One Piece RPG
Ato I - Iniciação XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Corvus oculum corvi non eruit
Ato I - Iniciação Emptypor Kallieel Hoje à(s) 12:53

» Vamos nos aventurar! Anjinhas me aguardem...
Ato I - Iniciação Emptypor Muffatu Hoje à(s) 12:52

» [Mini] Am I really need do this?!
Ato I - Iniciação Emptypor Vismonke Nizako Hoje à(s) 12:44

» Escuridão total sem estrelas
Ato I - Iniciação Emptypor DanJo Hoje à(s) 11:49

» Navegando por uma nova história. A revolução começa!
Ato I - Iniciação Emptypor Greny Hoje à(s) 10:41

» Art. 3 - Our memories
Ato I - Iniciação Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 06:03

» Segundo ato: Revelação
Ato I - Iniciação Emptypor Padre Hoje à(s) 05:45

» Arco 1: Passagem pela ilha do riso
Ato I - Iniciação Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 03:47

» O Sapo Mágico
Ato I - Iniciação Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 02:45

» II - Growing Bonds
Ato I - Iniciação Emptypor War Hoje à(s) 01:35

» Sádica em construção
Ato I - Iniciação Emptypor Hanabi Hoje à(s) 01:16

» Unidos por um propósito menor
Ato I - Iniciação Emptypor Oni Ontem à(s) 23:06

» Do ferro ao aço
Ato I - Iniciação Emptypor Vincent Ontem à(s) 22:54

» [Ficha] Fenrir Seawolf
Ato I - Iniciação Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:14

» Unidos por um propósito maior
Ato I - Iniciação Emptypor Milabbh Ontem à(s) 22:06

» Terminando assuntos inacabados
Ato I - Iniciação Emptypor Aokine Daiki Ontem à(s) 22:03

» Enuma Elish
Ato I - Iniciação Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 21:56

» Seasons: Road to New World
Ato I - Iniciação Emptypor Volker Ontem à(s) 21:46

» Apresentação 5 ~ Falência Sensacionalista
Ato I - Iniciação Emptypor Licia Ontem à(s) 21:07

» Una Regazza Chiamata Pericolo
Ato I - Iniciação Emptypor Milabbh Ontem à(s) 21:00



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Ato I - Iniciação

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 56
Warn : Ato I - Iniciação 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Ato I - Iniciação Empty
MensagemAssunto: Ato I - Iniciação   Ato I - Iniciação EmptyQua 28 Jun 2017, 19:30

Ato I - Iniciação

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Shiki Urson. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lavi-shi
Membro
Membro
Lavi-shi

Créditos : 9
Warn : Ato I - Iniciação 10010
Masculino Data de inscrição : 01/03/2016
Idade : 22
Localização : Ai depende e__e

Ato I - Iniciação Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I - Iniciação   Ato I - Iniciação EmptySeg 03 Jul 2017, 13:07

Uma ilha desconhecida...

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

~

Shiki havia praticamente chegado no local que seria o começo de uma nova e definitiva etapa de sua vida - uma ilha. Uma ilha desconhecida por ele, contudo nitidamente diferente daquela que fora sua terra natal, Gray Island. Nos arredores de Dust City, a ilha era cinzenta: o solo era seco e totalmente infértil, e não havia vegetação, com exceção das árvores mortas e retorcidas que enfeitavam a paisagem. Portanto, assim que Shiki desembarcasse naquele território desconhecido, procuraria explorar o local - analisaria a vegetação e o solo, e assim compararia com as histórias que Ur lhe contava quando criança, sobre as ilhas que visitara em seus tempos de pirata.


Além disso, Shiki pretendia descobrir se a ilha era habitada. Quantas pessoas viviam por lá, que tipo de sociedade encontrava-se pelo seu território, e não menos importante, o nome da ilha. Não só por puro conhecimento -pois não tinha interesse nas pessoas em si -, mas também porque quando deixou as duas embarcações que o trouxeram até o seu novo destino, tudo o que ele trouxera consigo foi a roupa do corpo e alguns berries, e portanto, caso houvessem pessoas morando na ilha, uma das principais coisas que Shiki tentaria encontrar seria uma espada. Ele foi treinado como espadachim desde cedo, e para garantir-se em um mundo fora do ninho de ratos em que cresceu, precisaria primeiramente do seu principal recurso para defesa.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Ato I - Iniciação 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 22

Ato I - Iniciação Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I - Iniciação   Ato I - Iniciação EmptySeg 03 Jul 2017, 17:04

Á chegada! 


Um futuro pirata encontra-se velejando até Malkiham Island, minúsculas bolas brancas caem do céu indicando neve e o clima gelado demonstra tamanha frieza; Á vegetação normalmente verde acaba mudando sua coloração. Animais que possuem pelos podem ser observados na lateral esquerda, bestas escondidas, feras caçando, todos tipos de tarefa são encontrados nos poucos segundos visualizando; Nenhuma alma viva referente seres humanos consegue posiciona-se perceptível.

Perto do porto, várias embarcações com símbolos estranhos, não de piratas, mas sim caçadores de recompensas consequentemente posiciona-se muito observado -Meu nome é Leo, sou mercenário do clã ant-bullet e minha missão é escoltar vocês! Depois de alguns segundos, todos passageiros descem quando atracam, Shiki termina sendo levado forçadamente pelos empurrões, por fim, uma voz forte assim como num tom audível apresenta-se e infelizmente Urson unicamente pode ouvir.

Há duas filas composta por seis pessoas cada; No caminho, várias plantas diferentes conseguem ser pesquisadas pelos olhos e só quem fosse corajoso obtêm requisito em aproximar-se. Obviamente ninguém arriscava-se, talvez pelos olhares furiosos nas distâncias, possivelmente pelos odores nada convidativo, entre outras justificativas. Leva alguns minutos até chegar na cidade -Essa é a cidade Malkiham, sejam bem vindos! Necessita diversas pessoas saírem da frente para conseguir ver.

Casas com temáticas exclusivas, sinos, bonecos de neve, luzes, etc; Crianças brincam de um lado ao outro, jogando bolas, fazendo anjos no chão, correndo, caindo, chorando, rindo, divertindo-se; Com certeza, um cenário bem variado. Cachorros dormem em suas moradias próximas das residências ou em qualquer canto sem solo gélido; Aves voam por toda cidade; O movimento encontra-se agitado, homens com mesmo simbolo visto anteriormente circulando pela polis, alguns trabalhadores, outros casais, existe todo tipo de habitantes naquele local.

O que mais destaca-se é á ausência de algum quartel general no momento, nem lojas podem ser vistas no momento, meramente seres vivos e moradias.
Histórico:
 

Citação :
Posts do Narrador: 01

Voltar ao Topo Ir em baixo
Lavi-shi
Membro
Membro
Lavi-shi

Créditos : 9
Warn : Ato I - Iniciação 10010
Masculino Data de inscrição : 01/03/2016
Idade : 22
Localização : Ai depende e__e

Ato I - Iniciação Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I - Iniciação   Ato I - Iniciação EmptyTer 04 Jul 2017, 02:01

Sob a neve que pousa na cidade

~

Shiki encontrava-se no que aparentava ser um dos pontos mais importantes daquela ilha - uma pequena cidade, tomada pelo movimento cotidiano das pessoas e pelos sutis flocos de neve que pousavam nos telhados. Ele pode observar algumas plantas diferentes ao longo do trajeto até a vila, tal como animais até então não presenciados por ele. Nada muito diferente do que alguns dos cenários descritos por Ur em suas histórias de pirata. Além disso, ele reparou também que alguns homens perambulando pelas ruas portavam o mesmo símbolo avistado no caís, muito provavelmente ligado ao citado clã ant-bullet. "Hmm... Esse tal de Léo mecionou ser um mercenário que trabalha para eles... Que tipo de serviço esse clã faz? Bem, nada que eu me importe na verdade...".

Assim, sem dar a mínima, Shiki pôs-se a ir direto ao seu foco principal naquele lugar - encontrar uma loja de armas. Portanto, caso surgisse uma oportunidade no meio daquela inconveniente excurssão, ele iria aproximar-se do tal Léo que servia de guia, e perguntaria de forma direta para ele:

-Ei mercenário, onde posso encontrar uma loja de armas por aqui?

Caso a oportunidade não surgisse, tal como a informação não fosse convenientemente provida a ele de alguma forma, Shiki desistiria de esperar, e iria se afastar do grupo para vagar sozinho pela cidade, a procura de alguma pessoa que possuisse um aspecto sábio, de que serviria como um bom informante. Além de se prontificar para tal busca, ele iria procurar manter-se atento as conversas paralelas que ocorriam entre os habitantes da cidade, visando por em prática suas habilidades de leitura labial para descobrir algumas informações uteis... E se não, por que não descobrir algo a respeito do clã ant bullet também?

É claro que, como ele fora até então arrastado pela multidão, talvez não desse para se desvencilhar dela tão facilmente... E se esse fosse o cenário a ser tomado, a invés de tentar sair do meio dela e de esperar que surgisse uma oportunidade de se dirigir pessoalmente a Léo, Shiki iria simplesmente seguir o fluxo do passeio, mas tentando manter-se atento a todo tipo de dialogo "expelido" pelos silenciosos lábios dos habitantes... Sempre em busca de informações.
----

Narração: texto padrão.
Pensamentos: em itálico e entre aspas.
Falas: em violeta e com hífen.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Ato I - Iniciação 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 22

Ato I - Iniciação Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I - Iniciação   Ato I - Iniciação EmptyTer 04 Jul 2017, 10:34

Um bloqueio inevitável! 


Shiki forçadamente caminha pela ilha até encontrarem três caminhos diferentes, sul, norte, leste, respectivamente; Outros dois soldados surgem no final dos trajetos obrigando-os escolher entre zona comercial, residencial e industrial. Apesar do pequeno tamanho, ainda ocorre possibilidade em ver fumaças provenientes de fábricas, ouvir comerciantes gritando seus produtos e visualizar moradias pronta para serem vendidas; Infelizmente posiciona-se impossível saber quem são responsáveis pelos turistas já que homens grandes tapam completamente a visão.

Leva algum tempo até a multidão escolher seu destino, o furtivo aproveita essa brecha para sair daquela confusão enquanto observa tudo ao redor; Conversas sobre zoológico destruído por algum bando pirata, cidadães feridos, segurança reforçada após ataque dos mesmos são principais assuntos no momento. Infelizmente acabou perdido naquela vasta polis -Você afastou-se do grupo?! Mas parece que Leo procurou pelo jovem assim que percebeu sua ausência, agora consegue ver como ele é; Loiro de olhos azuis, camisa branca, colete marrom e outros detalhes misturando essas colorações. -Porque você busca uma loja de armas?! Aquele semblante sério e amigável muda completamente uma vez que tornar-se agressivo bem como desconfiado.

-Você não sairá daqui até responder minha questão. Urson posiciona-se impossibilitado em locomover-se visto que surge na frente em questão de segundos, algumas pessoas ouvem consequentemente olhando assustado na direção do atirador, uma platéia começa formar por volta da dupla -Está tudo sobre controle, certo garoto? Confiança é algo perdido graças ao temível ataque ocorrido anteriormente, com certeza será difícil conseguir armas pelo jeito mais fácil e a situação tende piorar conforme passar do tempo. O que nosso protagonista fará?
Homem:
 

Histórico:
 

Citação :
Posts do Narrador: 02

Voltar ao Topo Ir em baixo
Lavi-shi
Membro
Membro
Lavi-shi

Créditos : 9
Warn : Ato I - Iniciação 10010
Masculino Data de inscrição : 01/03/2016
Idade : 22
Localização : Ai depende e__e

Ato I - Iniciação Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I - Iniciação   Ato I - Iniciação EmptyTer 04 Jul 2017, 11:15

Empecilho

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

~


Após ser abordado por Léo daquela forma, Shiki percebeu na hora que locomover-se como desejado seria bem inviável... Pelo que deu para notar das conversas pararelas, graças a um recente ataque pirata, os responsáveis pela segurança da ilha estavam mais atentos do que de costume, e portanto um desconhecido portando uma espada seria algo bem desconfortável no ponto de vista deles... Logo, Shiki decidiu que iria agir com calma, para não chamar tanta atenção naquela ilha que ainda era uma plena novidade para ele. Decidiu que iria seguir o fluxo da situação, não apressando-se em encontrar uma espada, mas caso tivesse a fortuna de encontrar alguma "disponível", concluiu que roubar seria mais fácil do que tentar obter por meios lícitos. Além disso, também não se daria por intimidado perante Léo, e portanto responderia a altura dele, sem deixar de encarar com toda a sua natural frieza os olhos azuis de seu "guia":

-Ouvi dizer que piratas estiveram por aqui recentemente. Se isso for verdade, uma pessoa deve ter o direito de se defender, correto?

Shiki esperava que tal resposta pudesse servir como uma provocação ao homem, de forma que ele lhe informasse um pouco mais sobre as funcionalidades desse tal clã ant-bullet caso se sentisse na necessidade de reafirmar a posição deles como o que aparentava ser o principal meio de segurança da ilha. Também, se o homem mostrase-se um pouco irritado com a resposta, Shiki ainda lhe perguntaria:

-Onde esta a tal Marinha? Não vi ninguém associado a ela desde que cheguei aqui.

Se fosse possível chegar ao ponto dele fazer essa pergunta, então só lhe restava aguardar pelo que estava por vir. Contudo, caso o homem resolvesse deixá-lo em paz para perambular sozinho, percebendo que o rapaz não fosse nada além de um "moleque enxerido e brigão" - embora o jovem ladino não soubesse como esse tipo de pessoa era tratado por lá - Shiki iria procurar esgueirar-se entre a região de onde vinham os gritos de comerciantes, tudo a fim de conhecer um pouco mais do lugar pela sua própria análise, tal como para obter informações.
---

Narração: texto padrão.
Pensamentos: em itálico e entre aspas.
Falas: em violeta e com hífen.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Ato I - Iniciação 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 22

Ato I - Iniciação Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I - Iniciação   Ato I - Iniciação EmptyQua 05 Jul 2017, 09:47

Código 12! 


Não é qualquer pessoa cujo coloca medo assim como pressão em Shiki, o jovem permanece frio e calmo -Errado, faz 1 ano que aconteceu essa tragédia e desde então nada aconteceu enquanto estivemos no controle.. Ocorre uma conversa entre dois seres humanos na qual possuem aparentemente nenhuma empatia pelo próximo; Todos observam quietos, ás crianças são retiradas das cenas; Há zero movimentos no cenários, exceto aqueles animais perambulando pela cidade -Você deve ter ouvido ou observado que esse assunto continua forte, certo? Nas palavras de Léo consequentemente acaba revelando conter algumas suspeitas sobre habilidades do atirador, ele cruza ambos braços e segue encarando-o.

-Isso acontece sempre que turistas aparecem e por essa justificativa.. O caçador abre ambos braços -Somos a paz, justiça, esperança desse lugar! Quem pode empunhar armas são apenas moradores da ilha! Alguns cidadães aplaudem aquele discurso, outros meramente vão embora; No instante que notaram está completamente controlado, aos poucos retornam suas rotinas. -Marinha? Eles são secundários, trazem meros soldados para fazer simples tarefas ou recolher nossos lixos. Arrogância, falastrão, essas posicionam-se como características principais daquele homem -Pode ir, seu caminho está livre! Logo depois abaixa os braços, aproxima-se sua face do ambidestro e encara-o por vários segundos até libera-lo.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Talvez apenas tenha testado-o, esperando alguma reação e por consequência finalizou aprovado naquela prova já que permaneceu parado -Código 12.. Os últimos vocabulários possivelmente ecoaram na cabeça, afinal, o que é esse código? Nenhuma pessoa parece saber já que falam sobre eleições entre Krieg e líder do clã ant-bullet bem como recompensas por capturar animais. Enfim, no trajeto até á área comercial visualiza diversos pássaros; Moleques pequenos correndo atrás ou frente; Bolas de neves quase acertando-o; Analisa pessoas esbarrando-se por causa da pressa, roupas quentes como cachecol, casacos, gorro, entre outros; Muitos soldados andando ao redor, existe mais que naquele centro onde situava-se anteriormente; Vendedores anunciam nas barracas, joias, roupas, alimentos, bebidas, mas nada referente armas; Para cada tenda, há dois guardas em cada ponta.

Num momento suicida, um rapaz de oitos anos usufruindo vestes pobres; Vestido estilo saco de lixo e um chinelo. Ele tenta roubar apenas pedaços minúsculos de pão, porém é capturado antes mesmo de conseguir tocar na comida e arrastado por um simples homem até algum beco, entre duas casas onde fica impossível saber o que ocorrerá. Isso acontecerá ao leste, caso decida seguir nesse caminho buscando salvar o menino, numa lata de lixo verá a parte de cima da espada já que metade pra baixo cujo empunha localiza-se quebrada. Agora, olhando no oeste verá certa dupla indo até outro par - uma troca de turno- e entregaria vinte segundos livres para chegar na loja sem nenhuma proteção fora do edifício, isso se fosse rápido suficiente e o que aguarda dentro do prédio? É um mistério. Qual será a decisão do Falsificador?

Garoto:
 
Arma:
 
Histórico:
 

Citação :
Posts do Narrador: 03

OFF:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Lavi-shi
Membro
Membro
Lavi-shi

Créditos : 9
Warn : Ato I - Iniciação 10010
Masculino Data de inscrição : 01/03/2016
Idade : 22
Localização : Ai depende e__e

Ato I - Iniciação Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I - Iniciação   Ato I - Iniciação EmptyQua 05 Jul 2017, 13:48

Decisão

~

O que se estendinha diante de Shiki era um dilema...
A oeste, ele percebeu uma troca de guardas que vigiavam uma loja. "Deve demorar menos de vinte segundos". Uma vez que ele sentiu que não fora bem recebido naquela ilha, e portanto caso quisesse obter uma arma ou mesmo qualquer outro bem material, deveria se entregar a arte do furto, aquela seria uma oportunidade e tanto para começar uma "expedição" no interior das construções locais. Ele já fora um ladino reconhecido, logo não teria problema nenhum em aproximar-se do edifício sem chamar atenção, e assim encontrar um jeito de invadi-lo. Mesmo em um curto espaço de tempo, aquilo não lhe seria nenhum desafio, tendo em vista a facilidade do rapaz em locomover-se rapidamente. Contudo...

... Ver aquele garoto maltrapilho, em uma nítida tentativa de furto, de certa forma mexeu com ele. Era um pão, ou pior: migalhas. Shiki já passou por diversas situações parecidas, e era bem mais novo que o menino naquele tempo. Ele lembrou-se de quando ainda tinha que roubar comida de feirantes para sustentar sua antiga família, e de quantas vezes fora apanhado e surrado por isso. Ao recordar-se dessas memórias, ele sutilmente viu um reflexo seu naquele pobre garoto sendo arrastado para dentro de um beco pelo homem que o capturara. Isso já aconteceu com Shiki, e ele sabia o que costumava vir depois... Não há misericórdia para ladrões, principalmente para os pobres.

Além disso tudo, aquele sujeito Léo havia pronunciado um tal de "Código 12". O rapaz não fazia a menor ideia do que aquilo poderia significar, embora imaginasse que seria alguma linguagem militar usada apenas entre os membros do clã ant-bullet. Contudo, indepentende de não saber sobre o que especificamente aquilo queria dizer, suspeitou que deveria ser algo relacionado a ele mesmo... Estariam os guardas mais atentos aos movimentos de Shiki então? Por hora, seria mais inteligente evitar essa possibilidade, o que incluia o risco do ladino ter mais dificuldades em tentar uma invasão domiciliar.

Assim, ainda indiferente, mas um pouco incomodado, Shiki decidiu dirigir-se normalmente em direção ao beco, onde por sinal avistara uma lata de lixo, e enterrada nela, a lâmina de uma espada de madeira. "Totalmente inútil... Bem, não que eu ache que irei precisar dela... E a propósito, o homem é só um civíl. Deve ser fácil assustá-lo na base da conversa". Caso se deparasse com o sujeito pronto para agredir o menino, primeiramente Shiki iria chamar pelo apanhador, mandando-o soltar a criança e deixa-la ir embora. Se o homem recusasse-se a fazer isso, ele não pensaria duas vezes em soltar uma ameça do tipo -Deixe-o ir, a menos que você esteja com pressa para sentir a sensação de ter todos os ossos de seu corpo quebrados em uma fração de segundos, contando apenas com o seu tom de voz sem empatia e a sua expressão de quem não se importaria nem um pouco em tirar uma vida.

Caso o homem fosse mais corajoso do que inteligente, e tentasse partir para cima de Shiki, o rapaz iria avaliar rapidamente a estrutura de seu adversário em potencial, e se fosse conveniente, iria apanhar a espada de madeira na lata de lixo para utilizá-la contra ele. Como não se da para matar com madeira, um golpe bem posicionado na têmpora deveria bastar para causar algum dano, ou mesmo uma pancada em alguma de suas articulações seria o bastante. Sim, se fosse necessário, Shiki tentaria um desses recursos, fosse para apagar ou espantar o sujeito.
---

Narração: texto padrão.
Pensamentos: em itálico e entre aspas.
Falas: em violeta e com hífen.

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamura
Civil
Civil
Takamura

Créditos : 3
Warn : Ato I - Iniciação 9010
Masculino Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 22

Ato I - Iniciação Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I - Iniciação   Ato I - Iniciação EmptyQui 06 Jul 2017, 10:40

Luta no beco! 


Shiki analisa toda situação detalhadamente, aquele código deixou-o curioso e finalmente decidiu seu caminho quando viu o garoto consequentemente lembrando-se do passado -Quantas vezes.. Um homem sem camisa, de calça e casaco branco com ataduras de mesma coloração por volta do torso está dando sermões na direção daquele pirralho, porém é interrompido pelo espadachim -Chamou o amigo? Outra criança metida á besta! Parece que aconteceu uma confusão, ele acha que Urson posiciona-se como aliado, ou seja, outro bandido -Que fracassado! O homem avança com direto de esquerda, mas era apenas distração já que espera pelo movimento do oponente.

Quando Urson avança mirando na têmpora, o lutador interrompe seu ataque e segura á manga da camisa do ambidestro. Na sequência, ergue-o para cima, passando pelo corpo do mesmo e finalmente derruba no chão brutalmente; O impacto do golpe faz-o cuspir sangue bem como doer suas costas.-Bando de idiotas, meu pai trabalha muito duro para vocês quererem roubar! A sorte do ruivo é que aproveitou para fugir assim que avistou o salvador cujo encontra-se atirado no chão -Ele escapou, mas vou usar você como aviso. Por alguma razão, o oponente continua em pé parado, sem procurar alguma luta no chão e á lamina posiciona-se ao lado direito.
Golpe:
 

Como localiza-se com sua parte de trás no solo por consequência visualiza alguns vultos nos telhados, talvez sejam pontos pretos devido ao impacto daquele ataque; Possivelmente podem serem pessoas observando; Provavelmente algum animal. Ás teorias são várias e o sol estampado na cara também dificulta sua vida -Levanta-se, pegue sua arma e lute como homem! Provocações são executadas enquanto espera Shiki ergue-se do chão; Nenhuma poça de água, lata de lixo ou objetos no chão podem serem detectados na volta; Pode gritar por socorro, mas irá engolir seu orgulho? Irão auxilia-lo?; O que nosso leitor dos lábios fará?
Homem:
 

Histórico:
 

Citação :
Posts do Narrador: 04

OFF:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Lavi-shi
Membro
Membro
Lavi-shi

Créditos : 9
Warn : Ato I - Iniciação 10010
Masculino Data de inscrição : 01/03/2016
Idade : 22
Localização : Ai depende e__e

Ato I - Iniciação Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I - Iniciação   Ato I - Iniciação EmptyQui 06 Jul 2017, 15:08

Confronto

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

~

Sob a forte luz do sol que lhe atrapalhava a vista, figuras escuras podiam ser observadas na borda dos telhados das construções que rondavam o beco. Seriam as telhas? Curiosos animados para verem o desenrolar daquele confronto? Animais? Independente do que fosse, para Shiki nada daquilo importava... A única coisa que de fato deveria ser levada em questão, é que ele cometera um erro ao subestimar seu adversário (ele nem se importou direito com o fato do garoto andarilho ter conseguido escapar). Em Dust City, ele havia se adaptado aos movimentos de todos que se colocaram em seu caminho, e portanto não tinha dificuldades em embates nas ruas escuras de sua terra natal - Mas ali não era Dust City. As pessoas eram diferentes, e portanto poderiam surpreende-lo. Shiki fora ensinado a nunca subestimar seus adversários, e esqueceu desses princípios. Mas ele não pretendia cometer esse erro novamente... Não se quisesse realmente se tornar um pirata, e estar disposto a enfrentar adversários muito mais relevantes.

Tentando recobrar o sentido e esquecer a dor inicial do impacto, Shiki levantaria rápido, apanhando a lâmina de madeira com a mão direita e tomaria um pouco de distância de seu adversário, analisando-o com seriedade. O homem encontravasse desarmado, o que significava que Shiki teria a vantagem do alcansse por possuir uma espada. Contudo, ele não poderia mais uma vez cometer um equívoco - se fosse desarmado e derrubado, acabaria tendo de lidar com a situação usando os próprios punhos, e ele não era nenhum perito em combates de defesa pessoal. Portanto, para tomar sua própria ação e acabar o mais rápido possível com aquela situação, o jovem levou em conta várias possibilidades:

°Primeiramente, ele iria manter-se imóvel, em posição de combate, a fim de esperar uma investida de seu adversário se fosse conveniente. Caso o homem viesse rápido demais em sua direção, dando sinais de que iria estender um de seus braços para o jovem rapaz (a fim de agarrá-lo ou desferir um soco) muito em cima da hora, Shiki iria usar disso a seu favor e iria dar poucos passos na direção de seu adversário, a fim de ganhar alcance o suficiente para tentar desferir um golpe em um de seus braços, sem lhe dar tempo de lenvantá-los para o ataque. Tendo em vista os diferentes resultados que poderiam vir a ocorrer, Shiki iria ficar atento:
Se o homem sentisse a dor por causa da pancada, e portanto parasse por um breve momento, Shiki iria tentar lhe atingir uma das pernas, e se mais uma vez ele hesitasse por causa da dor, o próximo golpe seria nas costas. Caso fosse uma armadilha de seu adversário, e ele desviasse do golpe inicial de Shiki para tentar um contra ataque, Urson tentaria se esquivar e rapidamente acertar o homem na região da cabeça com a lâmina de madeira.

Agora, haveriam outros cenários em potencial...

°Uma vez que Shiki pretendia esperar uma ação inicial de seu adversário, caso ele demorasse demais para agir, supostamente tentando ganhar tempo até que algum soldado surgisse para controlar a situação (pouco provável; o homem parecia querer uma luta justa), ou mesmo para provocar Shiki e incitá-lo a atacar primeiro, assim Urson o faria: ele iria dar o pontapé inicial, avançando na direção de seu inimigo a fim de lhe atingir com um golpe nas regiões mais amplas, como por exemplo o lado esquerdo do tronco, um dos ombros...
Se o golpe fosse um sucesso, Shiki iria tentar repetir o feito com mais pancadas sucessívas nas regiões mais amplas do corpo, tentando acertar repetidas vezes no mesmo local, a fim de causar mais dor.
Contudo, o sujeito já o surpreendera nesse aspecto, e assim se ele se esquivasse, e viesse para cima para desarmar Shiki ou lhe agarrar novamente, o jovem rapidamente tentaria desfazer essa aproximação com um chute na virilha ou em uma das pernas - a mais próxima se possível - ou mesmo uma cotovelada na face de seu oponente, a fim de ganhar novamente distância entre os dois, e então tentar um contra ataque acertando-lhe o lado direito do tronco.

Agora, independente da situação, tudo o que Shiki queria era causar dor naquele indivíduo. Quebrar-lhe os ossos? Imobilizá-lo? Cegá-lo? Ele não sabia o que... Mas embora frio e impassível, sentia uma certa vontade em ouvir os gritos de agonia daquele homem, implorando por misericórdia e clamando por ajuda, mesmo que brevemente, pois deveria lidar depressa com aquele inconveniente em seu dia, sabendo que poderiam estar alertas para qualquer ação sua.
---

Narração: texto padrão.
Pensamentos: em itálico e entre aspas.
Falas: em violeta e com hífen.

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Ato I - Iniciação Empty
MensagemAssunto: Re: Ato I - Iniciação   Ato I - Iniciação Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ato I - Iniciação
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Malkiham Island-
Ir para: