One Piece RPG
To the grand line! XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Akira Suzuki
To the grand line! Emptypor Ceji Hoje à(s) 17:38

» ~ RESET ~
To the grand line! Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 17:38

» [M.E.P] Nash
To the grand line! Emptypor TsubasaNash Hoje à(s) 13:40

» [Kit - Garou]
To the grand line! Emptypor Ainz Hoje à(s) 12:06

» V - Into The Void
To the grand line! Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 11:03

» Mini - DanJo
To the grand line! Emptypor DanJo Hoje à(s) 02:51

» Crisbella Rhode
To the grand line! Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 02:48

» A Aparição de Mais Um Meio a Tantos
To the grand line! Emptypor Wave Hoje à(s) 00:53

» O vagabundo e o aleijado
To the grand line! Emptypor Ghastz Hoje à(s) 00:40

» Mini Aventura - Agyo Shitenno
To the grand line! Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:16

» O Legado Bitencourt Act I
To the grand line! Emptypor Faktor Ontem à(s) 22:16

» Apenas UMA Aventura
To the grand line! Emptypor Van Ontem à(s) 17:49

» Bellamy Navarro
To the grand line! Emptypor Greny Ontem à(s) 12:43

» Unbreakable
To the grand line! Emptypor Ainz Ontem à(s) 11:55

» (Mini) Gyatho
To the grand line! Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 01:02

» (MEP) Gyatho
To the grand line! Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:55

» [MINI-Tenzin]Here we go again
To the grand line! Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:53

» [M.E.P]Tenzin
To the grand line! Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:43

» [Extra] — Elicia's Diary
To the grand line! Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 00:27

» M.E.P DanJo
To the grand line! Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:27



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 To the grand line!

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3 ... 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : To the grand line! 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 5ª Rota - Pindorama

To the grand line! Empty
MensagemAssunto: To the grand line!   To the grand line! EmptySab 08 Jul 2017, 20:25

To the grand line!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) marinheiro Gran Magnus G. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
gmasterX
Sargento
Sargento
gmasterX

Créditos : 9
Warn : To the grand line! 10010
Masculino Data de inscrição : 12/06/2014
Idade : 20
Localização : Na minha casa,ué

To the grand line! Empty
MensagemAssunto: Re: To the grand line!   To the grand line! EmptySex 14 Jul 2017, 16:41

Yar!Har! Fiddle dee! We are ready to explore the sea!



Cara! Tem sido um saco ficar parado por aqui! Depois do que aconteceu na minha ultima missão, meu corpo anseia por emoção e aventura. Sinto que evolui por conta das experiências que passei e mesmo que tenha sofrido bastante e quebrado promessas. Talvez tenha finalmente me tornado o louco sádico que temia que me tornasse, ou eu passei a me divertir mais com aventuras. Percebo agora que antes, só era legal quando eu me dava bem, mas agora eu vejo tudo isso como merecimento. Eu realmente não mereci toda gloria, alegria e bla bla bla que eu achava que deveria ter. Quero poder superar situações ao quebrar os meus limites e me desdobrar para resolver todos os problemas do mundo como um bom marinheiro, bem... E agora que virei sargento, deveria me tornar um exemplo para aqueles que estão apenas começando.

Sabe... Acho que sei o que fazer... É! Há alguns dias atrás, um marinheiro me disse sobre como a Grand line é perigosa e de como há criaturas poderosas lá. Se eu quiser me tornar alguém mais forte e prezado, já sei pra onde devo ir. Sim! Pode ser a coisa mais ilógica que um ser racional poderia dizer, mas eu não vou chegar a lugar nenhum com covardia, e mesmo que não tenha sido intencional, consegui fazer a diferença por aqui, e se eu conseguir ter um impacto positivo nessa tal de Grand Line, eu acho que ninguém vai me parar.  Não, não posso pensar assim... O bom não é o suficiente... Mesmo que me torne um poderoso almirante, se eu me prender a esse pensamento, alguém pode vir e me superar. Tenho sempre que está crescendo e evoluindo! Por isso, aqui começa a minha jornada até o topo! Se eu alcançar o topo, poderei transformar o mundo em um lugar melhor, sem que ninguém me impeça!

Então vamos para o primeiro passo! Eu rapidamente pararia de fazer seja lá o que diabos eu estava fazendo no momento e correria pra sala do Thor, em busca do grandalhão, brutamontes. Tenho certeza de que ele pode me colocar em um barco direto pra Grand line. Caso não o encontrasse em sua sala nem no caminho para a mesma, eu continuaria minha busca as pressas, perguntando pelos corredores o paradeiro do mesmo. Caso eu não o encontrasse, eu iria até o recepcionista e diria: – Ei! Parceiro, se você encontrar o Thor, tem como avisar a ele que eu preciso muito conversar com o grandalhão? Por favor, peça pra ele ir pra sala dele assim que puder. - Mostraria um grande sorriso, me inclinando sobre a mesa dele. – Bom! Desde já, agradeço! – Eu então partiria correndo para a sala do grandalhão, antes mesmo de terminar a minha frase.

Assim que o encontrasse ou caso o encontrasse antes de falar com o recepcionista, eu chegaria para o Hamaku e diria: – Ei! Grande Thor! Sabe aquele lugar perigoso de que todo mundo vive falando! Então... – Eu pausaria sorrindo ainda mais, quase saltando de animação. – Eu quero que você coloque a mim e a Mayu um barco para Grand Line! – Eu cruzaria meus braços. – Você pode discordar o quanto quiser, mas eu não vou desistir facilmente! Ou seja, vamos ficar aqui até quando deus quiser. – Eu fecharia meus olhos com os braços ainda cruzados e esperaria por sua aprovação. Assim que percebesse que eu sou muito mais teimoso que ele, eu descruzaria os braços e lentamente deixaria a sala com um sorriso, dizendo: – Muito obrigado...

Agora, com tudo resolvido, eu partiria para aquela salinha cheia de equipamentos para pegar o meu uniforme de sargento. Assim que chegasse lá, eu diria: – BOOOM DIA! BOA TARDE OU BOA NOITE! Bom! A hora não importa! O que importa é que eu vim me dispor de sua gentileza e lhe peço, por favor, para me passar o meu uniforme de sargento... Por favorzinho! – Eu me reclinaria  sobre uma superfície plana próxima a mim, apoiando meus cotovelos e descansando minha cabeça sobre minhas mãos. Assim que tivesse o que tinha vindo buscar, voltaria para o meu quarto e prepararia minha mala, apenas com o que eu considero importante: Minhas roupas, meu dinheiro. Depois disso, eu me sentaria e aguardaria.

Off:
 

Histórico do Gezão:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Bejin no ombro:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Layla Morningstar
Civil
Civil
Layla Morningstar

Créditos : 11
Warn : To the grand line! 10010
Feminino Data de inscrição : 21/03/2017
Idade : 22
Localização : Conomi Island - East Blue

To the grand line! Empty
MensagemAssunto: Re: To the grand line!   To the grand line! EmptySab 15 Jul 2017, 13:46

NARRAÇÃO


Partida pra Grand Line, suicídios, enrolação e pepinos pra descascar!!




O garoto estava eufórico, sua partida para Grand Line era esperada, seria este um grande passo na sua carreira, afinal lá estavam os grandes peixes, e realmente ele poderia crescer naquele mundo, e assim sua decisão era clara, ele pediria para ser enviado a tal lugar, para muitos poderia parecer loucura ou, pelo menos, pras pessoas normais poderia parecer, pra ele era uma visão de evolução. Ele corria pronto para falar com Thor, e chegava a sua sala, mas ao bater à porta ninguém respondia, ele logo ia para a recepcionista, no caminho um grande alvoroço se fazia, vários soldados correndo meio doidos por ali, era algo de fato estranho mas Magnus ignorava aquilo, poderia ser só algum treinamento ou coisa similar, estava frio e era muito cedo, pareciam condições favoráveis para tal.

O garoto chegava a ela questionando então.– Ei! Parceiro, se você encontrar o Thor, tem como avisar a ele que eu preciso muito conversar com o grandalhão? Por favor, peça pra ele ir pra sala dele assim que puder. Bom! Desde já, agradeço! – Ouvindo aquilo a recepcionista respondia a com um informe rápido. - Ele passou rapidamente por ali… - antes que ele terminasse de falar, algo mais complicado ocorria a frente, e vindo do local onde ele apontava uma explosão podia ser ouvida, parecia a de bombas de fumaça, ele logo corria em direção a tal coisa, afinal, era pra onde a moça dizia ter visto Thor ir, não demorava muito para se ver um triste cenário, muitos soldados estavam lá e sargento surfava entre eles, até tomar a frente, era algo difícil de se acreditar, não que fosse impossível mas aquilo num QG? O mundo anda complicado mas são essas coisas que movem os bons e justos.

Era um grito que se seguia um marinheiro estava com uma faca fronte a barriga um suicídio? Sim era o que parecia ser, o grito dele dizia. - EU DEIXEI DE CUMPRIR MEU DEVER, VENDI MINHA ALMA.- Ele jogava uma mochilinha cheia de dinheiro ao chão(Fell like a Judas) que aberta espalhava moedas por ele, era uma quantia considerável se parecem para pensar, mas ninguém analisava ali, outras coisas obviamente eram foco de atenção, e claro o grito de injuria prosseguia. - EU ENTREGUEI AS FARDAS PARA BANDIDOS, ELES IRÃO USAR PRA ALGO GRANDE, QUEREM QUE AS PESSOAS PERCAM A FÉ NA MARINHA, AQUI ESTÁ O MAPA, EU SEI ONDE ELES ESTÃO AGORA. - Dizia ele erguendo o mapa, mostrando que havia marcado aquilo, talvez aquele homem estivesse traindo a marinha a mais tempo do que eles poderiam imaginar, já que para eles cederem uma informação de sua localização, ele devia ser ao mínimo um membro de algo ali.

Thor ainda assim tentava impedi-lo, mas antes que ele conseguisse se aproximar dele meio ao alvoroço a faca transpassava o estômago do homem que instantaneamente morria, era uma cena complicada, e inimaginável naquela manhã, mas e os uniformes? O que esses homens fariam? O caos parecia rondar Shells e se não fosse impedido, provavelmente cresceria, estava ali o cenário colocado fronte ao garoto.

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Furry Family:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
gmasterX
Sargento
Sargento
gmasterX

Créditos : 9
Warn : To the grand line! 10010
Masculino Data de inscrição : 12/06/2014
Idade : 20
Localização : Na minha casa,ué

To the grand line! Empty
MensagemAssunto: Re: To the grand line!   To the grand line! EmptyQua 19 Jul 2017, 14:40




A bagunça do QG levou a minha animação para longe. Estava doido para por o pé na Grand Line junto da Mayu, mas agora parecia que estava acontecendo outra fatalidade. Um soldado arrependido que aparentemente trabalhava em conjunto com um grupo de criminosos se matara, mas aquilo não esfriaria os meus ânimos, até por que até mesmo aquela situação parecia instigante, pois poderia se tornar mais uma missão.

Eu então me aproximaria do provável defunto e pegaria o mapa de suas mãos mortas, que estariam provavelmente ensangüentadas, leria brevemente, procurando por um ponto de referencia próximo ao local marcado, assim que encontrasse, eu encararia o grandalhão, com um olhar sério, como se esperasse por sua ordem e tentando deixar isso bem óbvio em meu olhar. Assim que ele me dissesse, daria um breve sorriso, guardando o mapa dentro de minhas vestes e me virando para a saída do QG, dizendo: - Grandalhão! Preciso que você mande um grupo de sete soldados atrás, com pelo menos dois atiradores se posicionando em locais altos para pegar os fujões e o resto para esperar na porta enquanto eu finalizo o serviço! Ah! E também preciso que você avise a Mayu... – Diria em um tom autoritário – Ela me mataria se eu não a chamasse. – Sussurraria para mim mesmo, virando o rosto em discrição. –Ah! Eu posso ficar com o dinheiro? Não que eu seja ganancioso, nem nada, mas ele tem o peso da vida do nosso companheiro e essas coisas... - Eu questionaria da maneira mais gentil o possível. Se me fosse negado, eu apenas viraria o rosto, como se não tivesse dito aquilo, mas se meu pedido fosse aceito, eu apenas pegaria a sacola que com certeza estava ensangüentada e a abraçaria. -AH! MAIS UM DETALHE MUITO IMPORTANTE! - Eu diria, me virando para o Thor - Poderia preparar um barco direto para a Grand Line para mim? Por favorzinho? Pretendo embarcar nele assim que voltar dessa missão! Muito obrigado, até mais! - Eu diria de forma breve, sem esperar a resposta ou questionamento.

Com a sacola em mãos, eu partiria a toda velocidade para o meu destino, despreocupado e feliz por poder estar fazendo o meu trabalho como herói novamente. Ficar parado sem fazer nada com certeza estava me incomodando bastante, pois uma missão tão simples como essa estava me deixando animado, ou talvez, mesmo me tornando sargento, eu ainda tenho a alma de um soldado. De qualquer forma, eu só preciso chutar umas bundas e efetuar umas prisões, certo?  E também encontrar um uniforme de sargento do meu tamanho.

Assim que chegasse ao local designado e se ele não tivesse guardas na porta, eu chutaria a porta da frente e largaria o saco com moedas no chão, colocando minha mão sobre o cabo da espada e dizendo: - O seu parceiro infiltrado me pediu para lhe entregar algo... – Eu sacaria a minha espada e a seguraria com as duas mãos, com a base firme e a lamina da Agnis alinhada ao meu nariz. Caso todos tentassem atacar ao mesmo tempo, eu perfuraria o pirata mais próximo com a minha espada, o ergueria e o chutaria em direção aos outros, visando derrubar um largo grupo deles com o corpo de seu companheiro e para mostrar que eu não estou de brincadeira. Se fosse sucedido eu voltaria a minha posição inicial com a espada alinhada ao meu nariz. Agora, seu meu contra ataque não fosse sucedido, recuaria instantânea mente, para poder pensar na minha estratégia.

Se nenhum deles tentasse me atacar de inicio, eu apenas analisaria o local e ficaria atento para mais ataques, com a guarda bem levantada para efetuar bloqueios.


Histórico do Gezão:
 

Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Bejin no ombro:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Layla Morningstar
Civil
Civil
Layla Morningstar

Créditos : 11
Warn : To the grand line! 10010
Feminino Data de inscrição : 21/03/2017
Idade : 22
Localização : Conomi Island - East Blue

To the grand line! Empty
MensagemAssunto: Re: To the grand line!   To the grand line! EmptySex 21 Jul 2017, 11:45

NARRAÇÃO


Um Roubo, um ladrão e um Sargento, meio a um caos e um julgamento.




Magnus era calmo, mesmo com toda aquela confusão ele sabia como agir e demostrava sua habilidade, já passando as suas ideias e montando uma possível estratégia, o grandão Thor olhava aquilo com bons olhos, ele parecia estar pronto pra seguir sua jornada, mas ainda havia mais algumas coisas para fazer ali na ilha, tal missão era uma delas, ele logo após dizer tudo que precisava era autorizado que os soldados que ele pediu fossem junto, mas algo a mais estava na mente do nosso heroi, sua parceira inseparável e naquele leve sussurro.– Ela me mataria se eu não a chamasse. – logo um vento frio era ouvido bem perto do ouvido, que poderia causar calafrios em qualquer um, era Mayu, respondendo ao comentário, armada e pronta pra partir.- Isso mesmo, ela, com certeza, te mataria.- Ela falava bem perto do ouvido do garoto. -Vamos logo, sem perder tempo em. Prosseguindo ele pedia ao Thor que preparasse um navio pra GL e logo saia correndo o grandalhão respondia com um talvez. - Vou pensar no seu caso, a missão é sua, quando voltar conversamos.- Era quase um sim vindo do grandalhão, mas claro ainda iria ter uma problemática conversa pela frente.

Rapidamente os homens pedidos pôr o Sargento surgiam meio aquele alvoroço e todos partiam pelas ruas prontos pra mais uma suposta missão eles demoravam um pouco e as pessoas nas ruas se assustavam, havia algo de errado em Shell’s, e vendo isso todos sabiam, mas de fato esses dias estavam corridos a saída do QG e em corrida pelo lugar eles notavam uma enorme construção destruída, haviam cacos de vidro no chão, e aparentemente algumas substâncias líquidas, era um tipo de laboratório ou coisa similar pelo que era notado. Mas não havia tempo para aquilo e velocidade era mantida.

Depois da calma viagem, estavam ali deparados com o local era uma mansão praticamente, se houvesse uma atenção mais voltada para ela, era possível notar que ela claramente parecia ser montada em estrutura comercial, não haviam pessoas na porta e como qualquer bom poliça “arrombe primeiro pergunte depois” ele chutava com força a porta, e o golpe a derrubava lançando mais longe, mas era diferente do esperado, logo após a queda da porta a qual um estilhaço atingia um homem de terno bem distante, mas não o machucava apenas batia de leve, várias moças estavam nuas se trocando aparentemente (Se olhasse de perto, era possível notar que não era um homem de terno mas uma mulher estranha) e os gritos das moças inundavam o local, “KYAAAHH” parecia um pequeno mau entendido.

Mayu pegava o mapinha e logo analisava, o lugar estava certo mas havia uma pequena observação era no subsolo, havendo uma entrada por trás da casa, ela enrolava o mapa e dava uma pancadinha na cabeça de Magnus. - É por trás batata.- nas pressas ele provavelmente não havia visto essa informação por trás do mapa. Agora sim eles entravam no caminho certo, e adentrando pela passagem era um longo corredor escuro que descia em círculos por uma escadaria, ao chegar la em baixo havia uma mesa de sinuca em uma sala vazia e 3 corredores, um de frente pra onde eles estavam um a direita e outro a esquerde se bifurcando, eram muito longos e só era possível ver até a primeira curva sem saber onde da o corredor, todos aguardavam a ordem do sargento.



OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Furry Family:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
gmasterX
Sargento
Sargento
gmasterX

Créditos : 9
Warn : To the grand line! 10010
Masculino Data de inscrição : 12/06/2014
Idade : 20
Localização : Na minha casa,ué

To the grand line! Empty
MensagemAssunto: Re: To the grand line!   To the grand line! EmptySeg 24 Jul 2017, 13:35





Eu não entendi bem o que rolou no caminho pra cá, mas eu vi peitos e destruição e meu pai sempre dizia que se você encontrasse essa combinação, o seu dia ia ser bem interessante. Eu espero por que agora eu estou encarando uma “deliciosa” incógnita. O famoso dilema dos caminhos que se separam. Isso me persegue e sempre vai perseguir. Para ser honesto, quando eu vi aquilo, eu senti uma vontade imensa de deixar isso pra lá e voltar pro QG. MAS! Eu decidi tomar a responsabilidade por essa missão, mesmo que esse provável labirinto. MAS ANTES! Um pouco de Chilique!

-POR QUEEE!?!?!? POR QUÊ?!?!?!?!?!?!?!? DE NOVO NÃO!! MALDITO SEJA VOCÊ! CORREDOR BIFURCADO! ESPERO MESMO QUE ESSA BRINCADEIRA DIABOLICA TERMINE ASSIM QUE EU ENCONTRAR O LADO CERTO! Que com certeza é pra direita, simbora. – É claro que eu estava frustrado, na verdade eu estou até agora, eu estou muito louco para esganar a criatura que projetou esse local, mas a missão vem em primeiro lugar, e provavelmente ele nem está mais na ilha.

- Espere um pouco, deixe-me ir à frente para ter certeza de que não tem nenhuma armadilha, se me ouvirem gritando de dor, bom... Já sabem o que fazer... E se ouvirem alguém além de nós gritando, vocês podem prosseguir – Mesmo que eu não seja a pessoa mais capacitada para esse tipo de tare- Espera um pouco... É claro que sou.

Para começar, eu caminharia com cuidado, observando os arredores e utilizando os meus conhecimentos de engenharia e mecânica para tentar reconhecer alguma armadilha ou mecanismo oculto em minha volta. Se por acaso, em algum momento eu não pudesse enxergar meus arredores, eu usaria a técnica nunca falha patenteada do Magnus, que na verdade é simplesmente tentar passar pelo corredor o mais rápido o possível enquanto eu balanço a minha espada por ai e se ouvisse algum som peculiar de armadilhas, me jogaria para trás e gritaria: – Aqui não é tão seguro assim– E voltaria a caminhar cuidadosamente.

Se passasse pelo o corredor sem levar uma flechada nas costas, perder uma perna ou ter a minha cabeça rolando pelo chão, bem... Eu apenas gritaria: – Tudo limpo! – Olhando em minha volta para não ser pego desprevenido por algum trombadinha que se acha um pirata ou algo assim. Se tentassem emboscar os meus companheiros enquanto eu estava longe, apenas utilizaria de todo potencial da minha aceleração para correr de volta e acertar o primeiro ou talvez o único oponente que estivesse na minha reta com uma voadora bem no seu peito.

Se tudo ocorresse bem, eu apenas prosseguiria até encontrar um adversário ou talvez o grupo de piratas que querem fazer cosplay de marinheiros ou até mesmo uma porta para pode refazer a minha entrada triunfal que acabou não sendo tão triunfal pro povo trocando de roupa lá em cima.

Se o corredor da direita não me levasse a um lugar relevante... EU... EUU... Simplesmente voltaria e tentaria o corredor da esquerda. Qual é? Eu odeio esses corredores, mas não quer dizer que eu vou explodir as paredes do lugar, bom... Eu não tenho dinamite, então...

Mas deixando isso de lado, se encontrasse o grupo de piratas ou algo assim, eu olharia em volta para ter certeza que eles estavam com os uniformes, por que eu não ia perder meu tempo batendo em bandidos aleatórios que não tem haver com a missão e se eles estivessem com os uniformes, AI SIM! Eu puxaria minha espada e entraria em pose de batalha.

Bom, não que eu seja um cara preguiçoso nem nada, mas mesmo que meu amor por batalhas fosse tão grande quanto o meu heroísmo, eu definitivamente não suportaria outro corredor bifurcado, por isso eu queria sair dali o mais rápido o possível.



Histórico do Gezão:
 

NPC ACOMPANHANTE:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Bejin no ombro:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Layla Morningstar
Civil
Civil
Layla Morningstar

Créditos : 11
Warn : To the grand line! 10010
Feminino Data de inscrição : 21/03/2017
Idade : 22
Localização : Conomi Island - East Blue

To the grand line! Empty
MensagemAssunto: Re: To the grand line!   To the grand line! EmptyQua 26 Jul 2017, 09:38

NARRAÇÃO


O galo de briga e a faca envenenada




Magnus estava estressado diante da incógnita apresentada pelas bifurcações, se aquela não fosse uma missão ele provavelmente teria desistido a tempos, ele praguejava a bifurcação e seja lá quem fosse seu arquiteto, ele começava andando pelo corredor de forma cautelosa e calma, todos o deixavam ir na frente sem objeções até aquele momento, inicialmente era uma análise calma analisando as paredes e o ambiente como um todo até que o corredor se mostrava escuro demais pra enxergar, nesse momento o garoto tomava a ideia mais prudente.

Ele corria como um louco balançando a espada pelo corredor até seu fim, e agora após isso ele falava a barra tá limpa, eles estava agora em uma sala escura, mas ainda era possível ver algumas coisas, já que ao meio da sala haviam cartas e um cinzeiro de cigarros apagados muito recentemente, havia ali também um cheiro estranho de aço, muito forte, ao longe, realmente muito distante era possível ouvir um martelo, aparentemente havia uma forja por ali, outro detalhe notável eram alguns ratos que passavam ali perto, e mesmo alguns insetos que faziam parte da decoração local. os outros vinham calmamente pelo corredor mas ali em meio aquela escuridão um homem saia.

Inicialmente o garoto não podia vê-lo mas um soco partia em direção ao rosto do nosso herói que em um puro reflexo retirava a cabeça do trajeto, era um homem baixo e esguio, mas algo nele incomodava muito Magnus, o uniforme da marinha que ele usava, sem muito tempo a perder olhando nos olhos do marine ele falava puxando uma adaga do bolso. - Essa faca está envenenada, cuidado, se se cortar vai cair.- Ele falava tal coisa enquanto rodeava o homem, era um inimigo aparentemente problemático ele não parecia forte, mas o veneno seria uma dor de cabeça certa. Mas havia uma boa notícia, o suicida falava a verdade, o lugar era por ali, já que via alguém de uniforme era possível deduzir que haviam mais por perto.



OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Furry Family:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
gmasterX
Sargento
Sargento
gmasterX

Créditos : 9
Warn : To the grand line! 10010
Masculino Data de inscrição : 12/06/2014
Idade : 20
Localização : Na minha casa,ué

To the grand line! Empty
MensagemAssunto: Re: To the grand line!   To the grand line! EmptySex 28 Jul 2017, 16:33

Festa com anões fantasiados!




Chegando ao esconderijo, não me deparei com armadilhas, nem insetos, nem outro corredor bifurcado... Uhhhg... Calafrios... Enfim! Tudo que me deparei foi com vida! Vida naquele porão que parecia abandonado! E também encontrei o caminho certo! UHU! Mas por ultimo, porém, não menos importante! Encontrei um... Anão... Com uniforme da marinha... E uma faca aparentemente envenenada... Tá bom.

Ele não me parecia uma grande ameaça. Senti como se ele estivesse mais é querendo me atrasar, o que ele estava fazendo certo, já que um veneno que poderia me paralisar atrasaria pra burro a minha missão. Bom! Tanto faz! Eu to com pressa e não pretendo ficar pensando nisso, só preciso ir até o fundo desse lugar, chutar bundas, efetuar prisões e pegar os uniformes, o que me lembra... Esse baixinho tem um dos uniformes de que preciso.

-Sabe, eu te darei a oportunidade de tirar esse e sair, ficar ou seja lá o que você quiser fazer depois, mas saiba que o seu próximo movimento pode lhe entregar uma espaço reservado dentro da cela dos okamas.  - Eu o encararia, colocando minha espada de volta em sua bainha e a destacando de minha cintura para utilizar-la como um porrete.

Assim que ele começasse a se mover, eu olharia fixamente para sua postura e analisaria seus movimentos. Se ele apenas tentasse ficar me rodeando para tentar me fazer esboçar uma reação, eu apenas me viraria como quem não quisesse nada, tentando o persuadir para que ele “me atacasse com guarda baixa”. Se ele o fizesse, eu colocaria a minha espada na horizontal, na altura de minha cintura e a seguraria com as duas mãos e firmaria minha base, dobrando meus joelhos para executar um movimento simples, o mais rápido o possível. Eu faria um movimento em arco com minha espada, de trás para frente, passando os meus braços por cima da minha cabeça e juntando velocidade para o meu ataque. Assim que os meus braços e minha espada alcançassem o topo de minha cabeça, eu efetuaria um simples golpe com toda a minha força, na vertical, de cima para baixo, visando o empurrar contra o chão. Se ele se mantiver acordado, eu seguraria a minha espada para baixo e atingiria sua mão com a ponta dela, para forçá-lo a largar sua faca.

Caso ele não me atacasse ou caísse no conto, eu firmaria minha base e puxaria novamente minha espada, só que aproveitaria de minha aceleração e do movimento do saque para atingir sua barriga com o cabo da mesma, se ele se mantiver de pé, mas o ataque mostrasse ter efeito, eu empurraria a minha espada de volta para sua bainha e repetiria o movimento de saque, só que desta vez, eu miraria em seu queixo e por fim, repetiria mais uma vez o ataque, só que eu voltaria a atacar sua barriga.

Se minha estratégia em algum momento se mostrasse ineficaz, eu apenas me afastaria, tentando desviar do seu possível ataque e se não fosse o suficiente, eu bloquearia seu ataque com a minha mão livre, usando a palma da minha mão para empurrar a faca para longe de meu corpo, visando encostar apenas nos lados cegos da lamina.  

Se terminasse a batalha de forma rápida, tiraria o uniforme (no homo, bro Pai do ano) dele e pegaria sua faca, pois poderia ajudar bastante. Assim que terminasse, voltaria a seguir esconderijo adentro, tomando cuidado como sempre.



NPC ACOMPANHANTE:
 

Histórico do Gezão:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Bejin no ombro:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Layla Morningstar
Civil
Civil
Layla Morningstar

Créditos : 11
Warn : To the grand line! 10010
Feminino Data de inscrição : 21/03/2017
Idade : 22
Localização : Conomi Island - East Blue

To the grand line! Empty
MensagemAssunto: Re: To the grand line!   To the grand line! EmptySeg 31 Jul 2017, 19:01

NARRAÇÃO


QUE DELICIA CARA!!! To the grand line! 852738550







Magnus estava pronto para lutar com seu inimigo mas claro uma finta parecia ser útil e logo ele soltava uma ideia tentando convencer o que ele via como anão estranho, mas não dava tempo nem mesmo de ele concluir e a faca vinha em direção ao seu rosto ele em reflexo esquivava mas ainda fazia um pequeno aranhão, isso não seria um problema se não fosse pela citação do veneno na lâmina, pior era não saber qual efeito poderia atingi-lo, pelo menos a quantidade era baixa.

Sem muita demora nesse momento ele sabia que era hora de lutar e logo sem exitar subia a espada altura da cabeça e a descia num golpe diagonal que batia bem no ombro do inimigo, ele derrubava o inimigo ao chão, porém ele ainda estava acordado mas logo um dos soldados que o garoto trouxe finalizava ele com um tranquilizador no pescoço, havia sido um combate bastante rapido apenas com um pequeno susto, que fora aquele corte, sobre tal ele em mesmo momento desmaiava, Magnus pegava a faca pra si, e logo faria a coisa mais deliciosa e esperada por todos, recuperar o uniforme é claro, ele tirava a roupa do corpo do homem deixando o peitoral suado exposto, e as calças também é claro mas não vamos descrever isso eu tomo um ban. O homem estava sem roupas íntimas, pobre do futuro marinheiro que fosse vestir o uniforme, aquele uniforme estava maculado.

Após recuperar o primeiro uniforme ele seguia pelo corredor a frente, após remover o uniforme do outro inimigo de maneira sensual  ele podia partir, o outro caminho que eles seguiam era mais sinistro, parecia entrar cada vez mais fundo no chão e a construção ao caminhar ficava cada vez mais velha apenas velas iluminavam todo o caminho, Mayu logo questionava o Sargento sobre o que fariam ao encontrar os culpados. -  Sei que essa é uma missão rápida, e tudo mais, mas o que faremos ao vê-los, há algum plano de combate mais complexo para quando nos aproximarmos do inimigo? Ou apenas vamos analisar ao encontrá-los?- era uma coisa importante a se pensar, afinal eles precisavam tomar uma decisão  rápida, não haveria muito tempo de combate.

Logo a parte acabava agora em uma sala mais longa onde haviam armas lá, sendo mais exata dois machados, a visão do garoto se turvava enquanto ele corria, o veneno parecia agir, principalmente agora nessa sala, mas um barulho que eles ouviam era mais esquisito,
parecia vir de trás da porta que se postava fronte a eles, era como um pequeno latido fino.parecendo um pequeno cachorrinho, talvez fosse.


OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Furry Family:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
gmasterX
Sargento
Sargento
gmasterX

Créditos : 9
Warn : To the grand line! 10010
Masculino Data de inscrição : 12/06/2014
Idade : 20
Localização : Na minha casa,ué

To the grand line! Empty
MensagemAssunto: Re: To the grand line!   To the grand line! EmptySab 05 Ago 2017, 22:59

Dungeon




Minha cabeça estava me matando, sentia meu corpo bem leve, mas é nada demais! Sinto cada vez mais que o sucesso da missão é mais importante que minha saúde, provavelmente por que eu confio muito na ala médica do QG, o pessoal de lá faz milagres, mesmo que tenham me abandonado com um assassino na minha primeira missão. Bom, agora que eu aprendi a lutar, meu chute está mais potente, por isso, agora valerá mais apena chutar cada um bem na bunda, por outro lado, mamãe sempre dizia para deixar todo o meu rancor de lado e viver a vida como uma pessoa decente, até por que ela acreditava fielmente no karma e sempre esperava com todas as suas forças que um meteoro fosse cair na pessoa.

Ao ouvir a bela Mayu falar comigo, eu percebi que tinha algo de errado por aqui, que tipo de esconderijo é tão vazio!?!?! E ainda por cima eles têm um anão como guarda. Qual vai ser o próximo? Um pug? Mas voltando a pergunta!

Bom, é um plano bem simples, eu vou à frente pra segurar e distrair a massa e quero que você vá ao centro para reduzir os números, é obvio que os mais fracos vão se esconder atrás dos mais fortes, provavelmente atiradores, então eu quero que os atiradores que nós acompanham lhe cubram enquanto o pessoal do corpo a corpo cuida daqueles que eu não conseguir dar conta. Quero que vocês tenham o mínimo de trabalho o possível, afinal essa é a minha missão. Vocês não estão aqui para sofrer as conseqüências comigo. - Diria, focando com um olhar sério em meu caminho e prestando atenção ao meu redor.

Depois de um bom tempo, cheguei a um lugar que me parecia ser o fim da linha. Bom! Parece que eu poderei acabar com isso agor-mas espera um pouco ai... MACHADOS! Mas se bem que não é muito recomendável eu juntar tanto peso pra hora do combate... Unzinho não vai fazer mal! Heheheheh- Opa... Cachorro? Por favor, que não seja um bandido domador de cachorros ou algo assim.

Bom, eu não tava preparado para isso, mas vamos com cuidado. – Se afastem da porta, temos que tomar cuidado. – Diria, me afastando um pouco, mas não tanto quanto os meus companheiros, por que alguém tinha que abrir a porta. Tomaria uma postura de combate com uma base firme, puxando minha bainha da cintura e a segurando com minha mão dominante. Aguardaria assim por alguns minutos, para ter certeza de que não era um tipo de ataque surpresa e caso algo saltasse para cima de mim, eu utilizaria do auge da minha aceleração e transferiria energia da minha perna para o meu braço dominante para tentar arremessar meu oponente pra longe, mirando a parede ou alguma estrutura próxima para ampliar o meu dano.

Se nada ocorresse, eu passaria a segurar a minha espada com a minha mão dominante e seguiria chutando a porta e correndo pra dentro da próxima sala, olhando em minha volta o mais rápido o possível. Caso o que estivesse se escondendo atrás da porta fosse um adversário e ele fosse outro bandido, utilizaria de minha bainha para bloquear seu possível ataque e contra atacaria utilizando o lado sem lamina de minha espada para atingir-lo em sua barriga enquanto eu colocaria a minha bainha de volta a seu devido lugar e o atingiria com uma rápida e poderosa barragem de socos, e caso ele tentasse sair de meu alcance se esquivando ou caso ele caísse para trás, eu rapidamente agarraria suas camisa e o puxaria para logo após o atingir com um soco no rosto e continuar com minha barragem.
   
      Se fosse um animal de pequeno ou médio porte e estivesse prestes a me atacar, eu aproveitaria meu movimento e o chutaria pra longe. Se fosse um animal de grande porte, eu saltaria e tentaria o atingir com uma voadora em seu rosto e aproveitaria para dar um impulso pra trás e voltar para a sala anterior. Visto que os atiradores têm sedativos em sua posse, eu apontaria para o animal e gritaria: - Fogo!

Se eu notasse alguma armadilha, tentaria utilizar de minha aceleração para mudar minha trajetória de volta para a sala anterior. No fim, se não fosse algo relevante ou ameaçador, apenas seguiria com a guarda levantada, deixando aquilo para trás. Se encontrasse alguma ameaça, após executar um dos casos acima, eu me colocaria em uma posição mais defensiva pronto para desviar caso fosse necessário.


NPC ACOMPANHANTE:
 

Histórico do Gezão:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Bejin no ombro:
 


Última edição por gmasterX em Ter 08 Ago 2017, 10:54, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




To the grand line! Empty
MensagemAssunto: Re: To the grand line!   To the grand line! Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
To the grand line!
Voltar ao Topo 
Página 1 de 11Ir à página : 1, 2, 3 ... 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Shells Town-
Ir para: