One Piece RPG
II - Selecção Natural - Página 5 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» O vagabundo e o aleijado
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor Tensei Hoje à(s) 22:11

» V - Into The Void
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 17:09

» A Aparição de Mais Um Meio a Tantos
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor Vincentão Hoje à(s) 15:32

» Unbreakable
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor Ainz Hoje à(s) 11:23

» O Ronco do Bárbaro
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor West Hoje à(s) 11:11

» [mini-nickgames1234] *East Blue*
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 06:18

» [Fiction] — The Legend
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 21:46

» [Mini-Rosinante-san] O homem que quer ser livre
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor Rosinante-san Ontem à(s) 20:23

» Mini - Serana
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor Serana Ontem à(s) 19:42

» Bizarre Adventure: Smooth Criminal
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor Achiles Ontem à(s) 12:37

» [Ficha] Pandora
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:20

» ~ Mudanças Importantes ~
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor DEV.Ryan Sex 15 Nov 2019, 23:45

» Cap. 1: Laços entrelaçados, as chamas da revolução se erguem!
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor Wesker Sex 15 Nov 2019, 22:54

» Apenas UMA Aventura
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor Van Sex 15 Nov 2019, 22:00

» De pernas pro ar! A revolução de Yumi
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor Akuma Nikaido Sex 15 Nov 2019, 16:00

» Cap I: Veneno de dois Gume
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor Noelle Sex 15 Nov 2019, 15:12

» Retornando para a aventura
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor rafaeliscorrelis Qui 14 Nov 2019, 23:00

» [Mini - Asin] - Seja o Equilíbrio
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor TheJoker Qui 14 Nov 2019, 14:44

» Desventura 3.5: O treino para Grand Line
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor TheJoker Qua 13 Nov 2019, 18:54

» MEP Serana
II - Selecção Natural - Página 5 Emptypor TheJoker Qua 13 Nov 2019, 17:49



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 II - Selecção Natural

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial


Data de inscrição : 10/08/2015

II - Selecção Natural - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 5 EmptyTer 14 Nov 2017, 18:37





But Never Alone



...... A okama tinha sido abatida com sucesso e, como bônus, o grito de desespero da sua companheira pirata. Enfurecido partiu para cima de mim, de certa forma era engraçado a sua forma de partir para cima do inimigo descontroladamente sem um plano, a sorte dela foi ter a ajuda do narigudo que conseguiu fazer um grande estrago em mim, porém, Roxanne apareceu e me deu uma ajuda com a pirata.
......O meu contentamento não durou muito tempo, afinal olhei para trás e percebi que o nosso Sargento estava em apuros. Sem pensar duas vezes fiz sinal para Roxanne ir ajudar Platão enquanto eu iria tratar dos dois piratas.
......- Meio incompetente esse cara, não acha? – escutei aquela voz de novo, só que dessa vez não resisti e concordei com um aceno de cabeça.
......Rapidamente faria uma rápida busca pelo chão de kunais, senbons, shurikens ou até mesmo pequenas adagas, pegaria em uma e, mesmo se não encontrasse nada, encostar-me-ia na entrada do dormitório onde os dois piratas tinham entrado e verificaria se era seguro entrar.
......Caso eu não conseguisse ver os piratas, eu levantaria o corpo mais de aparência mais leve e mais próximo para o atirar para dentro do dormitório, dessa forma talvez o narigudo disparasse ou a espadachim tentasse algum ataque contra o corpo e eu teria uma chance para entrar sem ser atacada de surpresa.
......Caso eu tenho visão apenas do narigudo, eu usaria o cadáver mais próximo como um escudo humano e então entraria no dormitório, uma vez lá dentro jogaria o cadáver contra o narigudo, porém, apenas se a sua companheira espadachim não tentasse me atacar do lado oposto, caso eu percebesse o seu ataque a tempo eu largaria o corpo e jogar-me-ia para o lado direito.
......Seguraria a minha ninjaken com ambas as mãos e todos os movimentos que faria seriam com o apoio das duas mãos, não podia deixar o meu corpo fraquejar num momento crucial. Primeiramente tentaria investir contra o narigudo, usando a minha aceleração correria na direção dele e então realizaria um golpe diagonal ascendente da esquerda para a direita focando o seu tronco, sendo ou não o ataque um sucesso realizaria uma estocada focando o peito dele e, aproveitando o embalo, tentaria derrubar ele no chão e, caso ele caísse, enfiaria as minhas garras nos olhos dele, afinal de contas um atirador cego era praticamente inútil.
......Se começar por atacar o narigudo não fosse o mais ideal devido a alguma interrupção da espadachim, eu pararia os meus ataques e tentaria ficar à uma distância segura.
“A nossa força é praticamente a mesma… E a arma dela tem um alcance maior, para não falar do atirador…”
......- Podemos fazer um acordo… - disse a voz – Se te livrares da Lux e do Tenebris eu posso ajudar você daqui para a frente… - a voz tinha um ar perverso.
“Tsc… Eu me viro sem você…”
......Realizaria um golpe diagonal focando os intestinos da espadachim mas que não fosse muito profundo, porém, usaria na mesma toda a minha força, desta vez eu recuaria caso a pirata resista ao golpe, não podia arriscar em perder a força no braço esquerdo.
......Se em algum momento eu percebesse que o narigudo tentasse mirar na minha direção eu tentaria esquivar do tiro com um rolamento para o lado mais propenso. Para caso a espadachim tentasse atacar o meu pescoço (ou acima) na horizontal ou estocada eu esquivar-me-ia para baixo e então me impulsionaria contra a sua barriga visando penetrar a minha arma o máximo possível e então torcer a ninjaken; caso seja um ataque diagonal ou vertical eu usaria a minha ninjaken para bloquear o ataque e então me afastaria dela; para ataques direcionados aos meus braços eu tentar-me-ia esquivar para trás; se fossem ataques direcionados ao meu tronco eu usaria a minha ninjaken para bloquear o ataque, se fossem horizontais eu bloquearia na vertical, se fossem diagonais eu esquivaria também na diagonal e se fosse vertical eu bloquearia na horizontal e, se fossem estocadas eu esquivar-me-ia para a direita e então tentaria usar a minha ninjaken para realizar um golpe no peito dela; se ela tentasse atacar a minha cintura (ou abaixo) sendo uma estocada, um golpe diagonal, vertical ou horizontal eu tentaria me esquivar para trás ou para a esquerda (dependendo do qual fosse mais propenso).
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 20
Sangue: (08/15)
Nº de Forças Adquiridas: 2
Ganhos: Bainha para ninjaken
Perdas:
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado, por algum motivo não gosta de contato pessoal. Btw ele tá morto.
Braganis - Traidor que matou dois marines e tentou culpar Skyller. Virou comida de psicopata.
Loirinho - um marine que se acha herói
Platão – um sargento que Skyller conseguiu salvar da hipnose de Bragnis, agora está liderando a missão.
Roxanne (acrescentar) - Ficou surpresa pelo vício de Skÿller, embora sinta uma óbvia aversão pelo vício, a marinheira parece não querer cortar laços com Sky por enquanto.
Coments Extras: Usando farda da marinha;
Objetivos:
 
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 41
Warn : II - Selecção Natural - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

II - Selecção Natural - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 5 EmptySab 18 Nov 2017, 15:58



Após receber o sinal de Sky, Rxanne disparou pelo corredor em direção a Platão. Encontrando uma pequena adaga, a Van der Veen a tomou em sua mão e se encostou na parede espiando pela porta qual era a situação dentro da sala em que os piratas estavam. Ela pode ver que no local os dois marinheiros que haviam sobrevivido à trama de Bragnis estavam mortos. Alem deles dois outros piratas também estavam no chão. Vários torpedos empilhados haviam caído no chão de forma perigosa e estavam espalhados. A espadachim e o narigudo estavam olhando para a porta e assim qua viram Skyller olhando para dentro, o Narigudo atirou mais um projetil que passou de raspão pela bochecha dela abrindo um corte que ardia quando a mesma recuou a cabeça.

Logo em seguida ela arremessou a adaga no atirador e se abaixou pegando um corpo próximo a si, entrando correndo no quarto indo em direção ao narigudo. No entanto a espadachim estava no caminho e Skyller jogou o corpo em cima dela e saltou para o lado direito acelerando em direção ao narigudo. O homem havia disparado uma vez e acertado o corpo antes que Skyller soltasse o mesmo e agora vendo a mulher avançando contra si ele tentava recuar em desespero e disparar mais uma vez, mas não tinha para onde recuar e apenas disparou.

Skyller por sua vez saltou novamente para o lado fazendo um rolamento, mas como o chão estava cheio de corpos e torpedos, o rolamento foi feito com dificuldade e ela se atrasou, sem conseguir seaproximar mais antes de que a espadachim voltasse a ficar na sua frente. No entanto o ultimo disparo do atirador havia sido feito para se proteger, e o projetil era de fato uma “bomba” de fumaça negra que agora se espalhava pelo quarto e cobria a visão de todos ali. Sky ainda tentou fazer mais alguns ataques, mas sem muito sucesso, apenas cortando de leve a espadachim por acaso, mas a própria Skyller não sabia onde.

Com o quarto coberto por uma fumaça negra que não permitia-se ver o que estava acontecendo a um palmo de distância, e o chão cheio de objetos grandes, a marinheira ouvia vozes em sua cabeça e conversava com elas enquanto tentava resolver aquela luta.


Off:
 

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial
Skÿller

Créditos : 10
Warn : II - Selecção Natural - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

II - Selecção Natural - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 5 EmptySeg 20 Nov 2017, 18:44





But Never Alone



...... Consegui achar uma adaga que Roxanne foi logo ao salvamento do Sargento. Boa parte do meu plano tinha dado certo, mas não esperava por uma bomba de fumaça negra, dificultando tudo o resto e, consequentemente, me fazendo falhar.
......- Vou precisar de uma dessas bombas de fumo… - pensei em voz alta. - Até que podem ser úteis.
......Quem é esse cara que fica falando o que está acontecendo? – perguntou a voz, possivelmente tentando me distrair. – Ele não é Mihrar, a voz não é a mesma.
“Ótimo… A minha fantasia tem fantasias…”
......-Tem certeza que não quer ajudar?– perguntou a voz.
“Tenho. Por enquanto…”
......Claramente estava mentindo para mim mesma e para minha fantasia que era estranhamente familiar. A minha melhor hipótese seria usar minha audição e, mesmo que fosse quase inútil, minha visão aguçada para tentar encontrar os piratas, combinando essas características com minha aceleração tentaria saltar literalmente para cima do primeiro que aparecesse na minha frente.
......Para isso guardaria a minha ninjaken e apenas usaria as minhas características naturais, assim que saltasse para cima de um deles eu apertaria o braço que talvez segurasse a sua arma e cravaria as minhas garras no pulso e, com toda a minha força, morderia o pescoço da vítima até que ela parasse de se contorcer.
......Sempre que eu percebesse que alguém tentasse investir na minha direção, eu esquivar-me-ia e voltaria a “entrar” na névoa, afinal o meu maior trunfo ali seria o elemento surpresa. O narigudo podia ter limitado os meus sentidos, mas também tinha limitado os seus e os da sua companheira, pelo menos era o que eu esperava. Caso eu percebesse que o ataque fosse do tipo estocada, diagonal ou vertical eu esquivar-me-ia para a esquerda e tentaria não tropeçar nos obstáculos; se fosse um ataque horizontal entre o pescoço e a cintura eu saltaria para trás, se fosse acima do pescoço eu abaixar-me-ia, realizaria um corte superficial na barriga e então me afastaria, se o ataque fosse abaixo da minha cintura eu abaixar-me-ia e então voltaria para a névoa.

Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics





Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 21
Sangue: (09/15)
Nº de Forças Adquiridas: 2
Ganhos: Bainha para ninjaken
Perdas:
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado, por algum motivo não gosta de contato pessoal. Btw ele tá morto.
Braganis -  Traidor que matou dois marines e tentou culpar Skyller. Virou comida de psicopata.
Loirinho - um marine que se acha herói
Platão – um sargento que Skyller conseguiu salvar da hipnose de Bragnis, agora está liderando a missão.
Roxanne (acrescentar)  - Ficou surpresa pelo vício de Skÿller, embora sinta uma óbvia aversão pelo vício, a marinheira parece não querer cortar laços com Sky por enquanto.
Coments Extras: Usando farda da marinha;  

Objetivos:
 
Spoiler:
 
Off: post rápido para não enrolar muito

____________________________________________________


~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 41
Warn : II - Selecção Natural - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

II - Selecção Natural - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 5 EmptyQua 22 Nov 2017, 01:21


Skyller estava se afundando em sua loucura. Ou seria sua loucura que estaria aprofundando em si mesma. Independentemente do que fosse, o fato é que a Marine estava muito louca. Felizmente, isso não parecia afetar suas capacidades de combate.

Com sua visão restringida, a mulher procurou focar sua audição, e assim que ouviu o barulho de uma pessoa esbarrando em algo, ela saltou para o local sem estar armada e por pura sorte o alvo não era a espadachim que certamente teria se defendido e a cortado no meio. Mas não, a sua presa de fato era o narigudo que primeiro teve seu pulso agarrado e depois seu pescoço dilacerado pela mordida da mulher.

Na verdade ele estava tentando sair da sala e da área da fumaça para ir atrás de outros oponentes mais fáceis. Que irônico que a fumaça que era para defende-lo foi sua ruína. Esbarrou em um dos torpedos e fez o barulho que não poderia. Claro que a queda que sofreu com Skyller acima dele fez um barulho maior ainda. E a espadachim que voltava para perto do barulho inicial acelerou seus passos abrindo mão de qualquer tentativa de furtividade.

Quase esbarrando nos dois que estavam agarrados ao se aproximar pelo lado direito, a mulher lançou um ataque em corte para baixo com objetivo de acabar com a marinheira e quem sabe salvar seu amante companheiro.

No entanto Skyller estava atenta e se jogou para a lateral para desviar. E quase conseguiu. Devido a proximidade e ao alcance da arma, durante o rolamento a espada atingiu a parte superior do braço direito da ninja, quase o decepando da mesma forma que a mesma fizera com o okama anteriormente. O corte era profundo e o osso estava visível.

Por sorte a espadachim se abaixou para verificar o atirador ainda estava vivo, o que permitiu que a fumaça cobrisse Skyller novamente.

HP Skyller::
 

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial
Skÿller

Créditos : 10
Warn : II - Selecção Natural - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

II - Selecção Natural - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 5 EmptySab 25 Nov 2017, 13:22





Devil’s Deal



...... Consegui abater o narigudo, e por sorte não perdi um braço para a espadachim, eu tinha que pensar em alguma coisa rapidamente ou então aquele seria o meu fim. Infelizmente minha mente queria pensar imaginar uma fonte com a cara da espadachim que jorrava sangue, isso me deixava sedenta e raivosa ao mesmo tempo.
......- Sabe...- disse a voz – Eu acho que tá na hora daquele acordo…
“Ah que se foda. Eu me livro da Lux e do Tenebris quando chegarmos em terra, mas agora me ajude a vencer essa luta.”
......Então a voz começou a sussurrar ao meu ouvido algumas palavras estranhas, eu nunca as tinha escutado antes mas conseguia entender o significado de todas, era como se fossem parte de mim, ou como se a minha vida passada fosse nativa dessa linguagem.
“Ok… Samael…”
......- HAHAHAHA! - riu a voz - Lembrou de mim ou foi mera coincidência?
......Agarraria a minha ninjaken novamente com a minha mão esquerda e, após respirar fundo, concentraria a minha audição nos movimentos da espadachim. Segundo a voz, eu tinha apenas uma única oportunidade para não morrer. Era tudo ou nada.
......Ficaria parada esperando escutar os movimentos da espadachim e, sempre que eu percebesse a localização virar-me-ia na direção e manteria a guarda, ela tinha mais alcance então o mais sensato seria esperar ela atacar primeiro mas o tempo de reação seria curto devido à fumaça, então tinha que me manter concentrada.
......-Grrrrrrrr – começaria a rosnar involuntariamente devido a minha sede, raiva e concentração para localizar a pirata.
......Se ela viesse com um ataque vertical, eu usaria a minha ninjaken para a rebater (segurando-a na diagonal) para o meu lado esquerdo; Se fosse um ataque horizontal focando meu pescoço ou cabeça, eu usaria minha ninjaken para rebater a arma e então esquivar-me-ia para baixo e investiria em direção à cintura da espadachim de forma a deitá-la ao chão onde enfiaria a minha ninjaken no meio da sua testa; Se o ataque horizontal fosse ao meu tronco eu esquivar-me-ia para trás com um pequeno salto tomando atenção para não tropeçar num obstáculo; Se o golpe horizontal fosse focado abaixo da cintura eu saltaria o mais alto possível na sua direção e então usaria a minha ninjaken para realizar um golpe horizontal focando o pescoço da espadachim; Se o ataque fosse diagonal ascendente eu bloquearia o ataque com a minha ninjaken usando as duas mãos e, mesmo que fosse doloroso, faria o máximo para “ganhar” a troca; Se o ataque fosse diagonal descendente eu rebateria o golpe para o lado oposto e esquivar-me-ia para o lado; Se, por fim, o ataque fosse do tipo estocada eu rebateria o golpe independentemente do foco.
......Eu apenas podia atacar ela quando a sua guarda estivesse baixa e, segundo a voz, a janela para agir poderia durar menos de um segundo. Assim que eu percebesse que aquela seria a chance, eu investiria contra ela e realizaria uma estocada que atravessasse o seu pulmão esquerdo e tentaria realizar um golpe no seu joelho direito. Usando proveito da minha aceleração eu mover-me-ia para de trás dela onde saltaria para as suas costas e agarrar-me-ia com minhas garras em seu pescoço.
......Assim que eu derrotasse a pirata saciaria o meu vício fazendo um corte vertical no peito dela para chegar ao coração que arrancaria com minhas mãos e espremeria em minha boca para beber o sangue. Após isso começaria à procura da porta para me certificar da situação de Roxanne e de Platão. Se o inimigo estivessem ganhando eu analisaria todo o espaço antes de agir, eu estava magoada e não podia exagerar. Caso o inimigo já estivesse caído, correria na direção de Roxxane e de Platão.
......- Roxanne! Sargento! - diria preocupada - Estão bem?! O que aconteceu? - Ajudaria eles a se levantar caso fosse necessário.

Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 22
Sangue: (10/15)
Nº de Forças Adquiridas: 2
Ganhos: Bainha para ninjaken
Perdas:
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado, por algum motivo não gosta de contato pessoal. Btw ele tá morto.
Braganis - Traidor que matou dois marines e tentou culpar Skyller. Virou comida de psicopata.
Loirinho - um marine que se acha herói
Platão – um sargento que Skyller conseguiu salvar da hipnose de Bragnis, agora está liderando a missão.
Roxanne (acrescentar) - Ficou surpresa pelo vício de Skÿller, embora sinta uma óbvia aversão pelo vício, a marinheira parece não querer cortar laços com Sky por enquanto.
Coments Extras: Usando farda da marinha; Ombro esquerdo fudido; Braço direito Ferrado
Objetivos:
 
Spoiler:
 

____________________________________________________


~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 41
Warn : II - Selecção Natural - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

II - Selecção Natural - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 5 EmptyTer 28 Nov 2017, 16:56



Finalmente Skyller reconhecia a voz que ouvia em sua cabeça. Pertencia a Samael. Cedendo às suas tentações, a mulher fez um acordo com o mesmo passando a seguir seus conselhos. Com a ninjaken em mãos novamente, tentou encontrar a espadachim no meio daquela fumaça através de sua audição, mas não conseguia. Inconscientemente a mink começou a rosnar devido a tensão, o que claro, traiu a sua posição para a inimiga.

Do meio da fumaça veio uma espada atacando na horizontal e visando seu pescoço. Apesar de ter bloqueado o ataque, no instante em que a Van der Veen se abaixou e investiu para frente tentando agarrar a cintura da oponente, encontrou apenas fumaça, a inimiga já havia recuado para as sombras.

Nem bem havia se posicionado novamente, a espada apareceu novamente tentando dar uma estocada na altura de seu estômago. Novamente a ninja rebateu o golpe, e novamente a pirata recuou apenas para aplicar um novo golpe, dessa vez diagonal, vindo pela lateral de Sky. Depois mais outro na horizontal, e mais outro vindo da direção oposta, e mais outro vindo por cima, e mais outo em forma de estocada. E mais outro. E mais outro. E mais. E...

Após cada golpe a humana recuava rapidamente e voltava a atacar vinda de uma direção diferente, usando uma variedade de ataques em intervalos curtos. Quando começava a se cansar e sentir a respiração pesada, parava por um instante e ficava imóvel perto da ninja prestando atenção na posição desta para evitar perder seu rastro, apenas para logo se recuperar um pouco e começar uma nova sessão de ataques.

Quantos golpes já haviam sido? Nenhuma das duas saberia mais naquele momento. Mas algo era certo, apesar de não ter conseguido finalizar a marinheira, havia deixado inúmeros cortes rasos, arranhões durante essa trocação, e pela lei da acumulação, sabia que a inimiga não estava longe de perder completamente as forças e ceder.

Nesse momento gritos dolorosos se fizeram ouvir – IIIEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEERRRRRRRRRRRRRRGGGGGGGGGHHHHHHH!!!!! AHHHHHHHHHHHHHRRRRRRRRRRGHHH!!! UAAAAAAAAHHHHHHHHHHRRRRRRRRRRR!! - Claramente eles vinham da mesma pessoa, e tinham intervalos de cerca de três segundos entre o fim de um e o início de outro. Percebendo que reconhecia a voz, a espadachim sentiu seu coração bater mais forte em preocupação. As coisas não haviam saído conforme eles esperavam. Tinha que acabar logo com essa luta se ainda quisesse escapar.

Erguendo sua espada acima da sua cabeça, a mulher pretendia reunir suas forças para dar seu ataque mais poderoso até então e encerrar logo aquilo para tentar fugir. Não é como se não tivesse pensado em ir direto para a porta e escapar. Era só que a marinheira estava no meio do caminho, impossibilitando tal ação. Se aproximando rapidamente, e tão silenciosa como sempre ela reuniu suas energias e estava prestes a realizar sua técnica. Apenas para ver o vulto de que se aproximava se jogando em sua direção e sentir a arma da oponente entranto em seu peito direito. A dor era grande e as forças reunidas se esvaíram. Antes que pudesse reagir, a inimiga havia se posicionado atrás de si e mais dor. Sua garganta era dilacerada. Sem entender o que tinha acontecido, morreu.

- KIIIIIIIIIIIIIAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHRRRRRRRRRRRRGGGGGGGGGHHHHHHHHHHHHH!!!!!!! POR FAVOR PA-PARA! CHEEEGAAA! EU CONTO! EU CONTO! – Novamente a voz desesperada voltava a ser ouvida.

O que tinha ocorrido era simples. A fumaça estava saindo pela porta e se espalhando para o restante do submarino aos poucos, e durante aquela luta demorada aos poucos a visão aguçada de Skyller começou a reparar melhor o seu redor. O ultimo ataque da espadachim, apesar de silencioso e rápido como sempre, havia sido visto pela marinheira, ao menos o vulto. E isso foi mais que suficiente.

Após abrir o peito da mulher e devorar seu coração, a Mink saiu do cômodo voltando para o corredor, e assim que o fez ouviu um barulho abafado atrás de si. Apesar de levemente embaçado devido a fumaça, ela conseguiria ver que uma cabeça que tinha o formato de um triangulo invertido e extremamente feio havia acabado de entrar pela escotilha e pousar no chão, com um revólver apontado para frente. Para ela.


---


Alguns minutos antes...

Ouvindo os gritos vindo de dentro do submarino, os três piratas restantes no navio tinham um mal pressentimento sobre aquilo. De acordo com as informações e o plano, já deveriam ter tomado a embarcação inimiga. No entanto essa não era a realidade que enfrentavam. E agora Morgan voltava a perder sua confiança e a sentir aquela emoção tão familiar para ele. Medo.

Era verdade. Capitão Morgan era um medroso. Ele nem mesmo acreditava que conseguira ser o capitão de uma tripulação tão feroz e brava quanto essa. Certo que sua beleza, voz, carisma e atuação eram acima da média, muito acima acreditava, mas ainda assim, as vezes se via pensando no quão idiotas esses piratas eram a ponto de segui-lo.

Idiotas ou não, bem, eram seus idiotas. Saber que as coisas não haviam dado certas doía seu coração. Assim como o que estava prestes a fazer. Morgan não era um cara mal. Detestava a marinha, o que ela representava. Era ganancioso e gostava de liberdade. Mas não se considerava mal. Novamente ouviu os gritos e suplicas. Aquilo foi a gota d’água. - Jonh, vá verificar a situação lá embaixo.

Agora só ele e o Careca haviam restado no navio. Ambos eram bons pilotos, mas o Careca era um navegador melhor. De acordo com os planos Morgan iria seguir com o submarino enquanto o Careca pilotaria o navio para disfarçar. Havia sido uma estratégia perfeita. Quase.

- Me ajude a carregar os canhões e mirar no submarino, depois afaste o navio. Só por precaução.
HP Skyller:
 
Piratas::
 

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial
Skÿller

Créditos : 10
Warn : II - Selecção Natural - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

II - Selecção Natural - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 5 EmptySeg 04 Dez 2017, 21:35





Kiss From A Rose



...... Começava a sentir que nunca mais iria voltar a pisar terra firme novamente, e um pequeno arrependimento dominava o meu ser. Havia tanta coisa que eu ainda não tinha feito e que gostaria de fazer, como por exemplo a sensação de amar verdadeiramente alguém. Toda minha vida fui treinada para ser uma máquina implacável para colher almas para o grande Criador, a minha fé e o sangue tinham sido, até aquele momento, o meu combustível mas estava prestes a terminar.
......- CREDO! – disse Samael enojado enquanto saia do fumo me vendo bebendo o sangue – Vocês Van Der Veen são doentes… E pensar que são o clã mais devoto.
......- Pensei que você era mais alto. – disse limpando o sangue de minha boca e indo a caminho da porta – Porquê você apareceu agora?
......- Porque fiquei cansado de fazer frutas para o Papai. – respondeu Samael – Caramba… Você destruiu ela… - disse ligeiramente enojado olhando o corpo da pirata.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

......Estava prestes a responder a Samael de novo quando percebi que tinha uma arma apontada na minha direção. Não era a arma ou a pessoa que segurava ela que me assutava, mas sim a criatura atrás dele que me provocava pavor, uma criatura alta e esguia com um livro e uma foice e com um rosto caindo aos pedaços. O cansaço me fez gelar por uns tempos, eu não conseguia mover meu corpo, um sentimento nada habitual começou a tomar conta do meu ser. Medo. Desta vez era mais intenso de como entrei no submarino, parecia tudo andar em câmara lenta com exceção do meu coração que batia freneticamente.
......- HEY! HEY! HEY! – gritou Samael apertando meu ombro – SE VOCÊ MORRER TENHO QUE VOLTAR PARA JAULA! FAÇA ALGUMA COISA!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

......Voltei para dentro da sala e fiquei encostada na parede respirando descontroladamente segurando meu peito com o braço esquerdo. Um sorriso dominou o meu rosto, por algum motivo a sensação de ver a morte nos olhos me deixou com mais vontade de continuar em frente, a adrenalina parecia ser o novo combustível que eu procurava.
......- Caralho… Você tá rindo de quê? – perguntou Samael enervado – Ficar na jaula deixou você louca ou foi só a convivência com os mortais?
“Não Samael… A melhor coisa em ser mortal é a sensação de ver a Morte.”
......- Pensei que a Morte e você eram amigas. – disse Samael confuso – Foi você que ensinou ela a colher as almas.
“Eu agora sou mortal, ela tem que fazer o seu trabalho… E eu devo ter dado um enorme trabalho para ela neste submarino… Vários morreram e eu apenas orei para algumas almas. Ela teve que realizar todas as orações por mim...”
......- Tá… Ok. Você tá vendo a Morte. Então você vai morrer e eu vou para a jaula de novo. – disse Samael tentando manter a calma. - De volta para o Inferno. Legal.
“Não. Eu não vou morrer aqui. Não agora. A Morte não pode colher a minha alma enquanto ela estiver presa ao meu corpo. São as regras. Basta eu matar antes de ser morta.”
......- NOOOSSA! Você é inteligente, hien. – disse Samael num tom irónico – Se você não morrer você não morre. Tenta matar ele… Pode ser útil.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

......Começaria então a procurar a adaga que eu tinha jogado anterior mente contra o narigudo antes de entrar na sala, ela seria a minha janela para enfrentar o pirata seguinte. Infelizmente, devidas as minhas condições, eu não seria capaz de usar um corpo como escudo, então eu precisava de pensar em outra coisa para me aproximar do pirata.
......- Dance of Knives? – perguntou Samael.
“Não consigo rebater balas. Muito rápidas e pequenas.”
......Assim que eu encontrasse a adaga, eu ficaria do lado da porta e esperaria o momento ideal para avançar. Correria na direção do pirata e lançaria de imediato a adaga na direção da mão que estaria segurando a arma, sempre tendo atenção aos obstáculos que estariam pelo caminho. Correria junto da parede e sempre que ele disparasse contra mim eu tentaria virar meu corpo e me encostar na parede, caso fossem tiros consecutivos tentaria rebater os tiros com a ninjaken com um movimento ascendente diagonal da esquerda para a direita que, embora fossem pouco prováveis, eu teria que tentar todas as possibilidades. A menos que eu fosse alvejada na cabeça, nos pulmões ou nas pernas, eu faria o meu melhor para continuar correndo.
......Para o caso de eu conseguir chegar a 4 metros de distância eu usaria a técnica “The Wolf” mas teria o cuidado para não o matar, Samael podia ter falado num tom irónico mas ele realmente poderia vir a ter a sua utilidade. Uma vez que terminasse a técnica, tentaria desarmá-lo atravessando a ninjaken no braço que estaria segurando o revólver. Se eu errasse o golpe eu rapidamente moveria a ninjaken de forma a transformar o golpe num golpe vertical.
...... Se eu fosse alvejada nas pernas ou nos pulmões, eu tentaria arrumar um abrigo e saltaria para ele com aquele sorriso em meu rosto preparada para abraçar a Morte.
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 23
Sangue: (01/15)
Ganhos: Bainha para ninjaken
Perdas:
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado, por algum motivo não gosta de contato pessoal. Btw ele tá morto.
Braganis - Traidor que matou dois marines e tentou culpar Skyller. Virou comida de psicopata.
Loirinho - um marine que se acha herói
Platão – um sargento que Skyller conseguiu salvar da hipnose de Bragnis, agora está liderando a missão.
Roxanne (acrescentar) - Ficou surpresa pelo vício de Skÿller, embora sinta uma óbvia aversão pelo vício, a marinheira parece não querer cortar laços com Sky por enquanto.
Coments Extras: Usando farda da marinha; Ombro esquerdo fudido; Braço direito incapacidade e Ferrado; Sangrando;
Objetivos:
 
Spoiler:
 

Samael:
 

____________________________________________________


~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 41
Warn : II - Selecção Natural - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

II - Selecção Natural - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 5 EmptyTer 05 Dez 2017, 00:30



Nem sempre a loucura de Skyller estaria ao seu lado. Na verdade era surpreendente que não estivesse constantemente a prejudicando até então. Mas finalmente isso aconteceu. Ao invés de rapidamente aproveitar o momento de espanto do pirata e tentar ataca-lo, a menina avistou a própria morte atrás dele e recuou, perdendo a iniciativa do ataque.

Em seguida ela procurou pela adaga e demorou mais do que o ideal devido a bagunça e fumaça, mas conseguiu encontrar, no entanto não conseguiu fazer mais nada antes que o atirador entrasse pela porta e disparasse contra ela. Ela por sua vez corria contra ele tentando rebater e esquivar de alguma forma, além de lançar a adaga.

Levou um tiro de raspão logo abaixo do olho esquerdo que deixaria uma bela cicatriz horizontal. E depois outro na lateral do torso que por sorte a atravessou. O terceiro tiro foi longe, pois a adaga arremessada havia acertado a arma e desviado a mira. Ainda assim a investida da marinheira não parou e como o quarto não era gigante, rapidamente estava a menos de quatro metros de distância.

“The Wolf”

E assim, os três disparos que haviam sido feitos eram retribuídos com três golpes de ninjaken aos quais o homem não conseguia bloquear. Um no dorso, outro na pélvis e o ultimo na barriga. Por fim o pirata caiu para trás agarrando seus ferimentos e tentando segurar sua vitalidade que se esvaía.

Antes que algo mais pudesse ser feito, Platão e Roxanne chegavam correndo em frente a porta da sala de torpedos.

- Você está bem? – Perguntava a mulher.

- Só restaram mais dois piratas no navio. Desde que os eliminemos poderemos completar a missão, e na verdade talvez fazer ainda melhor. A questão é que temos que derrotar os dois sem mata-los. Sinto muito mas terá que aguentar um pouco mais. – Platão falava de forma tranquila e composta, na verdade até mesmo fria demais perante a batalha que ocorria e os corpos dos piratas e marinheiros caídos ali. Não havia empolgação também. Apenas calma e uma pequena dose de cansaço. A ferida das duas marines e as dele próprio também não pareciam afetar sua disposição.

Enquanto falava seus olhos percorriam o local, e depois olhando para trás ele avançava e pegava um objeto que estava caído embaixo de um corpo. O escudo que o gorila usara anteriormente.
- Nós não temos tempo. Eu subirei com o escudo me protegendo de balas, sigam atrás de mim. Boa sorte senhoritas. – Em seguida ele se virava e corria em direção a escotilha erguendo a escada. Logo estava subindo nela.
Histórico:
 

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial
Skÿller

Créditos : 10
Warn : II - Selecção Natural - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

II - Selecção Natural - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 5 EmptyTer 05 Dez 2017, 19:13





Kiss From A Rose



...... Mais um pirata para a conta, mas ao contrário dos outros este me fez perceber o quão meu corpo estava próximo do limite. Apenas quando Roxanne se aproximou de mim.
......- Você está bem? – perguntou a minha companheira.
......Movi com grande dificuldade e dor o meu braço direito até a ferida no meu torso tentando minimizar o sangramento. Olhei para Roxanne sem saber o que dizer, apenas com uma lágrima no olho esquerdo, enquanto isso Platão já se movia para o próximo estágio da missão, os últimos dos piratas.
“Merda… Ela ainda não foi embora…”
......- Você ainda tá vendo ela? – perguntou Samael.
“Sim... Acho que vou morrer pela falta de sangue. Irónico não acha?”
......- Ah cara… Não quero voltar para a jaula. – resmungou Samael – Fica viva, por favor... Aquilo lá embaixo é mó chato.
......- Eu… Eu não sei. – diria para Roxanne contendo o choro – Então é assim que as pessoas que matei se sentiram. Haha… Mas e você? Como está?- num lapso de fraqueza agarrar-me-ia a ela – Apenas me ajude a parar o sangramento por enquanto para derrotarmos os restantes.
......Tendo ou não recebido os curativos rápidos seguraria na arma do pirata de cabeça triangular e guardaria ela comigo e então subiria atrás de Platão e esperaria as suas ordens. A menos que a ordem fosse suicida eu seguiria ela sem contestar. Se eu tivesse a oportunidade verificaria se a arma tinha munição ou não e se o pirata ainda estava vivo. Assim que saísse da escotilha ficaria preparada para conseguir subir para o navio o mais rápido possível.
......Se começassem a disparar contra nós, tentaria ficar atrás de Platão e seu escudo, caso isso não fosse possível tentaria usar a minha ninjaken para rebater os tiros como antes, já que tentar esquivar poderia significar perder o equilíbrio e cair no mar. Se por acaso lançassem projéteis de tamanhos consideravelmente razoáveis, usaria a minha técnica Dance Of Knives para bloquear os ataques.
......Quando subisse no navio ficaria preparada para defender de qualquer ataque. Para me defender de chutes baixos eu tentaria pular para cima da pessoa e enfiar a minha ninjaken em seu ombro e empurrando ela para o chão; para o caso de chutes médios ou altos eu rapidamente me abaixaria e então me jogaria na outra perna para que ela caísse, tentaria não ficar por baixo da pessoa; Para socos eu me esquivaria para baixo em arco para o lado oposto do soco, no caso de socos frontais eu esquivaria para baixo em forma de arco mas para a direita e então eu perfuraria a coxa do pirata, e se fossem socos verticais eu daria um salto para a minha direita e tentaria realizar um corte horizontal no torso do agressor; Para ataques cortantes ou de impacto, eu usaria o seguinte padrão de defesa: contra golpes horizontais direcionados acima do pescoço eu rolaria para a frente e então tentaria enfiar a minha ninjaken no fígado do pirata, para golpes de estocada eu esquivar-me-ia para a esquerda e então tentaria enfiar a ninjaken no antebraço da pessoa; contra golpes horizontais direcionados abaixo do pescoço e acima da cintura eu daria um salto para trás de modo a evitar receber o golpe; se fossem golpes horizontais focados às minhas pernas eu saltaria o mais alto possível para cima da pessoa e enfiaria a minha ninjaken no seu ombro e então sacaria o revólver e enfiaria na boca do pirata mas não puxaria o gatilho. Se Platão ou Roxanne estivessem com dificuldades faria o meu melhor para prestar socorro a eles mas isto claro se eu não estivesse já ocupado com algum pirata.
......Se não fosse necessário lutar eu pegaria no revólver e apontaria para o pirata mais próximo mas não dispararia, deixaria Platão tratar da “diplomacia”.

Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 24
Sangue: (02/15)
Ganhos: Bainha para ninjaken; Cicatriz no olho esquerdo
Perdas: Máscara do Clã
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado, por algum motivo não gosta de contato pessoal. Btw ele tá morto.
Braganis - Traidor que matou dois marines e tentou culpar Skyller. Virou comida de psicopata.
Loirinho - um marine que se acha herói
Platão – um sargento que Skyller conseguiu salvar da hipnose de Bragnis, agora está liderando a missão.
Roxanne (acrescentar) - Ficou surpresa pelo vício de Skÿller, embora sinta uma óbvia aversão pelo vício, a marinheira parece não querer cortar laços com Sky por enquanto.
Coments Extras: Usando farda da marinha; Ombro esquerdo fudido; Braço direito incapacidade e Ferrado; Sangrando; Buraco no torso;
Objetivos:
 
Spoiler:
 

____________________________________________________


~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 41
Warn : II - Selecção Natural - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

II - Selecção Natural - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 5 EmptyQua 06 Dez 2017, 05:47



Skyller estava muito ferrada e sabia disso. E o pior é que não era apenas fisicamente, mas mentalmente também. Continuava a ver a morte e a conversar com Samael enquanto Roxanne corria para dentro do dormitório e logo voltava com um kit medico de primeiros socorros.

Enquanto ela tentava fazer os curativos mais urgentes com uma mão só tanto em Skyller quanto em si mesma ia dizendo. – Não estou bem. Nunca esperava que fosse vivenciar algo assim. De fato, me afastei da minha família pra evitar esse tipo de situação... e olha onde vim parar, tsc. – Ela olhava com repulsa para o monte de cadáveres no chão e falava com ironia. – Me ajude aqui, isso assim.

Elas podiam ouvir barulhos de tiro vindo de fora do submarino, aparentemente Platão e os piratas não haviam esperado pelas donzelas para começarem o combate. – Temos qu...

“BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOMMMMMMMMMMMM!!!!!!!!!!”

A frase de Roxanne foi interrompida por um enorme estrondo enquanto vários destroços começavam a voar vindo da parte traseira do submarino e água começava a jorrar para dentro. Os piratas haviam atirado com o canhão.

- Merda! – dizia a mulher abaixando a cabeça instintivamente antes de olhar desesperadamente para Sky e sair correndo para a escada. Se ficassem ali morreriam. A Van der Veen por sua vez fez o mesmo, já com a arma de fogo em mãos. Infelizmente não sabia se estava carregada.

Nesse momento Platão já tinha subido de alguma forma no navio que estava a cinco passos de distância e começava a se afastar mais ainda. Uma rede de cordas descia em suas laterais chegando até metade do casco, era por onde os piratas haviam descido ao nível do submarino. O navio era medio, um brigue com o casco alto.

Para abordarem a embarcação as marinheiras tiveram que saltar e agarrar a corda, mas só tinham uma mão disponível para isso, assim a arma que Skyller havia pego e segurava com a mão imóvel caiu ao mar. E ela não foi a única. Roxanne também não conseguiu realizar o salto com sucesso e caiu no mar, indo em direção ao submarino e subindo nele novamente, mas infelizmente não teria chances de realizar um novo salto pois o navio se movia constantemente.

Segurando a rede com sua mão boa, Skyller teria que dar um jeito de subir e abordar o navio. Do convés vinham sons de palavrões, tiros e Platão tentando negociar, sem muito sucesso pelo visto. Ele se encontrava perto da borda escondido atrás do escudo "pavise" para se proteger dos disparos dos piratas, enquanto ele próprio realizava disparos esporádicos.

Já o capitão estava escondido atrás do mastro central e o outro pirata atrás de um canhão (do mesmo lado em que Skyller está).

Off::
 

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial
Skÿller

Créditos : 10
Warn : II - Selecção Natural - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

II - Selecção Natural - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 5 EmptyQua 06 Dez 2017, 18:58





Kiss From A Rose



......Roxanne também não estava bem, não só pelo facto de estar ferida mas também por ter participado de uma grande batalha q liderou a morte de muitos. O facto de saber que ela era contra toda aquela matança me fazia pensar sobre o que ela estaria pensando sobre mim, me comparando a quando nos conhecemos, mesmo só tendo revelado um pouco sobre o real eu.
......Infelizmente não tive coragem para tentar reconfortar ela, eu poderia ter evitado a morte de todos os marinheiros se não tivesse tão preocupada em ficar descontrolada e sedenta devido às alucinações, se eu tivesse pensado com mais calma eu teria conseguido revelar o disfarce de Bragnis com o menor número de aliados abatidos. Ajudei ela com os ferimentos dela, mesmo que não tivesse experiência na área fiz o meu melhor para parar o sangramento.
......Tivemos que correr até a saída do submarino e o curativo não foi o ideal, mas certamente iria dar para o gasto por algum tempo. Saltamos para o navio mais Roxanne não foi tão bem sucedida, ficando para trás em cima do submarino.
“Droga! E agora?”
......- Deixe ela para trás. – disse Samael já no convés.
“Não posso abandonar ela!”
......-Se você for rápida a derrotar eles ela ficará bem. – argumentou Samael calmamente.
......- Roxanne! Fique aí! Vamos parar o navio e já voltamos para te pegar!– diria para ela.
......Rapidamente subiria para o convés, para subir a corda eu elevaria o máximo com o braço esquerdo e segurar-me-ia à corda com a boca e repetiria o processo até ao topo. Assim que chegasse ao topo verificaria se o caminho estava livre e, se assim o fosse, agarrar-me-ia à madeira e subiria para o convés.
......Quando subisse no navio ficaria preparada para defender de qualquer ataque. Para me defender de chutes baixos eu tentaria pular para cima da pessoa e enfiar a minha ninjaken em seu ombro e empurrando ela para o chão; para o caso de chutes médios ou altos eu rapidamente me abaixaria e então me jogaria na outra perna para que ela caísse, tentaria não ficar por baixo da pessoa; Para socos eu me esquivaria para baixo em arco para o lado oposto do soco, no caso de socos frontais eu esquivaria para baixo em forma de arco mas para a direita e então eu perfuraria a coxa do pirata, e se fossem socos verticais eu daria um salto para a minha direita e tentaria realizar um corte horizontal no torso do agressor; Para ataques cortantes ou de impacto, eu usaria o seguinte padrão de defesa: contra golpes horizontais direcionados acima do pescoço eu rolaria para a frente e então tentaria enfiar a minha ninjaken no fígado do pirata, para golpes de estocada eu esquivar-me-ia para a esquerda e então tentaria enfiar a ninjaken no antebraço da pessoa; contra golpes horizontais direcionados abaixo do pescoço e acima da cintura eu daria um salto para trás de modo a evitar receber o golpe; se fossem golpes horizontais focados às minhas pernas eu saltaria o mais alto possível para cima da pessoa e enfiaria a minha ninjaken no seu ombro e então e encostaria a minha ninjaken no seu pescoço e faria um pequeno corte como aviso, se ele tentasse alguma gracinha rapidamente usaria o cabo da ninjaken para bater no nariz dele.
......Se tentassem disparar com armas de fogo contra mim procuraria um abrigo e saltaria para lá e esperaria que descarregassem o pente para poder partir para cima. Usaria a minha aceleração para chegar o mais rápido possível dele e então tentaria realizar um golpe diagonal ascendente da direita para a esquerda focando a barriga mas sem ser muito profundo e imediatamente um corte profundo no joelho direito, aproveitaria para usar o pirata como refém para fazer o outro pirata desistir. Eu tinha que ter ser rápida em derrota-los mas eles tinham que ficar vivos segundo Platão.
......Se tentassem lançar projéteis contra mim, usaria a técnica “Dance Of Knives” e então utilizaria a minha aceleração para correr na direção do pirata mais próximo e tentaria realizar um golpe horizontal da esquerda para a direita em suas pernas o mais profundo possível.
......Se quando eu subisse no navio conseguisse pegar algum pirata desprevenido, enfiaria a minha ninjaken no centro da espinal medula bem acima da cintura, dessa forma apenas as pernas parariam de funcionar e não o levaria à morte, não por enquanto.
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 25
Sangue: (03/15)
Ganhos: Bainha para ninjaken; Cicatriz no olho esquerdo
Perdas: Máscara do Clã
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado, por algum motivo não gosta de contato pessoal. Btw ele tá morto.
Braganis - Traidor que matou dois marines e tentou culpar Skyller. Virou comida de psicopata.
Loirinho - um marine que se acha herói
Platão – um sargento que Skyller conseguiu salvar da hipnose de Bragnis, agora está liderando a missão.
Roxanne (acrescentar) - Ficou surpresa pelo vício de Skÿller, embora sinta uma óbvia aversão pelo vício, a marinheira parece não querer cortar laços com Sky por enquanto.
Coments Extras: Usando farda da marinha; Ombro esquerdo fudido; Braço direito incapacidade e Ferrado; Sangrando; Buraco no torso;
Objetivos:
 
Spoiler:
 

____________________________________________________


~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




II - Selecção Natural - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 5 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
II - Selecção Natural
Voltar ao Topo 
Página 5 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Shells Town-
Ir para: