One Piece RPG
II - Selecção Natural - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Bellamy Navarro
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:27

» Mini Aventura - Agyo Shitenno
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:05

» (Mini) Gyatho
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:02

» (MEP) Gyatho
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:55

» [MINI-Tenzin]Here we go again
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:53

» [M.E.P]Tenzin
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:43

» Mini - DanJo
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:42

» [Extra] — Elicia's Diary
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 00:27

» M.E.P DanJo
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:27

» Mini Aventura - No Mercy
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:20

» [Mini-Rosinante-san] O homem que quer ser livre
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:15

» Retornando para a aventura
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:13

» Começo
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:12

» Bizarre Adventure: Smooth Criminal
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 21:38

» Aaron DeWitt
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 20:55

» Apenas UMA Aventura
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor Mirutsu Ontem à(s) 19:08

» [M.E.P] Ichizu
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor Ichizu Ontem à(s) 13:38

» [MINI-Ichizu] O Aprendiz de ferreiro
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor Ichizu Ontem à(s) 13:37

» Cap I: Veneno de dois Gume
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor Noelle Ontem à(s) 13:02

» mini-aventura
II - Selecção Natural - Página 3 Emptypor guatemaia Ontem à(s) 09:55



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 II - Selecção Natural

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial


Data de inscrição : 10/08/2015

II - Selecção Natural - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 3 EmptyDom 10 Set 2017, 14:14





But Never Alone



...... Como eu tinha pensado, tinham achado outro corpo e, para meu espanto, a vítima tinha sido o sujeito a quem entreguei as minhas armas. Meus olhos arregalaram de imediato e meu queixo caiu, o traidor era bem mais rápido do que eu tinha sequer imaginado.
......-Ou traidora... Eu vi essa de cabelo rosa entrar no barco com essa arma ai... tenho certeza disso... – disse um marinheiro.
......- Sim, a arma é minha. – disse com um tom pensativo.
“Esse assassino é inteligente…”
......-E pela ficha dela, ela é uma Van der Veen... Eu disse que trabalhar com minks seria problemático. – disse um agente no fundo.
......-O que você tem a dizer em sua defesa minha cara? – disse Alfer para mim. Involuntariamente começaria a rir para mim mesma, até que…
......- HAHAHAHA! – soltaria um riso – Sim, Skÿller Van Der Veen. Com muito gosto. – daria enfâse no nome do clã – Clã conhecido por todo o East por serem extremamente brutais nas lutas e normalmente não ligarem para as leias do governo. Mas… - suspiraria – Todos desapareceram, menos eu. Não vou entrar em detalhes a menos que vocês queiram, mas eu asseguro-vos de uma coisa. Os Van Der Veen sempre, e digo, SEMPRE, recolhem a força de quem matam. Homem, mulher, de qualquer raça. Todos que demonstrem ameaça para os Van Der Veen viram seus alvos e nós os destruíamos sem dó nem piedade, para então sugar a força deles. Para aqueles que nunca ouviram falar de nós, eu explico rapidamente o significado de “sugar a força”. – daria uma pausa e esperaria silêncio completo - Nós sempre bebemos o sangue do oponente no final da batalha. Alguns nos consideram canibais, mas na realidade não alimentamos o nosso corpo com os oponentes e sim a nossa alma. Posso dar uma aula sobre a minha religião outra hora.
......Olharia fixamente nos olhos de Alfer e diria – Esse corpo, por alguma acaso, tem marcas de mordidas feitas por estes dentes? – mostraria os meus dentes por alguns segundos. – Tenho a certeza que não.
......Se por algum acaso, alguém tentasse acusar-me falando que era tudo parte do meu plano como “traidora”, meu rosto ficaria extremamente sério e olharia com toda a minha fúria para a pessoa – Eu não sei como vocês humanos tratam as vossas crenças, mas eu nunca menti e nunca mentiria sobre a minha religião. Como escolhida, eu não posso usar a minha religião para mentir. – soltaria as minhas garras mas rapidamente as recolheria de novo – Se eu fosse a traidora, eu nunca teria deixado a minha arma no local do crime. Apenas um idiota faria isso.
......“Essa viagem tem sido um problema desde que me separei de Lux e Tenebris… Tudo estava bem, mas do nada comecei a escutar um barulho e a ver coisas, Roxanne parecia não estar muito bem, ela estava estranhamente cansada. Só espero que não falte muito para chegar no destino... Espere um momento…” Minha mente começou a iluminar, mas eu não podia falar NAQUELE momento quem eu achava quem era o traidor, ou melhor dizendo, um dos traidores.
......- Eu posso mostrar que nada neste submarino está normal e o culpado esteve na nossa cara toda a altura. Ou melhor dizendo, um dos culpados. – diria assim que tivesse oportunidade – Tenho quase a certeza que quando chegamos no submarino nenhum tava se sentindo mal, eu tava nervosa mas era apenas um pouco de medo por nunca ter andado numa coisa destas. – soltaria um pequeno sorriso – O culpado até me ajudou a esquecer esse medo mas já chego lá. A partir de determinado momento vocês não se sentiram subitamente cansados? Pensem bem. – se alguém, para além de Roxanne concordasse eu falaria – E quando foi que isso aconteceu mais ou menos?

Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 9
Sangue: (09/15)
Nº de vítimas: 0
Nº de bandidos: 1
Nº de Forças Adquiridas: 1
Ganhos: Bainha para ninjaken, Kunais, Algemas
Perdas:
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado.
Braganis - amigo de alfer
Loirinho - um marine que se acha herói
Coments Extras: Usando farda da marinha; Dor de Cabeça; Alucinações.
Objetivos:
 
Spoiler:
 
off: post rapidao pq eu tava na correria e tava com pressa para colocar os posts em dia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pierce
Revolucionário
Revolucionário
Pierce

Créditos : Zero
Warn : II - Selecção Natural - Página 3 10010
Data de inscrição : 25/07/2017

II - Selecção Natural - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 3 EmptyQui 14 Set 2017, 21:24

- HAHAHAHA! Sim, Skÿller Van Der Veen. Com muito gosto.

Dizia rindo a jovem fazendo com que alguns levassem as mãos as armas.

-Clã conhecido por todo o East por serem extremamente brutais nas lutas e normalmente não ligarem para as leias do governo. Mas…Todos desapareceram, menos eu. Não vou entrar em detalhes a menos que vocês queiram, mas eu asseguro-vos de uma coisa. Os Van Der Veen sempre, e digo, SEMPRE, recolhem a força de quem matam. Homem, mulher, de qualquer raça. Todos que demonstrem ameaça para os Van Der Veen viram seus alvos e nós os destruíamos sem dó nem piedade, para então sugar a força deles. Para aqueles que nunca ouviram falar de nós, eu explico rapidamente o significado de “sugar a força”.
Nós sempre bebemos o sangue do oponente no final da batalha. Alguns nos consideram canibais, mas na realidade não alimentamos o nosso corpo com os oponentes e sim a nossa alma. Posso dar uma aula sobre a minha religião outra hora.


Skyller fixava agora seu olhar em Alfer para continuar sua fala.

– Esse corpo, por algum acaso, tem marcas de mordidas feitas por estes dentes?

-Como se eu fosse confiar em algo como uma religião para tomar como padrão de suas ações, teremos que lhe prender por segurança e...

O submarino então chacoalhava de forma feroz e se inclinava com um som altíssimo de metal raspando, muitos caíam no chão.

-Adoro quando um plano funciona...

Uma figura aparecia no fim do corredor, era Braganis, ele não mais usava roupa de agente, estava de casaco preto e calça social marrom.

-Braganis?

Alfer parecia confuso com o que ocorria mas o gorducho logo explicou.

-Ora Alfer, óbvio que isso foi tudo eu quem fez, ou por acaso você achou que eu realmente era apenas um ajudantezinho meia boca? Kukuku... Estava infiltrado na sua equipe apenas para hoje nesse exato dia, me livrer de você e dos que estão aqui para garantir o sucesso dos revolucionários na luta de hoje...

-Seu maldito...

Alfer parecia furioso e esboçou um avanço, mas parou como se amarrado, outros sacaram pistolas, mas não atiraram em Braganis.

-Kukuku... Bobinho, eu hipnotizei cada um nesse submarino, vocês não podem me ferir ou entrar na cabine principal de direção e eu matei os pilotos... Ahh... Por um acaso eu contei sobre a tendência suicida que vocês tem quando ouvem o estalar dos canos do submarino.

Braganis batia num cano próximo e o som era ouvido, todos pareciam sentir algo tenso enquanto Skyller observava sem entender o que os outros sentiam, pois ela mesma nada sofria, em seguida um agente puxava o gatilho contra a própria boca espalhando miolos pela parede do corredor.

-Seu rato traidor maldito...

Braganis dava de ombros e dizia:

-Não sou nenhum traidor, nunca fui um de vocês...



Viagem:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial
Skÿller

Créditos : 10
Warn : II - Selecção Natural - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

II - Selecção Natural - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 3 EmptySex 15 Set 2017, 21:03





But Never Alone



...... -Como se eu fosse confiar em algo como uma religião para tomar como padrão de suas ações, teremos que lhe prender por segurança e…
......“Como ousa desconfiar de minha palavra?” Pensei, mas não fui capaz de falar pois o traidor se revelou com mais rapidez do que eu pensei. Bragnis parecia estar totalmente confiante e se revelou sem nenhuma arma ou refém.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


......Alfer e Barnis trocaram palavras e os marines, que estavam com pistolas, sacaram suas armas, pensei que ele seria fuzilado naquele instante mas nenhum puxou o gatilho.
......- Mas o que... – pensei em voz alta.
......-Kukuku... Bobinho, eu hipnotizei cada um nesse submarino, vocês não podem me ferir ou entrar na cabine principal de direção e eu matei os pilotos... Ahh... Por um acaso eu contei sobre a tendência suicida que vocês tem quando ouvem o estalar dos canos do submarino. – disse Bragnis.
......Então o traidor bateu num cano e o som pareceu provocar uma dor enorme nos marines que sem hesitar puxaram o gatilho e tiraram suas próprias vidas. Ver o sangue e sentir o cheiro fresco do sangue me deixou cheia de sede, junto disso descobrir o traidor que tentou me incriminar me deu uma vontade descontrolável em matar e beber o sangue daquele homem, ele podia não parecer atlético mas tinha um poder que eu nunca tinha visto antes.

“É como se ele controlasse a mente deles…”

......-Seu rato traidor maldito... – disse Alfer.
......-Não sou nenhum traidor, nunca fui um de vocês... – respondeu Bragnis.
......Um sorriso começaria a invadir o meu rosto, um sorriso que apenas a adrenalina era capaz de provocar em mim e então começaria a caminhar em direção à minha ninjaken, pegaria nela e sacudiria um pouco do sangue e então limparia na minha roupa.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


......- Se nos encontrar-mos de novo espero que as coisas sejam diferentes, senhor. – diria para Alfer com um olhar completamente insano – Agora se me permite, terei que honrar a minha família e mostrar para vocês com quantos cortes se escreve "Van Der Veen".
......Então colocaria a minha máscara e ficaria em posição de ataque. Eu precisaria de ter cuidado com os outros marines, o melhor seria desarmá-los sem os magoar… Muito.
Para aqueles que ainda estivessem vivos e obviamente armados, eu correria usando a minha aceleração por perto deles e atacaria com o cabo da minha ninjaken em suas barrigas com o máximo de força possível. Podia não ser o melhor, mas era tudo o que eu podia imaginar para tentar parar eles sem os matar.
......Como eu não sabia o estilo de lutar de Bragnis eu precisava estar ainda mais atentar, mas não iria esperar para saber. Correria na sua direção e, assim que estivesse próxima o suficiente, eu faria uma finta pela direita para ficar atrás dele e fazer um golpe na diagonal em suas costas. Se tentar atacar as suas costas não fosse viável, eu em vez disso tentaria fazer um golpe horizontal em seu torso e, em ambos os casos, tentaria recuar para uma distância segura.
......Se eu percebesse que alguém fosse jogar algum objeto contra mim, eu usaria sem hesitar a técnica Dance of Knives. Se usar a técnica não fosse possível devido ao espaço limitado ou tamanho da arma escolhida, eu tentaria esquivar dos projéteis me aproximando do atirador, para então bater com o cabo da ninjaken no centro da testa.
......Para chutes baixos eu tentaria pular para cima da pessoa e enfiar a minha ninjaken em seu ombro e empurrando ela para o chão; para o caso de chutes médios ou altos eu rapidamente me abaixaria e então me jogaria na outra perna para que ela caísse, tentaria não ficar por baixo da pessoa; Para socos eu me esquivaria para baixo em arco para o lado oposto do soco (no caso de socos frontais eu esquivaria para baixo em forma de arco mas para a direita) e então eu perfuraria a coxa da pessoa, evitando ao máximo danificar o osso; para ataques cortantes ou de impacto, eu usaria a minha ninjaken para bloquear o ataque e então dar um salto para trás e me reposicionar. Se tentasse me agarrar por trás e tentaria usar a minha ninjaken para fazer um corte no braço (mas apenas superficial e não com intenção de cortar o braço fora), porém, se conseguissem me agarrar, eu daria um chute para trás e então morderia a pessoa com toda a força. Usaria este esquema de defesa para qualquer instante da batalha.
......Se o ataque nas costas tivesse sido bem sucedido, eu me moveria rapidamente para atacar o braço direito de Bragnis enfiando a minha ninjaken no seu ombro, focando a região onde o seu espaço subacrimial estaria.
......Se o ataque nas costas tivesse sido bem-sucedido, eu correria novamente e saltaria no último instante e tentaria enfiar a minha ninjaken em seu estômago e usaria o meu peso para fazer com que Bragnis caísse.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 10
Sangue: (10/15)
Nº de vítimas: 0
Nº de bandidos: 1
Nº de Forças Adquiridas: 1
Ganhos: Bainha para ninjaken, Kunais, Algemas
Perdas:
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado.
Braganis - amigo de alfer
Loirinho - um marine que se acha herói
Coments Extras: Usando farda da marinha; Dor de Cabeça; Alucinações.  
Objetivos:
 
Spoiler:
 

off: nao consigo colocar imagem :/
Edit: Consegui, énois

____________________________________________________


~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 41
Warn : II - Selecção Natural - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

II - Selecção Natural - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 3 EmptyQui 28 Set 2017, 18:26


- Se nos encontrar-mos de novo espero que as coisas sejam diferentes, senhor. Agora se me permite, terei que honrar a minha família e mostrar para vocês com quantos cortes se escreve "Van Der Veen".

Enquanto Skyller dizia isso e colocava a mascara, mais dois sons de choque contra o cano e mais dois disparos foram realizados. Mais dois martos no chão. Um deles sendo Alfer. Depois daquele dia, eles não mais se encontrariam.

Rapidamente a moça atacou um marinheiro jovem, que até então não havia tido muita presença. Estranhamente o rapaz, mesmo perante sua morte iminente enquanto apontava um revólver para o lado de sua cabeça, não aparentava o minímo terror. Sua face estava tranquila.

O ataque da Van der Veen acertou um cheio seu estômago, fazendo com que ele se curvasse e com que o tiro que estava prestes a disparar acertasse uma das paredes do cômodo e ricocheteasse fazendo um grande barulho e acertasse de raspão no braço esquerdo de Bragins.

- Co-como você ainda está se movendo? - Perguntou ele com os olhos esbugalhados, tirando a mão direita envolta em uma luva do bolso e a levando até a região ferida. Mas Skyller não estava afim de conversa furada e correu contra ele tentando fazer uma finta pela sua direita em um golpe perfurativo com sua ninjaken.

No entanto Bragins se encontrava na porta do cômodo, e ao ver a mulher mascarada correndo contra si, deu um passo para trás e tentou virar para a lateral de forma a desviar do golpe já que estava em um estreito corredor.

Assim, a Ninjaken de Skyller fez um corte superficial em seu abdômen. Tentando passar por ele para ir para trás do homem, a mulher foi esmurrada na lateral de sua cabeça. Sim. O revolucionário aproveitou seu braço direito dobrado e o espaço estreito em que estavam para contra atacar com um soco poderoso. Assim, além do impacto do soco, a cabeça da menina ainda se chocou contra a parede, dobrando o dano recebido.

Com o braço esquerdo ele empurrou o corpo da Mink contra a parede, espremendo o braço dela que segurava a Ninjaken entre seus corpos como forma de evitar que ela usasse a rma e o atacasse novamente.

- Acha que pode me matar sua assassinazinha de merda? Beber meu sangue? Haha! Quando eu acabar com você, vou te amarrar e transformar você na minha escravinha. - Disse o homem quase que sussurrando nos ouvidos da moça.

Nesse momento o submarino que em algum ponto havia inclinado para cima, pareceu ter emergido e se moveu bruscamente, tirando o equilíbrio dos dois e os fazendo sair daquela posição. Agora os dois estavam colados na mesma parede, lado a lado, em um corredor estreito e com cinco metros de comprimento enquanto o submarino se balançava de um lado para o outro enquanto se estabilizava.

Off::
 
HP Skyller::
 
Base do Oponente::
 

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial
Skÿller

Créditos : 10
Warn : II - Selecção Natural - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

II - Selecção Natural - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 3 EmptySex 29 Set 2017, 18:51





But Never Alone



...... “MATAR, MATAR, MATAR!” Era tudo que estava em minha mente, a vontade de matar um traidor superava todo o meu lado racional e, para não variar, a minha sede de sangue ajudava a ficar mais insana. Levei um soco na cabeça e bati contra a parede, provocando alguma dor em meu corpo.
......- Acha que pode me matar sua assassinazinha de merda? Beber meu sangue? Haha! Quando eu acabar com você, vou te amarrar e transformar você na minha escravinha. – disse Bragnis.
......Um sorriso estava estampado em meu rosto, mas graças à mascara o traidor não conseguia ver, o que na realidade era uma pena, afinal sorriso de uma psicopata sedenta de sangue é a melhor coisa que um oponente meu seria capaz de ver. Então o submarino começou a balançar e fiquei livre de Bragnis.
......- Mais um desafio, ó Criador! – sussurrei para mim mesma.
...... Agarraria a minha ninjaken e tentaria golpear Bragnis em seu braço, não colocaria muita força mas sim rapidez e, acertando ou não, me afastaria um pouco daquele homem. A sua forma de lutar era corporal, então para me atacar teríamos que ficar bem próximos, infelizmente a minha lâmina era demasiado curta para manter uma distância segura, mas eu não ligava muito para isso.
......- Ahahahaha…. – começaria a rir.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


......Bragnis era uma pessoa muito larga, então se eu fizesse um corte em sua barriga um festim de sangue estaria ao meu dispor. Só de pensar no sangue minha respiração ficava pesada e começaria a salivar, eu quase conseguia sentir o doce sabor do sangue.
......Dificilmente Bragnis faria o primeiro movimento, ele era grande então o mais provável é que esse fosse lento, se não fosse pelo poder de controlar os outros eu esperaria ele fazer o primeiro movimento, mas a situação não era essa. Roxanne e outros marines estavam em perigo, o simples facto de pensar em Roxanne fez com que uma Sky irracional ficasse trancada por mais algum tempinho.
......Segurei minha ninjaken com apenas a minha mão esquerda e adquiri uma postura reta, aquele momento era o momento de ir com tudo, não existia espaços para falhas, era o momento de liberar a fera.
......- The Wolf… - diria entre risos, então usaria a técnica.
......Caso conseguisse atacar os três pontos e ficasse atrás dele, eu usaria a parede para me impulsionar contra Bragnis e então tentaria enfiar a minha ninjaken na sua omoplata de forma a transpassar o seu corpo; caso eu ficasse na sua frente, eu usaria a parede para me impulsionar contra ele e então tentaria enfiar a minha ninjaken em sua barriga de forma a ficar enfiada o mais fundo possível.
......Se bem-sucedida, eu atiraria a minha máscara para cima dele enquanto saltaria para cima dele, o balanço do navio e o peso do meu corpo seria o necessário para fazer ele se desequilibrar, se ele caísse eu morderia a sua jugular com toda a força e ficaria mordendo até começar a sangrar e ele perder as forças. Caso ele me agarre nesse momento eu usaria as minhas garras para perfurar o seu corpo e morderia a primeira parte do corpo dele que eu visse, mesmo que isso implicasse a cara dele.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


......Se a técnica não tivesse sido completamente eficaz, eu correria na sua direção o mais rápido possível e tentaria um corte ascendente na diagonal focando o seu braço direito, dessa forma eu estaria limitando os movimentos com aquele braço durante a luta, não daria descanço para ele dessa vez e após o ataque eu tentaria fazer outro golpe, porém, dessa vez seria uma estocada no seu ombro, após isso recuaria de novo para ficar em segurança.
......Para socos frontais acima dos meus ombros eu me esquivaria para a esquerda, se o soco fosse circular e me esquivaria para baixo, e se fosse um soco ascendente eu tentaria me esquivar com um salto para trás e aproveitaria para tentar usar a minha ninjaken e ferir a mão dele; Contra socos direcionados entre meus ombros e minha cintura eu usaria a minha ninjaken (de lado) para bloquear os ataques e daria saltos para trás para evitar receber mais ataques; No entanto, se fossem socos abaixo da cintura eu saltaria o mais alto possível e usar a minha ninjaken para contra atacar os braços dele.
......Contra agarrões acima da cintura eu tentaria enfiar a minha ninjaken em qualquer parte do corpo dele, para então a largar e usar as minhas garras para perfurar os braços dele até que ele me largasse, porém, se ele estivesse próximo o suficiente eu agarraria a garganta dele com ambas as mãos e agarraria com as minhas garras até ele largar. Se ele tentasse agarrar-me pela cintura eu usaria a minha ninjaken para golpear os braços dele, mas se atacar com a ninjaken fosse impossível eu tentaria usar as minhas garras para cortar as costas das suas mãos, afinal essa é uma região com veias bem salientes na maioria das pessoas e faria um bom estrago; Por fim, se tentasse agarrar as minhas pernas eu tentaria saltar para cima dele antes que ele o conseguisse fazer e então agarraria o seu pescoço com minhas garras até começar a sangrar.
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 12
Sangue: (12/15)
Nº de vítimas: 0
Nº de bandidos: 1
Nº de Forças Adquiridas: 1
Ganhos: Bainha para ninjaken, Kunais, Algemas
Perdas:
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado, por algum motivo não gosta de contato pessoal. Btw ele tá morto.
Braganis -  Traidor que matou dois marines e tentou culpar Skyller.
Loirinho - um marine que se acha herói
Coments Extras: Usando farda da marinha; Dor de Cabeça; Alucinações.  
Objetivos:
 
Spoiler:
 

The Wolf:
 

____________________________________________________


~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 41
Warn : II - Selecção Natural - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

II - Selecção Natural - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 3 EmptyDom 01 Out 2017, 18:49




Let The Bodies Hit The Floor!

O balançar do submarino deu a oportunidade perfeita para que Skyller revertesse a situação desfavorável em que tinha ficado. Sendo mais veloz em se reequilibrar, ela usou sua arma para desferir um golpe no revolucionário, perfurando o antebraço esquerdo do homem antes de recuar rapidamente, a tempo de escapar de um soco curvo poderoso que o inimigo desferiu.

A risada maniaca da mulher mandava calafrios pela coluna de Braggins, mas ele resolveu lutar contra isso dando um passo para trás e abrindo um sorriso diabólico. Rapidamente sua mão se chocou contra uma tubulação e o contato da sua luva com o ferro fez com que um som metálico fosse produzido.

Atras de Skyller, no comodo onde os marinheiros ainda vivos ainda estavam paralisados, a maioria com olhares de terror e se esforçando para sair daquele estado, mais uma morte. Um dos homens havia pego sua espada e atravassando-a em seu coração. Uma morte de samurai. Roxane ao ver isso tentava pensar em alguma forma de escapar daquele estado. O marinheiro que havia sido salvo pela Van Der Deen era outro que estava a todos instantes tentando encontrar uma solução. Os outros estavam aterrorizados demais, alguns até mesmo sentiam lágrimas incontroláveis escorrerem por seus rostos.

- E mais um que não mais verá a luz do dia novamente… me pergunto quem será o próximo? - Comentava Braggins em uma voz de divertimento e dava mais um passo para trás enquanto movimentava o braço prestes a bater no cano novamente. O que ele não esperava é ter subestimado a velocidade da marinheira a sua frente, que após sussurrar – The Wolf – cruzaria os quatro metros que os separavam em uma fração de segundo. Isso o obrigou a realizar um  soco circular, que foi novamente desviado quando a garota se abaixou e perfurou logo abaixo de seu quadril, o local entre a virilha e a perna esquerda.

Em seguida a mulher se afastou um pouco novamente e voltou a investir, momento no qual ele realizou um soco acendente enquanto virava o corpo de lado. Mais uma vez, Skyller o surpreendeu ao saltar para trás e tentar acertar sua mão. Por sorte o golpe acertou o metal da luva e não lhe feriu. Ao ver que a menina pretendia voltar a avançar ele usou seu braço esquerdo, mesmo que ferido, para realizar um soco frontal, mas para seu desespero a menina conseguiu esquivar e mirar um golpe em seu pescoço. Ele tentou ir para o lado e esquivar, mas o espaço pequeno do local impediu sua movimentação e a lâmina perfurou seu pescoço fazendo com que ele arregalasse os olhos em descrença.

Assim, após retirar sua lâmina e enfia-la novamente, dessa vez na barriga do “traidor”, Skyller tirou sua mascara e saltou em cima dele mordendo seu pescoço. Caindo para trás, Braggins ainda estava vivo enquanto sentia sua garganta ser despedaçada e devorada pela marinheira. Era realmente uma forma horrível de morrer. "Então... esse é o fim. Realmente não esperava por isso... Tsc."

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial
Skÿller

Créditos : 10
Warn : II - Selecção Natural - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

II - Selecção Natural - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 3 EmptyTer 03 Out 2017, 16:17





But Never Alone



...... Estava em puro êxtase, era incrível como a minha sede de sangue, fúria e vontade de proteger alguém superava o meu medo de falhar. Mais uma luta, mais uma lição do criador. Bragnis era grande e desajeitado, se ele tivesse um pouco mais de capacidade de controlar seus movimentos com precisão eu certamente teria tido mais dificuldades, mas uma luta era uma luta, o que significa que eu colhi mais força.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


......Beberia o sangue diretamente do pescoço de Bragnis e, assim que ele estivesse morto eu pararia e começaria a minha prece, minha cauda balançaria de um lado para outro de felicidade. Abriria os braços para o lado e diria com um enorme sorriso – Ó CRIADOR! MAIS UM PARA A SUA COLHETA! – abraixaria a minha cabeça e pousaria a minha mão direita no pescoço de Bragnis – Mas este merece a marca do traidor, não tenha pena desta criatura perdida.
......Desta vez a minha sede se saciou com pouco, era estranho mas eu estava satisfeita com aquela colheita. Rapidamente me levantaria e pegaria na minha máscara, olharia para os marines vivos e procuraria os olhos de Roxanne, talvez ela estivesse horrorizada mas não podia fazer muito em relação a isso. Aproximar-me-ia dos corpos dos marines mortos e de Alfer, me ajoelharia diante deles e cravaria minha ninjaken no chão, então encostaria a minha testa no cabo da minha arma.
......- Em relação aos que se mataram, ó criador, não se engane. Eles o fizeram contra sua vontade, não os puna pela traição da criatura que acabei de enviar para si. – sussurraria. – Lhe peço não como a escolhida dos Van Der Veen mas sim como uma filha que teve alucinações do seu próprio suicídio.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


......Durante as preces eu ignoraria quem tentasse impedir-me, acima de tudo estavam as preces, caso contrário as almas dos que morreram iriam se perder para sempre e ficar enraivecidas. Assim que eu acabasse as preces eu guardaria a minha ninjaken em minha bainha e olharia para os marines e diria após respirar fundo.
......- Perdemos muitos dos nossos, incluindo o líder da missão. Pelo nosso número reduzido talvez atacar o navio como estava previsto seja uma luta que não possamos ganhar… - limparia o sangue da minha boca ao braço direito – Sou horrível em decisões, então queria saber o que vocês querem fazer. Querem voltar para Shells como covardes? Querem seguir rumo para Logue e esperar o ataque em massa com outros marines? Ou preferem atacar o barco pirata? – embora eu gostasse da ideia de atacar o navio eu não queria que mais nenhum dos meu morressem pela minha falta de capacidade de ajudar os outros. – Antes de decidirmos alguma coisa, o melhor é tentarmos entrar em contato com o QG. Procurem por Den Den Mushis.
......Caso ninguém fosse contra a minha sugestão, eu começaria a procurar com eles, mas primeiro eu juntaria os corpos em fila com os braços cruzados sob a barriga e fecharia os olhos daqueles que morreram com eles abertos. Assim que o fizesse começaria a procurar por um Den Den Mushi na sala principal, era o local mais provável de encontrar um, visto que era onde estavam os mapas e onde estavam os condutores.
......Assim que um de nós encontrasse o den den mushi, tentaria reunir todo mundo e fazer uma ligação para o QG de Logue, apenas quando eu tivesse a certeza que quem tinha atendido era alguém do QG de Logue eu começaria a dar explicações sobre o que aconteceu e pedindo indicações.
......Caso não encontremos nenhum Den Den Mushi perguntaria aos marinheiros se já tinham pensado sobre o que fazer naquele momento e começaríamos os votos. Eu sem votar, apenas o faria se ocorresse algum empate, mas primeiro eu questionaria a cada um da sua escolha.
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 13
Sangue: (01/15)
Nº de baixas: 9
Nº de bandidos: 2
Nº de Forças Adquiridas: 1
Ganhos: Bainha para ninjaken, Kunais, Algemas
Perdas:
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado, por algum motivo não gosta de contato pessoal. Btw ele tá morto.
Braganis -  Traidor que matou dois marines e tentou culpar Skyller. Virou comida de psicopata.
Loirinho - um marine que se acha herói
Coments Extras: Usando farda da marinha; Dor de Cabeça; Alucinações.  
Objetivos:
 
Spoiler:
 

____________________________________________________


~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 41
Warn : II - Selecção Natural - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

II - Selecção Natural - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 3 EmptyQua 04 Out 2017, 19:18


A missão nem bem tinha começado, e apenas cinco sobreviventes. Dos quinze tripulantes iniciais daquele submarino, dois terços estavam mortos. Os quatro marinheiros ao se verem livres do que quer que estivesse prendendo seus corpos, foram em direção ao corredor para ver o que havia acontecido, apenas para se depararem com uma cena horrenda. Skyller estava montada em cima de Bragnis mordendo o pescoço do homem e sugando seu sangue.

Um dos marinheiros não aguentou e se virou para o lado para vomitar. Roxane tinha em sua face um olhar de espanto e até mesmo medo, dando um passo para trás e respirando fundo para se compor. Ela não estava sozinha, sua expressão era um espelho da face de Situni, um homem alto e forte de cabelos negros. O único que mostrava uma feição tranquila perante aquele ato gore era Platão, o marinheiro salvo anteriormente pela ninja. No entanto nem ele conseguiu manter sua expressão imutável ao ver o que vinha a seguir.

Erguendo seus braços, a mulher começou a gritar para deus. Quando ela veio em sua direção todos saíram de seu caminho, abrindo alas para que ela passasse, como se fosse algum tipo de realeza. Ninguém ousou interromper o ritual que se seguiria, nem suas preces. O marinheiro sem bolas que havia vomitado anteriormente procurava se manter o mais afastado possível dela, enquanto Situni e Roxane pareciam ter se adaptado a situação. Talvez apenas estivessem se controlando.

- Perdemos muitos dos nossos, incluindo o líder da missão. Pelo nosso número reduzido talvez atacar o navio como estava previsto seja uma luta que não possamos ganhar… Sou horrível em decisões, então queria saber o que vocês querem fazer. Querem voltar para Shells como covardes? Querem seguir rumo para Logue e esperar o ataque em massa com outros marines? Ou preferem atacar o barco pirata?

- Primeiro de tudo precisamos ver se algum dos pilotos conseguiu sobreviver. Imagino que ninguém aqui saiba como fazer essa coisa mover... – Disse calmamente Platão olhando ao seu redor esperando que alguém dissesse que sabia, mas para sua decepção, isso não aconteceu. – Pelo que percebi nós emergimos de uma forma um tanto brusca. É provável que estejamos à deriva.

– Antes de decidirmos alguma coisa, o melhor é tentarmos entrar em contato com o QG. Procurem por Den Den Mushis.

- Sim, e alguém precisa checar pela escotilha para ver onde estamos. Acha que pode fazer isso Stuart?

- Sim, senhor! – Respondeu o homem que não tinha coragem de se aproximar de Skyller, saindo disparado pelo corredor, contornando estreitamente o corpo de Bragnis e desaparecendo de vista. O revolucionário morto era especializado em hipnose, e não em combate. Ter falhado em hipnotizar a Van der Den foi o seu fim.

- Eu irei checar se algum piloto sobreviveu e se o Den Den mushi está na sala de controle. – Se prontificou Situni, saindo também dali. O submarino, agora com o chão manchado de sangue, tinha sua própria história, tendo pertencido a uma família de comerciantes ilegais antes de ser capturado. Correntemente tinha seis salas: a de controle; a de reunião, que anteriormente havia servido para os comerciantes guardarem suas preciosas mercadorias; a da tripulação, onde todos dormiam e faziam suas necessidades; a de máquinas, que era a maior de todas; a de cozinha, que era onde alimento e água potável também estavam estocados; a de torpedos, que foi adicionada após a construção do submarino, quando ele foi transformado em uma embarcação militar.

Enquanto isso Skyller ajeitava os corpos e Platão e Roxane procuravam pelo Den Den Mushi ali, mas só viram mapas e documentos.

- Achei! Está aqui na sala de controle! –
Veio um grito, a voz pertencia a Situni. Assim os três saíram da sala de reunião e foram para o local. No caminho, Roxane respirou fundo como se estivesse tentando afastar algum pensamento, ou sensação. – Está bem? – Perguntou baixinho para a ninja demonstrando sua preocupação para com ela.

Chegando na sala de controle eles veriam um painel cheio de botões, uma pequena tela que quem tinha mais conhecimento reconheceria como sendo um radar, e um Den Den Mushi regular. Em duas cadeiras haviam corpos mortos, e a terceira estava vazia pois o corpo de seu ocupante estava no chão. Nenhum deles havia sobrevivido.

Platão tomou a iniciativa e fez a ligação, aparentemente sabia como usar um daqueles animais. Enquanto esperava, passos apressados foram escutados vindo na direção da sala. Era Stuart que chegava no lugar correndo. – Problemas! Um navio com velas negras se aproxima!! Ainda estão a certa distancia mas certamente nos viram!! Acho que são os piratas!!! – Dizia o homem rapidamente e com um obvio tom de desespero na voz.

- Droga! – Exclamava Situni.

- Eu vou checar a situação, Skyller certo? Deixarei você responsável por contatar o QG e explica-los sobre nossa situação. Peça por ajuda e pergunte o que devemos fazer. Avise também que não conseguimos interceptar os piratas e eles estão indo a caminho da ilha. A quantidade de navios é desconhecida. – Dizia o homem após um suspiro de desanimo, mas ainda assim falava com tranquilidade antes de dar as costas. – E ah! Se perguntarem qual marinheiro de maior patente sobreviveu, diga que o Sargento Platão tomou comando da missão.

Obviamente ele estava mais por dentro da missão do que os outros. Apesar de Alfer ter sido o líder e ainda não ter feito o briefing com os subordinados, ele era um Agente do Governo e claro que algum marinheiro também teria que conhecer os detalhes desde o início. Por sorte, Skyller havia salvo tal marine.

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial
Skÿller

Créditos : 10
Warn : II - Selecção Natural - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

II - Selecção Natural - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 3 EmptyDom 08 Out 2017, 16:34





But Never Alone



...... Alguns dos marines não tinham estômago para a cena de uma pequena jovem devorando um homem, isso me deixava preocupada sobre o rumo da missão, se não aguentavam com aquela visão então não seriam capazes de aguentar com o desespero da morte lado a lado com eles.
O marine que eu tinha salvado da morte concordava comigo e sugeria que verificássemos se algum piloto estava vivo, mas eu tinha pouca fé nisso, Bragnis estava confiante demais no seu plano, exceto em relação a mim, talvez ele não esperasse que a sua magia funcionasse em mim.
“ Tenebris não vai acreditar que eu lutei contra uma pessoa com poderes mágicos…”
...... Rapidamente começamos a nos mover, precisávamos de pensar em alguma coisa para sair daquela situação. Após algum tempo de procura, encontraram um Den Den Mushi, estava tão ocupada preparando os corpos e prestando respeito que tinha-me esquecido de procurar o aparelho.
“Sem a Lux e o Tenebris para me guiar fica difícil manter o foco para além dos meus costumes…”
......Está bem? – Perguntou Roxanne preocupada.
...... - Bem, só bati com a cabeça na parede… - respondi passado a mão na cabeça, então percebi que ela provavelmente não se referia a alguma dor e sim ao meu comportamento – Sabe… O que vocês me viram a fazer… - diria meio envergonhada – Eu meio que fui criada assim, sabe… Minha doutrina é bem rígida e é a luz da minha vida... Mas eu apenas faço isso com quem eu acho ser criminoso. – Minhas orelhas involuntariamente abaixaram, era como se eu me sentisse culpada pela primeira vez com algo que eu “sempre” fazia – Se eu fizesse isso com qualquer um, eu não passaria de uma criminosa…

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

...... Antes que eu pudesse continuar a me “desculpar”, a notícia de um navio pirata se aproximando surgiu e agora precisávamos mais do que nunca resolver aquele problema, era uma questão de tempo até eles tomarem uma atitude.
...... - Eu vou checar a situação, Skyller certo? Deixarei você responsável por contatar o QG e explica-los sobre nossa situação. Peça por ajuda e pergunte o que devemos fazer. Avise também que não conseguimos interceptar os piratas e eles estão indo a caminho da ilha. A quantidade de navios é desconhecida. – disse Platão - E ah! Se perguntarem qual marinheiro de maior patente sobreviveu, diga que o Sargento Platão tomou comando da missão.
“Sargento? Como a Sargento Gryind? Seria bom que ela nos desse indicações sobre o que fazer agora… Aposto que ela já teria pensado em uma solução assim que percebeu que algo estava estranho…”
...... - Aqui fala a soldado Skÿller Van Der Veen, estamos num submarino e todos os pilotos estão mortos, estamos próximos de Logue Town e um navio pirata vem na nossa direção. Suspeitamos que já nos tenham visto. Precisamos de indicações, o líder da missão foi morto. – diria para o Den Den Mushi – O Sargento Platão tomou conta da situação por enquanto mas não sabemos bem o que fazer.
...... - Roxanne, você ainda tem as algemas? – perguntaria para Roxanne assim que a chamada acabasse – Se sim traga elas.
...... Correria até Platão e reportaria para ele a informação dada pelo QG, aguardaria ordens. Se Platão não tivesse nenhuma ideia eu começaria a pensar num plano para nos salvar momentaneamente.
...... - Senhor. – diria para Platão pedindo licença para falar – Eu tenho um plano que talvez possa nos ajudar… Pelo menos por agora. – caso ele desse permissão para partilhar a ideia eu começaria a explanar para ele – Se os piratas forem minimamente espertos, eles irão ficar com o submarino para eles assim como a mercadoria, afinal eles poderiam usar para vender ou invadir Logue, então para isso eles iriam precisar verificar quem está no submarino. Como somos marinheiros, existem duas opções para eles: ficar connosco com reféns ou nos matar. Talvez eles fiquem connosco como reféns visto que podem nos usar para entrar em Logue sem muitos problemas, no entanto… - suspiraria – Não podemos todos ser capturados, seria muito arriscado, então o que eu sugiro é que… - as palavras que eu estava prestes a dizer nunca tinham passado por minha cabeça – Devido ao meu estado atual – apontaria para as marcas de sangue do meu pequeno lanche – vocês me prenderiam e fingiríamos que eu era aliada de Bragnis, ou seja, eu era uma das traidoras… Com isso eles me usariam como aliada, visto que teoricamente teríamos algo em comum. Por enquanto só pensei nisso.
...... Se concordassem com a ideia eu concluiria dizendo – Irei rapidamente preparar os corpos. – ao dizer isso, puxaria as mangas da farda com o máximo de força para os rasgar, um símbolo de traição comum nos mares. Após isso eu correria para o local onde estavam os corpos e cortaria a cabeça de Bragnis e morderia o pescoço de Alfer arrancando um pedaço, não sabia se os piratas conheciam Bragnis ou não, então tinha que me livrar ao máximo dos vestígios da mentira. Então iria até Roxanne (caso ela tivesse as algemas) e pediria para ela ficar com as minhas coisas e me prender.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

...... - Algemada duas vezes num só dia… - diria com um sorriso para tentar aliviar a situação – Espero não me acostumar.
...... Caso não aceitassem o plano, eu escutaria as ordens de Platão e as seguiria, afinal ele era Sargento e nós soldados, era minha obrigação de seguir suas ordens.
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 13
Sangue: (02/15)
Nº de baixas: 9
Nº de bandidos: 2
Nº de Forças Adquiridas: 2
Ganhos: Bainha para ninjaken, Kunais, Algemas
Perdas:
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado, por algum motivo não gosta de contato pessoal. Btw ele tá morto.
Braganis - Traidor que matou dois marines e tentou culpar Skyller. Virou comida de psicopata.
Loirinho - um marine que se acha herói
Coments Extras: Usando farda da marinha;
Objetivos:
 
Spoiler:
 

____________________________________________________


~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Wild Ragnar
Narrador
Narrador
Wild Ragnar

Créditos : 41
Warn : II - Selecção Natural - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 24/06/2014
Localização : Rio de Janeiro

II - Selecção Natural - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 3 EmptySeg 09 Out 2017, 18:04


- Quartel General da Marinha, oficial Jiu Xiuman, com quem falo? – Após alguns instantes desde a saída de Platão da sala, o den den mushi começou a falar com uma voz feminina simpática.

- Aqui fala a soldado Skÿller Van Der Veen, estamos num submarino e todos os pilotos estão mortos, estamos próximos de Logue Town e um navio pirata vem na nossa direção. Suspeitamos que já nos tenham visto. Precisamos de indicações, o líder da missão foi morto.

Por um instante a voz do outro lado se calou. Os segundos passaram de forma arrastada e logo outra voz, desta vez masculina e altamente pode ser escutada – Aqui é o Sargento Long. Quem é o oficial de maior patente presente aí?

– O Sargento Platão tomou conta da situação por enquanto mas não sabemos bem o que fazer.

- Quantos sobreviventes estão a bordo? Me explique o que aconteceu resumidamente.

- Então é correto dizer que vocês não conseguiram interceptar a frota pirata?

- Nem tudo está perdido. Missão atualizada, tomar o navio dos piratas que os abordarem e atacar a frota pirata por trás de surpresa. Enquanto isso nós estaremos batalhando com eles nas coordenadas xxx - yyy. Entendido oficial Skyller?


- Boa sorte, que Deus os proteja.

A ligação terminou. Tudo foi falado bem rápido e o plano era simples. Quando falado. Mas na pratica era quase impossível. - Cinco marinheiros dominarem uma tripulação de ao menos quinze homens, talvez mais? Tsc. Eu realmente preciso de um trago, cadê a merda do meu cigarro? – Dizia Situni enquanto procurava por seu maço em suas roupas mas sem encontrar nada.

- Roxanne, você ainda tem as algemas? Se sim traga elas.

- Ok! Vou buscar elas, disse a mulher indo em direção aos dormitórios.

Ao ouvir as novas ordens Platão simplesmente sorriu. – Como se tivéssemos alguma outra alternativa. – Ele tinha uma luneta na mão e se encaminhou para a sala de reuniões e pegou o mapa que representava o East Blues. Após uma olhada rápida, marcou um “x” no mar. – Este é o local que eles estarão batalhando. Preparem-se para lutar. Por sorte eles não dispararam, o que significa que pretendem tomar o submarino, e não afunda-lo. Do contrário já estaríamos todos mortos.

- Poderíamos disparar contra eles senhor? Com os torpedos eu digo
.

- Tsc, e arriscar que eles revidem fogo? Nós estamos a deriva, eles não. Em uma batalha dessas nós afundaríamos antes.

- Senhor. Eu tenho um plano que talvez possa nos ajudar… Pelo menos por agora.

- Pode prosseguir.

– Se os piratas forem minimamente espertos, eles irão ficar com o submarino para eles assim como a mercadoria, afinal eles poderiam usar para vender ou invadir Logue, então para isso eles iriam precisar verificar quem está no submarino. Como somos marinheiros, existem duas opções para eles: ficar connosco com reféns ou nos matar. Talvez eles fiquem connosco como reféns visto que podem nos usar para entrar em Logue sem muitos problemas, no entanto… Não podemos todos ser capturados, seria muito arriscado, então o que eu sugiro é que… Devido ao meu estado atual vocês me prenderiam e fingiríamos que eu era aliada de Bragnis, ou seja, eu era uma das traidoras… Com isso eles me usariam como aliada, visto que teoricamente teríamos algo em comum. Por enquanto só pensei nisso.

Ouvir a ideia da ninja fez com que o sargento assumisse um ar pensativo. Apesar do plano ser cheio de furos, e ele não ter noção de que mercadorias ela estava falando, aquilo lhe dava uma ideia de como sobreviveriam... No entanto...

- Enquanto é verdade que eles pretendem ficar com o submarino, eles estão indo atacar a ilha de forma brutal, então é pouco provável que nos façam de reféns. Eles muito provavelmente irão matar a todos nós se assim puderem. Logo a única que sobreviveria é você. Por outro lado, a entrada para o submarino é limitada, e temos as vantagens de poder recuar para cômodos e tranca-los por dentro. Como são chapas de aço, dificilmente esses piratas vão conseguir passar por elas. O ideal é utilizarmos de todas as nossas forças para infligirmos o maior dano possível quando eles nos abordarem e depois recuarmos.

Enquanto ele falava reunia vários documentos importantes que não poderiam ser vistos pelos inimigos. Apesar de Bragnis ser um traidor, Platão não sabia a extensão do que havia sido vazado, e não arriscaria nada ali.

- Porém dessa forma, mesmo que sobrevivamos, não vamos conseguir detê-los, muito menos tomar o navio e auxiliar na batalha. Falharemos na missão. – Agora era o homem quem suspirava antes de prosseguir. – Se você estiver confiante que pode convence-los que é uma revolucionaria assim como Bragnis, vale a pena arriscar. Nós lhe amarraremos na sala de máquinas onde é calor e queimaremos o seu braço para apontar algo como tortura e deixar as coisas mais convincentes. O resto vai defender e recuar para sala de controle e dos dormitórios, onde é possível trancar a porta por dentro. Durante a batalha eu mandarei Roxanne vir finalizar você, mas ao invés disso ela vai ter que entrar no dormitório sem conseguir realizar isso. Tem certeza que é isso que deseja?

Assim, eles tinham três opções a frente. Lutar até a morte ou vitória. Lutar e recuar, tornando-se prisioneiros e reféns enquanto tentavam negociar, mas falhar na missão. Ou fazer isso e acreditar que Skyller seria capaz de se infiltrar nos piratas e de alguma forma reverter a situação.

Tudo dependeria dela.

____________________________________________________


Hao:INSPIRE VIDA | EXPIRE MORTE
"Pensamento"
- Fala -



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

code by sant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente Especial
Agente Especial
Skÿller

Créditos : 10
Warn : II - Selecção Natural - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : seilá

II - Selecção Natural - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 3 EmptyQua 11 Out 2017, 17:47





But Never Alone



...... - Quantos sobreviventes estão a bordo? Me explique o que aconteceu resumidamente. – perguntou Sargento Long através do Den Den Mushi.
...... -Bem, Alfer era o líder da missão e estava acompanhado de Bragnis, que se revelou ser um traidor, matando os pilotos, Alfer e mais 5 marines. Bragnis quase matou o Sargento Platão mas conseguimos neutralizar o traidor. – respondi.
...... - Então é correto dizer que vocês não conseguiram interceptar a frota pirata? – perguntou o Sargento.
...... - Pelo que parece a missão era incapacitar um dos navios piratas, quando o submarino chegou no local Bragnis se revelou e percebe-mos que estávamos à deriva. – respondi – Mas a missão ainda não acabou e existe possibilidade de a concluir.
...... - Nem tudo está perdido. Missão atualizada, tomar o navio dos piratas que os abordarem e atacar a frota pirata por trás de surpresa. Enquanto isso nós estaremos batalhando com eles nas coordenadas xxx - yyy. Entendido oficial Skyller? – informou o Sargento.
...... - SIM SENHOR! – disse.
...... - Boa sorte, que Deus os proteja. – disse o Sargento desligando a ligação.
“Que a vontade do Criador seja feita… Espera um momento... ele me chamou de «oficial Skÿller»?”
...... Platão escutou a minha ideia com atenção e rapidamente me fazia perceber que talvez não era uma boa opção, eu não era a melhor a fingir sentimentos ou atuar e não era algo que se aprendia em segundos. Para falar a verdade nem eu conseguia entender bem a minha ideia, ela não fazia o meu estilo, afinal ela presava em evitar lutas.
“Talvez seja porque eu tenho medo que se machuquem? Ah cara… Cadê a Lux e Tenebris quando eu preciso?”
...... - Bem… - suspirei – O plano foi mal pensado, eu não sou tão boa mentirosa para os enganar… Alguns dizem que palavras cortam mais que uma lâmina… Mas tenho a certeza que nunca sentiram o fio da lâmina de um marine. – ficaria em sentido – Justiça ou morte. Prefiro morrer como marine tentando proteger os meus do que viver pelo sacrifício dos meus…
...... A filosofia da marinha aos poucos entrou em mim, talvez fosse pelo facto de Gryind me lembrar de minha mãe ou então por Roxanne ser tão especial para mim, o sentimento de querer ter um propósito ganhou uma força que nem mesmo eu tinha percebido.
...... Seguraria a minha ninjaken com força, respiraria fundo e colocaria minha máscara, mas antes disso eu sorriria para Roxanne e depois para o Sargento – Aguardo ordens, sargento.
...... Esperaria ordens do Sargento e as cumpriria assim que ordenasse. Ficaria esperando o momento para atacar, assim que o momento chegasse eu ficaria na espreita, esperando o primeiro pirata aparecer, assim que isso acontecesse, eu tentaria golpear os seus joelhos e então seguraria ele e encostaria a minha ninjaken na sua garganta, usando-o como um escudo humano e, caso eu estivesse sozinha, eu o puxaria até a sala mais próxima.
...... Para golpes de impacto eu tentaria esquivar-me em arco e ficar numa distância segura; se o ataque fosse cortante eu usaria a minha ninjaken para bloquear o ataque e então tentaria empurrar o alvo contra a parede; mas se eu percebesse que o alvo tentasse arremessar alguma coisa contra mim, eu usaria a técnica “Dance of Knives”.
...... - Silêncio e fique quieto ou então mato você aqui mesmo. – sussurraria para o pirata – Quero saber para onde vão e quantos são. - se ele tentasse se libertar ou gritar eu cortaria a garganta dele sem pensar duas vezes - Eu avisei...
Thanks for @Lovatic, Cupcake Graphics




Citação :

Nome da Personagem: Skÿller Van Der Veen
Nº de Posts: 14
Sangue: (03/15)
Nº de baixas: 9
Nº de bandidos: 2
Nº de Forças Adquiridas: 2
Ganhos: Bainha para ninjaken, Kunais, Algemas
Perdas:
Personagens:
Alfer - um homem muito alto e com um ar cansado, por algum motivo não gosta de contato pessoal. Btw ele tá morto.
Braganis - Traidor que matou dois marines e tentou culpar Skyller. Virou comida de psicopata.
Loirinho - um marine que se acha herói
Coments Extras: Usando farda da marinha;
Objetivos:
 
Spoiler:
 

____________________________________________________


~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




II - Selecção Natural - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Selecção Natural   II - Selecção Natural - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
II - Selecção Natural
Voltar ao Topo 
Página 3 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Shells Town-
Ir para: