberto de sangue.

Talvez tal ação foi o que parou os marinheiros, ou talvez fosse o fato que a Jolly Rogers começara a disparar contra o outro navio pirata e faze-lo ficar em silencio começando a afundar, mas finalmente eles conseguiram se aproximar do navio da Marinha.

- QUEM VEM LÁ? – Veio uma pergunta do outro navio.

-O Sargento Platão, a soldado Skÿller e a soldado Roxanne de Shells Town. Qual o estado do vosso navio? –

- Mal. Perdemos o mastro principal e não podemos sair do lugar! O Tenente e os sargentos estão mortos! Só restam dez de nós!

- Se precisarem podem vir para o nosso e tragam as vossas balas de canhão!

- AAAAAYEEEEEE!!!

- Espero que não volte atrás em seu acordo conosco mulher! – Dizia Morgan com as mãos tremulas. O Careca em algum momento tinha se aproximado de Platão e pego duas pistolas que pôs atrás da camisa sem ninguém ver. Não morreria sem levar aquela p#%a para a cova consigo se ela os traíssem.

- Não se preocupem, apenas guardem as vossas armas que estará tudo bem. Eu vou tentar convencer eles a não matar vocês.

– Sou a soldado Skÿller! O Sargento Platão ficou inconsciente, a soldado Roxanne já realizou os curativos no Sargento. Aqueles dois são piratas mas concordaram e nos ajudar. São de confiança, se quisessem já ter-nos-iam traído há muito tempo. Precisamos de todos os pares de mãos que tivermos, prendê-los ou acabar com a vida deles agora não traria nenhuma vantagem para nós.

Nesse momento diversos marinheiros embarcavam o navio carregando consigo munição para canhão além de suas próprias armas. Todos apresentavam ferimentos de alguma gravidade, e dois estavam até sendo carregados inconscientes. Um homem gordo com quase dois metros de altura olhava para Skyller de cima sem esconder sua arrogância.

- Cabo Cortes se apresentando. Não me importo com eles mas não serão mais necessários. Seria melhor se estiverem presos.

Nesse momento, no entanto, um alto estalo ocorreu vindo da direção de um dos navios da marinha que como se tivesse se partido ao meio, começava a afundar. Tinha perdido o combate.

Agora apenas o navio da marinha BD/3-4 ainda estava batalhando contra o FD-3. Enquanto isso o navio pirata que havia destruído um dos navios da marinha seguia em direção a Jolly Rogers se preparando para entrar em combate com ela. Canhões prontos e preparados para disparar. Na proa um Mink Leão com um tapa olho coberto de sangue e um tridentes em mãos olhava insanamente na direção dos marinheiros enquanto rugia para os céus.

"PRONTOS SOLDADOS? TODOS AO MESMO TEMPO! MIRAR! PREPARAR! DISPARAR! RECARREGAR!" – Gritava a Van der Veen ao ver que todos havam corrido para os canhões. Ao mesmo tempo Cortes também gritava – VOCÊS SABEM O QUE FAZER! VAMOS LÁ! – enquanto olhava irritado para Skyller.


off:
 
ps: To numa pressa extrema, depois que acabar de postar tudo formato bonitinho se precisar uahuahuah.

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : II - Selecção Natural - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

II - Selecção Natural - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 7 EmptyQua 03 Jan 2018, 17:15





Kiss From A Rose



...... Talvez eu tivesse passado dos limites, nem todos eram como eu, então era de esperar que se sentissem incomodados, logicamente por serem aliados (mesmo que dois deles momentaneamente) eu saboreei o máximo do sangue e joguei o dedo fora. O anel era dourado e com uma pedra, deveria valer algum dinheiro, mas eu não ligava muito para ele, apenas poderia ser útil.
......Infelizmente eu tive que tomar a posição de capitã, ninguém queria tomar a escolha errada, então eu tive que o fazer. Respirei fundo e apontei para o EF14. Por sorte não fomos afundados por outros marinheiros, então numa situação 2 para 1 conseguimos afundar mais um navio pirata. Os marinheiros tinham o navio incapacitado, sem outra escolha entraram no nosso navio, a triste notícia de só serem soldados me deixou preocupada, porém, de certo modo determinada a acabar aquela batalha.
......- Cabo Cortes se apresentando. Não me importo com eles mas não serão mais necessários. Seria melhor se estiverem presos. – disse um dos marines cheio de arrogância. O tom da voz do marinheiro foi tão arrogante que me apanhou de surpresa, recuei meu pescoço para trás, com a boca semiaberta e olhando perplexa para o marinheiro, a minha mente ficou processando tanta informação que quase bloqueou.
“Quem esse filho da puta pensa que é? Quem manda nessa merda de navio, por enquanto, sou eu.”
......- Olha a audácia desse filho da mãe. – disse Samael tendo a mesma reasção que eu. – Estou surpreendido com tamanha audácia.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

......Antes que eu pudesse responder mais um navio marinheiro era afundado, mais um adversário se aproximava para a batalha, rapidamente eu e Roxanne deixamos os marines em condições tratarem dos canhões.
......- VOCÊS SABEM O QUE FAZER! VAMOS LÁ – gritou Cortes para os marines, por algum motivo olhando furioso para mim.
......- Escute, “Cabo” Cortes. – diria dando ênfase no “Cabo” – Aqueles dois vão fazer apenas o que eu ou Roxanne ordenar, entendeu? Eles cuidam da navegação do navio e fim de discussão. Até ordem contrária eu sou responsável por todas as decisões neste navio assim como as consequências das escolhas, então não se preocupe “Cabo” Cortes. – Inconscientemente usaria um tom de intimidação, eu não era uma líder mas sabia o que tinha de ser feito e como deveria ser feito.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

......Se os marines errassem os tiros, eu ordenaria para um grupo focar o mastro principal do navio e o outro grupo focar os canhões do outro navio, dessa forma iriam provocar algumas baixas, afinal era garantido a localização de pelo menos um pirata por canhão; precisávamos de incapacitar o navio ao máximo, com dois alvos focando os pontos que aparentam ser os mais importantes do navio seria mais fácil.
......Se percebesse que uma forte rajada de balas viesse em nossa direção, ordenaria para todos os marines (e para os piratas) se abrigarem, e então procuraria um abrigo para me manter protegida das lascas que iriam voar, colocaria o meu braço esquerdo encostado na cara inclinado para a direita e colocaria o outro braço na frente do esquerdo inclinado para o lado esquerda, se voassem lascas elas iriam acertar primeiro o braço ruim, desta forma seria difícil ficar mais inutilizada em batalha.
......- Roxanne, você está em condições para lutar? – perguntaria com um sorriso – Não há descanso para as marinheiras… Não por enquanto.
......Observaria o navio pirata se aproximando, tentando observar cada característica nele, incluindo quem estava nele. Se encontrasse algum ponto fraco no navio ordenaria a todos mudarem o foco para aquele local, assim o navio ficaria inutilizado.
......- Se precisarmos abordar o navio um de vocês terá de vir comigo. – diria para Morgan e para Careca. – Gostaria de manter a distância de piratas armados que poderiam acabar com a minha vida, mas se eu deixasse vocês sozinhos no navio os marinheiros poderiam começar a me questionar. Também precisamos de ganchos para puxar o navio deles para nós, assim que ele ficar incapacitado.
......Se o navio inimigo fosse incapacitado, eu ordenaria a todos os marinheiros pegarem em suas armas e se preparar para o ataque – TODOS QUE TIVEREM ARMAS DE FOGO FIQUEM PREPARADOS PARA COMEÇAR A DISPARAR OS PIRATAS DAQUELE NAVIO! QUANTOS MAIS FOREM ABATIDOS AGORA, MAIS FÁCIL SERÁ ACABAR COM ELES!
......Se alguém questionasse a minha decisão de abordar o navio eu responderia pensativa (se fosse Cortes a questionar o tom seria de superioridade) – Precisamos de mais munições e suplementos. – se fosse Roxanne a questionar eu concluiria – Sinto que preciso abordar aquele navio…
- TODOS QUE CONSEGUIREM LUTAR CORPO A CORPO ENTREM NO NAVIO, OS RESTANTES FIQUEM AQUI E COBRAM-NOS! – gritaria para os marines assim que estivéssemos preparados para abordar. – ENTREM AO MEU SINAL!
......Se eles nos abordassem, daria ordem para todos os marines com armas à distância se afastarem o máximo possível e se começarem a disparar contra os inimigos o máximo possível, evitando acertar aliados, obviamente. Aos marines de combate corpo a corpo eu daria ordens para se manterem preparados para a luta, ficando em linha e fora do caminho dos atiradores. Cada um deveria ficar com um par, um ajudaria o outro, dando o exemplo eu ficaria próxima de Roxanne; porém, algum ficasse em par, eu diria a Roxanne para ficar com ele, dessa forma eu seria a única sem par.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics



Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 31
Sangue: (01/15)
Ganhos: Bainha para ninjaken; Cicatriz em baixo do olho esquerdo; Cicatriz na sobrancelha esquerda; Cicatriz na bunda.
Perdas: Máscara do Clã
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado, por algum motivo não gosta de contato pessoal. Btw ele tá morto.
Braganis - Traidor que matou dois marines e tentou culpar Skyller. Virou comida de psicopata.
Loirinho - um marine que se acha herói
Platão – um sargento que Skyller conseguiu salvar da hipnose de Bragnis, agora está liderando a missão.
Roxanne (acrescentar) - Ficou surpresa pelo vício de Skÿller, embora sinta uma óbvia aversão pelo vício, a marinheira parece não querer cortar laços com Sky por enquanto.
Careca - Um pirata com excesso de confiança;
Capitão Morgan - capitao pirata que concordou em colaborar com a marinha em troca de uma pena reduzida.
“Cabo” Cortes – Um soldado da marinha que não tem vergonha na cara.
Coments Extras: Usando farda da marinha; Ombro esquerdo fudido; Braço direito incapacidade e Ferrado; Sangrando; Buraco no torso; Troca na fantasia de Lux e Tenebris por Samael
Objetivos:
 
Spoiler:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : II - Selecção Natural - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

II - Selecção Natural - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 7 EmptySex 05 Jan 2018, 00:26



Starway of Kiara?


Um homem cheio de ambições. Um homem cheio de arrogância. Um homem mesquinho. Cortes é o seu nome. “Essa baixinha ousa me dirigir a palavra dessa forma? Tsc, vai ver só, vou fazê-la pagar por tamanha insolência!! Vamos ver quem é que realmente tem o comando aqui!” Seus lábios tremiam e uma veia saltava em sua testa desafiando as camadas de anha em seu rosto para aparecer ali. – Vo...

“BOOOOMMM!!” O que quer que fosse falar nunca foi dito. Naquele exato momento uma bola de canhão passou a frente de seus olhos, assim como pelos de Skyller e atingiu o meio do convés mandando farpas para todos os cantos. No entanto isso também significava outra coisa que não era necessariamente ruim para os marinheiros. Os inimigos estavam dentro do alcance dos canhões.

Enquanto muitos corriam para se abrigar, inclusive os dois concorrentes pelo comando, Skyller e Cortes, o Careca permanecia atrás do canhão mirando pacientemente para então realizar um disparo. Um disparo que acertou o navio do oponente. – ONDE VOCÊS ESTÃO INDO SEUS BOSTAS?! TEMOS QUE RESPONDER FOGO!! UM DE VOCÊS VENHA ME AJUDAR A CARREGAR ESSA MERDA DE CANHÃO!!

Quem ali não poderia sentir a ironia? Um pirata demonstrava incrível coragem perante a ofensiva inimiga, lutando para responder a altura, enquanto eles, soldados treinados e determinados tentavam se encolher buscando proteção dos escombros.

Nenhum deles repreendeu o pirata por sua audácia. Não era momento para isso. Até mesmo Cortes ruborizou levemente perante a oportunidade perdida de se mostrar e agir como líder. Os outros ruborizaram de vergonha, claro. Cinco marinheiros correram para os canhões, cada canhão com dois deles, e o terceiro onde o Careca estava recebendo auxílio do quinto.

Apesar da embarcação ter seis canhões, apenas três estavam em posição para acertar o navio inimigo. Os outros três estavam no lado oposto. - Roxanne, você está em condições para lutar? – Perguntava a ninja após escapar com sucesso de mais uma ferida, ou quem sabe até mesmo da morte.

- E eu tenho alguma outra opção? – Respondia a outra marinheira entredentes enquanto tentava ajudar um dos marinheiros feridos que entraram no navio..

– Não há descanso para as marinheiras…

- Se precisarmos abordar o navio um de vocês terá de vir comigo.

- O Careca vai. – Respondeu Morgan rapidamente sem pensar duas vezes.

– Gostaria de manter a distância de piratas armados que poderiam acabar com a minha vida, mas se eu deixasse vocês sozinhos no navio os marinheiros poderiam começar a me questionar. Também precisamos de ganchos para puxar o navio deles para nós, assim que ele ficar incapacitado.

- Os ganchos estão logo ali. – Mostrou o homem apontando com um dedo.

- O QUE VOCÊS ESTÃO ESPERANDO? PEGUEM OS GANCHOS E FIQUEM PRONTOS! – Gritava Cortes para os dois marinheiros ociosos que ainda não estavam fazendo nada de útil.

A aproximação entre as embarcações não foi tranquila, e ambas sofreram ainda mais dano. Dois marinheiros que estavam em um dos canhões foram mortos quando o local foi atingido. Sangue, fumaça, gritos, palavrões e um cheiro podre vindo dos intestinos estourados dos dois marinheiros mortos pela bala de canhão inundavam a embarcação.

- TODOS QUE TIVEREM ARMAS DE FOGO FIQUEM PREPARADOS PARA COMEÇAR A DISPARAR OS PIRATAS DAQUELE NAVIO! QUANTOS MAIS FOREM ABATIDOS AGORA, MAIS FÁCIL SERÁ ACABAR COM ELES!

Finalmente os navios ficaram lado a lado. Ganchos voavam pelo ar vindos de ambos, parecia que os inimigos tambem pretendiam levar aquele combate para o corpo a corpo.

- TODOS QUE CONSEGUIREM LUTAR CORPO A CORPO ENTREM NO NAVIO, OS RESTANTES FIQUEM AQUI E COBRAM-NOS! ENTREM AO MEU SINAL!

O que aconteceu a seguida só pode ser descrito com uma palavra. Caos. Por mais que Skyller tentasse impor alguma ordem em meio a tudo aquilo, assim que os oponentes saltaram dentro do navio, as coisas se tornaram uma confusão só.

Mas no meio daquela confusão tinha algumas coisas que a Mink poderia notar. Primeira, todos os piratas inimigos eram Minks. Seis grandes Leões de pelagem clara com lanças ou machados em mãos, mas três eram felinos mais baixos e esguios que carregavam adagas ou armas de fogo. Terceira, entre os seis Leões, o maior deles, com um tapa olho no rosto gritava palavras estranhas, mas que ela, de alguma forma, podia entender.

- IUN KIARA AUHEY OWGEJA JEIA JEUSHA AIJDHEDUJ LOWR IOMAR MUNSAJH IAQRSHU POKFUSH IWJI DIWK LIOIOK!!! ROOOOOOOOAAAAAAAARRRRRRR!!!! / À KIARA OFERTAMOS ESSES SACRÍFICIOS NA ESPERANÇA DE VER O DIA EM QUE A ESCOLHIDA USURPARÁ O TRONO DO CRIADOR! ROOOOOOOOAAAAAAAARRRRRRR!!!!

- ROOOOOOAAAAAAARRRR!!! – Gritavam em uníssono antes de avançarem para cima dos marinheiros. Rapidamente a estratégia de Skyller gerava frutos e dois leões morriam assim como um dos felinos menores. Mas em seguida os marinheiros tinham suas baixas também. Dos quinze tripulantes cinco estavam incapacitados ou mortos, sobrando dez. Logo no início da batalha, mais dois eram mortos pelo Leão com tridente. Olhando na direção de Cortes e Morgan, Skyller veria que o homem estava morto com um tiro na testa, e Morgan havia sumido. Não havia nem sinal dele.

Assim, mais uma vez, Skyller e Roxanne estavam prestes a trocar golpes, mas dessa vez os números estavam equilibrados, o que não significa é claro que estavam em pé de igualdade, afinal de contas ambas estavam bem feridas. Ao invés de Platão, tinham o Careca, um cara sem armas mas com uma bota chamativa, uma mulher com uma adaga e um marinheiro espadachim para ajuda-las, enquanto no lado inimigo haviam dois leões lanceiros (tridente incluso), um com uma clava, outro com um machado e um escudo, e dois felinos menores com adagas em mãos.

O Leão de tapa olho avançava contra os três marinheiros que estavam próximos como se fosse tankar eles sozinho. Careca se via cercado pelos dois bárbaros e um dos gatunos, enquanto o segundo gatuno e um lanceiro corriam para cima de Skyller e Roxanne que aparentavam ser as presas mais fáceis.


____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : II - Selecção Natural - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

II - Selecção Natural - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 7 EmptySex 05 Jan 2018, 20:49





Kiss From A Rose



...... Cortes, assim como eu, não conseguia esconder suas emoções, talvez ele sequer tentasse, sua face cheia de raiva estava preparada para contra argumentar minha auto proclamação de chefe do navio, por mais que ele me ofendesse eu não o iria atacar, a menos que ele tentasse o fazer, “felizmente” uma bala de canhão impediu que o caos no navio se espalhasse.
......Mais e mais o cheiro do sangue se espalhava, tornando a minha sede maior, não tava acostumada a ficar tanto tempo exposta ao cheiro de sangue e adrenalina ao mesmo tempo, era uma nova experiência. Quem diria que em tão pouco tempo uma pessoa poderia vivenciar tanta coisa? O que este dia poderia oferecer mais?
......Ambos os lados sofriam baixar, enormes baixas na realidade, mas no final quem acabou por ser abordado fomos nós. Só percebi que todos os inimigos era mink albinos quando entraram todos no navio, só podiam ser do clã De La Serre, os rivais naturais dos Van Der Veen. As únicas coisas que me deixaram impressionada foi o facto de eu ainda lembrar do dialeto dos clãs e por eles estarem no East Blue.
......- IUN KIARA AUHEY OWGEJA JEIA JEUSHA AIJDHEDUJ LOWR IOMAR MUNSAJH IAQRSHU POKFUSH IWJI DIWK LIOIOK!!! ROOOOOOOOAAAAAAAARRRRRRR!!!! – gritou o líder.
......- Seria obra do destino? Seria a visão uma profecia? – pensei em voz alta com um tom ligeiramente alegre.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


......As nossas baixas aumentavam, Morgan havia sumido e Cortes morto com uma bala na testa. Existiam minks com armas, então não culpei Morgan de imediato, ele poderia ter procurado um local para se esconder da batalha, não que fosse o errado, talvez ele acabasse por prejudicar mais que ajudar. Preferi dar o voto de confiança e saber da verdade quando a tempestade passasse.
......A situação estava difícil para o nosso lado, o líder ia acabar com aqueles marinheiros com facilidade, e o Careca ia acabar por ser abatido se ficasse sozinho, antes que eu pudesse ajudar os oponentes se aproximaram. Meu foco foi imediatamente no lanceiro, embora eu perdesse em questão de alcance, Roxanne acabaria por vencer na força bruta contra o gatuno, afinal o alcance de uma adaga é praticamente a mesma de uma boxeadora do tamanho de Roxanne.
......Sacaria a minha ninjaken e correria para o gatuno com a minha aceleração e não hesitaria um segundo em enfiar a minha ninjaken no seu ombro direito, se bem-sucedida eu saltaria para que ele caísse no chão e então morder o seu pescoço com toda a força possível de forma a fazer com que ele se engasgasse com o seu sangue. Se errasse o primeiro golpe imediatamente mudaria a direção do ataque para o lado que o gatuno se desviou, porém focando a sua cabeça.
......Se Roxanne se adiantasse em focar o gatuno, tendo minha ninjaken preparada, eu correria para o lanceiro, o mais provável era que ele tentasse uma estocada ou um ataque horizontal ao meu tronco, então deslizaria assim que ele tentasse o ataque e então realizaria um golpe horizontal nas pernas do mink para então enfiar a ninjaken na sua barriga. Se ele não realizasse uma estocada ou um ataque horizontal acima da cintura, eu tentaria fintá-lo para as suas costas para enfiar a minha ninjaken na sua espinha.
......Durante toda a batalha manteria eu ficaria atenta para não receber qualquer tipo de golpe. Contra ataques verticais ou horizontais dos lanceiros e bárbaros, esquivar-me-ia para a esquerda de forma a achar uma brecha para poder atacar as suas costas com um ataque vertical ascendente bem no centro, já para esses ataques vindos dos gatunos eu apenas me desviaria para trás e então voltaria a investir contra ele, focando o pescoço; Para ataques de estocada eu deslizaria por baixo deles e atacaria a zona pélvica deles, mas teria cuidado para não ficar muito próxima de suas pernas, poderiam acabar por me chutar; Se eu percebesse uma tentativa de me deitarem ao chão, tentaria fazer o meu melhor para, caso caísse, me levantar de imediato; Se durante o chão tentassem-me atacar, eu rolaria para os lados, desviando dos golpes.
......Se eu derrotasse o primeiro oponente correria para prestar auxílio a Roxanne, tentando pegar o oponente dela por trás enfiando toda a ninjaken no seu coração, se eu atravessasse torceria a arma para causar mais dor nele. Assim que Roxanne estivesse bem eu diria – Ajude o Careca e preste atenção a Morgan, ele tá sumido. Eu vou tomar conta do mink de tapa olho. Tenha cuidado, eles são bem perigosos… - a minha última frase tinha um tom bem sério – Pense em várias de mim só que maiores e em maior número…
......Se ela tentasse me ajudar com o mink de tapa olho, inconscientemente eu responderia entre rosnares – ELE É MEU OPONENTE! Ele vai me dar as respostas que eu quero.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


......Aproximar-me-ia do mink do tapa olho e rosnaria em plenos pulmões, chamando-o para a luta. Esperaria ele olhar para mim, se ele não investisse de imediato eu tentaria lembrar das coisas mais simples dos ensinamentos – EU VAN DER VEEN! EU PROCURAR DE LA SERRE PRETA! TU ME FALAR! – esperaria a resposta dele e então rugiria, enquanto isso eu tentaria ficar com as costas viradas para a amurada ou para o mastro– ROOOOOAAAAAAAAAAAAAAAAARRRR!!!!
......Esperaria ele realizar o primeiro golpe, então eu me desviaria para o lado esquerdo com um rolamento a menos se fosse um ataque horizontal baixo, nesse caso eu saltaria para a esquerda. A ideia era que ele ficasse com a arma presa no navio com o ataque, porém, de uma forma ou de outra ativaria de imediato a técnica “The Wolf”, ficaria numa distância segura e voltaria voltar a falar na linguagem dele.
......- ONDE ESTAR KIARA?! EU TER VISÃO COM ELA! EU QUERER RESPOSTA! – gritaria entre rosnares, todas as minhas falas dirigidas a ele tinham o claro tom de intimidação e raiva, não que fossem afetar ele, mas a adrenalina fazia eu controlar ainda menos o meu tom de voz.
......Se por acaso, após a técnica “The Wolf” o mink ainda não tivesse a sua arma, em vez de afastar eu voltaria a investir contra ele, focando o seu joelho o qual eu tentaria transpassar com toda a força possível que meu corpo tinha, e só então eu falaria.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics



Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 32
Sangue: (02/15)
Ganhos: Bainha para ninjaken; Cicatriz em baixo do olho esquerdo; Cicatriz na sobrancelha esquerda; Cicatriz na bunda.
Perdas:  Máscara do Clã
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado, por algum motivo não gosta de contato pessoal. Btw ele tá morto.
Braganis -  Traidor que matou dois marines e tentou culpar Skyller. Virou comida de psicopata.
Loirinho - um marine que se acha herói
Platão – um sargento que Skyller conseguiu salvar da hipnose de Bragnis, agora está liderando a missão.
Roxanne (acrescentar)  - Ficou surpresa pelo vício de Skÿller, embora sinta uma óbvia aversão pelo vício, a marinheira parece não querer cortar laços com Sky por enquanto.
Careca - Um pirata com excesso de confiança;
Capitão Morgan - capitao pirata que concordou em colaborar com a marinha em troca de uma pena reduzida.
“Cabo” Cortes – Um soldado da marinha que não tem vergonha na cara. Rip.
Coments Extras: Usando farda da marinha; Ombro esquerdo fudido; Braço direito incapacidade e Ferrado; Sangrando; Buraco no torso; Troca na fantasia de Lux e Tenebris por Samael  
Objetivos:
 
Spoiler:
 
off: não quis ter que ficar a repetir as defesas, então as do inicio tbm servem para as do fim Norio ainda me vou lascar por isso, mas deixei o mais resumido possivel

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : II - Selecção Natural - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

II - Selecção Natural - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 7 EmptyDom 07 Jan 2018, 20:35




A luta havia começado, e correndo para cima  do lanceiro, no momento em que ele retraiu a lança para realizar uma estocada, Skyller se lançou ao chão deslizando e passando sua ninjaken pelas pernas do Leão, logo acima do calcanhar. Devido a resistencia natural do Mink, ela não conseguiu separar as partes do corpo, mas se movimentar não seria mais uma opção pro felino enquanto não recebesse tratamento.

Enquanto caía ele ainda tentou atacar a ninja desajeitadamente, mas sem sucesso, e com a mulher em pé, recebeu mais um golpe, dessa vez em sua espinha. Ao cair no chão não estava morto, mas completamente paralisado do pescoço para baixo. Ali deitado, se sentindo horrorizado, assistiu a outra luta em que o seu lado levava a pior. “Mais frágeis? Que porra fez a gente pensar isso?”

Ao ver que o gatuno a sua frente estava prestes a tentar enfiar a adaga em si, ela fez algo que apenas alguém com muita determinação faria. Usar o braço inútil para receber o golpe enquanto com o que ainda estava funcional aplicar um golpe na cabeça do oponente enfiando os cravos da luva em seu crânio. Mas dessa vez, a tática falhou. O gatuno era veloz e com um jogo de pés se afastou pela diagonal se esquivando do golpe. Aparentemente Roxanne havia recebido um ataque a toa. Isso é, até Skyller aparecer por trás do homem cravando a espada em suas costas.

– Ajude o Careca e preste atenção a Morgan, ele tá sumido. Eu vou tomar conta do mink de tapa olho. Tenha cuidado, eles são bem perigosos… Pense em várias de mim só que maiores e em maior número…

Cerrando os dentes devido a dor, a loira aguentava apenas dar um aceno antes de se virar e ir socorrer o Careca. A situação do pirata não era nada boa, pois apesar de ter ferido um dos barbáros, o outro que estava com o escudo e o gatuno ainda estavam a salvo. Por mais que ele se movimentasse e trocasse de posição, o espaço no navio era limitado e em breve não teria mais para onde fugir enquanto disparava.

Enquanto isso Skyller se virava para o Leão de tapa-olho buscando lutar com ele apenas para ver o ultimo marinheiro ainda vivo ser empalado pela lança do Mink e levantado até o alto. Os outros dois já estavam mortos, seus corpos separados em mais de três partes de uma forma extremamente brutal.

– EU VAN DER VEEN! EU PROCURAR DE LA SERRE PRETA! TU ME FALAR! –  Gritava Skyller no dialeto usado pelo leão anteriormente. Isso fez com que ele parasse suas ações por um instante e olhasse para ela com um pouco de surpresa. O marinheiro empalado ainda permanecia erguido no ar.

- Ohhh? Mas que surpresa! Pensei que tinham todos sido exterminados... veja, se se curvares perante mim e aceitares a grandeza da escolhida, prometo te poupar e ajudar a reconstruir seu clã. O que acha?

Ao invés de falar no dialeto de seu clã, o Mink respondeu em língua comum e apesar do tom de deboche em sua voz, na realidade a oferta era sincera. Mesmo que na prática os Van der Veen viessem a se tornar apenas vassalos dos De la Serre, era melhor do que perecer ali, não era?

– ROOOOOAAAAAAAAAAAAAAAAARRRR!!!!

- Bom, você quem sabe. Ser sacrificada pela nossa causa também é um destino nobre kishishishishi! – Com isso o Leão movimentou a lança fazendo com que o corpo preso nela saísse voando em direção a Skyller, que por sua vez pulou para o lado para desviar.

Mas logo que esquivou, a ninja se viu de frente a arma do adversário que vinha em uma estocada. Se abaixando de maneira rápida, recebeu um pequeno corte de raspão em sua orelha esquerda. Para contra atacar a moça tentou deslizar e cortar as pernas do adversário como fizera anteriormente com o outro lanceiro, mas dessa vez seu oponente foi mais habilidoso e simplesmente recuou um passo enquanto retraía a lança e a abaixava, bloqueando com o cabo desta.

Dando um salto para trás ele se afastou com um sorriso no rosto. – Vejo que tem alguma habilidade. Bom, bom. Maior será o valor se seu sacrifício kishishishi!!

Ao invés de responder a provocação, a Van der Veen realizou sua tecnica The Wolf. O primeiro e segundo ataque foram bloqueados com sucesso pelo Mink, mas o terceiro finalmente foi capaz de ultrapassar sua defesa e atingi-lo em seu dorso.

.- ONDE ESTAR KIARA?! EU TER VISÃO COM ELA! EU QUERER RESPOSTA! –

- Não se preocupe. Você vai encontra-la logo logo. Vou garantir que sua alma chegue até ela. ROAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAR!!!! – E com isso ele partia para cima dela pretendendo ataca-la.


Off: no pc eu formato

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : II - Selecção Natural - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

II - Selecção Natural - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 7 EmptySeg 08 Jan 2018, 05:18





Kiss From A Rose



...... Devido à natureza da batalha, eu não havia percebido que Roxanne e Careca estavam em uma situação difícil, levando o seu corpo ao limite, assim como o meu. O êxtase da batalha fazia com que eu não pensasse em mais nada para além de matar os meus oponentes, algo que mais cedo ou mais tarde acabaria por me prejudicar.
......- Eu acho que você deveria ajudar Roxanne. – sugeriu Samael preocupado, porém, eu apenas o ignorei e continuei até ao mink líder.
......O meu novo oponente segurava um marine como se não fosse nada, não sabia o que era pior: saber que os soldados da marinha eram fracos e mal treinados ou saber que ao ver uma pessoa que luta do mesmo lado que eu morrer não me causava nenhuma perturbação pelo simples fato de não a conhecer. Trocas de palavras aconteceram, o mink sabia falar a língua corrente do mundo, por mera cortesia das negociações entre Van Der Veen e De La Serre mantive a tentativa de falar na linguagem dele.
......Ele se demonstrava um oponente forte, o seu tamanho e peso lhe dava vantagem sobre mim, assim como o fato de eu não estar na minha melhor condição física após um dia inteiro repleto de batalhas, um que ficaria marcado na minha memória.
......- Não se preocupe. Você vai encontra-la logo logo. Vou garantir que sua alma chegue até ela. ROAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAR!!!! – disse o mink leão vindo na minha direção.
......Imediatamente usaria a minha aceleração para correr na direção dele, analisando os movimentos anteriores dele e a natureza da arma, o mais provável seria a tentativa de uma estocada focada no meu peito ou cabeça, então assim que chegasse perto dele eu tentaria realizar uma finta para a esquerda e imediatamente me mover para tás dele, então realizaria dois golpes diagonais formando um “X” no centro das suas costas, após isso eu me afastaria.
......Se o golpe se revelasse ser horizontal ou diagonal, eu recuaria o máximo possível para trás, porém, tentaria atraí-lo para perto do leme do navio e tentaria pegar um dos ganchos que Morgan tinha citado, se aquela batalha não fosse ganha com força, teria de ser ganha com sagacidade e bastante criatividade. Se o ataque fosse vertical o procedimento seria idêntico ao do caso de estocada.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

......- Kyahahahahahahaha! – rir-me-ia (ambos os casos) olhando nos olhos do líder – Qual o seu nome, herege? Quero avisar Kiara sobre o seu seguidor que teve o azar de me encontrar! – o meu tom subitamente mudaria para um bem sério e frio – Você não sabe mesmo o que aconteceu com os Van der Veen? Eles não foram exterminados, eu matei cada um deles da forma que estava fadada. Por uma semana lutei sem descanso contra os meus irmãos e irmãs, não foi fácil para nenhum dos lados, aquilo era necessário. Aquilo estava fadado a acontecer, assim como eu levar as suas almas inquietas dentro do meu coração até ao criador. - durante as minhas falas eu não me manteria parada a menos que o mink também o fizesse, tentaria manter sempre 4 metros de distância dele.
......Se eu conseguisse atacar as suas costas, eu guardaria a minha ninjaken e pegaria no anel de antes sem que ele percebesse, correria para a sua direção e então tentaria jogar o anel no seu olho com o máximo de força possível, assim ele teria de abdicar da sua guarda ou do seu olho bom. Se eu acertasse no olho eu diria – A sua sorte é que não estou no meu auge do meu potencial, foi um dia longo, só hoje fiz duas mãos cheias de almas para Mithrar.
......Caso ele ficasse com o olho incapacitado, eu correria imediatamente para trás dele, porém, por ambos sermos minks eu sabia que tinha de ter cuidado com a sua audição e olfato, então tentaria correr o mais furtivamente para trás dele e saltar para as suas costas enfiando as minhas garras no seu pescoço enquanto eu prenderia as minhas penas em volta do seu tronco, para então dizer antes de rasgar o seu pescoço e morder a sua cabeça - Kiara nunca vencerá o criador, eu mesmo irei purificar a sua alma e torná-la uma guerreira fiel!
......Caso ele decida defender o seu olho abrindo a sua guarda, correria para trás dele sacando a minha ninjaken e, assim que estivesse em posição, eu enfiaria a minha ninjaken na parte de trás do seu joelho direito em vez de tentar cortar como antes, assim que eu enfiasse a ninjaken obrigaria ele a se abaixar empurrando-a para cima como se fosse uma alavanca, quando ele se abaixasse eu removeria a ninjaken e com um movimento circular eu enfiaria ela em su pulmão esquerdo, porém evitando o coração – Ajoelhe-se perante mim, não irei mostrar piedade, apenas quero se lembre a respeitar os Van Der Veen.
......Vem. – diria com um tom de desprezo guardando a minha ninjaken. Assim que ele viesse eu correria na sua direção e deslizaria pela sua direita prendendo o gancho na sua perna, atravessando-a, então puxaria o mais forte possível para que ele caísse. Se isso acontecesse eu imediatamente pegaria na minha ninjaken e enfiaria ela no seu ombro esquerdo enquanto eu pisaria o seu pescoço com toda a força, no final eu me afastaria.
Se no final de tudo ele ainda estivesse vivo eu manteria a guarda numa distância de 4 metros. Se ele fosse derrotado eu olharia para Roxanne e para o Careca, para analisar a situação de ambos, tentaria também manter meu olho em Morgan e Platão, mesmo inconsciente poderiam ter atacado o seu corpo por pura diversão.
......Em qualquer momento, para chutes baixos eu tentaria pular para cima da pessoa e enfiar a minha ninjaken em seu ombro direito; para o caso de chutes médios ou altos eu rapidamente me abaixaria e então me jogaria com a ninjaken na outra perna para que ele caísse, tentaria não ficar por baixo do mink; para ataques utilizando o seu tridente, eu usaria o seguinte padrão de defesa: contra golpes horizontais direcionados acima do pescoço eu rolaria para a frente e então tentaria enfiar a minha ninjaken no fígado do pirata, para golpes de estocada eu esquivar-me-ia para a esquerda e então tentaria enfiar a ninjaken no antebraço do mink; contra golpes horizontais direcionados abaixo do pescoço e acima da cintura eu daria um salto para trás de modo a evitar receber o golpe; se fossem golpes horizontais focados às minhas pernas eu saltaria o mais alto possível para cima da pessoa e realizaria um golpe horizontal no seu peito.
......Quando ele fosse derrotado eu jogaria o seu tridente para longe, então olharia para ele com desprezo – NÓS MINKS DEVERIAMOS SER OS MAIS DEVOTOS! Se os nossos clãs tivessem trabalhado em conjunto para um destino melhor, eu não seria a última, a partir de hoje eu faço o meu próprio destino, começando por ir atrás de Kiara por se opor a Mithrar. – se ele ainda tivesse o que dizer eu esperaria ele acabar de falar, então diria – “Repose en paix” // ("Descanse em Paz") – e cortaria a sua cabeça fora. Removeria o tapa-olho dele, para então, caso ainda existissem minks inimigos abordo, levantar a sua cabeça e rugir o mais alto possível, chamando a atenção deles.
......- ENTREGUEM-SE NESTE EXATO MOMENTO E MOSTRAREMOS ALGUMA PIEDADE! Resistam e tenham o mesmo destino que o vosso líder! – gritaria com o máximo de raiva e intimidação possível.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics



Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 33
Sangue: (03/15)
Ganhos: Bainha para ninjaken; Cicatriz em baixo do olho esquerdo; Cicatriz na sobrancelha esquerda; Cicatriz na bunda.
Perdas: Máscara do Clã
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado, por algum motivo não gosta de contato pessoal. Btw ele tá morto.
Braganis - Traidor que matou dois marines e tentou culpar Skyller. Virou comida de psicopata.
Loirinho - um marine que se acha herói
Platão – um sargento que Skyller conseguiu salvar da hipnose de Bragnis, agora está liderando a missão.
Roxanne (acrescentar) - Ficou surpresa pelo vício de Skÿller, embora sinta uma óbvia aversão pelo vício, a marinheira parece não querer cortar laços com Sky por enquanto.
Careca - Um pirata com excesso de confiança;
Capitão Morgan - capitao pirata que concordou em colaborar com a marinha em troca de uma pena reduzida.
“Cabo” Cortes – Um soldado da marinha que não tem vergonha na cara. Rip.
The Wolf:1/5
Dance of Knives5/5
Coments Extras: Usando farda da marinha; Ombro esquerdo fudido; Braço direito incapacidade e Ferrado; Sangrando; Buraco no torso; Troca na fantasia de Lux e Tenebris por Samael
Objetivos:
 
Spoiler:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : II - Selecção Natural - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

II - Selecção Natural - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 7 EmptyQui 11 Jan 2018, 05:20

“Merda. Todo esse papo de almas pra lá, almas pra cá. Esses dois são uns lunáticos. Pelo visto meus planos vão ter que mudar de novo se eu quiser continuar vivo. Mas ir preso? Merda, merda, merda. O que eu faço?”

A mente de Morgan era uma confusão só e trabalhava a mil para achar uma saída para sua situação. Mais e mais ele se arrependia de ter seguido essa frota e caído na pilha dos revolucionários. Sim, ele era um dos poucos capitães que sabiam quem realmente havia orquestrado e financiado tudo. E ainda assim foi idiota o suficiente para vir. Agora estava nessa situação.

Ao se aproximar do leme Skyller pôde notar um vulto tentando se esconder atrás do suporte quadrado que segurava o objeto. Morgan. Mas ignorando o mesmo, sem poder se distrair de sua luta, continuou falando enquanto agia rapidamente.

Leon ouviu incrédulo o que a última Van der Veen viva lhe dizia. Ela sozinha havia matado a todos os outros membros do clã. Impossível! – Tsc, a quem quer enganar garota. A não ser que seu clã fosse extremamente fraco, não tem como uma fracote como você tê-los aniquilado. – Apesar de acreditar em suas próprias palavras, ele tinha de admitir que estava um pouco frustrado por não ter conseguido acertar sua oponente nenhuma vez até agora. E ela obviamente estava bem ferida. Seu último ataque, um golpe na horizontal mirando as pernas da mulher visando incapacita-la, havia falhado com uma mera recuada dela.

Para piorar, ao invés de se manter segurando a ninjaken ela guardou a arma e pegou em um gancho, o que fez com que ele ficasse apreensivo. E como se ela estivesse lendo seus pensamentos, veio a frase. - – A sua sorte é que não estou no meu auge do meu potencial, foi um dia longo, só hoje fiz duas mãos cheias de almas para Mithrar.

- Haha, bom saber, assim vou... intercepta-las. Obrigado pela ajuda... – Respondeu ele com um deboche sem querer perder terreno nem mesmo naquela batalha de palavras.

.– Vem. –

Como seus ataques não haviam funcionado, ele sabia que precisava mudar de tática. Leon não havia se tornado o capitão de seu bando a toa. Não. Apesar de ser mais forte que os outros o que realmente lhe rendia pontos era sua sagacidade. E olhando para a figura em um todo ele percebeu algo simples. Não tinha necessidade de correr com a luta. Afinal, seus homens estavam quase acabando com os outros dosi sobreviventes, não era mesmo?

Com isso, ao invés de correr desesperadamente ele avançou de forma calma, girando sua lança, fazendo firulas com a mesma ao passa-la pelos ombros e girando o cabo sobre a cabeça. Era uma tática que visava bloquear, mas ao suspender a arma, ele abria propositalmente a guarda, esperando que de sua armadilha viesse o resultado esperado. E deu. Quase.

Skyller ao ver a movimentação do Leão disparou em sua direção quando o mesmo suspendeu a lança sobre a cabeça. Até porque, seu alvo eram as pernas do mink. Se jogando ao chão visando deslizar por ele e prender o gancho na perna do De la Serre, seus planos foram por agua abaixo quando ele deu um simples passo para trás pretendendo baixar sua lança para bloquear o caminho da ninja perfurando sua perna.

“BANG! BANG!”

No entando dois disparos mudaram tudo. Sendo atingido no peito duas vezes, o mink cambaleou e errou o alvo, que alcançou sua perna e a perfurou com o gancho. Sentindo um forte puxão na perna e caindo ele ainda estava confuso quando em seu campo de visão ele viu Morgan sorrindo zombeteiramente para ele e depois se escondendo novamente e saindo de vista. “Espere... não é o capitão desse navio que foi capturado? Aquele homenzinho que foi o ultimo a sair? O homenzinho que eu vi assim que botei os pés nessa embarcação? Que eu vi aproveitar a situação para atirar na cabeça do marinheiro que estava guardando ele? O que aconteceu?”

Era verdade que Leon nunca pretendera poupar Morgan. Mas após ver o humano atirar no marinheiro e correr para se esconder, ele também nunca esperava que ele fosse reaparecer para atirar em si. Tentando levantar um pouco e se jogar para o lado rapidamente, ele foi atrasado por sua perna presa e ferida, apenas para sentir mais um novo foco de dor. A lâmina da ninjaken de sua inimiga perfurando o seu ombro. – ROOOOOAAAA... – Diferente das outras vezes, seu rugido estava cheio de dor e perdeu força à medida que sua vitalidade se esvaía. Sabia que aquele era seu fim. “Eu deixo tudo em suas mãos irmãozinho. Não permita que ela pegue minha alma... não perm...”

O rugido de dor de Leon afetou o fluxo de outra batalha. Earl que estava prestes a decaptar sua mais recente presa, ao invés apenas segurou seus cabelos e olhou para trás. – IRMÃÃÃOOOO!!!! – Mas logo seu olhar furioso se tornou calmo novamente, mas tão frio como uma geleira. Ao invés de dar um passo a frente ele recuou um passo se posicionando atrás de Roxanne que estava ajoelhada no chão, colocando o machado que segurava na garganta da loira.

Olhando na direção deles, essa foi a cena que Skyller viu. Mas não era a parte mais chamativa. Não. A parte mais chamativa era que aonde existia um braço esquerdo no corpo dela, agora não existia nada além de um cotoco sangrento abaixo do ombro.

- Não. Você abaixe sua arma, ou deseja que eu a mate de uma vez? – Respondeu Earl a ordem irada da mulher que matara seu irmão. Sua voz calma era um contraste grande com a de Skyller. – O que eu quero é simples. A alma de meu irmão não pertence a você nem ao criador. Ela pertence aos De la Serre. A Kiara. Se você me der isso e permitir que eu volte ao meu navio em segurança com o corpo dele, deixo ela viver.

- Claro que não tão simples assim. Carregue ele até lá. Corte as cordas dos ganchos que prendem nossos navios juntos.

- Quando você retornar eu a empurrarei para você como está agora. Ainda viva para que socorra ela. Já que se estiver morta nada te impede de me seguir com aquele traidor que se esconde atrás do leme. Capitão Morgan não é mesmo? O que atirou na cabeça do marinheiro mais cedo? E agora em meu irmão? - Essa era a cartada final de Earl. Ele era um mink diferente do resto de seu clã. Ele era incrivelmente calmo e sempre tinha estrategias formadas (se daria bem com Platão). No entanto não era mais forte que Leon e sabia disso. Ao revelar o que Morgan tinha feito, ele esperava tanto se vingar do homem quanto causar dissensão entre ele e a Van der Veen a sua frente.

Atrás dele e de Roxanne, Skyller poderia ver os corpos do outro bárbaro e do gatuno. O Careca também estava ali, sangrando profusamente pela barriga, seus olhos fechados e sua condição desconhecida.

De certa forma agora ela tinha a vantagem se pudesse contar com Morgan. Mas poderia? E o mink a sua frente tinha a vida de Roxanne atrelada com a sua. O que ela faria?
Off: se tu não tiver postado quando eu acabar de fazer os outros que preciso, formato direitinho uahsuah.

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : II - Selecção Natural - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

II - Selecção Natural - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 7 EmptyQui 11 Jan 2018, 17:59





Kiss From A Rose



...... A adrenalina estava ao rubro, a luta com o mink estava me deixando sedenta e eufórica, o prazer de atravessar a carne dele e desviar por pouco dos seus ataques eram a mistura perfeita para o clímax, o seu rugido foi a cereja no topo do bolo, porém, a visão que veio após ela me deixou desolada, Roxanne havia sido derrotada e estava sem um braço. Quase por impulso quis saltar para cima do mink, mas a arma no pescoço dela me fez parar imediatamente.
......- Não. Você abaixe sua arma, ou deseja que eu a mate de uma vez? – Ordenou o mink – O que eu quero é simples. A alma de meu irmão não pertence a você nem ao criador. Ela pertence aos De la Serre. A Kiara. Se você me der isso e permitir que eu volte ao meu navio em segurança com o corpo dele, deixo ela viver.
......- Eu não ia tomar a sua alma para mim. – Disse amargamente guardando minha ninjaken – O acordo que vocês quebraram me proíbe de o fazer. “A alma dos Van Der Veen e dos De La Serre pertencem aos respectivos clãs.” Eu deveria ter uns 9 anos quando os clãs se encontraram e os líderes concordaram com isto, porém, também concordaram que o East Blue seria ceifado pelos Van Der Veen e o South Blue para vocês. Se não me engano Kiara também lá estava, é difícil esquecer uma mink leão com olhos de cores diferentes.
......- Claro que não tão simples assim. Carregue ele até lá. Corte as cordas dos ganchos que prendem nossos navios juntos. – Demandou o mink.
......- Primeiro liberte Roxanne. – Exigi, todavia ele imediatamente ele me interrompeu.
......- Quando você retornar eu a empurrarei para você como está agora. Ainda viva para que socorra ela. Já que se estiver morta nada te impede de me seguir com aquele traidor que se esconde atrás do leme. Capitão Morgan não é mesmo? O que atirou na cabeça do marinheiro mais cedo? E agora em meu irmão? – Interrompeu.
......- Esse cara tá decidido. Não vai mudar de ideia. – Disse Samael.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

......Infelizmente, para Morgan, eu agora sabia que ele tinha matado Cortes, a sorte dele fora que eu estava tão preocupada com Roxanne que eu nem conseguia ficar realmente enervada com ele, afinal ele tinha ido contra o acordo que fizera com Platão e não comigo, então caberia a Platão julga-lo.
......- Ok. – Concordaria – Mas preciso de levar uma prova que o seu líder está morto para a Marinha. O seu tapa-olho será o suficiente para confirmar a sua identidade. A direção para onde o vosso navio zarpou será desconhecida. – Olharia friamente para Morgan e rapidamente voltaria a olhar para o mink – Diga para Kiara que estarei esperando por ela na GrandLine. Agora… - apontaria para o careca – Morgan, dispare contra a cabeça do seu companheiro. Você tem duas escolhas, acabar com ele e não ser culpado pela morte de um marinheiro ou o acordo que fez com Platão ser anulado. – Se Morgan se recusasse eu virar-me-ia para o mink – Irei colocar o seu irmão e já venho para selar o nosso acordo, mas será você a cortar as cordas... Não perca Morgan de vista, mesmo se largar Roxanne agora não irei voltar atrás com a minha promessa, a minha honra como Van Der Veen estaria sendo jogada fora.
......Removeria o tapa-olho do mink leão que eu acabara de matar e tentaria levantar ele com o meu lado esquerdo, uma vez que o lado direito estava fraco mas ainda assim usaria o máximo de força que ambos os braços teriam a oferecer. Assim que ele estivesse no outro barco, aproximar-me-ia do corpo do careca e, se Morgan não tivesse disparado contra a sua cabeça, imediatamente enfiaria a minha ninjaken no seu pescoço, tendo cuidado para que ele não estivesse fingindo a sua morte.
......- Agora… Vamos selar o acordo. – Diria guardando a ninjaken – Eu, Skÿller Van Der Veen me comprometo a deixar as almas dos De La Serre para a sua líder, Kiara, deixando o sobrevivente desta batalha regressar a casa e prestar luto aos seus irmãos. - Morderia o meu polegar para que começasse a sangrar e então estenderia a mão para o mink - Que a minha alma caia no rio do esquecimento se o pensamento de ir contra este acordo passar pela minha cabeça. Em troca, você, guerreiro De La Serre, se compromete a nos deixar partir em paz, abandonando o East Blue com os seus irmãos, sem algum mal fazer à humana que está na nossa frente. – Esperaria o mink selar o contrato – Leve a alma deste pirata como oferenda de paz. Ah… Se Kiara perguntar, o meu nome é Skÿller, a Van Der Veen com a marca da rosa.
......Assim que o acordo fosse selado e Roxanne libertada, imediatamente arrancaria a minha camisa para envolve-la no lugar onde outro fora seu braço, apertando o máximo possível. Abraçá-la-ia com toda a força, deixando a sua cabeça contra o meu peito e ficaria repetindo ao seu ouvido – Já acabou, a luta já acabou. Shhhh… - balançaria levemente o meu corpo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

......Se ela tentasse se levantar eu a impediria, segurando-a com ainda mais força – Descanse… Por favor… - nesse momento uma lágrima cairia do canto do meu olho e encostaria a minha testa na dela – Por favor… Não se mexa…
......Ver o sangue de Roxanne me deixava repleta de medo, a realidade era que eu não queria voltar a ficar sozinha, a culpa de Roxanne perder o braço era minha, se eu tivesse-me preocupado mais nos aliados que nas almas dos inimigos nada teria acontecido, as mortes poderiam ter sido evitadas, mas eu apenas me preocupava em cumprir o meu objetivo.
......Lentamente pousaria Roxanne contra o mastro do navio para que pudesse descansar, então olharia em direção a Morgan. Eu não o ia matar, por mais que eu quisesse eu não podia o fazer, ele tinha salvado a minha vida e, talvez, a de Roxanne. Respiraria fundo e, num tom completamente seco diria – Prepare-se para ir para LogueTown, partirá ao meu sinal. Se Platão não acordar até lá, deixarei você partir, porém terei de dizer que fugiu numa batalha. Obviamente a luta não foi nada fácil. – Levantaria a minha mão esquerda e mostraria as garras – Prefere um arranhão na cara ou uma mordida no pescoço? – Perguntaria. – Leve também este anel para o ajudar a recomeçar. Deve valer alguma coisa… Encare isto como um obrigado por salvar Roxanne. – Diria aproximando-me dele lentamente – E entregue as suas armas para mim, já não vai precisar delas. – Ficaria esperando ele dar as armas calmamente, se ele tentasse algum movimento brusco imediatamente sacara a minha ninjaken e cortaria a mão dele. – A luta acabou.
......Assim que ele entregasse as armas e o mink fosse embora, daria uma pequena volta pelo navio procurando por sobreviventes, todos aqueles que estivessem mortos e não fossem De La Serre eu os alinharia e virar-me-ia para eles e o mar. Um sabor amargo estava em minha boca, pessoas que eu não tinha conhecido, pessoas que eu poderia conhecer se não tivesse sido imprudente.
......- Criador, a minha batalha por hoje acabou. Não voltarei a empunhar esta lâmina até ao final do dia, nem que isso custe minha vida. – Diria olhando para o mar – Deixei almas no mar, peço que Frost busque as almas que por lá ficaram, todos, sem exceção, foram lutadores que batalharam com o coração. Aos que aqui estão na minha frente, peço que guarde lugar para eles, seu espírito carregava uma causa nobre aqui neste mundo, sei que serão de bom proveito em seu exército. – Ajoelhar-me-ia e juntaria as mãos próximas do peito e olharia para o céu, rezando numa voz que só eu pudesse escutar – Por favor, Mithrar, suplico que permita Roxanne viver, ela tem algo de especial… Eu sinto que o Senhor me juntou a ela por algum motivo, eu quero saber a razão de eu querer tanto ficar com ela… Por favor, Senhor… - olharia para o tapa-olho e colocaria-o tapando meu olho esquerdo.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

"Kiara pagará por invadir o meu território... Não. Não pagará. Irei mostrar para ela o caminho, irei mostrar o que o Criador pode oferecer para ela se ele ganhar a batalha... Sim. Somos minks, a criação mais fiel de Mithrar, não devemos lutar uns contra os outros... O meu clã se resumiu a mim, o mundo precisa de mais Van Der Veens..."
......Se eu encontrasse alguém vivo tentaria fazer o máximo para evitar o sangramento deles, como eu não sabia nada de primeiros socorros eu teria que usar a farda dos marines mortos ou dos próprios marines sangrando para evitar o máximo a perda de sangue – Você consegue se levantar? – Perguntaria tentando para cada sobrevivente perto de Roxanne. Se ele conseguisse se levantar eu diria para ele me ajudar com os feridos.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics



Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 34
Sangue: (04/15)
Ganhos: Bainha para ninjaken; Cicatriz em baixo do olho esquerdo; Cicatriz na sobrancelha esquerda; Cicatriz na bunda.
Perdas: Máscara do Clã
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado, por algum motivo não gosta de contato pessoal. Btw ele tá morto.
Braganis - Traidor que matou dois marines e tentou culpar Skyller. Virou comida de psicopata.
Loirinho - um marine que se acha herói
Platão – um sargento que Skÿller conseguiu salvar da hipnose de Bragnis, agora está liderando a missão.
Roxanne (acrescentar) - Ficou surpresa pelo vício de Skÿller, embora sinta uma óbvia aversão pelo vício, a marinheira parece não querer cortar laços com Sky por enquanto.
Careca - Um pirata com excesso de confiança;
Capitão Morgan - capitão pirata que concordou em colaborar com a marinha em troca de uma pena reduzida.
“Cabo” Cortes – Um soldado da marinha que não tem vergonha na cara. Rip.
The Wolf:2/5
Dance of Knives 5/5
Coments Extras: Usando farda da marinha; Ombro esquerdo fudido; Braço direito incapacidade e Ferrado; Sangrando ; Buraco no torso; Troca na fantasia de Lux e Tenebris por Samael
Objetivos:
 
Spoiler:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 38
Warn : II - Selecção Natural - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

II - Selecção Natural - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 7 EmptySab 13 Jan 2018, 15:59


Momentos de tensão no caldeirão. Nenhum dos sobreviventes daquela batalha se encontrava tranquilo, tirando talvez Platão, que estava inconsciente. Mas tudo ocorria sem maiores embates. O tapa-olho foi retirado, mesmo que Earl franzisse em resposta. Na hora de carregar o corpo do Mink abatido, Skyller não conseguiu fazer isso sozinha e surpreendentemente Morgan se ofereceu para ajudar. Juntos realizaram a tarefa.

Porem logo após Skyller ordenou que Morgan matasse o Careca. O homem estava prestes a discutir até olhar para o subordinado e ver que ele não parecia respirar. Encontrando um escape para sua consciência, atirou na cabeça do amigo. Não estava vivo de toda a forma...

Em seguida veio um ritual para selar o acordo no qual Morgan ficou olhando com uma cara que era um misto de interesse e horror. “Que povo estranho!”

Com Roxanne liberta, Skyller tentou fazer seu melhor para cuidar da moça que estava pálida e havia desmaiado, mas ainda estava viva. No entanto precisava de cuidados médicos urgentes se quisesse permanecer assim.

Earl observava tudo do outro navio enquanto se aproximava. – Não se preocupe. Ela já esta lá e estará te esperando. Espero que caia na mesma rota que ela. Mas mesmo que não caia, pode ter certeza que eu e você iremos nos ver novamente, e nesse dia me vingarei da morte de meu irmão... - A voz do pirata ia sumindo a medida que ele se afastava mais e mais, indo na direção oposta a Loguetown. O ataque havia falhado.

Novamente Morgan se via em uma posição complicada. “Essa mulher não tem limites não é mesmo?” Entregando as armas, quando ouviu que a mulher queria lhe atacar logo se lembrou da cena da moça mastigando um dedo. – Hehe, uma arranhada no rosto é melhor... nunca fui bonito mesmo... sim, vamos fazer isso quando estivermos chegando em Logue...

Com tais palavras ele tentava adiar aquele momento, e para sua sorte, antes que Skyller pudesse dizer mais algo, pelo canto periférico de sua visão a ninja podia ver algo se movendo. Era Platão que acordava, mas logo todos percebiam que o homem não estava nada bem.


Após essas falas obviamente de um homem delirando ele se deitou novamente começando a roncar de levinho. Ao menos estava vivo. Mas era o único. Todos os outros marinheiros haviam morrido na luta, assim como muitos piratas que invadiram o navio, quase como se tivesse ocorrido um troca troca. Eu mato um, você mata um. No fim, alguém havia vencido de verdade?

Alinhando os mortos de frente para o mar, Skyller se ajoelhou e começou uma longa oração ao seu Criador, Mithrar.

Mas enquanto ela estava ali, Morgan via algo que o fazia ficar pálido. Ele havia acreditado na proposta da moça em deixa-lo escapar e ficara feliz por alguns segundos. Mas agora era jogado no inferno novamente.

Um novo navio da marinha surgia, um brigue, e dele saía um bote em alta velocidade com duas pessoas que iam em direção a última batalha que ainda seguia firme e forte (os dois navios restantes). No entanto o que fazia Morgan se desesperar, era o fato que o brigue em si, parecia estar vindo em sua direção. Como iria escapar?

Olhando a sua volta, viu a arma nas mãos mortas do Careca e rapidamente e silenciosamente a pegou. Verificando as balas se aproximou de Roxanne ao se recordar do que haviam acabado de passar, mas vendo o navio ao longe que se aproximava mudou de ideia. “E se ela não ceder? Não seria esse o meu fim?” Assim mudou de direção e no momento em que Skyller colocava o tapa olho, tambem sentia o cano de uma arma contra a parte de trás de sua cabeça. – O nosso acordo foi bom e tudo mais, mas é uma pena que esse navio é meu. Não posso deixa-lo nas suas mãos certo? – Vinha a voz de Morgan.

- Além disso surgiu um novo navio e duvido que eles vão me liberar. Então vamos fazer o seguinte, você vai pular na água ou eu meto um tiro na sua cabeça. Quando eles chegarem e te resgatarem vai avisar que tenho mais dois marinheiros a bordo. Não se preocupe, em cinco minutos vou jogar sua amiga no mar tambem, então é bom eles se apressarem para pegar ela.

O plano do homem era simples. Ao forçar os marinheiros a pararem duas vezes para resgatar as duas, ele próprio pretendia ganhar distancia e aumentar suas chances de fugir.

- No entanto o ultimo, Sargento Platão – Nesse momento o desdém em sua voz era grande, palpável – Vai ficar comigo e se eu vir alguém continuando a me seguir mato ele. Claro que se tudo der certo, solto ele na próxima parada que eu fizer. Sua escolha, morre agora, ou pula na água e vive mais um dia para contar a história sobre como quase capturou o Capitão Morgan??

Apertando o cano para contra a cabeça dela e a empurrando até a borda do navio, todas as cartas estavam na mesa. Viver ou morrer, a escolha seria dela. Mas independente do quê, ele não iria preso hoje.

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : II - Selecção Natural - Página 7 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

II - Selecção Natural - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 7 EmptyDom 14 Jan 2018, 12:45





Kiss From A Rose



...... Felizmente Platão “acordava” do seu longo sono, mas obviamente o golpe foi muito intenso, as suas ações e falas não eram coerentes e acabou por adormecer. Samael ficou cotocando a cara de Platão olhando pasmo para a sua cara, eu estava agora um pouco aliviada por ter alguém realmente do meu lado, o dia havia sido longo e todo o meu ser estava cansado, porém, não conseguia deixar de estar preocupada com Roxanne.
......Como minha mente estava exausta, eu nem percebi que Morgan se movia atrás de mim para me trair novamente, desta vez não seria perdoado. Escutei com atenção as suas falas e, quando ele acabou fiquei em silêncio, ele não conseguia ver por estar atrás de mim, mas no meu rosto existia um sorriso de orelha a orelha, lambi os lábios e respirei fundo.
......- Oh não… - disse Samael.
......Aos poucos começaria a rir baixo, até o riso ficar descontrolado e ser libertado por completo. – KYAHAHAHAHAHAAH! – Olharia para o céu e tentaria controlar o riso colocando a mão esquerda afrente da boca. Eu estava exausta e precisava rir um pouco, senão acabaria por enlouquecer de uma vez por todas, fazendo algo que me arrependeria.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

......- Morgan, Morgan… - a minha voz era uma mistura de puro desprezo e cómico, graças ao riso de antes não conseguia parar de sorrir – Acha que eu tenho medo de você? Já perdi muito hoje, não tem mais nada neste mundo que me faça temer. – Lentamente viraria a cabeça para a direita de forma que ele pudesse ver o meu rosto – Se puxar esse gatilho, eu lhe garanto que irá falhar… E sabe o que vem depois disso, não é? – não daria tempo para ele responder – Vou comer as suas entranhas enquanto você observa. Eu lhe dei uma oportunidade de recomeçar, mas parece que preferiu morder a mão de quem lhe deu de comer. Vira lata imundo.
......- Cuidado. – disse Samael – Ele pode disparar. Fim de jogo se ele o fizer.
......Assim que eu acabasse de falar, pararia de sorrir e começaria a olhar fundo nos seus olhos intimidando-o e, quando eu percebesse uma brecha, eu imediatamente rodaria para a direita, como a arma estava colada na minha cabeça era fácil evitar o tiro, pelo menos em comparação se não estivesse. Ao rodar para a direita usaria as garras da mão esquerda para acertar um dos seus olhos, cegando-o imediatamente. Não daria tempo para que ele recuperasse, apertaria a sua mão que segurava a arma e morderia o seu pescoço rasgando a sua jugular para que ele se afogasse no próprio sangue, de seguida eu empurrá-lo-ia para que caísse no chão e, me sentando em cima dele, olharia nos seus olhos e diria – Eu não o vou matar agora… Afinal… Existem destinos piores que a morte. – então pegaria na arma e enfiaria na sua boca e ficaria encarando ele – Desculpe, mas eu menti… Vou matá-lo agora sim. – e puxaria o gatilho.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

......Tentaria ficar sempre fora da direção da arma enquanto Morgan a tivesse em mãos. Se tentasse disparar contra minha cabeça eu rapidamente me abaixaria e pularia em suas pernas, mordendo-as com toda a força; Se ele tentasse disparar contra o meu tronco eu desviar-me-ia para a direita e investiria contra ele tentando agarrar o seu pescoço com minhas garras; Caso ele tente disparar abaixo da minha cintura eu pularia o mais alto possível e me jogaria contra ele, levando minhas garras à sua cabeça e meus dentes ao seu pescoço. Mesmo que eu tomasse um tiro eu não pararia, não podia parar agora, se eu parasse ele venceria, aquela luta só acabaria quando um de nós ficasse na vantagem.
......Se eu saísse vitoriosa dessa luta eu confirmaria se Morgan estava morto e, só então, iria até Platão e respiraria fundo, minhas pernas estariam trêmulas e meus punhos cerrados. Tentaria acordá-lo com um pequeno empurrão, porém, se ele não acordasse e daria um tapinha na cara dele.
......- Acabou a batalha, sargento… - diria quando ele acordasse e me deitaria no chão, exausta, tentando recuperar energias – Parece que vem aí socorro… Por favor… Ajude Roxanne.
......Caso eu não consiga vencer Morgan eu tentaria ganhar mais tempo. Olharia nos seus olhos fixamente com o sorriso no rosto, uma pessoa normal ficarai no mínimo incomodada por ver uma pessoa ainda sorrindo no meio da luta mesmo estando quase perdendo, pelo menos com o sorriso que eu carregava.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

......- Morgan, seu tempo tá acabando. Sua escolha, morra agora, ou desista e viverá para contar como foi enfrentar uma Van Der Veen e continuar vivo? - diria sorrindo mas intimidando ao mesmo tempo. Se ele desistisse eu imediatamente correria até ele usando minha aceleração e enfiaria as minhas garras no seu pescoço rasgando-o em 5 partes.
...... Obviamente, sendo o covarde que era, Morgan poderia tentar um golpe sujo, como ameaçar a vida de Roxanne, se ele o fizesse o meu sorriso iria sim desaparecer, porém, meu rosto so deixaria mais claro a minha vontade de apaga-lo da história. - Acabou de cometer o seu último erro. - diria cheia de raiva, porém, estranhamente calma.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

...... Lentamente andaria em direção a Morgan olhando no seu olho e rosnando, a ideia era apavorar ele apenas olhando para si, de forma a ele andar para trás até ficar sem saída. Desviar-me-ia das balas caso ele tentasse, mas fá-lo-ia com calma. Quando estivesse perto dele agarraria na sua arma e jogaria para longe, respiraria fundo próximo a ele, e então sussurraria - Sabe o que é estar sozinho no mundo? Sabe o que é estar desesperado por um toque de afeto? Sabe o que é insanidade? Você sabe como uma pessoa fica insana? - daria tempo para ele responder - Quando você segura o desespero por muito tempo forçando a sua própria sanidade, ela desaparece, tornando-o insano. Entre eu e você, você é o insano. Cometeu o mesmo erro várias vezes e esperou um resultado diferente, já eu cometo os mesmos erros mas não espero que o resultado seja outro. - olharia uma última vez para ele e diria - Covardes e traidores como você não têm lugar no céu, já esteve no inferno? Diga "olá" a Samael por mim, ele estará esperando por você. - então morderia o seu pescoço várias vezes, arrancando pedaço por pedaço, até que ele morresse.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics



Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 35
Sangue: (05/15)
Ganhos: Bainha para ninjaken; Cicatriz em baixo do olho esquerdo; Cicatriz na sobrancelha esquerda; Cicatriz na bunda.
Perdas: Máscara do Clã
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado, por algum motivo não gosta de contato pessoal. Btw ele tá morto.
Braganis - Traidor que matou dois marines e tentou culpar Skyller. Virou comida de psicopata.
Loirinho - um marine que se acha herói
Platão – um sargento que Skÿller conseguiu salvar da hipnose de Bragnis, agora está liderando a missão.
Roxanne (acrescentar) - Ficou surpresa pelo vício de Skÿller, embora sinta uma óbvia aversão pelo vício, a marinheira parece não querer cortar laços com Sky por enquanto.
Careca - Um pirata com excesso de confiança;
Capitão Morgan - capitão pirata que concordou em colaborar com a marinha em troca de uma pena reduzida.
“Cabo” Cortes – Um soldado da marinha que não tem vergonha na cara. Rip.
The Wolf:3/5
Dance of Knives 5/5
Coments Extras: Usando farda da marinha; Ombro esquerdo fudido; Braço direito incapacidade e Ferrado; Sangrando ; Buraco no torso; Troca na fantasia de Lux e Tenebris por Samael
Objetivos:
 
Spoiler:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




II - Selecção Natural - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 7 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
II - Selecção Natural
Voltar ao Topo 
Página 7 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Yotsuba Island-
Ir para: