One Piece RPG
The Darkness Begins XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» A primeira conquista
The Darkness Begins Emptypor Rangi Hoje à(s) 05:10

» Bitch Better Have My Money
The Darkness Begins Emptypor Kylo Hoje à(s) 03:54

» Pequeno Gigante
The Darkness Begins Emptypor Teo Hoje à(s) 00:53

» Um novo recruta: o nome dele é Jack!
The Darkness Begins Emptypor Teo Hoje à(s) 00:53

» Vol 1 - The Soul's Desires
The Darkness Begins Emptypor Arthur Infamus Ontem à(s) 23:47

» VIII - The Unforgiven
The Darkness Begins Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 23:41

» Art. 4 - Rejected by the heavens
The Darkness Begins Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 23:28

» [MINI-*Kan Kin*] *Uma vida de merda*
The Darkness Begins Emptypor Shideras Ontem à(s) 23:25

» [MINI-Koji] Anjo caído
The Darkness Begins Emptypor Makei Ontem à(s) 22:53

» [M.E.P] Koji
The Darkness Begins Emptypor Makei Ontem à(s) 22:52

» ZORO
The Darkness Begins Emptypor Makei Ontem à(s) 22:52

» The Hero Rises!
The Darkness Begins Emptypor Achiles Ontem à(s) 21:03

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
The Darkness Begins Emptypor Furry Ontem à(s) 20:16

» 11º Capítulo - Cataclismo em Skypeia!
The Darkness Begins Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 19:46

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
The Darkness Begins Emptypor Kiomaro Ontem à(s) 19:08

» Um Destino em Comum
The Darkness Begins Emptypor Jean Fraga Ontem à(s) 18:59

» Kit - Jinne
The Darkness Begins Emptypor GM.Jinne Ontem à(s) 13:17

» [LB] O Florescer de Utopia III
The Darkness Begins Emptypor GM.Midnight Ontem à(s) 13:07

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
The Darkness Begins Emptypor Fran B. Air Ontem à(s) 13:05

» Meu nome é Mike Brigss
The Darkness Begins Emptypor Oni Ontem à(s) 10:27



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 The Darkness Begins

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : The Darkness Begins 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

The Darkness Begins Empty
MensagemAssunto: The Darkness Begins   The Darkness Begins EmptyDom 02 Jul 2017, 15:19

The Darkness Begins

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Vermillion Colt. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : The Darkness Begins 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 31
Localização : -

The Darkness Begins Empty
MensagemAssunto: Re: The Darkness Begins   The Darkness Begins EmptySeg 03 Jul 2017, 22:10

Despertar


A vida nunca foi ruim para a família Vermillion. Todos os membros famosos acabavam em algum cargo de grande importância e status. O único problema era justamente conseguir uma reputação boa o bastante para ser respeitado dentro do clã. Os filhos de Taurus estavam sendo bem sucedidos e aparentemente todos seriam úteis em diversas áreas, exceto uma única falha: Colt.

- Um bar…

Pensou a exceção da família… ou melhor dizendo, ex-família, pois ele estava deserdado e proibido de ter contato com seus familiares, ou seja, o rapaz estava sozinho no mundo. Honestamente, nada mudou, pensou enquanto apalpava o bolso e contava o dinheiro que havia juntado antes de sair de casa apenas com a roupa que vestia. Esperava que o tempo lhe ajudasse, pois vestia uma jaqueta aberta e calça de couro com uma simples bota preta. Se fizesse muito frio, certamente sofreria, porém se fizesse calor, a calça poderia atrapalhar bastante. Entretanto, apesar dos pesares, estava feliz, embora sua expressão não demonstrasse. Era um homem reservado e nada expansivo, sendo difícil demonstrar seus sentimentos, mas eventualmente o faria, só bastava encontrar as pessoas certas. Por falar em pessoas certas, poucos foram capazes de fazer amizade tomando um copo de leite, então… Bora beber!que eu tô solteiro de novo!

Eu preciso de uma bota boa para me defender, essa que eu uso é de um material leve, é como se fosse meu próprio pé tocando o chão…

Idealizou o objetivo e como alcançá-lo: Encontraria uma loja de equipamentos/armas. Portanto, caminharia pela ilha, buscando por uma loja que se adequasse aos seus objetivos. Apesar de ser nativo, não tinha muito conhecimento da área, então procuraria por pessoas em situações específicas que pudessem lhe ajudar, tais como Jornaleiros, entregadores, camelôs e perguntaria aonde poderia comprar a bota do jeito que desejava. Caso encontrasse o endereço, seguiria. Caso a resposta fosse negativa, procuraria outra pessoa até obter a resposta. Uma vez no local, entraria e seria bem direto com a compra, perguntando qual o valor. Tentaria gastar menos de 35mil para ter dinheiro sobrando pro álcool, sim, ele queria ir ao bar assim que possível, mas não sem antes ter um bom mecanismo de defesa. Tentaria barganhar, oferecendo menos do que o proposto pelo vendedor, mas sucumbiria ao valor caso fosse negada a proposta.

Na hipótese de obter as botas, partiria em busca do bar, perguntando para quem passasse em seu caminho aonde poderia encontrar um. Repetiria o mesmo método supracitado. Se achasse, entraria e iria até o balcão, aonde pediria uma caneca de rum e em seguida algum lugar para sentar, aonde pudesse fechar os olhos para relaxar e ouvir o que acontecia ao redor, tentando assim encontrar algo de interessante.

Havia a possibilidade de ser roubado, alguém esbarrar e querer arrumar briga ou até mesmo de ser caçado à pedido da própria família, logo, em qualquer caso de luta, apenas tentaria fugir, esquivando como fosse possível com dashs e rolamentos, tentando assim manter sua integridade física. Não era hora de lutar, a hora era de planejar e juntar as peças para sua grande jornada.
Objetivos:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Orange Laranjado
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Orange Laranjado

Créditos : Zero
Warn : The Darkness Begins 4010
Data de inscrição : 14/01/2016

The Darkness Begins Empty
MensagemAssunto: Re: The Darkness Begins   The Darkness Begins EmptyTer 04 Jul 2017, 21:33

Good Bye.

"Hmp... É hora de partir. Obrigado Grande mestre, encontrarei aqueles a quem estou destinado a unir forças."

Velho Shi havia treinado Pan Da por um bom tempo, mas nenhum laço de amizade fora estruturado entre eles. Suas relações eram apenas de instrutor e aluno, por este motivo não seria difícil partir, fora que em seu coração havia apenas espaço para sua fé em Lorde Slayer e seu desejo de vingança. Seu primeiro passo agora era cumprir a revelação divina e encontrar os outros que estavam destinados a lutar ao lado dele, mas onde e quando ele teria a oportunidade de encontra-los?

" Droga. Não sei por onde começar isso. Quem sabe um pouco de rum me ajude a pensar melhor nesse detalhe." - Ele tentaria coçar seu nariz, caso algo o impedisse ele iria apenas ignorar tal ato. - Haha! Hora de entorpecer.

O jovem Pan Da então partiria em busca de um bar, manteria sua cabeça erguida e seus olhos atentos evitando contato verbal e corporal com as pessoas ao redor, não era de sua vontade manter contato com estas formigas, faria o máximo para manter-se longe de marinheiros, por enquanto seu objetivo era ter um pouco de álcool em seus veias. Caso não fosse possível encontrar o bar apenas caminhando pela cidade Pan Da pediria informação para alguém que estivesse por perto, evitando novamente qualquer variedade de contato com marinheiros. O mink não teria como objetivo em instância alguma ter um confronto com alguém, por este motivo ele ficaria atento tentando evitar que seja roubado ou evitar possíveis encrenqueiros que o estivessem encarando ou seguindo, mas em caso de tentarem roubar-lhe ou provocar o urso tentaria bloquear qualquer iniciativa de agressão e tentaria correr a todo custo, mesmo que fosse necessário ele atropelaria as pessoas a sua frente tentando fugir, seu objetivo seria o bar e tudo que ele pudesse evitar neste momento, ele evitaria.

Banana. Onde vamos parar?:
 

____________________________________________________

?

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] ||| [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Magma
Soldado
Soldado
Magma

Créditos : Zero
Warn : The Darkness Begins 010
Data de inscrição : 20/09/2014

The Darkness Begins Empty
MensagemAssunto: Re: The Darkness Begins   The Darkness Begins EmptyTer 04 Jul 2017, 22:13

-  Kaitou  -



Caminhando errante, pensei nos acontecimento do passado,nos amigos que perdi,nos familiares,meus pensamentos embaçados surgiram em minha mente e faziam meus sentimentos se aflorarem,
olhei com meus olhos azuis brilhantes para frente, esses que quase lacrimejavam, tomei ar no pulmão, o máximo que consegui, e suspirei para me aliviar, enquanto com o polegar de cada mão puxei os outros dedos para baixo um por um na tentativa de os estalar, meu sempre calmo e frio temperamento me fizeram me acalmar, voltei a pensar no futuro e nos meus atuais objetivos, se por acaso visse um marinheiro no meio do caminho olharia com olhos frios e com desprezo para ele, mesmo que não pudesse demonstrar naquele momento, imaginaria que ele estivesse sendo perfurado por várias espadas.

Pensando já de maneira mais clara, imaginei e lembrei que meu objetivo principal era obter uma espada, afinal meus treinamentos com uma espada de verdade duraram até a destruição de meu dojo, depois disso treinei com gravetos e toras pesadas, utilizando apenas os conceitos que aprendi.

Procuraria durante a caminhada uma loja de armas e caso a encontrasse iria devagar e adentraria o recinto,procuraria por um vendedor em seguida, por fim iria até ele e pediria por uma espada, caso ele me trouxesse a arma eu a observaria com cuidado, dês de a bainha ao fio da lâmina, perguntaria o preço e caso ele não me fosse acessível eu recusaria e pediria por uma espada mais barata, caso esta viesse com um preço acessível eu pagaria o valor e então, pegaria o armamento e o levaria junto de mim de volta a parte externa da loja.

Caso eu não conseguisse encontrar a loja de armas eu pediria a ajuda de alguma pessoa que se me Informasse, seguiria seus dizeres até chegar ao meu destino e por fim pediria pela arma.


Quando ou se obtivesse meu armamento, voltaria a raciocinar o próximo objetivo, durante a caminhada, já fora da loja, chegaria a uma conclusão súbita.

- Preciso de informações, qual o lugar onde mais informações são lançadas no ar se não o bar? Diria em voz baixa, depois de falar começaria a procurar um bar pelos lados, caso encontrasse algum adentraria com passos leves no entanto de cabeça erguida para demonstrar superioridade.

Caso não encontrasse, voltaria a perguntar para as pessoas próximas de mim onde ficava o bar mais próximo, se por acaso a pessoa não soubesse perguntaria para outra, e ficaria em loop até que alguém me desse as informações necessárias, assim utilizaria delas para chegar até o objetivo.



Vício:  (maça) 01/10
Posts:1
Ganhos:
Perdas:
Objetivos:
Bar ¹
Me juntar com o resto²
Seguir os planos do van por algum motivo³
Perícia Estratégia - 4
Mandar marines pro purgatório. - 5

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Cada caso que eu pego encerro, oras, é elementar"

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Citação :

- Minha fala.
- Fala Npcs/Players.
"Pensamento"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : The Darkness Begins 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

The Darkness Begins Empty
MensagemAssunto: Re: The Darkness Begins   The Darkness Begins EmptyQui 13 Jul 2017, 00:03

Takamoto Lisandro Lembre: Da luz vem a escuridão e da escuridão vem a luz!


Briss Kingdom havia sido alvo de um ataque devastador tirando toda a segurança que antes a ilha tinha, sem a proteção do marinheiros e forças da justiça a ilha tende a ficar perigosa. Revolucionários e piratas podem invadi-la a qualquer momento e a criação de futuros supernovas nessa ilha dos blues não era impossível, mas uma probabilidade. Dentro da densa floresta, na cidade, um jovem quieto e fechado passava a andar pelas ruas desligado agora de sua família e tramando sua nova jornada. Não pensava em vingança, talvez nem valeria o esforço para tal ato, só queria se manter quieto e explorar suas novas escolhas. Ele não era tão perspicaz, apesar de ser uma criança da ilha não sabia ao certo onde poderia comprar sua determinada bota e assim teve que sair perguntando para os civis onde se encontraria uma loja para tal equipamento.

Sem muito esforço encontrava um cidadão gentil e grisalho para lhe informar a loja de armas, seria ali a chave para adquirir seu item. Entrava na loja sem muito desfecho, olhava para o atendente, um homem comum usando um chapéu marrom com uma fita preta no topo. Os dois se encararam e nem uma palavra saia de imediato de suas bocas, se aproximando um pouco o jovem lhe pedia o par de botas. - Um par de botas ein? - Seu olhar examinava Colt de baixo para cima. - Temos um par de botas revestidas de couro bem resistentes, são de ótima qualidade. - Pegando em baixo do seu balcão um par simples de botas viris. - Que tal 35 mil berries? - Passava a mão em seu queixo e esperava reação do homem que barganhava seu preço. - Tudo bem, tudo bem. - Gesticulava para Colt se acalmar com as mãos, uma atitude desnecessária já que o lutador estava bem relaxado. - Vejamos... Faço por 30 mil e nada menos. - Sorria de maneira gananciosa. - Obrigado e volte sempre. - Dizia enquanto Colt com suas botas saia do local em direção ao melhor lugar do mundo, um bar.

O grande e musculoso Panda, um mink que estava andando na cidade de Briss Kingdom sem qualquer relação na sua vida, não tinha objetivo pleno e depois de finalizar o treinamento com seu mestre se despedia sem afeto para aproveitar o prazer de uma bela bebida. Não tinha conhecimento do lugar certo para aproveitar o libido alcoólico, porém depois de caminhar bastante e ser mal visto pelo povo local, teve tempo o bastante para achar um bom bar chamado "A Caverna do Bilu" e entrou observando bem o local. Uma taverna culta e bem sútil composta de madeira de carvalho, mesas e cadeiras antigas e bonitas como deveriam ser e no bar do local alguns marmanjos bebendo e se divertindo. Ele ficava ali parado, observando os clientes nas mesas e no bar.

Enquanto isso, o elegante senhor de cabelos azuis e olhos frios como gelo andava pelas mesmas ruas que os dois e se deparava que não estava com uma coisa bem importante, uma espada. Um espadachim sem espada é um homem sem os dois braços, um simples e inútil cotoco. Rapidamente teve que se direcionar a uma loja e armas, mas não teve muita sorte em receber ajuda dos civis já que nenhum parava para lhe ajudar e passava-se mais tempo e finalmente achava uma loja parecida com o que estava procurando. - Seje bien-vindo. - Era uma velho pequeno com um altura de 1,30 que sorria sem os dois dentes da frente. - O que ucê quê?! - O rapaz demorava pra entender esse "quê", já que nem mesmo o velho entendeu e repetiu. - Oqui ucê quer? - O jovem queria sua espada e instigava o vendedor a lhe vender uma a qual comprava por 30 mil berries. - Heheheh, essa espada é como um cepo de madeira, bem ensocada e forte. - Depois disso, o azulzinho saia pelas ruas com uma atitude nada forçada indo em direção ao bar para estabelecer conexões e obter algumas informações sobre alguma coisa.

Ao andar, chegava ao um bar e se deparava com um urso tampando a entrada do local não podendo ver o Colt ali sentado em uma cadeira pedindo uma dose de sua bebida, um rum bem delicia mesmo.


Offs:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : The Darkness Begins 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 31
Localização : -

The Darkness Begins Empty
MensagemAssunto: Re: The Darkness Begins   The Darkness Begins EmptyQui 13 Jul 2017, 00:33

O Encontro


A cidade de Briss era conhecida pelas belas roupas, portanto conseguir uma bota não seria tão difícil assim, exceto pela dureza desejada, algo voltado para o combate e assim Colt conseguia o que desejava em uma loja de armas. Obtendo a sua primeira “arma”, ele agora poderia se defender apropriadamente e acima de tudo, defender seus futuros nakamas. No bar, lugar perfeito para colocar a mente e coração em ordens, ele começava a traçar seu plano de evolução e busca pelo maior tesouro do até então Rei dos Piratas, Will D. Chris.

- Ahhh…

O rum descia pela garganta suavemente, embora seu retrogosto fosse um pouco forte e seu estômago queimasse devido ao teor alcoólico. O sonhador aproveitava o gosto levemente amargo da bebida para fechar e abrir a boca constantemente, fazendo com que suas papilas gustativas aproveitassem o gosto diferente da bebida. Tais movimentos também serviam para saciar levemente seu hábito chato de mastigar, embora não houvesse algo sólido para pressionar seus dentes, o que certamente lhe fazia bastante falta. Por falar em falta, uma de suas características mais marcantes era a falta de filtros, tornando-o um homem incapaz de se segurar diante de situações onde uma pessoa normal mentiria ou omitiria uma fala ou pensamento. Colt sempre falaria o que estivesse pensando e no momento, ele tinha um pensamento bem peludo.

- Ei… - Diria enquanto olharia para o panda. - Você é da tribo mink, né!? Eu já li algo sobre vocês… Eu sou um historiador, digamos assim… Sente-se aqui, adoraria ouvir histórias suas…

Sua curiosidade com o Mink certamente falaria mais alto e ele ignoraria possíveis comentários e olhares em sua direção. Não se importava com possíveis preconceitos, pois achava que o caráter era mais importante do que aparência. Outro ponto era conseguir a força de um mink como aliado, afinal eram conhecidos pelo seu grande poder de luta e isso aumentaria a força de combate do seu futuro bando. Eram muitos motivos para se interessar. Caso o panda viesse em sua direção e fosse receptivo, faria diversas perguntas sobre o passado do animal e aos poucos tentaria chegar ao presente, buscando saber assim quais seus desejos, sonhos e talvez algumas informações mais pessoais como traumas, ambições, etc. Na hipótese do panda ignorar ou não conseguir chegar, insistiria no convite, falando ainda mais alto e acenando com a mão direita para que ele o visse. Se ainda assim fosse ignorado, coçaria a cabeça e ficaria bem frustrado. Havia a possibilidade de alguém mexer com ele ou com outra pessoa “inocente” naquele estabelecimento. Se isso acontecesse, inicialmente observaria a cena para não se precipitar e se ainda assim notasse alguma covardia, tentaria parar um possível ato de agressão com a sua perna, usando-a para contra-atacar o agressor e impedir de continuar seu bullying, dizendo em seguida “Não atrapalhe minha vibe… Estou bebendo!”.

Na hipótese de alguém mais querer ouvir as histórias do panda ou simplesmente desejar sentar-se perto do Arqueólogo, ele permitiria e demonstraria interesse nessa determinada pessoa, perguntando o nome dela e o que ela tinha em mente para o próprio futuro. Em seguida, responderia as próprias perguntas, abrindo um laço de confiança com a(s) pessoa(s) em questão.
Historico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Magma
Soldado
Soldado
Magma

Créditos : Zero
Warn : The Darkness Begins 010
Data de inscrição : 20/09/2014

The Darkness Begins Empty
MensagemAssunto: Re: The Darkness Begins   The Darkness Begins EmptyQui 13 Jul 2017, 01:05

-  Ellpa - Apple  -






Por fim em frente ao bar eu me encontrava, npo no entanto em minha frente havia uma muralha formada apenas por carne ossos e pelos fofinhos.

Eu tinha pensamentos divertidos em minha mente, no entanto eu me acalmei facilmente devido ao meu senso de objetividade.

Calmo observaria por mais alguns instantes a bola de pelos que se por acaso fosse chamada por alguém para adentrar o bar e assim o fizesse, eu o seguiria e aliviado tentaria identificar a pessoa que havia o chamado, a curiosidade bateria em minha cabeça caso ela falasse que é um historiador ou algo do tipo, essas pessoas geralmente sabem várias informações e era isso que eu precisava, seguiria o panda caso ele fosse se sentar junto da pessoa, eu me sentaria ao lado dos dois com um leve sorriso no rosto, deixaria meus longo cabelos caírem sobre meus ombros e colocaria o cotovelo sobre a mesa e descançaria a cabeça sobre a mão.

Com um rosto presunçoso olharia para o historiador ao meu lado, caso ele me cumprimentasse e acenaria com a cabeça, se ele perguntasse meu nome eu diria apenas o primeiro “Sou Kaitou” ainda com um leve sorriso no rosto tentaria observar a conversa entre os dois calorosamente e caso o garçom ou alguém que atendesse passasse próximo a nós eu pediria que ele me trouxesse uma maçã, caso a fruta por ali houvesse.

No entanto se não comercializassem aquele tipo de produto eu apenas assenti/ria com a cabeça um pouco decepcionado, e se ele me trouxesse o fruto eu pagaria o preço e comeria a fruta durante a conversa, daria mordidas vagarosas porém potentes, trituraria a fruta em minha boca e aproveitaria a cada instante, desde as mordidas profundas até o deslizar do suco por sobre minha língua até cair na garganta.

Se o historiador fizesse perguntas sobre minha vida tais como objetivos não esconderia nada, contaria toda minha história do começo ao fim, e manteria o rosto calmo com um leve sorriso enquanto falava.

Não hesitaria em dizer que não me sinto mal, ou melhor odeio marinheiros, porém diria isto em voz baixa para não atrair o perigo.

Caso a conversa se desenrolava bem, eu perguntaria uma vez ou outra algo sobre a ilha e a marinha, se o historiador soubesse responder eu agradeceria, se não soubesse eu agradeceria da mesma forma, no entanto manteria um pouco de decepção em meus olhos.

Perguntaria o nome do historiador para por fim parar de chamá-lo de senhor, já que em toda pergunta eu me referiria a ele como “Senhor”, quanto mais a conversa esquentasse mais eu perguntaria sobre a vida dele, até que eu esgotaria meu  patamar de perguntas e começaria a observar e perguntar sobre a vida do panda também, assim como seu nome, no entanto se ele já estivesse contando juntamente com o Historiador eu escutaria com um sorriso em momentos felizes, mas em momentos tristes e de escárnio eu manteria um rosto de consolo, para mostrar respeito para meus futuros amigos de bar.

Se por acaso o Panda entrasse no Bar mas não seguisse o chamado do Historiador e se por acaso ele me chamasse por eu ser o segundo a aparecer eu aceitaria de bom grado, e por fim começaria a sabatina-lo de perguntas, as mesmas que ele me fizesse. Dat Beard

 
Histórico do KaitouZão:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Cada caso que eu pego encerro, oras, é elementar"

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Citação :

- Minha fala.
- Fala Npcs/Players.
"Pensamento"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : The Darkness Begins 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

The Darkness Begins Empty
MensagemAssunto: Re: The Darkness Begins   The Darkness Begins EmptySab 15 Jul 2017, 00:30

Takamoto Lisandro Leiam meus offs


Ainda sendo impedido pela grande bola de pelo, o garoto de cabelos azuis se encontrava em um impasse e não podia entrar verdadeiramente no bar que tanto queria conhecer e usar do local para adquirir conhecimentos para sua jornada. Dentro do estabelecimento, Colt admirava o ambiente do local e passava a observar o grande panda que havia acabado de entrar e estava estático na entrada e assim chamou sua atenção com palavras de camaradagem, porém eram ignoradas pelo mink que não dava nenhuma bola para o rapaz, o arqueólogo insistia na tentativa de fazer o mink seguir até ele e iniciar um diálogo, sua maneira era mais ativa e até mesmo chamava com sua mão e ainda o panda não dava ouvidos e continuava paralisado naquele canto. Assentindo uma derrota, Colt não sentia apenas o delicioso gosto do rum, mas também o gosto amargo da frustação de ter suas iniciativas ignoradas pelo mink, sendo assim voltou a sua atenção no drink de rum que estava em suas mãos e continuou observando o lugar.

Kaitou ouvia a voz tentando fazer o panda avançar e sair de frente da entrada, no entanto, o panda não parecia querer se movimentar e com certo esforço o rapaz abria uma brecha e pôde entrar finalmente no lugar que tanto desejava, examinando o ambiente não sabia ao certo quem havia chamado o panda e pensava ser um historiador que poderia lhe mostrar conhecimento irrefutável, porém não sabia ao certo quem era o sujeito. Ficava a mercê de sua intuição, olhava para o bar bem cheio e mesas cheia de alegria e melancolia, o bar tinha um toque clássico de bebedeira e não atraia confusões já que seus clientes eram frequentes e formavam praticamente uma família que se reunia para compartilhar suas mágoas e suas alegrias.

Nada podia fazer o de cabelos azuis a não ser procurar alguém que o ajudasse, olhando para o balcão via figuras misteriosas, um homem com um chapéu tragando seu charuto, um careca com cicatrizes em sua cabeça, um homem com trajes negros bebendo sua bebida e nas mesas senhores de idade, delinquentes, malucos e uma mesa em especifico um jovem leitor de óculos com uma veste branca deleitando-se de sua bebida em uma xícara. Era algo bem estranho de se está em um local barulhento como este onde a música de piano era apenas uma música de fundo e a gritaria a música principal.


Offs:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : The Darkness Begins 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 31
Localização : -

The Darkness Begins Empty
MensagemAssunto: Re: The Darkness Begins   The Darkness Begins EmptySab 15 Jul 2017, 02:25

Arriscando


A tentativa de entrar em contato com aquele mink chamativo acabou em falha, algo bastante frustrante e senão fosse pelo temperamento calmo de Colt, certamente o abalo psicológico seria ainda maior. Tendo apenas o rum para poder aliviar seu estresse, o futuro Rei dos Piratas acabava por focar sua atenção na bebida. O calor do álcool esquentava seu corpo e acabava despertando características mais marcantes (A Liderança), logo surgia a vontade de agir de acordo com seu instinto. Era hora de liderar, mas para isso precisava de pessoas sob seu comando. Então, tendo o rum como desinibidor, ele decidiu arrumar companheiros naquele bar mesmo. Para tanto, subiria na cadeira em que estava sentado e começaria a falar alto, tentando conseguir a atenção dos presentes.

- Atenção, companheiros… Meu nome é Vermillion Colt, sou um Arqueólogo e Historiador, porém acima de tudo eu sou um homem que tem sonhos. O principal deles é me tornar o futuro Rei dos Piratas e conquistar o One Piece. Mas isso não é possível sozinho… Preciso de pessoas fortes do meu lado. Então… QUEM QUER EMBARCAR COMIGO NESSA GRANDE AVENTURA???

Convocaria com o punho fechado e olhar concentrado e penetrante, mostrando o quão destemido e confiante era, características naturais suas. Havia a possibilidade de ser esnobado e até ridicularizado, porém isso normalmente não mexeria com sua determinação devido a sua personalidade forte. Sua capacidade motivacional também costumava ser muito boa por causa de sua liderança natural, algo que poderia lhe ajudar a pelo menos ser ouvido.

Após a fala, esperaria sentado com as pernas cruzadas enquanto voltava a beber rum. Caso alguém chegasse perto, ele apresentar-se-ia para os interessados e em seguida perguntaria aos tais quais seus nomes, planos e habilidades. Algumas presenças eram notáveis no bar e outras menos, portanto seu olhar focaria naqueles que parecessem fortes mental ou fisicamente, seja o cara de chapéu, o de cabelos azuis ou mesmo o panda, não importava. Se parecesse forte, Colt demonstraria seu interesse com um olhar profundo e mais focado. Bares eram lugares conhecidos por sua receptividade e na pior das hipóteses, ele seria objeto de alegria para alguns beberrões.
Considerações:
 

Historico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Magma
Soldado
Soldado
Magma

Créditos : Zero
Warn : The Darkness Begins 010
Data de inscrição : 20/09/2014

The Darkness Begins Empty
MensagemAssunto: Re: The Darkness Begins   The Darkness Begins EmptySab 15 Jul 2017, 11:20

-  Vermillion Colt  -



Depois de finalmente conseguir atravessar a muralha de pelos que estava na minha frente eu caminharia na direção do balcão do bar, e me sentaria em uma das banquetas caso por ali houvesse algumas, no entanto se não houvesse eu apenas ficaria de pé a frente do balcão e esperaria que alguém me atendesse, caso alguém me perguntasse o que eu desejaria eu perguntaria se por ali haviam maçãs para vender, no caso de haver eu compraria apenas uma, e em seguida começaria a apreciar-la, depois de fazer carinho sobre a casca eu a morderia e aproveitaria cada instante, dês de a mastigação até o suco da fruta deslizar sobre minha língua e descer minha garganta.

 
Caso o historiador tentasse chamar alguém ou chamar a atenção novamente eu olharia para ele, e guardaria seu rosto em minha cabeça, depois que ele falasse eu esperaria as pessoas do bar pararem de prestar muita atenção nele, e quando elas já tivessem voltado a conversar habitualmente eu caminharia de maneira calma sem fazer muito barulho na direção de sua mesa, puxaria uma cadeira e me sentaria a sua frente, colocaria o cotovelo direito e deitaria o rosto sobre a palma da mão direita.

Com um olhar presunçoso daria um sorrio leve e diria.

- Você me parece ser interessante.

Voltaria a mordiscar a maçã caso tivesse uma, no entanto se não tivesse conseguido uma no balcão eu apenas continuaria com uma expressão leve, apesar da decepção contida dentro de meu corpo.

Caso o historiador se apresentasse eu faria o mesmo diria meu nome, responderia a todas as suas perguntas até as de cunho mais pessoal, depois de me apresentar a ele falaria sobre minhas habilidades médicas e meus conhecimentos sobre anatomia.

- Só não mostro um diploma por que eu me retirei da academia quando faltava pouco tempo para acabar, eu já tinha todos os conhecimentos necessários.

Diria durante a explicação com um sorriso debochado, no entanto caso ele me perguntasse sobre minhas habilidades de luta eu ficaria numa posição ereta na cadeira, e ergueria o queixo de maneira que indicasse soberania.

- Sobre minhas habilidades de combate eu não tenho muito a dizer, na verdade meu mestre me declarou como seu melhor discípulo e me deu um apelido de Ling Tan, que significaAcima dos céus.

- Pode se dizer que este é o meu nível atual. Hihihi. Riria com a boca fechada e com a mão cobrindo os lábios de maneira encantadora, em seguida olharia com meus olhos penetrantes para o historiador, mais especificamente eu olharia dentro de sua pupilas e fecharia levemente as pálpebras, ainda com um sorriso leve, tentaria dar a impressão de entrar dentro da alma do historiador.

- E você o que tem a me dizer? por que eu deveria me juntar a ti? quais são teus planos para agora?

Perguntaria, atento.
 
Histórico do KaitouZão:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Cada caso que eu pego encerro, oras, é elementar"

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Citação :

- Minha fala.
- Fala Npcs/Players.
"Pensamento"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




The Darkness Begins Empty
MensagemAssunto: Re: The Darkness Begins   The Darkness Begins Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
The Darkness Begins
Voltar ao Topo 
Página 1 de 6Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Briss Kingdom-
Ir para: